18 de outubro sábado 16hs Durante o Potro do Futuro e Copa dos Campeões da ABQM Avaré SP

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "18 de outubro sábado 16hs Durante o Potro do Futuro e Copa dos Campeões da ABQM Avaré SP"

Transcrição

1 5 º l e i l ã o h a r a s 18 de outubro sábado 16hs Durante o Potro do Futuro e Copa dos Campeões da ABQM Avaré SP

2 A cada ano o ST faz novos Campeões

3 Famílias que superam as próprias marcas Os tempos mudaram nesses 39 anos que o Haras ST cria Quarto de Milha para a prova dos três tambores. Geração a geração, a seleção genética agiu e o esporte progrediu: pistas melhores, novas técnicas de treinamento e evolução dos treinadores. Em 1986 com segundos, o Haras ST ganha pela primeira vez uma etapa do Campeonato Nacional QM com a Farofa ST, uma filha do Shady Leo. NESSA ÉPOCA O ST COMEÇA A SELEÇÃO DOS ANIMAIS DE SUAS PRINCIPAIS FAMÍLIAS QUE ANO A ANO SUPERAM AS PROPRIAS MARCAS. Em 2005 os campeões de três tambores correm com tempo em torno de Em 2006, ST Analeo impera nas pistas e com segundos bate o recorde da pista de Bauru (uma das melhores da época) A partir de 2011, o Brasil alcança a marca dos 16 segundos O Haras ST acompanhou a evolução: representantes de suas três famílias correm com essa marca. Os tempos mudaram!

4 A solidez da genética a presença da genética ST no Ranking da ABQM começa quando ele foi criado: 1981 implantado o ranking já estão presentes a Streak Bars (irmã do Shady Leo) e a Miss Tonta Leo, sua mãe o Shady Leo, competindo pelo Haras ST é Campeão Potro do Futuro e Nacional de rédeas 1984 pela primeira vez uma égua, cria do ST está entre as 10 melhores nos três tambores 1986 as filhas do Shady Leo aparecerem entre as 10 melhores atletas: Farofa ST e Faialita ST as netas do Shady Leo, ST Anita e ST Farofita estão entre as melhores: nossa genética mostra sua força através de gerações! Novos tempos a partir de 1998 as matrizes do ST passam a superar as próprias marcas na liderança do ranking das melhores reprodutoras: ST Traveler e Trouble Creek. Estão ranqueadas filha e mãe! Touble Creek é a melhor mãe por três anos seguidos ST Cajuina lidera, passando a Trouble para 2ª. melhor matriz 2008 em diante a Cajuína impera... por 6 vezes a melhor matriz nacional surge o ranking SGP e lá estão os atletas, matrizes e garanhões ST. Ranking AbqM 2014 Três Tambores 2014: atletas da terceira e quarta geração ST aparecem na liderança do ranking ABQM reprodutoras ST ANALEO - P ST CAJUINA - P ST TAPIOCA - P JA RUNNING TWISTER - P ST FIFTH BLUE - P femeas atletas ST TABOQUINHA - P ST TAPIOCA - P SHAKIRA ZORRERO - P TWIST TA FAME - P DASH A VICTORY - P reprodutores EL SHADY ZORRERO - P FISHERS FLY - P VICTORY FLY VM - P CASTANHO RED - P AIM TA FAME - P machos atletas ST FISHERS BLUE - P EF ADVANCE DASH - P ST LEO LEO - P FISHERS DOWN DASH - P EL TORO LEO - P * Dados colhidos em 15/09/2014

5 Há 6 anos o melhor criador de Três Tambores pela ABQM. O criatório nacional com o maior número de animais que alcançaram a marcas dos 16s ST Sugarobby que é filha da Sugarokie que é filha da Lady s Sugar ST Gabiroba Filha da ST Smarty que é filha da Speedy ST Leo Leo filho da ST Analeo que é filha da Trouble Creek ST Taboquinha filha da ST Tapioca que é filha da ST Cajuina que é filha da Lady s Sugar ST Sugaroca filha da ST Sugarobby que é filha da Sugarokie que é filha da Lady s Sugar ST Tapioca que é filha da ST Cajuina que é filha da Lady s Sugar ST Fishers Blue Filho da ST Fifth Blue que é filha da Second Blue

6 Haras ST marca de campeoes ST 8888 lote Anucha F - AlazãO Tostado - 24/08/13 Dash Ta Fame (First Down Dash) x ST Analeo (Shady Leo) É bonita... é bonita.. e é bonita! Filha da ST Ana Leo Filha do Dash Ta Fame O cruzamento dos sonhos... ST Analeo Mãe de garanhões Mãe de campeões ST Analeo: 345 pontos RMT produtora de mais de 450 pontos RMT ST LEO LEO ST ZE PEREIRA ST DOC BEE ST JAYBEE LEO ST ANA STAR ST ANA WARS ST FISHERS LEO

7

8 Haras ST marca de campeoes ST 8888 lote Tapiuska F - Baio - 10/09/13 ST Fishers Leo (Fishers Fly) x ST Tapioca (Hobby Top Cody) Tal mãe... tal filha! Impressionante a semelhança entre as duas! Filha da ST Tapioca com o ST Fishers Leo Representa a união das duas maiores famílias da persistência do ST: ST Cajuína e ST Ana Leo. Irmã da ST Taboquinha! ST Tapioca, única na história da ABQM: pontos RMT 2 carros zero Km Tri-campeã Nacional Campeã Congresso ABQM Campeã Copa dos Campeões Campeã Grand-Prix Raphaela

9

10 Haras ST marca de campeoes ST 8888 lote Vikita F - Alazão - 02/08/13 Victory Fly VM (Apollo VM) x ST Sukita (Trouble Two Times) Forte candidata ao clube dos 16s! Filha da ST Sukita. Filha do Victory Fly. Duas máquinas nos três tambores! Dois ícones na reprodução! OPORTUNIDADE ÚNICA DE TER UMA FILHA DA ST SUKITA COM O VICTORY FLY. NÃO TEM MAIS! Neta da ST CAJUINA ST Sukita: produtora de 190 pontos RMT e a matriz revelação em 2013: ST MISTER MAKER ST BAMBINO FLY SUESTER SUKITA ST BEE BEE DEE

11

12 Haras ST marca de campeoes ST 8888 lote Vik Creek F - Alazão - 18/07/13 Victory Fly VM (Apollo VM) x ST Spirit (That Dandy Doc) Note a força desta potra! Filha da ST Spirit. Uma das mais importantes reprodutoras da seleção ST. Família materna da ST Analeo. Irmã materna da ST Birita! 220 pontos RMT Filha do Victory Fly, a máquina do tempo! Família de produtoras! ST Spirit pontos RMT Que é filha da ST Traveler... produtora de 437 pontos RMT Que é filha da Trouble Creek... produtora de pontos RMT

13

14 Haras ST marca de campeoes St 8888 lote Milk Sugar F - Baio Amarilio - 01/09/13 Frenchmans Guy (Sun Frost) x Sugarokie (Okie Easterwood) Cheia de charme! Filha do Frenchmans Guy: número 1 do mundo em atividade Filha da grande produtora Sugarokie: 454 pontos RMT Irmã da super-campeã ST Sugarobby Genética para selecionadores: Futura campeã nas pistas! Matriz reserva para criatórios de elite! Frenchmans Guy Sugarokie: irmã materna da ST Cajuína

15

16 Haras ST marca de campeoes St 8888 lote Chikita Fly F - Castanho - 02/10/13 ST Fishers Leo (Fishers Fly) x ST Bridge (That Dandy Doc) Promessa nas pistas! Filha do Fishers Leo! Neta do Fishers Fly! Filha da ST Bridge, uma das 10 melhores reprodutoras da história da ABQM, com mais de 700 pontos RMT. Irmã materna da ST Dandy Chick! Misturada agora com a família da ST Analeo! ST Analeo ST Dandy Chick Fishers Fly ST Fishers Leo

17

18 Haras ST marca de campeoes ST 8888 lote Treveleca Potra espetacular! Filha da ST Traveler! Filha do Victory Fly em mãe Shady Leo! Mais do que filha do Shady Leo e da Trouble Creek, ST Traveler criou a sua própria família de ganhadores: Mãe de: mais de 400 pts RMT Avó de: mais de 580 pts RMT F - Alaz. Tostado - 06/09/13 Victory Fly VM (Apollo VM) x ST Traveler (Shady Leo) ESPARTA FAME LEO TROUBLE CREEK CODY CREEK LEO SHINES CREEK ST SHADY BEE ST BIRITA ST SKANSEN ST FISHERS DOC TOP CREEK A CREEK FLY HR AJAX TOP OAKCREEK 2F FREEDA LEO ZORRERO SHADY BAR CREEK Victory Fly

19

20 Haras ST marca de campeoes ST 8888 lote Travelita F - Castanho - 11/09/13 Victory Fly VM (Apollo VM) x ST Traveler (Shady Leo) Filha da ST Traveler, neta da Trouble Creek Filha do Victory Fly em mãe Shady Leo Cruzamento comprovado no tambor! ST Traveler uma das mais pontuadas reprodutoras filhas do Shady Leo no ranking ABQM. Irmã própria da ST Analeo. Genética que atravessa gerações! ST Traveler, mãe de mais de 400 pontos RMT. Trouble Creek, mãe de mais de pontos RMT Apenas três éguas produziram mais de pontos em RMT em toda história da ABQM. Uma delas é a Trouble Creek! Victory Fly

21

22 Haras ST marca de campeoes ST 8888 lote Crokita F - Castanho - 16/07/13 El Shady Zorrero (Shady Leo) x ST Creek Fly (Fishers Fly) Potra maravilhosa! Filha da ST Creek Fly com o El Shady Zorrero! Herdeira do Shady Leo e do Fishers Fly Trouble Creek, Shady Leo e Fishers Fly! Exatamente o mesmo encontro genético do ST Leo Leo Filha do El Shady Zorrero, o líder da nova geração! ST CREEK FLY Mais de 270 pontos RMT Campeã na Aberta! Campeã na Jovem! Campeã também nos Rodeios!. 17 vezes Campeã pela ABQM

23

24 Haras ST marca de campeoes ST 8888 lote Birola F - Tordilho - 17/09/13 El Shady Zorrero (Shady Leo) x ST Birita (Fishers Fly) Filha da ST Birita com o El Shady Zorrero! Herdeira do Shady Leo e do Fishers Fly Filha do El Shady Zorrero, o líder da nova geração! Família materna da Trouble Creek, ST Traveler e ST Analeo, mais de pontos RMT em 4 gerações. ST BIRITA Mais de 220 pontos RMT 14 vezes Campeã Três Tambores 3ºL. Congresso ABQM Aberta Vários records de pista nos regionais! Brilhou na sela do Nivaldo em 2013, Destaque do Vaguinho neste ano!

