PRIMEIROS SOCORROS DADOS BÁSICOS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PRIMEIROS SOCORROS DADOS BÁSICOS"

Transcrição

1

2

3 PRIMEIROS SOCORROS DADOS BÁSICOS Apenas alguns conhecimentos sobre primeiros socorros podem ajudá-lo a lidar melhor com emergências. As suas competências podem ajudá-lo a salvar a vida de um familiar, de um amigo ou de um estranho em caso de necessidade. Quaisquer que sejam as suas razões para aprender primeiros socorros, este folheto pode ajudá-lo a lembrar-se dos princípios básicos. As situações de primeiros socorros são todas diferentes: algumas são simples, outras mais complexas. Pode apenas ser necessário prestar apoio emocional até que chegue ajuda. Pode sentir-se ansioso ou preocupado, mas é melhor estar preparado do que não estar. Se se encontrar numa situação de emergência, lembre-se de: Avaliar a situação > Mantenha-se calmo e procure quaisquer perigos para si ou para o acidentado. Torne o local seguro > Descubra o que aconteceu e como > Quantos feridos houve? Existe alguém à sua volta que possa ajudar? > Precisa de uma ambulância? Tratar primeiro os ferimentos graves Existem três situações que provocam risco de vida imediato: > Problemas respiratórios > Problemas cardíacos > Perda de sangue grave Se houver mais de um acidentado, acorra primeiro aos que estão sossegados. Podem estar inconscientes e precisar de cuidados imediatos.

4 CHAMAR UMA AMBULÂNCIA Para chamar uma ambulância ligue 999 Decida se a situação requer uma ambulância. A situação apresenta risco de vida ou é um ferimento grave? Consegue utilizar os seus próprios meios para transportar o acidentado a uma sala de urgência? Em situações menos graves ou que não sejam urgências, pode obter ajuda de um farmacêutico. Se não tiver a certeza, chame uma ambulância. Se tiver dificuldades em exprimir-se em inglês, indique ao operador o seu idioma, o mais depressa possível e aguarde alguns minutos. Entrará outra pessoa na chamada que fará a tradução. Terá de dizer ao operador: > O seu número de telefone > O local do incidente > O tipo de incidente > O número, sexo e idade dos acidentados > Detalhes acerca da condição de cada um > Detalhes de quaisquer perigos como gás, danos em cabos de energia eléctrica ou nevoeiro.

5 EMERGÊNCIA TÉCNICAS DE PRIMEIROS SOCORROS Reanimação de adultos Se a pessoa não demonstrar quaisquer sinais vitais, chame uma ambulância. 1. Aperte o nariz da pessoa, incline a cabeça para trás, coloque a sua boca sobre a boca da outra pessoa e sopre, faça duas insuflações de salvamento. (1) 2. Coloque as suas mãos no esterno como mostra a imagem e faça pressão 4 a 5 cm. Após cada 15 compressões do peito, faça duas insuflações. (2) 3. Continue com as insuflações de salvamento e as compressões do peito até chegar a ajuda de emergência. 1 2

6 Reanimação de crianças (1 a 7 anos) Se uma criança não respirar e não existirem sinais óbvios de circulação, chame uma ambulância. 1. Aperte o nariz da criança, incline a cabeça para trás, coloque a sua boca sobre a boca da criança e sopre, faça duas insuflações de salvamento. (3) 2. Faça compressões do peito. Coloque a mão no esterno da criança como mostra a imagem e faça compressões até um terço da profundidade do peito. (4) 3. Continue o ciclo de uma insuflação de salvamento seguida de cinco compressões até chegar a ajuda de emergência. 3 4

7 Reanimação de bebés (menos de um ano) Se um bebé não respirar e não existirem sinais óbvios de circulação, chame uma ambulância. 1. Coloque a boca por cima da boca e nariz do bebé e faça duas insuflações de salvamento suaves. (5) 2. Faça compressões do peito. Coloque os dedos no esterno entre os mamilos e faça compressões até um terço da profundidade do peito. (6) 3. Continue o ciclo de uma insuflação de salvamento seguida de cinco compressões até chegar a ajuda de emergência. 5 6

8 Posição de recuperação Se um adulto ou criança (1 a 7 anos) estiver inconsciente, mas a respirar, coloque-o de lado na posição de recuperação como mostra a imagem. (7) Se um bebé estiver inconsciente, mas a respirar, coloque-o no antebraço como mostra a imagem (8) assegurando-se que a cabeça fica mais baixa do que o corpo. 7 8

9 Hemorragia 9 A perda de sangue pode ser grave e deve ser tratada assim que possível 1. Exercendo pressão sobre a ferida com a mão, de preferência por cima de um pano limpo. 2. Se o acidentado estiver a sangrar de um dos membros, eleve-o acima do nível do coração. Queimaduras e escaldões As queimaduras e escaldões encontram-se entre os ferimentos mais comuns que requerem tratamento de emergência no Reino Unido. O seu objectivo é: 1. Arrefecer a ferida o mais rapidamente possível colocando-a debaixo de água fria corrente durante, pelo menos, 10 minutos. 2. Elevar o membro para evitar o inchaço. 3. Cobrir o ferimento utilizando um pano limpo ou película aderente e consultar um médico. Ataque cardíaco Se suspeitar que alguém está a sofrer um ataque cardíaco 1. Sente-o. 2. Chame imediatamente uma ambulância; mesmo se não tiver a certeza 3. Se a pessoa estiver consciente, dê-lhe um comprimido de 300 mg de Aspirina para mastigar. Esteja preparado para fazer a reanimação, se necessário.

10 Doenças cardíacas As doenças cardíacas constituem um grande problema no Reino Unido. É a causa mais comum de morte. A prevenção é melhor do que o tratamento. O risco de doença cardíaca pode ser superior se: > fumar > ingerir bebidas alcoólicas > tiver excesso de peso e não praticar exercício físico > estiver sujeito a elevados níveis de stress. Experimente algumas destas sugestões simples que podem ajudar o reduzir o risco de doença cardíaca: > Suba pelas escadas e não pelo elevador (mesmo que seja apenas os últimos andares) > Reduza para apenas alguns os cigarros que fuma por dia > Vá ao médico para fazer um check-up > Grelhe a carne, de vez em quando, em vez de a fritar > Faça caminhos curtos a pé, em vez de ir de carro > Coma uma peça de fruta em vez de um chocolate ou outro alimento calórico SE GOSTAR, FAÇA MAIS!

