Saiba por que é preciso ficar de olho no Congresso Nacional RODOLFO STUCKERT/AGÊNCIA SENADO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Saiba por que é preciso ficar de olho no Congresso Nacional RODOLFO STUCKERT/AGÊNCIA SENADO"

Transcrição

1 IMPRESSO ÓRGÃO INFORMATIVO E DE MOBILIZAÇÃO DOS NOTÁRIOS E REGISTRADORES DE MINAS GERAIS ANO 1 NÚMERO 1 MARÇO DE 2010 Saiba por que é preciso ficar de olho no Congresso Nacional RODOLFO STUCKERT/AGÊNCIA SENADO Os notários e registradores brasileiros precisam redobrar suas atenções e acompanhar com a máxima atenção os posicionamentos dos deputados federais e senadores no Congresso Nacional. Cerca de 500 projetos de lei tramitando nas duas casas legislativas podem trazer graves repercussões para toda a categoria. PÁGINA 3 A tecnologia a um click dos registradores civis O Cartosoft, programa especialmente desenvolvido para a informatização dos cartórios de registro civil de Minas, é uma ferramenta essencial para quem quer melhorar o desempenho de suas serventias. PÁGINA 7 SERJUS-ANOREG/MG articula acordo inédito e desata o nó do Registro da Reserva Legal O Congresso Nacional onde tramitam quase 500 projetos de lei que podem atingir a categoria, com perda de direitos e de importantes prerrogativas constitucionais, o que exige da ANOREG-BR intensa e constante vigilância Cartórios mineiros no topo da qualidade total PÁGINA 5 DIVULGAÇÃO Investimentos em infraestrutura, tecnologia e capacitação de pessoal é a fórmula adotada pelos cartórios mineiros que estão conquistando posição de destaque no cenário da qualidade total no setor, no Brasil. Vale a pena conhecer estes cartórios e saber um pouco mais sobre os programas de melhoria no atendimento que eles estão colocando em prática. PÁGINA 4 Pesquisa Datafolha certifica que os cartórios são confiáveis para mais de 80% dos brasileiros Rede de relacionamento reúne em um sistema contatos de lideranças: você já fez o seu cadastro? PÁGINA 6 PÁGINA 8 Um dos mais antigos cartórios de Belo Horizonte, o 1º Ofício de Registro de imóveis, que tem à frente o registrador Fernando Pereira do Nascimento, investiu em pessoal, tecnologia e no conforto

2 2 JORNAL DOS NOTÁRIOS E REGISTRADORES/MG Março 2010 EDITORIAL Nunca a união da classe foi tão importante quanto agora! Roberto Andrade Presidente da Paulo Risso Presidente do RECIVIL A nossa avaliação é de que precisamos congregar esforços e convidar a categoria para o debate franco e direto das questões que nos afligem, bem como apresentar aos colegas e ao público temas essenciais para o desenvolvimento e fortalecimento da nossa atividade. Os seguidos anos de desgastes e de incompreensão do real valor da nossa atividade, pelos diferentes níveis da administração pública e por parte de grupos minoritários junto à sociedade, acabaram por, de certa forma, criminalizar os debates democráticos em torno do setor e por fazer com que a nossa categoria perdesse a autoestima e se refugiasse no silêncio e no isolamento político e funcional. A informação e a mobilização dos notários e registradores mineiros são as missões que moverão este jornal a partir deste mês Na página 3 desta edição você poderá conferir que cerca de quinhentos projetos de lei, de iniciativa de deputados federais e de senadores, podem alterar, de alguma forma, os nossos direitos e prerrogativas constitucionais, a maioria delas dedicadas a criar isenções. Ao contrário do que se vê em determinados círculos dominantes do poder, as atividades do extrajudicial são sim reconhecidas como importantes e fundamentais pelos cidadãos brasileiros, que confiam e acreditam na nossa capacidade de atribuir qualidade, agilidade e a devida segurança jurídica aos mais variados atos da vida cível e econômica. O que precisamos fazer é apostar firmemente em ações e propostas que consolidem esta excelente aprovação popular que já conquistamos e garantirmos avanços ainda mais significativos. Podemos e queremos ser parceiros do desenvolvimento do Brasil, com soluções ainda mais inovadoras e arrojadas na prestação de serviços e nos avanços sociais. O caminho para isso é a desjudicialização, com a transferência para o extrajudicial de atribuições que hoje superlotam as varas de Família e Sucessões, públicas e especializadas em temas econômicos. Estes avanços e mudança de atitude perante a classe não virão por acaso, por gravidade. Serão fruto de muito trabalho, de perseverança, de criatividade e inventividade. E isso não se faz só, se constrói coletivamente e esse é o convite que lhe fazemos. Até a próxima edição! NOTAS & REGISTROS Novo presidente Corregedor e vice Finalizando as eleições para os cargos de direção do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), o desembargador Alvim Soares foi escolhido no dia 22 de fevereiro para o cargo de corregedor-geral de Justiça. A eleição, pelo voto secreto, ocorreu em sessão do Tribunal Pleno, que reuniu Convênio com a AGU Com a intenção de agilizar o repasse de dados e informações mantidas e pro duzidas pelos cartórios, a Associação dos Notários e Registradores do Brasil (ANOREG-BR) assinou, no dia 4 de fevereiro, um acordo de co o peração com a Advocacia-Geral da União (AGU). Por meio do convênio, a ANOREG-BR, em conjunto com suas entidades parceiras e Em eleição realizada no dia 22 de fevereiro, os desembargadores do Tribunal Pleno elegeram o desembargador Cláudio Costa para ocupar a presidência do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) a partir de junho, quando o atual presidente, desembargador Sérgio Resende, se aposenta. 115 dos 120 desembargadores do TJMG. O novo corregedor foi eleito com 102 votos. O desembargador Audebert Delage, que será o novo vice-corregedor-geral de Justiça, foi eleito com 73 votos. Os magistrados tomam posse em julho de 2010, para mandato de dois anos. representativas da atividade notarial e de registro, com promete-se a fornecer à AGU in formações possíveis a respeito de dados re gistrados nos cartórios extrajudiciais brasileiros, não sigilosos e que já estejam integrados em sistema de base de dados. A ANOREG- BR já havia assinado convênio semelhante com a Controladoria-Geral da União. Separação e Divórcio Já está valendo a determinação legal para que os notários e registradores civis com delegação de notas afixem, em local visível ao público, cartaz contendo a orientação sobre o direito de o cidadão proceder ao divórcio ou à separação consensual por meio de escritura pública. A SERJUS-ANO- REG/MG e o RECIVIL, sempre atentos em oferecer mais e melhor assistência aos seus associados e à classe dos notários e registradores de Minas Gerais, encaminharam, via Correios, uma cópia do cartaz para atender com segurança ao dispositivo legal. A sua afixação é obrigatória por força da Lei Estadual nº , de 15 de dezembro de 2009, que prevê, inclusive, Apelido Um agente penitenciário conseguiu, na Justiça, acrescentar em seu nome um apelido e, consequentemente, a retificação de seu registro de nascimento. Ele revelou que é chamado de Braddock pelos familiares, amigos e conhecidos. Por esse multas e penalidades para o seu descumprimento. O cartaz deverá ser colocado nas dependências do cartório em local visível e de fácil acesso pelo público, nos cartórios de notas e de registro civil com atribuições de notas. motivo, requereu a inclusão do apelido em seu nome. O juiz Fernando Humberto dos Santos, da Vara de Registros Públicos de Belo Horizonte, deferiu o pedido, afir mando que a permissão é prevista em lei. EXPEDIENTE Jornal dos Notários e Registradores órgão de informação e de mobilização dos notários e registradores de Minas Gerais Uma edição conjunta da e do RECIVIL Associação dos Notários e Registradores de Minas Gerais Presidente: Roberto Dias de Andrade Rua Juiz de Fora, Santo Agostinho - CEP.: Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil Telefone: (31) Fax: (31) Telefone Depto. Jurídico: (31) Fax: (31) RECIVIL Sindicato dos Oficiais de Registro Civil de Minas Gerais Presidente: Paulo Alberto Risso de Souza Av. Raja Gabáglia 1.666, 5º Andar - Gutierrez - CEP.: Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil Telefone: (31) Fax: (31) Jornalista Responsável: Clésio A. Teixeira - MTB: 4362 Concepção Gráfica: Leonardo Guimarães Impressão: Sempre Editora Ltda.

