Padre Jesus Santiago Moure

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Padre Jesus Santiago Moure"

Transcrição

1 REDE PARANAENSE DE COLEÇÕES BIOLÓGICAS Luciane Marinoni e Vania Aparecida Vicente Universidade Federal do Paraná/Curitiba SETEMBRO/2013

2 INÍCIO EM 2006 COM 9 COLEÇÕES ATUALMENTE 33 COLEÇÕES ESTÃO NA REDE COLEÇÃO ENTOMOLÓGICA PE. JESUS SANTIAGO MOURE MUSEU BOTÂNICO MUNICIPAL DE CURITIBA COLEÇÃO MASTOZOOLÓGICA DO DEPARTAMENTO DE ZOOLOGIA DA UFPR COLEÇÃO DE ASCIDIACEA DO DEPARTAMENTO DE ZOOLOGIA DA UFPR HERBÁRIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ COLEÇÃO DE PEIXES DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA HERBÁRIO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA COLEÇÃO DE PEIXES DO NUPÉLIA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ HERBÁRIO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ COLEÇÕES DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA COLEÇÃO DE PEIXES, INVERTEBRADOS, AVES, E MAMÍFEROS DO MUSEU DE HISTÓRIA NATURAL DO CAPÃO DA IMBÚIA HERBÁRIO DO PARQUE DA CIÊNCIA NEWTON FREIRE MAIA IRAI HERBÁRIO DA UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ HCF

3 REDE Federal Estadual Municipal

4 Padre Jesus Santiago Moure

5 Coleção Entomológica Padre Jesus Santiago Moure Departamento de Zoologia da Universidade Federal do Paraná 1969 Programa de pós-graduação em Ciências Biológicas concentração Entomologia 5 milhões de insetos via seca via líquida tipos Resultado de vários anos de estudos entomológicos de inventários entomológicos que vêm sendo realizados no Brasil e Região Neotropical.

6 Dr. Gerdt Guenther Hatschbach

7 Museu Botânico Municipal (MBM) Fundado em 28/06/ doação ao município de Curitiba Gerdt Guenther Hatschbach. Atualmente - 4º maior herbário do Brasil exsicatas. Permuta de material botânico Intercâmbio com 207 instituições - 53 brasileiras e 154 internacionais exemplares-tipo Coleção de fungos macroscópicos do pesquisador holandês, naturalizado brasileiro, André Maurício de Meijer espécimes, exemplares-tipo de fungos coletados no estado do Paraná.

8 Janeiro de coleções (R$ ,00) CNPq Agosto de coleções (R$ ,00) Secretaria do Estado de Ciência e Tecnologia Dezembro de 2012 Coleções microbiológicas Centro de Coleções de Culturas Biológicas do Estado do Paraná. (R$ ,00) Fundação Araucária Sistema de Informação sobre a Biodiversidade Brasileira SIBBr (R$ ,00) CNPq

9 METAS Consolidação da Rede Paranaense de Coleções Biológicas TAXONLINE; Modernização e adequação da infraestrutura de maneira a garantir o incremento e a perpetuação dos herbários, coleções zoológicas e microbiológicas no Estado; Melhoria e ampliação das atividades de rotina das coleções; Informatização das coleções visando a disponibilização dos dados dos tipos primários, inclusive com imagens digitalizadas; Implementação de bancos de dados para as espécies constantes nas coleções disponibilizando-as via Internet em uma rede integrada (SpeciesLink); Ampliação da identificação e reconhecimento do material científico depositado nas coleções; Ampliação das coletas no Estado em áreas pouco registradas nas coleções.

10 Atividades realizadas Um servidor foi instalado no CCE Centro de Computação Eletrônica da Universidade Federal do Paraná e está sob os cuidados daquele setor. Todas as coleções receberam auxílio (conforme o necessário) em termos de material permanente (condicionadores de ar, desumidificadores, computadores, impressoras, armários, máquinas fotográficas, microscópios, lupas, GPS, um automóvel utilitário, entre outros) e material de consumo para sua manutenção, organização, modernização e digitalização das informações. Vários bolsistas (30) trabalharam colocando informações em banco de dados Todas as coleções receberam a visita dos técnicos do CRIA para auxílio na informatização dos dados e instalação do SpeciesLinker; Em Junho de 2006 foi realizado o curso de capacitação Funcionalidades do Botanical Research and Herbarium Management System (Brahms), ministrado nas dependências da Universidade Federal do Paraná, pelo Dr. Mike Hopkins;

11 Atividades realizadas Foram realizados quatro encontros dos curadores das coleções da Rede na Universidade Federal do Paraná; Parcerias tem sido realizadas na busca por cooperação e recursos em grande projetos Várias palestras tem sido proferidas, merecendo destaque duas internacionais: (2009) Bonn e (2010) Washington, National Museum of Natural History Smitshonian - Taxonline project Network of Biological Collections of Paraná State. Instalado um sistema de fotografia Automontage (Syncroscopy) para digitalização de imagens a serem disponibilizadas no site e que está depositado no Departamento de Zoologia da Universidade Federal do Paraná. Mais de 3000 slides com fotos de tipos, principalmente de Coleoptera, foram digitalizados e serão oportunamente colocados on line. INFORMAÇÕES DE MAIS DE 600 MIL EXEMPLARES ON LINE - 10% DO TOTAL DO SPECIESLINK

12

13

14 Próximos passos Reestruturação da página Adição das coleções microbiológicas Continuação da informatização Avaliação das coleções Definição de metas para os próximos anos para cada uma das coleções

15 EM PROCESSO DE ADIÇÃO DAS COLEÇÕES MICROBIOLÓGICAS Coleção de culturas microbianas do LabGeM, Laboratório de Genética de Microrganismos/UFPR Coleção de culturas microbianas do Laboratório de Microbiologia (LabMicro), do Departamento de Patologia Básica/UFPR Micoteca do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná (HC-UFPR) Coleção de culturas microbianas do Laboratório de Micologia da Universidade Estadual de Maringá (UEM-Paraná),

16 Rede Brasileira de Fungos Negros

17 Coleção Microbiana da Rede Paranaense - CMRP Bancos de dados (DNA, cultura e liofilização) contendo especies novas (depositadas em centros de referencias) Repatriamento Captação de recursos finaceiros: Recursos humanos: Alunos PG e bolsista de apoio técnico do CNPq e Fundação Araucaria e 06 tecnicos especializados da instituição; Espaço físico:espaço para estocagem, e cultivo 400m2

18 Coleção Microbiana da Rede Paranaense - CMRP Plataforma WEB

19 Coleção Microbiana da Rede Paranaense - CMRP

20 Coleção Microbiana da Rede Paranaense - CMRP

21 Coleção Microbiana da Rede Paranaense - CMRP Etiquetas A1 Ago/13 *linhagem1*

22 Coleção Microbiana da Rede Paranaense - CMRP Conservação de fungos filamentosos, leveduras e bactérias ( n=5.000) Pesquisas enfocam a taxonomia, identificação e evolução, incluindo aspectos funcionais da biologia e ecologia, usando principalmente técnicas moleculares. EX. Projeto genoma fungico e proteomica

