O Instituto Hipócrates de Ensino e Ciência (IHEC)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O Instituto Hipócrates de Ensino e Ciência (IHEC)"

Transcrição

1 O Instituto Hipócrates de Ensino e Ciência (IHEC) Cronológica e contextualmente as raízes do actual IHEC foram lançadas em 1994, ano em que na Universidade Independente (UnI) se deu início à formação nas áreas dos Produtos Naturais e das Terapêuticas Não-Convencionais. Desde então a "árvore" não parou de crescer e do reconhecimento mútuo por parte da Direcção da Universidade e dos fundadores do Instituto da necessidade e adequação de uma estrutura autónoma para o ensino nestas áreas, veio a ser constituído o IHEC. Nesta base, este foi criado na UnI como uma entidade totalmente autónoma, nomeadamente no que toca aos aspectos de Direcção, administrativos, pedagógicos e científicos, e tendo mesmo identidade jurídica própria. Este é o culminar de um longo caminho, encetado e percorrido por uma equipa que mantém alguns pilares intactos enquanto outros foram sendo renovados. Desde então, e até desembocar na estrutura actual, a equipa promotora do IHEC levou a cabo múltiplas acções de ensino e divulgação nestas áreas, de que se destacam: Realização na UnI do "1º Curso de Naturologia para Profissionais"; organizado pela ESCNH (dirigida ao longo dos seus "anos de ouro", ou seja desde o início até 1999 por António Novaes e Carlos Campos Ventura, desaparecida anos depois) em protocolo com a Universidade - o curso teve como director pedagógico Carlos Campos Ventura, fundador e actual director do IHEC para a área das Terapêuticas Não-Convencionais, e vários professores desse Curso continuam a integrar a equipa docente do Instituto Hipócrates Sugerida à UnI a candidatura ao Ministério do Ensino Superior da licenciatura em "Biotecnologia dos Produtos Naturais"- o processo de candidatura foi liderado pelo Prof. Doutor José Menaia, desde então director desta licenciatura e do departamento de Biotecnologia Industrial e Ambiental e actual director científico do IHEC, de que também é fundador; por Eduardo Ribeiro e Carlos Campos Ventura (actuais professor e director executivo do IHEC) que foram professores ao longo de toda a Licenciatura Arranque da licenciatura em "Biotecnologia dos Produtos Naturais" na UnI - desde então funcionando ininterruptamente até à sua reconversão com o Processo de Bolonha (2006) Fundação do Centro de Estudos e Formação do Departamento de Biotecnologia Industrial e Ambiental e da Licenciatura em Biotecnologia dos Produtos Naturais, dirigido por José Menaia e Carlos Campos Ventura Realização na UnI do "1º Simpósio sobre Produtos Naturais: Presente e Futuro em 1 / 6

2 Alimentação, Saúde e Cosmética", com comunicações de docentes de Biotecnologia dos Produtos Naturais, cientistas nacionais e internacionais, e de industriais e associações do sector. Organização dos 1º e 2º "Cursos de Formação para Técnicos de Produtos Naturais", dirigidos a profissionais de lojas e empresas de produtos naturais - estes Cursos foram desde sempre, até hoje, reconhecidos e em colaboração com a APARD-Associação Portuguesa de Alimentação Racional e Dietética Arranque do "Curso de Fitoterapia Naturopática" (sob a égide da Escola Europeia de Saúde Natural). Organização do 3º "Curso de Formação para Técnicos de Produtos Naturais". A convite da "Associação Portuguesa de Alimentação Racional e Dietética" (APARD), participação na EXPODIET (na FIL) com pavilhão da UnI, onde durante a exposição tiveram lugar colóquios por docentes da licenciatura em Biotecnologia dos Produtos Naturais, do Instituto Hipócrates e por conferencistas convidados. Proposta e participação na elaboração da candidatura do mestrado e organização/gestão da " Pós graduação em "Organização e Gestão de Laboratórios e de Sistemas da Qualidade" Nascimento do Instituto Hipócrates de Ensino e Ciência-IHEC, laborando no campus da Universidade Independente-UnI, como Departamento para as Medicinas Não Convencionais. No protocolo é dito, nomeadamente: "(A Universidade Independente) não tem, através do seu corpo docente, autonomia e capacidade para abarcar todas estas áreas do ensino e do saber, razão porque se socorre de profissionais altamente especializados e credenciados (...). O Instituto Hipócrates obriga-se a implementar, desenvolver, coordenar e dirigir uma área de formação e ensino de nível universitário no domínio das ciências da saúde, nomeadamente das terapêuticas/medicinas não convencionais. Compreende formação profissional e ensino universitário e pós-graduado(...)." Realização e organização na UnI dos 4 e 5º "Cursos de Formação para Técnicos de Produtos Naturais ". Realização do "Curso de Massagem Shiatsu". A convite da Associação Portuguesa de Alimentação Racional e Dietética (APARD), participação na "Expo Viva EmForma" com pavilhão da UnI onde durante a exposição tiveram lugar colóquios/uni por docentes do IHEC e da licenciatura em Biotecnologia dos Produtos 2 / 6

3 Naturais e por conferencistas convidados Acordo e estabelecimento de protocolo de colaboração entre o IHEC e a Universidade Nacional de Pequim de Medicina e Farmácia Tradicional Chinesa (UNAPE), através do seu Instituto de Investigação e Ensino de Medicina Traditional Chinesa, sediado em Tóquio, para apoio e reconhecimento formal do ensino de "Medicina Tradicional Chinesa" (incluindo a "Acupunctura") a ministrar pelo IHEC. Aprovação (Portaria 368/2005 de 4 de Abril) do mestrado em Organização e Gestão de Laboratórios e de Sistemas da Qualidade. Organização na UnI do 6 º "Cursos de Formação para Técnicos de Produtos Naturais". Realização do primeiro curso de Verão sob o tema : "A obesidade" 2006 Realização do segundo curso de Verão sob o tema : "Doenças Cardiacas/Cardiovasculares/Cérebro-Vasculares" Organização na UnI do 7º e 8 º "Cursos de Formação para Técnicos de Produtos Naturais". Realização do primeiro curso de Acupunctura do Pé e da Mão. organizam o I Fórum de Naturopatia e Medicinas Não Convencionais da Freguesia do Coração de Jesus e iniciam uma colaboração que disponibiliza apoio gratuito de consultas e tratamentos à população O Instituto Hipócrates de Ensino e Ciência passa a laborar no campus central do Grupo Lusófona e da Universidade Lusófona, no Campo Grande, Lisboa, sob protocolo (para os próximos 5 anos, renovável se for da vontade mútua) exactamente igual ao que tinha na Universidade Independente. organizam o II Fórum de Naturopatia e Medicinas Não Convencionais da Freguesia do Coração de Jesus e renovam a colaboração que disponibiliza apoio gratuito de consultas e tratamentos à população. 3 / 6

