Memorial ao Emigrante Português em Champigny VOUS AVEZ UN PROJET? NOUS TROUVONS LE FINANCEMENT. Prêt immobilier, prêt personnel,

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Memorial ao Emigrante Português em Champigny VOUS AVEZ UN PROJET? NOUS TROUVONS LE FINANCEMENT. Prêt immobilier, prêt personnel,"

Transcrição

1 1388 rue de ernau/aul illiez Z des ations hampigny s/arne e journal bilingue des ortugais de France G le 3 mai e 5: lections égolène oyal et icolas arkozy répondent aux questions des portugais..6: oncours ix portugais de France candidats aux «rémios alento» : inéma «xalá», film documentaire de Gaël ernardo sur la mémoire de l immigration portugaise..11: loron e ond-point du ortugal sera inauguré à loron ainte arie..13: Football e réteil/usitanos a récupéré un point face à ijon. mbaixador ntónio onteiro lança apelo para recolha de fundos emorial ao migrante ortuguês em hampigny V VZ J? V F. rêt immobilier, prêt personnel, restructuration, rachat de part d indivision. ontactez José H et son équipe pour une étude G 2 rue du moulin à vent oignières Falamos português usojornal - José opes m emorial de homenagem aos emigrantes portugueses em França vai ser construído no sítio onde se erguia há 30 anos, o maior «bidonville» da uropa.

2 2 pinião Fiche technique uso Jornal dité par : niki ommunications irecteur : arlos ereira ommercial : avid de astro (France),na urão (ortugal) istribution : José opes, sperança atricio ssistante de rédaction : lara eixeira hotos : José opes édaction : anuel artins, arla atarino,lfredo adete, ylvie respo, atércia Gonçalves (lermont-ferrand), ehdi oares (ille), Jorge ampos (yon) ollaborateurs : sperança atrício, andra ilva, José oelho, Wilson Gomes, arlos da ilva (ompiègne), anuel de ousa Fonseca. es auteurs d'articles d'opinion prennent la responsabilité de leurs écrits. agination: usojornal gence de presse: usa iège social: 47, d talingrad Vitry sur eine réteil édaction: 25 rue Gay ussac Gonesse el mail : exemplaires mpression : mprimerie ewsrint edia usojornal est gratuit ais je peux le recevoir chez moi, par courrier, tranquillement. our cela, je retourne le couponréponse ci-dessous. rtigo de opinião sinistra estratégia da sinistra onge vão os tempos das «vacas gordas» no que se refere ao ensino do ortuguês em França. Foi a esquerda portuguesa que deu o inicial impulso à divulgação da língua e cultura portuguesas no hexágono europeu, após o 25 de bril da primaveril esperança. cordo uso-francês de 1977 e a ei 74/77 foram a arquitectura legal dessa promoção e a liança emocrática de 1980 veio a consolidar tal desiderato. tingiramse alunos portugueses, o que representava 50% do total de alunos escolarizados em França, com 462 professores destacados. estes números devemos acrescentar os alunos sujeitos a exames de equivalências de estudos, nos denominados exames adhoc, espalhados pelas dezassete zonas consulares coevas. ste é um cenário do passado que não teve futuro. divulgação do nosso idioma e cultura no momento actual é uma caricatura que representa apenas e só o abandono a que foi votada a comunidade portuguesa pelo governo da sinistra que sufoca ortugal. onge vão os tempos da determinação e da vontade políticas em termos do ensino do ortuguês em França. sinistra nacional adoptou para tal efeito uma sinistra estratégia, que degradou a prática até ao ponto de substituir a totalidade de docentes destacados por docentes contratados e pagos à hora, quais «femmes de ménage» ao serviço dum dos factores decisivos da identidade nacional e da sua coesão. não se ficou por aqui a sinistra portuguesa.té o seu principal dirigente, lugar habitualmente entregue a pessoas ligadas à lingua e à cultura, foi ocupado por uma licenciada em atemática e que possuiu um adjunto com uma licenciatura em ducação Física, como se o idioma de amões e essoa fosse um produto quantificável ou se houvesse necessidade de criação de musculação adequada ao desempenho. estratégia da sinistra tem sido um verdadeiro descalabro com o projecto mirabolante do ortuguês, sob o tratamento de língua viva estrangeira. sta solução apresenta-se como totalmente desadequada para o contexto francês, onde prevalece o imperialismo do inglês como V e o espanhol como implantação destacada enquanto V. ortuguês é residual, com o estatuto de língua de emigrante ou até rara, segundo a classificação das autoridades escolares francesas. ste preciso modelo serve os interesses da sinistra nacional, apenas preocupada com a redução das despesas orçamentais, conforme determinação dos «homens sem rosto» de ruxelas. nossa comunidade que labuta em França merecia mais, mas também ela tem parte das responsabilidades no descalabro e no caos do ensino do ortuguês. anipulada pelas utopias sinistras viu desaparecer os professores destacados, que asseguravam a qualidade do ensino com o consequente assumir da sua responsabilidade profissional, os exames de equivalência de estudos, que já haviam ultrapassado esse critério e assumiam a homologação e a certificação de conhecimentos adquiridos para além do ensino primário, e uma organização que dirigia em toda a França, em nome de ortugal, um verdadeiro processo de divulgação. que resta dessa estratégia da sinistra? m arremedo de divulgação, com o pseudo nome pomposo de «integração do ortuguês no sistema escolar francês», forma airosa mas perversa, da fuga da sinistra que nos governa às suas reais responsabilidades. m ensino de apoio à actividade associativa sem programas e sem certificação de conhecimentos, baseado no principio de que para emigrantes qualquer coisa serve, desde que se enfeite a actividade com um apoio, via internet, para dar um ar de modernidade, sem despesas acrescidas. Que se salvem as secções internacionais, a forma mais digna da integração desejada. ontudo, elas estão ameaçadas, em virtude da dissonância entre o ensino a nível primário e a exigência programática de tais secções. nada se faz para inverter tal discrepância. que interessa é a abertura de mais secções, em termos matemáticos quantitativos, sem se acautelar a qualidade, porque se desconhece como lá chegar, já que a formação académica de quem dirige só tem números no seu currículo. Quem cita o passado para justificar o presente e projectar o futuro é cognominado de saudosista e refractário à modernidade. mundo de hoje é outro. É o mundo da irresponsabilidade, do facilitismo e da ignorância. É igualmente o mundo em que a anormalidade se tornou na normalidade. É o mundo do faz de conta. É o mundo do antes do ser já o era. É o mundo construido por engenheiros fabricados no vão de escada. que é que se pode esperar senão uma estratégia sinistra num ortugal transformado em coutada da sinistra? saías Gonçalves fonso ex-professor de ortuguês em França ex-residente do indicato dos rofessores nas omunidades usíadas a redacção s artigos de opinião publicados nesta rúbrica são da inteira responsabilidade de quem os escreveu e não transmitem uma qualquer linha editorial do usojornal. É sempre bom repeti-lo! s interessados, podem enviar textos para arta à redacção oa noite, s 9% da produção do veleda vendido em França [ndr: ver edição da semana passada] é consumida por nós todos, os compatriotas que gostamos muito do verde, da saudade da nossa terra. ão se iludam os proprietários da marca, os consumidores somos nós: 1 milhão de consumidores em França, também 10% da população portuguesa, logo corresponde. s nossos governantes que também não se iludam, quando o país no geral vende produtos da nossa agricultura para França ou outros destinos deve ver que corresponde em geral aos países de acolhimento da nossa comunidade, porque a nossa saudade não olha ao preço e para os restantes consumidores ortugal não é competitivo. or isso, tanto a que enche os seus aviões na época baixa connosco, como os restantes exportadores, devem olhar-nos não com desdém mas como um mercado potencial. Já o Governo nunca entendeu, nem entende, o que é comércio e onde esta o interesse nacional, por isso ainda contribui em afastar a comunidade da mãe pátria não lhe oferecendo perpectivas de futuro, conduz milhões de portugueses a emigrarem e agora fecha-lhes as estruturas de apoio dizendo que é para os servir melhor - os onsulados! om este duplo castigo, fecha progressivamente o oxigénio aos que ficam afectando esse mercado da saudade. unca se olha para o amanhã, apre! m grande abraço, aria ires ecretário de stado das omunidades apresentou na semana passada os números mais recentes sobre os ortugueses e luso-descendentes espalhados pelo mundo, que se estimam em bonnement ui, je veux recevoir chez moi, 20 numéros de usojornal (20 euros) 50 numéros de usojornal (50 euros). articipation aux frais éparation de toutes marques outes compagnies d assurances arrosserie certifiée on nom et adresse complète (j écris bien lisible) om rénom dresse: ode Ville el. : a date de naissance: J envois ce coupon-réponse avec un chèque à l ordre de usojornal, à l adresse suivante : usojornal 25 rue Gay ussac Gonesse usojornal 118 José rovão ne équipe de professionnels à votre service - arrosserie - el avenue de la gare oignières -

3 mbaixador ntónio onteiro lança apelo para recolha de fundos emorial de homenagem aos emigrantes portugueses mbaixador de ortugal em França, ntónio onteiro acaba de lançar um apelo de recolha de fundos para a construção de um emorial em homenagem à emigração portuguesa em França que deve ser construído no arc épartemental du lateau, em hampigny-sur-arne, nos terrenos à época ocupados pelo extinto «idonville». «hegou o momento de prestar a devida homenagem a todos esses portugueses e perpetuar a memória do seu exemplo nas novas gerações» explica ntónio onteiro na carta de pedido de apoios. e acordo com o mbaixador de ortugal, o emorial será construido com a devida autorização das autoridades portuguesas e em colaboração com o epartamento do Val de arne, a airie e as associações portuguesas de hampigny. «s portugueses constituem o principal grupo de cidadãos estrangeiros residentes em França. omeçaram por se estabelecer no final da rimeira Grande Guerra, após muitos deles aqui terem chegado integrados no orpo usojornal - José opes ntónio onteiro quer fazer um emorial de homenagem aos emigrantes portugueses xpedicionário ortuguês, mas foi a partir dos anos sessenta que o seu número teve um crescimento significativo com as sucessivas vagas de entradas que se registaram até princípios dos anos setenta. ovas gerações foram entretanto aparecendo, calculando-se que vivam actualmente em França mais de um milhão de portugueses e luso-descendentes» começa por lembrar o mbaixador ntónio onteiro. «s condições em que se processou a partida para França dessas largas centenas de milhar de portugueses foram em geram muito difíceis, impedidos na sua larga maioria de sair do seu país de forma legal. ão menos difíceis se revelaram igualmente à chegada as condições de acolhimento, nomeadamente devido à falta de alojamentos para instalar condignamente os trabalhadores recém-chegados e as suas famílias. stá ainda na memória de todos nós as dificuldades de vária ordem porque os portugueses então passaram e os dramas com que tantos se tiveram que confrontar. nível colectivo avulta o bidonville de hampigny, por onde terão passado várias dezenas de milhares». ntónio onteiro lembra ainda que hoja, passadas quase cinco décadas, quando a primeira geração chega ao termo da idade activa, «é consensual o reconhecimento do êxito alcançado pela comunidade portuguesa, unanimemente apontada como exemplo para outras comunidades estrangeiras, pelo nível de integração que alcançou na sociedade francesa e pela sua dedicação ao trabalho e capacidade empreendedora, bem como pelo esforço em manter vivo o seu apego às raízes nacionais». o entanto, o mbaixador considera que «o actual sucesso não deverá porém fazer esquecer ou subestimar a coragem, o esforço e o espírito de sacrifício da primeira vaga de trabalhadores chegados a França e a gesta por eles realizada, cujo contributo foi determinante para o desenvolvimento da sociedade francesa». or outro lado, «não deverá também fazer esquecer, a solidariedade recebida das instituições francesas, em particular das autoridades locais, como foi o caso da airie de hampigny e de muitas outras». apelo lançado por ntónio onteiro visa recolher uma parte dos fundos necessários para a construção do emorial. «a generosidade dos anúncios de contribuição dependerá a viabilidade de dar ao emorial que contará evidentemente com o apoio institucional das autoridades portuguesas e francesas a dignidade e a dimensão que a presença portuguesa em França justifica». arlos ereira s promessas de donativos devem ser enviadas para mbaixada de ortugal mbaixador ntónio onteiro 3 rue oisiel aris onsulados: 180 trabalhadores recolocados Governo garantiu na semana passada ao indicato dos trabalhadores consulares que os cerca de 180 funcionários afectados pelo plano de reestruturação consular vão ser recolocados nos respectivos países, disse o sindicalista Jorge Veludo. indicato dos rabalhadores onsulares e das issões iplomáticas () manteve na semana passada com o ecretário de stado das omunidades, ntónio raga, uma reunião sobre a distribuição dos trabalhadores que se encontram nos postos que vão encerrar. e acordo com o ecretário-geral do, Jorge Veludo, a maioria dos 180 trabalhadores estão em França, onde vão encerrar quatro onsulados, devendo uma parte dos funcionários ser transferida para o «mega-onsulado» de aris, que vai ser reforçado. Jorge Veludo adiantou que o ecretário de stado garantiu que não vai haver despedimentos e que os funcionários vão ser recolocados nos onsulados dos países onde se encontram a residir actualmente. ecretário de stado nomeou uma omissão para redistribuir os funcionários, disse o sindicalista, acrescentando que há uma série de trabalhadores afectados em condições para se reformarem. indicato quer que o Governo tenha em consideração a vontade dos trabalhadores e a situação familiar, nomeadamente os que têm filhos nas escolas. Jorge Veludo salientou que até ao final de aio os trabalhadores deverão saber para onde e quando vão ser transferidos. estaque eforma consular é para se cumprir 3 ecretário de stado das omunidades, ntónio raga, garantiu na semana passada que a eforma onsular aprovada em onselho de inistros é para «cumprir», faltando apenas que a resolução seja publicada em iário da epública. «eforma onsular foi aprovada em onselho de inistros e a resolução é evidentemente para cumprir», disse ntónio raga na omissão arlamentar dos egócios strangeiros e das omunidades ortuguesas, respondendo aos deputados do, que fizeram perguntas sobre uma eventual revisão das decisões apresentadas. e acordo com o ecretário de stado, a nova rede consular estará concretizada até ao final do ano. «sta eforma implica uma redefinição da rede que vai servir melhor os portugueses que vivem no estrangeiro», sublinhou, adiantando que o novo mapa consular tem por objectivo «responder aos novos fluxos migratórios, modernizar o funcionamento dos consulados e optimizar os recursos humanos e financeiros». ntónio raga salientou ainda que «haverá sempre uma resposta às comunidades» e que «nenhuma estrutura será encerrada sem que haja uma resposta», nomeadamente a criação do onsulado virtual e dos novos ônsules honorários. s eputados da oposição questionaram sobretudo o ecretário de stado sobre a criação do «mega-onsulado» em aris, o funcionamento do onsulado virtual, as funções dos novos ônsules honorários e o futuro dos funcionários que trabalham nos onsulados que vão encerrar. responsável pela pasta da migração adiantou que o Governo vai rever o estatuto dos funcionários do serviço externo do inistério dos egócios strangeiros e que está em fase de revisão o novo regulamento consular (destaque-se que o último regulamento já foi aprovado por ntónio raga). obre a criação de um «mega-onsulado» em aris, estrutura que tem sido contestada pelos emigrantes em França, ntónio raga esclareceu que o onsulado em aris «vai ter melhores condições que as actuais» e «funcionar de forma eficaz». onsulado em aris, que vai absorver os serviços dos postos de ogent e Versalhes,vai ter um horário alargado, funcionando das 8h00 até às 20h00, e «vai responder ao fluxo das pessoas que trabalham em aris», assegurou. s emigrantes que vivem em ours e rleães, cujos onsulados vão encerrar, vão ficar com o apoio de um ônsul honorário, que terá autoridade para praticar actos consulares, como o passaporte e o bilhete de identidade. ntónio raga explicou que um ônsul honorário é um represente de ortugal que poderá praticar actos consulares. onsulado virtual é, segundo o, uma ferramenta que vai permitir ao emigrante a realização de actos que podem ser efectuados online, como recenseamento, pedido de visto, de certidões e procurações.