23 Projeto de cooperação internacional PVE Capes Cooperação Internacional : UFPR-CBS CBS - Holanda

24 INSTITUCIONALIZACÃO MUSEU DE HISTORIA NATURAL Processo iniciado em 2010 O plano diretor da UFPR destinou area para construção de prédio das coleções e o Museu de Historia Natural; Area de m2, no Centro Politecnico Comissao designada em Portaria da UFPR Regimento em fase de finalização Projeto arquitetonico - CONCURSO INTERNACIONAL

25 OBRIGADA! OBRIGADA!

Central de Recursos Microbianos da UNESP CRM-UNESP

Central de Recursos Microbianos da UNESP CRM-UNESP Rede CRB-Br Petrópolis, 17/09/13 Central de Recursos Microbianos da UNESP CRM-UNESP Profa. Dra. Lara Durães Sette Gerente Executiva CRM-UNESP Histórico A CRM- UNESP está alocado no Instituto de Biociências

Leia mais

EDITAL N 01/2008/INPA CONCURSO PÚBLICO ANEXO I VAGAS CONFORME AS CARREIRAS E PERFIS CORRESPONDENTES E LISTA DE TEMAS PARA PROVA ESCRITA.

EDITAL N 01/2008/INPA CONCURSO PÚBLICO ANEXO I VAGAS CONFORME AS CARREIRAS E PERFIS CORRESPONDENTES E LISTA DE TEMAS PARA PROVA ESCRITA. EDITAL N 01/2008/INPA CONCURSO PÚBLICO ANEXO I VAGAS CONFORME AS CARREIRAS E PERFIS CORRESPONDENTES E LISTA DE TEMAS PARA PROVA ESCRITA. 1. CARREIRA DE PESQUISA EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA CARGO DE PESQUISADOR

Leia mais

O HERBÁRIO VIRTUAL E OS APLICATIVOS DISPONÍVEIS

O HERBÁRIO VIRTUAL E OS APLICATIVOS DISPONÍVEIS O HERBÁRIO VIRTUAL E OS APLICATIVOS DISPONÍVEIS Alexandre Marino - marino@cria.org.br Sidnei de Souza - sidnei@cria.org.br Centro de Referência em Informação Ambiental HVFF + REFLORA missão estruturar

Leia mais

INSTITUTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ESTUDOS INTEGRADOS DA BIODIVERSIDADE AMAZÔNICA NÚCLEO SINOP - MT

INSTITUTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ESTUDOS INTEGRADOS DA BIODIVERSIDADE AMAZÔNICA NÚCLEO SINOP - MT INSTITUTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ESTUDOS INTEGRADOS DA BIODIVERSIDADE AMAZÔNICA NÚCLEO SINOP - MT Domingos J. Rodrigues sub-rede Amazônia Meridional Programa de Pesquisa em Biodiversidade PPBio Amazônia

Leia mais

Instituto Nacional de Ciência e e Tecnologia (INCT) Herbário Virtual das Plantas e Fungos dos Fungos do Brasil

Instituto Nacional de Ciência e e Tecnologia (INCT) Herbário Virtual das Plantas e Fungos dos Fungos do Brasil Instituto Nacional de Ciência e e Tecnologia (INCT) Herbário Virtual das Plantas e Fungos dos Fungos do Brasil Brasil - 163 herbários, com quase 6 milhões de exemplares 34 com acervo de fungos Grandes

Leia mais

REDE specieslink. Alexandre Marino Centro de Referência em Informação Ambiental, CRIA

REDE specieslink. Alexandre Marino Centro de Referência em Informação Ambiental, CRIA REDE specieslink Alexandre Marino Centro de Referência em Informação Ambiental, CRIA SOBRE O CRIA Associação Civil, sem fins lucrativos, fundada em dezembro de 2000 Qualificada pelo Ministério da Justiça

Leia mais

SUBPROJETO: CRIAÇÃO DO MODELO DE DADOS PARA A BOTÂNICA,

SUBPROJETO: CRIAÇÃO DO MODELO DE DADOS PARA A BOTÂNICA, MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA e INOVAÇÃO MCT MUSEU PARAENSE EMÍLIO GOELDI MPEG PROJETO: INFORMATIZAÇÃO DAS COLEÇÕES ZOOLÓGICAS: MODELAGEM E PADRONIZAÇÃO [DR. MARCOS PAULO ALVES DE SOUSA] SUBPROJETO:

Leia mais

FUNDAÇÃO FLORA DE APOIO À BOTANICA

FUNDAÇÃO FLORA DE APOIO À BOTANICA FUNDAÇÃO FLORA DE APOIO À BOTANICA CHAMADA PARA SELEÇÃO DE BOLSA AUXÍLIO NO EXTERIOR A Fundação Flora e o Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro, através da parceria firmada com o Programa

Leia mais

Infraestrutura de dados, ferramentas computacionais e serviços web para a difusão de informação sobre a Biodiversidade Brasileira

Infraestrutura de dados, ferramentas computacionais e serviços web para a difusão de informação sobre a Biodiversidade Brasileira Papel do CRIA no desenvolvimento da Infraestrutura de dados, ferramentas computacionais e serviços web para a difusão de informação sobre a Biodiversidade Brasileira Porto Alegre, Agosto 2012 Estatuto

Leia mais

Núcleo Santa Catarina: Avaliação e Monitoramento da Biodiversidade do Parque Nacional de São Joaquim e Parque Estadual Acaraí

Núcleo Santa Catarina: Avaliação e Monitoramento da Biodiversidade do Parque Nacional de São Joaquim e Parque Estadual Acaraí Núcleo Santa Catarina: Avaliação e Monitoramento da Biodiversidade do Parque Nacional de São Joaquim e Parque Estadual Acaraí Instituição Executora: UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina Instituições

Leia mais

Coleções FIOCRUZ. Coleção de Malacologia Médica Centro de Pesquisas René Rachou. Sistema de Gestão Unificado

Coleções FIOCRUZ. Coleção de Malacologia Médica Centro de Pesquisas René Rachou. Sistema de Gestão Unificado Coleções FIOCRUZ Coleção de Malacologia Médica Centro de Pesquisas René Rachou Sistema de Gestão Unificado Cristiane Lafetá Pesquisas financiadas com recursos públicos são bens públicos e que informações

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ M I NI S T É RI O DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UF PR ASSUNTO: Credenciamento do corso de pós-graduação em Ciências Biológicas,

Leia mais

Compilar, organizar e disponibilizar os resultados das pesquisas científicas sobre a Unidade de Conservação;