3 Março 2010 JORNAL DOS NOTÁRIOS E REGISTRADORES/MG 3 MOBILIZAÇÃO Notários e registradores de olho no Congresso 476 projetos podem pôr em risco conquistas e prerrogativas importantes para a manutenção da atividade Embora muita gente ainda considere chato falar de política, para os registradores e notários de todo o país acompanhar a aprovação de projetos que tramitam no Congresso Nacional pode fazer a diferença entre garantir ou ampliar conquistas para a categoria e evitar perdas importantes para o setor. De acordo com levantamento feito pela assessoria parlamentar da Associação Nacional dos Notários e Registradores (ANO- REG-BR), existem hoje 121 projetos que afetam titulares de cartório tramitando no Senado e 355 tramitando na Câmara dos Deputados. No total, são 476 propostas que, se forem transformadas em lei, vão afetar di retamente o dia a dia de notários e registradores de todo o país. Para evitar que os titulares de cartórios sejam surpreendidos por leis que prejudiquem a categoria, a ANOREG-BR tem empreendido esforços para monitorar a tramitação dos projetos, procurando os parlamentares e esclarecendo pontos que, muitas vezes, passam despercebidos por políticos que não conhecem profundamente os serviços extrajudiciais. Há muitos projetos que são apresentados por deputados e senadores, mas que já são leis. São O presidente do Sindicato dos Oficiais de Registro Civil de Minas Gerais (RECIVIL) e presidente da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais Brasil (Arpen-Brasil), Paulo Risso, acredita que a classe de notários e registradores têm que se unir para lutar por reivindicações coletivas. Por sua capilaridade, a categoria ainda está muito desunida. Não temos nem o nosso próprio Conselho, que seria um órgão nos moldes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que orientasse os profissionais do setor e criasse a nossa comissão de ética. Precisamos nos unir para garantir conquistas como estas, afirmou. Risso também aconselha os representantes do setor que participem mais das atividades políticas de sua região. Temos que ter mais representatividade política. O ideal é que tivéssemos representantes nas Assembleias Legislativas, na Câmara Federal e no Senado. Precisa- projetos que não têm sentido. Na verdade, muitas vezes, são criados para dar interpretação diferente a alguma lei preexistente. Outros concedem gratuidade sem prever nenhuma compensação para o titular do cartório, causando prejuízos que podem, em longo prazo, inviabilizar a atividade explicou o presidente da ANOREG-BR, Rogério Portugal Bacellar. Mesmo com o acompanhamento diário dos projetos, o processo de aprovação no Congresso é muito dinâmico, ainda conforme Bacellar. Em alguns casos, projetos que entram em votação pela manhã são aprovados em segundo turno à tarde, o que dificulta a ação da entidade. Além disso, algumas propostas de lei nem são levadas a plenário, sendo apreciadas somente por comissões, o que obriga a assessoria parlamentar da entidade a empenhar esforços para evitar que leis mal formuladas possam gerar obstáculos ao exercício das funções extrajudiciais. Por isso é tão importante que nossos associados entrem em contato com suas entidades regionais, que nos reportarão imediatamente suas demandas. Muitas vezes, os titulares elaboram emendas e as apresentam, quando a ANOREG-BR já elaborou e men - Lideranças chamam a atenção para a união da classe da similar e está esperando o momento certo para apresentá-la. Às vezes, antecipar a entrega pode prejudicar nossa estratégia política, explicou Bacellar. Até mesmo a falta de informações sobre as ações da entidade nacional, por parte dos associados, pode comprometer as conquistas da categoria. O assessor parlamentar da ANOREG-BR, Augusto Henrique Nardelli Pinto, é o responsável por detectar os projetos que podem afetar notários e registradores de todo o país e por acompanhar a tramitação e elaborar emendas a essas propostas de Lei. Ele também explica aos parlamentares os equívocos e pontos positivos e fortes dos projetos por eles apresentados. Quando o titular do cartório decide agir sozinho, pode acabar prejudicando o coletivo. Em alguns casos, projetos determinam a redução do prazo de expedição de alguma certidão de dez para cinco dias. A entidade pleiteia um prazo maior, porque para emitir tal documento é preciso fazer uma grande investigação, como por exemplo, verificar uma cadeia dominial. Se o titular do cartório apoia o projeto do deputado de sua região, acaba prejudicando o coletivo, explicou Nardelli. RECIVIL/ASCOM O presidente do RECIVIL e da Arpen-Brasil conclama a categoria a defender as prerrogativas constitucionais do setor mos ampliar nossa atuação política, procurando nossos representantes e interagindo mais com a sociedade, disse. O presidente da Associação dos Notários e Registradores de Minas Gerais (SERJUS/ANO- REG-MG), Roberto Andrade, reforça o apelo por mais união da categoria. Se nós não arregaçarmos as mangas na defesa de nossos direitos e de nossas prerrogativas constitucionais ninguém o fará por nós. A derrota é certa para quem dor me, para quem não vai à luta e para quem não apresenta argumentos consistentes e firmes na defesa daquilo em que acredita. A união é o nosso maior trunfo, conclui Andrade. O presidente da ANOREG-BR, Rogério Portugal Bacellar, destaca o grande número de projetos sobre gratuidades, apresentados no Congresso Projetos que mais preocupam a categoria A luta contra o excesso de projetos que concedem gratuidade na entrega de documentos emitidos por cartórios é uma das mais árduas, de acordo com Nardelli. O assessor parlamentar da ANOREG-BR explica que os casos de isenção já estão previstos na Constituição, lei maior brasileira que delega poder público aos cartórios, mas determina que esses serviços sejam oferecidos em caráter privado, como diz o artigo 236 da legislação constitucional. Não há registrador ou notário que se rebele contra as hipóteses de gratuidade constitucionais. Mas, quando os políticos concedem a isenção do pagamento sem criar nenhum mecanismo compensatório, se esquecem que os cartórios funcionam como uma empresa normal. É preciso pagar funcionários, água, luz, telefone, impostos. Está havendo abuso e, se isso continuar, em médio e longo prazos, pode inviabilizar essa função, explicou Nardelli. Há ainda projetos que estão tramitando que, segundo o assessor parlamentar, atribuem aos cartórios de todo o Brasil, iniciativas que vão se avolumando e comprometem o dia a dia das serventias. Um exemplo, citado por ele, é o projeto de legislação federal que prevê que os cartórios comuniquem mensalmente aos DETRANS de todo o país a morte de motoristas, como já acontece com Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). Se continuar assim, em pouco ANOREGBR/ASCOM tempo vamos ter que comunicar os óbitos ao Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), ao Exército, à Justiça Federal, para cancelar benefícios e carteiras. Mas vivemos uma situação heterogênea. Muitos cartórios não são sequer informatizados. E os localizados na região Norte, muitos ficam em cidades que não têm energia elétrica, as pessoas têm que viajar três dias de canoa para encontrar um local com internet. Como exigir o cumprimento dessa função, nessas condições?, questionou. Para o assessor, é preciso que a categoria se una para cobrar do poder público condições para a informatização dos cartórios, o que poderia acontecer, se satélites pudessem ser utilizados por registradores e notários. Mesmo onde não existe energia elétrica, poderíamos ter acesso ao computador, afirmou. A estatização de funções que são oferecidas pelos cartórios também é uma das principais preocupações da entidade. De acordo com o assessor parlamentar da ANOREG-BR, nos cartórios baianos, únicos estatizados no país, os prazos para a entrega de documentos são bem maiores do que em outros Estados. Em Belo Horizonte, uma autenticação de uma procuração é entregue na hora ao cliente. Na Bahia, pode demorar 15 dias. Lutamos para que projetos com esse teor não sejam aprovados para evitar prejuízos à própria sociedade, disse Nardelli.

4 4 JORNAL DOS NOTÁRIOS E REGISTRADORES/MG Março 2010 QUALIDADE TOTAL Conforto e agilidade: o cidadão em 1º lugar Investimentos em tecnologia, capacitação de pessoal e melhor infraestrutura para receber usuários Passar horas em pé na fila para tirar certidões, autenticar documentos, ou emitir traslados são coisas do passado. Notários e registradores de Belo Horizonte estão mostrando que, com criatividade e investimento, os cartórios podem se tornar empresas eficientes e modernas, adequadas à rapidez e à agilidade exigidas pelos usuários do século XXI. Oficial do Cartório do 1º Ofício de Registro de Imóveis, Fernando Pereira do Nascimento, e Maurício Leonardo, titular do 8º Cartório de Ofício de Notas de Belo Horizonte, foram os ganhadores, respectivamente, das medalhas de ouro e prata do V Prêmio de Qualidade Total ANOREG (PQTA) de Os dois são os primeiros a serem premiados em Minas pelo Programa de Qualidade da ANOREG-BR. Os prêmios foram entregues no dia 18 de novembro passado, durante o jantar de encerramento do XI Congresso Brasileiro de Direito Notarial e de Registro, no Rio de Janeiro/RJ. A premiação tem como objetivo valorizar o trabalho desenvolvido por notários e registradores, estimulandoos a investir no aprimoramento dos processos internos e dos produtos e serviços prestados à população. Novos tempos Para Nascimento e Leonardo, os titulares dos cartórios, em todo o país, devem acordar para a necessidade de adequar seus serviços às demandas dos usuários, que exigem agilidade e comodidade. Exemplos de profissionais que investem em qualidade, ambos acreditam que esse é o caminho que garantirá que os cartórios continuem, cada vez mais, sendo instituições fundamentais para a sociedade brasileira, como são hoje. Depois de atuar em Brasília (2001), e em Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, (em 2007), Nascimento fez do mais antigo cartório de registro de imóveis da Capital (o 1º Ofício de Registro de Imóveis que vai completar 112 anos, no próximo dia 25 de abril) um dos mais ágeis de Belo Horizonte. Ao assumir, no dia 20 de fevereiro de 2008, ele não teve dúvidas: mudou tudo. Transferiu a sede do cartório da Rua Timbiras para a Rua Rio de Janeiro, 1.611, em um prédio mais espaçoso e moderno. Trocou móveis, instalou ar condicionado, televisão, poltronas para os clientes, que são atendidos por senhas. Também passou a oferecer jornais e revistas para os usuários e triplicou o número de funcionários. O tempo de atendimento passou a ser monitorado. O resultado foi a agilização da prestação de serviços e a conquista de mais de 90% da aprovação dos clientes, conforme pesquisas promovidas periodicamente pelos funcionários. Em vez de esperar 30 dias para conseguir o registro de um imóvel, como acontecia antes de 2008 os cidadãos passaram a receber o documento em um prazo que varia de oito a cinco dias, em média. O tempo para a emissão de certidões, um dos serviços mais procurados, também foi reduzido. Em média, os clientes recebem o documento em 24h e não têm que esperar cinco dias, como acontecia anteriormente. Titular de um cartório centenário, Nascimento também investiu em informatização. Ele contratou uma empresa especializada e digitalizou matrículas e registros auxiliares. Isso evita a manipulação, protegendo documentos antigos e evitando o extravio. Fazemos o back up, que é mantido fora do cartório, o que evita a perda em caso de incên- Qualificação e motivação de funcionários Além de investir na reestruturação do cartório, Nascimento, que já havia participado de experiências baseadas no treinamento e na motivação de funcionários, implantou um novo sistema de qualificação de seus servidores. Ele contratou uma empresa de consultoria e focou o processo de capacitação em conceitos como motivação, comprometimento, trabalho em equipe e em dinâmicas de grupo. Os melhores funcionários foram agraciados no final do ano com prêmios distribuídos durante a festa de confraternização. Nascimento, no entanto, já tem novos planos para seu cartório. Em 2010, ele participará do Programa Mineiro de Qualidade (PMQ) que concede auditagem externa e faz avaliações sobre o desempenho da empresa. Em 2011, vamos tentar conquistar a certificação ISO Acredito que outros colegas devam fazer o mesmo para melhorar o atendimento e fortalecer a imagem da categoria que já é muito boa disse. 1º Ofício de Registro de Imóveis conta com moderna infraestrutura para receber o público e mais conforto dios ou de assaltos, informou. O 1º Cartório de Ofício de Registro de Imóveis também já tem seu site : onde os usuários podem acompanhar a execução dos serviços Pioneirismo de quem acreditou na tecnologia O vencedor da medalha de prata do V Prêmio da ANOREG- BR, Maurício Leonardo, é o pioneiro em certificação digital no Brasil. Titular do 8º Ofício de Notas de Belo Horizonte, desde 2003, seus clientes contam com serviços como a emissão de certidões e traslados e a autenticação de documentos eletrônicos. Naturalmente isso diminuiu o fluxo de pessoas que compareciam ao cartório fisicamente e acelerou os procedimentos solicitados pelos usuários. São emitidos boletos que podem ser pagos em banco por nossos clientes, explicou Leornado. A preocupação com a implantação de novas tecnologias em seu empreendimento começou há mais de dez anos, pouco depois do boom da internet no Brasil. Nos anos de 1998 e 1999 já se começava a discutir a possibilidade de um governo eletrônico, o ciber notary. Isso acendeu a luz para que tentássemos entender o que o governo pretendia, contou. Depois de consultar a ANO- REG-BR, o titular do 8º Ofício de Notas decidiu fazer um investimento expressivo no desen - volvimento de softwares e no trei namento de funcionários, capacitando-os a usar as novas tecnologias e a oferecer a cer ti ficação eletrônica ao público. Para ter acesso aos serviços oferecidos pelo cartório eletrônico, no entanto, de acordo com Leonardo, os usuários têm que solicitar sua assinatura eletrônica junto a órgãos como a Prodemge, o Serpro, a ACNotarial, a AC-BR, ou qualquer empresa autorizada pelo ITI. solicitados por meio do número do protocolo. Também podem solicitar a emissão de certidões sem sair de casa. Entram no link do site, solicitam a emissão do documento, Maurício Leonardo: quanto mais cedo nossos colegas investirem em tecnologia, mais experiência eles terão para usar essa ferramenta de trabalho Só com essa assinatura, segundo esclareceu, é possível conseguir a emissão de certidões e traslados e a autenticação de documentos eletrônicos solicitados. De acordo com Leonardo, o empreendimento não só agilizou e ofereceu mais comodidade aos seus clientes, mas também garantiu a segurança das comunicações e da emissão de documentos digitais. Satisfeito com o resultado de seu trabalho, o notário aconselha os colegas da categoria a antever o futuro, tentando se adequar às inovações tecnológicas que se aprimoram de forma muito dinâmica. Estou certo de que, num futuro muito próximo, os notários e registradores deverão estar conectados à web, e trabalhar como as agências bancárias que oferecem os mais variados serviços pela internet, afirmou. Hora de investir DIVULGAÇÃO imprimem o boleto que pode ser pago em qualquer agência bancária, e, depois recebem sua solicitação que pode ser enviada por ou por correio, explicou Nascimento. SERJUS-ANOREG/MG Para o notário, não há tempo a perder. Ele acredita que o momento de investir em modernização é agora. Quanto mais cedo nossos colegas investirem em tecnologia, mais experiência eles terão para usar essa ferramenta de trabalho e conquistar mais credibilidade junto aos seus clientes. Quem sair na frente, com certeza, vai obter melhores resultados, advertiu. Leonardo também aconselha que os associados da ANOREG- BR procurem a instituição para receber orientações sobre a forma mais segura de digitalizar os documentos e aderir à informatização. Isso é importante para que esse processo seja feito de modo a aumentar a fé pública dos documentos eletrônicos. Há medidas que devem ser adotadas para se evitar fraudes, disse.

