Universidade Federal de Pelotas Conjunto Agrotécnico Visconde da Graça CAVG Disciplina: Informática Internet

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Universidade Federal de Pelotas Conjunto Agrotécnico Visconde da Graça CAVG Disciplina: Informática Internet"

Transcrição

1 Internet Word Wide Web e Correio Eletrônico 1

2 Sumário 1. INTERNET HISTÓRIA DA INTERNET COMO SE CONECTAR A INTERNET Acesso Discado Acesso ADSL Acesso por Cable Modem Acesso por Rádio Acesso por Tecnologia 3G WORD WIDE WEB (WWW) PÁGINAS E LINKS ENDEREÇO (URL) NAVEGANDO COM O INTERNET EXPLORER VERSÃO INTERFACE DO INTERNET EXPLORER Barra de Títulos Barra de Atalhos e Barra de Endereço Botões voltar Botão Avançar Histórico Barra de Endereço Botão Atualizar Botão Parar Barra de Busca Barras de Menu Barra de Guias Botão Favoritos Botão Adicionar Favoritos Guias Botão de Guias Rápidas Botão lista de Guias Botões Página Inicial Botão Imprimir Páginas Ferramentas NAVEGANDO ATRAVÉS DOS LINKS SALVANDO PÁGINAS NOS FAVORITOS ADICIONANDO PÁGINA INICIAL SALVANDO ARQUIVOS (DOWNLOAD E UPLOAD) Download de figuras da Internet Transformando imagens da página em papel de parede Download de arquivos disponíveis na Internet MECANISMO DE BUSCA O mecanismo de busca Google Pesquisando no Google Gerenciando as palavras-chaves CORREIO ELETRÔNICO ( ) ENDEREÇO ELETRÔNICO PESSOAL CRIANDO UMA CONTA DE CORREIO ELETRÔNICO TIPOS DE ACESSO A UMA CONTA DE CORREIO ELETRÔNICO ACESSANDO UMA CONTA DE CORREIO ELETRÔNICO POR WEBMAIL Caixa de Entrada (Entrada) Abrindo uma Mensagem Caixa de Saída (Enviadas) Rascunho Lixeira Enviando um

3 Anexando arquivos SPAM

4 1. Internet A Internet é a grande rede mundial de computadores espalhados por todo o mundo e interligados através de linhas comuns de telefone, linhas de comunicação privadas, cabos submarinos, canais de satélite e diversos outros meios de telecomunicação que tem como objetivo estabelecer a troca de informações, unindo usuários, entidades de pesquisa, órgãos culturais, institutos militares e empresas. A Internet oferece diversos serviços para seus usuários, que podem ser usados simultaneamente. Alguns desses serviços mais conhecidos são: World Wide Web (Web ou WWW); Correio eletrônico ( ); Newsgroups ou grupos de discussão; Chat (MSN ou Google Talk). FTP. A Internet não é controlada de forma central por nenhuma pessoa ou organização. Não há, por exemplo, um presidente ou um escritório central da Internet no mundo. A organização do sistema é desenvolvida a partir dos administradores das redes que a compõe e dos próprios usuários. Essa organização pode parecer um pouco caótica à primeira vista, mas tem funcionado extremamente bem até o presente momento, possibilitando o enorme crescimento da rede observado nos últimos anos. Nessa apostila estudaremos os dois principais serviços que a Internet nos proporciona: a Word Wide Web e o Correio Eletrônico História da Internet No final da década de 60, no auge da Guerra Fria entre Estados Unidos e a antiga União Soviética, o Departamento de Defesa norte-americano sentiu a necessidade de criar um mecanismo de interligação entre diversos computadores utilizados pelos pesquisadores de armamentos e defesa dos Estados Unidos. Essa interligação possibilitou a troca de informações de forma segura e rápida garantindo a preservação das mesmas, caso houvesse um ataque soviético em algumas das unidades do Departamento de Defesa. Assim se originou o projeto ARPANET, desenvolvido pela ARPA (Advanced Research Projects Agency), ou seja, a Agência para Projetos de Pesquisa Avançados do Departamento de Defesa dos EUA. A partir do momento que essa tecnologia de conexão de equipamentos a longa distância possibilitou a interligação de computadores de universidades dos EUA e de outros países, surgiu o nome INTERNET. 4

5 Durante as décadas de 70 e 80, a Internet ficou restrita a meios acadêmicos. Com o crescimento do mercado de computadores, as empresas começaram a sentir a necessidade de trocar informações com outras empresas localizadas a longa distância, passando assim a utilizar tecnologia Internet e ampliando o conceito dessa rede mundial de computadores. No Brasil, a Internet chegou por volta de Em 1995 o Ministério das Comunicações e o Ministério da Ciência e Tecnologia decidiram lançar um esforço comum de implantação de uma rede integrada entre instituições acadêmicas e comerciais desde então, vários fornecedores de acesso e serviços privados começaram a operar no Brasil Como se conectar a Internet Para nos comunicarmos através da Internet é preciso um computador e nestes aparelhos é necessário que exista um dispositivo que permita esta comunicação. Nos computadores antigos era utilizado o modem que permitia a comunicação com a Internet através de uma linha telefônica. Hoje em dia, esta comunicação é feita através de uma placa de rede e um modem externo. Atualmente, existem pelo menos três meios que permitem o acesso a Internet: Meio de Acesso Elétrico: Discado, ADSL, Cable Modem. Meio de Acesso Óptico: Óptico Dedicado. Meio de Acesso por Rádio ou Satélite: Rádio, Satélite, Celular. Rádio. Dentre os mais utilizados aqui no Brasil estão o acesso discado, ADSL, Cable Modem, Tecnologia 3G e Acesso Discado O acesso discado à Internet ocorre através da conexão da rede de telefonia fixa do usuário. O computador deve ter um modem instalado (interno ou externo) e o usuário deve contratar um provedor de acesso (que permite que essa conexão seja feita) ou utilizar um provedor de acesso gratuito. Adicionalmente deve ser pago os pulsos da ligação telefônica correspondentes ao tempo que ficar com a conexão ativa que, neste caso, custa o preço de uma ligação local. 5

6 Acesso ADSL Universidade Federal de Pelotas O acesso ADSL permite a transferência dos dados em alta velocidade por meio de linhas telefônicas comuns, sem deixá-las ocupadas. Para utilizarmos esse tipo de conexão é necessário termos um modem ADSL conectado na placa de rede do computador Acesso por Cable Modem O tipo de conexão a cabo no Brasil é fornecido pelos operadores de TV por assinatura aproveitando a mesma rede física. Para utilizarmos esse tipo de conexão é necessário termos um modem a cabo conectado na placa de rede do computador Acesso por Rádio As comunicações de rádio necessitam de uma antena para envio e recebimento das informações através do computador Acesso por Tecnologia 3G A Internet 3G é uma tecnologia que permite uma pessoa acessar Internet a partir de um modem conectado a uma porta USB (Universal Serial Bus) de seu computador ou notebook com velocidades variáveis de acordo com a tecnologia oferecida pela operadora de telefonia de Celular. Basicamente onde há sinal de telefonia celular, haverá conexão com a Internet. A Internet 3G não necessita de provedor para se conectar a Internet. 6

7 2. Word Wide Web (www) Universidade Federal de Pelotas A World Wide Web (WEB ou WWW) é uma sistema de documentos com informações de vários tipos de mídias (como vídeos, sons, textos dinâmicos e figuras) interligados que é executado na Internet. Através dela qualquer usuário pode, somente usando o mouse, ter acesso a uma quantidade enorme de informações na forma de imagens, textos, sons, gráficos, vídeos etc., navegando através de palavras-chaves e ícones. Para que se possa explorar e principalmente visualizar as informações disponíveis na WEB é necessário a utilização de um programa de computador chamado de navegador (browser). A função do navegador é descarregar as informações (que são chamadas de documentos ou páginas) de servidores WEB e mostrá-las na tela do usuário. Atualmente, existem vários navegadores como o Mozilla Firefox e Internet Explorer (IE). Antes de começarmos a navegar na Internet, através do navegador, devemos conhecer alguns conceitos da Web como as páginas, os links, os endereços URL Páginas e Links Como falando anteriormente, a Web é composta por vários documentos que são chamados de páginas ou sites. Essas páginas contêm um conjunto de informações interligadas com vários tipos de mídia (vídeos, sons, textos dinâmicos e figuras) que são chamados de links. Links são ligações que nos levam da página que estamos até outras informações ou a outros recursos. Os links podem ser textos ou imagens e quando se passa o mouse em cima de algum deles, o ponteiro torna-se uma mãozinha branca espalmada (Figura 1), bastando apenas clicar com o botão esquerdo do mouse para que se façam links com outras páginas (ou seja, mostrem essas informações das outras páginas). Figura 1 - Ícone que indica um link 7

