UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU AVM FACULDADE INTEGRADA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU AVM FACULDADE INTEGRADA"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU AVM FACULDADE INTEGRADA Comunicação Interna: Dificuldades de se comunicar de forma integrada Por: Átila José Antônio Lopes Orientador Prof. Fernando Alves Rio de Janeiro 2011

2 UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU AVM FACULDADE INTEGRADA Comunicação Interna: Dificuldades de se comunicar de forma integrada Apresentação de monografia à AVM Faculdade Integrada como requisito parcial para obtenção do grau de especialista em Comunicação Empresarial Por: Atila José Antônio Lopes 2

3 AGRADECIMENTOS...Agradeço aos professores e amigos que não me deixaram desistir mesmo quando as coisas, pessoas e obstáculos se fizeram fortes no meu caminho... 3

4 DEDICATÓRIA...Dedico a minha amiga Monique Oliveira que sempre esteve do meu lado, dando apoio e incentivando com sua amizade... 4

5 RESUMO O trabalho acadêmico aborda o estudo da comunicação no ambiente empresarial, onde se tem um apanhado geral do assunto. Na medida em que o trabalho segue tende a se tornar mais específico até o ponto que foca na comunicação interna e por fim retrata o estudo de caso centralizado na intranet da GLOBOSAT Programadora LTDA. Como um efeito funil em que a abertura é maior, mas à medida que se aprofunda torna-se mais denso e específico. Uma pesquisa foi desenvolvida para evidenciar e medir como é a interação e satisfação dos públicos, que apesar de trabalhar em turnos, dispõe do mesmo canal com distinções visíveis somente na utilização e na percepção do veículo de comunicação interna. 5

6 METODOLOGIA Esse trabalho foi elaborado a partir do estudo de livros acadêmicos voltados para área, assim como artigos de internet que abordam o assunto. Além de pesquisa quantitativa realizada com trinta funcionários da GLOBOSAT Programadora LTDA no período de 09/01/2012 à 27/01/2012 através de questionário estruturado. 6

7 SUMÁRIO INTRODUÇÃO 8 CAPÍTULO I - Comunicação Empresarialmente, mas por quê? 11 CAPÍTULO II - Comunicação Interna: Chave para o sucesso Definição e importância da comunicação interna. 2.2 Ferramentas da comunicação interna. CAPÍTULO III Estudo de caso sobre intranet da GLOBOSAT Intranet ferramenta de fluxo da informação. 3.2 Breve histórico da GLOBOSAT Programadora LTDA. 3.3 Pesquisa - Objeto de estudo: Avisanet GLOBOSAT. CONCLUSÃO 40 ANEXOS 42 BIBLIOGRAFIA 44 ÍNDICE 46 7

8 INTRODUÇÃO A proposta do trabalho em questão é avaliar a comunicação, sendo mais objetivo a comunicação interna da empresa GLOBOSAT Programadora LTDA através da observação de um dos veículos de comunicação utilizado pela mesma, senão um dos principais meios de propagação das informações ao público interno. Colocar em discussão a finalidade e proposta que o veículo tende a estabelecer como meta, que seria formalmente ser útil a todos indiferente ao horário que é utilizado. Muitas empresas atuam em horário comercial, que situa entre as 08hs da manhã até às 18hs, essas conseguem por via de acesso e tempo determinado atender a todos em horário padronizado. Não necessariamente atenta-se a dizer que todos os setores de uma empresa tenham que funcionar 24hs por dia, mas que todos indiferente ao horário que trabalham possam ser alcançados pela mesma informação sem a sensação de que a comunicação ao qual foram expostos não faz parte do cotidiano. Como levar uma mesma comunicação sem que haja interação direta entre emissor e receptor da mensagem? A pergunta pode parecer um pouco idiota, afinal hoje a internet consegue integrar todos sem necessariamente estarmos em mesmo espaço físico, agora cabe a empresa a utilização dos mecanismos para que isso ocorra, aí surge a participação da intranet para que exista esse fluxo. A intranet possui destaque nas grandes empresas da atualidade se destacando como ferramenta de comunicação mais completa que alcança a todos indiferente da área ou setor. Necessariamente é não preciso estar ou se deslocar, ou mesmo interferir no cotidiano de outras áreas para manter algum contato com outras áreas da empresa com qual tenha que se relacionar. Muitas empresas ainda vêem como vilão os processos alternativos com qual a comunicação se estabelece, um deles a rádio corredor, contudo não disponibilizam de forma eficaz meios para interação, talvez a intranet pudesse dar conta de sanar algumas fendas oriundas dessa forma de comunicação, que é defendida por muitos autores e extremamente importante por que de certa forma diagnostica que existe alguma lacuna no processo de comunicação. 8