Compilar, organizar e disponibilizar os resultados das pesquisas científicas sobre a Unidade de Conservação; 4. PROGRAMAS DE MANEJO 4.1 PROGRAMA DE PESQUISA Objetivo Geral Visa dar suporte, estimular a geração e o aprofundamento dos conhecimentos científicos sobre os aspectos bióticos, abióticos, sócio-econômicos,

Leia mais

X Encontro de Propriedade Intelectual e Comercialização de Tecnologia. Redes de Propriedade Intelectual no Brasil

X Encontro de Propriedade Intelectual e Comercialização de Tecnologia. Redes de Propriedade Intelectual no Brasil Rede Temática de Propriedade Intelectual, Cooperação,Negociação e Comercialização de Tecnologia X Encontro de Propriedade Intelectual e Comercialização de Tecnologia Redes de Propriedade Intelectual no

Leia mais

Programa de Capacitação em Taxonomia (MCT/CNPq/CAPES)

Programa de Capacitação em Taxonomia (MCT/CNPq/CAPES) Programa de Capacitação em Taxonomia (MCT/CNPq/CAPES) Contatos no CNPq: Helena Luna (Coordenadora Geral do Programa de Pesquisa em Ciências da Terra e Meio Ambiente) Carlos Carvalho Contatos no MCT: Ione

Leia mais

DNA barcoding é um método que utiliza um trecho do DNA de cerca de 650 nucleotídeos como marcador para caracterizar espécies. Trata-se de uma sequência extremamente curta em relação à totalidade do genoma,

Leia mais

Extensão do Sistema de Metadados para Recursos Naturais

Extensão do Sistema de Metadados para Recursos Naturais Extensão do Sistema de Metadados para Recursos Naturais Andreia Fernandes da Silva (IBGE/DI/COBAD) Celso José Monteiro Filho (IBGE/DGC/CREN) Hesley da Silva Py (IBGE/DI/COBAD) Resumo Tendo em vista a grande

Leia mais

Letícia Couto Garcia, pós-doc do CRIA. Mariane de Sousa-Baena Dora Ann Lange Canhos Sidnei de Souza

Letícia Couto Garcia, pós-doc do CRIA. Mariane de Sousa-Baena Dora Ann Lange Canhos Sidnei de Souza Letícia Couto Garcia, pós-doc do CRIA Colaboradores : A. Townsend Peterson Mariane de Sousa-Baena Dora Ann Lange Canhos Sidnei de Souza Dados primários de biodiversidade: Registros de dados para saber

Leia mais

Conservação das Espécies Ameaçadas de Extinção

Conservação das Espécies Ameaçadas de Extinção Programa 0508 Biodiversidade e Recursos Genéticos - BIOVIDA Objetivo Promover o conhecimento, a conservação e o uso sustentável da biodiversidade e dos recursos genéticos e a repartição justa e eqüitativa

Leia mais

POLÍTICA DE ACESSO A DADOS E INFORMAÇÕES

POLÍTICA DE ACESSO A DADOS E INFORMAÇÕES INSTITUTO NACIONAL DE PESQUISAS DA AMAZÔNIA PROGRAMA DE COLEÇÕES E ACERVOS CIENTÍFICOS POLÍTICA DE ACESSO A DADOS E INFORMAÇÕES Esta política trata do acesso aos dados, metadados e informações das coleções

Leia mais

Integração de Sistemas de Informação

Integração de Sistemas de Informação microsicol micro ICole SIColNet Integração de Sistemas de Informação Sidnei de Souza De Coleções de Culturas a Centros de Recursos Biológicos: implantação e consolidação da rede CRB-Br Petrópolis, Setembro

Leia mais

EIXO III CRONOGRAMA DE IMPLANTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA INSTITUIÇÃO E DE CADA UM DE SEUS CURSOS

EIXO III CRONOGRAMA DE IMPLANTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA INSTITUIÇÃO E DE CADA UM DE SEUS CURSOS UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA EIXO III CRONOGRAMA DE IMPLANTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA INSTITUIÇÃO E DE CADA UM DE SEUS CURSOS EIXO III - CRONOGRAMA DE IMPLANTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA INSTITUIÇÃO

Leia mais

LISTA DOS CURSOS DE MESTRADO AVALIADOS PELA CAPES NO PARANÁ Cursos novos que ainda não possuem nota não constam na lista

LISTA DOS CURSOS DE MESTRADO AVALIADOS PELA CAPES NO PARANÁ Cursos novos que ainda não possuem nota não constam na lista LISTA DOS CURSOS DE MESTRADO AVALIADOS PELA CAPES NO PARANÁ Cursos novos que ainda não possuem nota não constam na lista INSTITUIÇÃO CURSO NOTA DA CAPES CENTRO UNIVERSITÁRIO CAMPOS DE ANDRADE (UNIANDRADE)

Leia mais

Indicadores Institucionais Ensino, Pesquisa e Extensão QUINQUÊNIO 2010-2014

Indicadores Institucionais Ensino, Pesquisa e Extensão QUINQUÊNIO 2010-2014 Indicadores Institucionais Ensino, Pesquisa e Extensão QUINQUÊNIO 2010-2014 Dezembro 2014 Diretório de Pesquisa CNPq Constituído por Docentes da Faculdade Ingá Os grupos foram estruturados em três grandes

Leia mais

UNICAMP SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNICAMP PROCEDIMENTOS PARA COLETA DE DADOS. Versão Preliminar

UNICAMP SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNICAMP PROCEDIMENTOS PARA COLETA DE DADOS. Versão Preliminar UNICAMP SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNICAMP PROCEDIMENTOS PARA COLETA DE DADOS Versão Preliminar MANUAL 2002 1 Manual editado pela Área de Planejamento da Biblioteca Central da Unicamp. UNIVERSIDADE ESTADUAL

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA. Edital: MCT/CNPq nº 60/2009 - PPBio. Coordenador do Projeto: Alexandre Bragio Bonaldo

PROJETO DE PESQUISA. Edital: MCT/CNPq nº 60/2009 - PPBio. Coordenador do Projeto: Alexandre Bragio Bonaldo PROJETO DE PESQUISA Inventários da biodiversidade e qualificação das coleções biológicas do Núcleo Regional do Leste Paraense do Programa de Pesquisa em Biodiversidade Amazônia Oriental Título do Projeto:

Leia mais

Editais da FIOCRUZ com oportunidades que incluem Enfermeiros divulgados no Diário Oficial da União

Editais da FIOCRUZ com oportunidades que incluem Enfermeiros divulgados no Diário Oficial da União Editais da FIOCRUZ com oportunidades que incluem Enfermeiros divulgados no Diário Oficial da União Classificação dos Cargos Tecnologista Requisito: Graduação ou Graduação com Especialização, Residência