4 Organização na UnI do 8º "Cursos de Formação para Técnicos de Produtos Naturais". Realização do segundo curso de Acupunctura do Pé e da Mão organizam o III Fórum de Naturopatia e Medicinas Não Convencionais da Freguesia do Coração de Jesus e renovam a colaboração que disponibiliza apoio gratuito de consultas e tratamentos à população. Organização na Unversidade Lusófona do 9º "Cursos de Formação para Técnicos de Produtos Naturais". Realização do terceiro curso de Acupunctura do Pé e da Mão O Instituto Hipócrates de Ensino e Ciência e a Junta de Freguesia de Alcântara iniciam uma colaboração que proporciona um apoio de consultas e tratamentos de saúde natural gratuitos à população e realizam o I Fórum de Saúde Natural de Alcântara. organizam o IV Fórum de Naturopatia e Medicinas Não Convencionais da Freguesia do Coração de Jesus e renovam a colaboração que disponibiliza apoio gratuito de consultas e tratamentos de saúde natural à população. Realização do quarto curso de Acupunctura do Pé e da Mão. As aulas do Instituto Hipócrates de Ensino e Ciência passam a decorrer no ISCAD-Instituto Superior de Ciências da Administração O Instituto Hipócrates de Ensino e Ciência e a Junta de Alcântara em Lisboa renovam a colaboração que disponibiliza 4 / 6

5 consultas e tratamentos gratuitos de saúde natural à população e realizam o II Fórum de saúde Natural de Alcântara em Lisboa organizam o V Fórum de Naturopatia e Medicinas Não convencionais e renovam a colaboração que disponibiliza consultas e tratamentos de saúde natural gratuitos à população. Realização do primeiro curso de Acupunctura da Orelha/Auriculopunctura com o Mestre Nagura (Membro da Academia Hipócrates) 2011 O Instituto Hipócrates de Ensino e Ciência e a Junta de Freguesia de Alcântara renovam o acordo que assegura consultas e tratamentos de saúde natural à população e realizam o III Fórum de Saúde Natural de Alcântara em Lisboa renovam o acordo que assegura consultas e tratamentos gratuitos à população Continuação do Curso de Fitoterapia Naturopática 2012 O Instituto Hipócrates de Ensino e Ciência e a Junta de Freguesia de Alcântara renovam a acordo que assegura 5 / 6

6 consultas e tratamentos de saúde natural gratuitos à população e a realização do IV Fórum de Saúde Natural de Alcântara ren ovam o acordo que assegura consultas e tratamentos à população 6 / 6

UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE CENTRO DE BIOTECNOLOGIA REGULAMENTO DE ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO. CAPÍTULO I Das disposições gerais

UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE CENTRO DE BIOTECNOLOGIA REGULAMENTO DE ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO. CAPÍTULO I Das disposições gerais UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE CENTRO DE BIOTECNOLOGIA REGULAMENTO DE ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO CAPÍTULO I Das disposições gerais ARTIGO 1 (Denominação, natureza jurídica e finalidade) O Centro de Biotecnologia,

Leia mais

CANDIDATURA À DIRECÇÃO DA UNIDADE DE INVESTIGAÇÃO DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM

CANDIDATURA À DIRECÇÃO DA UNIDADE DE INVESTIGAÇÃO DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM CANDIDATURA À DIRECÇÃO DA UNIDADE DE INVESTIGAÇÃO DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM Pedro Jorge Richheimer Marta de Sequeira Marília Oliveira Inácio Henriques 1 P á g i n a 1. Enquadramento da Candidatura

Leia mais

SPMA RELATÓRIO DE ACTIVIDADES

SPMA RELATÓRIO DE ACTIVIDADES SPMA RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2011 A Direção da SPMA, no sentido de alcançar os objetivos propostos e expressos na sua carta de candidatura para este triénio desenvolveu e concretizou diversos projetos.

Leia mais

CURRICULUM VITAE. José Carlos Salgueiro Vasconcelos e Sá. Lisboa, Fevereiro de 2015

CURRICULUM VITAE. José Carlos Salgueiro Vasconcelos e Sá. Lisboa, Fevereiro de 2015 CURRICULUM VITAE DE José Carlos Salgueiro Vasconcelos e Sá Lisboa, Fevereiro de 2015 I - DADOS PESSOAIS NOME - José Carlos Salgueiro de Vasconcelos e Sá MORADA - Rua Prof. Henrique Vilhena 11, 1 - D 1600

Leia mais

Relatório do Mestrado em Biologia e Gestão da Qualidade da Água. Ano de 2008/2009

Relatório do Mestrado em Biologia e Gestão da Qualidade da Água. Ano de 2008/2009 Relatório do Mestrado em Biologia e Gestão da Qualidade da Água Ano de 2008/2009 Comissão Coordenadora Maria da Natividade Ribeiro Vieira Directora de Curso Vítor Manuel Oliveira Vasconcelos Luís Filipe

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO F O R M A Ç Ã O A V A N Ç A D A CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO FORMAÇÃO ESPECÍFICA PARA MEMBROS DA ORDEM DOS ENGENHEIROS ENQUADRAMENTO O CEGE/ISEG é um centro de investigação e projectos do ISEG Instituto

Leia mais

(Des)Enlace entre cidadãos e sistemas sociais: em torno dos laços sociais na intervenção dos assistentes sociais.

(Des)Enlace entre cidadãos e sistemas sociais: em torno dos laços sociais na intervenção dos assistentes sociais. 2013 1ª Conferência 20 de Março, das 14:30 às 17:00 h Cidadania em tempos de crise: Implicações para a intervenção educativa, social e comunitária Isabel Menezes. Professora Associada com Agregação da

Leia mais

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA 2015 CONSTITUIÇÃO DO JÚRI Joaquim Sérvulo Rodrigues Membro da Direcção da COTEC Portugal, Presidente do Júri; Carlos Brazão Director Sénior de Vendas

Leia mais

CURSO NATUROPATIA NATUROLOGIA

CURSO NATUROPATIA NATUROLOGIA 1. Área de formação Saúde (729) 2. Itinerário de Qualificação Naturopata - Naturologista 3. Modalidade da formação Qualificação Inicial e Profissional 4. Saída profissional Naturopata - Naturologista 5.

