LIVRO DE BRINCADEIRAS DA TURMA DO VAMPIRO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LIVRO DE BRINCADEIRAS DA TURMA DO VAMPIRO"

Transcrição

1 LIVRO DE BRINCADEIRAS DA TURMA DO VAMPIRO 1º ANO A 2011

2 BRINCADEIRAS ALERTA AMARELINHA BARRA-MANTEIGA BATATA-QUENTE CABRA-CEGA CORRE-LENÇO MAMÃE DA RUA PARLENDA: COPO DE VENENO PEGA-PEGA GELO PIQUE-BANDEIRA PULA-PAU PULAR CORDA ROUBA-RABINHO VIVO-MORTO

3 ALERTA MATERIAL: UMA BOLA PARTICIPANTES: QUANTOS QUISEREM BRINCAR. PRIMEIRO ESCOLHA UM JOGADOR PARA JOGAR A BOLA. OS OUTROS FORMAM UM CÍRCULO. AQUELE QUE FOR O JOGADOR, JOGA A BOLA PARA O ALTO E GRITA O NOME DE ALGUÉM QUE ESTÁ BRINCANDO. A PESSOA QUE FOI CHAMADA TEM QUE PEGAR A BOLA E GRITAR: ALERTA! TODOS PARAM CONGELADOS. O JOGADOR DÁ TRÊS PASSOS E TENTA ACERTAR ALGUÉM JOGANDO A BOLA. SE ACERTAR, ESSA PESSOA SAI DA BRINCADEIRA E QUEM O ACERTOU COMEÇA NOVAMENTE. SE NÃO ACERTAR ELE É QUE SAI DA BRINCADEIRA E OUTRA CRIANÇA INICIA A BRINCADEIRA. O PARTICIPANTE QUE FICAR POR ÚLTIMO VENCE A BRINCADEIRA.

4 AMARELINHA MATERIAL: UMA PEDRINHA E UM GIZ PARTICPANTES: QUANTAS QUISEREM BRINCAR USAR O GIZ PARA DESENHAR A AMARELINHA NO CHÃO. OS PARTICIPANTES FAZEM UMA FILA. O PRIMEIRO PARTICIPANTE JOGA A PEDRINHA NO RETÂNGULO QUE TEM O NÚMERO 1. DEPOIS TEM QUE PULAR EM TODAS AS CASAS SEM PISAR ONDE ESTÁ A PEDRINHA. VAI ATÉ O FINAL E QUANDO VOLTAR TEM QUE PEGAR A PEDRINHA. DEPOIS, ENTREGA A PEDRINHA PARA O PRÓXIMO DA FILA E VAI PARA O FINAL DELA. SE ALGUÉM ERRAR VAI PRO FINAL DA FILA. GANHA QUEM CHEGAR NO CÉU PRIMEIRO.

5 BARRA-MANTEIGA MATERIAL: NENHUM PARTICIPANTES: QUANTOS QUISEREM BRINCAR. OS PARTICIPANTES SÃO DIVIDIDOS EM DOIS GRUPOS, COM A MESMA QUANTIDADE DE PESSOAS CADA UM. OS JOGADORES FORMAM DUAS FILAS, UMA EM CADA LADO DO CAMPO. O PRIMEIRO DE UMA DAS FILAS VAI ATÉ A OUTRA E BATE NA MÃO DE CADA UM DOS PARTICIPANTES, CANTANDO: BARRA-MANTEIGA MEU POVO TEM BRANCO, TEM NEGRO, TEM ÍNDIO E JAPONÊS, 1, 2, 3! QUANDO A PESSOA QUE ESTÁ CANTANDO DISSER 3!, A PESSOA NA QUAL ELA BATER A MÃO SAI CORRENDO ATRÁS DELA PARA PEGÁ-LA. SE CONSEGUIR, ELA PASSA A FAZER PARTE DO OUTRO GRUPO E ESTE GRUPO COMEÇA NOVAMENTE. SE NÃO CONSEGUIR, ELA VOLTA PARA O PRÓPRIO GRUPO E AQUELE QUE CORREU RECOMEÇA A BRINCADEIRA. A EQUIPE QUE TIVER MAIS PARTICIPANTES DEPOIS QUE TODOS TIVEREM CANTADO É A VENCEDORA.

6 BATATA-QUENTE MATERIAL: UMA BOLA PEQUENA PARTICIPANTES: NO MÍNIMO TRÊS. OS PARTICIPANTES FAZEM UMA RODA. UMA PESSOA FICA FORA DA RODA, FECHA OS OLHOS E CANTA: BATATA-QUENTE, QUENTE, QUENTE... (REPETE QUENTE QUANTAS VEZES QUISER) ENQUANTO ISSO OS PARTICIPANTES DA RODA ESTÃO PASSANDO A BOLA PARA A PESSOA AO LADO, RAPIDAMENTE, ATÉ QUE A PESSOA QUE ESTIVER CANTANDO FALAR: QUEIMOU! NESSE MOMENTO QUEM ESTIVER COM A BOLA SAI DA BRINCADEIRA E PASSA A SER A PESSOA QUE VAI CANTAR. QUEM FICAR POR ÚLTIMO SEM SER QUEIMADO VENCE A BRINCADEIRA.

7 CABRA-CEGA MATERIAL: UMA VENDA PARA OS OLHOS PARTICIPANTES: NO MÍNIMO QUATRO PESSOAS. UMA PESSOA FICA COM OS OLHOS VENDADOS, ELA É A CABRA-CEGA. A CABRA-CEGA TEM QUE PEGAR OS OUTROS PARTICIPANTES. A PESSOA QUE FOR PEGA VIRA A CABRA-CEGA. A BRINCADEIRA NÃO TEM VENCEDORES.

8 CORRE-LENÇO MATERIAL: UM LENÇO OU TECIDO. PARTICIPANTES: 8 OU MAIS TODOS FAZEM UMA RODA SENTADOS E UMA CRIANÇA FICA COM O LENÇO. QUEM ESTIVER COM O LENÇO ANDA EM VOLTA DA RODA E TODOS CANTAM: CORRE-LENÇO! JÁ CORREU! CORRE COTIA NA CASA DA TIA. CORRE CIPÓ NA CASA DA VÓ. LENCINHO NA MÃO CAIU NO CHÃO E AQUELE QUE ESTIVER COM O LENÇO PERGUNTA: POSSO CORRER? TODOS RESPONDEM: PODE! E ELE PERGUNTA: QUANTAS VOLTAS? E RESPONDEM: UMA, DUAS, TRÊS OU MAIS. ELE CORRE ESSA QUANTIDADE DE VEZES EM VOLTA DA RODA E DEIXA O LENÇO ATRÁS DE ALGUÉM. ESSA PESSOA TEM QUE CORRER ATRÁS DELE PARA PEGÁ-LO. ELE TENTA SE SENTAR NO LUGAR DESSA PESSOA. SE FOR PEGO, SENTA-SE NO CENTRO DA RODA E O COLEGA COMEÇA A BRINCADEIRA DE NOVO.

