Comunicação efetiva é com o Marketing Direto dos Correios.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Comunicação efetiva é com o Marketing Direto dos Correios."

Transcrição

1

2 Comunicação efetiva é com o Marketing Direto dos Correios. MALA DIRETA POSTAL Mídia dirigida e personalizada. Das suas mãos para as mãos do seu cliente. SERVIÇOS DE RESPOSTA Perfeitos para retorno à sua oferta. SEDEX (ENCOMENDA EXPRESSA) Seu produto nas mãos do seu cliente o mais rápido possível. Cada empr esa tem uma f orma certa de falar c om o seu público. Seja qual f or a necessidade sidade de c omunicação do seu negócio, conte com as soluções de marketing direto dos Correios. São diversos serviços, com cobertura nacional, feitos especialmente para você se relacionar com o seu cliente e conquistar novos. os. Independentemente do tamanho da sua empresa, esa, use as soluções de marketing direto dos Correios e aproxime-se ainda mais do seu cliente. correios.com.br/marketingdireto

3 TM Rio PAC (ENCOMENDA ECONÔMICA) Entregas em qualquer lugar dos Correios. LOGÍSTICA REVERSA

4 Diretores Kleber D. Góes Vania Vial Nesta edição Desde 1996 ATUALIDADES E NEGÓCIOS Diretor Editor: Kleber D. Góes Diretora: Vania Vial Diretor Jurídico: Dr. Raimundo Azevedo Pereira Repórteres: Folha da Cidade S.A. Arte: Folha da Cidade S.A Colaboradores: Luiz Paulo Vial Góes Walter Barros Martins Robervaldo Zezinho Rocha Endereço para correspondência: Rua Belo Horizonte, 9 Sala 1016 The Place Business Adrianópolis MANAUS - AM - BR Fale conosco: Geral: 55 (92) redação: Quero anunciar: Quero assinar: UOL Representante Sul/Sudeste: São Paulo Brasília Curitiba Belo Horizonte Valmyr Mateoli Alameda dos Maracatins, 508-9º andar - Moema SÃO PAULO - SP Tel.: (011) Circulação direcionada para Investidores, Empresários, Presidentes, Diretores e Gerentes. Julho-agosto-setembro 2014 Tiragem: exemplares Distribuição na Argentina, Bolívia, Brasil IMPRESSA NO POLO INDUSTRIAL DE MANAUS CONHEÇA A AMAZÔNIA Muitas coisas podem e devem ser consideradas para o sucesso de um grande líder de negócios e tantos estudos mencionam as qualidades dos que mais se destacam. Vou citar apenas uma qualidade que observo no dia a dia no relacionamento com líderes realmente exemplares: a velocidade no trato das questões importantes que se apresentam rotineiramente. Há uma casta de genuínos líderes empresariais, com um toque de Midas para negócios, que, embora sejam pessoas muito ocupadas, conseguem entregar as demandas que passam por suas mãos quase que instantaneamente. Posso citar o ex-fundador da Embraer, Dr. Ozires Silva, mas quero destacar o pai do Marketing moderno, quarto homem de negócios mais influente do mundo, o Professor Philip Kotler, que dispensa maiores apresentações, e que certamente é ocupadíssimo e com uma agenda muito apertada. No entanto, posso observar que ele responde às suas demandas com uma velocidade que impressiona verdadeiramente, experiência que tenho vivenciado nos contatos que tive com ele até hoje e que reconheço como uma qualidade dele e não uma deferência à determinada demanda. Ele nos brinda nesta edição com uma entrevista exclusiva, na qual nos foi extremamente educado, atencioso e veloz em suas respostas. Sabedor de que grandes multinacionais estão instaladas em Manaus, Kotler mostrou-se entusiasmado em conhecer o que atrai estas empresas à produzirem em plena floresta amazônica, o que, certamente o fará, por ocasião de sua vinda à Manaus, no fim de agosto. Trazemos, ainda, um excelente artigo de Marcos Troyjo, Diretor do BricLab, da Universidade de Columbia (EUA), sobre o principal resultado da Cúpula dos Brics reali - zada recentemente, em Fortaleza, com a formalização do Novo Banco de Desen volvimento (NBD) e do Arranjo Contingente de Reservas (ACR) para o enfrentamento de eventuais crises de liquidez. Continuando com o Especial Brasil, queremos saber quais os desafios de se empreender no Brasil, por meio de entrevistas com dois jovens amazonenses que venceram as barreiras e tornaram-se empreendedores em Manaus: Luciana Nogueira Minev, da Singulari Consultoria, e José Benchimol, da Para Guardar. Os professores Simon Dolan e João Brillo, da ESADE Bussines School (Espanha) apresentam, em artigo, o modelo Coaching por Valores de Inovação (CVI), uma fórmula aplicada no alinhamento e reali nhamento dos 3 eixos para geração de inovações sustentáveis nas organizações. Na sessão Livros, Gestão da Singularidade, de Eduardo Carmello, consultor e palestrante entre os 5 mais reconhecidos do país, segundo o Top of Mind de RH do jornal O Estado de S. Paulo. Boa leitura! Kleber Góes Circuito 4

5 MARCOS TROYJO, diretor do BricLab, fala do resultado da Cúpula dos Brics, realizada em For ta - leza, do NBD e ACR para o enfrentamento de eventuais crises de liquidez PHILIP KOTLER, guru do Marketing mundial, nos brinda com uma entrevista exclusiva e revela ter curiosidade sobre o Polo Industrial de Manaus SIMOM DOLAN, catedrático na ESADE Future of Work, e João Brillo, professor visitante na unidade, trazem um artigo sobre o modelo CVI - Coaching por Valores de Inovação 6 PANORAMA Luxo Cartão Pure Mastercar é feito de metal precioso 16 ESPECIAL Philip Kotler Entrevista exclusiva com o guru mundial sobre marke ting e gestão 7 Lumia 530 Microsoft lança smartphone com Windows Phone 8.1 PANORAMA Empresas & Negócios P&G e Whirlpool lançam máquina que desodoriza e desamassa roupas MARKETING Pesquisa Para CEOS, obrigação do Marketing é puramente inovar INDÚSTRIA Zona Franca de Manaus é prorrogada até Gente & Carreira Osamu Yakuzaki é o novo diretor executivo da Yamaha em Manaus ARTIGO Marcos Troyjo. A próxima fase dos Brics 26 ARTIGO Simon Dolan e João Brillo Coaching por Va - lores de Inovação: a fórmula do modelo tri-axial de valores para situações complexas e caóticas NEGÓCIOS Estamos perto de uma nova crise global? IMD Internacional publica estudo do professor de finanças, Arturo Bris ESPECIAL BRASIL O que os nossos jovens estão fazendo? Empreendedorismo Entrevista com Luciana Nogueira - Singulari Consultoria Entrevista com José Benchimol - Para Guardar Self-Storage PESQUISA A geração Y e o mercado de trabalho LIVROS Eduardo Carmello Gestão da Singularidade construindo alta performance para líderes e equipes AUTOS Mercedes-Benz lança serviço de locação de automóveis premium Circuito 5

6 Panorama LUXO Cartão Pure + Solid MasterCard é feito de metal precioso Depois de um período de desenvolvimento de seis anos, a Pure and Solid Ltd finalmente conseguiu produzir cartões de pagamento para transações monetárias internacionais feitos a partir de metais preciosos. Os cartões Pure + Solid Prepaid MasterCard são acessórios platinum, gold ou silver exclusivos que podem ser usados para fazer transações de pagamento eletrônico. Os cartões Pure + Solid MasterCard representam uma nova forma pioneira de luxo. Manufaturados a partir de platina pura (Pt999), ouro (18k) ou prata (Ag925), estes acessórios lu - xuosos evidenciam instantaneamente uma sensação superior de estilo e um gosto para o excepcional. Não importa qual o cenário, seja um hotel de luxo, um restaurante com estrela Michelin ou uma elegante boutique: eles são o acessório ideal para as pessoas que gostariam de se presentear com um item de luxo distinto e atraente. Os cartões não são restritos a um determinado nível de renda ou fundos e não estão sujeitos a requisitos mínimos de gastos. Eles estão disponíveis exclusivamente a partir do site para EUR, USD ou GBP. Todos os cartões (Pure + Solid Platinum MasterCard, Pure + Solid Gold MasterCard, Pure + Solid Silver MasterCard) são entregues aos clientes com um Certificado de Autenticidade de quatro a dez semanas a partir da solicitação e são válidos por 60 meses. Cada cartão vem também com um Priority Pass, garantindo ao titular do cartão o acesso às salas VIP do maior programa independente de acessos às salas em aeroportos do mundo. LUMIA 530 A Microsoft Devices anuncia para agosto o lançamento do Lumia 530, um smartphone de alta performance, com Windows Phone 8.1, compatibilidade com dois chips e rede 3G. É o modelo mais acessível da família, permitindo que mais pessoas tenham acesso às mais recentes inovações e serviços da Microsoft encontrados em smartphones Lumia top de linha. O aparelho vem com um poderoso processador qua d- core, que proporciona uma experiência mais rápida e fluida para navegar em sites, aplicativos e jogos em uma tela LCD de 4 polegadas, integração com serviços Microsoft, como Skype, OneDrive e pacote Microsoft Office, compatibilidade com aplicativos sociais populares como Facebook, Instagram, WhatsApp, além de jogos como Asphalt 8, todos disponíveis para download gratuito na Windows Phone Store. Circuito 6