Leia mais

ESTATUTOS DO CENTRO DE FILOSOFIA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA. Artigo 1.º (Natureza, Membros)

ESTATUTOS DO CENTRO DE FILOSOFIA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA. Artigo 1.º (Natureza, Membros) ESTATUTOS DO CENTRO DE FILOSOFIA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA Artigo 1.º (Natureza, Membros) 1. O Centro de Filosofia da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, também designado abreviadamente como

Leia mais

7) Providenciar e estimular a publicação de estudos sobre o Direito de Macau;

7) Providenciar e estimular a publicação de estudos sobre o Direito de Macau; REGULAMENTO DO CENTRO DE REFLEXÃO, ESTUDO, E DIFUSÃO DO DIREITO DE MACAU DA FUNDAÇÃO RUI CUNHA CAPÍTULO I - DEFINIÇÃO E OBJECTIVOS Artigo 1º - Definição O Centro de Reflexão, Estudo, e Difusão do Direito

Leia mais

SEMINÁRIO. Observatório da Nutrição e Alimentação em Portugal 1ª Edição. Fundação Calouste Gulbenkian 15:30. 21 de março de 2013

SEMINÁRIO. Observatório da Nutrição e Alimentação em Portugal 1ª Edição. Fundação Calouste Gulbenkian 15:30. 21 de março de 2013 SEMINÁRIO Observatório da Nutrição e Alimentação em Portugal 1ª Edição Fundação Calouste Gulbenkian 15:30 Programa do seminário 15:30 - Receção aos participantes 16:00 - Sessão de Abertura Dr. Helena Ávila

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE FUNDAÇÃO RUI CUNHA E 0 ISCTE - INSTITUTO UNIVERSITÁRIO DE LISBOA PREÂMBULO Considerando que a FUNDAÇÃO RUI CUNHA (FRC) foi constituída em 2012, com sede em Macau, tendo como

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Dados Pessoais

CURRICULUM VITAE. Dados Pessoais CURRICULUM VITAE Dados Pessoais Nome: Nuno Ricardo Pereira Branco Data de Nascimento: 21-09-1979 Bilhete de Identidade n.º: 225276909 Estado Civil: Casado Contactos: Residência: Avenida dos Estados Unidos

Leia mais

ORDEM DOS FARMACÊUTICOS - RESPOSTA A PEDIDO DE CREDITAÇÃO

ORDEM DOS FARMACÊUTICOS - RESPOSTA A PEDIDO DE CREDITAÇÃO Filipe Leonardo De: suporte@sensocomum.pt Enviado: terça-feira, 16 de Outubro de 2012 18:05 Para: mguedes.silva@mjgs.pt ; joanaviveiro@ordemfarmaceuticos.pt; joaomartinho@ordemfarmaceuticos.pt Assunto:

Leia mais

CEF/0910/28031 Relatório preliminar da CAE (Poli) - Ciclo de estudos em funcionamento

CEF/0910/28031 Relatório preliminar da CAE (Poli) - Ciclo de estudos em funcionamento CEF/0910/28031 Relatório preliminar da CAE (Poli) - Ciclo de estudos em funcionamento Caracterização do ciclo de estudos Perguntas A.1 a A.9 A.1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora:

Leia mais

Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia

Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia A Coppe Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia nasceu disposta a ser um sopro de renovação na

Leia mais

A Formação Pós-Graduada na Faculdade de Direito da Universidade Agostinho Neto

A Formação Pós-Graduada na Faculdade de Direito da Universidade Agostinho Neto Universidade Agostinho Neto Faculdade de Direito Workshop sobre Formação Pós-Graduada e Orientação A Formação Pós-Graduada na Faculdade de Direito da Universidade Agostinho Neto Por: Carlos Teixeira Presidente

Leia mais

Sistemas de Suporte à Decisão

Sistemas de Suporte à Decisão Pós-graduação Sistemas de Suporte à Decisão 1ª edição 2008/2009 Departamento de Inovação, Ciência e Tecnologia Pós-graduação em Sistemas de Suporte à Decisão Mensagem da Directora do DICT O DICT está certo

Leia mais

3. Destinatários Licenciados em Fisioterapia (ou equivalente legal à licenciatura) 4. Duração e ECTS 2 semestres - 540 horas - 60 ECTS

3. Destinatários Licenciados em Fisioterapia (ou equivalente legal à licenciatura) 4. Duração e ECTS 2 semestres - 540 horas - 60 ECTS EDITAL Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa do Instituto Politécnico de Lisboa Curso de Pós-Graduação em Terapia Manipulativa e Osteopatia 2.ª Edição 2014/2015 A Escola Superior de Tecnologia

Leia mais

3. Destinatários Licenciados em Fisioterapia, Terapia Ocupacional e Medicina. 4. Duração e ECTS 2 semestres - 540 horas - 60 ECTS. 4.

3. Destinatários Licenciados em Fisioterapia, Terapia Ocupacional e Medicina. 4. Duração e ECTS 2 semestres - 540 horas - 60 ECTS. 4. EDITAL Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa do Instituto Politécnico de Lisboa Curso de Pós-Graduação em Terapia Manipulativa e Osteopatia 1.ª Edição 2013/2014 A Escola Superior de Tecnologia

Leia mais

Health Management Future

Health Management Future 2012 Health Management Future COM O PATROCÍNIO DE O grupo BIAL tem como missão desenvolver, encontrar e fornecer novas soluções terapêuticas na área da Saúde. Fundado em 1924, ao longo dos anos BIAL conquistou

Leia mais

Auto-avaliação da Licenciatura em Gestão e Administração Hoteleira

Auto-avaliação da Licenciatura em Gestão e Administração Hoteleira Auto-avaliação da Licenciatura em Gestão e Administração Hoteleira Relatório Resumo Junho de 2012 Índice 1. Objectivo... 3 2. Enquadramento... 3 3. Trabalho realizado... 3 4. Dados síntese da Licenciatura

Leia mais

DESPACHO ISEP/P/51/2010. Regulamento do Departamento de Engenharia Electrotécnica

DESPACHO ISEP/P/51/2010. Regulamento do Departamento de Engenharia Electrotécnica DESPACHO DESPACHO /P/51/2010 Regulamento do Departamento de Engenharia Electrotécnica Considerando que: Nos termos do n.º 4 do artigo 43.º dos Estatutos do Instituto Superior de Engenharia do Porto, homologados

Leia mais

REGULAMENTO DE EVENTOS Elaborado por: Aprovado por: Versão Reitor Gabinte Apoio Reitoria