8 2.2. Endereço (URL) Universidade Federal de Pelotas Cada documento, arquivo ou imagem (ou seja, as informações) disponível na WEB tem seu próprio endereço (ou URL) para facilitar sua localização. Um endereço (URL) de um site tem suas partes sempre separadas por pontos (já que não é permitido espaço), normalmente sem acentos e todo de letras minúsculas. As suas partes são: http é o protocolo que permite o transporte de informações e documentos do servidores web para os navegadores (browsers). Nas versões mais atuais dos navegadores não é necessário mais informar o http; WWW World Wide Web, ou seja, a grande rede mundial, que representa o padrão da parte gráfica que nos permite visualizar as imagens, textos formatados e ouvir sons; Diariopopular é o nome da empresa ou organização responsável pelo site ou que o site representa;.com é o tipo de organização. No caso como o Diário Popular é uma organização comercial, então leva a terminação.com. Já no caso do CAVG como é uma instituição educacional leva.edu. Domínio Representação Domínio Representação.com Organização comercial.gov Organização governamental.edu Organização educacional (tipo CAVG).org Organização.ind Organização Industrial.net Organização telecomunicações.mil Organização militar.pro Organização de profissões 8

9 .br identifica o país onde a página está hospedada. Domínio Local da Hospedagem Domínio Local da Hospedagem Domínio Local da Hospedagem.ar Argentina.ec Equador.mx México.at Áustria.eg Egito.nl Holanda.au Austrália.es Espanha.no Noruega.be Bélgica.fi Finlândia.nz Nova Zelândia.bo Bolívia.fr França.pe Peru.bg Bulgária.gr Grécia.pl Polônia.br Brasil.hk Hong Kong.pt Portugal.ca Canadá.hu Hungria.py Paraguai.ch Suíça.ie Irlanda.ru Federação Russa.cl Chile.il Israel.se Suécia.cn China.in Índia.uk Reino Unido.co Colômbia.it Itália.uy Uruguai.cr Costa Rica.jp Japão.ve Venezuela.de Alemanha.kr Coréia do Sul.za África do Sul.dk Dinamarca.lu Luxemburgo 9

10 3. Navegando com o Internet Explorer versão 7 Primeiramente para que se consiga explorar a WEB é necessário conhecer os recursos específicos e as funcionalidades do navegador que está sendo acessado. O mais popular navegador atualmente é o Internet Explorer versão 7, produzido pela Microsoft. Nessa versão podemos ver novos recursos e inovações como : Mais elaborados recursos de privacidade e segurança. Mudanças drásticas na interface, tornando-a mais atraente e simples. Suporte à navegação em abas (guias), com uma novidade chamada de Guias rápidas que permite ao usuário ver miniaturas de todas as abas abertas em tempo real. Mecanismo de pesquisa embutido na interface com suporte a diferentes mecanismos de busca (Live e Google, por exemplo). Ferramenta de impressão melhorada e com novos recursos inclusos. Ferramenta de zoom para facilitar a visualização de páginas e imagens. 10

11 3.1. Interface do Internet Explorer 7 Diferente das pequenas mudanças que vinham ocorrendo nas versões anteriores a 6, a versão 7 do Internet Explorer apresenta uma grande quantidade de mudanças na sua interface (Figura 2). Por esse motivo é necessário estudarmos as barras que a compõem. (Figura 3). Figura 2 - Interface do Internet Explorer versão Barra de Títulos Mostra o nome da página que estamos acessando ou o seu endereço seguido do nome do navegador Figura 3 - Barra de Títulos 11

12 Barra de Atalhos e Barra de Endereço A barra posicionada abaixo da barra de título, apresenta a junção das extintas barras de Menu e barra de Endereço existente na versão 6 no Internet Explorer. Nessa barra (Figura 4) possuímos os seguintes botões e campos: Figura 4 - Barra de Menus e Barra de Endereço Botões voltar Esse botão (Figura 5) tem a finalidade de voltar para a página anterior, visitada anteriormente. Por exemplo, o usuário estava acessando a página do Diário Popular e agora foi para o site do CAVG. Ao clicar nesse botão voltar lhe possibilitará voltar para o site do Diário Popular, sem ter que digitar novamente o endereço do site Botão Avançar Esse botão (Figura 5) tem a finalidade de avançar para a página seguinte já visitada. Por exemplo, o usuário pode retornar a página do CAVG sem precisar digitar novamente o endereço do site. Figura 5 - Botões Voltar e Avançar Histórico Clicando na setinha (marcada em vermelho) existente no lado botões voltar e avançar, o usuário verá um menu Histórico (marcada em azul) (Figura 6). Figura 6 - Menu Histórico 12

13 Nesse menu será mostrado uma lista das páginas acessadas desde o momento que o navegador foi aberto. Nessa lista, a página que está sendo visualizada no momento pelo navegador terá o seu nome marcado em negrito (no caso do exemplo da Figura 6 o site Jornal Diário Popular-Pelotas/RS). Após está lista existirá a opção Histórico, onde ao clicarmos nos apresentará uma lista de páginas visitadas anteriormente pelo usuário durante um período de 20 dias (Figura 7). Figura 7 - Menu Histórico Lista de Sites Salvos Barra de Endereço A barra de endereços (Figura 8) é o local onde deve ser digitado o endereço da página (URL) que se deseja explorar e acessar. Após digitar o endereço completo é necessário clicar na tecla ENTER ou clicar no botão Atualizar (que veremos a seguir). Figura 8 - Barra de Endereço 13

14 Botão Atualizar Atualiza as informações disponíveis na página atual que está sendo visualizada no navegador (Figura 9). Nessa nova versão do Internet Explorer, esse botão ganhou uma nova finalidade que é substituir o botão IR, que tinha a finalidade de acessar o site Botão Parar O botão Parar cancela o carregamento da página atual que está sendo exibida (Figura 9). Figura 9 - Botões Atualizar e Parar Barra de Busca Tem a finalidade de realizar buscas de informações na Internet através de um mecanismo de busca estipulado pelo navegador (no caso da versão 7 o mecanismo utilizado é o Live Search da Microsoft, mas pode ser alterado para outro, como por exemplo o Google) (Figura 10). Figura 10 - Barra de Busca Para realizarmos uma busca, digitamos a(s) palavra(s) relacionada(s) ao assunto que queremos encontrar informações e clicamos na Lupa ou Enter Barras de Menu Apresenta menus contendo uma série de comandos para serem executados sobre as páginas. Para abrir qualquer menu, basta clicar sobre o nome de cada um e uma lista de tarefas aparecerá (Figura 11). Figura 11 - Barra de Menu 14

15 Barra de Guias Nesta nova versão do Internet Explorer, nós podemos abrir vários sites dentro de uma única janela. O controle dessas diferentes páginas pode ser feito através barra de guias (Figura 12), como veremos a seguir Figura 12 - Barra de Guias Botão Favoritos Ao clicarmos nesse botão, será aberto um catálogo (lista) de endereços de páginas na WEB que o próprio usuário salvou em seu computador (Figura 13) Botão Adicionar Favoritos Ao clicamos adiciona a página que está sendo visualizada no navegador na lista dos favoritos (processo que será maior detalhado ao decorrer desta apostila) (Figura 13). Figura 13 - Botões Favoritos e Adicionar Favoritos Guias Nas versões anteriores do Internet Explorer, quando queremos trabalhar com várias páginas, a cada nova página que queremos abrir uma nova janela no navegador é criada, fazendo com que a nossa barra de tarefas fique cheia de programas. Para solucionar esse problema, a Microsoft adicionou a versão 7 o conceito de Guias. Isso permite que o usuário abra várias páginas numa só janela, agilizando a navegação (Figura 14). Figura 14 - Guias 15

16 Para abrirmos um link numa nova aba, mantemos a tela CRTL pressionada enquanto clicamos no link. Para abrir uma aba vazia (onde vamos digitar um novo endereço) clicamos em Nova Guia (Figura 15). Figura 15 - Abrir uma Guia em branco Antes das Guias, existem dois botões chamados de botões de Guias rápidas e o lista da Guias Botão de Guias Rápidas Esse botão tem a finalidade de exibir miniaturas das páginas que estão abertas em cada uma das Guias. Assim fica mais fácil para o usuário visualizar e escolher qual página ele quer visualizar no navegador (Figura 16). Figura 16 - Ativando Miniaturas das Guias 16