7 Panorama Empresas & Negócios P&G E WHIRLPOOL LANÇAM MÁQUINA QUE DESAMASSA E DESODORIZA ROUPAS A P&G, em parceria com a Whirlpool, lançou nos Estados Unidos uma máquina para revigorar roupas, sem água. A Swash usa cápsulas para desodorizar, desamassar e remodelar roupas, em apenas 10 minutos. A ideia original era destinada a estudantes de universidades, que podiam revigorar suas roupas sem necessariamente ter de lavá-las. Agora, a ideia foi ampliada, reposicionando o produto como um assistente pessoal na hora de ter uma peça de roupa limpa, desamassada e sem cheiro. A máquina Swash promete deixar suas roupas limpas em no máximo 10 minutos. Por meio de um sistema de lavagem a seco constituído por cápsulas descartáveis de detergente (funciona como uma máquina de café), o utensílio doméstico remove dobras leves e neutraliza odores. Com preço sugerido no varejo de US$ 499 e as Swash Pods (cápsulas) vendidas a US$ 6,99 (12 unidades), os produtos da Swash já estão disponíveis para venda na Bloomingdales.com, com modelos à exibição em algumas lojas físicas. Em setembro outras redes passarão a vender os produtos. Gente & Carreira YAMAHA, EM MANAUS, TEM NOVO DIRETOR EXECUTIVO Osamu Yabuzaki novo diretor executivo da Yamaha-Motor Osamu Yabuzaki assumiu a diretoria executiva da Yamaha em Manaus em junho deste ano, em substituição a Seijiro Terame, um dos diretores que mais se aproximou da comunidade empresarial. Yabuzaki tem como desafio aumentar a produtividade da fábrica, que passará a produzir toda a linha Ténéré em Manaus. A Yamaha tem se destacado por suas inovações e no lançamento de novas linhas de motocicletas como a Crosser 150, um dos destaques da categoria. O segmento de Duas Rodas, maior empregador do PIM, continua em recuperação e fechou os cinco primeiros meses do ano com faturamento de R$ 5,94 bilhões, registrando crescimento de 4,75% em relação ao mesmo período em A produção de motocicletas, motonetas e ciclomotos atingiu unidades, com aumento de 13,12% na produção em relação ao ano passado. A Yamaha é vice líder do Polo de Duas Rodas, com faturamento entre US$ 500 mi a US$ 1 bilhão em Shigeo Hayakawa continua sendo o Presidente do grupo no Brasil. Circuito 7

8 ARTIGO A próxima fase dos Brics Marcos Troyjo O principal resultado da Cúpula dos Brics (grupo que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) realizada recentemente em Fortaleza foi o avanço no processo de construção institucional. Isso se dá, sobretudo, com a formalização do Novo Banco de Desenvolvimento (NBD) e do Arranjo Contingente de Reservas (ACR) para o enfrentamento de eventuais crises de liquidez. Chamar a atenção do mundo para seu potencial como propulsores do crescimento global foi a essência dos "Brics 1.0". Depois da Cúpula de Fortaleza, ao lado da projeção geoeconômica, acrescenta-se à sigla uma família institucional. O NBD é seu primogênito. Seu sucesso e sua relevância serão a prova de fogo da fase "Brics 2.0". Depois de seis Cúpulas, o resultado alcançado é pouco? Talvez, mas, ao compararmos esses emergentes com o antigo G7, percebemos que os Brics irão mais longe. O autointitulado "grupo das sete nações mais industrializadas" jamais foi além de encontros protocolares para discussão de questões econômicas internacionais. Para que a institucionalização dos Brics tenha êxito, será fundamental evitar um duplo erro. O primeiro: pilotar o NBD com a bússola da retórica Sul-Sul. O segundo: pa - ralisar-se ante a heterogeneidade dos Brics. Cumpre não cair na tentação de dirigir o NBD como contraponto, e não complemento, a FMI e Banco Mundial. Mesmo porque há pouco a opor e muito a acrescentar. As instituições de Bretton Woods estão defasadas em termos de governança. A eleição de seus chefes executivos é de um compadrio ridículo. Nesse condomínio extemporâneo, a Europa sempre elege o diretor-geral do Fundo e os EUA indicam o presidente do Banco Mundial. Ambos estão desprovidos do ca - pital necessário às respectivas funções de socorro financeiro ou apoio ao desenvolvimento. Reinventaram-se, é bem verdade, como "think-tanks", em que trabalha competente corpo técnico. São úteis como fonte de informação e análise. Já na condição de gestores do capitalismo global, FMI e Banco Mundial não passam de leões sem dente. Fala-se das diferenças de cada um dos Brics. Entre eles há membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU (Rússia e China); detentores de armas nucleares (Rússia, Índia e China); enormes democracias representativas (Índia e Brasil); potências na exportação de commodities (Rússia e Brasil) e uma economia (China) 23 vezes maior do que a outra (África do Sul). A experiência internacional mostra, contudo, que plena harmonia de interesses não é indispensável a projetos cooperativos. É bem o caso da União Europeia. Apesar dos sólidos avanços desde o Tratado de Roma, suas dezenas de membros ainda divergem em inúmeros temas políticos e econômicos dentro e fora da dinâmica de Bruxelas. Uns não aderiram ao euro. Outros não querem O principal resultado da Cúpula dos Brics (grupo que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) realizada recentemente em Fortaleza foi o avanço no processo de construção institucional. Isso se dá, sobretudo, com a formalização do Novo Banco de Desenvolvimento (NBD) e do Arranjo Contingente de Reservas (ACR) para o enfrentamento de eventuais crises de liquidez. Se bem gerido, o banco se tornará importante fonte de recursos para projetos, ideias e melhores práticas nos Brics e em outros países nas áreas de infraestrutura e inovação. O NBD também pode ser catalisador de outras iniciativas que contribuam para a reforma da governança global. Circuito 8

9 Negócios aprofundar a integração com atuais sócios. Preferem a adesão de mais membros optam, portanto, pela expansão "horizontal" e não "vertical" da agenda integracionista. Alguns (em especial a Alemanha) querem a reforma do Conselho de Segurança. Outros (França e Reino Unido), no limite, desejam que tudo fique igual. Para os Brics, o essencial é que pontos onde há coincidência, como o financiamento do desenvolvimento e instrumentos mais mo dernos de governança, coexistam pragmaticamente com dife - renças em peso econômico, agenda política e visão de mundo. Ademais, o mantra de qualquer guru de administração de empresas ensina que tão importante quanto à concepção é a execução. Mais centrais do que este ou aquele cargo na burocracia do banco serão o acerto no horizonte estratégico, a competência do corpo técnico e projetos que ajudem os Brics a retomarem taxas de crescimento vi gorosas. Com isso, o NBD se afastará do risco de ser usado como caixa de ressonância de uma imaginária aliança do Sul emergente em arremetida quixotesca contra o Norte desenvolvido. O simpático discurso do premiê Xi Jinping no Congresso brasileiro, com loas à parceria Brasil-China como "paradigma da coope ração Sul-Sul", foi conversa para urso panda dormir. Nossas trocas comer - ciais com os chineses estão em US$ 90 bi - lhões. O comércio China-EUA é de quase US$ 600 bilhões --Pequim é superavitária em US$ 320 bi lhões. Com a União Europeia, são US$ 430 bilhões de intercâmbio comercial, em que a China embolsa US$ 132 bilhões. EUA e UE são os principais investidores diretos na China. Caberá à Índia a primeira presidência exe - cutiva do banco. Esses movimentos inaugurais concentram-se na estruturação organizacional -- na arrumação da casa, antes mesmo do início das atividades do NBD como provedor de crédito. O Brasil exercerá a presidência do conselho, órgão que define os rumos estratégicos do banco. A presença de outros países como sócios do NBD pode ser positiva. E, desde que pelo menos um do Brics seja parte interessada, os projetos devem envolver países de fora do grupo. A chave é manter estrutura enxuta e não expandir horizontalmente a tomada de decisões. Se bem gerido, o banco se tornará importante fonte de recursos para projetos, ideias e melhores práticas nos Brics e em outros países nas áreas de infraestrutura e inovação. O NBD também pode ser catalisador de outras iniciativas que contribuam para a reforma da governança global. Mais do que tudo, a nascente instituição será influenciada pelo desempenho econômico de seus fundadores. Caso o crescimento em um dos Brics ou no grupo como um todo estanque, suas instituições serão postas em xeque. O NBD será a primeira a perder seu significado. Ao contrário do que certos discursos oficiais levam a crer, não se lançou em Fortaleza pedra fundamental de uma nova ordem econômica. Apesar do relevo simbólico e potencial, o NBD não é panaceia para os males do subdesenvolvimento no mundo -- e muito menos no Brasil. Reformas internas voltadas à modernização do capitalismo no Brasil são cem vezes mais importantes que o banco dos Brics no desafio de fazer o país voltar a crescer. g *Marcos Troyjo, é diretor do BRICLab da Universidade Columbia (EUA) centro de estudos sobre Brasil, Rússia, Índia e China e fundador do Centro de Diplomacia Empresarial, think-tank independente sobre assuntos globais. É professor-adjunto de relações internacionais e políticas públicas na Universidade Columbia e professor conferencista do Ibmec. Economista e cientista político, seus estudos concentram-se em relações internacionais, mercados emergentes, inovação e mudança tecnológica e desenvolvimento econômico. foto: Alcir silva Circuito 9