4 4 leições action citoyenne de la F a oordination des collectivités portugaises de France (F) a interpelé les candidats à la résidentielle française. «l s'agit avant tout de mieux faire connaître la communauté franco-portugaise, de la rendre plus visible dans l'espace médiatique, notamment concernant ses besoins et son avenir» explique au usojornal ernadette Quintela, hargée de ission itoyenneté à la F. «a F, à travers cette action, a souhaité faciliter l'accès à l'information politique aux membres de son réseau ainsi qu'à l'ensemble de la communauté franco-portugaise. n demandant aux candidats de s'adresser directement aux ortugais de France, nous souhaitons ainsi sensibiliser à la fois les acteurs politiques à la question de cette population mais aussi sensibiliser les portugais sur l'enjeu des élections. ela s'inscrit dans le cadre de notre campagne citoyenneté, notamment en vue des élections municipales de 2008, afin de pousser les ortugais à s'inscrire sur les listes complémentaires et à participer davantage à la vie politique en France». es questionnaires ont été envoyés par la F aux candidats avant le premier tour de l éléction. «os objectifs ont été atteints dans la mesure où six candidats sur les douze qui se sont présentés à l'élection nous ont répondu, notamment les deux candidats toujours en lice pour le deuxième tour. insi, les candidats qui nous ont répondu totalisent 83,20% des votes au premier tour de cette élection». elon la F, ont répondu: égolène oyal (13 avril), livier esancenot (17 avril), arie- George uffet (17 avril), ominique Voynet (19 avril), François ayrou (20 avril) et icolas arkozy (25 avril). es réponses des candidats qui ne sont plus en course actuellement ont été réçues trop tard et usojornal n a pas pu les publier avant le premier tour de l élection. lles peuvent néanmois être consultées sur le site internet de la F. «ous souhaitons utiliser toutes les occasions qui permettront de rendre plus visible la communauté franco-portugaise au sein de la société française. l s'agit de continuer à développer nos actions sur le terrain, et notamment notre campagne citoyenneté, avec pour but les élections municipales de 2008 et la participation des portugais lors du scrutin» explique ernadette Quintela. a F est un collectif national d association de portugais et autres lusophones en France. usojornal égolène oyal répond aux questions de la F e niveau de vie des portugais est plus élévé que la moyenne 1. epuis 2001,le droit de vote aux élections municipales a été accordé aux ressortissants des pays de l nion uropéenne. Quelle est votre position sur l élargissement de ce droit aux élections présidentielles et législatives en France? - es ressortissants des pays de l nion uropéenne votent aussi,en France, à l occasion des élections européennes. Je pense que pour les élections présidentielles et législatives le droit de vote doit rester à ce stade réservé aux citoyens français. e vote exprime un choix qui concerne les grands enjeux politiques du pays et qui doit donc reposer sur un sentiment d appartenance, librement choisi, à ce pays. 2. lusieurs pays de l nion uropéenne (les pays scandinaves, les ays-as, l rlande, la elgique, ) ont déjà accordé le droit de vote aux ressortissants de pays non communautaires. Que pensez-vous de l élargissement du droit de vote à l ensemble des étrangers de France qui comprend également l ensemble des ressortissants des pays lusophones (d frique, d sie ou encore du résil)? - J ai proposé dans mon pacte présidentiel d élargir le droit de vote pour les élections municipales et européennes aux étrangers non communautaires. ette disposition fera partie de la réforme institutionnelle que je soumettrai aux français par réferendum dès mon élection. 3. a participation des ressortissants européens, dont les ortugais, aux élections municipales et européennes reste encore assez modeste: que suggérez-vous pour toucher cette population et l amener à participer davantage aux scrutins? - Je leur dis que la gestion de leur ville et l avenir de l urope les intéressent au premier chef. ans la réforme que je proposerai aux Français sur les questions institutionnelles,je mettrai en place des dispositifs de démocratie participative pour associer l ensemble des résidents sur notre territoire au diagnostic des besoins et à l évaluation des politiques. Je ne doute pas que la communauté portugaise, riche de personnalités actives et engagées, ne trouvent une occasion de participer pleinement à ces nouvelles formes de démocratie. 4. ensez-vous que la communauté portugaise est bien intégrée en France? elon vous, pourquoi est-elle si discrète dans les médias, dans les études menées sur les populations immigrantes, alors qu il s agit de la usa égolène oyal première communauté européenne et l une des premières étrangères de France? - a communauté portugaise est remarquablement intégrée en France et je m en félicite. e lien entre les deux cultures se fait harmonieusement. J ai également noté que le niveau de vie de la communauté portugaise était plus élevé que la moyenne française,ce qui est un signe de sa vitalité et de son dynamisme. 5. es relations entre la France et le ortugal sont très étroites: comment voyez-vous ces relations et que proposez-vous pour renforcer le lien entre ces deux pays, sachant que la communauté portugaise est la première communauté étrangère de France? - Je suis très consciente de l excellente qualité des relations entre la France et le ortugal.j ai rencontré à plusieurs reprises le remier-inistre portugais onsieur José ocrates. Je crois que nous pouvons coopérer utilement sur les questions européennes, qu il s agisse de la mise en œuvre de politiques communes ou de la réforme institutionnelle. 6. n mars 2006 a été créé le service civil volontaire pour les jeunes de 18/25 ans, leur permettant ainsi imparcialidade do usojornal de bénéficier notamment d une validation de l expérience. ependant, actuellement, il n existe toujours pas de véritable statut pour les bénévoles associatif dont l activité reste encore peu valorisée. fin d inciter les jeunes (et les moins jeunes) à s investir dans le mouvement associatif, pensez-vous qu un statut du bénévole puisse être envisagé, basé notamment sur celui du service civil volontaire? - Je me suis engagée,dans mon pacte présidentiel, à instaurer un service civique pour les jeunes. elui-ci pourra prendre des formes diverses. e mouvement associatif sera évidemment invité à formuler des propositions sur l organisation du service civique. 7. omment expliquez-vous que la démarche pour obtenir des subventions publiques pour les associations franco-portugaises soit si compliquée, entre statut «immigrées» et «européennes»? Que pensez-vous de la baisse de ces subventions alors que les besoins de cette population sont de plus en plus importants? - es difficultés que je connais seront examinées dans le cadre d une concertation sur les modalités d aides aux associations. usojornal decidiu, com a devida autorização, transcrever as respostas que os dois candidatos às eleições presidenciais enviaram para a oordenação das olectividades ortuguesas de França (F). contece que o texto do candidato icolas arkozy é maior do que o texto da candidata égolène oyal, mas, por respeito para com os leitores, decidimos publicar a integralidade dos dois textos. mpõe-se pois que se lembre aqui a imparcialidade do usojornal, nesta e noutras eleições. redacção 8. lus de ortugais arrivent à l âge de la retraite. omment pensez-vous réagir face à cette population grandissante alors que rien n est encore prévu aujourd hui pour les accueillir, sachant que la plupart d entre elles rencontrent encore de nombreuses difficultés pour s exprimer en français? - l va de soi que les portugais ayant travaillés en France bénéficient de leur retraite qu ils choisissent de rester en France ou de retourner au ortugal. est à eux de décider de leur lieu de résidence pendant leur retraite. Je me suis engagée à augmenter de 5 % les petites retraites, c est-à-dire celles qui sont inférieures au, dès mon entrée en fonction. 9. a langue portugaise est la troisième langue européenne parlée dans le monde (avant même le français). omment expliquez-vous que son enseignement en France soit si faible en comparaison avec d autres langues européennes ( jeunes étudient le portugais contre environ pour l italien)? - Je ne peux qu encourager un apprentissage plus important de la langue portugaise. l est en effet important que des origines portugaises puissent garder une connaissance de la langue de leurs parents, mais aussi que beaucoup de français puissent accéder à la pratique d une langue répandue dans le monde et à la belle littérature portugaise. 10. ans une dynamique européenne, et afin de soutenir la citoyenneté européenne, pensez-vous envisageable que les ressortissants européens puissent voter aux élections de leurs pays au sein de leur mairie locale? (ce qui permettrait notamment d éviter les difficultés liées aux déplacements dans les consulats). - est une question qui doit être étudiée en concertation avec le gouvernement portugais. 11. Quel message souhaitez-vous transmettre à la population francoportugaise de France (portugais ou jeunes d origine portugaise)? - Je leur dis que leur appartenance à la France et leur origine portugaise sont une richesse qu ils doivent préserver. Je les invite, comme tous les autres citoyens, à faire un choix lucide le jour de l élection présidentielle entre un modèle de société fondé sur l individualisme et le chacun pour soi, et un pays ouvert à la diversité, solidaire et pacifié.. dos antos France - tranger - xcursions - ransferts - Voyages à la demande 38 rue François oppé andres les oses euroway-voyages orange.fr

5 icolas arkozy répond aux questions de la F ne communauté particulièrement bien intégrée en France 1. epuis 2001, le droit de vote aux élections municipales a été accordé aux ressortissants des pays de l nion uropéenne.quelle est votre position sur l élargissement de ce droit aux élections présidentielles et législatives en France? - arce qu elles renvoient à l exercice même de la souveraineté nationale par le peuple, les élections présidentielles et législatives doivent être réservées aux seules personnes possédant la citoyenneté française. 2. lusieurs pays de l nion uropéenne (les pays scandinaves, les ays-as,l rlande,la elgique, ) ont déjà accordé le droit de vote aux ressortissants de pays non communautaires.que pensez-vous de l élargissement du droit de vote à l ensemble des étrangers de France qui comprend également l ensemble des ressortissants des pays lusophones (d frique, d sie ou encore du résil)? - Je souhaite au moins que nous puissions ouvrir un vrai débat sur cette question. titre personnel, j ai déjà dit que j étais favorable à ce que les ressortissants de pays n appartenant pas aux pays de l nion puissent, dans les mêmes conditions que les ressortissants communautaires, prendre part aux élections municipales. 3. a participation des ressortissants européens, dont les portugais, aux élections municipales et européennes reste encore assez modeste: que suggérez-vous pour toucher cette population et l amener à participer davantage aux scrutins? - Je me réjouis que les résultats du premier tour de l élection présidentielle aient été marqués par un taux de participation record. est une bonne nouvelle pour notre démocratie que les citoyens, et en particulier les ortugais inscrits sur les listes, aient été si nombreux à voter. Je souhaite que cette forte mobilisation se confirme lors des prochaines élections européennes et municipales et que les ortugais pèsent pleinement dans la vie politique de la France et la relance du projet européen. i l on veut que l intérêt de nos concitoyens pour la construction européenne grandisse et que la participation aux élections européennes augmente, il faut les convaincre qu ils ont un rôle à jouer dans ce processus, que leur voix est écoutée, que leur avis est respecté. est la raison pour laquelle le fonctionnement démocratique de l nion doit être amélioré. Faire vivre et se développer la vie démocratique européenne est en effet le seul moyen de «re-politiser» l urope au sens le plus noble du terme, c est-à-dire de la remettre au cœur de la vie civique et citoyenne des uropéens. icolas arkosy 4. ensez-vous que la communauté portugaise est bien intégrée en France? elon vous, pourquoi est-elle si discrète dans les médias,dans les études menées sur les populations immigrantes, alors qu il s agit de la première communauté européenne et l une des premières étrangères de France? - a communauté portugaise est particulièrement bien intégrée dans notre pays. ette intégration, les ortugais de France la doivent d abord à eux-mêmes. n oublie trop souvent aujourd hui l incompréhension, voire la méfiance, qu ils ont parfois dû affronter lors de leur arrivée dans notre pays. est par leur travail et par leur courage que les ortugais ont réussi à s imposer, à se faire accepter, à se faire respecter, tout en préservant leur originalité et leur identité. t franchement, heureusement,car la France est tellement plus riche de les compter aujourd hui en son sein. ais je sais que cet attachement est réciproque, que les ortugais aiment profondément la France. ailleurs, beaucoup ont fait le choix de devenir Français, ce qui est formidable. 5. es relations entre la France et le ortugal sont très étroites: comment voyez-vous ces relations et que proposez-vous pour renforcer le lien entre ces deux pays, sachant que la communauté portugaise est la première communauté étrangère de France? - vec le ortugal, nos relations sont déjà excellentes. i je suis élu, je souhaite bien sûr prolonger et renforcer encore l amitié qui unit nos deux pays et nos deux peuples. ous devons poursuivre les chantiers que nous avons lancés, notamment en matière scientifique et culturelle ou dans le domaine de l éducation. ais nous devons aller plus loin, et imaginer de nouveaux champs pour notre coopération. Je pense notamment à la construction de l espace méditerranéen. os deux pays ont aujourd hui en commun d être à la fois européens et méditerranéens. e ortugal a déjà beaucoup œuvré pour renforcer le dialogue euro-méditerranéen. ujourd hui, nous devons prendre l initiative de construire, avec l ensemble des pays de l espace méditerranéen, une véritable nion méditerranéenne.ette nion aurait vocation à travailler étroitement avec l nion uropéenne et à avoir un jour avec elle des institutions communes.lle pourrait s organiser autour de rencontres périodiques de ses chefs d tats et de gouvernements comme les grands pays industrialisés ont leur G8. lle aurait un onseil de la éditerranée comme l urope a le onseil de l urope. es piliers de cet espace de solidarité et de coopération seraient la protection de l environnement, le codéveloppement avec par exemple la création d une banque méditerranéenne d investissement sur le modèle de la banque européenne d'investissement une politique commune d immigration choisie, c'est-àdire décidée ensemble, organisée ensemble,maîtrisée ensemble,la promotion de l tat de droit dans la région,ainsi que la lutte contre la corruption, le terrorisme et le crime organisé. autre défi, c est l urope. a présidence portugaise de l nion au prochain semestre s inscrira dans la continuité de l actuelle présidence allemande qui a fait de la relance européenne une priorité. urgence, c est de permettre à l urope de fonctionner efficacement à vingtsept. J ai proposé que nous adoptions, dans un premier temps, un «traité simplifié» dont l objectif serait justement de remédier à cette urgence en reprenant du projet de traité constitutionnel un certain nombre de mesures dont tout le monde, y compris dans le camps du «non», a reconnu qu elle permettraient à l urope d être plus efficace et plus démocratique. ais pour réconcilier l urope avec ses citoyens, nous devrons aller plus loin que les questions institutionnelles. ous devons donner à l urope de nouveaux projets. es tats qui souhaitent prendre leurs responsabilités doivent pouvoir le faire et se constituer en «groupes moteurs» pour aller ensemble plus vite et plus loin dans tel ou tel domaine dans lequel ils ont un intérêt particulier.e ortugal et la France,qui ont en commun d avoir toujours été à l avantgarde du projet européen, doivent prendre l initiative de telles actions communes. Hyundai étillon oncessionnaire 6 avenue rables Villiers le el leições 5 6. n ars 2006 a été créé le service civil volontaire pour les jeunes de 18/25 ans, leur permettant ainsi de bénéficier notamment d une validation de l expérience. ependant, actuellement, il n existe toujours pas de véritable statut pour les bénévoles associatif dont l activité reste encore peu valorisée. fin d inciter les jeunes (et les moins jeunes) à s investir dans le mouvement associatif, pensez-vous qu un statut du bénévole puisse être envisagé, basé notamment sur celui du service civil volontaire? - e service civique a pour but d apporter une contribution décisive à la cohésion sociale par la promotion des valeurs civiques et l ouverture d esprit des jeunes à des questions d intérêt général et de solidarité (soutien aux plus démunis, santé des enfants, alphabétisation, éducation à la paix,protection de la planète,aide au développement ). on souci est de valoriser l engagement, le goût de l action, l initiative au service des autres. Grâce au service civique,les jeunes et les moins jeunes - créeront des contacts avec des personnes qu ils n auraient sûrement jamais eu l occasion de rencontrer, découvriront les bienfaits de la solidarité pour soi et pour les autres, et recréeront du lien social. our ces raisons, il faut l encourager résolument. our cela, je veux notamment créer un livret d épargne civique, qui permettra à tous ceux qui se consacrent aux autres, quel que soit leur âge, d acquérir des droits. ne année de bénévolat dans un club ou une association pourrait par exemple donner droit à un stage de formation gratuit. 20 heures par mois de bénévolat effectuées régulièrement par un étudiant donneront droit à 10% de points en plus pour les examens. ix ans de bénévolat donneront droit à une année de cotisation pour la retraite. e livret pourra aussi être utilisé dans le cadre d une recherche d emploi, afin que les compétences acquises par les bénévoles au cours de leur engagement soient pleinement valorisées sur le marché du travail. u-delà de cette mesure de reconnaissance, je veux donner un nouveau souffle à la formation des bénévoles, pour aider ces derniers dans l exercice de leurs missions et améliorer l attractivité des activités d intérêt général. 9. a langue portugaise est la troisième langue européenne parlée dans le monde (avant même le français). omment expliquez-vous que son enseignement en France soit si faible en comparaison avec d autres langues européennes ( jeunes étudient le portugais contre environ pour l italien)? - Je tiens à rappeler que la France est aujourd hui le pays d'urope où la langue portugaise est la plus enseignée. ien sûr, il nous faut promouvoir encore davantage l enseignement de la langue portugaise en France, en proposant par exemple plus largement de la choisir comme seconde langue dès le collège. 10. ans une dynamique européenne, et afin de soutenir la citoyenneté européenne, pensez-vous envisageable que les ressortissants européens puissent voter aux élections de leurs pays au sein de leur mairie locale? (ce qui permettrait notamment d éviter les difficultés liées aux déplacements dans les consulats). - arce que la participation à de tels scrutins est un acte qui se rattache au pays d'origine, il est normal que ce soit le consulat,dont le rôle est justement de représenter son pays, qui organise le scrutin. 11. Quel message souhaitez-vous transmettre à la population francoportugaise de France (portugais ou jeunes d origine portugaise)? - Je crois que je n aurai qu un seul mot: erci. erci pour tout ce que vous apportez de vie,de solidarité,de courage et d ouverture. usojornal

