Profª Aline Winter Sudbrack

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Profª Aline Winter Sudbrack"

Transcrição

1 Profª Aline Winter Sudbrack Profª. Adjunta III da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre, RS Doutora em Sociologia, Mestre em Antropologia Social, Especialista em Saúde Pública. Atua no Programa de Pós-Graduação Ensino da Saúde UFCSPA. Departamento Educação e Humanidades UFCSPA. Atua no Programa de Pós-Graduação Ensino da Saúde UFCSPA. Coordenadora do Grupo de Pesquisa Polo Sul - Prodequi UNB UFCSPA. Membro do Comitê de Ética em Pesquisa UFCSPA. Membro do Grupo de Pesquisa Violência e Cidadania UFRGS. Membro do Grupo de Pesquisa Direitos Humanos, Bioética e Saúde UFCSPA. Membro do Grupo de Pesquisa Enfrentamento à Violência UFCSPA.

2 Aldo Zaiden Psicólogo e psicanalista, com especialização em etnopsicanálise pela Université Paris XIII. É mestre Ciências Sociais pela UnB. Militante de Direitos Humanos, foi Coordenador Nacional de Saúde Mental e Combate à Tortura pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, em atuação antiprisional e antimanicomial, e foi membro do Conselho Nacional de Políticas sobre Drogas, representando o Ministério da Saude. Representa a Rede Pense LivrePor uma política de Drogas que funcione, da qual faz parte do grupo coordenador e é membro do Conselho Consultivo da Plataforma Brasileira de Políticas de Drogas, entidade que reúne 29 instituições que discutem a reforma das políticas de drogas no Brasil e nos fóruns internacionais. Participou de delegações em Genebra, Viena e Nova Iorque, San Jose, Washington e Buenos Aires, Santiago, Bogota entre outros países, tanto enquanto representante do Governo como ator da Sociedade Civil junto à ONU e a OEA. Foi consultor sênior sobre drogas para a União Européia (diálogos setoriais-coordenador); consultor sobre drogas e direitos humanos para PNUD, UNESCO e FIOCRUZ (fiotec) Atualmente, além de sua militância no tema Drogas, atende em seu consultório em São Paulo, que divide com a Psicanalista Maria Rita Kehl.

3 Ana Regina Noto Psicóloga, com mestrado e doutorado em psicobiologia. Professora da UNIFESP e orientadora de pós-graduação na área de medicina e sociologia do abuso de drogas. Pesquisadora CNPQ nível 2, coordenadora do núcleo de pesquisa sobre saúde e uso de substancias (NEPSIS) e do centro regional de referencia em crack e outras drogas CRR DIMESAD UNIFESP. Linha de pesquisa centrada nos aspectos psicossociais relacionados ao uso psicotrópicos e suas implicações na saúde, avaliações de intervenções preventivas e terapêuticas (ensaios clínicos). Principais temas de estudo: prevenção entre adolescentes; Mindfulness e dependências; e violência familiar associada ao uso de substancias.

4 Prof. Dra. Andrea Gallassi Doutora em Ciências da Saúde pelo Departamento de Psiquiatria da FMUSP e Terapeuta Ocupacional pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Tem experiência na área de Saúde Mental e Saúde Coletiva, com ênfase em álcool e outras drogas e políticas de saúde, atuando principalmente nos seguintes temas: política pública em álcool e outras drogas, e adolescente, uso de drogas e ato infracional. Atualmente é Professora Adjunta II do curso de Terapia Ocupacional da Universidade de Brasília (UnB); coordenadora-geral do Programa de Extensão Centro de Referência sobre Drogas e outras Vulnerabilidades Associadas (CRR/FCEUnB) da UnB, e líder do Grupo de Pesquisa CNPq de mesmo nome. Está finalizando o pósdoutorado pelo Centre of Addiction and Mental Health (CAMH), Universidade de Toronto, Canadá.

5 Araci Asinelli da Luz Possui graduação em História Natural pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1969), mestrado em Educação pela Universidade Federal do Paraná (1987) e doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo (2000). Tem especialização em Ensino de Ciências, em Psicodrama Pedagógico e em Prevenção da Violência Doméstica contra criança e adolescente. Atualmente é professor associado 1 junto ao Departamento de Teoria e Prática de Ensino, Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em prevenção do abuso de drogas, sexualidade, prevenção da homofobia na escola, da violência contra a criança e o adolescente e educação socioambiental. Também atua na área da Responsabilidade Social r na formação inicial e continuada de professores, do educador social, de conselheiros tutelares e na formação do protagonismo juvenil. Foi secretária regional da SBPC por duas gestões e foi membro do Conselho e do GT Educação da SBPC. Atualmente é Secretária Regional da SBPC (gestão ). Foi membro da Comissão da Infância e da Adolescência da OABPR( ) ; foi membro do Conselho Curador da Fundação Educacional Meninos e Meninas de Rua Profeta Elias; é membro titular do Conselho Estadual de Políticas sobre Drogas, pela UFPR. Participou do grupo de pesquisa coordenado por Dra. Carolina Lisboa na pesquisa que investiga as relações de amizade na infância, as influências parentais e transição ecológica na região sul do Brasil (processo CNPq /2008-3). É pesquisadora na linha da cognição, aprendizagem e desenvolvimento humano,do Programa de Pós-Graduação em Educação, do Setor de Educação da UFPR, orientando teses e dissertações na sub-linha Educação Preventiva Integral e Desenvolvimento Humano junto à linha Cognição, Aprendizagem e Desenvolvimento Humano e do Programa de Pós-Graduação em Educação Teoria e Prática de Ensino (Mestrado Profissional). Participa dos seguintes Núcleos e Grupos de Pesquisa: Educação, Ambiente e Sociedade (líder - NEAS); Diversidades em Educação; Prevenção de Drogas na Escola. NIED - Núcleo Interdisciplinar de Enfrentamento das Dependências Químicas da UFPR (Coordenadora), NEPS - Núcleo de Estudos de Pedagogia Social da UFPR (Vice-coordenadora).

6 Carla Dalbosco Psicóloga pela UFRGS, especialista em terapia familiar sistêmica, mestre e doutora em Psicologia Clínica e Cultura pela Universidade de Brasília. Entre 2008 e 2012 exerceu o cargo de Diretora de Políticas de Prevenção e Tratamento da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas - SENAD, na Presidência da República e posteriormente Ministério da Justiça, onde acompanhou projetos de prevenção e capacitação em nível nacional. Entre 2013 e 2014 foi coordenadora local do Projeto multicêntrico de Participação e Dinamização Juvenil no Programa Saúde na Escola pela Fiocruz - Brasília. Atualmente é Assessora de Direção no Hospital de Clínicas de Porto Alegre - HCPA/UFRGS, onde integra a equipe do Centro de Pesquisa em Álcool e Drogas - CPAD e de Coordenação do curso de Mestrado Profissional em Prevenção e Assistência a Usuários de Álcool e Outras Drogas.

7 Cibele Maria de Sousa Graduada em Serviço Social pela Universidade Estadual do Ceará, especialista em Violência Doméstica contra Crianças e Adolescentes pela Universidade de São Paulo. Assistente social, servidora pública da Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal, integrante da equipe multidisciplinar do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas - CAPS ad II, unidade de Sobradinho II DF.

8 Daniela Ribeiro Schneider Possui graduação em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (1987), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (1993) e doutorado em Psicologia (Psicologia Clínica) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2002) e Pós-Doutorado pela Universidade de Valencia - Espanha (2012). Atualmente é profa. associado III da Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Tratamento e Prevenção Psicológica, atuando principalmente nos seguintes temas: problemas relacionados ao uso de álcool e drogas, programas de prevenção e serviços de saúde que atendem usuários de drogas, saúde mental, história da psicologia, Jean-Paul Sartre, psicologia existencialista. Coordenadora do Grupo de Pesquisa "Clínica da Atenção Psicossocial e Uso de Álcool e Outras Drogas". Bolsista produtividade em pesquisa 2 pelo CNPQ.

9 Deise Matos do Amparo Professora do Departamento de Psicologia Clínica do Instituto de Psicologia da Universidade de Brasília, Doutora em Psicologia pela Universidade de Brasília com Doutorado Sanduiche pela Université Jules Verne França, Pós Doutorado pela Université Paris V, Bolsista Produtividade 2 do CNPQ.