25

26 Haras ST marca de campeoes ST 8888 lote Carolette F - Alazão - 30/09/13 Victory Fly VM (Apollo VM) x ST Carolina (Shady Leo) Bonita e delicada! Filha da ST Carolina, produtora de mais de 100 pontos RMT. Victory Fly em mãe Shady Leo. O mesmo cruzamento da Fofinha Fly! Seus irmãos paternos: Fofinha Fly Miss Victory Fly LW Just Like a Victory Indiana Victory Princesa Liberty Moon Victory LW Joe Fly Leo Victory San Love a Victory LW Indiana Fly Chick Light ta Victory LW Valkyria Fly Sucesso Fly Dee Dash Ta Victory Victory Fly

27

28 Haras ST marca de campeoes ST 8888 lote Fameleo M - Alaz. Tostado - 21/08/13 Dash Ta Fame (First Down Dash) x ST Analeo (Shady Leo) O número 1 do mundo Dash Ta Fame, com a reprodutora do ano: ST Analeo Filho da super-campeã ST Analeo Neto da super-produtora Trouble Creek Atleta para arrebentar nas pistas! Garanhão para servir plantel de elite no Brasil! Irmão materno da sensação 2014: ST Leo Leo: Campeão GP Raphaela 2014 Campeão Congresso ABQM 2014 Campeão Nacional ABQM 2014 Campeão Copa NBHA Brasil 2014

29

30 Haras ST marca de campeoes ST 8888 lote Victory Blue M - Alazão Tostado - 22/07/13 Victory Fly VM (Apollo VM) x ST Fifth Blue (Shady Leo) Filho do Victory Fly Irmão materno do ST Fishers Blue Misturamos a genética dos dois garanhões recordistas de tempo do Brasil: nasceu um potro perfeito! Filho da ST Fifth Blue, reprodutora reserva do ST st fishers blue 362 pontos rtm Victory Fly 402 pontos rtm

31

32 Haras ST marca de campeoes ST 8888 lote Vitoy ST Dandy Chick M - Castanho 0 05/08/13 Victory Fly VM (Apollo VM) x ST Dandy Chick (Trouble Two Times) Difícil encontrar potro igual! Sua estrutura muscular é realmente diferenciada! Filho do Victory Fly Filho da ST Dandy Chick Seus pais somam 680 pontos de RMT e mais de 100 primeiros lugares conquistados. ST Dandy Chick: Campeã do Jovens Três Tambores Bi-Campeã Nacional 2010 Campeã Congresso ABQM 2012 Res-Campeã Copa WV 2012 Res-Campeã Copa Campeões 2012 Res-Campeã Nacional 2013 Victory Fly Garanhão recordista Tetra Campeão Nacional ABQM Campeão do Grand Prix Raphaela Campeão Four Friends Futurity Campeão Copa Campeões ABQM Campeão Potro do Futuro ABQM Victory Fly

33

34 Haras ST marca de campeoes ST 8888 lote Eye Eye M - Tordilho - 11/08/13 Eye Shot (MR Eye Opener) x ST Fanatic (Shady Leo) Potro de beleza e cor previlegiadas! Filho da ST Fanatic! Produtora de 185 pontos RMT e irmã própria da ST Analeo. Neto da Trouble Creek! Cruzamento clássico corrida x trabalho! Foto: Gabriel Oliveira Irmão do ST Flying Leo! ST Flying Leo Eye Shot

35

36 Haras ST marca de campeoes ST 8888 lote Sugarwood M - Tordilho 26/11/12 El Shady Zorrero (Shady Leo) x ST Sugarobby (Hobby Top Cody) Filho do El Shady Zorrero Filho da ST Sugarobby Irmão materno da ST Sugaroca! 50% a venda Venha ser nosso parceiro! Vamos fazer juntos um novo campeão! Leia atentamente os critérios estabelecidos para a parceria: Após o leilão, o ST Sugarwood volta para o Haras ST para término da doma e iniciação em três tambores com o Marcos Toledo, sem qualquer despesa para o parceiro, até final de abril de A partir de 1º. de maio, o potro irá para um centro de treinamento escolhido em comum acordo entre o ST e seu novo sócio. As despesas passam a ser divididas igualmente entre os dois proprietários, até o potro do futuro de Após esta data o ST Sugarwood poderá ser comercializado, com o direito de qualquer uma das partes comprar a do sócio caso não haja interesse em vender para terceiros. Como alternativa o potro poderá ser vendido em leilão de elite, escolhido em comum acordo entre os proprietários. Em comum acordo também o potro poderá ser assegurado contra eventuais acidentes. O ST SUGARWOOD TEM EXCEPCIONAL PEDIGREE E SERVE COMO GARANHÃO EM PLANTEIS DE ELITE. ST Sugarobby 378 rmt ST Sugaroca 104 rmt

37

38 SORTEIO ST Murissoca F - Baio - 26/11/12 STRAIT FIRE WATER (FIRE WATER FLIT) x ROWNIE TOP CODY (HOBBY TOP CODY) Seguindo nossa tradição, faremos a homenagem a todos os competidores que montam animais do nosso criatório, sorteando uma fêmea com o nosso prefixo. Filha do Strait Fire water LEIA COM ATENÇÃO E PARTICIPE REGRAS PARA O SORTEIO DA POTRA ST Murissoca 1. O ST To Q To será sorteado durante o 4o Leilão do Haras ST dia 18 de outubro de 2014 à partir das 17hs. A hora do sorteio será escolhida pelo leiloeiro após o início do pregão. 2. Somente receberá o prêmio o sorteado que estiver presente na hora do sorteio, não aceitando-se representantes ou procuradores. 3. Estão habilitados a retirar seu cupom: 3.1.Todo treinador de cavalo Quarto de Milha, que tenha como criador o Haras ST (Marcio Matheus Tolentino) e cujo cavalo ST tenha competido com ele em provas oficiais ou oficializadas pela ABQM, nas modalidades de três tambores, no ano de 2014 e até a data do sorteio. No caso de dois ou mais treinadores terem montado o mesmo cavalo, no mesmo ano de 2014, todos poderão concorrer Todo competidor de cavalo Quarto de Milha, que tenha como criador o Haras ST (Marcio Matheus Tolentino) e cujo cavalo ST tenha competido com ele em provas oficiais ou oficia- lizadas pela ABQM, nas modalidades de três tambores ou seis balizas, no ano de 2014 e até a data do sorteio. No caso de dois ou mais competidores terem montado o mesmo cavalo, no mesmo ano de 2014, todos poderão concorrer. 4. Cada pessoa somente pode concorrer com um cupom (um só número). Assim, se a mesma pessoa for proprietária ou treinador de mais de um cavalo ST, deve escolher apenas um para ser habilitado. 5. A potra deverá ser retirado do Haras ST até 25 de outubro de 2014.

39

40 L Nome S PEL NASC PAI AVÔ PATERNO MÃE AVÔ MATERNO 1 ST Anucha F Alaz. Tost. 24/08/13 Dash Ta Fame First Down Dash ST Analeo Shady Leo 2 ST Tapiuska F Baio 10/09/13 ST Fishers Leo Fishers Fly ST Tapioca Hobby Top Cody 3 ST Vikita F Alazão 02/08/13 Victory Fly VM Apollo VM ST Sukita Trouble Two Times 4 ST Vik Creek F Alazão 18/07/13 Victory Fly VM Apollo VM ST Spirit That Dandy Doc 5 ST Milk Sugar F Baio Ama. 01/09/13 Frenchmans Guy Sun Frost Sugarokie Okie Easterwood 6 ST Chikita Fly F Castanho 02/10/13 ST Fishers Leo Fishers Fly ST Bridge That Dandy Doc 7 ST Treveleca F Alaz. Tost. 06/09/13 Victory Fly VM Apollo VM ST Traveler Shady Leo 8 ST Travelita F Castanho 11/09/13 Victory Fly VM Apollo VM ST Traveler Shady Leo 9 ST Crokita F Castanho 16/07/13 El Shady Zorrero Shady Leo ST Creek Fly Fishers Fly 10 ST Birola F Tordilho 17/09/13 El Shady Zorrero Shady Leo ST Birita Fishers Fly 11 ST Carolette F Alazão 30/09/13 Victory Fly VM Apollo VM ST Carolina Shady Leo 12 ST Fameleo M Alaz. Tost. 21/08/13 Dash Ta Fame First Down Dash ST Analeo Shady Leo 13 ST Victory Blue M Alaz. Tost. 22/07/13 Victory Fly VM Apollo VM ST Fifth Blue Shady Leo 14 ST Vitoy M Castanho 05/08/13 Victory Fly VM Apollo VM ST Dandy Chick Trouble Two Times 15 ST Eye Eye M Tordilho 11/08/13 Eye Shot MR Eye Opener ST Fanatic Shady Leo 16 ST Sugarwood M Tordilho 26/11/12 El Shady Zorrero Shady Leo ST Sugarobby Hobby Top Cody Patrocinadores: Seguradora: Qualidade em nutrição animal