5 Março 2010 JORNAL DOS NOTÁRIOS E REGISTRADORES/MG 5 COOPERAÇÃO TÉCNICA Acordo permite o registro da Reserva Legal Iniciativa da destrava o nó em que se encontravam as transações imobiliárias no campo Garantir que cada propriedade rural mineira destine parte de seu território à preservação de áreas naturais essenciais para a produção de água e para a manutenção de espécies da fauna e da flora, implantando o que é definido por Legislação Federal e Estadual como Reserva Legal. Esse é o objetivo do Termo de Cooperação Técnica (TCT) assinado, no último dia 10 de fevereiro, entre representantes do Ministério Público Estadual (MPE), da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMAD), do Instituto Estadual de Florestas (IEF) e Associação dos Notários e Registradores do Estado de Minas Gerais (SER- JUS/ANOREG-MG). O Termo de Cooperação Técnica foi assinado em solenidade realizada na Procuradoria Geral do Estado, em Belo Horizonte. O documento prevê a implantação de ações integradas de todos os órgãos e entidades que assinaram o TCT para tornar mais ágil não só a demarcação e a averbação dessas terras, mas também a fiscalização e a manutenção das áreas destinadas à Reserva Le - gal. Esses espaços, conforme a legislação vigente, devem ser averbados à margem da inscrição de matrícula do imóvel, no cartório competente. Em Minas Gerais, a Reserva Legal de cada propriedade rural não pode ter tamanho inferior a 20% do total do imóvel. Ainda conforme o TCT, nos próximos cinco anos, serão criados mecanismos de monitoramento cartográfico e digital de todas as Reservas Legais do Estado. O presidente da SERJUS- ANORE/MG, Roberto Andrade, comemorou a assinatura do TCT como um momento novo para o agronegócio em Minas e um exemplo de entendimento institu- O presidente da, Roberto Andrade, ao centro, assina o Termo de Cooperação Técnica (TCT), tendo ao lado o diretor-geral do IEF, Geraldo Fausto, e o presidente do Irib, Francisco Rezende dos Santos cional. O que tínhamos até agora era a completa paralisia nas transações econômicas de imóveis e até mesmo nas operações de crédito rural causada pela ausência das averbações das faixas de reserva legal. A Associação buscou o diálogo e o entendimento com o Ministério Público e com os órgãos ambientais mineiros e o resultado esse termo de cooperação que reuniu sob o mesmo instrumento legal todas as partes envolvidas no georreferenciamento das reservas, na fiscalização de sua aplicação e na sua competente averbação, destacou o presidente. Preservação De acordo com o promotor Luciano Luz Baldini Martins, representante do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Meio Ambiente, Patrimônio Cultural, Urbanismo e Habitação (CAOMA), toda a propriedade rural deve destinar parte de seu território à preservação de recursos hídricos e da biodiversidade. Mas esclareceu também que há SERVIÇO 25º Encontro Regional dos Oficiais de Registro de Imóveis 11, 12 e 13 de março de 2010 Tiradentes Minas Gerais Organização: Irib Instituto de Registro Imobiliário do Brasil Av. Paulista nº º andar - Conjunto 94 São Paulo/SP - CEP Telefones: muita dificuldade na identificação desses territórios, o que fez com que o prazo para a demarcação e para a averbação dessas áreas, que terminou em dezembro de 2009, não fosse cumprido. A participação dos notários, representados por entidades co - mo a, foi fundamental. Essa categoria atuou como indutora do processo. Em razão disso, nós começamos longa negociação com esse setor e com outros órgãos e autarquias estaduais como a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (EMATER) e o Instituto de Terras de Minas Gerais (ITER). Acredito que tal união vá realmente acelerar não só a demarcação, mas também a averbação dessas áreas, afirmou Luciano Martins. A associação se comprometeu em orientar os cartórios do Estado sobre a exigência legal de averbar, na matrícula do imóvel, o percentual mínimo de 20% de área destinada como Reserva Legal. A SERJUS/ANOREG também enviará ao IEF, a cada três meses, arquivos de todas as áreas de reserva legal averbadas, de forma a criar um banco de dados estadual. Estamos à disposição da sociedade e do meio ambiente. Queremos resolver o problema das reservas legais, afirmou Andrade. Ele também anunciou que representantes do setor em todo o Estado devem participar de encontro em Tiradentes, Campo das Vertentes, no próximo mês, que terá como um dos temas principais a discussão de iniciativas que permitam aos notários e registradores de Minas contribuírem de forma efetiva para a demarcação e manutenção das áreas destinadas à Reserva Legal. Não queremos ficar à reboque das de cisões. Queremos participar de todas as soluções relacionadas à nossa classe, ressaltou o presidente da SER- JUS/ANOREG-MG. Para que todos os envolvidos tenham as informações necessárias para o cumprimento do TCT, o IEF, de acordo com o diretorgeral, em exercício, Geraldo Faus - to da Silva, já está preparando cursos de treinamento, visando à capacitação de re presentantes de todas as instituições envolvidas nesse acordo. Em parceria com a Universidade Federal de Viçosa (UFV), serão contratados profissionais que terão como finalidade exclusiva oferecer os cursos de formação. Esses profissionais serão treinados por servidores do IEF. Existem em Minas cerca de 500 mil propriedades rurais. Se o instituto tivesse que fazer todo o trabalho sozinho, seriam ne cessários 140 anos para que a demarcação e a averbação de todas essas terras fossem concluídas, afirmou Fausto. Já o procurador-geral de Justiça de Minas Gerais, Alceu José Torres Marques, disse estar orgulhoso do trabalho que o Ministério Público tem realizado na defesa do meio-ambiente em todo o Estado. Ele acredita que o MP mineiro seja uma referência para todo o país. Importância Econômica Bom para o meio ambiente, melhor para os agricultores interessados em melhorar o rendimento de sua produção. De acordo com o secretário de Estado de Meio Ambiente, José Carlos Carvalho, a demarcação e a averbação das áreas destinadas à Reserva Legal também impulsionar o aumento da produtividade de pequenos, médios e grandes produtores rurais mineiros. Para Carvalho, com a criação das reservas legais, os produtores rurais do Estado vão criar corredores biológicos que permitirão a proteção da flora e da fauna local. Ao preservar os bens da natureza, o proprietário rural investe em fatores de grande importância para a produção agropecuária. Se o produtor rural tiver solo fértil e protegido; se tiver água em sua propriedade; se tiver florestas onde existam insetos que agem como inimigos naturais das pragas que atacam suas propriedades ele certamente terá maior produtividade. Isso é bom para o meio ambiente e para o agricultor, avaliou. A demarcação e a averbação das terras destinadas à Reserva Legal também é um bom negócio para o homem do campo que visa ampliar o seu negócio, por meio da abertura de créditos concedidos por instituições e programas governamentais. Segundo o secretário, as agências bancárias só podem conceder financiamento aos produtores que já regulariza as áreas ambientais de suas propriedades. Hoje esta é uma condição preliminar para acesso ao crédito rural. É preciso ter a regularidade ambiental da propriedade rural para conseguir o financiamento. Isso vai ajudar de maneira substantiva a possibilidade de acesso dos agricultores ao crédito. Com o acesso ao financiamento, os produtores têm a oportunidade de ampliar seus negócios, expandindo a produção, os lucros e, consequentemente, melhorando a economia do Estado, afirmou Carvalho. O promotor Luciano Luz Baldini Martins, representante do CAOMA, o secretário de Estado de Meio Ambiente, José Carlos Carvalho, e o procurador-geral de Justiça de MG, Alceu José Torres Marques (esquerda p/direita), assinam o TCT

6 6 JORNAL DOS NOTÁRIOS E REGISTRADORES/MG Março 2010 CREDIBILIDADE Cartórios têm ampla confiança dos brasileiros Pesquisa Datafolha, que ouviu usuários em diferentes capitais, atesta a boa avaliação dos serviços Os cartórios estão entre as instituições brasileiras com maior credibilidade junto à população, é o que aponta pesquisa encomendada pela Associação dos Notários e Registradores do Brasil (ANOREG-BR) ao Instituto Datafolha, em agosto de Foram ouvidos usuários de cartórios das seguintes capitais: Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo. O estudo constatou que no quesito confiança as serventias de registros e de notas do país obtiveram a nota 8,1 da população; só ficou atrás dos Correios (nota 8,2), o que caracteriza empate técnico entre as instituições mais confiáveis do país. De acordo com o presidente da ANOREG-BR, Rogério Portugal Bacellar, o levantamento foi realizado para comprovar o resultado de uma pesquisa anterior, feita há alguns anos, que também havia constatado a excelente aprovação dos cartórios junto aos cidadãos brasileiros. Nas capitais que participaram da pesquisa, essas instituições contam com mais credibilidade que a imprensa, que as empresas privadas, que as entidades religiosas, que o Ministério Público, que a Polícia, que a Justiça ou o Legislativo. Boa parte dos cartórios, em todo o país, está investindo em informatização, em digitalização e na oferta de certificação digital. Queríamos verificar se, com esse processo, essa aprovação continuava tão expressiva. Ao divulgar para os titulares de cartório esse resultado tão positivo, queremos incentivá-los a continuar investindo ainda mais no aprimoramento de nossas atividades, afirmou Bacellar. Apesar de 64% dos entrevistados ainda considerarem a ida aos cartórios uma atividade desgastante, e de 60% ainda reclamarem das filas, os usuários estão percebendo os esforços feitos por notários e registradores de todo o Brasil para melhorarem a qualidade dos serviços oferecidos por suas empresas. Segundo o levantamento feito pelo Datafolha, 79% dos entrevistados disseram que o atendimento melhorou nos últimos anos. Ainda conforme Bacellar, a pesquisa também visa melhorar a relação entre a instituição e a imprensa que, muitas vezes, desconhece os serviços oferecidos pelos diferentes tipos de cartório. Acredito que é preciso divulgar mais aos usuários o que cada cartório faz, os benefícios que a nossa atividade traz à sociedade, garantindo a fé pública de docu- mentos, dificultando a promoção de fraudes. É preciso melhorar o acesso à própria cidadania da população, disse. A ANOREG-BR, ainda segundo seu presidente, também tem adotado outras estratégias para incentivar o aprimoramento do setor como as edições do Prêmio de Qualidade que, este ano, em sua próxima versão, exigirá dos participantes o cumprimento de normas internacionais que estão sendo listadas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Acredito que a medida vai melhorar ainda mais a imagem da categoria junto ao público. Nossos associados serão informados das novas regras logo que a ABNT divulgá-las, afirmou o presidente. Outra iniciativa da ANO- REG-BR para melhorar a imagem da categoria foi o pedido feito ao Governo Federal para que ceda, em regime de comodato, dez ônibus que serão usados na implantação de cartórios itinerantes. Queremos levar às comunidades que não têm acesso aos registros e outros serviços fundamentais, a possibilidade de conseguir documentos que irão garantir-lhes maior cidadania e acesso a programas assistenciais, concluiu Bacellar. Notários e registradores assumem posição de liderança em suas comunidades A pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha foi aplaudida por lideranças de notários e registradores de toda Minas Gerais. O presidente do Sindicato dos Oficiais de Registro Civil, Paulo Alberto Risso de Souza, acredita que a pesquisa confirma uma realidade vivenciada por ele próprio, na cidade de Andradas, onde é titular do Cartório de Registro Civil de Pessoas Naturais local. No interior, principalmente nas cidades com menor número de habitantes, os cartórios são considerados uma referência para os cidadãos. Muitos vêm pedir aconselhamento, explicações sobre documentos, sobre procedimentos jurídicos. Nesses locais, nosso trabalho é muito reconhecido, afirmou Risso. Presidente do Instituto dos Registradores de Títulos e Documentos e Civil das Pessoas Jurídicas de Minas Gerais (IRTPDJMinas), Vanuza de Cássia Arruda, por exemplo, considera que o estudo reflete o alto grau de profissionalismo e ética adotado pela categoria. É uma classe que, por muito tempo, só era vista como sinônimo de morosidade. Mas o melhor exemplo da importância e eficiência do serviço notarial e registral nacional é o fato do modelo brasileiro já ter sido estudado por quatro países, com pretensão de aumentar a segurança jurídica dos negócios diuturnamente realizados e dar maior celeridade aos mesmos, sem depender a todo instante da intervenção do Judiciário para solução de discordâncias, afirmou Arruda. Presidente da Associação dos Tabeliães de Protesto de Minas Gerais (ASSOTAP), Eversio Donizete de Oliveira, que é tabelião substituto da Comarca de Uberlândia membro da ANOREG-BR e do Instituto de Estudo de Protesto de Títulos do Brasil seção Minas Gerais (IEPTB-SMG), trabalha há 35 anos na atividade. Ele acredita que os investimentos em digitalização, na compra de computadores e scanners, imprimiram mais agilidade à atividade cartorial Segundo Oliveira, a grande maioria dos tabelionatos de protestos já estão informatizados. O fato de algumas atividades que eram de competência exclusiva da Justiça terem sido transferidas para os cartórios, na opinião dele, também ajudou a garantir a boa imagem da categoria que, de acordo com a Lei de 1997, pode dirimir questões como os títulos de crédito e documentos de inadimplência, tornando mais ágil à resolução dos conflitos entre devedores e credores. Com isso, os conflitos são resolvidos em até 72 horas após a entrega da intimação do devedor. Isso tornou o processo célere, garantiu conforto às partes e aumentou a segurança jurídica dos documentos. Estamos cada vez mais eficientes, avaliou Oliveira. Para que a população continue confiando cada vez mais na categoria, Oliveira acredita que os tabeliães, notários e registradores devam ficar atentos à dinâmica da sociedade brasileira. Devemos também buscar a ampliação das atividades oferecidas aos cidadãos extrajudicialmente como a transferência da execução de protestos de cotas condominiais, de títulos da dívida ativa, de títulos relacionados a impostos como o IPVA, ISS. Tudo isso poderia ser resolvido mais facilmente nos cartórios, tornando o processo mais ágil para a população, afirmou. Vanuza de Cássia Arruda: Estudo reflete o alto grau de profissionalismo e ética adotados pela categoria. Eversio Donizete de Oliveira: Investimentos em digitalização, na compra de computadores e em scanners imprimiram mais agilidade à atividade.

