PROVA DE FÍSICA 2º ANO - 2ª MENSAL - 1º TRIMESTRE TIPO A

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROVA DE FÍSICA 2º ANO - 2ª MENSAL - 1º TRIMESTRE TIPO A"

Transcrição

1 PROVA DE FÍSICA 2º ANO - 2ª MENSAL - 1º TRIMESTRE TIPO A 01) Baseado no que foi visto no laboratório sobre transmissão de calor, analise as alternativas abaixo. I. A convecção térmica só ocorre nos fluidos, ou seja, não se verifica no vácuo nem em materiais no estado gasoso. II. O calor se propaga no vácuo por meio de ondas eletromagnéticas (infravermelho). III. O gelo, por estar abaixo de 0 C, é um ótimo isolante térmico, mesmo tendo alta condutibilidade térmica. IV. Na convecção, o calor é transferido juntamente com as moléculas, enquanto na condução, o calor passa de uma molécula para outra sem que haja transporte de matéria. V. Para conservar a temperatura de um bloco de gelo ou de um prato quente, podemos envolver ambos em cobertor de lã. Estão corretas apenas: a) I e III. b) I, II, IV e V. c) II, IV e V. d) Todas. e) Nenhuma. 02) Assinale V para o que for verdadeiro ou F para o que for falso. (F) Ao colocar um termômetro em um paciente, a temperatura do corpo deste será a que o termômetro registrará após entrar em equilíbrio térmico com a de seu corpo. Enquanto houver diferença de temperatura, nesse caso, a propagação de calor se dará principalmente por radiação. (V) No deserto costuma-se usar roupas grossas, pois elas funcionam como um isolante térmico, impedindo que o calor penetre através delas até o corpo durante o dia. (V) Durante o verão, é normal o uso de roupas claras, e, durante o inverno, é mais comum usamos roupas escuras. Esse hábito deve-se ao fato de os corpos escuros serem melhores absorvedores de radiação que os corpos claros. (V) O ar quente, por ser menos denso, sobe, e o ar frio, por ser mais denso, desce. Por esse motivo, o congelador é posicionado na região superior da geladeira, para que retire calor do ar mais aquecido, que se encontra nessa parte da geladeira, resfriando-o. Este, por estar agora mais denso, desce, resfriando os alimentos que estão na geladeira. (V) As prateleiras de uma geladeira são gradeadas para facilitar a convecção do ar em seu interior, pois, naturalmente, o ar quente, por ser menos denso, sobe, e o ar frio, por ser mais denso, desce. 03) Marque V para a(s) afirmação(ões) verdadeira(s) e F para a(s) falsa(s). (F) Em locais onde o inverno atinge baixíssimas temperaturas, observamos apenas que uma determinada espessura de gelo forma-se sobre os rios e lagos. A água não se congela completamente porque sua densidade mínima é atingida a 4 o C, evitando que o restante do líquido congele devido ao gelo ser um mau isolante térmico. (F) Durante a dilatação de líquidos percebemos uma variação no volume destes em relação aos recipientes que os contém. Essa variação de volume independe do recipiente em que o líquido está contido. (V) A água do mar junto à praia não acompanha rapidamente a variação de temperatura, que pode ocorrer na atmosfera, porque o calor específico da água é muito grande. (V) Um recipiente contém certa massa de água na temperatura inicial de 2 C na pressão normal; quando aquecida, sofre um aumento de temperatura de 3 ºC. Observando esse fenômeno, percebemos que o volume da água diminui e depois aumenta durante o aquecimento. (V) Um tanque possui um certo volume de água à temperatura ambiente. Ao aquecermos o conjunto até uma temperatura T, podemos afirmar que a variação da altura do líquido depende dos valores dos coeficientes de dilatação do tanque e do líquido.

2 04) Em pleno verão ou inverno, as pessoas costumam reclamar da temperatura, dizem que o calor é insuportável ou que o frio é penetrante. Para terem conforto físico, as pessoas vestem roupas leves quando a temperatura sobe, a fim de evitar o excesso de calor, e se agasalham bem quando a temperatura cai. Assim, o organismo não fica exposto às alterações térmicas que prejudicam sua estabilidade. Nas regiões tropicais, o calor do verão pode ser amenizado com o uso de ventiladores, circuladores de ar, ar refrigerado e outros recursos. Nos lugares mais frios, além da tradicional lareira, as casas costumam ser dotadas de sistemas de aquecimento central. Por outro lado o calor é muito mais importante em nossa vida do que a simples sensação térmica que nos causa. O calor cozinha os alimentos, aquece a água, seca roupas, etc. Na indústria, é utilizado para separar minérios, preparar cerâmicas, produzir papel, vidro e vários utensílios. O calor que o homem usa provém de diversas fontes de energia, como o Sol, a Terra, as reações químicas, o atrito e a energia nuclear. Disso pode-se concluir que o calor é a energia mais útil e indispensável. Com base no texto acima, assinale a alternativa correta. a) A retirada de gases residuais da combustão, pelas chaminés, é resultado das correntes de convecção. Os gases aquecidos sobem, provocam uma renovação do ar frio em torno da chama e facilitam a combustão. b) A garrafa térmica não permite a transmissão de calor por nenhum processo, não isolando, com isso, o líquido colocado em seu interior. c) Os materiais com maior coeficiente de condutividade térmica, como vidro, porcelana e cerâmica, mantêm os alimentos quentes por mais tempo. d) Cada material possui um coeficiente de condutividade térmica que lhe é característico, o qual expressa, em calorias, a quantidade de calor conduzida por um segundo através de uma camada de um centímetro de espessura por um centímetro quadrado de área, quando a diferença de temperatura entre as extremidades da camada é de um Kelvin ou Fahrenheit. e) Ao aquecermos água em um recipiente através de uma chama, percebemos que a água que está no fundo do recipiente sobe devido ao aumento de densidade que esta apresenta em relação à água que está na parte superior do recipiente. Isso ocorre por causa da diferença de temperatura entre a superfície e o fundo da panela. 05) Um sólido na forma de um paralelepípedo é constituído de um material cuja condutibilidade térmica é 0,8 cal/s.cm. C. A diferença de temperatura entre duas extremidades consideradas para o calculo do paralelepípedo é 20 C. Determine o fluxo de calor através do menor comprimento do sólido. Ф = K.S. T L Ф = 0, Ф = 1920 cal/s 06) Em um béquer de 200 ml, encontramos a mesma quantidade de mercúrio a uma temperatura de 0 o C. Aquecendo o conjunto, um volume de 3,3 ml de mercúrio transborda. Considerando o coeficiente de dilatação linear do vidro igual a o C 1 e o coeficiente de dilatação do mercúrio o C 1, determine a que temperatura deve-se aquecer o conjunto béquer mercúrio para que o volume de mercúrio citado transborde. V ap = V o. γ ap. T 3,3=200.1, T T=110 o C T = 110ºC

3 07) Num frasco de vidro, de coeficiente de dilatação linear C 1, é colocado um líquido, de coeficiente de dilatação volumétrica igual a 1, C 1, enchendo-o completamente. Sabendo que extravasa 0,33 cm 3 desse líquido, determine o volume inicial de líquido antes da temperatura variar de 100 C. γ ap = γ l - γ r γ ap = 1, γ ap = 1, C -1 V ap = V o. γ ap. T 0,33 = V o. 1, V ap = 20 cm 3

