ANUÁRIO ESTATÍSTICO DO CRÉDITO RURAL

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANUÁRIO ESTATÍSTICO DO CRÉDITO RURAL - 2008"

Transcrição

1 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) ACRE CUSTEIO Lavoura AMENDOIM ,50 288,00 ARROZ DE SEQUEIRO ,33 247,72 CUPUACU ,00 FEIJAO DE SEQUEIRO-SAFRA DE VERAO ,76 69,00 MANDIOCA (AIPIM,MACAXEIRA) ZONEAMENTO AGR , ,42 MANDIOCA (AIPIM-MACAXEIRA) , ,62 MILHO , ,55 MILHO DE SEQUEIRO(ZONEAMENTO AGRICOLA) , ,24 OUTRAS LAVOURAS ,40 31 PUPUNHA ,00 DA MODALIDADE , ,55 Extrativismo Espécies Nativas BORRACHA (SERINGUEIRA) ,00 MADEIRA (LIMPEZA DE CIPOS, TRAMENTOS SILVIC DA MODALIDADE ,00 Beneficiamento ou Industrialização ARROZ ,80 DA MODALIDADE ,80 OUTRAS APLICACOES DE CUSTEIO AGRICOLA ,00 DA MODALIDADE ,00 DA FINALIDADE , ,55 Formação Culturas Perenes ABACAXI ,44 1 ACAI ,96 24,50 ACEROLA ,79 0,25 BANANA ,34 65,35 BORRACHA (SERINGUEIRA) ,00 CAFE ,94 12,30 CANA-DE-ACUCAR (FUNDACAO) ,58 6,00 FRUTAS DIVERSAS NAO ESPECIFICADAS ,20 3 LARANJA ,70 4,30 LIMAO ,70 4,70 MAMAO ,95 3,20 MANDIOCA ,00 7 MARACUJA ,78 4,30 PUPUNHA ,01 42,70 TANGERINA ,84 1,40 DA MODALIDADE ,23 354,00 Melhor. Explorações ADUBACAO INTENSIVA DO SOLO , ,00 CORRECAO INTENSIVA DO SOLO ,60 62,00 DEPOSITO, GALPAO, PAIOL, ESTUFA E INSTALACO ,60 DESBRAVAMENTO DE GLEBAS RURAIS (ABRANGE

2 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) ACRE Melhor. Explorações INSTALACOES PARA INDUSTRIALIZACAO E BENEFI IRRIGACAO (CONSTRUCAO OU REFORMA DE ACU OUTROS MELHORAMENTOS NAO ESPECIFICADOS( ,44 OUTROS SISTEMAS DE CAPTACAO, RETENCAO E RESIDENCIAS RURAIS ,60 TERREIROS DA MODALIDADE , ,00 Máquinas e Equipamentos CULTIVADORES MOTORIZADOS (MICRO-TRATORE ,37 DESPOLPADORES LAVADORES ,00 MAQUINAS E IMPLEMENTOS - ADAPTACAO DO SOL ,52 MAQUINAS E IMPLEMENTOS - COLHEITADEIRA (AN ,50 MAQUINAS E IMPLEMENTOS - CORRECAO DO SOL ,00 MAQUINAS E IMPLEMENTOS - CULTIVACAO DO SO ,50 MAQUINAS E IMPLEMENTOS - PREPARACAO DO S ,00 SECADORES ,20 TRATORES NACIONAIS DA MODALIDADE ,09 Veículos EMBARCACOES (PEQUENAS EMBARCACOES) ,90 OUTROS VEICULOS UTILITARIOS (JIPES E SEMELHANTES) ,00 DA MODALIDADE ,90 Animais de Serviço BOVINOS EQUINOS DA MODALIDADE OUTRAS APLICACOES DE AGRICO DA MODALIDADE DA FINALIDADE , ,00 DA ATIVIDADE , ,55 209

3 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) ACRE Pecuária CUSTEIO Animais AVICULTURA - ENGORDA PARA ABATE ,00 AVICULTURA - PRODUCAO DE OVOS ,75 BOVINOS - CRIACAO E ENGORDA ,00 BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - CRIACAO ,89 BOVINOS - PRODUCAO DE LEITE - CRIACAO ,64 PISCICULTURA-CRIACAO(AQUISICAO DE MATRIZE ,28 VACINAS, SAIS MINERAIS E MEDICAMENTOS DA MODALIDADE ,56 Beneficiamento ou Industrialização LATICINIOS DA MODALIDADE OUTRAS APLICACOES DE CUSTEIO PECUARIO PASTAGENS - (BOVINOS-CARNE) ,00 DA MODALIDADE ,00 DA FINALIDADE , ,00 Aquisição de Animais AQUISICAO DE PECUARIA BOVINA MISTA (PRODUC ,55 AVICULTURA (ABRANGENDO A COMPRA DE AVES ,17 BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - AQUISICAO EM BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - AQUISICAO PA BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - BEZERROS (BE BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - MATRIZES (VA BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - REPRODUTOR BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE (AQUISICAO OU ,00 BOVINOS - PRODUCAO DE LEITE - REPRODUTORE BOVINOS -PRODUCAO DE CARNE - AQUISICAO PA BOVINOS-PRODUCAO DE LEITE-MATRIZES (VACAS ,00 MUARES/ASININOS OUTROS ANIMAIS NAO ESPECIFICADOS OVINOS PISCICULTURA(AQUSICAO OU IMPORTACAO DE M ,40 SUINOS ,00 DA MODALIDADE ,12 Melhor. Explorações ARMAZEM (CONSTRUCAO OU REFORMA, ABRANG ,35 CORRECAO INTENSIVA DO SOLO ,29 58,50 DEPOSITO, GALPAO, PAIOL, TULHA, ESTUFA E INS ,53 DESBRAVAMENTO DE GLEBAS RURAIS (ABRANGE ELETRIFICACAO RURAL (ABRANGE A INSTALACAO GRANJAS AVICOLAS (ABRANGE A COMPRA DE EQ ,02 IRRIGACAO (CONSTRUCAO OU REFORMA DE ACU OUTROS MELHORAMENTOS NAO ESPECIFICADOS ,64 OUTROS SISTEMAS DE CAPTACAO, RETENCAO E ,01 210

4 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) ACRE Pecuária Melhor. Explorações PASTAGENS (FORMACAO OU RESTAURACAO DE P , ,50 PESCADO - CAPTURA E CRIACAO (COMPREENDEM ,20 PROTECAO DO SOLO (OBRAS DE RECUPERACAO ,58 RESIDENCIAS RURAIS (CONSTRUCAO OU REFORM ,17 SUINOCULTURA (ABRANGE A COMPRA DE EQUIPA DA MODALIDADE , ,00 Máquinas e Equipamentos COLHEITADEIRAS AUTOMOTRIZES NACIONAIS ,00 MAQUINAS E IMPLEMENTOS DE ADAPTACAO DO S ,00 MAQUINAS E IMPLEMENTOS DE CORRECAO DO SO MAQUINAS E IMPLEMENTOS DE CULTIVACAO DO S MAQUINAS E IMPLEMENTOS DE PREPARACAO DO ,00 MAQUINAS E IMPLEMENTOS PARA COLHEITA (AN ,00 MAQUINAS, APARELHOS E INSTRUMENTOS PARA ,60 REFORMAS DE MAQUINAS, APARELHOS, EQUIPA ,45 TRATORES NACIONAIS ,43 DA MODALIDADE ,48 Veículos CAMINHOES ,60 CAMIONETAS ,60 CARRETAS-CARROCAS ,59 EMBARCACOES (PEQUENAS EMBARCACOES) ,43 OUTROS VEICULOS NAO ESPECIFICADOS ,39 UTILITARIOS (JIPES E SEMELHANTES) ,80 DA MODALIDADE ,41 Animais de Serviço BOVINOS ,00 MUARES/ASININOS OUTROS ANIMAIS DE SERVICO ,00 DA MODALIDADE ,00 OUTRAS APLICACOES DE PECUARI ,35 DA MODALIDADE ,35 DA FINALIDADE , ,00 DA ATIVIDADE ,

5 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) ALAGOAS CUSTEIO Lavoura ABACAXI ,16 91,99 ARROZ DE SEQUEIRO ,00 5,00 ARROZ IRRIGADO ,65 761,97 BANANA (ZONEAMENTO) ,36 46,82 BANANA IRRIGADA ,40 5,00 BANANA IRRIGADA (ZONEAMENTO) ,58 32,90 BATATA-DOCE ,00 17,00 CAFE ARABICA ,00 6,25 CANA-DE-ACUCAR , ,13 CANA-DE-ACUCAR (RENOVACAO DE LAVOURAS) ,84 24,98 COCO ,56 72,42 COCO IRRIGADO ,26 5,40 FUMO ,96 530,48 INHAME ,85 247,73 INHAME IRRIGADO ,67 17,98 LARANJA ,63 38,60 MANDIOCA (AIPIM,MACAXEIRA) ZONEAMENTO AGR , ,79 MANDIOCA (AIPIM-MACAXEIRA) ,36 35,00 MANDIOCA CONSORCIADA ,62 144,29 MARACUJA ,03 6,12 MILHO ,55 655,40 MILHO CONSORCIADO ,31 4,10 MILHO DE SEQUEIRO(ZONEAMENTO AGRICOLA) , ,77 PIMENTA HORTICULA/LONGA ,00 1,50 PIMENTAO ,00 SOJA ,60 108,27 SORGO ZONEAMENTO(GRO E SEMENTE) ,98 487,00 DA MODALIDADE , ,89 Beneficiamento ou Industrialização OUTROS PRODUTOS BENEFICIADOS OU INDUSTRI ,16 DA MODALIDADE ,16 CUSTO DE ASSESSORIA EMPRESARIAL E TECNICA ,83 MANUTENCAO DO PRODUTOR E SUA FAMILIA ,87 OUTRAS APLICACOES DE CUSTEIO AGRICOLA ,75 DA MODALIDADE ,45 DA FINALIDADE , ,89 Formação Culturas Perenes ABACAXI ,12 146,97 ACEROLA ,00 BANANA ,18 892,04 CAJU ,60 7,80 CANA-DE-ACUCAR (FUNDACAO) ,77 888,54 212

6 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) ALAGOAS Formação Culturas Perenes CANA-DE-ACUCAR (RENOVACAO) , ,03 CASTANHA-DO-BRASIL ,00 COCO-DA-BAIA ,73 169,90 FLORESTAMENTO E REFLORESTAMENTO ,00 102,70 FRUTAS DIVERSAS NAO ESPECIFICADAS ,00 GRAVIOLA ,00 LARANJA ,87 584,45 MAMAO ,00 MANDIOCA ,57 72,86 MARACUJA ,08 364,11 PIMENTA HORTICULA/LONGA ,00 19,50 DA MODALIDADE , ,90 Melhor. Explorações ADUBACAO INTENSIVA DO SOLO ,24 AGROARTESANATO VINCULADO A ATIVIDADE AGR ,90 ARMAZEM (CONSTRUCAO OU REFORMA, ABRANG ,20 DEPOSITO, GALPAO, PAIOL, ESTUFA E INSTALACO ,99 DESBRAVAMENTO DE GLEBAS RURAIS (ABRANGE ,00 ELETRIFICACAO RURAL (ABRANGE A INSTALACAO ,14 FUNDIARIOS (AQUISICAO DE PEQUENA PROPRIED , ,53 INSTALACOES PARA INDUSTRIALIZACAO E BENEFI IRRIGACAO (CONSTRUCAO OU REFORMA DE ACU ,23 OUTROS MELHORAMENTOS NAO ESPECIFICADOS( ,26 OUTROS SISTEMAS DE CAPTACAO, RETENCAO E ,53 PROTECAO DO SOLO(OBRAS DE RECUPERACAO E ,74 RESIDENCIAS RURAIS ,00 SILO (CONSTRUCAO OU REFORMA, ABRANGENDO ,64 DA MODALIDADE , ,77 Máquinas e Equipamentos COLHEITADEIRAS AUTOMOTRIZES NACIONAIS ,09 MAQUINAS E IMPLEMENTOS - COLHEITADEIRA (AN ,80 MAQUINAS E IMPLEMENTOS - CORRECAO DO SOL ,00 MAQUINAS E IMPLEMENTOS - CULTIVACAO DO SO ,70 MAQUINAS E IMPLEMENTOS - PREPARACAO DO S PATRULHA MECANIZADA - OUTRAS MAQUINAS IMP ,69 PATRULHA MECANIZADA - OUTRAS MAQUINAS NA ,50 REFORMAS DE MAQUINAS, APARELHOS, EQUIPAM ,06 TRATORES NACIONAIS ,85 DA MODALIDADE ,69 Veículos CAMINHOES CAMIONETAS ,60 CARRETAS-CARROCAS ,30 EMBARCACOES (PEQUENAS EMBARCACOES)

7 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) ALAGOAS DA MODALIDADE ,90 Animais de Serviço BOVINOS ,24 EQUINOS MUARES/ASININOS DA MODALIDADE ,24 CUSTO DE ASSESSORIA EMPRESARIAL E TECNICA ,86 OUTRAS APLICACOES DE AGRICO ,18 DA MODALIDADE ,04 DA FINALIDADE , ,67 COMERCIALIZAÇÃO EGF ALGODAO EM PLUMA ,28 MILHO EM GRAOS ,62 TRIGO ,35 DA MODALIDADE ,25 Desconto (NPR E DR) CANA-DE-ACUCAR ,82 DA MODALIDADE ,82 Estocagem ACUCAR ,00 DA MODALIDADE ,00 DA FINALIDADE ,07 DA ATIVIDADE , ,56 214

