Essência d Afectos. As entidades signatárias assumem o compromisso geral de cooperação sobre este protocolo.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Essência d Afectos. As entidades signatárias assumem o compromisso geral de cooperação sobre este protocolo."

Transcrição

1 Protocolo de condições preferenciais sobre os serviços da Essência d Afectos 1. Identificação dos Outorgantes: Essência d Afectos, Lda, pessoa coletiva nº , com sede na Rua Júlio Dinis, n.º 85 A, Montenegro, Faro, aqui representada pela Dr.ª Paula Cristina Varela Vinha, adiante designada abreviadamente por Essência d Afectos, na qualidade de 1º outorgante; E Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas, com sede na Rua São José 131, Lisboa, pessoa colectiva n.º , aqui representado pelos Sr. João Nunes Carvalho e Sr. António José Real Fonseca, adiante designado, abreviadamente por SBSI, na qualidade de 2º outorgante; 2. Objecto do Protocolo: 2.1 O presente protocolo estabelece as condições oferecidas pela Essência d Afectos aos sócios do SBSI e familiares Beneficiários dos Serviços de Assistência Médico-Social SAMS, quando acompanhados pelo cartão de sócio e detentores do cartão dos SAMS, devidamente validado e a trabalhadores do SBSI, desde que devidamente credenciados, o conjunto de bens e/ou serviços conforme descrição constante no Anexo 1 e nas condições nele enunciadas; 2.2 Consultas e Tratamentos: Qualquer paciente que recorra à Essência d Afectos efetuará uma consulta na qual será efectuado um diagnóstico e o tratamento correspondente. A presente proposta de protocolo contempla somente preços especiais para atividade de Fotodepilação e descontos nos restantes serviços do espaço de Saúde Essência d Afectos. 2.3 Outros Serviços: Este protocolo não contempla as colheitas realizadas pelo Centro de Análises Clinicas da Moduslab. Também não estão abrangidos workshops, formações, cursos ou outros eventos. 3. Modelo de Execução da Prestação: As entidades signatárias assumem o compromisso geral de cooperação sobre este protocolo. 3.1 A Essência d Afectos: - Conceder os serviços aos sócios do SBSI e familiares Beneficiários dos Serviços de Assistência Médico-Social SAMS, quando acompanhados pelo cartão de sócio e a detentores do cartão dos SAMS, devidamente validado e a trabalhadores do SBSI, desde que devidamente credenciados, os descontos e condições indicados no documento anexo; - Prestar os serviços aos beneficiários nas mesmas condições técnicas e de atendimento aplicáveis aos demais usuários; - Comunicar de imediato qualquer alteração referente à sua oferta de serviço; - Divulgar este acordo;

2 3.2 O Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas (SBSI): - Dar conhecimento oportuno e generalizado aos sócios do SBSI através da sua revista O Bancário e do site do SBSI do presente protocolo com a inclusão, sempre que possível, do logótipo de Essência d Afectos; - Ter informação no site do SBSI deste protocolo durante a duração do mesmo, com a referencia às condições preferenciais dos seus associados na Essência d Afectos; - Proceder a atualização das informações; 3.3 Os contratos que venham a ser firmados, no âmbito deste acordo apenas vincularão os intervenientes, não decorrendo deles qualquer responsabilidade para o SBSI. Reconhecendo desde já a Essência d Afectos que, em circunstância alguma poderá o Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas (SBSI) ser responsabilizado pelos custos dos tratamentos dos seus Associados, Beneficiários dos SAMS ou Trabalhadores; 3.4 A cessação deste acordo, qualquer que seja a causa e independentemente de quem tome a iniciativa da sua denúncia ou rescisão, não exonera a Essência d Afectos de cumprir pontualmente os contratos individuais celebrados que estejam em curso de execução; 4. Acesso às Condições Preferenciais: 4.1 O acesso a tais bens e/ou serviços será concedido mediante a apresentação do respectivo cartão de associado do SBSI ou uma declaração do SBSI, e a familiares Beneficiários dos Serviços de Assistência Médico-Social SAMS, quando acompanhados pelo cartão de beneficiário dos SAMS, devidamente validado e a trabalhadores do SBSI, desde que devidamente credenciados, na recepção da Essência d Afectos para poderem usufruir dessas condições especiais. Será preferível e importante levar o cartão ou declaração, a cada tratamento ou consulta. 4.2 Serviço Clínico e Serviços Especializados O utente poderá recorrer a qualquer um dos serviços do espaço Essência d Afectos e beneficiar dos descontos constantes do Anexo 1: 4.3 Preços especiais e descontos Estes Preços especiais e descontos são aplicados sob a tabela p.v.p. em vigor no espaço Essência d Afectos e estão sujeitos às alterações que possam vir a surgir. Os preços especiais incluem IVA. 5. Validade do Protocolo: 5.1 Início: O presente acordo produz efeito a partir de 01 de Março de Duração: O presente contrato é válido a partir do momento da assinatura, até 31 de Dezembro de 2012, renovando-se, automaticamente por períodos de um ano. Será atualizado e revisto em Janeiro de 2013, caso haja necessidade, caso contrário renova sobre o acordado.

3 5.3 Denúncia: Pode ser denunciado por qualquer parte, por escrito, mediante aviso prévio de 60 dias de antecedência relativamente à data em que se apresenta o cessar do efeito deste acordo, não tendo a outra parte direito a qualquer indemnização. 5.4 Por ser esta a vontade das partes, nas respectivas qualidades e posições é assinado o presente PROTOCOLO do qual existem duas vias, ambas com valor de original, sendo um exemplar para cada um dos contraentes. Lisboa, 01 de Março de Anexo: condições.