10 Eloisa Dutra Caldas Possui graduação em Química e mestrado em Química Analítica pela Universidade de Brasília, doutorado em Agricultural and Environmental Chemistry pela Universidade da Califórnia, Davis (1996) e pós-doutorado pelo Institut National de la Recherche Agronomique, em Paris (2005). Atua nas áreas de toxicologia de alimentos, ambiental e de medicamentos, estudos toxicológicos agudos e crônicos com animais, avaliação de risco da exposição humana a resíduos e contaminantes, epidemiologia das intoxicações humanas e desenvolvimento de metodologia analítica para análise de resíduos, contaminantes e substâncias psicoativas utilizando técnicas analíticas que incluem cromatografia gasosa e líquida, espectrometria de massa, espectrofotometria UV/Vis e absorção atômica. Dentre as substâncias de interesse incluem-se pesticidas, drogas veterinárias, metais pesados, micotoxinas e drogas de abuso.

11 Eroy Aparecida da Silva Graduada em Psicologia (1989). Doutora em Ciências - Disciplina de Medicina e Sociologia do Abuso de Drogas (DIMESAD) do Departamento de Psicobiologia da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP,2011), Coordenadora do Curso de Especialização em Terapias Cognitivas para o Tratamento de Dependentes de Álcool e outras Drogas, Unidade de Dependência de Drogas do Departamento de Psicobiologia da Universidade Federal de São Paulo. Psicóloga contratada pela Associação Fundo de Incentivo à Psicofarmacologia (AFIP). Consultora ad hoc da Revista Brasilera de Terapias Cognitivas - Sociedade Brasileira de Terapias Cognitivas e Cadernos de Terapia Ocupacional da UFScar. Coordenadora Pedagógica Centro Regional de Referencia-CRR-DIMESAD-UDED. Coordenadora do curso de Atenção aos usuários de substâncias psicoativas REDE SAMPA Saúde Mental Paulistana - Prefeitura do Município de São Paulo. Tem experiência na área de Psicoterapia com ênfase em Terapia Cognitivo-Comportamental e Sistêmica, atuando principalmente nos seguintes temas: Terapia Cognitiva e Sistêmica Individual, Grupal e Familiar; Terapia Comunitária com abusadores e dependentes de drogas. Sócia Diretora Polo São Paulo; Núcleo de Terapia Cognitiva (NTC).Conselheira Suplente-ABRAMD-Conselho Estadual sobre Drogas-CONED-SP.

12 Francisco Inacio Pinkusfeld Monteiro Bastos Possui graduação em Medicina pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1981), mestrado em Saúde Coletiva pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1988) e doutorado em Saúde Pública pela Fundação Oswaldo Cruz (1995), com estágios de pós-doutorado/pesquisador visitante na Alemanha (1995), Canadá (1998), Reino Unido (2003), EUA (2010) e Reino Unido (2013). É pesquisador titular da Fundação Oswaldo Cruz e foi pesquisador visitante honorário do Imperial College, Londres, Reino Unido. Desenvolve pesquisas voltadas especialmente para a epidemiologia e prevenção do abuso de drogas e do HIV/AIDS. Autor/coautor de mais de 260 publicações em revistas indexadas e 95 capítulos de livros/livros, publicados no Brasil e em diversos países, como EUA, Reino Unido, Alemanha e Canadá, por editoras como Oxford University Press, Springer e Routledge. Em paralelo à carreira médica/pesquisa biomédica, trabalha há longos anos como tradutor e editor (e, mais recentemente, como membro do corpo editorial de diversas revistas), carreira iniciada com a premiação, aos 20 anos, como tradutor do poeta anglo-americano T.S. Eliot. Mais recentemente, passou a publicar nas áreas de filosofia e história da biologia e das ciências da saúde.

13 Helena Maria Becker Albertani Licenciada em Filosofia, Orientadora Educacional, Mestre em Educação pela PUC/SP. Especialista em adolescentes, formação continuada de professores e prevenção do uso indevido de drogas. Consultora em Educação na montagem de projetos e assessoria a trabalhos com educadores, pais, alunos e comunidades. Autora de textos e materiais pedagógicos sobre educação, gestão da escola, relacionamento interpessoal, metodologias educacionais e prevenção. Membro da ABRAMD.

14 Luca Santoro Gomes Terapeuta, Professor e Supervisor Técnico. Diploma MSc (Mestrado em Ciências) em Adult Psychodynamic Counselling Course, Universidade de Londres e especialista em Dependência Química pela UNIFESP. Professor dos cursos de capacitação para profissionais da rede SUS e SUAS do Município de São Paulo, Professor dos CRRs em São Paulo, UDED Departamento de Psicobiologia da Universidade Federal de São Paulo, em Brasília Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde, Faculdade de Medicina do GDF. Professor no cursos de pós graduação especialização em Saúde Mental e especialização TCC na UNIP. Supervisão Institucioal para Caps AD 3 e Unidades de Acolhimento, representante no Brasil da ONG Future Devolpment Foundation FDF United Kingdom. Atualmente faz capacitações, supervisões e palestras sobre prevenção, tratamento, políticas públicas nas áreas de álcool, tabaco e outras drogas, saúde sexual, HIV/AIDS, diversidade sexual, família, criança e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, pessoas em situação de rua, formação de rede,tratamento comunitário,gerenciamento de caso, gerenciamento de conflitos, cuidando de quem cuida, organização de serviços e aplicação de tecnologia da informação em modelos preventivos. Além de técnicas de intervenção breve, captação de recursos e mídia advocacy e tecnologias da cultura da paz.

15 Marcelo Santos Cruz Possui graduação em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, mestrado e doutorado em Psiquiatria, Psicanálise e Saúde Mental pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atualmente coordena o Programa de Estudos e Assistência ao Uso Indevido de Drogas (PROJAD) e o curso de Especialização em Assistência a Usuários de Drogas do Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IPUB/UFRJ). É Vice-Presidente da ABRAMD, membro do Conselho Editorial Nacional do Jornal Brasileiro de Psiquiatria e do Comitê de Ética em Pesquisa.

16 Maria Aparecida Penso Psicóloga, doutora em Psicologia, terapeuta de Casais e Família, professora do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade Católica de Brasília onde pertence à linha de pesquisa de Sistemas familiares e Cultura. Pertence aos Grupos de Pesquisa SOCIUS; GEVIN; SAUDE MENTAL, TERAPÊUTICAS E CULTURA e Núcleo de pesquisa e intervenção,:exclusão social, violência urbana e subjetividade. É membro da Associação Nacional de Pesquisadores em Psicologia (ANPEPP) onde pertence ao grupo de pesquisa Tecnologia Social e Inovação: Intervenções Psicológicas e Práticas Forenses contra Violência. Pós-doutora pelo Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade Federal Fluminense sob orientação da profa. Dra Teresa Cristina O. Carreteiro.

17 Maria da Glória Lima Possui graduação em Bacharelado e Licenciatura em Enfermagem pela Universidade Federal de Goiás (1982), mestrado em Enfermagem Psiquiátrica pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Universidade de São Paulo (1993) e doutorado em Enfermagem pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Universidade de São Paulo (2002). Atualmente é professora associada da Universidade de Brasília. Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Saúde Mental, atuando principalmente nos seguintes temas: saúde mental, dependência química, trabalho em saúde e políticas de saúde mental.

18 Maria Etelvina Barros Profissional da área de Ciências Sociais/USP, com mais de 25 anos de experiência em políticas públicas em saúde, desenvolvimento e cooperação internacional. Trabalhou em Brasília, em Moçambique e na Cidade do Panamá, como funcionária do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS-UNAIDS/ONUSIDA, por 10 anos. Tem larga experiência nas áreas de prevenção ao uso indevido de drogas e prevenção e atenção às DST/HIV/Aids. Experiência na gestão de organismos governamentais estaduais, nacionais e internacionais. Nos últimos anos trabalhou como consultora na Secretaria da Saúde do Município de São Paulo, no Ministério da Saúde, na área de DST/Aids, contrato UNESCO, e na área de Saúde Mental, contrato UNODC. Larga experiência na coordenação, negociação, implementação e monitoramento de projetos de cooperação internacional, envolvendo organizações internacionais (bi e multilaterais), governos, sociedade civil e setor privado.