8 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) ALAGOAS Pecuária CUSTEIO Animais AVICULTURA - ENGORDA PARA ABATE BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - CRIACAO ,92 BOVINOS - PRODUCAO DE LEITE - CRIACAO ,51 BUFALOS (BUBALINOS) - CRIACAO E ENGORDA ,70 CAPRINOS PRODUCAO MISTA (CARNE E LEITE) ,05 OUTROS ANIMAIS OVINOS - CRIACAO ,21 PISCICULTURA-CRIACAO(AQUISICAO DE MATRIZE ,94 SUINOS - CRIACAO ,94 DA MODALIDADE ,27 Beneficiamento ou Industrialização CARNE BOVINA PESCADOS-CONSERVACAO, BENEFICIAMENTO OU DA MODALIDADE CUSTO DE ASSESSORIA EMPRESARIAL E TECNICA ,69 MANUTENCAO DO PRODUTOR E SUA FAMILIA ,62 PASTAGENS - (BOVINOS-LEITE) , ,26 DA MODALIDADE , ,26 DA FINALIDADE , ,26 Aquisição de Animais APICULTURA (ABRANGENDO COMPRA DE ABELHA ,54 AQUISICAO DE PECUARIA BOVINA MISTA (PRODUC ,04 AVICULTURA (ABRANGENDO A COMPRA DE AVES ,06 BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - AQUISICAO EM BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - AQUISICAO EM BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - AQUISICAO PA ,00 BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - BEZERROS (BE ,20 BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - MATRIZES (VA ,00 BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - REPRODUTOR ,50 BOVINOS - PRODUCAO DE LEITE - AQUISICAO EM BOVINOS - PRODUCAO DE LEITE - REPRODUTORE BOVINOS -PRODUCAO DE CARNE - AQUISICAO PA BOVINOS-PRODUCAO DE LEITE-MATRIZES (VACAS ,13 BUFALOS (BUBALINOS) ,83 CAPRINOS ,04 EQUINOS ,10 MUARES/ASININOS ,00 OUTROS ANIMAIS (AQUISICAO OU IMPORTACAO D OUTROS ANIMAIS NAO ESPECIFICADOS ,00 OVINOS ,20 OVINOS (AQUISICAO OU IMPORTACAO DE REPRO PISCICULTURA(AQUSICAO OU IMPORTACAO DE M ,65 215

9 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) ALAGOAS Pecuária Aquisição de Animais SUINOS ,04 SUINOS (AQUISICAO OU IMPORTACAO DE REPROD ,00 DA MODALIDADE ,33 Melhor. Explorações AGROARTESANATO VINCULADO A ATIVIDADE PEC ,00 ARMAZEM (CONSTRUCAO OU REFORMA, ABRANG ,00 DEPOSITO, GALPAO, PAIOL, TULHA, ESTUFA E INS ,37 DESBRAVAMENTO DE GLEBAS RURAIS (ABRANGE ,20 ELETRIFICACAO RURAL (ABRANGE A INSTALACAO ,46 GRANJAS AVICOLAS (ABRANGE A COMPRA DE EQ ,50 INSEMINACAO ARTIFICIAL(ABRANGENDO A CONST IRRIGACAO (CONSTRUCAO OU REFORMA DE ACU ,34 OUTROS MELHORAMENTOS NAO ESPECIFICADOS ,80 OUTROS SISTEMAS DE CAPTACAO, RETENCAO E ,74 PASTAGENS (FORMACAO OU RESTAURACAO DE P , ,57 PESCADO - CAPTURA E CRIACAO (COMPREENDEM ,65 PROTECAO DO SOLO (OBRAS DE RECUPERACAO RESIDENCIAS RURAIS (CONSTRUCAO OU REFORM SILO (CONSTRUCAO OU REFORMA, ABRANGENDO SUINOCULTURA (ABRANGE A COMPRA DE EQUIPA ,00 DA MODALIDADE , ,77 Máquinas e Equipamentos MAQUINAS E IMPLEMENTOS DE CORRECAO DO SO 1 15 MAQUINAS E IMPLEMENTOS DE CULTIVACAO DO S MAQUINAS E IMPLEMENTOS DE PREPARACAO DO ,41 MAQUINAS E IMPLEMENTOS PARA COLHEITA (AN ,60 MAQUINAS, APARELHOS E INSTRUMENTOS PARA ,66 PATRULHA MECANIZADA - OUTRAS MAQUINAS NA ,00 PATRULHA MECANIZADA -TRATORES IMPORTADO REFORMAS DE MAQUINAS, APARELHOS, EQUIPA ,77 TRATORES NACIONAIS DA MODALIDADE ,44 Veículos CARRETAS-CARROCAS EMBARCACOES (PEQUENAS EMBARCACOES) ,00 OUTROS VEICULOS NAO ESPECIFICADOS ,50 DA MODALIDADE ,50 Animais de Serviço BOVINOS ,50 EQUINOS MUARES/ASININOS OUTROS ANIMAIS DE SERVICO DA MODALIDADE ,50 CAPITAL DE GIRO ,00 216

10 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) ALAGOAS Pecuária CUSTO DE ASSESSORIA EMPRESARIAL E TECNICA ,13 OUTRAS APLICACOES DE PECUARI ,02 DA MODALIDADE ,15 DA FINALIDADE , ,77 COMERCIALIZAÇÃO Adiantamento Coop. Prod. Entreg. Venda PESCADO 1 80 DA MODALIDADE 1 80 Desconto (NPR E DR) BOVINOS-CARNE ,22 DA MODALIDADE ,22 DA FINALIDADE ,22 DA ATIVIDADE , ,03 217

11 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) AMAZONAS CUSTEIO Lavoura ABACAXI ,92 68,70 ACAI ,55 153,10 ACEROLA ,19 1,00 BANANA ,92 40,74 BORRACHA (SERINGUEIRA) ,00 CACAU ,00 2 CANA-DE-ACUCAR ,64 281,56 CUPUACU ,00 6,00 FUMO ,02 4,00 HORTALICAS DIVERSAS ,80 1,01 LARANJA ,31 109,94 LIMAO ,44 0,50 MADEIRA-JACARANDA ,64 40 MALVA ,00 27,00 MANDIOCA (AIPIM-MACAXEIRA) ,80 496,02 MANDIOCA CONSORCIADA ,80 3,00 MELANCIA ,04 2,00 MUDAS DIVERSAS ,11 OUTRAS LAVOURAS , ,14 PIMENTA HORTICULA/LONGA ,08 1,00 PIMENTAO IRRIGADO ,25 3,71 REPOLHO ,80 3,00 DA MODALIDADE , ,53 Extrativismo Espécies Nativas CASTANHA-DO-BRASIL ,80 GUARANA ,46 MADEIRA (LIMPEZA DE CIPOS, TRAMENTOS SILVIC ,90 DA MODALIDADE ,16 OUTRAS APLICACOES DE CUSTEIO AGRICOLA DA MODALIDADE DA FINALIDADE , ,53 Formação Culturas Perenes ABACAXI ,30 1 ACAI ,00 322,00 BANANA ,20 119,01 CACAU ,40 308,00 CAFE ,00 272,00 CANA-DE-ACUCAR (FUNDACAO) ,25 12,50 FRUTAS DIVERSAS NAO ESPECIFICADAS ,54 364,00 GRAVIOLA ,00 38,00 GUARANA ,24 1 LARANJA ,35 215,01 218

12 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) AMAZONAS Formação Culturas Perenes MAMAO ,50 1,00 MANDIOCA , ,60 MARACUJA ,42 1,50 MURICI ,00 1 DA MODALIDADE , ,62 Melhor. Explorações ADUBACAO INTENSIVA DO SOLO ,00 CORRECAO INTENSIVA DO SOLO ,40 2,00 DEPOSITO, GALPAO, PAIOL, ESTUFA E INSTALACO ,46 INSTALACOES PARA INDUSTRIALIZACAO E BENEFI ,07 IRRIGACAO (CONSTRUCAO OU REFORMA DE ACU ,50 OUTROS MELHORAMENTOS NAO ESPECIFICADOS( ,33 OUTROS SISTEMAS DE CAPTACAO, RETENCAO E PROTECAO DO SOLO(OBRAS DE RECUPERACAO E ,19 RESIDENCIAS RURAIS ,48 DA MODALIDADE ,43 3,00 Máquinas e Equipamentos CULTIVADORES MOTORIZADOS (MICRO-TRATORE ,50 DESPOLPADORES ,40 MAQUINAS E IMPLEMENTOS - ADAPTACAO DO SOL ,33 MAQUINAS E IMPLEMENTOS - COLHEITADEIRA (AN ,60 MAQUINAS E IMPLEMENTOS - CORRECAO DO SOL ,54 MAQUINAS E IMPLEMENTOS - CULTIVACAO DO SO ,76 MAQUINAS E IMPLEMENTOS - PREPARACAO DO S ,73 PATRULHA MECANIZADA - OUTRAS MAQUINAS NA ,00 REFORMAS DE MAQUINAS, APARELHOS, EQUIPAM SECADORES TRATORES NACIONAIS ,25 DA MODALIDADE ,11 Veículos CAMINHOES CAMIONETAS CARRETAS-CARROCAS ,30 EMBARCACOES (PEQUENAS EMBARCACOES) ,49 UTILITARIOS (JIPES E SEMELHANTES) DA MODALIDADE ,79 Animais de Serviço OUTROS ANIMAIS DE SERVICO 1 70 DA MODALIDADE 1 70 OUTRAS APLICACOES DE AGRICO ,35 DA MODALIDADE ,35 DA FINALIDADE , ,62 219

13 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) AMAZONAS COMERCIALIZAÇÃO EGF GUARANA EM RAMA (SEMENTE TORRADA) DA MODALIDADE Desconto (NPR E DR) ALGODAO ,73 ARROZ BANANA ,41 CANA-DE-ACUCAR FRUTAS DIVERSAS ,95 HORTALICAS DIVERSAS ,58 LARANJA ,25 MELANCIA ,00 MILHO ,00 OUTROS PRODUTOS ,21 SOJA ,28 TOMATE ,00 DA MODALIDADE ,41 DA FINALIDADE ,41 DA ATIVIDADE , ,15 220

14 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) AMAZONAS Pecuária CUSTEIO Animais APICULTURA ,02 AVICULTURA - ENGORDA PARA ABATE ,14 AVICULTURA - PRODUCAO DE OVOS ,69 BOVINOS - CRIACAO E ENGORDA ,50 BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - CRIACAO ,12 BOVINOS - PRODUCAO DE LEITE - CRIACAO ,00 BOVINOS PRODUCAO MISTA (CARNE E LEITE) ,66 BUFALOS (BUBALINOS) - CRIACAO E ENGORDA ,00 BUFALOS (BUBALINOS) PRODUÇÃO DE LEITE - CRI ,64 PESCADO-CAPTURA(AQUIS. DE CORDAS,REDES, A ,02 PISCICULTURA-CRIACAO(AQUISICAO DE MATRIZE ,48 VACINAS, SAIS MINERAIS E MEDICAMENTOS DA MODALIDADE ,27 CUSTO DE ASSESSORIA EMPRESARIAL E TECNICA MANUTENCAO DO PRODUTOR E SUA FAMILIA ,68 OUTRAS APLICACOES DE CUSTEIO PECUARIO ,00 PASTAGENS - (BOVINOS-CARNE) ,50 352,00 PASTAGENS - (BOVINOS-LEITE) ,96 78,00 DA MODALIDADE ,14 43 DA FINALIDADE ,41 43 Aquisição de Animais APICULTURA (ABRANGENDO COMPRA DE ABELHA ,00 AQUISICAO DE PECUARIA BOVINA MISTA (PRODUC ,84 AVICULTURA (ABRANGENDO A COMPRA DE AVES ,16 BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - AQUISICAO EM BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - AQUISICAO EM BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - AQUISICAO PA ,00 BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - BEZERROS (BE ,38 BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - MATRIZES (VA ,98 BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - REPRODUTOR BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE (AQUISICAO OU ,60 BOVINOS - PRODUCAO DE LEITE - AQUISICAO EM BOVINOS - PRODUCAO DE LEITE - REPRODUTORE BOVINOS -PRODUCAO DE CARNE - AQUISICAO PA BOVINOS-PRODUCAO DE LEITE-MATRIZES (VACAS ,96 BUFALOS (BUBALINOS) ,00 CAPRINOS ,65 OUTROS ANIMAIS NAO ESPECIFICADOS OVINOS OVINOS (AQUISICAO OU IMPORTACAO DE REPRO PISCICULTURA(AQUSICAO OU IMPORTACAO DE M ,05 SUINOS ,00 221