17 Botão lista de Guias Universidade Federal de Pelotas Esse botão tem a finalidade de listar rapidamente todas as páginas que estão abertas nas guias (através de um menu) (Figura 17). Figura 17 - Lista de Guias para alterar Botões Página Inicial Ao ser clicado carrega e passa a visualizar a página configurada como inicial (Figura 18). Figura 18 - Botão Página Inicial Botão Imprimir Imprime a página que está sendo visualizada no navegador (Figura 19). Figura 19 - Botão Imprimir Páginas Apresenta as tarefas auxiliares que podemos fazer com as informações contidas nas páginas, como abrila em uma nova janela, copiar, recortar, colar (Figura 20). Figura 20 - Botão Páginas 17

18 Ferramentas Permite alterar as opções e configurar o navegador, como alterar a página inicial, apagamos o histórico, ativamos e desativamos o bloqueador de pop-up, entre outras tarefas (Figura 21). Figura 21 - Botão Ferramentas 3.2. Navegando através dos Links Ao abrirmos o navegador, digitamos, na barra de endereço, o endereço do site que queremos acessar e apertamos Enter ou o botão Atualizar, para que a página seja exibida. Com a página visualizada no navegador a mesma estará disponível para ter suas informações exploradas. Para que isso aconteça é necessário procurarmos os links, ou seja, são ligações que nos levam da página que estamos até outras informações ou a outros recursos. Ao passarmos o mouse em cima de algum link, o ponteiro torna-se uma mãozinha branca espalmada, bastando apenas clicar com o botão esquerdo do mouse para que se façam links com outras páginas (Figura 22). Figura 22 - Encontrando os Links 18

19 3.3. Salvando páginas nos Favoritos Para salvarmos uma página que acessamos com muita freqüência na lista de favoritos, utilizamos o botão Adicionar Favoritos que se encontra ao lado da Barra de Guias. O processo para adicionar um site é: Acessamos a Página que queremos gravar nos Favoritos. Clicamos no Botão Adicionar Favoritos. Um menu será aberto. Nele escolhemos Adicionar Favoritos (Figura 23). Figura 23 - Adicionar aos Favoritos Uma janela será aberta, onde informamos o nome que desejamos salvar o site e o local (qual pasta). Isso permite que possamos organizar nossos favoritos por pastas sobre determinados assuntos (Figura 24). Figura 24 - Adicionando Site ao Favoritos 19

20 3.4. Adicionando página inicial Para adicionarmos o site que mais utilizamos como página inicial do navegador, utilizamos os seguintes passos: a nossa página que vai ser mostrada pelo navegador. Clicamos no botão Ferramentas; Abrirá um menu. Nesse menu escolhemos Opções de Internet. Uma janela será aberta (Figura 25). No campo Página Inicial, colocamos o endereço do site que desejamos que seja Figura 25 - Alterando a Página Inicial Na versão 7 do Internet Explorer nós podemos ter mais de umas página inicial. Basta colocar o endereço de cada página em uma linha. Assim, duas guias serão abertas quando abrirmos o Internet Explorer Salvando Arquivos (Download e Upload) Quando falamos de Internet, além de navegar pela mesma, é possível também armazenar algumas informações que estão contidas nela. Por isso, devemos conhecer dois conceitos: Upload é a transferência de dados de um computador local para um servidor (Internet). Download é a transferência de dados da Internet para um computador local, o inverso de upload. 20

21 Download de figuras da Internet Clique com o botão direito do mouse sobre a figura desejada; Escola a opção Salvar figura como (Figura 26); Escolha o nome e a pasta onde o arquivo será baixado; Figura 26 - Salvar Imagens da Internet Clique em Salvar Transformando imagens da página em papel de parede É possível transformar qualquer imagem que aparece nas páginas HTML, em papel de parede para ser usado como fundo de tela do Windows. Para isso: Com a imagem na tela e carregada no browser, clique com o botão direito do mouse sobre ela; Selecione a opção Definir como plano de fundo (Figura 27). Agora é só minimizar o Internet Explorer e conferir como ficou sua Área de Trabalho. Figura 27 - Adicionar imagem como papel de parede 21

22 Download de arquivos disponíveis na Internet Alguns arquivos como jogos; músicas; papéis de parede; utilitários como antivírus estsão disponibilizados na Internet para download a partir de links e o procedimento é parecido com o download de figuras. Clique no respectivo link de download; Aparecerá uma tela com duas opções, Abrir arquivo ou Salvar arquivo em disco. Escolha Salvar arquivo em disco (Figura 28); Figura 28 - Salvando Arquivo Escolha a pasta de destino e logo em seguida clique em Salvar. Observa-se a seguir uma Janela (de download em execução) que mostra o tempo previsto e a porcentagem de transferência do arquivo ( Figura 29). Figura 29 - Tempo restante para salvar o arquivo 22

23 3.6. Mecanismo de Busca Universidade Federal de Pelotas Até agora trabalhamos com a idéia que o usuário sabe o endereço do site que deseja visitar. Porém, se o usuário não souber nenhum endereço sobre as informações que precisa é necessário que se utilize os mecanismos de busca que facilite essa localização. Mecanismos de busca são páginas especializadas em buscar e listar as páginas disponíveis na WEB a partir de palavras ou expressões-chaves. Podemos comparar o funcionamento de um mecanismo de busca com uma biblioteca. Na biblioteca os livros são ordenados somente de acordo com autor ou título. Já num mecanismo de busca esta ordenação pode ser feita por um número maior de características, como endereço da página, o nome e nas palavras mais freqüentes. Cada página é como um livro a ser catalogado e todas essas informações são incluídas na ficha da mesma. Atualmente existe uma grande quantidade de mecanismos de busca. Para acessá-lo o usuário digita na barra de endereços a URL de um dos conhecidos sites de busca como: Google - Yahoo - Altavista - Live (Microsoft) - Nesse mecanismo de busca a pesquisa é feita a partir de palavras-chave (keywords), que representam algum termo sobre o que queremos procurar. É precisamente na escolha das palavras que está o segredo de uma pesquisa bem sucedida. O usuário deverá escolher palavras as mais objetivas e precisas possíveis. Também a maneira como escreve as palavras sintaxe - tem influência nos resultados e depende dos mecanismos de busca utilizado O mecanismo de busca Google Google é uma empresa desenvolvedora de serviços de online, sediada na Califórnia, Estados Unidos. Ela foi criada a partir de um projeto de doutorado dos estudantes Larry Page e Sergey Brin da Universidade de Stanford em Seu nome foi escolhido devido à expressão GOOGOL, que representa o número 1 seguido de 100 zeros, para demonstrar assim a imensidão da Web. 23

24 Esse projeto de doutorado surgiu diante das dificuldades que eles encontravam para obter informações relevantes na Internet, e a partir disso foi criado o primeiro serviço da empresa Google: Mecanismo de Busca Google, que atualmente é o serviço mais utilizado no mundo Pesquisando no Google Dentre os buscadores disponíveis o mais utilizado mundialmente e escolhido para demonstrar como realizar uma pesquisa atrás de informações na WEB é o Google (www.google.com.br). Ao acessarmos o site do Google (utilizando o seu endereço na barra de endereço do Internet Explorer) uma página é apresentada (Figura 30). Figura 30 - Site do Google - Pesquisa Nessa página possuímos os seguintes campos: Legenda Nome Finalidade Campo de Pesquisa Botão Pesquisa no Google Botão Estou com Sorte Nesse campo digitamos as palavras ou expressões-chaves separadas por espaço que desejamos encontrar informações. Faz a consulta das informações e retorna a lista de sites encontrados que possuem aquela palavra ou conjunto de palavras. Ao clicarmos nesse botão o Google nos mostra a primeira página, ou seja, a mais relevante que possui a palavra que estamos procurando. Um bom exemplo de utilizarmos esse botão é quando estamos procurando a página inicial da Microsoft, basta inserir Microsoft e clicar em Estou com sorte. O Google o levará diretamente para 24

25 4 Tipos de Pesquisa O usuário escolhe onde será feita a pesquisa: WEB: em todos os sites do mundo; Português: apenas sites que estejam na língua portuguesa; Brasil: somente páginas hospedadas no Brasil (.br). Nesta página digitamos um ou mais termos de pesquisa (as palavras ou a frase que melhor descreve as informações que se quer encontrar) no campo de pesquisa (1) e pressionamos a tecla Enter ou clicamos no botão Pesquisa Google (2). Por exemplo, digitamos as palavras Floresta Amazônica (Figura 31). Figura 31 - Informando palavra-chave Em resposta, o Google gera uma página de resultados: uma lista de páginas da WEB relacionadas aos termos da pesquisa, com os resultados mais relevantes aparecendo primeiro, seguidos pelos menos relevantes (Figura 32). 25