19 Nara D. de Araújo Santos Especialista em Relações Internacionais pela Universidade de Brasília, Especialista em Bioética pela Universidade de Brasília Mestre em Bioética pela Universidade de Brasília Local de Trabalho: Escritório de Ligação e Parceria do UNODC no Brasil Resumo de Experiência: Experiência de dezessete anos no desenvolvimento e na implementação de projetos de cooperação técnica internacional relacionados ao HIV/aids, ao uso de drogas e à atenção à saúde da população penitenciária. Especializada em políticas públicas voltadas à promoção do acesso aos serviços de prevenção e atenção ao HIV e à aids em contextos de uso de drogas e de privação de liberdade, tendo como base a proteção dos direitos humanos e a promoção da equidade de gênero. Atua como Oficial de Programa e presta assessoria técnica em atividades e projetos relativos aos temas do mandato do UNODC no campo da saúde. Contato Eletrônico/

20 Osvaldo Fernandez Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1987), mestrado em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1993) e doutorado em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Bahia (2007). Fez pósdoutorado em Antropologia Urbana e Saúde, com bolsa CAPES, no Sociomedical Sciences Department da Faculdade de Saúde Pública da Columbia University of the New York city ( ). Atualmente é professor titular (2013) e efetivo do programa de pós-graduação em letras - Critica Cultural no departamento de Educação, da Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Antropologia Urbana, atuando principalmente nos seguintes campos para educação, saúde e segurança com os seguintes campos de estudos: gênero, sexualidade, homossexualidade, violência, HIV/AIDS, consumo de drogas e homofobia.

21 Renato Barão Varalda Possui graduação em DIREITO pela UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO; ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO PROCESSUAL CIVIL pelo CENTRO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA (OSUC - SP) - certificado registrado no livro nº 04, às folhas 10 A, sob nº 77; ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS pela UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA (UnB) e UNIVERSITY OF ESSEX - certificado registrado sob o nº 014, no livro 011, folha nº 003; ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO CONSTITUCIONAL CONTEMPORÂNEO pela UnB - certificado registrado sob o nº 516, no livro 21, folha nº 104; ESPECIALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS PENAIS pela FUNDAÇÃO ESCOLA DO MPDFT - certificado sob o registro nº 8, Livro nº A-32, folha nº 8, data do registro: 5/10/2012; e MESTRADO EM CIÊNCIAS JURÍDICO-CRIMINAIS pela FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE LISBOA (revalidado pela UnB e registrado sob o nº 576, livro 003, folha 144, processo nº / ). Atuou como COORDENADOR da Comissão Permanente da Infância e Juventude (COPEIJ) do Grupo Nacional de Direitos Humanos do Conselho Nacional (GNDH) de Procuradores-Gerais de Justiça (CNPG), entre 2013 e Atualmente é PROMOTOR DE JUSTIÇA do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios; Coordenador Administrativo das Promotorias de Justiça da Infância e Juventude e Secretário da Associação Brasileira de Magistrados, Promotores e Defensores da Infância e Juventude (ABMP).

22 Sheila Giardini Murta Docente no Departamento de Psicologia Clínica e orientadora no Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica e Cultura da Universidade de Brasília (UnB). Investiga o desenvolvimento, a avaliação, a difusão e a adaptação cultural de programas de promoção de saúde mental e prevenção a riscos para transtornos mentais para pessoas em diferentes fases do ciclo de vida. Coordenadora do Grupo de Estudos em Prevenção e Promoção de Saúde no Ciclo de Vida (GEPPSVida).

23 Silvia Renata Lordello. Psicóloga e Pedagoga pela UnB, mestre em Psicologia do Desenvolvimento Doutora em Psicologia pela Universidade de Brasília; psicóloga clínica, professora da graduação em Psicologia na Universidade de Brasília. Coordenadora do Laboratório de Família, Grupo e Comunidade.

24 Silvia de Oliveira Santos Cazenave Possui graduação em Farmácia e Odontologia de Ribeirão Preto pela Universidade de São Paulo (1980), mestrado em Farmácia Análise Toxicológica pela Universidade de São Paulo (1992) e doutorado em Toxicologia Fármacia Bioquímica pela Universidade de São Paulo (1998). Atualmente é Superintendente de Toxicologia da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), Perito Criminal Toxicologista 1a. classe do Instituto de Criminalística de Campinas e professora titular da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (licenciada). Tem experiência na área de Farmacologia, com ênfase em Toxicologia, atuando principalmente nos seguintes temas: drogas, toxicologia, dependência, análise toxicológica e prevenção, Tabaco, agrotóxicos e regulação.

25 Telmo M. Ronzani Psicólogo, Mestre em Psicologia Social, Doutor em Ciências da Saúde. Professor do Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da UFJF, Coordenador do Centro de Referência em Pesquisa, Intervenção e Avaliação em Álcool e Drogas (CREPEIA). Bolsista de Produtividade CNPq.

26 Vânia Maria de Medeiros Possui Graduação em Química Industrial pela Universidade Federal da Paraíba (1985), mestrado em Química Inorgânica pela Universidade Federal da Paraíba (1994) e doutorado em Química Analítica pela Universidade Federal da Paraíba (2004). Sua principal experiência tem sido a de integrar o currículo de Cursos de Tecnologia aos Cursos da Educação (Licenciatura) e a temática Prevenção ao Uso de Substâncias Psicoativas. Coordenou o primeiro curso de pósgraduação lato-sensu em Promoção da Saúde e Prevenção ao uso de Drogas no estado da Paraíba, uma iniciativa resultante da parceria constituída entre UNIFESP-UNIAD e FUNETEC - Fundação de apoio ao IFPB. Recentemente integrou a equipe de formação dos profissionais do SINASE (Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo) constituida pela UFPB assumindo a temática das drogas no que se refere ao conteúdo da Prevenção e Abordagens Interdisciplinares ao Usuário. Orienta projetos de extensão e de iniciação científica integrando estudantes de diferentes cursos e níveis de ensino (médio e superior). Integrou a Comissão de Elaboração do Plano Estadual de Enfrentamento do Crack e outras Drogas na Paraíba e atualmente coordena o CRR-IFPB, Centro Regional de Referência para a Formação de Profissionais da Rede de Atenção ao Usuário de Drogas, implantado em 2011 como parte das ações estruturantes do Plano Nacional de Enfrentamento ao Crack e outras Drogas.

27 Vera da Ros Psicóloga e Mestre pela PUC/SP, psicoterapeuta de jovens e adultos. Após a formação como psicóloga especializou-se nas áreas de adolescentes, drogas e AIDS. Caminhou por todas as áreas até a gerência de projetos junto ao PROAD/UNIFESP. De 1999 a 2005 foi assessora técnica da área de redução de danos, drogas e AIDS junto ao UNODC e ao Ministério da Saúde. Experiência internacional em conferências, congressos, CICAD/OEA, OMS, UNODC, ECOSOC. Trabalhou como psicóloga em enfermaria psiquiátrica de dependência química em hospital geral - Hospital Estadual de Diadema/ SPDM. Atualmente, consultora de projetos do terceiro setor nas áreas de: direitos da criança e do adolescente, prevenção de drogas e sexualidade. Consultora para o Departamento de DST/AIDS/Hepatites do Ministério da Saúde, UNODC e PNUD. Foi coordenadora da ABRAMD Educação, mediadora de cursos on-line pelo CEATS/FIA e Fundação Telefônica. Presidente da REDUC na gestão tem assento no CONED /SP Conselho Estadual sobre Drogas.

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO EM DEPENDÊNCIA QUÍMICA

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO EM DEPENDÊNCIA QUÍMICA PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO EM DEPENDÊNCIA QUÍMICA O programa tem por objetivo capacitar profissionais para a promoção de saúde, prevenção, identificação e tratamento do uso nocivo de substâncias psicoativas.

Leia mais

SAÚDE PÚBLICA, SAÚDE MENTAL E DEPENDÊNCIA QUÍMICA

SAÚDE PÚBLICA, SAÚDE MENTAL E DEPENDÊNCIA QUÍMICA SAÚDE PÚBLICA, SAÚDE MENTAL E DEPENDÊNCIA QUÍMICA CLÍNICA ESCOLA A Clínica Escola do Núcleo de Neurociência ESUDA em uma ação conjunta de um fazer profissional que corresponda aos interesses sociais da

Leia mais

Política Nacional sobre Drogas e o Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas Crack, é possível vencer. SALVADOR/BA ABRIL de 2012

Política Nacional sobre Drogas e o Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas Crack, é possível vencer. SALVADOR/BA ABRIL de 2012 Política Nacional sobre Drogas e o Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas Crack, é possível vencer SALVADOR/BA ABRIL de 2012 MARCOS HISTÓRICOS 1998: Adesão do Brasil aos princípios diretivos

Leia mais

Pós-graduação em Gestão das Minorias

Pós-graduação em Gestão das Minorias 1 Ascensão Acadêmica Pós-Graduação alavanca sucesso na carreira profissional Pesquisa coordenada pelo Centro de Políticas Sociais da Fundação Getúlio Vargas (FGV), em 2010, indica que as pessoas que não

Leia mais

XIV JORNADA DE PSICOLOGIA 23 a 27 de Agosto de 2011 Umuarama Paraná Brasil UNIPAR UNIVERSIDADE PARANAENSE