Leia mais

Núcleo Acre: conhecendo a biota regional e preenchendo. lacunas na informação sobre biodiversidade

Núcleo Acre: conhecendo a biota regional e preenchendo. lacunas na informação sobre biodiversidade Núcleo Acre: conhecendo a biota regional e preenchendo SIMPÓSIO DE INTEGRAÇÃO PPBIO-CENBAM - OUT/2010 lacunas na informação sobre biodiversidade Marcos Silveira - coordenador Flávio Obermuller - bolsista

Leia mais

8. Excelência no Ensino Superior

8. Excelência no Ensino Superior 8. Excelência no Ensino Superior PROGRAMA: 08 Órgão Responsável: Contextualização: Excelência no Ensino Superior Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior - SETI O Programa busca,

Leia mais

Vanderlei Perez Canhos, CRIA

Vanderlei Perez Canhos, CRIA Rede de Centros de Recursos Biológicos Infraestrutura de suporte à inovação Vanderlei Perez Canhos, CRIA 09 Novembro 2009, CBM-25, Porto de Galinhas Rede Brasileira de Centros de Recursos Biológicos Infra-estrutura

Leia mais

O Processo de Diagnóstico das Coleções de Microrganismos da Embrapa com relação à Norma ABNT NBR ISO/IEC 17025

O Processo de Diagnóstico das Coleções de Microrganismos da Embrapa com relação à Norma ABNT NBR ISO/IEC 17025 O Processo de Diagnóstico das Coleções de Microrganismos da Embrapa com relação à Norma ABNT NBR ISO/IEC 17025 Luzia Helena Corrêa Lima, Clarissa Silva Pires de Castro, Marise Ventura Coutinho, Heloísa

Leia mais

TOTAL: 215 créditos ou 3225 horas Conteúdos biológicos: 107+24+28+14= 173 créditos ou 2595 horas.

TOTAL: 215 créditos ou 3225 horas Conteúdos biológicos: 107+24+28+14= 173 créditos ou 2595 horas. Curso de Bacharelado em Ciências Biológicas- Período Integral NÚCLEO BÁSICO BA281 Anatomia Humana Geral 04 BB281 Bioquímica de Proteínas 04 BB381 Metabolismo 04 BC182 Biologia Celular I 04 BC282 Biologia

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MANEJO E CONSERVAÇÃO DE ECOSSISTEMAS NATURAIS E AGRÁRIOS EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 2013/II

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MANEJO E CONSERVAÇÃO DE ECOSSISTEMAS NATURAIS E AGRÁRIOS EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 2013/II MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CAMPUS FLORESTAL INSTITUTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Campus Universitário Florestal, MG - 35690-000 Telefone

Leia mais

Panorama e planejamento de Pós-graduação visando notas 06 e 07 na UFV

Panorama e planejamento de Pós-graduação visando notas 06 e 07 na UFV Pós-Graduação da UFV em debate 2012 26-27 de Novembro de 2012 Panorama e planejamento de Pós-graduação visando notas 06 e 07 na UFV Profa. Simone EF Guimarães Pós Graduação em Genética e Melhoramento UFV

Leia mais

Mesa Redonda Novas agendas de atuação e os perfis profissionais em bibliotecas universitárias

Mesa Redonda Novas agendas de atuação e os perfis profissionais em bibliotecas universitárias Mesa Redonda Novas agendas de atuação e os perfis profissionais em bibliotecas universitárias Profa. Dra. Lillian Maria Araújo de Rezende Alvares Coordenadora-Geral de Pesquisa e Manutenção de Produtos

Leia mais

Este documento tem o objetivo de esclarecer alguns procedimentos e definir parâmetros para facilitar o processo.

Este documento tem o objetivo de esclarecer alguns procedimentos e definir parâmetros para facilitar o processo. Prezado Curador, Em dezembro de 2010 o INCT-HVFF (INCT-Herbário Virtual da Flora e dos Fungos) teve um projeto aprovado junto ao CNPq, no âmbito do programa Reflora, cujo objetivo é aumentar a base informacional

Leia mais

EDITAL 02/2009 INSCRIÇÃO PARA SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO DOUTORADO EM ENGENHARIA DE PESCA TURMA 2010

EDITAL 02/2009 INSCRIÇÃO PARA SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO DOUTORADO EM ENGENHARIA DE PESCA TURMA 2010 EDITAL 02/2009 INSCRIÇÃO PARA SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO DOUTORADO EM ENGENHARIA DE PESCA TURMA 2010 A Coordenação do do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Ceará comunica que estarão

Leia mais

Fórum da Pós-Graduação do Instituto de Biologia 2012

Fórum da Pós-Graduação do Instituto de Biologia 2012 Fórum da Pós-Graduação do Instituto de Biologia 2012 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM Biologia Animal UNICAMP Área CAPES: Ciências Biológicas III Dra. Silmara Marques Allegretti Coordenadora da PPG-Parasitologia

Leia mais

Requisitos Boas Práticas/OCDE. Memorando de Entendimento. Rede de Informações. Gestão da Rede Global. Elementos Principais da Rede Global

Requisitos Boas Práticas/OCDE. Memorando de Entendimento. Rede de Informações. Gestão da Rede Global. Elementos Principais da Rede Global Plano de Acreditação das Atividades dos Centros de Recursos Biológicos no Brasil Elizabeth Cavalcanti, Waldemar Souza, Renata Almeida Inmetro/Cgcre/Dconf Petrópolis 16,17,18 set 2013 Elementos Principais

Leia mais

Sistema de Informações do Centro Nacional de Conservação da Flora: Uma visão conceitual

Sistema de Informações do Centro Nacional de Conservação da Flora: Uma visão conceitual Seminário de Informação em Biodiversidade no âmbito do MMA e instituições vinculadas Sistema de Informações do Centro Nacional de Conservação da Flora: Uma visão conceitual Eduardo Dalcin Instituto de

Leia mais

Histórico do acervo zoológico do Museu de História Natural Capão da Imbuia. Resumo

Histórico do acervo zoológico do Museu de História Natural Capão da Imbuia. Resumo Histórico do acervo zoológico do Museu de História Natural Capão da Imbuia Adelinyr Azevedo de Moura Cordeiro Marco Fábio Maia Correa Márcia Arzua Maristela Zamoner Resumo O trabalho apresenta o histórico

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA INTERNA MCT / FINEP / CT-INFRA PROINFRA 01/2011 DETALHAMENTO DOS SUBPROJETOS

CHAMADA PÚBLICA INTERNA MCT / FINEP / CT-INFRA PROINFRA 01/2011 DETALHAMENTO DOS SUBPROJETOS CHAMADA PÚBLICA INTERNA MCT / FINEP / CT-INFRA PROINFRA 01/2011 DETALHAMENTO DOS SUBPROJETOS 1. Identificação do Sub-Projeto Siglas do Sub-projeto 2. Título do Subprojeto Informar o título do subprojeto

