Equilíbrio na Sustentabilidade. Equilíbrio no Crescimento. Equilíbrio nos Relacionamentos. Principais Indicadores Exercício

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Equilíbrio na Sustentabilidade. Equilíbrio no Crescimento. Equilíbrio nos Relacionamentos. Principais Indicadores Exercício 2007 46"

Transcrição

1 Relatório de Sustentabilidade e Responsabilidade Social Exercício_2007

2 Equilíbrio na Sustentabilidade Equilíbrio no Crescimento Sobre este Relatório 06 Mensagem da Diretoria 08 Perfil da Medley 10 Visão Missão Valores Medley 11 Histórico 12 Governança Corporativa 14 Perspectivas, Estratégia e Investimentos 15 Gestão e Prevenção de Riscos 17 Gestão do Desempenho Econômico 21 Demonstrativo do Valor Adicionado DVA 29 Responsabilidade pelos Produtos 31 Equilíbrio nos Relacionamentos Médicos 40 Profissionais do Varejo Farmacêutico 41 Distribuidores 43 Consumidores 44 Fornecedores 45 Principais Indicadores Exercício Equilíbrio Ambiental Gestão Ambiental 55 Equilíbrio Social Gestão de Pessoas 63 Relacionamento com as Comunidades 79 Anexos Balanço Social Anual 2007 IBASE 88 Relatório dos Auditores Independentes 89 Metas Medley Metas Medley para o Próximo Período 91 Compromissos Institucionais 92 Metas do Milênio 94 Premiações 95 Índice Remissivo GRI, versão G3 96 Créditos 102

3

4 Equilíbrio na Sustentabilidade Comprometimento com o desenvolvimento empresarial sustentável na produção, na gestão de pessoas e nas parcerias 06 Sobre este Relatório 08 Mensagem da Diretoria 10 Perfil da Medley 11 Visão Missão Valores Medley 12 Histórico 14 Governança Corporativa 15 Perspectivas, Estratégia e Investimentos 17 Prevenção de Riscos

5 EQUILÍBRIO: O PRINCÍPIO ATIVO DA SUSTENTABILIDADE Sobre este Relatório Este é o quarto Relatório Anual da Medley e o segundo a adotar as diretrizes do GRI-Global Reporting Initiative¹, modelo internacional que contempla informações essenciais nas dimensões econômica, ambiental e social dos negócios. A Medley tem a satisfação de informar que esta edição do Relatório de Sustentabilidade e Responsabilidade Social, Exercício 2007 além do relato abrangente sobre o desempenho da companhia mostra como as diretrizes do modelo GRI enriquecem o conjunto de instrumentos de gestão relacionados com a sustentabilidade. Nesta publicação estão disponíveis informações mais detalhadas do que no ano anterior em temas como Gestão Ambiental e Recursos Humanos, porque as áreas da companhia adotaram o monitoramento de vários indicadores GRI, em complemento aos indicadores internos de gestão já existentes. Além desta versão completa, com tiragem de 3 mil exemplares, uma versão resumida, dirigida aos funcionários e aos públicos externos que se relacionam com a Medley, está disponível no site com.br/responsabilidadesocial/ relatorios O processo de elaboração do Relatório novamente começou com reuniões de sensibilização para Gerentes e Coordenadores, assim como reuniões individuais e especificas, para esclarecer sobre a importância do equilíbrio, da comparabilidade, da exatidão e da clareza dos indicadores a serem fornecidos, guiados pelos protocolos técnicos do modelo GRI. A produção do Relatório GRI considerou, ainda, dois subsídios importantes: As respostas à Pesquisa encartada em cada exemplar da edição passada, sob o título Sua Opinião sobre este Relatório E a análise da mesma edição por consultoria especializada no estudo de Relatórios realizados no modelo GRI. A pesquisa foi respondida espontaneamente por 51 leitores e demonstrou que a publicação está no caminho certo: a credibilidade das informações foi considerada ótima e boa por 98% dos leitores; e o conteúdo foi considerado ótimo e bom por praticamente 84% dos que responderam ao questionário - nenhum assinalou regular ou ruim. Entre as sugestões manifestadas na pesquisa, foram incluídas no Relatório informações sobre estratégias de acessibilidade para portadores de necessidades especiais ; e colocado em prática o incentivo à consciência ambiental entre os médicos, por meio de dois encontros que já estavam programados, os Diálogos sobre Sustentabilidade. Ao mesmo tempo, a análise da consultoria especializada indicou alguns pontos de melhoria, entre os quais foram incorporados a esta edição: a explicação detalhada dos motivos para indicadores considerados Não Aplicáveis; e considerações para a maioria ¹A GRI Global Reporting Initiative é uma organização não governamental internacional, com sede em Amsterdam, na Holanda, que tem como objetivo padronizar e elevar o patamar de informações fornecidas nos Relatórios em todo o mundo. Esse modelo de Relatório exige processos de gestão cada vez mais apurados e permite mais proximidade entre os indicadores publicados e os interesses legítimos de todos os públicos (saiba mais em 6 SOBRE ESTE RELATÓRIO

6 dos indicadores Não Disponíveis. Essas informações estão no Índice Remissivo GRI. Esse processo de pensamento e de participação de diferentes públicos apoiou a aplicação do princípio da materialidade², para identificar as mais relevantes informações econômicas, ambientais e sociais, os públicos que podem ter interesse no Relatório e os seus principais temas, que são os seguintes: a) A atenção da empresa com o equilíbrio na gestão das questões da sustentabilidade, o que abrange desde a estratégia dos negócios e a qualidade dos produtos, até a gestão operacional, ambiental e do relacionamento com funcionários, com as comunidades próximas e com os diversos públicos externos b) Os investimentos da Medley são claramente dirigidos para a melhoria da saúde e do bem-estar da sociedade, pois permitem a ampliação do acesso da população aos medicamentos. Em seguida, entrevistas com os principais gestores contribuíram para identificar e reunir os indicadores mais significativos, editados e redigidos por jornalista especializada na edição de Relatórios pelo modelo GRI. O próximo passo foi a validação das informações pelas equipes internas. Depois, outra etapa importante: a auditoria externa para o Relatório no modelo GRI, realizada pela KPMG Assurance Services. O projeto gráfico foi inspirado no princípio do equilíbrio como forma de expressão para o relacionamento saudável entre a humanidade e todos os agentes do ambiente. Há quase 2400 anos Hipócrates definiu saúde como equilíbrio interno de um organismo, equilíbrio desse organismo com outros organismos e do conjunto de organismos com o meio ambiente. Essa idéia clássica está presente na estratégia e nas ações da Medley. Tudo é feito de forma a contribuir para a convivência de pessoas saudáveis, em ambientes saudáveis. A busca desse equilíbrio começa internamente, no relacionamento entre todos os profissionais da empresa. As ações também consideram os relacionamentos com os diversos públicos externos, as comunidades próximas, a sociedade e o meio ambiente, cujo equilíbrio depende de cada pessoa, de cada empresa, de cada instituição. É dessa forma, de dentro para fora, em relacionamentos que se abrem do individual ao global, que a Medley pratica o conceito de sustentabilidade. Que, em outras palavras, nada mais é do que a harmonia entre produtividade e qualidade de vida, crescimento econômico e valorização humana, liderança empresarial, contribuição social e preservação ambiental. NÍVEIS DE APLICAÇÃO DO RELATÓRIO GRI Relatório Auto-declarado Relatório Auditado por Terceiros ² Determinar a Materialidade em Relatórios de Sustentabilidade inclui considerar impactos econômicos, ambientais e sociais que ultrapassem o limiar que afeta a capacidade de satisfazer as necessidades do presente, sem comprometer a capacidade das gerações futuras em suprir suas próprias necessidades (fonte: Diretrizes Global Reporting Initiative). SOBRE ESTE RELATÓRIO