9 MAMÃE-DA-RUA MATERIAL: NENHUM PARTICIPANTES: QUANTOS QUISEREM BRINCAR. UMA PESSOA É ESCOLHIDA PARA SER A MAMÃE-DA- RUA E FICA AO CENTRO DO CAMPO. OS OUTROS PARTICIPANTES FICAM DO OUTRO LADO DO CAMPO E PERGUNTAM: MAMÃE-DA-RUA, POSSO ATRAVESSAR? TODOS TENTAM ATRAVESSAR A RUA. A MAMÃE-DA- RUA TENTA PEGAR OS OUTROS JOGADORES. SE ALGUÉM FOR PEGO, ESTA PESSOA FICA NO LUGAR DA MAMÃE-DA- RUA E ELA SAI.

10 PARLENDA: COPO DE VENENO MATERIAL: NENHUM PARTICIPANTES: 2 A 10 OS PARTICIPANTES PODEM FICAR EM PÉ OU SENTADOS NUMA RODA. ELES FECHAM AS MÃOS COMO SE FOSSEM DAR UM SOCO. UMA PESSOA VAI BATENDO NAS MÃOS E VAI CANTANDO: LÁ EM CIMA DO PIANO TEM UM COPO DE VENENO QUEM BEBEU MORREU O AZAR FOI SEU! A ÚLTIMA MÃO QUE RECEBER O TAPA ESTÁ FORA. QUANDO AS DUAS MÃOS RECEBEREM O TAPA A PESSOA ESTÁ FORA DA BRINCADEIRA. GANHA QUEM NÃO SAIR DA BRINCADEIRA.

11 PEGA-PEGA GELO MATERIAL: NENHUM PARTICIPANTES: QUANTOS DESEJAREM BRINCAR. PRIMEIRO TEM QUE ESCOLHER UM PEGADOR. O PEGADOR TEM QUE CORRER ATRÁS DOS OUTROS PARA PEGÁ-LOS. SE PEGAR ALGUÉM, ESSA PESSOA TEM QUE FICAR PARADA COMO UMA ESTÁTUA, MAS COM AS PERNAS ABERTAS. ALGUÉM TEM QUE PASSAR POR BAIXO DE SUAS PERNAS PARA ELE FICAR LIVRE E CONTINUAR BRINCANDO. A ÚLTIMA PESSOA QUE FOR PEGA QUANDO O TEMPO ACABAR SERÁ O PEGADOR NA OUTRA RODADA.

12 PIQUE-BANDEIRA MATERIAL: DOIS CONES, DOIS CABOS DE VASSOURA E DUAS BANDEIRAS DE CORES DIFERENTES. PARTICIPANTES: DUAS EQUIPES COM A MESMA QUANTIDADE DE PARTICIPANTES EM CADA UMA. FAÇA UMA LINHA NO CHÃO PARA DIVIDIR O ESPAÇO EM DOIS CAMPOS. DEPOIS, CADA EQUIPE FICA DE UM LADO E NO FUNDO DO SEU CAMPO FICA A BANDEIRA DA OUTRA EQUIPE. CADA EQUIPE TEM QUE TENTAR PEGAR A SUA BANDEIRA. ENTÃO TEM QUE PASSAR PELO CAMPO DA OUTRA EQUIPE PARA PEGAR E LEVÁ-LA PARA O SEU CAMPO. SE ALGUÉM FOR PEGO, CONGELA E O ADVERSÁRIO LEVA A BANDEIRA DE VOLTA PARA O LUGAR ONDE ESTAVA. ALGUÉM DA MESMA EQUIPE TEM QUE TENTAR LIBERTAR VOCÊ. SE NÃO ESTIVER COM A BANDEIRA, VOCÊ APENAS FICA CONGELADO ESPERANDO SER SALVO. GANHA A EQUIPE QUE PEGAR A BANDEIRA PRIMEIRO.

13 PULA-PAU MATERIAL: DUAS CARTOLINAS DOBRADAS EM FORMA DE UM PAU DE MADEIRA. PARTICIPANTES: QUANTOS QUISEREM BRINCAR. OS DOIS PAUS SÃO COLOCADOS FRENTE A FRENTE, PRÓXIMOS UM DO OUTRO. OS PARTICIPANTES FORMAM UMA FILA ATRÁS DOS PAUS, COM UMA DISTÂNCIA SUFICIENTE PARA QUE O PRIMEIRO DA FILA POSSA CORRER ATÉ ELES. UM DE CADA VEZ, OS PARTICIPANTES CORREM PARA PULAR OS PAUS, SEM PISAR EM NENHUM DELES. SE PISAR, A PESSOA SAI DA BRINCADEIRA. A CADA RODADA, AUMENTA A DISTÂNCIA ENTRE OS DOIS PAUS. O VENCEDOR É AQUELE QUE CONSEGUIR PULAR A MAIOR DISTÂNCIA.

14 PULAR CORDA MATERIAL: UMA CORDA PARTICIPANTES: NO MÍNIMO TRÊS PESSOAS. DUAS PESSOAS, CADA UMA SEGURANDO UMA DAS PONTAS DA CORDA, BATEM (GIRAM) A CORDA, ENQUANTO O OUTRO PARTICIPANTE PULA. ENQUANTO ISSO, OS OUTROS PARTICIPANTES CANTAM UMA PARLENDA. PODE SER: SUCO GELADO, CABELO ARREPIADO, QUAL É A LETRA DO SEU NAMORADO? A, B, C... SE A PESSOA QUE ESTIVER PULANDO TROPEÇAR NA CORDA, TODOS PARAM DE CANTAR E TROCA-SE O PARTICIPANTE QUE PULA.

15 ROUBA-RABINHO MATERIAL: LENÇO OU JORNAL PARTICIPANTES: QUANTAS QUISEREM BRINCAR. COLOQUE O LENÇO COMO SE FOSSE UM RABINHO PRESO NAS COSTAS, NA BERMUDA, NA ALTURA DA CINTURA. TODOS FAZEM UMA RODA E QUANDO A BRINCADEIRA COMEÇA UM TEM QUE PEGAR O RABINHO DO OUTRO. QUEM FICAR SEM O RABINHO SAI DA BRINCADEIRA. GANHA QUEM TIVER MAIS RABINHOS QUANDO A BRINCADEIRA ACABAR.

16 VIVO-MORTO MATERIAL: NENHUM PARTICIPANTES: QUANTOS QUISEREM BRINCAR TODOS FICAM EM PÉ E UMA PESSOA VAI FALANDO VIVO OU MORTO. QUANDO ELA FALAR VIVO! TODOS TÊM QUE FICAR EM PÉ. QUANDO ELA FALAR MORTO! TODOS TÊM QUE ABAIXAR. QUEM ERRAR SAI DA BRINCADEIRA. QUEM FICAR POR ÚLTIMO É O VENCEDOR.

Cartilha das Brincadeiras

Cartilha das Brincadeiras Cartilha das Brincadeiras Amarelinha (academia, escada, macaca, sapata) Primeiro desenhe no chão um diagrama como este aí ao lado. Quem for jogar fica no inferno e lança uma pedra, mirando no número 1.