Leia mais

Planejamento Estratégico. Departamento de Antropologia / Programa de Pós-Graduação em Antropologia - UFPR

Planejamento Estratégico. Departamento de Antropologia / Programa de Pós-Graduação em Antropologia - UFPR Planejamento Estratégico Departamento de Antropologia / Programa de Pós-Graduação em Antropologia - UFPR Visão Oferecer ensino de excelência em nível de Graduação e Pós-Graduação; consolidar-se como pólo

Leia mais

Título do projeto: Educação Ambiental e Difusão Científica da Biodiversidade da Mata Atlântica no Museu de Biologia Prof. Mello Leitão BIOAÇÃO

Título do projeto: Educação Ambiental e Difusão Científica da Biodiversidade da Mata Atlântica no Museu de Biologia Prof. Mello Leitão BIOAÇÃO Título do projeto: Educação Ambiental e Difusão Científica da Biodiversidade da Mata Atlântica no Museu de Biologia Prof. Mello Leitão BIOAÇÃO Proponente: Sociedade de Amigos do Museu de Biologia Mello

Leia mais

Critérios para certificação de Sites SciELO: critérios, política e procedimentos para a classificação e certificação dos sites da Rede SciELO

Critérios para certificação de Sites SciELO: critérios, política e procedimentos para a classificação e certificação dos sites da Rede SciELO Critérios para certificação de Sites SciELO: critérios, política e procedimentos para a classificação e certificação dos sites da Rede SciELO Versão Março 2008 1 Introdução Este documento tem por objetivo

Leia mais

Ensino. Principais realizações

Ensino. Principais realizações Principais realizações Reestruturação dos Programas de ; Início do Projeto de Educação à Distância/EAD do INCA, por meio da parceria com a Escola Nacional de Saúde Pública ENSP/FIOCRUZ; Três novos Programas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE SUPERINTENDÊNCIA DE DOCUMENTAÇÃO COORDENAÇÃO DE BIBLIOTECAS PLANO DE METAS 2013/2014

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE SUPERINTENDÊNCIA DE DOCUMENTAÇÃO COORDENAÇÃO DE BIBLIOTECAS PLANO DE METAS 2013/2014 UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE SUPERINTENDÊNCIA DE DOCUMENTAÇÃO COORDENAÇÃO DE BIBLIOTECAS PLANO DE METAS 2013/2014 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 META 1: MELHORIA DOS SERVIÇOS E PRODUTOS... 4 META 2 : EDUCAÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA ALINE MENIN FERREIRA (alinemenin.ferreira@hotmail.com ) CLÁUDIA REGINA LUIZ ( cacauluiz@bol.com.br ) CRISTIANE

Leia mais

Convenção sobre Diversidade Biológica: ABS

Convenção sobre Diversidade Biológica: ABS Convenção sobre Diversidade Biológica: ABS TEMA Acesso e Repartição de Benefícios RECURSOS GENÉTICOS CONHECIMENTOS TRADICIONAIS PROVEDORES USOS CONSENTIMENTO PRÉVIO TERMOS MUTUAMENTE ACORDADOS USUÁRIOS

Leia mais

ESTUDAR NA UFPE. A Universidade Informações. úteis. Bremen_Jan. 2009 1

ESTUDAR NA UFPE. A Universidade Informações. úteis. Bremen_Jan. 2009 1 ESTUDAR NA UFPE A Universidade Informações úteis Bremen_Jan. 2009 1 Apresentadora Profa. Glícia Maria Torres Calazans Cargo na UFPE : Professor Associado Bremen_Jan. 2009 2 Carreira docente (Professores):

Leia mais

Convenção sobre Diversidade Biológica: ABS

Convenção sobre Diversidade Biológica: ABS Convenção sobre Diversidade Biológica: ABS Tema Uso dos recursos genéticos RECURSOS GENÉTICOS CONHECIMENTOS TRADICIONAIS PROVEDORES USOS CONSENTIMENTO PRÉVIO TERMOS MUTUAMENTE ACORDADOS USUÁRIOS BENEFÍCIOS

Leia mais

Convenção sobre Diversidade Biológica: ABS

Convenção sobre Diversidade Biológica: ABS Convenção sobre Diversidade Biológica: ABS TEMA Uso dos recursos genéticos RECURSOS GENÉTICOS CONHECIMENTOS TRADICIONAIS PROVEDORES USOS CONSENTIMENTO PRÉVIO TERMOS MUTUAMENTE ACORDADOS USUÁRIOS BENEFÍCIOS

Leia mais

Metas Indicadores Ação para o Alcance das Metas Produto Esperado Fonte dos Dados

Metas Indicadores Ação para o Alcance das Metas Produto Esperado Fonte dos Dados PDI 20111 / 201 15 Pós-Graduação 1. Formar pessoas competentes e éticas, com alta qualificação científica, tecnológica e artística, comprometidas com o bem-estar social, adaptáveis às mudanças, capazes

Leia mais

CURSO DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DA FAUNA E FLORA COM ÊNFASE NA MATA ATLÂNTICA

CURSO DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DA FAUNA E FLORA COM ÊNFASE NA MATA ATLÂNTICA PROGRAMAÇÃO I CURSO DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DA FAUNA E FLORA COM ÊNFASE PERÍODO: 08 a 13 de Junho de 2015 LOCAL: ITEP 1º DIA SEGUNDA-FEIRA DATA: 08/06/15 HORÁRIO CRONOGRAMA PALESTRANTE 08:00-09:00h Abertura

Leia mais

NÚCLEO REGIONAL SÃO GABRIEL DA CACHOEIRA-AM

NÚCLEO REGIONAL SÃO GABRIEL DA CACHOEIRA-AM NRSGC NÚCLEO REGIONAL SÃO GABRIEL DA CACHOEIRA-AM Local: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia INPA V8 Data: 25 a 27 de novembro de 2013 APRESENTAÇÃO DO NÚCLEO Moisés Luiz da Silva (Baniwa); Comunidade

Leia mais

PLANO DE GESTÃO 2015-2017

PLANO DE GESTÃO 2015-2017 UNIFAL-MG FACULDADE DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS PLANO DE GESTÃO 2015-2017 Profa. Fernanda Borges de Araújo Paula Candidata a Diretora Profa. Cássia Carneiro Avelino Candidata a Vice Diretora Índice Apresentação...

Leia mais

PRÓ-DIRETORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU - PROPESP POLÍTICA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU

PRÓ-DIRETORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU - PROPESP POLÍTICA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU PRÓ-DIRETORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU - PROPESP POLÍTICA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU A Pesquisa e a Pós-Graduação Stricto Sensu são atividades coordenadas por uma mesma

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalação Conteúdo 1. Introdução ao Specify... 3 2. Java Runtime Environment (JRE)... 4 2.1. Introdução ao JRE... 4 2.2. Instalação... 5 2.2.1. Tela de boas vindas... 5 2.2.2. Processo de instalação...