10 Negócios Estamos perto de uma nova crise global? Da Redação Especialista em finanças alerta sobre 8 maneiras nas quais uma nova crise global atingirá o mundo até 2015 Arturo Bris, da IMD Business Arturo Bris, Professor de Finanças da IMD Business School e Diretor do Centro de Competitividade Mundial, prevê que uma crise econômica global deverá acontecer e que não estão sendo tomadas medidas suficientes para evitá-la. Baseado em estatísticas, ele disse que o mundo pode esperar uma crise financeira logo a partir de abril de 2015, durando até março de "Enquanto muitas economias parecem estar finalmente se recuperando desde a crise de 2008, não deve ríamos ser complacentes. Demasiadas vezes não aprendemos com a história e não agimos quando nos confrontamos com uma crise que sabemos ser iminente". As informações são da IMD International. Bris disse que a causa da crise surgirá de oito cenários possíveis: 1. Uma bolha no mercado de ações No último ano, os mercados de ações apresentaram um comportamento irrealisticamente bom e, em um dado momento, a situação irá explodir. Em 2014 os analistas ficaram decepcionados no primeiro trimestre porque os lucros não ficaram em linha com as expectativas do mercado. Isto significa que, se os mercados reverterem para um nível razoável em relação aos lucros haverá uma queda no mercado de ações entre 30-35%. 2. Serviços bancários na China Uma severa crise poderia ser causada pelos crescentes serviços bancários paralelos chineses, um sistema que consiste de empréstimos, principalmente para instituições governamentais, cujo desempenho não é bem monitorado e o qual não está aberto para a concorrência. Se este sistema fracassar, ele afetará negativamente a economia global. 3. Crise energética Os Estados Unidos, como o maior produtor de gás de todo o mundo, poderia causar uma crise energética. Se os EUA começarem a exportar para o resto do mundo, a Rússia poderá se sentir ameaçada, causando uma tempestade geopolítica. Os EUA teriam controle sobre os preços da energia e exerceriam influência sobre países tais como o Reino Unido, Índia e Japão. 4. Outra bolha no mercado imobiliário Há um risco de formação de uma bolha no mercado imobiliário em países como o Brasil, China, Canadá ou Alemanha. Os preços estão subindo porque a disponibilidade de crédito é enorme e os compradores estão levando os preços para cima sem perceberem que os preços não correspondem aos valores fundamentais. 5. Classificações e falência: 'BBB como a nova AA' As companhias atualmente possuem muitas dívidas e a nova norma é ter uma classificação BBB. Nos EUA existem apenas três companhias que mantiveram a classificação AAA: Exxon- Mobil, Microsoft e Johnson & Johnson. Se as classificações são um indicador de falência, haverá falências em todos os setores. Caso as taxas de juros aumentassem em 2%, metade do setor corporativo seria eliminado. 6. Guerra e conflito Quase em toda parte, exceto em partes da Europa e dos EUA, há uma crescente tensão geopolítica. Eventos tais como a crise atual na Crimeia poderiam provocar uma crise no mercado, mesmo se não houvesse guerra. 7. Aumento da pobreza A pobreza global aumentou e sempre que os pobres ficam mais pobres podemos esperar por um conflito social. A cruzada contra desigualdades na distribuição da renda poderia impedir ainda mais a inovação e o crescimento através da redução dos benefícios da inovação, ameaçando a economia. 8. Caixa e hiperinflação O excedente de caixa que os bancos centrais e corporações detêm poderia terminar prejudicando a economia. O Banco Central Europeu (ECB) está emprestando dinheiro para institui - ções financeiras que colocam o dinheiro de volta no ECB, que é um círculo vicioso e hoje o Google poderia comprar uma parti - cipação majoritária na Irlanda e a Microsoft poderia comprar mais de 50% de Cingapura. g Circuito 10

11 ESPECIAL BRASIL O QUE OS NOSSOS JOVENS ESTÃO FAZENDO? EMPREENDEDORISMO Por Vania Vial Ser empreendedor no Brasil não é fácil, ainda mais para quem é jovem. A burocracia existente, a falta de incentivos à criatividade e inovação, o ensino básico engessado, faculdades despreparadas para as mudanças, a cultura de não correr riscos entre outros fatores moldaram gerações e ge rações de pessoas cujo principal fundamento do trabalho era a estabilidade. A geração Y chegou para mudar essa história. Mais dinamismo, inquietação, criatividade, vontade de agir, de fazer algo, fez com que muitos jovens se tornassem empreendedores desde cedo. Mas será que dá certo? Eles estão preparados para empreender? Empreendedores são pessoas que têm a habilidade de ver e avaliar oportunidades de negócios, buscar os recursos necessários para pô-los em vantagens e iniciar ação apropriada para assegurar o sucesso. Geralmente são orientados para a ação, altamente motivados e assumem riscos para atingirem seus objetivos. Para que isso aconteça, precisam estar preparados, ter uma boa base acadêmica, conhecimento do negócio e terem orientação externa. Empreender sem planejamento é um dos fatores de maior influência no percentual de empresas que fecham suas portas com menos de dois anos de vida. Uma das dificuldades é para estabelecer um modelo básico de tomada de decisão. Ela deve ser pautada em projeções financeiras, pesquisas de mercado, relatórios de marketing, capacidade de produção, contratação de pessoas, o que nem sempre é fácil para empreendedores menos experientes. Para saber mais sobre jovens empreendedores e os desafios de se empreender no Brasil, entrevistamos dois jovens que venceram as barreiras e se tornaram empreendedores em Manaus: Luciana Nogueira Minev, da Singulari Consultoria, e José Benchimol, da Para Guardar Self-Storage. Luciana tem vasta experiência na área de consultoria e abriu sua empresa, a Singulari, depois de passar um período na Holanda, obtendo o máximo de conhe cimento possível. José já queria ter sua própria empresa, e durante seu mestrado nos Estados Unidos foi construindo o projeto da Para Guardar com a expertise de seus mestres e colegas, obtendo o conhecimento de quem já sabia os processos requeridos neste tipo de negócio. Os dois contam suas experiências em abrir suas empresas e falam sobre os desafios de se empreender no Brasil que, apesar de ter muitos jovens empreendedores, nem todos estão preparados para este desafio. Circuito 11

12 Equipe Singulari: Ozeneide Nogueira, Sonia Grasseschi, Marcus Bessa, Rebeca Nogueira com Suelen Scop e Luciana Minev (sentadas à frente) ENTREVISTA OS DESAFIOS DO JOVEM EMPREENDEDOR LUCIANA NOGUEIRA MINEV SINGULARI CONSULTORIA CIRCUITO: Quais são as características que moldam o jovem empreendedor no Brasil? Luciana: Empreender é um grande desafio, especialmente no Brasil, com toda a burocracia envolvida. Por isso é necessário que o empreendedor seja, dentre outras coisas, persistente! Para um empreendedor prosperar precisa - além de um bom produto ou serviço - de paixão, foco e persistência. CIRCUITO: Quais são as dificuldades encontradas? Luciana: Na fase inicial do negócio, além de conseguir transpor a barreira da burocracia, o empreendedor tem o desafio de conseguir desempenhar bem vários papéis, já que é comum iniciar com um time bastante reduzido. O empreendedor pode ter uma experiência prévia em uma área técnica, mas precisa rapidamente aprender sobre finanças, marketing, gestão de pessoas... Além disso, é importante tornar-se sustentável. Conquistar os primeiros clientes, precificar corretamente, conseguir pagar os impostos e ainda ter algum lucro é realmente um grande desafio para qualquer empreendedor. CIRCUITO: Como a formação acadêmica influencia nas decisões estratégicas do jovem em escolher o caminho do empreendorismo? Luciana: A característica empreendedora no Brasil, mudou! Hoje mais de 70% dos novos negócios são iniciados por demandas identificadas no mercado (empreendedorismo por oportunidade). Em 2002 este índice girava em torno de 40%, sendo a maior parte dos negócios criados por necessidade, por não terem melhor opção de ocupação. Contudo, diferente de economias mais maduras como a dos EUA, não é no ambiente acadêmico que o empreendedorismo costuma surgir. Normalmente, o profissional já está inserido no mercado de trabalho, enxerga uma oportunidade e decide investir nela; ou busca formação acadêmica formal para ter mais conhecimento e, assim, melhorar seu negócio. CIRCUITO: Quais dicas/orientações você daria aos jovens hoje com 17, 18 anos? Em que eles deveriam focar? Com o que se preocupar? Circuito 12

13 ESPECIAL BRASIL Luciana: Com o mercado em constante mudança é necessário que se tenha profissionais versáteis e multifuncionais. Independente da área de atuação, os jovens devem aproveitar o máximo de experiências acadêmicas e extracurriculares. Esporte, viagens, livros, pesquisas, projetos, idiomas, tudo isso vai somando à vida do futuro profissional. CIRCUITO: Como a família, os valores familiares, influenciam na formação pessoal e profissional? Luciana: Família e valores familiares influenciam grande parte da decisão de um indivíduo, consciente ou inconscientemente. Na formação pessoal e profissional não é diferente. Contudo, não existe nenhuma equação exata do tipo: 'filho de funcionário público, vai ser funcionário público e filho de empresário, empresário será'. Porque além da família o indivíduo também sobre influência de fatores como sociedade, cultura e suas características individuais. CIRCUITO: Como esses jovens devem ser preparados para enfrentarem os desafios de hoje? Luciana: Uma vez li uma pesquisa que dizia que resiliência era a característica mais associada ao sucesso. Crianças e jovens que são capazes de tolerar frustração, praticar gratificação prorrogada, são pacientes e persistentes têm maiores chances de serem profissionais de sucesso. Desta forma, sugiro que pratiquem e desenvolvam esta característica. CIRCUITO: O que você pensava, como construiu o pensamento, planejamento, enfim, como chegou à decisão de criar a Singulari? Luciana: Trabalhei em uma empresa consultoria em Manaus e descobri que consultoria era exatamente o que eu gostaria de fazer para a vida. Vi grande oportunidade ainda não explorada no mercado local e decidi começar o meu negócio. Fiz mestrado em Engenharia da Produção, para ganhar conhecimento mais técnico, e resolvi aprender mais sobre como o trabalho era desenvolvido fora do Brasil. Fui trabalhar em uma empresa de consultoria na Holanda e lá inicie o "projeto Singulari". Aprendi o máximo que pude, me envolvi em vários projetos e quando voltei, organizei as ideias e reuni alguns profissionais da área. Em abril de 2012 a Singulari saiu do papel e assinou o primeiro contrato de prestação de serviços. CIRCUITO: Quais foram seus principais desafios e as principais conquistas? Luciana: Além dos desafios naturais de empreender, escolhi atuar em um mercado que é mais comumente conduzido por homens e com mais idade. Passar segurança de a Singulari poder realizar um trabalho sério e com qualidade foi um grande desafio inicial. As principais conquistas estão associadas à fidelização dos clientes. Comemoramos todas as vezes que um pequeno projeto vai ganhando corpo e que novos serviços dentro da mesma empresa são demandados. g SOBRE A SINGULARI A Singulari é uma empresa de consultoria empresarial amazonense com expertise internacional. Fundada em 18 de abril de 2012, o foco de trabalho é desenvolvimento de pessoas e de cultura organizacional, oferecendo serviços como Teambuilding; Escola de Líderes, Gestão de desempenho, Pesquisa de clima e cultura organizacionais; Desenvolvimento de Missão, Visão e Valores; Coaching; Headhunting. De acordo com Luciana, o maior diferencial competitivo é a equipe. Busquei montar um time que combinasse excelente formação acadêmica com sólida expe - riência profissional. E, hoje, contamos com um time de profissionais com formação em Psicologia, Administração, Direito, Serviço Social, Educação Física e Letras. Jovens consultores entrando no mercado e consultoras com mais de 30 anos de experiência, explica. Luciana Nogueira Minev Circuito 13