7 Mensagem da Diretoria Os desafios foram marcantes em 2007, ano de competição acirrada entre os agentes do mercado de produtos farmacêuticos, em busca do crescimento de participação no mercado. O desempenho da Medley no período veio confirmar que a estratégia da empresa está adequada para enfrentar todos os movimentos do setor, de forma competitiva e com equilíbrio entre qualidade e resultados. O faturamento da companhia cresceu 19,34% em 2007, muito acima do crescimento de 5,4% do PIB-Produto Interno Bruto nacional e acima do crescimento geral do mercado brasileiro de produtos farmacêuticos. No desempenho acumulado de 2007, a Medley situou-se em 4º. lugar no ranking das empresas farmacêuticas no país e, em dezembro, reassumiu a 3ª posição no market share do mês. Entre os fatos marcantes que contribuíram para esses resultados destacaram-se os lançamentos de produtos, que apresentaram rápido e ótimo desempenho no mercado. A Medley também começou a colher os resultados dos investimentos feitos a partir de 2006, para expansão significativa da capacidade de produção. Em outubro inaugurou novo prédio, que permitiu remanejamento de áreas estratégicas, de forma que foi possível aumentar em 40% a produção de sólidos na unidade já existente (considerando os meses a partir da implantação de novas máquinas, em relação ao ano anterior). O novo prédio está interligado ao anterior, por meio de rampas que facilitam o acesso de todos, inclusive dos portadores de necessidades especiais. E, entre outros benefícios, foi possível instalar ali, também, um novo restaurante, que oferece muito mais conforto e novas opções de cardápio para os funcionários. A Medley somou vários outros motivos para orgulhar-se em Pela quinta vez foi situada entre as Melhores Empresas para se Trabalhar, em pesquisa das revistas Exame e Você S.A. junto aos funcionários. E também foi situada entre as 50 Melhores Empresas para Estagiar, em pesquisa coordenada pelo CIEE-Centro de Integração Empresa-Escola e pelo Ibope. Entre outras ações de responsabilidade social, os funcionários integrantes da Ação Voluntária realizaram um mutirão contra a dengue na cidade de Sumaré, em parceria com Prefeitura, escolas e instituições locais. Mais de voluntários, entre funcionários da Medley e parceiros, visitaram residências. No total, oito caminhões retiraram aproximadamente 12 toneladas de entulhos. Em outra frente de atividade, foi aumentado o volume de medicamentos doados e ampliado o número de pessoas beneficiadas, ao se aprimorar o acompanhamento de instituições relacionadas ao Programa de Doações de Medicamentos. EQUILÍBRIO NA SUSTENTABILIDADE MENSAGEM DA DIRETORIA

8 No âmbito da gestão ambiental, iniciaram-se as adequações para atender às exigências da norma internacional ISO 14001, que busca a excelência nos processos de controle. Entre várias outras iniciativas, evoluíram o estudo e providências para reuso de água resultante dos processos de lavagens de equipamentos industriais. Os resultados da Medley vieram comprovar o acerto de sua visão de sustentabilidade, que se consolida por meio da análise e realização integrada dos aspectos sociais e ambientais, além dos econômicos. Integração indispensável, principalmente tendo em conta que o objetivo da Medley é facilitar e ampliar o acesso à saúde de parcelas cada vez mais amplas da população, o que torna o impacto social da companhia cada vez mais positivo e importante, por oferecer produtos de boa qualidade a preços acessíveis. É por essa razão que a estratégia da Medley está direcionada para o crescimento contínuo, o aumento da participação no mercado de medicamentos e a manutenção dos padrões de qualidade. Para sustentar essa estratégia estão previstos investimentos de R$ 110 milhões em cinco anos, de forma a atender à meta de crescer acima de 15% ao ano, entre 2008 e E já em 2008 a companhia deve colher resultados das aplicações realizadas no aumento da produção, em novas tecnologias e no lançamento de novos produtos. Nesse cenário, a Medley também considera forte trunfo e vantagem competitiva contar, em suas equipes, com pessoas comprometidas com a evolução dos negócios e preparadas para desenvolver a vocação da empresa, com a consciência de que trabalham para o benefício de toda a sociedade brasileira. Essa vocação está sempre incentivada pela constatação de que milhões de pessoas são beneficiadas diariamente, porque consomem medicamentos Medley. Contribuir para a melhoria da saúde das pessoas é o que realmente agrega valor à atividade da Medley. DECLARAÇÃO DA DIRETORIA Declaramos que este Relatório foi elaborado de acordo com as Diretrizes de Versão G3 da GRI-Global Reporting Initiative, nível B+, pois quase todos os indicadores publicados foram revisados pela KPMG Assurance Services. Esta publicação representa relato equilibrado sobre o desempenho econômico, ambiental e social da Medley Indústria Farmacêutica S. A. Jairo Yamamoto Presidente Roberto Mangabeira Vice-Presidente Administrativo-Financeiro Jorge Coelho Vice-Presidente Industrial EQUILÍBRIO NA SUSTENTABILIDADE MENSAGEM DA DIRETORIA

9 Perfil da Medley Em equilíbrio com sua GRI 2.1 a 2.9 Missão de facilitar e ampliar o acesso à saúde, por meio de produtos, serviços e iniciativas, em 2007 a Medley cumpriu novas etapas importantes em sua trajetória de expansão. Inaugurou novas instalações em área de 10 mil m² em Campinas (SP), junto à unidade já existente; aumentou em 40% produção de sólidos; e ampliou a oferta de trabalho. Terminou o ano com 1609 funcionários, 23,38% mais que os 1304 de 2006 (sem incluir Patrulheiros e Estagiários). Para o novo edifício foi desenvolvido projeto arquitetônico que atendeu à ampliação da produção, mudança de fluxos e integração entre dois prédios: o novo e o já existente (veja detalhes no capítulo sobre Desempenho Econômico). Além da unidade agora ampliada de Campinas (SP), dedicada aos medicamentos sólidos, semi-sólidos e líquidos orais, a Medley tem outra unidade em Sumaré, que produz medicamentos cefalosporínicos e penicilínicos nas formas de suspensão, cápsula e injetável. E nesse local construirá uma fábrica de produtos hormonais. Hoje, a Medley S.A. Indústria Farmacêutica, sociedade anônima de capital fechado, 100% nacional, continua na liderança do mercado brasileiro de Genéricos e, em dezembro de 2007, situou-se na terceira posição entre as indústrias farmacêuticas do país. Já registrava presença da marca em mais de 15 países da América Latina, em 2007, e novas parcerias internacionais estão previstas para A Medley oferece para o mercado brasileiro 192 produtos, em 465 apresentações, que abrangem 83 classes terapêuticas. Em dezembro de 2007 detinha 240 registros de medicamentos, dos quais 71 da linha Farma e 169 Genéricos, no total de 956 Apresentações Registradas. Também contava com oito Registros de Cosméticos. O total de 2007 foi 8,59% superior aos 221 registros de medicamentos de 2006, dos quais 151 Genéricos. A equipe de vendas está organizada em dois segmentos: um para o relacionamento com o varejo farmacêutico e, outro, para o relacionamento com os médicos. Mais de 15 mil pontos de venda e de 30 mil gerentes e atendentes de farmácias, compradores e vendedores de distribuidoras de medicamentos são visitados, em todo o Brasil, por 181 profissionais da Diretoria da Vendas, que atendem ao varejo farmacêutico e que levam informações sobre os produtos, com apoio de materiais cuidadosamente preparados. Outras equipes, no total de 367 profissionais, transmitem informações técnicas e científicas para os médicos em visitas, reuniões e congressos. Aproximadamente 78 mil médicos recebem, mensalmente, informações da Medley. Informes técnicos também são divulgados por mala-direta e anúncios em revistas especializadas, entre outros meios. Para a população, as informações chegam pela imprensa e em anúncios em emissoras de TV e na mídia impressa. A marca também é divulgada por meio de patrocínios a atletas e profissionais de Stock Car. EQUILÍBRIO NA SUSTENTABILIDADE 10 PERFIL DA MEDLEY

10 REVISÃO DA MISSÃO E DA VISÃO MEDLEY A Medley identificou a necessidade de ampliar o alcance dos enunciados da Missão e da Visão, para adequá-los às reais dimensões dos objetivos atuais. Os novos textos, que antes estavam dirigidos aos processos internos, a partir de 2007 VISÃO MISSÃO VALORES demonstram o papel da Medley na sociedade, a definição clara dos princípios que norteiam suas ações e, ao mesmo tempo, reafirmam os Valores que guiam a empresa. Ser uma marca internacionalmente admirada pela excelência de sua atuação e por sua contribuição para uma sociedade mais saudável. Facilitar e ampliar o acesso à saúde, por meio de produtos, GRI 4.8 serviços e iniciativas, em total integração com nossos parceiros e colaboradores, sempre com entusiasmo, responsabilidade e respeito pelos valores da sustentabilidade. Simplicidade: Escolhas baseadas em caminhos simples, diretos e objetivos. Excelência em Negócios: Compromisso com a busca de excelência, através da inovação, qualidade, agilidade e resultados. Ações Responsáveis: Buscar atender às necessidades da sociedade com responsabilidade, por meio de ações que envolvam colaboradores e comunidades, respeitando os aspectos ambientais e sociais. Visão Missão Valores da Medley Integridade: Agir com integridade, cumprindo a legislação vigente e respeitando colaboradores, parceiros, fornecedores e clientes. Orgulho de ser Medley: Ser uma empresa na qual os funcionários sintam orgulho de trabalhar. EQUILÍBRIO NA SUSTENTABILIDADE VISÃO MISSÃO VALORES DA MEDLEY 11