41 5 º l e i l ã o h a r a s 18 de outubro de Avaré SP Regulamento As vendas no leilão são irrevogáveis e irretratáveis, não podendo o comprador recusar o animal ou solicitar redução do preço (art do Código Civil). I Condições Gerais Art 1º-Os produtos a serem licitados estarão à disposição dos interessados a partir do dia 17 de outubro de 2014, no local do leilão. Nota: Um médico veterinário examinará os animais detectando possíveis defeitos, taras e anormalidades para serem informados pelo leiloeiro ou cortados do leilão. Ainda assim os interessados devem proceder, com antecedência compatível, a vistoria dos animais, pois uma vez na pista, a distância impede a verificação de certas minúcias, somente visíveis de perto. Não serão aceitas reclamações posteriores. Todos os animais possuem atestado negativo de anemia infecciosa. Art 2º-Uma vez batido o martelo, os animais estarão por conta e risco do comprador e deverão ser retirados até as 12:00 horas do dia 19 de outubro de 2014, impreterivelmente, assumindo toda a responsabilidade e custo pelo transporte dos animais adquiridos. Art 3º-O acerto de contas deverá ser realizado durante e/ou após o leilão no mesmo local e até as 12:00 horas do dia 19/10. Na impossibilidade de acertar suas aquisições neste período, o comprador deverá comunicar-se com a WV LEILÕES, pelos telefones II CONDIÇÕES DE PAGAMENTO: Art 4º- O valor do lance será multiplicado por 24 (vinte e quatro). Exemplo: lance de R$.1.000,00 x 24 = R$ ,00 (valor total do animal) Único - Formas de pagamento: A 24 parcelas ( ) B - à vista, com 15% (quinze por cento) de desconto. Art 5 - Caso escolha o pagamento em parcelas, o valor da compra poderá será representado por Nota Promissória, podendo o vendedor neste caso solicitar avalistas de seu conhecimento, desde que manifeste esta exigência ao escritório da WV LEILÕES antes do acerto de contas. O comprador assinará também um contrato de alienação fiduciária nos termos do Artigo 66 e seus parágrafos da lei 4728 de 14/07/65, ficando como fiel depositário do animal até sua quitação total. Único: Compradores que não apresentarem referências pessoais e/ou bancárias terão seus cadastros analisados para posterior liberação dos animais. Art 6º-A falta de pagamento de qualquer das parcelas, no seu vencimento, implicará no vencimento e exigibilidade da dívida por inteiro, independente de notificação ou aviso, ficando as parcelas sujeitas à multa de 2% (dois por cento) do valor em atraso, mais juros legais de 1% (um por cento) ao mês e correção monetária até a data da liquidação do débito. Neste caso, poderá o vendedor optar pela devolução imediata dos animais vendidos, independente da devolução das parcelas já recebidas. Fica esclarecido e ajustado, por ser condição essencial do negócio, que o preço não encerra qualquer expectativa de inflação, pelo que o comprador se obriga a pagá-lo integralmente, sem poder pleitear nem solicitar qualquer dedução, redução ou aplicação de deflator. Art 7o Os animais vendidos para o exterior deverão ser pagos a vista e todos os documentos, atestados sanitários e encargos oriundos para liberação serão de responsabilidade exclusiva do comprador. Art 8º-Todos os animais entrarão em licitação sem reserva ou preço base. Caberá ao leiloeiro, a seu exclusivo critério, estabelecer o lance inicial e os subseqüentes. III ICMS Art 9º.- Em caso de incidência do ICMS, a responsabilidade pelo pagamento é do vendedor. Art 10º. Caso o comprador não esteja legalmente inscrito na Secretaria de Fazenda de seu Estado, o recolhimento do ICMS será de sua responsabilidade, e deverá ser incluso no acerto de suas compras. IV DOS COMPRADORES Art 11 - Em seu acerto de contas, os compradores deverão pagar a vista com cheque ou dinheiro: a) A comissão de 8% (oito por cento) sobre o valor de cada animal arrematado, independente de descontos concedidos; b) As 1as.e 2as. Parcelas; c) Assinar o Contrato e a Nota Promissória no valor total da compra. Art 12º-A arrematação ficará comprovada com assinatura do comprador, no Termo de Compromisso, feita logo após cada arrematação. O arrematante não poderá arrepender-se da aquisição. Art 13º-Batido o martelo, o arrematante passa a assumir imediatamente o risco e a responsabilidade sobre o animal. Art 14º-Os vendedores, os organizadores, o leiloeiro e a WV LEILÕES não se responsabilizarão por quaisquer alterações no estado dos animais após a arrematação. Art. 15º - Quando a compra for de ventre para livre acasalamento, o comprador deverá pagar a 1as. e 2as. parcelas e a comissão de compra. a- As parcelas seguintes somente deverão ser pagas após o recebimento da comunicação do vendedor de que o embrião foi efetivado. b- O comprador terá 30 dias para informar por escrito qual o garanhão escolhido para cruzar com a égua por ele arrematada para o livre acasalamento e o local onde este garanhão está alojado e o telefone do veterinário responsável por ele. Art. 16º. - O comprador terá 30 dias para retirar a receptora após a confirmação da prenhez nos casos de Ventre para livre acasalamento ou Embrião, depois deste prazo, as diárias da receptora ficarão por conta do comprador. O comprador, após a retirada da receptora terá 30 dias para a confirmação ou não da prenhez, que deverá ser feita por escrito e assinada por veterinário credenciado, a fim de que o comprador não perca o direito a garantia de produto vivo ao pé. a- Se a doadora não der embrião na estação de monta atual, o comprador terá as seguintes opções: I- Autorizar a coleta na estação de monta seguinte. II- Decidir por outras doadoras do mesmo criatório que possam ser disponibilizadas. III- Ter o valor das parcelas pagas, devolvidas sem correção. b- Ocorrendo a morte ou infertilidade da doadora, o comprador terá o valor das parcelas pagas devolvido, desde que não tenho conseguido o embrião. c- O comprador se responsabiliza pela devolução da receptora VAZIA, no local da retirada, após a desmama do produto, no prazo máximo de 08 (oito) meses da data do nascimento do produto. d- Caso queira comprar a receptora o comprador poderá negociar diretamente com o vendedor ou com a central de transferência onde foi realizada a TE, se houver a possibilidade de venda. e - Em caso do produto nascer morto o comprador terá o prazo máximo de 24 horas para comunicar por escrito ao vendedor, acompanhado de um laudo veterinário, a fim de manter o direito de reposição do embrião arrematado. Art 17º. Quando se tratar de compra e/ou doação recebida de coberturas, compra de cota de coberturas, fica na responsabilidade do comprador o pagamento das taxas de coletas e remessa do sêmen. V DOS VENDEDORES Art 18º-Compete aos vendedores I-Colocar os animais no local onde ocorrerá o leilão, acompanhados de seus respectivos tratadores, a alimentação necessária e cabresto. II-Entregar toda a documentação solicitada em carta, no escritório da WV LEILÕES. III-Pagar a taxa de inscrição por animal, pagar a comissão de 10% (dez por cento) sobre suas vendas de animais, coberturas, cotas, ventres para livre acasalamento e embriões, sobre seus valores a prazo independente de descontos concedidos; e em caso de defesa pagar 10 % (dez por cento) a Quando em um lote estiver sendo ofertado mais de um animal (ex: lote 01 A e B) e ocorrer a venda superior a um animal, a cada venda o vendedor deverá recolher a leiloeira 50% do valor de uma inscrição. IV - Quando se tratar de venda de animal com registro em andamento, o vendedor assume todas as responsabilidades legais, judiciais e outras, pela legalização e entrega ao comprador do registro do respectivo animal. V-Quando se tratar da venda de VENTRE PARA LIVRE ACASALAMENTO compete ao vendedor entregar ao comprador sem nenhum custo adicional a PRENHEZ efetivada, inclusive com a receptora, que será devolvida após a desmama, desde que o comprador faça a remessa do sêmem tantas vezes quanto necessário para a efetivação da prenhez. O vendedor se responsabiliza pela entrega de toda a documentação exigida pela ABQM e também se responsabiliza pelo pagamento da taxa de registro do animal junto a ABQM. b - Quando ocorrer a efetivação da prenhez o vendedor comunicará o comprador por escrito e iniciará a emissão da cobrança dos boletos mensais. VI-Quando se tratar de EMBRIÃO, o vendedor deverá fazer a entrega da receptora prenha (que será devolvida após a desmama) e toda a documentação necessária exigida pela ABQM para o registro do produto, e também se responsabiliza pelo pagamento da taxa de registro do produto junto a ABQM. VII- Tanto no livre acasalamento como no embrião vendido, o vendedor da a garantia de produto vivo ao pé, em até 07 dias após o parto. Em caso de morte do produto, o comprador terá 48 horas para comunicar por escrito, ao proprietário da égua e após isso três dias úteis para emissão do laudo veterinário atestando a morte do produto. Caso não ocorra esta comunicação, o comprador perderá o direito a um novo embrião. VIII-Quando se tratar da venda de coberturas o comprador se responsabiliza pelas despesas de coleta e remessa do sêmen. IX-Quando se tratar de venda de cotas de coberturas, o vendedor se obriga a manter o animal, se responsabilizando pelas despesas de manutenção e tratamentos veterinários, sem repassá-las aos compradores das cotas de coberturas. c- As despesas com as coletas e remessa do sêmen são por conta do comprador. VI CONDIÇÕES FINAIS Art 19º-O leilão se processará publicamente pelo Leiloeiro Rural Agnaldo Agostinho de Souza, filiado ao Sindicato Nacional dos Leiloeiros Rurais sob o nº 213, sendo sua palavra credenciada a alterar ou complementar estas normas, bem como as informações constantes deste catálogo. O leiloeiro não aceitará lance dados por pessoas que, a seu exclusivo critério, julgar não capacitada. Art 20º-É de total responsabilidade dos vendedores todas as informações dos animais deste leilão. Eventuais erros ou omissões serão corrigidos pelo leiloeiro e prevalecerão sobre o catálogo. Art 21º - Caso no período compreendido entre o arremate e o final do pagamento das parcelas avençadas o animal venha a óbito, sob quaisquer circunstâncias, referido evento não desobriga o comprador de cumprir o Contrato. Art 22º - Na ocorrência de óbito de animal segurado, em cuja apólice constar como beneficiário o comprador, a ocorrência do sinistro, sob quaisquer circunstâncias e a qualquer tempo, não desobriga o comprador do cumprimento do Contrato, permanecendo o dever de quitar em dia as parcelas avençadas até o recebimento do prêmio; recebido o prêmio, o comprador deverá liquidar integralmente o Contrato junto ao vendedor no prazo de até 07 (sete) dias a contar do recebimento. Art 23º-Caso ocorra o cancelamento do negócio, por quaisquer motivos (morte do animal com seguro ou não, anomalias físicas encontradas nos animais por exames radiológicos ou outros, perca de prenhez, estado do animal no ato da entrega pelo vendedor, não efetivação de embrião, impossibilidade de utilizar o ventre adquirido e outros motivos não inerentes ao momento da venda) a leiloeira não se obriga nos termos deste regulamento a devolver os valores pagos pelas comissões de venda e compra, às partes. Art 24º-Como condição de participar deste leilão fica estabelecido que os criadores, proprietários, apresentadores, treinadores e outros assumirão inteira responsabilidade face a possíveis riscos de natureza pessoal e/ou patrimonial, que por acaso venha acontecer, isentado a WV LEILÕES, seus Diretores, Funcionários, Representantes e Empregados de qualquer responsabilidade quanto aos mesmos. Art 25º-A WV LEILÕES atua exclusivamente como intermediária do negócio realizado entre Vendedor(es) e Comprador(es), e não é responsável por eventual atraso ou falta de pagamento, pelas informações contidas no catálogo, pela saúde, condições e estado físico dos animais, inclusive aqueles eventualmente decorrentes de manejo e de transporte do(s) mesmo(s), razão pela qual, de forma expressa, Vendedor(es) e Comprador(es) a declaram parte legítima em qualquer questão que possa decorrer de tais situações, isentando-a desde logo, de qualquer responsabilidade nesse sentido. Art 26º-Todos os participantes do leilão, obrigam-se de forma definitiva a acatarem as disposições deste regulamento, o qual é considerado de conhecimento de todos, não podendo ninguém se recusar a aceita-lo e cumpri-lo alegando que não o conhece. Art 27º-Fica estabelecido o Fórum da cidade de domicílio do vendedor e o Foro de Lucélia, SP, domicilio da Leiloeira, para eventualidade de qualquer pendência judicial, ressalvado a ele, vendedor, o direito de, a seu exclusivo critério, optar pelo Fórum do domicílio do comprador. Avaré/SP, 18 de outubro de 2014 Acesse e obtenha maiores informações sobre o regulamento e condições gerais de venda e compra por leilões, da WV Leilões SS Ltda, registrado sob nº.5610, livro B-9, em 13/06/2006, no Cartório de Registro de Títulos e Documentos de Lucélia-SP.