9 A intranet por si só não pode ser a culpada na falha do processo de fluxo da informação, como muitos autores citam a proposta da intranet dentro das empresas é potencializar o fluxo da informação promovendo interação, de modo que interagir agrega todos os funcionários dos mais variados níveis hierárquicos e um mediador dessa comunicação que atua no segmento de dar uma ordem na disposição das informações. Quando é citado da questão do fluxo da informação restringe-se a citar sobre a falha proposta como tema desse projeto, que é a de investigar como segue o fluxo dessa mesma informação até o produto final que são os funcionários dos demais turnos aparte ao horário comercial, que ficam sem saber das informações principalmente destacando o ponto primordial para entendimento do mesmo, a motivação para execução de suas tarefas a partir disso. O problema em questão não surgiu ao acaso, foi oriundo de uma interrogação feita por um funcionário que por motivos comuns ao ambiente questionou como faria para participar de um serviço em vista do horário que trabalha, como se nas entrelinhas a mensagem passada por ele não só estivesse fomentando a simples dúvida de não ser atendido, mas também questionando (Pessoal, também trabalho no mesmo local que vocês, como ter acesso a isso?). De início a abordagem não terá como foco o problema em questão por que para entendê-lo é necessário ter dimensão da estrutura da organização de forma ampla não especificamente da empresa em questão, mas como de uma forma universal as empresas tendem a adaptar-se aos mecanismos para melhor atender seus públicos. O primeiro capítulo restringe-se a falar sobre a comunicação empresarial, por que existe? Qual importância e por que foi diagnosticado que é necessário haver uma cultura de comunicação focada nas empresas? Um breve histórico da comunicação empresarial no Brasil citando, por exemplo, alguns modelos. Já o segundo capítulo atenta-se a falar da comunicação interna, levando em consideração os modelos vigentes e dando ênfase no modo como as empresas estão se adaptando em virtude das rápidas transformações no mercado de trabalho, um exemplo seria a tecnologia que a cada hora passa 9

10 por constante modificação, percepção essa que é muito mais clara se for levado em consideração algumas décadas atrás, transformações bastante visíveis se pensarmos na internet. Também citar através de referências bibliográficas como os autores da atualidade avaliam o modo que as empresas comunicam com o público interno. Por fim o último capítulo mescla informações presente nos dois capítulos anteriores apresentando como ponto chave a pesquisa e os resultados obtidos em suma com o esclarecimento da proposta da pesquisa e possível proposta a ser considerada a partir da identificação do problema. 10

11 CAPÍTULO I COMUNICAR EMPRESARIALMENTE, MAS POR QUÊ? O IMPORTANTE PAPEL DA COMUNICAÇÃO NO CENÁRIO EMPRESARIAL... Comunicar não é só informar, vai além. Por isso, quem quiser ter sucesso precisa de uma boa dose de dedicação. (Cleuza Mattos) A comunicação, o que seria de tal palavra se não fosse praticamente executada no sentido literal da palavra, isso mesmo, se não houvesse a necessidade de interação ou muito menos a relação dependência seria, ou na verdade não seria tudo, ou pelo menos marcaria o total nada. Dá para viver sozinho? Talvez a resposta possa ser sim, mas não sem comunicar e até mesmo os estudiosos relatam que pode se comunicar sem sequer emitir algum som, a afirmação leva em consideração o ato da fala. Até mesmo a pessoa mais isolada do planeta comunica ao ponto que sua existência desolada marca a presença dela no local. Resumindo tudo o que foi dito anteriormente, vivemos em comunidade, então como disse o famoso filósofo Rene Descartes Penso, logo existo poderia dizer Existo, logo comunico. Mas o que tal filosofia que em certos pontos perde o sentido, tem relação com o cenário empresarial? Por enquanto talvez nada, se for dito que tem tudo haver, talvez não tenha sido clara a mensagem. A participação no cenário atual é tão importante que chega a ser, às vezes, passar despercebida nos meios de comunicação. Observe a citações dos autores: Vamos folhear um grande jornal e procurar as notícias empresariais do dia. No primeiro caderno o de política nacional um grande empresa, uma empreiteira é a personagem principal de uma comissão parlamentar (CPI) instalada no congresso nacional. No segundo caderno, o de esportes, que azar, uma nadadora morreu de hipotermia tentando atravessar o 11

12 Canal da Mancha. A sua aventura era patrocinada por uma grande empresa de cartões de crédito. No terceiro caderno, o de economia, o principal colunista critica as montadoras de automóveis por que elas não punem os revendedores que estão comercializando carros populares com ágio. O quarto caderno internacional descreve como um petroleiro carregado, maior que o Titanic, se fez em pedaços, poluindo o mar e as praias do Alasca. No caderno cultural, enfim, traz boas notícias: uma grande empresa está salvando um dos maiores grupos de dança moderna do país, patrocinando suas pesquisas e espetáculos... (NASSAR E FIGUEIREDO, 2008, p.07/08). A partir dos trechos mencionados acima já se tem a noção de como direta ou indiretamente as empresas estão inseridas em diversos contextos da vida, seja na economia, política, cultura, educação, esporte e etc, sempre existe a participação empresarial no desenvolvimento da sociedade como um todo. E os autores reafirmam o que foi dito:...atualmente, as empresas são personagens extremamente importantes nos cenários político, econômico, cultural, e social. E as suas atuações não se restringem a questões de produção e economia. (NASSAR E FIGUEIREDO, 2008, p.08). O que se pode tirar como conclusão que muito mais do que somente vender produtos e serviços. Hoje em dia, lucro não é mais a única prioridade da empresa e muito menos dos públicos e consumidores. Pensando até mesmo no lucro o autor apresenta uma visão de mudança do panorama empresarial, por que há uma década, por exemplo, o comunicar de uma empresa seria expresso pela linguagem da propaganda levando as pessoas a um universo frio e lúdico ao qual tudo era perfeito e não havia problemas. Nas propagandas a linguagem era sempre a mesma, de que a empresa veio para resolver 12