11 Histórico UMA HISTÓRIA DE EQUILÍBRIO ENTRE CRESCIMENTO E QUALIDADE Em sua consistente trajetória de crescimento, a Medley confirma a vocação empreendedora, cultivada pela família acionista, que iniciou suas atividades no mercado farmacêutico em A seguir, alguns fatos marcantes da história da Medley. Surge a marca Medley Ocupa a 38ª posição no ranking da indústria farmacêutica. Primeiras ações de Voluntariado espontâneas entre os funcionários Lança o Plenty, para tratamento de obesidade, em parceria com o laboratório Knoll Abbott Primeira indústria farmacêutica nacional a obter a ISO Realiza o primeiro estudo de bioequivalência de um medicamento no Brasil. Lança o Estrofem, o Trisequens e o Kliogest, todos para o tratamento de reposição Hormonal, em parceria com a Novo Nordisk. Lança o Prandin (antidiabético), novamente em parceria com a Novo Nordisk. Inaugura a creche Santa Genebra. Inicia-se apoio formal da empresa ás ações de Voluntariado dos funcionários A Medley entra no mercado de medicamentos Genéricos Lança os genéricos Claritromicina, Captopril e Amoxicilina. Alcança a 20ª posição no ranking do setor. Cria-se o evento Orgulho de Ser Medley. É lançada a linha de fotoprotetores, em parceria com o Laboratório Isdin, da Espanha. A Medley participa e situa-se, pela primeira vez, entre As Melhores Empresas para se Trabalhar, guia das revistas Exame e Você S.A Os acionistas passam a participar exclusivamente do Conselho Consultivo. Consolida-se a liderança no mercado de Genéricos. A Medley ocupa a 13ª posição no ranking geral do setor. É lançado o Activelle, para tratamento de reposição hormonal. A Ação Voluntária Medley é reconhecida pelo Centro das Indústrias do Estado de São Paulo - Regional Campinas, com o prêmio de Melhor Projeto Social, fato que se repete em O Voluntariado é estruturado na empresa. EQUILÍBRIO NA SUSTENTABILIDADE 12 HISTÓRICO

12 2003 É lançado o Zanidip, para controle de hipertensão, em parceria com o laboratório italiano Recordati. É lançada a linha de hidratantes Ureadin, em parceria com o Laboratório Isdin, da Espanha. A Medley chega à 7ª posição no ranking do setor. Aparece na primeira lista das 50 Melhores Empresas para a Mulher Trabalhar, da revista Exame, o que se repete em As duas unidades da Medley são premiadas pela Agência Brasil de Segurança-ABS, por Segurança no Trabalho, prêmio que se repete na Medley Sumaré em A Medley mantém a 7ª posição no ranking da indústria farmacêutica. Situa-se entre As Melhores Empresas para se Trabalhar, guia das revistas Exame e Você S.A., como também aconteceu em 2002 e É lançada a nova identidade institucional da marca Medley. É criada a área de Responsabilidade Social Empresarial. É lançado o Vivanza, para tratamento da disfunção erétil, em parceria com a Bayer. A equipe Medley conquista o título da Stock Car V8, a categoria mais importante do automobilismo brasileiro. A Medley ocupa o 6º lugar no ranking do setor. Pelo terceiro ano consecutivo, a Medley Sumaré é premiada pela Agência Brasil de Segurança-ABS, por Segurança no Trabalho, totalizando 1,3 milhão de horas/homens trabalhadas sem acidentes sem afastamento, no período de 2002 a fevereiro de A marca Medley completa 10 anos. E chega ao 4º lugar no ranking do setor. É lançado o Genérico sibutramina, considerado o maior acontecimento do ano na indústria farmacêutica Em outubro é inaugurado novo edifício, construído em área de 10 mil m², ao lado do prédio já existente em Campinas (SP). O remanejamento de várias áreas e novos equipamentos permite a duplicação da produção de sólidos, nas linhas já existentes. É lançada a linha para Sistema Nervoso Central, com início de visitação médica para cerca de psiquiatras e neurologistas. São lançados Alzepinol (oxcarbazepina); Dieloft (sertralina) e Alenthus XR (venlafaxina). Também são lançados e obtêm rápido sucesso: OsteoNutri, suplemento de cálcio; Zanidip 20mg, para hipertensão arterial; e Duotrat, para tratamento de dermatites. A linha de Genéricos ganha duas opções: o Adapaleno Medley (referência Differin Galderma), em gel para tratamento de acne da face, tórax e costas; e o antidepressivo Cloridrato de Venlafaxina Medley (referência Efexor Wyeth), em quatro apresentações. É publicado o primeiro Relatório de Sustentabilidade e Responsabilidade Social pelo modelo GRI-Global Reporting Initiative, versão G3. Pela quinta vez a Medley é situada entre as Melhores Empresas para se Trabalhar, em pesquisa das revistas Exame e Você S.A. junto aos funcionários. E também é situada entre as 50 Melhores Empresas para Estagiar, em pesquisa coordenada pelo CIEE-Centro de Integração Empresa-Escola e pelo Ibope. São ampliados os investimentos sociais nas comunidades. Iniciam-se as adequações para atender às exigências da norma internacional ISO 14001, de gestão ambiental; e é criado o Plano Ambiental da Medley. Em dezembro, a Medley está na 3ª posição do ranking no setor. EQUILÍBRIO NA SUSTENTABILIDADE HISTÓRICO 13

13 Governança Corporativa Sociedade Anônima de capital fechado, a Medley Indústria GRI 4.1 Farmacêutica pertence a três holdings familiares: uma detém 51% da empresa e as outras duas 24% e 25% cada uma. A gestão foi profissionalizada há seis anos, com a nomeação do Presidente, dois Vice-Presidentes e Diretores Executivos. Os Executivos reportam-se GRI 4.9 ao Conselho Consultivo, em que todos os acionistas estão representados - não há Conselheiros externos. O Conselho reúne-se mensalmente. A Diretoria Executiva possui mandato de um ano, que se renova na Assembléia Geral Ordinária, realizada anualmente para aprovar o planejamento estratégico e tomar decisões norteadoras para os negócios. Os Executivos reúnem-se mensalmente para avaliar a execução da estratégia, os resultados obtidos e definir os rumos a serem tomados. Uma empresa externa especializada realiza, anualmente, auditorias das demonstrações financeiras. Auditorias internas também são realizadas nas áreas no decorrer do ano. Sistemas integrados de gestão e normas orientam os procedimentos internos. A adoção do modelo de Relatório Anual de acordo com as diretrizes da Global Reporting Initiative reitera a disposição de divulgar informações sobre a Medley, com transparência, a todos os públicos com os quais a empresa se relaciona. DIREÇÃO EXECUTIVA MEDLEY S. A. INDÚSTRIA FARMACÊUTICA Jairo Yamamoto Presidente Jorge Coelho Vice-Presidente Industrial Roberto Mangabeira Albernaz Vice-Presidente Administrativo-Financeiro Rodolpho Brugugnolle Diretor de Logística e Suprimentos Clarice Mitie S. Yui Diretora Técnica Aramis Domont Diretor de Vendas EQUILÍBRIO NA SUSTENTABILIDADE 14 GOVERNANÇA CORPORATIVA

14 PERSPECTIVAS DE CRESCIMENTO CONTÍNUO A Medley continua a GRI 1.2 desenvolver sua vocação para o crescimento sustentável, com a visão sempre focada no equilíbrio entre os aspectos econômicos, sociais e ambientais de suas atividades. A empresa dedica-se a esse objetivo com a convicção de que o impacto social dos seus negócios é cada vez mais significativo para a sociedade brasileira, pois na essência de sua atividade está o objetivo de ampliar o acesso aos medicamentos, com produtos Genéricos e da linha Farma, inovadores e de qualidade, a parcelas da população antes excluídas desse mercado. O mercado farmacêutico brasileiro tem grande potencial de crescimento, que rapidamente pode emergir com a melhoria da distribuição de renda e com programas de inclusão social, tendo-se em vista que os medicamentos são produtos essenciais para a melhoria da saúde e da qualidade de vida da população. Há que se considerar, ainda, o aumento da expectativa de vida da população brasileira, que também significa maior presença de patologias crônicas e conseqüente crescimento da demanda de medicamentos de uso contínuo. Esse cenário permite antever as seguintes tendências e fatos do mercado farmacêutico: Crescente participação dos medicamentos Genéricos. Crescimento dos investimentos e conseqüente fortalecimento das empresas nacionais. Rigor regulador da Anvisa-Agência Nacional de Vigilância Sanitária quanto aos padrões de qualidade. Perspectivas, Estratégia e Investimentos ESTRATÉGIA FIRMADA NA EXPANSÃO Tendo em vista o cenário do GRI 1.2 mercado e as perspectivas da indústria farmacêutica, a Medley acredita no crescimento de suas atividades entre 15% e 20% ao ano, ou seja 18% ao ano, em média, de 2008 a Portanto, mantém sua estratégia firmada em: 1 Crescimento industrial e evolução tecnológica 2 Prosseguimento dos investimentos na ampliação da linha de Genéricos 3 Estabelecimento de táticas para atuar como companhia competitiva no mercado. À estratégia de investir em expansão da atividade industrial, em avançada tecnologia, em pesquisa e desenvolvimento de produtos, a Medley agrega: Compromisso com a qualidade e rigor quanto às Boas Práticas de Fabricação Atuação adequada para situar-se como empresa de referência no mercado, o que inclui desenvolver o posicionamento da marca e trabalho inovador nos relacionamentos com médicos, distribuidores e profissionais de farmácias. EQUILÍBRIO NA SUSTENTABILIDADE PERSPECTIVAS, ESTRATÉGIA E INVESTIMENTOS 15