XIV JORNADA DE PSICOLOGIA 23 a 27 de Agosto de 2011 Umuarama Paraná Brasil UNIPAR UNIVERSIDADE PARANAENSE ADRIANA RODRIGUES FERNANDES 08/09910 Breve currículo de sua formação acadêmica: Psicóloga (PUCPR), Mestre em Saúde Coletiva (UERJ), Especialista em Psicologia do Trabalho (UFPR) e em Docência do Ensino

Leia mais

PROPOSTAS PARA O ESTADO BRASILEIRO - NÍVEIS FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL

PROPOSTAS PARA O ESTADO BRASILEIRO - NÍVEIS FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL PROPOSTAS PARA O ESTADO BRASILEIRO - NÍVEIS FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL MEDIDAS CONCRETAS PARA O ENFRENTAMENTO DA VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER NO ÂMBITO DOMÉSTICO/FAMILIAR A presente Matriz insere-se no

Leia mais

CONGRESSO ESTADUAL SOBRE DROGAS Perfil dos palestrantes

CONGRESSO ESTADUAL SOBRE DROGAS Perfil dos palestrantes Nome: Cloves Eduardo Benevides Atuação: Subsecretário de Políticas Antidrogas de Minas Gerais Palestra 1: A importância da transversalidade para construção das políticas do álcool e outras drogas Palestra

Leia mais

V CONGRESSO INTERNACIONAL DA ABRAMD. Brasília, de 1 a 3 de dezembro de 2015 PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR. 01 de dezembro de 2015 - Terça-feira

V CONGRESSO INTERNACIONAL DA ABRAMD. Brasília, de 1 a 3 de dezembro de 2015 PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR. 01 de dezembro de 2015 - Terça-feira V CONGRESSO INTERNACIONAL DA ABRAMD Brasília, de 1 a 3 de dezembro de 2015 PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR 01 de dezembro de 2015 - Terça-feira Horário Atividade 8:00 9:00 Acolhimento dos participantes pela Comissão

Leia mais

DIA HORA ATIVIDADE PALESTRANTE. Conselho Regional de Psicologia CRP/13 19h00 Apresentação Cultural Coral 1º Período A Noite

DIA HORA ATIVIDADE PALESTRANTE. Conselho Regional de Psicologia CRP/13 19h00 Apresentação Cultural Coral 1º Período A Noite ψ PSICOLOGIA, ÉTICA E CIDADANIA PROGRAMAÇÃO DIA HORA ATIVIDADE PALESTRANTE Direção FMN-CG: Yldry Pessoa Ramos 18h30 Abertura Coordenação Acadêmica Coordenação de Psicologia 26/08 Conselho Regional de Psicologia

Leia mais

CHAMADA DE ARTIGOS do SUPLEMENTO TEMÁTICO A EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE NO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE

CHAMADA DE ARTIGOS do SUPLEMENTO TEMÁTICO A EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE NO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE 1 CHAMADA DE ARTIGOS do SUPLEMENTO TEMÁTICO A EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE NO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE No dia 16 de novembro último, durante o 10o Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, realizado em Porto

Leia mais

PORTARIA Nº 2.841, DE 20 DE SETEMBRO DE 2010

PORTARIA Nº 2.841, DE 20 DE SETEMBRO DE 2010 PORTARIA Nº 2.841, DE 20 DE SETEMBRO DE 2010 Institui, no âmbito do Sistema Único de Saúde - SUS, o Centro de Atenção Psicossocial de Álcool e outras Drogas 24 horas - CAPS AD III. O MINISTRO DE ESTADO

Leia mais

60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos PROGRAMAÇÃO

60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos PROGRAMAÇÃO VIII Semana do Assistente Social 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos 12 a 15 de maio de 2008 Escola de Serviço Social da PUC Minas Apoio: Núcleo de Direitos Humanos - Pró-Reitoria de Extensão

Leia mais

I Simpósio de Direitos Fundamentais

I Simpósio de Direitos Fundamentais FRENTE I Simpósio de Direitos Fundamentais DIA 28 DE OUTUBRO/2014 MANHÃ E NOITE PROGRAMAÇÃO DO EVENTO MANHÃ 08h00 CREDENCIAMENTO 08h30 ABERTURA (Composição da mesa) 09h00 às 09h40 PRIMEIRA EXPOSIÇÃO O

Leia mais

64 pontos não remunerada.

64 pontos não remunerada. UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL RESOLUÇÃO 001/2015 ESTABELECE PROCEDIMENTOS E PARÂMETROS AVALIATIVOS PARA PROGRESSÃO DE DOCENTES À CLASSE E PROFESSOR TITULAR ANEXO

Leia mais

Nome: Temática: Curriculo: Nome: Temática: Currículo:

Nome: Temática: Curriculo: Nome: Temática: Currículo: Nome: Abraham Turkenicz Temática: Novas Configurações Familiares Curriculo: É médico, psicanalista, terapeuta de casais e famílias, autor do livro "A aventura do Casal'. Nome: Adriana Friedmann Temática:

Leia mais

Mais informações: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=k4787023h4

Mais informações: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=k4787023h4 Profª. Loussia Penha Musse Felix É Bacharel em Direito pela Universidade Católica de Petrópolis (UCP), mestre em Ciências Jurídicas pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) e doutora

Leia mais

1.1. Cristina Nacif Alves

1.1. Cristina Nacif Alves 1.1. 1.1.1. Formação Graduação em Pedagogia, Universidade Estadual do Rio de Janeiro, concluída em Junho de 1992 Especialização em Desenvolvimento e Aprendizagem da criança e do adolescente - Instituto

Leia mais

Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas

Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas RESULTADOS Setembro 2010 Parcerias Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República; Casa Civil da Presidência da República; Secretaria-Geral

Leia mais

COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS DO SENADO FEDERAL. Brasília maio 2010

COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS DO SENADO FEDERAL. Brasília maio 2010 COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS DO SENADO FEDERAL Brasília maio 2010 Audiência Pública: o avanço e o risco do consumo de crack no Brasil Francisco Cordeiro Coordenação de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas

Leia mais

1. Escopo ou finalidade da iniciativa

1. Escopo ou finalidade da iniciativa 1. Escopo ou finalidade da iniciativa Por meio do Programa Rede Judicial de Proteção objetiva-se reduzir a reprodução de infrações penais semelhantes às cometidas, a partir de intervenções orientadas para

Leia mais

Dias: 26, 27 e 29 Local: Faculdade Maurício de Nassau

Dias: 26, 27 e 29 Local: Faculdade Maurício de Nassau Dias: 26, 27 e 29 Local: Faculdade Maurício de Nassau PROGRAMAÇÃO DIA HORA ATIVIDADE PALESTRANTE Yldry Souza Ramos Queiroz Pessoa.- Direção FMN-CG Samara Coelho - Coordenação Acadêmica 18h30 Abertura Adriano

Leia mais

Ministério da Saúde Área Técnica de Saúde Mental Álcool e outras Drogas Miriam Di Giovanni Curitiba/PR - 12/11/2010

Ministério da Saúde Área Técnica de Saúde Mental Álcool e outras Drogas Miriam Di Giovanni Curitiba/PR - 12/11/2010 Saúde da População em Situação de Rua, com foco em Saúde Mental Consultório de Rua Ministério da Saúde Área Técnica de Saúde Mental Álcool e outras Drogas Miriam Di Giovanni Curitiba/PR - 12/11/2010 Saúde

Leia mais

Oficinas de tratamento. Redes sociais. Centros de Atenção Psicossocial Álcool e drogas

Oficinas de tratamento. Redes sociais. Centros de Atenção Psicossocial Álcool e drogas Oficinas de tratamento Redes sociais Centros de Atenção Psicossocial Álcool e drogas Irma Rossa Médica Residência em Medicina Interna- HNSC Médica Clínica- CAPS ad HNSC Mestre em Clínica Médica- UFRGS

Leia mais

Crack, é possível vencer

Crack, é possível vencer Crack, é possível vencer Prevenção Educação, Informação e Capacitação Aumento da oferta de tratamento de saúde e atenção aos usuários Autoridade Enfrentamento ao tráfico de drogas e às organizações criminosas

Leia mais

ANEXO IV PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL. Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO

ANEXO IV PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL. Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL ANEXO IV Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO 1-Promoção dos Direitos de Crianças e Adolescentes Buscar apoio das esferas de governo (Federal e Estadual)

Leia mais

PROGRAMA DE MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS EM MEIO ABERTO

PROGRAMA DE MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS EM MEIO ABERTO PROGRAMA DE MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS EM MEIO ABERTO CONTEXTUALIZAÇÃO DOUTRINA DA SITUAÇÃO IRREGULAR DOUTRINA DA PROTEÇÃO INTEGRAL. Código de menores;. Menores em situação irregular;. Carentes, abandonados,

Leia mais

PALESTRANTES. Conferência de abertura: O Plano Nacional de Educação, regime de colaboração e os desafios para a gestão educacional.