4 ANEXO 1: Entre o Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas e Essência d Afectos é celebrado um Acordo de Benefícios, referente aos serviços prestados nas suas instalações sitas na Rua Júlio Dinis, n.º 85 - A, Montenegro, Faro, que se indicam de seguida, no espírito do PROTOCOLO celebrado entre ambas as entidades; Rua: Júlio Dinis, n.º 85 A, Montenegro, Faro Telefone: / Telemóvel: Contacto: Dr.ª Paula Vinha PROTOCOLO 1 Desconto de sobre o Preço de Tabela em: Psicologia Clínica, Terapia da Fala, Terapia Ocupacional, Nutrição, Naturopatia, Acupuntura, Osteopatia, Massagens, Aquatox, Laser/Ultra-som, Tratamento Fisioterapêutico; 2 Desconto de 25% sobre o Preço de Tabela em: Psicologia Educacional; 3 Desconto de 35% (por Zona / 18,00) sobre o Preço de Tabela em: Fotodepilação; 4 Ficam excluídas deste protocolo Workshops, Formações, Cursos ou Outros Eventos; 5 As condições previstas nas alíneas anteriores, poderão ser alteradas a qualquer momento, pela Essência d Afectos, mediante comunicação escrita, a fim de produzir efeito 30 dias após a data dessa mesma comunicação, para permitir a SBSI, a atualização da informação referente a este protocolo; 6 Os descontos previstos neste acordo não são acumuláveis. Os beneficiários do presente protocolo beneficiarão sempre de qualquer campanha promocional que contemple descontos ou condições mais favoráveis do que as previstas no presente acordo; 7 A direção da Essência d Afectos poderá efetuar durante a vigência deste contrato, outros descontos/promoções que contemple condições mais favoráveis do que as previstas no presente acordo, para os sócios do SBSI e aos empregados do SBSI, bem como aos respectivos familiares Beneficiários/Utentes dos Serviços de Assistência Médico-Social SAMS, detentores do cartão devidamente validado; 8 Estas vantagens serão disponibilizadas aos sócios do SBSI e familiares Beneficiários dos Serviços de Assistência Médico-Social SAMS, detentores do cartão, devidamente validado e a trabalhadores do SBSI, desde que devidamente credenciados.

5 Serviços Preços especiais e Descontos Fisioterapia Tratamento fisioterapêutico geral Laser/Ultra-som Psicologia Clinica Consultas Avaliações Psicológicas (Tipo I, II, III) Psicologia Educacional Consultas 25%* Terapia da Fala Terapia Ocupacional Nutrição Família, Desportistas e Atletas de Competição Medicinas Alternativas Naturopatia Acupunctura Osteopatia Outros Serviços de Saúde Complementares Massagens Fotodepilação 18 /zona Aquatox, eliminação de toxinas corporais por bioenergia Lisboa, 01 de Março de 2012.

PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E A "CASA DE REPOUSO JARDIM DO ÉDEN" 1. Preâmbulo

PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E A CASA DE REPOUSO JARDIM DO ÉDEN 1. Preâmbulo PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E A "CASA DE REPOUSO JARDIM DO ÉDEN" 1. Preâmbulo A celebração do presente protocolo tem como objectivo assegurar aos militares e aos trabalhadores do mapa de pessoal

Leia mais

PROTOCOLO ENTRE A ASSOCIAÇÃO CIENTÍFICA DOS ENFERMEIROS E TOP ATLÂNTICO VIAGENS E TURISMO, S.A.

PROTOCOLO ENTRE A ASSOCIAÇÃO CIENTÍFICA DOS ENFERMEIROS E TOP ATLÂNTICO VIAGENS E TURISMO, S.A. PROTOCOLO ENTRE A ASSOCIAÇÃO CIENTÍFICA DOS ENFERMEIROS E TOP ATLÂNTICO VIAGENS E TURISMO, S.A. A celebração do presente protocolo tem como objectivo assegurar aos associados da ASSOCIAÇÃO CIENTÍFICA DOS

Leia mais

PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E A "VILA GALÉ- SOCIEDADE DE EMPREENDIMENTOS TURíSTICOS, S.A. 1. Preâmbulo

PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E A VILA GALÉ- SOCIEDADE DE EMPREENDIMENTOS TURíSTICOS, S.A. 1. Preâmbulo G~ Vila Galé HOTÉIS PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E A "VILA GALÉ- SOCIEDADE DE EMPREENDIMENTOS TURíSTICOS, S.A." 1. Preâmbulo A celebração do presente protocolo tem como objectivo assegurar aos

Leia mais

PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E A SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DO CART AXO. 1. Preâmbulo

PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E A SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DO CART AXO. 1. Preâmbulo PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E A SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DO CART AXO 1. Preâmbulo A celebração do presente protocolo tem como objetivo assegurar aos militares e aos trabalhadores do mapa de

Leia mais

SINDICATO DOS ENFERMEIROS

SINDICATO DOS ENFERMEIROS PROTOCOLO SINDICATO DOS ENFERMEIROS E MGEN MUTUELLE GÉNÉRALE DE L'ÉDUCATION NATIONALE E LOSANGO - MEDIAÇÃO DE SEGUROS, LDA. Lisboa, 1 de Julho de 2015 PROTOCOLO DE ACORDO Entre Sindicato dos Enfermeiros,

Leia mais

PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E O "SKIPARQUE/SERRA DA ESTRELA". 1. Preâmbulo

PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E O SKIPARQUE/SERRA DA ESTRELA. 1. Preâmbulo PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E O "SKIPARQUE/SERRA DA ESTRELA". 1. Preâmbulo A celebração do presente protocolo tem como objectivo assegurar aos militares e aos trabalhadores do mapa de pessoal

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FIDELIZAÇÃO DO CARTÃO ZILIAN PROPRIEDADE E EMISSÃO

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FIDELIZAÇÃO DO CARTÃO ZILIAN PROPRIEDADE E EMISSÃO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FIDELIZAÇÃO DO CARTÃO ZILIAN PROPRIEDADE E EMISSÃO 1. O CARTÃO ZILIAN é válido nos estabelecimentos comerciais Zilian, pertencentes ao Grupo Mar Capital, SGPS, SA, adiante designados