13 problemas básicos que eram postos como essenciais. Essa comunicação só era colocada a prova quando existia efetivamente a utilização do bem ou serviço oferecido, muitas das vezes, na propaganda o produto faz milagres, mas na realidade não tinha nem metade das características que a ele foram atribuídas. E os autores falam desse tipo de comunicação situando o cenário atual: O cotidiano nos mostra que a linguagem da propaganda é imponente e insuficiente para tratar da totalidade das tensões criadas nas relações entre empresas, consumidores e sociedade em geral (NASSAR E FIGUEIREDO, 2008, p.10). Antigamente essa comunicação terminava no mercado ou mesmo no ponto de venda, mas hoje em dia as empresas de uma forma geral têm sido muito cobradas quando ao o quê e o como do modo estabelecido para comunicar algo, seja para vender, ou mesmo, para divulgar um serviço. A cobrança não fica restrita somente ao consumidor, a mídia de uma forma também jamais vista, cobra do outro lado quanto ao posicionamento da empresa em relação não somente aos clientes, mas a toda sociedade. Atualmente comunicar significa que desde o processo de produção até mesmo até o ato da compra, a mídia (que vem a representar o consumidor) o consumidor e a sociedade de uma forma geral querem saber de que modo a interferência daquela empresa influi na vida deles, qual é a proposta da empresa no mercado. A importância da comunicação fica clara nessa citação dos autores: A sociedade e o mercado consumidor tornaram-se bastante hostis às empresas analfabetas, que não aprenderam a escrever, ouvir, falar, se expressar e principalmente dialogar no ambiente onde atuam. E hostilidade, no caso, significa boicotar produtos, dificultar a operação da empresa, tornando-a, de alguma forma, 13

14 persona nom grata. (NASSAR E FIGUEIREDO, 2008, p.12). Para as empresas conseguirem sucesso, vários aspectos foram inseridos na relação consumidor / empresa, que não deixa de lado o objetivo de vender, na verdade ajuda a promover como forma de marketing. Visa muito mais do que fazer que o consumidor compre fazer também que o cliente tenha em mente que, além de ser muito bem atendidos, a empresa também se preocupa com a sociedade de uma forma mais ampla. Os olhos da sociedade e dos consumidores querem ver o que move a empresa além do lucro. As linguagens da propaganda, relações públicas, jornalismo, atendimento ao consumidor, lobby, agindo de forma conjunta e integrada, devem mostrar a personalidade da empresa para o social e todas as suas ações. (NASSAR E FIGUEIREDO, 2008, p.13). E personalidade é hoje a palavra chave das relações empresa e cliente, a comunicação surge para dar personalidade à empresa como foi dito acima, um exemplo claro dessa afirmação é muito perceptível quando pensado, que sentimento existe quando se pensa na empresa Petrobrás, é óbvio patriotismo, a empresa do Brasil, o petróleo é nosso. Mas a empresa não surgiu assim, um plano de comunicação foi pensado para que a Petrobrás fosse atribuído esse status. Uma vez as empresas percebendo essa necessidade que a sociedade tem de participar do cotidiano empresarial, muito mais do que ter um produto de maior qualidade é importante saber como é produzido, o impacto na natureza, se respeita as normas estabelecidas e principalmente que sentimento a empresa desperta com suas iniciativas. Os autores citam a primeira empresa no Brasil a pensar em desenvolver uma comunicação somando todas as ações adotadas: 14

15 A Rhodia, em 1985,por intermédio de sua gerência de comunicação, comandada na época por Walter Nori, criou um Plano de comunicação Social que veio a revolucionar a forma como se pensava em comunicação empresarial. Pela primeira vez, a comunicação empresarial foi concebida como a somatória das ações sempre integradas das várias áreas de comunicação da empresa, definindo suas tarefas no apoio às estratégias mercadológicas e na condução dos projetos institucionais... O plano da Rhodia se integrava a comunicação empresarial no processo do processo de transformações que se dava na sociedade ( o país entrava no período que se denominou Nova República), fazendo participar das mudanças que estavam acontecendo. (NASSAR E FIGUEIREDO, 2008, p.14). Indiferente ao Plano de Comunicação da Rhodia, toda e qualquer empresa da atualidade desenvolve o mecanismo de comunicação tendo em mente que aja clareza para todos públicos de interesse. A participação da empresa assim como a Rhodia tem que considerar as transformações do meio que assim como na vida de qualquer pessoa, interferem no modo como a empresa existe. Por que hoje é tão importante trabalhar empresarialmente na construção de uma imagem, dar personalidade a uma marca, ou ser transparente quanto aos objetivos? A resposta é simples, grande parte dos produtos e serviços não mais exclusivos a ponto de ter o monopólio da área que atuam. Hoje com a participação ativa da sociedade as empresas tendem a comunicar e ouvir a sociedade para melhor atender suas necessidades e não serem surpreendidas pelo fato de que não se vende mais tradição como antigamente, as empresas investem em comunicação para assim em longo prazo serem lembradas. O que faz com que as empresas utilizem a comunicação desse modo pode ser entendido como Vantagem Competitiva de Difícil Reprodução, se o produto 15

16 está suscetível à reprodução a comunicação pode trazer o diferencial ao mesmo. Significa dizer que podem existir muitos produtos iguais no mercado, mas esse produto comunicou em especial que merece ser comprado por que é preocupado com a preservação ambiental, mas pensando na subjetividade ao qual isso impacta na cabeça do consumidor e efetiva a compra a empresa resolveu atuar e se destacou por isso, comunicar muito além do essencial. Não ficou clara a importância da comunicação empresarial no cenário atual? Será usado um exemplo simples: A Ford vendia carros pretos, daí veio a GM (General Motors) e inovou com carros coloridos. Hoje não basta serem simplesmente carros e muito menos coloridos, a marca além de apresentar tudo isso tem que estar muito bem posicionada em relação à concorrência na sua comunicação e também ser socialmente responsável. Os autores Nassar e Figueiredo têm uma posição muito clara em relação à comunicação empresarial deve ser executada: A comunicação empresarial não pode ser considerada apenas uma definição de dicionário. Ou seja, simplesmente como um conjunto de métodos e técnicas de comunicação dentro da empresa dirigida ao público interno (funcionários) e ao público externo (clientes, fornecedores, consumidores etc.). Até por que definições como esta precisam ser sempre revistas em função das mudanças da sociedade e do ambiente empresarial (NASSAR E FIGUEIREDO, 2008, p.18). A comunicação empresarial num é um trabalho fácil visto que não é somente atender a quem vende, é como uma frente de batalha e o objetivo da mesma é construir sua imagem institucional. Grande parte sucesso das empresas na atualidade foi construída mediante a imagem institucional criada. O autor cita todas as frentes de batalha ao qual a empresa esta envolvida: 16

