PROCESSO DE SELEÇÃO INTERNA SIMPLIFICADA DE BOLSISTAS DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E AO EMPREGO (PRONATEC)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROCESSO DE SELEÇÃO INTERNA SIMPLIFICADA DE BOLSISTAS DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E AO EMPREGO (PRONATEC)"

Transcrição

1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROCESSO DE SELEÇÃO INTERNA SIMPLIFICADA DE BOLSISTAS DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E AO EMPREGO (PRONATEC) CAMPUS SAPUCAIA DO SUL / EDITAL n 86 / 27 DE JUNHO DE 2014 O INSTITUTO FEDERAL SUL-RIO-GRANDENSE (IFSUL) Campus Sapucaia do Sul torna pública a abertura de inscrições para o processo seletivo simplificado de bolsista, para a FUNÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR para atuar nos Cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC), atendendo à necessidade de interesse público conforme segue: 1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1 O processo seletivo será regido por este Edital. 1.2 Ao efetivar a inscrição, o candidato declara estar ciente do conteúdo deste Edital e acata na íntegra as suas disposições. 1.3 A participação no Programa do presente Edital não implicará em redução das atividades normalmente desempenhadas pelo candidato na sua Instituição de origem. 1.4 O cancelamento do Curso implicará automaticamente no cancelamento deste Edital. 1.5 A contratação dos candidatos selecionados obedecerá à lista de classificação apresentada como resultado final deste edital e serão contratados conforme a demanda do Campus Sapucaia do Sul, podendo ser realizada a qualquer tempo, durante a execução dos cursos, com antecedência mínima de 02 (dois) dias úteis. A recusa ou ausência de manifestação por parte do candidato implicará na contratação imediata do próximo classificado, sendo o candidato anterior realocado para o final da lista. 1.6 O Coordenador Adjunto do PRONATEC do Campus poderá realizar novo processo de seleção caso o candidato selecionado não atenda às suas atribuições ao longo do Curso 1.7 Dúvidas e informações poderão serão encaminhadas para o 2. VAGAS 2.1 O processo seletivo visa à contratação de bolsista para a função temporária de Professor para o PRONATEC, com perfil e capacitação para atuar, com carga horária máxima de 16 horas (de 60 minutos) semanais, no CURSO DE ACONSELHADOR EM DEPENDÊNCIA QUÍMICA, oferecido pelo Campus Sapucaia do Sul e executado em Triunfo. CÓDIGO CARGA COMPONENTE CURRICULAR HORÁRIA/TURMA 01 Química aplicada Português Instrumental Drogas: classificação e efeitos no organismo Experimentação, uso, abuso e dependência de drogas Aspectos socioculturais relacionados ao uso de álcool e outras drogas licitas e ilícitas Prevenção: novas formas de enfrentar o problema Redes sociais, e grupos de apoio. 25 VAGAS 01

2 08 Tratamento, encaminhamento aos centros de 25 tratamento clínico e grupos de apoio. 09 Ambulatório de dependência química Prevenção e Difusão do conhecimentos a cerca do 20 primeiro contato com as drogas 2.2 Os conteúdos programáticos são: QUÍMICA APLICADA 1. Dependência Química 1.1 Aspectos gerais 1.2 Abordagem de termos químicos inerentes à dependência química 2. Classificação periódica x propriedades inerentes à dependência química 2.1 Breve histórico da classificação periódica dos elementos] 2.2 Posicionamento na tabela periódica 2.3 Períodos e Famílias 3. Compostos Químicos: covalentes, iônicos e metálicos 4. Funções Orgânica I 4.1 Hidrocarbonetos: identificação e nomenclatura 4.2 Alcanos 4.3 Alcenos 4.4 Alcinos 4.5 Ciclo alcinos 4.6 Ciclo alcenos 4.7 Alcadienos 4.8 Aromáticos 5. Funções Orgânicas II 5.1 Álcoois 5.2 Fenóis 5.3 O grupo carbonila 5.4 Aldeídos 5.5 Cetonas 5.6 Éteres 6. Funções Orgânicas III 6.1 O grupo carbonila 6.2 Ésteres e lectones 6.3 Ácidos carboxílicos 7. Funções Orgânicas IV 7.1 Aminas 7.2 Amidas 7.3 Nitrilas 7.4 Funções Mistas (aminoácidos) 8. Principais reações químicas envolvendo as funções orgânicas ALLIGER, Normam L. Química Orgânica. 2ªed. Editora Guanabara 2 S.A RJ MAHAN, Bruce, M.; Rollie J. Myers; Química: um curso universitário; tradução da 4 ed. americana, 6 reimpressão; Editora Edgard Blucher, São Paulo, SOLOMONS, T.W. Graham Química Orgânica 1, LTC Livros Técnicos e Científicos Editora

3 PORTUGUÊS INSTRUMENTAL 1. Aperfeiçoar os conhecimentos lingüísticos e as habilidades de leitura e produção de textos orais e escritos; 2. Reconhecer o gênero textual; 3. Identificar os fatores de coerência responsáveis pela recuperação do sentido; 4. Reconhecer relações coesivas; 5. Reconhecer formas de citação de discurso alheio; 6. Avaliar textos sob os seguintes aspectos: ausência de contradições, recuperação da intenção comunicativa, pertinência das articulações coesivas, caracterização do gênero e adequação à situação de produção e aos ouvistes/ leitores; 7. Considerar, ao produzir textos. A situação de comunicação e a imagem do ouvinte/leitor; 8. Caracterizar devidamente os gêneros textuais produzidos; 9. Recorrer a fatores de coerência que permitam a recuperação do sentido; 10. Produzir textos de vários gêneros, considerando as especificidades de cada gênero; BECHARA, E. Gramática escolar da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Lucena, CEREJA, W.; MAGALHÂES, T. Textos e interação: uma proposta de produção textual a partir de gêneros e projetos. São Paulo: Atual, HOUAISS, A; VILLAR, M. de S. Minidicionário Houaiss da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva, INFANTE, U. Do texto ao texto: curso prático de leitura e redação. 5. ed. São Paulo: Scipione, SAVIOLI, F. P.; FIORIN, J.L. Lições de texto. São Paulo: Àtica, DROGAS: CLASSIFICAÇÃO E EFEITOS NO ORGANISMO. 1. Classificação das drogas/ Drogas depressoras da atividade mental 1.1. Álcool 1.2. Barbitúricos 1.3. Benzodiazepínicos 1.4. Opióides 1.5. Solventes ou inalantes 2. Drogas estimulantes da atividade mental 2.1 Anfetaminas 2.2 Cocaína 3. Drogas perturbadoras da atividade mental 3.1 Maconha 3.2 Alucinógenos 3.3 Dietilamida do Ácido Lisérgico 3.4 Ecstasy (3,4-metileno-dioxi-metanfetamina ou MDMA) 3.5 Anticolinérgicos 3.6 Tabaco 3.7 Cafeína 3.8 Esteróides anabolizantes ADIALA, J. C. O problema da maconha no Brasil. Rio de Janeiro: IUERJ, AMÉLIA, C. e COSTA, A. M. Droga: a fina flor do crime. s.d.