15 Perspectivas, Estratégia e Investimentos INVESTIMENTOS SUSTENTÁVEIS O crescimento da Medley é sustentado pelo plano de investimentos já em vigor na companhia, que no total deverá chegar a R$ 110 milhões em cinco anos. As principais aplicações serão as seguintes: Em 2008, R$ 28,4 milhões serão dirigidos à finalização das obras de expansão em Campinas (SP). Máquinas e Equipamentos Software Hardware Móveis e Utensílios Edificações Instalações Adenir Mendes Fonseca * Luciano Bisto Dantas * Em 2009, mais R$ 28,5 milhões serão aplicados na fábrica de hormônios e em equipamentos para a unidade de Campinas. Em 2010, outros R$ 16,4 milhões serão investidos nas duas unidades. INVESTIMENTOS NA EXPANSÃO DA PRODUÇÃO* 2007 EM REAIS , , , , , ,37 TOTAL ,52 *Indicador não revisado pela auditoria. ATLETAS PATROCINADOS PELA MEDLEY Aguinaldo José Damásio (Equipe Gadecamp) * Basquete sobre Rodas Carolina Solberg e Maria Clara Marcio Araujo e Fabio Luiz Pedro Salgado e Harley Ricardo Mauricio Marcos Gomes Guto Negrão Xandinho Negrão Fabiana Sugimore * Robert Scheidt Roberto Hillmann Samanta de Almeida * Vôlei de Praia Automobilismo Natação para Deficientes Visuais Iatismo Kitesurf Tênis para Cadeirantes *Atletas apoiados durante um período de Os demais foram apoiados durante todo o ano. EQUILÍBRIO NA SUSTENTABILIDADE 16 PERSPECTIVAS, ESTRATÉGIA E INVESTIMENTOS

16 Automobilismo RISCOS DA ATIVIDADE INDUSTRIAL A indústria farmacêutica não está sujeita a riscos operacionais específicos. Como as demais empresas industriais, a Medley RISCOS LABORAIS A Medley realiza a SIPAT-Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho anualmente e aborda os temas: prevenção às DSTs e AIDS, Dependência Química, Meio Ambiente e a Prevenção de Acidentes do Trabalho, conforme determina a NR nº 5 e a Convenção Coletiva do Sindicato da categoria. mantém área responsável pela Segurança e práticas adequadas nas unidades e entre os colaboradores. No programa motivacional Genericar, equipes são avaliadas em relação aos cuidados com Segurança do Trabalho, ao zelo com os equipamentos, atendimento às normas de BPF-Boas Práticas de Fabricação e organização do ambiente de trabalho. Gestão e Prevenção de Riscos RISCOS AMBIENTAIS Os riscos ambientais são identificados por meio do levantamento de todos os aspectos e impactos gerados pelas atividades. A Medley mantém plano de medição e monitoramento para atender às legislações. Ações preventivas são implementadas para os impactos significativos (saiba mais no capítulo sobre Gestão Ambiental). EQUILÍBRIO NA SUSTENTABILIDADE GESTÃO E PREVENÇÃO DE RISCOS 17

17

18 Equilíbrio no Crescimento Compromisso com uma sociedade saudável, formada por pessoas física e mentalmente saudáveis 21 Gestão do Desempenho Econômico 29 Demonstrativo do Valor Adicionado 31 Responsabilidade pelos Produtos 19

19

20 MEDLEY ACOMPANHA EVOLUÇÃO DO MERCADO Em 2007, o mercado farmacêutico continuou em crescimento e a Medley acompanhou essa evolução. Os resultados da Medley superaram em muito o crescimento de 5,4% da produção industrial brasileira em 2007, expresso no PIB-Produto Interno Bruto. O faturamento bruto atingiu R$ 714,308 milhões, total 19,34% superior ao de 2006, o lucro líquido evoluiu de R$ mil para R$ mil (89%) e a empresa aumentou seus investimentos em ativo permanente em R$ mil. Em 2007, a Medley produziu 135,582 milhões de unidades, com aumento de 16,42 % em relação à produção de 116,457 milhões de unidades de No exercício, a Medley continuou líder do segmento de Genéricos, que permitem acesso de maior contingente de consumidores a medicamentos de qualidade, com custo 35% menor, em média, que os de Referência (veja Principais Indicadores nas próximas páginas). A Medley está preparada para abrir-se ao mercado internacional em 2007 foram realizadas três apresentações Non Deal para investidores estrangeiros. No total do mercado, a Medley ficou posicionada, durante o ano, como a 4ª indústria farmacêutica do País mas, em dezembro de 2007, reassumiu o 3º lugar no market share do setor. E em 2008 espera manter a posição no ranking. Um dos fatores que mais influiu no desempenho de 2007 e dificultou a superação da meta estabelecida para o faturamento foi o movimento que levou à concentração das empresas de distribuição de produtos farmacêuticos e provocou grandes mudanças no mercado. Esse quadro criou dificuldades pontuais para a fluência das vendas. Em 2008 estão previstos maiores ajustes na questão dos Distribuidores, que deverão impactar ainda mais o nível de estoques. Além disso, por dificuldades na importação de matéria-prima, foi necessário adiar para 2008 o lançamento de um Genérico que teria influência significativa no faturamento previsto. Gestão do Desempenho Econômico EQUILÍBRIO NO CRESCIMENTO GESTÃO DO DESEMPENHO ECONÔMICO 21

Evolução do Faturamento da Medley (em milhões de R$) Em 2006, crescimento de aproximadamente 30% em relação a 2005 600,000 307,531 289,955

Evolução do Faturamento da Medley (em milhões de R$) Em 2006, crescimento de aproximadamente 30% em relação a 2005 600,000 307,531 289,955 Relatório de Sustentabilidade e Responsabilidade Social Exercício 2006 Principais Indicadores Exercício 2006 Crescimento da Medley Contribui para Ampliar Acesso dos Consumidores aos Medicamentos Evolução

Leia mais

Vida Segura Empresarial Bradesco:

Vida Segura Empresarial Bradesco: PRÊMIO ANSP 2005 Vida Segura Empresarial Bradesco: A democratização do acesso ao Seguro de Vida chega às Micro e Pequenas Empresas. 1 SUMÁRIO 1. Sinopse 3 2. Introdução 4 3. O desafio de ser o pioneiro

Leia mais

MEDICAMENTOS GENÉRICOS

MEDICAMENTOS GENÉRICOS MEDICAMENTO GENÉRICO Uma importante conquista para a saúde pública no Brasil 15 anos 15 anos , 15 ANOS DE BENEFÍCIOS PARA A SOCIEDADE BRASILEIRA. Ao completar 15 anos de existência no país, os medicamentos

Leia mais

DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL

DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL APRESENTAÇÃO A White Martins representa na América do Sul a Praxair, uma das maiores companhias de gases industriais e medicinais do mundo, com operações em

Leia mais

visão, missão e visão valores corporativos Ser uma empresa siderúrgica internacional, de classe mundial.

visão, missão e visão valores corporativos Ser uma empresa siderúrgica internacional, de classe mundial. visão, missão e valores corporativos visão Ser uma empresa siderúrgica internacional, de classe mundial. MISSÃO O Grupo Gerdau é uma Organização empresarial focada em siderurgia, com a missão de satisfazer

Leia mais

NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES

NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES Por cerca de 50 anos, a série Boletim Verde descreve como a John Deere conduz os negócios e coloca seus valores em prática. Os boletins eram guias para os julgamentos e as

Leia mais

Preâmbulo. resultado econômico, ao mesmo tempo em que protege o meio ambiente e melhora a qualidade de vida das pessoas com as quais interage.