11 A Cruz Vermelha Britânica faz parte da Cruz Vermelha Internacional e do Movimento do Crescente Vermelho a maior organização humanitária a nível mundial. Existem delegações da Cruz Vermelha ou do Crescente Vermelho em 181 países, com cerca de 105 milhões de sócios em todo o mundo. O objectivo do Movimento é prevenir e aliviar o sofrimento humano fornecendo assistência neutra em tempo de guerra ou catástrofe. Estamos empenhados em ajudar os mais necessitados, independentemente da raça, religião, nacionalidade ou convicções políticas.

12 Registered charity number UK Office 9 Grosvenor Crescent London SW1X 7EJ Tel Fax Moorfields House 44 Moorfields London EC2Y 9AL (from December 2004)

Acidentes domésticos podem ser prevenidos. Entre pediatras e especialistas da área de cuidados com as crianças, é senso comum que, se os responsáveis

Acidentes domésticos podem ser prevenidos. Entre pediatras e especialistas da área de cuidados com as crianças, é senso comum que, se os responsáveis Acidentes domésticos podem ser prevenidos. Entre pediatras e especialistas da área de cuidados com as crianças, é senso comum que, se os responsáveis tivessem mais orientações ou tomassem mais cuidado

Leia mais

Primeiros Socorros Volume III

Primeiros Socorros Volume III Manual Primeiros Socorros Volume III um Manual de Agosto de 2008 Rua Braancamp, 52-4º 1250-051 Lisboa Tel. 212476500 geral@oportalsaude.com Copyright, todos os direitos reservados. Este Manualnão pode

Leia mais

Primeiros Socorros Volume I

Primeiros Socorros Volume I Manual Primeiros Socorros Volume I um Manual de Junho de 2008 Rua Braancamp, 52-4º 1250-051 Lisboa Tel. 212476500 geral@oportalsaude.com Copyright, todos os direitos reservados. Este Guia Técnico não pode

Leia mais

21/6/2011. eduardoluizaph@yahoo.com.br

21/6/2011. eduardoluizaph@yahoo.com.br A imagem não pode ser exibida. Talvez o computador não tenha memória suficiente para abrir a imagem ou talvez ela esteja corrompida. Reinicie o computador e abra o arquivo novamente. Se ainda assim aparecer

Leia mais

AOS SÁBADOS NA ESEC Workshop Como Prestar os Primeiros Socorros : 10/3/2012

AOS SÁBADOS NA ESEC Workshop Como Prestar os Primeiros Socorros : 10/3/2012 AOS SÁBADOS NA ESEC Workshop Como Prestar os Primeiros Socorros : 10/3/2012 Formador: Enfermeiro Paulo Oliveira (HUC) Síntese elaborada por Ana Sofia Frias Quando ligamos para o 112, quem atende a nossa

Leia mais

MEDIDAS DE PREVENÇÃO E AUTOPROTECÇÃO

MEDIDAS DE PREVENÇÃO E AUTOPROTECÇÃO MEDIDAS DE PREVENÇÃO E AUTOPROTECÇÃO Os sismos são fenómenos naturais que não se podem prever nem evitar. Os seus efeitos podem ser minimizados com comportamentos adequados. Há que saber agir correctamente.

Leia mais

GESTOS QUE SALVAM Departamento de Formação em Emergência Médica janeiro de 2014

GESTOS QUE SALVAM Departamento de Formação em Emergência Médica janeiro de 2014 GESTOS QUE SALVAM Departamento de Formação em Emergência Médica janeiro de 2014 Gestos que Salvam O que fazer? EM CASO DE EMERGÊNCIA O QUE FAZER Número Europeu de Emergência LIGAR PARA O NÚMERO EUROPEU

Leia mais

PREVENÇÃO DE ACIDENTES NA INFÂNCIA CAUSAS E SOLUÇÕES

PREVENÇÃO DE ACIDENTES NA INFÂNCIA CAUSAS E SOLUÇÕES PREVENÇÃO DE ACIDENTES NA INFÂNCIA CAUSAS E SOLUÇÕES Introdução As crianças pequenas não têm a capacidade para avaliar o perigo, pelo que qualquer objeto que encontram em casa pode transformar-se num brinquedo

Leia mais

O que fazer em caso de sismo

O que fazer em caso de sismo www.aterratreme.pt O que fazer em caso de sismo Todos os anos se realiza o exercício de prevenção de risco sísmico A Terra Treme, pois é importante relembrar as regras básicas de segurança incluindo alguns

Leia mais

Frio» Enregelamento dos membros

Frio» Enregelamento dos membros Frio» Enregelamento dos membros O enregelamento é uma situação que resulta da exposição excessiva ao frio ou pelo contacto com objetos extremamente frios. Consiste no congelamento das camadas superficiais

Leia mais

Passos para se proteger do Ébola enquanto aguarda por assistência Documento para a Guiné-Bissau

Passos para se proteger do Ébola enquanto aguarda por assistência Documento para a Guiné-Bissau Passos para se proteger do Ébola enquanto aguarda por assistência Documento para a Guiné-Bissau 1 Lembre-se de três coisas Não tocar Isole a pessoa doente Ligue para a linha de apoio 2 Se pensa que alguém

Leia mais

Frio» Recomendações gerais

Frio» Recomendações gerais No domicílio Antes do Inverno, verifique os equipamentos de aquecimento da sua casa; Se tiver lareira mande limpar a chaminé, se necessário; Mantenha a casa arejada, abrindo um pouco a janela/porta para