17 A comunicação empresarial é uma verdadeira guerra com muitas frentes de batalha: a frente de batalha voltada para mostrar que a empresa tem relação de respeito com a natureza, visando sobre tudo a sua preservação (se você quiser, pode chamar de frente de batalha ecológica); a frente para manter e conquistar novos consumidores; a frente de batalha da comunicação interna, dirigida para os imensos exércitos de trabalhadores engravatados e de uniformes que constituem os recursos humanos das empresas modernas; a frente de batalha das complicadas relações da empresa com os governos e os políticos, ou seja, o lobby empresarial. E a grande frente da batalha da propaganda e a promoção de produtos. (NASSAR E FIGUEIREDO, 2008, p.20/21). Mediante a todas as frentes citadas vem a necessidade de se construir a imagem institucional que soma todas as comunicações em uma só. E se não ficou clara a importância de sua existência dentro do ambiente empresarial, é só observar a síntese dos autores em relação ao papel da comunicação empresarial para as empresas. Neném Prancha, criatura imortal citada pelo jornalista João Saldanha, dizia que o pênalti é tão importante que deveria ser batido pelo presidente do clube. A comparação é válida: a comunicação empresarial é, hoje, tão fundamental que deveria envolver diretamente os presidentes das empresas. Isso por que a comunicação empresarial é a somatória de todas as atividades de comunicação da empresa. Elaborada de forma multidisciplinar a partir de métodos e técnicas de relações públicas, jornalismo, lobby, propagando, promoções, pesquisa e marketing e direcionada à sociedade, formadores de opinião, consumidores e 17

18 colaboradores (trabalhadores, fornecedores e parceiros). Elaboração esta que sempre tem como referência básica o planejamento estratégico da empresa. (NASSAR E FIGUEIREDO, 2008, p.19). O próprio autor menciona que para criar uma boa imagem institucional a condição primária para que isso ocorra é uma boa comunicação empresarial, o que quer dizer que comunicação empresarial não é para qualquer um, tendo em mente dito na citação acima, onde essa comunicação integra todas as atividades de comunicação realizadas pela empresa, os autores se utilizam de um exemplo comum para explicitar a importância dessa integração na comunicação. A empresa proprietária do Titanic alcançou um tremendo sucesso em sua propaganda: o navio partiu da Europa para Nova Yorque superlotado. Um êxito extraordinário em vendas. No entanto, no que se refere a qualidade de produto, esta empresa fracassou ao construir seu navio com chapas metálicas de pouca resistência. Naufragando, com isso, o navio e sua imagem institucional. Você viajaria num navio pertencente à empresa dona do Titanic? Por essas e outras que o serviço de comunicação das empresas não é coisa para amadores. Com a melhor das boas intenções, alguém pode estar construindo um Titanic (NASSAR E FIGUEIREDO, 2008, p.23/24). O sucesso de todas as ações da empresa em relação à sociedade de uma forma abrangente é fruto do modo como a comunicação é administrada. É em virtude disso que diversos estudiosos têm dado tamanho destaque na observação das empresas com seus públicos, para diagnosticar como elas estão fazendo sua lição de casa. Um exemplo é o Bueno (2011) que em um de seus artigos destaca o ponto chave que será abordado no próximo capítulo, a 18

19 relação (Comunicação Empresarial X Comunicação Interna) onde o autor critica como o modo como as empresas tendem a agrupar a comunicação interna junto ao departamento de recursos humanos e com um grupo limitado de profissionais para administrar toda essa comunicação. O mercado da comunicação organizacional tem se caracterizado, em muitos casos, por equívocos formidáveis no que diz respeito ao planejamento e execução de políticas e planos de comunicação interna. De imediato, podemos mencionar a perspectiva, bastante comum em nossas organizações, de reduzir o esforço e a responsabilidade pela comunicação interna a uma única instância: o departamento de Comunicação (muitas vezes, identificado no organograma por uma caixinha pendurada na área de recursos humanos) ou mesmo a um (a) profissional de relações públicas. Fica sempre a impressão, quando isso acontece, que a organização imagina ser possível resolver a complexa relação com (e entre) os seus públicos internos a partir de uma equipe reduzida de profissionais (ainda que eles sejam especialistas em comunicação), como se a comunicação interna se limitasse à atividade que o departamento de comunicação realiza. (BUENO, acesso em 26/11/2011) Mas antes mesmo de investir em uma imagem institucional as empresas precisam construir uma boa imagem não só com os públicos externos ao qual pretendem atender e a sociedade, mas principalmente com o público interno. E por que dar destaque em especial à comunicação interna, em virtude de se tratar de mais uma das partes que constitui a comunicação empresarial? Vou me atentar a citação abaixo para explicar o que o autor caracteriza como A mentira de duas mãos. 19