7 Março 2010 JORNAL DOS NOTÁRIOS E REGISTRADORES/MG 7 REGISTRO CIVIL Software racionaliza trabalho nos cartórios Sistema oferecido pelo RECIVIL está pronto para atender às novas demandas legais Já está nas mãos dos titulares de cartório de registro civil das pessoas naturais de toda Minas Gerais a possibilidade de cumprir com rapidez e segurança a Lei /10 que obriga os Cartórios de Registro Civil mineiros a informar mensalmente ao Departamento Estadual de Trânsito de Minas Gerais (DER- TRAN-MG), os óbitos de maiores de 18 anos e a Lei /09 que determina o envio de relação mensal do mês anterior de certidões de nascimento sem declaração de paternidade para a Defensoria Pública Estadual. Basta digitar acessando o site do Sindicato dos Oficiais do Registro Civil de Minas Gerais (RECIVIL- MG) e clicar no link Cartosoft, para conseguir fazer o levantamento dos documentos solicitados pelas leis e enviá-los aos órgãos por ela determinados. O serviço está sendo oferecido desde o último dia 22 de fevereiro, pouco mais de um mês depois de a lei ter sido publicada, o que aconteceu no último dia 6 de janeiro. A informação é de Jader Pedrosa Nascimento - Supervisor Geral do Departamento de Tecnologia do RECIVIL. De acordo Além de permitir a digitalização das informações dos cartórios de registro civil, o programa também diminui a quantidade de papel com os quais os cartórios são obrigados a trabalhar, torna mais célere a emissão de certidões de nascimento, casamento e óbito, garantindo a manutenção de dados em caso de sinistros. O `Cartosoft` permite que se façam back ups diários, que são feitos de forma local, na própria máquina, e também back ups semanais, que são feitos usando outras mídias como CD, DVD ou Pen Drive. Isso evita a perda de dados em caso de incêndio ou roubos, explicou. Outra comodidade é a agilização e a melhora no atendimento oferecido aos clientes. Nascimento explica que quando os registradores usavam o método manual, para oferecer a segunda via de uma certidão, ele era obrigado a pegar o livro onde foi feito o registro solicitado, transcrevêlo e só depois emitir o documento requisitado pelo usuário. Se o requerente perdesse a certidão ao sair do cartório, o oficial teria que fazer todo o processo de novo. Com a informatização, esses dados já ficam armazenados no computador e o oficial só terá que imprimir novamente a certidão solicitada. Isso melhora o com ele, o novo serviço faz parte do programa que é oferecido há nove anos pela entidade aos registradores de toda Minas Gerais. Se tivessem que enviar os relatórios exigidos pela nova legislação de forma manual, ou seja, pelos Correios, além de perderem mais tempo fazendo o levantamento desses dados, teriam que gastar mais com o envio de carta registrada ou AR, que seria a forma correta para o cumprimento manual da lei, disse. Além de permitir aos usuários fazer o levantamento das certidões exigidas pelos dois órgãos de forma ágil, permitindo também o envio online dos documentos ao DETRAN e à De fensoria Pública de Minas Ge rais, o sistema permite a execução de outros serviços que facilitam a vida dos registradores mineiros. O Cartosoft também já oferece o novo modelo de padronização de certidões de nascimento, casamento e óbito, que entrou em vigor no último dia 1º de janeiro e segue as novas normas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A maioria de nossos associados já absorveu as novas regras acessando o Cartosoft`, afirmou Nascimento. Informatização atendimento, pois a maioria dos usuários reclama da demora no atendimento, exemplificou. O sistema Cartosoft já foi adotado por 750 dos cartórios de Registro Civil do Estado. Mas Nascimento acredita que o número de serventias que irão aderir à informatização, por meio da implantação desse programa, oferecido gratuitamente, tende a aumentar consideravelmente até o final do ano. Muitos titulares de cartórios têm dificuldade em se adaptar às novas tecnologias. Já têm uma rotina de trabalho que é manual, estão acostumados a juntar documentos, bater à máquina, preencher à caneta. Esse procedimento sempre funcionou bem, mas as pessoas hoje exigem agilidade e rapidez. É preciso se adequar aos novos tempos, avaliou. Outra comodidade é que o Cartosoft oferece um sistema de intranet que permite a comunicação entre os associados. Assim, quando uma pessoa se casa, o cartório responsável pelo registro de nascimento deve ser comunicado pelo cartório responsável pela mudança de estado civil desse fato. Antes, essa comunicação era feita de forma manual. Agora, os associados podem usar a intranet, informou. Página de acesso Cadastro de nascimento Cadastro de casamento Cadastro de óbito COMO ACESSAR O CARTOSOFT Digite o site: Entre no link Cartosoft Vá ao link que permite que se faça downloads. Baixe o arquivo instalador do sistema. Baixe o arquivo de atualização do sistema. Depois de instalá-lo e de atualizá-lo, o oficial de cartório vai ligar para o RECIVIL no telefone 0(XX) , ou enviar , ou mesmo acessar o link chat (também disponível no site) para solicitar o código de primeiro acesso. Essa senha terá validade de dois meses e, por motivo de segurança, será trocada bimestralmente. O que você pode fazer com o Cartosoft: Cadastro de Nascimento Cadastro de Casamento Cadastro de Óbito Cadastro de Atos e grupos de Atos Cadastro de Lote de Selos Emissão de Índice Registro de Atos Impressão do DAE Criação e impressão por meio de Modelos personalizados (Certidões, Livro, Petições, Declarações e etc...) Edição de Modelos por meio do Word Edição de Modelos por meio do Editor de Modelos do Cartosoft Geração de arquivos e relatórios para INSS e IBGE Relatórios para TRE Relatório de Relação de Atos Gratuitos para a Corregedoria de Minas Gerais Atualização de novas versões pelo site Adaptado para atender todas as exigências do Provimento 3, do CNJ