42 5 º l e i l ã o h a r a s 18 de outubro de 2014 sábado 16hs Durante o Potro do Futuro e Copa dos Campeões da ABQM Avaré SP Informações e lances; Wilson V. Dosso Jr. (18) ; André Nunes Costa - Hippus Assessoria (31) ; Vagner Simionato (14) (14) Assista o Leilão ao vivo pela Internet ou e clique Conexão BR e Agro Canal. Acesse o site e confira as campanhas, fotos, vídeo dos animais e todas outras informações complementares sobre os animais deste leilão. Realização: Leiloeira: Assessoria: Transmissão: Apoio: (18) André Nunes Costa (31) Parabólica Polarização vertical 960 MHZ

Regulamento. Leiloeiro Eduardo Vaz

Regulamento. Leiloeiro Eduardo Vaz Regulamento Leiloeiro Eduardo Vaz Todos os participantes do leilão obrigam- se de forma definitiva e irrecorrível a acatarem as disposições do presente Regulamento não podendo se escusar de aceitá- lo

Leia mais

REGULAMENTO LEILÃO ONLINE LP HORSES

REGULAMENTO LEILÃO ONLINE LP HORSES REGULAMENTO LEILÃO ONLINE LP HORSES 1. DO REGULAMENTO 1.1. O LEILÃO ONLINE LP HORSES é organizado pela LP HORSES, prestadora de serviços de intermediação de compra e venda de animais que trabalha através

Leia mais

REGULAMENTO. 1) Os lances serão, obrigatoriamente, multiplicados por 24 (vinte e quatro) para estabelecer o preço final do animal à venda.

REGULAMENTO. 1) Os lances serão, obrigatoriamente, multiplicados por 24 (vinte e quatro) para estabelecer o preço final do animal à venda. REGULAMENTO Todos os participantes do leilão obrigam-se de forma definitiva e irrecorrível a acatarem as disposições do presente Regulamento não podendo se escusar de aceitá-lo ou cumpri-lo, alegando que

Leia mais

REGULAMENTO LEILÃO VIRTUAL SELEÇÃO GENÉTICA FAZENDA CAMPESTRE 1 - Os animais estarão expostos no site, por um período de 11 de dezembro de 2015 a 15 de dezembro de 2015. Durante este período, receberão

Leia mais

1º LEILÃO 'ASTROS DA ARENA' FICHA DE INSCRIÇÃO CONTATO:

1º LEILÃO 'ASTROS DA ARENA' FICHA DE INSCRIÇÃO CONTATO: 1º LEILÃO 'ASTROS DA ARENA' FICHA DE INSCRIÇÃO CONVIDADO Nome: CPF: RG: Endereço: Propriedade: CNPJ: Insc. Est.: CONTATO: ( ) ( ) ANIMAL/LOTE Nome: Idade: Sexo: Valor pretendido: R$ DA FICHA DE INSCRIÇÃO

Leia mais

LEILÃO 1.000 TOUROS NELORE GRENDENE A INDÚSTRIA DA GENÉTICA

LEILÃO 1.000 TOUROS NELORE GRENDENE A INDÚSTRIA DA GENÉTICA A INDÚSTRIA DA GENÉTICA Só quem entende de escala pode fazer escala. A indústria foi a nossa base e o agronegócio é o nosso futuro. E o futuro está aqui, hoje, reflexo do trabalho realizado por uma equipe

Leia mais

TÍTULO 17 VENDA DE PONTAS DE ESTOQUE DA CONAB Documento 2 - Edital de Venda de Pontas de Estoque

TÍTULO 17 VENDA DE PONTAS DE ESTOQUE DA CONAB Documento 2 - Edital de Venda de Pontas de Estoque REGULAMENTO DE VENDA CONAB/DIRAB/DECEG Nº 001/97 A COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO-CONAB, empresa pública federal vinculada ao Ministério da Agricultura e do Abastecimento, torna público as condições

Leia mais

1.2. Considera-se EMPRESA LEILOEIRA a empresa responsável pela organização e coordenação do leilão.

1.2. Considera-se EMPRESA LEILOEIRA a empresa responsável pela organização e coordenação do leilão. O presente regulamento estabelecerá as normas que serão observadas durante o leilão, sendo que seu cumprimento será obrigatório a todos aqueles que, na condição de convidados, participantes e/ou promotores

Leia mais

CONDIÇÕES DE VENDA E PAGAMENTO DO LEILÃO GUERINO SEISCENTOS TRANSPORTES LEILOEIRO OFICIAL: CEZAR AUGUSTO BADOLATO SILVA JUCESP Nº 602

CONDIÇÕES DE VENDA E PAGAMENTO DO LEILÃO GUERINO SEISCENTOS TRANSPORTES LEILOEIRO OFICIAL: CEZAR AUGUSTO BADOLATO SILVA JUCESP Nº 602 CONDIÇÕES DE VENDA E PAGAMENTO DO LEILÃO GUERINO SEISCENTOS TRANSPORTES LEILOEIRO OFICIAL: CEZAR AUGUSTO BADOLATO SILVA JUCESP Nº 602 VENDEDOR(A)/(COMITENTE): GUERINO SEISCENTO TRANSPORTES S.A VNPJ 72.543.978/0001-00

Leia mais

14º LEILÃO BRANGUS REGULAMENTO

14º LEILÃO BRANGUS REGULAMENTO 14º LEILÃO BRANGUS REGULAMENTO DOURADOS, 21 MAIO DE 2011 Como é norma de todos os leilões públicos, o comprador é quem estabelece livremente o preço, não podendo desta forma ser aplicado qualquer índice

Leia mais

5) COMPROMISSO PARTICULAR DE VENDA E COMPRA E OUTRAS COMPROMISSÁRIO VENDEDOR:..., brasileiro, solteiro, produtor rural, inscrito no CPF sob o

5) COMPROMISSO PARTICULAR DE VENDA E COMPRA E OUTRAS COMPROMISSÁRIO VENDEDOR:..., brasileiro, solteiro, produtor rural, inscrito no CPF sob o 5) COMPROMISSO PARTICULAR DE VENDA E COMPRA E OUTRAS AVENÇAS PARTES CONTRATANTES COMPROMISSÁRIO VENDEDOR:..., brasileiro, solteiro, produtor rural, inscrito no CPF sob o n.... e no RG sob o n...., residente

Leia mais

8) Qual o papel da administradora?