REGULAMENTO DE EVENTOS Elaborado por: Aprovado por: Versão Reitor Gabinte Apoio Reitoria REGULAMENTO DE EVENTOS Elaborado por: Aprovado por: Versão Reitor Gabinte Apoio Reitoria 1.0 (Professor Doutor Rui Oliveira) Revisto e Confirmado por: Data de Aprovação Inicial Página (José João Amoreira)

Leia mais

CRITÉRIOS DE QUALIFICAÇÃO DE PESSOAL DOCENTE PARA A ACREDITAÇÃO DE CICLOS DE ESTUDOS

CRITÉRIOS DE QUALIFICAÇÃO DE PESSOAL DOCENTE PARA A ACREDITAÇÃO DE CICLOS DE ESTUDOS CRITÉRIOS DE QUALIFICAÇÃO DE PESSOAL DOCENTE PARA A ACREDITAÇÃO DE CICLOS DE ESTUDOS Versão 1.1 Setembro 2013 1. Critérios (mínimos) de referência quanto à qualificação do corpo docente para a acreditação

Leia mais

Normas para as Matrículas das Crianças da Educação Pré-escolar e dos Alunos dos Ensinos Básico e Secundário

Normas para as Matrículas das Crianças da Educação Pré-escolar e dos Alunos dos Ensinos Básico e Secundário Índice Legislação Geral 1 Legislação Acção Social e Seguro Escolar 2 Alargamento da Rede de Edcação pré-escolar 2 Educação Especial 3 Inclusão e Sucesso Educativo 4 Notícias 5 Encerramento do Ano Lectivo

Leia mais

Apenas para referência CEPA. Sector ou. 1. Serviços Comerciais. Subsector. A. Serviços Profissionais. h. Serviços Médicos e Dentários (CPC9312)

Apenas para referência CEPA. Sector ou. 1. Serviços Comerciais. Subsector. A. Serviços Profissionais. h. Serviços Médicos e Dentários (CPC9312) CEPA 1. A maioria do pessoal médico empregue por hospitais e clínicas que sejam empresas de capitais mistos de Macau e do Continente («joint ventures») pode ser constituída por residentes permanentes de

Leia mais

Macau é o primeiro território no quadro da Região da Grande China, onde vigora o regime de escolaridade gratuita de 15 anos.

Macau é o primeiro território no quadro da Região da Grande China, onde vigora o regime de escolaridade gratuita de 15 anos. Educação Desde a criação da RAEM, o Governo tem promovido o desenvolvimento do ensino não superior e do ensino superior de Macau, para concretizar a acção governativa de construção da prosperidade de Macau

Leia mais

M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE

M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL Nome BRUTO DA COSTA, MARIA HELENA Morada Escritório Nº 6, 5º, Avenida Rovisco Pais, 1000-268 Lisboa, Portugal Telefone Escritório: 21 847 79 49; Correio

Leia mais

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA INDIVIDUAL PARA BOLSAS DE DOUTORAMENTO EM EMPRESAS (BDE)*

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA INDIVIDUAL PARA BOLSAS DE DOUTORAMENTO EM EMPRESAS (BDE)* FORMULÁRIO DE CANDIDATURA INDIVIDUAL PARA BOLSAS DE DOUTORAMENTO EM EMPRESAS (BDE)* Bolsa / / Reservado aos Serviços A preencher pelo candidato Nome completo: Domínio científico principal (indicar apenas

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR

DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR APROVADO PELA RESOLUÇÃO

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO. Termos de Referência do II Seminário Pedagógico da Faculdade de Educação

FACULDADE DE EDUCAÇÃO. Termos de Referência do II Seminário Pedagógico da Faculdade de Educação FACULDADE DE EDUCAÇÃO Termos de Referência do II Seminário Pedagógico da Faculdade de Educação Maputo, 28 de Outubro de 2015 1 Introdução A Faculdade de Educação (FACED) é a unidade orgânica da Universidade

Leia mais

Esclarecimento a alunos e profissionais das Terapêuticas Não Convencionais.

Esclarecimento a alunos e profissionais das Terapêuticas Não Convencionais. Esclarecimento a alunos e profissionais das Terapêuticas Não Convencionais. Os recentes desenvolvimentos em matéria de regulamentação das terapêuticas não convencionais (TNC) têm propiciado o surgimento

Leia mais

ÍNDICE APRESENTAÇÃO 02 HISTÓRIA 02 OBJECTIVOS 02 CURSOS 04 CONSULTORIA 06 I&D 07 DOCENTES 08 FUNDEC & IST 09 ASSOCIADOS 10 PARCERIAS 12 NÚMEROS 13

ÍNDICE APRESENTAÇÃO 02 HISTÓRIA 02 OBJECTIVOS 02 CURSOS 04 CONSULTORIA 06 I&D 07 DOCENTES 08 FUNDEC & IST 09 ASSOCIADOS 10 PARCERIAS 12 NÚMEROS 13 ÍNDICE APRESENTAÇÃO 02 HISTÓRIA 02 OBJECTIVOS 02 CURSOS 04 CONSULTORIA 06 I&D 07 DOCENTES 08 FUNDEC & IST 09 ASSOCIADOS 10 PARCERIAS 12 NÚMEROS 13 QUEM SOMOS FUNDEC APRESENTAÇÃO HISTÓRIA OBJECTIVOS A

Leia mais

A Direcção, Dora Dias Susana Silva

A Direcção, Dora Dias Susana Silva A Mais Família é uma empresa recente, sediada no centro de Matosinhos. Somos uma empresa de APOIO DOMICILIÁRIO, tutelada pelo Instituto da Segurança Social, com o alvará nº 23/2011, prestando assistência

Leia mais

FORMAÇÃO E ESTÁGIO COMPLEMENTAR

FORMAÇÃO E ESTÁGIO COMPLEMENTAR FORMAÇÃO E ESTÁGIO COMPLEMENTAR EM CURSO: MEDICINA TRADICIONAL CHINESA Portaria nº 181/2014 de 12 de Setembro DOCENTES: VÁRIOS EQUADRAMENTO DA FORMAÇÃO Este curso destina-se a todos os profissionais de

Leia mais

REFERENCIA INSTITUCIONAL:

REFERENCIA INSTITUCIONAL: TITULO: Programa de Integração Docente Assistencial entre a Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP e a Secretaria Municipal de Saúde de Diadema - PIDA-DIADEMA EIXO: Extensão, Docência e Investigação

Leia mais

CETAC.MEDIA. Centro de Estudos. das Tecnologias e Ciências da Comunicação. Regulamento

CETAC.MEDIA. Centro de Estudos. das Tecnologias e Ciências da Comunicação. Regulamento Centro de Estudos das Tecnologias e Ciências da Comunicação Regulamento Julho de 2008 CAPÍTULO I Natureza, Missão, Atribuições e Constituição Artigo 1º Natureza O Centro de Estudos das Tecnologias e Ciências

Leia mais

Normas de regulamentação para a certificação de. atualização profissional de títulos de especialista e certificados de área de atuação.