6 6 alentos ista dos nomeados para os rémios alentos rtes: lice de ousa, nglaterra; rlando zevedo, rasil; iguel âncio artins, França. ssociativismo: ssociação ortuguesa de ocorros útuos de omodoro ivadávia; asa de ortugal de ontevideu; entro de poio ocial e ssociativismo, uxemburgo. iência: João lberto arques odrigues, Venezuela; aria da onceição de atos Fidalgo, hina;iago Fleming uteiro, stados nidos. omunicação ocial: gostinho arbosa, stados nidos; envinda aria, rasil; anuel Fernando orreia Vilar, ruguai. esporto: ssociação ortuguesa de esportos,lemanha; edro elfino amos de ousa,rábia audita; Victor omingos odrigues da ilva, Joanesburgo. ivulgação da íngua ortuguesa: rene aria Ferreira layer, anadá; aria Graciette esse rindade da ocha, França; José da ilva erra, França. mpresarial: lfredo Victorino iano, rgentina; rmando opes, França; Fernando imões Ferreira, ustrália. Humanidades: Felicidade acedo odrigues, anadá; Fernando amalho da ilva,rasil;adre anuel liveira, oménia. nvestigação: argarida Fernandes da osta Gomes, França; aria da onceição Fidalgo de atos, hina; iago Fleming uteiro, stados nidos. Juventude: Ângela arolina ias de lmeida,venezuela;avid eonel opes orges, ndorra; João Filipe ima eiva, França. olítica: aniel da onte, stados nidos; Félix raz, uxemburgo; Filipe de ousa inho, França. rofissões iberais: José lídio ascimento, África do ul; rlando Fernandes, ustrália; aulo arvalho, élgica. eis ortugueses de França estão nomeados ivulgada a lista dos nomeados aos rémios alento ão milhares de ortugueses espalhados pelo mundo que se distinguem todos os dias nas mais diversas áreas, mas na semana passada foram divulgados os nomes dos 36 candidatos do concurso alentos das comunidades portuguesas lançado no ano passado pelo Governo, pré-seleccionados de um total de 247, por um júri de luxo: ntónio Vitorino, ntónio edro Vasconcelos, duardo ourenço, osa ota, Graça orais, Joe erardo, Fátima opes entre outras individualidades, presidido por aria arroso. ão vultos de amplitude mundial que se destacam nos países de acolhimento nos domínios da ciência, cultura, arte, economia, humanitarismo, desporto, investigação, juventude, associativismo, política, comunicação social e empresarial. concurso visa torná-los conhecidos em ortugal e reforçar a sua ligação ao país de origem, que culminará no evento denominado «Gala dos alentos», dia 30 de Junho, no qual serão entregues troféus aos portugueses que se distingam no estrangeiro nas diferentes áreas descritas no regulamento e nos termos ali estipulados. a lista fazem parte desde um consultor de ténis na rábia audita, a uma investigadora na hina, um empresário na ustrália, um banqueiro na rgentina e até um padre na oménia. m França foram seleccionados 6 «talentos»: a categoria das artes: iguel âncio artins arrojado arquitecto/decorador que «desenha» os locais nocturnos parisienses e internacionais: uddha ar, ar Fly, illionaire em ardegna, pium em ondres, também são, entre outras, obras assinadas por este mestre na arte das decorações e atmosferas lounge o arais, num prédio do mais clássico estilo da arquitectura parisiense, situa-se a casa de iguel âncio artins. arquitecto encantou-se com a zona típica e animada, a rua larga, arejada, os altos pés-direitos e as divisões vastas e ensolaradas do apartamento, situado num prédio de 1860, um típico Haussmann. Filipe inho, aire de haligny, é um dos nomeados para o rémio alentos a categoria da divulgação da língua portuguesa, os dois nomes a reter são: aria Graciette esse rindade da ocha e José da ilva erra. aria Graciette esse licenciouse em omânicas pela Faculdade de etras de isboa. asceu na aparica mas vive em França há alguns anos. É rofessora atedrática na niversidade ichel de ontaigne em ordéus. ublicou vários livros. Quanto a José da ilva erra, professor universitário, pesquisador, entre os quais: XV, XV séculos; o humanismo português, a literatura portuguesa; o exílio em França dos portugueses liberais ( ). articipou também em obras colectivas e escreveu diversos artigos para algumas revistas. esária Évora distinguida com egião de Honra cantora cabo-verdiana esária Évora foi distinguida com a egião de Honra de França pelo residente francês, Jacques hirac. proposta partiu da inistra delegada da ooperação, rigitte Gerardin. distinção foi entregue na quinta-feira da semana passada em aris. esária Évora já havia sido distinguida pelo inistro da ultura francês, com o título de ficial da egião, passando agora a avaleira da egião de Honra. cantora esária Évora tem uma relação especial com a França, já que foi neste país, na década de 1980, que começou a projectar-se a nível internacional, tornando-se depois a cantora cabo-verdiana mais conhecida no mundo. nível empresarial, rmando opes, 63 anos, provavelmente o português mais influente de França. ário oares fê-lo comendador e hirac distinguiu-o com a égion d Honneur. emigrante português nascido em urém e que desembarcou aos 17 anos na Gare d usterlitz, tem, ainda, muito orgulho no seu grupo empresarial que se destacou no betão e sendo o dono da ádio lfa e do réteil-usitanos, clube de futebol. o quadro da investigação, foi escolhida a investigadora do argarida Fernandes da osta Gomes, residente em lermont-ferrand. João Filipe eiva foi nomeado alento juventude, poçr ter realizado o seu primeiro filme-documentário «ntre 2 rêves» (2006), abordando a questão da imigração portuguesa em França e fazendo o percurso inverso dos seus pais, passando por spanha, até chegar a ortugal. ara terminar está ainda nomeado Filipe de ousa inho, em política, por ser o aire de haligny. inho foi o primeiro entrevistado do usojornal e foi também um dos aires mais novos de França ao ser eleito quando tinha pouco mais de 20 anos. É um dos três aires em França de origem portuguesa. É de salientar ainda a nomeação de aulo arvalho, irector-adjunto da edição belga do uso- Jornal. lara eixeira

7 ecrologia Faleceu o pai do eputado arlos Gonçalves lmiro Gonçalves com avaco ilva e o filho arlos Gonçalves o sábado passado, 28 de bril, faleceu com 76 anos, na região parisiense,lmiro Gonçalves, pai do eputado do eleito pelo círculo eleitoral da uropa, arlos Gonçalves, vítima de doença prolongada. «É um grande desgosto para mim porque mais do que um amigo, era um grande homem» disse ao usojornal Jaime ibeiro, fundador da ecção de aris do (mais tarde ). lmiro Gonçalves integrou o logo na altura da sua fundação e foi durante muito tempo vice-residente da ecção. «Foi meu vice- residente e teve sempre um comportamento fora de série» lembra Jaime ibeiro. «epois assumiu a residência e sempre trabalhou muito pelo partido. Foi um enhor». lmiro Gonçalves foi residente da ecção do / de aris, sucedendo assim a Jaime ibeiro e deixando mais tarde o lugar ao seu próprio filho, arlos Gonçalves. ma missa de corpo presente terá lugar nesta quarta-feira,2 de aio,às 16h00 no antuário de ossa enhora de Fátima (48 bis boulevard érrurier, em aris XX) e o funeral realizar-se-á na greja atriz de odão (perto de astelo ranco), de onde era natural, na próxima sextafeira 4 de aio, à tarde.. arlos ereira Kaytlin morreu afogada notícia da morte da pequena Kaytlin fez manchete na imprensa francesa. criança, com apenas dois anos de idade, aproveitou algum momento de descuido dos pais e caiu ao rio sère, em a ronche, perto de Grenoble. corpo foi encontrado no dia seguinte, perto da barragem de aint-grève uns 10 kms mais abaixo do sítio onde provavelmente terá caido, depois de ter aberto um pequeno portão junto da horta que a família cultivava nos tempos livres. «ratou-se de um acidente, a criança afogou-se, porque foi encontrada com as fraldas, restante roupa e calçada» explicou o omissário Jean-laude orel- Garin,irector do departamento da polícia de Grenoble. autopsia, no dia seguinte, veio confirmar o drama. es meilleurs taux pour toute la région parisienne el: Falamos português usojornal - Jorge ampos omunidade greja Grupo oral prepara eregrinação a Fouvières Grupo oral da omunidade portuguesa católica de yon a sexta-feira, 27 de bril, na aróquia de t. Famille, a paróquia da omunidade portuguesa católica de yon, houve mais um encontro do grupo coral, dirigido pelo padre ric esson. s ensaios dos cânticos para a peregrinação a Fourvière, em honra de ossa enhora de Fátima, estão com resultados muito positivos. stão a ser ensaiados cânticos a duas e a três vozes. «stou muito contente em participar neste grupo coral e o nosso ensaiador é muito paciente e ensina-nos bem» declarou a senhora va ao usojornal. erca de três 7 dezenas de participantes vão então animar as cerimónias religiosas nos dias 12 e 13 de aio, em Fourvière. ste grupo coral é composta por pessoas vindas de diferentes pontos da cidade de yon e dos seus arredores: rignais, euville e harbonnières. m bom ambiente motiva o grupo e outros projectos estão em estudo. pregador e animador desta peregrinação vem de Viseu (ortugal) onde é eitor do eminário aior iocesano, o eitor Felisberto ntónio ereira. Jorge ampos rie & hampagne 27 route de ontereau à elun rie ôle 19 rie-omte-obert Garage du hateau 166 te de orbeil te Genevieve des ois Garage du hateau Z de la roix lanche te Genevieve des ois

8 8 ultura equenas histórias poliglotas ssociação 2 angues et oisirs apresentou no domingo 29 de bril, em Villeneuvele-oi (94), o livro «equenas histórias poliglotas» que resultou do concurso realizado recentemente. «lgumas das histórias foram lidas de forma a dar uma ideia das histórias escolhidas. ara sermos um pouco mais originais este ano, tivemos a presença de um grupo de capoeira que fez uma demonstração, uma espécie de ligação entre ortugal e o rasil. Houve igualmente uma pequena representação teatral da parte das crianças da associação e para terminar houve um lanche», declara ao uso- Jornal unice artins, que confessa estar mais satisfeita dos resultados do concurso deste ano, «de facto em relação ao ano anterior, tivemos respostas mais favoráveis e sobretudo uma participação mais forte com crianças que se mostraram muito mais motivadas, embora ter havido ainda poucos candidatos». unice artins aponta para a importância das empresas que apoiaram bastante a associação para a saída do livro, sem as quais não teria sido possível fazê-lo: (, aixa Geral de epósitos, ntermarché, adrin et endance et esign). rês adultos e vários alunos do iceu internacional de t Germain et da cep participaram ao concurso. livro já está à venda. tél: Kátia Guerreiro na mbaixada de ortugal Jeune luso-descendant réalise documentaire sur l immigration a quête de Gaël ernardo sur les chemins de la mémoire e film-documentaire du luso-descendant Gaël ernardo, «xalá Quête sur les chemins de la mémoire» (90 mn) sera projeté le 10 mai au inéma les Grands crans à imoges et le 25 mai prochain au cinéma topia-aint Jullian à ordeaux. Quant aux parisiens, ils devront attendre la rentrée pour le voir. «e documentaire porte sur l immigration et la citoyenneté. e besoin de faire ce documentaire retraçant l arrivée en France d habitants de eaubreuil, est né de mon expérience personnelle. a multiplicité des milieux dans lesquels j ai évolué qu ils soient sociaux, culturels ou ethniques, m a rapidement obligé à me poser des questions notamment sur ma place dans la société française», explique Gaël ernardo. «e sont ces différents paramètres qui guident mon témoignage destiné à mettre en scène les différents protagonistes de l Histoire, à travers leurs histoires». «Je suis un jeune français, issu de l immigration portugaise, ceux que l on appelle la deuxième génération. Je m interroge sur mon identité. e questionnement soulève plusieurs problèmes liés à la définition aujourd hui en France de la citoyenneté de l identité et de la culture. écrivain portugais duardo ourenço, analyse et accompagne cette recherche qui conjugue la mémoire et le spirituel» écrit le jeune réalisateur. «ette démarche donne naissance xalá de Gael ernardo à un voyage qui m amène à retourner dans un premier temps à eaubreuil, le quartier qui ma vu grandir. à, je rencontre ces gens, hommes et femmes issus de l immigration, qui ont un jour, dans l espoir d une vie meilleure, quitté leur pays pour venir en France. nsuite afin d approfondir cette quête, j entreprend de faire en sens inverse le voyage qui à conduit mon oncle ntónio ernardo en 1964 à venir à pied de Val da enhora do ovo, au ortugal, jusqu à oitiers. e voyage me permet de rencontrer différents témoins et participants de cette épopée. es rencontres sont aussi l occasion de la découverte de différentes cultures liées aux destins des hommes qui les transmettent. e voyage ainsi que les témoignages nourrissent le cheminement de ma pensée et participent à l élaboration de mon discours sur une nouvelle forme de citoyenneté ainsi que la multi culturalité». ien que français, Gaël ernardo avoue ne pas se reconnaître dans un modèle identitaire national édulcorant la diversité culturelle de la société française actuelle. elon lui, pour y remédier, «il est lcácer-quibir na Galeria eonardo Galeria eonardo em aris expõe desde o passado 25 de bril até 26 de aio, «lcácer Kibir et utres émoires» de Gonçalo uarte, osta amelo et arlos arreiro.«enho recebido muitos visitantes na galeria, já vendi nomeadamente cinco desenhos de Gonçalo uarte, o que é motivante», começa por declarar eonardo de á.vinte obras de Gonçalo uarte estão expostas (15 desenhos: aguarelas, gravuras, guaches, técnicas mistas, ou ainda tinta da china), «tenho 3 telas magníficas, uma característica da fase de lcácer-quibir. o artista osta amelo tenho 5 obras, são trabalhos habituais que se incorporavam bem naquela época. É um dos melhores artistas aliás que temos aqui e que costumo expôr regularmente», diz ao usojornal. responsável faz alusão ao 25 de bril,«esta exposição,tem a ver com uma poética especial que dá bem a entender a nossa forma de ser e de estar, não é reaccionária.o ver esta exposição hove algumas pessoas que me acusaram de ser monárquico ou salazarista, mas não sou, pelo contrário». Gonçalo uarte nasceu em isboa e morreu em aris em Frequentou a escola das elas-rtes de isboa e de unique,viveu em aris desde embro do grupo KWY e foi colaborador da revista do mesmo nome. osta amelo nasceu em 1924 em ortugal. studou na Faculdade de letras de isboa e na cademia oyale d nvers. ficial da rdem do nfante Henrique o avegador, foi também avaleiro das rtes e das etras. osta amelo vive em aris desde Quanto a nécessaire que la génération d immigration précédente, partage son histoire avec la nouvelle génération mais aussi avec les habitants du pays d accueil». e partage est la condition sine qua non d une véritable intégration dans le respect de la différence. «out en déconstruisant les images existantes», ce projet cher de nouvelles représentations focalisées sur la résurgence de la mémoire enfouie et son partage. é en France en 1978, d origine portugaise, pendant son enfance il part en vacances au ortugal avec ses parents (père de astelo ranco et mère de ragança), Gaël ernardo passe néanmoins beaucoup de temps en lgarve. n France il grandit près de imoges, il fait des études de cinéma et parallèlement il s est initié à la réalisation dans le cadre des productions indépendantes. «ette activité m a amené à développer une approche alternative de la création audiovisuelle». Gaël ernardo a déjà réalisé d autres documentaires, dont Faxman, (rix du jury au Festival de lermont Ferrand). ctuellement très occupé avec la mise en réseau de «xalá Quête sur les chemins de la mémoire», le luso-descendant travaille déjà sur un autre projet, de fiction, cette fois-ci. lara eixeira arlos arreiro nasceu em 1946 em onta elgada (çores). studou na scola uperior das elas-rtes do orto e vive em ortugal. lara eixeira Galeria eonardo 62, rue d Hautpoul, em aris XX e segunda a sábado, das 14h00 às 19h00. nfos: mbaixada de ortugal em aris assinalou o 25 de bril com um concerto de Kátia Guerreiro. fadista portuguesa cantou perante uma assistência de mais de duzentos convidados entre os quais se contavam personalidades políticas, empresários, diplomatas e figuras da vida social francesa. espectáculo encantou a assistência que teceu grandes elogios à artista portuguesa unanimemente considerada um dos mais proeminentes valores da nova geração de fadistas. pós o concerto, os convidados foram ainda brindados com uma recepção e um jantar servidos também naquela mbaixada. screver a riente o âmbito de plano de actividades dos eitores de português de aris do nstituto amões e átedra indley intra, realiza-se no epartamento de português da niversidade aris X anterre, no dia 14 de aio, das 12h30 às 14h00 (F de ínguas, ala 356, ât F), uma conferência em língua portuguesa pela rofessora na aula aborinho, da niversidade de isboa sobre o tema «screver a riente». usojornal