4 ANDRADE, A. G. et alii (editores). Drogas: atualização em prevenção e tratamento. São Paulo: Edições Loyola, s.d. ANDRADE, T. M. "A pessoa do usuário de drogas intravenosas" in: MESQUITA, F. e BASTOS, F. I. (org.). Drogas e AIDS: estratégias de redução de danos. São Paulo: Hucitec, BERGERET, J. e LEBLANC, J. Toxicomanias: uma visão multidisciplinar. Porto Alegre: Artes Médicas, BUCHER, R. Drogas e drogadição no Brasil. Porto Alegre: Artes Médicas, BUCHER, R. Drogas: o que é preciso saber para prevenir. São Paulo: FUSSESP, SOLOMONS, T.W. Graham Química Orgânica 1, LTC Livros Técnicos e Científicos Editora EXPERIMENTAÇÃO, USO, ABUSO E DEPENDÊNCIA DE DROGAS 1. A conceituação da Síndrome da Dependência do Álcool como importante passo rumo às abordagens modernas. 2. Padrões de consumo de drogas / Uso de drogas / Abuso de drogas. 3. Dependência / Comparação entre os critérios para dependência da DSM-IV e CID-10. BUCHER, R. Qualidade de vida e consumo de drogas. Ceará: Mimeo, CARLINI-COTRIM, B.; GALDURÓZ, J. C. F.; NOTO, A. R. e PINSKY, I. "A mídia na fabricação do pânico: um estudo no Brasil" in: Comunicação&política, n.s., v. 1, n.2, pp CARLINI-COTRIM, B. e PINSKY, I. Prevenção ao abuso de drogas na escola: uma revisão da literatura internacional recente. Cadernos de Pesquisa, São Paulo (69): 48-52, maio de CARLINI, E. A.; CARLINI-COTRIM, B. e FILHO, A. R. S. Sugestões para programas de prevenção ao abuso de drogas no Brasil. São Paulo: CEBRID/ EPM, s.d. CARLINI, E. A. et alii. Consumo de drogas psicotrópicas no Brasil, em Brasília: Ministério da Saúde/Ministério da Justiça, 1989 (Serie C. Estudos e Projetos, 5). SOLOMONS, T.W. Graham Química Orgânica 1, LTC Livros Técnicos e Científicos Editora ASPECTOS SOCIOCULTURAIS RELACIONADOS AO USO DE ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS LICITAS E ILÍCITAS. 1. Uma abordagem histórica na relação homem/ drogas / O quadro contemporâneo. 2. A cultura moderna e o papel das drogas papel da família, culturas e religiões / Tradições e usos distintos. 4. A cultura comunitária e possíveis projetos de prevenção. CARLINI, E. A. et alii. II Levantamento Nacional sobre o Uso de Psicotrópicos em Estudantes de 1º e 2º graus São Paulo: CEBRID/EPM, CARLINI, E. A. et alii. III Levantamento sobre o Uso de Drogas entre Estudantes de 1º e 2º graus em 10 Capitais Brasileiras São Paulo: CEBRID/EPM, CEBRID. Jogo de folhetos explicativos sobre drogas psicotrópicas. São Paulo: CEBRID/EPM, s. d.

5 CENTRO DE INTEGRAÇÃO DA CIDADANIA; CONSELHO ESTADUAL DE DEFESA DA PESSOA HUMANA e CENTRO DE EDUCAÇÃO COMUNITÁRIA PARA O TRABALHO (SENAC-SP). Guia Cidadania e Comunidade. São Paulo, CONSELHO ESTADUAL DE ENTORPECENTES DE SÃO PAULO. Comissão Avaliadora do Programa Educacional de Resistência às Drogas (PROERD) - Parecer Final do Conselho Estadual de Entorpecentes do Estado de São Paulo. São Paulo: Mimeo, 06 de junho de CONSELHO ESTADUAL DE ENTORPECENTES DE SÃO PAULO. Manifestação do CONEN- SP para o I Fórum da Secretaria Nacional Antidrogas. São Paulo: Mimeo, novembro de CONSELHO ESTADUAL DE ENTORPECENTES DE SÃO PAULO. Proposta de ações para uma política pública estadual sobre drogas/violência urbana. São Paulo: Mimeo, 06 de novembro de (versão corrigida em 12/04/2002). SOLOMONS, T.W. Graham Química Orgânica (v. 1 e 2), LTC Livros Técnicos e Científicos Editora PREVENÇÃO: NOVAS FORMAS DE ENFRENTAR O PROBLEMA. 1. O conceito de prevenção. 2. Os múltiplos fatores que levam às drogas. 3. Fatores familiares / Fatores Escolares / Fatores Sociais. 4. Os dependentes e sua possibilidade de recuperação. BUCHER, R. Drogas: o que é preciso saber para prevenir. São Paulo: FUSSESP, COORDENAÇÃO DE SAÚDE MENTAL. Normas e procedimentos na abordagem do abuso de drogas. Brasília: Ministério da Saúde (Secretaria Nacional de Assistência à Saúde/Departamento de Programas de Saúde), EVANGELISTA, R. e NORITOMI, R. T. Reflexões sobre as representações dos técnicos desportivos acerca das drogas. São Paulo: Mimeo, (Pesquisa elaborada no Centro de Estudos do IMESC) EVANGELISTA, R. e col. Apresentação de programas de estágios em Psicologia Clinica Preventiva nas instituições e nos diferentes grupos sociais. São Paulo: Mimeo, SOLOMONS, T.W. GRAHAM Química Orgânica 1, LTC Livros Técnicos e Científicos Editora REDES SOCIAIS, E GRUPOS DE APOIO. 1. Características a serem identificadas e desenvolvidas no trabalho em rede. 2. As Redes Sociais e a prevenção do uso de drogas. 3. Experiências de trabalho em rede / Terapia Comunitária. 4. Conhecendo outros Projetos de trabalho em Rede. BUCHER, R. (org.) Prevenção ao uso indevido de drogas (v. 1 e 2). Brasília: UNB, EVANGELISTA, R. As representações da assistência psicológica e do psicólogo no imaginário das sentenciadas da penitenciária feminina. São Paulo: Mimeo, 1993 (Tese de mestrado em Psicologia Clinica/USP). FERNANDEZ, O. F. R. L. A epidemia clandestina: AIDS e usuários de drogas endovenosas em São Paulo. São Paulo: Mimeo, 1993 (Tese de mestrado em Ciências Sociais/PUC-SP). FUNDO SOCIAL DE SOLIDARIEDADE DO ESTADO DE SÃO PAULO. Programa Permanente de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas: ações preventivas. São Paulo: FUSSESP, 1993.

6 FUNDO SOCIAL DE SOLIDARIEDADE DO ESTADO DE SÃO PAULO. A vida é uma conquista: manual de orientação. São Paulo: FDE, GRECO FILHO, V. Tóxicos: prevenção-repressão. São Paulo: Saraiva, HOCHGRAF, P. B. Prevenção ao uso indevido de drogas. Texto apresentado no Encontro PROAD/IMESC de prevenção ao uso indevido de drogas. São Paulo: Mimeo, SOLOMONS, T.W. GRAHAM Química Orgânica 1, LTC Livros Técnicos e Científicos Editora TRATAMENTO, ENCAMINHAMENTO AOS CENTROS DE TRATAMENTO CLÍNICO E GRUPOS DE APOIO. 1. Definições de objetivos de um tratamento para dependência química. 2. Abstinência do uso de substâncias psicoativas. 3. Melhorar a qualidade de vida. 4. Prevenção de recaídas. 5. Quem precisa de tratamento. 6. Como escolher o tratamento / As várias formas de tratamento. 7. Tratamentos farmacológicos. 8. Tratamentos psicossociais. 8.1Entrevista Motivacional 8.2Aconselhamento 8.3Intervenção Breve 8.4Terapia Cognítívo Comportamental (TCC) e Prevenção de Recaída 8.5Terapia de Grupo 8.6Terapia de família MACRAE, E. Guiado pela Lua - o controle social do uso da ayahuasca no culto do Santo Daime. São Paulo: Mimeo, s.d. (Relatório de pesquisa CNPq-FAPESP/ IMESC). MASUR, J. O que é toxicomania. São Paulo: Brasiliense, MASUR, J. e CARLINI, E. A. Drogas: subsídios para uma discussão. São Paulo: Brasiliense, MASUR, J. e CARLINI, E. A."Cigarro, álcool, maconha, cocaína, heroína: qual a pior?" in: MASUR, J. e CARLINI, E. A. Drogas: subsídios para uma discussão. São Paulo: Brasiliense, NOVO DICIONÁRIO AURÉLIO. 2ª edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, O'HARE, P. "Redução de danos: alguns princípios e a ação prática" in: MESQUITA, F. e BASTOS, F. I. (org.). Drogas e AIDS: estratégias de redução de danos. São Paulo: Hucitec, OLIEVENSTEIN, C. A droga. São Paulo: Brasiliense, PAIVA, V. (org.) Em tempos de AIDS. São Paulo: Summus, SOLOMONS, T.W. GRAHAM Química Orgânica 1, LTC Livros Técnicos e Científicos Editora AMBULATÓRIO DE DEPENDÊNCIA QUÍMICA 1. A síndrome de dependência tem severidade variável. 2. Recaída. 3. O engajamento do paciente. 4. A genética da dependência. 5 Ajustamento social e familiar.