Normas de regulamentação para a certificação de. atualização profissional de títulos de especialista e certificados de área de atuação. Normas de regulamentação para a certificação de atualização profissional de título de especialista e certificado de área de atuação Em decorrência do convênio celebrado entre a Associação Médica Brasileira

Leia mais

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CICLO DE MANUEL DA FONSECA PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES A intervenção do Psicólogo na escola baseia-se num modelo relacional e construtivista, que fundamenta uma prática psicológica

Leia mais

Regulamento do Centro de Ciências Matemáticas

Regulamento do Centro de Ciências Matemáticas Centro de Ciências Matemáticas Campus Universitário da Penteada P 9000-390 Funchal Tel + 351 291 705181 /Fax+ 351 291 705189 ccm@uma.pt Regulamento do Centro de Ciências Matemáticas I Disposições gerais

Leia mais

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA INDIVIDUAL PARA BOLSAS DE DOUTORAMENTO EM EMPRESAS (BDE)*

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA INDIVIDUAL PARA BOLSAS DE DOUTORAMENTO EM EMPRESAS (BDE)* FORMULÁRIO DE CANDIDATURA INDIVIDUAL PARA BOLSAS DE DOUTORAMENTO EM EMPRESAS (BDE)* Bolsa / / Reservado aos Serviços A preencher pelo candidato Nome completo: Domínio científico principal (indicar apenas

Leia mais

EQUIPA DE FORMADORES (2011/2012)

EQUIPA DE FORMADORES (2011/2012) EQUIPA DE FORMADORES (2011/2012) Adelaide Carreira é licenciada em Matemática pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, onde exerce funções, encontra-se na fase final da elaboração da sua tese

Leia mais

INICIATIVA ESTRATÉGICA CONHECIMENTO E INOVAÇÃO

INICIATIVA ESTRATÉGICA CONHECIMENTO E INOVAÇÃO INICIATIVA ESTRATÉGICA CONHECIMENTO E INOVAÇÃO Janeiro 2004 INICIATIVA ESTRATÉGICA CONHECIMENTO E INOVAÇÃO 1 - OBJECTIVOS O Conhecimento é fonte de Desenvolvimento. A criação e transmissão do Conhecimento

Leia mais

Um mar de oportunidades. Mestrado em Gestão Portuária. Mensagem do Presidente da ENIDH Escola Superior Náutica Infante D. Henrique.

Um mar de oportunidades. Mestrado em Gestão Portuária. Mensagem do Presidente da ENIDH Escola Superior Náutica Infante D. Henrique. Um mar de oportunidades Mestrado em Gestão Portuária Mensagem do Presidente da ENIDH Escola Superior Náutica Infante D. Henrique A ENIDH é a Escola Superior pública portuguesa que assegura a formação de

Leia mais

Press Release. I Jornadas de Medicina Complementar

Press Release. I Jornadas de Medicina Complementar Press Release I Jornadas de Medicina Complementar 21 de Setembro de 2013 Apresentação O irá realizar as I Jornadas de Medicina Complementar A pesquisa científica em Medicina Complementar e a sua pertinência

Leia mais

ÍNDICE ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DE SANTARÉM 1. ÍNDICE 2. PROMULGAÇÃO 3. DESCRIÇÃO DA ESCOLA. 3.1 História. 3.2 Objetivo e Domínio da Certificação

ÍNDICE ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DE SANTARÉM 1. ÍNDICE 2. PROMULGAÇÃO 3. DESCRIÇÃO DA ESCOLA. 3.1 História. 3.2 Objetivo e Domínio da Certificação ÍNDICE 1. ÍNDICE 2. PROMULGAÇÃO 3. DESCRIÇÃO DA ESCOLA 3.1 História 3.2 Objetivo e Domínio da Certificação 4. SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE 4.1 Processos 4.2 Requisitos da Documentação 4.3 Controlo dos

Leia mais

REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS

REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Ciências Sociais e Humanas REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS Artigo 1º Natureza O presente regulamento

Leia mais

Objectivos Proporcionar experiências musicais ricas e diversificadas e simultaneamente alargar possibilidades de comunicação entre Pais e bebés.

Objectivos Proporcionar experiências musicais ricas e diversificadas e simultaneamente alargar possibilidades de comunicação entre Pais e bebés. O estudo do desenvolvimento musical da criança é um campo de trabalho privilegiado pela CMT, tendo em conta o perfil curricular de alguns dos seus elementos, com ligações ao meio universitário. Um pouco

Leia mais

Programa de Parcerias e Submissão de Propostas 2014/15

Programa de Parcerias e Submissão de Propostas 2014/15 DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA Programa de Parcerias e Submissão de Propostas 2014/15 O Departamento de Informática (DI) da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL) procura criar e estreitar

Leia mais

Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais. Edição 2009/2010. Cidade da Praia, Cabo Verde

Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais. Edição 2009/2010. Cidade da Praia, Cabo Verde Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais Edição 2009/2010 Cidade da Praia, Cabo Verde A ponte para o futuro Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais Edição 2009/2010

Leia mais

a) Regras sobre a admissão no ciclo de estudos

a) Regras sobre a admissão no ciclo de estudos ANEXO Normas regulamentares do ciclo de estudos conducente ao grau de mestre em a) Regras sobre a admissão no ciclo de estudos 1. Habilitações de acesso São admitidos como candidatos à inscrição no ciclo

Leia mais

Cursos de Medicina Tradicional Chinesa em Lisboa c/ Prof. Doutor Peng Xuming

Cursos de Medicina Tradicional Chinesa em Lisboa c/ Prof. Doutor Peng Xuming DEPARTAMENTO DE MEDICINA TRADICIONAL CHINESA Caros Alunos do Curso de Medicina Tradicional Chinesa Como vem sendo habitual nestes últimos anos, a CHINARTE tem levado a cabo a organização de seminários

Leia mais

www.pwcacademy.pt Academia da PwC A formação profissional assume particular relevância no sucesso das empresas, a todos os

www.pwcacademy.pt Academia da PwC A formação profissional assume particular relevância no sucesso das empresas, a todos os www.pwcacademy.pt Das obrigações legais, às melhores p ráticas de gestão e oportunidades no seu financiamento Seminári o prático Lisboa, 29 de Junho Academia da PwC A formação profissional assume particular