14 Entrevista SOBRE A PARA GUARDAR A Para Guardar é uma empresa de serviço de aluguel de espaço físico para armazenagem de mercadorias, bens, móveis, etc., tanto para pessoa física quanto jurídica. A modalidade self-storage é um tipo de armazenagem onde se aluga pequenos espaços de maneira temporária. O cliente guarda e tranca seus bens e somente ele tem a chave e acesso ao espaço. A Para Guardar tem contratos de locação flexíveis, de prazos curtos e reno - vados mensalmente. Oferece box de 2,1m² até 27,6m². De maneira geral, para cada 10m² de residência, o cliente precisará de 1m² de box. Dá para armazenar 80 caixas de documentos em 1m² no box de 2,5m de altura, e mercadorias de um container de 20 pés cheio cabem nos boxes de 18m². ENTREVISTA OS DESAFIOS DO JOVEM EMPREENDEDOR JOSÉ BENCHIMOL PARA GUARDAR CIRCUITO: Quais são as características que moldam um jovem empreendedor? O que você acha importante que os jovens tenham que ter como característica para se tornarem empreendedores? José: Primeiro de tudo, tem que ter um apetite grande para o risco. A maior parte das empresas fecha depois de dois ou três anos de existência. Então, a atividade empreendedora inspira uma atividade de alto risco. É preciso ter esse apetite para o risco e ter ferramentas para administrar esses riscos. Essas ferramentas são basicamente, você estar preparado, ter pessoas que lhe orientem a tomar a decisão certa, você fazer a sua lição de casa, estudando o mercado em que você vai atuar, qual área/nicho dentro desse mercado você vai atuar, definindo de que maneira você vai estruturar sua empresa internamente, qual a cultura interna que deve implantar...então, basicamente passa por ter um apetite pelo risco e um apetite para estar desvendando os desafios associados ao empreendedorismo. CIRCUITO: Você está falando dos desafios. Quais são as dificuldades encontradas na maioria das vezes? José: A principal, eu diria, para o empreendedor na sua primeira empresa é a dificuldade de entender o ecossistema em que está se envolvendo: como é que funcionam as leis - leis tributárias, leis trabalhistas, leis municipais, etc.; como funciona o plano diretor da cidade onde você pode localizar sua empresa; quem serão seus fornecedores como saber identificar os fornecedores corretos? Esse é um trabalho bastante difícil; definir quem serão as pessoas a compor a equipe que características essas pessoas têm que ter para desempenhar suas funções adequadamente; depois vem a questão da divulgação - quem é o seu cliente, como ele se comporta, quais meios vai utilizar para atingir aquele cliente, quais os meios de marketing que são mais eficientes; entre muitas outras coisas. Uma empresa nova não tem histórico, então você acaba tendo que aprender com os erros. O maior obstáculo é exatamente esse, sem histórico, não há certezas, gerando os riscos. Desatar esses nós, muitas vezes com recursos limitados, eu diria que é o principal desafio. Circuito 14

15 ESPECIAL BRASIL José Benchimol CIRCUITO: Quais são as dicas e orientações que você daria aos jovens que estão com 17, 18 anos, o que eles deveriam focar, o que eles deveriam buscar para serem jovens empreendedores? José: Acho que o nível de empreendedorismo dos jovens brasileiros está maior do que nos jovens lá fora. Apesar de ser bonito, é muito mais difícil ser empreendedor, pois falta a expe - riência. Eu diria que, uma sugestão, seria trabalhar em outras empresas para adicionar experiência em sua formação, antes de se tornar empreendedor. CIRCUITO: Como foi o seu pensamento para construir a Para Guardar? Como você fez o planejamento? José: Eu sempre tive esse desejo de montar um negócio próprio. Durante meu mestrado nos Estados Unidos, tive várias ideias que juntavam uma necessidade mercado (um negócio novo) com minhas competências, surgindo a ideia da Para Guardar. Ao longo do processo, tive a oportunidade de discutir com professores e com colegas que já tinham alguma experiência com este serviço, que é bastante novo no Brasil, mas que é comum nos Estados Unidos. Com base nas minhas pesquisas e o conselho pessoas que eu considero relevantes, surgiu a base da empresa. Iniciei o processo de abertura de empresa e todo trâmite burocrático durante minhas férias no Brasil. Fiz uma pesquisa para definir a localização apropriada para meu empreendimento, e iniciamos a parte de identidade visual, com criação de logomarca e desenvolvimento de materiais gráficos e de vendas, como o site da empresa. Quando voltei para os EUA, comecei a escrever os processos, de como deveria ser a rotina, como faria a locação, os contratos de aluguel, etc., a parte de operacionalização. Quando finalizei o mestrado, voltei ao Brasil já para administrar a empresa, que teve início em 18 de dezembro de CIRCUITO: Como é um serviço novo e não tem concorrente direto aqui no Amazonas, quais são os desafios encontrados? José: Quando você é o primeiro em um segmento, você fica sendo a referência. O ruim disso é que você tem a inexperiência e não pode aprender com outros. Os serviços que oferecemos são bem resumidos. Alugamos espaços para armazenagem, tanto para pessoa física quanto pessoa jurídica. São nossos clientes pessoas que estão em mudança, que não tem mais espaço em casa ou que estão em período de transição, como reformas, divórcio, etc., e pessoa jurídica, com espaço para armazenar mercadorias. Antes de chegarmos, as pessoas guardavam suas coisas de alguma maneira. O nosso serviço agrega utilidade, permite que as pessoas tenham mais espaço em suas casas e aproveitem melhor esses espaços, tenham conveniência maior na sua mudança, então, nossa concorrência está na cultura das pessoas. Nosso desafio hoje é mostrar que existe em Manaus uma empresa que loca espaços para guardar suas coisas, mudando a cultura existente no mercado. g Circuito 15

16 ESPECIAL Minhas primeiras ideias sobre a cidade de Manaus surgiram quando ouvi a história da construção do famoso Teatro Amazonas. Agora estou ansioso para saber mais a respeito das muitas empresas estrangeiras que estão na cidade e por que elas acham Manaus um lugar tão atraente. por Kleber Góes fotos HSM ENTREVISTA EXCLUSIVA PHILIP KOTLER Philip Kotler, nascido em Chicago, Estados Unidos, professor de Marketing Internacional na Kellogg School of Management, da Northwestern University é, antes de tudo, um estudioso. Mestre em Economia, pela Universidade de Chicago, Ph.D., também em Economia, pelo MIT - Massachusetts Institute of Technology, Pós-Doutor em matemática, pela Universidade de Harvard, e em Ciência Comportamental, pela Universidade de Chicago, reconhecido internacionalmente como o pai do Marketing moderno e maior especialista em marketing estratégico do mundo. Ele foi eleito o primeiro líder no pensamento de Marketing pela American Marketing Association e chamado o fundador da moderna gestão de Marketing no Handbook of Management Thinking. Philip Kotler detém um grande número de prêmios recebidos, incluindo o da American Marketing Association s (AMA), como Distinguished Marketing Educator Award e Distinguished Educator Award da Academy of Marketing Science. A instituição Sales and Marketing Executives International (SMEI) nomeou-o Homem de Marketing do Ano, e a American Marketing Association o descreveu como "o mais influente homem de marketing de todos os tempos". Circuito 16

17

18 ESPECIAL O professor Kotler já escreveu mais de 50 livros sobre todos os aspectos de Marketing, incluindo o mais amplamente utilizado livro de marketing, obrigatório na pós-graduação das escolas de negócios em todo o mundo, intitulado Marketing Management, agora em sua 14ª edição. Ele também já publicou mais de 150 artigos em revistas líderes, incluindo Harvard Business Review, Sloan Management Review, Journal of Marketing, Management Science e o Journal of Business Strategy. Kotler vem prestando consultoria para grandes empresas como a IBM, General Electric, AT & T, Honeywell, Bank of America, Merck e tantas outras nas áreas de Estratégia de Marketing e Planejamento, Organização de Marketing e Marketing Internacional. Ele também tem prestado consultoria a governos sobre como desenvolver e posicionar as habilidades e os recursos de suas empresas para a competição global. Philip Kotler é considerado a quarta pessoa mais influente dos negócios, seguindo Peter Drucker, Bill Gates e Jack Welch, em uma pesquisa com executivos de 25 países, feita pelo Financial Times e classificado como o sexto e o mais influente pensador de negócios, seguindo Gary Hamel, Friedman, Bill Gates, Malcolm Gladwell e Howard Gardner, pelo Wall Street Journal. O professor tem recebido muitos títulos e homenagens, e já recebeu, entre as várias manifestações de reconhe - cimento ao seu trabalho, até um selo postal comemorativo ao seu aniversário. FRASES DO GURU Marketing é a arte de criar um verdadeiro valor ao cliente. É a arte de ajudar o seu cliente a se tornar melhor. É mais importante fazer o que é estrategicamente correto do que o que é imediatamente rentável. O departamento de Pesquisa e Desenvolvimento - e não o departamento de vendas - deve ser responsabilizado pelo sucesso de um produto. Circuito 18

19 ESPECIAL Há muitos anos eu costumava ouvir a piada de que o Brasil é o país do futuro... e vai permanecer no futuro. Hoje em dia o Brasil é uma das maiores potências de negócios no mundo e está desenvolvendo uma crescente repu tação por seus produtos e serviços, assim como turismo. Os estudantes brasileiros deve riam identificar as indústrias e compa nhias com alto crescimento no Brasil e escolher cedo aquelas nas quais eles gostariam de trabalhar e, no tempo da graduação, eles estariam bem equipados para mostrar que eles são a pessoa certa para o trabalho. Circuito 19