4 PROVA DE FÍSICA 2º ANO - 2ª MENSAL - 1º TRIMESTRE TIPO B 01) Os rios, lagos e oceanos localizados em áreas de clima frio congelam da superfície para as regiões mais profundas. A camada de gelo formada funciona como um isolante térmico, evitando a perda de calor da água para o ambiente, o que preserva a vida aquática da maneira que a humanidade conhece. Caso esse congelamento ocorresse primeiro em regiões mais profundas, a vida aquática não seria igual a que temos hoje, se é que existiria vida na água. Esse tipo de congelamento dos ambientes aquáticos deve-se à dilatação anômala da água. A respeito desse fenômeno anormal que ocorre com a água, considerando que a água esteja submetida à pressão atmosférica normal (1 atm), assinale V (verdadeira) ou F (falsa) para as seguintes afirmativas. (F) A anomalia está relacionada com as ligações químicas pontes de hidrogênio que se estabelecem acima de 4 C. (F) A densidade da água aumenta quando sua temperatura diminui de 4 C para 0 C. (F) As ligações químicas pontes de hidrogênio rompem-se quando a água é aquecida de 0 C para 4 C. É por isso que a densidade da água diminui. (V) Essa anomalia impede a formação das correntes de convecção quando a água se encontra a 4 C, por isso que o congelamento da água se dá primeiramente na superfície. (V) Ferro, bismuto, antimônio e prata são substâncias que sofrem uma anomalia similar à da água quando estão na fase líquida. 02) Analise as alternativas abaixo. I. Ao colocar um termômetro em um paciente, a temperatura do corpo deste será a que o termômetro registrará após entrar em equilíbrio térmico com a de seu corpo. Enquanto houver diferença de temperatura, nesse caso, a propagação de calor se dará principalmente por radiação. II. No deserto costuma-se usar roupas grossas, pois elas funcionam como um isolante térmico, impedindo que o calor penetre através delas até o nosso corpo durante o dia. III. Durante o verão, é normal o uso de roupas claras, e durante o inverno, é mais comum usarmos roupas escuras. Esse hábito deve-se ao fato de os corpos escuros serem melhores absorvedores de radiação que os corpos claros. IV. O ar quente, por ser menos denso, sobe, e o ar frio, por ser mais denso, desce. Por esse motivo, o congelador é posicionado na região superior da geladeira, para que retire calor do ar mais aquecido, que se encontra nessa parte da geladeira, resfriando-o. Este, por estar agora mais denso, desce resfriando os alimentos que estão na geladeira. V. As prateleiras de uma geladeira são gradeadas para facilitar a convecção do ar em seu interior, pois, naturalmente, o ar quente, por ser menos denso, desce, e o ar frio, por ser mais denso, sobe. Assinale a alternativa verdadeira. a) Somente a afirmação V está correta. b) Apenas as afirmações II, III e IV estão corretas. c) Somente as afirmações I, II e IV estão corretas. d) Todas estão erradas. e) Todas estão corretas. 03) Em pleno verão ou inverno, as pessoas costumam reclamar da temperatura, dizem que o calor é insuportável ou que o frio é penetrante. Para terem conforto físico, as pessoas vestem roupas leves quando a temperatura sobe, a fim de evitar o excesso de calor, e se agasalham bem quando a temperatura cai. Assim, o organismo não fica exposto às alterações térmicas que prejudicam sua estabilidade. Nas regiões tropicais, o calor do verão pode ser amenizado com o uso de ventiladores, circuladores de ar, ar refrigerado e outros recursos. Nos lugares mais frios, além da tradicional lareira, as casas costumam ser dotadas de sistemas de aquecimento central. Por outro lado, o calor é muito mais importante em nossa vida do que a simples sensação térmica que nos causa. O calor cozinha os alimentos, aquece a água, seca roupas etc. Na indústria, é utilizado para separar minérios, preparar cerâmicas, produzir papel, vidro e vários utensílios. O calor que o homem usa provém de diversas fontes de energia, como o Sol, a Terra, as reações químicas, o atrito e a energia nuclear. Disso pode-se concluir que o calor é a energia mais útil e indispensável. Com base no texto acima, assinale a alternativa correta.

5 a) A retirada de gases residuais da combustão, pelas chaminés, é resultado das correntes de convecção. Os gases aquecidos sobem, provocam uma renovação do ar frio em torno da chama e facilitam a combustão. b) A garrafa térmica não permite a transmissão de calor por nenhum processo, não isolando, com isso, o líquido colocado em seu interior. c) Os materiais com maior coeficiente de condutividade térmica, como vidro, porcelana e cerâmica, mantêm os alimentos quentes por mais tempo. d) Cada material possui um coeficiente de condutividade térmica que lhe é característico, o qual expressa, em calorias, a quantidade de calor conduzida por um segundo através de uma camada de um centímetro de espessura por um centímetro quadrado de área, quando a diferença de temperatura entre as extremidades da camada é de um Kelvin ou Fahrenheit. e) Ao aquecermos água em um recipiente através de uma chama, percebemos que a água que está no fundo do recipiente sobe devido ao aumento de densidade que esta apresenta em relação à água que está na parte superior do recipiente. Isso ocorre por causa da diferença de temperatura entre a superfície e o fundo da panela. 04) Calor é uma forma de energia que se transfere de um corpo para outro em virtude de uma diferença de temperatura entre eles. Há três processos de propagação de calor: condução, convecção e radiação. Em relação à transferência de calor, assinale V (verdadeiro) ou F (falso). (V) Em dias frios, os pássaros costumam eriçar suas penas para acumular ar entre elas. Nesse caso, o ar acumulado constitui-se em um bom isolante térmico, diminuindo as trocas de calor, por condução, com o ambiente. (V) Correntes de convecção na atmosfera costumam ser aproveitadas por aviões planadores e asas-delta para ganharem altura. Tais correntes são originadas por diferenças de temperaturas entre duas regiões quaisquer da Terra. (V) As paredes internas das garrafas térmicas são espelhadas com o objetivo de diminuir as trocas de calor por radiação. (F) A pintura metálica nas garrafas térmica tem como objetivo evitar as perdas de calor por radiação ultravioleta. (V) O fluxo de calor através de um sólido é conseqüência de uma diferença de temperatura, e depende da geometria e do material do sólido. 05)Um recipiente de cobre de coeficiente de dilatação linear 1, C está a 100 o C e completamente cheio de um líquido cujo volume é 250 cm 3. Ao aquecer o conjunto a 200 o C, transbordam 25 cm 3 do líquido. Determine o coeficiente de dilatação do líquido. V ap = V o. γ ap. T 25=250.γ ap.100 γ l = γ ap + γ r γ ap = 1/100 γ l = , γ ap = C -1 γ l = C -1 γ l = 1, C -1 06) Um tanque de cobre cheio que contém 2000 cm 3 de mercúrio é aquecido em 100 o C. Considerando o coeficiente de dilatação do mercúrio igual a 1, o C 1, calcule quantos cm 3 de mercúrio transbordarão após o aquecimento. (Dado: α Cu = 1, o C 1 ) γ ap = γ l - γ r γ ap = 1, , γ ap = 1, C -1 V ap = V o. γ ap. T V ap = , V ap = 20,8 cm 3

6 07) Um sólido na forma de um paralelepípedo é constituído de um material cuja condutibilidade térmica é 0,8 cal/s.cm. C. A diferença de temperatura entre duas extremidades consideradas para o cálculo do paralelepípedo é 200 C. Determine o fluxo de calor através do maior comprimento do sólido. Ф = K.S. T L Ф = 0, Ф = 1200 cal/s

7 PROVA DE FÍSICA 2º ANO - 2ª MENSAL - 1º TRIMESTRE TIPO C 01) Em uma sauna ligada há muito tempo, de forma que a temperatura permaneça constante, uma pessoa sente queimar a pele quando se encosta numa cabeça de prego mal cravado na madeira. No entanto, o ar dentro da sauna não lhe queima a pele. Assinale V para a(s) verdadeira(s) e F para a(s) falsa(s). (F) A cabeça do prego queima a pele mais do que o ar porque está a uma temperatura maior que a do ar dentro da sauna. (V) A cabeça do prego queima a pele mais do que o ar porque o material do prego é mais condutor de calor que o ar. (F) A cabeça do prego queima a pele mais do que o ar porque o calor específico do prego é maior que o do ar contido na sauna. (F) A cabeça do prego queima a pele mais do que o ar porque está a uma temperatura maior e transfere calor mais rapidamente do que a temperatura do ar. (V) A cabeça do prego queima a pele mais do que o ar porque o ar é melhor isolante térmico que o material do prego. 02) Baseado no que foi visto no laboratório sobre transmissão de calor, analise as alternativas abaixo: I. A convecção térmica só ocorre nos fluidos, ou seja, não se verifica no vácuo nem em materiais no estado líquido. II. O calor se propaga em um sólido por meio de ondas eletromagnéticas (infravermelho). III. O gelo por estar abaixo de 0 o C é um ótimo condutor de calor, por possuir alta condutibilidade térmica. IV. Na convecção, o calor é transferido juntamente com as moléculas, enquanto na condução, o calor passa de uma molécula para outra sem que haja transporte de matéria. V. Para conservar a temperatura de um bloco de gelo, podemos envolvê-lo em um cobertor grosso de lã. Estão corretas apenas: a) I e III. b) I, II, IV e V. c) II, IV e V. d) IV e V. e) Nenhuma. 03) Os rios, lagos e oceanos localizados em áreas de clima frio congelam da superfície para as regiões mais profundas. A camada de gelo formada funciona como um isolante térmico, evitando a perda de calor da água para o ambiente, o que preserva a vida aquática da maneira que a humanidade conhece. Caso esse congelamento ocorresse primeiro em regiões mais profundas, a vida aquática não seria a igual à que temos hoje, se é que existiria vida na água. Esse tipo de congelamento dos ambientes aquáticos deve-se à dilatação anômala da água. A respeito desse fenômeno anormal que ocorre com a água, considerando que a água esteja submetida à pressão atmosférica normal (1 atm), marque a opção correta. a) A anomalia está relacionada com as ligações químicas pontes de hidrogênio que se estabelecem acima de 4 C. b) O volume da água aumenta quando sua temperatura aumenta de 0 C para 4 C. c) As ligações químicas pontes de hidrogênio rompem-se quando a água é aquecida de 0 C para 4 C. É por isso que a densidade da água aumenta. d) Essa anomalia acelera a formação das correntes de convecção quando a água se encontra a 0 C, por isso que o congelamento da água se dá primeiramente na superfície. e) Ferro, bismuto, antimônio e prata são substâncias que sofrem uma anomalia similar à da água quando estão na fase líquida. 04) Calor é uma forma de energia que se transfere de um corpo para outro em virtude de uma diferença de temperatura entre eles. Há três processos de propagação de calor: condução, convecção e radiação. Em relação à transferência de calor, assinale V (verdadeiro) ou F falso. (F) Em dias frios, os pássaros costumam eriçar suas penas para acumular ar entre elas. Nesse caso, o ar acumulado constituise em um bom isolante térmico, aumentando as trocas de calor, por irradiação, com o ambiente. (V) Correntes de convecção na atmosfera costumam ser aproveitadas por aviões planadores e asas-delta para ganharem altura. Tais correntes são originadas por diferenças de temperaturas entre duas regiões quaisquer da Terra.