Leia mais

REGULAMENTO CURSOS ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA

REGULAMENTO CURSOS ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA REGULAMENTO CURSOS ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA (Com base no Regulamento de Estudos revisto e alterado em Reunião do Conselho Científico de 27 Novembro 2006) Anos Lectivos 2006/2007 e 2007/2008 Artigo 1.º

Leia mais

Pós-Graduação Conservação e Reabilitação do Edificado

Pós-Graduação Conservação e Reabilitação do Edificado Pós-Graduação Conservação e Reabilitação do Edificado Edital 4ª Edição 2012-2013 Barreiro, Julho de 2012 Pós-Graduação Conservação e Reabilitação do Edificado 1 ENQUADRAMENTO A Pós-Graduação em Conservação

Leia mais

Discurso de Abertura do Embaixador INS Cerimónia de Lançamento da Primeira Pedra do Laboratório Nacional de Referência 13 de Novembro de 2014

Discurso de Abertura do Embaixador INS Cerimónia de Lançamento da Primeira Pedra do Laboratório Nacional de Referência 13 de Novembro de 2014 Discurso de Abertura do Embaixador INS Cerimónia de Lançamento da Primeira Pedra do Laboratório Nacional de Referência 13 de Novembro de 2014 S. Excia Ministro da Saúde S. Excia Governadora da Província

Leia mais

República de Angola DNME/MINSA/ ANGOLA

República de Angola DNME/MINSA/ ANGOLA DNME/MINSA/ ANGOLA 1 CONCEITO E ENQUADRAMENTO DA FARMÁCIA HOSPITALAR O Hospital é o local onde as intervenções mais diferenciadas, invasivas e salvadoras de vida devem ter lugar, constituindo-se, por isso

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS EMPRESAS DE BETÃO PRONTO

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS EMPRESAS DE BETÃO PRONTO ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS EMPRESAS DE BETÃO PRONTO CATÁLOGO DE SERVIÇOS... um parceiro fiável. INTRODUÇÃO 2 A APEB Associação Portuguesa das Empresas de Betão Pronto, é uma associação empresarial sem fins

Leia mais

SugarCRM Casos de Sucesso na AP. João Barata Javali

SugarCRM Casos de Sucesso na AP. João Barata Javali João Barata Javali Orador: João Barata Empresa: Javali ADSI Solução: SugarCRM Organização: Reitoria UNL Organização: CGMNP Egas Moniz AGENDA Caso de Sucesso Desafio inicial e a Solução Funcionalidades

Leia mais

Regulamento do curso de Pós-Graduação em Ciências da Educação especialização em Administração Educacional da Universidade da Madeira

Regulamento do curso de Pós-Graduação em Ciências da Educação especialização em Administração Educacional da Universidade da Madeira 1 Regulamento do curso de Pós-Graduação em Ciências da Educação especialização em Administração Educacional da Universidade da Madeira Artigo 1.º Enquadramento jurídico O presente articulado baseia-se

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE PORTALEGRE ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO REGULAMENTO DO DEPARTAMENTO. Tecnologia e Design

INSTITUTO POLITÉCNICO DE PORTALEGRE ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO REGULAMENTO DO DEPARTAMENTO. Tecnologia e Design INSTITUTO POLITÉCNICO DE PORTALEGRE ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO REGULAMENTO DO DEPARTAMENTO Tecnologia e Design CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1.º (Definição) O Departamento de Tecnologia

Leia mais

CAPÍTULO II DA DURAÇÃO E DA CARGA HORÁRIA

CAPÍTULO II DA DURAÇÃO E DA CARGA HORÁRIA POLO UFRJ - XERÉM COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL E SUPORTE ACADÊMICO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO Art. 1 o. As Atividades Complementares são componentes

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM CONTABILIDADE DA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA (NEPEC/UCB)

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM CONTABILIDADE DA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA (NEPEC/UCB) REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM CONTABILIDADE DA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA (NEPEC/UCB) CAPÍTULO I - DO NEPEC E SEUS OBJETIVOS Artigo 1º - O presente Regulamento disciplina as atribuições,

Leia mais

Escola de Lisboa. Relatório de Actividades 2012/13 Elaborado por Direcção e aprovado por Administração e Conselho Cientifico

Escola de Lisboa. Relatório de Actividades 2012/13 Elaborado por Direcção e aprovado por Administração e Conselho Cientifico Escola de Lisboa Relatório de Actividades 2012/13 Elaborado por Direcção e aprovado por Administração e Conselho Cientifico Índice 1. Cumprimento do plano estratégico e anual 2. Realização dos Objectivos

Leia mais

Área Científica: Área Científica Genérica: Biotecnologia Área Científica Especifica: Engenharia Biológica.

Área Científica: Área Científica Genérica: Biotecnologia Área Científica Especifica: Engenharia Biológica. Associação da Faculdade de Farmácia para a Investigação e Desenvolvimento Anúncio para atribuição de uma Bolsa de Investigação (BI) para mestre no âmbito do projeto EXPL/DTP-FTO/0308/2013 Doutora Matilde

Leia mais

CADASTRO DE PROJETOS DE ENSINO. EDITAL Nº XX/2014-PROEN, de XX de XX de 2014

CADASTRO DE PROJETOS DE ENSINO. EDITAL Nº XX/2014-PROEN, de XX de XX de 2014 CADASTRO DE PROJETOS DE ENSINO EDITAL Nº XX/2014-PROEN, de XX de XX de 2014 A Reitoria do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás, por meio da Pró-Reitoria de Ensino (PROEN/IFG), torna

Leia mais

CURRICULUM VITAE. A - Identificação, habilitações, profissão e actividades na área do Direito. Participação: colóquios; encontros; cursos; seminários.