Leia mais

Ficha de Protocolo. Telefone: 213542776 Telemóvel: 914176283 / 965449629 Fax: N/A

Ficha de Protocolo. Telefone: 213542776 Telemóvel: 914176283 / 965449629 Fax: N/A Ficha de Protocolo Resumo do Protocolo Entidade: Psicóloga Ana Cristina de Lacerda Conduto Local: Lisboa Serviços/Produtos: Serviços de Psicologia para Adultos, Adolescentes e Crianças Beneficios e Vantagens:

Leia mais

REGULAMENTO NOSSA SENHORA DO MANTO

REGULAMENTO NOSSA SENHORA DO MANTO REGULAMENTO NOSSA SENHORA DO MANTO ACORDO DE PARCERIA ENTRE A SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE LISBOA E A UNIÃO DAS MISERICÓRDIAS PORTUGUESAS A SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE LISBOA E A UNIÃO DAS MISERICÓRDIAS

Leia mais

PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E O GRUPO DOM PEDRO - INVESTIMENTOS TURíSTICOS, S.A. 1. Preâmbulo

PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E O GRUPO DOM PEDRO - INVESTIMENTOS TURíSTICOS, S.A. 1. Preâmbulo Dom Pedro Hoteís www.dompedro.com PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E O GRUPO DOM PEDRO - INVESTIMENTOS TURíSTICOS, S.A 1. Preâmbulo A celebração do presente protocolo tem como objetivo assegurar aos

Leia mais

PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E A "DESENTOP AMBIENTE - Gestão Global de Serviços e Resíduos, Lda" 1. Preâmbulo

PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E A DESENTOP AMBIENTE - Gestão Global de Serviços e Resíduos, Lda 1. Preâmbulo PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E A "DESENTOP AMBIENTE - Gestão Global de Serviços e Resíduos, Lda" 1. Preâmbulo A celebração do presente protocolo tem como objectivo assegurar aos militares e aos

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE A DIRECÇÃO REGIONAL DE PLANEAMENTO E RECURSOS EDUCATIVOS E O SERVIÇO DE SAÚDE DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA, E.P.E.

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE A DIRECÇÃO REGIONAL DE PLANEAMENTO E RECURSOS EDUCATIVOS E O SERVIÇO DE SAÚDE DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA, E.P.E. PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE A DIRECÇÃO REGIONAL DE PLANEAMENTO E RECURSOS EDUCATIVOS E O SERVIÇO DE SAÚDE DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA, E.P.E. Considerando que incumbe ao Serviço de Saúde da Região

Leia mais

PROTOCOLO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO EXTERNO DE MEDICINA DO TRABALHO

PROTOCOLO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO EXTERNO DE MEDICINA DO TRABALHO PROTOCOLO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO EXTERNO DE MEDICINA DO TRABALHO 1. Considerando que a Lei n.º 7/2009, de 12 de Fevereiro, que aprovou a revisão do Código do Trabalho, e a Lei n.º 102/2009, de 10 de Setembro,

Leia mais

HOTELS & RESORTS refresh yourself

HOTELS & RESORTS refresh yourself A- o HOTELS & RESORTS refresh yourself PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E A ô HOTELS & RESORTS. 1. Preâmbulo A celebração do presente protocolo tem como objectivo assegurar aos militares e aos trabalhadores

Leia mais

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO ENTRE DELEGAÇÃO DISTRITAL DE ÉVORA DA ORDEM DOS ENGENHEIROS e AGÊNCIA DE VIAGENS POLICARPO

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO ENTRE DELEGAÇÃO DISTRITAL DE ÉVORA DA ORDEM DOS ENGENHEIROS e AGÊNCIA DE VIAGENS POLICARPO PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO ENTRE DELEGAÇÃO DISTRITAL DE ÉVORA DA ORDEM DOS ENGENHEIROS e AGÊNCIA DE VIAGENS POLICARPO Entre: Policarpo Viagens e Turismo, Lda., pessoa colectiva n.º 503 969 052, sito na Rua

Leia mais

PROTOCOLO ENTRE 0 EXERCITO PORTUGUES E APOIO & COMPANHIA - Apoio Domiciliario, Lda. 1. Preambulo

PROTOCOLO ENTRE 0 EXERCITO PORTUGUES E APOIO & COMPANHIA - Apoio Domiciliario, Lda. 1. Preambulo PROTOCOLO ENTRE 0 EXERCITO PORTUGUES E APOIO & COMPANHIA - Apoio Domiciliario, Lda 1. Preambulo A celebrayao do presente protocolo tem como objectiv~ assegurar aos militares e aos trabalhadores do mapa

Leia mais

PROTOCOLO SEGUROS 2014/2015

PROTOCOLO SEGUROS 2014/2015 PROTOCOLO SEGUROS 2014/2015 PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO Entre: GIANT UNDERWRITING, LDA. com morada na Avenida do Parque, Lote 137, Loja B, 2635-298 Rio de Mouro, contribuinte n.º 510084923, adiante designada

Leia mais

PROTOCOLO ENTRE 0 ExERCITO PORTUGUES E A ENTRELEMENTOS LDA. 1. Preambulo

PROTOCOLO ENTRE 0 ExERCITO PORTUGUES E A ENTRELEMENTOS LDA. 1. Preambulo PROTOCOLO ENTRE 0 ExERCITO PORTUGUES E A ENTRELEMENTOS LDA. 1. Preambulo A celebracao do presente protocolo tern como objectivo assegurar aos militares e civis que prestam service no Exercito Portugues,

Leia mais

ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DO PORTO

ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DO PORTO PROTOCOLO ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DO PORTO E MGEN MUTUELLE GÉNÉRALE DE L'ÉDUCATION NATIONALE E AMPLITUDE SEGUROS CORRETORES DE SEGUROS, S.A. Lisboa, 1 de Julho de 2015 PROTOCOLO DE ACORDO Entre Associação