Leia mais

Como Se Recuperar Após uma Cirurgia de Extração de Siso

Como Se Recuperar Após uma Cirurgia de Extração de Siso Como Se Recuperar Após uma Cirurgia de Extração de Siso O dente do siso começa a surgir na maioria das pessoas entre os 17 e 24 anos. Porém, em alguns, o siso não nasce completamente e causa dor, inchaços

Leia mais

MÓDULO VIII ACIDENTES COM PRODUTOS FITOFARMACÊUTICOS

MÓDULO VIII ACIDENTES COM PRODUTOS FITOFARMACÊUTICOS Acidentes com Programa de formação sobre a aplicação de MÓDULO VIII ACIDENTES COM PRODUTOS FITOFARMACÊUTICOS Acidentes com Os são seguros se forem utilizados com cuidado, de acordo com todas as indicações

Leia mais

APOSTILA PRIMEIROS SOCORROS À CRIANÇA NA ESCOLA

APOSTILA PRIMEIROS SOCORROS À CRIANÇA NA ESCOLA APOSTILA PRIMEIROS SOCORROS À CRIANÇA NA ESCOLA Dra. Maria Beatriz Silveira Schmitt Silva Coordenadora do SAMU do Vale do Itajaí Coordenadora Médica do SOS Unimed Blumenau Setembro/2010 Revisado em Fevereiro

Leia mais

Criança com deficiência

Criança com deficiência Criança com deficiência Não espero pelos outros. Começo eu mesmo. Como toda criança, a criança com deficiência precisa de muito amor, atenção, cuidados e proteção. Precisa também brincar com outras crianças

Leia mais

Primeiros socorros Material a ter na caixa de primeiros socorros:

Primeiros socorros Material a ter na caixa de primeiros socorros: Primeiros socorros Os primeiros socorros é o tratamento inicial dado a alguém que se magoou ou sofreu um acidente. Se o acidente for grave, não deves mexer na pessoa lesionada e chamar o 112, explicando-lhe

Leia mais

PRIMEIROS SOCORROS. RECURSOS HUMANOS - PH/PHA Data: 28/03/2000 PESSOAS: NOSSA MELHOR ENERGIA

PRIMEIROS SOCORROS. RECURSOS HUMANOS - PH/PHA Data: 28/03/2000 PESSOAS: NOSSA MELHOR ENERGIA PRIMEIROS SOCORROS CONCEITO TRATAMENTO IMEDIATO E PROVISÓRIO CARACTERÍSTICAS DO SOCORRISTA CONHECIMENTO INICATIVA CONFIANÇA CRIATIVIDADE CALMA SOLIDARIEDADE ESTADO DE CHOQUE HIPOTENSÃO COM ACENTUADA BAIXA

Leia mais

Corpo de Bombeiros. São Paulo

Corpo de Bombeiros. São Paulo Corpo de Bombeiros São Paulo NOÇÕES DE PRIMEIROS SOCORROS Acionamento do serviço de emergência Antes de iniciar qualquer procedimento, garanta sua segurança e acione o serviço de emergência. 193 192 Fonte:

Leia mais

EMERGÊNCIA. Experiência não é o que acontece a você. Éo que você faz com o que acontece a você. EMERGÊNCIAS MÉDICAS EM ODONTOLOGIA

EMERGÊNCIA. Experiência não é o que acontece a você. Éo que você faz com o que acontece a você. EMERGÊNCIAS MÉDICAS EM ODONTOLOGIA EMERGÊNCIAS MÉDICAS EM ODONTOLOGIA Experiência não é o que acontece a você. Éo que você faz com o que acontece a você. Aldous Huxley EMERGÊNCIA Éuma situação crítica, acontecimento perigoso ou dificuldade

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES Usuário Versão 1.1 BEBEDOUROS TROPICAL. Bebedouros Tropical www.bebedourostropical.com.br. Produtos com Certificação Inmetro

MANUAL DE INSTRUÇÕES Usuário Versão 1.1 BEBEDOUROS TROPICAL. Bebedouros Tropical www.bebedourostropical.com.br. Produtos com Certificação Inmetro MANUAL DE INSTRUÇÕES Usuário Versão 1.1 Bebedouros Tropical www.bebedourostropical.com.br BEBEDOUROS TROPICAL LEIA E SIGA TODAS AS REGRAS DE SEGURANÇA E INSTRUÇÕES OPERACIONAIS ANTES DE USAR. sac@bebedourostropical.com.br

Leia mais

Acidentes na Infância

Acidentes na Infância Acidentes na Infância Realizado por: Ana Cristina Pinheiro Mário Quintaneiro ACIDENTES NA INFÂNCIA Os acidentes são a maior causa de morbilidade e mortalidade na infância e a maioria deles é prevenível,

Leia mais

1.5.2 Avaliar a Amamentação

1.5.2 Avaliar a Amamentação 1.5.2 Avaliar a Amamentação Primeiro decida se você vai avaliar a amamentação da criança. Avaliar sempre que: tiver sendo consultada pela 1ª vez no serviço de saúde ou tiver qualquer dificuldade em se

Leia mais

SAÚDE.sempre. Gripe. newsletter. medidas de auto cuidado. Secretaria Regional dos Assuntos Sociais

SAÚDE.sempre. Gripe. newsletter. medidas de auto cuidado. Secretaria Regional dos Assuntos Sociais Janeiro * 2014 Instituto de Administração da Saúde e Assuntos Sociais, IP-RAM Gripe medidas de auto cuidado newsletter Secretaria Regional dos Assuntos Sociais Ficha Técnica Newsletter - Janeiro de 2014

Leia mais

FÉRIAS ESCOLARES ACIDENTES DOMÉSTICOS

FÉRIAS ESCOLARES ACIDENTES DOMÉSTICOS FÉRIAS ESCOLARES X ACIDENTES DOMÉSTICOS As férias escolares exigem mais cuidados com os acidentes domésticos porque as crianças ficam mais tempo em casa e isso aumenta o risco de ocorrerem acidentes que

Leia mais

DIABETES ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA OS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE

DIABETES ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA OS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE DIABETES ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA OS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE Governo do Estado da Bahia Jacques Wagner Secretário de Saúde do Estado da Bahia Jorge José Santos Pereira Solla Superintendência de Atenção

Leia mais

CORAÇÃO. Na Saúde combata...os inimigos silenciosos! Trabalho Elaborado por: Ana Cristina Pinheiro Mário Quintaneiro

CORAÇÃO. Na Saúde combata...os inimigos silenciosos! Trabalho Elaborado por: Ana Cristina Pinheiro Mário Quintaneiro Trabalho Elaborado por: Na Saúde combata...os inimigos silenciosos! Ana Cristina Pinheiro Mário Quintaneiro CORAÇÃO Olá! Eu sou o seu coração, trabalho dia e noite sem parar, sem descanso semanal ou férias.