15 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) AMAZONAS Pecuária DA MODALIDADE ,62 Melhor. Explorações ADUBACAO INTENSIVA DO SOLO ,00 2,00 AGROARTESANATO VINCULADO A ATIVIDADE PEC ARMAZEM (CONSTRUCAO OU REFORMA, ABRANG ,50 DEPOSITO, GALPAO, PAIOL, TULHA, ESTUFA E INS ,02 GRANJAS AVICOLAS (ABRANGE A COMPRA DE EQ ,19 INSTALACOES PARA INDUSTRIALIZACAO E BENEFI OUTROS MELHORAMENTOS NAO ESPECIFICADOS ,88 OUTROS SISTEMAS DE CAPTACAO, RETENCAO E ,81 PASTAGENS (FORMACAO OU RESTAURACAO DE P , ,50 PESCADO - CAPTURA E CRIACAO (COMPREENDEM RESIDENCIAS RURAIS (CONSTRUCAO OU REFORM ,88 SUINOCULTURA (ABRANGE A COMPRA DE EQUIPA ,00 TURISMO E LAZER RURAL VINCULADOS A ATIVIDA DA MODALIDADE , ,50 Máquinas e Equipamentos MAQUINAS E IMPLEMENTOS DE ADAPTACAO DO S ,00 MAQUINAS E IMPLEMENTOS DE CORRECAO DO SO ,00 MAQUINAS E IMPLEMENTOS DE CULTIVACAO DO S ,70 MAQUINAS E IMPLEMENTOS DE PREPARACAO DO ,00 MAQUINAS, APARELHOS E INSTRUMENTOS PARA ,51 REFORMAS DE MAQUINAS, APARELHOS, EQUIPA ,40 TRATORES NACIONAIS ,98 DA MODALIDADE ,59 Veículos CAMINHOES ,60 CAMIONETAS ,20 CARRETAS-CARROCAS EMBARCACOES (PEQUENAS EMBARCACOES) ,64 OUTROS VEICULOS NAO ESPECIFICADOS UTILITARIOS (JIPES E SEMELHANTES) ,00 DA MODALIDADE ,44 Animais de Serviço BOVINOS ,00 OUTROS ANIMAIS DE SERVICO DA MODALIDADE ,00 CUSTO DE ASSESSORIA EMPRESARIAL E TECNICA ,75 OUTRAS APLICACOES DE PECUARI ,24 DA MODALIDADE ,99 DA FINALIDADE , ,50 COMERCIALIZAÇÃO Desconto (NPR E DR) BOVINOS-CARNE ,35 DA MODALIDADE ,35 222

16 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) AMAZONAS Pecuária COMERCIALIZAÇÃO DA FINALIDADE ,35 DA ATIVIDADE , ,50 223

17 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) AMAPÁ CUSTEIO Lavoura ABACAXI ,28 2,00 ACAI ,32 46,59 ARROZ DE SEQUEIRO ,83 431,00 COCO ,32 16,00 MANDIOCA (AIPIM-MACAXEIRA) ,98 85,75 MANDIOCA CONSORCIADA ,90 2,00 MELANCIA ,26 0,77 SOJA ,56 76,00 DA MODALIDADE ,45 660,11 Extrativismo Espécies Nativas CASTANHA-DO-BRASIL ,00 DA MODALIDADE ,00 Beneficiamento ou Industrialização MILHO ,13 DA MODALIDADE ,13 DA FINALIDADE ,58 660,11 Formação Culturas Perenes ACAI ,55 272,50 COCO-DA-BAIA ,50 FRUTAS DIVERSAS NAO ESPECIFICADAS ,00 MANDIOCA ,00 1,00 MARACUJA ,75 1,40 PIMENTA-DO-REINO ,14 27,00 DA MODALIDADE ,44 335,40 Melhor. Explorações DEPOSITO, GALPAO, PAIOL, ESTUFA E INSTALACO ,45 INSTALACOES PARA INDUSTRIALIZACAO E BENEFI ,11 IRRIGACAO (CONSTRUCAO OU REFORMA DE ACU ,90 OUTROS MELHORAMENTOS NAO ESPECIFICADOS( ,00 OUTROS SISTEMAS DE CAPTACAO, RETENCAO E PROTECAO DO SOLO(OBRAS DE RECUPERACAO E ,26 DA MODALIDADE ,72 Máquinas e Equipamentos CULTIVADORES MOTORIZADOS (MICRO-TRATORE ,70 DESPOLPADORES LAVADORES 1 27 MAQUINAS E IMPLEMENTOS - ADAPTACAO DO SOL ,40 MAQUINAS E IMPLEMENTOS - CORRECAO DO SOL ,60 MAQUINAS E IMPLEMENTOS - CULTIVACAO DO SO ,10 MAQUINAS E IMPLEMENTOS - PREPARACAO DO S REFORMAS DE MAQUINAS, APARELHOS, EQUIPAM ,30 DA MODALIDADE ,10 Veículos CAMINHOES

18 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) AMAPÁ Veículos CAMIONETAS ,00 EMBARCACOES (PEQUENAS EMBARCACOES) ,16 UTILITARIOS (JIPES E SEMELHANTES) ,80 DA MODALIDADE ,96 OUTRAS APLICACOES DE AGRICO ,66 DA MODALIDADE ,66 DA FINALIDADE ,88 335,40 DA ATIVIDADE ,46 995,51 225

19 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) AMAPÁ Pecuária CUSTEIO Animais BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - CRIACAO ,61 BOVINOS PRODUCAO MISTA (CARNE E LEITE) ,70 BUFALOS (BUBALINOS) - CRIACAO E ENGORDA ,00 PESCADO-CAPTURA(AQUIS. DE CORDAS,REDES, A ,43 PISCICULTURA-CRIACAO(AQUISICAO DE MATRIZE ,60 SUINOS - CRIACAO ,94 DA MODALIDADE ,28 DA FINALIDADE ,28 Aquisição de Animais AQUISICAO DE PECUARIA BOVINA MISTA (PRODUC ,00 AVICULTURA (ABRANGENDO A COMPRA DE AVES ,00 BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - MATRIZES (VA BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - REPRODUTOR BOVINOS-PRODUCAO DE LEITE-MATRIZES (VACAS BUFALOS (BUBALINOS) SUINOS DA MODALIDADE ,00 Melhor. Explorações ADUBACAO INTENSIVA DO SOLO ,48 2,00 ARMAZEM (CONSTRUCAO OU REFORMA, ABRANG ,09 DEPOSITO, GALPAO, PAIOL, TULHA, ESTUFA E INS ,68 GRANJAS AVICOLAS (ABRANGE A COMPRA DE EQ INSTALACOES PARA INDUSTRIALIZACAO E BENEFI ,00 OUTROS MELHORAMENTOS NAO ESPECIFICADOS ,65 PASTAGENS (FORMACAO OU RESTAURACAO DE P ,60 78,00 PROTECAO DO SOLO (OBRAS DE RECUPERACAO SUINOCULTURA (ABRANGE A COMPRA DE EQUIPA ,00 DA MODALIDADE ,50 8 Máquinas e Equipamentos MAQUINAS E IMPLEMENTOS DE ADAPTACAO DO S ,50 MAQUINAS, APARELHOS E INSTRUMENTOS PARA ,00 REFORMAS DE MAQUINAS, APARELHOS, EQUIPA ,50 DA MODALIDADE ,00 Veículos CAMINHOES CAMIONETAS CARRETAS-CARROCAS DA MODALIDADE Animais de Serviço BOVINOS 1 643,00 DA MODALIDADE 1 643,00 CUSTO DE ASSESSORIA EMPRESARIAL E TECNICA ,60 OUTRAS APLICACOES DE PECUARI ,45 226

20 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) AMAPÁ Pecuária DA MODALIDADE ,05 DA FINALIDADE ,55 8 DA ATIVIDADE ,

21 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) BAHIA CUSTEIO Lavoura ABACAXI ,73 454,80 ABACAXI IRRIGADO ,00 ABOBORA-MORANGA ,57 8,00 ABOBORA-MORANGA IRRIGADA ,55 155,31 ABOBRINHA IRRIGADA ,53 3,70 AGAVE (SISAL) ALFACE ,00 ALFACE IRRIGADA ,96 0,65 ALGODAO ARBOREO , ,00 ALGODAO CONSORCIADO ,70 664,51 ALGODAO HERBACEO , ,88 ALGODAO HERBACEO (ZONEAMENTO AGRICOLA) ,58 952,44 ALGODAO HERBACEO IRRIGADO , ,21 ALHO COMUM IRRIGADO ,88 1,56 ALHO NOBRE IRRIGADO ,28 26,74 AMEIXA ,18 ARROZ DE SEQUEIRO ,00 ARROZ IRRIGADO ,90 35,11 ARROZ SEQUEIRO(ZONEAMENTO AGRICOLA) ,55 385,95 BANANA ,08 13 BANANA (ZONEAMENTO) ,54 6,50 BANANA IRRIGADA ,01 210,32 BANANA IRRIGADA (ZONEAMENTO) , ,70 BATATA INGLESA IRRIGADA (SAFRA DAS AGUAS) ,32 997,74 BATATA-INGLESA - SAFRA DAS SECAS BETERRABA IRRIGADA ,48 4,00 BORRACHA (SERINGUEIRA) ,97 121,00 CACAU , ,68 CAFE ARABICA , ,22 CAFE ARABICA (ZONEAMENTO AGRICOLA) ,40 784,75 CAFE ARABICA IRRIGADO (ZONEAMENTO AGRICOL ,45 4,00 CAFE IRRIGADO , ,10 CAFE ROBUSTA , ,03 CAFE ROBUSTA (ZONEAMENTO AGRÍCOLA) ,17 76,30 CANA-DE-ACUCAR , ,84 CANA-DE-ACUCAR (ALCOOL CARBURANTE) ,80 341,13 CEBOLA IRRIGADA ,79 164,38 CENOURA IRRIGADA ,39 227,10 CHUCHU IRRIGADO ,46 7,95 COCO ,18 351,09 COCO IRRIGADO ,39 141,83 CRISANTEMO IRRIGADO ,00 DENDE ,80 1 DENDE DE SEQUEIRO (ZONEAMENTO AGRICOLA) ,88 48,00 228

22 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) BAHIA CUSTEIO Lavoura EUCALIPTO ,03 FEIJAO CAUPI, MACAÇAR ,30 1 FEIJAO CAUPI, MACAÇAR(ZONEAMENTO AGRICOL , ,64 FEIJAO CONSORCIADO , ,24 FEIJAO DE SEQUEIRO-SAFRA DE INVERNO(3A. SAF ,00 15 FEIJAO DE SEQUEIRO-SAFRA DE VERAO ,00 13 FEIJAO DE SEQUEIRO-SAFRA VERAO(ZONEAMENT , ,64 FEIJAO IRRIGADO-SAFRA DAS SECAS(2A. SAFRA/S ,52 447,00 FEIJAO IRRIGADO-SAFRA DE INVERNO(3A.SAFRA) , ,00 FEIJAO IRRIGADO-SAFRA DE VERAO ,22 265,00 FRUTAS DIVERSAS NAO ESPECIFICADAS ,76 15,40 FUMO ,89 364,26 GIRASSOL DE SEQUEIRO (ZONEAMENTO AGRICOL ,34 704,60 GOIABA IRRIGADA ,90 4,00 GRAVIOLA ,36 4,00 INHAME ,51 746,62 INHAME IRRIGADO ,70 3,00 LARANJA , ,22 LARANJA IRRIGADA ,58 344,14 LIMAO ,60 51,50 LIMAO IRRIGADO ,46 443,43 MAÇA ,67 MAMAO ,91 510,80 MAMAO IRRIGADO , ,00 MAMONA (TEMPORARIA) ,44 4,00 MAMONA (ZONEAMENTO AGRICOLA) ,44 780,40 MANDIOCA (AIPIM,MACAXEIRA) ZONEAMENTO AGR , ,36 MANDIOCA (AIPIM-MACAXEIRA) ,91 105,50 MANDIOCA CONSORCIADA ,60 4,00 MANGA ,24 18,98 MANGA IRRIGADA , ,35 MARACUJA ,16 39,27 MARACUJA IRRIGADO ,79 891,25 MELANCIA IRRIGADA ,51 74,72 MELAO IRRIGADO ,46 33,10 MILHO , ,17 MILHO CONSORCIADO ,35 140,90 MILHO DE SEQUEIRO(ZONEAMENTO AGRICOLA) , ,62 MILHO IRRIGADO , ,20 MILHO SAFRINHA IRRIGADO , ,82 MILHO VERDE IRRIGADO ,32 39,00 MILHO-PL.DIRETO(ZONEAMENTO/GRAO E SEMENT , ,00 MUDAS DE CAFE ,79 4,00 MUDAS DIVERSAS ,62 75,27 229

23 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) BAHIA CUSTEIO Lavoura OUTRAS LAVOURAS ,62 725,00 OUTRAS LAVOURAS IRRIGADAS ,60 6,00 PIMENTA-DO-REINO ,80 2 PIMENTAO IRRIGADO ,26 54,96 PINHA IRRIGADA ,19 50,61 PUPUNHA ,60 72 QUIABO ,35 25,25 QUIABO IRRIGADO ,98 6,17 SEMENTE DE ALGODAO , ,56 SEMENTE DE MILHO IRRIGADA ,81 138,00 SEMENTES DE SOJA ,65 932,50 SEMENTES DIVERSAS ,20 435,00 SEMENTES DIVERSAS IRRIGADAS ,00 SOJA , ,71 SOJA DE SEQUEIRO TRANSGENICA , ,00 SOJA DE SEQUEIRO(ZONEAMENTO AGRICOLA) , ,00 SOJA IRRIGADA , ,00 SOJA SEQUEIRO TRANSGENICA PL. DIRETO (ZONE , ,00 SOJA SEQUEIRO-PL.DIRETO(ZONEAMENTO AGRIC , ,00 SORGO , ,38 SORGO SAFRINHA ,00 SORGO ZONEAMENTO(GRO E SEMENTE) , ,52 TANGERINA ,04 80,20 TOMATE ESTAQUEADO IRRIGADO ,66 239,65 TOMATE RASTEIRO ,64 12,00 TOMATE RASTEIRO IRRIGADO ,30 67,50 UVA ,91 149,93 UVA EUROPEIA IRRIGADA (ZONEAMENTO AGRICOL ,53 1,64 UVA IRRIGADA ,36 457,50 DA MODALIDADE , ,88 Extrativismo Espécies Nativas PIAÇABA (PIACAVA) URUCUM ,00 DA MODALIDADE ,00 Beneficiamento ou Industrialização CAFE ,54 CANA-DE-ACUCAR ,64 CERA-DE-CARNAUBA 1 41 LARANJA MANDIOCA (FARINHA) ,00 OUTROS PRODUTOS BENEFICIADOS OU INDUSTRI ,39 DA MODALIDADE ,57 CORRECAO NAO INTENSIVA ,75 687,49 230