Leia mais

Objetivos desta atividade:

Objetivos desta atividade: Com o aumento da violência e avanço das tecnologias cada vez menos vemos crianças brincando na rua de bola, de corda, de pique esconde, de pega-pega... Nos dias atuais as crianças dedicam parte do seu

Leia mais

Blog Cantinho do Saber

Blog Cantinho do Saber Blog Cantinho do Saber BRINCADEIRAS PARA A VOLTA ÀS AULAS 1) Onça Dorminhoca Educação infantil Formar com os alunos uma grande roda. Cada criança fica dentro de um pequeno círculo desenhado sob os pés,

Leia mais

Diversão de antigamente que ainda hoje encanta

Diversão de antigamente que ainda hoje encanta BRINCADEIRAS DE RUA Diversão de antigamente que ainda hoje encanta AMARELINHA, CABRA-CEGA, BARRA-MANTEIGA... BRINCADEIRAS QUE DIVERTIAM VOCÊ, SEUS PAIS E AVÓS HOJE SÃO PARTE DA CULTURA POPULAR. QUE TAL

Leia mais

Oficina de Férias 2015 1º ANO

Oficina de Férias 2015 1º ANO Oficina de Férias 2015 1º ANO MANHÃ 29/06 30/06 01/07 02/07 03/07 7h50 8h Roda de Leitura Roda de Leitura Massinha palitos Pega-pega Agachaagacha Pega Bexiga do amigo Pega-pega corrente Vivo - Morto Corre

Leia mais

LITUÂNIA Candle (Vela)

LITUÂNIA Candle (Vela) LITUÂNIA Candle (Vela) Materiais: - 1 Bola Jogadores o maior número possível Regras - Escolhem-se duas pessoas que ficarão nas pontas e o resto vai para o meio do campo. Os jogadores que estão nas pontas

Leia mais

verdenovo ESTUDOS ATIVIDADES PRÁTICAS PARA AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA

verdenovo ESTUDOS ATIVIDADES PRÁTICAS PARA AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA verdenovo ESTUDOS ATIVIDADES PRÁTICAS PARA AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA BRUXINHA E AS BRANCAS DE NEVE Faixa etária: 2 a 6 anos Materiais: Chapéu de bruxa Desenvolvimento: Uma criança será escolhida para ser

Leia mais

Anexos. Flávia Cristina Oliveira Murbach de Barros

Anexos. Flávia Cristina Oliveira Murbach de Barros Anexos Flávia Cristina Oliveira Murbach de Barros SciELO Books / SciELO Livros / SciELO Libros BARROS, FCOM. Cadê o brincar?: da educação infantil para o ensino fundamental [online]. São Paulo: Editora

Leia mais

Oficina de Férias 2015 Infantil 4 e 5

Oficina de Férias 2015 Infantil 4 e 5 Oficina de Férias 2015 Infantil 4 e 5 MANHÃ 29/06 30/06 01/07 02/07 03/07 7h50 8h Espaço Cultural Espaço Cultural Espaço Cultural Espaço Cultural Espaço Cultural 8h30 Parque Parque Parque Parque Parque

Leia mais

FACULDADE DOM BOSCO DE GOIOERÊ RELATÓRIO DO PROJETO DE RECREAÇÃO TÍTULO: APRENDER BRINCAR PARA ENSINAR

FACULDADE DOM BOSCO DE GOIOERÊ RELATÓRIO DO PROJETO DE RECREAÇÃO TÍTULO: APRENDER BRINCAR PARA ENSINAR 1 FACULDADE DOM BOSCO DE GOIOERÊ RELATÓRIO DO PROJETO DE RECREAÇÃO TÍTULO: APRENDER BRINCAR PARA ENSINAR Benedita de Lourdes Marcolino Alonso 1 Ioleide Rampazo Plazza Câmara 2 O Projeto: Aprender brincar

Leia mais

Aprender brincando e brincar aprendendo: pré-escola

Aprender brincando e brincar aprendendo: pré-escola Aprender brincando e brincar aprendendo: pré-escola As brincadeiras são peças fundamentais na engrenagem da Educação Infantil. Não se trata de apenas distrair as crianças. Brincar contribui para o desenvolvimento

Leia mais

APÊNDICE A - Músicas

APÊNDICE A - Músicas APÊNDICE A - Músicas Músicas 1 GUT GUT SEM PARAR Adaptação ao meio líquido Bebeu a água da piscina toda Fui ver quem era, era o João Ele bebia a água da piscina Ele fazia gut gut gut gut gut sem parar

Leia mais

Brincadeiras. Atividade 1

Brincadeiras. Atividade 1 Objetivos retomar as atividades motoras com características lúdicas; propiciar situações motoras lúdicas com diferentes possibilidades de inferências e de compreensão da cultura do jogo; propiciar situações

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS ESCOLA DE FORMAÇÃO EM TEMPO INTEGRAL - EFETI PROJETO SEMESTRAL. EMEF Prof.ª Ignêz Sagula Fossá

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS ESCOLA DE FORMAÇÃO EM TEMPO INTEGRAL - EFETI PROJETO SEMESTRAL. EMEF Prof.ª Ignêz Sagula Fossá EMEF Prof.ª Ignêz Sagula Fossá NOME DO PROFESSOR: Andréia Roque Vizinho Gonçalves EIXO : M.E.L. ATELIÊ: Brincadeiras de Rua SEMESTRE: Primeiro ANO: 2013 Tema do Projeto: Brincadeiras de Rua Nome do Projeto:

Leia mais

Brincadeiras Para Pré-Primários

Brincadeiras Para Pré-Primários Brincadeiras Para Pré-Primários 1. Fazendo o Ninho Novelo grande de lã (de preferência marrom ou amarelo) Giz e quadro negro ou papel cartaz e canetinha Fita adesiva ou tachinhas Escreva o versículo no

Leia mais

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA 2013 MATEMÁTICA 2º ANO Escola: Professora: Aluno:

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA 2013 MATEMÁTICA 2º ANO Escola: Professora: Aluno: AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA 2013 MATEMÁTICA 2º ANO Escola: Professora: Aluno: Faça as questões abaixo com atenção e com calma. É uma avaliação que vai mostrar o que você já sabe e o que precisa aprender. Questão

Leia mais

Regulamento Individual de cada Jogo JOGO LOUCO

Regulamento Individual de cada Jogo JOGO LOUCO Regulamento Individual de cada Jogo JOGO LOUCO OBJECTIVO: Efetuar um percurso de ida e volta, num total de cerca de 40 metros, no menor tempo possível. PARTICIPANTES: 6 elementos de cada Equipa. DESENVOLVIMENTO:

Leia mais

OFICINAS DE FÉRIAS INFANTIL 5

OFICINAS DE FÉRIAS INFANTIL 5 MANHÃ 2ª Feira 19/01 20/01 21/01 22/01 23/01 7h50 Entrada Entrada Entrada Entrada Entrada 8h Roda de história Corre cotia Amarelinha Batata-Quente Pega-pega 8h30 Espaço Cultural Espaço Cultural Espaço

Leia mais

Plano de Aula: Ginástica circense.

Plano de Aula: Ginástica circense. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANA ESCOLA ESTADUAL ERNANI VIDAL PIBID/CAPES/UFPR 1º ano: 1º Aula: Plano de Aula: Ginástica circense. Pega-pega com nome: Será um pega-pega tradicional, porém quando o pegador

Leia mais

COLONIA DE FÉRIAS CEI 2015

COLONIA DE FÉRIAS CEI 2015 COLONIA DE FÉRIAS CEI 2015 Todos os anos no mês de janeiro, realizamos a nossa colônia de férias! E como férias é sinônimo de diversão, segue a nossa programação. PROGRAMAÇÃO DE 05/01 À 30/01/2015 05/01,

Leia mais

NÓS SOMOS AS CRIANÇAS DO G4 DO VERA CRUZ, DO VERINHA!