8 8 JORNAL DOS NOTÁRIOS E REGISTRADORES/MG Março 2010 CERTIFICAÇÃO DIGITAL E CONCURSOS Esnor abre calendário de cursos em 2009 Cursos têm como objetivo preparar os notários e registradores para os próximos concursos e proporcionar aos titulares e funcionários a atualização profissional Os titulares de cartório de Minas Gerais e seus funcionários vão contar com uma ajuda extra para adequar seus serviços às inovações exigidas pelos usuários do século XXI. A Escola Superior de Notários e Registradores (ESNOR), entidade criada pela, vai oferecer, pela primeira vez, o curso de Certificação Digital. Além dis - so, a instituição também vai ministrar, em abril, curso pre paratório para concurso direcionado àqueles que querem exercer atividade notarial e de registros. As pré-inscrições para os dois cursos já estão abertas e podem ser feitas pelo telefone 0(XX) É preciso correr, porque as vagas são limitadas. A procura é muito grande. O curso será oferecido na própria sede da SER- JUS/ANOREG-MG, que fica à Rua Juiz de Fora, 1.231, no bairro Santo Agostinho, em Belo Horizonte. Os professores são mestres e doutores de universidades co mo a PUC/MINAS e a Milton Campos ou oficiais dos diversos tipos de cartório que também sejam professores com mestrado ou doutorado, informou Wânia do Carmo de Carvalho Triginelli, coordenadora da ESNOR, professora de Direito Civil da PUC-Minas. Além do curso preparatório para concursos e sobre certificação digital, a Esnor está preparando uma série de ciclos de estudos por serventias. Sobre a certificação digital, ela lembra que esse é um dos desafios que devem ser enfrentados pela categoria, uma vez que a maioria dos cartórios está se infor- A coordenadora da ESNOR, professora Wânia do Carmo de Carvalho Triginelli e a assessora da coordenação, Juliana Pereira Soares (direita p/esquerda) matizando e oferecendo, cada vez mais, serviços online. Já as aulas de preparação para o concurso cujo edital ainda não foi lançado, o que deverá ocorrer ainda este ano também já estão com as pré-inscrições abertas. Professora de Direito Civil da Escola tem como foco a capacitação profissional do setor Criada em 2008, a ESNOR tem como vocação capacitar e melhorar a qualidade dos serviços oferecidos pelos cartórios mineiros. Por isso, mantém uma intensa agenda de cursos, eventos, como o congresso anual promovido em parceria com o Centro de Estudos Notariais e Registrais (CENOR), da Faculdade de Coimbra, em Portugal. Além de editar livros e revistas direcionados ao aprimoramento da atividade de notas e registros. A escola da SERJUS-ANO- REG/MG também oferece, desde 2009, um curso virtual de especialização em convênio com a PUC/MINAS,que deve ser concluído este ano. Outra turma deverá ser aberta no ano que vem. Também são oferecidos cursos presenciais de especialização, em convênio com a Faculdade Milton Campos, onde são ministradas as aulas. Um novo curso de especialização oferecido pela ESNOR/Faculdade Milton Campos pois teve início na primeira semana de março. Para se inscrever nos cursos de especialização, Os cursos promovidos pela contam com professores especialistas em direito notarial e de registros PUC-MG, Wânia acredita que quem começar a estudar agora terá vantagens sobre os demais concorrentes. A matéria exigida para as provas relativas ao ingresso nos diversos tipos de cartório é muito extensa e, em geral, os candidatos não conseguem estudar todos os pontos exigidos a tempo, o que os prejudica nas provas, argumentou. Os funcionários de cartórios interessados em aprofundar seus conhecimentos, ou pessoas da comunidade que tenham interesse em conhecer mais sobre a os alunos tem, necessariamente, que ser graduados em Direito. Em outros tipos de cursos, como os que são oferecidos à comunidade ou, os voltados à capacitação e funcionários de car tórios, não há necessidade de o aluno ser graduado em direito. Acreditamos que seja importante que a comunidade possa participar de cursos sobre a atividade. É um setor onde ainda existe muita desinformação, esclareceu a coordenadora da ESNOR. Outro serviço oferecido pela ESNOR são os ciclos de estudos atividade também poderão contar com os cursos oferecidos pela ESNOR. As pré-inscrições para o novo curso de capacitação já estão abertas. Além de se qualificar os alunos também irão receber um diploma com selo da ESNOR/. cursos intensivos que visam capacitar funcionários e oficiais dos mais diversos tipos de cartório: registro de imóveis, tabelionato de notas, protestos, registro de pessoas civis naturais e jurídicas. No dia 27 tivemos um ciclo de estudos especialmente direcionado àqueles que trabalham em Tabelionato de Notas. Teremos um próximo ciclo de estudos no dia 17 de abril, mas voltado para os oficiais e funcionários de Cartórios de Registro de Pessoas Naturais. As pré-inscrições também já estão abertas, informou. LIDERANÇAS DOS TRÊS PODERES Rede de relacionamento vai facilitar ações da Associação Facilitar o contato de notários e registradores com representantes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Esse é o objetivo do programa Rede de Relacionamentos, que está sendo implantado pela Associação dos Notários e Registradores de Minas Gerais (SERJUS/ANO- REG-MG). De acordo com o coordenador do Departamento de Informática da entidade, Alan Rezende Freire, a idéia é, por meio do recadastramento dos associados, criar uma rede de informações que agilize o acesso dos titulares dos cartórios a autoridades municipais, estaduais e federais que possam auxiliá-los na resolução de suas demandas com maior rapidez. Hoje, a associação precisa encaminhar solicitações ou projetos junto a vereadores, prefeitos, juízes, deputados estaduais e federais e outros representantes do governo municipal, estadual ou federal, mas não encontra facilidade em contatá-los. O novo cadastro vai fazer um mapeamento dos contatos que cada associado possui, explicou Freire. Além da importância política, o recadastramento dos associados, permitirá à SERJUS/ANOREG- MG promover o mapeamento das condições estruturais dos cartórios mineiros, descobrindo quais já contam com recursos como internet banda larga e quais ainda enfrentam dificuldades na instalação das novas tecnologias de comunicação. Também estamos atualizando os dados pessoais dos notários e registradores e de seus cartórios, registrando seus telefones, s e endereços. Desta forma, garantiremos uma comunicação mais eficiente com toda a categoria, explicou. Questionário O questionário com os dados que permitirão o recadastramento está à disposição da categoria, no site da (http://www.serjus.com.br/), desde o dia 16 de setembro de De acordo com Sarah Regina Estevão, responsável por contatar os associados, até o último dia 9 de fevereiro, 214 notários e registrados já haviam preenchido o formulário disponibilizado pela Web. Desde o dia 16 de novembro passado, os associados além da internet, podem fazer o recadastramento pelo telefone. Muitos acreditam que o processo será demorado, mas a atualização não leva cinco minutos, explica Sarah Regina. Reconhecimento O registrador Jobert Gustavo Coelho, titular do Cartório de Registro Civil de São João del-rei, no Campos das Vertentes, foi um dos que já participou do recadastramento. Para Coelho, a iniciativa vai garantir mais força política à categoria e ajudar na integração com os colegas. Acho muito válido. Acredito que vai facilitar a comunicação com os demais registradores. Em algumas situações, sinto dificuldades em dialogar com alguns deles. Além de unir, vai dar mais força aos titulares de cartórios, afirmou. Registrador e notário, Luciano Alves de Rezende, do Cartório de Registro Civil e Tabelionato de Notas de Ubaporanga, cidade que pertence à comarca de Caratinga, no Leste mineiro, também acredita que a iniciativa vai promover a união da classe. As pessoas falam que nós temos um lobby muito forte, mas na verdade e na prática, não é bem assim. Qualquer iniciativa que promova a união e o fortalecimento da categoria é muito positiva, opinou.

APOSTILA CURSO DE CARTOSOFT E INFORMÁTICA

APOSTILA CURSO DE CARTOSOFT E INFORMÁTICA APOSTILA CURSO DE CARTOSOFT E INFORMÁTICA Registro Civil Primeiros Passos: Digite o código da serventia (CNJ) são os seis primeiros números que compõem a matrícula. Parâmetros Globais: São telas de configuração

Leia mais

O Corregedor-Geral da Justiça do Estado do Acre, Desembargador Pedro Ranzi, no uso de suas atribuições legais e;

O Corregedor-Geral da Justiça do Estado do Acre, Desembargador Pedro Ranzi, no uso de suas atribuições legais e; Institui a Central de Informações do Registro Civil CRC e disciplina outras providências. O Corregedor-Geral da Justiça do Estado do Acre, Desembargador Pedro Ranzi, no uso de suas atribuições legais e;

Leia mais

Siscart: Uma História de Sucesso

Siscart: Uma História de Sucesso Abril/2014 Boletim Eletrônico Mensal da Siscart Informática Siscart: Uma História de Sucesso om mais de 20 anos de atuação em todo o Brasil, a Siscart Informática se destaca pela preocupação com seus clientes.

Leia mais

OS CARTÓRIOS VÃO ACABAR

OS CARTÓRIOS VÃO ACABAR VOCÊ SEMPRE OUVIU DIZER QUE... OS CARTÓRIOS VÃO ACABAR O QUE VOCÊ VAI FAZER A RESPEITO? QUAL O FUTURO DOS REGISTROS PÚBLICOS O QUE QUEREMOS? A QUEM INTERESSA? COMO FAZER? CRISE OPORTUNIDADE Lei nº 11.977,

Leia mais

A LAVRATURA DOS CONTRATOS PARTICULARES DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO POR ESCRITURA PÚBLICA: POSSÍVEIS CONVÊNIOS COM BANCOS SEGURANÇA JURÍDICA E FÉ PÚBLICA

A LAVRATURA DOS CONTRATOS PARTICULARES DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO POR ESCRITURA PÚBLICA: POSSÍVEIS CONVÊNIOS COM BANCOS SEGURANÇA JURÍDICA E FÉ PÚBLICA A LAVRATURA DOS CONTRATOS PARTICULARES DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO POR ESCRITURA PÚBLICA: POSSÍVEIS CONVÊNIOS COM BANCOS SEGURANÇA JURÍDICA E FÉ PÚBLICA Rodrigo Reis Cyrino Tabelião do Cartório do 2º Ofício

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 149/2010. O Tribunal de Justiça do Estado do Acre, no uso das atribuições legais,

RESOLUÇÃO Nº 149/2010. O Tribunal de Justiça do Estado do Acre, no uso das atribuições legais, RESOLUÇÃO Nº 149/2010 Autoriza a implantação do Processo Eletrônico no âmbito do Tribunal de Justiça do Estado do Acre e dá outras providências. O Tribunal de Justiça do Estado do Acre, no uso das atribuições

Leia mais

Vantagens que todo advogado precisa conhecer

Vantagens que todo advogado precisa conhecer Certificado Digital OAB Vantagens que todo advogado precisa conhecer A Justiça brasileira está cada vez mais digital. A rotina do advogado não vai ficar atrás. Está ocorrendo um fato inédito na Justiça

Leia mais

Vantagens que todo advogado precisa conhecer. Autoridade Certificadora da Ordem dos Advogados do Brasil

Vantagens que todo advogado precisa conhecer. Autoridade Certificadora da Ordem dos Advogados do Brasil Certificado Digital OAB Vantagens que todo advogado precisa conhecer Autoridade Certificadora da Ordem dos Advogados do Brasil A Justiça brasileira está cada vez mais digital. A rotina do advogado não

Leia mais

Clipping. Minas Gerais - Caderno 1 - Diário do Executivo - página 18 Ano 122 - Nº 225, Belo Horizonte, sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Clipping. Minas Gerais - Caderno 1 - Diário do Executivo - página 18 Ano 122 - Nº 225, Belo Horizonte, sexta-feira, 28 de novembro de 2014 Veículo: Minas Gerais Data: 28/11/2014 Editoria: Diário do Executivo Página: 18 Clipping Minas Gerais - Caderno 1 - Diário do Executivo - página 18 Ano 122 - Nº 225, Belo Horizonte, sexta-feira, 28 de

Leia mais

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR PROGRAMA DE MUNICIPALIZAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR É com satisfação que a Fundação Procon/SP apresenta o novo Programa de Municipalização que tem como objetivo fortalecer o Sistema Estadual

Leia mais

Jan.2012. Características Gerais do Sistema:

Jan.2012. Características Gerais do Sistema: Jan.2012 Características Gerais do Sistema: O Software Global Cartórios traz um conceito novo em uma plataforma inovadora que reúne todas as especialidades em um único sistema. O Global Cartórios é um

Leia mais

PRÊMIO QUALIDADE TOTAL ANOREG PQTA 2014 10ª EDIÇÃO REGULAMENTO

PRÊMIO QUALIDADE TOTAL ANOREG PQTA 2014 10ª EDIÇÃO REGULAMENTO PRÊMIO QUALIDADE TOTAL ANOREG PQTA 2014 10ª EDIÇÃO REGULAMENTO 1. ÍNDICE ÍNDICE... 2 2. APRESENTAÇÃO... 3 ANOREG BR Associação dos Notários e Registradores do Brasil...3 Missão... 3 Visão... 3 Política

Leia mais

MANUAL DO ADVOGADO. Elaborado por: Roberta Rodrigues Seneda. Corrigido por: Wanderley Andrade

MANUAL DO ADVOGADO. Elaborado por: Roberta Rodrigues Seneda. Corrigido por: Wanderley Andrade MANUAL DO ADVOGADO Elaborado por: Roberta Rodrigues Seneda Corrigido por: Wanderley Andrade DAPI Departamento de Aprimoramento da Primeira Instância. Março/2010 Atualizado pelo Tribunal de Justiça do Estado

Leia mais

COMISSÃO DO CONCURSO PARA SELEÇÃO DO SELO COMEMORATIVO DOS 10 ANOS DA ESCOLA DO LEGISLATIVO SENADOR JOSÉ LINDOSO

COMISSÃO DO CONCURSO PARA SELEÇÃO DO SELO COMEMORATIVO DOS 10 ANOS DA ESCOLA DO LEGISLATIVO SENADOR JOSÉ LINDOSO COMISSÃO DO CONCURSO PARA SELEÇÃO DO SELO COMEMORATIVO DOS 10 ANOS DA ESCOLA DO LEGISLATIVO SENADOR JOSÉ LINDOSO Inscrição: 15.9.2015 a 30.10.2015 Prazo de Entrega dos Trabalhos: 17 horas do dia 30.10.2015