PALESTRANTES. Conferência de abertura: O Plano Nacional de Educação, regime de colaboração e os desafios para a gestão educacional. PALESTRANTES Conferência de abertura: O Plano Nacional de Educação, regime de colaboração e os desafios para a gestão educacional Conferencista:Raimundo Luís Araújo UNB/USP/Assessor Parlamentar Possui

Leia mais

Capítulo 50: centro de atenção psicossocial de álcool e drogas

Capítulo 50: centro de atenção psicossocial de álcool e drogas Capítulo 50: centro de atenção psicossocial de álcool e drogas Fernanda Marques Paz 1 Dependência Química: prevenção, tratamento e politicas públicas (Artmed; 2011; 528 páginas) é o novo livro de Ronaldo

Leia mais

Link para o Currículo Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=k4778105e6

Link para o Currículo Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=k4778105e6 Adriana de Castro Rodrigues Krum Especialização em Saúde Pública pela Faculdade Internacional de Curitiba (2004). Especialização em Informática Educacional pela Faculdades Franciscanas FAFRA (1996). Especialização

Leia mais

7ª Promotoria de Tutela Coletiva de Defesa da Cidadania da Capital

7ª Promotoria de Tutela Coletiva de Defesa da Cidadania da Capital PROGRAMA DE AUDIÊNCIAS PÚBLICAS DA SAÚDE CRACK - Prevenção, Resgate e Cuidados em Saúde Mental Roteiro Preliminar Abertura e Mesa 1 - Gestores (13 horas): Dra. ANABELLE MACEDO SILVA Titular da 3ª Promotoria

Leia mais

PSICOLOGIA MATUTINO E NOTURNO. 1 o Ano. Disciplina

PSICOLOGIA MATUTINO E NOTURNO. 1 o Ano. Disciplina PSICOLOGIA MATUTINO E NOTURNO 1 o Ano Antropologia Epistemologia e História da Psicologia Estatística Ética e Cidadania Interpretação e Produção de Textos Científicos Métodos de Pesquisa em Psicologia

Leia mais

DOCENTES DO CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM CAMPUS AMÍLCAR FERREIRA SOBRAL

DOCENTES DO CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM CAMPUS AMÍLCAR FERREIRA SOBRAL DOCENTES DO CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM CAMPUS AMÍLCAR FERREIRA SOBRAL CHEFE DO CURSO DE ENFERMAGEM Profa. MSc. Izabel Cristina Falcão Juvenal Barbosa Possui graduação em Terapia Ocupacional pela

Leia mais

PREVENÇÃO DE VIOLÊNCIAS E PROMOÇÃO DA CULTURA DE PAZ

PREVENÇÃO DE VIOLÊNCIAS E PROMOÇÃO DA CULTURA DE PAZ MINISTÉRIO DA SAÚDE IMPACTO DA VIOLÊNCIA NA SAÚDE DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES PREVENÇÃO DE VIOLÊNCIAS E PROMOÇÃO DA CULTURA DE PAZ VOCÊ É A PEÇA PRINCIPAL PARA ENFRENTAR ESTE PROBLEMA Brasília - DF 2008

Leia mais

PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR. 01 de dezembro de 2015 - Terça-feira

PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR. 01 de dezembro de 2015 - Terça-feira PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR 01 de dezembro de 2015 - Terça-feira Horário Atividade 8:00 9:00 Acolhimento dos participantes pela Comissão Organizadora 9:00 10:00 CONFERÊNCIA - DROGAS E TRANSIÇÃO DE PARADIGMAS:

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO. Eleição para Diretoria Executiva - período 2012-2014

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO. Eleição para Diretoria Executiva - período 2012-2014 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO Eleição para Diretoria Executiva - período 2012-2014 CHAPA 1 A Associação Brasileira de Psicologia do Desenvolvimento tem, dentre seus objetivos,

Leia mais

I Jornada de Saúde Mental do Vale do Taquari: Crack e outras drogas: perspectivas na abordagem psicossocial

I Jornada de Saúde Mental do Vale do Taquari: Crack e outras drogas: perspectivas na abordagem psicossocial I Jornada de Saúde Mental do Vale do Taquari: Crack e outras drogas: perspectivas na abordagem psicossocial 14 de junho de 2014 FATORES DE RISCO E COMORBIDADES PSIQUIÁTRICAS ASSOCIADOS AOS TRANSTORNOS

Leia mais

PSICOLOGIA. INTRODUÇÃO À FILOSOFIA 54 54 HISTÓRIA DA PSICOLOGIA 72 72 1º SOCIOLOGIA 36 36 Temática: INTRODUÇÃO À METODOLOGIA CIENTÍFICA 36 36

PSICOLOGIA. INTRODUÇÃO À FILOSOFIA 54 54 HISTÓRIA DA PSICOLOGIA 72 72 1º SOCIOLOGIA 36 36 Temática: INTRODUÇÃO À METODOLOGIA CIENTÍFICA 36 36 PSICOLOGIA INTRODUÇÃO À FILOSOFIA 54 54 HISTÓRIA DA PSICOLOGIA 72 72 1º SOCIOLOGIA Temática: INTRODUÇÃO À METODOLOGIA CIENTÍFICA Psicologia: PSICOLOGIA: CIÊNCIA E PROFISSÃO 36 36 72 Ciência e ANTROPOLOGIA

Leia mais

Edital nº 003/2010/GSIPR/SENAD / MS PLANO INTEGRADO DE ENFRENTAMENTO AO CRACK E OUTRAS DROGAS

Edital nº 003/2010/GSIPR/SENAD / MS PLANO INTEGRADO DE ENFRENTAMENTO AO CRACK E OUTRAS DROGAS PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA GABINETE DE SEGURANÇA INSTITUCIONAL SECRETARIA NACIONAL DE POLITICAS SOBRE DROGAS MINISTÉRIO DA SAÚDE Comitê Gestor do Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e outras Drogas

Leia mais

Coordenadora do Curso - Bárbara Maria Barbosa Silva Barbara.silva@fisma.com.br

Coordenadora do Curso - Bárbara Maria Barbosa Silva Barbara.silva@fisma.com.br COORDENAÇÃO Coordenadora do Curso - Bárbara Maria Barbosa Silva Barbara.silva@fisma.com.br Coordenadora da Ênfase em Gestão Julia Gonçalves julia.gonçalves@fisma.com.br Coordenadora da Ênfase em Jurídica

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE PSICOLOGIA Ementário/abordagem temática/bibliografia básica (3) e complementar (5) Morfofisiologia e Comportamento Humano Ementa: Estudo anátomo funcional

Leia mais

Atenção à Saúde e Saúde Mental em Situações de Desastres

Atenção à Saúde e Saúde Mental em Situações de Desastres Atenção à Saúde e Saúde Mental em Situações de Desastres Desastre: interrupção grave do funcionamento normal de uma comunidade que supera sua capacidade de resposta e recuperação. Principais causas de

Leia mais

SAÚDE MENTAL E ATENÇÃO BÁSICA O VÍNCULO E O DIÁLOGO NECESSÁRIOS ÍNDICE

SAÚDE MENTAL E ATENÇÃO BÁSICA O VÍNCULO E O DIÁLOGO NECESSÁRIOS ÍNDICE MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE AÇÕES PROGRAMÁTICAS ESTRATÉGICAS / DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO GERAL DE SAÚDE MENTAL COORDENAÇÃO DE GESTÃO DA ATENÇÃO BÁSICA

Leia mais

O CUIDADO QUE EU PRECISO

O CUIDADO QUE EU PRECISO O CUIDADO QUE EU PRECISO GOVERNO FEDERAL GOVERNO ESTADUAL GOVERNO MUNICIPAL MOVIMENTOS SOCIAIS MEIOS DE COMUNICAÇÃO O CUIDADO QUE EU PRECISO Serviço Hospitalar de Referência AD CAPS AD III Pronto Atendimento

Leia mais

Inserção e atuação do aluno no campo de atuação do psicólogo a partir de realização de um estudo de caso visando à produção do conhecimento.

