USINA BRASILEIRA SÃO TONINHO Request For Proposal

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "USINA BRASILEIRA SÃO TONINHO Request For Proposal"

Transcrição

1 USINA BRASILEIRA SÃO TONINHO Request For Proposal Projeto Energia 2015

2 Índice INTRODUÇÃO... 2 OBJETIVOS... 2 ONDE ESTAMOS... 2 Servidores de Armazenamento... 2 Servidores de Processamento... 2 PARA ONDE VAMOS... 3 PRAZOS... 3 PROPOSTAS... 4 Comercial... 4 Técnica... 4 LEGADO... 4 SOFTWARE... 5 STORAGE NOVO ERP... 5 Critérios para Dimensionamento... 6 SERVIDORES NOVO ERP... 7 Critérios para Dimensionamento... 7 ESPECIFICAÇÃO DOS SERVIDORES... 9 SOFTWARE APLICAÇÃO DE INTELIGÊNCIA DE NEGÓCIOS Requisitos mínimos de configuração: SOFTWARE DISPOSIÇÕES GERAIS Critérios de Avaliação e Pontuação Entrega, Instalação e Garantia... 14

3 INTRODUÇÃO A Usina Toninho está em fase de expansão em sua produção. Com o enorme sucesso que temos tido em nossas operações nos preparamos para duplicar nossa capacidade produtiva até Esse projeto foi denominado de Energia para OBJETIVOS Para estarmos preparados para esse crescimento, estamos revendo nossa infraestrutura atual de tecnologia. Nesta revisão, decidimos por modernizar nosso ERP e implementar um novo sistema de inteligência de negócios. Sabemos que a evolução tecnológica aponta para novas tecnologias mais avançadas de servidores de processamento e servidores de armazenamento. Sabemos também, que a tendência é sempre de diminuição dos preços relativos à performance ofertada. Então neste processo de modernização nosso objetivo é reduzir fortemente nossos custos operacionais. Temos atualmente elevados custos de manutenção do ambiente de infraestrutura, elevados custos de gestão e elevados custos com licenças de software. Precisamos mordernizar e reduzir todos esses custos. ONDE ESTAMOS Hoje nosso ambiente de infraestrutura possui os seguintes equipamentos: Servidores de Armazenamento Possuímos dois equipamentos da fabricante EMC, sendo um VMAX com 180TB em uso e 20TB disponíveis, e o segundo um VNX que possui 50TB em uso e 50TB disponíveis. Ambos equipamentos estão em garantia, com previsão de termino da mesma em Julho de Servidores de Processamento Estamos baseados em 2 tipos de arquiteturas: Na arquitetura Intel rodamos todos os tipos de aplicações de infraestrutura como, servidores java, servidores DNS, servidores de firewall, servidores de impressão, servidores de , etc). Temos para tanto dez equipamentos Dell PowerEdge720 cada um com 8Cores ES2680 e 32GB de ram. Esses servidores terão sua garantia vencida em agosto de Na arquitetura RISC estamos baseados em Servidores Oracle T4. Temos dois equipamentos desses com 32Cores e 64GB de RAM. Nesses servidores estamos rodando no ERP próprio. Esses servidores foram adquiridos na mesma época que os servidores Dell, e também terão garantia vencida em agosto deste ano.

4 PARA ONDE VAMOS Vamos implementar o ERP SAP. Decidimos após um ano de concorrência por este ERP, baseado na base de clientes já presente no mercado de usinas. Nossa infraestrutura atual estará listada nas especificações técnicas que estão declaradas neste documento. Precisamos que sejam propostos armazenamento para o novo sistema e servidores de processamento capazes de garantir o sucesso de nosso projeto Energia para 2015 baseado em tudo que dissemos e relatamos neste documento. Iremos implementar em conjunto com o ERP, uma solução de análise de dados DB2-BLU. Depois de muito pesquisar entre Hana e BLU, nós decidimos por BLU devido à facilidade de uso e flexibilidade de plataformas compatíveis. Queremos reduzir nossos gastos com Manutenção, Gestão e Licenças de Software, e para isso precisamos da análise criteriosa de vocês no processo de resposta a essa RFP. Esperamos propostas que apresentem valores condizentes com o mercado e que sejam completas, ou seja, apresentem valores para aquisição e demonstração do custo total de propriedade durante os primeiros 3 anos que a solução estará disponível em nossa infraestrutura. Nosso investimento já feito em infraestrutura, precisa ser levado em consideração para termos o cenário de 3 anos mais barato possível dentro do melhor benefício possível. Aceitaremos ofertas que aproveitem o hardware já comprado desde que se mostrem mais baratas em propriedade pelos próximos 3 anos. Temos uma equipe com bastante conhecimento nas plataformas atuais, todavia precisamos de treinamento para novas tecnologias de sistema operacionais, e virtualizações. PRAZOS Publicação da RFP 01/07/2014 Reunião de Dúvidas 08/07/2014 Envio das propostas 15/07/2014 Apresentação das propostas 17/07/2014 Declaração do Vencedor 31/07/2014

5 PROPOSTAS Comercial Deverá ser expressa em R$ e conter todos os detalhes dos produtos ofertados. Os preços deverão ser a vista com prazo de pagamento para 30 dias. O prazo de entrega deverá ser claramente descrito e não poderá ultrapassar 45 dias. Toda informação que o proponente julgar necessária poderá estar aqui apresentada. Todos os custos relativos a serviços, viagens, entrega deverão estar 100% contemplados no preço total apresentado. Técnica Deverá apresentar o esquemático técnico da solução. Detalhar configurações e serviços. Mostrar claramente como se dará o processo de implementação do ambiente até seu go-live. Envio das propostas deverá ser feito por para: Apresentação presencial das propostas: Nesta data nossa equipe vai estar disponível para ouvir sua apresentação da proposta. Seja didático mas tenha profundidade, pois teremos pessoas técnicas e não técnicas assistindo sua apresentação. É importante que a banca entenda sua proposição claramente. LEGADO Visando redução de OPEX a primeira parte desta RFP trata da consolidação do ambiente. Abaixo relacionamos o ambiente atual existente, onde possuimos servidor de contingência apenas para o ambiente ERP: Servidor Modelo Configuração SO Aplicação sp101 PowerEdge R720 (2U) 8-cores E GHz 32GB Memória, 600GB disco Windows F&P Server sp102 PowerEdge R720 (2U) 8-cores E GHz 32GB Memória, 600GB disco Linux Zimbra sp103 PowerEdge R720 (2U) 8-cores E GHz 32GB Memória, 600GB disco Linux Firewall sp104 PowerEdge R720 (2U) 8-cores E GHz 32GB Memória, 600GB disco Linux DNS / DHCP sp105 PowerEdge R720 (2U) 8-cores E GHz 32GB Memória, 600GB disco Windows AS Java sp106 PowerEdge R720 (2U) 8-cores E GHz 32GB Memória, 600GB disco Windows AS Java sp107 PowerEdge R720 (2U) 8-cores E GHz 32GB Memória, 600GB disco Windows AS Java sp108 PowerEdge R720 (2U) 8-cores E GHz 32GB Memória, 600GB disco Windows AS Java sp109 PowerEdge R720 (2U) 8-cores E GHz 32GB Memória, 600GB disco Windows AS ERP sp110 PowerEdge R720 (2U) 8-cores E GHz 32GB Memória, 600GB disco Windows AS ERP sp111 Sparc T4-2 2 x procs 8-cores 2.85GHz 64GB Memória, 1TB Discos Oracle Solaris 10 DB Server ERP (Oracle) sp112 Sparc T4-2 2 x procs 8-cores 2.85GHz 64GB Memória, 1TB Discos Oracle Solaris 10 DB Server ERP (Oracle) Storage Modelo Configuração (Excluindo Spares) Em uso Servidores sto101 EMC VMAX 10K 255 discos de 900GB 10K 2.5" com RAID5 180TB sp101,sp102,sp103,sp104,sp105, sp106,sp107,sp108,sp109,sp110 sto102 EMC VNX discos de 200GB SSD RAID discos de 600GB 15K RAID discos de 3TB 7.2K 50TB sp111,sp A proposta de consolidação poderá contemplar a substituição do sistema operacional utilizado, e ambiente de storage supra citado, com os respectivos serviços de migração e implementação. Poderá ser considerada a substituição das aplicações de infraestrutura, desde que o licenciamento e serviços de migração e implementação estejam contemplados. 2. Para efeito de sizing considerarem que todos os servidores estão com uma utilização de 40% para CPU, 80% para memória, e 70% para espaço em disco utilizado. Para o ambiente de

6 storage, considerar utilização de 180TB no storage sto101 com espaço livre de 20TB e utilização de 50TB no storage sto102 com espaço livre de 50TB. O storage sto101 está com utilização de 20% dos processadores enquanto o sto102 está com nível crítico de 85%. 3. Para o ERP legado, não existe possibilidade de substituição do banco de dados utilizado, mesmo sem suporte, já que será desligado assim que implementado o novo ambiente, devendo ser mantido apenas para dados históricos. 4. Para esta nova implementação, deverá ser contemplando um ambiente de HA para todo o legado, com exceção do ERP, seja com a inclusão de novo(s) servidor(es) e storage(es), ou alternativamente em cloud pública, desde que em empresa idônea, e com um SLA 24x7, exceto para o ERP, cujo HA deverá ser COLD, e cujo SLA poderá suportar paradas de até 6 horas. Contemplar para o HA COLD, ambiente de armazenamento. HA COLD = permite a recuperação através de re-instalação do ambiente, suportando um número de horas determindo fora de operação sem prejuízos à empresa. SOFTWARE Todos os servidores devem ser fornecidos com licenças para os seguintes produtos de software: Sistema operacional 64 bits; Software de Virtualização quando aplicável com total licenciamento para cada servidor; Software para HA de acordo com plataforma escolhida, podendo ser solução por storage; Todos softwares necessários para completo funcionamento do ambiente de storage com todas as funcionalidades e características ofertadas; Todos os storages devem ser fornecidos com licenças para os seguintes produtos de software: Sistema operacional do storage; Software de Virtualização se aplicável com total licenciamento para cada storage; Software para HA de acordo com plataforma escolhida, podendo ser solução por storage; Todos softwares necessários para completo funcionamento do ambiente de storage com todas as funcionalidades e características ofertadas; A solução ofertada deverá possuir licenciamento de uso em caráter perpétuo para a empresa Toninho, em quantidade adequada para atendimento de todas as necessidades atendidas. Deverão ser previstas licenças adicionais visando administração, manutenção, configuração, treinamento, testes e homologação de componentes da solução. Deverá incluir o licenciamento sem ônus, de todos os softwares adicionais que fazem parte da solução ofertada, necessários para a implementação e operacionalização da mesma. STORAGE NOVO ERP O escopo desta seção está restrito a storage não incluindo, por exemplo, soluções específicas para servidores. Todos os equipamentos ofertados devem ser compatíveis com os servidores propostos/existentes dependendo da solução que é ofertada. A idéia principal na parte do ERP é aumentarmos nosso desempenho com custo benefício que possibilite um menor investimento para se obter o máximo de ganho possível. Todas as características técnicas dos componentes da solução proposta devem estar comercialmente disponíveis até a data de entrega dos equipamentos.