Leia mais

Programa RespirAr. Asma e bronquite sem crise. RespirAr

Programa RespirAr. Asma e bronquite sem crise. RespirAr Programa RespirAr. Asma e bronquite sem crise. RespirAr Prevenir é o melhor remédio para uma boa saúde, evitando-se as doenças e suas complicações. Problemas respiratórios, por exemplo, podem se tornar

Leia mais

Centro de Saúde de Évora Saúde Escolar. Noções de Primeiros Socorros

Centro de Saúde de Évora Saúde Escolar. Noções de Primeiros Socorros Centro de Saúde de Évora Saúde Escolar Noções de Primeiros Socorros Noções de Primeiros Socorros! O primeiro socorro;! Feridas, picadas e mordeduras;! Produtos e materiais;! Algumas recomendações. O primeiro

Leia mais

campeao - da seguranca. pode empinar o nariz que esse premio ^ e seu.

campeao - da seguranca. pode empinar o nariz que esse premio ^ e seu. campeao - da seguranca. pode empinar o nariz que esse premio ^ e seu. - - O poder de prevenir acidentes e seu. - Todo super-herói tem muita energia. Mas os verdadeiros heróis são aqueles que sabem usar

Leia mais

Porque evitar o "NÃO" e a linguagem negativa. M. H. Lorentz

Porque evitar o NÃO e a linguagem negativa. M. H. Lorentz Porque evitar o "NÃO" e a linguagem negativa. M. H. Lorentz A linguagem tem por objetivo a comunicação entre os seres humanos, portanto quanto mais precisa for a linguagem, melhor será o resultado de nossa

Leia mais

Gestos que Salvam Vidas..

Gestos que Salvam Vidas.. Gestos que Salvam Vidas.. O que é o SBV (suporte básico de vida)? Conjunto de medidas utilizadas para restabelecer a vida de uma vitima em paragem cardio-respiratória. Com o objectivo de recuperar a vitima

Leia mais

O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE PÉ DIABÉTICO

O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE PÉ DIABÉTICO O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE PÉ DIABÉTICO PROBLEMAS CAUSADOS PELO DIABETES MELLITUS CORAÇÃO: Doença arterial coronariana e risco de infarto do miocárdio RINS: Nefropatia CÉREBRO: Acidente vascular cerebral

Leia mais

ASSENTO ULTRA MASSAGE RM-AM2206 MANUAL DE INSTRUÇÕES

ASSENTO ULTRA MASSAGE RM-AM2206 MANUAL DE INSTRUÇÕES ASSENTO ULTRA MASSAGE RM-AM2206 MANUAL DE INSTRUÇÕES Índice 1. CUIDADOS...3 2. LIMPEZA...4 3. MODO DE USAR...5 4. DETALHES DO PRODUTO...6 5. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS...7 6. TERMOS DE GARANTIA...7 Apresentação:

Leia mais

Tratar danos causados por produtos químicos; Tratar queimaduras; Estado de choque; Respiração de socorro (respiração boca-a-boca).

Tratar danos causados por produtos químicos; Tratar queimaduras; Estado de choque; Respiração de socorro (respiração boca-a-boca). Quando se trabalha ou se está exposto a substâncias perigosas no local de trabalho, na comunidade ou em casa, é importante estar tão seguro quanto possível e estar preparado para acidentes. Esta secção

Leia mais

ThyssenKrupp Elevadores

ThyssenKrupp Elevadores ThyssenKrupp Elevadores O planeta Terra é vítima de ataques ambientais, que estão a prejudicar gravemente a natureza. As pessoas são responsáveis pelo problema do aquecimento global, conhecido como o efeito

Leia mais

Dicas de Saúde. Quero e preciso emagrecer! Uma Abordagem Realista

Dicas de Saúde. Quero e preciso emagrecer! Uma Abordagem Realista Dicas de Saúde Quero e preciso emagrecer! O sucesso no emagrecimento e manutenção de peso saudável depende de metas e expectativas sensatas. Se você traçar para si mesmo metas sensatas, terá maior probabilidade

Leia mais

Ficha Informativa da Área dos Conhecimentos

Ficha Informativa da Área dos Conhecimentos Ficha Informativa da Área dos Conhecimentos 1 Organização das Aulas Uma aula de Educação Física é composta por três partes sequenciais, cada uma com objetivos específicos. 1.1 Parte Inicial A parte inicial

Leia mais

Oi, pai! Nós, da RHVIDA, queremos congratular você pelo seu dia. www.rhvida.com.br. Copyright RHVIDA S/C Ltda.

Oi, pai! Nós, da RHVIDA, queremos congratular você pelo seu dia. www.rhvida.com.br. Copyright RHVIDA S/C Ltda. Oi, pai! Nós, da RHVIDA, queremos congratular você pelo seu dia. Se você não é pai com certeza é filho, e então vamos parabenizar você e seu pai. Você sabe que existem muitas coisas a fazer pelo seu filho.