26 Link Resumo do Conteúdo do Site Endereço do Site Figura 32 - Resultados da Busca Nesta lista de resultados o usuário poderá clicar nos links (no caso os títulos do Google) para acessar essas páginas e suas informações. Para cada consulta surgem, freqüentemente, várias páginas de resultados, listadas no final da página. Para ver, basta clicar em Mais ou no número correspondente à página de resultados seguinte (Figura 33). Figura 33 - Várias páginas de respostas 26

27 Gerenciando as palavras-chaves Pelo fato da WEB ser considerada como uma ampla fonte de informações (pela grande quantidade de dados) é importante que se saiba como delimitar e gerenciar as formas de como pedir essas informações (através de palavras-chaves certas, utilizando técnicas de pesquisa com diferentes operadores). Além disso, os sites de pesquisa não fazem distinção entre letras maiúsculas e minúsculas e nem palavras com ou sem acento. Ao informar uma palavra chave ao buscador, algumas técnicas que nos restringem (delimitam) a lista de sites a serem buscados e mostrados são: Busca com aspas retorna as páginas que têm os termos digitados entre aspas na seqüência. Floresta Amazônica Busca com operador + retorna páginas que incluam as palavras aleatoriamente na página. Floresta+ Amazônica Busca com operador - as palavras que ficam antes do sinal de menos são excluídas das pesquisas. Floresta -Amazônica Busca com operador * quando precisar pesquisar frases em que um termo é variável, use o caractere * (asterisco). Floresta * Busca com a palavra site Restringe os resultados apenas a páginas contidas em um determinado site (normalmente um site especializado no assunto). Floresta * site: Busca com a palavra intitle Restringe a pesquisa a páginas que contenham o termo desejado em seu título. Floresta * intitle Amazônica Busca com a palavra filetype Busca resultados apenas em arquivos do tipo especificado. Múltiplos tipos de arquivos devem ser informados usando vários operadores filetype. Floresta Amazônica filetype:pdf 27

28 4. Correio Eletrônico ( ) Correio eletrônico ou é um serviço similar ao serviço postal dos correios onde em ambos é possível mandar mensagens a uma pessoa específica, sendo que este permite a comunicação através da Internet., o que torna a comunicação mais rápida. Através do correio eletrônico é possível enviar e receber mensagens de textos, imagens, documentos criados no Word ou Excel ou sons de qualquer parte do mundo ou de qualquer pessoa que possua acesso a um computador ligado a Internet. Além de um computador ligado a Internet, para se ter acesso ao correio eletrônico é necessário possuir um endereço eletrônico pessoal (ou seja, ) Endereço eletrônico pessoal Um endereço eletrônico ( ) é composto por duas partes separadas pelo (arroba - at), onde: 1. A primeira parte (isabel) indica o nome do usuário, empresa ou organização; 2. A segunda parte (hotmail.com) representa a empresa que oferece o acesso ao correio eletrônico. Algumas dessas empresas que oferecem esse serviço de correio eletrônico são: Yahoo Hotmail Terra IG UOL Gmail 4.2. Criando uma conta de correio eletrônico No início da Internet para se ter um endereço ou uma conta de correio eletrônico era necessário que se tivesse conta no provedor pago e com isso se recebia um . 28

29 Com a popularidade da Internet e o surgimento dos provedores de acesso a Internet gratuita, muitos sites passaram a oferecer contas e endereços de correio eletrônico gratuitamente. Para isso é necessário que o usuário preencha um cadastro, escolha uma senha e seu nome de usuário. Alguns sites que permitem criar s gratuitos são: Tipos de Acesso a uma conta de Correio Eletrônico Existem duas maneiras de acessar e ler as mensagens disponíveis na conta de correio eletrônico. A primeira maneira é fazer a leitura através de um programa de correio que permite ler, responder e organizar as mensagens recebidas. Os principais programas existentes, para isso são Outlook Express, Eudora, Incredimail e Mozilla Thunderbird. Outra maneira é fazer a leitura através do próprio navegador (Internet Explorer ou Mozilla Firefox) na página da empresa que fornece o , sem a necessidade de um programa específico. Esse acesso é conhecido como WEBMAIL (que é o caso o Yahoo e Hotmail). A principal vantagem do acesso por Webmail em vez de um programa é que o usuário pode acessar os seus s em qualquer computador conectado a Internet, enquanto que utilizando um programa só poderá verificar seu no seu computador. Além disso, garante uma maior privacidade para aquelas pessoas que compartilham seus computadores com outros usuários em casa, no trabalho ou na escola Acessando uma conta de Correio eletrônico por Webmail Para acessar uma conta através de um Webmail é necessário abrir o navegador (Internet Explorer, Mozilla Firefox) e digitar o endereço da empresa que fornece o . Por exemplo, se possuímos uma conta no Yahoo colocamos o endereço ( Figura 34). Se possuirmos uma conta do Hotmail usamos o endereço (Figura 35). Figura 34 - Acessando a página do Webmail do Yahoo Figura 35 - Acessando a página do Webmail do Hotmail 29

30 Ao acessar a página do Webmail, é necessário informar os dados do usuário no . No caso é necessário informar (Figura 36 e Figura 37): ID: ID é o nome do usuário (primeira parte que compõe endereço do correio eletrônico); Senha: a senha do . Figura 36 - Informando Dados para acessar o Webmail da Yahoo Figura 37 - Informando Dados para acessar o Webmail da Hotmail Caixa de Entrada (Entrada) Ao acessar a conta de correio eletrônico, somos passados a outra página que nos mostra a caixa de entrada. A caixa de entrada é onde ficam armazenadas as mensagens recebidas, ou seja, ao receber uma mensagem a mesma ficará armazenada nesta pasta. Nela será exibida uma lista de s com seu respectivo remetente, assunto e data/hora (Figura 38 e Figura 39). Nesta lista as mensagens que estão em negrito representam novas mensagens ou as ainda não lidas. Aquelas que estiverem sem negrito (em estilo normal) são as mensagens já lidas que seguem armazenadas nessa caixa de entrada até que sejam apagadas. Lida Não Lida Figura 38 - Caixa de Entrada do Yahoo 30

FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico).

FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico). FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico). CLIENTE DE EMAIL - OUTLOOK (Microsoft Office). - Outlook Express (Windows). - Mozilla Thunderbird (Soft Livre). - Eudora. - IncredMail.

Leia mais

LIVRO DE INTERNET. 1º edição. Governador Celso Ramos

LIVRO DE INTERNET. 1º edição. Governador Celso Ramos DRUCILA GRAMANI LIVRO DE INTERNET 1º edição Governador Celso Ramos 1 P á g i n a Word Wide Web (www) A World Wide Web (WEB ou WWW) é um sistema de documentos com informações de vários tipos de mídias (como

Leia mais

NOÇÕES BÁSICAS DE INTERNET

NOÇÕES BÁSICAS DE INTERNET UNIVERSIDADE REGIONAL INTEGRADA DO ALTO URUGUAI E DAS MISSÕES URI CAMPUS SANTO ÂNGELO NOÇÕES BÁSICAS DE INTERNET Disciplina: Informática Instrumental Profa: M. Sc. Regiane Klidzio CONTEÚDO Março, 2010

Leia mais

Princípios de Internet e Termos mais Utilizados. Internet

Princípios de Internet e Termos mais Utilizados. Internet Princípios de Internet e Termos mais Utilizados Internet A Comunicação é a melhor palavra para descrever a Internet. São serviços e facilidades que, para algumas pessoas, é o lugar onde elas encontram

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS ÍNDICE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS ÍNDICE ÍNDICE INTERNET EXPLORER...2 A Janela Principal...2 Barra de endereços...3 Menu Favoritos...4 Adicionar endereços no Menu Favoritos...4 Organizar endereços no Menu Favoritos...5 Navegar nas páginas...5

Leia mais

Universidade de São Paulo Centro de Informática de Ribeirão Preto TUTORIAL HOTMAIL

Universidade de São Paulo Centro de Informática de Ribeirão Preto TUTORIAL HOTMAIL Universidade de São Paulo Centro de Informática de Ribeirão Preto TUTORIAL HOTMAIL Tutorial Hotmail Sobre o MSN Hotmail Acessando o Hotmail Como criar uma conta Efetuando o login Verificar mensagens Redigir

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA AULA 06 INTERNET

INFORMÁTICA APLICADA AULA 06 INTERNET UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: Bacharelado em Ciências e Tecnologia INFORMÁTICA APLICADA AULA 06 INTERNET Profª Danielle Casillo SUMÁRIO O que é Internet Conceitos básicos de internet

Leia mais

Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br INFORMÁTICA.

Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br INFORMÁTICA. INFORMÁTICA Aula Gratuita (clique aqui e assista a aula) INTERNET (Navegadores) NAVEGADORES Para que possamos explorar todos os recursos que a Web nos oferece, precisamos de um programa chamado navegador.

Leia mais

INTERNET OUTLOOK. 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta.

INTERNET OUTLOOK. 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta. Prof. Júlio César S. Ramos P á g i n a 1 INTERNET OUTLOOK 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta. A O Outlook Express permite criar grupo de pessoas

Leia mais

Correio Eletrônico Outlook Express. Prof. Rafael www.facebook.com/rafampsilva rafampsilva@yahoo.com.br

Correio Eletrônico Outlook Express. Prof. Rafael www.facebook.com/rafampsilva rafampsilva@yahoo.com.br Correio Eletrônico Outlook Express Prof. Rafael www.facebook.com/rafampsilva rafampsilva@yahoo.com.br O Microsoft Outlook é o principal cliente de mensagens e colaboração para ajudá-lo a obter os melhores

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Compartilhamento de Arquivos no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução...

Leia mais

PESQUISAS NA WEB. 1. Para pesquisas na Internet www.google.com.br www.yahoo.com.br www.altavista.com.br

PESQUISAS NA WEB. 1. Para pesquisas na Internet www.google.com.br www.yahoo.com.br www.altavista.com.br PESQUISAS NA WEB 1. Para pesquisas na Internet www.google.com.br www.yahoo.com.br www.altavista.com.br No Laboratório do Paraná Digital o Google está configurado no sistema como buscador padrão. Para acessá-lo,

Leia mais

INSTALAÇÃO...32 UTILIZAÇÃO...32 OPÇÕES DO MOZILLA THUNDERBIRD...33

INSTALAÇÃO...32 UTILIZAÇÃO...32 OPÇÕES DO MOZILLA THUNDERBIRD...33 ÍNDICE PROTOCOLOS DE EMAIL...3 ENVIO DE MENSAGEM - SAÍDA...3 SMTP...3 RECEBIMENTO DE MENSAGEM - ENTRADA...3 POP3...3 IMAP4...3 O E-MAIL...4 ENTENDENDO O ENDEREÇO ELETRÔNICO...4 WEBMAIL...4 MOZILLA THUNDERBIRD

Leia mais

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador Microsoft Internet Explorer Browser/navegador/paginador Browser (Navegador) É um programa que habilita seus usuários a interagir com documentos HTML hospedados em um servidor web. São programas para navegar.

Leia mais

Usando o Outlook MP Geral

Usando o Outlook MP Geral Usando o Outlook MP Geral Este guia descreve o uso do Outlook MP. Este guia é baseado no uso do Outlook MP em um PC executando o Windows 7. O Outlook MP pode ser usado em qualquer tipo de computador e

Leia mais

FACULDADE DOS GUARARAPES. A Internet... Prof. Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br

FACULDADE DOS GUARARAPES. A Internet... Prof. Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br FACULDADE DOS GUARARAPES A Internet... Prof. Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br O que é a Internet Rede de Computadores: Consiste de dois ou mais computadores ligados entre si

Leia mais

Sistemas Enturma: Manual de Ferramentas do Usuário

Sistemas Enturma: Manual de Ferramentas do Usuário versão do manual: 1 1 Apresentação A evolução da tecnologia vem provocando uma revolução no ensino. O acesso à Internet e a disseminação do uso do computador vêm mudando a forma de produzir, armazenar

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 3 Internet, Browser e E-mail. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 3 Internet, Browser e E-mail. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 3 Internet, Browser e E-mail Professora: Cintia Caetano SURGIMENTO DA INTERNET A rede mundial de computadores, ou Internet, surgiu em plena Guerra Fria, no final da década de

Leia mais

Prova dos Correios - Comentada

Prova dos Correios - Comentada Unidade Zona Sul - (84) 3234-9923 Unidade Zona Norte (84) 3214-4595 www.premiumconcursos.com 1 Texto para as questões de 1 a 3 A figura abaixo ilustra uma janela do Microsoft Office Excel 2007 com uma

Leia mais

Internet Explorer. Internet Explorer. Autor: Reginaldo Reis

Internet Explorer. Internet Explorer. Autor: Reginaldo Reis Internet Explorer Autor: Reginaldo Reis APRESENTAÇÃO Nesse material didático iremos apresentar os principais conceitos e características da internet. Você aprenderá alguns conceitos fundamentais de internet,

Leia mais

BlackBerry Internet Service. Versão: 4.5.1. Guia do usuário

BlackBerry Internet Service. Versão: 4.5.1. Guia do usuário BlackBerry Internet Service Versão: 4.5.1 Guia do usuário Publicado: 09/01/2014 SWD-20140109134951622 Conteúdo 1 Primeiros passos... 7 Sobre os planos de serviço de mensagens oferecidos para o BlackBerry

Leia mais

Apostilas OBJETIVA - Concurso Público 2015 MTE Ministério do Trabalho e Emprego Cargo: Agente Administrativo. 4º Caderno. Índice

Apostilas OBJETIVA - Concurso Público 2015 MTE Ministério do Trabalho e Emprego Cargo: Agente Administrativo. 4º Caderno. Índice 4º Caderno Índice Programas de navegação: Internet Explorer, Mozilla Firefox e Google Chrome... Exercícios pertinentes... 02 48 Programas de correio eletrônico Outlook Express, Mozilla Thunderbird... 58

Leia mais

Curso de Navegadores e Internet

Curso de Navegadores e Internet Universidade Estadual do Oeste do Paraná Pró Reitoria de Extensão Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Colegiado de Licenciatura em Matemática Colegiado da Ciência da Computação Projeto de Extensão:

Leia mais

CURSO DE INFORMÁTICA BÁSICA AULA 4 INTERNET

CURSO DE INFORMÁTICA BÁSICA AULA 4 INTERNET CURSO DE INFORMÁTICA BÁSICA AULA 4 INTERNET O que é a Internet? É a ligação em escala mundial de milhões de computadores para a troca de informações. As informações, na Internet, trafegam quase que instantaneamente.

Leia mais

LW1. Como a internet funciona? PROF. ANDREZA S. AREÃO

LW1. Como a internet funciona? PROF. ANDREZA S. AREÃO LW1 Como a internet funciona? PROF. ANDREZA S. AREÃO O que é a Internet? Rede de Computadores: Consiste de dois ou mais computadores ligados entre si e compartilhando dados, impressoras, trocando mensagens

Leia mais

Cartilha. Correio eletrônico

Cartilha. Correio eletrônico Cartilha Correio eletrônico Prefeitura de Juiz de Fora Secretaria de Planejamento e Gestão Subsecretaria de Tecnologia da Informação Abril de 2012 Índice SEPLAG/Subsecretaria de Tecnologia da Informação

Leia mais

Webmail UFMA Tutorial de Operações Básicas do Usuário Cliente Web

Webmail UFMA Tutorial de Operações Básicas do Usuário Cliente Web UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO - UFMA NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - NTI GERÊNCIA DE REDES - GEREDES Webmail UFMA Tutorial de Operações Básicas do Usuário Cliente Web São Luís 2014 1. INICIANDO...

