XI JORAP - 13 a 22 de novembro de 2013 Jornada de Reflexão Acadêmico Profissional

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "XI JORAP - 13 a 22 de novembro de 2013 Jornada de Reflexão Acadêmico Profissional"

Transcrição

1 1 Projeto: Timelog 2 Projeto: Empresa FIA

2 3 Projeto: Empresa Suport Flex 4 Projeto: Legacy

3 5 Projeto: Tecnolog 6 Projeto: FIA

4 7 Projeto: Layout de um armazém - Projeto 1 8 Projeto: Layout de um armazém - Projeto 2

5 9 Projeto: Layout de um armazém - Projeto 3 10 Projeto: Layout de um armazém - Projeto 4

6 11 Projeto: Layout de um armazém - Projeto 5 12 Projeto: Layout de um armazém - Projeto 6

7 13 Projeto: Layout de um armazém - Projeto 7 14 Projeto: Layout de um armazém - Projeto 8

8 15 Projeto: Layout de um armazém - Projeto 9 16 Projeto: Layout de um armazém - Projeto 10

Expedição e Recepção A gestão da expedição e recepção de artigos, bem como conferir os documentos de ordens de produção, também ajuda ao desempenho do fluxo produtivo Gestão do Armazém Disponibilizar e

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ENSINO : Profissional DISCIPLINA : Gestão TURMA : 10º H ANO LETIVO : 2011/2012

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ENSINO : Profissional DISCIPLINA : Gestão TURMA : 10º H ANO LETIVO : 2011/2012 ENSINO : Profissional DISCIPLINA : Gestão TURMA : 10º H ANO : 2011/2012 Analisar a evolução do conceito de organização Enumerar algumas finalidades de caráter económico e social das organizações Reconhecer

Leia mais

QUARTA LISTA DE EXERCÍCIOS: ARRANJO FÍSICO

QUARTA LISTA DE EXERCÍCIOS: ARRANJO FÍSICO QUARTA LISTA DE EXERCÍCIOS: ARRANJO FÍSICO O modelo de processo criado por Muther (1978), denominado Systematic LayoutPlanning (SLP), é um dos mais antigos e bem conhecidos modelos aplicados em projetos

Leia mais

172 maio-16 UNIVIDA LOCAL PESSOA JURIDICA 438895020 438896028 185 maio-16 UNIVIDA LOCAL C/PATROC.ADESAO P.JURIDICA 438895020 438896028 201 maio-16 UNIPLAN RJ 02 C/PATROC.ADESAO JUR REF 438887029 438888027

Leia mais

estratégias operações

estratégias operações MERCADO FERRAMENTA NECESSIDADE O que é LOGÍSTICA? estratégias Fator de Diferenciação Competitiva Fator de Tomada de Decisão operações Busca pela Excelência na Gestão O que buscamos? EXCELÊNCIA LOGÍSTICA

Leia mais

Perspectiva Artística - Fachada

Perspectiva Artística - Fachada Perspectiva Artística - Fachada O projeto encontra-se em aprovação junto à Prefeitura Municipal de Curitiba, sob o protocolo 003406/2012, e somente será comercializado após a emissão do alvará e posteriormente

Leia mais

Percentual de Reajuste Calculado para o Agrupamento de Contratos: 9,04% Período de Aplicação do Reajuste do Agrupamento: Maio de 2014 a Abril 2015

Percentual de Reajuste Calculado para o Agrupamento de Contratos: 9,04% Período de Aplicação do Reajuste do Agrupamento: Maio de 2014 a Abril 2015 001/10 NR PJ NAC AMB HOSP ENF OBST COPARTICIPACAO 25% 704.353/99-8 001/10 NR PJ NAC AMB HOSP ENF COPARTICIPACAO 25% 704.351/99-1 001/10 NR PJ NAC AMB HOSP APTO COPARTICIPACAO 25% 704.355/99-4 002/06 NR

Leia mais

Slides com o Tema Escolhido. GRUPO AZUL: Ana Clara Araújo Côrte Luana Salgado Diego Pereira Bruno Reis

Slides com o Tema Escolhido. GRUPO AZUL: Ana Clara Araújo Côrte Luana Salgado Diego Pereira Bruno Reis Slides com o Tema Escolhido GRUPO AZUL: Ana Clara Araújo Côrte Luana Salgado Diego Pereira Bruno Reis Planejamento da Administração da Armazenagem Missão da Armazenagem Viabilizar a melhor gestão possível

Leia mais

HISTÓRICO DE REVISÕES

HISTÓRICO DE REVISÕES PÁGINA: 1/9 DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRAD ÁREAS SEPAT FPB/ QUALIDADE CÓDIGO DE CLASSIFICAÇÃO DO DOCUMENTO 010 TíTULO: DISTRIBUIR KIT DE BENS ELABORADO EM:21/08/2014 REVISADO EM:27/08/2014 APROVADO EM:29/08/2014

Leia mais

Reestruturação dos Processos Logísticos Caso Prático

Reestruturação dos Processos Logísticos Caso Prático Reestruturação dos Processos Logísticos Caso Prático Helena Gaspar 09 Novembro 2007 1/24 Reestruturação dos Processos Logísticos Caso Prático Logística no HSM Helena Gaspar Anterior Modelo de Logística

Leia mais

Formação Gestão de Armazéns. Formação. Gestão de Armazéns. Página1. Logisformação Andreia Campos. Empresa acreditada por:

Formação Gestão de Armazéns. Formação. Gestão de Armazéns. Página1. Logisformação Andreia Campos. Empresa acreditada por: Página1 Formação Gestão de Armazéns Empresa acreditada por: Página2 A Logisformação A Logisformação é o resultado de 20 anos de experiência da Logistema Consultores de Logística S.A. no apoio ao desenvolvimento

Leia mais

Guia de Organização de Eventos

Guia de Organização de Eventos Guia de Organização de Eventos Entrar em contacto com a organização do Evento de modo a obter as informações gerais Preço do Espaço de Exposição. Tipo de stand só espaço ou standard. Espaço mínimo para

Leia mais

MEDIDA VIDA ATIVA. Objetivos, destinatários e operacionalização

MEDIDA VIDA ATIVA. Objetivos, destinatários e operacionalização Objetivos, destinatários e operacionalização Objetivos - consolidar, integrar e aperfeiçoar um conjunto de intervenções orientadas para a ativação dos desempregados, favorecendo a aprendizagem ao longo

Leia mais

INTRALOGÍSTICA À UBV, EMPRESA LÍDER NA PRODUÇÃO DE VIDROS IMPRESSOS NO BRASIL.

INTRALOGÍSTICA À UBV, EMPRESA LÍDER NA PRODUÇÃO DE VIDROS IMPRESSOS NO BRASIL. DE INTRALOGÍSTICA À UBV, EMPRESA LÍDER NA PRODUÇÃO DE VIDROS IMPRESSOS NO BRASIL. C.B.MARRA e ELISEU Silva C.B.MARRA e ELISEU Sil va São Paulo, 26 de Junho de 2007. São Paulo, 26 de Junho de 2007. 1 CONSUMIDOR

Leia mais

Censos 2011. Uma operação em Business Process Outsourcing (BPO) Censos 2011

Censos 2011. Uma operação em Business Process Outsourcing (BPO) Censos 2011 Uma operação em Business Process Outsourcing (BPO) Conferência APDSI Uma Agenda Nacional para o BPO Business Process Outsourcing 22 Novembro 2011 1 Índice A importância dos Censos O outsourcing da operação

Leia mais

Padronização da gestão

Padronização da gestão SOLUÇÕES NASSOFT ERP - GESTÃO ESCOLAR NASSOFT MANAGER Padronização da gestão Para ser líder de mercado é preciso estratégia Para ter estratégia é preciso inteligência Não há inteligência sem informação

Leia mais

Logistica e Distribuição

Logistica e Distribuição Mas quais são as atividades da Logística? Ballou, 1993 Logística e Distribuição Armazenagem e Movimentação Primárias Apoio 1 2 A armazenagem corresponde a atividades de estocagem ordenada e a distribuição

Leia mais

Clientes que pertencem ao Pool de Risco (RN 309/2012) Período: maio/2013 a abril/2014 Código do Cliente Registro do Plano na ANS Nome do Plano

Clientes que pertencem ao Pool de Risco (RN 309/2012) Período: maio/2013 a abril/2014 Código do Cliente Registro do Plano na ANS Nome do Plano Clientes que pertencem ao Pool de Risco (RN 309/2012) Período: maio/2013 a abril/2014 Código do Cliente Registro do Plano na ANS Nome do Plano 7 434.063/00-9 UNIPART FLEX XX 20 426.856/99-3 UNIPART MAIS

Leia mais

Mapa de Pessoal do INEM (art. 5º LVCR) Ano 2012

Mapa de Pessoal do INEM (art. 5º LVCR) Ano 2012 Mapa de Pessoal do INEM (art. 5º LVCR) Ano 22 - Presidente do Conselho Diretivo - Área Médica - Vogal do Conselho Diretivo - 2 - Diretor Regional Dirigente Intermédio º Grau - 4 - Diretor de Departamento

Leia mais

Implementação de Lean Manufacturing na fábrica de geradores EFACEC Energia, S.A. Unidade de Servicing

Implementação de Lean Manufacturing na fábrica de geradores EFACEC Energia, S.A. Unidade de Servicing Implementação de Lean Manufacturing na fábrica de geradores EFACEC Energia, S.A. Unidade de Servicing 28 ou 29 de Junho de 2011 (Consoante data da s/ intervenção) Nome da Apresentação (insira os dados

Leia mais

Prevenção e Combate a Incêndios em Terminais de Movimentação de Produto a Granel. Dezembro/14

Prevenção e Combate a Incêndios em Terminais de Movimentação de Produto a Granel. Dezembro/14 Prevenção e Combate a Incêndios em Terminais de Movimentação de Produto a Granel Dezembro/14 Agenda Descrição do Incêndio Combate Ações Ambientais Proteção Contra Incêndio e Melhorias Presença de pó na

Leia mais

Curso de Graduação em Administração. Administração da Produção e Operações I

Curso de Graduação em Administração. Administração da Produção e Operações I Curso de Graduação em Administração Administração da Produção e Operações I 22º Encontro - 11/05/2012 18:50 às 20:30h COMO SERÁ NOSSO ENCONTRO HOJE? - ABERTURA - CAPACIDADE E TURNOS DE TRABALHO. 02 Introdução

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 28/SEAOF.GDGSET.GP, DE 28 DE JANEIRO DE 2010

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 28/SEAOF.GDGSET.GP, DE 28 DE JANEIRO DE 2010 TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 28/SEAOF.GDGSET.GP, DE 28 DE JANEIRO DE 2010 O MINISTRO PRESIDENTE DO TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, ad