20 É um conceito cômodo, falso e extremamente perigoso. Pressupõe que toda a mensagem emitida terá necessariamente um retorno, que este se dará na mesma bitola (a mordacidade é intencional) daquela da emissão......esqueça a Via de Duas Mãos. Pense mesmo em uma Teia de Aranha, daquelas bem grandes, com milhares de fios e várias aranhas, das grandes e cabeludas, espalhadas por ela. Perceba que existem uns quinze ou vinte fios básicos e centenas de subfios. Puxe qualquer um e veja o resultado. Pelo menos uns trinta vão se mexer, mandando ondas de choque para quase todo o resto da teia. Este é o verdadeiro universo da Comunicação Empresarial. (CAHEN, 2005, p.37/38). Em suma relacionando a citação do fluxo da comunicação na relação entre empresa, cliente e sociedade se puxarmos um fio mesmo que dentro da empresa e ainda se trate de um subfio o impacto pode não ser diretamente percebido, mas como na citação acima pelo menos outros se moverão e estes por sua vez estão interligados a outros fios. Como o autor mesmo destaca essa é a Comunicação Empresarial, se as empresas não se adaptam a essa forma de fazer comunicação lhes cabem a citação abaixo. Quem não se comunica, se trumbica. A frase nem é minha. Volte para a introdução e leia o que escrevi sobre analisar lato sensu* tudo o que estiver escrito aqui. Decodificando e/ou interpretando a frase do Velho Guerreiro, frase tão pouco levada a sério, pois: quem não se comunica, perde. Perde visibilidade, perde transparência, perde agilidade, perde criatividade, perde canais de comunicação, perde oportunidades, perde negócios, perde clientes, perde mercado, perde, perde, perde (CAHEN, 2005, p.46/47). 20

21 CAPÍTULO II COMUNICAÇÃO INTERNA: CHAVE PARA O SUCESSO O ABRIR OU FECHAR DAS PORTAS PARA O MERCADO DEPENDE DE COMO AS EMPRESAS UTILIZAM ESSA CHAVE Ainda fazendo um link na última citação do capítulo anterior abrem-se as portas para o que se entende como comunicação interna. Milhares de pessoas falam sobre o tema e no fim sempre esbarram em ponto em comum que caracteriza a comunicação interna como sendo aquela gerida pela empresa onde todas as suas ações de comunicação se integram. Ou seja, toda e qualquer ação que deixa a existência da comunicação empresarial em evidência. Os pontos levantados nesse capítulo de certa forma se interligam com o que será mencionado no estudo de caso, ou seja, o entendimento da pesquisa carece da compreensão dos assuntos abordados nesse capítulo. 2.1 A importância e definição da Comunicação Interna Não é de hoje que homens e mulheres dentro de uma empresa não são mais vistos como recursos, mas sim como partes fundamentais do sucesso da organização. Como foi citado no capítulo anterior, as necessidades tanto das empresas como também dos funcionários se alteraram, o que significa que a comunicação ou o campo que dá suporte a atender essas necessidades também teve que se adaptar às exigências para alcançar esse sucesso independente de se tratar de pequena, média, ou uma empresa de grande porte. 21

22 Entender o que é efetivamente Comunicação Interna fica claro a partir da observação da citação: Entende-se por Comunicação Interna o esforço de comunicação desenvolvido por uma empresa, órgão ou entidade para estabelecer canais que possibilitem o relacionamento, ágil e transparente, da direção com o público interno (na verdade, sabe-se que há vários públicos internos em uma organização) e entre os próprios elementos que integram este público. Deve ficar claro, portanto, que a Comunicação Interna não se restringe à chamada comunicação descendente, aquela que flui da direção para os empregados, mas inclui, obrigatoriamente, a comunicação horizontal (entre os segmentos deste público interno) e a comunicação ascendente, que estabelece o feed-back e instaura uma efetiva comunicação. (S.M, acesso em 29/01/2012). Em suma, fica subentendido que o papel da comunicação interna nas empresas tem como finalidade envolver e incentivar os funcionários, promovendo a identidade entre o empregado e a empresa. No capítulo anterior foi mencionada e necessidade de se ter profissionais capacitados para lidar com a comunicação interna, não foi proposital, pois diariamente nas empresas circulam-se muitas informações e sem um modelo de comunicação integrado, ou sistêmico as mensagens podem chegar repleta de ruídos, que consistem nos boatos, mal entendidos caracterizados como o efeito promovido pela rádio peão. Para Bueno a radio peão pelo seu caráter de identificação, que é entendido como falha pelas organizações, não é corretamente explorado. As empresas tendem a ver na rádio peão um obstáculo quando de acordo com o autor representa uma oportunidade. Pelo próprio título do artigo já se tem uma idéia do que a citação tende a explicitar Sua organização tem medo da Rádio Peão? Não devia.. As duas citações abaixo tendem a revelar dois lados da mesma moeda no que diz respeito à observação desse fenômeno, a parte visivelmente identificada pelas empresas e em contra partida o ponto ao qual o 22