Leia mais

ACORDO DE COLABORAÇÃO

ACORDO DE COLABORAÇÃO ACORDO DE COLABORAÇÃO ENTRE: Primeira outorgante: ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS AGÊNCIAS DE VIAGEM E TURISMO, pessoa colectiva nº 500 910 839 com sede na Rua Duque de Palmela, nº 2 1º Dtº - 1250 098 LISBOA,

Leia mais

PROTOCOLO ENTRE 0 ExERCITO PORTUGuES E 0 PSICOGYM - PSICOLOGIA E GINASIO DE COMPETENCIAS. 1. Preambulo

PROTOCOLO ENTRE 0 ExERCITO PORTUGuES E 0 PSICOGYM - PSICOLOGIA E GINASIO DE COMPETENCIAS. 1. Preambulo PROTOCOLO ENTRE 0 ExERCITO PORTUGuES E 0 PSICOGYM - PSICOLOGIA E GINASIO DE COMPETENCIAS. 1. Preambulo A celebracao do presente protocolo tern como objectivo assegurar aos militares, militarizados e aos

Leia mais

representada por Henrique Amorim Faria de Araújo, Administrador e Dídia Sónia dos

representada por Henrique Amorim Faria de Araújo, Administrador e Dídia Sónia dos PROTOCOLO Entre COSTA DUARTE - Corretor de Seguros, SA, inscrito no Instituto de Seguros de Portugal sob o n.º 607084984/3, com sede na Av. António Augusto de Aguiar, 130, 4º, 1050-020 Lisboa, matriculada

Leia mais

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO ENTRE COMPANHIA DE SEGUROS TRANQUILIDADE, S.A. E CÂMARA DOS TÉCNICOS OFICIAIS DE CONTAS

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO ENTRE COMPANHIA DE SEGUROS TRANQUILIDADE, S.A. E CÂMARA DOS TÉCNICOS OFICIAIS DE CONTAS PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO ENTRE COMPANHIA DE SEGUROS TRANQUILIDADE, S.A. E CÂMARA DOS TÉCNICOS OFICIAIS DE CONTAS Entre: Companhia de Seguros Tranquilidade S.A., com o capital social de 95.000.000 (noventa

Leia mais

COMPLEXO SOCIAL DE APOIO À PESSOA IDOSA

COMPLEXO SOCIAL DE APOIO À PESSOA IDOSA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Primeiro Outorgante: portador do B.I./ Cartão do Cidadão n.º., emitido em. /. /. pelo Arquivo de Identificação, contribuinte n.º, residente em.., adiante designado por

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO Acordo Parcelar Específico n.º 02 Entre O Centro Hospitalar de Lisboa Norte, EPE, E O Hospital de Santo Espírito de Angra do Heroísmo, EPE Junho de 2015 1 Acordo Parcelar Específico

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA PARTNERS AGRINVEST

REGULAMENTO DO PROGRAMA PARTNERS AGRINVEST REGULAMENTO DO PROGRAMA PARTNERS AGRINVEST O PROGRAMA PARTNERS AGRINVEST ( Programa Partners ), desenvolvido pela empresa AGRINVEST COMMODITIES ( AGRINVEST ), inscrita no CNPJ sob o nº 06.348.158/0001-33,

Leia mais

REGULAMENTO DO CLUBE DE BENEFÍCIOS SORRIA CLUB

REGULAMENTO DO CLUBE DE BENEFÍCIOS SORRIA CLUB REGULAMENTO DO CLUBE DE BENEFÍCIOS SORRIA CLUB O Clube de benefícios é desenvolvido e promovido pela ODONTO SYSTEM PLANOS ODONTOLÓGICOS LTDA, inscrita no CNPJ sob o nº 23.595.762/0001-83, com sede na Av.

Leia mais

PROTOCOLO. É celebrado o presente Protocolo, que se regerá pelas seguintes cláusulas:

PROTOCOLO. É celebrado o presente Protocolo, que se regerá pelas seguintes cláusulas: PROTOCOLO Entre Grupo Ópticas Lince, com sede na Rua do Comércio, nº 32, 6300-679 Guarda, contribuinte nº 503 079 871, representado neste acto pela Administração, na pessoa da Drª Tatiana Figueiredo E

Leia mais

Proposta de adesão ao Programa de Comparticipação nos Cuidados de Saúde 2012

Proposta de adesão ao Programa de Comparticipação nos Cuidados de Saúde 2012 澳 門 衛 特 別 生 行 政 局 區 政 府 Governo da Região Administrativa de Macau Serviços de Saúde Proposta de adesão ao Programa de Comparticipação nos Cuidados de Saúde 2012 (1.ª Parte) Unidades Privadas de Saúde que

Leia mais

CONTRATO-PROGRAMA (Minuta)

CONTRATO-PROGRAMA (Minuta) ANEXO II CONTRATO-PROGRAMA (Minuta) Entre: O Município de Lisboa, pessoa colectiva n.º 500051070, sediado na Praça do Município, através do seu órgão executivo, Câmara Municipal de Lisboa, adiante abreviadamente

Leia mais

o ExERCITO PORTUGUES E A

o ExERCITO PORTUGUES E A PROTOCOLO ENTRE SERHOGARSYSTEM. o ExERCITO PORTUGUES E A 1. Preambulo A celebracao do presente protocolo tern como objectivo assegurar aos militares e civis que prestam servico no Exercito Portugues, e

Leia mais

Acordo Especial de Cooperação no Domínio do Sector Eléctrico entre a República Popular de Moçambique e a República Portuguesa.