8 (F) As paredes internas das garrafas térmicas são espelhadas com o objetivo de diminuir as trocas de calor por condução e convecção. (V) O vácuo entre as paredes de uma garrafa térmica não impede a condução de calor por irradiação. (V) O fluxo de calor através de um sólido é conseqüência de uma diferença de temperatura, e depende do material do sólido. 05) Um recipiente de cobre de coeficiente de dilatação linear 1, C 1, está a 0 o C e completamente cheio de um líquido cujo volume é 250 cm 3. Sabendo que o coeficiente de dilatação do líquido é 3 vezes maior que o coeficiente de dilatação volumétrica no material do recipiente, determine a quantidade de liquido que irá transbordar ao aquecermos o conjunto em 200 o C. γ l = γ ap + γ r 13, = γ ap + 4, γ ap = 9, o C -1 V ap = V o. γ ap. T V ap = V ap = 4,5 cm 3 06) Um reservatório de metal (α = 1, o C 1 ), esta em equilíbrio térmico e totalmente preenchido com mercúrio a 20 o C, tem como volume inicial 500 ml. Sabendo que o coeficiente de dilatação do mercúrio é 1, o C 1, determine o volume aparente de mercúrio a 100 o C. γ ap = γ l - γ r γ ap = 1, , γ ap = 1, C -1 V ap = V o. γ a p. T V ap = , V ap = 5,6 ml V ap = 505,6 ml 07) Uma porta de madeira de dimensões 200 x 80 x 5cm cuja condutibilidade térmica é 3, cal/s.cm. C separa uma estufa do meio externo de uma fazenda em Urubici. A diferença de temperatura entre duas faces de maior área da porta é 80 C. Determine o fluxo de calor que atravessa essa porta. Ф = K.S. T L Ф = Ф = 76,8 cal/s

9 PROVA DE FÍSICA 2º ANO - 2ª MENSAL - 1º TRIMESTRE TIPO D 01) Embalagens tipo "longa vida" abertas, com a parte interna voltada para cima, embaixo das telhas podem ser utilizadas como material isolante em telhados de amianto, que no verão atingem temperaturas de 70 C. Sobre essa utilização do material, é correto afirmar: a) O calor emitido pelas telhas de amianto é absorvido integralmente pelo "forro longa vida". b) O calor específico do "forro longa vida" é muito pequeno, e por isso sua temperatura é constante, independentemente da quantidade de calor que recebe da telha de amianto. c) A superfície de alumínio do "forro longa vida" reflete o calor emitido pelas telhas de amianto. d) A camada de papelão da embalagem tipo "longa vida" isola o calor emitido pelas telhas de amianto, pois sua capacidade térmica absorve a temperatura. e) A superfície de alumínio do "forro longa vida" é um isolante térmico do calor emitido pelas telhas de amianto, pois está revestida por uma camada de plástico. 02) Uma estufa para flores, construída em alvenaria, com cobertura de vidro, mantém a temperatura interior bem mais elevada do que a exterior. Das seguintes afirmações: I. O calor entra por condução e sai muito pouco por convecção II. O calor entra por radiação e sai muito pouco por convecção III. O calor entra por radiação e sai muito pouco por condução IV. O calor entra por condução e convecção e só pode sair por radiação V. O calor entra por condução e sai muito com convecção. A(s) alternativa(s) que pode(m) justificar a elevada temperatura do interior da estufa é(são): a) I e III. b) I e II. c) IV. d) II e III. e) II. 03) Baseado no que foi visto no laboratório sobre transmissão de calor, analise as alternativas abaixo e marque com V as verdadeiras e F as falsas. (V) A convecção térmica só ocorre nos líquidos e gases, ou seja, não se verifica no vácuo. (V) O calor se propaga no vácuo por meio de ondas eletromagnéticas. (F) O gelo, por estar abaixo de 0 o C e por possuir alta condutibilidade térmica, é um péssimo condutor de calor por possuir alta condutibilidade térmica. (F) Na convecção, o calor é transferido juntamente com as moléculas, enquanto na condução, o calor passa de uma molécula para outra com transporte de matéria. (V) Para conservar a temperatura de um bloco de gelo, podemos envolvê-lo em um cobertor grosso de lã. 04) Os rios, lagos e oceanos localizados em áreas de clima frio congelam da superfície para as regiões mais profundas. A camada de gelo formada funciona como um isolante térmico, evitando a perda de calor da água para o ambiente, o que preserva a vida aquática da maneira que a humanidade conhece. Caso esse congelamento ocorresse primeiro em regiões mais profundas, a vida aquática não seria à que temos hoje, se é que existiria vida na água. Esse tipo de congelamento dos ambientes aquáticos deve-se à dilatação anômala da água. A respeito desse fenômeno anormal que ocorre com a água, considerando que a esta esteja submetida à pressão atmosférica normal (1 atm), analise as frases abaixo e marque V para a(s) verdadeira(s) e F para a(s) falsa(s). (V) A anomalia está relacionada com as ligações químicas pontes de hidrogênio que se estabelecem abaixo de 4 C. (V) O volume da água aumenta quando sua temperatura diminui de 4 C para 0 C. (F) As ligações químicas pontes de hidrogênio rompem-se quando a água é aquecida de 4 C para 0 C. É por isso que a densidade da água aumenta. (F) Essa anomalia acelera a formação das correntes de convecção quando a água se encontra a 4 C, por isso que o congelamento da água se dá primeiramente na superfície. (V) Ferro, bismuto, antimônio e prata são substâncias que sofrem uma anomalia similar a da água quando estão na fase líquida.