7 ADIALA, J. C. O problema da maconha no Brasil. Rio de Janeiro: IUERJ, AMÉLIA, C. e COSTA, A. M. Droga: a fina flor do crime. s.d. ANDRADE, A. G. et alii (editores). Drogas: atualização em prevenção e tratamento. São Paulo: Edições Loyola, s.d. ANDRADE, T. M. "A pessoa do usuário de drogas intravenosas" in: MESQUITA,F. e BASTOS, F. I. (org.). Drogas e AIDS: estratégias de redução de danos. São Paulo: Hucitec, BERGERET, J. e LEBLANC, J. Toxicomanias: uma visão multidisciplinar. Porto Alegre: Artes Médicas, BUCHER, R. Drogas e drogadição no Brasil. Porto Alegre: Artes Médicas, BUCHER, R. Drogas: o que é preciso saber para prevenir. São Paulo: FUSSESP, SOLOMONS, T.W. GRAHAM Química Orgânica 1, LTC Livros Técnicos e Científicos Editora PREVENÇÃO E DIFUSÃO DO CONHECIMENTOS A CERCA DO PRIMEIRO CONTATO COM AS DROGAS 1. Cultura da farmácia caseira. 2. Drogas em ambientes escolares. 3. Drogas em ambientes universitários. 4. Riscos associados a compra e venda de drogas PLUCIENNIK, T. I. "Medo e preconceito" in: PAIVA, V. (org.) Em tempos de AIDS. São Paulo: Summus, RICHARD, Denis e SENON, Jean-Louis. Dictionnaire des drogues, destoxicomanies et des dépendances. Editions Larousse. ROCHA, L. C. Tóxicos. São Paulo: Saraiva, ROSEMBERG, J. Tabagismo. São Paulo: Almed-USP, SÁ, D. B. S. Projeto para uma nova política de drogas no país in: ZALUAR, Alba (org.) Drogas e Cidadania: repressão ou redução de riscos. São Paulo: Brasiliense, SANCHES, A. M. O indivíduo, a família e a sociedade. São Paulo: EPU, SEIBEL, S. D. e JUNIOR, A. T. (editores). Dependência de drogas. São Paulo: Atheneu, SILVEIRA, D. X. Prevenção do uso indevido de drogas. Texto apresentado no Encontro PROAD/IMESC de prevenção ao uso indevido de drogas. São Paulo: Mimeo, TSU, T. M. J. A. Vício e loucura: estudo de representações sociais de escolares sobre doença mental através do uso do procedimento de desenhos-estórias com tema. Boletim de Psicologia, 41 (94/95): 47-45, ZALUAR, A. (org.) Drogas e Cidadania: repressão ou redução de riscos. São Paulo: Brasiliense, ZOJA, L. Nascer não basta. São Paulo: Axis Mundi, DAS INSCRIÇÕES 3.1 Serão indeferidas as inscrições para: bolsistas que ocupem a função de Orientador dos Cursos do PRONATEC bolsistas que ocupem mais do que 02 (duas) funções concomitantemente. 3.2 Serão deferidas as inscrições para profissionais que cumpram todas as condições gerais e específicas descritas abaixo:

8 3.2.1 Ser servidor do quadro efetivo do IFSUL; Ter título Superior em Psicologia ou enfermagem ou Ciências biológicas ou química ou Medicina, ou em áreas afins relacionadas com as disciplinas propostas pelo Edital em curso reconhecido pelo MEC; Cumprir o estabelecido na RESOLUÇÃO FNDE 044, de 29 de dezembro de 2006, e a Lei , de 06 de fevereiro de 2006 (Lei de bolsas); Cumprir o estabelecido na RESOLUÇÃO CD/FNDE Nº 4 DE 16 DE MARÇO DE Período das inscrições: 30 de Junho de Local das inscrições: No setor de Recursos Humanos no Campus Sapucaia do Sul situado na Av. Copacabana, n 100 Sapucaia do Sul/RS 3.5 Horário das inscrições: 8 horas às 12 horas e das 13 horas e 30 minutos às 17 horas; 3.6 No ato da inscrição, o candidato deverá entregar cópia acompanhada de seus originais (ou autenticada), dos seguintes documentos: Ficha de inscrição preenchida, em formato DOC, disponível em e nos murais da instituição; Cópia da cédula de identidade; Cópia do CPF; Cópia do Diploma; (uma) fotografia 3x4cm; e Curriculum Vitae atualizado com os documentos comprobatórios. 3.7 Tornam-se sem nenhum efeito as atividades que constem do Curriculum Vitae e que não forem devidamente comprovadas. 3.8 Caso não ocorram inscrições no período previsto no item 3.3 deste Edital, o novo prazo será reaberto e posteriormente será lançado um Edital Externo. 4. HOMOLOGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES Serão divulgadas as inscrições homologadas no endereço eletrônico no dia 30/06/ ATRIBUIÇÕES De acordo com o Art. 13 da RESOLUÇÃO CD/FNDE Nº 4 DE 16 DE MARÇO DE 2012, são atribuições dos bolsistas no âmbito da Bolsa-Formação do PRONATEC na função de professor: a) Planejar as aulas e atividades didáticas e ministrá-las aos beneficiários da Bolsa- Formação; b) Adequar a oferta dos cursos às necessidades específicas do público-alvo; c) Registrar no SISTEC a frequência e o desempenho acadêmico dos estudantes; d) Adequar conteúdos, materiais didáticos, mídias e bibliografia às necessidades dos estudantes; e) Elaborar e disponibilizar apostila no primeiro dia de aula; f) Propiciar espaço de acolhimento e debate com os estudantes; g) Avaliar o desempenho dos estudantes; e h) Participar dos encontros de coordenação promovidos pelos coordenadores geral e adjunto. 6. REMUNERAÇÃO E REGIME DE TRABALHO 6.1. Deve ser observado o constante no Art. 14 da RESOLUÇÃO CD/FNDE Nº 4 DE 16 DE MARÇO DE 2012.