Acordo Especial de Cooperação no Domínio do Sector Eléctrico entre a República Popular de Moçambique e a República Portuguesa. Decreto n.º 87/79 de 20 de Agosto Acordo Especial de Cooperação no Domínio do Sector Eléctrico entre a República Portuguesa e a República Popular de Moçambique O Governo decreta, nos termos da alínea c)

Leia mais

1) Esta promoção é uma iniciativa da RWTECH e somente ela poderá se. pronunciar, estabelecer e modificar suas regras e formato, além de ser a

1) Esta promoção é uma iniciativa da RWTECH e somente ela poderá se. pronunciar, estabelecer e modificar suas regras e formato, além de ser a 1) Esta promoção é uma iniciativa da RWTECH e somente ela poderá se pronunciar, estabelecer e modificar suas regras e formato, além de ser a única a comunicar seus participantes. 2) Qualquer informação

Leia mais

Carta de Apresentação - Convênios

Carta de Apresentação - Convênios Carta de Apresentação - Convênios Caro (a) empresário (a), O Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba, Moreira César e Roseira tem uma ampla rede de convênios com as empresas do comércio e serviços

Leia mais

1. Programa de Fidelização Altis Blue&Green através do qual são concedidos benefícios aos clientes das suas unidades hoteleiras.

1. Programa de Fidelização Altis Blue&Green através do qual são concedidos benefícios aos clientes das suas unidades hoteleiras. REGULAMENTO T E R M O S E C O N D I Ç Õ E S 1. Programa de Fidelização Altis Blue&Green através do qual são concedidos benefícios aos clientes das suas unidades hoteleiras. 2. Podem ingressar no clube

Leia mais

Art. 18º. Cabe ao Aluno Beneficiado:

Art. 18º. Cabe ao Aluno Beneficiado: SISTEMA DE INCLUSÃO EDUCACIONAL ESTUDE JÁ BRASIL REGULAMENTO I DO SISTEMA Art. 1. - O ESTUDE JÁ BRASIL é um sistema de INCLUSÃO EDUCACIONAL e tem por objetivos: I incentivar o cadastramento de cidadãos

Leia mais

.-race W$ PROTOCOLO INSTITUCIONAL

.-race W$ PROTOCOLO INSTITUCIONAL .-race W$ \iilõ f"{ ü \j ú PROTOCOLO INSTITUCIONAL Entrel Primeiro : Vita2Move - Gabinete de Fisioterapia, Osteopatia e Bem-Estar, Unip, LDA., com Sede na Praceta do InfanÌário Loja 7A Reboleira, 2720-304

Leia mais

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO Entre, PRIMEIRA: AJEM ASSOCIAÇÃO DE JOVENS EMPRESÁRIOS MADEIRENSES, pessoa coletiva número 511 043 686, com sede na Rua da Nazaré n.º 2, 9000 Funchal, aqui representada pelo seu

Leia mais

CONTRATO DE CONVÊNIO EDUCACIONAL

CONTRATO DE CONVÊNIO EDUCACIONAL CONTRATO DE CONVÊNIO EDUCACIONAL CONVENENTE: FACULDADE PADRÃO DE APARECIDA DE GOIÂNIA, instituição de ensino superior, com fins lucrativos, credenciada pela Portaria MEC 2623/01, reconhecida pela Portaria

Leia mais

Associação Portuguesa para a Qualidade, adiante designada por APQ com sede no Pólo

Associação Portuguesa para a Qualidade, adiante designada por APQ com sede no Pólo UVl ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA PARA A UALlOAOE I r ACORDO ENTRE A ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA PARA A UALIDADE E A SERVILUSA, AGÊNCIAS FUNERÁRIAS, SA. PARA PRESTAÇÃO DE SERViÇOS A ASSOCIADOS NA ÁREA DA PROTECÇÃO SOCIAL.

Leia mais

PROTOCOLO. 1. A Fidelidade Mundial é uma entidade legalmente autorizada a desenvolver a actividade seguradora em Portugal;

PROTOCOLO. 1. A Fidelidade Mundial é uma entidade legalmente autorizada a desenvolver a actividade seguradora em Portugal; PROTOCOLO Entre Sindicato dos Educadores e Professores Licenciados pelas Escolas Superiores de Educação e Universidades, pessoa colectiva número 503 902233, com sede em Lisboa, na Avenida de Paris, nº

Leia mais

SUA EMPRESA CONVÊNIADA COM A UNICAMPO

SUA EMPRESA CONVÊNIADA COM A UNICAMPO SUA EMPRESA CONVÊNIADA COM A UNICAMPO Objetivo: Incentivar a busca do ensino superior através de descontos ofertados pelo convênio estudantil UNICAMPO, que objetiva conveniar empresas, independente de

Leia mais

PROTOCOLO ENTRE 0 EXERCITO PORTUGUES E A GOODTRAVEL VIAGENS E TURISMO, Lda. 1. Preambulo

PROTOCOLO ENTRE 0 EXERCITO PORTUGUES E A GOODTRAVEL VIAGENS E TURISMO, Lda. 1. Preambulo , T.i.tis OI~na. ldn. PROTOCOLO ENTRE 0 EXERCITO PORTUGUES E A GOODTRAVEL VIAGENS E TURISMO, Lda 1. Preambulo A celebrayao do presente protocolo tem como objectiv~ assegurar aos militares, militarizados

Leia mais

Restituição de cauções aos consumidores de electricidade e de gás natural Outubro de 2007

Restituição de cauções aos consumidores de electricidade e de gás natural Outubro de 2007 Restituição de cauções aos consumidores de electricidade e de gás natural Outubro de 2007 Ponto de situação em 31 de Outubro de 2007 As listas de consumidores com direito à restituição de caução foram

Leia mais

PROTOCOLO ENTRE 0 EXERCITO PORTUGUES E A TELE-MEDIA, INFORMATICA E SERVI<;OS, S.A. 1. Preambulo

PROTOCOLO ENTRE 0 EXERCITO PORTUGUES E A TELE-MEDIA, INFORMATICA E SERVI<;OS, S.A. 1. Preambulo PROTOCOLO ENTRE 0 EXERCITO PORTUGUES E A TELE-MEDIA, INFORMATICA E SERVI