7 Todos os equipamentos ofertados devem ser novos e devem ser entregues devidamente embalados e acondicionados para transporte. Não serão aceitas soluções que estejam fora dos requisitos descritos neste documento. Critérios para Dimensionamento Todos de componentes de armazenamento devem ser do mesmo fabricante e devem possuir garantia de 60 meses; Todos os compomentes necessários para comunicação entre servidor e storage deverá ser fornecido pelo proponente; O storage ofertado não poderá possuir ponto único de falha conforme as recomendações de melhores práticas do fabricante; Deverão ser fornecidos discos de spare de acordo com as recomendações do fabricante; O tipo de raid, quantidade de discos e distribuição, deverá considerar o desempenho exigido pelo ambiente de servidores com foco na melhora do desempenho do novo ERP; Provisionamento - Possibilite criar LUNs que consumam a capacidade de armazenamento do pool apenas sob demanda de novas gravações nos servidores, ou seja, a simples criação da LUN não pré-aloca no pool o seu tamanho total. Essa funcionalidade é também conhecida como thin provisioning; Permitir Cópia Instantânea(Snapshot). Funcionalidade de cópia instantânea (snapshot) de ponteiros com uso eficiente de armazenamento, ou seja, ao se realizar uma cópia instantânea deve ser consumida capacidade de armazenamento necessária para armazenar apenas as diferenças provenientes de novas atualizações de dados; Cópia Clone - A SOLUÇÃO deve possuir função de cópia instantânea interna de discos para cada subsistema, possibilitando a duplicação de volumes sem utilizar recursos dos servidores, para finalidade de testes e backup. O licenciamento deve cobrir a área total de armazenamento fornecida; Migração de Dados Entre Camadas: a. Possibilite migrar manualmente uma LUN inteira entre os pools de armazenamento existentes no subsistema, sejam eles da mesma camada ou de camadas distintas, sem interrupção do acesso à LUN. Deve também ser possível acompanhar a evolução das migrações em andamento; b. Possibilite a migração automática, e sem perda de acesso, de partes das LUNs entre diferentes camadas existentes no subsistema, baseada no volume de acesso específico a cada uma dessas partes. Com isso, as partes de dados mais acessadas serão armazenadas em camadas com melhor desempenho e as menos acessadas em camadas com pior desempenho. As partes das LUNs a serem migradas devem ser de no máximo 1 GB; c. Possibilite a criação de pools híbridos contendo no mínimo 3 (três) camadas. Gerenciamento e monitoração: a. Deve gerenciar e configurar a solução e todas suas funcionalidades requisitadas; b. Deve possuir interface gráfica e linha de comando para administração e provisionamento de recursos de armazenamento; c. Deve possuir monitoração de desempenho dos recursos do subsistema de discos com possibilidade de acesso de dados históricos; d. Exemplos de itens a serem monitorados: Memória, Disco, Controladoras, Processadores e todas as funcionalidades requisitas; e. Todas as características e funcionalidades requisitadas devem ser licenciadas e suportadas integralmente para toda a capacidade de armazenamento ofertada; Desempenho solicitado pelo ERP: a. Nossos storages atendem com dificuldade o desempenho requerido pelo ERP atual e no novo ERP, teremos problemas de desempenho (IOPS / Tempo de Resposta) devido a atual situação; b. Queremos portato, na oferta proposta, sistema(s) de armazenamento que suportem a demanda do novo ERP e do resto do ambiente, baseado na proposta de servidores que permita a solução ofertada, trabalhar com um desempenho máximo (IOPS) de até 80% em seu pico e um tempo de resposta satisfatório, baseado nas melhores práticas do ERP SAP.

8 SERVIDORES NOVO ERP O escopo desta seção está restrito a servidores não incluindo, por exemplo, soluções especificas de storage e de infra-estrutura de backup ou de rede. A exceção são os discos internos e arrays para boot de sistema operacional e área de paginação de sistema operacional, rack s, placas e extensores de I/O que farão parte da configuração dos servidores. Todos os equipamentos ofertados devem ser compatíveis para instalação em rack padrão 19. Os mesmos deverão fazer parte da solução proposta. Todas as características técnicas dos componentes da solução proposta devem estar comercialmente disponíveis até a data de entrega dos equipamentos. Todos os equipamentos ofertados devem ser novos e devem ser entregues devidamente embalados e acondicionados para transporte. Não serão aceitas soluções que estejam fora dos requisitos descritos neste documento. Critérios para Dimensionamento O parâmetro básico para dimensionamento de sistemas que será utilizado é o SAP Application Performance Standard (SAPS). Maiores informações sobre esta unidade de medição podem ser encontradas em Mais especificamente, serão utilizados os resultados do SAP SD Standard Application Benchmark Results, Two-Tier Internet Configuration, que podem ser consultados em Este padrão de medida será referido doravante neste documento simplesmente como SAPS SD 2-tier. Não serão aceitos como prova de dimensionamento de servidores resultados publicados em nenhum outro benchmark da SAP, sejam de outros módulos de mysap ERP (PP, FI, HR, MM, etc), de outros produtos SAP (mysap SCM, mysap APO, etc) ou mesmo do módulo SD em sua modalidade 3-tier. O resultado do benchmark será utilizado para avaliar e dimensionar a performance de cada servidor como um todo bem como a performance de cada núcleo de processamento da solicitação, somente nos casos em que o servidor ofertado não esteja auditado, será considerado o melhor benchmark de qualquer servidor maior que o servidor proposto, devendo este ser da mesma família e possuir as mesmas características e modelo de CPU e memória cache do servidor proposto. Este valor do benchmark auditado deverá ser divido pela quantidade de núcleos de processamento "CORE com a finalidade de se obter a performance em "SAPS para cada "CORE do modelo de "CPU proposto. Este resultado servirá como referência de performance em "SAPS por CORE. Caso o proponente não possua um modelo de CPU que obedeça as exigências mínimas de SAPS por CORE, o mesmo deverá obedecer a exigência de SAPS TOTAL por servidor, utilizando o valor de performance por núcleo de processamento SAPS por CORE e multiplicado pela quantidade total de núcleos de processamento que o servidor ofertado possui até que seja alcançado o requisito em SAPS TOTAL para cada servidor físico da solicitação. Os servidores ofertados deverão possuir tantos núcleos de processamento "CORE quanto forem necessários para atingir a quantidade de "SAPS TOTAL solicitada para cada servidor. Dentro dos requisitos acima, serão aplicadas as seguintes restrições: 1. Não serão aceitos benchmarks de configurações com sistemas operacionais sem suporte de CAC do fornecedor do Hardware.

9 2. Somente serão aceitas configurações de servidores com arquitetura 64bits. Não serão aceitos servidores com arquitetura de processadores 32-bits ou extensões EM64T 3. Não serão aceitos servidores nem benchmarks de servidores com arquitetura blade 4. Todos os servidores ofertados devem ser idênticos, da mesma familia e possuir as mesmas características como: modelo de CPU e capacidade de processamento, modelo e quantidade de memória RAM, modelo e quantidade de discos e placas de I/O e escalabilidade, inclusive arquitetura de processamento e características de memórias cache L1, L2 e L3 se for o caso. 5. Os processadores ofertados devem ser os mais modernos e com freqüência de clock e memória cache mais altos disponíveis, referente à família de processadores ofertada pelo fabricante para o modelo de servidor ofertado e que possuam benchmark publicado até a data do processo da entrega da proposta. 6. Somente serão aceitos os certificados relativos ao módulo SD 2-Tier SAP ERP 6.0 (ECC6) com enhancement package 4 (EHP4) ou superior. 7. Os resultados dos benchmarks serão referenciados neste documento como (SAPS). 8. Os núcleos de processamento serão referenciados neste documento como (CORE), e a quantidade de núcleos de processamento CORE referente ao modelo de processador do servidor ofertado deverá ser transcrito no documento anexo A juntamente com sua capacidade de processamento em SAPS (SAPS por CORE). 9. Para os dados de consumo elétrico em kva referenciados neste documento somente será aceito o consumo máximo Nominal do servidor e das gavetas de expansão de discos e de placas adjacentes ao mesmo, onde subentende-se que o consumo máximo do servidor e de cada expansão de I/O possui todos os slots de discos e placas ocupados. Estas informações devem estar presentes e descritas por cada fornecedor em site público de referência do fabricante, e deverão ser transcritas para o documento anexo A e entregues junto com a devida documentação comprobatória. Nos casos onde o fabricante possuir apenas o consumo elétrico da solução ofertada aferido em Watts o mesmo deverá aplicar o fator de potência padrão de 0,85 da seguinte forma: 1VA = 0,85W. Não será aceito como meio de aferição de consumo elétrico qualquer tipo de cálculo preditivo ou ferramentas de calculo de consumo elétrico. Caso o fornecedor opte por ofertar servidores mais escaláveis, será considerado no critério de avaliação o consumo elétrico total máximo do equipamento proposto, mesmo este não estando em sua configuração completa. 10. Para verificação das configurações propostas junto à tabela de resultados do benchmark, serão considerados os seguintes campos: 10.1 Modelo do Servidor (Central Server) 10.2 Número de Processadores (Number of Processors) 10.3 Número de Nucleos de Processamento (Number of Cores) 10.4 Tipo de Processador (CPU Type) 10.5 Clock do Processador (CPU Speed (MHz)) 10.6 Memória (Memory (MB)) 10.7 ERP release