NÓS SOMOS AS CRIANÇAS DO G4 DO VERA CRUZ, DO VERINHA! NÓS SOMOS AS CRIANÇAS DO G4 DO VERA CRUZ, DO VERINHA! A GENTE APRENDEU MUITAS BRINCADEIRAS DE PEGA-PEGA E RESOLVEU FAZER ESSE LIVRO PARA QUE MUITAS OUTRAS CRIANÇAS APRENDAM AS NOSSAS BRINCADEIRAS. NÓS

Leia mais

BRINCADEIRAS DE RUA. BRINCA QUEM TEM RUA!

BRINCADEIRAS DE RUA. BRINCA QUEM TEM RUA! BRINCADEIRAS DE RUA. BRINCA QUEM TEM RUA! Mirian corrêa kobb fernando A criança na educação infantil encontra-se na fase do jogo simbólico e faz largo uso de seus sentidos para enriquecer suas experiências.

Leia mais

Objetivo do Jogo: COMPONENTES. 4 cartas de REGRA 40 cartas de SINAL 10 cartas de BOLA

Objetivo do Jogo: COMPONENTES. 4 cartas de REGRA 40 cartas de SINAL 10 cartas de BOLA COMPONENTES 4 cartas de REGRA 40 cartas de SINAL 10 cartas de BOLA Objetivo do Jogo: Criar uma corrente de sinais contínua (feita com as mãos), dentro de um ritmo criado por todos os jogadores, sem errar.

Leia mais

Dia das Crianças. 3º ano Fundamento I. Justificativa

Dia das Crianças. 3º ano Fundamento I. Justificativa Dia das Crianças 3º ano Fundamento I Justificativa O mês de outubro começa com uma expectativa entre as crianças: a comemoração do seu dia. A data não pode ser esquecida. Assim, sugerimos que a escola

Leia mais

24 Questionário para Meses

24 Questionário para Meses De 23 meses e 0 dia até 25 meses e 15 dias 24 Questionário para Meses Por favor, preencha o formulário abaixo. Use caneta preta ou azul e escreva em letra de forma. Data do preenchimento: D D M M A A A

Leia mais

Introdução Jogos da hora são tão simples como como contar até 3, com

Introdução Jogos da hora são tão simples como como contar até 3, com Introdução Jogos da hora são tão simples como como contar até 3, com Mexa-se, que lá vem jogo! Prepare-se para fazer um montão de jogos divertidos com mensagens bíblicas poderosas em apenas três passos

Leia mais

OS SINAIS DO ÁRBITRO. Entender o árbitro para entender o jogo. Tradução : Xavier Vouga & Pierre Paparemborde

OS SINAIS DO ÁRBITRO. Entender o árbitro para entender o jogo. Tradução : Xavier Vouga & Pierre Paparemborde OS SINAIS DO ÁRBITRO Entender o árbitro para entender o jogo. Tradução : Xavier Vouga & Pierre Paparemborde Os 49 sinais do árbitro têm como objetivo facilitar a comunicação com os jogadores e o público

Leia mais

Almanaque de Brincadeiras

Almanaque de Brincadeiras Eliseu de Oliveira Cunha Almanaque de Brincadeiras Versão Revista e Corrigida Dezembro de 2011 Domínio Público http://brincadeirasderua.zip.net/ 1 Apresentação Este documento denominado "Almanaque de Brincadeiras"

Leia mais

1 JOGOS ESCOLARES DE INTEGRAÇÃO DA EMDAR 9 a 14 de julho de 2012 PROGRAMAÇÃO

1 JOGOS ESCOLARES DE INTEGRAÇÃO DA EMDAR 9 a 14 de julho de 2012 PROGRAMAÇÃO 1 Ministério da Educação Universidade Federal de Viçosa Campus Florestal Educação Física (Licenciatura) Prefeitura Municipal de Florestal Secretaria Municipal de Educação Escola Municipal Derci Alves Ribeiro

Leia mais

IV JOGOS MUNICIPAIS DA TERCEIRA IDADE DE PORTO ALEGRE 1, 2 e 3 de julho de 2005 - Ginásio Tesourinha REGULAMENTO ESPECÍFICO. Módulo Competitivo

IV JOGOS MUNICIPAIS DA TERCEIRA IDADE DE PORTO ALEGRE 1, 2 e 3 de julho de 2005 - Ginásio Tesourinha REGULAMENTO ESPECÍFICO. Módulo Competitivo PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DE ESPORTES, RECREAÇÃO E LAZER IV JOGOS MUNICIPAIS DA TERCEIRA IDADE DE PORTO ALEGRE 1, 2 e 3 de julho de 2005 - Ginásio Tesourinha REGULAMENTO

Leia mais

Segurança, Equipamentos e Investigação Científica

Segurança, Equipamentos e Investigação Científica Segurança, Equipamentos e Investigação Científica Folha do Professor Resumo: O professor fará uma demonstração do que não se deve fazer no laboratório e os alunos tentarão adivinhar os erros. Em seguida,

Leia mais

Titulo - VENENO. Ext Capital de São Paulo Noite (Avista-se a cidade de cima, forrada de prédios, algumas luzes ainda acesas).

Titulo - VENENO. Ext Capital de São Paulo Noite (Avista-se a cidade de cima, forrada de prédios, algumas luzes ainda acesas). Titulo - VENENO Ext Capital de São Paulo Noite (Avista-se a cidade de cima, forrada de prédios, algumas luzes ainda acesas). Corta para dentro de um apartamento (O apartamento é bem mobiliado. Estofados

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

ALMANAQUE DE BRINCADEIRAS

ALMANAQUE DE BRINCADEIRAS ALMANAQUE DE BRINCADEIRAS ...::: APRESENTAÇÃO :::... Este documento denominado de "Almanaque de Brincadeiras" faz parte de um projeto de Resgate de Brincadeiras Folclóricas baseado na sua importância para

Leia mais

53 BRINCADEIRAS E DINÂMICAS INFANTIS

53 BRINCADEIRAS E DINÂMICAS INFANTIS 53 BRINCADEIRAS E DINÂMICAS INFANTIS NOME: CACHORRO E GATO CEGO IDADE: 7 anos OBJ. ESP.: Audição, atenção MATERIAL: Lenços LOCAL: Sala, quadra, pátio s Organização: alunos em círculos que irão dois para

Leia mais

XV JOGOS ARI DE SÁ. Ensino Fundamental I 2015 REGULAMENTO

XV JOGOS ARI DE SÁ. Ensino Fundamental I 2015 REGULAMENTO XV JOGOS ARI DE SÁ Ensino Fundamental I 2015 REGULAMENTO ABERTURA 1. DIA: 26/09/2015 ( Sábado ) 9h 2. LOCAL: Manhã Ginásio 2.1 - Concentração Manhã: galeria do Ensino Fundamental I 2.2 - Desfile de abertura

Leia mais

Anexo 1: Jogos da dramatização e exercícios

Anexo 1: Jogos da dramatização e exercícios Anexo 1: Jogos da dramatização e exercícios Charadas Charadas é um jogo relativamente famoso em alguns lugares. Pode ser jogado de forma sentação de um tema por um indivíduo ou por um grupo. jogo. Eles

Leia mais

Índice. Fichas de actividades para a Alcateia Região Açores Oriental

Índice. Fichas de actividades para a Alcateia Região Açores Oriental Fichas de Atividades Associação dos Escoteiros de Portugal Região dos Açores Oriental Instituição de utilidade Pública Apartado 320 9500 Ponta Delgada e-mail região.acoresoriental@escoteiros.pt Site: www.aepcrao.net

Leia mais

1) 2) 3) CD 4 Faixas: 80 80.