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA ONLINE WWW.ZILIANCHOOSE.COM. Artigo 1.º. (Âmbito e Definições)

CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA ONLINE WWW.ZILIANCHOOSE.COM. Artigo 1.º. (Âmbito e Definições) CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA ONLINE WWW.ZILIANCHOOSE.COM Artigo 1.º (Âmbito e Definições) 1 As presentes condições gerais regulam a venda, incluindo o registo e a encomenda, de produtos através da página/sítio

Leia mais

Regulamento Campanha COFIDIS LAR (Oferta Cartão Projetos Lar)

Regulamento Campanha COFIDIS LAR (Oferta Cartão Projetos Lar) Regulamento Campanha COFIDIS LAR (Oferta Cartão Projetos Lar) 1. A presente oferta é válida para Clientes Cofidis, residentes em Portugal e maiores de 18 anos. Não pode ser usada conjuntamente com qualquer

Leia mais

Perguntas mais frequentes

Perguntas mais frequentes Estas informações, elaboradas conforme os documentos do Plano de Financiamento para Actividades Estudantis, servem de referência e como informações complementares. Para qualquer consulta, é favor contactar

Leia mais

Regulamento das condições de utilização da Infraestrutura da RIS para efeitos de manutenção remota. Artigo 1º. Objeto

Regulamento das condições de utilização da Infraestrutura da RIS para efeitos de manutenção remota. Artigo 1º. Objeto Regulamento das condições de utilização da Infraestrutura da RIS para efeitos de manutenção remota Artigo 1º Objeto O presente regulamento define as condições de acesso e utilização da infraestrutura da

Leia mais

PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E A MY CAMP

PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E A MY CAMP PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E A MY CAMP 1. Preâmbulo A celebração do presente protocolo tem como objectivo assegurar aos militares e aos trabalhadores do mapa de pessoal civil do Exército Português,

Leia mais

ACORDO ENTRE A REPÚBLICA PORTUGUESA E A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL SOBRE A CONTRATAÇÃO RECÍPROCA DE NACIONAIS.

ACORDO ENTRE A REPÚBLICA PORTUGUESA E A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL SOBRE A CONTRATAÇÃO RECÍPROCA DE NACIONAIS. Decreto n.º 40/2003 de 19 de Setembro Acordo entre a República Portuguesa e a República Federativa do Brasil sobre a Contratação Recíproca de Nacionais, assinado em Lisboa em 11 de Julho de 2003 Tendo

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS. 3.1- A Tabela de Preços pode ser alterada sem aviso prévio (P.V.P.). Os preços estão sujeitos á Taxa de IVA em vigor na lei fiscal

CONDIÇÕES GERAIS. 3.1- A Tabela de Preços pode ser alterada sem aviso prévio (P.V.P.). Os preços estão sujeitos á Taxa de IVA em vigor na lei fiscal CONDIÇÕES GERAIS 1- Disposições Gerais 1.1- As vendas de materiais e serviços pela Politejo S.A. regem-se pelas condições especiais de cada fornecimento, pelas presentes condições gerais e pela lei aplicável.

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM

MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM Versão 01/2013 Terapias 11 IDENTIFICAÇÃO VOAM VOLVO ODONTOLOGIA E ASSISTÊNCIA MÉDICA. Razão Social: VOLVO DO BRASIL VEÍCULOS LTDA. CNPJ: 43.999.424/0001-14 Registro

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Entre Primeira Contraente: Fundação de Serralves, pessoa colectiva de direito privado nº 502266643, instituída pelo Decreto-Lei nº 240-A/89, de 27 de Julho, com sede na

Leia mais

CARTÃO BIGONLINE REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PONTOS

CARTÃO BIGONLINE REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PONTOS CARTÃO BIGONLINE REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PONTOS Definições: Gestor: Banco de Investimento Global, S.A., responsável pela concepção, gestão e desenvolvimento do Programa de Pontos (adiante designado

Leia mais

Ficha de Protocolo. Beneficios e Vantagens: 10% de desconto sobre os serviços, conforme tabelas em anexo

Ficha de Protocolo. Beneficios e Vantagens: 10% de desconto sobre os serviços, conforme tabelas em anexo Ficha de Protocolo Resumo do Protocolo Entidade: Enfermagem Central do Porto Local: Porto Serviços/Produtos: Serviços de Enfermagem em Clínica e ao Domicílio na Área do Grande Porto ( Gondomar, Maia, Matosinhos,

Leia mais

ARGO PROTECTOR CENTRAL DE BENEFÍCIOS REGULAMENTO

ARGO PROTECTOR CENTRAL DE BENEFÍCIOS REGULAMENTO ARGO PROTECTOR CENTRAL DE BENEFÍCIOS REGULAMENTO ARGO SEGUROS BRASIL S.A., Sociedade Seguradora inscrita no CNPJ/MF sob o nº 14.868.712/0001-31, com sede na cidade de São Paulo/SP, na Avenida das Nações

Leia mais

ORDEM DE SERVIÇO Nº 001.1/2008

ORDEM DE SERVIÇO Nº 001.1/2008 1 DIRETORIA DE SAÚDE GABINETE ORDEM DE SERVIÇO Nº 001.1/2008 Dispõe sobre a implantação da Auditoria Eletrônica de Contas. O DIRETOR DE SAÚDE DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL,

Leia mais

Seguro de Saúde Resumo / Manual do Utilizador Anuidade 2013/2014 Plano GC1 - Complementar

Seguro de Saúde Resumo / Manual do Utilizador Anuidade 2013/2014 Plano GC1 - Complementar Seguro de Saúde Resumo / Manual do Utilizador Anuidade 2013/2014 Plano GC1 - Complementar Manual válido para o período de 01/10/2013 a 30/09/2014 O presente manual não substitui as Condições Gerais, Especiais