24 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) BAHIA CUSTEIO CUSTO DE ASSESSORIA EMPRESARIAL E TECNICA ,59 DESTOCA ,00 6,00 MANUTENCAO DO PRODUTOR E SUA FAMILIA ,31 OUTRAS APLICACOES DE CUSTEIO AGRICOLA ,04 DA MODALIDADE ,69 693,49 LAVOURA ADIANTAMENTO A COOPERADOS P/ALIMENTOS BA FORNECIMENTO A COOPERADOS PARA CUSTEIO DA MODALIDADE DA FINALIDADE , ,37 Formação Culturas Perenes ABACATE ,50 ABACAXI ,71 ACEROLA ,00 2,40 AGAVE (SISAL) ,80 687,30 BANANA , ,44 BORRACHA (SERINGUEIRA) ,66 424,20 CACAU ,82 765,95 CAFE , ,56 CAJU ,44 259,70 CANA-DE-ACUCAR (FUNDACAO) ,06 784,50 CANA-DE-ACUCAR (PRODUCAO DE ALCOOL PARA , ,84 CANA-DE-ACUCAR (RENOVACAO) ,15 59,85 CASTANHA-DO-BRASIL ,00 COCO-DA-BAIA ,40 30,80 CUPUACU ,67 19,60 DENDE ,23 3,00 FLORES DIVERSAS NAO ESPECIFICADAS ,81 5,50 FLORESTAMENTO E REFLORESTAMENTO , ,41 FRUTAS DIVERSAS NAO ESPECIFICADAS ,00 43,90 GOIABA ,65 18,50 GRAVIOLA ,79 46,00 LARANJA , ,63 LIMAO ,55 148,86 MACA MAMAO ,98 23,10 MANDIOCA , ,10 MANDIOCA(PRODUCAO DE ALCOOL PARA FINS CA ,65 MANGA ,00 3,00 MARACUJA ,89 193,86 OLIVA (AZEITONA) ,00 OUTRAS CULTURAS PIMENTA HORTICULA/LONGA ,00 3,15 231

25 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) BAHIA Formação Culturas Perenes PIMENTA-DO-REINO ,66 5,75 PINHA ,14 6,10 PUPUNHA ,52 49,62 RAMI ,10 11,48 TANGERINA ,00 URUCUM ,94 532,64 UVA ,38 117,20 VIME ,00 DA MODALIDADE , ,80 Melhor. Explorações ADUBACAO INTENSIVA DO SOLO , ,79 AGROARTESANATO VINCULADO A ATIVIDADE AGR ,20 AGROINDUSTRIAS CASEIRAS VINCULADAS A ATIVI ARMAZEM (CONSTRUCAO OU REFORMA, ABRANG ,00 CORRECAO INTENSIVA DO SOLO , ,09 DEPOSITO, GALPAO, PAIOL, ESTUFA E INSTALACO ,77 DESBRAVAMENTO DE GLEBAS RURAIS (ABRANGE ,50 511,60 ELETRIFICACAO RURAL (ABRANGE A INSTALACAO ,08 FUNDIARIOS (AQUISICAO DE PEQUENA PROPRIED , ,07 INSTALACOES PARA INDUSTRIALIZACAO E BENEFI ,30 IRRIGACAO (CONSTRUCAO OU REFORMA DE ACU ,90 MAQUINAS, APARELHOS E INSTRUMENTOS PARA ,15 OUTROS MELHORAMENTOS NAO ESPECIFICADOS( ,32 OUTROS SISTEMAS DE CAPTACAO, RETENCAO E ,92 PROTECAO DO SOLO(OBRAS DE RECUPERACAO E ,02 RESIDENCIAS RURAIS ,97 SILO (CONSTRUCAO OU REFORMA, ABRANGENDO ,19 TERREIROS ,00 TULHA ,00 TURISMO E LAZER RURAL VINCULADOS A ATIVIDA 1 60 DA MODALIDADE , ,55 Máquinas e Equipamentos COLHEITADEIRAS AUTOMOTRIZES IMPORTADAS ,58 COLHEITADEIRAS AUTOMOTRIZES NACIONAIS ,90 CULTIVADORES MOTORIZADOS (MICRO-TRATORE ,00 DESPOLPADORES MAQUINAS E IMPLEMENTOS - ADAPTACAO DO SOL ,00 MAQUINAS E IMPLEMENTOS - COLHEITADEIRA (AN ,60 MAQUINAS E IMPLEMENTOS - CORRECAO DO SOL ,00 MAQUINAS E IMPLEMENTOS - CULTIVACAO DO SO ,01 MAQUINAS E IMPLEMENTOS - PREPARACAO DO S ,85 MAQUINAS E IMPLEMENTOS PARA EMPACOTAR E ,00 PATRULHA MECANIZADA - COLHEITADEIRAS IMPO ,93 PATRULHA MECANIZADA - COLHEITADEIRAS NACI ,97 232

26 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) BAHIA Máquinas e Equipamentos PATRULHA MECANIZADA - OUTRAS MAQUINAS IMP ,82 PATRULHA MECANIZADA - OUTRAS MAQUINAS NA ,95 PATRULHA MECANIZADA - TRATORES IMPORTADO PATRULHA MECANIZADA - TRATORES NACIONAIS ,76 REFORMAS DE MAQUINAS, APARELHOS, EQUIPAM ,80 SECADORES ,60 TRATORES IMPORTADOS ,12 TRATORES NACIONAIS ,54 DA MODALIDADE ,43 Veículos AVIOES (AERONAVES DE PEQUENO PORTE) ,00 CAMINHOES ,00 CAMIONETAS ,00 CARRETAS-CARROCAS ,25 EMBARCACOES (PEQUENAS EMBARCACOES) ,20 OUTROS VEICULOS UTILITARIOS (JIPES E SEMELHANTES) ,80 DA MODALIDADE ,25 Animais de Serviço BOVINOS ,58 EQUINOS MUARES/ASININOS ,50 DA MODALIDADE ,08 CUSTO DE ASSESSORIA EMPRESARIAL E TECNICA ,36 OUTRAS APLICACOES DE AGRICO ,83 DA MODALIDADE ,19 OUTRAS APLICAÇÕES AQUISICAO DE BENS P/ PREST. DE SERVICOS ,00 FORNECIMENTO A COOPERADOS PARA INVESTIM ,00 DA MODALIDADE ,00 DA FINALIDADE , ,35 COMERCIALIZAÇÃO EGF ALGODAO EM CAROCO ,70 ALGODAO EM CAROCO (ADIANTAMENTO A CIDAS ALGODAO EM PLUMA ,01 CAROCO DE ALGODAO ,00 MAMONA EM BAGA MILHO ,21 MILHO EM GRAOS ,50 SISAL BRUTO SOJA EM GRAOS ,85 SORGO TRIGO ,80 233

27 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) BAHIA COMERCIALIZAÇÃO EGF VINHO DA MODALIDADE ,07 Pré-Comercialização CAFE MAMONA OUTRAS LAVOURAS ,56 OUTROS PRODUTOS ,00 DA MODALIDADE ,56 Adiantamento Coop. Prod. Entreg. Venda CAFE ,76 DA MODALIDADE ,76 Desconto (NPR E DR) CAFE OUTROS PRODUTOS ,37 DA MODALIDADE ,37 Comercialização agrícola especial CAFE-LEC ,75 DA MODALIDADE ,75 Estocagem ALGODAO CAFE ,20 MILHO ,00 SOJA DA MODALIDADE ,20 DA FINALIDADE ,71 DA ATIVIDADE , ,72 234

28 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) BAHIA Pecuária CUSTEIO Animais APICULTURA ,60 AVICULTURA - ENGORDA PARA ABATE ,15 AVICULTURA - PRODUCAO DE OVOS ,47 BOVINOS - CRIACAO E ENGORDA ,56 BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - CRIACAO ,96 BOVINOS - PRODUCAO DE LEITE - CRIACAO ,82 BOVINOS PRODUCAO MISTA (CARNE E LEITE) ,85 CAPRINOS PRODUCAO MISTA (CARNE E LEITE) ,68 CARCINICULTURA ,69 MUARES/ASININOS- CRIACAO ,00 OUTROS ANIMAIS OVINOS - CRIACAO ,74 PESCADO-CAPTURA(AQUIS. DE CORDAS,REDES, A ,08 PISCICULTURA-CRIACAO(AQUISICAO DE MATRIZE ,11 SUINOS - CRIACAO ,98 VACINAS, SAIS MINERAIS E MEDICAMENTOS ,00 DA MODALIDADE ,69 Beneficiamento ou Industrialização CARNE BOVINA SACARIA E/OU MATERIAL DE ACONDICIONAMENTO 1 60 SUINOS DA MODALIDADE AVIACAO AGRICOLA 1 375,00 CUSTO DE ASSESSORIA EMPRESARIAL E TECNICA ,76 MANUTENCAO DO PRODUTOR E SUA FAMILIA ,27 OUTRAS APLICACOES DE CUSTEIO PECUARIO ,05 PASTAGENS - (BOVINOS-CARNE) , ,00 PASTAGENS - (BOVINOS-LEITE) , ,39 DA MODALIDADE , ,39 DA FINALIDADE , ,39 Aquisição de Animais APICULTURA (ABRANGENDO COMPRA DE ABELHA ,44 AQUISICAO DE PECUARIA BOVINA MISTA (PRODUC ,96 AVICULTURA (ABRANGENDO A COMPRA DE AVES ,67 BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - AQUISICAO EM ,12 BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - AQUISICAO EM BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - AQUISICAO PA ,76 BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - BEZERROS (BE ,57 BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - MATRIZES (VA ,63 BOVINOS - PRODUCAO DE CARNE - REPRODUTOR ,71 BOVINOS - PRODUCAO DE LEITE - AQUISICAO EM BOVINOS - PRODUCAO DE LEITE - AQUISICAO EM ,00 235

29 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) BAHIA Pecuária Aquisição de Animais BOVINOS - PRODUCAO DE LEITE - REPRODUTORE ,00 BOVINOS - PRODUCAO DE LEITE (AQUISICAO OU I 1 20 BOVINOS -PRODUCAO DE CARNE - AQUISICAO PA BOVINOS-PRODUCAO DE LEITE-MATRIZES (VACAS ,29 BUFALOS (BUBALINOS) ,98 CAPRINOS ,11 EQUINOS ,35 MUARES/ASININOS OUTROS ANIMAIS (AQUISICAO OU IMPORTACAO D OUTROS ANIMAIS NAO ESPECIFICADOS ,42 OVINOS ,13 OVINOS (AQUISICAO OU IMPORTACAO DE REPRO PISCICULTURA(AQUSICAO OU IMPORTACAO DE M ,00 SUINOS ,29 SUINOS (AQUISICAO OU IMPORTACAO DE REPROD ,50 DA MODALIDADE ,93 Melhor. Explorações ADUBACAO INTENSIVA DO SOLO ,65 148,20 AGROARTESANATO VINCULADO A ATIVIDADE PEC ,00 AGROINDUSTRIAS CASEIRAS VINCULADAS A ATIVI ARMAZEM (CONSTRUCAO OU REFORMA, ABRANG ,44 CORRECAO INTENSIVA DO SOLO , ,86 DEPOSITO, GALPAO, PAIOL, TULHA, ESTUFA E INS ,15 DESBRAVAMENTO DE GLEBAS RURAIS (ABRANGE ,60 524,65 ELETRIFICACAO RURAL (ABRANGE A INSTALACAO ,02 GRANJAS AVICOLAS (ABRANGE A COMPRA DE EQ ,78 INSEMINACAO ARTIFICIAL(ABRANGENDO A CONST ,00 INSTALACOES PARA INDUSTRIALIZACAO E BENEFI ,32 IRRIGACAO (CONSTRUCAO OU REFORMA DE ACU ,58 OUTROS MELHORAMENTOS NAO ESPECIFICADOS ,73 OUTROS SISTEMAS DE CAPTACAO, RETENCAO E ,41 PASTAGENS (FORMACAO OU RESTAURACAO DE P , ,68 PESCADO - CAPTURA E CRIACAO (COMPREENDEM ,83 PROTECAO DO SOLO (OBRAS DE RECUPERACAO ,61 RESIDENCIAS RURAIS (CONSTRUCAO OU REFORM ,67 SILO (CONSTRUCAO OU REFORMA, ABRANGENDO ,46 SUINOCULTURA (ABRANGE A COMPRA DE EQUIPA ,78 TURISMO E LAZER RURAL VINCULADOS A ATIVIDA DA MODALIDADE , ,39 Máquinas e Equipamentos CULTIVADORES MOTORIZADOS (MICRO-TRATORE ,15 MAQUINAS E IMPLEMENTOS DE ADAPTACAO DO S 1 40 MAQUINAS E IMPLEMENTOS DE CORRECAO DO SO ,80 MAQUINAS E IMPLEMENTOS DE CULTIVACAO DO S ,85 236