9 ovo álbum de José Ângelo harme, ritmo, elegância, a trilogia de um disco verdadeiramente inspirado por sons forte e quentes timbrados por uma voz experiente e segura. José Ângelo apresenta, assim, de forma intensa e provocante um novo disco onde alia por forma conjugada o sopro quente da paixão servido em baladas como «Foi feitiço», ou «que faço», ao mais ritmado dos compassos a convidar à dança em temas como «ou pinga-amor», ou «Fui-me a elas» e «Que mal eu te fiz». simetria deste novo de José Ângelo, assenta na diversificação dos dez temas que o compõem capazes de envolver o público sempre com o mesmo nível de interesse porque, afinal, a música não é estanque, antes uma panóplia de ritmos, compassos, andamentos e sensações. o cantor consegue demonstrá-lo na perfeição entregando-se a cada tema com a mesma generosidade e paixão. aí que, ao escutar este, se fique com a sensação de estarmos perante uma verdadeira «montra» de bom gosto e qualidade tanto pela diversidade como por todo o seu harmonioso conteúdo. utor, compositor e intérprete, José Ângelo é, ainda, o produtor e editor do seu próprio conseguindo, ao mesmo tempo, elevar a qualidade do catálogo da sua editora «dealvoice» e do seu estúdio de gravação digital «dealom». ste novo de José Ângelo foi pensado ao pormenor, cuidadosamente estruturado para que o resultado final apresentasse a qualidade que os grandes artistas nunca dispensam. José Ângelo é nome reconhecido no panorama artístico nacional e junto das comunidades portuguesas espalhadas pelos quatro cantos. sua experiência no mundo do espectáculo é vastíssima e, com este novo disco, fica o artista com um palmarés invejavelmente mais rico. José uis eves oreógrafo nasceu em aris, mas mora em isboa Fiadeiro estreia espectáculo para ontpellier mmanuel da ilva «ara onde vai a luz quando se apaga?» sob a direcção artística de João Fiadeiro, vai estrear em isboa amanhã e no Festival de ontpellier anse 2007 dia 29 e 30 de Junho. is alguns excertos do diário de ensaio, em 2006, (pensamento solto feito algures quando João Fiadeiro começou a pensar nesta peça):«erá que consigo fazer um trabalho que fuja por completo ao meu controlo e que atinja aquela qualidade que reconheço em outras (poucas) obras, onde o objecto resultante não é manipulado, onde não se sente a mão do autor (sem deixar de ser artesanal) e onde o que lá está é simultaneamente inesperado e inevitável?» 14 de Janeiro, (um dia antes de começar os ensaios): «m dos desafios mais importantes para este trabalho será saber se consigo deixar os intérpretes trabalhar.aber se sou capaz de me colocar numa posição de catalisador, de filtro e de impulsionador, sem cair na tentação de querer salvar, resolver ou querer tomar decisões antes de ver. saber aceitar a derrota. orque agora sei que só consigo trabalhar se estiver disponível para perder. s intérpretes. Gustavo [umpta] parece-me não ter corpo. ntónio [edro opes], pelo contrário, transborda corpo por todo o lado.arece poder explodir a qualquer momento. láudia [ias] também, mas para dentro. arece que vai implodir a qualquer momento. árcia [ança] tem esta capacidade extraordinária de conseguir estar entre os dois. asta encontrá-la, se quisermos encontrar a tangente de algo. enaig [e ouze] é um enigma (mas é assim que gostaria que se mantivesse) o mais importante é que ambos têm a qualidade, que considero fundamental, de se saber olhar de fora sem nunca deixar de se ver como matéria. ntre estes dois extremos, o que me interessa (na constituição deste grupo), é um meio-termo entre esta qualidade da mão-de-obra, o banal como acontecimento e a eminente erupção do humano». ara além da sua actividade principal e mais conhecida enquanto coreógrafo, bailarino ou director artístico da ompanhia., João Fiadeiro tem-se afirmado enquanto investigador nas áreas da improvisação, composição coreográfica e direcção de actores,bailarinos e performers. étodo de omposição em empo eal é o centro da sua investigação que em sido lenta e sistematicamente estruturado através de workshops, conferências e masterclasses orientadas em ortugal e na uropa desde João Fiadeiro nasceu em aris, vive e trabalha em isboa. sua formação inicial entre 1983 e 1988 teve como referência as técnicas de dança clássica e dança moderna que desenvolveu no allet Gulbenkian (isboa) e no eridance enter (ova orque). m 1988, através de uma bolsa que recebe do Festival Jacob s illow, em assachussets, entra em contacto com o movimento pós-moderno americano e altera radicalmente as suas referências e práticas, passando a concentrar-se nas técnicas de improvisação e composição nascidas com esse movimento e que aprofundou em inúmeros workshops entre erlim e isboa. ntre 1986 e 89, foi bailarino da ompanhia de ança de isboa e do allet Gulbenkian, estruturas onde começou a sua actividade enquanto coreógrafo. o seu percurso colaborou de uma forma cúmplice e próxima com diversos artistas e pensadores contemporâneos como Jorge ilva elo, arta Wengorovius, edro osta,vitor ua, uno ebelo, iguel zguime, ndré epecki ou ark ompkins que influenciaram de uma forma decisiva o seu trabalho. ias 29 e 30 de Junho Festival de ontpellier anse lara eixeira e ourguignon - - F vous accueille avec plaisir, et avec le sourire! 145 rue des ourguignons à ois-olombes él : ultura «e Quatrième» de an nger cantor luso-descendente an nger acaba de gravar o seu quarto álbum ao qual chamou, simplesmente «e Quatrième». «É o meu quarto álbum, foi gravado em bril, com quatro músicos, é produzido por quatro pessoas e por isso chama-se e Quatrième» explica ao usojornal. Gravado num estúdio na região parisiense, an nger canta poemas da escritora lice achado, do jornalista e apresentador de televião Yan avoix (France 2 e ) e de aria José Henriques, antiga residente da associação Gaivota e que reside actualmente em ortugal. «onhecia a lice achado de nome e de reputação, já me tinha cruzado com ela em várias manifestações culturais e outras, mas nunca tínhamos sido apresentados» explica an nger. «Foi em snières que o Yan avoix me apresentou e ela confessou que conhecia as minhas músicas». Foi assim que an nger e lice achado se conheceram e decidiram agora trabalhar juntos cantando dois poemas da escritora: «es géants» e «ull rayé blanc lilas». an canta ainda dois textos de Yan avoix, seu amigo de longa data e de aria José Henriques que conheceu em aris. «Guardo o meu estilo musical, o meu carácter latino, ares entre o tango e o fado, mas é um disco em acústico, sem bateria, com um reforço excepcional ao acordeão de Fred Gomes» explica an nger. disco conta também com a participação do guitarrista hilippe de ousa e do pianista téphane ébé que também co-produziu o álbum. an nger vai apresentar o seu trabalho com um concerto ao vivo no dia 26 de Junho, no entier des Halles, em aris. 9 arlos ereira arbrerie arsilvas telier de marbrerie

10 usa - Jorge ampos 10 ultura Jornadas ortas bertas no de yon o sábado dia 28 de bril, o nstituto de íngua e ultura ortuguesa () de yon organizou uma jornada ortas bertas para dar informações sobre o ano lectivo 2007/2008. residente ristan Frejanville ficou satisfeito com o resultado e também pelo número positivo das visitas feitas neste dia. «ntre as inscrições e as re-inscrições temos já cerca de oitenta por cento do objectivo previsto para o próximo ano lectivo» declarou ao usojornal. x-alunos, professores e membros da omissão de apoio, acolheram os alunos e deram informações sobre cursos e inscrições.s professores arc agara, érgio odrigues e ndré ordeiro, assim como Glorete ias,vera ucia, athalie imões e Jorge ampos acolheram os pais e alunos. iclo do cinema português, e as conferências são actividades culturais que despertaram certo interesse nos visitantes. interesse para se aprender a falar português e pela cultura portuguesa está a crescer, pois novas inscrições de estrangeiros foram feitas. s aulas para adultos em iniciação ou aperfeiçoamento são dadas às segundas, quartas e quintas das 18h30 às 20h00, aos sábados das 8h30 às 12h30. ambém aos sábados, das 8h30 às 18h00, decorrem as aulas dos ciclos normais. Jorge ampos nstituto de ingua e ultura ortuguesa () 107 rue de arseille, em yon 7 ivraria usófona na Feira do ivro de ndorra elo segundo ano consecutivo, a ivraria e ditora usófona de aris, e o seu irector João Heitor, estiveram presentes, no dia 23 de bril, na Feira do ivro de ant Jordi, em ndorra la Vella, com livros de autores portugueses, traduzidos ou não, com especial atenção para os livros dedicados aos jovens em idade escolar. rata-se de uma iniciativa da mbaixada de ortugal em ndorra, com o apoio da irecção Geral dos ssuntos onsulares e omunidades ortuguesas e da âmara unicipal de ndorra la Vella. actual mbaixador de ortugal em ndorra é uno essa opes, que já foi ônsul de ortugal em ours, yon e aris. ans le cadre de la emaine de l identité de ergy héâtre: «ù es-tu mon pays?» de aula Gonçalves es premières représentations de la pièce de théâtre «ù es-tu mon pays» de aula Gonçalves et de Jean Gennaro vont avoir lieu le 11 et le 12 mai prochains à ergy (95). a pièce est produite par l association «es ots igrateurs» et s inscrit dans la semaine de l dentité sur les thèmes de l exil,du déracinement et de l appartenance,qui aura lieu du 9 au 16 mai. «ette pièce nourrie de témoignages, de parcours de vies réels, et de la propre expérience des auteurs, issus eux-mêmes de l immigration, a été conçue pour engager une réflexion sur la double appartenance et sur l histoire de l immigration, car cet engagement nous est apparu comme une nécessité après les violences de novembre ous le faisons avec les mots, nos moyens d écrivains espérant susciter la réflexion et le débat», commence par déclarer aula Gonçalves. a pièce retrace ainsi la double appartenance des jeunes d origine portugaise ou autres; en s appuyant sur des divers témoignages, «on s interroge, alors, sur qui ils sont, d où viennent-ils? ous avons également la chance d avoir l appui de gens très impliqués dans la vie artistique de l agglomération et d autres qui travaillent depuis longtemps avec les jeunes». a pièce est jouée par des habitants de ergy-ontoise (jeunes et adultes), issus pour la plupart de l immigration, sur une mise en scène de Jean onnet. «es jeunes sans perspectives, tiraillés entre deux pays, deux cultures, se retrouvent entre eux dans un wagon sans rails. Français issus de l immigration, ils n ont pas vingt ans et veulent quitter leur amère patrie pour tenter de réaliser leur rêve ailleurs, pour être plus heureux dans leur pays d origine, ou pour échapper à un mariage arrangé par leurs parents. ais le wagon abandonné, est squatté par un délinquant de la cité recherché par la police ils le cachent, ils deviennent ses complices et courent de très gros risques; d un autre côté, s ils lui refusent leur aide et le chassent,comme l exige leur éducateur, ils pratiquent eux-mêmes cette exclusion qui les révolte. e dilemme divise le groupe,chacun se balance ses vérités à la figure, les couples se chamaillent. éanmoins le squatteur sympathise avec le patriarche, un vieil immigré portugais qui jadis a habité dans le wagon». ée à isbonne, elle vit en France depuis sa petite enfance après avoir suivi sa famille sur la route de l émigration.ujourd hui journaliste dans entro de íngua ortuguesa de yon ma exposição representando os murais do 25 de bril está actualmente patente ao público no entro de íngua ortuguesa da niversidade de umière, em ron (perto de yon). ode ser visitada não apenas pelos alunos, mas também pelo público em geral, durante os horários de abertura da niversidade. entro de íngua ortuguesa nasceu em 2001, resultado de um acordo assinado entre a niversidade umière e o inistério dos egócios strangeiros, de quem depende o nstituto amões. argarida choa foi nomeada como responsável do entro e é acompanhada nesta tarefa por nne- arie ascal, também professora e leitora de português na mesma niversidade. plano de actividades é feito com um ano de antecedência e depois submetido à validação do nstituto amões, em isboa. or vezes são usa - Jorge ampos argarida choa (esquerda) no entro de íngua do nstituto amões, em yon «es fêtes féeriques de r enaud chez ris eauté» ris eauté 63 rue ruffault aris ou acções em parceria com outros nstitutos culturais de outros países presentes na cidade de yon. or exemplo, este ano já foi realizado o Festival de inema atino mericano e bérico,onde quatro filmes portugueses foram projectados, e também a rimavera dos oetas, que trouxe a yon o poeta e eputado anuel legre, em parceria com o nstituto Goeth alemão. argarida choa tem agora uma assistente, ilvia acadura, bolseira vinda de ortugal, que a ajuda nas permanências de abertura do entro. sua paixão pela cultura portuguesa levam-na a estar o mais presente possível nos locais do entro, que partilha com as suas horas de aulas, pois mantém as funções de professora de português nesta niversidade. ambém está em contacto com as associações portuguesas da região de yon, para elaborar actividades em comum, dar informações sobre a nossa cultura e facilitar, ajudando todas as pesquisas feitas la presse locale à ergy-ontoise, elle est aussi animatrice de radio à G après avoir passé par adio lfa. lle a également enseigné le portugais et français langue étrangère et participe régulièrement à des soirées de poésie. embre fondateur de «ots igrateurs», elle est l auteur, entre autres, de «Âncora estilhaçada/ncre en éclats», ollection bilingue, ditions usophone, un recueil autobiographique en prose et en vers sur la double appartenance culturelle. «n m a récemment proposé de publier sur le papier l histoire de cette pièce, et le livre devrait donc être présenté au mois de mai», dit-elle au usojornal. u carrefour des nationalités (celle d'origine familiale et celle d'accueil), au carrefour des générations (parents ou grands parents immigrés en France, leurs enfants ou petits-enfants nés en France), la pièce de théâtre propose un lieu de débat pour le mieux être des jeunes ou des moins jeunes, parfois encore en questionnement, à la recherche de leurs racines et de leur propre identité. aula Gonçalves ne s arrête jamais, des projets plein la tête, elle est en train de préparer un autre spectacle avec des extraits de son livre «ncre en éclats». lara eixeira «ù es-tu mon pays» es 11 et 12 mai, à 20h30 aison de Quartier des inandes sobre a nossa cultura, seja ela literária ou outras. ma iblioteca muito variada e completa está aberta ao público, assim como uma mediateca com filmes documentários e cd s musicais. Várias exposições podem ser disponibilizadas gratuitamente para serem utilizadas em outros locais e apresentadas a outros públicos, mesmo que não sejam estudantes niversitários. asta solicitar ao entro. entro possui também um sistema multimédia on-line ligando ao site do nstituto amões de isboa e a todos os outros entros através do mundo. argarida choa Videira é natural do orto mas o berço da sua família está em erejeiras, uma aldeia perto de oncorvo e lfandega da Fé, em rás-os-ontes. sua infância foi passada no orto e depois foi estudar para Viseu, na eira lta. ais tarde, na sua vida profissional, passou a viver em isboa.as nunca deixou de visitar a família com alguma frequência.em um filho de um primeiro casamento e hoje partilha com o marido, que também é professor, a paixão por ortugal e pela cultura portuguesa Jorge ampos entro de íngua ortuguesa/ nstituto amões niversidade umière 5 v ierre endès France ron nfos:

11 o quadro da emana da uropa otunda da uropa vai ser inaugurada em loron epois de ter inaugurado na semana passada os seus novos locais os dirigentes da ssociação França-ortugal de loron ainte- arie (perto de au, 64) vão agora organizar uma semana cultural portuguesa que ficá marcada com a inauguração de uma rotunda, em plena cidade, que passará a ter o nome de otunda de ortugal (ond oint du ortugal). «ideia surgiu quando uma jornalista do jornal ortugal xpresso nos veio visitar e perguntou ao aire se loron tinha algum sítio com o nome de ortugal. ouco tempo depois, no dia 22 de Junho, o onselho unicipal decidiu de dar o nome de ond oint du ortugal a uma das rotundas» explicou ao usojornal hristian Godfrin, residente da associação. inauguração está prevista para o dia 12 de aio, na presença do mbaixador de ortugal ntónio onteiro, do onselheiro ocial da mbaixada de ortugal em aris Victor Gil e da ônsul de ortugal em ordeaux, anuela aldas Faria. epois de encontros com as autoridades locais e uma visita a loron ainte-arie a rotunda será inaugurada igualmente na presença de autoridades francesas e animada por um espectáculo de rua, de dança acrobática «se o tempo o permitir», pela ssociação esportiva de ão edro do ul que se deslocará a au hristian Godfrin (em camisa) não hesita em trabalhar na otunda de ortugal por esta ocasião.«e o tempo estiver de chuva,este espectáculo de dança terá lugar na alle Jéliote, em loron», explicam os organizadores. «esde o inicio que a nossa associação foi associada à concepção do projecto. Fomos nós que demos ideias sobre a vegetação, árvores, flores, arbustos, paralelos, etc» diz hristian Godfrin. «odas as pedras e paralelos para a construção da otunda de ortugal, foram oferecidas à associação pelo residente da âmara unicipal de orto de ós, João algueiro e a associação ofereceu-as por sua vez à airie de loron ainte arie» explicou ao usojornal lsa Godfrin, membro da irecção da ssociação França-ortugal. airie de loron organiza uma recepção por ocasião da passagem do mbaixador de ortugal e espera-se a presença de várias autoridades locais e regionais. «emana da uropa» terá início a 7 de aio e prolonga-se até ao dia 17. egundo a organização, no dia 7 será inaugurada uma exposição de pintura contemporânea de João lexandre na presença (ainda não confirmada) do eputado arlos Gonçalves com o astear da bandeira portuguesa ao som do hino de ortugal. Fica assim marcada a abertura oficial da emana e a exposição permanecerá patente ao público, com entrada gratuita, até ao dia 17 de aio. inda nesse dia 7 de aio,a associação organiza um recital de guitarra portuguesa, na Galeria evol, com o músico Ângelo da ilva. o dia 9 será organizada uma conferência com prova de vinhos do orto da casa amos intos e no dia 10 de aio será projectado o filme «orto de mon enfance» de anoel de liveira. dia 12 será sem dúvida o dia forte do evento,com a presença das autoridades oficiais e com um jantar de Gala no ycée du V eptembre,preparado pelos alunos da scola hoteleira de ão edro do ul. inda no quadro da gastronomia, o programa da semana cultural prevê ainda uma refeição típica portuguesa que será servida em todas as cantinas das escolas da cidade. organização da emana da uropa obteve a parceria da egição de urismo ão afões e da entro. «enhor driano zevedo, presidente da entro ajudou-nos bastante e vem acompanhado pelo grupo de danças acrobáticas da ssociação de ducação física e esportiva de ão edro do ul e por um grupo de alunos da scola hoteleira que vai preparar o Jantar de gala» explica lsa da Fonseca Godfrin. arlos ereira ezons descobriu o amor de edro e nês de astro eve lugar no dia 24 de bril a inauguração da exposição sobre o tema nês de astro, organizada pela micale des ravailleurs sans Frontières de ezons, com a colaboração da unicipalidade local, da édiathèque e da scola de úsica de ezons. m presença de hristian urmières, elouro da cultura,. eser ex-aire de ezons, assim como dos eleitos do município local e representantes da omunidade ortuguesa do meio associativo e cultural. «ais uma vez a mbaixada e o onsulado de ortugal brilharam pelas suas ausências» dizem os organizadores. ste tema, um dos mais apaixonantes da nossa história, pela sua emoção e o sentimento profundo duma história mítica sem igual na ivilização ortuguesa. ão os sentimentos de ensaístas, romancistas, dramaturgos, artistas plásticos e poetas de todas as épocas e do mundo. exposição inédita sobre nês de astro da autoria do pintor português José mídio, vindo de ortugal para este evento com as suas telas gigantes que pela primeira vez estarão patentes ao público, foi inaugurada no dia 24, na ediateca. José mídio, nasceu em atosinhos em É professor e irector de nsino uperior rtístico do orto. articipou em numerosas exposições individuais e colectivas em ortugal e no estrangeiro, públicas ou privadas. sta exposição esteve patente ao público do dia 20 ao dia 27 de bril. o dia 27 de bril um concerto teve lugar na greja de ezons. oncerto de Ângelo da ilva, compositor, professor de guitarra e autor do magnífico recital dramático da lenda mítica de nês de astro, figura que ficou na história de ortugal. m romance de adultério vivido às claras. ei gente oficial:.j.. 75, blv du Général Giraud t. aur /FX: fonso V, segundo os historiadores, deixa os seus conselheiros executar a amante do seu filho ríncipe herdeiro,. edro. assim se dá remate à história de nês de astro, que foi assassinada em 7 de Janeiro de n s usíadas de amões (mísera e mesquita, que depois de ser morta foi rainha...) 1ª parte: oncerto musical em português e recital em francês de Ângelo da ilva à viola acompanhado de lsa ousselle. 2ª parte: oncerto do grupo rtego e sabel tinger da scola de úsica de ezons. ste evento foi um sucesso tanto pela sua qualidade, assim como pela participação do público, demonstrando mais uma vez que é possível fazer eventos de qualidade e ir além de ficar aquém. o entanto o unicípio de ezons, «deveria fazer mais para por em valor esta exposição mas também a nível da comunicação local de maneira a que haja uma maior adesão da população local». omo disse o responsável cultural da micale des ravailleurs sans Frontières de ezons, anuel do ascimento, outro evento inédito está a ser projectado para o segundo semestre de 2007 conjuntamente com anuel ousa Fonseca, o responsável cultural da, ssociação ultural dos ortugueses de Houilles, evento sobre o qual comunicaremos mais tarde. anuel ousa Fonseca ventos Question de droit près le décès d un conjoint, qu advient-il du ou des comptes bancaires? 11 près la mairie, la banque est le deuxième interlocuteur à prévenir du décès afin que le service succession de l'établissement se charge de certaines formalités. a banque du défunt doit être prévenue le plus rapidement possible du décès de son client. e conjoint ou un membre de la famille doit prendre rendez-vous auprès de l établissement et se munir notamment du certificat de décès et des moyens de paiement du défunt (chéquiers inutilisés sauf en cas de compte joint, carte bancaire, carte de retrait). Quant à savoir ce qu il advient du compte bancaire, tout dépend s'il s'agit d'un compte joint ou non. i la personne décédée était seule titulaire de son compte courant, la banque va le bloquer dès qu'elle aura connaissance du décès. e fait d'avoir une procuration ne change rien, celle-ci n'ayant plus d'effet dès le jour du décès. e compte sera définitivement clôturé à la fin du règlement de la succession. agissant d un compte joint, celui-ci n'est généralement pas bloqué sauf si le notaire ou l'un des héritiers en fait la demande. ans ce cas, le compte est gelé jusqu'au règlement de la succession. auf opposition de cet ordre, le cotitulaire du compte peut faire mettre le compte à son seul nom et continuer à l'utiliser. es opérations effectuées après le décès sont sans effet sur le montant de la succession. n considère, sauf preuve du contraire, que la moitié des sommes présentes sur le compte au moment du décès appartenait au défunt et doit donc apparaître dans la succession. n terminera par une remarque utile puisque, concernant le compte personnel du défunt, il est possible d y faire prélever certains frais dont une somme de euros en règlement des frais d obsèques, sur présentation de la facture. José oelho octeur en droit usojornal Jorge ampos orrespondente em yon el.:

12 usa - Jorge ampos 12 esporto ogério amião ndrade, migrante atural da astanheira,concelho de rancoso, ogério amião ndrade, emigrou para o sul de França em companhia de seus pais com a idade de doze anos. gora encontra-se em nse, na região de yon, há já três anos, e a sua profissão é pedreiro. É casado. as a sua paixão é cantar, e assim animar as festas bem portuguesas,intrepretando os sucessos de outros, mas não deixa de pensar que um dia cantará também canções suas. «u gosto disto, cantar e depois ver as pessoas contentes, dançando com as minhas musicas» declarou ao usojornal. orgão e o sintetizador (teclados) são os instrumentos que ogério amião ndrade mais gosta de tocar. em alguns conhecimentos de musica, mas toca essencialmente de ouvido. em esta faculdade, que é de rapidamente poder reproduzir o que ouve musicalmente. musica popular portuguesa e tradicional é o que mais gosta de tocar. ste eirão bem simpático, tem o nome de artista «migrante» e propõe os seus dons musicais, para animar qualquer tipo de manifestação particular, ou em associações. Jorge ampos ogério amião ndrade «migrante» elf: ou V ex-franceport réditos imobiliários 26, rue du oulin Joly aris el.: etro: elleville hilippe usseau o stádio héron, em aint aur uas mil pessoas na Festa dos ravos Valdo com as cores dos usitanos de aint aur ertamente que as cerca de duas mil pessoas que se deslocaram ao estádio héron em t. aur para assistirem à primeira Festa dos ravos organizada pela ssociação ultural de Vincennes e pelos usitanos de t. aur, não deram por mal empregue o tempo passado. É que para além do bom tempo que se fazia sentir, autêntico sábado de verão, tiveram a ocasião de assistir a um passatempo para todos os gostos, onde não faltou futebol, moda, folclore, baile e canções, assim como também as tradicionais especialidades portuguesas. omeçando pelo futebol, os usitanos de t. aur que em princípio deveriam defrontar o cadémico de Viseu que tinha sido convidado, o cadémico por motivos imprevistos, acabou por faltar, tendo sido convidado à última hora o lube ecreativo e ultural de Ferreira de ves da mesma cidade,que longe de serem uma equipa equivalente aos usitanos de t. aur, perderam por (5-0),tendo o técnico aniel roche feito alinhar as duas equipas séniores ( e ), uma em cada meio tempo, aqui naturalmente a pensar no jogo que vinte e quatro horas depois tinham que disputar frente ao J para o ampeonato. esta partida e em destaque, tal como já tínhamos anunciado, esteve o internacional brasileiro Valdo, que foi do enfica e G,tendo envergado a camisola de ambas as equipas, uma em cada meio tempo. o final do jogo e muito acarinhado pelo público, enquanto pousava para fotos e autógrafos,valdo disse ao uso- Jornal que estava muito satisfeito, e que para ele foi um honra estar presente: «stou muito grato por ter sido convidado para este grande evento que é uma data muito importante para a história de ortugal, consegui rever grandes amigos e aproximar-me um pouco da nostalgia que sinto no futebol,e tive o prazer de ver a minha esposa (arta artins) actuar neste festival de canções. Quanto a mim, continuo ligado ao futebol, estou à frente de um clube que é a nião do rasil chamado ambra-niense, onde trabalho mais com a formação de jovens,esperando em breve dar frutos ao povo da nião». pós o jogo,houve um grande intervalo que deu para que todos podessem saborear as tradicionais especialidades portuguesas, começando depois por assistirem à passagem de modelos,ao Festival de folclore com quatro grupos presentes, ao baile animado pelo grupo «ova magem», e por fim ao acto de variedades com a presença dos cançonetistas convidados, tendo Jorge Ferreira encerrado esta «Festa dos ravos» às duas horas da manhã.. lfredo adete ariage, anniversaire, baptême, particulier & omité d entreprise ocation à l heure ou à la journée aris & région parisienne ransport de personnes, aéroports, etc Helder steves à ijon (2) jusqu en 2009 Jogo no estádio des ourettes, em ours. 200 espectadores. Árbitro: Julien érthonnier. Golos: elson (13 e 18min) para os ortugueses de ours. golo do alesherbes, foi apontado de grande penalidade (86min). isciplina: artões amarelos para avid Gerês (34min), Kader (55 min), omé (80min), hatelais (84 min) e egzhzal (90min) todos dos ortugueses de ours. ortugueses de ours: anama; inaté, hatelais, avid Gerês e odic; edjahed, F. aaziz, aleu e egzhzal; elson e omignie. uplentes: avid omé, ardoso e orad. reinador: José opes tendendo que há quatro equipas que nesta liga descem de divisão, e que os ortugueses de ours ainda não estão livres da descida, este encontro frente ao líder alesherbes, era de tão grande interesse para a equipa portuguesa, que só a vitória interessava. foi o que aconteceu com os ortugueses a entrarem e de início a pressionarem o adversário e com dois contra-ataques rápidos no espaço de dezoito minutos, elson aos (13 e 18min) meteu no usa - José opes Hélder steves es usitanos de t aur à ceux de réteil, Hélder steves a quitté l le de France pour la ourgogne. ecruté par l J uxerre de Guy oux pour ses 40 buts en une saison, le lusophone a ensuite posé ses bagages à ijon en igue 2. lessé depuis 5 mois, l attaquant est aujourd hui dans les starting-blocks. éjà buteur, la semaine passée avec l équipe réserve de ijon, il devrait faire son retour cette semaine en igue 2. artagé entre l attachement à son ancienne équipe l réteil-usitanos et l appartenance à son club actuel le F, le ortugais a qualifié le match nul (dlr: 1 1) de «résultat d idéal.» est un point précieux pour réteil qui est en situation difficile. équipe est agréable à voir jouer, et avec des matchs de cette qualité, et la force de caractère d un joueur comme ui ataca (dlr : 6 buts en 6 matchs), l réteil-usitanos ne pourra que se maintenir» a- t-il déclaré au usojornal. panoui dans son club et dans une ville qui ambitionne de devenir une grande ville de football, Hélder steves a prolongé son contrat avec ijon jusqu en juin dgar J. Gomes Ferreira ivisão de Honra - iga entro : ortugueses de ours alesherbes (2-1) vitória da esperança ortugais de ours bom caminho a tão preciosa vitória. a segunda parte e a vencer (2-0), o técnico José opes deve ter recomendado aos seus homens, que era necessário guardar este resultado, pelo que não podiam dar grandes largas ao adversário. assim aconteceu, embora a quatro minutos do final, o alesherbes viesse a beneficiar de um pénalti reduzindo a vantagem (2-1). Vitória justa e meritória, como nos disse o ecretário do clube dolfo adete, não deixando no entanto de acrescentar: «Foi a vitória da esperança, mas ainda não estamos tranquilos. o próximo domingo recebemos o 12 hâteaudoux,jogo que se vencermos, fica decidido que a permanência está garantida. or isso, aqui deixo o apelo a todos os ortugueses de ours, que no próximo domingo,todos somos poucos para ajudar a nossa equipa a ficar na ivisão de Honra.Venham todos ao estádio des ourettes». lassificação: 1 alesherbes com 76 pontos; 2 ours (b) 73; 3 aran 61;8 ortugueses de ours 53; 14 e último omarantin com apenas 30 pontos. lfredo adete

13 iga 2: ijon - réteil/usitanos, golo de ui ataca em seis jogos Jogo no arque unicipal de ijon. om tempo. om relvado espectadores. Árbitro: otrel. Golos: angione (60min) para o ijon, e ui ataca (86min) para o réteil/usitanos. isciplina: artões amarelos para ahnoun (48min), egragui (65min) e Zywiecki (71min) do ijon;. omoraud (67min) e Grégori (69min) do réteil/usitanos. ijon: ouko; egragui (inares, 79min), Zywiecki,. a (ap.) e Jarjat (vezac, 64min); asson, arcier, hnoun e angione;yenga e agalanes (acalfred, 74min). reinador: udi Garcia. réteil/usitanos: rivino; alze, mirèche,. omoraud e ário oja;ssous,. ah (oulebda, 70min), Grégori (anjou, 88min) e errier (ap.);ui ataca (avoyer,90min) e ffa-wana. reinador:rtur Jorge. usojornal - José opes ui ataca atravessa um momento de grande forma e há um provérbio que diz «de grão a grão, a galinha enche o papo», a equipa luso-gaulesa parece estar neste provérbio. É que há seis jogos sem perder, vem amealhando pontos sobre pontos, que embora ainda não dêem para garantir a permanência, pelos menos vão alimentando essa esperança até ao próximo jogo em casa, contra o ontpellier. Quanto ao precioso empate conquistado em ijon (1-1), naturalmente que este foi mais um dos objectivos traçados pelo técnico rtur Jorge, que como nos disse no jogo anterior frente ao aen,«o mais dificil é pontuar». o mais dificil foi conseguido. ijon com a permanência garantida, entrou no jogo não dando nenhuma facilidade à equipa luso-gaulesa,que no entanto foi a equipa que teve a primeira ocasião de marcar. am decorridos quinze minutos quando ffa-wana perdeu essa grande oportunidade, chegando-se ao intervalo com (0-0). o segundo tempo, com ambas as equipas empenhadas em marcar, sobretudo o réteil/usitanos que era a que mais necessidade tinha, foi o ijon que por intermédio de angione (66min) abriu o marcador, contrariando naturalmente a equipa do residente rmando opes que começava a ver as coisas complicadas para a conquista no mínimo de um ponto.as havia ainda trinta minutos para se jogar, e ninguém convencia ui ataca a despedir-se de ijon sem continuar a fazer o gosto ao pé. foi então a quatro minutos do final, que ui ataca uma vez mais festejou com grande alegria o seu sétimo golo no ampeonato e a conquista de mais um precioso empate que foi, como se deve calcular, uma grande ajuda para a continuidade da equipa no segundo escalão do futebol françês. que os técnico disseram: udi Garcia (écnico do ijon) «odia ter sido melhor se os meus jogadores tivessem concretizado as ocasiões que tiveram à sua mercê. o entanto não deixo de estar satisfeito com a prestação dos meus jogadores». rtur Jorge (écnico do réteil/usitanos): «tendendo à nossa situação, este ponto é muito importante.voltámos a fazer um bom jogo, criámos também algumas situações, penso que merecemos o empate». lassificação: 1 etz com 76 pontos (ampeão 2006/2007); 2 trasbourg 61; 3 aen 60 (-1jogo); 4 miens 57; 5 e Havre 55; 14 Guingamp, iort e réteil/usitanos 37; 17 rest 36; 18 ontpellier 35; 19 stres 31; 20 ours com apenas 23 (despromovido ao acional). róxima jornada (35ª), sexta-feira 4 de aio, às 20 horas, jogos que podem decidir subidas e descidas: ours (já despromovido)-miens; e Havre-ijon; hâteauroux-aen; trasbourg-rest; Guingamp-iort; stres-eims; e na próxima segundafeira no stádio ominique uvauchelle, às 20h00, jogo com transmissão no canal urosport: réteil/usitanos-ontpellier. lfredo adete ivisão de Honra iga de aris : J usitanos de t aur (0-0): mpate com sabor a permanência spectadores 270. Árbitro:. Jourda. isciplina. artões amarelos para Veiga (63min) e Fortes (90min) da J. vangelista (20min), osso (26min), i.lmeida (37min) e a. lmeida (67min) dos usitanos. J:envindo;ow (Fortes,68min), ang,os antos e a Veiga;ymphor, oulon, oudjemaa e ereira (ilva, 85min); Japaud e aurice. reinador:dérito oreira. usitanos de t aur: Gabriel liveira; vangelista, rdogan, i. lmeida, Hervé (Ferreira, 61min) e a. lmeida; icic, osso (lamot, 73min) e opez; a osta e Henri (ardoso, 53min). reinador: aniel roche. e o técnico ex-usitano dérito oreira já tinha preparado o champanhe para o final da partida, terá que o guardar no frigorifico para o próximo jogo, uma vez que os usitanos do residente arlos de liveira em situação delicada, tinham que angariar pontos para continuar a manter a esperança da permanência, foi conseguido embora com um empate (0-0), e fez adiar e festa da subida da J ao F 2. o final do jogo, dérito oreira Funerária F. lves 4 gências em aris e região parisiense para melhor os servir: ratamos de todas as formalidades. 18, rue elgrand aris él.: / (24h/24h) - étro Gambetta - ériphérique: orte de agnolet mostrava-se um pouco incompreensivo exclamando: «Foi pena, porque hoje podíamos ter feito a festa, paciência. Ficará para o próximo domingo, quando recebermos o e ée». m empate que foi benéfico para os homens de aniel roche, que ainda não estão livres da zona dos aflitos. erá necessário pelo menos mais uma vitória para se manterem tranquilos neste ampeonato quando faltam três jogos para o seu termo. aniel roche que continua confiante, e mesmo que consiga a permanência, sabe que na próxima uro uto specialista em ercedes e em W ercedes 320 ack ux, 2006, kms ercedes lasse 220 legance, 2005, kms temporada não vai defrontar dérito oreira. lassificação: 1 J com 70 pontos; 2 rly e hoisy 59; 10 usitanos de t aur 48; 11 aris 46;12 t enis 45;13 eaux 43 e 14 orangis-hilly com apenas 42 pontos. róximo jogo para os usitanos, jogo de atraso da 20ª jornada, domingo 6 de aio, às 15h30: rancy usitanos de t aur. ercedes lasse 220 legance, 2005, kms ercedes 270 ack uxury, 2002, kms ntónio alçada lfredo adete esporto 13 iga 1: G (auleta) ganha em oulouse e yon (iago) festeja título om edro auleta no banco a festejar as suas trinta e quatro primaveras (arabéns edro), o G foi vencer o oulouse (3-1) e tem quase a permanência garantida. ó foi pena que o técnico aul e Guen se tenha esquecido do capitão português quando já o G vencia por (2-1). auleta merecia melhor prenda, e quem sabe lá, se hoje, com doze golos marcados, e a um do melhor marcador avidan do Valenciennes, não estaria no comando? eja como for, edro merecia mais consideração por parte de aul e Guen, ou aul e Guen não esteja a ver o internacional português com bons olhos. os restantes encontros onde jogam portugueses ou lusodescentes, como se esperava, o yon de iago ao vencer em casa o e ans (2-1) festejou o 6 título consecutivo e o segundo de iago. ens de arco amos ao perder em ordeaux (1-0), trocou o segundo lugar com o ordeaux, e o antes de a ocha ao perder em casa com o ennes (2-0), ficou irremediavelmente condenado à descida à iga 2. lassificação: 1 yon com 74 pontos;2 ordeaux 55;3 ens 53; 4 arseille e oulouse 52; 15 G 41; 18 royes 35; 19 edan 31; 20 antes com apenas 30 pontos. róxima jornada (35ª), sábado 5 de aio, às 17h10: G yon, e às 20h00: e ans antes e ens oulouse. lfredo adete utros resultados: F 2: réteil/usitanos-rmentières, 0-0 romoção de Honra, iga de aris. G/: agny-réteil/usitanos (c), 2-2 G/: lamart-ort. de Goussainville, 0-0 istritais: eine e arne orte (77), 2ª iv. G/: ort. ontault-ombault-ortugais arne-la-valée, 0-1 Yvelines (78), 1a iv. G/:port. l. Houilles-imay, 2-2 ssonne (91), 1 a iv. G/: ort. is-avigny-sur-rge, 4-3 Val de arne (94), 1 a iv. G/: usitanos t aur (b)- Vitry, 1-1 de aris-ucy-en-rie, 2-0 Val de ise (95), 1 a iv. G/: aubonne-ort. Goussainv.(b), 0-3 Val de ise (95), 1 a iv. G/: oissy-ort. ersan, 5-0 usojornal lfredo adete ditor esportivo el.:

14 14 assatempos Horóscopo arneiro sua vitalidade tenderá a aumentar e a sentir-se com mais força e energia para enfrentar os desafios. ouro uidado com a sua impulsividade e a possível arrogância na estrada, a sua atitude pode provocar alguns dissabores ou, até mesmo, acidentes. e sair durante muitos dias à noite não beba. Gémeos sua generosidade e afectividade vão se fazer sentir durante todo este período. sua relação amorosa vai sair beneficiada. aranguejo É possível que se veja rodeado de pessoas que irão solicitar a sua ajuda isto porque você irá imanar muita confiança e boa disposição. eão associação com os outros e o trabalho em equipa vão estar beneficiados durante toda esta semana. ltura propicia para os investimentos e inicio de novos projectos. Virgem sua vida monetária pode ter uma alteração positiva. e está desempregado esta pode ser uma boa altura para encontrar emprego. alança reste atenção ao seu corpo. urante esta semana procure reforçar o seu sistema imunitário, comendo mais alimentos ricos em vitamina. scorpião e tiver em mãos algum projecto este é um bom período para o levar á conclusão e o apresentar aos responsáveis que o incumbiram dessa tarefa. agitário seu amor vai ser a filosofia, a religião, temas que o fazem pensar sobre a vida e sobre si. m conselho: procure não converter a pessoa amada aos seus ideais. apricórnio É possível que venha a sentir-se mais ciumento e possessivo, mas estes sentimentos tendem a melhorar com o decorrer da semana. quário rocure manter a calma pois esta semana tende a ser bastante complicada. s complicações no local de trabalho, vão deixá-lo muito aborrecido e agressivo. rinque connosco opa de etras: rasil Z F H H V X Q V F F H uoku do usojornal F G H 8 6 V Z X Z X V Z Q G Z Q egras do uoku: udoku é um puzzle de colocação de números. puzzle contém algumas pistas iniciais.ada coluna,linha e região só pode ter um número de cada (de 1 a 9). objectivo é preencher todos os campos com números. ada linha de 9 números tem de incluir todos os algarismos de 1 a 9 em qualquer ordem. ada coluna de 9 números tem de incluir todos os algarismos de 1 a 9 em qualquer ordem. cada sub quadro 3x3 tem de incluir todos os algarismos de 1 a 9 em qualquer ordem. esolver o problema requer apenas raciocínio lógico e algum tempo. V V Q J F H V X Z escubra as palavras na sopa de letras do usojornal: mazónias rasil aipirinha alor anga arnaval arioca opacabana orcovado Favelas ulatos ão de çúcar icanha raia io odizio eixes sta semana espera-o, muito provavelmente, uma vitalidade reforçada e um estado de saúde mais favorecido. rof. F Grand Voyant édium depuis sa naissance as de problème sans solution ayement après résultats e notoriété internationale pour ses résultats, mour, emploi, argent, santé, réussite, réconciliation, problèmes familiaux. ésout tous les cas, même les plus desespérés. fficacité en trois jours. ravail par correspondance ou déplacement possible. ur rdv de 8h00 à 22h00 3 rue des ourguignons ois-olombes

15 e programme de usojornal ortez de chez vous xpositions Jusqu au 26 mai «lcácer-quibir et autres émoires», exposition de peinture de Gonçalo uarte, osta amelo e arlos arreiro. la Galerie eonardo, 62 rue d Hautpoul, à aris XX. u lundi au samedi, de 14h00 à 19h00. onférences/débats e lundi 14 mai, 12h30 onférence en portugais sur «screver a riente» par na aula aborinho, rofesseur à l niversité de isbonne, organisée par la haire indley intra de l nstitut amões, à 'niversité de aris X- anterre, épartement de ortugais, F de angues, ât. F, alle 356, à anterre (92). héâtre es 11 et 12 mai «ù es-tu mon pays?» de aula Gonçalves et Jean Gennaro, mise en scène de Jean onnet à la aison de Quartier des inandes, lace des inandes, à ergy (95). inéma e jeudi 10 mai, 20h00 «xalá, quête sur les chemins de la mémoire», un film documentaire de Gaël ernardo (90 min), présenté par obo roduction. inémas les idos, 3 av Général de Gaulle, à imoges (87). nfos.: e vendredi 25 mai, 20h30 «xalá, quête sur les chemins de la mémoire», un film documentaire de Gaël ernardo (90 min), présenté par obo roduction. inéma topia-aint iméon, 5 pl amille Jullian, à ordeaux (33). nfos.: oncerts e jeudi 3 mai, 20h00 oncert de arlos ar avec en alternance an nger à l scar afé, 8 rue Vicq d'zir, à aris 10 ème, étro olonel Fabien. ntrée ibre. e samedi 12 mai oncert de Jean-arie achado (jazz) au héâtre Gallia, 67 ter our ational, à aintes (17). nfos: Fado e samedi 12 mai, 20h00 îner suivi d un spectacle de Fado de isbonne avec ugélia aria,ony do orto, ané antos, iogo ocha et cácio unes (ortugal), organisé par l ssociation portugaise de hâtillon-allakof. alle du entre ulturel Guynemer, 2 rue Guynemer, à hatillon (92). nfos: pectacles es 12 et 13 mai Fête en honneur de. ame de Fátima, organisée par la ommunauté portugaise culturelle de rappes et aint Quentin en Yvelines. e samedi à 21h00, chapelet et procession «das velas» à l glise de rappes (78). e dimanche 13, messe à 11h00. hapelêt et procession à 15h30. 17h00, spectacle avec le groupe de folklore de rappes. nfos: es 12 et 13 mai Fête du 10 ème anniversaire du groupe de folklore Flôr do ima de l ssociation des parents et travailleurs portugais de Villiers le el (95). e samedi 12, procession à 19h30 suivie d une messe en honneur de otre ame de Fátima à l église de aint idier. e dimanche 13, messe à 11h00 et après-midi folklorique avec les groupes: (anterre), s usitanos (aint yr l cole),legria do lgarve (pinay sur eine), strelas do enfica (chères), (olombes), Flôr do ima (Villiers le el) et le ancho Folclórico e tnográfico de ntre-mbos-s-ios (onte da arca/ortugal). iège de l association: 1 angle Jules Ferry à Villiers le el (95), devant le cemitière. nfos: omunicado do /aris m pouco por todo o lado em França decorreram nesta semana que findou,festas e almoços comemorativos dos 33 anos do 25 de bril de 1974, dia dos cravos, da evolução ortuguesa, ia da iberdade. a diáspora, foi o movimento associativo dos portugueses em França, através das suas associações quem protagonizou tais eventos. organização em aris do artido omunista ortuguês envia fraternais saudações a todos aqueles que participaram nestas iniciativas, e informa que esteve a convite das respectivas ssociações de ortugueses, em ezons, por iniciativa da, em emours, por iniciativa da ssociação Franco-ortuguesa, e em a ochelle, por iniciativa da ssociação Franco ortuguesa para a efesa dos oentes.s nossas intervenções valorizando as portas que bril abriu, deram uma nota de especial relevo às lutas dos emigrantes em defesa dos consulados,incentivando-os na mobilização que os olectivos de ssociações em efesa dos onsulados preparam, e também para a necessidade de mobilizarem todos aqueles que o podem fazer pelo voto, a votarem nas próximas eleições para as residenciais francesas na candidata, égolène oyal. ara o sucesso destas lutas apelamos os portugueses à manifestação do 1 de aio da G que se realiza em aris às 14h30 (da epublique à ation). audações democráticas. /aris Folklore e dimanche 20 mai Festival de folklore organisé par l micale des travailleurs sans frontières de ezons. alle ouis ragon, 44 rue Francis de résencé, à ezons (95). nfos: Football es 26 et 27 mai ournoi de football et Festival de folklore, organisé par l ssociation séverienne des ortugais. e samedi et dimanche matin, tournoi de football avec Festival de folklore le dimanche à partir de 15h00. tade Jean Wargner (à 5 min de la 118), à èvres (92). nfos.: es 5 et 6 mai ournoi de football de vétérans organisé par l de orbeil-ssonnes, avec la participation de huit équipes et animé par les groupes folkloriques portugais: eifeiras do inho de helles, ammarie-le-ys, Flores do orte de allancourt et uar do inho de orbeil ssonnes. tade obinson, à orbeil ssonnes (91). ntrée libre. ivers Qualification uro 2008 éplacement au match elgique vs ortugal association ol de ortugal de Gonesse organise un déplacement pour assister au match de qualification contre la elgique qui aura lieu le 2 juin à ruxelles au (stade oi audouin). e déplacement se fera par autobus au départ de Gonesse (20 bis avenue François itterrand) à 13h00 précises et un retour le dimanche vers 3 heures du matin. arif comprenant le transport, le repas du soir (sandwich) et le billet du stade. 55 euros pour les adhérents et 58 euros pour les non adhérents. es réservations devront être faites avant le 20 mai. (fin de remplir tous les cars, les inscriptions se font par pallier de 50 personnes). enseignements et inscriptions: eceita: genda lmôndegas de eixe ngredientes: 400 g de peixe cozido 400 g de batatas cozidas 3 ovos 1 colher de sopa de manteiga 50 g de farinha 1 colher de sopa de leite al, óleo, pimenta e nozmoscada q.b. 15 reparação etire as peles e as espinhas ao peixe e pique-o. eduza as batatas a puré. Junte os ovos inteiros, a manteiga derretida e 1 colher de sopa de farinha. dicione o leite e tempere com sal, pimenta e noz-moscada. om a massa obtida forme bolas do tamanho de uma noz. asseas pela a restante farinha e frite-as em óleo bem quente (180º). irva regado com molho de tomate. sta receita pode ser confeccionada com as espécies mais baratas ou com peixe congelado. om apetite niversário: 30 anos não se festejam todos os dias. Foi por esta ocasião que andra Gonçalves foi surpreendida com a recepção que lhe fizeram os pais e irmão, num passeio "io acima" em companhia de muita família e amigos. equipa do uso jornal deseja-te também muitas felicidades e até ao ano.

16

A Associação de Pais do LFIP tem o prazer de vos anunciar que no dia 29 de Novembro de 2014 irá realizar-se o 3º Marché de Noël Solidaire.

A Associação de Pais do LFIP tem o prazer de vos anunciar que no dia 29 de Novembro de 2014 irá realizar-se o 3º Marché de Noël Solidaire. Caros pais, A Associação de Pais do LFIP tem o prazer de vos anunciar que no dia 29 de Novembro de 2014 irá realizar-se o 3º Marché de Noël Solidaire. Esta iniciativa insere-se no âmbito de um projeto

Leia mais

PAAES/UFU 2ª Etapa Subprograma 2011-2014

PAAES/UFU 2ª Etapa Subprograma 2011-2014 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Pró-Reitoria de Graduação Diretoria de Processos Seletivos PAAES 2ª ETAPA SUBPROGRAMA 2011/2014 24 de fevereiro de 2013

Leia mais

FR Appel à participation : Micro-résidence de production et d affichage, Porto, Portugal 18 Avril-28 Avril 2016.

FR Appel à participation : Micro-résidence de production et d affichage, Porto, Portugal 18 Avril-28 Avril 2016. FR Appel à participation : Micro-résidence de production et d affichage, Porto, Portugal 18 Avril-28 Avril 2016. L association In Extenso est historiquement liée aux projets «hors les murs» puisque sa

Leia mais

FRANCÊS INSTRUÇÕES 1 - ESTA PROVA CONTÉM 1 (UM) TEXTO SEGUIDO DE QUESTÕES DE COMPREENSÃO 2 - ESCOLHA E ASSINALE A ALTERNATIVA CORRETA, SEMPRE DE ACORDO COM O TEXTO EXISTE-T-IL DES RECETTES POUR ÊTRE HEUREUX?

Leia mais

PROVA DE EXPRESSÃO ORAL E

PROVA DE EXPRESSÃO ORAL E FRANCÊS 12.ºANO NÍVEL DE CONTINUAÇÃO PROVA DE EXPRESSÃO ORAL E Esta prova desenvolve-se em três partes e tem uma duração aproximada de 20 minutos para cada grupo de dois alunos. Domínios de referência

Leia mais

Bienvenue à l'ecole en France Bemvindo à escola em França

Bienvenue à l'ecole en France Bemvindo à escola em França Bienvenue à l'ecole en France Bemvindo à escola em França Ses objectifs / OBJECTIVOS Éduquer pour vivre ensemble -> Educar para viver juntos Portugais Português Instruire pour comprendre aujourd hui, construire

Leia mais

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO.

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FRANCÊS 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Prova contém quatro questões, constituídas de itens e

Leia mais

Bienvenue au Cours Préparatoire Bemvindos à Primária

Bienvenue au Cours Préparatoire Bemvindos à Primária Bienvenue au Cours Préparatoire Bemvindos à Primária Ce qui ne change pas O que não se altera entre o pré-escolar e o 1º ano no LFIP L organisation administrative/a organização administrativa -Les contacts

Leia mais

PLUS QU UNE ÉCOLE UN AVENIR MAIS QUE UMA ESCOLA UM FUTURO

PLUS QU UNE ÉCOLE UN AVENIR MAIS QUE UMA ESCOLA UM FUTURO PLUS QU UNE ÉCOLE UN AVENIR MAIS QUE UMA ESCOLA UM FUTURO MAIS QUE UMA ESCOLA UM FUTURO O Lycée Français International de Porto, localizado num local excecional, com amplos espaços verdes, não tem parado

Leia mais

Provas orais em Língua Estrangeira Ensino Secundário Francês 11º ano, Nível de Continuação Janeiro 2009

Provas orais em Língua Estrangeira Ensino Secundário Francês 11º ano, Nível de Continuação Janeiro 2009 Provas orais em Língua Estrangeira Ensino Secundário Francês 11º ano, Nível de Continuação Janeiro 2009 Esta prova desenvolve-se em três partes e tem uma duração aproximada de 15-20 minutos para cada grupo

Leia mais

APPEL À COMMUNICATIONS CHAMADA DE TRABALHOS

APPEL À COMMUNICATIONS CHAMADA DE TRABALHOS APPEL À COMMUNICATIONS CHAMADA DE TRABALHOS 4 ème Congrès TRANSFORMARE Centre Franco Brésilien de Recherches en Innovation, Organisations et Durabilité ISC Institut Supérieur de Commerce de Paris 22, bd

Leia mais

EQUIVALÊNCIAS DE CRÉDITOS EQUIVALÊNCIAS DE CRÉDITOS E DUPLOS DIPLOMAS EQUIVALENCES DE CRÉDITS ET DOUBLE DIPLÔMES

EQUIVALÊNCIAS DE CRÉDITOS EQUIVALÊNCIAS DE CRÉDITOS E DUPLOS DIPLOMAS EQUIVALENCES DE CRÉDITS ET DOUBLE DIPLÔMES Encontros Acadêmicos de São Paulo 23/09/2005 EQUIVALÊNCIAS DE CRÉDITOS E DUPLOS DIPLOMAS EQUIVALENCES DE CRÉDITS ET DOUBLE DIPLÔMES EQUIVALÊNCIAS DE CRÉDITOS Aproveitamento de estudos realizados em outra

Leia mais

2.2. Ensino e a construção da cidadania: da moral religiosa à moral cívica.

2.2. Ensino e a construção da cidadania: da moral religiosa à moral cívica. 2.2. Ensino e a construção da cidadania: da moral religiosa à moral cívica. Cinq mémoires sur l instruc1on publique (1791). Présenta@on, notes, bi- bliographie et chronologie part Charles Coutel et Catherine

Leia mais

A formação do engenheiro para as próximas décadas

A formação do engenheiro para as próximas décadas Seminário Inovação Pedagógica na Formação do Engenheiro Universidade de São Paulo Maio de 2003 A formação do engenheiro para as próximas décadas Henrique Lindenberg Neto Escola Politécnica da Universidade

Leia mais

PROVA GLOBAL DE 9º ANO DE ESCOLARIDADE FRANCÊS 3 2005-2006

PROVA GLOBAL DE 9º ANO DE ESCOLARIDADE FRANCÊS 3 2005-2006 ESCOLA PROVA GLOBAL DE 9º ANO DE ESCOLARIDADE FRANCÊS 3 2005-2006 I Lisez attentivement le texte ci-dessous et les questions pour avoir une vision globale de ce qu'on vous demande. Une eau pas très écolo!