Preâmbulo. resultado econômico, ao mesmo tempo em que protege o meio ambiente e melhora a qualidade de vida das pessoas com as quais interage. Preâmbulo Para a elaboração da Política de Sustentabilidade do Sicredi, foi utilizado o conceito de Sustentabilidade proposto pela abordagem triple bottom line (TBL), expressão que reúne simultaneamente

Leia mais

DVA Demonstração do Valor Adicionado

DVA Demonstração do Valor Adicionado DVA Demonstração do Valor Adicionado A DVA foi inserida pela Lei nº 11.638/2007, (artigo 176, inciso V), no conjunto de demonstrações financeiras que as companhias abertas devem apresentar ao final de

Leia mais

Planejamento Estratégico de Comunicação Interna Comunica Pirelli A Pirelli mais perto de você Versão resumida

Planejamento Estratégico de Comunicação Interna Comunica Pirelli A Pirelli mais perto de você Versão resumida Planejamento Estratégico de Comunicação Interna Comunica Pirelli A Pirelli mais perto de você Versão resumida Análise do contexto da organização A Pirelli é a quinta maior empresa do mundo no mercado de

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental

Política de Responsabilidade Socioambiental Publicado em: 27/02/2015 Válido até: 26/02/2020 Política de Responsabilidade Socioambiental 1. SUMÁRIO 2 2. OBJETIVO 2 3. ABRANGÊNCIA 2 4. IMPLEMENTAÇÃO 2 5. DETALHAMENTO 2 5.1. Definições 3 5.2. Envolvimento

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015

PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015 PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015 Líderes : Autores do Futuro Ser líder de um movimento de transformação organizacional é um projeto pessoal. Cada um de nós pode escolher ser... Espectador,

Leia mais

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS Versão 2.0 09/02/2015 Sumário 1 Objetivo... 3 1.1 Objetivos Específicos... 3 2 Conceitos... 4 3 Princípios... 5 4 Diretrizes... 5 4.1

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014 #5 EMPREENDEDORISMO Outubro de 2014 ÍNDICE 1. Apresentação 2. Definição 3. Empreendedorismo: necessidade ou oportunidade? 4. Características do comportamento empreendedor 5. Cenário brasileiro para o empreendedorismo

Leia mais

PROGRAMA DE ELABORAÇÃO DE BALANÇOS SOCIOAMBIENTAIS INICIATIVA PRIVADA

PROGRAMA DE ELABORAÇÃO DE BALANÇOS SOCIOAMBIENTAIS INICIATIVA PRIVADA PROGRAMA DE ELABORAÇÃO DE BALANÇOS SOCIOAMBIENTAIS INICIATIVA PRIVADA CONHEÇA MELHOR A SAÚDE SOCIOAMBIENTAL DA SUA EMPRESA E OBTENHA MAIOR CREDIBILIDADE E VISIBILIDADE!!! INVISTA O Instituto Socioambiental

Leia mais

XXXII Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Farmacêutica

XXXII Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Farmacêutica XXXII Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Farmacêutica Mesa-Redonda: Responsabilidade Social Empresarial 23-24 de Novembro de 2006 Mário Páscoa (Wyeth/ Painel Febrafarma) E-mail: pascoam@hotmail.com

Leia mais

Unidade IV PROCESSOS ORGANIZACIONAIS. Prof. Léo Noronha

Unidade IV PROCESSOS ORGANIZACIONAIS. Prof. Léo Noronha Unidade IV PROCESSOS ORGANIZACIONAIS Prof. Léo Noronha As normas podem ser separadas em dois grandes grupos Normas de produtos ou serviços; Normas de sistemas de gestão. Estas definem os processos administrativos

Leia mais

Relatório de Sustentabilidade 2014

Relatório de Sustentabilidade 2014 Relatório de Sustentabilidade 2014 Sumário Executivo Março de 2015 A Brasil Kirin Jovem, mas cheia de história A Brasil Kirin faz parte de um dos maiores grupos de bebidas do mundo, a japonesa Kirin Holdings

Leia mais

Relatório de Sustentabilidade 2014

Relatório de Sustentabilidade 2014 Relatório de Sustentabilidade 2014 Sumário Executivo Março de 2015 BrKirin_RAS2014_Compacta.indd 1 02/06/15 13:03 A Brasil Kirin Jovem, mas cheia de história A Brasil Kirin faz parte de um dos maiores

Leia mais

FUNDAMENTOS DA GESTÃO

FUNDAMENTOS DA GESTÃO A Ultrapar realizou em 2011 um programa de comunicação e disseminação do tema sustentabilidade entre seus colaboradores, com uma série de iniciativas voltadas para o engajamento e treinamento das pessoas.

Leia mais

ANEXO I FICHA DE INSCRIÇÃO

ANEXO I FICHA DE INSCRIÇÃO ANEXO I FICHA DE INSCRIÇÃO CATEGORIAS TÉCNICO TECNÓLOGO TEMAS LIVRE INCLUSÃO SOCIAL COOPERATIVISMO 1. DADOS DA INSTITUIÇÃO 1.1 Nome da Instituição 1.2 Nome do Reitor(a)/Diretor(a)-Geral/Diretor(a) 1.3

Leia mais

Unidade IV. Marketing. Profª. Daniela Menezes

Unidade IV. Marketing. Profª. Daniela Menezes Unidade IV Marketing Profª. Daniela Menezes Comunicação (Promoção) Mais do que ter uma ideia e desenvolver um produto com qualidade superior é preciso comunicar a seus clientes que o produto e/ ou serviço

Leia mais

Instruções para o Questionário Online

Instruções para o Questionário Online Instruções para o Questionário Online Este é um pequeno guia para o preenchimento do questionário de Monitor de Cooperativas Mundial. O questionário está disponível em www.euricse.eu/en/worldcooperativemonitor

Leia mais

ESTRATÉGIA DE FIDELIZAÇÃO

ESTRATÉGIA DE FIDELIZAÇÃO ESTRATÉGIA DE FIDELIZAÇÃO PLANEJAMENTO, SEGMENTAÇÃO E AÇÕES DE PROMOÇÃO CASO ABIHPEC EIXOS ESTRATÉGICOS DO PROJETO DE (Resultado do Workshop out 2008) Objetivos Relacionados: 11 - AUMENTAR A DECLARAÇÃO

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA e CONDUTA GRUPO

CÓDIGO DE ÉTICA e CONDUTA GRUPO CÓDIGO DE ÉTICA e CONDUTA GRUPO invepar índice Apresentação Visão, Missão, Valores Objetivos Princípios Básicos Pág. 4 Pág. 6 Pág. 7 Pág. 8 Abrangência / Funcionários Empresas do Grupo Sociedade / Comunidade

Leia mais

Atuação Responsável. Programa. Requisitos do Sistema de Gestão. 20 anos do Atuação Responsável no Brasil. Responsável 1992-2012

Atuação Responsável. Programa. Requisitos do Sistema de Gestão. 20 anos do Atuação Responsável no Brasil. Responsável 1992-2012 Atuação Responsável anos 1992-2012 Programa Atuação Responsável 20 anos do Atuação Responsável no Brasil Requisitos do Sistema de Gestão Associação Brasileira da Indústria Química Associação Brasileira

Leia mais

ISO 26000: Diretrizes sobre Responsabilidade Social

ISO 26000: Diretrizes sobre Responsabilidade Social ISO 26000: Diretrizes sobre Responsabilidade Social Características essenciais de Responsabilidade Social Incorporação por parte da organização de considerações sociais e ambientais nas suas decisões tornando-se

Leia mais

Manual do SGI Sistema de Gestão Integrada

Manual do SGI Sistema de Gestão Integrada Manual do SGI Sistema de Gestão Integrada Revisão 02 Manual MN-01.00.00 Requisito Norma ISO 14.001 / OHSAS 18001 / ISO 9001 4.4.4 Página 1 de 14 Índice 1. Objetivo e Abrangência 2. Documentos Referenciados

Leia mais

TASCHIBRA. Resumo. Sistema de Gestão de Qualidade SGQ na Taschibra: processo de melhoria contínua

TASCHIBRA. Resumo. Sistema de Gestão de Qualidade SGQ na Taschibra: processo de melhoria contínua TASCHIBRA Sistema de Gestão de Qualidade SGQ na Taschibra: processo de melhoria contínua por Ademar do Amaral Jr Mestre em Administração pela Fundação Universidade Regional de Blumenau (2007); Especialista

Leia mais

Norma Permanente 4.1. GOVERNANÇA E GESTÃO 4.2. PRINCÍPIOS 4.3. INVESTIMENTO SOCIAL PRIVADO E INCENTIVADO

Norma Permanente 4.1. GOVERNANÇA E GESTÃO 4.2. PRINCÍPIOS 4.3. INVESTIMENTO SOCIAL PRIVADO E INCENTIVADO Resumo: Reafirma o comportamento socialmente responsável da Duratex. Índice 1. OBJETIVO 2. ABRANGÊNCIA 3. DEFINIÇÕES 3.1. PARTE INTERESSADA 3.2. ENGAJAMENTO DE PARTES INTERESSADAS 3.3. IMPACTO 3.4. TEMAS