Leia mais

Sistemas de Armazenagem de

Sistemas de Armazenagem de Sistemas de Armazenagem de Materiais Características e conceitos para utilização de Sistemas de armazenagem de materiais Objetivos Destacar a importância do lay-out out, dos equipamentos de armazenagem

Leia mais

309 maio-14 UNIVIDA LOCAL C/PATROC.ADESAO P.JURIDICA 438895020 438896028 314 maio-14 UNIPLAN RJ 02 PESSOA JURIDICA NACIONAL 438887029 438888027 329

309 maio-14 UNIVIDA LOCAL C/PATROC.ADESAO P.JURIDICA 438895020 438896028 314 maio-14 UNIPLAN RJ 02 PESSOA JURIDICA NACIONAL 438887029 438888027 329 Índice de Reajuste válido para contratos sujeitos ao agrupamento da RN 309 (de 24/10/2012), para o período de 05/2014 à 04/2015: 17,39% (dezessete vírgula trinta e nove porcento). Número Contrato Reajuste

Leia mais

4.5 Kanban. Abertura. Definição. Conceitos. Aplicação. Comentários. Pontos fortes. Pontos fracos. Encerramento

4.5 Kanban. Abertura. Definição. Conceitos. Aplicação. Comentários. Pontos fortes. Pontos fracos. Encerramento 4.5 Kanban 4.5 Kanban Já foi citado o caso de como o supermercado funcionou como benchmarking para muitas ideias japonesas. Outra dessas ideais inverteu o fluxo da produção: de empurrada passou a ser puxada.

Leia mais

25/08/2015 HORÁRIO DE AULAS 2º SEMESTRE DE 2015 CURSO: PEDAGOGIA TURNO: NOTURNO

25/08/2015 HORÁRIO DE AULAS 2º SEMESTRE DE 2015 CURSO: PEDAGOGIA TURNO: NOTURNO 2º PERÍODO Fia A - José Heleno Ferreira Fia B - Wagner R. da Cruz L.P.T A Suzanne S. R. P.C.C A Ulisses A. Natividade Soc. A - Rosana R.Corgosinho Seminário Interdisciplinar I Alessandra F. Elaine K. S.

Leia mais

Metas e objetivos do Programa Linha do Tempo Por que avaliar? Medidas Educacionais Tipos de Avaliação O que éavaliado? Fatores Associados ao

Metas e objetivos do Programa Linha do Tempo Por que avaliar? Medidas Educacionais Tipos de Avaliação O que éavaliado? Fatores Associados ao A Avaliação do PAEBES Metas e objetivos do Programa Linha do Tempo Por que avaliar? Medidas Educacionais Tipos de Avaliação O que éavaliado? Fatores Associados ao Desempenho Programa de Avaliação da Educação

Leia mais

Cap. 7 Atendendo à demanda. André Jun Nishizawa

Cap. 7 Atendendo à demanda. André Jun Nishizawa Cap. 7 Atendendo à demanda Qual o propósito deste capítulo? Mostrar o atendimento como processo de satisfazer a demanda imediata de produtos. Em verdade, o atendimento representa um ciclo completo dos

Leia mais

ANEXO I ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS FIA 2011. Cada projeto deve conter no máximo 20 páginas

ANEXO I ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS FIA 2011. Cada projeto deve conter no máximo 20 páginas Cada projeto deve conter no máximo 20 páginas 1. APRESENTAÇÃO Faça um resumo claro e objetivo do projeto, considerando a situação da criança e do adolescente, os dados de seu município, os resultados da

Leia mais

Definir os objetivos do projeto Início: 4/8/10 Identificação: 6. Implementar o termo de abertura Início: 10/8/10 Identificação: 7

Definir os objetivos do projeto Início: 4/8/10 Identificação: 6. Implementar o termo de abertura Início: 10/8/10 Identificação: 7 Reestruturação LAS I Início: 3/8/10 Id: 1 Término: 24/11/10 Dur: 30 dias Fase de Iniciação Início: 3/8/10 Id: 2 Término: 18/8/10 Dur: 6 dias Criação de empresa virtual Início: 3/8/10 Id: 3 Término: 18/8/10

Leia mais

1 Concurso de Design e Arquitetura Interact Mangini INTERACT SOLUÇÕES DE ESPAÇO LTDA

1 Concurso de Design e Arquitetura Interact Mangini INTERACT SOLUÇÕES DE ESPAÇO LTDA REGULAMENTO 1 Concurso de Design e Arquitetura Interact Mangini INTERACT SOLUÇÕES DE ESPAÇO LTDA 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS 1.1. A Interact junta ao Grupo Mangini Internacional compromete-se por acompanhar

Leia mais

PCIO. Soluções PCIO Sua empresa na nova era. Mobilidade e independência PCIO. Segurança, disponibilidade, escalabilidade.