Leia mais

O formulário de longa duração e o agendamento no seguinte endereço: http://riodejaneiro.ambafrance-br.org/spip.php?rubrique147

O formulário de longa duração e o agendamento no seguinte endereço: http://riodejaneiro.ambafrance-br.org/spip.php?rubrique147 VISTOS PARA MENORES O formulário de longa duração e o agendamento no seguinte endereço: http://riodejaneiro.ambafrance-br.org/spip.php?rubrique147 Taxa do visto ( não reembolsável) : Paga em Reais (espece),

Leia mais

1 por quarto, por estada 1 par chambre, par séjour

1 por quarto, por estada 1 par chambre, par séjour 1 por quarto, por estada 1 par chambre, par séjour 1 por quarto, por estada Desde 2012 que depositamos anualmente 10 000 na conta Small Gestures Big Hopes. Adicionalmente, contamos com os nossos hóspedes

Leia mais

Resolução da Questão 1 Texto Definitivo

Resolução da Questão 1 Texto Definitivo Questão Internet: . Acesso em: abr. 0. Considerando a figura acima apresentada, redija um texto dissertativo que atenda, necessariamente, ao que se pede a seguir. Identifique a

Leia mais

INVESTIGADORA DO CPIHTS DEFENDE TESE DE MESTRADO EM COIMBRA

INVESTIGADORA DO CPIHTS DEFENDE TESE DE MESTRADO EM COIMBRA INVESTIGADORA DO CPIHTS DEFENDE TESE DE MESTRADO EM COIMBRA A Dra. Sónia Maria dos Santos, Assistente Social, docente do Instituto Superior Miguel Torga, Investigadora do Centro Português de Investigação

Leia mais

GUIDE DE L ÉTUDIANT INTERNATIONAL

GUIDE DE L ÉTUDIANT INTERNATIONAL GUIDE DE L ÉTUDIANT INTERNATIONAL Votre arrivée à l UFCSPA demande des procédures administratives nécessaires à votre séjour au Brésil (visa, CPF, RNE) et à votre confort et sécurité (santé et transports),

Leia mais

Je remercie Mme Narvaez-Goldstein et M. Fourneyron d avoir accepté de suivre ce travail. Je remercie les personnes qui m ont accordé des entretiens

Je remercie Mme Narvaez-Goldstein et M. Fourneyron d avoir accepté de suivre ce travail. Je remercie les personnes qui m ont accordé des entretiens Je remercie Mme Narvaez-Goldstein et M. Fourneyron d avoir accepté de suivre ce travail. Je remercie les personnes qui m ont accordé des entretiens et m ont fait partager leurs connaissances et leurs expériences

Leia mais

CAFEZINHO BRASILEIRO A5

CAFEZINHO BRASILEIRO A5 1 PRONOMES (adjetivo) DEMONSTRATIVOS Déterminant Démonstratifs Oi Paulo, esse bola é do seu filho? Salut Paulo, ce balon est à ton fils? Sim, é dele. Oui, c est à lui. Les déterminants démonstratifs (pronomes

Leia mais

As questões de 01 a 05, cujas respostas deverão ser redigidas EM PORTUGUÊS, referem -se ao texto abaixo.

As questões de 01 a 05, cujas respostas deverão ser redigidas EM PORTUGUÊS, referem -se ao texto abaixo. 1 2 3 4 5 Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. Se, em qualquer outro local deste Caderno, você assinar, rubricar,

Leia mais

DIÁRIO DE BORDO CONTINGENTE PORTUGUÊS. 22 a 25 de Abril de 2011

DIÁRIO DE BORDO CONTINGENTE PORTUGUÊS. 22 a 25 de Abril de 2011 DIÁRIO DE BORDO CONTINGENTE PORTUGUÊS. 22 a 25 de Abril de 2011 2 MENSAGEM DO CHEFE DE CONTINGENTE Meus caros Caminheiros, Companheiros e Dirigentes... Mais uma vez, uns quantos de nós, terão oportunidade

Leia mais

MERCI DE NOUS RENVOYER VOTRE TEST A : info@soft-formation.com TEST PORTUGAIS NOM DU STAGIAIRE : PRENOM DU STAGIAIRE :

MERCI DE NOUS RENVOYER VOTRE TEST A : info@soft-formation.com TEST PORTUGAIS NOM DU STAGIAIRE : PRENOM DU STAGIAIRE : - 1 - MERCI DE NOUS RENVOYER VOTRE TEST A : info@soft-formation.com TEST PORTUGAIS SOCIETE : RESPONSABLE FORMATION : TELEPHONE : FAX : NOM DU STAGIAIRE : PRENOM DU STAGIAIRE : TELEPHONE : FAX : DATE DU

Leia mais

ÉCOLE D HIVER ESCOLA DE INVERNO 2013 (DES)ENGAGEMENTS POLITIQUES ET CULTURELS PROGRAMME PROGRAMA. De 14 a 18 de Janeiro ORGANISATION ORGANIZAÇÃO

ÉCOLE D HIVER ESCOLA DE INVERNO 2013 (DES)ENGAGEMENTS POLITIQUES ET CULTURELS PROGRAMME PROGRAMA. De 14 a 18 de Janeiro ORGANISATION ORGANIZAÇÃO ÉCOLED HIVER ESCOLADEINVERNO2013 PROGRAMME PROGRAMA De14a18deJaneiro (DES)ENGAGEMENTSPOLITIQUESETCULTURELS ORGANISATION ORGANIZAÇÃO PARTENAIRES PARCEIROS DES)ENGAGEMENTSPOLITIQUESETCULTURELS SCIENCESPO

Leia mais

DOSSIER DE CANDIDATURE EN ECHANGE PROGRAMME GRENOBLE-BRESIL 2012-2013

DOSSIER DE CANDIDATURE EN ECHANGE PROGRAMME GRENOBLE-BRESIL 2012-2013 Réservé à L Université de Grenoble : Dossier reçu le : // Dossier n : Brésil 2012/ Photo DOSSIER DE CANDIDATURE EN ECHANGE PROGRAMME GRENOBLE-BRESIL 2012-2013 Ce formulaire vous est remis par le service

Leia mais

Annales zéro baccalauréat 2013. Bac L - LV2. Ressources pour la classe de terminale. Portugais. Novembre 2012

Annales zéro baccalauréat 2013. Bac L - LV2. Ressources pour la classe de terminale. Portugais. Novembre 2012 éduscol Annales zéro baccalauréat 2013 Ressources pour la classe de terminale Bac L - LV2 Portugais Ces documents peuvent être utilisés et modifiés librement dans le cadre des activités d'enseignement

Leia mais

CONSULADO GERAL DA FRANCA EM SAO PAULO. O agendamento do seu pedido de visto é feito através do site: http://saopaulo.ambafrance-br.

CONSULADO GERAL DA FRANCA EM SAO PAULO. O agendamento do seu pedido de visto é feito através do site: http://saopaulo.ambafrance-br. CONSULADO GERAL DA FRANCA EM SAO PAULO (atualizado em : 29/08/2014) PEDIDO DE VISTO DE LONGA DURACAO (superior a 3 meses) MENORES ESCOLARIZADOS E DESACOMPAHADOS VIAGEMS ORGANIZADAS POR INTITUCOES OU AGENCIAS

Leia mais

R O T E I R O D O S S I E R F ESTIVAL CAIXA 2007 INTERVIEW

R O T E I R O D O S S I E R F ESTIVAL CAIXA 2007 INTERVIEW Mai 2007 n 156 www.capmagellan.org ISSN 1274-3569 - Prix : 2 euros ROTEIRO F ESTIVAL CAIXA 2007 au Zénith de Paris Da Silva, De beaux jours à venir DOSSIER INTERVIEW ROYAL - SARKOZY L'abus d'alcool est

Leia mais

FAIRTRADE LABELLING ORGANIZATIONS INTERNATIONAL

FAIRTRADE LABELLING ORGANIZATIONS INTERNATIONAL A: Tous les acteurs de la filière du Commerce Equitable certifiés pour la mangue, la banane, la pulpe d araza / Produtores e Comerciantes certificados da manga, da banana e da polpa de araza de CJ Tous

Leia mais

Vu de ma fenêtre O que eu vejo da minha janela

Vu de ma fenêtre O que eu vejo da minha janela Vu de ma fenêtre O que eu vejo da minha janela Jean Foucault Gloria Kirinus Appel à projet d écriture Chamado geral ao projeto de criação literária Août 2012 Agosto 2012 répondre à : Jean Foucault, jean.foucault0@orange.fr

Leia mais

Informações básicas e. política de salário mínimo. Étude preliminaire de Claudio Dedecca (consultant BIT) avec appui de l INE PATRICK BELSER OIT

Informações básicas e. política de salário mínimo. Étude preliminaire de Claudio Dedecca (consultant BIT) avec appui de l INE PATRICK BELSER OIT Informações básicas e parâmetros para adoção da política de salário mínimo em Cabo Verde : Étude preliminaire de Claudio Dedecca (consultant BIT) avec appui de l INE PATRICK BELSER OIT STRUCTURE DE LA

Leia mais

6 Não será permitido o uso de dicionário.

6 Não será permitido o uso de dicionário. 1 2 3 4 5 Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. Se, em qualquer outro local deste Caderno, você assinar, rubricar,

Leia mais

CAFEZINHO BRASILEIRO A7

CAFEZINHO BRASILEIRO A7 1 VERBOS REGULARES -ER e -IR Verbes Réguliers -ER et -IR COMER ASSISTIR eu como assisto você come assiste nós comemos assistimos vocês comem assistem BEBER boire DEVER devoir VENDER vendre VIVER vivre

Leia mais

Programação das atividades letivas para 2015/2016 Francês Nível 1 (Iniciação) - 10º Ano - Curso Profissional 123 Horas = 148 tempos letivos

Programação das atividades letivas para 2015/2016 Francês Nível 1 (Iniciação) - 10º Ano - Curso Profissional 123 Horas = 148 tempos letivos Programação das atividades letivas para 2015/2016 Francês Nível 1 (Iniciação) - 10º Ano - Curso Profissional 123 Horas = 148 tempos letivos Competências Essenciais Conteúdos Período Previstas Avaliação

Leia mais

Gestionnaires d'assurance (h/f) - Lisbonne

Gestionnaires d'assurance (h/f) - Lisbonne Gestionnaires d'assurance (h/f) - Lisbonne Notre client est un courtier-gestionnaire en assurance, un des leaders du marché, spécialisé notamment dans les secteurs de la banque, la téléphonie mobile et

Leia mais

Mateus Geraldo Xavier. Contribuição do Ensino Religioso no processo de educação da fé: um estudo teológico-pastoral. Dissertação de Mestrado

Mateus Geraldo Xavier. Contribuição do Ensino Religioso no processo de educação da fé: um estudo teológico-pastoral. Dissertação de Mestrado Mateus Geraldo Xavier Contribuição do Ensino Religioso no processo de educação da fé: um estudo teológico-pastoral Dissertação de Mestrado Programa de Pós-graduação em Teologia do Departamento de Teologia

Leia mais

Carolina de Campos Borges PERMANÊNCIAS E MUDANÇAS: Individualismo, trajetórias de vida e família. Tese de Doutorado

Carolina de Campos Borges PERMANÊNCIAS E MUDANÇAS: Individualismo, trajetórias de vida e família. Tese de Doutorado Carolina de Campos Borges PERMANÊNCIAS E MUDANÇAS: Individualismo, trajetórias de vida e família Tese de Doutorado Tese apresentada ao Programa de Pós-graduação em Psicologia Clínica da PUC-Rio como requisito

Leia mais

O USO E A IMPORTÂNCIA DA CANÇÃO NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM EM CURSOS DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS

O USO E A IMPORTÂNCIA DA CANÇÃO NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM EM CURSOS DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS O USO E A IMPORTÂNCIA DA CANÇÃO NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM EM CURSOS DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS Manoela Salles Nery de Castro Eriton Rodrigues de França Departamento de Letras - UFRN RESUMO: O artigo

Leia mais

Prova Escrita de Francês

Prova Escrita de Francês Exame Final Nacional do Ensino Secundário Prova Escrita de Francês 11.º Ano de Escolaridade Continuação bienal Decreto-Lei n.º 139/2012, de de julho Prova 17/1.ª Fase Critérios de Classificação 7 Páginas

Leia mais

Boletim da Cooperação Brasil-França sobre Áreas Protegidas

Boletim da Cooperação Brasil-França sobre Áreas Protegidas Boletim da Cooperação Brasil-França sobre Áreas Protegidas Nº1 -Março/2009 Baixo rio Negro - Baixo Sul da Bahia - Extremo Sul da Bahia - Grande Sertão Veredas Peruaçu - Ibiapaba Sobral - Itabira - Jureia

Leia mais

PLANIFICAÇÃO A MÉDIO / LONGO PRAZO

PLANIFICAÇÃO A MÉDIO / LONGO PRAZO PLANIFICAÇÃO A MÉDIO / LONGO PRAZO DISCIPLINA: Francês ANO: 7º Nível 1 Curso: Ensino Básico Total de aulas previstas: 99 Manual adotado: Mots Clés Porto Editora 1º PERÍODO - AULAS PREVISTAS: 41 Competências

Leia mais

6 Só será permitido o uso de dicionário FRANCÊS/FRANCÊS.

6 Só será permitido o uso de dicionário FRANCÊS/FRANCÊS. 1 2 3 4 5 Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. Se, em qualquer outro local deste Caderno, você assinar, rubricar,

Leia mais

7 A francofonia: descentralizar para democratizar o ensino do francês.

7 A francofonia: descentralizar para democratizar o ensino do francês. 140 7 A francofonia: descentralizar para democratizar o ensino do francês. 550 empresas francesas no Brasil. E você ainda não fala francês? (Publicidade da Aliança francesa veiculada no Rio, em 2006) 7.1

Leia mais

Língua Estrangeira: FRANCÊS L alarme intelligente Finis les hurlements intempestifs, elle reconnaît les cambrioleurs Les alarmes, c est bien pratique Sauf quand ça se met à hurler à tout bout de champ

Leia mais

Le journal bilingue des Portugais de France GRATUIT N 116 - le 19 avril 2007

Le journal bilingue des Portugais de France GRATUIT N 116 - le 19 avril 2007 US e journal bilingue des Portugais de France GU N 116 - le 19 avril 2007 45% dos portugueses são proprietários em França Suplemento imobiliário de 12 páginas nesta edição. Mudanças no canal de televisão

Leia mais

Gestionnaires d'assurance (h/f) - Lisbonne

Gestionnaires d'assurance (h/f) - Lisbonne Gestionnaires d'assurance (h/f) - Lisbonne Notre client est un courtier-gestionnaire en assurance, un des leaders du marché, spécialisé notamment dans les secteurs de la banque, la téléphonie mobile et

Leia mais

Prova Escrita de Francês

Prova Escrita de Francês EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Escrita de Francês 11.º Ano de Escolaridade Continuação bienal Decreto-Lei n.º 19/2012, de 5 de julho Prova 517/1.ª Fase 7 Páginas Duração da Prova: 120

Leia mais

Guide de l étudiant haïtien boursier au Brésil

Guide de l étudiant haïtien boursier au Brésil Guide de l étudiant haïtien boursier au Brésil Programme Pro-HaÏti Toutes les informations y décrites doivent être interprétées conformément aux règles et aux restrictions légales du Brésil. Guide de l

Leia mais

de manuais concebidos segundo a Perspectiva Acional

de manuais concebidos segundo a Perspectiva Acional 1. NOME COMPLETO: HYANNA C. DIAS DE MEDEIROS 2. E-MAIL: hyanna.medeiros@usp.br 3. ALUNO: X EX-ALUNO: 4. PESQUISA : X INICIAÇÃO CIENTÍFICA MESTRADO DOUTORADO 5. ÁREA DE PESQUISA: X LÍNGUA, LINGUÍSTICA E

Leia mais

Biblioteca Hilda Hilst (na República Dominicana) Cristiane Grando *

Biblioteca Hilda Hilst (na República Dominicana) Cristiane Grando * Biblioteca Hilda Hilst (na República Dominicana) Cristiane Grando * São Domingos, março de 2012 Escrito especialmente para o blog de Sônia Mara: http://www.aventurasdasonia.blogspot.com/2012/03/brasileiro-doseculo-o-homem-livro.html

Leia mais

BACCALAURÉAT GÉNÉRAL ET TECHNOLOGIQUE. Session 2011 PORTUGAIS LANGUE VIVANTE 2

BACCALAURÉAT GÉNÉRAL ET TECHNOLOGIQUE. Session 2011 PORTUGAIS LANGUE VIVANTE 2 BACCALAURÉAT GÉNÉRAL ET TECHNOLOGIQUE Session 2011 PORTUGAIS LANGUE VIVANTE 2 Série L : 3 heures coefficient 4 Série S : 2 heures coefficient 2 Série STG (sauf CGRH) : 2 heures coefficient 2 Série STG

Leia mais

Compiègne, cité impériale

Compiègne, cité impériale Compiègne, cité impériale À proximité immédiate de Paris et de l aéroport international Roissy Charles-de-Gaulle, reliée à la Belgique et à l Europe du Nord par l autoroute A1, Compiègne est un pôle régional

Leia mais

Língua : Português e Francês Tradução simultânea. Sinopses das Intervenções :

Língua : Português e Francês Tradução simultânea. Sinopses das Intervenções : Encontro - Debate «Jóia, Espelho da Sociedade» Instituto Franco Português 25 de Fevereiro 2010 15h - 18h Parceria : IFP Ar.Co Comissariado e Moderação: Cristina Filipe Língua : Português e Francês Tradução

Leia mais

Importância do desenvolvimento da competência ética nos estudantes de enfermagem

Importância do desenvolvimento da competência ética nos estudantes de enfermagem Importância do desenvolvimento da competência ética nos estudantes de enfermagem Importance du développement de la compétence éthique chez les étudiants infirmiers Maria Susana Pacheco (Escola Superior

Leia mais

O referencial. 2- Um quadro europeu que define as competências chave para a educação e a formação ao longo de toda a vida

O referencial. 2- Um quadro europeu que define as competências chave para a educação e a formação ao longo de toda a vida O referencial 1- O nosso objectivo 2- Um quadro europeu que define as competências chave para a educação e a formação ao longo de toda a vida 3- Os limites da avaliação das competências chave 4- A construção

Leia mais

7114 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A N. o 241 19 de Dezembro de 2005 MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL TÍTULO I. Disposições gerais

7114 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A N. o 241 19 de Dezembro de 2005 MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL TÍTULO I. Disposições gerais 7114 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A N. o 241 19 de Dezembro de 2005 Aux fins de l application de l article 6, paragraphe 5, les autorités compétentes sont le commandant en chef de la police («Komendant

Leia mais

PÚBLIO, Marcelo Abilio

PÚBLIO, Marcelo Abilio PÚBLIO, Marcelo Abilio Né le 10 juin 1975 à Sorocaba-SP (Brésil) m.publio@gmail.com Situation actuelle Depuis 2013 : Enseignant-Chercheur en photographie, audiovisuel et cinéma d animation à l'université