Leia mais

CORRELAÇÃO COM OUTRAS INICIATIVAS

CORRELAÇÃO COM OUTRAS INICIATIVAS CORRELAÇÃO COM OUTRAS INICIATIVAS do conteúdo dos Indicadores Ethos com outras iniciativas Com a evolução do movimento de responsabilidade social e sustentabilidade, muitas foram as iniciativas desenvolvidas

Leia mais

INDICADORES ETHOS. De Responsabilidade Social Empresarial Apresentação da Versão 2000

INDICADORES ETHOS. De Responsabilidade Social Empresarial Apresentação da Versão 2000 INDICADORES ETHOS De Responsabilidade Social Empresarial Apresentação da Versão 2000 Instrumento de avaliação e planejamento para empresas que buscam excelência e sustentabilidade em seus negócios Abril/2000

Leia mais

MENSAGEM DO PRESIDENTE

MENSAGEM DO PRESIDENTE Ética para viver Ética para viver MENSAGEM DO PRESIDENTE Caro colaborador, A Bandeirante possui missão, visão e valores definidos. Eles estão discriminados em um documento amplamente difundido dentro e

Leia mais

Diretrizes de Governança Corporativa

Diretrizes de Governança Corporativa Diretrizes de Governança Corporativa DIRETRIZES DE GOVERNANÇA CORPORATIVA DA BM&FBOVESPA Objetivo do documento: Apresentar, em linguagem simples e de forma concisa, o modelo de governança corporativa da

Leia mais

Responsabilidade na Gestão do Relacionamento com os Clientes. Política de comunicação Comercial; Excelência do atendimento;

Responsabilidade na Gestão do Relacionamento com os Clientes. Política de comunicação Comercial; Excelência do atendimento; Responsabilidade na Gestão do Relacionamento com os Clientes Política de comunicação Comercial; Excelência do atendimento; Danos potenciais dos produtos e serviços. PNQ 2007 - critérios: clientes e sociedade.

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA SISTEMA FIERGS

CÓDIGO DE ÉTICA SISTEMA FIERGS CÓDIGO DE ÉTICA SISTEMA FIERGS CÓDIGO DE ÉTICA SISTEMA FIERGS Sumário 1. Objetivo...7 2. Entidades...9 2.1. Missão... 10 2.2. Visão... 11 2.3. Valores e Princípios... 12 3. Abrangência... 15 3.1 Aplicação...

Leia mais

RELATÓRIOS DE SUSTENTABILIDADE

RELATÓRIOS DE SUSTENTABILIDADE PALESTRA RELATÓRIOS DE SUSTENTABILIDADE COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL CRA - RJ ADM Luiz Fernando Rodrigues 26/08/2014 ALINHANDO CONCEITOS Desenvolvimento Sustentável O objetivo do desenvolvimento

Leia mais

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Data da Criação: 09/11/2012 Dara de revisão: 18/12/2012 1 - Sumário - 1. A Instant Solutions... 3 1.1. Perfil da empresa... 3 1.2. Responsabilidade ambiental...

Leia mais

QUESTIONÁRIO PARA PARTICIPAÇÃO NO TOP DE MARKETING ADVB/RS

QUESTIONÁRIO PARA PARTICIPAÇÃO NO TOP DE MARKETING ADVB/RS QUESTIONÁRIO PARA PARTICIPAÇÃO NO TOP DE MARKETING ADVB/RS CATEGORIA TOP INOVAÇÃO EM PRODUTO CATEGORIA TOP INOVAÇÃO EM SERVIÇOS CATEGORIA TOP INOVAÇÃO EM PROCESSOS ÍNDICE INTRODUÇÃO 03 PARA PREENCHIMENTO

Leia mais

MELHORES PRÁTICAS DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES SOBRE SUSTENTABILIDADE Pronunciamento de Orientação CODIM

MELHORES PRÁTICAS DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES SOBRE SUSTENTABILIDADE Pronunciamento de Orientação CODIM MELHORES PRÁTICAS DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES SOBRE SUSTENTABILIDADE Pronunciamento de Orientação CODIM COLETIVA DE IMPRENSA Participantes: Relatores: Geraldo Soares IBRI; Haroldo Reginaldo Levy Neto

Leia mais

Melhoria do desempenho ambiental - implementação do Sistema de Gestão Ambiental

Melhoria do desempenho ambiental - implementação do Sistema de Gestão Ambiental Melhoria do desempenho ambiental - implementação do Sistema de Gestão Ambiental 1 Melhoria do desempenho ambiental implementação do Sistema de Gestão Ambiental A Caixa Geral de Depósitos (CGD) tem implementado

Leia mais

Visão, Missão e Valores do Grupo Bravante

Visão, Missão e Valores do Grupo Bravante CÓDIGO DE ÉTICA O Grupo Bravante apresenta a todos os seus colaboradores o seu Código de Ética. O objetivo deste é definir com clareza os princípios e valores éticos que norteiam todos os procedimentos

Leia mais

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Introdução A consulta a seguir é um novo passo em direção às melhores práticas

Leia mais

CONCEITOS DE INOVAÇÃO. Título da Apresentação

CONCEITOS DE INOVAÇÃO. Título da Apresentação CONCEITOS DE INOVAÇÃO Título da Apresentação Novo Marco Legal para Fomento à P,D&I Lei de Inovação. Nº 10.973 (02.12.04) Apresenta um conjunto de medidas de incentivos à inovação científica e tecnológica,

Leia mais

Informação estratégica

Informação estratégica IVENS CONSULT Informação estratégica Ivan Leão diretor da Ivens Consult Introdução A revolução em andamento é que a manufatura ou produção não é mais principal centro de lucro e sim a logística, os sistemas

Leia mais

Índice. Farmácia de Manipulação Conhecendo uma farmácia de manipulação, suas vantagens e procedimentos... 2

Índice. Farmácia de Manipulação Conhecendo uma farmácia de manipulação, suas vantagens e procedimentos... 2 1 Índice Farmácia de Manipulação Conhecendo uma farmácia de manipulação, suas vantagens e procedimentos... 2 A Empresa Informações sobre a empresa, farmacêuticas responsáveis, instalações, diferenciais

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR Cada um de nós, na vida profissional, divide com a Essilor a sua responsabilidade e a sua reputação. Portanto, devemos conhecer e respeitar os princípios que se aplicam a todos.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ MOIRA CAROLINE COSTA ROSA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ MOIRA CAROLINE COSTA ROSA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ MOIRA CAROLINE COSTA ROSA COMPARATIVO ENTRE OS REQUISITOS DAS BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO E AS NORMAS ISO :2008 E ISO :2004, APLICADO À INDÚSTRIA DE PRODUTOS PARA A SAÚDE

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 08/08/2014 19:53:40 Endereço IP: 150.164.72.183 1. Liderança da alta administração 1.1. Com

Leia mais

5 Case Stara. Cristiano Buss *

5 Case Stara. Cristiano Buss * Cristiano Buss * Fundada em 1960, a Stara é uma fabricante de máquinas agrícolas. De origem familiar, está instalada em Não-Me-Toque, no norte do Estado; Em seis anos, cresceu 11 vezes, com baixo nível

Leia mais

terceiro trimestre de 2005

terceiro trimestre de 2005 apresentação institucional terceiro trimestre de 2005 1 1panorama da empresa 2 panorama da empresa Empresa de cosméticos, fragrâncias e higiene pessoal com receita bruta de R$2,5 bilhões no 2004 (9M05:

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO DO VALOR ADICIONADO - DVA

DEMONSTRAÇÃO DO VALOR ADICIONADO - DVA DEMONSTRAÇÃO DO VALOR ADICIONADO - DVA Sumário 1. Considerações Iniciais 2. Estrutura da Demonstração do Valor Adicionado 2.1 - Grupo de Receita Bruta - Outras Receitas 2.2 - Grupo de Insumos Adquiridos

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Elaboração Luiz Guilherme D CQSMS 10 00 Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes Avaliação da Necessidade de Treinamento

Leia mais

A EDIÇÃO PAULISTA DA ECONOFARMA ESTÁ DE VOLTA. -feira

A EDIÇÃO PAULISTA DA ECONOFARMA ESTÁ DE VOLTA. -feira A EDIÇÃO PAULISTA DA ECONOFARMA ESTÁ DE VOLTA -feira EM 2014, A ECONOFARMA RETORNA COM UM NOVO OLHAR SOBRE O VAREJO FARMACÊUTICO CENÁRIO ATUAL O varejo nacional projeta otimismo de crescimento para os

Leia mais

RELATÓRIO DA GESTÃO 2014

RELATÓRIO DA GESTÃO 2014 1 Senhores Associados: RELATÓRIO DA GESTÃO 2014 Temos a satisfação de apresentar o Relatório da Gestão e as Demonstrações Contábeis da CREDICOAMO Crédito Rural Cooperativa, relativas às atividades desenvolvidas