CURRICULUM VITAE. A - Identificação, habilitações, profissão e actividades na área do Direito. Participação: colóquios; encontros; cursos; seminários. CURRICULUM VITAE A - Identificação, habilitações, profissão e actividades na área do Direito Nome: GUILHERME COELHO DOS SANTOS FIGUEIREDO. Naturalidade: FREGUESIA DE MASSARELOS, CONCELHO DO PORTO. Data

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS FACULDADE DE DIREITO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO AMBIENTAL REGIMENTO. I Da Proposta do Curso e seus Objetivos

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS FACULDADE DE DIREITO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO AMBIENTAL REGIMENTO. I Da Proposta do Curso e seus Objetivos UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS FACULDADE DE DIREITO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO AMBIENTAL REGIMENTO I Da Proposta do Curso e seus Objetivos Art. 1. O Curso de Pós-Graduação latu sensu Especialização

Leia mais

Estudos em Direito. 2º Ciclo Mestrado. Apresentação. Ano Lectivo 2010 2011

Estudos em Direito. 2º Ciclo Mestrado. Apresentação. Ano Lectivo 2010 2011 Estudos em Direito 2º Ciclo Mestrado Ano Lectivo 2010 2011 Apresentação O 2º Ciclo de Estudos em Direito tem a designação internacional corrente de Master. Com a oferta do seu Programa de Mestrados 2º

Leia mais

A Faculdade de Ciências Farmacêuticas no uso de suas atribuições legais e regimentais;

A Faculdade de Ciências Farmacêuticas no uso de suas atribuições legais e regimentais; MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS FACULDADE DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700. Alfenas MG. CEP 37130-000 Fone (35)3299-1350 A Faculdade de Ciências Farmacêuticas

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO / ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR

PÓS-GRADUAÇÃO / ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR PÓS-GRADUAÇÃO / ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR FORMAÇÃO SGS ACADEMY LOCAL: LISBOA, PORTO E FUNCHAL GRUPO SGS PORTUGAL O Grupo SGS Société Générale de Surveillance S.A é a maior

Leia mais

Carlos Rui Taveira Madeira

Carlos Rui Taveira Madeira CURRICULUM VITAE de Carlos Rui Taveira Madeira Vila Real Dezembro, 2006 ÍNDICE 1. FORMAÇÃO ACADÉMICA 2. ACTIVIDADE PROFISSIONAL 2.1 Percurso Profissional 2.2. Disciplinas Leccionadas na UTAD 2.2.1. Licenciatura

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO E MESTRADOS EXECUTIVOS DO ISLA CAMPUS LISBOA

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO E MESTRADOS EXECUTIVOS DO ISLA CAMPUS LISBOA REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO E MESTRADOS EXECUTIVOS DO ISLA CAMPUS LISBOA 1.º OBJECTIVO Os Cursos de Pós-Graduação e Mestrados Executivos do ISLA Campus Lisboa são programas de estudos que visam

Leia mais

Regulamento do Programa Inter-Universitário em Biologia de Plantas BioPlant

Regulamento do Programa Inter-Universitário em Biologia de Plantas BioPlant Regulamento do Programa Inter-Universitário em Biologia de Plantas BioPlant Artigo 1º Criação do Programa As Universidades do Minho, de Aveiro e do Porto, designadas por Universidades, instituem um Programa

Leia mais

Partido Popular. CDS-PP Grupo Parlamentar. Projecto de Lei nº 195/X. Inclusão dos Médicos Dentistas na carreira dos Técnicos Superiores de Saúde

Partido Popular. CDS-PP Grupo Parlamentar. Projecto de Lei nº 195/X. Inclusão dos Médicos Dentistas na carreira dos Técnicos Superiores de Saúde Partido Popular CDS-PP Grupo Parlamentar Projecto de Lei nº 195/X Inclusão dos Médicos Dentistas na carreira dos Técnicos Superiores de Saúde A situação da saúde oral em Portugal é preocupante, encontrando-se

Leia mais

CEF/0910/26436 Relatório final da CAE (Univ) - Ciclo de estudos em funcionamento

CEF/0910/26436 Relatório final da CAE (Univ) - Ciclo de estudos em funcionamento CEF/0910/26436 Relatório final da CAE (Univ) - Ciclo de estudos em funcionamento Caracterização do ciclo de estudos Perguntas A.1 a A.9 A.1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: Universidade

Leia mais

MEDIA TRAINNING. Programa

MEDIA TRAINNING. Programa MEDIA TRAINNING Comunicar em saúde Local HUC Centro de Simulação Biomédica dos Hospitais da Universidade de Coimbra Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, EPE Data 5 de Maio, 2012 Horário Manhã

Leia mais

MAIS PRÓXIMO DA COMUNIDADE

MAIS PRÓXIMO DA COMUNIDADE MAIS PRÓXIMO DA COMUNIDADE RESPONSABILIDADE SOCIAL Com vista a promover uma cultura de responsabilidade social, o Millennium bcp tem procurado desenvolver um conjunto de acções junto dos vários grupos

Leia mais

PROPOSTA DE CARREIRA PARA OS TÉCNICOS SUPERIORES DA ÁREA DA SAÚDE EM REGIME DE CIT. Capítulo I Objecto e Âmbito Artigo 1.º Objecto

PROPOSTA DE CARREIRA PARA OS TÉCNICOS SUPERIORES DA ÁREA DA SAÚDE EM REGIME DE CIT. Capítulo I Objecto e Âmbito Artigo 1.º Objecto PROPOSTA DE CARREIRA PARA OS TÉCNICOS SUPERIORES DA ÁREA DA SAÚDE EM REGIME DE CIT Capítulo I Objecto e Âmbito Artigo 1.º Objecto 1 - O presente Decreto-Lei estabelece o regime jurídico da carreira dos

Leia mais

Fundação Universidade Federal de Rondônia. Campus de Guajará-Mirim. Departamento Acadêmico de Ciências da Linguagem/DACL. Letras

Fundação Universidade Federal de Rondônia. Campus de Guajará-Mirim. Departamento Acadêmico de Ciências da Linguagem/DACL. Letras Fundação Universidade Federal de Rondônia Campus de Guajará-Mirim Departamento Acadêmico de Ciências da Linguagem/DACL Letras IDENTIFICAÇÃO DO CURSO Departamento Acadêmico de Ciências da Linguagem - DACL

Leia mais

Curso de Especialização em Sociologia Mobilidades e Identidades

Curso de Especialização em Sociologia Mobilidades e Identidades Curso de Especialização em Sociologia Mobilidades e Identidades Objectivos O Curso de Especialização em Sociologia Mobilidades e Identidades pretende fornecer aos futuros profissionais da área da Sociologia

Leia mais

FARMÁCIAS PORTUGUESAS

FARMÁCIAS PORTUGUESAS Abril de 2008 Maria da Luz Sequeira Praia - Cabo Verde, 25 Abril 2008 IX Congresso Mundial de Farmacêuticos de Língua Portuguesa FARMÁCIAS PORTUGUESAS Dados 1 FARMÁCIAS PORTUGUESAS Evolução do Número N

Leia mais

Eleva-te a um Nível Superior

Eleva-te a um Nível Superior Eleva-te a um Nível Superior Curso b-learning de Medicina Oriental, Shiatsu e Fitoterapia Introdução O CT.Doriente ou Escola Nacional de Shiatsu e Disciplinas Associadas, desenvolveu tecnicamente o curso