20 ESPECIAL Seja uma causa e não apenas um negócio. Tenha uma missão maior.. Essa frase reflete o pensamento de um dos maiores pensadores de marketing e negócios do mundo, cujos ensinamentos são implementados pelas organizações há mais de duas décadas. Para Kotler, reinventar-se é uma das palavras de ordem. O que se faz hoje pode ser melhorado, criando novos modelos de marketing que são mais eficientes do que os modelos padrão. Não basta ter a satisfação do cliente, é preciso encantá-lo, é preciso criar valor para manter a empresa competitiva. Saber se reinventar, oferecer mais e melhor é a diferença entre cometer os maus hábitos de empresas que vão à falência de empresas que estão em constante crescimento. Outro aspecto levantado por ele é que toda empresa é uma empresa de serviços. Não há empresas de produtos químicos, o que há é uma empresa de serviços químicos, porque, no final, o que importa é conquistar e manter os clientes satisfeitos e encantados com seus serviços. Para ele, cada empresa deve saber diferenciar seu produto, seu serviço, de tal forma, que se torne único. Isso gera valor para o cliente e para a empresa. Kotler defende a análise preditiva em Marketing, com a obtenção de conhecimento suficiente sobre um indivíduo para saber sua probabilidade de compra, direcionando os esforços para grupos de interesse. A análise preditiva é uma tecnologia que aprende com a experiência (de dados) para prever o comportamento futuro dos indivíduos, a fim de tomar melhores decisões. Pela análise preditiva, pode-se descobrir padrões no passado que podem sinalizar o que está por vir. Pode-se identificar oportunidades de mercado e trabalhar nichos específicos, segmentando a comunicação. O mundo está coberto de informações úteis que podem ajudar planejamentos, inovação e estratégias. Com essas informações tratadas, quem sabe as empresas conheçam você mais profundamente e deixem de lhe enviar s de spans que só enchem sua caixa de correio eletrônico? FRASES DO GURU Você nunca deve ir para a batalha antes de ter vencido a guerra no papel. Eu prefiro melhorar o meu negócio a cada dia do que depender de um avanço a cada ano. Hoje você tem que correr mais rápido para ficar no mesmo lugar. O futuro não está à nossa frente. Isso já aconteceu. Os três F do marketing de serviços - ser rápido (FAST), flexível (FLEXIBLE) e amigável (FRIENDLY). Nas próximas páginas, você vai acompanhar uma entrevista exclusiva à REVISTA CIRCUITO, sobre gestão e marketing, enfocando sobre os erros mais graves das empresas, por que elas perdem mercado, obtenção de melhores resultados, ferramentas de marketing inovadoras, ações de marketing exemplares e até conselhos para quem está iniciando um negócio. Kotler estará em Manaus, pela primeira vez, no fim de agosto para uma conferência e com grande interesse em conhecer mais sobre as indústrias multinacionais que compõe o Polo Industrial de Manaus.

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010 Metodologia Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Através de e-survey - via web Público Alvo: Executivos de empresas associadas e não associadas à AMCHAM Amostra: 500 entrevistas realizadas Campo: 16

Leia mais

Guia definitivo de ferramentas de Planejamento para Micro Empreendedores Individuais

Guia definitivo de ferramentas de Planejamento para Micro Empreendedores Individuais Guia definitivo de ferramentas de Planejamento para Micro Empreendedores Individuais Introdução O Brasil já tem 4,7 milhões de microempreendedores individuais, segundo dados de janeiro de 2015 da Receita

Leia mais

SEMIPRESENCIAL 2013.1

SEMIPRESENCIAL 2013.1 SEMIPRESENCIAL 2013.1 MATERIAL COMPLEMENTAR II DISCIPLINA: GESTÃO DE CARREIRA PROFESSORA: MONICA ROCHA LIDERANÇA E MOTIVAÇÃO Liderança e Motivação são fundamentais para qualquer empresa que deseja vencer

Leia mais

CONSULTOR CARLOS MARTINS AÇAO EM MARKETING

CONSULTOR CARLOS MARTINS AÇAO EM MARKETING CONSULTOR CARLOS MARTINS CRIA - AÇAO EM MARKETING SUA EMPRESA Copyright Consultor Carlos Martins - Todos os direitos reservados wwwcarlosmartinscombr - consultor@carlosmartinscombr Como conquistar Clientes

Leia mais

quarta-feira, 8 de outubro de 14

quarta-feira, 8 de outubro de 14 Internet 2G no Brasil Mais usada que 3G... Em julho, o 2G era usado em 48,5% dos celulares, nº menor que o registrado em janeiro (57,8%) 3G passou de 35,9% em janeiro para 44,3% em julho Tecnologia 4G

Leia mais

Business & Executive Coaching - BEC

Business & Executive Coaching - BEC IAC International Association of Coaching Empresas são Resultados de Pessoas José Roberto Marques - JRM O Novo Cenário no Mundo dos Negócios O mundo dos negócios está cada vez mais competitivo e as empresas

Leia mais

NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES

NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES Por cerca de 50 anos, a série Boletim Verde descreve como a John Deere conduz os negócios e coloca seus valores em prática. Os boletins eram guias para os julgamentos e as

Leia mais

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio CBA Comércio Internacional Comércio Internacional A intensidade das relações comerciais e produtivas das empresas no atual contexto econômico tem exigido das empresas um melhor entendimento da complexidade

Leia mais

Oito passos para uma carreira extraordinária

Oito passos para uma carreira extraordinária Oito passos para uma carreira extraordinária Procurar tornar-se apto para o mercado de trabalho sem saber qual o objetivo desejado é a melhor forma de conseguir bons empregos e uma eterna infelicidade.

Leia mais

PESM PROJETO EU SOU DE MINAS PROPOSTA DE PARCERIA

PESM PROJETO EU SOU DE MINAS PROPOSTA DE PARCERIA PESM PROJETO EU SOU DE MINAS PROPOSTA DE PARCERIA Prestação de Serviço de Configuração de Portal de Cidade VISÃO GERAL PESM Projeto Eu Sou de Minas tem a satisfação de enviar esta proposta de serviços

Leia mais

InformationWeek Brasil

InformationWeek Brasil Fotos: Ricardo Benichio EM TEMP Roberta Prescott 10 Casas Bahia inaugura loja virtual mais tarde que outros varejistas, mas seu CIO, Frederico Wanderley, quer ter na internet o mesmo sucesso da rede física

Leia mais

O PT se afastou. De suas origens. Eduardo suplicy: O jornalismo impresso tem futuro? As experiências que deram certo pelo mundo

O PT se afastou. De suas origens. Eduardo suplicy: O jornalismo impresso tem futuro? As experiências que deram certo pelo mundo política, cultura & negócios eduardo tessler O jornalismo impresso tem futuro? desafio Brasil As experiências que deram certo pelo mundo Brasil Nuno Ramos: Faço arte para surpreender, não para escandalizar

Leia mais

Business & Executive Coaching - BEC

Business & Executive Coaching - BEC IAC International Association of Coaching Empresas são Resultados de Pessoas José Roberto Marques - JRM O Atual Cenário no Mundo dos Negócios O mundo dos negócios está cada vez mais competitivo, nesse

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014 #5 EMPREENDEDORISMO Outubro de 2014 ÍNDICE 1. Apresentação 2. Definição 3. Empreendedorismo: necessidade ou oportunidade? 4. Características do comportamento empreendedor 5. Cenário brasileiro para o empreendedorismo

Leia mais

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio CBA Comércio Internacional Comércio Internacional A intensidade das relações comerciais e produtivas das empresas no atual contexto econômico tem exigido das empresas um melhor entendimento da complexidade

Leia mais

OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES

OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES BOLETIM TÉCNICO MAIO/2011 OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES Um empresário da indústria se assustou com os aumentos de custo e de impostos e reajustou proporcionalmente seus preços. No mês seguinte,

Leia mais

Como lutar em uma guerra de preços

Como lutar em uma guerra de preços Como lutar em uma guerra de preços Juliana Kircher Macroplan Prospectiva, Estratégia e Gestão Julho de 2006 Guerras de preços já são fatos concretos que ocorrem frequentemente em todos os mercados, seja

Leia mais

Resumo Executivo. Modelo de Planejamento. Resumo Executivo. Resumo Executivo. O Produto ou Serviço. O Produto ou Serviço 28/04/2011

Resumo Executivo. Modelo de Planejamento. Resumo Executivo. Resumo Executivo. O Produto ou Serviço. O Produto ou Serviço 28/04/2011 Resumo Executivo Modelo de Planejamento O Resumo Executivo é comumente apontada como a principal seção do planejamento, pois através dele é que se perceberá o conteúdo a seguir o que interessa ou não e,

Leia mais

Uma nova forma de pensar a gestão de capital humano Fevereiro 2014

Uma nova forma de pensar a gestão de capital humano Fevereiro 2014 10Minutos Gestão de pessoas HR Analytics Uma nova forma de pensar a gestão de capital humano Fevereiro 2014 Destaques Menos de 30% dos CEOs recebem relatórios completos e confiáveis sobre sua força de

Leia mais

Usuários na web Em 2015, a internet alcançará 42,4% da população...

Usuários na web Em 2015, a internet alcançará 42,4% da população... Usuários na web Em 2015, a internet alcançará 42,4% da população... Serão mais de 3 bi de usuários Crescimento no próximo ano será de 6,2% Pela 1ª vez, a internet vai alcançar mais de 2 em cada 5 pessoas

Leia mais

Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM

Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM É COM GRANDE PRAZER QUE GOSTARÍAMOS DE OFICIALIZAR A PARTICIPAÇÃO DE PAUL HARMON NO 3º SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE BPM!! No ano passado discutimos Gestão

Leia mais

Marketing de Conteúdo para iniciantes CONTENT STRATEGY

Marketing de Conteúdo para iniciantes CONTENT STRATEGY Marketing de Conteúdo para iniciantes CONTENT STRATEGY A Rock Content ajuda você a montar uma estratégia matadora de marketing de conteúdo para sua empresa. Nós possuimos uma rede de escritores altamente

Leia mais

Gestão por Valores. com foco em Liderança. Carlos Legal

Gestão por Valores. com foco em Liderança. Carlos Legal Gestão por Valores com foco em Liderança Carlos Legal Quem somos Resultados melhores podem ser alcançados de forma sustentável. Pessoas melhores, geram lideranças e organizações melhores Nosso propósito

Leia mais

Expectativas e desafios do jovem no mercado de trabalho:

Expectativas e desafios do jovem no mercado de trabalho: ASSUNTO em pauta Expectativas e desafios do jovem no mercado de trabalho: comunicação entre jovem e empresa Velychko 30 REVISTA DA ESPM maio/junho de 2011 O jovem quer seu espaço no mercado de trabalho.