8) Qual o papel da administradora? 1) Como funciona o consórcio? R= Consórcio é um sistema que reúne em grupo pessoas físicas e/ou jurídicas com interesse comum para compra de bens ou serviços, por meio de autofinanciamento, onde o valor

Leia mais

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO ZURICHCAP INCENTIVO Nº 07 PU I07 MODALIDADE INCENTIVO PAGAMENTO ÚNICO CONDIÇÕES GERAIS

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO ZURICHCAP INCENTIVO Nº 07 PU I07 MODALIDADE INCENTIVO PAGAMENTO ÚNICO CONDIÇÕES GERAIS DA ZURICHCAP INCENTIVO Nº 07 PU I07 I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: ZURICH BRASIL CAPITALIZAÇÃO S/A. CNPJ: 17.266.009/0001-41 MODALIDADE: INCENTIVO PROCESSO SUSEP Nº: II - GLOSSÁRIO

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO APLICAP 026

CONDIÇÕES GERAIS DO APLICAP 026 CONDIÇÕES GERAIS DO APLICAP 026 I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLICAP CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 13.122.801/0001-71 APLICAP 026 MODALIDADE: PU POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.900500/2014-62

Leia mais

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP POPULAR 513 MODALIDADE POPULAR PAGAMENTO MENSAL CONDIÇÕES GERAIS

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP POPULAR 513 MODALIDADE POPULAR PAGAMENTO MENSAL CONDIÇÕES GERAIS I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.302/0001-94 APLUBCAP POPULAR 513 MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.900001/2014-75 II - GLOSSÁRIO Subscritor

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO REALCAP MEGA SONHOS. (Empresa Incorporadora da Real Capitalização S.A. desde 30/09/2009)

CONDIÇÕES GERAIS DO REALCAP MEGA SONHOS. (Empresa Incorporadora da Real Capitalização S.A. desde 30/09/2009) CONDIÇÕES GERAIS DO REALCAP MEGA SONHOS I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Santander Capitalização S/A (Empresa Incorporadora da Real Capitalização S.A. desde 30/09/2009) CNPJ: 03.209.092/0001-02

Leia mais

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP POPULAR 510 MODALIDADE POPULAR PAGAMENTO ÚNICO CONDIÇÕES GERAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A.

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP POPULAR 510 MODALIDADE POPULAR PAGAMENTO ÚNICO CONDIÇÕES GERAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.302/0001-94 APLUBCAP POPULAR 510 MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.902145/2013-85 II - GLOSSÁRIO Subscritor

Leia mais

CG DA MODALIDADE POPULAR PM CONDIÇÕES GERAIS DO APLUBCAP POPULAR 2262 SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.

CG DA MODALIDADE POPULAR PM CONDIÇÕES GERAIS DO APLUBCAP POPULAR 2262 SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076. CONDIÇÕES GERAIS DO APLUBCAP POPULAR 2262 I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.302/0001-94 APLUBCAP POPULAR 226 MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº:

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO AYRTON SENNA 50 ANOS

CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO AYRTON SENNA 50 ANOS CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO AYRTON SENNA 50 ANOS I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRADESCO CAPITALIZAÇÃO S/A CNPJ: 33.010.851/0001-74 PLANO PM 48/48 D - MODALIDADE: TRADICIONAL

Leia mais

MINUTA DE CONTRATO CONTRATO DE COMPRA E VENDA

MINUTA DE CONTRATO CONTRATO DE COMPRA E VENDA MINUTA DE CONTRATO CONTRATO DE COMPRA E VENDA TERMO DE COMPROMISSO DE COMPRA E VENDA DE BEM IMÓVEL QUE ENTRE SI FAZEM A FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE ALTO VALE DO RIO DO PEIXE - FUNIARP E. Na forma abaixo: FUNDAÇÃO

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SANTA CATARINA. Autarquia Federal Criada pela Lei Nº 5.905/73

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SANTA CATARINA. Autarquia Federal Criada pela Lei Nº 5.905/73 LEILÃO SIMULTÂNEO - ONLINE E PRESENCIAL COREN/SC Conselho Regional de Enfermagem de Santa Catarina LEILÃO Nº 01/2014 - TIPO: MAIOR LANCE E OFERTA DATA OFICIAL: 31/OUTUBRO/2014 (10h) OBSERVAÇÕES OBRIGATÓRIAS

Leia mais

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO - APLUBCAP TRADICIONAL 16 MODALIDADE TRADICIONAL - PAGAMENTO ÚNICO

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO - APLUBCAP TRADICIONAL 16 MODALIDADE TRADICIONAL - PAGAMENTO ÚNICO TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO - APLUBCAP TRADICIONAL 16 MODALIDADE TRADICIONAL - PAGAMENTO ÚNICO CONDIÇÕES GERAIS I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S/A CNPJ: 88.076.302/0001-94

Leia mais

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP POPULAR 636 MODALIDADE POPULAR PAGAMENTO ÚNICO CONDIÇÕES GERAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A.

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP POPULAR 636 MODALIDADE POPULAR PAGAMENTO ÚNICO CONDIÇÕES GERAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.302/0001-94 APLUBCAP POPULAR 636 MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.901295/2014-52 II - GLOSSÁRIO Subscritor

Leia mais

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP ECO 2.1 MODALIDADE DADE INCENTIVO PAGAMENTO ÚNICO CONDIÇÕES GERAIS

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP ECO 2.1 MODALIDADE DADE INCENTIVO PAGAMENTO ÚNICO CONDIÇÕES GERAIS TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP ECO.1 I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.30/0001-94 APLUBCAP ECO.1 MODALIDADE: INCENTIVO PROCESSO SUSEP Nº: 15414.0055/011-47

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO SORTE DIA&NOITE

CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO SORTE DIA&NOITE I INFORMAÇÕES INICIAIS CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO SORTE DIA&NOITE SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRADESCO CAPITALIZAÇÃO S/A CNPJ: 33.010.851/0001-74 PÉ QUENTE BRADESCO SORTE DIA&NOITE PLANO PM

Leia mais

CNPJ: 03.209.092/0001-02 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº: 15414.004260/2008-25 WEB-SITE:

CNPJ: 03.209.092/0001-02 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº: 15414.004260/2008-25 WEB-SITE: CONDIÇÕES GERAIS SANTANDER CAP SORTE FÁCIL I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Santander Capitalização S/A CNPJ: 03.209.092/0001-02 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº: 15414.004260/2008-25

Leia mais

REGULAMENTO DE OPERAÇÕES

REGULAMENTO DE OPERAÇÕES 1 GENERALIDADES As operações de crédito da Cooperativa serão realizadas dentro das normas fixadas pelo Estatuto Social, pelas normas legais, as do Banco Central do Brasil e por este Regulamento. 2 OBJETIVO

Leia mais

REGULAMENTO A CONCESSÃO E MANUTENÇÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES AOS PARTICIPANTES E ASSISTIDOS DO PLANO BENEFÍCIO PREV-RENDA.

REGULAMENTO A CONCESSÃO E MANUTENÇÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES AOS PARTICIPANTES E ASSISTIDOS DO PLANO BENEFÍCIO PREV-RENDA. REGULAMENTO A CONCESSÃO E MANUTENÇÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES AOS PARTICIPANTES E ASSISTIDOS DO PLANO BENEFÍCIO PREV-RENDA. Índice Capítulo I Da Carteira de Empréstimo Simples... 3 Capítulo II Dos Recursos

Leia mais

EDITAL DE LEILÃO LEILÃO DE BENS MÓVEIS: ITENS OBSOLETOS, EQUIPAMENTOS DESATIVADOS, VEÍCULOS E SUCATAS EM GERAL.

EDITAL DE LEILÃO LEILÃO DE BENS MÓVEIS: ITENS OBSOLETOS, EQUIPAMENTOS DESATIVADOS, VEÍCULOS E SUCATAS EM GERAL. LEILÃO Nº. 001/2013 EDITAL DE LEILÃO LEILÃO DE BENS MÓVEIS: ITENS OBSOLETOS, EQUIPAMENTOS DESATIVADOS, VEÍCULOS E SUCATAS EM GERAL. MINERAÇÃO CARAÍBA S/A Fazenda Caraíba, S/No, Distrito Pilar Jaguarari

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO OUROCAP MULTISORTE PM24P I INFORMAÇÕES INICIAIS

CONDIÇÕES GERAIS DO OUROCAP MULTISORTE PM24P I INFORMAÇÕES INICIAIS CONDIÇÕES GERAIS DO OUROCAP MULTISORTE PM24P I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRASILCAP CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 15.138.043/0001-05 OUROCAP MULTISORTE PM24P - MODALIDADE: TRADICIONAL

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS I. INFORMAÇÕES INICIAIS II. GLOSSÁRIO

CONDIÇÕES GERAIS I. INFORMAÇÕES INICIAIS II. GLOSSÁRIO CONDIÇÕES GERAIS I. INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: CARDIF CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ Nº. : 11.467.788/0001-67 PRODUTO: PR_PU_POPULAR1_S100_1S_CS0834 MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº:

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PM102T7 TRADICIONAL CNPJ: 74.267.170/0001-73 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº:

CONDIÇÕES GERAIS DO PM102T7 TRADICIONAL CNPJ: 74.267.170/0001-73 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº: CONDIÇÕES GERAIS DO PM102T7 TRADICIONAL I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: ICATU CAPITALIZAÇÃO S.A CNPJ: 74.267.170/0001-73 PM102T7 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº: II GLOSSÁRIO

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO OUROCAP TORCIDA BRASIL

CONDIÇÕES GERAIS DO OUROCAP TORCIDA BRASIL CONDIÇÕES GERAIS DO OUROCAP TORCIDA BRASIL I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Brasilcap Capitalização S.A. CNPJ: 15.138.043/0001-05 OUROCAP TORCIDA BRASIL MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO SOS MATA ATLÂNTICA

CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO SOS MATA ATLÂNTICA CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO SOS MATA ATLÂNTICA I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRADESCO CAPITALIZAÇÃO S/A CNPJ: 33.010.851/0001-74 PÉ QUENTE BRADESCO SOS MATA ATLÂNTICA PLANO

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO IBICAPITALIZAÇÃO MAIS

CONDIÇÕES GERAIS DO IBICAPITALIZAÇÃO MAIS CONDIÇÕES GERAIS DO IBICAPITALIZAÇÃO MAIS I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRADESCO CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 33.010.851/0001-74 PLANO PM 60/60 A - MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP

Leia mais

CG DA MODALIDADE TRADICIONAL PU CONDIÇÕES GERAIS DA ZURICHCAP TRADICIONAL PU 01

CG DA MODALIDADE TRADICIONAL PU CONDIÇÕES GERAIS DA ZURICHCAP TRADICIONAL PU 01 CONDIÇÕES GERAIS DA ZURICHCAP TRADICIONAL PU 01 I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: ZURICH BRASIL CAPITALIZAÇÃO S/A. CNPJ: 17.266.009/0001-41 ZURICHCAP TRADICIONAL PU 01 MODALIDADE: TRADICIONAL

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO INSTITUTO AYRTON SENNA

CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO INSTITUTO AYRTON SENNA CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO INSTITUTO AYRTON SENNA I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRADESCO CAPITALIZAÇÃO S/A CNPJ: 33.010.851/0001-74 PÉ QUENTE BRADESCO INSTITUTO AYRTON

Leia mais

I INFORMAÇÕES INICIAIS II - GLOSSÁRIO

I INFORMAÇÕES INICIAIS II - GLOSSÁRIO I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: INVEST CAPITALIZAÇÃO S/A CNPJ: 93.202.448/0001-79 (NOME FANTASIA DO PRODUTO): INVESTCAP TRAD-PU 03 (12M) MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº: 15414.900283/2013-20

Leia mais

REGULAMENTO DO FASCAR CLUB - PROGRAMA DE FIDELIDADE FASCAR

REGULAMENTO DO FASCAR CLUB - PROGRAMA DE FIDELIDADE FASCAR REGULAMENTO DO FASCAR CLUB - PROGRAMA DE FIDELIDADE FASCAR 1. OBJETO 1.1. O Programa Fidelidade FASCAR CLUB consiste em um Programa de relacionamento com clientes da FASCAR, denominação doravante de Indústria

Leia mais

TERMO DE ADESÃO A CONTRATO DE OPERAÇÃO DE PLANO PRIVADO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE. Associado: Endereço: CNPJ: Inscrição Estadual: Representante legal:

TERMO DE ADESÃO A CONTRATO DE OPERAÇÃO DE PLANO PRIVADO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE. Associado: Endereço: CNPJ: Inscrição Estadual: Representante legal: TERMO DE ADESÃO A CONTRATO DE OPERAÇÃO DE PLANO PRIVADO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE Associado: Endereço: CNPJ: Inscrição Estadual: CEP: Telefone: Representante legal: RG: CPF: 1. Por este termo, o associado

Leia mais

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP POPULAR 200 MODALIDADE POPULAR PAGAMENTO MENSAL CONDIÇÕES GERAIS

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP POPULAR 200 MODALIDADE POPULAR PAGAMENTO MENSAL CONDIÇÕES GERAIS I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.302/0001-94 APLUBCAP POPULAR 200 MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.900570/2013-30 II - GLOSSÁRIO Subscritor

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO DIN DIN COPA SANTANDER LIBERTADORES

CONDIÇÕES GERAIS DO DIN DIN COPA SANTANDER LIBERTADORES CONDIÇÕES GERAIS DO DIN DIN COPA SANTANDER LIBERTADORES I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Santander Capitalização S/A CNPJ: 03.209.092/0001-02 Din Din Copa Santander Libertadores MODALIDADE:

Leia mais

ICATU SEGUROS Condições Gerais Página 1

ICATU SEGUROS Condições Gerais Página 1 CONDIÇÕES GERAIS DO PU114P I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: ICATU CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 74.267.170/0001-73 PLANO PU114P MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.005166/2011-99II

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO TC CASH 36

CONDIÇÕES GERAIS DO TC CASH 36 Página 1 de 7 CONDIÇÕES GERAIS DO TC CASH 36 I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: HSBC Empresa de Capitalização (Brasil) S.A. CNPJ: 33.425.075/0001-73 TC CASH 36 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO

Leia mais

Leia atentamente as condições antes de participar do leilão

Leia atentamente as condições antes de participar do leilão Leia atentamente as condições antes de participar do leilão LANCES ONLINE A venda será realizada a quem maior lance oferecer através da Internet ou Presencial, reservando-se exclusivamente ao COMITENTE

Leia mais

EDITAL DE LEILÃO PÚBLICO Nº 01/2012.

EDITAL DE LEILÃO PÚBLICO Nº 01/2012. EDITAL DE LEILÃO PÚBLICO Nº 01/2012. ALIENAÇÃO DE BENS IMÓVEIS, PERTENCENTES AO PATRIMÔNIO DO MUNICÍPIO DE PRAIA GRANDE, PROMOVIDO PELA PREFEITURA DA ESTÂNCIA BALNEÁRIA DE PRAIA GRANDE/SP. CRITÉRIO DE

Leia mais

2ª CORRIDINHA TURÍSTICA DE PIRACICABA

2ª CORRIDINHA TURÍSTICA DE PIRACICABA REGULAMENTO 2ª CORRIDINHA TURÍSTICA DE PIRACICABA O evento é uma realização da Construtora Cataguá, organizado pela Chelso Sports, com o apoio da Prefeitura Municipal de Piracicaba. 1. REGULAMENTO A largada

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.302/0001-94 PROCESSO SUSEP Nº: 15414.

CONDIÇÕES GERAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.302/0001-94 PROCESSO SUSEP Nº: 15414. I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.302/0001-94 APLUBCAP POPULAR 166 : POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.004323/2012-20 II - GLOSSÁRIO Subscritor é

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PREMIUM CASH

CONDIÇÕES GERAIS DO PREMIUM CASH CONDIÇÕES GERAIS DO PREMIUM CASH I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRADESCO CAPITALIZAÇÃO S/A CNPJ: 33.010.851/0001-74 PREMIUM CASH PLANO PM 60/60 N - MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO

Leia mais

PP650V7 TRADICIONAL CONDIÇÕES GERAIS PROCESSO SUSEP Nº 15414.000663/2009-86 CONDIÇÕES GERAIS I INFORMAÇÕES GERAIS

PP650V7 TRADICIONAL CONDIÇÕES GERAIS PROCESSO SUSEP Nº 15414.000663/2009-86 CONDIÇÕES GERAIS I INFORMAÇÕES GERAIS CONDIÇÕES GERAIS I INFORMAÇÕES GERAIS II - GLOSSÁRIO PP650V7 TRADICIONAL CONDIÇÕES GERAIS PROCESSO SUSEP Nº 15414.000663/2009-86 SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: ICATU HARTFORD CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 74.267.170/0001-73

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS SANTANDER CAP SORTE UNIVERSITÁRIO I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO:

CONDIÇÕES GERAIS SANTANDER CAP SORTE UNIVERSITÁRIO I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: CONDIÇÕES GERAIS SANTANDER CAP SORTE UNIVERSITÁRIO I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Santander Capitalização S/A CNPJ: 03.209.092/0001-02 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº: 15414.001039/2009-04

Leia mais

HIPERPLIN www.plin.com.br MODALIDADE POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.003762/2008-39 CONDIÇÕES GERAIS

HIPERPLIN www.plin.com.br MODALIDADE POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.003762/2008-39 CONDIÇÕES GERAIS HIPERPLIN www.plin.com.br MODALIDADE POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.003762/2008-39 CONDIÇÕES GERAIS GLOSSÁRIO Subscritor é a pessoa que subscreve a proposta de aquisição do Título, assumindo o compromisso

Leia mais

PROPOSTA DE REGULAMENTO QUIZ AMB 60 ANOS

PROPOSTA DE REGULAMENTO QUIZ AMB 60 ANOS PROPOSTA DE REGULAMENTO QUIZ AMB 60 ANOS APRESENTAÇÃO Este concurso cultural/recreativo é promovido pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), sociedade civil sediada em Brasília, capital do Distrito

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO OUROCAP EMPRESA FLEX

CONDIÇÕES GERAIS DO OUROCAP EMPRESA FLEX CONDIÇÕES GERAIS DO OUROCAP EMPRESA FLEX I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRASILCAP CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 15.138.043/0001-05 OUROCAP EMPRESA FLEX - MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO PESSOA JURÍDICA

CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO PESSOA JURÍDICA CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO PESSOA JURÍDICA I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRADESCO CAPITALIZAÇÃO S/A. CNPJ: 33.010.851/0001-74 PÉ QUENTE BRADESCO PESSOA JURÍDICA PLANO PU

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO REALCAP PRESENTE. (Empresa Incorporadora da Real Capitalização S.A. desde 30/09/2009) CNPJ: 03.209.092/0001-02

CONDIÇÕES GERAIS DO REALCAP PRESENTE. (Empresa Incorporadora da Real Capitalização S.A. desde 30/09/2009) CNPJ: 03.209.092/0001-02 CONDIÇÕES GERAIS DO REALCAP PRESENTE I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Santander Capitalização S/A (Empresa Incorporadora da Real Capitalização S.A. desde 30/09/2009) CNPJ: 03.209.092/0001-02

Leia mais

VI - PAGAMENTO 6.1 - Este Título é de pagamento único, cabendo ao Subscritor o pagamento de uma única parcela na data indicada.