Leia mais

Criança com deficiência

Criança com deficiência Criança com deficiência Não espero pelos outros. Começo eu mesmo. Como toda criança, a criança com deficiência precisa de muito amor, atenção, cuidados e proteção. Precisa também brincar com outras crianças

Leia mais

Introdução SUCESSO vs. TEMPO

Introdução SUCESSO vs. TEMPO Pedro Bettencourt Formador de Socorrismo; Formação em Gestão de Catástrofes; Membro E.E.R.T. (Equipa de resposta e Intervenção de Urgência da CEDEAO); Formação em Sistemas de Comunicação ( Utilização do

Leia mais

O que fazer em meio às turbulências

O que fazer em meio às turbulências O que fazer em meio às turbulências VERSÍCULO BÍBLICO Façam todo o possível para viver em paz com todos. Romanos 12:18 OBJETIVOS O QUÊ? (GG): As crianças assistirão a um programa de auditório chamado Geração

Leia mais

Animação Turística Unipessoal, Lª Alvará nº 11/2006 DGT. Programas de Cursos e Especializações. Federação Portuguesa de Actividades Subaquáticas

Animação Turística Unipessoal, Lª Alvará nº 11/2006 DGT. Programas de Cursos e Especializações. Federação Portuguesa de Actividades Subaquáticas Programas de Cursos e Especializações Federação Portuguesa de Actividades Subaquáticas CURSO DE SALVAMENTO COMISSÃO TÉCNICA DE MERGULHO DESPORTIVO CURSO DE SALVAMENTO 1 - CLASSIFICAÇÃO DO CURSO O Curso

Leia mais

Coisas que deve saber sobre a pré-eclâmpsia

Coisas que deve saber sobre a pré-eclâmpsia Coisas que deve saber sobre a pré-eclâmpsia A pré-eclâmpsia é muito mais comum do que a maior parte das pessoas pensa na realidade ela é a mais comum das complicações graves da gravidez. A pré-eclâmpsia

Leia mais

NORMAS DE SEGURANÇA EM LABORATÓRIO

NORMAS DE SEGURANÇA EM LABORATÓRIO NORMAS DE SEGURANÇA EM LABORATÓRIO 1. INTRODUÇÃO Toda e qualquer atividade prática a ser desenvolvida dentro de um laboratório apresentam riscos e estão propensas a acidentes. Devemos então utilizar normas

Leia mais

Informação para Visitantes

Informação para Visitantes Informação para Visitantes Informação e orientações para visitantes Bem-vindo ao Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), um instituto público de investigação, dedicado à ciência e tecnologia,

Leia mais

CM 50. P Aparelho Anti-celulite. Instruções de utilização

CM 50. P Aparelho Anti-celulite. Instruções de utilização CM 50 PT P Aparelho Anti-celulite Instruções de utilização Beurer GmbH Söflinger Str. 218 89077 Ulm, Germany Tel.: +49 (0)731 / 39 89-144 Fax: +49 (0)731 / 39 89-255 www.beurer.com Mail: kd@beurer.de Componentes

Leia mais

Sugere-se a passagem dos slides e explicação sumário durante 5 a 10 minutos. 2/19/2014 Instituto Superior Técnico

Sugere-se a passagem dos slides e explicação sumário durante 5 a 10 minutos. 2/19/2014 Instituto Superior Técnico DECivil, Fevereiro 2014 A necessidade A segurança e as respostas a emergências são aspectos vitais em qualquer organização e edifício. Assim importa assegurar que no DECivil os colaboradores (docentes

Leia mais

PREVENÇÃO DE ACIDENTES DO TRABALHO ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR

PREVENÇÃO DE ACIDENTES DO TRABALHO ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR PREVENÇÃO DE ACIDENTES DO TRABALHO ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR SUMÁRIO 01. Apresentação 02. Definições de Termos 03. Síntese Histórica 04. Causas de Acidentes 05. Estatísticas de Acidentes 06. Prioridades

Leia mais

Corpo de Bombeiros. São Paulo

Corpo de Bombeiros. São Paulo Corpo de Bombeiros São Paulo ACIDENTES E INCÊNDIOS DOMÉSTICOS ADULTOS Acidentes Os acidentes domésticos são muito comuns. Mesmo com todo o cuidado, há objetos e situações que podem tornar todas as divisões

Leia mais

Manual de Instruções. Estação de Solda HK-936B

Manual de Instruções. Estação de Solda HK-936B Manual de Instruções Estação de Solda HK-936B Para sua segurança, leia este Manual de Instruções atenciosamente antes da operação deste equipamento. Mantenha-o sempre ao seu alcance para consultas futuras.

Leia mais

QUEIMADURAS. Calor Electricidade Produtos químicos Radiações Fricção

QUEIMADURAS. Calor Electricidade Produtos químicos Radiações Fricção QUEIMADURAS Calor Electricidade Produtos químicos Radiações Fricção GRAVIDADE DAS QUEIMADURAS DEPENDE: Zona atingida pela queimadura Extensão da pele queimada Profundidade da queimadura: - 1ºGRAU - 2ºGRAU

Leia mais

PRONTIDÃO ESCOLAR PREVENTIVA. Primeiros Socorros ABORDAGEM PRIMÁRIA RÁPIDA. Policial BM Espínola

PRONTIDÃO ESCOLAR PREVENTIVA. Primeiros Socorros ABORDAGEM PRIMÁRIA RÁPIDA. Policial BM Espínola PRONTIDÃO ESCOLAR PREVENTIVA Primeiros Socorros ABORDAGEM PRIMÁRIA RÁPIDA Policial BM Espínola LEMBRE-SE Antes de administrar cuidados de emergência, é preciso garantir condições de SEGURANÇA primeiramente

Leia mais

ESTEIRA MASSAGEADORA 10 MOTORES E-1500RM MANUAL DE INSTRUÇÕES

ESTEIRA MASSAGEADORA 10 MOTORES E-1500RM MANUAL DE INSTRUÇÕES ESTEIRA MASSAGEADORA 10 MOTORES E-1500RM MANUAL DE INSTRUÇÕES Índice 1. CUIDADOS...3 2. LIMPEZA...4 3. MODO DE USAR...4 4. DETALHES DO PRODUTO...5 5. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS...6 6. TERMOS DE GARANTIA...6

Leia mais

Prevenção de Acidentes do Trabalho. Coisas simples e importantes da vida não poderão ser feitas em sua plenitude se nos faltar esse órgão

Prevenção de Acidentes do Trabalho. Coisas simples e importantes da vida não poderão ser feitas em sua plenitude se nos faltar esse órgão Coisas simples e importantes da vida não poderão ser feitas em sua plenitude se nos faltar esse órgão No trabalho, todos os dias, toda hora, nossas mãos contribuem decisivamente para nos tornar hábeis,

Leia mais

Agora que tenho diabetes... O que posso fazer para permanecer no controle?