Leia mais

OneDrive: saiba como usar a nuvem da Microsoft

OneDrive: saiba como usar a nuvem da Microsoft OneDrive: saiba como usar a nuvem da Microsoft O OneDrive é um serviço de armazenamento na nuvem da Microsoft que oferece a opção de guardar até 7 GB de arquivos grátis na rede. Ou seja, o usuário pode

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC SUMÁRIO 1 - Tela de Login...03 2 - Caixa de Entrada...04 3 - Escrever Mensagem...06 4 - Preferências...07 4.1 - Configurações Gerais...07 4.2 - Trocar Senha...07 4.3

Leia mais

Curso Introdução à Educação Digital - Carga Horária: 40 horas (30 presenciais + 10 EaD)

Curso Introdução à Educação Digital - Carga Horária: 40 horas (30 presenciais + 10 EaD) ******* O que é Internet? Apesar de muitas vezes ser definida como a "grande rede mundial de computadores, na verdade compreende o conjunto de diversas redes de computadores que se comunicam e que permitem

Leia mais

TRE/MG (15/03/2008) CESPE QUESTÃO 6

TRE/MG (15/03/2008) CESPE QUESTÃO 6 TRE/MG (15/03/2008) CESPE QUESTÃO 6 Considerando a janela do Word 2003 ilustrada acima, que contém um documento em processo de edição no qual o título está selecionado, assinale a opção correta. A O parágrafo

Leia mais

Manual de Utilização COPAMAIL. Zimbra Versão 8.0.2

Manual de Utilização COPAMAIL. Zimbra Versão 8.0.2 Manual de Utilização COPAMAIL Zimbra Versão 8.0.2 Sumário ACESSANDO O EMAIL... 1 ESCREVENDO MENSAGENS E ANEXANDO ARQUIVOS... 1 ADICIONANDO CONTATOS... 4 ADICIONANDO GRUPOS DE CONTATOS... 6 ADICIONANDO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA TREINAMENTO EM INFORMÁTICA MÓDULO II

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA TREINAMENTO EM INFORMÁTICA MÓDULO II UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA TREINAMENTO EM INFORMÁTICA MÓDULO II MACAPÁ-AP 2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ REITORIA DE

Leia mais

frozza@ifc-camboriu.edu.brcamboriu.edu.br

frozza@ifc-camboriu.edu.brcamboriu.edu.br Internet Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.brcamboriu.edu.br O que é Internet? Uma rede de computadores consiste de dois ou mais computadores ligados entre si e compartilhando

Leia mais

USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL

USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL ATENÇÃO! Para utilizar este tutorial não se esqueça: Onde estiver escrito seusite.com.br substitua pelo ENDEREÇO do seu site (domínio). Ex.: Se o endereço do seu site é casadecarnessilva.net

Leia mais

Secretaria de Tecnologia da Informação Coordenadoria de Suporte Técnico aos Usuários. Manual do Usuário Zimbra webmail 7.2.2

Secretaria de Tecnologia da Informação Coordenadoria de Suporte Técnico aos Usuários. Manual do Usuário Zimbra webmail 7.2.2 Secretaria de Tecnologia da Informação Coordenadoria de Suporte Técnico aos Usuários Manual do Usuário Zimbra webmail 7.2.2 Março de 2013 SUMÁRIO INICIANDO... 6 CONHECENDO SUA CAIXA DE E-MAILS... 6 ENTRANDO

Leia mais

ÍNDICE. www.leitejunior.com.br 16/06/2008 16:47 Leite Júnior

ÍNDICE. www.leitejunior.com.br 16/06/2008 16:47 Leite Júnior ÍNDICE PROTOCOLOS DE EMAIL...2 ENVIO DE MENSAGEM - SAÍDA...2 SMTP...2 RECEBIMENTO DE MENSAGEM - ENTRADA...2 POP3...2 IMAP4...2 O E-MAIL...2 ENTENDENDO O ENDEREÇO ELETRÔNICO...2 IDENTIDADE...3 CONFIGURANDO

Leia mais

PROVA DE NOÇÕES DE INFORMÁTICA CÓD. 11

PROVA DE NOÇÕES DE INFORMÁTICA CÓD. 11 15 PROVA DE NOÇÕES DE INFORMÁTICA CÓD. 11 QUESTÃO 41 Para se imprimir no ambiente do Microsoft Windows, é necessário que a impressora esteja cadastrada no sistema. Na configuração padrão do sistema, o

Leia mais

Tecnologias da Informação e Comunicação: Internet

Tecnologias da Informação e Comunicação: Internet Tecnologias da Informação e Comunicação UNIDADE 3 Tecnologias da Informação e Comunicação: Internet Aula nº 2º Período Escola EB 2,3 de Taíde Ano lectivo 2009/2010 SUMÁRIO Introdução à Internet: história

Leia mais

Guia de uso do Correio Eletrônico Versão 1.1

Guia de uso do Correio Eletrônico Versão 1.1 Guia de uso do Correio Eletrônico Versão 1.1 Índice Introdução ao Serviço de E-mail O que é um servidor de E-mail 3 Porque estamos migrando nosso serviço de correio eletrônico? 3 Vantagens de utilização

Leia mais

Manual de Usuário do UnB Webmail Destinado aos usuários de e-mail da Universidade de Brasília MODO DINÂMICO

Manual de Usuário do UnB Webmail Destinado aos usuários de e-mail da Universidade de Brasília MODO DINÂMICO Destinado aos usuários de e-mail da Universidade de Brasília MODO DINÂMICO Elaboração: Equipe de Suporte Avançado do CPD SA/SRS/CPD/UnB suporte@unb.br Universidade de Brasília Brasília / 2014 Resumo A

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal Regional Federal da Terceira Região

Poder Judiciário Tribunal Regional Federal da Terceira Região Poder Judiciário Tribunal Regional Federal da Terceira Região DIMI - Divisão de Microinformática e Redes Índice: O que é a Internet? 3 O que são Intranets? 3 Sobre o Nestcape Navigator 3 Para iniciar o

Leia mais

Google Apps para o Office 365 para empresas

Google Apps para o Office 365 para empresas Google Apps para o Office 365 para empresas Faça a migração O Office 365 para empresas tem uma aparência diferente do Google Apps, de modo que, ao entrar, você poderá obter esta exibição para começar.

Leia mais

Seu manual do usuário BLACKBERRY INTERNET SERVICE http://pt.yourpdfguides.com/dref/1117388

Seu manual do usuário BLACKBERRY INTERNET SERVICE http://pt.yourpdfguides.com/dref/1117388 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para BLACKBERRY INTERNET SERVICE. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP (CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS) TUTORIAL DE USO DO WEBMAIL - UFG

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP (CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS) TUTORIAL DE USO DO WEBMAIL - UFG UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP (CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS) TUTORIAL DE USO DO WEBMAIL - UFG Página 1 de 26 Sumário Introdução...3 Layout do Webmail...4 Zimbra: Nível Intermediário...5 Fazer

Leia mais

Manual de uso do e-mail institucional FMB e HC. Manual de uso do e-mail institucional FMB e HC

Manual de uso do e-mail institucional FMB e HC. Manual de uso do e-mail institucional FMB e HC Manual de uso do e-mail institucional FMB e HC 1 FICHA CATALOGRÁFICA ELABORADA PELA SEÇÃO TÉC. AQUIS. E TRAT. DA INFORMAÇÃO DIVISÃO TÉCNICA DE BIBLIOTECA E DOCUMENTAÇÃO - CAMPUS DE BOTUCATU - UNESP BIBLIOTECÁRIA

Leia mais

Exercício 1 Navegação. Módulos I e II

Exercício 1 Navegação. Módulos I e II Governo do Estado de Minas Gerais Secretaria de Estado de Educação Capacitação em Informática Instrumental Exercício 1 Navegação Módulos I e II Este material foi desenvolvido pela SR2 Consulting para a

Leia mais

www.leitejunior.com.br 05/12/2011 12:30 Leite Júnior

www.leitejunior.com.br 05/12/2011 12:30 Leite Júnior INTERNET EXPLORER 8 Também conhecidos como BROWSERS (navegadores). Usados para visualizar página na Web. Entende a linguagem HTML e permite visualiza conteúdos de discos, funcionando como se fosse um Windows

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas GerNFe 1.0 Manual do usuário Página 1/13 GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas O programa GerNFe 1.0 tem como objetivo armazenar em local seguro e de maneira prática para pesquisa,

Leia mais

AULA 3 FERRAMENTAS E APLICATIVOS DE NAVEGAÇÃO, DE CORREIO ELETRÔNICO, DE GRUPOS DE DISCUSSÃO, DE BUSCA E PESQUISA (PARTE II)

AULA 3 FERRAMENTAS E APLICATIVOS DE NAVEGAÇÃO, DE CORREIO ELETRÔNICO, DE GRUPOS DE DISCUSSÃO, DE BUSCA E PESQUISA (PARTE II) AULA 3 FERRAMENTAS E APLICATIVOS DE NAVEGAÇÃO, DE CORREIO ELETRÔNICO, DE GRUPOS DE DISCUSSÃO, DE BUSCA E PESQUISA (PARTE II) A seguir vamos ao estudo das ferramentas e aplicativos para utilização do correio

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Se ainda tiver dúvidas entre em contato com a equipe de atendimento: Por telefone: 0800 642 3090 Por e-mail atendimento@oisolucoespraempresas.com.br Introdução... 3 1. O que é o programa Oi Backup Empresarial?...