VI - PAGAMENTO 6.1 - Este Título é de pagamento único, cabendo ao Subscritor o pagamento de uma única parcela na data indicada. CONDIÇÕES GERAIS DO (PU 12 MESES versão 178) I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Sul América Capitalização S.A. SULACAP CNPJ Nº 03.558.096/0001-04 (PU 12 MESES versão 178) - MODALIDADE:

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO CAP FIADOR I INFORMAÇÕES INICIAIS. SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Brasilcap Capitalização S.A. CNPJ: 15.138.043/0001-05 II GLOSSÁRIO

CONDIÇÕES GERAIS DO CAP FIADOR I INFORMAÇÕES INICIAIS. SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Brasilcap Capitalização S.A. CNPJ: 15.138.043/0001-05 II GLOSSÁRIO CONDIÇÕES GERAIS DO CAP FIADOR I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Brasilcap Capitalização S.A. CNPJ: 15.138.043/0001-05 CAP FIADOR MODALIDADE: Tradicional PROCESSO SUSEP Nº: 15414.005233/2011-75

Leia mais

CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO E ARREMATE EM LEILÃO ONLINE - ATIVO MÓVEL Leilão nº. 1807_União de Lojas Leader S.A_19_01_2015

CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO E ARREMATE EM LEILÃO ONLINE - ATIVO MÓVEL Leilão nº. 1807_União de Lojas Leader S.A_19_01_2015 CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO E ARREMATE EM LEILÃO ONLINE - ATIVO MÓVEL Leilão nº. 1807_União de Lojas Leader S.A_19_01_2015 1. Regras aplicáveis ao leilão on line : A realização do leilão n. 1807, bem como

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PIC

CONDIÇÕES GERAIS DO PIC CONDIÇÕES GERAIS DO PIC I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: CIA ITAÚ DE CAPITALIZAÇÃO CNPJ: 23.025.711/0001-16 PIC - MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº: 15414.005217/2012-63 WEB-SITE:

Leia mais

Regulamento da Promoção "Punta Cana All Inclusive" - Consórcio Iveco

Regulamento da Promoção Punta Cana All Inclusive - Consórcio Iveco Regulamento da Promoção "Punta Cana All Inclusive" - Consórcio Iveco A Promoção Punta Cana All Inclusive é uma ação realizada pelo Consórcio Iveco para os clientes que adquirirem, em todo território nacional,

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO PRIME

CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO PRIME CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO PRIME I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRADESCO CAPITALIZAÇÃO S/A CNPJ: 33.010.851/0001-74 PÉ QUENTE BRADESCO PRIME PLANO PM 48/48 P - MODALIDADE:

Leia mais

c) O Programa tem prazo para acúmulo de Pontos do Catálogo 03/2015 de Outubro de 2015, a 30 de Março de 2016.

c) O Programa tem prazo para acúmulo de Pontos do Catálogo 03/2015 de Outubro de 2015, a 30 de Março de 2016. Regulamento Clube do Desejo Miess 1. DISPOSIÇÕES GERAIS a) As presentes disposições regulam o programa de pontos * Clube do Desejo Miess * (Programa), por meio do qual são atribuídos (*Pontos *) os clientes

Leia mais

REGULAMENTO. Capítulo 1º. Definições:

REGULAMENTO. Capítulo 1º. Definições: REGULAMENTO A OPERADORA E AGÊNCIA DE VIAGENS CVC TUR LTDA., o Presenteador e o Presenteado do VALE-VIAGEM CVC, a primeira, na qualidade de prestadora de serviços de turismo, e o segundo, aderindo às condições

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE RELACIONAMENTO CLUBE DE VANTAGENS SUPER DANIELI

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE RELACIONAMENTO CLUBE DE VANTAGENS SUPER DANIELI REGULAMENTO DO PROGRAMA DE RELACIONAMENTO CLUBE DE VANTAGENS SUPER DANIELI 1. INTRODUÇÃO 1.1. O presente regulamento ( Regulamento ) estabelece as regras para participação, bem como as vantagens e benefícios

Leia mais

REGULAMENTO. Presenteador: É a pessoa física ou jurídica que adquire o VALE-VIAGEM CVC, mediante a compra direta de cargas de valores.

REGULAMENTO. Presenteador: É a pessoa física ou jurídica que adquire o VALE-VIAGEM CVC, mediante a compra direta de cargas de valores. REGULAMENTO A CVC BRASIL OPERADORA E AGÊNCIA DE VIAGENS S.A., o Presenteador e o Presenteado do VALE-VIAGEM CVC, a primeira, na qualidade de prestadora de serviços de turismo, e o segundo, aderindo às

Leia mais

EDITAL E REGRAS PARA PARTICIPAÇÃO NOS LEILÕES. Presencial e On line

EDITAL E REGRAS PARA PARTICIPAÇÃO NOS LEILÕES. Presencial e On line EDITAL E REGRAS PARA PARTICIPAÇÃO NOS LEILÕES Presencial e On line Angela Pecini Silveira, Leiloeira Oficial Matricula 715 Jucesp, devidamente autorizada, realizará os leilões em consonância com o Artigo

Leia mais

EDITAL DE LEILÃO AMAV Nº001/2014

EDITAL DE LEILÃO AMAV Nº001/2014 EDITAL DE LEILÃO AMAV Nº001/2014 A AMAV ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DA MICRORREGIÃO DO ALTO DO RIO DAS VELHAS, CNPJ 18.272.401/0001-.66, em conformidade com os dispositivos legais da Lei Federal 8.666/93,

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO (NOME FANTASIA DO PRODUTO) (NOME FANTASIA DO PRODUTO) - MODALIDADE: INCENTIVO PROCESSO SUSEP Nº: (nº processo SUSEP)

CONDIÇÕES GERAIS DO (NOME FANTASIA DO PRODUTO) (NOME FANTASIA DO PRODUTO) - MODALIDADE: INCENTIVO PROCESSO SUSEP Nº: (nº processo SUSEP) - textos na cor azul serão adotados caso selecionados; - textos na cor vermelha deverão ser suprimidos no documento original e trata-se de informações para a elaboração do Título; - textos em negrito,

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS. Mês de Vigência Taxa de Juros 1º 0,65% a.m. 2º ao 12º 0,45% a.m.

CONDIÇÕES GERAIS. Mês de Vigência Taxa de Juros 1º 0,65% a.m. 2º ao 12º 0,45% a.m. PLIN FIDELIDADE MODALIDADE TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº: 15414.003764/2008-28 CONDIÇÕES GERAIS GLOSSÁRIO Subscritor é a pessoa que subscreve a proposta de aquisição do Título, assumindo o compromisso

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO BRADESCO SOLUÇÃO DE ALUGUEL

CONDIÇÕES GERAIS DO BRADESCO SOLUÇÃO DE ALUGUEL I INFORMAÇÕES INICIAIS CONDIÇÕES GERAIS DO BRADESCO SOLUÇÃO DE ALUGUEL SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRADESCO CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 33.010.851/0001-74 BRADESCO SOLUÇÃO DE ALUGUEL PLANO PU 15/15 A - MODALIDADE:

Leia mais

I INFORMAÇÕES INICIAIS II - GLOSSÁRIO

I INFORMAÇÕES INICIAIS II - GLOSSÁRIO I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: INVEST CAPITALIZAÇÃO S/A CNPJ: 93.202.448/0001-79 NOME FANTASIA DO PRODUTO: INVESTCAP POP-PM 61 MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.901593/2014-42

Leia mais

Condições Gerais. I Informações Iniciais

Condições Gerais. I Informações Iniciais Condições Gerais I Informações Iniciais Sociedade de Capitalização: MAPFRE Capitalização S.A. CNPJ: 09.382.998/0001-00 Nome Fantasia do Produto: Mc-T-04- Pu 12 Meses Modalidade: Tradicional Processo Susep

Leia mais

Leilão dos Bens de Apartamentos Decorados. Empreendimento Home Design (Apartamento Decorado e Duplex) CONDIÇÕES DE VENDA E PAGAMENTO

Leilão dos Bens de Apartamentos Decorados. Empreendimento Home Design (Apartamento Decorado e Duplex) CONDIÇÕES DE VENDA E PAGAMENTO Leilão dos Bens de Apartamentos Decorados. Empreendimento Home Design (Apartamento Decorado e Duplex) CONDIÇÕES DE VENDA E PAGAMENTO EMPRESA VENDEDORA (COMITENTE): Brookfield Incorporações Leiloeiro Oficial:

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO 100 II

CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO 100 II CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO 100 II I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRADESCO CAPITALIZAÇÃO S/A. CNPJ: 33.010.851/0001-74 PÉ QUENTE BRADESCO 100 II PLANO PU 36/001 B1 - MODALIDADE:

Leia mais

CONTRATO DE HOSPEDAGEM DE ANIMAL

CONTRATO DE HOSPEDAGEM DE ANIMAL CONTRATO DE HOSPEDAGEM DE ANIMAL IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES CONTRATANTE: (Nome do Contratante), (Nacionalidade), (Estado Civil), (Profissão), Carteira de Identidade nº (xxx), C.P.F. nº (xxx),

Leia mais

REGULAMENTO PARA USO DE FUROSEMIDA

REGULAMENTO PARA USO DE FUROSEMIDA REGULAMENTO PARA USO DE FUROSEMIDA 1. DA MEDICAÇÃO Art. 1 - O treinador do animal ao qual se pretende aplicar Furosemida, no ato da confirmação da montaria dos animais inscritos às corridas, deverá fazer

Leia mais

VENDA DIRETA EXTRAJUDICIAL ONLINE (Registro nº 15.010 VD) RIPPER ESCARIFICADOR PARA TRATOR DE ESTEIRA

VENDA DIRETA EXTRAJUDICIAL ONLINE (Registro nº 15.010 VD) RIPPER ESCARIFICADOR PARA TRATOR DE ESTEIRA VENDA DIRETA EXTRAJUDICIAL ONLINE (Registro nº 15.010 VD) RIPPER ESCARIFICADOR PARA TRATOR DE ESTEIRA ** Vendas nesta modalidade poderão ser encerradas a qualquer momento mediante confirmação de lance