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO REGULAMENTO DA PROMOÇÃO A CONSTRUTORA Massai, empresa inscrita no CNPJ/MF sob o nº 01.295.921/0001-91, com sede na Av. Monteiro da Franca, Nº 1092, CEP 58038-20 - bairro Manaíra, em JOÃO PESSOA /PB, realizará

Leia mais

Regulamento Campanha Vantagens Extra Cofidis

Regulamento Campanha Vantagens Extra Cofidis Regulamento Campanha Vantagens Extra Cofidis 1. A presente oferta é válida para Clientes Cofidis, residentes em Portugal e maiores de 18 anos, que efetuarem um pedido de crédito (Linha de Crédito) entre

Leia mais

COMUNICADO. Assunto: Bolsas de Estudos 2015

COMUNICADO. Assunto: Bolsas de Estudos 2015 COMUNICADO Assunto: Bolsas de Estudos 2015 O Colégio Franciscano Santa Clara informa os critérios para concorrer à bolsa de estudos 2015, aos candidatos que cumprirem com as seguintes condições: 1º Requisitos:

Leia mais

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO E PARCERIA. entre. Agrupamento Vertical de Escolas de Ferreira de Aves

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO E PARCERIA. entre. Agrupamento Vertical de Escolas de Ferreira de Aves PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO E PARCERIA entre Agrupamento Vertical de Escolas de Ferreira de Aves e Caixa de Crédito Agrícola Mútuo do Vale do Dão e Alto Vouga, C.R.L. Cláusula 1ª (Intervenientes) Este Protocolo

Leia mais

PROTOCOLO. 1ª - REPSOL PORTUGAL COMERCIO DE PETROLEOS E DERIVADOS, LDA, sociedade

PROTOCOLO. 1ª - REPSOL PORTUGAL COMERCIO DE PETROLEOS E DERIVADOS, LDA, sociedade PROTOCOLO Entre: 1ª - REPSOL PORTUGAL COMERCIO DE PETROLEOS E DERIVADOS, LDA, sociedade por quotas, com o capital social de 43.450.000,01, com sede na Rua Mario Dionisio, nº 2, 2º e 3º andares, 2799-558

Leia mais

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO Entre: PRIMEIRA: MOVIJOVEM MOBILIDADE JUVENIL, COOPERATIVA DE INTERESSE PÚBLICO DE RESPONSABILIDADE LIMITADA, titular do Cartão de Identificação de Pessoa Colectiva número 502530863,

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO CHANCE ÚNICA

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO CHANCE ÚNICA REGULAMENTO DA PROMOÇÃO CHANCE ÚNICA 1 Da Oferta 1.1. A presente oferta promocional denominada CHANCE ÚNICA ( Oferta ) é instituída por mera liberalidade de empresas do grupo Camargo Corrêa Desenvolvimento

Leia mais

Seguro de Saúde Resumo / Manual do Utilizador Anuidade 2013/2014 Plano GC4 - Complementar

Seguro de Saúde Resumo / Manual do Utilizador Anuidade 2013/2014 Plano GC4 - Complementar Seguro de Saúde Resumo / Manual do Utilizador Anuidade 2013/2014 Plano GC4 - Complementar Manual válido para o período de 01/10/2013 a 30/09/2014 O presente manual não substitui as Condições Gerais, Especiais

Leia mais

REGULAMENTO OFICIAL DA CAMPANHA PROMOCIONAL MONEYGRAM NO CONTINENTE/NOTE! CAMPANHA NOS MUNDO

REGULAMENTO OFICIAL DA CAMPANHA PROMOCIONAL MONEYGRAM NO CONTINENTE/NOTE! CAMPANHA NOS MUNDO REGULAMENTO OFICIAL DA CAMPANHA PROMOCIONAL MONEYGRAM NO CONTINENTE/NOTE! CAMPANHA NOS MUNDO Os seguintes termos e condições destinam-se a regular a campanha promocional Moneygram no Continente/note! Campanha

Leia mais

Seguro de Saúde Resumo / Manual do Utilizador Anuidade 2014/2015 Plano GC1 - Complementar

Seguro de Saúde Resumo / Manual do Utilizador Anuidade 2014/2015 Plano GC1 - Complementar Seguro de Saúde Resumo / Manual do Utilizador Anuidade 2014/2015 Plano GC1 - Complementar Manual válido para o período de 01/10/2014 a 30/09/2015 O presente manual não substitui as Condições Gerais, Especiais

Leia mais

Plano Saúde Complementar

Plano Saúde Complementar Seguro de Saúde Resumo / Manual do Utilizador Anuidade 2013-2014 PROTOCOLO UNIVERSIDADE DE ÉVORA Plano Saúde Complementar Manual válido para o período de 01/09/2013 a 30/09/2014 O presente manual não substitui

Leia mais

CAPÍTULO I Disposições gerais

CAPÍTULO I Disposições gerais Regulamento Municipal do Banco Local de Voluntariado de Lagoa As bases do enquadramento jurídico do voluntariado, bem como, os princípios que enquadram o trabalho de voluntário constam na Lei n.º 71/98,

Leia mais

CONTRATO DE USO E REGULAMENTAÇÃO DO CARTÃO E DA REDE CIRCUITO DE COMPRAS

CONTRATO DE USO E REGULAMENTAÇÃO DO CARTÃO E DA REDE CIRCUITO DE COMPRAS 1 CONTRATO DE USO E REGULAMENTAÇÃO DO CARTÃO E DA REDE CIRCUITO DE COMPRAS Pelo presente instrumento particular, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Bebedouro CDL, com sede na Rua Dr. Brandão Veras, 280

Leia mais

PROPOSTA ÉPOCA DESPORTIVA 2012 / 2013

PROPOSTA ÉPOCA DESPORTIVA 2012 / 2013 PROPOSTA ÉPOCA DESPORTIVA 2012 / 2013 Proponente: Federação Portuguesa de Rugby Pág. 1 SEGURO DESPORTIVO DE ACIDENTES PESSOAIS ( Decreto-Lei Nº. 10/2009 ) FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE RUGBY ÉPOCA DESPORTIVA