1) 2) 3) CD 4 Faixas: 80 80. 1ª Aula a) Cumprimentar cada criança cantando seu nome e dando um beijinho com fantoche. Nas primeiras aulas use sempre um fantoche na hora do cumprimento para ganhar a aproximação do aluno. Depois pode

Leia mais

Lição 3. O Chicote. Coleção ABCD - Lição 3. Uma Atividade Para Cada Dia: 365 Dias do Ano. São Paulo: Vergara Brasil, 2004. p. 86.

Lição 3. O Chicote. Coleção ABCD - Lição 3. Uma Atividade Para Cada Dia: 365 Dias do Ano. São Paulo: Vergara Brasil, 2004. p. 86. Coleção ABCD - Lição 3 Lição 3 O Chicote Para que idade? A partir dos 8 anos. Quantos podem brincar? Desde 5 jogadores. De que precisamos? De nada. Como é que se joga? Tira-se a sorte para ver quem será

Leia mais

BRINCADEIRAS AFRICANAS

BRINCADEIRAS AFRICANAS Pesquisa realizada na internet em 22 de junho de 2015. Material de apoio elaborado pela Profª Rosane A. B. Alves. BRINCADEIRAS AFRICANAS Matacuzana: É um jogo de origem africana muito popular em Moçambique.

Leia mais

PROVAS INTERNAS. Provas Internas - Período: 04 de maio de 2013. Pontuação Geral das Provas Internas: PROVA TIPO 1º 2º

PROVAS INTERNAS. Provas Internas - Período: 04 de maio de 2013. Pontuação Geral das Provas Internas: PROVA TIPO 1º 2º 1ª Etapa PROVAS INTERNAS Provas Internas - Período: 04 de maio de 2013 Pontuação Geral das Provas Internas: PROVA TIPO 1º 2º 1. Desfile de Abertura Prévia 3000 2800 2. Grito de Guerra na Gincana Prévia

Leia mais

Escola Superior de Desporto de Rio Maior. Treino com Jovens - Jogos Lúdicos

Escola Superior de Desporto de Rio Maior. Treino com Jovens - Jogos Lúdicos Escola Superior de Desporto de Rio Maior Treino com Jovens - Jogos Lúdicos Docentes: António Graça Paulo Paixão Miguel Discentes: Turma 1 e 2 da UC de Teoria e Metodologia do Treino Rio Maior, 2009_10

Leia mais

Atividades psicomotoras

Atividades psicomotoras Atividades psicomotoras ANDAR Andar de lado (passos laterais) Andar de lado (passos cruzados) Correr com as mãos na cabeça Correr com as mãos nos quadris Correr com as mão nas costas Saltitar com 2 pés

Leia mais

João 15,14-17 Isto vos mando:amai-vos uns aos outros. 5 anos ou mais.

João 15,14-17 Isto vos mando:amai-vos uns aos outros. 5 anos ou mais. VAMOS BRINCAR? BRINCADEIRA 1 - JESUS MANDOU TEXTO BÍBLICO João 15,14-17 Isto vos mando:amai-vos uns aos outros 1João 5,2 Nisto reconhecemos que amamos os filhos de Deus, se amamos a Deus cumprimos os seus

Leia mais

Brincadeiras. culturais

Brincadeiras. culturais Brincadeiras culturais Sumário Chicotim Queimado... 2 Seu lobo... 4 Realejo... 6 Maria Madalena... 8 Três Mocinhas da Europa... 10 Apambú... 12 Melici... 14 Rosa Redonda... 16 Mamãe Polenta... 18 A Linda

Leia mais

DATAS COMEMORATIVAS. FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro

DATAS COMEMORATIVAS. FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro As festas juninas fazem parte da tradição católica, mas em muitos lugares essas festas perderam essa característica.

Leia mais

PIBID/FSDB. Autoras: Bolsistas ID da Educação Infantil

PIBID/FSDB. Autoras: Bolsistas ID da Educação Infantil PIBID/FSDB Autoras: Bolsistas ID da Educação Infantil PROJETO DIDÁTICO: BRINCANDO COM FORMAS E CORES Turma: Berçário II, Maternal I e II, Jardim I e II Duração: 2 meses. Objetivo Compartilhado: Aprofundar

Leia mais

Programa de Incentivo à Leitura Infantil Revista EBD Aprender+ 1º Tri 2016: O Ministério de Jesus

Programa de Incentivo à Leitura Infantil Revista EBD Aprender+ 1º Tri 2016: O Ministério de Jesus O PIL KIDS foi desenvolvido para ajudar na fixação das lições das revistas EBD infantil da Editora Betel de forma lúdica e contém várias atividades semanais elaboradas dentro de uma perspectiva e linguagem

Leia mais

1) ADVINHAÇÃO RIMADA: - (CALMO)

1) ADVINHAÇÃO RIMADA: - (CALMO) 1) ADVINHAÇÃO RIMADA: - (CALMO) Preparação: Crianças sentadas em roda sendo sorteada para começar. Desenvolvimento: O jogador inicia a brincadeira dizendo Estou pensando numa palavra que rima com cadeia,

Leia mais

PLANEJAMENTO JULHO, AGOSTO E SETEMBRO 2014

PLANEJAMENTO JULHO, AGOSTO E SETEMBRO 2014 CENTRO EDUCACIONAL DA LAGOA PLANEJAMENTO JULHO, AGOSTO E SETEMBRO 2014 PROJETO VENCER OU PERDER: O desafio da vida JULHO Dia 26/07 : Dia dos avós INVESTIGAÇÃO SOBRE ALGUNS FENÔMENOS DA NATUREZA: Início

Leia mais

AUTORES E ILUSTRADORES: FELIPE DE ROSSI GUERRA JULIA DE ANGELIS NOGUEIRA VOGES

AUTORES E ILUSTRADORES: FELIPE DE ROSSI GUERRA JULIA DE ANGELIS NOGUEIRA VOGES AUTORES E ILUSTRADORES: FELIPE DE ROSSI GUERRA JULIA DE ANGELIS NOGUEIRA VOGES 1ºC - 2011 APRESENTAÇÃO AO LONGO DESTE SEMESTRE AS CRIANÇAS DO 1º ANO REALIZARAM EM DUPLA UM TRABALHO DE PRODUÇÃO DE TEXTOS

Leia mais

Celebração projeto Sombra e Água Fresca - 15 anos ORGANIZAÇÃO DE UM PROGRAMA RECREATIVO

Celebração projeto Sombra e Água Fresca - 15 anos ORGANIZAÇÃO DE UM PROGRAMA RECREATIVO Celebração projeto Sombra e Água Fresca - 15 anos ORGANIZAÇÃO DE UM PROGRAMA RECREATIVO Esporte e Recreação no Projeto Sombra e Água Fresca Introdução Pensar atividade física dentro de nossa comunidade

Leia mais

Índice. Amarelinha... Brinquedos de papel... Casa de bonecas... Caracol... Corre cutia... Estátua...