Leia mais

CURSO: Superior de Tecnologia em Gestão Comercial Disciplina: Sistemas de Informação no Varejo Período Letivo: 3º Semestre Professora: Mariana Alves

CURSO: Superior de Tecnologia em Gestão Comercial Disciplina: Sistemas de Informação no Varejo Período Letivo: 3º Semestre Professora: Mariana Alves TI CURSO: Superior de Tecnologia em Gestão Comercial Disciplina: Sistemas de Informação no Varejo Período Letivo: 3º Semestre Professora: Mariana Alves Fuini Pergunta 3: o que a TI abrange e como ela é

Leia mais

Honrar os valores, uma questão de integridade

Honrar os valores, uma questão de integridade Honrar os valores, uma questão de integridade Por: P.A. (Paulo Alvarenga) Nos últimos congressos de desenvolvimento profissional que participei, o que mais tenho escutado é sobre a importância dos valores.

Leia mais

SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL

SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL 1 SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL 1. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL (SIG) Conjunto integrado de pessoas, procedimentos, banco de dados e dispositivos que suprem os gerentes e os tomadores

Leia mais

CBA PERFIL DO ALUNO. Certification in Business Administration

CBA PERFIL DO ALUNO. Certification in Business Administration CBA Pós - Graduação QUEM SOMOS PARA PESSOAS QUE TÊM COMO OBJETIVO DE VIDA ATUAR LOCAL E GLOBALMENTE, SER EMPREENDEDORAS, CONECTADAS E BEM POSICIONADAS NO MERCADO, PROPORCIONAMOS UMA FORMAÇÃO DE EXCELÊNCIA,

Leia mais

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching,

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, 5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, Consultoria, Terapias Holísticas e Para Encher Seus Cursos e Workshops. Parte 01 Como Se Posicionar e Escolher os Clientes dos Seus Sonhos 1 Cinco Etapas Para

Leia mais

2013 setembro Ed. 4 1

2013 setembro Ed. 4 1 2013 setembro Ed. 4 1 Editorial O mundo organizacional está sempre atrás de alguma novidade no mercado. Por vezes, se esquece de que a simplicidade resolve a maior parte dos problemas e quer saber da última

Leia mais

CRM - gestão eficiente do relacionamento com os clientes

CRM - gestão eficiente do relacionamento com os clientes CRM - gestão eficiente do relacionamento com os clientes Mais que implantação, o desafio é mudar a cultura da empresa para documentar todas as interações com o cliente e transformar essas informações em

Leia mais

Aos 45 anos, Carlos Ferreirinha é fundador e presidente da

Aos 45 anos, Carlos Ferreirinha é fundador e presidente da Business Batemos um papo com o primeiro gestor de luxo do Brasil e ele abriu o jogo sobre o avanço do mercado em solo nacional, seus projetos e se ainda está em forma para exercer tudo isso. texto LUCAS

Leia mais

APRESENTAÇÃO MISSÃO VISÃO

APRESENTAÇÃO MISSÃO VISÃO 1 2 INSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO A BR House gera resultado de forma integrada e eficiente. Presente em Brasília, Goiânia, Cuiabá e Campo Grande com um forte time de corretores atuando pela empresa. Especialistas

Leia mais

COMO A GIR NA CRI $E 1

COMO A GIR NA CRI $E 1 1 COMO AGIR NA CRI$E COMO AGIR NA CRISE A turbulência econômica mundial provocada pela crise bancária nos Estados Unidos e Europa atingirá todos os países do mundo, com diferentes níveis de intensidade.

Leia mais

Start Up. Relatório: Startups

Start Up. Relatório: Startups Start Up Introdução O conceito de inovação é amplamente utilizado no setor de tecnologia para aperfeiçoar a gestão de negócios, gerar maior rentabilidade em projetos e dinamizar os recursos existentes

Leia mais

www.coachnetwork.com.br

www.coachnetwork.com.br www.coachnetwork.com.br (55) 3333-3033 Seja um mestre na arte de liderar pessoas e inspirá-las rumo ao sucesso. OBJETIVOS Oferecer uma ampla gama de conhecimentos para estruturar metodologias de sucesso

Leia mais

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice 2 Índice Introdução... 3 Passo 1 Entender o que é Venda Online e E-commerce... 4 Passo 2 Entender o Mercado de Comércio Eletrônico... 5 Passo 3 Canais de Venda... 6 Passo 4 Como identificar uma Boa Plataforma

Leia mais

Vida Universitária Maio 2007 Ano XVII Nº 172

Vida Universitária Maio 2007 Ano XVII Nº 172 Mercado exige velocidade na atualização profissional Trabalhadores precisam estar capacitados para solucionar problemas, ser criativos e flexíveis e gostar da sua atividade A competição pela colocação

Leia mais

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce...

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce... Sumário Bleez Agência Digital... 3 Quem sou eu... 4 Introdução... 5 Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7 Quem está comprando no ecommerce... 10 Por que os brasileiros estão comprando mais... 12 O

Leia mais

As cinco disciplinas

As cinco disciplinas As cinco disciplinas por Peter Senge HSM Management julho - agosto 1998 O especialista Peter Senge diz em entrevista exclusiva que os programas de aprendizado podem ser a única fonte sustentável de vantagem

Leia mais

Cinco principais qualidades dos melhores professores de Escolas de Negócios

Cinco principais qualidades dos melhores professores de Escolas de Negócios Cinco principais qualidades dos melhores professores de Escolas de Negócios Autor: Dominique Turpin Presidente do IMD - International Institute for Management Development www.imd.org Lausanne, Suíça Tradução:

Leia mais

Estratégias para aumentar a rentabilidade. Indicadores importantes. Controle a produção. Reduza filas. Trabalhe com promoções.

Estratégias para aumentar a rentabilidade. Indicadores importantes. Controle a produção. Reduza filas. Trabalhe com promoções. Uma publicação: Estratégias para aumentar a rentabilidade 04 Indicadores importantes 06 Controle a produção 08 Reduza filas 09 Trabalhe com promoções 10 Conclusões 11 Introdução Dinheiro em caixa. Em qualquer

Leia mais

% Das estratégias fracassam por ineficácia em sua execução. Raramente fracassam por falta de inteligência ou visão. DEFININDO A DIREÇÃO CAPITULO:1 NÃO É A ESTRATÉGIA UM FUTURO QUE MAL CONSEGUEM VISLUMBRAR

Leia mais

Retrato do mercado bancário para RH

Retrato do mercado bancário para RH Retrato do mercado bancário para RH Oportunidades X Ameaças - Uma visão panorâmica CLAUDIO PORTO PRESIDENTE DA MACROPLAN Bancarização como uma janela de oportunidades, o apagão de talentos como barreira

Leia mais

O QUE É COACHING? O QUE É COACHING? INSTRUMENTO PODEROSO PARA MELHOR PERFORMANC E RESULTADOS QUAIS CONTEXTOS PODEMOS UTLIZAR O COACHING?

O QUE É COACHING? O QUE É COACHING? INSTRUMENTO PODEROSO PARA MELHOR PERFORMANC E RESULTADOS QUAIS CONTEXTOS PODEMOS UTLIZAR O COACHING? O QUE É COACHING? INSTRUMENTO PODEROSO PARA MELHOR PERFORMANC E RESULTADOS QUAIS CONTEXTOS PODEMOS UTLIZAR O COACHING? COMO SURGIU E ESTÁ EVOLUINDO O COACHING? QUAIS SÃO OS PRINCIPAIS BENEFÍCIOS? IMPORTÂNCIA

Leia mais

w w w. e t e r n y o n. c o m 2014, All Rights Reserved, Eternyon, LLC

w w w. e t e r n y o n. c o m 2014, All Rights Reserved, Eternyon, LLC w w w. e t e r n y o n. c o m Quem Somos A ETERNYON é uma empresa de Publicidade e Tecnologias, que utiliza o Marketing Multinível como meio de expansão Global de negócios, através de nossos Associados

Leia mais

Unidade IV. Gerenciamento de Produtos, Serviços e Marcas. Prof a. Daniela Menezes

Unidade IV. Gerenciamento de Produtos, Serviços e Marcas. Prof a. Daniela Menezes Unidade IV Gerenciamento de Produtos, Serviços e Marcas Prof a. Daniela Menezes Tipos de Mercado Os mercados podem ser divididos em mercado de consumo e mercado organizacional. Mercado de consumo: o consumidor

Leia mais

Por dentro do mercado de médio porte: Uma perspectiva para 2011

Por dentro do mercado de médio porte: Uma perspectiva para 2011 Janeiro 2011 Exclusivamente para empresas de médio porte Por dentro do mercado de médio porte: Uma perspectiva para 2011 Relatório para o Brasil Panorama global: Pesquisa com 2.112 líderes do mercado de

Leia mais

OS TRÊS PILARES DO LUCRO PEQUENA E MÉDIA EMPRESA

OS TRÊS PILARES DO LUCRO PEQUENA E MÉDIA EMPRESA BOLETIM TÉCNICO MAIO/2011 OS TRÊS PILARES DO LUCRO PEQUENA E MÉDIA EMPRESA Um empresário da indústria se assustou com os aumentos de custo e de impostos e reajustou proporcionalmente seus preços. No mês

Leia mais

Liderança com foco em resultados

Liderança com foco em resultados Liderança com foco em resultados Como produzir mais, em menos tempo e com maior qualidade de vida. Introdução O subtítulo deste texto parece mais uma daquelas promessas de milagres. Independentemente de