Leia mais

INTERNET -- NAVEGAÇÃO

INTERNET -- NAVEGAÇÃO Página 1 INTRODUÇÃO Parte 1 O que é a Internet? A Internet é uma rede mundial de computadores, englobando redes menores distribuídas por vários países, estados e cidades. Ao contrário do que muitos pensam,

Leia mais

A vida depois do Microsoft Outlook

A vida depois do Microsoft Outlook A vida depois do Microsoft Outlook Bem-vindo ao Gmail O que há de diferente? Agora que você migrou do Microsoft Outlook para o Google Apps, veja algumas dicas sobre como começar a usar o Gmail como seu

Leia mais

Manual de Apoio ao Treinamento. Expresso

Manual de Apoio ao Treinamento. Expresso Manual de Apoio ao Treinamento Expresso 1 EXPRESSO MAIL É dividido em algumas partes principais como: Caixa de Entrada: local onde ficam as mensagens recebidas. O número em vermelho entre parênteses refere-se

Leia mais

Internet Ambiente Seven

Internet Ambiente Seven Internet Ambiente Seven Sumário Breve história da Internet... 1 Como funciona a Internet?... 1 Internet Explorer... 4 Navegadores (Internet Explorer, Opera, Mozilla e Google Chrome)... 5 Sites de busca...

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ. Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM. Manual

UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ. Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM. Manual UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM Manual DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DIRGTI 2015 Sumário 1. Introdução... 3 2. Acessando o serviço...

Leia mais

Expresso Livre Correio Eletrônico

Expresso Livre Correio Eletrônico Expresso Livre Correio Eletrônico 1. EXPRESSO LIVRE Para fazer uso desta ferramenta de correio eletrônico acesse seu Navegador de Internet e digite o endereço eletrônico expresso.am.gov.br. Figura 1 A

Leia mais

Treinamento Outlook Express

Treinamento Outlook Express Ministério da Saúde Secretaria Executiva Departamento de Informática do SUS Treinamento Outlook Express Série A. Normas e Manuais Técnicos Brasília DF 2003 1 2003. Ministério da Saúde. É permitida a reprodução

Leia mais

Manual do Usuário Janeiro de 2016

Manual do Usuário Janeiro de 2016 Manual do Usuário Janeiro de 2016 SOBRE CMX CMX é uma interface que dá acesso aos estudantes a milhares de atividades, exercícios e recursos todos posicionados com os padrões e conceitos curriculares.

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

Carreira Policial ESTRUTURA BÁSICA DE APRESENTAÇÕES. TELA DE EDIÇÃO A tela de edição do Impress é composta por vários elementos:

Carreira Policial ESTRUTURA BÁSICA DE APRESENTAÇÕES. TELA DE EDIÇÃO A tela de edição do Impress é composta por vários elementos: BrOffice.Org IMPRESS O BrOffice.org Impress permite criar apresentações de slides profissionais que podem conter gráficos, objetos de desenho, texto, multimídia e vários outros itens. Se desejar, você

Leia mais

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ÍNDICE INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ACESSO ÀS FERRAMENTAS 9 FUNÇÕES 12 MENSAGENS 14 CAMPOS OBRIGATÓRIOS

Leia mais

Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br INFORMÁTICA AULA 11

Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br INFORMÁTICA AULA 11 INFORMÁTICA AULA 11 INTERNET (CONTINUAÇÃO) Outlook EXPRESS A janela principal do Outlook Express pode ser divida basicamente em: Área de Comando (superior) - Contém a barra de botões e a barra de menus.

Leia mais

Migrando para o Outlook 2010

Migrando para o Outlook 2010 Neste guia Microsoft O Microsoft Outlook 2010 está com visual bem diferente, por isso, criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Leia-o para saber mais sobre as principais

Leia mais

parte I Apostila Esquematizada de Informática Sumário Navegadores e Mecanismos de Pesquisas na web Unidade 1 Navegadores (browser)

parte I Apostila Esquematizada de Informática Sumário Navegadores e Mecanismos de Pesquisas na web Unidade 1 Navegadores (browser) Apostila Esquematizada de Informática parte I Navegadores e Mecanismos de Pesquisas na web Sumário Unidade 1 Navegadores (browser) Unidade 2 Internet Explorer Explorando a interface e suas funções Unidade

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

Diveo Exchange OWA 2007

Diveo Exchange OWA 2007 Diveo Exchange OWA 2007 Manual do Usuário v.1.0 Autor: Cícero Renato G. Souza Revisão: Antonio Carlos de Jesus Sistemas & IT Introdução... 4 Introdução ao Outlook Web Access 2007... 4 Quais são as funcionalidades

Leia mais

WIN + D WIN + M SHIFT + WIN + M WIN + R WIN + E WIN + PAUSE BREAK

WIN + D WIN + M SHIFT + WIN + M WIN + R WIN + E WIN + PAUSE BREAK Windows em geral WIN = Abre o menu Iniciar. Use as setas para navegar nas opções, e dê ENTER para abrir um item. WIN + D = Mostrar área de trabalho. WIN + M = Minimizar tudo. SHIFT + WIN + M = Desminimizar

Leia mais

Universidade Federal de Pelotas Conjunto Agrotécnico Visconde da Graça CAVG Disciplina: Informática Apresentação Gráfica

Universidade Federal de Pelotas Conjunto Agrotécnico Visconde da Graça CAVG Disciplina: Informática Apresentação Gráfica Apresentação Gráfica Microsoft Office Power Point 1 Sumário 1. MICROSOFT POWER POINT... 4 1.1. INICIANDO O MICROSOFT POWER POINT... 4 2. CONHECENDO A INTERFACE DO POWER POINT... 5 2.1. O DOCUMENTO DO POWER

Leia mais

INFORMÁTICA PROF. RENATO DA COSTA

INFORMÁTICA PROF. RENATO DA COSTA CONTEÚDO PROGRAMÁTICO FCC 2012 NOÇÕES DE : 1 Conceitos de Internet e intranet. 2 Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados à Internet e

Leia mais

INTRODUÇÃO AO WINDOWS

INTRODUÇÃO AO WINDOWS INTRODUÇÃO AO WINDOWS Paulo José De Fazzio Júnior 1 Noções de Windows INICIANDO O WINDOWS...3 ÍCONES...4 BARRA DE TAREFAS...5 BOTÃO...5 ÁREA DE NOTIFICAÇÃO...5 BOTÃO INICIAR...6 INICIANDO PROGRAMAS...7

Leia mais

ÍNDICE. www.leitejunior.com.br 16/06/2008 17:48 Leite Júnior

ÍNDICE. www.leitejunior.com.br 16/06/2008 17:48 Leite Júnior ÍNDICE MICROSOFT INTERNET EXPLORER 6 SP2 (IE6 SP2)...2 JANELA PRINCIPAL...2 PARTES DA JANELA...2 OS MENUS DO IE6...3 MENU ARQUIVO...3 MENU EDITAR...3 MENU EXIBIR...3 MENU FAVORITOS...4 MENU FERRAMENTAS...4

Leia mais

Resolução de questões Internet

Resolução de questões Internet Ítalo Demarchi 1 1. (Cespe) A figura a seguir ilustra uma janela do Internet Explorer 6.0 (IE6), que está em uso para acesso a uma página web. Ítalo Demarchi. 1 Educador Técnico em Processamento de Dados

Leia mais

Internet. História da Internet

Internet. História da Internet Internet A rede mundial de computadores é um grande fenômeno e está ampliando os horizontes de profissionais e empresas. O acesso é feito a qualquer hora e de qualquer lugar: do escritório, em casa, na

Leia mais

EXERCÍCIOS SIMULADO ELABORADO PELO PROFESSOR ANDRÉ ALENCAR

EXERCÍCIOS SIMULADO ELABORADO PELO PROFESSOR ANDRÉ ALENCAR EXERCÍCIOS SIMULADO ELABORADO PELO PROFESSOR ANDRÉ ALENCAR Com base no Windows XP, na figura ao lado, julgue os itens que se seguem: 01- É possível afirmar que ao se clicar em O que mais devo saber sobre

Leia mais

EMANNUELLE GOUVEIA ROLIM

EMANNUELLE GOUVEIA ROLIM EMANNUELLE GOUVEIA ROLIM Bacharel em Ciência da Computação, especialista em Gerência de Projetos e em Criptografia e Segurança da Informação. Servidora Publica. Atua na área acadêmica em cursos de Graduação

Leia mais

Sistema de Gerenciamento Remoto www.pevermelho.art.br

Sistema de Gerenciamento Remoto www.pevermelho.art.br Sistema de Gerenciamento Remoto www.pevermelho.art.br 1 - SOBRE O SGR Este manual irá lhe ajudar a entender o funcionamento do SGR (Sistema de Gerenciamento Remoto) permitindo assim que você possa atualizar