10 05) Uma porta de madeira de dimensões 200 x 80 x 10 cm cuja condutibilidade térmica é 3, cal/s.cm. C separa uma estufa do meio externo de uma fazenda em Urubici. A diferença de temperatura entre duas faces de maior área dessa porta é 60 C. Determine o fluxo de calor que atravessa essa porta. Ф = K.S. T L Ф = Ф = 28,8 cal/s 06) Um recipiente de cobre de coeficiente de dilatação linear 1, C 1, está a 0 o C e completamente cheio de um líquido cujo volume é 200 cm 3. Sabendo que o coeficiente de dilatação do líquido é 2 vezes maior que o coeficiente de dilatação volumétrica no material do recipiente, determine a quantidade de liquido que irá transbordar ao aquecer o conjunto a 200 o C. γ l = γ ap + γ r 9, = γ ap + 4, γ ap = 4, o C -1 V ap = Vo. γ ap. T V ap = , V ap = 1,8 cm 3 07) Um reservatório de metal (α = 1, o C 1 ), que está em equilíbrio térmico e totalmente preenchido com mercúrio a 10 o C, contem um volume inicial de 1000 ml. Sabendo que o coeficiente de dilatação do mercúrio é 1, o C 1, determine o volume aparente de mercúrio a 100 o C. V ap = Vo. γ ap. T V ap = , V ap = 12,6 ml V ap = 1012,6 ml

Atividade de Reforço2

Atividade de Reforço2 Professor(a): Eliane Korn Disciplina: Física Aluno(a): Ano: 1º Nº: Bimestre: 2º Atividade de Reforço2 INSTRUÇÕES GERAIS PARA A ATIVIDADE I. Leia atentamente o resumo da teoria. II. Imprima a folha com

Leia mais

Lista de Exercícios Professor Mário http://www.professormario.com.br mario@meson.pro.br

Lista de Exercícios Professor Mário http://www.professormario.com.br mario@meson.pro.br 1. (Unicamp 93) Um aluno simplesmente sentado numa sala de aula dissipa uma quantidade de energia equivalente à de uma lâmpada de 100W. O valor energético da gordura é de 9,0kcal/g. Para simplificar, adote

Leia mais

Q t. Jornal de Física Único Jornal do Pará www.fisicapaidegua.com

Q t. Jornal de Física Único Jornal do Pará www.fisicapaidegua.com A condição necessária para que haja propagação do calor de um ponto para outro é que exista diferença de temperatura entre os pontos. O calor pode se propagar de três maneiras: condução, convecção e irradiação.

Leia mais

Física. Setor B. Índice-controle de Estudo. Prof.: Aula 9 (pág. 102) AD TM TC. Aula 10 (pág. 102) AD TM TC. Aula 11 (pág.

Física. Setor B. Índice-controle de Estudo. Prof.: Aula 9 (pág. 102) AD TM TC. Aula 10 (pág. 102) AD TM TC. Aula 11 (pág. Física Setor B Prof.: Índice-controle de Estudo Aula 9 (pág. 102) AD TM TC Aula 10 (pág. 102) AD TM TC Aula 11 (pág. 104) AD TM TC Aula 12 (pág. 106) AD TM TC Aula 13 (pág. 107) AD TM TC Aula 14 (pág.

Leia mais

3. Calorimetria. 3.1. Conceito de calor

3. Calorimetria. 3.1. Conceito de calor 3. Calorimetria 3.1. Conceito de calor As partículas que constituem um corpo estão em constante movimento. A energia associada ao estado de movimento das partículas faz parte da denominada energia intera

Leia mais

C.(30 20) + 200.1.(30 20) + 125.0,2.(30 130) = + 2000 2500 =

C.(30 20) + 200.1.(30 20) + 125.0,2.(30 130) = + 2000 2500 = PROVA DE FÍSIA 2º ANO - AUMULATIVA - 1º TRIMESTRE TIPO A 1) Assinale verdadeiro (V) ou falso (F) para as seguintes afirmativas. (F) Os iglus, embora feitos de gelo, possibilitam aos esquimós neles residirem,

Leia mais

A brisa do mar está ótima!

A brisa do mar está ótima! A brisa do mar está ótima! Mais um fim de semana. Cristiana e Roberto vão à praia e convidam Maristela para tomar um pouco de ar fresco e de sol, e tirar o mofo! É verão e o sol já está bem quente. Mas

Leia mais

Janine Coutinho Canuto

Janine Coutinho Canuto Janine Coutinho Canuto Termologia é a parte da física que estuda o calor. Muitas vezes o calor é confundido com a temperatura, vamos ver alguns conceitos que irão facilitar o entendimento do calor. É a

Leia mais

www.cursinhoemcasa.com Prof. Helena contato@cursinhoemcasa.com Fonte arquivo particular.

www.cursinhoemcasa.com Prof. Helena contato@cursinhoemcasa.com Fonte arquivo particular. Irradiação térmica È o processo de troca de calor que ocorre através da radiação eletromagnética, que não necessitam de um meio material para isso. Ondas eletromagnéticas é uma mistura de campo elétrico

Leia mais

FÍSICA Questões de 1 a 20

FÍSICA Questões de 1 a 20 2ªSérieLISTA DE EXERCÍCIOS DE FÍSICA FÍSICA Questões de 1 a 20 1) (UFRN) Os carros modernos usam diferentes tipos de espelhos retrovisores, de modo que o motorista possa melhor observar os veículos que

Leia mais

ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO PARALELA 3º TRIMESTRE 8º ANO DISCIPLINA: FÍSICA

ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO PARALELA 3º TRIMESTRE 8º ANO DISCIPLINA: FÍSICA ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO PARALELA 3º TRIMESTRE 8º ANO DISCIPLINA: FÍSICA Observações: 1- Antes de responder às atividades, releia o material entregue sobre Sugestão de Como Estudar. 2 - Os exercícios

Leia mais

ECOTELHADO. Segundo pesquisador da Lawrence Berkley National Laboratory (CA, EUA), cerca de 25% da superfície de uma cidade consiste de telhados.

ECOTELHADO. Segundo pesquisador da Lawrence Berkley National Laboratory (CA, EUA), cerca de 25% da superfície de uma cidade consiste de telhados. ECOTELHADO Segundo pesquisador da Lawrence Berkley National Laboratory (CA, EUA), cerca de 25% da superfície de uma cidade consiste de telhados. TRANSMISSÃO DE CALOR por condução térmica através de materiais

Leia mais

Propagação do calor. www.soexatas.com Página 1

Propagação do calor. www.soexatas.com Página 1 Propagação do calor 1. (Ufg 2013) Umidade é o conteúdo de água presente em uma substância. No caso do ar, a água na forma de vapor pode formar um gás homogêneo e incolor se sua concentração no ar estiver

Leia mais

g= 10 m.s c = 3,0 10 8 m.s -1 h = 6,63 10-34 J.s σ = 5,7 10-8 W.m -2 K -4

g= 10 m.s c = 3,0 10 8 m.s -1 h = 6,63 10-34 J.s σ = 5,7 10-8 W.m -2 K -4 TESTE DE FÍSICO - QUÍMICA 10 º Ano Componente de Física A Duração do Teste: 90 minutos Relações entre unidades de energia W = F r 1 TEP = 4,18 10 10 J Energia P= t 1 kw.h = 3,6 10 6 J Q = mc θ P = U i

Leia mais

Unidade XII: Termologia

Unidade XII: Termologia Colégio Santa Catarina Unidade XII Termologia 163 Unidade XII: Termologia 12.1 - Introdução: A termologia (termo = calor, logia = estudo) é o ramo da física que estuda o calor e seus efeitos sobre a matéria.

Leia mais

PROVA DE FÍSICA 3 o TRIMESTRE DE 2012

PROVA DE FÍSICA 3 o TRIMESTRE DE 2012 PROVA DE FÍSICA 3 o TRIMESTRE DE 2012 PROF. VIRGÍLIO NOME N o 8 o ANO Olá, caro(a) aluno(a). Segue abaixo uma série de exercícios que têm, como base, o que foi trabalhado em sala de aula durante todo o

Leia mais

Problemas de termologia e termodinâmica vestibular UA (1984)

Problemas de termologia e termodinâmica vestibular UA (1984) Problemas de termologia e termodinâmica vestibular UA (1984) 1 - Um corpo humano está a 69 0 numa escala X. Nessa mesma escala o ponto do gelo corresponde a 50 graus e o ponto a vapor 100 0. Este corpo:

Leia mais

Resoluções das Atividades

Resoluções das Atividades Resoluções das Atividades Sumário Módulo 4 Calorimetria e mudanças de fase Calor sensível e calor latente Lei geral das trocas de calor... 1 Módulo 5 Calorimetria Estados físicos da matéria... Módulo Calorimetria

Leia mais

Pecha Kucha Ciência Viva 23 de Setembro. Energia Térmica

Pecha Kucha Ciência Viva 23 de Setembro. Energia Térmica Energia Térmica A massa e a energia conservam-se independentemente uma da outra? São duas propriedades distintas de um sistema? E = Mc 2 Energia de 1kg de massa E = (3!10 8 ) 2!1= 9!10 16 J Na combustão

Leia mais

FÍSICA: CONCEITOS E EXERCÍCIOS DE FÍSICA TÉRMICA

FÍSICA: CONCEITOS E EXERCÍCIOS DE FÍSICA TÉRMICA FÍSICA: CONCEITOS E EXERCÍCIOS DE FÍSICA TÉRMICA 1 SOBRE Apanhado de exercícios sobre física térmica selecionados por segrev. O objetivo é que com esses exercícios você esteja preparado para a prova, mas

Leia mais

Resoluções das atividades

Resoluções das atividades LIVRO 3 FÍSICA 1 Resoluções das atividades Sumário Aula 9 Calorimetria II Aprofundamento...1 Aula 10 Estados físicos da matéria... Aula 11 Calorimetria e mudanças de fase Revisão...3 Aula 1 Propagação

Leia mais

Exercícios Complementares de Termologia - Wladimir

Exercícios Complementares de Termologia - Wladimir Questões de exercícios Complementares de Termologia Questão 01 (Fgv 2005) Em relação à termometria, é certo dizer que a) - 273K representa a menor temperatura possível de ser atingida por qualquer substância.