PCIO. Soluções PCIO Sua empresa na nova era. Mobilidade e independência PCIO. Segurança, disponibilidade, escalabilidade. O sistema foi desenhado por um grupo de Para clientes e usuários, é certeza de Soluções essência das soluções para a virtualização dos Solução abrangente, o inclui: O sistema foi desenhado por um grupo

Leia mais

PROPOSIÇÃO DE MODELO DE ENDEREÇAMENTO DE MATERIAIS PARA APLICAÇÃO EM EMPRESAS VAREJISTAS DE PEQUENO A MÉDIO PORTE

PROPOSIÇÃO DE MODELO DE ENDEREÇAMENTO DE MATERIAIS PARA APLICAÇÃO EM EMPRESAS VAREJISTAS DE PEQUENO A MÉDIO PORTE XXIX ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. PROPOSIÇÃO DE MODELO DE ENDEREÇAMENTO DE MATERIAIS PARA APLICAÇÃO EM EMPRESAS VAREJISTAS DE PEQUENO A MÉDIO PORTE Marcelo Coelho de Sousa (UNAMA) marcelocsousa@yahoo.com.br

Leia mais

O Projecto FORBEN na Jomazé

O Projecto FORBEN na Jomazé centro tecnológico da cerâmica e do vidro coimbra portugal O Projecto FORBEN na Jomazé Mário Sousa Jomazé Louças Artísticas e Decorativas, Lda CTCV 29 de Maio de 2008 centro tecnológico da cerâmica e do

Leia mais

Sistema de Auto Venda

Sistema de Auto Venda Sistema de Auto Venda PingWin BO + TPA móvel Este documento é propriedade intelectual do GrupoPIE e fica proibida a sua utilização ou propagação sem expressa autorização escrita. O GrupoPIE GrupoPIE, líder

Leia mais

Gestão da Produção e Operações

Gestão da Produção e Operações Curso de pós-graduação Lato Sensu MBA Executivo em Gestão da Produção e Operações Na atual competitividade do mercado, o MBA do INPG se transforma em um importante diferencial para empreendedores e executivos

Leia mais

TABELA DE PLANOS DE CONSÓRCIOS PLANO - SICOOB B TABELA VÁLIDA SOMENTE ATÉ 05/09/2014

TABELA DE PLANOS DE CONSÓRCIOS PLANO - SICOOB B TABELA VÁLIDA SOMENTE ATÉ 05/09/2014 TABELA DE PLANOS DE CONSÓRCIOS PLANO - SICOOB B TABELA VÁLIDA SOMENTE ATÉ 05/09/2014 CONSÓRCIOS DE IMÓVEIS R$ 209.298,00 100% R$ 2.408,50 R$ 1.704,05 R$ 188.367,00 90% R$ 2.167,64 R$ 1.533,63 904 150 400

Leia mais

CADEX. Consultoria em Logística Interna. Layout de armazém. Objectivos. Popularidade. Semelhança. Tamanho. Características

CADEX. Consultoria em Logística Interna. Layout de armazém. Objectivos. Popularidade. Semelhança. Tamanho. Características CADEX Consultoria em Logística Interna Layout de armazém fonte: Wikipédia O layout de armazém é a forma como as áreas de armazenagem de um armazém estão organizadas, de forma a utilizar todo o espaço existente

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TR

TERMO DE REFERÊNCIA - TR TERMO DE REFERÊNCIA - TR CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA MINISTRAR O CURSO DE GERENCIAMENTO DAS OPERAÇÕES DE TERMINAIS DE LOGÍSTICA DE CARGA NAS DEPENDÊNCIAS DA INFRAERO. 1 CONTROLE DE REVISÕES ELABORADO:

Leia mais

Flavio Xavier www.flaviocursos.com.br. Gráficos dos sinais elétricos dos componentes do sistema de injeção eletrônica Delco Multec GM Corsa 1.

Flavio Xavier www.flaviocursos.com.br. Gráficos dos sinais elétricos dos componentes do sistema de injeção eletrônica Delco Multec GM Corsa 1. Gráficos dos sinais elétricos dos componentes do sistema de injeção eletrônica Delco Multec GM Corsa 1.8 Flex GM Corsa 1.8 Flex primário IGN1 + primário IGN2 GM Corsa 1.8 Flex primário IGN1 + primário

Leia mais

Serviços de Acção Social da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. Núcleo de Planeamento, Controlo e Gestão da Qualidade

Serviços de Acção Social da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. Núcleo de Planeamento, Controlo e Gestão da Qualidade Serviços de Acção Social da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Núcleo de Planeamento, Controlo e Gestão da Qualidade Unidades Operativas de Backoffice Informativo Nº4/2010 Proposta de Upgrade

Leia mais

Concepção do Complexo Portuário da EMBRAPS em Santarém

Concepção do Complexo Portuário da EMBRAPS em Santarém Concepção do Complexo Portuário da EMBRAPS em Santarém Objetivo Elaborar o projeto conceitual do Terminal Portuário da EMBRAPS em Santarém, para exportação de granéis sólidos (soja e milho). O projeto

Leia mais

REVITALIZAÇÃO DO CAIS COMERCIAL DO PORTO DE VITÓRIA

REVITALIZAÇÃO DO CAIS COMERCIAL DO PORTO DE VITÓRIA REVITALIZAÇÃO DO CAIS COMERCIAL DO PORTO DE VITÓRIA O projeto de revitalização do Porto de Vitória é uma obra do Plano de Aceleração do Crescimento PAC e complementa os projetos de Ampliação do Cais Comercial,

Leia mais

Planos. Nome Comercial do Plano de Saúde

Planos. Nome Comercial do Plano de Saúde Planos Plano ANS Nome Comercial do Plano de Saúde 400019986 FAMILIAR/EMPRESARIAL EM ENFERMARIA 400020980 FAMILIAR/EMPRESARIAL EM APARTAMENTO 400021988 FAMILIAR/EMPRESARIAL EM ENFERMARIA COM OBSTETRÍCIA

Leia mais

S1 Seiri Separar o desnecessário. Resultado esperado Um local de trabalho desimpedido. Definição Remover objectos não essenciais do local de trabalho