10 ESPECIFICAÇÃO DOS SERVIDORES Os servidores devem ser fornecidos com suporte a particionamento, proporcionando divisões lógicas dentro de um mesmo servidor físico gabinete funcionando como se fossem servidores autônomos. Este documento considera como particionamento a técnica de isolamento dentro de um mesmo servidor físico, de imagens de sistema operacional que são independentes de uma partição primária. Em outras palavras, quando este documento doravante se referir a Máquina Virtual ou VM, estará se referindo a uma instância de sistema operacional que poderá funcionar sem nenhuma dependência de outra instância de sistema operacional primária. Ou seja, as partições virtuais que, por outras técnicas, podem ser criadas sobre uma partição primária de sistema operacional comum a todas elas, não serão consideradas no conceito de particionamento utilizado por este documento. Para o ambiente SAP, deverão ser fornecidos um mínimo de 2 servidores físicos com as seguintes características mínimas cada: Mínimo de 2 (dois) processadores "sockets contendo no mínimo oito núcleos de processamento CORE cada; Capacidade de processamento de no mínimo SAPs total para a solução; 256Gb de memória RAM pode ser utilizado compressão de memória para maior eficiência, se mantido o total físico de 256GB. 5 partições lógicas de SO configuradas igualmente e independentes, com possibilidade de ajustes de capacidade de processamento, memória e I/O. Unidade DVD-RW compartilhado ou dedicado Interface de gerenciamento ILO/ILOM para gerenciamento Fontes de alimentação redundantes e hot-plug Sistema de refrigeração redundante e hot-plug Discos internos e/ou externos para boot de sistema redundantes e hot-plug. Abaixo, apresentamos os requisitos técnicos mínimos para cada partição lógica configurada nos servidores solicitados: Características técnicas obrigatórias para cada partição lógica Mínimo de 500Gb brutos de área em disco configurados em (RAID 0+1) espelhados com stripe em controladoras separadas com discos padrão SCSI ou FC para área de boot de sistema, dedicados ou compartilhados. Caso seja utilizado um storage (DAS) externo para a alocação dos discos de boot de sistemas, este deverá possuir as mesmas características de alta-disponibilidade como redundância de fontes, ventiladores e discos internos do servidor da solicitação e ainda contemplar placas e cabeamento necessário com redundância de acesso, sem alterar o quantitativo de placas de I/O solicitadas para cada partição lógica. Mínimo de 2 (duas) portas gigabit ethernet (10/100/1000 Mbps) dedicadas ou compartilhadas para conexão a rede de acesso, fisicamente dispostas em placas separadas e configuradas como trunking", de forma que, se uma placa ou interface falhar não ocorra indisponibilidade de acesso a rede. Mínimo de 2 (duas) portas gigabit ethernet (10/100/1000 Mbps) dedicadas ou compartilhadas para conexão a rede isolada do SAP, fisicamente dispostas em placas separadas e configuradas como trunking", de forma que, se uma placa ou interface falhar não ocorra indisponibilidade de acesso a rede. Mínimo de 4 (quatro) portas Fibre Channel 8Gbit/s (FC-AL) dedicadas ou compartilhadas, dispostas em placas separadas em pares para redundância e configuradas de forma que se uma placa ou interface falhar não ocorra indisponibilidade de comunicação com os discos. As placas Fibre-Channel ofertadas devem possuir funcionalidade para conexão em switch de storage (SAN) de acordo com a matriz de compatibilidade para o Storage desta RFP. Essas

11 placas não devem acumular outras funções além de placa Fibre-Channel, possuindo apenas conexões do tipo FC dispostas nelas. É possivel considerarmos a consolidação de todo o ambiente (Legado, SAP, Inteligência de Negócios), desde que seja vantajoso para a Usina São Toninho, em termos de valores de aquisição da solução e OPEX. SOFTWARE Todos os servidores devem ser fornecidos com licenças para os seguintes produtos de software: Sistema operacional 64 bits; Solução para HA suportada pela SAP que permita chaveamento do ambiente produtivo sem parada do ambiente. Compatibilidade / suporte ao Banco de Dados IBM DB2 versão 10.1 ou superior Compatibilidade / suporte ao Software de Backup IBM TSM versão 6.3 ou superior Software para gerenciamento de volumes que seja compatível com o sistema operacional entregue no servidor, fornecido com suporte a ambiente virtualizado, com as seguintes funcionalidades adicionais: a. Redução do sistema de arquivos sem perda de dados e parada operacional; b. Crescimento do sistema de arquivos sem perda de dados e parada operacional; c. Incluir disco em um disk group sem perda de dados e parada operacional; d. Remover disco de um disk group sem perda de dados e parada operacional; e. Suporte a RAID0, RAID1 e RAID0+1. APLICAÇÃO DE INTELIGÊNCIA DE NEGÓCIOS O escopo deste documento está restrito a servidores não incluindo, por exemplo, soluções especificas de storage e de infra-estrutura de backup ou de rede. A exceção são os discos internos e arrays para boot de sistema operacional e área de paginação de sistema operacional, rack s, placas e extensores de I/O que farão parte da configuração dos servidores. A solução para inteligência de negócios já foi definida em RFP próprio e já foi adquirida. Para efeito de infraestrutura, as seguintes especificações de sizing foram estabelecidas: 1. A solução é suportada nos sistemas operacionais Linux em x86 64-bits e ppc64 ou Unix 64- bits; 2. O parâmetro básico para dimensionamento de sistemas que será utilizado será o SPECint_rate_base_2006, publicados em Não serão aceitos como prova de dimensionamento de servidores resultados publicados em nenhum outro benchmark, embora seja aceito a projeção de resultados baseado em tecnologia similar, seguindo a fórmula: Benchmark projetado = (Bp * Ncm * Clm) / (Ncp * Clp), onde: Bp = Benchmark publicado para o SPECint_rate_base_2006 Ncm = número de cores para o servidor sendo projetado Ncp = número de cores para o servidor com Benchmark publicado Clm = Clock do servidor sendo projetado (Ghz) Clp = Clocl para o servidor com Benchmark publicado (Ghz) 3. Para esta solução dar-se-á preferência por uma infraestrutura scale-out, devido à suas caracteristicas de escalabilidade horizontal, embora se aceite um ambiente consolidado desde que obedecidas as configurações mínimas. Nesta situação somente serão aceitas soluções de

12 virtualização que possuam no mínimo recursos para alocação dinâmica de coresprocessadores. 4. O resultado do benchmark será utilizado para avaliar e dimensionar a performance de cada servidor como um todo bem como a performance de cada núcleo de processamento da solicitação, somente nos casos em que o servidor ofertado não esteja auditado, será considerado o melhor benchmark de qualquer servidor maior que o servidor proposto, devendo este ser da mesma família e possuir as mesmas características e modelo de CPU e memória cache do servidor proposto. 5. Pela caracteristica da aplicação não será necessário a implementação de alta disponibilidade ou desastre e recuperação para esta solução. Requisitos mínimos de configuração: Mínimo de 2 (dois) processadores "sockets contendo no mínimo oito núcleos de processamento CORE cada; Para se guardar as caracteristicas scale-out da aplicação, cada servidror ou máquina virtual deverá atender a capacidade de processamento SPECint_rate_base_2006 no mínimo igual a 919 e máximo igual a 1500 por servidor. A solução total contemplando todos os servidores ou máquinas virtuais para este ambiente deverá suportar um mínimo de SPEC_int_rate_base = 3500, 128Gb de memória RAM DDR3 Unidade DVD-RW dedicada ou compartilhada Interface de gerenciamento ILO/ILOM para gerenciamento Fontes de alimentação redundantes e hot-plug Sistema de refrigeração redundante e hot-plug Discos internos e/ou externos para boot de sistema redundantes Abaixo, apresentamos os requisitos técnicos mínimos para cada servidor ou partição lógica configurada para esta solução: Características técnicas obrigatórias para cada partição lógica Mínimo de 500Gb brutos de área em disco configurados em (RAID 0+1) espelhados com stripe em controladoras separadas com discos padrão SCSI ou FC para área de boot de sistema, dedicados ou compartilhados. Caso seja utilizado um storage (DAS) externo para a alocação dos discos de boot de sistemas, este deverá possuir as mesmas características de alta-disponibilidade como redundância de fontes, ventiladores e discos internos do servidor da solicitação e ainda contemplar placas e cabeamento necessário com redundância de acesso, sem alterar o quantitativo de placas de I/O solicitadas para cada partição lógica. Mínimo de 2 (duas) portas gigabit ethernet (10/100/1000 Mbps) dedicadas ou compartilhadas para conexão a rede de acesso, fisicamente dispostas em placas separadas e configuradas como trunking", de forma que, se uma placa ou interface falhar não ocorra indisponibilidade de acesso a rede. Mínimo de 2 (duas) portas gigabit ethernet (10/100/1000 Mbps) dedicadas ou compartilhadas para conexão a rede isolada do SAP, fisicamente dispostas em placas separadas e configuradas como trunking", de forma que, se uma placa ou interface falhar não ocorra indisponibilidade de acesso a rede. Mínimo de 4 (quatro) portas Fibre Channel 8Gbit/s (FC-AL) dedicadas ou compartilhadas, dispostas em placas separadas em pares para redundância e configuradas de forma que se uma placa ou interface falhar não ocorra indisponibilidade de comunicação com os discos. As placas Fibre-Channel ofertadas devem possuir funcionalidade para conexão em switch de storage (SAN) de acordo com a matriz de compatibilidade para o Storage desta RFP. Essas placas não devem acumular outras funções além de placa Fibre-Channel, possuindo apenas conexões do tipo FC dispostas nelas.