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Virtualização do processo judicial André Luiz Junqueira 1. INTRODUÇÃO A Associação dos Juizes Federais do Brasil (AJUFE) encaminhou um projeto de lei sobre a informatização do processo

Leia mais

INSTRUÇÃO Nº xxx-xx.xxxx.x.xx.xxxx CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL

INSTRUÇÃO Nº xxx-xx.xxxx.x.xx.xxxx CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL RESOLUÇÃO Nº xx.xxx INSTRUÇÃO Nº xxx-xx.xxxx.x.xx.xxxx CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL Relator: Ministro Dias Toffoli Interessado: Tribunal Superior Eleitoral Dispõe sobre pesquisas eleitorais para

Leia mais

Soluções em TI ao alcance de todos

Soluções em TI ao alcance de todos Você sabia que a sua prefeitura, independentemente do tamanho, pode ser beneficiada com o uso de mais de 50 aplicações que fazem parte do Portal do Software Público Brasileiro? Soluções em TI ao alcance

Leia mais

FUNDAÇÃO ESCOLA NORTARIAL E REGISTRAL DO RIO GRANDE DO SUL FUNDAÇÃO ENORE EDITAL

FUNDAÇÃO ESCOLA NORTARIAL E REGISTRAL DO RIO GRANDE DO SUL FUNDAÇÃO ENORE EDITAL FUNDAÇÃO ESCOLA NORTARIAL E REGISTRAL DO RIO GRANDE DO SUL FUNDAÇÃO ENORE EDITAL O Presidente da FUNDAÇÃO ENORE, no uso de suas atribuições, TORNA PÚBLICO que se encontram abertas as inscrições para docência

Leia mais

REGISTRO PÚBLICO DE IMÓVEIS: BASE SEGURA PARA O CRÉDITO IMOBILIÁRIO

REGISTRO PÚBLICO DE IMÓVEIS: BASE SEGURA PARA O CRÉDITO IMOBILIÁRIO REGISTRO PÚBLICO DE IMÓVEIS: BASE SEGURA PARA O CRÉDITO IMOBILIÁRIO Seminário ABECIP 20/09/2012: dobrando a participação do crédito imobiliário no PIB Flaviano Galhardo Registrador de Imóveis 1 - FINS

Leia mais

AÇÕES PARA REGULARIZAÇÃO DE IMÓVEIS NO. Estado de São Paulo. O que o Governo de São Paulo, o Ministério Público e a sua Prefeitura podem fazer juntos.

AÇÕES PARA REGULARIZAÇÃO DE IMÓVEIS NO. Estado de São Paulo. O que o Governo de São Paulo, o Ministério Público e a sua Prefeitura podem fazer juntos. AÇÕES PARA REGULARIZAÇÃO DE IMÓVEIS NO Estado de São Paulo O que o Governo de São Paulo, o Ministério Público e a sua Prefeitura podem fazer juntos. Sumário Apresentação 5 Porque regularizar 6 Quando uma

Leia mais

aumentar a arrecadação?

aumentar a arrecadação? Como aumentar a arrecadação? Como economizar recursos públicos? Como modernizar a Gestão Pública? Como oferecer melhores serviços ao cidadão? Melhoria da Gestão com o uso de Tecnologia da Informação Melhore

Leia mais

GUIA INFORMATIVO DA COMPLEMENTAÇÃO PEDAGÓGICA

GUIA INFORMATIVO DA COMPLEMENTAÇÃO PEDAGÓGICA GUIA INFORMATIVO DA COMPLEMENTAÇÃO PEDAGÓGICA Parabéns por ter escolhido a FAVED/ISEED/PROMINAS para estudar, agradecemos a preferência e confiança depositadas em nossos serviços educacionais. Faremos

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 9.461, DE 04 DE MARÇO DE 2011.

RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 9.461, DE 04 DE MARÇO DE 2011. RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 9.461, DE 04 DE MARÇO DE 2011. Dispõe sobre a simplificação do atendimento público prestado ao cidadão, ratifica a dispensa do reconhecimento de firma em documentos produzidos

Leia mais

A rede de dados mais confiável do país. Proposta de Parceria para. Certificado Digital

A rede de dados mais confiável do país. Proposta de Parceria para. Certificado Digital A rede de dados mais confiável do país. Proposta de Parceria para Certificado Digital 1. Objetivo Esta proposta tem por objetivo realizar a emissão e validação do Certificado Digital da Serasa Experian.

Leia mais

Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação

Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação Aprovado por: Diretoria de Informação Institucional 1 OBJETIVO Definir e padronizar os procedimentos referentes

Leia mais

O QUE É DOCUMENTO PARA O SIGA

O QUE É DOCUMENTO PARA O SIGA APRESENTAÇÃO O SIGA - Sistema Integrado de Gestão Administrativa é o sistema oficial de gestão documental do Poder Judiciário baiano que permite a criação, transferência, assinatura e demais atos de tramitação

Leia mais

Parabéns! Agora que a sua cota já está contemplada e você já recebeu sua CARTA DE CRÉDITO, você poderá concretizar o seu projeto.

Parabéns! Agora que a sua cota já está contemplada e você já recebeu sua CARTA DE CRÉDITO, você poderá concretizar o seu projeto. Orientações para aquisição de Bens Imóveis Parabéns! Agora que a sua cota já está contemplada e você já recebeu sua CARTA DE CRÉDITO, você poderá concretizar o seu projeto. Lembrando que a análise do seu

Leia mais

O Desembargador Fernando Luiz Ximenes Rocha, Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará, no exercício de suas atribuições legais, etc.

O Desembargador Fernando Luiz Ximenes Rocha, Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará, no exercício de suas atribuições legais, etc. ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA PROVIMENTO Nº.../2008 Dispõe sobre a implantação do controle dos selos de autenticidade pelo novo Sistema de Impressão de Guia Extrajudicial Online

Leia mais

Siscart participa do XIX Congresso Notarial Brasileiro

Siscart participa do XIX Congresso Notarial Brasileiro Junho/2014 Boletim Eletrônico Mensal da Siscart Informática Siscart participa do XIX Congresso Notarial Brasileiro A Siscart Informática participou entre os dias 14 e 18 de maio de 2014 em Imbassaí na

Leia mais

PORTARIA-CONJUNTA Nº 09/2012/TJMG/CGJ/SEF-MG

PORTARIA-CONJUNTA Nº 09/2012/TJMG/CGJ/SEF-MG Publicação: 17/04/12 DJE: 16/04/12 PORTARIA-CONJUNTA Nº 09/2012/TJMG/CGJ/SEF-MG Institui o Selo de Fiscalização Eletrônico no âmbito dos serviços notariais e de registro do Estado de Minas Gerais. O PRESIDENTE

Leia mais

Selo Digital - manual do usuário Sistema Cartosoft

Selo Digital - manual do usuário Sistema Cartosoft Selo Digital - manual do usuário Sistema Cartosoft Manual do usuário Data: 28/04/2015 Versão documento: 1.0 Sumário 1. INTRODUÇÃO... 03 2. A SOLUÇÃO DO SELO DIGITAL PARA MINAS GERAIS... 03 3. A SERVENTIA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARÁ RESOLUÇÃO Nº 005/2008-GP.

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARÁ RESOLUÇÃO Nº 005/2008-GP. PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARÁ RESOLUÇÃO Nº 005/2008-GP. Dispõe sobre a Implantação e estabelece normas para o funcionamento do processo judicial eletrônico no Poder Judiciário

Leia mais

Portal Cidadão - Governo

Portal Cidadão - Governo Portal Cidadão - Governo A Certisign Manaus Recife Brasília Goiânia Belo Horizonte São Paulo Rio de Janeiro Porto Alegre A Certisign Pioneira no mercado Certificação na América Latina Única com foco exclusivo

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº xx.xxx INSTRUÇÃO Nº 952-19.2013.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL

RESOLUÇÃO Nº xx.xxx INSTRUÇÃO Nº 952-19.2013.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL RESOLUÇÃO Nº xx.xxx INSTRUÇÃO Nº 952-19.2013.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL Relator: Ministro Dias Toffoli Interessado: Tribunal Superior Eleitoral Dispõe sobre pesquisas eleitorais para

Leia mais

Manual de Apoio ao Aluno Estrangeiro

Manual de Apoio ao Aluno Estrangeiro Centro de Pesquisas René Rachou Av. Augusto de Lima, 1715, Barro Preto - Belo Horizonte/Minas Gerais Manual de Apoio ao Aluno Estrangeiro CPqRR - Fiocruz Minas FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ - FIOCRUZ Centro de

Leia mais

USUCAPIÃO EXTRAJUDICIAL xv congresso brasileiro anoreg Natal, 21 de novembro de 2013

USUCAPIÃO EXTRAJUDICIAL xv congresso brasileiro anoreg Natal, 21 de novembro de 2013 USUCAPIÃO EXTRAJUDICIAL xv congresso brasileiro anoreg Natal, 21 de novembro de 2013 Marcelo Rodrigues Desembargador TJMG marcelo@tjmg.jus.br LEGISLAÇÃO DE DIREITO FORMAL Natureza jurídica Objetivos Função

Leia mais

Carta de Serviços aos Cidadãos

Carta de Serviços aos Cidadãos Carta de Serviços aos Cidadãos Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul: a cada dia mais próximo da comunidade www.tre-jus.br O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul é um órgão do Poder

Leia mais

SE Brasília/DF Jan./2013 24.000 ex. 10,5x29,7cm Editora MS/CGDI/SAA OS 2013/0124

SE Brasília/DF Jan./2013 24.000 ex. 10,5x29,7cm Editora MS/CGDI/SAA OS 2013/0124 1 12 SE Brasília/DF Jan./2013 24.000 ex. 10,5x29,7cm Editora MS/CGDI/SAA OS 2013/0124 SE Brasília/DF Jan./2013 24.000 ex. 10,5x29,7cm Editora MS/CGDI/SAA OS 2013/0124 12 Em 2013, o registro de dados no

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - UNIPAMPA. EDITAL N.º 067, de 04 de julho de 2007

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - UNIPAMPA. EDITAL N.º 067, de 04 de julho de 2007 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - UNIPAMPA EDITAL N.º 067, de 04 de julho de 2007 ABERTURA DE VAGAS PARA INGRESSO OU REINGRESSO EM CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIPAMPA, PARA O 2º

Leia mais

Em 2013, o registro de dados no SIOPS passará a ser obrigatório.