S1 Seiri Separar o desnecessário. Resultado esperado Um local de trabalho desimpedido. Definição Remover objectos não essenciais do local de trabalho S1 Seiri Separar o desnecessário Remover objectos não essenciais do local de trabalho 1. Tirar fotografias à área onde se inicia o projecto 5S; 2. Rever os critérios para separar os objectos desnecessários;

Leia mais

PERFORMANCE REPORT DASHBOARD

PERFORMANCE REPORT DASHBOARD Empresa 100% Portuguesa PERFORMANCE REPORT DASHBOARD Implemente um sistema de Business Intelligence rápido e eficiente, de forma a monitorizar regularmente os indicadores do seu negócio Área comercial,

Leia mais

Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM. memoriafsm.org

Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM. memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Manual de Identidade Visual 2. Elementos da Identidade Visual 2.3.

Leia mais

A Black Friday é uma das principais datas da atualidade para o comércio brasileiro movimentou cerca de R$871 milhões de reais na sua última edição*

A Black Friday é uma das principais datas da atualidade para o comércio brasileiro movimentou cerca de R$871 milhões de reais na sua última edição* A Black Friday é uma das principais datas da atualidade para o comércio brasileiro movimentou cerca de R$871 milhões de reais na sua última edição* Dentre os resultados temos: 48% de aumento nas vendas

Leia mais

Condutores de cobre para cabos Isolados (IEC 60228 MOD) NBR 7288

Condutores de cobre para cabos Isolados (IEC 60228 MOD) NBR 7288 PRYSMIAN CABO SINTENAX FLEX 0,6 / 1KV CLASSE 5 Código 8233 PRYSMIAN SINTENAX FLEX Cabo Unipolar Classe 5 ; BFW Antiflam 1 x 1,5 mm2 70ºC 0,6 / 1 KV Secção: 1 x 1,5 mm 2 Cor da Cobertura: Diâmetro Nominal

Leia mais

Mecânica Geral (Geraldo Magela Rodrigues de Almeida) Cálculo III. Mecânica Geral (Geraldo Magela Rodrigues de Almeida) Cálculo III

Mecânica Geral (Geraldo Magela Rodrigues de Almeida) Cálculo III. Mecânica Geral (Geraldo Magela Rodrigues de Almeida) Cálculo III 3ºA PERÍODO Alterado em 07/04/2015 Física II - T Física II - T Aplicados à Engenharia de Aplicados à Engenharia de Física II - T Física II - P Física II - P (*) / (*) Aplicados à Engenharia de de de 3ºB

Leia mais

Logística Empresarial

Logística Empresarial Curso de pós-graduação Lato Sensu MBA Executivo em Logística Empresarial Na atual competitividade do mercado, o MBA do INPG se transforma em um importante diferencial para empreendedores e executivos que

Leia mais

Manual Gestix Personalização de Documentos. Gestix.com

Manual Gestix Personalização de Documentos. Gestix.com Manual Gestix Personalização de Documentos Gestix.com Objectivo Este manual tem por objectivo ajudar o profissional e o utilizador com conhecimentos técnicos a personalizar o layout das facturas e outros

Leia mais

ANEXO I - Proposta. 1. Apresentação. 2. Tecnologia. 3. Metodologia

ANEXO I - Proposta. 1. Apresentação. 2. Tecnologia. 3. Metodologia ANEXO I - Proposta 1. Apresentação A empresa Join desenvolve projetos que oferecem soluções através da tecnologia, oferecendo aos clientes e usuários ferramentas para a realização de tarefas, de maneira

Leia mais

PROJETO GESTÃO DE ESTOQUES. Frente Almoxarifado

PROJETO GESTÃO DE ESTOQUES. Frente Almoxarifado PROJETO GESTÃO DE ESTOQUES Frente Almoxarifado Belo Horizonte, setembro de 2011 Agenda Projeto Gestão de Estoques Cartilhas Agendamento de Recebimentos e de Expedições Recebimento Armazenagem Carregamento

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA 212/2012 Objeto: 1 Atividades 2 Prazo para Execução do Contrato 3 Valor do Contrato 4 Produtos 5 Qualificação

TERMO DE REFERÊNCIA 212/2012 Objeto: 1 Atividades 2 Prazo para Execução do Contrato 3 Valor do Contrato 4 Produtos 5 Qualificação TERMO DE REFERÊNCIA 212/2012 Objeto: Análise técnica da logística realizada para distribuição, bem como cobertura de insumos, correlatos e medicamentos pelo Ministério da Saúde para os estados. Avaliação

Leia mais

Manual das Funcionalidades do Manual Expedição do WMS

Manual das Funcionalidades do Manual Expedição do WMS Manual das Funcionalidades do Manual - Controle de Expedição do WMS Versão do Documento: 1.0 Autor(s) Denilson Edinaldo Pinto Sumário 1. Introdução... 3 2.... 4 P á g i n a 2 1. Introdução Este documento

Leia mais

Minha Casa Minha Vida ALTERNATIVAS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

Minha Casa Minha Vida ALTERNATIVAS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA Minha Casa Minha Vida ALTERATIVAS DE EFICIÊCIA EERGÉTICA Envoltória para Verão Envoltória para Inverno Aquecimento de Água - AQ Envoltória se refrigerada artificialmente PRÉ-REQUISITOS BR 15220 BR 15575

Leia mais

Curso de Logísticas Integrada

Curso de Logísticas Integrada 1 Introdução a Logística; Capítulo 1 - Conceitos de logística; Breve Histórico da Logística; Historia da logística; SCM; Logística Onde estávamos para onde vamos? Estratégia para o futuro; 2 Conceitos

Leia mais

RESUMO CRIATIVO É importante seguir as instruções detalhadas abaixo.