13 Dentro dos requisitos acima, serão aplicadas as seguintes restrições: 1. Não serão aceitos benchmarks de configurações com sistemas operacionais sem suporte de CAC do fornecedor do Hardware. 2. Somente serão aceitas configurações de servidores com arquitetura 64bits. Não serão aceitos servidores com arquitetura de processadores 32-bits ou extensões EM64T 3. Não serão aceitos servidores nem benchmarks de servidores com arquitetura blade 4. Todos os servidores ofertados devem ser idênticos, da mesma familia e possuir as mesmas características como: modelo de CPU e capacidade de processamento, modelo e quantidade de memória RAM, modelo e quantidade de discos e placas de I/O e escalabilidade, inclusive arquitetura de processamento e características de memórias cache L1, L2 e L3 se for o caso. 5. Os processadores ofertados devem ser os mais modernos e com freqüência de clock e memória cache mais altos disponíveis, referente à família de processadores ofertada pelo fabricante para o modelo de servidor ofertado e que possuam benchmark publicado até a data do processo licitatório. 6. Somente serão aceitos os certificados publicados ou projetados a partir do SPECint_rate2006, seguindo a fórumula fornecida. 7. Os núcleos de processamento serão referenciados neste documento como (CORE), e a quantidade de núcleos de processamento CORE referente ao modelo de processador do servidor ofertado. 8. Para os dados de consumo elétrico em kva referenciados neste documento somente será aceito o consumo máximo Nominal do servidor e das gavetas de expansão de discos e de placas adjacentes ao mesmo, onde subentende-se que o consumo máximo do servidor e de cada expansão de I/O possui todos os slots de discos e placas ocupados. Estas informações devem estar presentes e descritas por cada fornecedor em site público de referência do fabricante, e deverão ser transcritas para o documento anexo A e entregues junto com a devida documentação comprobatória. 9. Nos casos onde o fabricante possuir apenas o consumo elétrico da solução ofertada aferido em Watts o mesmo deverá aplicar o fator de potência padrão de 0,85 da seguinte forma: 1VA = 0,85W. 10. Não será aceito como meio de aferição de consumo elétrico qualquer tipo de cálculo preditivo ou ferramentas de calculo de consumo elétrico. 11. Caso o fornecedor opte por ofertar servidores mais escaláveis, será considerado no critério de avaliação o consumo elétrico total máximo do equipamento proposto, mesmo este não estando em sua configuração completa. 12. Para verificação das configurações propostas junto à tabela de resultados do benchmark, serão considerados os seguintes campos: 12.1 Modelo do Servidor 12.2 Número de Processadores 12.3 Número de Nucleos de Processamento (CORES) 12.4 Tipo de Processador 12.5 Clock do Processador 12.6 Memória GB 12.7 SPECint_rate_base_2006 publicado ou projetado

14 SOFTWARE Todos os servidores devem ser fornecidos com licenças para os seguintes produtos de software: Sistema operacional 64 bits; Software de Virtualização quando aplicavel com total licenciamento para cada servidor; DISPOSIÇÕES GERAIS Critérios de Avaliação e Pontuação 1. Este critério de avaliação tem como objetivo avaliar tecnicamente as soluções ofertadas por cada proponente e pontuar estas soluções de acordo com os benefícios que cada uma tem a oferecer, como menor número de cores, menor consumo de energia, etc, aplicando-se um fator baseado nesta pontuação ao preço total de cada solução ofertada. 2. Denominado FRP (Fator de Redução de Preço), será baseado nas vantagens de cada solução, seguindo os critérios de pontuação abaixo. 3. O formulário anexo A de cada proponente será avaliado tecnicamente levando em consideração os dados no site de cada fabricante bem como a documentação entregue contendo os dados de consumo elétrico. Caso existam divergências com os dados publicados pelo proponente o mesmo poderá ser desclassificado. 4. Após o devido preenchimento e entrega do formulário anexo A, será disponibilizado para cada proponente o seu respectivo FRP, sobre o qual foi calculado o valor de referência correspondente à solução apresentada. Será declarado vencedor o proponente que apresentar o menor valor de referência no critério de avaliação. 5. O valor real da solução a ser adquirida pela Usina São Toninho não necessariamente será a de menor valor real, mas sim a de menor valor de referência de acordo com o uso do método FRP descrito neste documento. O preço ofertado deverá ser multiplicado pelo FRP referente a cada um dos critérios abaixo, visando obter-se o valor final da solução de Hardware. 6. Consumo de energia de toda a solução ofertada, incluindo servidores, arrays de disco e gavetas de expansão de I/O. Neste quisito, o critério de pontuação será baseado no consumo da solução em kva (KiloVoltAmperes), sendo aplicado uma redução de 1/3 truncado em duas casas decimais no valor total da solução para cada 1KVA de consumo elétrico que estiver abaixo do total de 100KVA para a solução ofertada, da seguinte forma: FRP = 1- (((100 - KVA Total) / 3) / 100) Exemplo: Proponente 1: Possui consumo total da solução de 45,40 KVA, terá um fator FRP = 0,818 Para os dados de consumo elétrico em kva referenciados neste documento somente será aceito o consumo máximo Nominal do servidor e das gavetas de expansão de discos e de placas adjacentes ao mesmo, onde subentende-se que o consumo máximo do servidor e de cada expansão de I/O possui todos os slots de discos e placas ocupados. Estas informações devem estar presentes e descritas por cada fornecedor em site público de referência do fabricante, e deverão ser transcritas para o documento anexo A e entregues junto com a devida documentação comprobatória. Nos casos onde o fabricante possuir apenas o consumo elétrico da solução ofertada aferido em Watts o mesmo deverá aplicar o fator de potência padrão de 0,85 da seguinte forma: 1VA = 0,85W.

15 7. Número de CORES em cada servidor. A maior eficiência de cada solução, seguindo os critérios de avaliação de Benchmark estabelecidos nesta RFP dentro de cada sessão especifica, será medida pelo número total de CORES, seguindo um fator de redução conforme abaixo: FRP = (Total de CORES da solução) / Compactação e compartilhamento de memória RAM para o ambiente SAP. Neste quisito o critério de pontuação será na existência ou não de tecnologia para compactação e compartilhamento de memória RAM. 9. Compactação: FRP = Compartilhamento: FRP = Ausência de tecnologia: FRP Suporte à movimentação de máquinas virtuais a quente, possibilitando planejamento de paradas do servidor sem interrupção de serviços, balanceamento de cargas ou substituição da tecnologia do Hardware. Neste quisito, o critério de pontuação se dará como: 13. Existência de Tecnologia para movimentação de máquinas virtuais a quente: FRP Permitir movimentação entre Hardware com versões diferentes da arquitetura do processador: FRP Ausência de funcionalidade para movimentação de máquinas virtuais a quente: FRP 1.0 Entrega, Instalação e Garantia Todos os equipamentos deverão ser entregues nos sites conforme abaixo: Os servidores deverão ser entregues de acordo com o seguinte quadro: Site destino UOL Diveo Ambiente HA Usina São Toninho Produção Deverão ser inclusos no escopo da solução a quantidade de racks necessária para a montagem de todos os servidores ofertados em cada site conforme o quadro acima. Os Racks devem ser de fabricação própria do fabricante dos servidores, no padrão 19 e com altura máxima de 42(RU), devem possuir capacidade para instalação de sistema de exaustão própria, e possuir fontes e circuitos redundantes. A entrega somente deverá ser feita após comunicação direta e agendamento com a equipe técnica da São Toninho e responsáveis pelos Data Center s acima citados. Todos os contatos e informações necessárias para entrega serão enviados ao proponente vencedor. Os equipamentos deverão ser instalados e configurados de acordo com os critérios de particionamento estabelecidos pela Usina São Toninho para cada servidor proposto após a finalização do processo. Caberá ao proponente vencedor designar um gerente de projetos para gerenciar, acompanhar e conduzir o processo de instalação, configuração e particionamento dos equipamentos propostos em conjunto com a São Toninho. Apesar das exigências de infra-estrutura para os servidores da solução, apenas para efeitos de serviços profissionais de instalação e configuração, deve-se considerar 5 (cinco) partições lógicas por servidor proposto, totalizando para toda a solução 25 (vinte e cinco) partições lógicas devidamente instaladas e configuradas pelo proponente fornecedor da solução, dispostas nos três sites citados acima. A instalação física da solução deverá contemplar: pré-site do fornecedor com os requisitos de infraestrutura, montagem dos servidores, arrays e extensores de I/O em rack s fornecidos na solução e inclusive a energização da solução. A instalação dos servidores deverá contemplar: sistema operacional, patches, software de particionamento lógico, configuração de ILO/ILOM e software de administração remota.

16 A instalação das partições lógicas deverá contemplar: sistema operacional, patches, software de gerenciamento de volumes, particionamento dos discos de boot, criação da área de swap e alocação lógica das interfaces de rede e FC descritas nos requisitos mínimos de cada partição lógica. Todos os componentes de tecnologia constantes na proposta deverão possuir garantia contra defeitos de fabricação e de material (substituição de partes e peças defeituosas) por 36 meses a partir da data de entrega. 3. Manutenção e Suporte A proposta deverá contemplar serviço de manutenção e assistência técnica por um período de 60 meses contados a partir da data de instalação dos equipamentos. Este serviço deverá cobrir todos os componentes de hardware e software da proposta e ter como características mínimas os itens a seguir: Assistência telefônica 24 horas x 7 dias por semana prestadas por especialistas em suporte. Atendimento técnico no local 24 horas x 7 dias por semana prestadas por especialistas em suporte, em caso de necessidade de intervenções físicas ou nas situações de Sistema Parado ou Sistema Danificado, como definido abaixo. Tempo de atendimento: o Sistema Parado (Problema Urgente): atendimento telefônico imediato e atendimento no local em até 4 horas o Sistema Danificado (Problema Sério): atendimento telefônico em até 2 horas e atendimento no local em até 8 horas o Sistema Normal (Problema Não-Crítico): atendimento telefônico em até 4 horas e atendimento no local em um prazo acordado com a Usina São Toninho. Adicionalmente, o PROPONENTE deverá disponibilizar canal de comunicação para suporte à Usina São Toninho, em regime 24x7, envolvendo todos os níveis de criticidade de chamados (desde dúvidas até paradas de sistema). Este canal de comunicação deverá dispor de ferramenta para registro formal e acompanhamento de chamados, possibilitando, desta forma, o acompanhamento dos indicadores relativos à assistência técnica.

Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A

Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A PREGÃO PRESENCIAL N. 2010/169 OBJETO: AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE ARMAZENAMENTO EXTERNO - STORAGE E TAPE LIBRARY. Ref.: Esclarecimentos A unidade de Tape Library será instalada em servidor dedicado a

Leia mais

SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE)

SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE) SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE) Possuir capacidade instalada, livre para uso, de pelo menos 5.2 (cinco ponto dois) TB líquidos em discos SAS/FC de no máximo 600GB 15.000RPM utilizando RAID 5 (com no

Leia mais

ANEXO III ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOTE 3

ANEXO III ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOTE 3 ANEXO III ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOTE 3 Especificação dos Objetos a serem Contratados Contratação de empresa para fornecimento de Subsistemas de Discos Midrange (Storages), conforme requisitos mínimos

Leia mais

SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO. 1.2 Para efeito de cálculo do volume total em TB deverá ser considerado que 1KB = 1024 bytes.

SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO. 1.2 Para efeito de cálculo do volume total em TB deverá ser considerado que 1KB = 1024 bytes. SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO Características Técnicas: 1.1 Deverá ser ofertada Solução de Storage com capacidade mínima de 100 TB (cem Terabyte) líquido, sendo 80TB (oitenta Terabytes)

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA DEPARTAMENTO MINISTERIAL DE PRODUÇÃO - DEMPRO

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA DEPARTAMENTO MINISTERIAL DE PRODUÇÃO - DEMPRO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA DEPARTAMENTO MINISTERIAL DE PRODUÇÃO - DEMPRO Folha de Informações e Despachos À CPL/SRP Seguem os esclarecimentos dos itens levantados

Leia mais

PROPOSIÇÃO DE VALOR:

PROPOSIÇÃO DE VALOR: Caro Cliente, Na economia atual, você não pode permitir ineficiências ou sobreprovisionamento de nenhum recurso - recursos inativos custam dinheiro, recursos mal utilizados custam oportunidades. Você precisa

Leia mais

QUESTIONAMENTO(S) ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 22/2015 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece:

QUESTIONAMENTO(S) ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 22/2015 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: QUESTIONAMENTO(S) ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 22/2015 - BNDES Prezado(a) Senhor(a), Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: 1. Sobre o item 18.1. A prestação do serviço

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 10/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

PREGÃO PRESENCIAL Nº 10/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO PRESENCIAL Nº 10/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. JUSTIFICATIVA DA AQUISIÇÃO: para atender as necessidades da Câmara Municipal de Canoas/RS. 2. OBJETO: O objeto da presente licitação, na modalidade

Leia mais

Questionamentos dos Representantes IBM. (Ação Global IBM InfoDive)

Questionamentos dos Representantes IBM. (Ação Global IBM InfoDive) Questionamentos dos Representantes IBM (Ação Global IBM InfoDive) Questão 01 2.1 Todos os sistemas bem como seus respectivos componentes de "software" e de "hardware" deverão ser novos, e deverão estar

Leia mais

Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS. Prof. Victor Halla

Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS. Prof. Victor Halla Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS OPERACIONAIS Prof. Victor Halla Conteúdo Arquitetura de Processadores: Modo Operacional; Velocidade; Cache; Barramento; Etc. Virtualização: Maquinas virtuais; Gerenciamento

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE FITOTECA AUTOMATIZADA Substituição dos Silos Robóticos Storagetek 9310

ESPECIFICAÇÃO DE FITOTECA AUTOMATIZADA Substituição dos Silos Robóticos Storagetek 9310 Especificação Técnica 1. A Solução de Fitoteca ofertada deverá ser composta por produtos de Hardware e Software obrigatoriamente em linha de produção do fabricante, não sendo aceito nenhum item fora de

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 009/2012

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 009/2012 Anexo I TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 009/2012 1 DO OBJETO 1.1 - Fornecimento de solução avançada de backup desduplicado, com serviços de assistência técnica e capacitação, visando a integração

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA Nº 002/2013 PROJETO: AQUISIÇÃO DE SUBSISTEMA DE ARMAZENAMENTO STORAGE

CONSULTA PÚBLICA Nº 002/2013 PROJETO: AQUISIÇÃO DE SUBSISTEMA DE ARMAZENAMENTO STORAGE CONSULTA PÚBLICA Nº 002/2013 PROJETO: AQUISIÇÃO DE SUBSISTEMA DE ARMAZENAMENTO STORAGE ESCLARECIMENTOS AOS QUESTIONAMENTOS APRESENTADOS PELAS EMPRESAS INTERESSADAS País: BRASIL Nome do Projeto: PLANO DE

Leia mais

Hospedagem Virtualizada

Hospedagem Virtualizada Conheça também Desenvolvimento de sistemas Soluções de Segurança Soluções com o DNA da Administração Pública Há 43 anos no mercado, a Prodesp tem um profundo conhecimento da administração pública e também

Leia mais

DELL POWERVAULT SÉRIE MD ARMAZENAMENTO DE DADOS MODULAR ARMAZENAMENTO DE DADOS DELL POWERVAULT SÉRIE MD

DELL POWERVAULT SÉRIE MD ARMAZENAMENTO DE DADOS MODULAR ARMAZENAMENTO DE DADOS DELL POWERVAULT SÉRIE MD ARMAZENAMENTO DE DADOS MODULAR ARMAZENAMENTO DE DADOS DELL POWERVAULT SÉRIE MD Simplificação da TI O Dell série MD pode simplificar a TI, otimizando sua arquitetura de armazenamento de dados e garantindo

Leia mais

Cláusula 1.º Objecto. Cláusula 2.º Especificação da prestação

Cláusula 1.º Objecto. Cláusula 2.º Especificação da prestação CADERNO DE ENCARGOS CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE PARA A IMPLEMENTAÇÃO DE UM PROJECTO DE ARQUIVO DIGITAL DE INFRA-ESTRUTURAS DE IT O presente Caderno de Encargos compreende as cláusulas a incluir no contrato

Leia mais

GABINETE ALTURA PROCESSADORES NÚCLEOS DE PROCESSAMENTO MEMÓRIA RAM CHIPSET ARQUITETURA BIOS

GABINETE ALTURA PROCESSADORES NÚCLEOS DE PROCESSAMENTO MEMÓRIA RAM CHIPSET ARQUITETURA BIOS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS GABINETE ALTURA - Rack Chassis Próprio - Ventiladores Internos Hot Plug Redundantes - Ventilação Adequada para a Refrigeração do Sistema Interno do Equipamento na sua Configuração

Leia mais

Benefícios e processos relacionados à migração e servidores dedicados para cloud servers. Juliano Simões. Diretor de Tecnologia

Benefícios e processos relacionados à migração e servidores dedicados para cloud servers. Juliano Simões. Diretor de Tecnologia Benefícios e processos relacionados à migração e servidores dedicados para cloud servers Juliano Simões Diretor de Tecnologia Agenda Comparar o modelo de servidor dedicado, orientado ao hardware, com os

Leia mais

Avaliação do sistema de armazenamento EMC CLARiiON AX4

Avaliação do sistema de armazenamento EMC CLARiiON AX4 Avaliação do sistema de armazenamento EMC CLARiiON AX4 Relatório elaborado sob contrato com a EMC Corporation Introdução A EMC Corporation contratou a Demartek para realizar uma avaliação prática do novo

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Referente ao Edital de Tomada de Preços nº. 004/2012 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PÁGINA 1 DE 6 ITEM 01 SERVIDOR DE RACK COM AS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS MÍNIMAS: INFORMAR OBRIGATORIAMENTE O FABRICANTE

Leia mais

Sistema De Armazenamento De Dados Storage

Sistema De Armazenamento De Dados Storage Sistema De Armazenamento De Dados Storage SUBITEM ESPECIFICAÇÕES 1.0 1.1 1.2 1.3 1.4 1.5 DESCRIÇÃO O Sistema de Armazenamento deverá possuir no mínimo 60 TB (Sessenta Terabytes) líquidos livres para uso

Leia mais

PROPOSTA COMERCIAL CLOUD SERVER

PROPOSTA COMERCIAL CLOUD SERVER PROPOSTA COMERCIAL CLOUD SERVER Sobre a AbsamHost A AbsamHost atua no mercado de hosting desde 2008, fornecendo infraestrutura de data center a diversas empresas no Brasil e no mundo. Focada em servidores

Leia mais

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS EXPANSÃO E INTEGRAÇÃO DO SYSTEM STORAGE IBM DS4700.