Leia mais

POLÍTICA DE DADOS DE COLEÇÕES E ACERVOS CIENTÍFICOS BIOLÓGICOS DO MUSEU PARAENSE EMÍLIO GOELDI MPEG

POLÍTICA DE DADOS DE COLEÇÕES E ACERVOS CIENTÍFICOS BIOLÓGICOS DO MUSEU PARAENSE EMÍLIO GOELDI MPEG POLÍTICA DE DADOS DE COLEÇÕES E ACERVOS CIENTÍFICOS BIOLÓGICOS DO MUSEU PARAENSE EMÍLIO GOELDI MPEG Esta política diz respeito aos dados e metadados das coleções biológicas do Museu Paraense Emílio Goeldi,

Leia mais

ANEXO 2 PIBIC/PIBITI/CNPq/IFSP RESUMO, OBJETIVOS E JUSTIFICATIVA

ANEXO 2 PIBIC/PIBITI/CNPq/IFSP RESUMO, OBJETIVOS E JUSTIFICATIVA ANEXO 2 PIBIC/PIBITI/CNPq/IFSP RESUMO, OBJETIVOS E JUSTIFICATIVA Título do Projeto: REGISTRO FOTOGRÁFICO E DESCRITIVO DA FLORA ARBÓREA URBANA DA REGIÃO CENTRAL DO MUNICÍPIO DA ESTÂNCIA TURÍSTICA DE SÃO

Leia mais

Educação a Distância na UFPR

Educação a Distância na UFPR 1ª JORNADA PARANAENSE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA, NA EDUCAÇÃO BÁSICA Educação a Distância na UFPR Profa Dra Glaucia da Silva Brito glaucia@ufpr.br - Núcleo de Educação a Distância da Universidade Federal

Leia mais

CURSO DE FOTOGRAFIA CIENTÍFICA AMBIENTAL

CURSO DE FOTOGRAFIA CIENTÍFICA AMBIENTAL Universidade do Estado do Rio de Janeiro Instituto de Biologia Roberto Alcantara Gomes Departamento de Biofísica e Biometria Laboratório de Radioecologia e Mudanças Globais e CENBAM - Centro de Estudos

Leia mais

Pós-Graduanda do Departamento de Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço- UNIFESP Especialista em Informática em Saúde- Universidade

Pós-Graduanda do Departamento de Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço- UNIFESP Especialista em Informática em Saúde- Universidade Pós-Graduanda do Departamento de Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço- UNIFESP Especialista em Informática em Saúde- Universidade Aberta do Brasil UAB - UNIFESP Introdução Estuda a prevenção,

Leia mais

Política Nacional de Museus Bases para a Política Nacional de Museus

Política Nacional de Museus Bases para a Política Nacional de Museus Política Nacional de Museus Bases para a Política Nacional de Museus APRESENTAÇÃO Ao se propor a sistematização de uma política pública voltada para os museus brasileiros, a preocupação inicial do Ministério

Leia mais

PROGRAMA 0637- SERVIÇO DE SAÚDE DAS FORÇAS ARMADAS

PROGRAMA 0637- SERVIÇO DE SAÚDE DAS FORÇAS ARMADAS PROGRAMA 0637- SERVIÇO DE SAÚDE DAS FORÇAS ARMADAS PROGRAMA: 0637 - Serviço de Saúde das Forças Armadas UNIDADE RESPONSÁVEL: Ministério da Defesa TIPO: Apoio às Políticas Públicas e Áreas Especiais OBJETIVO:

Leia mais

Estudo Sistemático, Paleoecológico e Geocronológico de Invertebrados Fósseis da Gruta do Urso Fóssil, no Parque Nacional de Ubajara/CE, Brasil

Estudo Sistemático, Paleoecológico e Geocronológico de Invertebrados Fósseis da Gruta do Urso Fóssil, no Parque Nacional de Ubajara/CE, Brasil Ministério do Meio Ambiente - MMA Insituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - ICMBio Sistema de Autorização e Informação em Biodiversidade - SISBIO Parque Nacional de Ubajara Autorização para

Leia mais

Núcleo Regional Amapá

Núcleo Regional Amapá Núcleo Regional Amapá I Simpósio CENBAM/PPBio Amazônia Ocidental Coordenação: Dr. Alan C. Cunha Gestão: Msc. Graciliano Galdino A. dos Santos Banco de Dados: Helimara Baia Histórico do Núcleo Amapá Antes

Leia mais

PDTI - Definição. Instrumento de diagnóstico, planejamento e

PDTI - Definição. Instrumento de diagnóstico, planejamento e PDTI - Definição Instrumento de diagnóstico, planejamento e gestão dos recursos e processos de Tecnologia da Informação que visa atender às necessidades tecnológicas e de informação de um órgão ou entidade

Leia mais

VAMOS JUNTOS POR UMA ODONTOLOGIA MELHOR!

VAMOS JUNTOS POR UMA ODONTOLOGIA MELHOR! Eleições 2014 Faculdade de Odontologia UFRJ VAMOS JUNTOS POR UMA ODONTOLOGIA MELHOR! PLANO DE TRABALHO EQUIPE - CHAPA 1: Diretor - Maria Cynésia Medeiros de Barros Substituto Eventual do Diretor - Ednilson

Leia mais

Pesquisa. 40 INCA Relatório Anual 2005 Pesquisa

Pesquisa. 40 INCA Relatório Anual 2005 Pesquisa Pesquisa A pesquisa no INCA compreende atividades de produção do conhecimento científico, melhoria dos procedimentos diagnósticos e terapêuticos do câncer e formação de recursos humanos em pesquisa oncológica.