Inserção e atuação do aluno no campo de atuação do psicólogo a partir de realização de um estudo de caso visando à produção do conhecimento. ANEXO I - DESCRIÇÃO DOS ESTÁGIOS ESTÁGIO SUPERVISIONADO I (3 período) Contextualização dos campos tradicionais e emergentes de atuação da psicologia.o aluno fará pesquisa bibliográfica e/ou de campo para

Leia mais

Auditoria em Serviços de Saúde

Auditoria em Serviços de Saúde ÁREA DE SAÚDE Auditoria em Serviços de Saúde O CURSO: A auditoria em serviços de saúde é essencial para garantir a qualidade da assistência prestada aos clientes, transmite uma visão geral da melhoria

Leia mais

Dia 19 de Setembro 2013 (quinta-feira)

Dia 19 de Setembro 2013 (quinta-feira) Dia 19 de Setembro 2013 (quinta-feira) Horário: 8h30 às 22h30 Circuito Cultural: Exposição de fotografia Contíguo Distante Local: Galeria LabSG Prédio I Horário: 8h30 às 22h30 Circuito Cultural: Exposição

Leia mais

Alessandra Martins de Faria Data de nascimento: 16/11/1976 Nacionalidade: Brasileira Contato: afaria.28@gmail.com

Alessandra Martins de Faria Data de nascimento: 16/11/1976 Nacionalidade: Brasileira Contato: afaria.28@gmail.com Alessandra Martins de Faria Data de nascimento: 16/11/1976 Nacionalidade: Brasileira Contato: afaria.28@gmail.com Formação acadêmica: 2009 2011 Mestre em Sociologia Área de Especialização: Saúde e Sociedade

Leia mais

SOBRE OS AUTORES. Mestre em Direito. Advogada da União. Professora de Direito Internacional da Universidade do Rio dos Sinos UNISINOS.

SOBRE OS AUTORES. Mestre em Direito. Advogada da União. Professora de Direito Internacional da Universidade do Rio dos Sinos UNISINOS. SOBRE OS AUTORES Anderson Furlan Magistrado Federal no Paraná. Especialista, Mestre e Doutorando em Ciências Jurídico- Econômicas pela Faculdade de Direito de Lisboa Portugal. Diretor da Escola da Magistratura

Leia mais

5) Igor Fuser http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=k4756106u7

5) Igor Fuser http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=k4756106u7 1) Antônio Pedro Tota http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=k4789712p4 Possui graduação em História pela Universidade de São Paulo (1973), doutorado em História Social pela mesma

Leia mais

Carta de Campinas 1) QUANTO AO PROBLEMA DO MANEJO DAS CRISES E REGULAÇÃO DA PORTA DE INTERNAÇÃO E URGÊNCIA E EMERGÊNCIA,

Carta de Campinas 1) QUANTO AO PROBLEMA DO MANEJO DAS CRISES E REGULAÇÃO DA PORTA DE INTERNAÇÃO E URGÊNCIA E EMERGÊNCIA, Carta de Campinas Nos dias 17 e 18 de junho de 2008, na cidade de Campinas (SP), gestores de saúde mental dos 22 maiores municípios do Brasil, e dos Estados-sede desses municípios, além de profissionais

Leia mais

Manual. de Utilização das fichas de referência

Manual. de Utilização das fichas de referência Manual de Utilização das fichas de referência P roposta pedagógica para uso de material educativo (fichas de referência) em oficinas que incluam os temas vulnerabilidade e violência associadas ao uso de

Leia mais

CHAPA ABRAMD - CAMINHANDO JUNTOS 1

CHAPA ABRAMD - CAMINHANDO JUNTOS 1 CHAPA ABRAMD - CAMINHANDO JUNTOS 1 A IMPORTÂNCIA DE UMA ASSOCIAÇÃO MULTIDISCIPLINAR PARA DISCUTIR A TEMÁTICA SOBRE DROGAS NA SOCIEDADE BRASILEIRA EM UMA CONJUNTURA DE REAÇÃO CONSERVADORA. Nossa proposta

Leia mais

Organização de serviços para o tratamento da dependência química

Organização de serviços para o tratamento da dependência química Organização de serviços para o tratamento da dependência química Coordenação: Prof. Dr. Ronaldo Laranjeira Apresentação: Dr. Elton P. Rezende UNIAD /INPAD/UNIFESP Agradecimentos: Dr. Marcelo Ribeiro Fatores

Leia mais

III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família IV Seminário Internacional de Atenção Primária / Saúde da Família Brasília, 05 a 08 de Agosto de

III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família IV Seminário Internacional de Atenção Primária / Saúde da Família Brasília, 05 a 08 de Agosto de III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família IV Seminário Internacional de Atenção Primária / Saúde da Família Brasília, 05 a 08 de Agosto de 2008 Apoio Matricial em Saúde Mental: a Iniciativa de

Leia mais

CARTA ABERTA DE INTENÇÕES DO II ENCONTRO DOS MUNICÍPIOS PARA COORDENAÇÃO DO ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO AO ADOLESCENTE EM CASA

CARTA ABERTA DE INTENÇÕES DO II ENCONTRO DOS MUNICÍPIOS PARA COORDENAÇÃO DO ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO AO ADOLESCENTE EM CASA CARTA ABERTA DE INTENÇÕES DO II ENCONTRO DOS MUNICÍPIOS PARA COORDEN DO ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO AO ADOLESCENTE EM CASA Aos trinta dias do mês de novembro do ano de dois mil e sete, reuniram-se no município

Leia mais

MESA REDONDA MARÇO. JOVENS E CULTURA CONTEMPORÂNEA: EXPERIÊNCIAS EM ESPAÇOS EDUCATIVOS COORDENAÇÃO DA MESA: Dra. Dirce Djanira Pacheco e Zan

MESA REDONDA MARÇO. JOVENS E CULTURA CONTEMPORÂNEA: EXPERIÊNCIAS EM ESPAÇOS EDUCATIVOS COORDENAÇÃO DA MESA: Dra. Dirce Djanira Pacheco e Zan O III Seminário Violar: Pesquisas sobre Juventudes e Educação ocorrerá em um formato diferente. Serão diversas mesas redondas ao longo do ano com o objetivo de refletir temáticas sobre juventude presentes

Leia mais

PLANO INSTRUCIONAL I. IDENTIFICAÇÃO DOS DOCENTES. Matrícula ou CPF RAQUEL GUIMARAES SILVA 315418

PLANO INSTRUCIONAL I. IDENTIFICAÇÃO DOS DOCENTES. Matrícula ou CPF RAQUEL GUIMARAES SILVA 315418 PLANO INSTRUCIONAL I. IDENTIFICAÇÃO DOS DOCENTES RAQUEL GUIMARAES SILVA 315418 raquel.guimaraes@tjdft.jus.br Mestre em Sociologia, Bacharel em Serviço Social pela Universidade de Brasília (UnB), formada

Leia mais

Documento que marca as reformas na atenção à saúde mental nas Américas.

Documento que marca as reformas na atenção à saúde mental nas Américas. CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA Centro de Referência Técnica em Psicologia e Políticas Públicas LEVANTAMENTO DOS MARCOS TEÓRICOS E LEGAIS DO CAPS CENTRO DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL 1. Marco Teórico NORMATIVAS

Leia mais

TELEFONES (11) 9 5707-6072 (11) 905810-9400 E-mail: newsfrancodarocha@hotmail.com

TELEFONES (11) 9 5707-6072 (11) 905810-9400 E-mail: newsfrancodarocha@hotmail.com 1 CONFIRMADO REALIZAÇÃO DO EVENTO NO SALÃO NOBRE DA CÂMARA MUNICIPAL DE FRANCO DA ROCHA EM 21 DE AGOSTO DE 2015 O IEP Instituto Educando Para a Paz, Observando o Principio 5 do Pacto Global das Nações

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA MULTIDISCIPLINAR DE ESTUDOS SOBRE DROGAS. ABRAMD - Associação Brasileira Multidisciplinar de Estudos sobre Drogas

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA MULTIDISCIPLINAR DE ESTUDOS SOBRE DROGAS. ABRAMD - Associação Brasileira Multidisciplinar de Estudos sobre Drogas ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA MULTIDISCIPLINAR DE ESTUDOS SOBRE DROGAS ABRAMD - Associação Brasileira Multidisciplinar de Estudos sobre Drogas Contribuições para Audiência Pública sobre COMUNIDADES TERAPÊUTICAS

Leia mais

AÇÕES DE POTENCIALIZAÇÃO DE JOVENS EM CUMPRIMENTO DE MEDIDA SOCIOEDUCATIVA ATENDIDOS NO CENTRO DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADO DA ASISTÊNCIA SOCIAL

AÇÕES DE POTENCIALIZAÇÃO DE JOVENS EM CUMPRIMENTO DE MEDIDA SOCIOEDUCATIVA ATENDIDOS NO CENTRO DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADO DA ASISTÊNCIA SOCIAL AÇÕES DE POTENCIALIZAÇÃO DE JOVENS EM CUMPRIMENTO DE MEDIDA SOCIOEDUCATIVA ATENDIDOS NO CENTRO DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADO DA ASISTÊNCIA SOCIAL RESUMO AMORIM 1, Tâmara Ramalho de Sousa SIMÕES 2, Poliana