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA II

ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA II ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA II Atividades Gerenciais de MKT Produto Testar Novos Produtos; Modificar Atuais; Eliminar; Política de Marcas; Criar Satisfação e Valor; Embalagem. 2 1 Atividades Gerenciais

Leia mais

IMPACTOS DA LOGÍSTICA DE SERVIÇOS NA ECONOMIA BRASILEIRA E A CONTRIBUIÇÃO DAS FACULDADES

IMPACTOS DA LOGÍSTICA DE SERVIÇOS NA ECONOMIA BRASILEIRA E A CONTRIBUIÇÃO DAS FACULDADES IMPACTOS DA LOGÍSTICA DE SERVIÇOS NA ECONOMIA BRASILEIRA E A CONTRIBUIÇÃO DAS FACULDADES Ednilson Zanini 1 O serviço logístico tornou-se uma ferramenta importante para o desenvolvimento de relacionamentos

Leia mais

Marco Antonio P. Gonçalves. Planejamento Estratégico na Advocacia + Workshop. 22 de Setembro, 2012

Marco Antonio P. Gonçalves. Planejamento Estratégico na Advocacia + Workshop. 22 de Setembro, 2012 Marco Antonio P. Gonçalves Planejamento Estratégico na Advocacia + Workshop 22 de Setembro, 2012 Marco Antonio P. Gonçalves Administrador especializado em estratégias de marketing e desenvolvimento de

Leia mais

SOU UMA STARTUP, E AGORA? Descubra algumas respostas para o futuro da sua Startup baseado nas lições do Empreendedorismo

SOU UMA STARTUP, E AGORA? Descubra algumas respostas para o futuro da sua Startup baseado nas lições do Empreendedorismo SOU UMA STARTUP, E AGORA? Descubra algumas respostas para o futuro da sua Startup baseado nas lições do Empreendedorismo Empreendedor Empresas Micro e Pequenas Empreender Empreendedorismo Cultural Ação

Leia mais

EMPREENDIMENTO COMERCIAL: QUAL O MELHOR CAMINHO A SEGUIR EM SEUS MOMENTOS INICIAIS? RESUMO

EMPREENDIMENTO COMERCIAL: QUAL O MELHOR CAMINHO A SEGUIR EM SEUS MOMENTOS INICIAIS? RESUMO FÁBIO RODRIGO DE ARAÚJO VALOIS Discente do Curso de Ciências Contábeis - UFPA RESUMO Não é de uma hora pra outra que um comerciante abre as portas de seu empreendimento. Se fizer deste modo, com certeza

Leia mais

EMPREENDEDORISMO PASSOS PARA ABRIR UM NEGÓCIO

EMPREENDEDORISMO PASSOS PARA ABRIR UM NEGÓCIO EMPREENDEDORISMO PASSOS PARA ABRIR UM NEGÓCIO Odilio Sepulcri odilio@emater.pr.gov.br www.odiliosepulcri.com.br www.emater.pr.gov.br Telefone: (41) 3250-2252 ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO 1. Perfil para empreender

Leia mais

Plano de Negócios. Fast Break

Plano de Negócios. Fast Break Plano de Negócios Fast Break Aislan Amadio 1 José Marcio Alves Thomé 2 Valéria Figueiredo 3 Vagner Roberto da Costa 4 Maria Eliza Zandarim 5 Resumo O presente estudo tem como objetivo demonstrar e de estruturar

Leia mais

COMÉRCIO ELETRÔNICO UM BREVE HISTÓRICO

COMÉRCIO ELETRÔNICO UM BREVE HISTÓRICO UM BREVE HISTÓRICO COMÉRCIO ELETRÔNICO O comércio sempre existiu desde que surgiram as sociedades. Ele é dito como o processo de comprar, vender e trocar produtos e serviços. Inicialmente praticado pelos

Leia mais

POLÍTICA EMRPESARIAL DA INT.4

POLÍTICA EMRPESARIAL DA INT.4 POLÍTICA EMRPESARIAL DA INT.4 INTRODUÇÃO Desde que foi fundada em 2001, a ética, a transparência nos processos, a honestidade a imparcialidade e o respeito às pessoas são itens adotados pela interação

Leia mais

QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS!

QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS! QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS! 4 Introdução 5 Conheça seu público 5 Crie uma identidade para sua empresa 6 Construa um site responsivo 6 Seja direto, mas personalize o máximo possível

Leia mais

Formação, Qualificação e Empregabilidade. Tema Central: Your Ticket to the Future Potencialização das Competências Secretariais

Formação, Qualificação e Empregabilidade. Tema Central: Your Ticket to the Future Potencialização das Competências Secretariais Formação, Qualificação e Empregabilidade Tema Central: Your Ticket to the Future Potencialização das Competências Secretariais Queremos que os olhares do mundo voltem para a visibilidade e valorização

Leia mais

AUTORAS ROSANGELA SOUZA

AUTORAS ROSANGELA SOUZA AUTORAS ROSANGELA SOUZA Especialista em Gestão Empresarial com MBA pela FGV e Professora de Estratégia na Pós-Graduação da FGV. Desenvolveu projetos acadêmicos sobre segmento de idiomas, planejamento estratégico

Leia mais

Alta Performance Como ser um profissional ou ter negócios de alta performance

Alta Performance Como ser um profissional ou ter negócios de alta performance Sobre o autor: Meu nome é Rodrigo Marroni. Sou apaixonado por empreendedorismo e vivo desta forma há quase 5 anos. Há mais de 9 anos já possuía negócios paralelos ao meu trabalho e há um pouco mais de

Leia mais

5ª EDIÇÃO. Agenda. 08 de Outubro 2015. Hotel Green Place Flat São Paulo, SP. Realização: www.corpbusiness.com.br

5ª EDIÇÃO. Agenda. 08 de Outubro 2015. Hotel Green Place Flat São Paulo, SP. Realização: www.corpbusiness.com.br Agenda 5ª EDIÇÃO 08 de Outubro 2015 Hotel Green Place Flat São Paulo, SP Realização: www.corpbusiness.com.br Patrocínio Gold Patrocínio Bronze Apoio Realização: APRESENTAÇÃO COMO ESTABELECER UM PROGRAMA

Leia mais

Número 7 - Setembro / 2011. As melhores empresas para trabalhar em Campinas e região RECURSOS HUMANOS

Número 7 - Setembro / 2011. As melhores empresas para trabalhar em Campinas e região RECURSOS HUMANOS Número 7 - Setembro / 2011 As melhores empresas para trabalhar em Campinas e região RECURSOS HUMANOS Índice Estágio e trainee: rumo à evolução 18 A força da criatividade 10 Apoio para crescer 28 Editorial

Leia mais

CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO

CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM ECOTURISMO Objetivo: O Curso tem por objetivo capacitar profissionais, tendo em vista a carência de pessoas qualificadas na área do ecoturismo, para atender,

Leia mais

Módulo 4.1 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

Módulo 4.1 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Módulo 4.1 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO EVOLUÇÃO DA COMPETIÇÃO NOS NEGÓCIOS 1. Revolução industrial: Surgimento das primeiras organizações e como consequência, a competição pelo mercado de commodities. 2.

Leia mais

Desenvolvendo Pessoas para Servirem com Excelência. Instituto Crer & Ser. A excelência honra a Deus!

Desenvolvendo Pessoas para Servirem com Excelência. Instituto Crer & Ser. A excelência honra a Deus! Palestras, Treinamentos e Consultoria para Gestão Ministerial Desenvolvendo Pessoas para Servirem com Excelência Instituto Crer & Ser A excelência honra a Deus! Quem somos O Instituto Crer & Ser nasceu

Leia mais

Perspectivas para o setor de TI. BM&F Bovespa. 26 de junho de 2013 BRASSCOM

Perspectivas para o setor de TI. BM&F Bovespa. 26 de junho de 2013 BRASSCOM Perspectivas para o setor de TI BM&F Bovespa 26 de junho de 2013 BRASSCOM Associados BRASSCOM 1 Mercado Mundial de TI Crescimento Mercado TI BRASIL (2012/2011) 10,8% Crescimento Mercado TI Mundo (2012/2011)

Leia mais

Entrepreneurship Lab Inovação, Desempenho e Crescimento Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração

Entrepreneurship Lab Inovação, Desempenho e Crescimento Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

O Cliente ao alcance do mouse!

O Cliente ao alcance do mouse! Capítulo 11 e-crc uma importante ferramenta de marketing A minha vivência, como consultor, pôs a descoberto duas das grandes dores de cabeça dos empresários a prospecção e comunicação com clientes. Todos,

Leia mais

CADDAN EMPRESARIAL Daniela Leluddak

CADDAN EMPRESARIAL Daniela Leluddak CADDAN EMPRESARIAL Daniela Leluddak Caddan Empresarial tem como foco o desenvolvimento de pessoas dentro dos sistemas organizacionais. Atuação da Caddan Campos da Consultoria: Programas de Sucessão; Auxílio

Leia mais

MBA EXECUTIVO ESTRATÉGIA, LIDERANÇA E INOVAÇÃO MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL

MBA EXECUTIVO ESTRATÉGIA, LIDERANÇA E INOVAÇÃO MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL MBA EXECUTIVO ESTRATÉGIA, LIDERANÇA E INOVAÇÃO MANUAL DO CANDIDATO Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. Informações: Central de Candidatos: (51) 3218-1400

Leia mais

Entrevista Inovação em dose dupla

Entrevista Inovação em dose dupla Entrevista Inovação em dose dupla Por Juçara Pivaro Foto: L. R.Delphim Uma importante aquisição no setor de empresas fornecedoras de ingredientes ocorreu em 2012, unindo duas grandes forças desse mercado,

Leia mais

Sua Introdução ao. Mundo Digital. Para GERAR NEGÓCIOS CONNECTCOMDIGITAL.COM.BR

Sua Introdução ao. Mundo Digital. Para GERAR NEGÓCIOS CONNECTCOMDIGITAL.COM.BR #SEJADIGITAL Sua Introdução ao Mundo Digital Para GERAR NEGÓCIOS CONNECTCOMDIGITAL.COM.BR #SejaDigital INTRODUÇÃO Nível Iniciante Para a sua introdução no mundo digital vamos abordar alguns aspectos gerais

Leia mais

Horton International Brasil Al. dos Maracatins, 992-A 11º andar, conj. 111 e 112 04089-001 São Paulo SP Tel: (+55 11) 5533-0322 www.horton.com.