Leia mais

A. Critérios para Avaliação e Aprovação de Cursos Novos de História

A. Critérios para Avaliação e Aprovação de Cursos Novos de História A. Critérios para Avaliação e Aprovação de Cursos Novos de História 1. Apoio institucional. Clara manifestação de apoio por parte da IES proponente, expressa tanto no provimento da infraestrutura necessária,

Leia mais

Inovação como Estratégia de Negócio. Filipe cassapo, Sistema FIEP Federação das Industrias do Estado do Paraná C2i Centro Internacional de Inovação

Inovação como Estratégia de Negócio. Filipe cassapo, Sistema FIEP Federação das Industrias do Estado do Paraná C2i Centro Internacional de Inovação Inovação como Estratégia de Negócio Filipe cassapo, Sistema FIEP Federação das Industrias do Estado do Paraná C2i Centro Internacional de Inovação Conteúdos Desafios da Competitividade Industrial no PR

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO MUSEU DE ARQUEOLOGIA E ETNOLOGIA PROFESSOR OSWALDO RODRIGUES CABRAL/ UFSC (PROPOSTA APROVADA NO CONSELHO DO CFH)

REGIMENTO INTERNO DO MUSEU DE ARQUEOLOGIA E ETNOLOGIA PROFESSOR OSWALDO RODRIGUES CABRAL/ UFSC (PROPOSTA APROVADA NO CONSELHO DO CFH) 1 REGIMENTO INTERNO DO MUSEU DE ARQUEOLOGIA E ETNOLOGIA PROFESSOR OSWALDO RODRIGUES CABRAL/ UFSC (PROPOSTA APROVADA NO CONSELHO DO CFH) I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - Este Regimento dispõe sobre

Leia mais

NORMAS PARA CONSULTA DO HERBÁRIO R

NORMAS PARA CONSULTA DO HERBÁRIO R Herbário do Museu Nacional R Universidade Federal do Rio de Janeiro Departamento de Botânica Horto Botânico da Quinta da Boa Vista s/n 0, São Cristóvão, Rio de Janeiro, RJ, Brasil Rio de Janeiro, Brasil,

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONCESSÃO BPT 3 REGIÃO NORTE

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONCESSÃO BPT 3 REGIÃO NORTE UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONCESSÃO BPT 3 REGIÃO NORTE MESTRADO CLIMA E AMBIENTE (INPA - UEA) 4 4 27 5 0 22 27 100,00% 8 0 8 0,00% 40,91% MEDICINA TROPICAL 3 4 36 17 7 10 34 94,44% 6 3 9 11,76%

Leia mais

PLANO DE TRABALHO: DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS SOBRE INTERFACES DIGITAIS

PLANO DE TRABALHO: DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS SOBRE INTERFACES DIGITAIS PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBITI - 2014/15 RODRIGO FREESE GONZATTO PLANO DE TRABALHO:

Leia mais

BIODIVERSIDADE AO ALCANCE DE TODOS CRIAÇÃO DA PRIMEIRA EXPOSIÇÃO PERMANENTE DO MUSEU DE HISTÓRIA NATURAL

BIODIVERSIDADE AO ALCANCE DE TODOS CRIAÇÃO DA PRIMEIRA EXPOSIÇÃO PERMANENTE DO MUSEU DE HISTÓRIA NATURAL 1 BIODIVERSIDADE AO ALCANCE DE TODOS CRIAÇÃO DA PRIMEIRA EXPOSIÇÃO PERMANENTE DO MUSEU DE HISTÓRIA NATURAL DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA Coordenador: Marcelo Felgueiras Napoli Projeto detalhado Título

Leia mais

A DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAS DO INSTITUTO AGRONÔMICO DO PARANÁ - IAPAR, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS,

A DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAS DO INSTITUTO AGRONÔMICO DO PARANÁ - IAPAR, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS, INSTITUTO AGRONÔMICO DO PARANÁ - IAPAR SELEÇÃO DE BOLSISTAS - EDITAL 0/25 PROGRAMA DE BOLSAS TÉCNICO FUNDAÇÃO ARAUCÁRIA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO DO PARANÁ A DIRETORIA DE GESTÃO

Leia mais

Cooperação científica e técnica e o mecanismo de intermediação de informações

Cooperação científica e técnica e o mecanismo de intermediação de informações Página 144 VIII/11. Cooperação científica e técnica e o mecanismo de intermediação de informações A Conferência das Partes, Informando-se sobre o relatório do Secretário Executivo sobre as atividades do

Leia mais

UNIVERSIDADE IGUAÇU Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde TÍTULO. Roney Rodrigues Guimarães Professor Orientador

UNIVERSIDADE IGUAÇU Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde TÍTULO. Roney Rodrigues Guimarães Professor Orientador UNIVERSIDADE IGUAÇU Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde PROJETO DE PESQUISA TÍTULO COMPOSIÇÃO E ESTRUTURA DA ICTIOFAUNA DO PARQUE MUNICIPAL DE NOVA IGUAÇU, ESTADO DO RIO DE JANEIRO, BRASIL. Roney

Leia mais

Armazenamento e Disponibilização de dados e metadados PPBio/CENBAM

Armazenamento e Disponibilização de dados e metadados PPBio/CENBAM CENBAM Armazenamento e Disponibilização de dados e metadados PPBio/CENBAM Flávia Fonseca Pezzini Pablo Hendrigo Alves de Melo Rainer Xavier de Amorim Dayane Oliveira (PPBio/CENBAM - INPA) Bancos x Repositórios

Leia mais

Sistema de Informação para Coleções de Interesse Biotecnológico

Sistema de Informação para Coleções de Interesse Biotecnológico Sistema de Informação para Coleções de Interesse Biotecnológico Sidnei de Souza Centro de Referência em Informação Ambiental, CRIA 24º Congresso Brasileiro de Microbiologia Brasília, 04 de outubro de 2007

Leia mais

(MINUTA) - Estruturação da Biblioteca Nacional de Saúde de Moçambique (BNS), aperfeiçoamento e ampliação das ações da BVS Moçambique

(MINUTA) - Estruturação da Biblioteca Nacional de Saúde de Moçambique (BNS), aperfeiçoamento e ampliação das ações da BVS Moçambique TERMO DE COOPERAÇÃO ENTRE O INSTITUTO NACIONAL DE SAÚDE DE MOÇAMBIQUE (INS) E O INSTITUTO DE COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA EM SAÚDE DA FIOCRUZ (ICICT/FIOCRUZ- MS - BRASIL) NO MARCO

Leia mais

REABERTURA DO EDITAL Nº 121/2015 Referente ao Aviso nº 110/2015, publicado no DOE de 05/12/2015.

REABERTURA DO EDITAL Nº 121/2015 Referente ao Aviso nº 110/2015, publicado no DOE de 05/12/2015. REABERTURA DO EDITAL Nº 121/2015 Referente ao Aviso nº 110/2015, publicado no DOE de 05/12/2015. O REITOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB), no uso de suas atribuições legais e regimentais, torna

Leia mais

Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas Área de concentração Biologia Celular e Molecular. Edital de seleção - 2013

Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas Área de concentração Biologia Celular e Molecular. Edital de seleção - 2013 Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas Área de concentração Biologia Celular e Molecular Edital de seleção - 2013 Mestrado Doutorado (primeira etapa para não egressos do programa) A Professora

Leia mais

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS. COORDENADORA Mara Garcia Tavares mtavares@ufv.br

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS. COORDENADORA Mara Garcia Tavares mtavares@ufv.br CIÊNCIAS BIOLÓGICAS COORDENADORA Mara Garcia Tavares mtavares@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2009 117 Bacharelado ATUAÇÃO O Bacharelado em Ciências Biológicas tem como objetivo principal formar e capacitar