23 autor destaca importância dessa cultura na construção da comunicação interna das empresas. 1º Ponto - A comunicação abre parênteses para o que as empresas vêem como insatisfação dos funcionários: A Rádio Peão, em funcionamento, pode indicar uma série de situações. Ela aponta para lacunas no processo de comunicação de uma organização, ou seja, aborda temas ou assuntos que dizem respeito ao corpo de funcionários, mas que, por várias razões, estão sendo deixados de lado pela direção. Por exemplo: a qualidade ou o tipo de comida servida no restaurante (que não deve estar agradando); o autoritarismo ou a incompetência de algumas chefias (puxa, isso acontece em todo lugar, não é mesmo?) ou mesmo um cheiro estranho no ar (demissões à vista?). (BUENO, acesso em 26/11/2011) 2º Ponto - Como deve ser administrado transformando-se em oportunidade de acordo com o autor: A Rádio Peão não é tão feia como a pintam e, o que é mais significativo, ela faz parte do processo de comunicação de qualquer organização. Ela é democrática porque freqüenta organizações de qualquer porte e tem a capacidade de arrebanhar ouvintes atentos em qualquer lugar do País ou do exterior (ou você pensa que só as organizações brasileiras têm a sua companhia?). A Rádio Peão, embora não seja coordenada por profissionais de comunicação, pode exibir uma competência formidável; logo, antes de execrá-la como um fenômeno nocivo, talvez valesse a pena ouvi-la com mais cuidado. Os comunicadores têm muito a aprender com ela porque, no fundo, a Rádio Peão traduz uma experiência importante 23

24 de relacionamento com os colaboradores (eta palavrinha complicada e hipócrita!). Seria bastante aconselhável que os profissionais de comunicação organizacional a sintonizassem com mais regularidade porque há ensinamentos importantes sendo transmitidos por ela. A Rádio Peão é uma escola informal construída dentro dos muros da organização. (BUENO, acesso em 26/11/2011) Para Bueno a chave, tendo em vista o modo como as empresas encaram, por exemplo, a rádio peão está no que ele mesmo cita como Cultura de Comunicação que se torna clara e limpa quanto a sua proposta, se entendidas as afirmações abaixo. Para se construir uma cultura de comunicação, fundamental para a saúde da comunicação interna, é preciso que as organizações abandonem práticas antigas, baseadas na perspectiva de que informação é poder e que, portanto, precisa estar sob o controle dos chefes, excluídos os que costumam pensar de maneira diferente. Uma comunicação interna, apoiada em uma autêntica cultura de comunicação, estabelece canais personalizados para o relacionamento com os públicos internos, obedecidos os seus perfis e necessidades, adeqüa discursos e conteúdos e busca incentivar a participação dos funcionários pelo fortalecimento dos fluxos ascendente e lateral de comunicação. Uma comunicação interna, nestes novos moldes, não se resume a caixinhas de sugestões ou a reuniões com o presidente, onde, apesar da boa vontade, não existem as condições ideais para uma comunicação legítima, onde os funcionários se sintam também protagonistas e não cúmplices de um processo de comunicação que apenas reforça as desigualdades e se 24

Estratégias em Propaganda e Comunicação

Estratégias em Propaganda e Comunicação Ferramentas Gráficas I Estratégias em Propaganda e Comunicação Tenho meu Briefing. E agora? Planejamento de Campanha Publicitária O QUE VOCÊ DEVE SABER NO INÍCIO O profissional responsável pelo planejamento

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

Inteligência em. redes sociais. corporativas. Como usar as redes internas de forma estratégica

Inteligência em. redes sociais. corporativas. Como usar as redes internas de forma estratégica Inteligência em redes sociais corporativas Como usar as redes internas de forma estratégica Índice 1 Introdução 2 Por que uma rede social corporativa é um instrumento estratégico 3 Seis maneiras de usar

Leia mais

Planejamento Estratégico de Comunicação Interna Comunica Pirelli A Pirelli mais perto de você Versão resumida

Planejamento Estratégico de Comunicação Interna Comunica Pirelli A Pirelli mais perto de você Versão resumida Planejamento Estratégico de Comunicação Interna Comunica Pirelli A Pirelli mais perto de você Versão resumida Análise do contexto da organização A Pirelli é a quinta maior empresa do mundo no mercado de

Leia mais

social media para bares, restaurantes e afins

social media para bares, restaurantes e afins BARTIPS social media para bares, restaurantes e afins O que buscamos? Divulgar seu estabelecimento para milhares de potenciais consumidores. Fazer você ser parte do dia-a-dia de seu cliente Ter suas novidades,

Leia mais

Planejamento de Campanha Publicitária

Planejamento de Campanha Publicitária Planejamento de Campanha Publicitária Prof. André Wander UCAM O briefing chegou. E agora? O profissional responsável pelo planejamento de campanha em uma agência de propaganda recebe o briefing, analisa

Leia mais

Como deixar seu negócio on-line. Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO!

Como deixar seu negócio on-line. Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO! Como deixar seu negócio on-line Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO! A palavra de ordem das redes sociais é interação. Comparando a internet com outros meios de comunicação em massa como

Leia mais

ASSESSORIA DE IMPRENSA 1 Felipe Plá Bastos 2

ASSESSORIA DE IMPRENSA 1 Felipe Plá Bastos 2 ASSESSORIA DE IMPRENSA 1 Felipe Plá Bastos 2 RESUMO: O presente trabalho tem como objetivo saber como é desenvolvido o trabalho de Assessoria de Imprensa, sendo um meio dentro da comunicação que através

Leia mais

No E-book anterior 5 PASSOS PARA MUDAR SUA HISTÓRIA, foi passado. alguns exercícios onde é realizada uma análise da sua situação atual para

No E-book anterior 5 PASSOS PARA MUDAR SUA HISTÓRIA, foi passado. alguns exercícios onde é realizada uma análise da sua situação atual para QUAL NEGÓCIO DEVO COMEÇAR? No E-book anterior 5 PASSOS PARA MUDAR SUA HISTÓRIA, foi passado alguns exercícios onde é realizada uma análise da sua situação atual para então definir seus objetivos e sonhos.