Em 2013, o registro de dados no SIOPS passará a ser obrigatório. Em 2013, o registro de dados no SIOPS passará a ser obrigatório. Fique atento aos procedimentos e prazos estabelecidos pela Lei para declaração de despesas com saúde. art certificado digital-siops-10,5x29,7.indd

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2/2013 DA UNIMONTES ANEXO I PROGRAMA SOCIOECONÔMICO 1 DA PARTICIPAÇÃO 1.1. Poderão participar do Programa Socioeconômico: 1.1.1. Os candidatos das modalidades I e II (conforme

Leia mais

CAPÍTULO 1 DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

CAPÍTULO 1 DISPOSIÇÕES PRELIMINARES TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL RESOLUÇÃO N 23.190 INSTRUÇÃO N 127 - CLASSE 19 BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL. Relator: Ministro Arnaldo Versiani. Interessado: Tribunal Superior Eleitoral. Dispõe sobre pesquisas

Leia mais

VALIDAÇÃO DO PRÊMIO CEARÁ DE CIDADANIA ELETRÔNICA 2013

VALIDAÇÃO DO PRÊMIO CEARÁ DE CIDADANIA ELETRÔNICA 2013 VALIDAÇÃO DO PRÊMIO CEARÁ DE CIDADANIA ELETRÔNICA 2013 ABRIL/2013 PROGRAMAÇÃO 1. OBJETIVO, OBJETO E PÚBLICO ALVO 2. CARACTERÍSTICAS 3. CATEGORIAS E COMISSÕES 4. CRITÉRIOS 5. FASES 6. FORMULÁRIO 7. VENCEDORES

Leia mais

Certificados Digitais - Perguntas Frequentes

Certificados Digitais - Perguntas Frequentes Certificados Digitais - Perguntas Frequentes O que é um certificado digital? O certificado, na prática, equivale a uma carteira de identidade, ao permitir a identificação de uma pessoa, quando enviando

Leia mais

ANEXO I. FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO para estudantes inscritos em um ou mais programas da Assistência Estudantil PROENS

ANEXO I. FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO para estudantes inscritos em um ou mais programas da Assistência Estudantil PROENS ANEXO I FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO para estudantes inscritos em um ou mais programas da Assistência Estudantil PROENS ( ) Fiz inscrição para o Programa de Bolsas de Inclusão Social - PBIS Edital 003/2014

Leia mais

Em primeiro lugar, gostaria, naturalmente, de agradecer a todos, que se disponibilizaram, para estar presentes nesta cerimónia.

Em primeiro lugar, gostaria, naturalmente, de agradecer a todos, que se disponibilizaram, para estar presentes nesta cerimónia. Cumprimentos a todas as altas individualidades presentes (nomeando cada uma). Caras Colegas, Caros Colegas, Minhas Senhoras, Meus Senhores, Meus Amigos Em primeiro lugar, gostaria, naturalmente, de agradecer

Leia mais

ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL

ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL ORIENTAÇÕES SOBRE A ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL Apresentação A Prefeitura Municipal de Goiânia realizará a atualização cadastral dos Servidores

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO, SECRETARIA DA CULTURA E MUSEU DA CASA BRASILEIRA APRESENTAM REGULAMENTO PARA CONCURSO DO CARTAZ

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO, SECRETARIA DA CULTURA E MUSEU DA CASA BRASILEIRA APRESENTAM REGULAMENTO PARA CONCURSO DO CARTAZ GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO, SECRETARIA DA CULTURA E MUSEU DA CASA BRASILEIRA APRESENTAM PRÊMIO DESIGN MUSEU DA CASA 28º BRASILEIRA REGULAMENTO PARA CONCURSO DO CARTAZ 2014 atualizado em 28 de abril

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES

EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES Processo Seletivo para o Programa Especial de Formação Pedagógica para Professores de Educação Profissional de Nível Médio (Convênio FNDE/MEC nº 400012/2011 Programa Brasil

Leia mais

Certificado Digital - Pessoa Jurídica. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A1 ou CNPJ A3)

Certificado Digital - Pessoa Jurídica. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A1 ou CNPJ A3) Certificado Digital - Pessoa Jurídica DOCUMENTOS NECESSÁRIOS DA PESSOA JURÍDICA (CNPJ A1 ou CNPJ A3) Além dos documentos da Pessoa Jurídica, são necessários, também, dois documentos de identificação do

Leia mais

Registro em Meio Eletrônico Consulta.

Registro em Meio Eletrônico Consulta. Registro em Meio Eletrônico Consulta. À Drª. Sonia Cantelmo Advogada Em resposta à consulta formulada, a respeito de registro em meio eletrônico, digitalização, certificação e eliminação de documentos,

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB EDITAL Nº 036/2014, DE 24 DE FEVEREIRO DE 2014 Abre inscrições para o processo seletivo para ingresso no curso de Especialização em Gestão Pública Municipal. A Coordenadora da Universidade Aberta do Brasil

Leia mais

Manual do Usuário Selo Digital

Manual do Usuário Selo Digital Manual do Usuário Selo Digital Versão 1.5 Julho, 2013 Página 1 de 75 Sumário Sumário... 2 Bem Vindo ao Selo Digital... 4 Segurança... 5 1. Primeiro Acesso... 6 1.1. Login... 6 1.2. Alterar senha... 6 1.3.

Leia mais

SISTEMA DE INSPEÇÕES EXTRAJUDICIAIS

SISTEMA DE INSPEÇÕES EXTRAJUDICIAIS SISTEMA DE INSPEÇÕES EXTRAJUDICIAIS Manual do Usuário Unidade de Apoio à Corregedoria - DINFO e-mail: dinfo.uac@tjpe.jus.br Tribunal de Justiça de Pernambuco PRAÇA DA REPÚBLICA S/N - SANTO ANTÔNIO CEP:

Leia mais

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL PDI DE TRANSPARÊNCIA ADMINISTRATIVA MUNICIPAL

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL PDI DE TRANSPARÊNCIA ADMINISTRATIVA MUNICIPAL PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL PDI DE TRANSPARÊNCIA ADMINISTRATIVA MUNICIPAL Façam perguntas por: Telefone: (71) 2105-7900 E-mail: perguntas@tmunicipal.org.br DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL Com

Leia mais

PONTO DOS CONCURSOS CURSO: DIREITO ELEITORAL - TEORIA E EXERCÍCIOS TREs. 3º Simulado de Direito Eleitoral para TREs. PROFESSOR: RICARDO GOMES AVISOS:

PONTO DOS CONCURSOS CURSO: DIREITO ELEITORAL - TEORIA E EXERCÍCIOS TREs. 3º Simulado de Direito Eleitoral para TREs. PROFESSOR: RICARDO GOMES AVISOS: AVISOS: 1. Os Simulados de Direito Eleitoral para TREs serão com base em Provas da FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS (FCC); 2. Estamos ministrando o CURSO DE DIREITO ELEITORAL para TREs Teoria e Exercícios, iniciado

Leia mais

12.1 AÇÕES E INDICAÇÕES DE PROJETOS

12.1 AÇÕES E INDICAÇÕES DE PROJETOS 43 Considerando os Objetivos Estratégicos, Indicadores e Metas, foram elaboradas para cada Objetivo, as Ações e indicados Projetos com uma concepção corporativa. O Plano Operacional possui um caráter sistêmico,

Leia mais

PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2012 REGULAMENTO

PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2012 REGULAMENTO PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2012 REGULAMENTO Calendário ATIVIDADES Lançamento e Abertura das Inscrições Encerramento das Inscrições Anúncio Oficial dos Finalistas Cerimônia de Premiação dos Vencedores

Leia mais

GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA

GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA SUMÁRIO >> Introdução... 3 >> O que é a nota fiscal eletrônica?... 6 >> O que muda com esse novo modelo de documento fiscal?... 8 >> O DANFE - Documento Acessório

Leia mais

Subordinação da Junta Comercial

Subordinação da Junta Comercial Subordinação da Junta Comercial JUCESP A JUCESP é um órgão público estadual, subordinado administrativamente a Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania; e técnicamente ao Departamento Nacional de

Leia mais

PRÊMIO CREA-RS DE JORNALISMO ESPECIAL 80 ANOS

PRÊMIO CREA-RS DE JORNALISMO ESPECIAL 80 ANOS REGULAMENTO PRÊMIO CREA-RS DE JORNALISMO ESPECIAL 80 ANOS DISPOSIÇÕES GERAIS 1º. O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio Grande do Sul, sob coordenação da Gerência de Comunicação e Marketing

Leia mais

MANUAL SIMPLIFICADO DE AQUISIÇÃO DOS SELOS DIGITAIS

MANUAL SIMPLIFICADO DE AQUISIÇÃO DOS SELOS DIGITAIS MANUAL SIMPLIFICADO DE AQUISIÇÃO DOS SELOS DIGITAIS I. APRESENTAÇÃO DO SELO DIGITAL Instituído pela Lei Estadual nº 10.132/2013, o Selo Digital de Fiscalização Extrajudicial é uma evolução do selo físico

Leia mais

TABELA IV DOS TABELIONATOS DE PROTESTO DE TÍTULOS

TABELA IV DOS TABELIONATOS DE PROTESTO DE TÍTULOS TABELA IV DOS TABELIONATOS DE PROTESTO DE TÍTULOS Tabela elaborada sob responsabilidade do IEPTB-SP. Lei 11.331, de 26 de dezembro de 2002, publicada no DOE-SP em 27 de dezembro de 2002. Lei estadual 13.160,

Leia mais

ANEXO 2 - LISTA DE DOCUMENTOS

ANEXO 2 - LISTA DE DOCUMENTOS ANEXO 2 - LISTA DE DOCUMENTOS 1. DOCUMENTOS ESSENCIAIS: ( ) Declaração de matrícula 1.2 Documentos de identificação do estudante: ( ) RG ou documento oficial com foto. ( ) CPF 1.3 Documentação civil: (

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral Abril 2013 TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Presidente Desembargadora Letícia De Faria Sardas Corregedor

Leia mais

Processo: 2014-175822

Processo: 2014-175822 Processo: 2014-175822 Assunto: REQUER A CRIAÇÃO DE UNIDADES INTERLIGADAS PARA LAVRATURA DE REGISTROS DE OBITO JUNTO AOS IMLs DO ESTADO ARPEN/RJ ASSOCIAÇÃO DO REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS PRISCILLA

Leia mais

Regulamento Prêmio Sebrae de Jornalismo 6ª edição Nacional

Regulamento Prêmio Sebrae de Jornalismo 6ª edição Nacional Regulamento Prêmio Sebrae de Jornalismo 6ª edição Nacional 1. DOS OBJETIVOS DO PRÊMIO 1.1. O Prêmio Sebrae de Jornalismo (PSJ) é um concurso jornalístico instituído pelo Sebrae Nacional Serviço Brasileiro

Leia mais

PORTARIA N 1840/CGJ/2011

PORTARIA N 1840/CGJ/2011 DJe de 25/11/2011 (cópia sem assinatura digital) PORTARIA N 1840/CGJ/2011 Dispõe sobre a concessão, no âmbito do Estado de Minas Gerais, de autorização de viagem para o exterior de crianças e adolescentes

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DO CARTAZ PARA 25º PRÊMIO DESIGN MUSEU DA CASA BRASILEIRA

REGULAMENTO DO CONCURSO DO CARTAZ PARA 25º PRÊMIO DESIGN MUSEU DA CASA BRASILEIRA REGULAMENTO DO CONCURSO DO CARTAZ PARA 25º PRÊMIO DESIGN MUSEU DA CASA BRASILEIRA 1 OBJETIVOS 1.1 Divulgar a 25ª edição do Prêmio Design Museu da Casa Brasileira, mais tradicional e renomada premiação

Leia mais

Assessoria de Comunicação Social

Assessoria de Comunicação Social Salvador, Bahia Terça-feira 4 de Fevereiro de 2014 Ano XCVIII N o 21.349 Departamento Estadual de Trânsito DETRAN Extrato de Portarias de 03 de fevereiro de 2014 Diretoria-Geral Licença Prêmio Deferida

Leia mais

CARTILHA DO VOTO CONSCIENTE

CARTILHA DO VOTO CONSCIENTE CARTILHA DO VOTO CONSCIENTE ART. 1, 1 da Constituição Federal de 88: Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição. Voto consciente:

Leia mais

Instruções para o início do uso do selo eletrônico para as serventias de RCPN de Minas Gerais 2015

Instruções para o início do uso do selo eletrônico para as serventias de RCPN de Minas Gerais 2015 Instruções para o início do uso do selo eletrônico para as serventias de RCPN de Minas Gerais 2015 Introdução A implantação do Selo de Fiscalização Eletrônico congrega esforços do Tribunal de Justiça e

Leia mais

Motivação. Capacitar para transformar. O desempenho do agronegócio no Brasil tem apresentando rendimentos significativos na