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS EXPANSÃO E INTEGRAÇÃO DO SYSTEM STORAGE IBM DS4700. ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS EXPANSÃO E INTEGRAÇÃO DO SYSTEM STORAGE IBM DS4700. LOTE 1 (Único) 1 8 Disco FC de 300 GBytes, 4 Gbps, 15 Krpm E-DDM. Tecnologia Fibre Channel Enhanced Disk Drive Modules;

Leia mais

Requisitos técnicos dos produtos Thema

Requisitos técnicos dos produtos Thema Requisitos técnicos dos produtos Thema 1 Sumário 2 Apresentação...3 3 Servidor de banco de dados Oracle...4 4 Servidor de aplicação Linux...4 5 Servidor de terminal service para acessos...4 6 Servidor

Leia mais

Circ.Demap/Dilic- 27/2012 Brasília, 23 de janeiro de 2012. Pt. 1101538412

Circ.Demap/Dilic- 27/2012 Brasília, 23 de janeiro de 2012. Pt. 1101538412 Circ.Demap/Dilic- 27/2012 Brasília, 23 de janeiro de 2012. Pt. 1101538412 Às Licitantes do Pregão Demap nº 184/2011 - Presencial Prezados Senhores, Referimo-nos ao Edital do Pregão Demap nº 184/2011 -

Leia mais

RESPOSTA AO PEDIDO DE ESCLARECIMENTO 03/2015

RESPOSTA AO PEDIDO DE ESCLARECIMENTO 03/2015 RESPOSTA AO PEDIDO DE ESCLARECIMENTO 03/2015 Trata-se de resposta ao pedido de esclarecimento ao Edital de Licitação do Pregão Eletrônico nº 03/2015- que tem por objeto AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS, SISTEMAS

Leia mais

PROPOSIÇÃO DE VALOR:

PROPOSIÇÃO DE VALOR: Caro Cliente, Na economia atual, você não pode permitir ineficiências ou sobreprovisionamento de nenhum recurso - recursos inativos custam dinheiro, recursos mal utilizados custam oportunidades. Você precisa

Leia mais

Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A

Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A EDITAL - PREGÃO PRESENCIAL N. 2011/123 OBJETO: AQUISIÇÃO DE UNIDADE DE ARMAZENAMENTO DE DADOS. ESCLARECIMENTOS TÉCNICOS 1) Referente a terceira exigência da seção CONECTIVIDADE : É obrigatório que as portas

Leia mais

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS AMPLIAÇÃO E MODERNIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DE ARMAZENAMENTO DE DADOS DA JFES.

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS AMPLIAÇÃO E MODERNIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DE ARMAZENAMENTO DE DADOS DA JFES. ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS AMPLIAÇÃO E MODERNIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DE ARMAZENAMENTO DE DADOS DA JFES. LOTE 01 ITEM 1 Biblioteca automatizada de armazenamento em fita IBM (Modelo ref.: IBM TS3500

Leia mais

RESPOSTA AO PEDIDO DE ESCLARECIMENTO 02/2015

RESPOSTA AO PEDIDO DE ESCLARECIMENTO 02/2015 RESPOSTA AO PEDIDO DE ESCLARECIMENTO 02/2015 Trata-se de resposta ao pedido de esclarecimento ao Edital de Licitação do Pregão Eletrônico nº 03/2015- que tem por objeto AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS, SISTEMAS

Leia mais

Sistema Integrado de Administração de Materiais e Serviços - SIAD Catálogo de Materiais e Serviços - CATMAS SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE)

Sistema Integrado de Administração de Materiais e Serviços - SIAD Catálogo de Materiais e Serviços - CATMAS SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE) SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE) Storage O subsistema de armazenamento de dados deverá ser do tipo bloco, disponibilizando nativamente componentes de hardware para armazenamento baseado em bloco, com

Leia mais

Estimativa. Unioeste 30809/2010 Cod. Fornecedor ClassificaçãoVlr.Un. Total. Setor Processo Item edital

Estimativa. Unioeste 30809/2010 Cod. Fornecedor ClassificaçãoVlr.Un. Total. Setor Processo Item edital Filtrado por ( : = '' ) E ( em haver: >= 1 ) E (Imprimir quantidades por setor de consumo = Sim) 06/05/2014:17:06 Página 1 de 1 Fornecedor ClassificaçãoVlr.Un. 23 7023 Backup - Agente Aplicação Exchange

Leia mais

INFRAESTRUTURA DE TI DA TEKSID PASSA POR ATUALIZAÇÃO COMPLETA, OBTENDO REDUÇÃO DE GASTOS E MELHORIAS NO AMBIENTE

INFRAESTRUTURA DE TI DA TEKSID PASSA POR ATUALIZAÇÃO COMPLETA, OBTENDO REDUÇÃO DE GASTOS E MELHORIAS NO AMBIENTE INFRAESTRUTURA DE TI DA TEKSID PASSA POR ATUALIZAÇÃO COMPLETA, OBTENDO REDUÇÃO DE GASTOS E MELHORIAS NO AMBIENTE Perfil O Grupo Teksid é o maior em fundição de autopeças do mundo, com capacidade produtiva

Leia mais

ATA DA CONSULTA PÚBLICA N

ATA DA CONSULTA PÚBLICA N ((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 07/2014 (PERGUNTAS E RESPOSTAS) ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PARA FUTURA E EVENTUAL AQUISIÇÃO DOS SEGUINTES EQUIPAMENTOS: ITEM I SERVIDORES DE MISSÃO CRÍTICA, ITEM II

Leia mais

Dell Infrastructure Consulting Services

Dell Infrastructure Consulting Services Proposta de Serviços Profissionais Implementação do Dell OpenManage 1. Apresentação da proposta Esta proposta foi elaborada pela Dell com o objetivo de fornecer os serviços profissionais de implementação

Leia mais

Relatório de Pesquisa

Relatório de Pesquisa Relatório de Pesquisa A Vantagem da Virtualização de Mainframe: Como Economizar Milhões de Dólares Utilizando um IBM System z como um Servidor em Nuvem Linux Sumário Executivo Os executivos de TI (Tecnologia

Leia mais

PREGÃO N o 008/2013 PROPOSTA COMERCIAL

PREGÃO N o 008/2013 PROPOSTA COMERCIAL PREGÃO N o 008/2013 PROPOSTA COMERCIAL Empresa: Vixplus Informática Ltda ME Ao PREGÃO nº 008/2013. Prezados Senhores: Pela presente formulamos Proposta Comercial para fornecimento de equipamentos e softwares

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 CRIAÇÃO DA MÁQUINA VIRTUAL... 3 Mas o que é virtualização?... 3 Instalando o VirtualBox...

Leia mais

ERRATA DE EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL 005/2015

ERRATA DE EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL 005/2015 ERRATA DE EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL 005/2015 No Anexo I Termo de Referência Item 03 (Três) Da Especificação. Os respectivos itens estão sublinhados. ONDE SE LÊ: 1) DA ESPECIFICAÇÃO 1 Processador

Leia mais

Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral

Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral Windows 2003 Server Introdução Nessa Aula: É apresentada uma visão rápida e geral do Windows Server 2003. O Foco a partir da próxima aula, será no serviço de Diretórios

Leia mais

QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 10/2015 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece:

QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 10/2015 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 10/2015 - BNDES Prezado(a) Senhor(a), Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: 1.Termo de Referência, item 4.12.5. Considerando

Leia mais

Avaliação da plataforma de armazenamento multiprotocolo EMC Celerra NS20

Avaliação da plataforma de armazenamento multiprotocolo EMC Celerra NS20 Avaliação da plataforma de armazenamento multiprotocolo EMC Celerra NS20 Relatório elaborado sob contrato com a EMC Corporation Introdução A EMC Corporation contratou a Demartek para realizar uma avaliação

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática. Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos

FTIN Formação Técnica em Informática. Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos FTIN Formação Técnica em Informática Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos Aula 01 SISTEMA OPERACIONAL PROPRIETÁRIO WINDOWS Competências do Módulo Instalação e configuração do

Leia mais

ATIVIDADE 1 MÁQUINAS VIRTUAIS. 1.1 Arquiteturas não virtualizadas

ATIVIDADE 1 MÁQUINAS VIRTUAIS. 1.1 Arquiteturas não virtualizadas ATIVIDADE 1 MÁQUINAS VIRTUAIS Existem hoje diversas tecnologias e produtos para virtualização de computadores e ambientes de execução, o que pode gerar uma certa confusão de conceitos. Apesar disso, cada

Leia mais

Quarta-feira, 09 de janeiro de 2008

Quarta-feira, 09 de janeiro de 2008 Quarta-feira, 09 de janeiro de 2008 ÍNDICE 3 4 RECOMENDAÇÕES DE HARDWARE PARA O TRACEGP TRACEMONITOR - ATUALIZAÇÃO E VALIDAÇÃO DE LICENÇAS 2 1. Recomendações de Hardware para Instalação do TraceGP Este

Leia mais

O EMC XTREMCACHE ACELERA O ORACLE

O EMC XTREMCACHE ACELERA O ORACLE White paper O EMC XTREMCACHE ACELERA O ORACLE EMC XtremSF, EMC XtremCache, EMC VNX, EMC FAST Suite, Oracle Database 11g O XtremCache estende o flash ao servidor O FAST Suite automatiza a inserção do armazenamento

Leia mais

Família Dell PowerVault MD. Armazenamento. modular. A família de storage Dell PowerVault MD

Família Dell PowerVault MD. Armazenamento. modular. A família de storage Dell PowerVault MD Família Dell PowerVault MD Armazenamento modular A família de storage Dell PowerVault MD Família Dell PowerVault MD A escolha acessível A família Dell PowerVault MD é uma escolha de armazenamento acessível

Leia mais

BIG-IP Gerenciamento de Tráfego de Aplicativos. Guia de Dimensionamento da Plataforma Versão 9.2.2

BIG-IP Gerenciamento de Tráfego de Aplicativos. Guia de Dimensionamento da Plataforma Versão 9.2.2 BIG-IP Gerenciamento de Tráfego de Aplicativos Guia de Dimensionamento da Plataforma Versão 9.2.2 Guia de Dimensionamento da Plataforma Resumo de Recomendação de Plataformas Plataformas 8400, 6800 e 6400

Leia mais

Virtualização e Criação de uma rede Virtual utilizando Virtual Box Professor: João Paulo de Brito Gonçalves

Virtualização e Criação de uma rede Virtual utilizando Virtual Box Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Virtualização e Criação de uma rede Virtual utilizando Virtual Box Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Anatomia de uma máquina virtual Cada máquina virtual é um sistema completo encapsulado em um

Leia mais

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) ABRIL/2011

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) ABRIL/2011 SERVIÇOS BÁSICOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) ABRIL/2011 Rua do Rouxinol, N 115 / Salvador Bahia CEP: 41.720-052 Telefone: (71) 3186-0001. Email: cotec@ifbaiano.edu.br