Leia mais

Interbits SuperPro Web

Interbits SuperPro Web 1. (Uel 2013) O cooler, encontrado em computadores e em aparelhos eletroeletrônicos, é responsável pelo resfriamento do microprocessador e de outros componentes. Ele contém um ventilador que faz circular

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE FÍSICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE FÍSICA. Efeito Estufa

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE FÍSICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE FÍSICA. Efeito Estufa UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE FÍSICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE FÍSICA Efeito Estufa Prof. Nelson Luiz Reyes Marques 3 - Processos de propagação do calor Condução térmica

Leia mais

FORMAÇÃO DE PROFESSORES PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS NO ENSINO FUNDAMENTAL: UMA EXPERIÊNCIA EM FÍSICA TÉRMICA

FORMAÇÃO DE PROFESSORES PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS NO ENSINO FUNDAMENTAL: UMA EXPERIÊNCIA EM FÍSICA TÉRMICA http://www.labfis.net FORMAÇÃO DE PROFESSORES PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS NO ENSINO FUNDAMENTAL: UMA EXPERIÊNCIA EM FÍSICA TÉRMICA Texto completo de Física Térmica encontra-se disponível no endereço: http://www.if.ufrgs.br/public/tapf/v20n5_marques_araujo.pdf

Leia mais

Sólidos, líquidos e gases

Sólidos, líquidos e gases Mudanças de fase Sólidos, líquidos e gases Estado sólido Neste estado, os átomos da substâncias se encontram muito próximos uns dos outros e ligados por forças eletromagnéticas relativamente grandes. Eles

Leia mais

Como os seres vivos modificam o ambiente?

Como os seres vivos modificam o ambiente? Como os seres vivos modificam o ambiente? O ar e a água possibilitam a integração dos seres vivos na dinâmica planetária. Por que a parede do copo com água fria fica molhada? Será? Toda matéria é constituída

Leia mais

Lista 04. F.02 Espelhos Planos e Esféricos

Lista 04. F.02 Espelhos Planos e Esféricos F.02 Espelhos Planos e Esféricos 2º Série do Ensino Médio Turma: Turno: Vespertino Lista 03 Lista 04 Questão 01) Obedecendo às condições de Gauss, um espelho esférico fornece, de um objeto retilíneo de

Leia mais

Bom trabalho! DATA: 17/12/2015 VALOR: 20,0 NOTA: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL. SÉRIE: 2 a EM NOME COMPLETO:

Bom trabalho! DATA: 17/12/2015 VALOR: 20,0 NOTA: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL. SÉRIE: 2 a EM NOME COMPLETO: DISCIPLINA: FÍSICA PROFESSOR: Erich/ André DATA: 17/12/2015 VALOR: 20,0 NOTA: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2 a EM Circule a sua turma: Funcionários: 2 o A 2ºB Anchieta:2 o NOME COMPLETO:

Leia mais

Exercícios Sobre MudanÇas de estados físicos e diagramas

Exercícios Sobre MudanÇas de estados físicos e diagramas Exercícios Sobre MudanÇas de estados físicos e diagramas 01. (Uepg) Quanto às características das substâncias puras e das misturas, assinale o que for correto. 01) Misturas sólidas homogêneas não podem

Leia mais

Temperatura & lei zero

Temperatura & lei zero Temperatura & lei zero Termodinâmica : estudo da energia térmica ( energia interna ) dos sistemas Conceito central: temperatura Temperatura é um conceito de uso cotidiano e portanto seu entendimento é

Leia mais

Radiação. Grupo de Ensino de Física da Universidade Federal de Santa Maria

Radiação. Grupo de Ensino de Física da Universidade Federal de Santa Maria Radiação Radiação é o processo de transferência de energia por ondas eletromagnéticas. As ondas eletromagnéticas são constituídas de um campo elétrico e um campo magnético que variam harmonicamente, um

Leia mais

Simulado ENEM. a) 75 C b) 65 C c) 55 C d) 45 C e) 35 C

Simulado ENEM. a) 75 C b) 65 C c) 55 C d) 45 C e) 35 C 1. Um trocador de calor consiste em uma serpentina, pela qual circulam 18 litros de água por minuto. A água entra na serpentina à temperatura ambiente (20 C) e sai mais quente. Com isso, resfria-se o líquido

Leia mais

Colégio Nomelini. FÍSICA Aprofundamento Profº. JB

Colégio Nomelini. FÍSICA Aprofundamento Profº. JB FÍSICA Aprofundamento Profº. JB LISTA DE RECUPERAÇÃO MENSAL 2º. ANO EM DILATAÇÃO 1) 1. (Unesp 89) O coeficiente de dilatação linear médio de um certo material é e a sua massa específica a 0 C é. Calcule

Leia mais

PROF. KELTON WADSON OLIMPÍADA 8º SÉRIE ASSUNTO: TRANSFORMAÇÕES DE ESTADOS DA MATÉRIA.

PROF. KELTON WADSON OLIMPÍADA 8º SÉRIE ASSUNTO: TRANSFORMAÇÕES DE ESTADOS DA MATÉRIA. PROF. KELTON WADSON OLIMPÍADA 8º SÉRIE ASSUNTO: TRANSFORMAÇÕES DE ESTADOS DA MATÉRIA. 1)Considere os seguintes dados obtidos sobre propriedades de amostras de alguns materiais. Com respeito a estes materiais,

Leia mais

FICHA TÉCNICA Eficiência Energética em Janelas Nº Pág.s: 05 nº n 14 29. Janeiro. 2007 Copyright 2006 - Construlink.com - Todos os direitos reservados.

FICHA TÉCNICA Eficiência Energética em Janelas Nº Pág.s: 05 nº n 14 29. Janeiro. 2007 Copyright 2006 - Construlink.com - Todos os direitos reservados. FICHA TÉCNICA Eficiência Energética em Janelas Nº Pág.s: 05 nº 14 29. Janeiro. 2007 Eficiência Energética em Janelas 01 Quando escolhemos as janelas para uma edificação nova ou para um projecto de remodelação,

Leia mais

CALORIMETRIA, MUDANÇA DE FASE E TROCA DE CALOR Lista de Exercícios com Gabarito e Soluções Comentadas

CALORIMETRIA, MUDANÇA DE FASE E TROCA DE CALOR Lista de Exercícios com Gabarito e Soluções Comentadas COLÉGIO PEDRO II PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA, EXTENSÃO E CULTURA PROGRAMA DE RESIDÊNCIA DOCENTE RESIDENTE DOCENTE: Marcia Cristina de Souza Meneguite Lopes MATRÍCULA: P4112515 INSCRIÇÃO: PRD.FIS.0006/15

Leia mais

Ernesto entra numa fria!

Ernesto entra numa fria! A UU L AL A Ernesto entra numa fria! Segunda-feira, 6 horas da tarde, Cristiana e Roberto ainda não haviam chegado do trabalho. Mas Ernesto, filho do casal, já tinha voltado da escola. Chamou a gangue

Leia mais

Processos de propagação do calor

Processos de propagação do calor FÍSICA II 1 Processos de propagação do calor 1 Aplicação Tecnológica: Trocadores de Calor Trocador de calor é o dispositivo usado para realizar o processo de troca térmica entre um sistema e sua vizinhança

Leia mais

CONTEÚDO HABILIDADES INSTRUÇÕES

CONTEÚDO HABILIDADES INSTRUÇÕES Prova Oficial de Física 1 Trimestre/2013 Data: Professor: Leandro Nota: Valor : [0,0 5,0] Nome do(a) aluno(a): Nº Turma: 2 M Ciência do responsável: CONTEÚDO Escalas Termométricas; Conversão entre escalas;

Leia mais

COMENTÁRIOS DA PROVA DE FÍSICA DO SSA-UPE 2 ANO

COMENTÁRIOS DA PROVA DE FÍSICA DO SSA-UPE 2 ANO COMENTÁRIOS DA PROVA DE FÍSICA DO SSA-UPE 2 ANO 23. Leia o seguinte texto: Considere que esse grande espelho, acima da camada da atmosfera, estará em órbita geoestacionária. Com base nessas informações,

Leia mais

= = = F. cal AULA 05 TERMOMETRIA E CALORIMETRIA CALOR É ENERGIA TÉRMICA EM TRÂNSITO DE UM CORPO PARA OUTRO, DEVIDO A UMA DIFERENÇA DE TEMPERATURA.