Agora que tenho diabetes... O que posso fazer para permanecer no controle? Agora que tenho diabetes... O que posso fazer para permanecer no controle? Tenho diabetes: o que isso significa, afinal? Agora que você recebeu o diagnóstico de diabetes, você começará a pensar em muitas

Leia mais

Manual de Instruções. Aquecedor de Ambiente Halógeno. Modelo: MA - 012 H. Versão 191212. www.martau.com.br SAC: 0800 51 7546. ATENÇÃO: Não Cobrir

Manual de Instruções. Aquecedor de Ambiente Halógeno. Modelo: MA - 012 H. Versão 191212. www.martau.com.br SAC: 0800 51 7546. ATENÇÃO: Não Cobrir ATENÇÃO: Não Cobrir www.martau.com.br SAC: 0800 5 7546 Versão 922 Aquecedor de Ambiente Halógeno Modelo: MA - 02 H Anotações Índice - Introdução...4 2 - Recomendações de segurança...5 2. - Símbolos e

Leia mais

PRESSURE POINTS SERIES: Introdução à tensão arterial elevada

PRESSURE POINTS SERIES: Introdução à tensão arterial elevada PRESSURE POINTS SERIES: NO.1 Introdução à tensão arterial elevada BLOOD PRESSURE ASSOCIATION A tensão arterial elevada é a maior causa conhecida de invalidez e morte prematura no Reino Unido através de

Leia mais

Manual de Uso Seguro do Elevador

Manual de Uso Seguro do Elevador Manual de Uso Seguro do Elevador Propriedade da RIS Consultoria. Permitida a reprodução desde que integral, sem revisões e citada a fonte. O Elevador é uma caixa pendurada por cabos de aço com um contrapeso.

Leia mais

VIAS AÉREAS. Obstrução por corpo estranho SIATE - SERVIÇO INTEGRADO DE ATENDIMENTO AO TRAUMA EM EMERGÊNCIA

VIAS AÉREAS. Obstrução por corpo estranho SIATE - SERVIÇO INTEGRADO DE ATENDIMENTO AO TRAUMA EM EMERGÊNCIA VIAS AÉREAS Obstrução por corpo estranho SIATE - SERVIÇO INTEGRADO DE ATENDIMENTO AO TRAUMA EM EMERGÊNCIA OBSTRUÇÃO DAS VIAS AÉREAS POR CORPO ESTRANHO PERDA DE CONSCIÊNCIA PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA RECONHECIMENTO

Leia mais

Como lidar com os problemas de deglutição após um Acidente Vascular Cerebral (AVC)

Como lidar com os problemas de deglutição após um Acidente Vascular Cerebral (AVC) Como lidar com os problemas de deglutição após um Acidente Vascular Cerebral (AVC) How to Manage Swallowing Problems After a Stroke - Portuguese UHN Informação para pacientes e famílias Leia esta informação

Leia mais

azul NOVEMBRO azul Saúde também é coisa de homem. Doenças Cardiovasculares (DCV)

azul NOVEMBRO azul Saúde também é coisa de homem. Doenças Cardiovasculares (DCV) Doenças Cardiovasculares (DCV) O que são as Doenças Cardiovasculares? De um modo geral, são o conjunto de doenças que afetam o aparelho cardiovascular, designadamente o coração e os vasos sanguíneos. Quais

Leia mais

Proteger nosso. Futuro

Proteger nosso. Futuro Proteger nosso Futuro A Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) é uma entidade sem fins lucrativos criada em 1943, tendo como objetivo unir a classe médica especializada em cardiologia para o planejamento

Leia mais

PRIMEIRO A SEGURANÇA. Armazenamento e Manuseamento Seguro de Produtos de Limpeza e de Desinfecção. Seguir as Regras de Segurança:

PRIMEIRO A SEGURANÇA. Armazenamento e Manuseamento Seguro de Produtos de Limpeza e de Desinfecção. Seguir as Regras de Segurança: Seguir as Regras de Segurança: 1. Seguir sempre as recomendações e instruções de aplicação dos produtos de limpeza e de desinfecção. 2. Observar os pictogramas de perigo, as advertências de perigo e as

Leia mais

HD 100. P Cobertor elétrico Instruções de utilização. BEURER GmbH Söflinger Str. 218 89077 Ulm (Germany) www.beurer.com. 06.0.

HD 100. P Cobertor elétrico Instruções de utilização. BEURER GmbH Söflinger Str. 218 89077 Ulm (Germany) www.beurer.com. 06.0. HD 100 P 06.0.43510 Hohenstein P Cobertor elétrico Instruções de utilização BEURER GmbH Söflinger Str. 218 89077 Ulm (Germany) www.beurer.com Conteúdo 1. Volume de fornecimento... 3 1.1 Descrição do aparelho...

Leia mais

SENADO FEDERAL PRESSÃO CONTROLADA SENADOR CLÉSIO ANDRADE

SENADO FEDERAL PRESSÃO CONTROLADA SENADOR CLÉSIO ANDRADE SENADO FEDERAL PRESSÃO CONTROLADA SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Pressão controlada apresentação Chamada popularmente de pressão alta, a hipertensão é grave por dois motivos: não apresenta sintomas, ou seja,

Leia mais

FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR Montelucaste Generis 10 mg Comprimidos Montelucaste de sódio Leia atentamente este folheto antes de tomar este medicamento -Conserve este folheto. Pode

Leia mais

05 Queimaduras em cozinhas

05 Queimaduras em cozinhas 05 Queimaduras em cozinhas As queimaduras mais comuns são as provocadas por líquidos e a maioria das vítimas são as crianças. O álcool líquido está envolvido em grande parte dos acidentes que provocam

Leia mais

MANUAL DE UTILIZADOR STARLOCK CUSHION. (tradução da versão inglesa)

MANUAL DE UTILIZADOR STARLOCK CUSHION. (tradução da versão inglesa) MANUAL DE UTILIZADOR STARLOCK CUSHION (tradução da versão inglesa) ÍNDICE 1. Sobre este manual 2. A Almofada Starlock a. Avisos b. Componentes Importantes da Starlock c. Utilização i. A quantidade certa

Leia mais

Arquivo criado por RH VIDA. Entendendo ser importante, solicitamos e conseguimos autorização para sua divulgação.