Leia mais

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. EXPANSÃO DE TAPE LIBRARY IBM TS3310 - EXPANSÃO DE SYSTEM STORAGE IBM DS5020 e DS4700 - EXPANSÃO DE REDE SAN

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. EXPANSÃO DE TAPE LIBRARY IBM TS3310 - EXPANSÃO DE SYSTEM STORAGE IBM DS5020 e DS4700 - EXPANSÃO DE REDE SAN ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS EXPANSÃO DE TAPE LIBRARY IBM TS3310 - EXPANSÃO DE SYSTEM STORAGE IBM DS5020 e DS4700 - EXPANSÃO DE REDE SAN LOTE 01 DESCRIÇÃO ITEM 1 Gabinete expansão 3576E9U para Tape

Leia mais

PADRÃO DE INFRAESTRUTURA DE TECNOLOGIA PARA PRESTADORES DA UNIMED RIO VERDE

PADRÃO DE INFRAESTRUTURA DE TECNOLOGIA PARA PRESTADORES DA UNIMED RIO VERDE PADRÃO DE INFRAESTRUTURA DE TECNOLOGIA PARA PRESTADORES DA UNIMED RIO VERDE Versão 1.0 Data: 09/12/2013 Desenvolvido por: - TI Unimed Rio Verde 1 ÍNDICE 1. Objetivo... 4 2. Requsitos de Infraestrutura

Leia mais

Serviço de Desenho e Implementação de Volume Virtual de HP Storage

Serviço de Desenho e Implementação de Volume Virtual de HP Storage Serviço de Desenho e Implementação de Volume Virtual de HP Storage Serviços HP CarePack Dados técnicos A configuração correta de hardware de armazenamento é crucial para ajudar a melhorar a eficácia dos

Leia mais

SISTEMA DE GERÊNCIA - DmView

SISTEMA DE GERÊNCIA - DmView Sistema de Gerenciamento DmView O DmView é o Sistema de Gerência desenvolvido para supervisionar e configurar os equipamentos DATACOM, disponibilizando funções para gerência de supervisão, falhas, configuração,

Leia mais

Gestão em Sistemas de Informação. Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br

Gestão em Sistemas de Informação. Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br Gestão em Sistemas de Informação Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br Gestão em Sistemas de Informação Cloud Computing (Computação nas Nuvens) 2 Cloud Computing Vocês

Leia mais

Online Help StruxureWare Data Center Expert

Online Help StruxureWare Data Center Expert Online Help StruxureWare Data Center Expert Version 7.2.7 Appliance virtual do StruxureWare Data Center Expert O servidor do StruxureWare Data Center Expert 7.2 está agora disponível como um appliance

Leia mais

SOLUÇÃO DE ARMAZENAMENTO PROJETO STORAGE 1 PB

SOLUÇÃO DE ARMAZENAMENTO PROJETO STORAGE 1 PB SOLUÇÃO DE ARMAZENAMENTO PROJETO STORAGE 1 PB 1 Características Técnicas 1.1 Deverá ser ofertada Solução de Armazenamento com 1 (um) subsistema de discos. A capacidade mínima do subsistema deverá ser de

Leia mais

Benefícios do Windows Server 2008 R2 Hyper-V para SMB

Benefícios do Windows Server 2008 R2 Hyper-V para SMB Benefícios do Windows Server 2008 R2 Hyper-V para SMB Sumário Introdução... 3 Windows Server 2008 R2 Hyper-V... 3 Live Migration... 3 Volumes compartilhados do Cluster... 3 Modo de Compatibilidade de Processador...

Leia mais

Otimização do Gerenciamento de Datacenters com o Microsoft System Center

Otimização do Gerenciamento de Datacenters com o Microsoft System Center Otimização do Gerenciamento de Datacenters com o Microsoft System Center Aviso de Isenção de Responsabilidade e Direitos Autorais As informações contidas neste documento representam a visão atual da Microsoft

Leia mais

Termo de Referência. (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300.

Termo de Referência. (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300. Termo de Referência Expansão da solução s de armazenamento (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300. Termo de Referência Expansão da solução de armazenamento do

Leia mais

OBJETIVOS DA APRESENTAÇÃO

OBJETIVOS DA APRESENTAÇÃO Institucional OBJETIVOS DA APRESENTAÇÃO Apresentar as vantagens de se trabalhar com Thin Clients Apresentar como funciona a tecnologia Server Based Computing, Virtualização de Desktop e Aplicativos EVOLUÇÃO

Leia mais

QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 22/2015 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece:

QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 22/2015 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 22/2015 - BNDES Prezado(a) Senhor(a), Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: 1. Com relação ao item: 8.1.9. Os 2 (dois)

Leia mais

PERGUNTA 1: O Faturamento dos equipamentos ocorrerá para as localidades Florianópolis e Recife? Favor esclarecer.

PERGUNTA 1: O Faturamento dos equipamentos ocorrerá para as localidades Florianópolis e Recife? Favor esclarecer. RESPOSTA Nº 01 DO EDITAL N ADG 013/15 Licitação para a aquisição de servidores, storages e licenças com prestação de serviços de instalação, treinamento e garantia (RC 13834). PERGUNTA 1: O Faturamento

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇAO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA 1. DESCRIÇÃO DA SOLUÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇAO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA 1. DESCRIÇÃO DA SOLUÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ESTUDO TÉCNICO PRELIMINAR DA CONTRATAÇÃO 1. DESCRIÇÃO DA SOLUÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Aquisição de equipamentos para infraestrutura de redes de todo o IFRO 2. DEFINIÇÃO E ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS

Leia mais

MONTAGEM E MANUTENÇÃO DE COMPUTADORES AULA - 5 DESEMPENHO E UPGRADE GRUPO INSTRUTOR MAIO/JUNHO 2010

MONTAGEM E MANUTENÇÃO DE COMPUTADORES AULA - 5 DESEMPENHO E UPGRADE GRUPO INSTRUTOR MAIO/JUNHO 2010 MONTAGEM E MANUTENÇÃO DE COMPUTADORES AULA - 5 DESEMPENHO E UPGRADE GRUPO INSTRUTOR MAIO/JUNHO 2010 PRIMEIROS PASSOS LEITOR DE DISQUETE: Não se pode dizer que é inútil, mas nunca vai ser considerado com

Leia mais

Soluções Completas. Fundada em 1991, a.compos é pioneira na área de soluções em tecnologia, atuando nas áreas de:

Soluções Completas. Fundada em 1991, a.compos é pioneira na área de soluções em tecnologia, atuando nas áreas de: Soluções Completas Fundada em 1991, a.compos é pioneira na área de soluções em tecnologia, atuando nas áreas de: - Conexões compartilhada (.IP) e dedicada (.LINK); - Data Center com servidores virtuais

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ANEXO II Pregão nº 003/2014 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA A empresa CONTRATADA deverá ser comprovadamente qualificada para os itens ofertados, deve entregar toda a estrutura de hardware e software adquirida em

Leia mais

O DATA CENTER ONDE VOCÊ ENCONTRA A CONFIANÇA QUE EXIGE E A FLEXIBILIDADE QUE PRECISA

O DATA CENTER ONDE VOCÊ ENCONTRA A CONFIANÇA QUE EXIGE E A FLEXIBILIDADE QUE PRECISA O DATA CENTER ONDE VOCÊ ENCONTRA A CONFIANÇA QUE EXIGE E A FLEXIBILIDADE QUE PRECISA A ALOG A ALOG provê e gerencia ambientes de colocation, hosting e cloud computing de alta complexidade e é o primeiro

Leia mais

O que é RAID? Tipos de RAID:

O que é RAID? Tipos de RAID: O que é RAID? RAID é a sigla para Redundant Array of Independent Disks. É um conjunto de HD's que funcionam como se fosse um só, isso quer dizer que permite uma tolerância alta contra falhas, pois se um

Leia mais

NOTA DE ESCLARECIMENTO

NOTA DE ESCLARECIMENTO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SUPERINTENDÊNCIA ADMINISTRATIVA E FINANCEIRA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES NOTA DE ESCLARECIMENTO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 02/2014 PROCESSO Nº 3778-01.00/13-0

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE NOVA PRATA

ESTADO DO RIO GRANDE DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE NOVA PRATA EDITAL N.º 096/2015 - LICITAÇÃO N.º063/2015 - PREGÃO PRESENCIAL N.º 018/2015 LICITAÇÃO NA MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL OBJETIVANDO A AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA; EXCLUSIVO PARA ME S E EPP

Leia mais

7. Todos os discos da Solução de Storage deverão possuir as funcionalidades hot-plug e hotswap.

7. Todos os discos da Solução de Storage deverão possuir as funcionalidades hot-plug e hotswap. SOLUÇÃO DE ARMAZENAMENTO PROJETO STORAGE 1 PB Características Técnicas: 1. Deverá ser ofertada Solução de Storage com no mínimo 1 (um) subsistema de armazenamento High-End Enterprise para cada um dos 3

Leia mais

Portabilidade da Linha RM Versão 11.20.0

Portabilidade da Linha RM Versão 11.20.0 Portabilidade da Linha RM Versão 11.20.0 Conteúdo Portabilidade para Servidor de Banco de Dados... 3 Níveis de Compatibilidade entre Bancos de Dados... 5 Portabilidade para Servidor de Aplicação... 6 Portabilidade

Leia mais

Planejamento Estratégico para as PMEs. Tecnologia da Informação a Serviço das PMEs

Planejamento Estratégico para as PMEs. Tecnologia da Informação a Serviço das PMEs Planejamento Estratégico para as PMEs Tecnologia da Informação a Serviço das PMEs Maio/2007 Rio Quente- Goiás Nivaldo Cleto Na era da tecnologia da informação, o mercado exige um empresário dinamicamente

Leia mais

Escolha seu serviço Cloud O melhor do Cloud

Escolha seu serviço Cloud O melhor do Cloud Escolha seu serviço Cloud O melhor do Cloud CAPA Comparamos os melhores serviços de Cloud Computing do Brasil em três categorias de ofertas. Leia e descubra qual é o mais adequado para suas necessidades.