RESUMO CRIATIVO É importante seguir as instruções detalhadas abaixo. RESUMO CRIATIVO É importante seguir as instruções detalhadas abaixo. - 1/ COMUNICAÇÃO DE DADOS - Empresa e informações sobre o produto - Identidade e valores - Objetivo - Mercado: competição e distribuição

Leia mais

Universidade Federal de Itajubá 02/09/2015 APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO. Caminhonetes. Dados de entrada

Universidade Federal de Itajubá 02/09/2015 APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO. Caminhonetes. Dados de entrada APRESENTAÇÃO - O QUE VAMOS EXPLORAR? Comando SPLIT Comando SEND APRESENTAÇÃO Lote de MP Fornecedor Armazém MP Máquina Caminhonetes Fornecedor Dados de entrada Cliente Taxa de produção da Máquina: 1 MP/min

Leia mais

Competências Farmacêuticas Indústria Farmacêutica Versão 23.xi.15

Competências Farmacêuticas Indústria Farmacêutica Versão 23.xi.15 Competências Farmacêuticas Indústria Farmacêutica Versão 23.xi.15 Competência* Conteúdos*1 *3 a que se candidata + E a que se candidata + E a que se candidata + E a que se candidata + E Tipo de Competência*2

Leia mais

ANÁLISE DO GERENCIAMENTO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS POR MEIO DO PROGRAMA 5 S EM UMA TRANSPORTADORA NA CIDADE DE MARINGÁ

ANÁLISE DO GERENCIAMENTO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS POR MEIO DO PROGRAMA 5 S EM UMA TRANSPORTADORA NA CIDADE DE MARINGÁ 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 ANÁLISE DO GERENCIAMENTO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS POR MEIO DO PROGRAMA 5 S EM UMA TRANSPORTADORA NA CIDADE DE MARINGÁ Daiane Maria De Genaro Chiroli 1

Leia mais

Logística e Gestão da Distribuição

Logística e Gestão da Distribuição Logística e Gestão da Distribuição Logística integrada e sistemas de distribuição (Porto, 1995) Luís Manuel Borges Gouveia 1 1 Sistemas integrados de logística e distribuição necessidade de integrar as

Leia mais

Cap. 9 Avaliando o desempenho. André Jun Nishizawa

Cap. 9 Avaliando o desempenho. André Jun Nishizawa Cap. 9 Avaliando o desempenho O que avaliar? Tempo; Custo; Eficiência; Eficácia. Medindo o tempo Medindo o tempo É a medida mais simples; Ora: trata-se da subtração de duas leituras 18h - 16h = 2h Mas

Leia mais

Sorocaba - Visão de FUTURO

Sorocaba - Visão de FUTURO Sorocaba - Visão de FUTURO AGENDA A cidade de Sorocaba Sistema de Inovação Parque Tecnológico de Sorocaba Centro de Inovação Oportunidades História da Cidade de Sorocaba Fundada em 1654, pelo capitão Baltazar

Leia mais

MANUAL DE TESTES - SDC 701

MANUAL DE TESTES - SDC 701 DG FLEX SENSOR DE TEMPERATURA DA ÁGUA - RESISTÊNCIA Verificar no conector da ECU, desconectado. Ligar a ponta de prova vermelha (+) do multímetro ao terminal 73-B da ECU. Ligar a ponta de prova preta (-)

Leia mais

Estamos presentes no mercado de prestação de serviços logísticos há 11 anos; Temos Know-how europeu;

Estamos presentes no mercado de prestação de serviços logísticos há 11 anos; Temos Know-how europeu; Estamos presentes no mercado de prestação de serviços logísticos há 11 anos; Temos Know-how europeu; Fazemos uma parceria total com o cliente, combinando redução de custos fixos e otimização de recursos

Leia mais

Portfolio ACRWEBSITES. Criando o que você imagina. Facebook: facebook.com/acrwebsites Portfolio on line: www.acrwebsites.com.br

Portfolio ACRWEBSITES. Criando o que você imagina. Facebook: facebook.com/acrwebsites Portfolio on line: www.acrwebsites.com.br ACRWEBSITES Tecnologia da Informação Criando o que você imagina Portfolio Facebook: facebook.com/acrwebsites Portfolio on line: www.acrwebsites.com.br ACRWEBSITES Tecnologia da Informação Criando o que

Leia mais

Sistema de Gestão de Armazéns por Rádio Frequência

Sistema de Gestão de Armazéns por Rádio Frequência Sistema de Gestão de Armazéns por Rádio Frequência problema Má organização do espaço físico Mercadoria estagnada Tempos de resposta longos Expedições incorrectas Ausência de rastreabilidade Informação

Leia mais

Campos Chave para Modelo de E-mail de Mudanças

Campos Chave para Modelo de E-mail de Mudanças Campos Chave para Modelo de E-mail de Mudanças Este documento fornece a relação dos campos chave, disponíveis para inserção no cadastro de modelo de e-mail relacionado a mudanças. Versão 1.2 15/08/2013

Leia mais

Técnicas de Logística Enxuta [6 de 11]