Leia mais

Reflexões sobre as dificuldades na aprendizagem de Cálculo Diferencial e Integral

Reflexões sobre as dificuldades na aprendizagem de Cálculo Diferencial e Integral III Mostra de Pesquisa da Pós-Graduação PUCRS Reflexões sobre as dificuldades na aprendizagem de Cálculo Diferencial e Integral Marcelo Cavasotto, Prof.ª Dra. Ruth Portanova (orientadora) Mestrado em Educação

Leia mais

Imagem corporativa e as novas mídias

Imagem corporativa e as novas mídias Imagem corporativa e as novas mídias Ellen Silva de Souza 1 Resumo: Este artigo irá analisar a imagem corporativa, mediante as novas e variadas formas de tecnologias, visando entender e estudar a melhor

Leia mais

Palavras-chave: Peças publicitárias; comerciais marcantes; televisão; criatividade. Área do conhecimento: Ciências Sociais Aplicadas.

Palavras-chave: Peças publicitárias; comerciais marcantes; televisão; criatividade. Área do conhecimento: Ciências Sociais Aplicadas. COMERCIAIS MARCANTES Açucena Vieira de Morais, Daniella Zarro Teixeira Silva Pinto, James da Silva Costa, Ariane Fernanda da Silva Costa, Silene Fernandes Bicudo Univap Universidade do Vale do Paraíba/FCSAC

Leia mais

O Papel dos Meios de Comunicação na Formação da Imagem Empresarial importância do Assessor de Imprensa neste processo 1

O Papel dos Meios de Comunicação na Formação da Imagem Empresarial importância do Assessor de Imprensa neste processo 1 O Papel dos Meios de Comunicação na Formação da Imagem Empresarial importância do Assessor de Imprensa neste processo 1 Evelyn Nascimento Bastos 2 Palavras-chaves: Meios de Comunicação; Imagem Empresarial;

Leia mais

O papel do CRM no sucesso comercial

O papel do CRM no sucesso comercial O papel do CRM no sucesso comercial Escrito por Gustavo Paulillo Você sabia que o relacionamento com clientes pode ajudar sua empresa a ter mais sucesso nas vendas? Ter uma equipe de vendas eficaz é o

Leia mais

FACULDADE REDENTOR ITAPERUNA RJ

FACULDADE REDENTOR ITAPERUNA RJ RESULTADOS DA PESQUISA DE PERCEPÇÃO E SATISFAÇÃO DOS CURSOS DE: MBA - GESTÃO ESTRATÉGICA DOS NEGÓCIOS MBA - GESTÃO ESTRATÉGICA COM PESSOAS FACULDADE REDENTOR 2012 ITAPERUNA RJ MODELO DA PESQUISA DE SATISFAÇÃO

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Rafael Marques Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Minha idéia inicial de coaching era a de uma pessoa que me ajudaria a me organizar e me trazer idéias novas,

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

ARTIGOS AÇÕES MOTIVACIONAIS

ARTIGOS AÇÕES MOTIVACIONAIS ARTIGOS AÇÕES MOTIVACIONAIS ÍNDICE em ordem alfabética: Artigo 1 - ENDOMARKETING: UMA FERRAMENTA ESTRATÉGICA PARA DESENVOLVER O COMPROMETIMENTO... pág. 2 Artigo 2 - MOTIVANDO-SE... pág. 4 Artigo 3 - RECURSOS

Leia mais

CENTRO BRASILEIRO DE REFERÊNCIA EM TECNOLOGIA SOCIAL INSTITUTO DE TECNOLOGIA SOCIAL

CENTRO BRASILEIRO DE REFERÊNCIA EM TECNOLOGIA SOCIAL INSTITUTO DE TECNOLOGIA SOCIAL CENTRO BRASILEIRO DE REFERÊNCIA EM TECNOLOGIA SOCIAL INSTITUTO DE TECNOLOGIA SOCIAL Curso: Tecnologia Social e Educação: para além dos muros da escola Resumo da experiência de Avaliação do Programa "Apoio

Leia mais

Enquete. O líder e a liderança

Enquete. O líder e a liderança Enquete O líder e a liderança Muitas vezes, o sucesso ou fracasso das empresas e dos setores são creditados ao desempenho da liderança. Em alguns casos chega-se a demitir o líder, mesmo aquele muito querido,

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIAL

RESPONSABILIDADE SOCIAL RESPONSABILIDADE SOCIAL Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Profa. Lillian Alvares TODO COMPORTAMENTO TEM SUAS RAZÕES. A ÉTICA É SIMPLESMENTE A RAZÃO MAIOR DAVID HUME DEFINIÇÕES

Leia mais

Título do Case: Departamento Comercial com foco nas expectativas do cliente Categoria: Projeto Interno

Título do Case: Departamento Comercial com foco nas expectativas do cliente Categoria: Projeto Interno Título do Case: Departamento Comercial com foco nas expectativas do cliente Categoria: Projeto Interno Resumo O presente case mostra como ocorreu o processo de implantação do Departamento Comercial em

Leia mais

remuneração para ADVOGADOS advocobrasil Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados porque a mudança é essencial

remuneração para ADVOGADOS advocobrasil Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados porque a mudança é essencial remuneração para ADVOGADOS Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados advocobrasil Não ter uma política de remuneração é péssimo, ter uma "mais ou menos" é pior ainda. Uma das

Leia mais

CRA Departamento de Comunicação e Marketing Ata de Reunião 23.10.2008

CRA Departamento de Comunicação e Marketing Ata de Reunião 23.10.2008 CRA Departamento de Comunicação e Marketing Ata de Reunião 23.10.2008 I. Chamada de Ordem Adm. Glaucia Pascoaleto Araujo Conselho Regional dos Administradores de São Paulo. Reunião com Coordenadores dos