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO DA REDE IFES 1. IDENTIFICAÇÃO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL Planejamento Anual de Atividades 2011 (01 de janeiro de 2011

Leia mais

PLANO ESTADUAL DE ENFRENTAMENTO DA FEMINIZAÇÃO DA EPIDEMIA DE AIDS DE GOIÁS

PLANO ESTADUAL DE ENFRENTAMENTO DA FEMINIZAÇÃO DA EPIDEMIA DE AIDS DE GOIÁS PLANO ESTADUAL DE ENFRENTAMENTO DA FEMINIZAÇÃO DA EPIDEMIA DE AIDS DE GOIÁS Diagnóstico Operacionalização do Plano Estadual Contexto de vulnerabilidade 1. Relações desiguais de gênero Ações governamentais

Leia mais

Políticas Setoriais Secretarias Municipais: Saúde, Assistência Social, Educação, Direitos Humanos(quando houver). Participações Desejáveis

Políticas Setoriais Secretarias Municipais: Saúde, Assistência Social, Educação, Direitos Humanos(quando houver). Participações Desejáveis PARÂMETROS PARA A CONSTITUIÇÃO DAS COMISSÕES INTERSETORIAIS DE ACOMPANHAMENTO DO PLANO NACIONAL DE PROMOÇÃO, PROTEÇÃO E DEFESA DO DIREITO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES À CONVIVÊNCIA FAMILIAR E COMUNITÁRIA

Leia mais

Edital nº 002/2010/GSIPR/SENAD

Edital nº 002/2010/GSIPR/SENAD PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA GABINETE DE SEGURANÇA INSTITUCIONAL SECRETARIA NACIONAL DE POLITICAS SOBRE DROGAS MINISTÉRIO DA SAÚDE Comitê Gestor do Plano Integrado de Enfretamento ao Crack e Outras Drogas

Leia mais

ATUAÇÃO PROFISSIONAL NA ÁREA DE DST/HIV/AIDS

ATUAÇÃO PROFISSIONAL NA ÁREA DE DST/HIV/AIDS I - DADOS PESSOAIS 01 - Sexo: ( ) Masculino ( ) Feminino 02 - Idade: ATUAÇÃO PROFISSIONAL NA ÁREA DE DST/HIV/AIDS 03 - Tempo de atuação profissional como psicólogo(a): ( ) Até 1 ano ( ) De 2 a 4 anos (

Leia mais

Matriz Curricular do Curso

Matriz Curricular do Curso FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA Mantida pela Instituição Adventista Nordeste Brasileira de Educação e Assistência Social CURSO DE PSICOLOGIA (Bacharel e Formação de Psicólogo) Publicado no diário Oficial

Leia mais

MEC/CAPES. Portal de Periódicos

MEC/CAPES. Portal de Periódicos MEC/CAPES Portal de Periódicos A CAPES e a formação de recursos de alto nível no Brasil Criada em 1951, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) é uma agência vinculada ao

Leia mais

CURSO DE MEDICINA - MATRIZ CURRICULAR 2013

CURSO DE MEDICINA - MATRIZ CURRICULAR 2013 CURSO DE MEDICINA - MATRIZ CURRICULAR 2013 Eixos longitudinais, conteúdos e objetivos cognitivos psicomotores Eixos transversais, objetivos Per. 1º Ano eixo integrador: O CORPO HUMANO CH INT. COMUM. HAB.

Leia mais

Projetos de Extensão SERVIÇO SOCIAL Estudo sociais em parceria com o fórum de UVA

Projetos de Extensão SERVIÇO SOCIAL Estudo sociais em parceria com o fórum de UVA Projetos de Extensão SERVIÇO SOCIAL Estudo sociais em parceria com o fórum de UVA Serviços técnicos do Serviço Social na área da família e infância nos processos do Fórum de União da Vitória O Serviço

Leia mais

E-mail: Currículo lattes:

E-mail: Currículo lattes: CORPO DOCENTE DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO COM LINHAS ESPECÍFICAS EM AGRONEGÓCIOS E GESTÃO AMBIENTAL Adalberto Wolmer do Nascimento Silva (Especialista) Regime de Trabalho: Tempo Parcial Área de Conhecimento:

Leia mais

Curriculum Vitae Profa. Dra. Diva Lúcia Gautério Conde

Curriculum Vitae Profa. Dra. Diva Lúcia Gautério Conde Curriculum Vitae Profa. Dra. Diva Lúcia Gautério Conde Formação Acadêmica: Doutorado em Psicossociologia de Comunidades e Ecologia Social, Programa EICOS/Instituto de Psicologia/Universidade Federal do

Leia mais

GRADE E CONTEÚDO PROGRAMÁTICO/ DATAS E HORÁRIOS. C/H: 8 horas. Data/horário: 29/06 e 30/06 das 18:30 às 22:30 (2ª e 3ª)

GRADE E CONTEÚDO PROGRAMÁTICO/ DATAS E HORÁRIOS. C/H: 8 horas. Data/horário: 29/06 e 30/06 das 18:30 às 22:30 (2ª e 3ª) GRADE E CONTEÚDO PROGRAMÁTICO/ DATAS E HORÁRIOS MÓDULO I: PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO C/H: 8 horas. Data/horário: 29/06 e 30/06 das 18:30 às 22:30 (2ª e 3ª) 04/07 das 8 às 16h (sábado). Bibliografia

Leia mais

EIXO 2 PROTEÇÃO E DEFESA DOS DIREITOS: PROPOSTAS APROVADAS OBTIVERAM ENTRE 80 e 100% DOS VOTOS

EIXO 2 PROTEÇÃO E DEFESA DOS DIREITOS: PROPOSTAS APROVADAS OBTIVERAM ENTRE 80 e 100% DOS VOTOS EIXO 2 PROTEÇÃO E DEFESA DOS DIREITOS: PROPOSTAS APROVADAS OBTIVERAM ENTRE 80 e 100% DOS VOTOS Garantir a elaboração e implementação da Política e do Plano Decenal de Direitos Humanos de Criança e Adolescente

Leia mais

Área teórico\prática: Clinicas y Politicas: procesos de subjetivación y invención

Área teórico\prática: Clinicas y Politicas: procesos de subjetivación y invención FORMAÇÃO ANTIMANICOMIAL NO ESTADO DE MINAS GERAIS: DESAFIOS E POSSIBILIDADES Autores: Camila Alves Soares Ana Marta Lobosque Sílvia Melo Karine Lage Fonseca Maria Elisa Freitas Camila Castanheira Rodrigues.

Leia mais

Caderno de Propostas. 26, 27 e 28 de abril de 2013 Espaço APAS - São Paulo

Caderno de Propostas. 26, 27 e 28 de abril de 2013 Espaço APAS - São Paulo Caderno de Propostas VIII COREP - SP Congresso Regional de Psicologia Psicologia, Ética e Cidadania: Práticas Profissionais a Serviço da Garantia de Direitos 26, 27 e 28 de abril de 2013 Espaço APAS -

Leia mais

Dispositivos Clínicos em Saúde Mental

Dispositivos Clínicos em Saúde Mental Dispositivos Clínicos em Saúde Mental Composição do GT PARTICIPANTES FILIAÇÃO PPG E-MAIL CATEGORIA COORDENADORA Ana Cristina Costa de Figueiredo UFRJ Teoria psicanalítica ana.cfigueiredo@terra.com.br Professora

Leia mais

PROJETO DE LEI ORÇAMENTÁRIA PARA 2007

PROJETO DE LEI ORÇAMENTÁRIA PARA 2007 Secretaria de Orçamento Federal - SOF Assessoria de Consolidação - ASCON PROJETO DE LEI ORÇAMENTÁRIA PARA 2007 No Estado do Rio de (RJ) Ministério da Ciência e Tecnologia 0 23.384 23.384 Implantação de

Leia mais

8ª CONFERÊNCIA ESTADUAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE MINAS GERAIS

8ª CONFERÊNCIA ESTADUAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE MINAS GERAIS 8ª CONFERÊNCIA ESTADUAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE MINAS GERAIS DOCUMENTO FINAL EIXO 1 PROMOÇÃO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Ações de mobilização: 1. Ampla mobilização, por

Leia mais

Circular 059/2012 São Paulo, 01 de Fevereiro de 2012.