Leia mais

Apresentação. Estamos à disposição para quaisquer dúvidas e sugestões! Atenciosamente, Equipe do Portal UNESC

Apresentação. Estamos à disposição para quaisquer dúvidas e sugestões! Atenciosamente, Equipe do Portal UNESC Sumário Apresentação... 1 1. Orientações Iniciais... 2 2. Recursos... 4 2.1 Rótulos... 4 2.2 Página de Texto Simples... 8 2.3 Página de Texto Formatado... 12 2.4 Site... 16 2.5 Arquivo... 21 2.6 Pasta

Leia mais

Utilizando o correio eletrônico da UFJF com Thunderbird e IMAP

Utilizando o correio eletrônico da UFJF com Thunderbird e IMAP Utilizando o correio eletrônico da UFJF com Thunderbird e IMAP O cliente de e-mail web utilizado pela UFJF é um projeto OpenSource que não é desenvolvido pela universidade. Por isso, pode ocorrer que alguns

Leia mais

PROVA DE NOÇÕES DE INFORMÁTICA Cargo 15. Uma pessoa, utilizando o sistema operacional Microsoft Windows, executou a seguinte seqüência de comandos:

PROVA DE NOÇÕES DE INFORMÁTICA Cargo 15. Uma pessoa, utilizando o sistema operacional Microsoft Windows, executou a seguinte seqüência de comandos: 8 PROVA DE NOÇÕES DE INFORMÁTICA Cargo 15 QUESTÃO 16 Uma pessoa, utilizando o sistema operacional Microsoft Windows, executou a seguinte seqüência de comandos: I. acessou a pasta Relatorios, selecionou

Leia mais

Histórico. O que é a internet?

Histórico. O que é a internet? Histórico A internet foi idealizada na década de 60 com o objetivo de trocas e compartilhamento de informações, voltadas para a pesquisa e fins militares. A partir da II Guerra Mundial, o interesse de

Leia mais

SGE SISTEMA DE GESTÃO ESCOLAR DIÁRIO WEB MANUAL DO PROFESSOR

SGE SISTEMA DE GESTÃO ESCOLAR DIÁRIO WEB MANUAL DO PROFESSOR ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA EDUCAÇÃO E CULTURA SUPERINTENDÊNCIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO COORDENADORIA DE APOIO E RECURSOS TECNOLÓGICOS COORDENADORIA DE SISTEMAS SGE SISTEMA DE GESTÃO ESCOLAR

Leia mais

Sumário O Computador... 3 Desligando o computador... 5 Cuidados com o computador... 5 O Windows e as janelas... 6 O que é o Windows?...

Sumário O Computador... 3 Desligando o computador... 5 Cuidados com o computador... 5 O Windows e as janelas... 6 O que é o Windows?... 1 Sumário O Computador... 3 Desligando o computador... 5 Cuidados com o computador... 5 O Windows e as janelas... 6 O que é o Windows?... 6 Usando os programas... 7 Partes da janela:... 7 Fechando as janelas...

Leia mais

Configuração de assinatura de e-mail

Configuração de assinatura de e-mail Configuração de assinatura de e-mail Este manual irá lhe auxiliar a configurar a sua assinatura de E-mail no Microsoft Outlook (Desktop) e no Outlook Web App (Webmail). Gerando a sua assinatura de e-mail

Leia mais

Logo abaixo temos a Barra de Menus que é onde podemos acessar todos os recursos do PHP Editor.

Logo abaixo temos a Barra de Menus que é onde podemos acessar todos os recursos do PHP Editor. Nessa aula iremos estudar: A anatomia da janela do PHP Editor Iniciando o servidor Web O primeiro exemplo de PHP Anatomia da janela do PHP Editor Barra de Títulos: É a barra azul que se encontra na parte

Leia mais

APOSTILA MICROSOFT OUTLOOK 2000

APOSTILA MICROSOFT OUTLOOK 2000 APOSTILA MICROSOFT OUTLOOK 2000 SUMÁRIO I. INTRODUÇÃO II. INICIANDO O OUTLOOK 2000 III. OUTLOOK HOJE IV. ATALHOS DO OUTLOOK V. CONFIGURAR CONTA DE CORREIO ELETRÔNICO VI. RECEBER E-MAIL VII. FILTRAR MENSAGENS

Leia mais

Informática. Informática. Valdir. Prof. Valdir

Informática. Informática. Valdir. Prof. Valdir Prof. Valdir Informática Informática Valdir Prof. Valdir Informática Informática PROVA DPF 2009 Julgue os itens subseqüentes, a respeito de Internet e intranet. Questão 36 36 - As intranets, por serem

Leia mais

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares SENAI São Lourenço do Oeste Introdução à Informática Adinan Southier Soares Rede de computador Uma rede de computadores consiste de dois ou mais computadores ligados entre si e compartilhando dados, impressoras,

Leia mais

SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - STI

SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - STI AUTOR: MÁRIO SÉRGIO CINTRA CAMARGO ÍNDICE ACESSANDO O WEBMAIL... 04 TRABALHANDO COM O CORREIO ELETRÔNICO... 09 CONCEITOS BÁSICOS... 09 O VISUAL DO CORREIO ELETRÔNICO... 10 CONHECENDO A JANELA INICIAL DO

Leia mais

EDITORA FERREIRA MP/RJ_EXERCÍCIOS 01

EDITORA FERREIRA MP/RJ_EXERCÍCIOS 01 EDITORA FERREIRA MP/RJ NCE EXERCÍCIOS 01 GABARITO COMENTADO 01 Ao se arrastar um arquivo da pasta C:\DADOS para a pasta D:\TEXTOS utilizando se o botão esquerdo do mouse no Windows Explorer: (A) o arquivo

Leia mais

Gerência de Gestão de Ambientes - GGA. Coordenação de Planejamento, Pesquisa e Capacitação - MANUAL DO USUÁRIO EXPRESSO

Gerência de Gestão de Ambientes - GGA. Coordenação de Planejamento, Pesquisa e Capacitação - MANUAL DO USUÁRIO EXPRESSO Gerência de Gestão de Ambientes - GGA Coordenação de Planejamento, Pesquisa e Capacitação - CPPC MANUAL DO USUÁRIO EXPRESSO Documento Manual do Usuário Expresso Versão 1.0 Equipe Técnica André Luiz de

Leia mais

Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br

Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br Índice Como acessar o Moodle Editando seu PERFIL Editando o curso / disciplina no Moodle Incluindo Recursos

Leia mais

PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL DO IFRS Manual Rápido do NVDA. Sumário

PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL DO IFRS Manual Rápido do NVDA. Sumário PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL DO IFRS Manual Rápido do NVDA Sumário O que são leitores de Tela?... 1 O NVDA - Non Visual Desktop Access... 1 Procedimentos para Download e Instalação do NVDA... 2 Iniciando

Leia mais

Sumário INTRODUÇÃO 3 DICAS PARA CRIAR UM BOM SITE 4

Sumário INTRODUÇÃO 3 DICAS PARA CRIAR UM BOM SITE 4 Sumário Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 5.988 de 14/12/73. Nenhuma parte deste livro, sem prévia autorização por escrito de Celta Informática, poderá ser reproduzida total ou parcialmente,

Leia mais

Criar Pastas. Para acessar o seu webmail siga os próximos dois passos:

Criar Pastas. Para acessar o seu webmail siga os próximos dois passos: Caro usuário, Agora que você já tem o seu email profissional favor ver abaixo quais os passos necessários para que você acesse os seus emails via webmail. Em primeiro lugar queremos informar que a sua

Leia mais

Apostila retirada do site Apostilando.com

Apostila retirada do site Apostilando.com Introdução... 2 Area de trabalho... 3 Ícones... 3 Barra de tarefas... 3 O Botão Iniciar... 4 Todos os programas... 5 Logon e Logoff... 6 Desligando o Windows XP... 6 Acessórios do Windows... 7 Janelas...

Leia mais

1/20. Curso GNU/Linux. Aula 2. Dino Raffael Cristofoleti Magri

1/20. Curso GNU/Linux. Aula 2. Dino Raffael Cristofoleti Magri 1/20 Curso GNU/Linux Aula 2 Dino Raffael Cristofoleti Magri Julho/2008 2/20 Veja uma cópia dessa licença em http://creativecommons.org/licenses/by nc sa/2.5/br/ 3/20 Sumário 1 FIREFOX NAVEGADOR WEB...5

Leia mais