Índice. Amarelinha... Brinquedos de papel... Casa de bonecas... Caracol... Corre cutia... Estátua... Turmas APRESENTAÇÃO Ao longo do ano letivo participamos de várias brincadeiras que fazem parte da cultura brasileira, pesquisamos como se brinca em diferentes lugares e assim, conhecemos novos jeitos de

Leia mais

Actividades familiares

Actividades familiares Actividades familiares PASSóteste Este jogo pode ser jogado por 2 a 4 jogadores, tendo como personagens passíveis de serem escolhidas os quatro amigos protagonistas da colecção de livros infantis ilustrados

Leia mais

Garapa Parte 6. Imagem. Áudio. Som Ambiente. Primeiro plano em plongê: Menina comendo em uma peneira. Som Ambiente.

Garapa Parte 6. Imagem. Áudio. Som Ambiente. Primeiro plano em plongê: Menina comendo em uma peneira. Som Ambiente. Garapa Parte 6 Imagem Primeiro plano em plongê: Menina comendo em uma peneira Primeiro Plano em plongê: Menina sente arrepios Primeiro Plano em contra-plongê: Menina comendo. Plano americano da mulher

Leia mais

JOGOS 02 - DO 13 AO 49 13- A ESTÓRIA DO SR. NICOLAU

JOGOS 02 - DO 13 AO 49 13- A ESTÓRIA DO SR. NICOLAU JOGOS 02 - DO 13 AO 49 13- A ESTÓRIA DO SR. NICOLAU O monitor deve solicitar ao grupo que disponha as cadeiras em círculo,no qual deve se incluir. Feito isto, deve esclarecer que contará uma estória que

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA PROJETO PAFE JOGO FORÇA E SAÚDE

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA PROJETO PAFE JOGO FORÇA E SAÚDE UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA PROJETO PAFE JOGO FORÇA E SAÚDE O Jogo Força e Saúde é um jogo de tabuleiro - educativo - que tem como objetivo ensinar e/ou reforçar o tema

Leia mais

REGULAMENTO PROVAS ESPORTIVAS. 11ª Gincana do Calouro Solidário Univille 2014

REGULAMENTO PROVAS ESPORTIVAS. 11ª Gincana do Calouro Solidário Univille 2014 REGULAMENTO PROVAS ESPORTIVAS 11ª Gincana do Calouro Solidário Univille 2014 Como parte das atividades, a Univille, em parceria com o Departamento de Educação Física, realizará, na 11ª Gincana do Calouro

Leia mais

PRÉ-DESPORTIVOS. Pesquisa realizada na internet em junho de 2015. Material de apoio elaborado pela Profª Rosane A. B. Alves.

PRÉ-DESPORTIVOS. Pesquisa realizada na internet em junho de 2015. Material de apoio elaborado pela Profª Rosane A. B. Alves. PRÉ-DESPORTIVOS Pesquisa realizada na internet em junho de 2015. Material de apoio elaborado pela Profª Rosane A. B. Alves. JOGO DE PETECA Trata-se de um pré desportivo do Badminton. Desporto individual

Leia mais

Educação Infantil - 1 ª semana (6 a 10 de julho) CRONOGRAMA DE ATIVIDADES

Educação Infantil - 1 ª semana (6 a 10 de julho) CRONOGRAMA DE ATIVIDADES PROGRAMAÇÃO Educação Infantil - 1 ª semana (6 a 10 de julho) 06/07 07/07 08/07 / velotrol 09/07 F E A D O 10/07 8h20 às 8h40 Lanche da Manhã Lanche da Manhã 8h40 às 9h20 Pintando com Atividade no bolinha

Leia mais

Jogo ProvocAção. ProvocAção 5.-

Jogo ProvocAção. ProvocAção 5.- Jogo ProvocAção Aprender brincando! Este foi o objetivo do desenvolvimento desse jogo. É um importante instrumento de aprendizagem, possuiu múltiplos usos e garante muita diversão e conhecimento para crianças,

Leia mais

BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS DA BÍBLIA

BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS DA BÍBLIA BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS DA BÍBLIA Queridos pais, Vocês já pararam para acompanhar as brincadeiras de seus filhos no dia a dia? Que tipo de brincadeiras eles fazem? As brincadeiras das crianças normalmente

Leia mais

Promover a interação e a comunicação social que envolva os aspectos afetivos, sensoriais, estéticos e cognitivos.

Promover a interação e a comunicação social que envolva os aspectos afetivos, sensoriais, estéticos e cognitivos. Música Objetivo da Aula Promover a interação e a comunicação social que envolva os aspectos afetivos, sensoriais, estéticos e cognitivos. Desde que se começou a estudar a história da humanidade, tem-se

Leia mais

Regras para um jogo sobre o diabetes tipo 1 IMPRIMA e PREPARE 1. As três próximas páginas são o tabuleiro do jogo. Imprima em papel grosso e depois corte nas linhas pontilhadas. 2. As páginas restantes

Leia mais

Brincando se aprende matemática - Jogos matemáticos

Brincando se aprende matemática - Jogos matemáticos Brincando se aprende matemática - Jogos matemáticos Marina da Silveira Rodrigues Almeida Consultora em Educação Inclusiva Psicóloga e Pedagoga especialista Instituto Inclusão Brasil inclusao.brasil@iron.com.br

Leia mais

CURSO DE APERFEIÇOAMENTO, ACTUALIZAÇÃO E AVALIAÇÃO ÁRBITROS ASSISTENTES DE 2.ª CATEGORIA Futebol de 11 TESTE ESCRITO PERGUNTAS

CURSO DE APERFEIÇOAMENTO, ACTUALIZAÇÃO E AVALIAÇÃO ÁRBITROS ASSISTENTES DE 2.ª CATEGORIA Futebol de 11 TESTE ESCRITO PERGUNTAS FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE FUTEBOL CONSELHO DE ARBITRAGEM CURSO DE APERFEIÇOAMENTO, ACTUALIZAÇÃO E AVALIAÇÃO ÁRBITROS ASSISTENTES DE 2.ª CATEGORIA Futebol de 11 Tomar, 5 de Agosto de 2007 ÉPOCA 2007/2008

Leia mais

Pág. 1. Painel Descrição Diálogo

Pág. 1. Painel Descrição Diálogo Mico Leão Dourado Pág. 1 1.1 (PG) Visão geral da árvore onde Chico mora, com os barracos nos galhos, a pequena comunidade na base, com o campinho onde as crianças jogam futebol. Todos estão assistindo

Leia mais

ATIVIDADE PERMANENTE DE BERÇÁRIO

ATIVIDADE PERMANENTE DE BERÇÁRIO ATIVIDADE PERMANENTE DE BERÇÁRIO EIXO: MOVIMENTO PROFESSORA: Hanilene Prust P. Vernizzi DURAÇÃO: 1º semestre de 2013 NÍVEL: B III ORIENTADORA DE ESCOLA: CÁSSIA MARIA VIEIRA CONTEÚDO: Aperfeiçoamento dos

Leia mais

Memorização de versículos

Memorização de versículos Memorização de versículos Objetivo: reconhecer a importância e a necessidade de memorizar as Escrituras em nossa vida cristã e conhecer recursos e técnicas para aplicação em sala de aula. Introdução John

Leia mais

NO MEU BAIRRO SE BRINCA DE...