30 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) BAHIA Pecuária Máquinas e Equipamentos MAQUINAS E IMPLEMENTOS DE PREPARACAO DO ,23 MAQUINAS E IMPLEMENTOS PARA COLHEITA (AN ,49 MAQUINAS E IMPLEMENTOS PARA EMPACOTAR E ,00 MAQUINAS, APARELHOS E INSTRUMENTOS PARA ,33 PATRULHA MECANIZADA - OUTRAS MAQUINAS IMP PATRULHA MECANIZADA - OUTRAS MAQUINAS NA ,30 PATRULHA MECANIZADA -TRATORES NACIONAIS REFORMAS DE MAQUINAS, APARELHOS, EQUIPA ,36 TRATORES IMPORTADOS TRATORES NACIONAIS ,11 DA MODALIDADE ,62 Veículos CAMINHOES CAMIONETAS ,00 CARRETAS-CARROCAS ,00 EMBARCACOES (PEQUENAS EMBARCACOES) OUTROS VEICULOS NAO ESPECIFICADOS ,21 UTILITARIOS (JIPES E SEMELHANTES) ,40 DA MODALIDADE ,61 Animais de Serviço BOVINOS ,10 EQUINOS ,99 MUARES/ASININOS OUTROS ANIMAIS DE SERVICO ,11 DA MODALIDADE ,20 CAPITAL DE GIRO CUSTO DE ASSESSORIA EMPRESARIAL E TECNICA ,70 OUTRAS APLICACOES DE PECUARI ,25 DA MODALIDADE ,95 DA FINALIDADE , ,39 COMERCIALIZAÇÃO EGF QUEIJOS ,20 DA MODALIDADE ,20 Desconto (NPR E DR) BOVINOS-CARNE ,83 LEITE IN NATURA ,18 DA MODALIDADE ,01 DA FINALIDADE ,21 DA ATIVIDADE , ,78 237

31 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) CEARÁ CUSTEIO Lavoura ABACAXI ,11 7,91 ABACAXI IRRIGADO ,00 2,00 ABOBORA-MORANGA IRRIGADA ,00 16,00 ABOBRINHA IRRIGADA ,02 12,00 ACEROLA IRRIGADA ,88 42,31 AGAVE (SISAL) ,40 3,00 ALFACE IRRIGADA ,97 5,72 ALGODAO HERBACEO ,00 14,20 ALGODAO HERBACEO (ZONEAMENTO AGRICOLA) ,80 1 AMENDOIM ,80 7,00 ARROZ DE SEQUEIRO ,10 22,30 ARROZ IRRIGADO , ,96 BANANA ,93 134,60 BANANA (ZONEAMENTO) ,88 293,50 BANANA IRRIGADA ,72 466,42 BANANA IRRIGADA (ZONEAMENTO) ,10 63,98 BATATA-DOCE ,66 3,90 BATATA-DOCE IRRIGADA ,22 12,70 BETERRABA IRRIGADA ,56 1,50 CAFE ARABICA ,00 26,00 CAFE IRRIGADO ,00 6,00 CAJU - CASTANHA , ,65 CAJU - CASTANHA (ZONEAMENTO AGRICOLA) , ,77 CANA-DE-ACUCAR , ,33 CANA-DE-ACUCAR (RENOVACAO DE LAVOURAS) ,60 3,00 CARNAUBA , ,75 CEBOLA IRRIGADA ,05 6,41 CEBOLINHA VERDE IRRIGADA ,95 5,59 CENOURA IRRIGADA ,26 60,12 CHUCHU IRRIGADO ,62 0,75 COCO , ,14 COCO IRRIGADO ,97 241,65 COENTRO IRRIGADO ,62 2,51 CRISANTEMO IRRIGADO ,80 10,96 FEIJAO CAUPI, MACAÇAR ,65 25,50 FEIJAO CAUPI, MACAÇAR(ZONEAMENTO AGRICOL , ,30 FEIJAO CONSORCIADO , ,64 FEIJAO DE SEQUEIRO-SAFRA DE INVERNO(3A. SAF FEIJAO DE SEQUEIRO-SAFRA DE VERAO ,06 16,75 FEIJAO IRRIGADO-SAFRA DAS SECAS(2A. SAFRA/S ,63 58,90 FEIJAO IRRIGADO-SAFRA DE VERAO ,50 98,52 FIGO IRRIGADO ,00 2,00 FUMO ,01 301,50 GIRASSOL ,18 64,60 238

32 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) CEARÁ CUSTEIO Lavoura GOIABA IRRIGADA ,81 15,00 GRAVIOLA IRRIGADA ,44 128,49 HORTALICAS DIVERSAS ,00 1 LARANJA ,52 5,80 MAMAO IRRIGADO ,21 149,66 MAMONA (ZONEAMENTO AGRICOLA) , ,62 MANDIOCA (AIPIM,MACAXEIRA) ZONEAMENTO AGR , ,68 MANDIOCA (AIPIM-MACAXEIRA) ,62 163,00 MANDIOCA CONSORCIADA ,08 12,90 MANGA IRRIGADA ,33 18,63 MARACUJA ,80 0,80 MARACUJA IRRIGADO ,95 256,75 MELANCIA IRRIGADA ,61 60,56 MELAO IRRIGADO ,64 44,59 MILHO ,88 827,75 MILHO CONSORCIADO , ,73 MILHO DE SEQUEIRO(ZONEAMENTO AGRICOLA) , ,44 MILHO IRRIGADO , ,19 MILHO PIPOCA-PL.DIRETO(ZONEAMENTO AGRICOL 1 616,95 1,00 MILHO VERDE IRRIGADO ,77 179,80 PIMENTAO IRRIGADO ,98 10,87 REPOLHO IRRIGADO ,85 2,80 SEMENTE DE MILHO IRRIGADA ,61 36,00 SOJA ,20 SOJA IRRIGADA ,67 345,60 SORGO ,24 274,00 SORGO ZONEAMENTO(GRO E SEMENTE) ,75 58,81 TANGERINA ,09 1,10 TOMATE CONSORCIADO IRRIGADO ,56 0,80 TOMATE ESTAQUEADO IRRIGADO ,23 27,57 TOMATE RASTEIRO IRRIGADO ,02 7,10 UVA IRRIGADA ,39 6,55 DA MODALIDADE , ,13 Extrativismo Espécies Nativas CARNAUBA ,85 CASTANHA-DE-CAJU ,04 DA MODALIDADE ,89 Beneficiamento ou Industrialização CERA-DE-CARNAUBA ,00 MANDIOCA (FARINHA) 1 51,66 OUTROS PRODUTOS BENEFICIADOS OU INDUSTRI ,64 SACARIA E/OU MATERIAL DE ACONDICIONAMENTO ,56 DA MODALIDADE ,86 239

33 ATIVIDADE E FINALIDADE - ITEM - UNIDADE DA FEDERAÇÃO PRODUTOS (ITENS S) CEARÁ CUSTEIO CORRECAO NAO INTENSIVA ,49 180,70 CUSTO DE ASSESSORIA EMPRESARIAL E TECNICA ,11 DESTOCA ,80 19,50 MANUTENCAO DO PRODUTOR E SUA FAMILIA ,17 OUTRAS APLICACOES DE CUSTEIO AGRICOLA 6 524,12 DA MODALIDADE ,69 200,20 LAVOURA ADIANTAMENTO A COOPERADOS P/ALIMENTOS BA ,00 FORNECIMENTO A COOPERADOS PARA CUSTEIO ,38 DA MODALIDADE ,38 DA FINALIDADE , ,33 Formação Culturas Perenes ABACATE ,75 2,49 ABACAXI ,30 4,30 ACACIA NEGRA ,07 1,00 ACEROLA ,89 17 ALGODAO ARBOREO ,00 BANANA ,86 596,73 CAJU , ,42 CANA-DE-ACUCAR (FUNDACAO) , ,31 CANA-DE-ACUCAR (PRODUCAO DE ALCOOL PARA ,00 CANA-DE-ACUCAR (RENOVACAO) ,90 99,58 COCO-DA-BAIA ,47 86,60 FLORES DIVERSAS NAO ESPECIFICADAS ,00 3,70 FLORESTAMENTO E REFLORESTAMENTO ,43 188,63 FRUTAS DIVERSAS NAO ESPECIFICADAS ,23 196,59 GOIABA ,76 64,88 LARANJA ,90 2,40 LIMAO ,09 8,59 MAMAO ,90 28,85 MAMONA ,25 MANDIOCA ,31 399,37 MANGA ,70 3,50 MARACUJA ,47 687,32 OLIVA (AZEITONA) ,00 OUTRAS CULTURAS ,44 4,00 PIMENTA HORTICULA/LONGA ,68 11,05 PIMENTA-DO-REINO ,00 TANGERINA ,05 4,00 TAPEREBA ,66 90,80 URUCUM ,00 DA MODALIDADE , ,36 Melhor. Explorações 240

ANUÁRIO ESTATÍSTICO DO CRÉDITO RURAL - 2004

ANUÁRIO ESTATÍSTICO DO CRÉDITO RURAL - 2004 Agrícola - CUSTEIO Lavoura ABACATE 57 1.229.660,94 900,99 ABACAXI 1.652 19.095.855,74 4.171,04 ABACAXI IRRIGADO 286 5.444.100,66 1.301,90 ABOBORA-MORANGA 439 2.221.087,69 1.630,91 ABOBORA-MORANGA IRRIGADA

Leia mais

CAMARA SETORIAL DA BORRACHA CARLOS ALFREDO B GUEDES BRASILIA JULHO 2015

CAMARA SETORIAL DA BORRACHA CARLOS ALFREDO B GUEDES BRASILIA JULHO 2015 CAMARA SETORIAL DA BORRACHA A CARLOS ALFREDO B GUEDES BRASILIA JULHO 2015 LEGISLAÇÃO Decreto nº 68.678, de 25 de maio de 1971 cria a Comissão Especial de Planejamento, Controle e Avaliação das Estatísticas

Leia mais

AJUSTE E FIXAÇÃO DE ÍNDICES DE RENDIMENTO

AJUSTE E FIXAÇÃO DE ÍNDICES DE RENDIMENTO AJUSTE E FIXAÇÃO DE ÍNDICES DE RENDIMENTO QUE INFORMAM O CONCEITO DE PRODUTIVIDADE Março 2005 APLICAÇÃO DOS ÍNDICES Função Social da Propriedade exige níveis satisfatórios de produtividade Vistoria do

Leia mais

Apresentação AGRIANUAL 2015

Apresentação AGRIANUAL 2015 Apresentação Em anos de eleições, os empresários costumam ficar apreensivos quanto às posições dos candidatos em relação ao segmento em que operam. Mas quem está no agronegócio não precisa ter grandes

Leia mais

Tabela de produtos esquema de rebate 7 (Janeiro 2013) COD PRODUTO CONSIDERAR RELATORIO

Tabela de produtos esquema de rebate 7 (Janeiro 2013) COD PRODUTO CONSIDERAR RELATORIO Tabela de produtos esquema de rebate 7 (Janeiro 2013) COD PRODUTO CONSIDERAR RELATORIO 90001 AVICULTURA INTEGRADA 0.10 1 90002 SUINOCULTURA INTEGRADA 0.10 1 3500 ALHO 0.30 2 11500 CEBOLA 0.30 2 21219 QUEIJOS

Leia mais

Linhas de Crédito PISCICULTURA INVESTIMENTO CUSTEIO. Obs.: As informações atinentes às linhas de crédito estão sujeitas a alterações.

Linhas de Crédito PISCICULTURA INVESTIMENTO CUSTEIO. Obs.: As informações atinentes às linhas de crédito estão sujeitas a alterações. PISCICULTURA CUSTEIO INVESTIMENTO Obs.: As informações atinentes às linhas de crédito estão sujeitas a alterações. financiar as despesas normais de custeio da produção agrícola e pecuária. Linhas de Crédito

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SEAPA SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO

SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SEAPA SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SEAPA SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO VALOR BRUTO DA PRODUÇÃO (VBP) AGROPECUÁRIO Julho/2015 R$ milhões VBP PRINCIPAIS PRODUTOS AGRÍCOLAS LAVOURAS

Leia mais

SEGURO RURAL BRASILEIRO. Elaine Cristina dos Santos Ferreira

SEGURO RURAL BRASILEIRO. Elaine Cristina dos Santos Ferreira SEGURO RURAL BRASILEIRO Elaine Cristina dos Santos Ferreira MODALIDADES OFERTADAS DE SEGURO RURAL Agrícola Pecuário Florestas Aqüícola Penhor rural Benfeitorias e produtos agropecuários CPR Vida do Produtor

Leia mais

SEGURO RURAL BRASILEIRO

SEGURO RURAL BRASILEIRO SEGURO RURAL BRASILEIRO Gestão de Risco Rural Programa de Subvenção Econômica ao Prêmio do Seguro Rural 2011 O QUE É O SEGURO RURAL? O seguro rural é uma importante ferramenta de gestão de riscos que protege

Leia mais

Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo Coordenadoria de Assistência Técnica Integral Resumo de UPAs do Município

Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo Coordenadoria de Assistência Técnica Integral Resumo de UPAs do Município Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo Coordenadoria de Assistência Técnica Integral Resumo de UPAs do Município Município: 274 - ITUVERAVA Estrutura Fundiária Extrato No. UPAs

Leia mais

VALOR DA PRODUÇÃO AGROPECUÁRIA DO BRASIL EM 2003, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO 1

VALOR DA PRODUÇÃO AGROPECUÁRIA DO BRASIL EM 2003, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO 1 VALOR DA PRODUÇÃO AGROPECUÁRIA DO BRASIL EM 2003, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO 1 Alfredo Tsunechiro 2 Vagner Azarias Martins 3 1 - INTRODUÇÃO 1 2 3 Qual a verdadeira magnitude do valor da produção agropecuária

Leia mais

PLANO SAFRA DA AGRICULTURA FAMILIAR 2010/2011

PLANO SAFRA DA AGRICULTURA FAMILIAR 2010/2011 PLANO SAFRA DA AGRICULTURA FAMILIAR 2010/2011 Mais crédito, mais segurança e juros menores. Do Plano Safra 2002/2003 ao Plano Safra 2010/2011, o volume de recursos oferecidos por meio do Pronaf para custeio

Leia mais

A AGRICULTURA, PECUÁRIA, SILVICULTURA E EXPLORAÇÃO FLORESTAL A seção A abrange a exploração ordenada dos recursos naturais vegetais e animais em

A AGRICULTURA, PECUÁRIA, SILVICULTURA E EXPLORAÇÃO FLORESTAL A seção A abrange a exploração ordenada dos recursos naturais vegetais e animais em A AGRICULTURA, PECUÁRIA, SILVICULTURA E EXPLORAÇÃO FLORESTAL A seção A abrange a exploração ordenada dos recursos naturais vegetais e animais em ambiente natural e em ambiente protegido. Compreende as

Leia mais

SEGURO RURAL AVANÇOS E PERSPECTIVAS

SEGURO RURAL AVANÇOS E PERSPECTIVAS SEGURO RURAL AVANÇOS E PERSPECTIVAS Histórico do Seguro Agrícola no Brasil 1878 - Congresso Agrícola do Recife; Lei n 2.168, de 11 de janeiro de 1954, estabelece normas para a instituição do seguro agrário

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº. 02 DE 11 DE OUTUBRO DE 2006

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº. 02 DE 11 DE OUTUBRO DE 2006 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº. 02 DE 11 DE OUTUBRO DE 2006 Estabelece valores de referência para outorga de uso de recursos hídricos em corpos de água de domínio do Distrito Federal e dá outras providências.