9 Art. 14 A concessão de bolsas aos profissionais envolvidos na oferta de cursos da Bolsa- Formação do PRONATEC dar-se-á conforme o estabelecido pelo art. 9º da Lei nº / O regime de trabalho do professor será de no máximo 16 horas (de 60 minutos) semanais; 6.3 O professor receberá R$ 50,00 (cinquenta reais) por hora (60 minutos) de aula, em conformidade com a(s) carga(s) horária(s) do(s) curso(s), durante o período em que estiver atuando nos cursos vigentes do seu campus, de acordo com o Art. 15 da RESOLUÇÃO CD/FNDE Nº 4 DE 16 DE MARÇO DE SELEÇÃO 7.1 O processo seletivo constará de dois tipos de provas: Títulos e Entrevista O processo seletivo será assim conduzido: - Prova de Títulos a qual é classificatória; - Prova de Entrevista: serão selecionados os 05 (cinco) primeiros classificados; A prova de entrevista será realizada na Sala do Pronatec, conforme a tabela abaixo: DATA HORÁRIO 01/07/2014 a partir das 15h00min Pesos Prova de Títulos tem peso 8,0 (oito) e a Prova de Entrevista tem peso 2,0 (dois); 7.2 Para a prova de títulos o método de cálculo será assim realizado: Ao candidato será atribuída uma nota de 0 (zero) a 80 (oitenta) pontos mediante Análise do currículo, com pontuação constituída segundo os critérios abaixo: Item Pontos Valor Máximo Cursos de pós-graduação na área conforme item Cursos de graduação na área conforme item Outros cursos de graduação nas áreas afins item Cursos de Capacitação na área conforme itens 3.1: entre 20 (vinte) e 40 (quarenta) horas de duração 1 por curso 10 Cursos de Capacitação na área conforme itens 3.1: acima de 40 (quarenta) horas de duração 1 por curso 10 Experiência profissional como professor 2 por ano 20 TOTAL Para a Prova de Entrevista o método de cálculo será assim realizado: A Prova de Entrevista será composta de perguntas objetivas sobre o Programa PRONATEC (40%) e sobre a disciplina específica (60%) da seleção. 8. DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE No caso de empate será classificado em primeiro o candidato que comprovar mais tempo de exercício na função no IFSul. Ao persistir o empate, prevalecerá o candidato com idade superior ao concorrente. 9. DA DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS A divulgação dos resultados será realizada na página do IFSul - a partir do dia 05/07/2014.

10 10. DOS RECURSOS Os recursos referentes ao resultado do processo seletivo deverão ser encaminhados em um prazo de até 24 horas após o horário previsto para sua divulgação. 11. DA HOMOLOGAÇÃO DOS RESULTADOS A homologação dos resultados se dará 48 horas após o horário previsto para a sua divulgação, analisados os recursos pela Coordenação Adjunta do PRONATEC deste Campus. 12. DA VALIDADE DO PROCESSO SELETIVO O resultado do processo seletivo simplificado será válido até 31/12/2014, podendo ser prorrogável por 12 (doze) meses. 13. DISPOSIÇÕES GERAIS 13.1 Surgindo novas vagas durante o período de validade da presente seleção para o mesmo encargo, os candidatos aprovados poderão ser reaproveitados, observada a ordem de classificação, a carga horária máxima de dedicação ao Programa e as demais exigências normativas e constantes neste Edital; 13.2 Toda documentação (Termo de Compromisso e Autorização da PROGEP) dos candidatos selecionados deverá ser encaminhada ao setor do PRONATEC, situado junto à Pró-reitoria de Extensão do IFSUL, sob pena do não recebimento da bolsa; 13.3 Eventuais mudanças neste Edital serão realizadas através de ERRATAS; 13.4 Não serão aceitas as inscrições que forem encaminhadas fora do prazo e em lugar diferente do especificado neste Edital; 13.5 Casos omissos serão julgados pela Comissão de Seleção, que será presidida pelo Coordenador Adjunto do PRONATEC Campus/IFSul. Vinícius Martins Coordenador Adjunto do PRONATEC IFSul Campus Sapucaia do Sul Miguel Felberg Coordenador Geral do PRONATEC IFSul-rio-grandense

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Sapucaia do Sul

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Sapucaia do Sul Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Sapucaia do Sul EDITAL n 04/ 2014 - SELEÇÃO INTERNA TEMPORÁRIA DE PROFESSORES O Instituto Federal Sul-rio-grandense

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Sapucaia do Sul

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Sapucaia do Sul Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Sapucaia do Sul EDITAL n 12/ 2014 - SELEÇÃO INTERNA TEMPORÁRIA DE PROFESSORES O Instituto Federal Sul-rio-grandense

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Sapucaia do Sul

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Sapucaia do Sul Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Sapucaia do Sul EDITAL n 69/ 2014 - SELEÇÃO EXTERNA TEMPORÁRIA DE PROFESSORES O Instituto Federal Sul-rio-grandense

Leia mais

CURSO DE CUIDADOR DE IDOSO EM PASSO FUNDO COMPONENTE CURRICULAR CARGA HORÁRIA VAGAS Nutrição do Idoso 12h 01 Psicologia do Idoso 12h 01

CURSO DE CUIDADOR DE IDOSO EM PASSO FUNDO COMPONENTE CURRICULAR CARGA HORÁRIA VAGAS Nutrição do Idoso 12h 01 Psicologia do Idoso 12h 01 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA SIMPLIFICADA

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA SIMPLIFICADA DE BOLSISTAS DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E AO EMPREGO (PRONATEC)

PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA SIMPLIFICADA DE BOLSISTAS DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E AO EMPREGO (PRONATEC) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA SIMPLIFICADA

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Sapucaia do Sul

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Sapucaia do Sul Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Sapucaia do Sul EDITAL n 39/ 2014 - SELEÇÃO EXTERNA TEMPORÁRIA DE PROFESSORES O Instituto Federal Sul-rio-grandense

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO INTERNA SIMPLIFICADA DE BOLSISTAS DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E AO EMPREGO (PRONATEC)

PROCESSO DE SELEÇÃO INTERNA SIMPLIFICADA DE BOLSISTAS DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E AO EMPREGO (PRONATEC) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROCESSO DE SELEÇÃO INTERNA SIMPLIFICADA

Leia mais

Educação Física do Idoso 16h 1

Educação Física do Idoso 16h 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA SIMPLIFICADA

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Sapucaia do Sul

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Sapucaia do Sul Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Sapucaia do Sul EDITAL n 41/ 2014 - SELEÇÃO EXTERNA TEMPORÁRIA DE PROFESSORES O Instituto Federal Sul-rio-grandense

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE ACONSELHADOR EM DEPENDÊNCIA QUÍMICA

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE ACONSELHADOR EM DEPENDÊNCIA QUÍMICA Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE ACONSELHADOR EM DEPENDÊNCIA QUÍMICA

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO INTERNA SIMPLIFICADA DE BOLSISTAS DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E AO EMPREGO (PRONATEC)

PROCESSO DE SELEÇÃO INTERNA SIMPLIFICADA DE BOLSISTAS DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E AO EMPREGO (PRONATEC) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROCESSO DE SELEÇÃO INTERNA SIMPLIFICADA

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Passo Fundo

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Passo Fundo Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Passo Fundo EDITAL n 17/2014 - SELEÇÃO INTERNA TEMPORÁRIA DE PROFESSORES O Instituto Federal Sul-rio-grandense

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO INTERNA SIMPLIFICADA DE BOLSISTAS DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E AO EMPREGO (PRONATEC)

PROCESSO DE SELEÇÃO INTERNA SIMPLIFICADA DE BOLSISTAS DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E AO EMPREGO (PRONATEC) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROCESSO DE SELEÇÃO INTERNA SIMPLIFICADA

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Sapucaia do Sul

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Sapucaia do Sul Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Sapucaia do Sul EDITAL n 42/ 2014 - SELEÇÃO EXTERNA TEMPORÁRIA DE PROFESSORES O Instituto Federal Sul-rio-grandense