Arquivo criado por RH VIDA. Entendendo ser importante, solicitamos e conseguimos autorização para sua divulgação. Arquivo criado por RH VIDA. Entendendo ser importante, solicitamos e conseguimos autorização para sua divulgação. Academia Snooker Clube Sorocaba - SP Paulo Dirceu Dias www.snookerclube.com.br paulodias@pdias.com.br

Leia mais

PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA E MANOBRAS DE RESSUSCITAÇÃO CARDIOPULMONAR

PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA E MANOBRAS DE RESSUSCITAÇÃO CARDIOPULMONAR PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA E MANOBRAS DE RESSUSCITAÇÃO CARDIOPULMONAR Parada cardíaca ou parada cardiorrespiratória (PCR) é a cessação súbita da circulação sistêmica e da respiração. As principais causas

Leia mais

Informações aos Pais sobre a Gripe nas Creches

Informações aos Pais sobre a Gripe nas Creches The Commonwealth of Massachusetts Executive Office of Health and Human Services Department of Public Health Informações aos Pais sobre a Gripe nas Creches 18 de setembro, 2009 A gripe H1N1 (suína) voltará

Leia mais

Plano de Evacuação. de Evacuação

Plano de Evacuação. de Evacuação NORMAS GERAIS DE EVACUAÇÃO PROFESSORES 1 Se houver uma situação de emergência, na escola, ela dispõe do seguinte alarme acústico para informação: campainha normal, mas com toque diferenciado três toques

Leia mais

usoresponsável dogás energia para crescer Material de apoio

usoresponsável dogás energia para crescer Material de apoio usoresponsável dogás energia para crescer Material de apoio Proteção do meio ambiente O gás é um hidrocarboneto, formado no interior da Terra há milhões de anos. Ele é o produto da decomposição de animais

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES MÁQUINA DE ENCERAR

MANUAL DE INSTRUÇÕES MÁQUINA DE ENCERAR MANUAL DE INSTRUÇÕES MÁQUINA DE ENCERAR ZV1000A (127V) ZV1000B (220V) Leia atentamente este Manual, antes de usar sua Enceradeira. Guarde-o em local seguro, para futuras consultas. SAC: (11) 5660.2600

Leia mais

Aprendendo a vencer a Ansiedade

Aprendendo a vencer a Ansiedade Rua Conde de Bonfim 232/301 Tijuca Rio de Janeiro RJ Tel:2234-2399 Email: eliane@epvpsicologia.com Home Page:www.epvpsicologia.com Aprendendo a vencer a Ansiedade Um guia para os pais sobre a ansiedade

Leia mais

Primeiros Socorros. São ações que cada cidadão pode realizar para ajudar alguém que esteja passando por um momento de risco.

Primeiros Socorros. São ações que cada cidadão pode realizar para ajudar alguém que esteja passando por um momento de risco. PRIMEIROS SOCORROS Primeiros Socorros São ações que cada cidadão pode realizar para ajudar alguém que esteja passando por um momento de risco. Há um conjunto de procedimentos de emergências para vítima

Leia mais

Informações importantes sobre o produto. Informações de segu rança

Informações importantes sobre o produto. Informações de segu rança Informações importantes sobre o produto DESCARTE DE PILHAS E BATERIAS Este produto contém bateria de alimentação integrada(não removível pelo usuário)que só deve ser substituída por profissionais qualificados.

Leia mais

TABAGISMO. O tema deste informe foi sugerido pelo Laboratorista Edmund Cox

TABAGISMO. O tema deste informe foi sugerido pelo Laboratorista Edmund Cox Informativo Semanal O tema deste informe foi sugerido pelo Laboratorista Edmund Cox O tabagismo é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) a principal causa de morte evitável em todo o mundo.

Leia mais

Sobre o Processo de Morrer

Sobre o Processo de Morrer Sobre o Processo de Morrer Se você nunca viu alguém morrendo, poderá ter medo do que acontecerá, mas o momento de morte é normalmente sereno. Este folheto tem o objetivo de ajudá-lo. Encontre mais informações

Leia mais

Galinhas Saudáveis Pessoas Saudáveis

Galinhas Saudáveis Pessoas Saudáveis Galinhas Saudáveis Pessoas Saudáveis Projecto Celeiro da Vida Album Seriado Manual de Facilitação de Práticas Agrárias e de Habilidades para a Vida Para os Facilitadores das Jffls Galinhas saudáveis

Leia mais

CM 50 P Aparelho anti-celulite Instruções de utilização

CM 50 P Aparelho anti-celulite Instruções de utilização CM 50 P P Aparelho anti-celulite Instruções de utilização Beurer GmbH Söflinger Str. 218 89077 Ulm, Germany Tel.: +49 (0)731 / 39 89-144 Fax: +49 (0)731 / 39 89-255 www.beurer.de Mail: kd@beurer.de Portugues

Leia mais

Alongamentos para a Parte Inferior das Costas e Quadril para Fazer em sua Mesa

Alongamentos para a Parte Inferior das Costas e Quadril para Fazer em sua Mesa Flexibilidade Total Saiba como Melhorar sua Flexibilidade através de Alongamentos Específicos por Joey Atlas Alongamentos para a Parte Inferior das Costas e Quadril para Fazer em sua Mesa Rotina de 6 minutos

Leia mais

Preparação para emergências médicas

Preparação para emergências médicas 4 Preparação para emergências médicas Se o seu filho tiver uma emergência médica, telefone para o 911 ou dirija-se imediatamente ao serviço de urgência (pronto-socorro) do hospital mais próximo. Uma emergência

Leia mais

Depressão. A depressão afecta pessoas de formas diferentes e pode causar vários sintomas físicos, psicológicos (mentais) e sociais.