= = = F. cal AULA 05 TERMOMETRIA E CALORIMETRIA CALOR É ENERGIA TÉRMICA EM TRÂNSITO DE UM CORPO PARA OUTRO, DEVIDO A UMA DIFERENÇA DE TEMPERATURA. AULA 05 TERMOMETRIA E ALORIMETRIA 1- TEMPERATURA Todos os corpos são constituídos de partículas, a olho nu nos parece que essas partículas estão em repouso, porém as mesmas têm movimento. Quanto mais agitadas

Leia mais

Motores Térmicos. 9º Semestre 5º ano

Motores Térmicos. 9º Semestre 5º ano Motores Térmicos 9º Semestre 5º ano 19 Sistema de Refrigeração - Tópicos Introdução Meios refrigerantes Tipos de Sistemas de Refrigeração Sistema de refrigeração a ar Sistema de refrigeração a água Anticongelantes

Leia mais

Abel Júlio Manuel Correia Djairosse Sairosse Mujanje DISPOSITIVO DE AQUECIMENTO DE ÁGUA USANDO A ENERGIA SOLAR. Mestrado Em Ensino de Física

Abel Júlio Manuel Correia Djairosse Sairosse Mujanje DISPOSITIVO DE AQUECIMENTO DE ÁGUA USANDO A ENERGIA SOLAR. Mestrado Em Ensino de Física Abel Júlio Manuel Correia Djairosse Sairosse Mujanje DISPOSITIVO DE AQUECIMENTO DE ÁGUA USANDO A ENERGIA SOLAR. Mestrado Em Ensino de Física Universidade Pedagógica de Moçambique. Beira 2011 Abel Júlio

Leia mais

A partir dos dados, tem-se a seguinte correspondência: Usando a proporcionalidade, tem-se: x x = =

A partir dos dados, tem-se a seguinte correspondência: Usando a proporcionalidade, tem-se: x x = = 01 A partir dos dados, tem-se a seguinte correspondência: Usando a proporcionalidade, tem-se: x 20 92 32 x 20 60 = = 80 20 212 32 60 180 x 20 = 20 x = 40 mm Resposta: B 1 02 A partir dos dados, tem-se:

Leia mais

Água no feijão, que chegou mais um!

Água no feijão, que chegou mais um! Água no feijão, que chegou mais um! A UU L AL A Sábado! Cristiana passou a manhã toda na cozinha, preparando uma feijoada! Roberto tinha convidado sua vizinha, Maristela, para o almoço. Logo cedo, Cristiana

Leia mais

ESTADOS FÍSICOS FUNDAMENTAIS

ESTADOS FÍSICOS FUNDAMENTAIS ESTADOS FÍSICOS FUNDAMENTAIS A matéria é constituída de corpúsculos (átomos, íons ou moléculas) agregados uns aos outros. Esta agregação nos leva a distinguir na matéria três estados físicos fundamentais:

Leia mais

Física. Questão 1. Questão 2. Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor:

Física. Questão 1. Questão 2. Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor: Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor: Física Questão 1 (Unirio 2000) Um aluno pegou um fina placa metálica e nela recortou um disco de raio r. Em seguida, fez um anel também de raio r com um fio

Leia mais

Aquecedor Solar Tubos de Vácuo.

Aquecedor Solar Tubos de Vácuo. Aquecedor Solar Tubos de Vácuo. Manual de instalação Ultrasolar Tel: (11) 3361 3328 Fax: (11) 3361 5810 www.ultrasolar.com.br Aquecedor Solar de Agua. Os aquecedores solares de água a vácuo Ultrasolar,

Leia mais

Prof. Eduardo Loureiro, DSc.

Prof. Eduardo Loureiro, DSc. Prof. Eduardo Loureiro, DSc. Transmissão de Calor é a disciplina que estuda a transferência de energia entre dois corpos materiais que ocorre devido a uma diferença de temperatura. Quanta energia é transferida

Leia mais

FORMAS DE TRANSFERÊNCIA DE CALOR ENTRE HOMEM E MEIO AMBIENTE

FORMAS DE TRANSFERÊNCIA DE CALOR ENTRE HOMEM E MEIO AMBIENTE AMBIENTE TÉRMICO O ambiente térmico pode ser definido como o conjunto das variáveis térmicas do posto de trabalho que influenciam o organismo do trabalhador, sendo assim um fator importante que intervém,

Leia mais

Ciências E Programa de Saúde

Ciências E Programa de Saúde Governo do Estado de São Paulo Secretaria de Estado da Educação Ciências E Programa de Saúde 18 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE SP Grandes realizações são possíveis quando se dá atenção aos pequenos

Leia mais

Armazenamento de energia

Armazenamento de energia Universidade do Vale do Rio dos Sinos UNISINOS Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica 3 º. trimestre, 2015 A energia solar é uma fonte de energia dependente do tempo. As necessidades de energia

Leia mais

AULA 1: MATÉRIAS E SUAS PROPRIEDADES

AULA 1: MATÉRIAS E SUAS PROPRIEDADES AULA 1: MATÉRIAS E SUAS PROPRIEDADES Prof.Me Elayne Química-Aula 1 MATÉRIA Tudo que ocupa lugar no espaço e tem massa é matéria. Energia tudo aquilo que pode modificar a estrutura da matéria, provocar

Leia mais

PORTAL DE ESTUDOS EM QUÍMICA PROFESSOR PAULO CESAR (www.profpc.com.br) MATÉRIA E SUAS TRANSFORMAÇÕES

PORTAL DE ESTUDOS EM QUÍMICA PROFESSOR PAULO CESAR (www.profpc.com.br) MATÉRIA E SUAS TRANSFORMAÇÕES MATÉRIA E SUAS TRANSFORMAÇÕES 01- A água é uma substância que existe em grande quantidade no nosso planeta. Ela se apresenta na natureza em três estados físicos. Quais são os estados físicos em que a água

Leia mais

FOLHAS DE PROBLEMAS. Termodinâmica e teoria cinética. Física dos Estados da Matéria 2002/03

FOLHAS DE PROBLEMAS. Termodinâmica e teoria cinética. Física dos Estados da Matéria 2002/03 FOLHAS DE PROBLEMAS Termodinâmica e teoria cinética Física dos Estados da Matéria 00/03 Licenciatura em Engenharia Electrotécnica e de Computadores Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto ª FOLHA

Leia mais

Objetivo Conteúdos Habilidades

Objetivo Conteúdos Habilidades Tema 8 Um Lugar Frio e Escuro Objetivo investigar as condições ambientais predominantes nos oceanos, com destaque para os gradientes verticais de temperatura, luz e pressão hidrostática. Conteúdos física,

Leia mais

Nesse sistema de aquecimento,

Nesse sistema de aquecimento, Enem 2007 1- Ao beber uma solução de glicose (C 6 H 12 O 6 ), um corta-cana ingere uma substância: (A) que, ao ser degradada pelo organismo, produz energia que pode ser usada para movimentar o corpo. (B)

Leia mais

Exercícios Tipos de Chuvas e Circulação Atmosférica

Exercícios Tipos de Chuvas e Circulação Atmosférica Exercícios Tipos de Chuvas e Circulação Atmosférica 1. De acordo com as condições atmosféricas, a precipitação pode ocorrer de várias formas: chuva, neve e granizo. Nas regiões de clima tropical ocorrem

Leia mais

Fundamentos de Engenharia Solar. Racine T. A. Prado

Fundamentos de Engenharia Solar. Racine T. A. Prado Fundamentos de Engenharia Solar Racine T. A. Prado Coletores Solares Um coletor solar é um tipo específico de trocador de calor que transforma energia solar radiante em calor. Duffie; Beckman Equação básica

Leia mais

CADERNO DE EXERCÍCIOS 1D

CADERNO DE EXERCÍCIOS 1D CADERNO DE EXERCÍCIOS 1D Ensino Fundamental Ciências da Natureza II Questão Conteúdo Habilidade da Matriz da EJA/FB 01 Propriedades e aplicação dos materiais H55/H56 02 Propriedades específicas, físicas

Leia mais

PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO

PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO DEFINIÇÃO DO FOGO O FOGO É UMA REAÇÃO QUIMICA QUE LIBERA LUZ E CALOR. PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO 193 QUAL É O NUMERO DO CORPO DE BOMBEIROS?