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO INTERNA SIMPLIFICADA DE BOLSISTAS DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E AO EMPREGO (PRONATEC)

PROCESSO DE SELEÇÃO INTERNA SIMPLIFICADA DE BOLSISTAS DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E AO EMPREGO (PRONATEC) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROCESSO DE SELEÇÃO INTERNA SIMPLIFICADA

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA SIMPLIFICADA DE BOLSISTAS DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E AO EMPREGO (PRONATEC)

PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA SIMPLIFICADA DE BOLSISTAS DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E AO EMPREGO (PRONATEC) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA SIMPLIFICADA

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA SIMPLIFICADA DE BOLSISTAS DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E AO EMPREGO (PRONATEC)

PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA SIMPLIFICADA DE BOLSISTAS DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E AO EMPREGO (PRONATEC) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA SIMPLIFICADA

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA SIMPLIFICADA DE BOLSISTAS DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E AO EMPREGO (PRONATEC)

PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA SIMPLIFICADA DE BOLSISTAS DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E AO EMPREGO (PRONATEC) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA SIMPLIFICADA

Leia mais

COORDENADORIA DE EXTENSÃO. Edital Nº 015/2013

COORDENADORIA DE EXTENSÃO. Edital Nº 015/2013 COORDENADORIA DE EXTENSÃO Edital Nº 015/2013 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA A SELEÇÃO DE BOLSISTA, NA MODALIDADE DOCENTE PARA O CURSO DE ESPANHOL APLICADO AO TURISMO PARA ATUAR NO PROGRAMA NACIONAL

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO INTERNA SIMPLIFICADA DE BOLSISTAS DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E AO EMPREGO (PRONATEC)

PROCESSO DE SELEÇÃO INTERNA SIMPLIFICADA DE BOLSISTAS DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E AO EMPREGO (PRONATEC) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROCESSO DE SELEÇÃO INTERNA SIMPLIFICADA

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE CAPES / UAB / MÍDIAS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE CAPES / UAB / MÍDIAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE CAPES / UAB / MÍDIAS EDITAL - Nº 016/2013 SELEÇÃO PARA TUTOR DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MÍDIAS DA EDUCAÇÂO

Leia mais

Projeto Pedagógico do Curso de Formação Inicial e Continuada ou Qualificação Profissional em. Aconselhador em Dependência Química

Projeto Pedagógico do Curso de Formação Inicial e Continuada ou Qualificação Profissional em. Aconselhador em Dependência Química Projeto Pedagógico do Curso de Formação Inicial e Continuada ou Qualificação Profissional em Aconselhador em Dependência Química na modalidade presencial Projeto Pedagógico do Curso de Formação Inicial

Leia mais

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO Nº 05, DE 08 DE MARÇO DE 2012.

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO Nº 05, DE 08 DE MARÇO DE 2012. SELEÇÃO SIMPLIFICADA DE SERVIDORES ATIVOS E INATIVOS DO IFMA PARA ATUAREM COMO PROFESSORES NOS CURSOS DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO - PRONATEC O Diretor Pró-Tempore do Instituto

Leia mais

ELETRICISTA INSTALADOR PREDIAL DE BAIXA TENSÃO

ELETRICISTA INSTALADOR PREDIAL DE BAIXA TENSÃO O Diretor Geral Pró-Tempore do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão Campus Pinheiro, no uso de suas atribuições, torna público que estarão abertas nos dias 15, 16, 17, 23, 24

Leia mais

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 84, DE 23 DE JULHO DE

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 84, DE 23 DE JULHO DE O Diretor Geral do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão Campus São Luís Centro Histórico, no uso de suas atribuições, torna público que estarão abertas no período de 24/07/2014

Leia mais

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 50, DE 27 DE AGOSTO DE

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 50, DE 27 DE AGOSTO DE O Diretor Geral Pró-Tempore do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão Campus São Luís Centro Histórico, no uso de suas atribuições, torna público que estarão abertas no período

Leia mais

EDITAL Nº 01/2015, DE 15 DE ABRIL DE

EDITAL Nº 01/2015, DE 15 DE ABRIL DE Edital nº 01, de 15 de abril de 2015, da Universidade Federal de Pelotas UFPEL, referente ao processo seletivo simplificado, para a função temporária de TUTOR PRESENCIAL para atuar no Curso de Especialização

Leia mais

EDITAL Nº 11/2015 DIRETORIA DE EXTENSÃO IF SUDESTE MG CÂMPUS RIO POMBA

EDITAL Nº 11/2015 DIRETORIA DE EXTENSÃO IF SUDESTE MG CÂMPUS RIO POMBA EDITAL Nº 11/2015 DIRETORIA DE EXTENSÃO IF SUDESTE MG CÂMPUS RIO POMBA Dispõe sobre o Processo de Seleção Simplificada com vistas à seleção de bolsistas para atuarem na ação do Programa Bolsaformação do

Leia mais

Universidade Federal de Pelotas Coordenação Universidade Aberta do Brasil Curso de Letras-Espanhol a Distância

Universidade Federal de Pelotas Coordenação Universidade Aberta do Brasil Curso de Letras-Espanhol a Distância Edital nº 09, de 24 de setembro de 2014, da Universidade Federal de Pelotas UFPEL, referente ao processo seletivo simplificado, para a função temporária de TUTOR PRESENCIAL para atuar no Curso de Letras-Espanhol

Leia mais

EDITAL DEAD - Nº 01/2015 - SELEÇÃO DE TUTOR PRESENCIAL - REDE e-tec

EDITAL DEAD - Nº 01/2015 - SELEÇÃO DE TUTOR PRESENCIAL - REDE e-tec MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SETEC REDE e-tec Brasil INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE CÂMPUS PELOTAS - VISCONDE DA GRAÇA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - DEAD EDITAL

Leia mais

EDITAL INSTITUCIONAL N 10, DE 30 DE JANEIRO DE 2013.

EDITAL INSTITUCIONAL N 10, DE 30 DE JANEIRO DE 2013. EDITAL INSTITUCIONAL N 10, DE 30 DE JANEIRO DE 2013. SELEÇÃO SIMPLIFICADA DE SERVIDORES ATIVOS E INATIVOS DO IFMA PARA ATUAREM COMO PROFESSORES NOS CURSOS DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO

Leia mais

/2012 - PROEN/DEAD/PROFUNCIONÁRIO

/2012 - PROEN/DEAD/PROFUNCIONÁRIO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SERGIPE EDITAL Nº. 03 /2012 - PROEN/DEAD/PROFUNCIONÁRIO SELEÇÃO SIMPLIFICADA

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Edital nº 09, de 22 de julho de 2014 Edital nº 09, de 22 de julho de 2014, da Universidade Federal de Pelotas UFPEL, referente ao processo seletivo simplificado, para a função temporária de TUTOR PRESENCIAL

Leia mais

EDITAL 01/2013 1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

EDITAL 01/2013 1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES MEC SETEC PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO

Leia mais

Universidade Federal de Pelotas Coordenação Universidade Aberta do Brasil Curso de Licenciatura em Filosofia a Distância

Universidade Federal de Pelotas Coordenação Universidade Aberta do Brasil Curso de Licenciatura em Filosofia a Distância Edital nº 02, de 13 de JANEIRO de 201, da Universidade Federal de Pelotas UFPEL, referente ao processo seletivo simplificado, para a função temporária de TUTOR A DISTÂNCIA para atuar no Curso de Licenciatura

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROGRAMA DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO - PRONATEC EDITAL Nº 021/2012 CAMPUS JIPARANÁ