Horton International Brasil Al. dos Maracatins, 992-A 11º andar, conj. 111 e 112 04089-001 São Paulo SP Tel: (+55 11) 5533-0322 www.horton.com. HORTON INTERNATIONAL EXECUTIVE SEARCH MANAGEMENT CONSULTANTS Horton International Brasil Al. dos Maracatins, 992-A 11º andar, conj. 111 e 112 04089-001 São Paulo SP Tel: (+55 11) 5533-0322 www.horton.com.br

Leia mais

FUNDAMENTOS DA GESTÃO

FUNDAMENTOS DA GESTÃO Um dos pilares da Ultrapar está no virtuoso relacionamento que a companhia mantém com os diferentes públicos, graças a uma política baseada na ética, na transparência e no compartilhamento de princípios,

Leia mais

Choques Desequilibram a Economia Global

Choques Desequilibram a Economia Global Choques Desequilibram a Economia Global Uma série de choques reduziu o ritmo da recuperação econômica global em 2011. As economias emergentes como um todo se saíram bem melhor do que as economias avançadas,

Leia mais

Gostaria agora de passar a palavra ao Sr. Alexandre Afrange, que iniciará a apresentação. Por favor, Sr. Afrange pode prosseguir.

Gostaria agora de passar a palavra ao Sr. Alexandre Afrange, que iniciará a apresentação. Por favor, Sr. Afrange pode prosseguir. Operadora: Bom dia, senhoras e senhores. Sejam bem-vindos à teleconferência dos resultados referentes ao 2T08 da Le Lis Blanc. Estão presentes conosco o Sr. Alexandre Afrange, Presidente, e o Sr. Marcelo

Leia mais

Apostamos em quem acredita, confiamos em quem arrisca, e somos muito apaixonados por quem empreende. Por isso, criamos o B.I. Empreendedores!

Apostamos em quem acredita, confiamos em quem arrisca, e somos muito apaixonados por quem empreende. Por isso, criamos o B.I. Empreendedores! Empreendedores Apostamos em quem acredita, confiamos em quem arrisca, e somos muito apaixonados por quem empreende. Por isso, criamos o B.I. Empreendedores! Por meio de um método de aprendizagem único,

Leia mais

Este documento provê informação atualizada, e simples de entender, para o empreendedor que precisa iniciar ou avaliar suas operações online.

Este documento provê informação atualizada, e simples de entender, para o empreendedor que precisa iniciar ou avaliar suas operações online. Os segredos dos negócios online A Internet comercial está no Brasil há menos de 14 anos. É muito pouco tempo. Nesses poucos anos ela já mudou nossas vidas de muitas maneiras. Do programa de televisão que

Leia mais

AGENDA. 5ª Edição. Hotel Staybridge. Realização:

AGENDA. 5ª Edição. Hotel Staybridge. Realização: AGENDA 5ª Edição D? 06 de Maio de 2015 Hotel Staybridge Realização: w w w.c o r p b us i n e s s.c o m.b r Patrocínio Gold Patrocínio Bronze Apoio Realização: APRESENTAÇÃO C GESTÃO DE PESSOAS: DESAFIOS

Leia mais

SEJAM BEM VINDOS!!!! 1

SEJAM BEM VINDOS!!!! 1 SEJAM BEM VINDOS!!!! 1 SEJAM BEM VINDOS AO QUINTO SEMESTRE!!! 2 Nossos encontros AULÃO 3 Materiais da aula www.admvital.com/aulas 4 Critérios AV I: Redação Critérios AV I: Redação Serão descontados pontos

Leia mais

O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade. O Administrador na Gestão de Pessoas

O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade. O Administrador na Gestão de Pessoas O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade Eficácia e Liderança de Performance O Administrador na Gestão de Pessoas Grupo de Estudos em Administração de Pessoas - GEAPE 27 de novembro

Leia mais

ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS. 1. Sumário Executivo. Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso. 2. Sumário da Empresa. 2.1 Composição da Sociedade

ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS. 1. Sumário Executivo. Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso. 2. Sumário da Empresa. 2.1 Composição da Sociedade ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS 1. Sumário Executivo Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso 2. Sumário da Empresa 2.1 Composição da Sociedade Perfil Individual dos sócios, experiência, formação, responsabilidades

Leia mais

Digitalização pode impulsionar competitividade brasileira, segundo estudo feito pela Siemens e pela Fundação Dom Cabral

Digitalização pode impulsionar competitividade brasileira, segundo estudo feito pela Siemens e pela Fundação Dom Cabral Imprensa São Paulo, 16 de junho de 2015 Digitalização pode impulsionar competitividade brasileira, segundo estudo feito pela Siemens e pela Fundação Dom Cabral O estudo foi baseado em uma pesquisa realizada

Leia mais

Entrevista com o Professor François Vellas, Ph.D.

Entrevista com o Professor François Vellas, Ph.D. http://dx.doi.org/10.1590/1809-9823.2015.0057 213 Entrevista com o Professor François Vellas, Ph.D. Interview with Professor François Vellas, Ph.d. Entrevista / Interview Professor François Vellas é, atualmente,

Leia mais

5 Case Stara. Cristiano Buss *

5 Case Stara. Cristiano Buss * Cristiano Buss * Fundada em 1960, a Stara é uma fabricante de máquinas agrícolas. De origem familiar, está instalada em Não-Me-Toque, no norte do Estado; Em seis anos, cresceu 11 vezes, com baixo nível

Leia mais

sucesso Formado em Economia pela PUC do Rio de Janeiro Receita de ENTREVISTA POR GUSTAVO KLEIN / FOTO MARCELO JUSTO

sucesso Formado em Economia pela PUC do Rio de Janeiro Receita de ENTREVISTA POR GUSTAVO KLEIN / FOTO MARCELO JUSTO ed19entrev.qxp 4/7/2005 10:32 PM Page 1 ENTREVISTA POR GUSTAVO KLEIN / FOTO MARCELO JUSTO sucesso Receita de O termo é bem conhecido no mundo esportivo e agora começa a ficar comum também em outras áreas

Leia mais

CAMINHO DAS PEDRAS Renata Neves

CAMINHO DAS PEDRAS Renata Neves CAMINHO DAS PEDRAS Renata Neves Estado de Minas Março de 2001 O método criado pelo professor Fernando Dolabela ensina empreendedorismo a 40 mil alunos por ano. Fernando Dolabela da aula de como abrir um

Leia mais

palestras Capacitação Empresarial painel político compartilhando experiências

palestras Capacitação Empresarial painel político compartilhando experiências palestras Capacitação Empresarial painel político e econômico compartilhando experiências O sucesso DA SUA EMPRESA passa por aqui. Um evento, muitas oportunidades, novos negócios. O Gestão e Competitividade,

Leia mais

www.uvaeverde.com.br

www.uvaeverde.com.br O GrupoM8 utiliza o formato Norte-americano na administração e comercialização de sua rede de franquias Você Sabia? Há trinta anos os Estados Unidos adotaram um modelo inovador na gestão de redes de franquia

Leia mais

FILOSOFIA DE INVESTIMENTO. Retorno esperado de um lançamento 80% 100% + 20% 100% ( ) = 60% ( 1 20% ) 20 =1,15%

FILOSOFIA DE INVESTIMENTO. Retorno esperado de um lançamento 80% 100% + 20% 100% ( ) = 60% ( 1 20% ) 20 =1,15% Através da CARTA TRIMESTRAL ATMOS esperamos ter uma comunicação simples e transparente com o objetivo de explicar, ao longo do tempo, como tomamos decisões de investimento. Nesta primeira carta vamos abordar

Leia mais

CGBA Certificate in Global Business Administration

CGBA Certificate in Global Business Administration CGBA Certificate in Global Business Administration Desafios Internacionais, Líderes Globais O CERTIFICATE IN GLOBAL BUSINESS ADMINISTRATION O Certificate in Global Business Administration (CGBA), criado

Leia mais

sobre as transações no setor de saúde

sobre as transações no setor de saúde 10 Minutos sobre as transações no setor de saúde Valor global de fusões e aquisições cresce e reverte tendência Destaques O valor total das transações no setor de saúde aumentou 4% em relação à segunda

Leia mais

Após a década de 1990, várias pessoas em todo o mundo mantêm hábito de consumo semelhantes.

Após a década de 1990, várias pessoas em todo o mundo mantêm hábito de consumo semelhantes. A ECONOMIA GLOBAL Após a década de 1990, várias pessoas em todo o mundo mantêm hábito de consumo semelhantes. O século XX marcou o momento em que hábitos culturais, passaram a ser ditados pelas grandes

Leia mais

A Feira do Empreendedor 2014 em São Paulo faz parte de um circuito de feiras que será realizado em vários estados da federação.

A Feira do Empreendedor 2014 em São Paulo faz parte de um circuito de feiras que será realizado em vários estados da federação. 1 A Feira do Empreendedor é um evento de sucesso promovido pelo SEBRAE-SP, com o objetivo de oferecer informação, conhecimento e oportunidade para empresários e futuros empreendedores. A Feira do Empreendedor

Leia mais

A estrategia adequada. Uma grande tacada

A estrategia adequada. Uma grande tacada 4 I EDIÇÃO Nº 13 A estrategia adequada Quando se pensa na melhor maneira de investir, é comum surgir a dúvida: é mais vantajoso aplicar tudo de uma só vez ou fazer vários aportes ao longo do tempo? Se

Leia mais

INFORMAÇÕES ÚTEIS. 1 - Definição

INFORMAÇÕES ÚTEIS. 1 - Definição INFORMAÇÕES ÚTEIS Em pesquisa realizada pelo Banco Mundial o Brasil é um país que pode levar cerca de 5 meses para se legalizar uma empresa, mas o desemprego, a vontade de ter um negócio próprio, está

Leia mais