Leia mais

ANÁLISE PROJETUAL DA RESIDÊNCIA SMALL HOUSE TÓQUIO, JAPÃO.

ANÁLISE PROJETUAL DA RESIDÊNCIA SMALL HOUSE TÓQUIO, JAPÃO. UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE ARQUITETURA E URBANISMO E DESIGN DISCIPLINA: CONFORTO AMBIENTAL 1 ANÁLISE PROJETUAL DA RESIDÊNCIA SMALL HOUSE TÓQUIO, JAPÃO. ARQUITETOS: KAZUYO SEJIMA E

Leia mais

Resposta: d. 4 Analise as proposições e indique a verdadeira. Resposta: d. 5 (Unirio-RJ) Indique a proposição correta. Resposta: b

Resposta: d. 4 Analise as proposições e indique a verdadeira. Resposta: d. 5 (Unirio-RJ) Indique a proposição correta. Resposta: b 14 PARTE I TERMOOGIA Tópico 2 1 Analise as proposições e indique a falsa. a O somatório de toda a energia de agitação das partículas de um corpo é a energia térmica desse corpo. b Dois corpos atingem o

Leia mais

Curso de Férias 2010 Professor Vasco Vasconcelos

Curso de Férias 2010 Professor Vasco Vasconcelos Curso de Férias 2010 Professor Vasco Vasconcelos 01. (Enem cancelado 2009) A água apresenta propriedades físico-químicas que a coloca em posição de destaque como substância essencial à vida. Dentre essas,

Leia mais

Módulo I Segunda Lei da Termodinâmica e Ciclos

Módulo I Segunda Lei da Termodinâmica e Ciclos Módulo I Segunda Lei da Termodinâmica e Ciclos Limites da Primeira Lei No estudo da termodinâmica básica vimos que a energia deve ser conservar e que a Primeira Lei enuncia essa conservação. Porém, o cumprimento

Leia mais

Equação Geral dos Gases

Equação Geral dos Gases Equação Geral dos Gases EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (EEM-SP) Uma determinada massa gasosa, confinada em um recipiente de volume igual a 6,0 L, está submetida a uma pressão de 2,5 atm e sob temperatura de

Leia mais

ATIVIDADE II COLÉGIO TIA IVONE - CTI. PROFESSOR: NEW CRISTIAN SÉRIE: 1ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO Aluno(a): 1. Conceitue:

ATIVIDADE II COLÉGIO TIA IVONE - CTI. PROFESSOR: NEW CRISTIAN SÉRIE: 1ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO Aluno(a): 1. Conceitue: COLÉGIO TIA IVONE - CTI DISCIPLINA: QUÍMICA Data: / /2012 PROFESSOR: NEW CRISTIAN SÉRIE: 1ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO Aluno(a): ATIVIDADE II 1. Conceitue: a) Matéria b) Energia 2. Qual a relação entre matéria

Leia mais

03) João, chefe de uma oficina mecânica, precisa encaixar um eixo de aço em um anel de latão, como mostrado nesta figura.

03) João, chefe de uma oficina mecânica, precisa encaixar um eixo de aço em um anel de latão, como mostrado nesta figura. PROVA DE ÍIA º ANO - 1ª MENAL - 1º RIMERE IPO A 1) Assinale verdadeira (V) ou falsa () para as seguintes afirmativas. () alor é a energia interna em trânsito entre dois ou mais corpos devido ao fato de

Leia mais

4º ano. Atividade de Estudo - Ciências. Nome:

4º ano. Atividade de Estudo - Ciências. Nome: Atividade de Estudo - Ciências 4º ano Nome: 1- Imagine que o quadriculado abaixo seja uma representação da composição do ar. No total, são 100 quadradinhos. PINTE, de acordo com a legenda, a quantidade

Leia mais

Trabalho Prático MEDIDA DA CONDUTIVIDADE TÉRMICA DE DIFERENTES MATERIAIS

Trabalho Prático MEDIDA DA CONDUTIVIDADE TÉRMICA DE DIFERENTES MATERIAIS Trabalho Prático MEDIDA DA CONDUTIVIDADE TÉRMICA DE DIFERENTES MATERIAIS Objectivo - Determinação da condutividade térmica de 5 diferentes materiais de construção. 1. Introdução O calor pode ser transferido

Leia mais

AULA PRÁTICA DE QUÍMICA GERAL Estudando a água parte 32

AULA PRÁTICA DE QUÍMICA GERAL Estudando a água parte 32 AULA PRÁTICA DE QUÍMICA GERAL Estudando a água parte 32 9º NO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 1º ANO DO ENSINO MÉDIO OBJETIVO Diversos experimentos, usando principalmente água e materiais de fácil obtenção, são

Leia mais

O interesse da Química é analisar as...

O interesse da Química é analisar as... O interesse da Química é analisar as... PROPRIEDADES CONSTITUINTES SUBSTÂNCIAS E MATERIAIS TRANSFORMAÇÕES ESTADOS FÍSICOS DOS MATERIAIS Os materiais podem se apresentar na natureza em 3 estados físicos

Leia mais

Módulo Editorial Exercícios Resolvidos de Termometria

Módulo Editorial Exercícios Resolvidos de Termometria 1. Observe na tabela os valores das temperaturas dos pontos críticos de fusão e de ebulição, respectivamente, do gelo e da água, à pressão de 1 atm, nas escalas Celsius e Kelvin. Temperatura Pontos críticos

Leia mais

Física Professor Alfredo

Física Professor Alfredo Física Professor Alfredo 07 Aluno (a): 11/03/2013 01 - (UEL PR) As moléculas que compõem o ar estão em constante movimento, independentemente do volume no qual estejam contidas. Ludwig Boltzmann (1844-1906)

Leia mais

Unidade IV Ser Humano e saúde. Aula 17.1

Unidade IV Ser Humano e saúde. Aula 17.1 Unidade IV Ser Humano e saúde. Aula 17.1 Conteúdo: O efeito estufa. Habilidade: Demonstrar uma postura crítica diante do uso do petróleo. REVISÃO Reações de aldeídos e cetonas. A redução de um composto

Leia mais

TERMOMETRIA TERMOLOGIA. Escalas Termométricas. Dilatação Superficial. Dilatação Linear. A = Ao. β. t. L = Lo. α. t

TERMOMETRIA TERMOLOGIA. Escalas Termométricas. Dilatação Superficial. Dilatação Linear. A = Ao. β. t. L = Lo. α. t TERMOMETRIA TERMOLOGIA Temperatura grandeza escalar associada ao grau de vibração térmica das partículas de um corpo. Equilíbrio térmico corpos em contato com diferentes temperaturas trocam calor, e após

Leia mais

Departamento de Física - ICE/UFJF Laboratório de Física II

Departamento de Física - ICE/UFJF Laboratório de Física II CALORIMETRIA 1 Objetivos Gerais: Determinação da capacidade térmica C c de um calorímetro; Determinação do calor específico de um corpo de prova; *Anote a incerteza dos instrumentos de medida utilizados:

Leia mais

SOLUÇÃO: RESPOSTA (D) 17.