Leia mais

EDITAL Nº 224, DE 24 DE SETEMBRO DE 2013

EDITAL Nº 224, DE 24 DE SETEMBRO DE 2013 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL Nº 224, DE 24 DE SETEMBRO

Leia mais

Edital EXTERNO nº 23/2014

Edital EXTERNO nº 23/2014 Edital EXTERNO nº 23/2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA A SELEÇÃO DE BOLSISTAS, NA MODALIDADE DOCENTE E SUPERVISOR DE CURSO PARA UNIDADE REMOTA EM SÃO JOAQUIM DA BARRA-SP O Campus Barretos do Instituto

Leia mais

Resolução N 0 06/2010 Edital de Ingresso 1º Semestre de 2011

Resolução N 0 06/2010 Edital de Ingresso 1º Semestre de 2011 Universidade Federal de Campina grande CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA UNIDADE ACADÊMICA DE ENGENHARIA QUÍMICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO Resolução N 0 06/2010 Edital de Ingresso 1º Semestre de 2011 O Colegiado

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO O Reitor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, no uso de

Leia mais

EDITAL Nº 98, DE 29 DE MAIO DE 2013

EDITAL Nº 98, DE 29 DE MAIO DE 2013 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL Nº 98, DE 29 DE MAIO DE

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO O Reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, IFRJ, no uso de suas atribuições legais, em consonância com a lei nº 12.513 de 26 de outubro de 2011, alterada pela lei

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO EDITAL Nº 03/2015

PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO EDITAL Nº 03/2015 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE ESCOLA DE SAÚDE (Antiga Escola de Enfermagem de Natal da Universidade Federal do Rio Grande do Norte) PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO

Leia mais

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 03, DE 03 DE JULHO DE 2015.

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 03, DE 03 DE JULHO DE 2015. O Diretor Geral do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão Campus Imperatriz-MA, no uso de suas atribuições, torna público que estarão abertas no período de 01/07/2015 a 22/07/2015

Leia mais

EDITAL Nº 127, DE 21 DE JUNHO DE 2013

EDITAL Nº 127, DE 21 DE JUNHO DE 2013 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL Nº 127, DE 21 DE JUNHO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO IFMA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E RELAÇÕES INSTITUCIONAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO IFMA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E RELAÇÕES INSTITUCIONAIS EDITAL N 03, DE 07 DE MARÇO DE 2012. SELEÇÃO SIMPLIFICADA DE SERVIDORES PARA ATUAREM NO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TECNICO E EMPREGO - PRONATEC A Diretora Pró-Tempore do Instituto Federal de

Leia mais

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO Nº 03/2014 PRONATEC CTF/UFPI

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO Nº 03/2014 PRONATEC CTF/UFPI SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ COLÉGIO TÉCNICO DE FLORIANO EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO Nº 03/2014 PRONATEC CTF/UFPI Floriano (PI), 06 de Março de 2014.

Leia mais

EDITAL PRONATEC/FASCS

EDITAL PRONATEC/FASCS EDITAL PRONATEC/FASCS A Fundação das Artes de São Caetano do Sul e o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, no uso da competência que lhe a lei, e considerando a Lei Federal n.º 12.513/2011;

Leia mais

1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CAMPUS SÃO LUÍS CENTRO HISTÓRICO SELEÇÃO SIMPLIFICADA DE SERVIDORES ATIVOS E INATIVOS DO IFMA PARA ATUAREM NO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO - O Diretor

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Seleção de Bolsista Tutor para os Cursos de Especialização em Educação Especial

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Seleção de Bolsista Tutor para os Cursos de Especialização em Educação Especial UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Seleção de Bolsista Tutor para os Cursos de Especialização em Educação Especial A Reitora da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO,

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO EDITAL CONVÊNIO FNDE 400166/2010 UNESP/2014 PROCESSO SELETIVO DE BOLSISTAS UAB/CAPES TUTORIA A DISTÂNCIA A Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, participante do programa de formação a

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO CAMPUS PORTO VELHO ZONA NORTE

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO CAMPUS PORTO VELHO ZONA NORTE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO CAMPUS PORTO VELHO ZONA NORTE PROGRAMA DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO - PRONATEC EDITAL

Leia mais

EDITAL CEAD/UDESC Nº 019/2013 - PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO. PARA SELEÇÃO DE PROFESSOR PESQUISADOR I e II

EDITAL CEAD/UDESC Nº 019/2013 - PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO. PARA SELEÇÃO DE PROFESSOR PESQUISADOR I e II EDITAL CEAD/UDESC Nº 09/203 - PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA SELEÇÃO DE PROFESSOR PESQUISADOR I e II O Diretor Geral do CEAD - Centro de Educação a Distância da UDESC -, professor Marcus Tomasi, no

Leia mais

Serviço Público Federal Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão IFMA Diretoria de Educação a Distância

Serviço Público Federal Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão IFMA Diretoria de Educação a Distância Serviço Público Federal Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão IFMA Diretoria de Educação a Distância Edital n 05/2011 DEAD / IFMA Seleção Simplificada de

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA. EDITAL Nº 017 /2015, de 14 de abril de 2015

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA. EDITAL Nº 017 /2015, de 14 de abril de 2015 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA EDITAL Nº 017 /2015, de 14 de abril de 2015 O Diretor-Geral do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow

Leia mais

Programa de Treinamento Médico em Oftalmologia - DayHORC

Programa de Treinamento Médico em Oftalmologia - DayHORC PROCESSO SELETIVO 2015 Programa de Treinamento Médico em Oftalmologia - DayHORC O DayHORC, através de sua Comissão do Programa de Treinamento Médico em Oftalmologia (CPTMO/DayHORC), no uso de suas atribuições,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PROGRAMA INGLÊS SEM FRONTEIRAS NÚCLEO DE LÍNGUAS - NucLi EDITAL Nº 03, DE 13 DE OUTUBRO DE 2014

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PROGRAMA INGLÊS SEM FRONTEIRAS NÚCLEO DE LÍNGUAS - NucLi EDITAL Nº 03, DE 13 DE OUTUBRO DE 2014 EDITAL Nº 03, DE 13 DE OUTUBRO DE 2014 Edital nº 03, de 13 de outubro de 2014, da Universidade Federal de Pelotas UFPEL, referente ao processo seletivo simplificado para a função de PROFESSOR BOLSISTA

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO O Reitor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, no uso de

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL EDITAL DE SELEÇÃO DE TUTORES CHAMADA PÚBLICA N 001/2015.

SUPERINTENDÊNCIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL EDITAL DE SELEÇÃO DE TUTORES CHAMADA PÚBLICA N 001/2015. SUPERINTENDÊNCIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL EDITAL DE SELEÇÃO DE TUTORES CHAMADA PÚBLICA N 001/2015. 1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Estabelece as normas do processo

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO COLÉGIO AGRÍCOLA DOM AGOSTINHO IKAS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO COLÉGIO AGRÍCOLA DOM AGOSTINHO IKAS COLÉGIO AGRÍCOLA DOM AGOSTINHO IKAS EDITAL DE SELEÇÃO SIMPLIFICADA CODAI/UFRPE/PRONATEC Nº 012/2015 SELEÇÃO SIMPLIFICADA PARA FORMAÇÃO DE QUADRO DE RESERVA DE BOLSISTAS PARA A FUNÇÃO DE PROFESSOR DO PROGRAMA

Leia mais

EDITAL Nº 22, DE 21 DE MARÇO DE 2014

EDITAL Nº 22, DE 21 DE MARÇO DE 2014 EDITAL Nº 22, DE 21 DE MARÇO DE 2014 EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFISSIONAIS DE APOIO ÀS ATIVIDADES ADMINISTRATIVAS QUE SEJAM SERVIDORES ATIVOS E INATIVOS DA REDE FEDERAL QUE

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO 03-2015

EDITAL DE SELEÇÃO 03-2015 EDITAL DE SELEÇÃO 03-2015 Estabelece as normas e condições para o Processo Seletivo nos Cursos de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Solos e Qualidade de Ecossistemas da UFRB, para ingresso no semestre

Leia mais

EDITAL Nº. 002/2011/UAB/UFPEL/MÍDIAS

EDITAL Nº. 002/2011/UAB/UFPEL/MÍDIAS A Universidade Federal de Pelotas UFPEL torna pública, a abertura das inscrições e as normas que regerão o processo seletivo para formação de cadastro de reserva de BOLSISTAS que atuarão como TUTOR PRESENCIAL

Leia mais

Edital n 49/2011 PROEN

Edital n 49/2011 PROEN Edital n 49/2011 PROEN Seleção Simplificada para Tutor a Distância O Pró-Reitor de Ensino da Universidade Federal do Maranhão, em exercício e o Núcleo de Educação à Distância, no uso de suas atribuições,

Leia mais

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 25, DE 12 DE AGOSTO DE 2013.