Leia mais

ANIMAÇÃO SOCIOCULTURAL: PRINCÍPIOS EXTRAÍDOS DE UMA ANÁLISE DA PRÁTICA

ANIMAÇÃO SOCIOCULTURAL: PRINCÍPIOS EXTRAÍDOS DE UMA ANÁLISE DA PRÁTICA ANIMAÇÃO SOCIOCULTURAL: PRINCÍPIOS EXTRAÍDOS DE UMA ANÁLISE DA PRÁTICA (luizgustavolfreire@ug.com.br) 1 RESUMO Cresce no Brasil a necessidade de pensar a escola como ambiente privilegiado para o desenvolvimento

Leia mais

O Portal Digital da Diversidade Cultural Le Portail Numérique de la Diversité Culturelle

O Portal Digital da Diversidade Cultural Le Portail Numérique de la Diversité Culturelle O Portal Digital da Diversidade Cultural Le Portail Numérique de la Diversité Culturelle Carmen Aguiar (Unesp) Éder Moreira (Unip) Resumo Este projeto surgiu como resultado de pesquisas sobre educação

Leia mais

SOFIA E SUAS LÍNGUAS. Sophie et ses langues. Texto Christine Hélot Ilustrações Uxue Arbelbide Lete Tradução Eva Gutjahr

SOFIA E SUAS LÍNGUAS. Sophie et ses langues. Texto Christine Hélot Ilustrações Uxue Arbelbide Lete Tradução Eva Gutjahr SOFIA E SUAS LÍNGUAS Sophie et ses langues Texto Christine Hélot Ilustrações Uxue Arbelbide Lete Tradução Eva Gutjahr SOFIA E SUAS LÍNGUAS Sophie et ses langues A associação DULALA foi criada para promover

Leia mais

Manifestações em Toulouse e Orléans

Manifestações em Toulouse e Orléans Já pensou em receber o usojornal em sua casa? Preencha e devolva o cupão da página 2 e journal bilingue des Portugais de France G 102 - le 11 janvier 2007 P.6: Pportugal association des portugais émigrés

Leia mais

X-MET8000. Confie, mas verifique: garanta a qualidade do produto com o último analisador de XRF portátil da Oxford Instruments

X-MET8000. Confie, mas verifique: garanta a qualidade do produto com o último analisador de XRF portátil da Oxford Instruments QUALIDADE Confie, mas verifique: garanta a qualidade do produto com o último analisador de XRF portátil da Oxford Instruments Identificação rápida e confiável de ligas e composições elementares para: Controle

Leia mais

VESTIBULAR 2015.2 REDAÇÃO/LÍNGUA FRANCESA

VESTIBULAR 2015.2 REDAÇÃO/LÍNGUA FRANCESA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ Comissão Executiva do Vestibular VESTIBULAR 2015.2 REDAÇÃO/LÍNGUA FRANCESA 2 a FASE-1 o DIA: 05 DE JULHO DE 2015 DURAÇÃO: 04 HORAS INÍCIO: 09 horas TÉRMINO: 13 horas Após

Leia mais

Championnat du Monde des Jeunes Eau Douce U14 U18 U23

Championnat du Monde des Jeunes Eau Douce U14 U18 U23 Championnat du Monde des Jeunes Eau Douce U14 U18 U23 Organization: Support: Invitation Monsieur le Président, La Fédération Portugaise de Pêche Sportive a l honneur d inviter l équipe nationale de votre

Leia mais

Télécommande standard non polarisée 0 039 01

Télécommande standard non polarisée 0 039 01 01 Télécommande standard non polarisée R Caractéristiques techniques Alimentation...:230 V± 50/60 Hz 10 ma Capacité des bornes : 2 X 1,5 mm 2 Fixation...:surrailoméga Encombrement.... : 4 modules (70 mm)

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS DISCIPLINA:Francês 7ºAno Nível I (Turmas A/B/C/D/E)

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS DISCIPLINA:Francês 7ºAno Nível I (Turmas A/B/C/D/E) PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS DISCIPLINA:Francês 7ºAno Nível I (Turmas A/B/C/D/E) Ano Letivo 2012/2013 Temáticos Unité 0 JE COMMENCE Os pronomes pessoais Os números cardinais (1) ( 0-19) Conteúdos Nº

Leia mais

A literatura uma viagem inesgotável e sem fronteiras *

A literatura uma viagem inesgotável e sem fronteiras * A literatura uma viagem inesgotável e sem fronteiras * Irene de Paula Resumo: O objetivo deste artigo é fazer uma análise dos temas que foram essenciais na elaboração e na trajetória literária do escritor

Leia mais

34º CAMPEONATO DA EUROPA DE SUB-17 MASCULINOS

34º CAMPEONATO DA EUROPA DE SUB-17 MASCULINOS Para: De: FEDERAÇÕES EUROPEIAS PRESIDENTE DO CERH Data: 22 de Março de 2014 Assunto: 34º CAMPEONATO DA EUROPA DE SUB-17 MASCULINOS Exmºs Senhores: Como estabelecido no ponto 4 do meu Comunicado refª FG-005/2014,

Leia mais

Mestrado em Tradução. Relatório do Projecto de Tradução ANA CRISTINA LOPES SOARES. Trabalho de projecto orientado pelo PROFESSOR DOUTOR PIERRE LEJEUNE

Mestrado em Tradução. Relatório do Projecto de Tradução ANA CRISTINA LOPES SOARES. Trabalho de projecto orientado pelo PROFESSOR DOUTOR PIERRE LEJEUNE Mestrado em Tradução Tradução da primeira parte de Droit de la Famille de Dominique Fenouillet Relatório do Projecto de Tradução ANA CRISTINA LOPES SOARES Trabalho de projecto orientado pelo PROFESSOR

Leia mais

RECTORAT DE LA GUYANE REITORIA DA EDUCAÇÃO DA GUIANA FRANCESA

RECTORAT DE LA GUYANE REITORIA DA EDUCAÇÃO DA GUIANA FRANCESA RECTORAT DE LA GUYANE REITORIA DA EDUCAÇÃO DA GUIANA FRANCESA FORMATIONS INTERNATIONALES EN LANGUES ET CULTURES ÉTRANGÈRES STAGE AMAZONIEN DE FLE 2 ème édition 6 au 15 février 2012 CAYENNE français langue

Leia mais

Interferência do português língua materna vs supergeneralização na escrita em francês

Interferência do português língua materna vs supergeneralização na escrita em francês Interferência do português língua materna vs supergeneralização na escrita em francês Pablo Diego Niederauer Bernardi * (UFPel) Isabella Mozzilo (UFPel) Aprender línguas pressupõe o desenvolvimento de

Leia mais

Laurent FONBAUSTIER. Jeudi 18 octobre 2012

Laurent FONBAUSTIER. Jeudi 18 octobre 2012 Laurent FONBAUSTIER Jeudi 18 octobre 2012 France et Europe après Rio + 20 : Peut-on croire au développement durable? França e Europa pós Rio + 20 : Pode-se crer em desenvolvimento sustentável? I. UNE VOLONTÉ

Leia mais

Instituto Marista Hoje. Armando Luiz Bortolini

Instituto Marista Hoje. Armando Luiz Bortolini Instituto Marista Hoje Armando Luiz Bortolini IRMÃOS MARISTAS HOJE DIMENSÃO EDUCATIVA E MARIAL INSTITUTO DOS IRMÃOS MARISTAS INSTITUTO DOS IRMÃOS MARISTAS Fundador: S. Marcelino J. B. Champagnat Fundação

Leia mais

ENTRE NÓS I ENTRE NOUS De Hélène Veiga Gomes & Pauliana Valente Pimentel

ENTRE NÓS I ENTRE NOUS De Hélène Veiga Gomes & Pauliana Valente Pimentel ENTRE NÓS I ENTRE NOUS De 52', cores couleurs, 2014 Partenaires Parceiros DgArtes, Instituto Camões, LARGO Residências, Galeria das Salgadeiras ENTRE NÓS explora a vida urbana de duas ruas : a Rua do Benformoso,

Leia mais

Parlez-vous européen?

Parlez-vous européen? Parlez-vous européen? A BONECA BRAILLIN 1. Résumé Parece uma boneca normal mas não é. A Braillin possui seis botões em relevo correspondentes aos seis pontos base da linguagem braille (P.) / braile (B.).

Leia mais

UQÀM Université du Québec à Montrilal

UQÀM Université du Québec à Montrilal UQÀM Université du Québec à Montrilal ENTENTE-CADRE entre UNIVERSIDADE FEDERAL DE SAO CARLOS, représentée par Dr. Targino de Araûjo Filho, recteur et UNIVERSITÉ DU QUÉBEC À MONTRÉAL (UQAM),représentée

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS AOS CANDIDATOS

ORIENTAÇÕES GERAIS AOS CANDIDATOS ORIENTAÇÕES GERAIS AOS CANDIDATOS 1 Confira se este caderno contém uma proposta de redação e 06 questões discursivas, distribuídas conforme o quadro abaixo. TIPO CONTEÚDO Nº DE QUESTÕES E PROPOSTA Redação

Leia mais

Ética e formação de profissionais da educação e da investigação educacional La responsabilité dans le domaine de la recherche-action

Ética e formação de profissionais da educação e da investigação educacional La responsabilité dans le domaine de la recherche-action Ética e formação de profissionais da educação e da investigação educacional La responsabilité dans le domaine de la recherche-action Isabel Morais Costa (Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro) Resumo

Leia mais

Trouvez des candidats appropriés plus rapidement. Plus facile et moins cher avec le PEP-Localisateur de Talents!

Trouvez des candidats appropriés plus rapidement. Plus facile et moins cher avec le PEP-Localisateur de Talents! Plus facile et moins cher avec le PEP-Localisateur de Talents! P résélection avec le Localisateur de Talents: Example avec de nombreuses applications En seulement 2 semaines, 3135 candidats pour un Call-Center

Leia mais

Ce document a été mis en ligne par le Canopé de l académie de Bordeaux pour la Base Nationale des Sujets d Examens de l enseignement professionnel.

Ce document a été mis en ligne par le Canopé de l académie de Bordeaux pour la Base Nationale des Sujets d Examens de l enseignement professionnel. Ce document a été mis en ligne par le Canopé de l académie de Bordeaux pour la Base Nationale des Sujets d Examens de l enseignement professionnel. Ce fichier numérique ne peut être reproduit, représenté,

Leia mais

CAFEZINHO BRASILEIRO A1-A5 REVISÃO

CAFEZINHO BRASILEIRO A1-A5 REVISÃO PRONOMES PESSOAIS je tu il elle on nous vous informel vous formel ils elles eu você ele ela a gente nós vocês o senhor a senhora os senhores as senhoras eles elas mon, ma, mes ton, ta, tes notre, nos votre,

Leia mais

Revista Eletrônica Acolhendo a Alfabetização nos Países de Língua Portuguesa ISSN: 1980-7686 suporte@mocambras.org Universidade de São Paulo Brasil

Revista Eletrônica Acolhendo a Alfabetização nos Países de Língua Portuguesa ISSN: 1980-7686 suporte@mocambras.org Universidade de São Paulo Brasil Revista Eletrônica Acolhendo a Alfabetização nos Países de Língua Portuguesa ISSN: 1980-7686 suporte@mocambras.org Universidade de São Paulo Brasil SOARES, Nathalia Fernandes Brasil - Angola: aproximando-os

Leia mais

QUE CURRÍCULO PARA O SÉCULO XXI?

QUE CURRÍCULO PARA O SÉCULO XXI? CONFERÊNCIA QUE CURRÍCULO PARA O SÉCULO XXI? 7 de Junho de 2010 Sala do Senado Assembleia da República ÍNDICE SESSÃO DE ABERTURA Luiz Fagundes Duarte (Presidente da Comissão de Educação e Ciência) 3 Ana

Leia mais

LUSO. Lançamento do novo Canal de Língua Portuguesa CLP TV: 3, 2, 1 Go! Já pensou em receber o LusoJornal em sua casa? Musique

LUSO. Lançamento do novo Canal de Língua Portuguesa CLP TV: 3, 2, 1 Go! Já pensou em receber o LusoJornal em sua casa? Musique Já pensou em receber o usojornal em sua casa? reencha e devolva o cupão da página 2 e journal bilingue des ortugais de France G 95 - le 23 novembre 2006.3: tudiants space «Je parle portugais» au alon de

Leia mais

O ENSINO DO PORTUGUÊS EM FRANÇA Que política de língua para as associações da comunidade portuguesa?

O ENSINO DO PORTUGUÊS EM FRANÇA Que política de língua para as associações da comunidade portuguesa? Adelino Oliveira de Sousa O ENSINO DO PORTUGUÊS EM FRANÇA Que política de língua para as associações da comunidade portuguesa? Dissertação de Mestrado em Português Língua Não-Materna Realizada sob a orientação

Leia mais

ADMISSION AU COLLEGE UNIVERSITAIRE Samedi 2 mars 2013 PORTUGAIS durée de l épreuve : 1h30 coefficient 1 IMPORTANT PARTIE RESERVEE A LA CORRECTION

ADMISSION AU COLLEGE UNIVERSITAIRE Samedi 2 mars 2013 PORTUGAIS durée de l épreuve : 1h30 coefficient 1 IMPORTANT PARTIE RESERVEE A LA CORRECTION Coller votre code barre ci-dessous ADMISSION AU COLLEGE UNIVERSITAIRE Samedi 2 mars 2013 PORTUGAIS durée de l épreuve : 1h30 coefficient 1 IMPORTANT Le sujet est paginé de 1 à 3. Veuillez vérifier que

Leia mais

Bourgogne Brésil 2013/14

Bourgogne Brésil 2013/14 Bourgogne Brésil 2013/14 Bourgogne Brésil 2013/14 Participation Bourgogne: 1. Site RVEF: landing page pour diffusion des articles d appui à la campagne; 2. Site RVEF: bandeau dédié sur notre Page d accueil;

Leia mais

Preâmbulo 04/2015: 5-12 - ISBN 978-989-20-5542-8

Preâmbulo 04/2015: 5-12 - ISBN 978-989-20-5542-8 Preâmbulo Esta publicação digital, bilingue e multimédia Marguerite Duras: Palavras e Imagens da Insistência/ Mots et Images de l Insistance completa o «ciclo» iniciado, há um ano, por um projecto integrado

Leia mais

Escola Básica António Feijó - Ponte de Lima

Escola Básica António Feijó - Ponte de Lima Meta 1º período Salut! On se présente Ma vie en classe - Semelhança de vocabulário entre o português e o francês (palavras que passam por transferência, galicismos e falsos amigos) A França e os franceses:

Leia mais

CADERNO DE PROVA 1.ª FASE

CADERNO DE PROVA 1.ª FASE AZUL CADERNO DE PROVA 1.ª FASE Francês Nome do candidato Nome do curso / Turno Local de oferta do curso N.º de inscrição Assinatura do candidato Coordenação de Exames Vestibulares I N S T R U Ç Õ E S LEIA

Leia mais

Ciência e Comunicação science et communication

Ciência e Comunicação science et communication Resumo résumé Os periódicos de divulgação científica sobre saúde procuram atingir um público fora do ambiente acadêmico com capas impressionantes, atrativas, sobretudo convincentes. A retórica nessas publicações

Leia mais

Projet présenté par le Stand Portugais

Projet présenté par le Stand Portugais Projet présenté par le Stand Portugais L'Estação Missionária de Padiae Construction de toilettes pour le grand salon polyvalent Centre Social de Nossa Senhora de Fátima Oecussi -Timor-Oriental ( -----------------------------

Leia mais

1444 Diário da República, 1.ª série N.º 81 27 de Abril de 2010

1444 Diário da República, 1.ª série N.º 81 27 de Abril de 2010 1444 Diário da República, 1.ª série N.º 81 27 de Abril de 2010 Decreto n.º 9/2010 de 27 de Abril A República Portuguesa e a República Francesa, visando incentivar a mobilidade dos estudantes de ambos os

Leia mais

HISTÓRIA DE PORTUGAL DE COR

HISTÓRIA DE PORTUGAL DE COR HISTÓRIA DE PORTUGAL DE COR Ilustrada com as cores nacionais por Almada de cor, quer dizer é o coração que se lembra Paris 1919 Dedicatória perpétua: Para Ti, para que não penses que o vou dedicar a uma

Leia mais

Comunicar em situação de aula. Trocar opiniões sobre aspectos da cultura francesa

Comunicar em situação de aula. Trocar opiniões sobre aspectos da cultura francesa Agrupamento de Escolas À Beira Douro Escola Básica e Secundária À Beira Douro - Medas Departamento de Línguas - Francês 3.º Ciclo 8.º Ano Planificação Anual 2010 / 2011 1.º Período - Aulas previstas: Competências

Leia mais

Bienvenue BEM-VINDO(A)

Bienvenue BEM-VINDO(A) Bienvenue BEM-VINDO(A) > En France, l école publique est gratuite et l instruction est obligatoire pour les filles et les garçons âgés de 6 à 16 ans. Le parcours de l élève peut commencer à 3 ans (voire

Leia mais

CabriWorld 2001-Montréal - Canada

CabriWorld 2001-Montréal - Canada - 1 - Cabri-géomètre à distance via Internet CabriWorld 2001-Montréal - Canada Alexandre Campos Silva alesilva@pucsp.br Vincenzo Bongiovanni vincenzo@atribuna.com.br PUC/SP- Brésil Résumé de l atelier

Leia mais

CASNA. Bem-vindo à escola luxemburguesa! Informações para pais e alunos estrangeiros. Português

CASNA. Bem-vindo à escola luxemburguesa! Informações para pais e alunos estrangeiros. Português Bem-vindo à escola luxemburguesa! Português PT Informações para pais e alunos estrangeiros CASNA Cellule d accueil scolaire pour élèves nouveaux arrivants Bem-vindo à escola luxemburguesa! Informações

Leia mais