Leia mais

Produtos, Serviços e Soluções. Novembro de 2015

Produtos, Serviços e Soluções. Novembro de 2015 Produtos, Serviços e Soluções Novembro de 2015 PRONAF AGROINDÚSTRIA Financiamento das necessidades de custeio do beneficiamento e industrialização da produção, da armazenagem e conservação de produtos

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DE PROGRAMA DE SUBVENÇÃO PARA O SEGURO RURAL. www.brasileirarural.com.br

A IMPORTÂNCIA DE PROGRAMA DE SUBVENÇÃO PARA O SEGURO RURAL. www.brasileirarural.com.br A IMPORTÂNCIA DE PROGRAMA DE SUBVENÇÃO PARA O SEGURO RURAL INSTRUMENTOS DE Minimização de Riscos I Proagro Mais II Seguro Privado. Coberturas: - Variações Climáticas - Preços - Índices III Cobertura Complementar

Leia mais

Sugestão de Cardápio para o Jejum de 21 dias do MIESF12

Sugestão de Cardápio para o Jejum de 21 dias do MIESF12 ALMOÇO 1 Dia 2 Dia 3 Dia de ervas -Pão torrado -Mamão - fruta (melão) ou água de côco -Salada de folhas temperadas c/ azeite e orégano. -1 prato de sobremesa de legumes cozidos ou purê de batatas. - Arroz

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 11, DE 4 DE ABRIL DE 2003 Aprovada pela Resolução/CD nº 7/2003 - DOU 74, de 16/04/03 seção 1, p. 101 B.S.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 11, DE 4 DE ABRIL DE 2003 Aprovada pela Resolução/CD nº 7/2003 - DOU 74, de 16/04/03 seção 1, p. 101 B.S. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 11, DE 4 DE ABRIL DE 2003 Aprovada pela Resolução/CD nº 7/2003 - DOU 74, de 16/04/03 seção 1, p. 101 B.S. 16, de 21/04/03 Estabelece diretrizes para fixação do Módulo Fiscal de cada

Leia mais

Fernando Penteado Secretário Executivo

Fernando Penteado Secretário Executivo Fundo de Expansão do Agronegócio Paulista O Banco do Agronegócio Familiar FEAP-BANAGRO Fernando Penteado Secretário Executivo Fundo de Expansão do Agronegócio Paulista (FEAP) O que é o FEAP É um Fundo

Leia mais

5 AS ATIVIDADES ECONÔMICAS: PRODUÇÃO, EMPREGO E RENDA

5 AS ATIVIDADES ECONÔMICAS: PRODUÇÃO, EMPREGO E RENDA 5 AS ATIVIDADES ECONÔMICAS: PRODUÇÃO, EMPREGO E RENDA Neste quinto capítulo, se busca avaliar com mais profundidade as atividades econômicas do município, com o recorte centrado na produção, no emprego

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 4.342, DE 20 DE JUNHO DE 2014

RESOLUÇÃO Nº 4.342, DE 20 DE JUNHO DE 2014 RESOLUÇÃO Nº 4.342, DE 20 DE JUNHO DE 2014 Dispõe sobre ajustes nas normas de de custeio, de investimento e de comercialização com recursos do crédito rural, a partir de 1º de julho de 2014. O Banco Central

Leia mais

Seguro Rural. Desafios para a sua Operacionalização

Seguro Rural. Desafios para a sua Operacionalização Seguro Rural Desafios para a sua Operacionalização GESTÃO DE RISCO RURAL Riscos Rurais: - Climatológicos; Incêndio; Vida animal; Propriedades; Equipamentos; Armazenagem; Transporte; e, Preço. Seguro Rural

Leia mais

Relatório de CNAEs do Regime de Estimativa por Operação e do Regime de Estimativa Simplificado (Carga Média)

Relatório de CNAEs do Regime de Estimativa por Operação e do Regime de Estimativa Simplificado (Carga Média) Relatório de CNAEs do Regime de Estimativa por Operação e do Regime de Estimativa Simplificado (Carga Média) 0111-3/01 Cultivo de arroz 0111-3/02 Cultivo de milho 0111-3/03 Cultivo de trigo 0111-3/99 Cultivo

Leia mais

Mais Crédito para a Produção de Alimentos Saudáveis. 30 Bilhões 2017/ Bilhões 2016/ ,9 Bilhões

Mais Crédito para a Produção de Alimentos Saudáveis. 30 Bilhões 2017/ Bilhões 2016/ ,9 Bilhões Mais Crédito para a Produção de Alimentos Saudáveis 30 Bilhões 2017/2018 30 Bilhões 2016/2017 28,9 Bilhões 2015/2016 FACILIDADES DO CRÉDITO RURAL DA CRESOL OS JUROS FORAM MANTIDOS Para diminuir o custo

Leia mais

Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar - PGPAF

Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar - PGPAF Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar - PGPAF O QUE É O PGPAF? Programa do Governo Federal que garante aos agricultores familiares que tem financiamento no âmbito do Pronaf a indexação

Leia mais

Projeções da demanda por fertilizantes no Brasil

Projeções da demanda por fertilizantes no Brasil Projeções da demanda por fertilizantes no Brasil índice 3 4 5 6 8 9 o mercado Números e importância do setor projeções de longo prazo planos/produtos metodologia condições, prazo e investimento formulário

Leia mais

TÍTULO. Políticas de Financiamento e Proteção da Produção - MDA

TÍTULO. Políticas de Financiamento e Proteção da Produção - MDA TÍTULO Políticas de Financiamento e Proteção da Produção - MDA Lei 11.326/06 Art. 3o Para os efeitos desta Lei, considera-se agricultor familiar e empreendedor familiar rural aquele que pratica atividades

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA

MINISTÉRIO DA FAZENDA MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Política Econômica CMN 29.07.2009 Votos Agrícolas Brasília-DF, 29 de julho de 2009. RESUMO DOS VOTOS DA ÁREA AGRÍCOLA REUNIÃO DO CMN JULHO 2009 1 ESTABELECE NOVO PRAZO

Leia mais

Políticas públicas e o financiamento da produção de café no Brasil

Políticas públicas e o financiamento da produção de café no Brasil Políticas públicas e o financiamento da produção de café no Brasil Organização Internacional do Café - OIC Londres, 21 de setembro de 2010. O Sistema Agroindustrial do Café no Brasil - Overview 1 Cafés

Leia mais

O espaço rural brasileiro 7ºano PROF. FRANCO AUGUSTO

O espaço rural brasileiro 7ºano PROF. FRANCO AUGUSTO O espaço rural brasileiro 7ºano PROF. FRANCO AUGUSTO Agropecuária É o termo utilizado para designar as atividades da agricultura e da pecuária A agropecuária é uma das atividades mais antigas econômicas

Leia mais

Análise da Oportunidade Indústria de produção de caixas plásticas (bins)

Análise da Oportunidade Indústria de produção de caixas plásticas (bins) Análise da Oportunidade Indústria de produção de caixas plásticas (bins) 1.1 Sobre o Projeto Contratante: ABPM- Associação Brasileira de Produtores de Maçãs Objetivo: Desenvolvimento de um projeto de Análise

Leia mais

PLANO SAFRA DA AGRICULTURA FAMILIAR 2009/2010 MAISAGRICULTURA FAMILIAR PARA MAIS BRASILEIROS

PLANO SAFRA DA AGRICULTURA FAMILIAR 2009/2010 MAISAGRICULTURA FAMILIAR PARA MAIS BRASILEIROS PLANO SAFRA DA AGRICULTURA FAMILIAR 2009/2010 MAISAGRICULTURA FAMILIAR PARA MAIS BRASILEIROS Fortalecimento e ampliação das políticas públicas O Plano Safra da Agricultura Familiar 2009/2010 fortalece

Leia mais

Segurança e Qualidade dos Alimentos Rastreabilidade

Segurança e Qualidade dos Alimentos Rastreabilidade Segurança e Qualidade dos Alimentos Rastreabilidade Segurança e Qualidade dos Alimentos Lei 12.593/12 institui o PPA 2012-2015 Programa 2028 Defesa Agropecuária Objetivo 0570 Assegurar a qualidade dos

Leia mais

Boletim DATALUTA Artigo do mês II: setembro de 2015. ISSN 2177-4463

Boletim DATALUTA Artigo do mês II: setembro de 2015. ISSN 2177-4463 MERCADOS INSTITUCIONAIS COMO ALTERNATIVA PARA O FORTALECIMENTO DOS MERCADOS LOCAIS DE ALIMENTOS: O CASO DO PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS (PAA) NO MUNICÍPIO DE TUPI PAULISTA/SP Valmir José de Oliveira

Leia mais

Classificação Nacional de Atividades Econômicas - SUBCLASSES Versão 2..2 Notas Explicativas. CNAE Subclasses 2.2 JANEIRO/2015

Classificação Nacional de Atividades Econômicas - SUBCLASSES Versão 2..2 Notas Explicativas. CNAE Subclasses 2.2 JANEIRO/2015 1 CNAE Subclasses 2.2 JANEIRO/2015 2 A AGRICULTURA, PECUÁRIA, PRODUÇÃO FLORESTAL, PESCA E AQUICULTURA Esta seção compreende a exploração ordenada dos recursos naturais vegetais e animais em ambiente natural

Leia mais

LINHA TRADICIONAL. Arroz, cenoura, cebola, presunto, vagem, passas, manteiga, óleo e sal. Feijão, bacon, cebola, óleo e sal.

LINHA TRADICIONAL. Arroz, cenoura, cebola, presunto, vagem, passas, manteiga, óleo e sal. Feijão, bacon, cebola, óleo e sal. LINHA TRADICIONAL ACOMPANHAMENTOS ARROZ À GREGA FEIJÃO FEIJÃO TROPEIRO PURÊ DE BATATA AVES FILÉ DE FRANGO À PARMEGIANA ESCONDIDINHO DE FRANGO STROGONOFF DE FRANGO FRANGO A MODA CAIPIRA FRANGO ASSADO FRANGO

Leia mais

Seminário Riscos e Gestão do Seguro Rural no Brasil

Seminário Riscos e Gestão do Seguro Rural no Brasil Seminário Riscos e Gestão do Regulamentação para gestão do seguro rural em eventos catastróficos Otávio Ribeiro Damaso Secretário Adjunto de Política Econômica / otavio.damaso@fazenda.gov.br Campinas,

Leia mais

Quadro resumo do crédito do Pronaf

Quadro resumo do crédito do Pronaf Pronaf custeio Quadro resumo do crédito do Pronaf 2016-2017 Linha Finalidade/empreendimento Condições Encargos (taxa de juros) Para financiamentos destinados ao cultivo de arroz, feijão, mandioca, feijão

Leia mais

Soluções para a Agricultura Familiar Para todos os momentos da produção.

Soluções para a Agricultura Familiar Para todos os momentos da produção. Soluções para a Agricultura Familiar Para todos os momentos da produção. bb.com.br/agronegocio O Banco do Brasil acredita na força da agricultura familiar brasileira. O Banco do Brasil reconhece a importância

Leia mais

ZONEAMENTO AGRÍCOLA DE RISCO CLIMÁTICO SPA/MAPA

ZONEAMENTO AGRÍCOLA DE RISCO CLIMÁTICO SPA/MAPA ZONEAMENTO AGRÍCOLA DE RISCO CLIMÁTICO SPA/MAPA III Reunião Técnica do CEMADEN Tema: Extremos Climáticos e Colapso de Produção Agrícola Fortaleza/CE 02 e 03 de abril de 2012 Antecedentes Altos índices

Leia mais

Maçăs e Pêras CORES DA TERRA

Maçăs e Pêras CORES DA TERRA Maçăs e Pêras CORES DA TERRA 12 Maçă Mini Pequena Média Grande Super Extra I Super Extra II Escultural Escultural II Branca 5010 5003 5006 5009 6006 6055 31001 31026 Preta Verde 5032 5011 5031 5001 5030

Leia mais

O que é uma empresa rural?