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 25, DE 12 DE AGOSTO DE 2013. EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 25, DE 12 DE AGOSTO DE 13. O Diretor Pró-Tempore do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão Campus São João dos Patos, no uso de suas atribuições,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL EDITAL Nº 173, DE 18 DE OUTUBRO DE 2013.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL EDITAL Nº 173, DE 18 DE OUTUBRO DE 2013. PUBLICADO NO D.O.U. De 23/0/203. Seção 3, Página. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL EDITAL Nº 73, DE 8 DE OUTUBRO DE 203. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO O

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO CARGO PROFESSOR TEMPORÁRIO EDITAL 008/ 03.09.

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO CARGO PROFESSOR TEMPORÁRIO EDITAL 008/ 03.09. CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO CARGO PROFESSOR TEMPORÁRIO EDITAL 008/ 03.09.2014 O Coordenador Geral do Núcleo de Ensino a Distância do Centro Federal

Leia mais

EDITAL CELAES Nº 001/2013 Turma 2014 INSCRIÇÕES PARA SELEÇÃO AO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO ESTUDOS DA LINGUAGEM APLICADOS À EDUCAÇÃO DE SURDOS

EDITAL CELAES Nº 001/2013 Turma 2014 INSCRIÇÕES PARA SELEÇÃO AO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO ESTUDOS DA LINGUAGEM APLICADOS À EDUCAÇÃO DE SURDOS EDITAL CELAES Nº 001/2013 Turma 2014 INSCRIÇÕES PARA SELEÇÃO AO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO ESTUDOS DA LINGUAGEM APLICADOS À EDUCAÇÃO DE SURDOS A Faculdade de Letras Estrangeiras Modernas (FALEM) do Instituto

Leia mais

Primeiras Orientações

Primeiras Orientações PROCESSO SELETIVO DE PROFESSORES NO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO PRONATEC Primeiras Orientações Prezado candidato, seja bem vindo ao Processo Seletivo de Professores do PRONATEC.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E AÇÕES COMUNITÁRIAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E AÇÕES COMUNITÁRIAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E AÇÕES COMUNITÁRIAS Rodovia JK, KM 02, Campus Marco Zero, Macapá AP CEP. 68906-970. Fone: (96) 3312-1748 home: www.unifap.br/proeac - e-mail: proeac@unifap.br

Leia mais

EDITAL Nº 06/2014, de 14 de fevereiro de 2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA TUTORES A DISTÂNCIA PROCESSO Nº 23222.

EDITAL Nº 06/2014, de 14 de fevereiro de 2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA TUTORES A DISTÂNCIA PROCESSO Nº 23222. EDITAL Nº 06/2014, de 14 de fevereiro de 2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA TUTORES A DISTÂNCIA PROCESSO Nº 23222.000079/2014-73 O Diretor Geral do campus Rio Pomba do Instituto Federal de Educação,

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA O CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENGENHARIA WEB E GOVERNO ELETRÔNICO CONFORME ANEXO IV DA RESOLUÇÃO CONSEPE N o.

EDITAL DE SELEÇÃO PARA O CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENGENHARIA WEB E GOVERNO ELETRÔNICO CONFORME ANEXO IV DA RESOLUÇÃO CONSEPE N o. EDITAL DE SELEÇÃO PARA O CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENGENHARIA WEB E GOVERNO ELETRÔNICO CONFORME ANEXO IV DA RESOLUÇÃO CONSEPE N o. 55/2014 1. Da organização geral: a) Unidade Proponente: Instituto

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL UERGS EDITAL 013/2014

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL UERGS EDITAL 013/2014 1 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL UERGS EDITAL 013/2014 EDITAL PARA SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SEGURANÇA ALIMENTAR E AGROECOLOGIA (Pós-Graduação lato sensu) A Pró-Reitoria

Leia mais

EDITAL Nº 04/2013 1 DAS VAGAS

EDITAL Nº 04/2013 1 DAS VAGAS EDITAL Nº 04/2013 A UNIVERSIDADE CEUMA, nos termos deste edital, torna público que, no período de 12/07/2013 a 29/07/2013, das 14:00h às 20:00h estarão abertas às inscrições do processo de seleção para

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E HUMANAS CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA PROCESSO SELETIVO PARA O CARGO DE PROFESSOR EDITAL N 03/2016

PRÓ-REITORIA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E HUMANAS CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA PROCESSO SELETIVO PARA O CARGO DE PROFESSOR EDITAL N 03/2016 PRÓ-REITORIA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E HUMANAS CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA PROCESSO SELETIVO PARA O CARGO DE PROFESSOR EDITAL N 03/2016 O Reitor da UNIVERSIDADE SEVERINO SOMBRA (USS), no uso de suas atribuições,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL CATALÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MODELAGEM E OTIMIZAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL CATALÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MODELAGEM E OTIMIZAÇÃO EDITAL Nº 003/2014 Turma 2015/1 A Coordenadoria do Programa de Pós-Graduação em Modelagem e Otimização (PPGMO) nível: Mestrado Acadêmico - da Universidade Federal de Goiás, Regional Catalão torna público

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO 01-2016

EDITAL DE SELEÇÃO 01-2016 EDITAL DE SELEÇÃO 01-2016 Estabelece as normas e condições para o Processo Seletivo nos Cursos de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em da UFRB, para ingresso no semestre acadêmico 2016.1. A Universidade

Leia mais

EDITAL Nº 034/RIFB, DE 02 DE MARÇO DE 2012 SELEÇÃO DE PROFESSORES PESQUISADORES PROGRAMA ESCOLA TÉCNICA ABERTA DO BRASIL (REDE E-TEC BRASIL)

EDITAL Nº 034/RIFB, DE 02 DE MARÇO DE 2012 SELEÇÃO DE PROFESSORES PESQUISADORES PROGRAMA ESCOLA TÉCNICA ABERTA DO BRASIL (REDE E-TEC BRASIL) EDITAL Nº 034/RIFB, DE 02 DE MARÇO DE 2012 SELEÇÃO DE PROFESSORES PESQUISADORES PROGRAMA ESCOLA TÉCNICA ABERTA DO BRASIL (REDE E-TEC BRASIL) O REITOR PRO TEMPORE DO INSTITUTO FEDERAL DE BRASÍLIA, nomeado

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO O Reitor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, no uso de

Leia mais

TESTE SELETIVO 2015 CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS - LÍNGUA PORTUGUESA E LIBRAS

TESTE SELETIVO 2015 CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS - LÍNGUA PORTUGUESA E LIBRAS INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA FACULDADE SANT ANA Recredenciada pela Portaria MEC nº 1473 de 07 de Outubro de 2011. INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO SANT ANA Credenciado pela Portaria MEC nº 2812