Motivação. Capacitar para transformar. O desempenho do agronegócio no Brasil tem apresentando rendimentos significativos na FAZENDA LEGAL Motivação O desempenho do agronegócio no Brasil tem apresentando rendimentos significativos na formação do PIB nacional. Grande parte desses resultados credita-se aos produtores e trabalhadores

Leia mais

Novo Guia de uso rápido do PROJUDI

Novo Guia de uso rápido do PROJUDI 1. O que é o PROJUDI? Novo Guia de uso rápido do PROJUDI O Processo Judicial Digital PROJUDI, também chamado de processo virtual ou de processo eletrônico, pode ser definido como um software que reproduz

Leia mais

MANUAL DE FISCALIZAÇÃO

MANUAL DE FISCALIZAÇÃO MANUAL DE FISCALIZAÇÃO ELEIÇÕES 2010 1 I - FISCALIZAÇÃO DURANTE A VOTAÇÃO Número de Fiscais e Delegados Cada Partido ou Coligação poderá nomear dois (2) Delegados em cada Zona Eleitoral e dois (2) Fiscais

Leia mais

PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2015 REGULAMENTO. Encerramento das inscrições. Cerimônia de premiação dos vencedores

PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2015 REGULAMENTO. Encerramento das inscrições. Cerimônia de premiação dos vencedores PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2015 REGULAMENTO Calendário ATIVIDADES DATA Lançamento no site Encerramento das inscrições Anúncio oficial dos finalistas Cerimônia de premiação dos vencedores 03 de

Leia mais

EVENTOS. Caravana da Inclusão, Acessibilidade e Cidadania

EVENTOS. Caravana da Inclusão, Acessibilidade e Cidadania A União dos Vereadores do Estado de São Paulo UVESP, desde 1977 (há 38 anos) promove parceria com o Poder Legislativo para torná-lo cada vez mais forte, através de várias ações de capacitação e auxílio

Leia mais

Em respeito aos clientes e parceiros. Investimento em qualidade muda espaço, melhora a prestação de serviços e tem reconhecimento

Em respeito aos clientes e parceiros. Investimento em qualidade muda espaço, melhora a prestação de serviços e tem reconhecimento Nº 1 JAN/2010 Em respeito aos clientes e parceiros Investimento em qualidade muda espaço, melhora a prestação de serviços e tem reconhecimento índice Expediente Página 3 Em busca da melhoria contínua Página

Leia mais

Documentação Específica de acordo com Natureza Jurídica da PJ

Documentação Específica de acordo com Natureza Jurídica da PJ Administração Pública Documentação Específica de acordo com Natureza Jurídica da PJ ADMINISTRAÇÃO FEDERAL - UNIÃO Órgão Público do Poder Executivo Federal NJ 101-5 Órgão Público do Poder Legislativo Federal

Leia mais

12. Assinale a opção correta a respeito da composição e do funcionamento das juntas eleitorais.

12. Assinale a opção correta a respeito da composição e do funcionamento das juntas eleitorais. TRE-MT ANALIS. JUD. ADM CESPE 9. Assinale a opção correta com relação aos órgãos da justiça eleitoral. a) A justiça eleitoral é composta pelo Tribunal Superior Eleitoral ( TSE ), pelo TRE, na capital de

Leia mais

PROVIMENTO N. 36, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2009. O CORREGEDOR-GERAL DA JUSTIÇA DO ESTADO DE SANTA CATARINA, no uso de suas atribuições e considerando:

PROVIMENTO N. 36, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2009. O CORREGEDOR-GERAL DA JUSTIÇA DO ESTADO DE SANTA CATARINA, no uso de suas atribuições e considerando: ESTADO DE SANTA CATARINA PODER JUDICIÁRIO CORREGEDORIA-GERAL DA JUSTIÇA PROVIMENTO N. 36, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2009. Dispõe sobre a informatização das serventias extrajudiciais do Estado de Santa Catarina

Leia mais

EDITAL - BOLSA DE ESTUDO ENSINO MÉDIO E SUPERIOR

EDITAL - BOLSA DE ESTUDO ENSINO MÉDIO E SUPERIOR EDITAL - BOLSA DE ESTUDO ENSINO MÉDIO E SUPERIOR Inscrições disponíveis no site da Prefeitura Municipal de Joinville Entrega de formulário preenchido e documentação exigida: Servidores Lotados nas demais

Leia mais

8º Concurso de Presépios da UFSJ

8º Concurso de Presépios da UFSJ Edital nº 13/2013/UFSJ/PROEX 8º Concurso de Presépios da UFSJ OBJETO: Seleção de presépios natalinos para o 8º Concurso de Presépios da UFSJ CAPÍTULO I DO OBJETIVO 1.1 Este edital tem o objetivo de estabelecer

Leia mais

REGISTRO ELETRÔNICO. BASE LEGAL O Registro Eletrônico no Brasil foi introduzido pela Lei 11.977, de 7 de julho de 2009.

REGISTRO ELETRÔNICO. BASE LEGAL O Registro Eletrônico no Brasil foi introduzido pela Lei 11.977, de 7 de julho de 2009. REGISTRO ELETRÔNICO Trabalho apresentado no XXVII Encontro do Comitê Latino Americano de Consulta Registral BASE LEGAL O Registro Eletrônico no Brasil foi introduzido pela Lei 11.977, de 7 de julho de

Leia mais

Assembléia Legislativa do Estado do Amazonas

Assembléia Legislativa do Estado do Amazonas 1 de 9 14/04/2014 14:27 Imprimir Voltar Assembléia Legislativa do Estado do Amazonas Lei Ordinária nº 2751/2002 de 24/09/2002 Ementa ADAPTA a legislação estadual às normas gerais instituídas pela Lei Federal

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOÂO DEL REI Secretaria Municipal de ADMINISTRAÇÃO Departamento de Recursos Humanos

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOÂO DEL REI Secretaria Municipal de ADMINISTRAÇÃO Departamento de Recursos Humanos PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOÂO DEL REI Secretaria Municipal de ADMINISTRAÇÃO Departamento de Recursos Humanos COMITÊ GERAL DE AVALIAÇÃO FUNCIONAL DE DESEMPENHO DO ESTÁGIO PROBATÓRIO Assegurado pelo Decreto

Leia mais

INFOJUD, RENAJUD E BACENJUD INSTRUMENTOS DE EFETIVIDADE DA JURISDIÇÃO

INFOJUD, RENAJUD E BACENJUD INSTRUMENTOS DE EFETIVIDADE DA JURISDIÇÃO INFOJUD, RENAJUD E BACENJUD INSTRUMENTOS DE EFETIVIDADE DA JURISDIÇÃO I PROGRAMA DE INTERCÂMBIO DE MAGISTRADOS FÓRUM BRIC Exchange Program for Judges BRIC Forum Marivaldo Dantas de Araújo Juiz de Direito

Leia mais

SELO DE CERTIFICAÇÃO DE EMPRESAS CERTIFICAÇÃO ANOREG-BR/FGV PARA EMPRESAS DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO

SELO DE CERTIFICAÇÃO DE EMPRESAS CERTIFICAÇÃO ANOREG-BR/FGV PARA EMPRESAS DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO SELO DE CERTIFICAÇÃO DE EMPRESAS CERTIFICAÇÃO ANOREG-BR/FGV PARA EMPRESAS DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO 1 / 6 APRESENTAÇÃO A Associação de Notários e Registradores do Brasil - ANOREG BR em parceria com a

Leia mais

Atos normativos pertinentes: Ofício Circular nº 032/2012 Ofício Circular nº 033/2012

Atos normativos pertinentes: Ofício Circular nº 032/2012 Ofício Circular nº 033/2012 Atos normativos pertinentes: Ofício Circular nº 032/2012 Ofício Circular nº 033/2012 O Portal do Extrajudicial é uma iniciativa inovadora da Corregedoria- Geral da Justiça do Estado de Goiás, lançado em

Leia mais

Prezado(a) candidato(a),

Prezado(a) candidato(a), Prezado(a) candidato(a), Por favor, fique atento às informações a seguir, as quais garantirão o bom andamento do seu processo de comprovação de informações para o PROUNI na ULBRA. Dedique alguns minutos

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA.

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples

Leia mais

PORTARIA Nº 144 DE 07 DE NOVEMBRO DE 2007.

PORTARIA Nº 144 DE 07 DE NOVEMBRO DE 2007. PORTARIA Nº 144 DE 07 DE NOVEMBRO DE 2007. Institui o modelo do Termo de Compromisso previsto no art. 129 da Lei no 10.431, de 20 de dezembro de 2006, e dá outras providências. O SECRETÁRIO DO MEIO AMBIENTE

Leia mais

COMISSÃO DIRETORA. Praça dos Três Poderes Senado Federal CEP: 70165 900 Brasília DF

COMISSÃO DIRETORA. Praça dos Três Poderes Senado Federal CEP: 70165 900 Brasília DF A estrutura administrativa do Senado Federal está dividida em três áreas que compreendem os órgãos superiores de execução, órgãos de assessoramento superior e órgão supervisionado. Conheça a estrutura

Leia mais

DAS ATIVIDADES DE REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS. O Registrador Civil das Pessoas Naturais - vocação sacerdote

DAS ATIVIDADES DE REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS. O Registrador Civil das Pessoas Naturais - vocação sacerdote REGISTRO CIVIL Um pouco de história DAS ATIVIDADES DE REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS. O Registro Civil sempre foi considerado PRIMO POBRE O Registrador Civil das Pessoas Naturais - vocação sacerdote

Leia mais

Caro Aluno, Seja bem-vindo!

Caro Aluno, Seja bem-vindo! Manual do Aluno Caro Aluno, Seja bem-vindo! Este manual é um guia que irá orientá-lo em sua vida acadêmica. Aqui, você encontrará informações sobre as atividades educacionais, documentação, matrícula,

Leia mais

TABELA V DOS OFICIOS DE REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS

TABELA V DOS OFICIOS DE REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS TABELA V DOS OFICIOS DE REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS Tabela elaborada sob responsabilidade da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo Arpen-SP. Lei 11.331, de 26

Leia mais

MUNICÍPIO DE ITAPEMIRIM CNPJ 27.174.168/0001-70

MUNICÍPIO DE ITAPEMIRIM CNPJ 27.174.168/0001-70 12 DE FEVEREIRO DE 2015 Informativo Oficial do Municipio de Itapemirim - Criado pela Lei Municipal nº 1.928/05 e Regulamentado pelo Decreto nº 2.671/05 - Ano IX - 1618 DECRETOS DECRETO Nº. 8.552 /2015

Leia mais

Obrigações Eleitorais

Obrigações Eleitorais Obrigações Eleitorais Votação no Catar Inscrição eleitoral para residentes no Catar Documentação necessária para inscrição eleitoral no Catar Transferência do título de eleitor para o Catar Documentação

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PETRÓPOLIS CENTRO DE ENGENHARIA E COMPUTAÇÃO ENGENHARIA CIVIL RESUMO DA LEI NÚMERO 5.194 DE 24 DE DEZEMBRO DE 1966

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PETRÓPOLIS CENTRO DE ENGENHARIA E COMPUTAÇÃO ENGENHARIA CIVIL RESUMO DA LEI NÚMERO 5.194 DE 24 DE DEZEMBRO DE 1966 UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PETRÓPOLIS CENTRO DE ENGENHARIA E COMPUTAÇÃO ENGENHARIA CIVIL RESUMO DA LEI NÚMERO 5.194 DE 24 DE DEZEMBRO DE 1966 Petrópolis 2013 1 INTRODUÇÃO O presente trabalho é um resumo

Leia mais