Circular 059/2012 São Paulo, 01 de Fevereiro de 2012. Circular 059/2012 São Paulo, 01 de Fevereiro de 2012. PROVEDOR(A) ADMINISTRADOR(A) NORMAS DE FUNCIONAMENTO E HABILITAÇÃO DO SERVIÇO HOSPITALAR DE REFERÊNCIA ATENÇÃO PSICOSSOCIAL Diário Oficial da União

Leia mais

FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL DOS DOCENTES DE BIOLOGIA QUE ATUAM NAS ESCOLAS PÚBLICAS NA CIDADE DE ANÁPOLIS/GOIÁS

FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL DOS DOCENTES DE BIOLOGIA QUE ATUAM NAS ESCOLAS PÚBLICAS NA CIDADE DE ANÁPOLIS/GOIÁS FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL DOS DOCENTES DE BIOLOGIA QUE ATUAM NAS ESCOLAS PÚBLICAS NA CIDADE DE ANÁPOLIS/GOIÁS Jaqueline Souza Lacerda 1,4 ; Eude de Sousa Campos 2,4 ; Andréia Juliana Leite Rodrigues

Leia mais

CENTRO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA VILA FÁTIMA

CENTRO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA VILA FÁTIMA RELATÓRIO DE 2011 Em 2011, o Vila Fátima deu continuidade aos seus programas de ensino-serviço. Esta unidade acadêmica descentralizada é uma projeção da Universidade ao seu meio, e, como tal, oferece um

Leia mais

PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO E DOUTORADO

PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO E DOUTORADO PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO E DOUTORADO 2015 Roselane Neckel Reitora Lúcia Helena Martins Pacheco Vice-Reitora Joana Maria Pedro Pró-Reitora de Pós-Graduação Juarez Vieira do Nascimento Pró-Reitor

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO DESEMBARGADOR COORDENADOR DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE

EXCELENTÍSSIMO DESEMBARGADOR COORDENADOR DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE EXCELENTÍSSIMO DESEMBARGADOR COORDENADOR DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE ATENDIMENTO A CRIANÇAS E ADOLESCENTES USUÁRIOS DE DROGAS ENCAMINHAMENTOS DECORRENTES DE SEMINÁRIO ORGANIZADO PELA COORDENADORIA DA INFÂNCIA

Leia mais

Marcelo Reges Pereira CURRICULUM VITAE

Marcelo Reges Pereira CURRICULUM VITAE Marcelo Reges Pereira CURRICULUM VITAE 1. DADOS PESSOAIS Sexo: masculino Estado civil: solteiro Nascimento: 14.01.1978 Anápolis, Goiás Nacionalidade: brasileira Endereço particular: SCLRN 715, Bloco A,

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA FACULDADE DE PSICOLOGIA/UFAM Nº 03/2013 SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS PARA ATUAÇÃO POR CURTO PRAZO

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA FACULDADE DE PSICOLOGIA/UFAM Nº 03/2013 SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS PARA ATUAÇÃO POR CURTO PRAZO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS FACULDADE DE PSICOLOGIA Núcleo de Formação Continuada de Conselheiros dos Direitos e Conselheiros Tutelares do Estado do Amazonas Escola de Conselhos do Amazonas CHAMADA

Leia mais

Articular o Conselho Escolar, os Grêmios Estudantis, os trabalhadores de educação, as Associações de Pais e Mestres e a comunidade em geral.

Articular o Conselho Escolar, os Grêmios Estudantis, os trabalhadores de educação, as Associações de Pais e Mestres e a comunidade em geral. EIXO 1 PROMOÇÃO DOS DIREITOS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES Garantir a elaboração e implementação da Política e do Plano Decenal de Direitos Humanos de Criança e Adolescente nos âmbitos federal, estadual,

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Lenise Freitas Motta

CURRICULUM VITAE. Lenise Freitas Motta CURRICULUM VITAE Lenise Freitas Motta Outubro/2012 I- DADOS PESSOAIS: Nome: Lenise Freitas Motta Endereço consultório: Rua Visconde de Inhaúma, n 490, conjunto 602, Edifício Padre Euclides, bairro centro,

Leia mais

Generated by Foxit PDF Creator Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

Generated by Foxit PDF Creator Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. Flávio Settembre. CRP 06/86514 Psicólogo clínico, participou de Conferências Municipais sobre os direitos da criança e do adolescente na cidade de São Paulo e já soma duas publicações em revistas científicas.

Leia mais

CORPO DOCENTE DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO COM LINHAS ESPECÍFICAS EM AGRONEGÓCIOS E GESTÃO AMBIENTAL ANO - 2014

CORPO DOCENTE DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO COM LINHAS ESPECÍFICAS EM AGRONEGÓCIOS E GESTÃO AMBIENTAL ANO - 2014 CORPO DOCENTE DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO COM LINHAS ESPECÍFICAS EM AGRONEGÓCIOS E GESTÃO AMBIENTAL ANO - 2014 Adalberto Wolmer do Nascimento Silva (Mestre) Regime de Trabalho: Horista Área de Conhecimento:

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM INOVAÇÕES EDUCATIVAS E ENSINO VIRTUAL CORPO DOCENTE

PÓS-GRADUAÇÃO EM INOVAÇÕES EDUCATIVAS E ENSINO VIRTUAL CORPO DOCENTE PÓS-GRADUAÇÃO EM INOVAÇÕES EDUCATIVAS E ENSINO VIRTUAL CORPO DOCENTE Ana Christina Duarte Pires Engenheira Agrônoma formada pela Universidade Federal de Pelotas (1989), possui mestrado em Agronomia pela

Leia mais

Psicólogo: o seu fazer nos interessa!

Psicólogo: o seu fazer nos interessa! Serviço de Enfrentamento à Violência, Abuso e Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes Pesquisa Online Centro de Referência Técnica em Psicologia e Políticas Públicas Psicólogo: o seu fazer nos

Leia mais

SELMA FROSSARD COSTA

SELMA FROSSARD COSTA SELMA FROSSARD COSTA (43)9152-3381 - E-Mail: selmafro@sercomtel.com.br CURRICULUM VITAE CURRÍCULO LATTES RESUMIDO: Selma Frossard Costa é assistente social, com mestrado na mesma área pela UFRJ. Concluiu

Leia mais

1ºMódulo. Direito Internacional dos Direitos Humanos*

1ºMódulo. Direito Internacional dos Direitos Humanos* Programa de Pós-Graduação em Direito Mestrado Direito Cronograma 2015 1ºMódulo 2ª feira (noite) - 19h Teoria dos Direitos Humanos* 3 a feira (manhã) - 8h CAMPUS POA Temas de Antidiscriminação I 3ª feira

Leia mais

CURSO DE PSICOLOGIA EDITAL PARA ESTÁGIOS EM PSICOLOGIA - 2015.1. MATRÍCULA ONLINE EM ÊNFASE, II e III

CURSO DE PSICOLOGIA EDITAL PARA ESTÁGIOS EM PSICOLOGIA - 2015.1. MATRÍCULA ONLINE EM ÊNFASE, II e III CURSO DE PSICOLOGIA EDITAL PARA ESTÁGIOS EM PSICOLOGIA - 2015.1 PROCESSO SELETIVO DE SUPERVIOR DE ESTÁGIO EM ÊNFASE I MATRÍCULA ONLINE EM ÊNFASE, II e III A coordenação do curso de psicologia da Faculdade

Leia mais

PROPOSTAS PARA A REDUÇÃO DA VIOLÊNCIA

PROPOSTAS PARA A REDUÇÃO DA VIOLÊNCIA PROPOSTAS PARA A REDUÇÃO DA VIOLÊNCIA 1. Criar o Fórum Metropolitano de Segurança Pública Reunir periodicamente os prefeitos dos 39 municípios da Região Metropolitana de São Paulo para discutir, propor,

Leia mais

NOTA CIENTÍFICA: A EVOLUÇÃO DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL E A AMPLITUDE E COMPLEXIDADE DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE

NOTA CIENTÍFICA: A EVOLUÇÃO DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL E A AMPLITUDE E COMPLEXIDADE DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE NOTA CIENTÍFICA: A EVOLUÇÃO DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL E A AMPLITUDE E COMPLEXIDADE DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE Ana Iva Corrêa Brum Barros 1 Rayana de Carvalho Freitas 2 Prof. Esp. Gilmar dos Santos Soares

Leia mais

Conferencistas e Atrações Culturais I Congresso Regional de Psicologia na Saúde. Conferencistas

Conferencistas e Atrações Culturais I Congresso Regional de Psicologia na Saúde. Conferencistas Conferencistas e Atrações Culturais I Congresso Regional de Psicologia na Saúde Conferencistas Roseli Maria Eleutério Rodrigues: Psicóloga clínica, Sexóloga, Psicoterapeuta Psicanalítica e Sistêmica. Coordenadora

Leia mais