O que é uma empresa rural? Contabilidade Rural Prof. João Marcelo O que é uma empresa rural? É aquela que explora a capacidade produtiva do solo por meio do cultivo da terra, da criação de animais e da transformação de determinados

Leia mais

Culturas com Suporte Fitossanitário Insuficiente Câmara Setorial de Palma de Óleo 21 de Setembro de 2012

Culturas com Suporte Fitossanitário Insuficiente Câmara Setorial de Palma de Óleo 21 de Setembro de 2012 Culturas com Suporte Fitossanitário Insuficiente Câmara Setorial de Palma de Óleo 21 de Setembro de 2012 Culturas com Suporte Fitossanitário Insuficiente (CSFI) Desenvolvimento de novas moléculas Registro

Leia mais

AGRICULTURA FAMILIAR NA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR

AGRICULTURA FAMILIAR NA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR AGRICULTURA FAMILIAR NA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR P N A E 250 mil famílias poderão ser beneficiadas (estimativa) Cerca de R$1 bilhão 47 milhões de alunos da educação básica da rede pública GRANDE DESAFIO: AS

Leia mais

RESUMO EXECUTIVO COMPOSIÇÃO NUTRICIONAL DA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR NO BRASIL: UMA ANÁLISE A PARTIR DE UMA AMOSTRA DE CARDÁPIOS - 2011

RESUMO EXECUTIVO COMPOSIÇÃO NUTRICIONAL DA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR NO BRASIL: UMA ANÁLISE A PARTIR DE UMA AMOSTRA DE CARDÁPIOS - 2011 RESUMO EXECUTIVO COMPOSIÇÃO NUTRICIONAL DA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR NO BRASIL: UMA ANÁLISE A PARTIR DE UMA AMOSTRA DE CARDÁPIOS - 2011 1 Objetivo e Metodologia O presente relatório apresenta os resultados da

Leia mais

CARACTERIZAÇÃO E DIMENSIONAMENTO DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO

CARACTERIZAÇÃO E DIMENSIONAMENTO DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO CARACTERIZAÇÃO E DIMENSIONAMENTO DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Eduardo Pereira Nunes Elisio Contini Apresentação à Diretoria da ABAG 13 de setembro de 2000 - São Paulo O PROBLEMA Controvérsias sobre contribuição

Leia mais

SUMÁRIO. 1 - Lavouras... 5. 1 - Área, produção e rendimento médio - confronto das estimativas mensais março / fevereiro safra 2012 Brasil...

SUMÁRIO. 1 - Lavouras... 5. 1 - Área, produção e rendimento médio - confronto das estimativas mensais março / fevereiro safra 2012 Brasil... ...... PRODUÇÃO DAS LAVOURAS EM MARÇO DE 2012 SUMÁRIO 1 - Lavouras... 5 TABELAS DE RESULTADOS Safra 2012 1 - Área, produção e rendimento médio - confronto das estimativas mensais março / fevereiro safra

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO NACIONAL DE ATIVIDADES ECONÔMICAS. FISCAL 1.1 - Provisória. Subcomissão Técnica da CNAE-Fiscal

CLASSIFICAÇÃO NACIONAL DE ATIVIDADES ECONÔMICAS. FISCAL 1.1 - Provisória. Subcomissão Técnica da CNAE-Fiscal CLASSIFICAÇÃO NACIONAL DE ATIVIDADES ECONÔMICAS FISCAL 1.1 - Provisória Subcomissão Técnica da CNAE-Fiscal 25/04/2003 A AGRICULTURA, PECUÁRIA, SILVICULTURA E EXPLORAÇÃO FLORESTAL A seção A abrange a exploração

Leia mais

Evolução, Perspectivas e Desafios. J.C. Zukowski

Evolução, Perspectivas e Desafios. J.C. Zukowski SEAF Evolução, Perspectivas e Desafios J.C. Zukowski Coordenador Geral do SEAF SEGUROS AGRÍCOLAS NO BRASIL Emergência ou Básico Agricultura Familiar Agricultura Comercial Garantia-Safra Subsídio ao Prêmio

Leia mais

ANEXO I GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA RELAÇÃO DOS GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR PARA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR E SUAS ESPECIFICAÇÕES. GÊNERO ALIMENTÍCIO

Leia mais

Ambiente de Gerenciamento do PRONAF e Programas de Crédito Fundiário

Ambiente de Gerenciamento do PRONAF e Programas de Crédito Fundiário Ambiente de Gerenciamento do PRONAF e Programas de Crédito Fundiário Janeiro - 2011 Banco do Nordeste Apoio à Agricultura Familiar Programa Nacional de Fortalecimento Da Agricultura Familiar OBJETIVO Fortalecer

Leia mais

Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar PGPAF

Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar PGPAF PGPAF Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar PGPAF O QUE É O PGPAF Programa do Governo Federal que garante aos agricultores familiares que tem financiamento no âmbito do Pronaf a indexação

Leia mais

Cardápio 06.07 até 10.07.2015

Cardápio 06.07 até 10.07.2015 Cardápio 06.07 até 10.07.2015 COLAÇÃO Banana Suco de acerola Melão Suco de goiaba Maçã pepino/carne ao molho/ Abóbora cozida/ /batata e repolho/frango no molho/ cenoura cozida/ farofa de couve e ovos/arroz/feijão

Leia mais

Atlas Digital de MINAS GERAIS 1 de 18

Atlas Digital de MINAS GERAIS 1 de 18 Atlas Digital de MINAS GERAIS 1 de 18 Características Agropecuárias A sociedade brasileira viveu no século XX uma transformação socioeconômica e cultural passando de uma sociedade agrária para uma sociedade

Leia mais

VI Congresso Brasileiro de Algodão. Seguro Agrícola como Alternativa para redução dos Riscos Agropecuários

VI Congresso Brasileiro de Algodão. Seguro Agrícola como Alternativa para redução dos Riscos Agropecuários VI Congresso Brasileiro de Algodão Seguro Agrícola como Alternativa para redução dos Riscos Agropecuários Segmentação do Mercado Segurador Brasileiro Danos SEGUROS Pessoas PREVI- DÊNCIA CAPITA- LIZAÇÃO

Leia mais

Linhas Agrícolas Agosto 2013

Linhas Agrícolas Agosto 2013 Linhas Agrícolas Agosto 2013 MERCADO DE CRÉDITO DÍVIDA PRIVADA Dividido em 3 Principais Classes de Ativo: Crédito Geral: Linha de KG, Conta Garantida, Finame, PSI; CCB, Debênture; Crédito Imobiliário:

Leia mais

(EM CASA) (EM CASA) (EM CASA) (EM CASA) (EM CASA) (EM CASA) Alface. Inhame cozido Frango acebolado

(EM CASA) (EM CASA) (EM CASA) (EM CASA) (EM CASA) (EM CASA) Alface. Inhame cozido Frango acebolado CARDÁPIO EDUCAÇÃO INFANTIL (maiores de 2 anos) JUNHO/2015 Observações: A utilizada será sem lactose. Oferecer água durante todo dia. Não oferecer bebida durante o almoço ou jantar somente depois de no

Leia mais

SETEMBRO 2015 - BERÇÁRIO

SETEMBRO 2015 - BERÇÁRIO Semana 1 01/09 02/09 03/09 04/09 Rosquinha Bolacha de água e sal; Bolacha maisena FERIADO MUNICIPAL Aniversário de Mogi das Cruzes 455 anos Manga; Pera; Maçã; desfiado cará, cenoura e ou Lima; abobrinha,

Leia mais

DATA DESJEJUM COLAÇÃO ALMOÇO LANCHE

DATA DESJEJUM COLAÇÃO ALMOÇO LANCHE DATA DESJEJUM COLAÇÃO ALMOÇO LANCHE 04/05/2015 Segunda- Feira Leite com Enriquecido de Morango / Rosquinha de Chocolate CARDÁPIO DA MERENDA ESCOLAR Amazonas / Mato Grosso / Maria Carraro - Maio /2015 Suco

Leia mais

Cardápio do Berçário I (4 Meses a 1 ano) 1ª Semana

Cardápio do Berçário I (4 Meses a 1 ano) 1ª Semana Cardápio do Berçário I (4 Meses a 1 ano) 1ª Semana Matinal Papinha de mamão Papinha de pêra Papinha de banana Papinha de manga Papinha de maçã Papinha de carne moída com, beterraba e couve Papinha de batata

Leia mais

Unidade Praia Data Colação Almoço Lanche Jantar Suco de melão Rosquinha de coco

Unidade Praia Data Colação Almoço Lanche Jantar Suco de melão Rosquinha de coco Suco de melão Rosquinha de coco 02/03 03/03 04/03 05/03 06/03 Suco de abacaxi Maçã Suco de maracujá com melão Pão francês com requeijão cremoso Opção: Pão francês com Becel Suco de acerola Biscoito cream

Leia mais

CEASAMINAS UNIDADE GRANDE BELO HORIZONTE CALENDÁRIO DA SAZONALIDADE DOS PREÇOS DE HORTIGRANJEIROS E CEREAIS /2015

CEASAMINAS UNIDADE GRANDE BELO HORIZONTE CALENDÁRIO DA SAZONALIDADE DOS PREÇOS DE HORTIGRANJEIROS E CEREAIS /2015 CEASAMINAS UNIDADE GRANDE BELO HORIZONTE CALENDÁRIO DA SAZONALIDADE DOS PREÇOS DE HORTIGRANJEIROS E CEREAIS - 2011/2015 HORT.FOLHAS,FLOR-HASTE ACELGA FO FO FO RE RE FR FR FR FR FR RE RE AGRIÃO FO FO FO

Leia mais

Cardápio de OUTUBRO 2015 PRÉ I e II - BARRA

Cardápio de OUTUBRO 2015 PRÉ I e II - BARRA 01/out 02/out Biscoito passatempo / Banana Alface lisa Vagem com champignon Berinjela com cebola e orégano Caldo verde Bife de panela Suco de goiaba Biscoito sal integral Maçã / Manga Maionese de legumes

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ Secretaria Municipal de Educação, Desporto e Lazer Coordenadoria de Política Nutricional - CPN EMPRESAS HABILITADAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ Secretaria Municipal de Educação, Desporto e Lazer Coordenadoria de Política Nutricional - CPN EMPRESAS HABILITADAS PREGÃO 50/06 PRODUTOS HOTIFRUTIGRANJEIROS Cuiabá, 07 de novembro de 2006 EMPRESAS HABILITADAS 1.PRODUTO: ABACAXI.CLAUDINEY A. LIMA.COORIMBATÁ. PERROT E PAGANINI 2.PRODUTO: ABOBORA PAULISTA I.D LEITE 3.PRODUTO:

Leia mais

Fonte: Rondônia Rural Disponível em: Rondônia Rural.com

Fonte: Rondônia Rural Disponível em: Rondônia Rural.com I. INTRODUÇÃO O estado de Rondônia está localizado na região Norte do Brasil, a região Norte é a maior das cinco regiões do Brasil definidas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

Leia mais

Título da. Apresentação

Título da. Apresentação SITUAÇÃO ATUAL DO SISTEMA DE PRODUÇÃO INTEGRADA PI-BRASIL Título da Coordenação de Produção Integrada da Cadeia Agrícola Apresentação Luzia Maria Souza Gisele Ventura Garcia Grilli Brasília-DF Setembro-2014

Leia mais

CARDÁPIO SEMANAL - 7 a 14 anos 02 a 06 de NOVEMBRO. Lanche da Manhã Biscoito de aveia e mel Tostex (queijo e peito de peru) Pão de forma com margarina

CARDÁPIO SEMANAL - 7 a 14 anos 02 a 06 de NOVEMBRO. Lanche da Manhã Biscoito de aveia e mel Tostex (queijo e peito de peru) Pão de forma com margarina CARDÁPIO SEMANAL - 7 a 14 anos 02 a 06 de NOVEMBRO 02/11/2015 03/11/2015 04/11/2015 05/11/2015 06/11/2015 Biscoito de aveia e mel Tostex (queijo e peito de peru) Pão de forma com margarina Cereal Matinal

Leia mais

CARDÁPIO ESCOLAR 2015

CARDÁPIO ESCOLAR 2015 JULHO DE 30/07/2015 A 31/07/2015 2º Feira 3º Feira 4º Feira 5º Feira 30/07/2015 31/07/2015 Lanche da manhã Maçã Banana Arroz, Feijão Preto, Espaguete, carne coxinha da asa moída, molho de Almoço assada,

Leia mais

Brasil e suas Organizações políticas e administrativas. Brasil Atual 27 unidades político-administrativas 26 estados e distrito federal

Brasil e suas Organizações políticas e administrativas. Brasil Atual 27 unidades político-administrativas 26 estados e distrito federal Brasil e suas Organizações políticas e administrativas GEOGRAFIA Em 1938 Getúlio Vargas almejando conhecer o território brasileiro e dados referentes a população deste país funda o IBGE ( Instituto Brasileiro

Leia mais

Cardápio 04.05 até 08.05.2015

Cardápio 04.05 até 08.05.2015 Cardápio 04.05 até 08.05.2015 COLAÇÃO Pera Suco de acerola Goiaba Suco de uva Manga pepino/carne moída com proteína de soja/ Berinjela cozida/ /inhame cozido/arroz/feijão Salada de tomate e repolho/frango

Leia mais

EXEMPLAR DE ASSINANTE DA IMPRENSA NACIONAL

EXEMPLAR DE ASSINANTE DA IMPRENSA NACIONAL ISSN 1677-7042 Ano CL N o - 96 Brasília - DF, terça-feira, 21 de maio de 2013. Sumário PÁGINA Atos do Poder Executivo... 1 Presidência da República... 1 Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento...