Depressão. A depressão afecta pessoas de formas diferentes e pode causar vários sintomas físicos, psicológicos (mentais) e sociais. Depressão Introdução A depressão é uma doença séria. Se estiver deprimido, pode ter sentimentos de tristeza extrema que duram longos períodos. Esses sentimentos são muitas vezes suficientemente severos

Leia mais

CONSTRUÇÃO CIVIL E A REDE ELÉTRICA

CONSTRUÇÃO CIVIL E A REDE ELÉTRICA CONSTRUÇÃO CIVIL E A REDE ELÉTRICA O QUE É A COCEL? A COCEL leva energia elétrica a toda Campo Largo. É esta energia que permite que as fábricas, o comércio e todo o setor produtivo funcionem. É graças

Leia mais

Mãos e dedos. atenção. Risco de: Esmagamentos Escoriações Cortes Amputações Fraturas

Mãos e dedos. atenção. Risco de: Esmagamentos Escoriações Cortes Amputações Fraturas Mãos e dedos Risco de: Esmagamentos Escoriações Cortes Amputações Fraturas Nenhum empregado foi exposto ao perigo para produzir esse material. As fotos simulam possíveis situações de risco no seu dia de

Leia mais

Olá, Mamãe! Aproveite a leitura e boa viagem!

Olá, Mamãe! Aproveite a leitura e boa viagem! Olá, Mamãe! Esta cartilha é um presente pra você. Uma forma de ajudá-la a desempenhar uma das funções mais importantes da sua vida: justamente a tarefa de ser mãe. Cada vez mais, além de cuidar da saúde

Leia mais

Dicas para segurança. no trânsito. realização. apoio

Dicas para segurança. no trânsito. realização. apoio Dicas para segurança no trânsito realização apoio 1 Dicas de viagem segura. Viajar sozinho ou com toda a família requer certas responsabilidades. Aqui você encontrará várias recomendações para uma viagem

Leia mais

Relaxar a musculatura dos braços. Entrelace os dedos de ambas as mãos com suas palmas para cima e levante os braços por 10 segundos.

Relaxar a musculatura dos braços. Entrelace os dedos de ambas as mãos com suas palmas para cima e levante os braços por 10 segundos. por Christian Haensell A flexibilidade do corpo e das juntas é controlada por vários fatores: estrutura óssea, massa muscular, tendões, ligamentos, e patologias (deformações, artroses, artrites, acidentes,

Leia mais

Inicie a disciplina apresentando o objetivo geral e os específicos para esta aula que estão no Plano de Aula Teórica da disciplina de Primeiros

Inicie a disciplina apresentando o objetivo geral e os específicos para esta aula que estão no Plano de Aula Teórica da disciplina de Primeiros Inicie a disciplina apresentando o objetivo geral e os específicos para esta aula que estão no Plano de Aula Teórica da disciplina de Primeiros Socorros 1, neste material. 93 Para iniciar uma discussão

Leia mais

Cefaleia Cefaleia tipo tensão tipo tensão

Cefaleia Cefaleia tipo tensão tipo tensão Cefaleia tipo tensão Cefaleia tipo tensão O que é a cefaleia tipo tensão? Tenho dores de cabeça que duram vários dias de cada vez e sinto-me como se estivesse a usar um chapéu muito apertado - mais como

Leia mais

SEMANA INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES DO TRABALHO

SEMANA INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES DO TRABALHO SEMANA INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES DO TRABALHO Primeiros Socorros TST FILIPE MUNIZ RODRIGUES Introdução Primeiros Socorros, são as medidas imediatas aplicadas à uma vítima fora do ambiente hospitalar,

Leia mais

DOENÇAS CARDÍACAS NA INSUFICIÊNCIA RENAL

DOENÇAS CARDÍACAS NA INSUFICIÊNCIA RENAL DOENÇAS CARDÍACAS NA INSUFICIÊNCIA RENAL As doenças do coração são muito freqüentes em pacientes com insuficiência renal. Assim, um cuidado especial deve ser tomado, principalmente, na prevenção e no controle

Leia mais

Convivendo bem com a doença renal. Guia de Nutrição e Diabetes Você é capaz, alimente-se bem!

Convivendo bem com a doença renal. Guia de Nutrição e Diabetes Você é capaz, alimente-se bem! Convivendo bem com a doença renal Guia de Nutrição e Diabetes Você é capaz, alimente-se bem! Nutrição e dieta para diabéticos: Introdução Mesmo sendo um paciente diabético em diálise, a sua dieta ainda

Leia mais

MELHORE A SUA VIDA CUIDE DO SEU CORAÇÃO!

MELHORE A SUA VIDA CUIDE DO SEU CORAÇÃO! MAIO, MÊS DO CORAÇÃO MELHORE A SUA VIDA CUIDE DO SEU CORAÇÃO! 12 A 31 DE MAIO DE 2008 EXPOSIÇÃO ELABORADA PELA EQUIPA DO SERVIÇO DE CARDIOLOGIA, COORDENADA PELA ENFERMEIRA MARIA JOÃO PINHEIRO. B A R R

Leia mais

o que é boca seca? Por que precisamos da saliva?

o que é boca seca? Por que precisamos da saliva? Você sente a boca seca quando não há saliva suficiente para manter sua boca molhada. boca seca o que é boca seca? Por que você fica com a boca seca? Alguns remédios podem fazer com que sua boca fique seca,

Leia mais

UMIDIFICADOR DE AR ECOLÓGICO FEITO COM SUCATA

UMIDIFICADOR DE AR ECOLÓGICO FEITO COM SUCATA UMIDIFICADOR DE AR ECOLÓGICO FEITO COM SUCATA Nesses dias de baixíssima umidade relativa do ar, qualquer pessoa poderá fazer em poucos minutos um umidificador de ar ecológico que não consome energia elétrica

Leia mais