Leia mais

3. Actividade Pedagógica e Cientifica. 1) Experiência no Ensino Superior Ao Nível do 2º Ciclo do Ensino Superior:

3. Actividade Pedagógica e Cientifica. 1) Experiência no Ensino Superior Ao Nível do 2º Ciclo do Ensino Superior: 1. Informação Biográfica Naturalidade: Coimbra (Sé Nova) Data de Nascimento: 10 de Fevereiro de 1970 Bilhete de Identidade: 8832094 de 12/10/2004 Coimbra Nacionalidade: Portuguesa Estado Civil: casada

Leia mais

Curriculum Vitae. João António de Sampaio Rodrigues Queiroz

Curriculum Vitae. João António de Sampaio Rodrigues Queiroz Curriculum Vitae João António de Sampaio Rodrigues Queiroz 1. Dados Biográficos Data de nascimento: 29 de setembro de 1964; Cartão de Cidadão nº 6500257; Nacionalidade: Portuguesa; Filiação: Francisco

Leia mais

REGULAMENTO DO PROCESSO ESPECIAL DE ACREDITAÇÃO/RENOVAÇÃO DA ACREDITAÇÃO DE ENTIDADES CANDIDATAS À AVALIAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DOS MANUAIS ESCOLARES

REGULAMENTO DO PROCESSO ESPECIAL DE ACREDITAÇÃO/RENOVAÇÃO DA ACREDITAÇÃO DE ENTIDADES CANDIDATAS À AVALIAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DOS MANUAIS ESCOLARES REGULAMENTO DO PROCESSO ESPECIAL DE ACREDITAÇÃO/RENOVAÇÃO DA ACREDITAÇÃO DE ENTIDADES CANDIDATAS À AVALIAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DOS MANUAIS ESCOLARES CAPÍTULO I Âmbito de aplicação Artigo 1.º Objeto e âmbito

Leia mais

A CONTRATUALIZAÇÃO INTERNA FIGUEIRA DA FOZ HOTEL EUROSTARS OASIS PLAZA 19 DE SETEMBRO

A CONTRATUALIZAÇÃO INTERNA FIGUEIRA DA FOZ HOTEL EUROSTARS OASIS PLAZA 19 DE SETEMBRO A CONTRATUALIZAÇÃO INTERNA FIGUEIRA DA FOZ HOTEL EUROSTARS OASIS PLAZA 19 DE SETEMBRO MODERAÇÃO PEDRO BEJA AFONSO Para além de Presidente do Conselho de Administração do Hospital Distrital da Figueira

Leia mais

REGULAMENTO DE SEMINÁRIO / ESTÁGIO DA LICENCIATURA EM ENGENHARIA ELECTROTÉCNICA E DE COMPUTADORES PREÂMBULO

REGULAMENTO DE SEMINÁRIO / ESTÁGIO DA LICENCIATURA EM ENGENHARIA ELECTROTÉCNICA E DE COMPUTADORES PREÂMBULO REGULAMENTO DE SEMINÁRIO / ESTÁGIO DA LICENCIATURA EM ENGENHARIA ELECTROTÉCNICA E DE COMPUTADORES PREÂMBULO A disciplina de Seminário/Estágio, do 3º ano da Licenciatura em Engenharia Electrotécnica e de

Leia mais

Projetos de informatização educacional. Ketiuce Ferreira Silva 3º Período G1 Professora: Gilca

Projetos de informatização educacional. Ketiuce Ferreira Silva 3º Período G1 Professora: Gilca Projetos de informatização educacional Ketiuce Ferreira Silva 3º Período G1 Professora: Gilca O uso do computador como instrumento de educação ainda não é uma realidade para muitos no Brasil, mas aqui

Leia mais

O CHCB emprega mais de 1400 colaboradores;

O CHCB emprega mais de 1400 colaboradores; Inaugurado em 17 Janeiro de 2000, o CHCB foi construído segundo padrões de alta qualidade, sujeito às mais rigorosas exigências tecnológicas. É a maior e mais sofisticada Unidade de Saúde de toda a Região

Leia mais

Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT

Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT Centro Cultural de Belém, Lisboa, 11 de Outubro de 2006 Intervenção do Secretário

Leia mais

Serviço de Apoio à Criação de Emprego e estágios

Serviço de Apoio à Criação de Emprego e estágios Serviço de Apoio à Criação de Emprego e estágios Outubro de 2010 Agenda EM DESTAQUE Aderir à REDE! NOTÍCIAS/ EVENTOS Índice Nota Editorial Eventos/Notícias Na Primeira Pessoa Instituição do Mês Protocolos

Leia mais

Cursos de Doutoramento

Cursos de Doutoramento PROSPECTO FACULDADE DE ECONOMIA Cursos de Doutoramento CONTACTOS FACULDADE DE ECONOMIA Av. Julius Nyerere, Campus Universitário, 3453 Tel: +258 21 496301 Fax. +258 21 496301 1 MENSAGEM DO DIRECTOR Sejam

Leia mais

REGULAMENTO DO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO DA QUALIDADE DO INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO

REGULAMENTO DO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO DA QUALIDADE DO INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO REGULAMENTO DO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO DA QUALIDADE DO INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO A criação de um sistema integrado de gestão da qualidade para as instituições de ensino superior resulta das melhores

Leia mais

Gestão e Novas Tecnologias

Gestão e Novas Tecnologias Curso de Especialização em Gestão e Novas Tecnologias Índice 1- Enquadramento 2- Objectivos 3- Destinatários 4- Conteúdos programáticos 5- Corpo docente 6- Planeamento da formação 7- Organização e responsabilidade

Leia mais

Rio Grande do Sul: sociedade, política e cultura

Rio Grande do Sul: sociedade, política e cultura Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Rio Grande do Sul: sociedade, política e cultura Modalidade a Distância Dados do curso Contato Grade e Ementas DADOS DO CURSO: 1) Objetivo Geral Proporcionar aos graduados

Leia mais

Plano de Atividades 2014

Plano de Atividades 2014 Plano de Atividades 2014 Escola de Ciências Universidade do Minho 1. Missão A Escola de Ciências tem como missão gerar, difundir e aplicar conhecimento no âmbito das Ciências Exatas e da Natureza e domínios

Leia mais

Ministério da Ciência e Tecnologia

Ministério da Ciência e Tecnologia Ministério da Ciência e Tecnologia Decreto n.º4/01 De 19 de Janeiro Considerando que a investigação científica constitui um pressuposto importante para o aumento da produtividade do trabalho e consequentemente

Leia mais