Leia mais

A PIRÂMIDE QUE SEGUE ABAIXO É A BRASILEIRA, ADAPTADA POR SÔNIA TUCUNDUVA PHILIPPI AOS NOSSOS HÁBITOS ALIMENTARES.

A PIRÂMIDE QUE SEGUE ABAIXO É A BRASILEIRA, ADAPTADA POR SÔNIA TUCUNDUVA PHILIPPI AOS NOSSOS HÁBITOS ALIMENTARES. PARA SABERMOS COMO A ALIMENTAÇÃO DEVE SER EQUILIBRADA, PRECISAMOS CONHECER A PIRÂMIDE ALIMENTAR, QUE É A REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DOS ALIMENTOS E SUAS QUANTIDADES QUE DEVEM ESTAR PRESENTES EM NOSSA DIETA

Leia mais

TABELA DE RECEITAS 201 ITCD 301 IPVA 302 IPVA - PARCELAMENTO 309 IPVA - PARCELAM. DIVIDA ATIVA 310 IPVA - DIVIDA ATIVA

TABELA DE RECEITAS 201 ITCD 301 IPVA 302 IPVA - PARCELAMENTO 309 IPVA - PARCELAM. DIVIDA ATIVA 310 IPVA - DIVIDA ATIVA TABELA DE RECEITAS 201 ITCD 301 IPVA 302 IPVA - PARCELAMENTO 309 IPVA - PARCELAM. DIVIDA ATIVA 310 IPVA - DIVIDA ATIVA 401 AIR - ADICIONAL DO IMPOSTO DE RENDA 510 COTA PARTE DO FUNDO DE PARTICIPACAO DOS

Leia mais

Cardápio SETEMBRO 2015

Cardápio SETEMBRO 2015 01/09 * Biscoito Cream cracker c/ manteiga* de caju 02/09 de uva 03/09 *Torrada c/ margarina* de goiaba 04/09 *Rosquinha de chocolate* abobrinha ralada c/ e de laranja *Biscoito Maria* *Salada de repolho

Leia mais

Quantidade e Valor por Procedência dos Produtos - Estado/Município

Quantidade e Valor por Procedência dos Produtos - Estado/Município Quantidade e Valor por Procedência dos s - Estado/Município MINAS GERAIS 15.990 55.130,56 ITUETA 15.990 55.130,56 INHAME 15.840 54.986,12 LIMAO TAHITI 150 144,44 ESPÍRITO SANTO 15.893.194 36.463.630,09

Leia mais

Diminui ritmo de reajustes dos preços dos alimentos

Diminui ritmo de reajustes dos preços dos alimentos 1 São Paulo, 06 de junho de 2014. NOTA À IMPRENSA Diminui ritmo de reajustes dos preços dos alimentos Em maio, o custo de vida no município de São Paulo aumentou 0,14%, segundo cálculo do DIEESE Departamento

Leia mais

Estratégias da Agência de Desenvolvimento Sustentável para Produção Orgânica do Extrativismo no Amazonas. Outubro/2011. Fernando Guimarães

Estratégias da Agência de Desenvolvimento Sustentável para Produção Orgânica do Extrativismo no Amazonas. Outubro/2011. Fernando Guimarães Estratégias da Agência de Desenvolvimento Sustentável para Produção Orgânica do Extrativismo no Amazonas Outubro/2011 Fernando Guimarães ZONA FRANCA VERDE Política estadual de interiorização do desenvolvimento,

Leia mais

Valor da Produção Agropecuária: a geografia da agricultura e da pecuária brasileira em

Valor da Produção Agropecuária: a geografia da agricultura e da pecuária brasileira em v. 9, n. 12, dezembro 2014 Valor da Produção Agropecuária: a geografia da agricultura e da pecuária brasileira em 2012 1 O objetivo deste trabalho é apresentar a distribuição geográfica da produção da

Leia mais

INSTITUTO PARANAENSE DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - IPARDES

INSTITUTO PARANAENSE DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - IPARDES CURITIBA Setembro 2015 GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ CARLOS ALBERTO RICHA - Governador SECRETARIA DE ESTADO DO PLANEJAMENTO E COORDENAÇÃO GERAL SILVIO MAGALHÃES BARROS - Secretário INSTITUTO PARANAENSE DE

Leia mais

Ministério do Meio Ambiente Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº DE DE DE 2016.

Ministério do Meio Ambiente Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº DE DE DE 2016. Ministério do Meio Ambiente Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº DE DE DE 2016. O PRESIDENTE DO INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS

Leia mais

Cardápio de OUTUBRO 2015 Berçário e Maternal - BARRA

Cardápio de OUTUBRO 2015 Berçário e Maternal - BARRA 01/out 02/out Biscoito passatempo / Alface lisa Vagem com champignon Berinjela com cebola e orégano Caldo verde Bife de panela Suco de goiaba Biscoito sal integral Maçã / Manga Maionese de legumes com

Leia mais

Tapioca. Delícia. sem gluten. Mais saude com. 5kg em 1 mês. Ideal para evitar o inchaço. Receitas nutritivas. Melhor do que pão? recheios.

Tapioca. Delícia. sem gluten. Mais saude com. 5kg em 1 mês. Ideal para evitar o inchaço. Receitas nutritivas. Melhor do que pão? recheios. Mais saude com consultoria de Tapioca R$ Queime 5kg em 1 mês incluindo tapioca no cardápio Todas as matérias com especialistas Mais Saúde com Tapioca Ano 1, nº 1-2015 4,99 Receitas nutritivas Sucos, cereais

Leia mais

Objetivo: Retratar a realidade do Brasil agrário Ano de realização: 2007 Período de referência: ano de 2006 Unidade de investigação: estabelecimento

Objetivo: Retratar a realidade do Brasil agrário Ano de realização: 2007 Período de referência: ano de 2006 Unidade de investigação: estabelecimento Salvador. 2010 Norma Souto e Delsuc Evangelista Objetivo: Retratar a realidade do Brasil agrário Ano de realização: 2007 Período de referência: ano de 2006 Unidade de investigação: estabelecimento agropecuário:

Leia mais

II Fórum SNPA Seminário técnico do Projeto de Reformulação das Pesquisas Agropecuárias do IBGE

II Fórum SNPA Seminário técnico do Projeto de Reformulação das Pesquisas Agropecuárias do IBGE II Fórum SNPA Seminário técnico do Projeto de Reformulação das Pesquisas Agropecuárias do IBGE Rio de janeiro, 25 de outubro de 2011 Av. República do Chile, nº500, 2º andar, Centro, Rio de Janeiro. Programa

Leia mais

Receitas de Sucos. Sucos com Frutas. Suco de abacaxi e gengibre. Suco de laranja, amora e grapefruit. Batida de papaya e laranja

Receitas de Sucos. Sucos com Frutas. Suco de abacaxi e gengibre. Suco de laranja, amora e grapefruit. Batida de papaya e laranja Receitas de Sucos Sucos com Frutas Suco de abacaxi e gengibre 1 abacaxi médio bem maduro 1 colher de sopa de gengibre fresco picado 4 copos de água Lavar bem o abacaxi usando uma escova. Descascar com

Leia mais

AMOSTRAGEM DE TECIDO VEGETAL

AMOSTRAGEM DE TECIDO VEGETAL AMOSTRAGEM DE TECIDO VEGETAL Importância A análise química foliar constitui um procedimento auxiliar, na identificação de deficiências nutricionais ou presença de elementos excessivos com a finalidade

Leia mais

CARDÁPIO MAIS EDUCAÇÃO 1ª SEMANA DE OUTUBRO 2014

CARDÁPIO MAIS EDUCAÇÃO 1ª SEMANA DE OUTUBRO 2014 CARDÁPIO MAIS EDUCAÇÃO 1ª SEMANA DE OUTUBRO 2014 (01/10/2014) Rosquinha de Coco (02/10/2014) (03/10/2014) TURNO REGULAR Purê de Batata e Cenoura com Carne Bovina Frapê de Manga Farofa de Carne Suína com

Leia mais

LISTA DE SUBSTITUIÇÃO DOS ALIMENTOS

LISTA DE SUBSTITUIÇÃO DOS ALIMENTOS LISTA DE SUBSTITUIÇÃO DOS ALIMENTOS VEGETAIS FOLHOSOS CONSUMO À VONTADE Acelga, agrião, aipo, alface, alcachofra, almeirão, broto de bambu, cogumelo, couve, couve-de-bruxelas, escarola, mostarda, palmito,

Leia mais

CARDÁPIO INFANTIL 1ª SEMANA 04/05 A 08/05 SEGUNDA FEIRA TERÇA-FEIRA QUARTA-FEIRA QUINTA-FEIRA SEXTA-FEIRA

CARDÁPIO INFANTIL 1ª SEMANA 04/05 A 08/05 SEGUNDA FEIRA TERÇA-FEIRA QUARTA-FEIRA QUINTA-FEIRA SEXTA-FEIRA 1ª SEMANA 04/05 A 08/05 CARDÁPIO INFANTIL Suco uva Melancia picada Suco de manga picado Suco de pêssego Carne moída rica ( e Iscas de frango Bife de panela Moqueca capixaba Ensopado de frango vagem) Angu

Leia mais

Custo de. Gerência de Custos de Produção- GECUP

Custo de. Gerência de Custos de Produção- GECUP Custo de Produção Gerência de Custos de Produção- GECUP GECUP Produtos Estimativas de custos de produção da agropecuária, atualizados bimestralmente; Análise do mercado de insumos e de fatores de produção;

Leia mais

Creme de batata com couve, abobrinha e salsinha. Sopa de brócolis, inhame Cenoura

Creme de batata com couve, abobrinha e salsinha. Sopa de brócolis, inhame Cenoura CARDÁPIO BERÇÁRIO I 1ª FASE MATUTINO COLAÇÃO 8H30 11H30 Papa de Mamão Papa de Goiaba Maçã raspada Papa de abacate Papa de manga vagem, chuchu e espinafre Creme de batata com couve, abobrinha e salsinha,

Leia mais

CARDÁPIO TO BE - JUNHO/2015

CARDÁPIO TO BE - JUNHO/2015 01/06 02/06 03/06 04/06 05/06 Manhã - Bebida Suco de laranja Suco de limão Achocolatado Pão de batata com requeijão Biscoito salgado com mel Bisnaguinha com margarina Sobremesa Maçã Banana Uva Prato principal

Leia mais

TABELA DE ph DOS ALIMENTOS

TABELA DE ph DOS ALIMENTOS TABELA DE ph DOS ALIMENTOS Esta tabela não representa o ph real dos alimentos (antes de serem consumidos), representa sim algo mais importante, que é a sua capacidade de produzir "resíduos" mais ou menos

Leia mais

CARDÁPIO ESCOLAR 30/01/12 31/01/12 01/02/12 02/02/12 03/02/12 MELÃO

CARDÁPIO ESCOLAR 30/01/12 31/01/12 01/02/12 02/02/12 03/02/12 MELÃO 30/01/12 31/01/12 01/02/12 02/02/12 03/02/12 MELÃO PERA ARROZ, ESTROGONOFE, BATATA PALHA E SALADA DE TOMATE E ALFACE BOLO DE CENOURA COM CALDA DE CHOCOLATE FEIJÃO, CARNE ASSADA, FAROFA DE CENOURA E SALADA

Leia mais

Carbo- Fibra Número do Umidade Energia Proteína Lipídeos Colesterol idrato Alimentar Cinzas Cálcio Magnésio Alimento Descrição do Alimento (%) (kcal)

Carbo- Fibra Número do Umidade Energia Proteína Lipídeos Colesterol idrato Alimentar Cinzas Cálcio Magnésio Alimento Descrição do Alimento (%) (kcal) Carbo- Fibra Número do Umidade Energia Proteína Lipídeos Colesterol idrato Alimentar Cinzas Cálcio Magnésio Alimento Descrição do Alimento (%) (kcal) (kj) (g) (g) (mg) (g) (g) (g) (mg) (mg) &HUHDLVÃHÃGHULYDGRVÃ

Leia mais

CARDÁPIO DE OUTUBRO LANCHE DA MANHÃ

CARDÁPIO DE OUTUBRO LANCHE DA MANHÃ LANCHE 01/10/2015 02/10/2015 BEBIDA Chocolate Quente Chocolate Quente BEBIDA Suco Laranja Suco de Limão BEBIDA Chá Iogurte de morango SALGADO OU DOCE Pão de Leite com Requeijão Pão de Queijo OPÇÃO Pão

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidenta da República Dilma Rousseff Ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão Miriam Belchior INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidenta Wasmália Bivar Diretor-Executivo Fernando

Leia mais

Mudanças na composição agropecuária e florestal paulista - 1999 e 2008

Mudanças na composição agropecuária e florestal paulista - 1999 e 2008 Mudanças na composição agropecuária e florestal paulista - 1999 e 2008 José Alberto Ângelo Danton Leonel de Camargo Bini Denise Viane Caser Paulo José Coelho Carlos Nabil Ghobril alberto@iea.sp.gov.br

Leia mais

CARDÁPIO JUNHO 2015. Sopa: Caldo verde ( alho, fubá, carne, óleo de soja, cebola, couve manteiga, tomate molho e ervas naturais)

CARDÁPIO JUNHO 2015. Sopa: Caldo verde ( alho, fubá, carne, óleo de soja, cebola, couve manteiga, tomate molho e ervas naturais) EXTERNATO SANTO ANTÔNIO 1ª SEMANA 01/06 (segunda-feira) 02/06 (terça-feira) 03/06 (quarta-feira) 04/06 (quinta-feira) 05/06 (sexta-feira) Leite com achocolatado Leite fermentado Iogurte CARDÁPIO JUNHO

Leia mais