SOLUÇÃO: RESPOSTA (D) 17. 16. O Ceará é hoje um dos principais destinos turísticos do país e uma das suas atrações é o Beach Park, um parque temático de águas. O toboágua, um dos maiores da América Latina, é uma das atrações preferidas

Leia mais

LISTA DE RECUPERAÇÃO 3º ANO PARA 07/12

LISTA DE RECUPERAÇÃO 3º ANO PARA 07/12 LISTA DE RECUPERAÇÃO 3º ANO PARA 07/12 Questão 01) Quando uma pessoa se aproxima de um espelho plano ao longo da direção perpendicular a este e com uma velocidade de módulo 1 m/s, é correto afirmar que

Leia mais

1. A água. 1.1. A água e as atividades humanas

1. A água. 1.1. A água e as atividades humanas 1. A água 1.1. A água e as atividades humanas O homem utiliza a água para os mais determinados fins (Figura 1): consumo doméstico higiene pessoal e da casa, preparar os alimentos; agricultura; indústria;

Leia mais

Aluno: Série:_2º Data: Matéria: Fisica Turno: Valor: Nota: Supervisoras: Rejane/Betânia

Aluno: Série:_2º Data: Matéria: Fisica Turno: Valor: Nota: Supervisoras: Rejane/Betânia ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA TRABALHO DE PROGRESSÃO PARCIAL ENSINO MÉDIO - 2012 ESCOLA REFERENCIA Aluno: Série:_2º Data: Matéria: Fisica Turno: Valor: Nota: Supervisoras: Rejane/Betânia

Leia mais

PRODUTO DA MARCA SEVENCOAT FICHA TÉCNICA DO PRODUTO

PRODUTO DA MARCA SEVENCOAT FICHA TÉCNICA DO PRODUTO PRODUTO DA MARCA SEVENCOAT FICHA TÉCNICA DO PRODUTO PRODUTO DA MARCA SEVENCOAT É uma tinta isolante térmica, composta de polímeros acrílicos elastoméricos, microesferas de cerâmicas, e aditivos especiais

Leia mais

FCTA 4 TROCAS TÉRMICAS ENTRE O MEIO E AS EDIFICAÇÕES 4.1 FECHAMENTOS TRANSPARENTES

FCTA 4 TROCAS TÉRMICAS ENTRE O MEIO E AS EDIFICAÇÕES 4.1 FECHAMENTOS TRANSPARENTES 4 TROCAS TÉRMICAS ENTRE O MEIO E AS EDIFICAÇÕES 4.1 FECHAMENTOS TRANSPARENTES Nestes tipos de fechamento podem ocorrer três tipos de trocas térmicas: condução, convecção e radiação. O vidro comum é muito

Leia mais

O Sol é a nossa principal fonte de calor. A água é fundamental para a regulação térmica do planeta e do nosso corpo

O Sol é a nossa principal fonte de calor. A água é fundamental para a regulação térmica do planeta e do nosso corpo TEMPERATURA, CALOR E EQUILIBRIO TÉRMICO Autores: Arjuna C. Panzera Dácio G. Moura O Sol é a nossa principal fonte de calor. A água é fundamental para a regulação térmica do planeta e do nosso corpo Tópico

Leia mais

Aula 9 Calor e Dilatação Questões Atuais Vestibulares de SP

Aula 9 Calor e Dilatação Questões Atuais Vestibulares de SP 1. (Fuvest 2012) Para ilustrar a dilatação dos corpos, um grupo de estudantes apresenta, em uma feira de ciências, o instrumento esquematizado na figura acima. Nessa montagem, uma barra de alumínio com

Leia mais

REVISÃO PARA AVALIAÇÃO 1º BIMESTRE CIÊNCIAS

REVISÃO PARA AVALIAÇÃO 1º BIMESTRE CIÊNCIAS REVISÃO PARA AVALIAÇÃO 1º BIMESTRE CIÊNCIAS 1) A partir das informações dadas, enumere as informações, em ordem sequencial, de acordo com as etapas do método científico: ( ) Conclusões ( ) Possíveis respostas

Leia mais

TEORIA INFRAVERMELHO

TEORIA INFRAVERMELHO TEORIA INFRAVERMELHO Irradiação ou radiação térmica é a propagação de ondas eletromagnética emitida por um corpo em equilíbrio térmico causada pela temperatura do mesmo. A irradiação térmica é uma forma

Leia mais

FÍSICA BERNOULLI SISTEMA DE ENSINO DIREITOS RESERVADOS: Propagação de calor CONCEITO DE CALOR E OS MODOS DE PROPAGAÇÃO CONDUÇÃO TÉRMICA

FÍSICA BERNOULLI SISTEMA DE ENSINO DIREITOS RESERVADOS: Propagação de calor CONCEITO DE CALOR E OS MODOS DE PROPAGAÇÃO CONDUÇÃO TÉRMICA FÍSICA FRENTE B MÓDULO 03 Propagação de calor Todo corpo possui uma energia interna. Além disso, um corpo pode apresentar energias externas, tais como a energia cinética ou a energia potencial gravitacional.

Leia mais

TERMODINÂMICA CONCEITOS FUNDAMENTAIS. Sistema termodinâmico: Demarcamos um sistema termodinâmico em. Universidade Santa Cecília Santos / SP

TERMODINÂMICA CONCEITOS FUNDAMENTAIS. Sistema termodinâmico: Demarcamos um sistema termodinâmico em. Universidade Santa Cecília Santos / SP CONCEITOS FUNDAMENTAIS Sistema termodinâmico: Demarcamos um sistema termodinâmico em Universidade função do que Santa desejamos Cecília Santos estudar / SP termodinamicamente. Tudo que se situa fora do

Leia mais

UFMG - 2003 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

UFMG - 2003 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR UFMG - 2003 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR Física Questão 01 Durante uma brincadeira, Rafael utiliza o dispositivo mostrado nesta figura para lançar uma bolinha horizontalmente. Nesse

Leia mais

Curso de Férias 2011 Professor Vasco Vasconcelos Fenômenos Térmicos

Curso de Férias 2011 Professor Vasco Vasconcelos Fenômenos Térmicos Curso de Férias 2011 Professor Vasco Vasconcelos Fenômenos Térmicos 1. (CPS 2010) Os manuais de aparelhos celulares recomendam que estes permaneçam distantes do corpo por pelo menos 2,5 cm, pois a Organização

Leia mais

Graduação de um termômetro:

Graduação de um termômetro: TERMÔMETROS Podemos considerar que temperatura de um corpo é uma medida que nos dá uma idéia do grau de agitação das partículas constituintes desse corpo. Quanto maior for o grau de agitação das partículas

Leia mais

d) condução e convecção b) radiação e condução e) condução e radiação c) convecção e radiação

d) condução e convecção b) radiação e condução e) condução e radiação c) convecção e radiação Lista 7 Propagação de calor 01. Sabe-se que a temperatura do café se mantém razoavelmente constante no interior de uma garrafa térmica perfeitamente vedada. a) Qual o principal fator responsável por esse

Leia mais

SISTEMA GÁLATAS EDUCACIONAL DISCIPLINA: CIÊNCIAS - 5ºANO DATA: / /2014 AV2-1ºBIMESTRE. NOME: Vale 10,0

SISTEMA GÁLATAS EDUCACIONAL DISCIPLINA: CIÊNCIAS - 5ºANO DATA: / /2014 AV2-1ºBIMESTRE. NOME: Vale 10,0 SISTEMA GÁLATAS EDUCACIONAL DISCIPLINA: CIÊNCIAS - 5ºANO DATA: / /2014 AV2-1ºBIMESTRE NOME: Vale 10,0 1ª QUESTÃO VALE 0,2 Leia a charge de Maurício de Souza abaixo com atenção: Marque com um x a resposta

Leia mais

UNIGRANRIO www.exerciciosdevestibulares.com.br. 2) (UNIGRANRIO) O sistema abaixo encontra-se em equilíbrio sobre ação de três forças

UNIGRANRIO www.exerciciosdevestibulares.com.br. 2) (UNIGRANRIO) O sistema abaixo encontra-se em equilíbrio sobre ação de três forças 1) (UNIGRANRIO) Um veículo de massa 1200kg se desloca sobre uma superfície plana e horizontal. Em um determinado instante passa a ser acelerado uniformemente, sofrendo uma variação de velocidade representada

Leia mais

6 colectores solares térmicos ÍNDICE

6 colectores solares térmicos ÍNDICE ÍNDICE constituição e tipologias -2 armazenamento de energia -3 termossifão -4 avaliação de desempenho -5 experiência 1 - experiência 2-7 experiência 3-8 para saber mais... -9-1 constituição e tipologias

Leia mais

DISCIPLINA AMB30093 TERMODINÂMICA - Aula 3 17/10/2013. Prof. Robson Alves de Oliveira robson.aoliveira@gmail.com.br robson.oliveira@unir.

DISCIPLINA AMB30093 TERMODINÂMICA - Aula 3 17/10/2013. Prof. Robson Alves de Oliveira robson.aoliveira@gmail.com.br robson.oliveira@unir. DISCIPLINA AMB30093 TERMODINÂMICA - Aula 3 17/10/2013 Prof. Robson Alves de Oliveira robson.aoliveira@gmail.com.br robson.oliveira@unir.br Ji-Paraná - 2013 Porque a água atinge o seu ponto máximo em 3,98

Leia mais

Determinação da condutividade térmica do Cobre

Determinação da condutividade térmica do Cobre Determinação da condutividade térmica do Cobre TEORIA Quando a distribuição de temperatura de um corpo não é uniforme (ou seja, diferentes pontos estão a temperaturas diferentes), dá-se expontaneamente

Leia mais