Leia mais

CORRETORA DE CÂMBIO TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS S/A REGRAS E PARÂMETROS DE ATUAÇÃO

CORRETORA DE CÂMBIO TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS S/A REGRAS E PARÂMETROS DE ATUAÇÃO REGRAS E PARÂMETROS DE ATUAÇÃO Esta Sociedade Corretora, em atenção ao disposto no art. 6º da Instrução nº 387/03 da CVM, define através deste documento, suas regras e parâmetros relativos ao recebimento,

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO: COMPROU, GANHOU

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO: COMPROU, GANHOU REGULAMENTO DA PROMOÇÃO: COMPROU, GANHOU I DEFINIÇÕES 1.1. A presente promoção é instituída pela BRASCAN SPE RJ 05 S/A., estabelecida nesta Cidade, na Avenida Paisagista José Silva de Azevedo Neto, n.º

Leia mais

REGULAMENTO PROMOÇÃO ITBI PREMIADO MRV MAIO 2014

REGULAMENTO PROMOÇÃO ITBI PREMIADO MRV MAIO 2014 REGULAMENTO PROMOÇÃO ITBI PREMIADO MRV MAIO 2014 MRV ENGENHARIA E PARTICIPAÇÕES S.A. ( MRV ), pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 08.343.492/0001-20, com sede na Av. Raja Gabaglia,

Leia mais

PM 60 SA SITE NA INTERNET: www.brasilcap.com CONDIÇÕES GERAIS

PM 60 SA SITE NA INTERNET: www.brasilcap.com CONDIÇÕES GERAIS PM 60 SA SITE NA INTERNET: www.brasilcap.com CONDIÇÕES GERAIS GLOSSÁRIO Subscritor é a pessoa que subscreve a proposta de aquisição do Título, assumindo o compromisso de efetuar o pagamento na forma convencionada

Leia mais

REGULAMENTO PARA OPERACIONALIZAÇÃO DA OFERTA DE SUBVENÇÃO AO PRÊMIO DO SEGURO RURAL-SPSR N.º 006/04

REGULAMENTO PARA OPERACIONALIZAÇÃO DA OFERTA DE SUBVENÇÃO AO PRÊMIO DO SEGURO RURAL-SPSR N.º 006/04 REGULAMENTO PARA OPERACIONALIZAÇÃO DA OFERTA DE SUBVENÇÃO AO PRÊMIO DO SEGURO RURAL-SPSR N.º 006/04 A Companhia Nacional de Abastecimento Conab, empresa pública federal vinculada ao Ministério da Agricultura,

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PU Tricap Empresarial Único 1000 TRADICIONAL

CONDIÇÕES GERAIS DO PU Tricap Empresarial Único 1000 TRADICIONAL CONDIÇÕES GERAIS DO PU Tricap Empresarial Único 1000 TRADICIONAL I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: ICATU CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 74.267.170/0001-73 PU 81.4 - MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARAÇU ESTADO DE MINAS GERAIS

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARAÇU ESTADO DE MINAS GERAIS ATA DE REGISTRO DE PREÇOS/CONTRATO Nº004-B/2016 PROCESSO LICITATÓRIO Nº018/2016 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL N 006/2016 VALIDADE: 12 (doze) meses O Município de Jaguaraçu, neste ato representado por seu

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO Tricap Empresarial Mensal TRADICIONAL

CONDIÇÕES GERAIS DO Tricap Empresarial Mensal TRADICIONAL CONDIÇÕES GERAIS DO Tricap Empresarial Mensal TRADICIONAL I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: ICATU CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 74.267.170/0001-73 PM930T4 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP

Leia mais

Cartilha de Empréstimo 1

Cartilha de Empréstimo 1 Cartilha de Empréstimo 1 Empréstimo Economus: Como é? Quem tem direito? Que tipo de empréstimos o Economus oferece? O Economus oferece apenas a modalidade de empréstimo pessoal. Quem poderá solicitar empréstimos?

Leia mais

REGULAMENTO DA CARTEIRA DE EMPRÉSTIMO BÁSICO

REGULAMENTO DA CARTEIRA DE EMPRÉSTIMO BÁSICO Rev. 01 Data: 21/05/2014 Página 1 de 8 CAPÍTULO I DEFINIÇÕES Art. 1º - Para fins de aplicação deste Regulamento, o masculino incluirá o feminino e o singular incluirá o plural, a menos que o contexto indique

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS Troca Premiável Bradesco Seguros

CONDIÇÕES GERAIS Troca Premiável Bradesco Seguros I INFORMAÇÕES INICIAIS CONDIÇÕES GERAIS Troca Premiável Bradesco Seguros SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRADESCO CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 33.010.851/0001-74 PLANO PU 12/12 T MODALIDADE POPULAR PROCESSO SUSEP

Leia mais

*ESTE CONTRATO ESTÁ REGISTRADO NO 9O. OFICIAL DE REGISTRO DE TÍTULOS E DOCUMENTOS DE SÃO PAULO SOBRE O NÚMERO 793973.

*ESTE CONTRATO ESTÁ REGISTRADO NO 9O. OFICIAL DE REGISTRO DE TÍTULOS E DOCUMENTOS DE SÃO PAULO SOBRE O NÚMERO 793973. *ESTE CONTRATO ESTÁ REGISTRADO NO 9O. OFICIAL DE REGISTRO DE TÍTULOS E DOCUMENTOS DE SÃO PAULO SOBRE O NÚMERO 793973. CONTRATO DE LOCAÇÃO INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LOCAÇÃO DE BEM MÓVEL Contrato

Leia mais

Condições Gerais Agromania CAP

Condições Gerais Agromania CAP Condições Gerais Agromania CAP CONDIÇÕES GERAIS DO (PU 12 MESES VERSÃO 16) I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Sul América Capitalização S.A. SULACAP CNPJ Nº 03.558.096/0001-04 (PU 12 MESES

Leia mais

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO A PARTICIPANTE DO PLANO DE BENEFICIO CEBPREV.

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO A PARTICIPANTE DO PLANO DE BENEFICIO CEBPREV. REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO A PARTICIPANTE DO PLANO DE BENEFICIO CEBPREV. Sumário Capítulo I Da finalidade...1 Capítulo II - Dos contratantes...1 Capítulo III - Dos limites individuais...2 Capítulo IV -

Leia mais

EDITAL DE LEILÃO Nº 230414M Modalidade: On-line

EDITAL DE LEILÃO Nº 230414M Modalidade: On-line EDITAL DE LEILÃO Nº 230414M Modalidade: On-line Wesley Silva Ramos, leiloeiro Público Oficial, regularmente autorizado pelos COMITENTES VENDEDORES, torna público que realizará na modalidade exclusivamente

Leia mais

CIRCULAR Nº. 04/11 IMPORTANTE: APÓS JULGAMENTO DE PELAGEM OCORRERÁ A DISTRIBUIÇÃO DE BRINDES / CONFRATERNIZAÇÃO

CIRCULAR Nº. 04/11 IMPORTANTE: APÓS JULGAMENTO DE PELAGEM OCORRERÁ A DISTRIBUIÇÃO DE BRINDES / CONFRATERNIZAÇÃO CIRCULAR Nº. 04/11 Campeonato Nacional 2011/2012 Local: HARAS RAPHAELA Rodovia Marechal Rondon, Km 146 Cruz das Almas Porto Feliz/SP Data: 03 e 04 de dezembro de 2011 Programação: 02 /12 Sexta-Feira: Entrada

Leia mais

Registrado sob número 99602 no livro B-577, no cartório do 3º Ofício da comarca de Nova Friburgo/RJ.

Registrado sob número 99602 no livro B-577, no cartório do 3º Ofício da comarca de Nova Friburgo/RJ. Registrado sob número 99602 no livro B-577, no cartório do 3º Ofício da comarca de Nova Friburgo/RJ. REGULAMENTO E CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA E COMPRA POR LEILÕES FIEL ASSESSORIA E SERVIÇOS NO AGRONEGÓCIOS

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO PARA TRANSFERÊNCIA:

DOCUMENTAÇÃO PARA TRANSFERÊNCIA: CONDIÇÕES DE VENDA 01. No ato da arrematação os arrematantes pagarão 30% de sinal, e mais 5% do total da compra como comissão do Leiloeiro, e em cada caso específico, mais R$ 200,00 (duzentos reais) por

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA ITAUCARD BUSINESS REWARDS

REGULAMENTO DO PROGRAMA ITAUCARD BUSINESS REWARDS REGULAMENTO DO PROGRAMA ITAUCARD BUSINESS REWARDS 1. DISPOSIÇÕES GERAIS a) Este Regulamento faz parte integrante do Contrato de Cartão de Crédito ( Contrato ) e regula as condições aplicáveis ao Programa

Leia mais

Palavras que você precisa conhecer

Palavras que você precisa conhecer Guia do Comprador NOVOLAR, um nome cada vez mais forte no mercado de construção civil. A NOVOLAR vem consolidando uma reputação de alta qualidade, graças aos seus diferenciais nas execuções das obras e

Leia mais

GLOSSÁRIO. Subscritor é a pessoa que adquire o Título, responsabilizando-se pelo seu pagamento.

GLOSSÁRIO. Subscritor é a pessoa que adquire o Título, responsabilizando-se pelo seu pagamento. GLOSSÁRIO Subscritor é a pessoa que adquire o Título, responsabilizando-se pelo seu pagamento. Titular é o próprio subscritor ou outra pessoa expressamente indicada pelo mesmo, sendo este o proprietário

Leia mais