Leia mais

Seguro de Saúde Resumo / Manual do Utilizador Anuidade 2014/2015

Seguro de Saúde Resumo / Manual do Utilizador Anuidade 2014/2015 Seguro de Saúde Resumo / Manual do Utilizador Anuidade 2014/2015 Plano GC1 - Complementar Manual válido para o período de 01/10/2014 a 30/09/2015 O presente manual não substitui as Condições Gerais, Especiais

Leia mais

DIREÇÃO REGIONAL DE JUVENTUDE E DESPORTO DESTACAMENTO DE DOCENTES PARA O MOVIMENTO ASSOCIATIVO DESPORTIVO ANO LETIVO 2014/2015

DIREÇÃO REGIONAL DE JUVENTUDE E DESPORTO DESTACAMENTO DE DOCENTES PARA O MOVIMENTO ASSOCIATIVO DESPORTIVO ANO LETIVO 2014/2015 REGULAMENTO Artigo 1.º Objeto 1 - O presente regulamento define as condições de candidatura ao destacamento de docentes para entidades que operam no Sistema Desportivo Regional e regula os procedimentos

Leia mais

PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E O INSTITUTO DE LíNGUAS DE ALGÉS UNIPESSOAL, LDA. 1. Preâmbulo

PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E O INSTITUTO DE LíNGUAS DE ALGÉS UNIPESSOAL, LDA. 1. Preâmbulo PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E O INSTITUTO DE LíNGUAS DE ALGÉS UNIPESSOAL, LDA 1. Preâmbulo A celebração do presente protocolo tem como objetivo assegurar aos militares e aos trabalhadores do mapa

Leia mais

Contrato de Prestação de Serviços de Alojamento de Web Site e Registo de Domínio

Contrato de Prestação de Serviços de Alojamento de Web Site e Registo de Domínio Contrato de Prestação de Serviços de Alojamento de Web Site e Registo de Domínio Entre Olivertek, LDA, pessoa colectiva n.º 507827040, matriculada na Conservatória do Registo Comercial de Gondomar, sob

Leia mais

CONTRATO. 2. O Fornecedor indicará ao @rmazem, durante a vigência deste Contrato, os produtos que pretende transaccionar.

CONTRATO. 2. O Fornecedor indicará ao @rmazem, durante a vigência deste Contrato, os produtos que pretende transaccionar. CONTRATO IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES 1ª CONTRATANTE FILIPA JUNQUEIRA ARQUITECTA, LDA., sociedade por quotascom sede na Rua do Centro Cultural, nº 10, 1º andar, freguesia de S. João de Brito,

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM

MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM Versão 01/2013 XML 11 IDENTIFICAÇÃO VOAM VOLVO ODONTOLOGIA E ASSISTÊNCIA MÉDICA. Razão Social: VOLVO DO BRASIL VEÍCULOS LTDA. CNPJ: 43.999.424/0001-14 Registro

Leia mais

REGULAMENTO CLUBE DE VANTAGENS NUTRIMASTER

REGULAMENTO CLUBE DE VANTAGENS NUTRIMASTER REGULAMENTO CLUBE DE VANTAGENS NUTRIMASTER 1. O Clube de Vantagens Nutrimaster é um programa que objetiva estreitar o relacionamento entre Nutrimaster e seus participantes, oferecendo benefícios e/ou vantagens

Leia mais

Regulamento Campanha Cofidis Descontos para o ano escolar

Regulamento Campanha Cofidis Descontos para o ano escolar Regulamento Campanha Cofidis Descontos para o ano escolar 1. A presente oferta é válida para Clientes Cofidis, residentes em Portugal e maiores de 18 anos, que efetuarem um pedido de crédito (Linha de

Leia mais

TERMO DE ADESÃO/ REGULAMENTO OFERTA CABO FONE NEW 150

TERMO DE ADESÃO/ REGULAMENTO OFERTA CABO FONE NEW 150 TERMO DE ADESÃO/ REGULAMENTO OFERTA CABO FONE NEW 150 Pelo presente instrumento, de um lado, a CABO SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES LTDA., pessoa jurídica de direito privado, com sede na Rua Senador José

Leia mais

O presente contrato tem como objeto a formulação do conjunto de páginas eletrônicas e

O presente contrato tem como objeto a formulação do conjunto de páginas eletrônicas e Contrato de Serviços Pelo presente instrumento particular, Agência - Café Retina, e aqui denominada CONTRATADA e outra parte, aqui denominado CONTRATANTE, têm entre si justo e contratado o seguinte: I

Leia mais

Lei n.º 66/98 de 14 de Outubro

Lei n.º 66/98 de 14 de Outubro Lei n.º 66/98 de 14 de Outubro Aprova o estatuto das organizações não governamentais de cooperação para o desenvolvimento A Assembleia da República decreta, nos termos dos artigos 161.º, alínea c), 166.º,

Leia mais

MINISTÉRIOS DA DEFESA NACIONAL E DA SAÚDE

MINISTÉRIOS DA DEFESA NACIONAL E DA SAÚDE MINISTÉRIOS DA DEFESA NACIONAL E DA SAÚDE Despacho conjunto n.º 867/2001. O Decreto-Lei n.º 50/2000, de 7 de Abril, cria a rede nacional de apoio aos militares e ex-militares portugueses portadores de

Leia mais

PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E O BRISTOL SCHOOL/ANGRA DO HEROíSMO. 1. Preâmbulo

PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E O BRISTOL SCHOOL/ANGRA DO HEROíSMO. 1. Preâmbulo :~ Bristol School _ Instituto de Línguas PROTOCOLO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E O BRISTOL SCHOOL/ANGRA DO HEROíSMO 1. Preâmbulo A celebração do presente protocolo tem como objetivo assegurar aos militare

Leia mais