Leia mais

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO Nº 011/2014 CTT/UFPI

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO Nº 011/2014 CTT/UFPI SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ COLÉGIO TÉCNICO DE TERESINA EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO Nº 0/204 CTT/UFPI Teresina (PI), 06 de outubro de 204. SERVIÇO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE EDUCAÇÃO - TERRITÓRIOS, EDUCAÇÃO INTEGRAL E CIDADANIA (TEIA) EDITAL 001/2014

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE EDUCAÇÃO - TERRITÓRIOS, EDUCAÇÃO INTEGRAL E CIDADANIA (TEIA) EDITAL 001/2014 UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE EDUCAÇÃO - TERRITÓRIOS, EDUCAÇÃO INTEGRAL E CIDADANIA (TEIA) EDITAL 001/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS O Grupo Territórios, Educação Integral

Leia mais

EDITAL Nº. 01/2010 SELEÇÃO SIMPLIFICADA DE PROFESSOR FORMADOR PARA OS CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO SUBSEQÜENTES NA MODALIDADE A DISTÂNCIA

EDITAL Nº. 01/2010 SELEÇÃO SIMPLIFICADA DE PROFESSOR FORMADOR PARA OS CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO SUBSEQÜENTES NA MODALIDADE A DISTÂNCIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE PRO-REITORIA DE ENSINO EDITAL Nº. /20 SELEÇÃO SIMPLIFICADA

Leia mais

ANEXO: BIBLIOGRAFIA UTILIZADA NAS DISCIPLINAS

ANEXO: BIBLIOGRAFIA UTILIZADA NAS DISCIPLINAS EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO PÚBLICO DOCENTE FACULDADE DE TECNOLOGIA DE AMERICANA EDITAL DE ABERTURA N.º 271 /2008 DE INSCRIÇÕES PARA CONCURSO PÚBLICO DOCENTE POR TEMPO INDETERMINADO PARA A FACULDADE

Leia mais

Retificação do EDITAL Nº 05/14 (alteração nos Anexos I, II e III)

Retificação do EDITAL Nº 05/14 (alteração nos Anexos I, II e III) UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA NATUREZA COORDENAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS A DISTÂNCIA Retificação do EDITAL Nº 05/14

Leia mais

RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 46/2015 E REABERTURA DE INSCRIÇÕES

RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 46/2015 E REABERTURA DE INSCRIÇÕES PROCESSO DE SELEÇÃO SIMPLIFICADA DE BOLSISTAS DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO PRONATEC, DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA IF FARROUPILHA RETIFICAÇÃO

Leia mais

EDITAL Nº 219, DE 23 DE SETEMBRO DE 2013

EDITAL Nº 219, DE 23 DE SETEMBRO DE 2013 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL Nº 219, DE 23 DE SETEMBRO

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE TUTORES À DISTÂNCIA BOLSISTAS FNDE 2009

EDITAL DE SELEÇÃO DE TUTORES À DISTÂNCIA BOLSISTAS FNDE 2009 Ministério da Educação Secretaria de Educação a Distância Programa Pró-Licenciatura UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS MODALIDADE EAD EDITAL DE SELEÇÃO

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE TRADUTOR E INTÉRPRETE DA LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS LIBRAS, POR PRAZO DETERMINADO

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE TRADUTOR E INTÉRPRETE DA LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS LIBRAS, POR PRAZO DETERMINADO EDITAL Nº 01/2015, DE 20 DE JANEIRO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE TRADUTOR E INTÉRPRETE DA LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS LIBRAS, POR PRAZO DETERMINADO A SECRETARIA MUNICIPAL

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO- PRONATEC

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO- PRONATEC GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO- PRONATEC EDITAL DE Nº 005/2013/PRONATEC/SECITEC/MT PROCESSO SELETIVO

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, EXTENSÃO E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM EDUCAÇÃO (PPGE) MESTRADO ACADÊMICO EM EDUCAÇÃO

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, EXTENSÃO E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM EDUCAÇÃO (PPGE) MESTRADO ACADÊMICO EM EDUCAÇÃO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, EXTENSÃO E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM EDUCAÇÃO (PPGE) MESTRADO ACADÊMICO EM EDUCAÇÃO Recomendado pela CAPES e Reconhecido pelo CNE: Parecer n. 122/2009

Leia mais

EDITAL Nº_065/2015 ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA SELEÇÃO DE PROFESSORES DO PROGRAMA NACIONAL DE EDUCAÇÃO NA REFORMA AGRÁRIA PRONERA

EDITAL Nº_065/2015 ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA SELEÇÃO DE PROFESSORES DO PROGRAMA NACIONAL DE EDUCAÇÃO NA REFORMA AGRÁRIA PRONERA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB Recredenciada pelo Decreto Estadual N.º 9.996, de 02.05.2006 PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS PROEX PROGRAMA NACIONAL DE EDUCAÇÃO NA REFORMA

Leia mais

Dispõe sobre o ingresso no Curso de Pós Graduação em Higiene Ocupacional, conforme Resolução nº 136/2015 do Conselho Superior IFPB.

Dispõe sobre o ingresso no Curso de Pós Graduação em Higiene Ocupacional, conforme Resolução nº 136/2015 do Conselho Superior IFPB. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, INOVAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HIGIENE OCUPACIONAL (PPGHO). EDITAL Nº 31/201 Dispõe sobre

Leia mais

EDITAL Nº 172/2015 - PROGEPE - IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

EDITAL Nº 172/2015 - PROGEPE - IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 172/2015 - PROGEPE - IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO O Pró-Reitor de Gestão de Pessoas do Instituto Federal do Paraná - IFPR, conforme Portaria nº 1480 de 31/10/2014, torna público que estarão

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas EDITAL Nº. 033/12 -PROGEPE CONCURSO PÚBLICO Por delegação de competência do Magnífico Reitor da Universidade Federal do Paraná, conforme Portaria n.º 2590 de 26/09/97, e considerando o disposto no Decreto

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE EDUCAÇÃO ABERTA E A DISTÂNCIA CEAD

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE EDUCAÇÃO ABERTA E A DISTÂNCIA CEAD MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE EDUCAÇÃO ABERTA E A DISTÂNCIA CEAD Rua Olavo Bilac, 1148 Centro Sul CEP 64001-280 Teresina PI Site: www.cead.ufpi.br EDITAL nº 53/2014-CEAD/UFPI

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROGRAMA DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO - PRONATEC EDITAL Nº 32/2014 - IFRO EDITAL

Leia mais

EDITAL COMPLEMENTAR DE SELEÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA DO SEMESTRE 2015.2 Nº 03/2015

EDITAL COMPLEMENTAR DE SELEÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA DO SEMESTRE 2015.2 Nº 03/2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE QUÍMICA PROGRAMA DE PÓS - GRADUAÇÃO EM QUÍMICA EDITAL COMPLEMENTAR DE SELEÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA DO SEMESTRE 2015.2

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL EDITAL Nº 93, DE 07 DE JUNHO DE 2013.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL EDITAL Nº 93, DE 07 DE JUNHO DE 2013. PUBLICADO NO D.O.U. De 3/06/203. Seção 3, Página 90. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL EDITAL Nº 93, DE 07 DE JUNHO DE 203. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

Leia mais

EDITAL Nº 193, DE 27 DE NOVEMBRO DE 2015

EDITAL Nº 193, DE 27 DE NOVEMBRO DE 2015 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO Avenida Professor Mário Werneck, nº

Leia mais