NO MEU BAIRRO SE BRINCA DE... NO MEU BAIRRO SE BRINCA DE... Cintia Cristina de Castro Mello EMEF Alberto Santos Dummont RESUMO Este relato apresenta o trabalho desenvolvido no EMEF Alberto Santos Dumont, com as turmas 1ª e 3ª séries

Leia mais

ACOMPANHE O DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA

ACOMPANHE O DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA ACOMPANHE O DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA 1 Mês: Sucção vigorosa Levanta a cabeça e rasteja as pernas, se deitado de frente Sustenta a cabeça momentaneamente Preensão de objetos que vão à mão Aquieta-se com

Leia mais

b a l õ e s E x e r c í c i o s j o g o s c o m Escola Superior de Educação de Bragança Educação Física no Jardim de Infância

b a l õ e s E x e r c í c i o s j o g o s c o m Escola Superior de Educação de Bragança Educação Física no Jardim de Infância Escola Superior de Educação de Bragança Educação Física no Jardim de Infância E x e r c í c i o s e j o g o s c o m b a l õ e s José Bragada Prof. Adjunto da Área de Educação Física Junho de 2000 Introdução

Leia mais

GUIA RÁPIDO DAS REGRAS DE GOLFE

GUIA RÁPIDO DAS REGRAS DE GOLFE GUIA RÁPIDO DAS REGRAS DE GOLFE Uma vez que o golfe é um jogo auto regulado, todos os golfistas devem ter um bom entendimento do fundamental das Regras, tal como consta neste Guia. Contudo, este Guia não

Leia mais

Afonso levantou-se de um salto, correu para a casa de banho, abriu a tampa da sanita e vomitou mais uma vez. Posso ajudar? perguntou a Maria,

Afonso levantou-se de um salto, correu para a casa de banho, abriu a tampa da sanita e vomitou mais uma vez. Posso ajudar? perguntou a Maria, O Afonso levantou-se de um salto, correu para a casa de banho, abriu a tampa da sanita e vomitou mais uma vez. Posso ajudar? perguntou a Maria, preocupada, pois nunca tinha visto o primo assim tão mal

Leia mais

REGINA APARECIDA DE OLIVEIRA ASSESSORIA PEDAGÓGICA DE MATEMÁTICA LONDRINA, SETEMBRO DE 2011.

REGINA APARECIDA DE OLIVEIRA ASSESSORIA PEDAGÓGICA DE MATEMÁTICA LONDRINA, SETEMBRO DE 2011. REGINA APARECIDA DE OLIVEIRA ASSESSORIA PEDAGÓGICA DE MATEMÁTICA LONDRINA, SETEMBRO DE 2011. 2 Planejamento de aula abordando alguns conteúdos de Geometria. Sugestão para: Educação Infantil e 1º ano. Tema

Leia mais

Ficha Técnica: Design e Impressão Mediana Global Communication

Ficha Técnica: Design e Impressão Mediana Global Communication Uma Cidade para Todos Ficha Técnica: Design e Impressão Mediana Global Communication Colaboração Nuno Oliveira, coordenador do Serviço de Psicologia do 1º ciclo do Ensino Básico da EMEC - Empresa Municipal

Leia mais

Universidade Severino Sombra. Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu. Mestrado Profissional em Educação Matemática RODRIGO RODRIGUES DIAS

Universidade Severino Sombra. Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu. Mestrado Profissional em Educação Matemática RODRIGO RODRIGUES DIAS Universidade Severino Sombra Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Mestrado Profissional em Educação Matemática RODRIGO RODRIGUES DIAS CADERNO DE ATIVIDADES RELACIONADOS A CONSTRUÇÃO DO PENSAMENTO GEOMÉTRICO

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL COORDENADORA SANDRA MARA KUCHNIR

ENSINO FUNDAMENTAL COORDENADORA SANDRA MARA KUCHNIR ENSINO FUNDAMENTAL COORDENADORA SANDRA MARA KUCHNIR 2014 EDUCAÇÃO FÍSICA EDUCAÇÃO FÍSICA PRODUÇÃO CULTURAL DA SOCIEDADE EXPRESSADA ATRAVÉS DO MOVIMENTO EDUCAÇÃO FÍSICA CONTEÚDOS EDUCAÇÃO FÍSICA EIXOS ESPORTE

Leia mais

18 - A surpresa... 175 19 A fuga... 185 20 O atraso... 193 21 Vida sem máscaras... 197 22 - A viagem... 209 23 - A revelação...

18 - A surpresa... 175 19 A fuga... 185 20 O atraso... 193 21 Vida sem máscaras... 197 22 - A viagem... 209 23 - A revelação... Sumário Agradecimentos... 7 Introdução... 9 1 - Um menino fora do seu tempo... 13 2 - O bom atraso e o vestido rosa... 23 3 - O pequeno grande amigo... 35 4 - A vingança... 47 5 - O fim da dor... 55 6

Leia mais

Capítulo 1. Festas da Cidade

Capítulo 1. Festas da Cidade Capítulo 1 Festas da Cidade Festas da Cidade 6 de abril de 10 000 a.c. 10h00 domingo Domesticar! 7 É esta a nova palavra que teremos de aprender, se quisermos a nossa cidade cada vez mais moderna! gritou

Leia mais

Projeto Aula na Praça ou no Parque. Berenice Gehlen Adams. Projeto Apoema Educação Ambiental. www.apoema.com.br OUT/2010

Projeto Aula na Praça ou no Parque. Berenice Gehlen Adams. Projeto Apoema Educação Ambiental. www.apoema.com.br OUT/2010 Projeto Aula na Praça ou no Parque Berenice Gehlen Adams Projeto Apoema Educação Ambiental www.apoema.com.br OUT/2010 www.apoema.com.br Page 1 Projeto Aula na Praça ou no Parque Em homenagem ao Parcão

Leia mais

Prof. Dr. Geraldo Peçanha de Almeida WWW.geraldoalmeida.com.br

Prof. Dr. Geraldo Peçanha de Almeida WWW.geraldoalmeida.com.br 2 Este material foi recolhido durante minhas andanças pelo Brasil afora. Foram sugestões de professores que estão atuando em educação básica. Tratei cada jogo com os conhecimentos que tenho em psicomotricidade,

Leia mais

Jogos de Integração do Instituto Federal/ Araranguá JIIF

Jogos de Integração do Instituto Federal/ Araranguá JIIF Jogos de Integração do Instituto Federal/ Araranguá JIIF DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Para efeito de classificação, a pontuação será a seguinte: I - 1º lugar: 10 pontos. II - 2º lugar: 7 pontos. III - 3º

Leia mais

Roteiro para curta-metragem. Aparecida dos Santos Gomes 6º ano Escola Municipalizada Paineira NÃO ERA ASSIM

Roteiro para curta-metragem. Aparecida dos Santos Gomes 6º ano Escola Municipalizada Paineira NÃO ERA ASSIM Roteiro para curta-metragem Aparecida dos Santos Gomes 6º ano Escola Municipalizada Paineira NÃO ERA ASSIM SINOPSE José é viciado em drogas tornando sua mãe infeliz. O vício torna José violento, até que

Leia mais

Secretaria Regional de Educação e Recursos Humanos Direcção Regional e Educação Direção de Serviços do desporto Escolar

Secretaria Regional de Educação e Recursos Humanos Direcção Regional e Educação Direção de Serviços do desporto Escolar Secretaria Regional de Educação e Recursos Humanos Direcção Regional e Educação Direção de Serviços do desporto Escolar Documento de Apoio Site: http://dre.madeira-edu.pt/gcde Setembro 2012 Índice: Introdução.