Leia mais

3Uy5HLWRULDSDUD$VVXQWRVGH 3HVTXLVDH3yV*UDGXDomRGD8)3( 5HODWyULRGH$WLYLGDGHV. 0DUoR

3Uy5HLWRULDSDUD$VVXQWRVGH 3HVTXLVDH3yV*UDGXDomRGD8)3( 5HODWyULRGH$WLYLGDGHV. 0DUoR 3Uy5HLWRULDSDUD$VVXQWRVGH 3HVTXLVDH3yV*UDGXDomRGD8)3( 5HODWyULRGH$WLYLGDGHV 0DUoR $'0,1,675$d 2 Aprovação junto a CPPG da Resolução nº 01/2001 que dispõe sobre as atribuições da Comissão de Pós-Graduação

Leia mais

FABIO Faculdade de Biociências

FABIO Faculdade de Biociências FABIO Faculdade de Biociências Secretaria: Prédio 12 - Bloco A - sala 204 Fone: 33.20.35.45 E-mail: biociencias@pucrs.br www.pucrs.br/fabio Departamentos: Ciências Morfológicas n.º 311 Ciências Fisiológicas

Leia mais

( ) Componente do Patrimônio Genético sem acesso ao Conhecimento Tradicional Associado

( ) Componente do Patrimônio Genético sem acesso ao Conhecimento Tradicional Associado MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE Departamento do Patrimônio Genético Secretaria Executiva do Conselho de Gestão do Patrimônio Genético FORMULÁRIO PARA SOLICITAÇÃO DE AUTORIZAÇÃO DE ACESSO E REMESSA A COMPONENTE

Leia mais

Plano de Gestão 2013-2016 IFSP Campus Caraguatatuba

Plano de Gestão 2013-2016 IFSP Campus Caraguatatuba Visão Institucional O Campus Caraguatatuba do IFSP desenvolveu-se nos últimos anos, ampliando os cursos oferecidos, desde a Formação Inicial e Continuada, passando pelos Cursos Técnicos, de Tecnologia,

Leia mais

InfoBIO. Apoio. Nessa Edição. Conteúdo: Fabiana Vasconcelos. Design e diagramação: Talyta Nogueira

InfoBIO. Apoio. Nessa Edição. Conteúdo: Fabiana Vasconcelos. Design e diagramação: Talyta Nogueira Abr. 2014 InfoBIO InfoBIO Nessa Edição Conteúdo: Fabiana Vasconcelos Design e diagramação: Talyta Nogueira Site e Contato: http://fatea.br/fatea/biologia/ biologia@fatea.br Apoio Índice 3 Dia Mundial do

Leia mais

MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA MCT MUSEU PARAENSE EMÍLIO GOELDI MPEG

MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA MCT MUSEU PARAENSE EMÍLIO GOELDI MPEG MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA MCT MUSEU PARAENSE EMÍLIO GOELDI MPEG PROJETO: DESENVOLVIMENTO DE UMA PROPOSTA DE REESTRUTURAÇÃO DO SITE DA ESTAÇÃO CIENTÍFICA FERREIRA PENNA, VISANDO ATENDER AOS PADRÕES

Leia mais

Ciências Humanas. Relatoria. Grupo de Trabalho (GT1) I Seminário de Avaliação da Pós- Graduação da Universidade Brasília

Ciências Humanas. Relatoria. Grupo de Trabalho (GT1) I Seminário de Avaliação da Pós- Graduação da Universidade Brasília I Seminário de Avaliação da Pós- Graduação da Universidade Brasília Relatoria Grupo de Trabalho (GT1) Realização Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação (DPP) da Universidade de Brasília Brasília DF, 6 a

Leia mais

META MUNICIPAL 14: elevar gradualmente o número de matrículas na pós-graduação stricto sensu, de modo a atingir a titulação anual de 60.

META MUNICIPAL 14: elevar gradualmente o número de matrículas na pós-graduação stricto sensu, de modo a atingir a titulação anual de 60. META MUNICIPAL 14: elevar gradualmente o número de matrículas na pós-graduação stricto sensu, de modo a atingir a titulação anual de 60.000 (sessenta mil) mestres e 25.000 (vinte e cinco mil) doutores.

Leia mais

Concurso Público - FIOCRUZ 2010 Relação Candidato/Vaga

Concurso Público - FIOCRUZ 2010 Relação Candidato/Vaga Belo Horizonte/ MG A103 Assistente Técnico de Gestão em Saúde Assistente Técnico de Gestão em Saúde 765 3 255,00 Belo Horizonte/ MG A204 Técnico em Saúde Pública Manutenção de Insetário 49 1 49,00 Belo

Leia mais

APLICATIVO MOBILE CATÁLOGO DE PÁSSAROS - PLATAFORMA ANDROID/MYSQL/WEBSERVICE

APLICATIVO MOBILE CATÁLOGO DE PÁSSAROS - PLATAFORMA ANDROID/MYSQL/WEBSERVICE APLICATIVO MOBILE CATÁLOGO DE PÁSSAROS - PLATAFORMA ANDROID/MYSQL/WEBSERVICE MARCOS LEÃO 1, DAVID PRATA 2 1 Aluno do Curso de Ciência da Computação; Campus de Palmas; e-mail: leão@uft.edu.br PIBIC/UFT

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO WORKSHOP FRANCO-BRASILEIRO BIODIVERSIDADE EM QUESTÃO: A COOPERAÇÃO ENTRE O MUSEU NACIONAL DE HISTORIA NATURAL DA FRANÇA E O BRASIL

RELATÓRIO TÉCNICO WORKSHOP FRANCO-BRASILEIRO BIODIVERSIDADE EM QUESTÃO: A COOPERAÇÃO ENTRE O MUSEU NACIONAL DE HISTORIA NATURAL DA FRANÇA E O BRASIL UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO Programa Eicos de Pós-Graduação em Psicossociologia de Comunidades e Ecologia Social (IP) e Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Políticas Públicas e Estratégias

Leia mais

II WTR PoP-PR. II Workshop de Tecnologia de Redes Ponto de Presença da RNP no Paraná

II WTR PoP-PR. II Workshop de Tecnologia de Redes Ponto de Presença da RNP no Paraná II WTR PoP-PR II Workshop de Tecnologia de Redes Ponto de Presença da RNP no Paraná Data: 17 e 18 de setembro de 2015 Local: Salão Nobre do Edifício da Administração na Universidade Federal do Paraná Centro

Leia mais

MUSEU NACIONAL DE HISTÓRIA NATURAL E DA CIÊNCIA

MUSEU NACIONAL DE HISTÓRIA NATURAL E DA CIÊNCIA MUSEU NACIONAL DE HISTÓRIA NATURAL E DA CIÊNCIA Apresentação do Museu O Museu Nacional de História Natural é um organismo da Universidade de Lisboa, vocacionado para a investigação científica e atividades

Leia mais