Leia mais

Modelo de Plano de Negócios

Modelo de Plano de Negócios Modelo de Plano de Negócios COLEÇÃO DEBATES EM ADMINISTRAÇÃO Empreendedorismo Modelo de Plano de Negócios Elaboração Marcelo Marinho Aidar Escola de Administração de Empresas de São Paulo (EAESP) F U N

Leia mais

Política de Produto e Serviço Caixa Geral de Depósitos. Política de Produto e Serviço

Política de Produto e Serviço Caixa Geral de Depósitos. Política de Produto e Serviço Política de Produto e Serviço Publicado em julho 2012 1 Fundada em 1876, a Caixa Geral de Depósitos (CGD) é o maior grupo financeiro nacional, atuando em diferentes áreas, designadamente na banca comercial,

Leia mais

Inserir logo da VISA Estadual ou Municipal

Inserir logo da VISA Estadual ou Municipal RELATÓRIO DE INSPEÇÃO VERIFICAÇÃO DO ATENDIMENTO ÀS DISPOSIÇÕES DA RDC n 67/07 2ª ETAPA DO CURSO DE CAPACITAÇÃO DE INSPETORES PARA INSPEÇÃO EM FARMÁCIAS 1. IDENTIFICAÇÃO DA FARMÁCIA: 1.1. Razão Social:

Leia mais

Manual de Relacionamento com Fornecedor

Manual de Relacionamento com Fornecedor 1 Manual de Relacionamento com Fornecedor 2 I Introdução... 3 1. Missão, visão e valores... 4 II Relacionamento com Fornecedor... 5 1. Qualificação... 6 2. Transporte... 6 3. Veículo... 6 4. Entrega/Recebimento...

Leia mais

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Atuação da Organização 1. Qual(is) o(s) setor(es) de atuação da empresa? (Múltipla

Leia mais

Pesquisa de Clima tornou-se uma ação estratégica de Gestão de Pessoas

Pesquisa de Clima tornou-se uma ação estratégica de Gestão de Pessoas Pesquisa de Clima tornou-se uma ação estratégica de Gestão de Pessoas Boas propostas são essenciais para que uma gestão tenha êxito, mas para que isso ocorra é fundamental que os dirigentes organizacionais

Leia mais

PRSA - POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Julho/2015

PRSA - POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Julho/2015 PRSA - POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Julho/2015 RELATÓRIO DE ACESSO PÚBLICO Este Manual/Relatório foi elaborado pela ATIVA com fins meramente informativos. É proibida a reprodução total ou

Leia mais

Seguros, Previdência e Capitalização

Seguros, Previdência e Capitalização Seguros, Previdência e Capitalização Análise das contas Patrimoniais e do Resultado Ajustado do Grupo Bradesco de Seguros, Previdência e Capitalização: Balanço Patrimonial Mar10 Dez09 Mar09 Ativo Circulante

Leia mais

POLÍTICA DE LOGÍSTICA DE SUPRIMENTO DO SISTEMA ELETROBRÁS. Sistema. Eletrobrás

POLÍTICA DE LOGÍSTICA DE SUPRIMENTO DO SISTEMA ELETROBRÁS. Sistema. Eletrobrás POLÍTICA DE LOGÍSTICA DE SUPRIMENTO DO SISTEMA ELETROBRÁS Sistema Eletrobrás Política de Logística de Suprimento do Sistema Eletrobrás POLÍTICA DE LOGÍSTICA DE SUPRIMENTO 4 POLÍTICA DE Logística de Suprimento

Leia mais

ANEXO 2 Estrutura Modalidade 1 ELIS PMEs PRÊMIO ECO - 2015

ANEXO 2 Estrutura Modalidade 1 ELIS PMEs PRÊMIO ECO - 2015 ANEXO 2 Estrutura Modalidade 1 ELIS PMEs PRÊMIO ECO - 2015 Critérios Descrições Pesos 1. Perfil da Organização Breve apresentação da empresa, seus principais produtos e atividades, sua estrutura operacional

Leia mais

Certificações ISO 9001 por Setor Econômico no Brasil

Certificações ISO 9001 por Setor Econômico no Brasil Certificações ISO 9001 por Setor Econômico no Brasil 9000 8000 8690 7000 6000 5000 4000 3000 4709 3948 2000 1000 29 4 0 Indústria Comércio e Serviços Agropecuária Código Nace Inválido TOTAL Fonte: Comitê

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental

Política de Responsabilidade Socioambiental Política de Responsabilidade Socioambiental SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 OBJETIVO... 3 3 DETALHAMENTO... 3 3.1 Definições... 3 3.2 Envolvimento de partes interessadas... 4 3.3 Conformidade com a Legislação

Leia mais

PGQP. Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade. Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade

PGQP. Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade. Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade PGQP Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade visão das lideranças A Excelência de qualquer organização depende da sinergia entre três fatores:

Leia mais

Política de Logística de Suprimento

Política de Logística de Suprimento Política de Logística de Suprimento Política de Logística de Suprimento Política de Logística de Suprimento 5 1. Objetivo Aumentar a eficiência e competitividade das empresas Eletrobras, através da integração

Leia mais

Criando Oportunidades

Criando Oportunidades Criando Oportunidades Clima, Energia & Recursos Naturais Agricultura & Desenvolvimento Rural Mercados de Trabalho & Sector Privado e Desenvolvimento Sistemas Financeiros Comércio & Integração Regional

Leia mais

F r a n c h i s i n g

F r a n c h i s i n g F r a n c h i s i n g F r a n c h i s i n g www.ambientec.com franchising@ambientec.com Fone: 41 3352 5352 Franchising Com 20 anos de experiência na prestação de consultoria e serviços de Engenharia de

Leia mais

Conceitos e tarefas da administração de marketing DESENVOLVIMENTO DE ESTRATEGIAS E PLANOS DE MARKETING

Conceitos e tarefas da administração de marketing DESENVOLVIMENTO DE ESTRATEGIAS E PLANOS DE MARKETING Sumário Parte um Conceitos e tarefas da administração de marketing CAPITULO I MARKETING PARA 0 SÉCULO XXI A importância do marketing O escopo do marketing 0 que é marketing? Troca e transações A que se

Leia mais

PRÊMIO GLP DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA. *Edição 2013*

PRÊMIO GLP DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA. *Edição 2013* PRÊMIO GLP DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA *Edição 2013* Participante: Cia Ultragaz S.A. Categoria: Infraestrutura Título Ultragaz na busca da excelência da Gestão Ultragaz na Busca da Excelência da Gestão Uma

Leia mais

Conteúdo. Publicação da MAHLE Metal Leve S/A Este documento contém os princípios definidos pela Estrutura Compliance MAHLE Versão: 10/02/2014

Conteúdo. Publicação da MAHLE Metal Leve S/A Este documento contém os princípios definidos pela Estrutura Compliance MAHLE Versão: 10/02/2014 COMPLIANCE MAHLE Conteúdo Compliance MAHLE...4 Sobre a MAHLE...5 Nossos Valores...6 Compliance e as boas práticas...8 A estrutura de compliance da MAHLE...8 Conflito de Interesses...8 Conduta com os parceiros

Leia mais

PLANO DE COMUNICAÇÃO DA ESTRATÉGIA DA JME/RS

PLANO DE COMUNICAÇÃO DA ESTRATÉGIA DA JME/RS PLANO DE COMUNICAÇÃO DA ESTRATÉGIA DA JME/RS PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO DA ESTRATÉGIA DA JME APRESENTAÇÃO Este projeto trata do Planejamento de Comunicação da Estratégia da Justiça Militar do Estado do

Leia mais

de frente Na linha Automação e expansão ABAD ENTREVISTA

de frente Na linha Automação e expansão ABAD ENTREVISTA Na linha Como a automação contribuiu para o desenvolvimento das empresas de distribuição e atacadistas? A automação foi fundamental para o crescimento e fortalecimento do setor. Sem o uso intensivo da

Leia mais

Visão Geral do Sistema da Qualidade ISO 9001: 2000

Visão Geral do Sistema da Qualidade ISO 9001: 2000 2 Visão Geral do Sistema da Qualidade ISO 9001: 2000 Para a gestão da qualidade na realização do produto a ISO 9001: 2000 estabelece requisitos de gestão que dependem da liderança da direção, do envolvimento

Leia mais

Unidade II PROCESSOS ORGANIZACIONAIS. Prof. Léo Noronha

Unidade II PROCESSOS ORGANIZACIONAIS. Prof. Léo Noronha Unidade II PROCESSOS ORGANIZACIONAIS Prof. Léo Noronha Macroprocesso Referência: sistema de gestão da qualidade pela NBR ISO 9011:2008. Macroprocesso Para a realização do produto, necessitase da integração

Leia mais

FUNDAMENTOS DA GESTÃO

FUNDAMENTOS DA GESTÃO Um dos pilares da Ultrapar está no virtuoso relacionamento que a companhia mantém com os diferentes públicos, graças a uma política baseada na ética, na transparência e no compartilhamento de princípios,