Leia mais

A partida dos vencedores - Livro de Atividades. Autora Sandra Aymone. Coordenação editorial Maria Fernanda Moscheta Sílnia Nunes Martins Prado

A partida dos vencedores - Livro de Atividades. Autora Sandra Aymone. Coordenação editorial Maria Fernanda Moscheta Sílnia Nunes Martins Prado A partida dos vencedores - Livro de Atividades Autora Sandra Aymone Coordenação editorial Maria Fernanda Moscheta Sílnia Nunes Martins Prado Ilustração Pierre Trabbold Diagramação Linea Creativa Realização

Leia mais

O PATINHO QUE NÃO QUERIA APRENDER A VOAR

O PATINHO QUE NÃO QUERIA APRENDER A VOAR Numa bela manhã, nasceram seis lindos patinhos que encheram de encanto seus pais. Eram amarelinhos e fofinhos. Um dos patinhos recebeu o nome de Taco. Mamãe e papai estavam muito felizes com seus filhotes.

Leia mais

Professor. Professor. Professor. Professor. Professor LIBRAS 3 O ANO 29 LIVRO DO PROFESSOR LIBRAS 3 O ANO 45

Professor. Professor. Professor. Professor. Professor LIBRAS 3 O ANO 29 LIVRO DO PROFESSOR LIBRAS 3 O ANO 45 Professor Professor Professor Professor Professor LIBRAS 3 O ANO 29 LIVRO DO PROFESSOR LIBRAS 3 O ANO 45 Declaração / Argumentação Objetivos Argumentar / declarar. Desenvolver a expressão facial e corporal.

Leia mais

Brincar com Tradição

Brincar com Tradição Brincar com Tradição Jogos Tradicionais para Crianças Patrícia Pereira Município de São Brás de Alportel 2 Município de São Brás de Alportel Ficha Técnica Brincar com Tradição Jogos Tradicionais para Crianças

Leia mais

Exercícios Complementares Língua Portuguesa Profª Ana Paula de Melo. Hora de brincar!

Exercícios Complementares Língua Portuguesa Profª Ana Paula de Melo. Hora de brincar! Exercícios Complementares Língua Portuguesa Profª Ana Paula de Melo Hora de brincar! Que tal dar um giro pela história e saber como eram as brincadeiras de antigamente? Brincar é muito bom. Concorda? Pois

Leia mais

Festa Junina e da Família

Festa Junina e da Família Festa Junina e da Família Local do Evento: Casa de Nassau Av. Raimundo Pereira de Magalhães, 4123. Datas: Dia 25 de Junho de 2016 (Sábado)- Para Estrelinha Alegre, Ensino Fund. I e II. Dia 26 de Junho

Leia mais

MEU TIO MATOU UM CARA

MEU TIO MATOU UM CARA MEU TIO MATOU UM CARA M eu tio matou um cara. Pelo menos foi isso que ele disse. Eu estava assistindo televisão, um programa idiota em que umas garotas muito gostosas ficavam dançando. O interfone tocou.

Leia mais

FORMAÇÃO COMPLEMENTAR. Oficina Integrada de Produção Teatral. Fundamental I Turma I (1º e 2º ano) Primeiro Semestre de 2013

FORMAÇÃO COMPLEMENTAR. Oficina Integrada de Produção Teatral. Fundamental I Turma I (1º e 2º ano) Primeiro Semestre de 2013 FORMAÇÃO COMPLEMENTAR Oficina Integrada de Produção Teatral Fundamental I Turma I (1º e 2º ano) Primeiro Semestre de 2013 Profa. Ana Paula Montecino Coordenação Lucy Ramos A Recreação da Escola do Sitio

Leia mais

AS REGRAS DO VOLEIBOL

AS REGRAS DO VOLEIBOL AS REGRAS DO VOLEIBOL NÚMERO DE JOGADORES Cada equipa é composta, no máximo, por 12 jogadores inscritos no boletim de jogo. Apenas 6 jogadores ocupam o terreno de jogo ( 6 efectivos e 6 suplentes ). O

Leia mais

Público-alvo: Ampliar o conhecimento que os alunos já possuem sobre o alfabeto. Identificar palavras de acordo com a letra inicial solicitada.

Público-alvo: Ampliar o conhecimento que os alunos já possuem sobre o alfabeto. Identificar palavras de acordo com a letra inicial solicitada. PROPOSTA DIDÁTICA Tema: Público-alvo: Duração: Área de conhecimento envolvida: Abordagem de tema transversal: Trabalho com o Alfabeto Professores do 1º ano 7 aulas Língua Portuguesa Pluralidade Cultural

Leia mais

PROJETO AMARELINHA PROFESSORA: MARILENE FERREIRA DE LIMA OLIVEIRA. E.E Dr. MORATO DE OLIVEIRA

PROJETO AMARELINHA PROFESSORA: MARILENE FERREIRA DE LIMA OLIVEIRA. E.E Dr. MORATO DE OLIVEIRA PROJETO AMARELINHA PROFESSORA: MARILENE FERREIRA DE LIMA OLIVEIRA E.E Dr. MORATO DE OLIVEIRA TÍTULO: PROJETO AMARELINHA TURMA: 1º ANO E TEMPO PREVISTO: 1 MÊS PROFESSOR ORIENTADOR: MARILENE FERREIRA DE

Leia mais

Metodologia do Ensino de Educação Física. Teleaula 3. Abordagens Pedagógicas do Ensino Aberto. Contextualização. Conceitualização.

Metodologia do Ensino de Educação Física. Teleaula 3. Abordagens Pedagógicas do Ensino Aberto. Contextualização. Conceitualização. Metodologia do Ensino de Educação Física Teleaula 3 Prof. Me. Marcos Ruiz da Silva tutoriapedagogia@grupouninter.com.br Abordagens Pedagógicas do Ensino Aberto Pedagogia Análise da aula de Educação Física

Leia mais

Boas práticas da Gestão Municipal da Educação Seminário Regional da Educação

Boas práticas da Gestão Municipal da Educação Seminário Regional da Educação Boas práticas da Gestão Municipal da Educação Seminário Regional da Educação Parceria Coordenação Técnica Iniciativa Boas Práticas na Educação Infantil Projeto Brinquedos e Brincadeiras Tarumã Parceria

Leia mais

UNIDADE 3: MUNDO PERDIDO PESSOAS PERDIDAS PRECISAM OUVIR A HISTÓRIA DE JESUS

UNIDADE 3: MUNDO PERDIDO PESSOAS PERDIDAS PRECISAM OUVIR A HISTÓRIA DE JESUS Frutos-1 Impact0 LIÇÃO 12 VIVENDO A VIDA COM DEUS UNIDADE 3: MUNDO PERDIDO PESSOAS PERDIDAS PRECISAM OUVIR A HISTÓRIA DE JESUS 9-11 Anos HISTÓRIA BÍBLICA João 1:12; I Pedro 3:15, 18 A Bíblia nos ensina

Leia mais