Técnicas de Logística Enxuta [6 de 11] Técnicas de Logística Enxuta [6 de 11] Introdução Rogério Bañolas ProLean Logística Enxuta No artigo anterior, vimos uma seqüência recomendada para implementação, bem como uma explicação sucinta de como

Leia mais

Manual de Importação/Exportação de Arquivos Texto

Manual de Importação/Exportação de Arquivos Texto Manual de Importação/Exportação de Arquivos Texto Produto : RM Gestão de Estoque, Compras e Faturamento 12.1.4 Processo : Importação/Exportação de Arquivos Texto Subprocesso : N/A Data publicação da :

Leia mais

Flex. MANUAL DE USO DA FERRAMENTA FLEX O Flex como gerenciador de conteúdo

Flex. MANUAL DE USO DA FERRAMENTA FLEX O Flex como gerenciador de conteúdo 2011 MANUAL DE USO DA FERRAMENTA FLEX O Flex como gerenciador de conteúdo Aprenda como é simples utilizar a ferramenta Flex como seu gerenciador de conteúdo online. Flex Desenvolvido pela ExpandWEB 31/01/2011

Leia mais

CLIENTE. Novembro/2014. Propriedade Intelectual: Eytan Magal Soluções e Gerenciamento de Segurança

CLIENTE. Novembro/2014. Propriedade Intelectual: Eytan Magal Soluções e Gerenciamento de Segurança PORTO FERRAZ Empreendimento Residencial Vertical 2 Torres 243 unidades Melbourne Flex Jundiaí I Eytan Magal e Jorge Custódio Analise de Segurança em Canteiro de Obras, identificação das vulnerabilidades

Leia mais

02 - LINHA LEVE - MANGUEIRAS_Layout 1 10/12/2010 00:07 Page 21 VEÍCULOS LEVES MANGUEIRAS

02 - LINHA LEVE - MANGUEIRAS_Layout 1 10/12/2010 00:07 Page 21 VEÍCULOS LEVES MANGUEIRAS 02 - LINHA LEVE - _Layout 1 10/12/2010 00:07 Page 21 02 - LINHA LEVE - _Layout 1 10/12/2010 00:07 Page 22 G 3001 G 3002 GOLF 99/01 1.6 LOGUS 92/96 1.6, 1.8, 2.0 POINTER 94/96 1.8, 2.0 CARBURADOR ELETRICO

Leia mais

GESTÃO ESTRATÉGICA COM O USO DO BSC. Modelo / Conceitos adotados

GESTÃO ESTRATÉGICA COM O USO DO BSC. Modelo / Conceitos adotados GESTÃO ESTRATÉGICA COM O USO DO BSC Modelo / Conceitos adotados DPPE/DVIE Outubro 2013 GESTÃO ESTRATÉGICA COM O USO DO BSC Modelo / Conceitos Adotados Desdobramento da Estratégia Necessidades Cadastro

Leia mais

PREMIO ABRALOG DE LOGÍSTICA 2013 AMBEV Sistema de Segurança em Empilhadeiras com RFID (Pat. Req.)

PREMIO ABRALOG DE LOGÍSTICA 2013 AMBEV Sistema de Segurança em Empilhadeiras com RFID (Pat. Req.) PREMIO ABRALOG DE LOGÍSTICA 2013 AMBEV Sistema de Segurança em Empilhadeiras com RFID (Pat. Req.) 3.1. Informações gerais (no máximo em 1 página): Nome da empresa: AMBEV Endereço: Rua Renato Paes de Barros,

Leia mais

DIRETRIZES P/ O PLANEJAMENTO OU EXPANSÃO DAS INSTALAÇÕES 1 - Planeje o futuro layout com todos os detalhes. 2 - Projete as expansões em pelo menos

DIRETRIZES P/ O PLANEJAMENTO OU EXPANSÃO DAS INSTALAÇÕES 1 - Planeje o futuro layout com todos os detalhes. 2 - Projete as expansões em pelo menos CHECK SEU LAYOUT Com a quantidade a produzir, o planejamento do fluxo geral dos materiais, os métodos de trabalho planejados, mais o trabalho padrão especificado, nós podemos determinar e dimensionar os

Leia mais

Gestão de Projetos no segmento Logístico

Gestão de Projetos no segmento Logístico Gestão de Projetos no segmento Logístico Divulgação Colaborador no artigo Rui Carlos C. de Alencar Engenheiro Químico e Administrador pela U.F. PR, 39 anos de T.I. sendo os últimos 19 em Logística de Distribuição.

Leia mais

COMPARATIVOS. SOFTWARES de TRATAMENTO de PONTO SUGERIDOS pela ID DATA

COMPARATIVOS. SOFTWARES de TRATAMENTO de PONTO SUGERIDOS pela ID DATA COMPARATIVOS SOFTWARES de TRATAMENTO de PONTO SUGERIDOS pela ID DATA RECURSOS FLE JUNIOR SECULLUM 4 ASSEPONTO IDDATA Banco de Dados Access. Banco de Dados SQL Server. Banco de Dados SQL Oracle. Banco de

Leia mais

Armazenagem. Por que armazenar?

Armazenagem. Por que armazenar? Armazenagem Introdução Funções da armazenagem Atividades na armazenagem Objetivos do planejamento de operações de armazenagem Políticas da armazenagem Pilares da atividade de armazenamento Armazenagem

Leia mais

Recuperação de Edifícios. Projectos de Decoração. Cortinas e Cortinados. Papel de Parede. Pavimentos

Recuperação de Edifícios. Projectos de Decoração. Cortinas e Cortinados. Papel de Parede. Pavimentos Recuperação de Edifícios Projectos de Decoração Cortinas e Cortinados Papel de Parede Pavimentos Resumo Histórico da Empresa Fundada em 14/03/1997, em Corga de Lobão concelho de Santa Maria da Feira,

Leia mais

Conheça as soluções que irão transformar sua comunicação por email e trazer resultados expressivos.