Leia mais

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO Prezado Cooperado, Em 2012 a economia brasileira apresentou forte desaceleração, tendo uma das mais baixas taxas de crescimento da América Latina, inferior até as pessimistas

Leia mais

Empresas Familiares aprimoramento da governança corporativa para o sucesso do negócio

Empresas Familiares aprimoramento da governança corporativa para o sucesso do negócio Empresas Familiares aprimoramento da governança corporativa para o sucesso do negócio Nome Desarrollo de Sistemas de Gobierno y Gestión en Empresas de Propiedad Familiar en el Perú Objetivo Contribuir

Leia mais

in light eletro house supri shop linea domus outdoor living & garden

in light eletro house supri shop linea domus outdoor living & garden utility house in domus eletro house in light linea domus supri shop outdoor living & garden FEIRA PROFISSIONAL Reunir em um mesmo local e momento investidores e mercado-alvo, formando um ambiente de negócios

Leia mais

A beleza é resultado do trabalho de todos. Responsabilidade Compartilhada

A beleza é resultado do trabalho de todos. Responsabilidade Compartilhada Responsabilidade Compartilhada A beleza é resultado do trabalho de todos A preocupação e o fortalecimento do relacionamento com nossos públicos estão presentes em toda a história do Grupo Boticário. Desde

Leia mais

DECLARAÇÃO DE VERIFIÇÃO INDEPENDENTE BUREAU VERITAS CERTIFICATION

DECLARAÇÃO DE VERIFIÇÃO INDEPENDENTE BUREAU VERITAS CERTIFICATION DECLARAÇÃO DE VERIFIÇÃO INDEPENDENTE BUREAU VERITAS CERTIFICATION INTRODUÇÃO O Bureau Veritas Certification Brasil (Bureau Veritas) foi contratado pela Companhia Energética de Minas Gerais S.A (Cemig),

Leia mais

LOJAS COLOMBO S/A COMÉRCIO DE UTILIDADES DOMÉSTICAS E CONTROLADAS

LOJAS COLOMBO S/A COMÉRCIO DE UTILIDADES DOMÉSTICAS E CONTROLADAS 1 LOJAS COLOMBO S/A COMÉRCIO DE UTILIDADES DOMÉSTICAS E CONTROLADAS RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO Senhores acionistas: Atendendo às disposições legais e estatutárias, a administração de Lojas Colombo S/A

Leia mais

Solidariedade - É uma empatia fundamental com as causas das famílias mais excluídas, que nos move a # querer estar e trabalhar junto com elas.

Solidariedade - É uma empatia fundamental com as causas das famílias mais excluídas, que nos move a # querer estar e trabalhar junto com elas. BRIEF COMERCIAL 2015 QUEM SOMOS TETO é uma organização presente na América Latina e no Caribe, que busca superar a situação de pobreza em que vivem milhões de pessoas nos assentamentos precários, através

Leia mais

Ricardo Setubal Diretor de Relações com Investidores

Ricardo Setubal Diretor de Relações com Investidores Ricardo Setubal Diretor de Relações com Investidores Agenda Perfil da Empresa Investimentos Estratégicos Ações Desenvolvidas no Período Desempenho das Áreas Informações Financeiras Consolidadas Governança

Leia mais

vencido Desafio Tradição, superação e vontade Atuação concisa e certeira, capacitação e união foram aspectos importantes de uma história

vencido Desafio Tradição, superação e vontade Atuação concisa e certeira, capacitação e união foram aspectos importantes de uma história Desafio Atuação concisa e certeira, capacitação e união foram aspectos importantes de uma história de recuperação, tradição e sucesso no varejo de material de construção mineiro. O único caminho a seguir,

Leia mais

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE 1º SEMESTRE 7ECO003 ECONOMIA DE EMPRESAS I Organização econômica e problemas econômicos. Demanda, oferta e elasticidade. Teoria do consumidor. Teoria da produção e da firma, estruturas e regulamento de

Leia mais

Roteiro para orientar o investimento social privado na comunidade 1

Roteiro para orientar o investimento social privado na comunidade 1 Roteiro para orientar o investimento social privado na comunidade 1 O IDIS Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social é uma organização da sociedade civil de interesse público, que tem como

Leia mais

Nome e contato do responsável pelo preenchimento deste formulário Luiz Antônio Jaeger (21) 9702 9194 luizantonio@parme.com.br parme@parme.com.

Nome e contato do responsável pelo preenchimento deste formulário Luiz Antônio Jaeger (21) 9702 9194 luizantonio@parme.com.br parme@parme.com. PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueador Pleno Dados da empresa Razão Social Franquipar Franqueadora e Licenciadora de Marcas Ltda. Nome fantasia Parmê

Leia mais

AVALIAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DO FORNECEDOR

AVALIAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DO FORNECEDOR Prezado Fornecedor, A Innova S/A, empresa certificada nas normas ISO 9001:2000, ISO 14001:1996, OHSAS 18001, avalia seus fornecedores no atendimento de requisitos relativos a Qualidade, Meio Ambiente,

Leia mais

Relatório de Avaliação de Infraestrutura

Relatório de Avaliação de Infraestrutura Câmara dos Deputados Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento Cefor Coordenação de Pós-Graduação Relatório de Avaliação de Infraestrutura 1º Semestre Agosto/ APRESENTAÇÃO A Avaliação de Infraestrutura

Leia mais

POLÍTICA DE GOVERNANÇA COOPERATIVA

POLÍTICA DE GOVERNANÇA COOPERATIVA POLÍTICA DE GOVERNANÇA COOPERATIVA 1 1. APRESENTAÇÃO Esta política estabelece os princípios e práticas de Governança Cooperativa adotadas pelas cooperativas do Sistema Cecred, abordando os aspectos de

Leia mais

ABNT NBR ISO 9001:2008

ABNT NBR ISO 9001:2008 ABNT NBR ISO 9001:2008 Introdução 0.1 Generalidades Convém que a adoção de um sistema de gestão da qualidade seja uma decisão estratégica de uma organização. O projeto e a implementação de um sistema de

Leia mais

Política de Sustentabilidade das empresas Eletrobras

Política de Sustentabilidade das empresas Eletrobras Política de Sustentabilidade das empresas Eletrobras 1. DECLARAÇÃO Nós, das empresas Eletrobras, comprometemo-nos a contribuir efetivamente para o desenvolvimento sustentável, das áreas onde atuamos e

Leia mais

NORMA NBR ISO 9001:2008

NORMA NBR ISO 9001:2008 NORMA NBR ISO 9001:2008 Introdução 0.1 Generalidades Convém que a adoção de um sistema de gestão da qualidade seja uma decisão estratégica de uma organização. O projeto e a implementação de um sistema

Leia mais

MAIORES EMPRESAS AS CAMPEÃS DE 25 SETORES OS DESTAQUES DE CADA REGIÃO ESPECIAL ANÁLISE DOS BALANÇOS AS 250 MAIORES HOLDINGS OS 100 MAIORES BANCOS

MAIORES EMPRESAS AS CAMPEÃS DE 25 SETORES OS DESTAQUES DE CADA REGIÃO ESPECIAL ANÁLISE DOS BALANÇOS AS 250 MAIORES HOLDINGS OS 100 MAIORES BANCOS www.valoronline.com.br Agosto 2011 Ano 11 Número 11 R$ 20,00 VALOR ECONÔMICO AS 250 MAIORES HOLDINGS OS 100 MAIORES BANCOS edição 2011 MAIORES EMPRESAS AS CAMPEÃS DE 25 SETORES OS DESTAQUES DE CADA REGIÃO

Leia mais

PROPOSTA PARA O AVANÇO DO MODELO DE GESTÃO DA SABESP

PROPOSTA PARA O AVANÇO DO MODELO DE GESTÃO DA SABESP ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS UNIVERSITÁRIOS DA SABESP PROPOSTA PARA O AVANÇO DO MODELO DE GESTÃO DA SABESP OUTUBRO, 2002 ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS UNIVERSITÁRIOS DA SABESP - APU INTRODUÇÃO A Associação

Leia mais

Marketing Empresarial MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE

Marketing Empresarial MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE Marketing Empresarial Capítulo 1 Marketing: uma introdução Introdução ao Marketing O que é Marketing Marketing é a área do conhecimento que engloba todas as atividades concernentes às relações de troca,

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE. Documentaçã. ção da Qualidade. Rosiane Nickel DVGQB LACEN/PR

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE. Documentaçã. ção da Qualidade. Rosiane Nickel DVGQB LACEN/PR SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE NOS LABORATÓRIOS RIOS CLÍNICOS: Documentaçã ção da Qualidade Rosiane Nickel DVGQB LACEN/PR QUALIDADE QUALIDADE Grau no qual um conjunto de características inerentes satisfaz

Leia mais