Leia mais

PROPOSTA COMERCIAL Produto: Servidores Dedicados Gerenciados

PROPOSTA COMERCIAL Produto: Servidores Dedicados Gerenciados PROPOSTA COMERCIAL Produto: Servidores Dedicados Gerenciados Página 1 de 10 Sumário SOBRE A LOCAWEB 3 INFRAESTRUTURA DO DATA CENTER 4 SOLUÇÃO PROPOSTA 5 DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS INCLUSOS 6 CONDIÇÕES COMERCIAIS

Leia mais

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS REGISTRO DE PREÇOS PARA CONTRATAÇÃO DE: SOLUÇÃO DE VIRTUALIZAÇÃO DE STORAGES E REPLICAÇÃO REMOTA

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS REGISTRO DE PREÇOS PARA CONTRATAÇÃO DE: SOLUÇÃO DE VIRTUALIZAÇÃO DE STORAGES E REPLICAÇÃO REMOTA ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS REGISTRO DE PREÇOS PARA CONTRATAÇÃO DE: SOLUÇÃO DE VIRTUALIZAÇÃO DE STORAGES E REPLICAÇÃO REMOTA LOTE 01 DESCRIÇÃO ITEM 1 Sistema de armazenamento Storage IBM StorWize

Leia mais

Case SICREDI Migração SGBD Oracle 9i para 11g

Case SICREDI Migração SGBD Oracle 9i para 11g Uso irrestrito Case SICREDI Migração SGBD Oracle 9i para 11g Agenda O SICREDI Histórico Core Bank Objetivo do Projeto Resumo do Projeto Ofensores vs. Mitigadores Cenário do Projeto A Migração Após a Migração

Leia mais

Esclarecimento: As versões dos navegadores a serem utilizadas pelo PSIM estão descrito no item 2.4.1.12 do projeto básico.

Esclarecimento: As versões dos navegadores a serem utilizadas pelo PSIM estão descrito no item 2.4.1.12 do projeto básico. 1 Dúvida: Por favor, nos explique alguns casos tipicos de uso para o monitoramento central? Esclarecimento: Recepção e tratamento de eventos provenientes da central de alarme, validação de ocorrências

Leia mais

TERMO DE USO DE SERVIÇO DE VALOR ADICIONADO (SVA)

TERMO DE USO DE SERVIÇO DE VALOR ADICIONADO (SVA) TERMO DE USO DE SERVIÇO DE VALOR ADICIONADO (SVA) Código do Serviço: 3005001 Nome do Serviço: Data de Publicação: 30/04/2013 Entrada em Vigor: SAN AUTENTICAÇÃO 01/06/2013 Versão: 1.0000 Status: Publicado

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO

INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO FOLHAS DE DADOS Todas as folhas de dados para os equipamentos mencionados deverão ser devidamente preenchidas conforme determinado a seguir. Deverá ser preenchida uma folha de dados para cada tipo de equipamento

Leia mais

as qualidades do banco de dados SQL Server 2000 a documentação é constantemente atualizada e de fácil acesso.

as qualidades do banco de dados SQL Server 2000 a documentação é constantemente atualizada e de fácil acesso. Índice Resumo de suportes com problemas em base de dados...2 Recomendações de banco de dados...2 Uso de servidores dedicados com excelente desempenho...3 Banco de dados corrompidos em Interbase e Firebird...4

Leia mais

ARQUITETURA TRADICIONAL

ARQUITETURA TRADICIONAL INTRODUÇÃO Atualmente no universo corporativo, a necessidade constante de gestores de tomar decisões cruciais para os bons negócios das empresas, faz da informação seu bem mais precioso. Nos dias de hoje,

Leia mais

A seguir, respostas aos questionamentos referentes ao Pregão Presencial nº 17/14:

A seguir, respostas aos questionamentos referentes ao Pregão Presencial nº 17/14: Senhores, A seguir, respostas aos questionamentos referentes ao Pregão Presencial nº 17/14: Questionamento 1: 2. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MÍNIMCAS No que diz respeito ao subitem 2.1.2, temos a seguinte

Leia mais

FAMÍLIA EMC VPLEX. Disponibilidade contínua e mobilidade de dados nos datacenters e entre eles

FAMÍLIA EMC VPLEX. Disponibilidade contínua e mobilidade de dados nos datacenters e entre eles FAMÍLIA EMC VPLEX Disponibilidade contínua e mobilidade de dados nos datacenters e entre eles GARANTINDO DISPONIBILIDADE CONTÍNUA E MOBILIDADE DE DADOS PARA APLICATIVOS ESSENCIAIS A infraestrutura de armazenamento

Leia mais

SERVIÇOS DE LICITAÇÕES EDITAL PREGÃO PRESENCIAL N.º 001/2012 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 9/2012 ERRATA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ITEM I ITEM 1 COMPUTADORES SERVIDORES PARA RACK COM 2 PROCESSADORES Quantidade:

Leia mais

Servidores Soluções de Servidores Itautec. Sua empresa nunca vai sair do ar.

Servidores Soluções de Servidores Itautec. Sua empresa nunca vai sair do ar. Servidores Soluções de Servidores Itautec. Sua empresa nunca vai sair do ar. A Itautec apresenta sua nova linha de Servidores. Eles são resultado de elevado investimento em pesquisa e desenvolvimento.

Leia mais

Departamento de Tecnologia da Informação

Departamento de Tecnologia da Informação Xen - O case de virtualização da Alergs XIII Enial - Brasília Novembro/2010 DTI Superintendência Administrativa e Financeira Assembleia Legislativa do RS Tópicos abordados: A infraestrutura de TI Alergs

Leia mais

GOVBR- UEM-MARINGA PREFEITURA MUNICIPAL DE PEROLA

GOVBR- UEM-MARINGA PREFEITURA MUNICIPAL DE PEROLA GERENCIAMENTO DE PROJETOS PRONIM, IMPLANTAÇÃO SQL SERVER GOVBR- UEM-MARINGA PREFEITURA MUNICIPAL DE PEROLA Cliente GOVBR, UEM-MARINGA / Prefeitura Municipal de PEROLA Data 10/09/2015 Versão 1.0 Objeto:

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO SUPERINTENDÊNCIA CENTRAL DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO SUPERINTENDÊNCIA CENTRAL DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL PERGUNTAS E RESPOSTAS - CONSULTA PÚBLICA REGISTRO DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE SOLUÇÃO DE INFRAESTRUTURA DE TI PARA SUPORTAR OS PROJETOS: MASP, BIC, UAI MOBILE E CZRM PERGUNTAS 1) Lote 6 Tipo de Contrato:

Leia mais

NAS Network Attached Storage

NAS Network Attached Storage NAS Network Attached Storage Evolução Tecnológica 1993 Primeiro appliance de storage NAS; 1996 Primeiro protocolo de backup em rede NDMP; 1996 Primeiro storage multi-protocolo UNIX/Windows; 1997 Primeiro

Leia mais

Pré-requisitos para Instalação Física e Lógica do Sisloc

Pré-requisitos para Instalação Física e Lógica do Sisloc Pré-requisitos para Instalação Física e Lógica do Sisloc Sumário: 1. Pré-requisitos de instalação física e lógica do Sisloc... 3 Servidores de Dados... 3 Servidores de Aplicação (Terminal Service)... 3

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA

MINISTÉRIO DA FAZENDA MINISTÉRIO DA FAZENDA Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional PGFN Departamento de Gestão Corporativa - DGC Coordenação-Geral de Tecnologia da Informação - CTI CATÁLOGO DE SERVIÇOS DE TECNOLOGIA Infraestrutura

Leia mais

PE123/2013 - PEDIDOS DE ESCLARECIMENTO QUESTIONAMENTO 01

PE123/2013 - PEDIDOS DE ESCLARECIMENTO QUESTIONAMENTO 01 PE123/2013 - PEDIDOS DE ESCLARECIMENTO QUESTIONAMENTO 01 1. As especificações do Edital descrevem a configuração do equipamento assim como as condições de garantia, prestação dos serviços de instalação

Leia mais

PROTOCOLO DE RETIRADA DE EDITAL VIA INTERNET

PROTOCOLO DE RETIRADA DE EDITAL VIA INTERNET PROTOCOLO DE RETIRADA DE EDITAL VIA INTERNET OBS.: o preenchimento e envio do protocolo abaixo é OBRIGATÓRIO para que os interessados possam receber o Edital Completo e também serem informados de qualquer

Leia mais

Software Support. Maintenance and Technical Support

Software Support. Maintenance and Technical Support Software Support Maintenance and Technical Support Estrutura de suporte a software da IBM Os especialistas do suporte a software contam com uma estrutura de suporte global para melhor atender os Clientes

Leia mais

Virtualização Gerencia de Redes Redes de Computadores II

Virtualização Gerencia de Redes Redes de Computadores II Virtualização Gerencia de Redes Redes de Computadores II *Créditos: baseado no material do Prof. Eduardo Zagari Virtualização - Introdução Introduzido nos anos 60 em Mainframes Em 1980 os microcomputadores

Leia mais

Sistemas Operacionais 1/66

Sistemas Operacionais 1/66 Sistemas Operacionais 1/66 Roteiro Máquinas virtuais Emuladores Propriedades Benefícios Futuro 2/66 Sistemas de Computadores Os sistemas de computadores são projetados com basicamente 3 componentes: hardware

Leia mais

Serviço HP IMC EAD Implementation

Serviço HP IMC EAD Implementation Serviço HP IMC EAD Implementation Dados técnicos O serviço HP IMC EAD Implementation tem o objetivo de fornecer a personalização do módulo Endpoint Admission Defense de acordo com as necessidades do Cliente

Leia mais

RFP DWDM entre São Paulo Rio de Janeiro

RFP DWDM entre São Paulo Rio de Janeiro RFP DWDM entre São Paulo Rio de Janeiro Sumário 1 Objetivo... 3 2 Escopo... 3 3 Descrição Hardware e Requisitos solicitados... 4 3.1 Instalação:... 5 3.2 Funcionalidade da Transmissão:... 5 4 Serviços...

Leia mais