Conheça as soluções que irão transformar sua comunicação por email e trazer resultados expressivos. Conheça as soluções que irão transformar sua comunicação por email e trazer resultados expressivos. O que é email marketing? Email marketing é o conceito de usar o e-mail como ferramenta de marketing direto.

Leia mais

Capítulo 11. Apresentação de simuladores visuais e interactivos desenvolvidos com o Microsoft Visual C++

Capítulo 11. Apresentação de simuladores visuais e interactivos desenvolvidos com o Microsoft Visual C++ Capítulo 11 Alguns simuladores orientados a objectos Apresentação de simuladores visuais e interactivos desenvolvidos com o Microsoft Visual C++ 11. Alguns simuladores orientados a objectos Apesar de existir

Leia mais

Projecto Industrial. Implantação de um Sistema Produtivo. Elaborado por: Dário Pereira Sofia Costa 3º Ano / EGI

Projecto Industrial. Implantação de um Sistema Produtivo. Elaborado por: Dário Pereira Sofia Costa 3º Ano / EGI Projecto Industrial Implantação de um Sistema Produtivo Elaborado por: Dário Pereira Sofia Costa 3º Ano / EGI Objectivos do Projecto Caracterização da Empresa Identificar todo o Processo Produtivo Conhecer

Leia mais

Objetivo do Projeto Articular, organizar e animar uma Rede Nacional

Objetivo do Projeto Articular, organizar e animar uma Rede Nacional Objetivo do Projeto Articular, organizar e animar uma Rede Nacional de Comercialização Solidária constituída por empreendimentos econômicos comerciais feiras permanentes, lojas e centrais/centros públicos

Leia mais

Gestão de Produção Indústria Têxtil e Confecções

Gestão de Produção Indústria Têxtil e Confecções Gestão de Produção Definição A Gestão de Produção para a Indústria Têxtil e Confecções associa o Controlo, Planeamento e Custeio Industrial dos vários sectores das denominadas Têxteis Verticais com o tratamento

Leia mais

PRODUÇÃO - Conceitos Iniciais

PRODUÇÃO - Conceitos Iniciais PRODUÇÃO - Conceitos Iniciais 1. Conceito - é a atividade de transformação (processo) de matéria-prima em utilidades necessárias ao consumidor. * Nenhuma organização sobrevive, a menos que produza alguma

Leia mais

Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio.

Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio. Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio. Plano de negócios estruturado ajuda na hora de conseguir financiamento. Veja dicas de especialistas e saiba itens que precisam constar

Leia mais

Clique no nome do canal de atendimento e confira: Internet. Autoatendimento. Fone Fácil. Agência

Clique no nome do canal de atendimento e confira: Internet. Autoatendimento. Fone Fácil. Agência Clique no nome do canal de atendimento e confira: Internet Fone Fácil Autoatendimento Agência Internet Produto Horário Limite Diário BRADESCO NET FIC FI REFERENCIADO DI BRADESCO NET FIC FI RENDA FIXA BRADESCO

Leia mais

Centreville - Pavimento Inferior - Bloco 4

Centreville - Pavimento Inferior - Bloco 4 entreville - Pavimento Inferior - Bloco 4 29 0 2 4 BL 2 BL BL BL 4 BLOO 4 50A 25A A B 2 4 Sala 29 Salas 0 e 2 25/0,0A 6A LEGENA NÃO PEFUA NA ÁEA HAHUAA QUAO E LUZ ENO O A QUAO E AUTOMAÇÃO Iluminação 2

Leia mais

GESTÃO COMERCIAL geral

GESTÃO COMERCIAL geral GESTÃO COMERCIAL geral DESCRITIVO DA APLICAÇÃO A TSR - Sistemas de Informação disponibiliza uma vasta gama de software capaz de satisfazer as necessidades dos nossos clientes, com diversas funcionalidades

Leia mais

MANUAL DE PREENCHIMENTO DA PLANILHA

MANUAL DE PREENCHIMENTO DA PLANILHA MANUAL DE PREENCHIMENTO DA PLANILHA PLAN2_ESTOQUES_DENTRO_E_FORA_DO_ESTADO.XLS 1 1- INTRODUÇÃO A planilha PLAN2_ESTOQUES_DENTRO_E_FORA_DO_ESTADO.XLS registra os estoques, conforme a Figura 1 abaixo: Figura

Leia mais

PROGRAMAÇÃO PARA INTERNET RICA RICH INTERNET APPLICATIONS

PROGRAMAÇÃO PARA INTERNET RICA RICH INTERNET APPLICATIONS PROGRAMAÇÃO PARA INTERNET RICA RICH INTERNET APPLICATIONS Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1 Objetivos Apresentar o que é uma Aplicação Rica para Internet Contextualizar tais aplicações na Web e os desafios

Leia mais

Centro de Operações Logísticas do Futuro

Centro de Operações Logísticas do Futuro Centro de Operações Logísticas do Futuro Luís Simões Logística Integrada Workshop Normas GS1 nos T&L 29 de Novembro de 2012 - Villa Rica - Lisboa Agenda Apresentação Luís Simões Projeto COL do Futuro -

Leia mais