Leia mais

Eduardo J. A. e SILVA 2 Camilla P. BRASILEIRO 3 Claudomilson F. BRAGA 4 Universidade Federal de Goiás, Goiânia, GO

Eduardo J. A. e SILVA 2 Camilla P. BRASILEIRO 3 Claudomilson F. BRAGA 4 Universidade Federal de Goiás, Goiânia, GO Estudo da proporção e o nível de conhecimento dos alunos de graduação do período vespertino do Campus II da UFG sobre o Programa Coleta Seletiva Solidária 1 Eduardo J. A. e SILVA 2 Camilla P. BRASILEIRO

Leia mais

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LI ESTAMOS PASSANDO PELA MAIOR TRANSFORMAÇÃO NA HISTÓRIA DA HUMANIDADE. VALORIZAR PESSOAS

Leia mais

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Ultrapassando barreiras e superando adversidades. Ser um gestor de pessoas não é tarefa fácil. Existem vários perfis de gestores espalhados pelas organizações,

Leia mais

&DPSDQKDV 3ODQHMDPHQWR

&DPSDQKDV 3ODQHMDPHQWR &DPSDQKDV 3ODQHMDPHQWR Toda comunicação publicitária visa atender a alguma necessidade de marketing da empresa. Para isso, as empresas traçam estratégias de comunicação publicitária, normalmente traduzidas

Leia mais

NOTÍCIA INSTITUCIONAL: IMAGEM INSTITUCIONAL

NOTÍCIA INSTITUCIONAL: IMAGEM INSTITUCIONAL NOTÍCIA INSTITUCIONAL: IMAGEM INSTITUCIONAL RESUMO Caroline Ferreira 1 O objetivo deste artigo é falar sobre Noticia institucional e o interesse cada vez maior das empresas em cuidar da sua imagem institucional.

Leia mais

Política de Comunicação do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) - PCS

Política de Comunicação do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) - PCS Política de Comunicação do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) - PCS POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO DO SERVIÇO FEDERAL DE PROCESSAMENTO DE DADOS (SERPRO) - PCS A Política de Comunicação do Serviço

Leia mais

RETORNO EM EDUCAÇÃO CORPORATIVA DEVE SER MENSURADO

RETORNO EM EDUCAÇÃO CORPORATIVA DEVE SER MENSURADO RETORNO EM EDUCAÇÃO CORPORATIVA DEVE SER MENSURADO Apesar de as empresas brasileiras estarem despertando para o valor das ações de educação corporativa em prol dos seus negócios, muitos gestores ainda

Leia mais

Aula 7: TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO

Aula 7: TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO Aula 7: TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO OBJETIVOS Definir com maior precisão o que é marketing; Demonstrar as diferenças existentes entre marketing externo, marketing interno e marketing de treinamento;

Leia mais

JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ www.diariodaconstrucao.com.br

JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ www.diariodaconstrucao.com.br PROPOSTA DE PROPAGANDA - ANUNCIE NO JDC Apresentação de Plano de Publicidade Online no Site O JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ atende com o nome de JDC, porque é uma empresa que tem como sua atividade

Leia mais

QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS!

QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS! QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS! 4 Introdução 5 Conheça seu público 5 Crie uma identidade para sua empresa 6 Construa um site responsivo 6 Seja direto, mas personalize o máximo possível

Leia mais

COMO CRIAR UMA ESTRATÉGIA DE E-MAIL MARKETING

COMO CRIAR UMA ESTRATÉGIA DE E-MAIL MARKETING COMO CRIAR UMA ESTRATÉGIA DE E-MAIL MARKETING A palavra estratégia, segundo o dicionário Informal 1, é a ação ou caminho mais adequado a ser executado para alcançar um objetivo ou meta. Para se traçar

Leia mais

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional.

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Empresa MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Nossa filosofia e oferecer ferramentas de gestão focadas na

Leia mais

INOVAÇÃO NA ADVOCACIA A ESTRATÉGIA DO OCEANO AZUL NOS ESCRITÓRIOS JURÍDICOS

INOVAÇÃO NA ADVOCACIA A ESTRATÉGIA DO OCEANO AZUL NOS ESCRITÓRIOS JURÍDICOS INOVAÇÃO NA ADVOCACIA A ESTRATÉGIA DO OCEANO AZUL NOS ESCRITÓRIOS JURÍDICOS Ari Lima Um empreendimento comercial tem duas e só duas funções básicas: marketing e inovação. O resto são custos. Peter Drucker

Leia mais

Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail...

Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail... FACEBOOK Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail... 8 Características do Facebook... 10 Postagens... 11

Leia mais

Você é comprometido?

Você é comprometido? Você é comprometido? Não, isso não é uma cantada. O que o seu chefe quer saber é se você veste a camisa da organização. Você adora seu trabalho e desempenha suas funções com eficiência, mas não aposta

Leia mais

O que a Postura Consultiva tem a ver com Você

O que a Postura Consultiva tem a ver com Você O que a Postura Consultiva tem a ver com Você Marcelo Egéa M* O que é postura consultiva Criar e sustentar uma marca é um trabalho que exige o máximo de todos na empresa. Alguns têm contato direto com

Leia mais

LIDERANÇA NO CONTEXTO CONTEMPORÂNEO Prof. Joel Dutra

LIDERANÇA NO CONTEXTO CONTEMPORÂNEO Prof. Joel Dutra LIDERANÇA NO CONTEXTO CONTEMPORÂNEO Prof. Joel Dutra INTRODUÇÃO As organizações vivem em um ambiente em constante transformação que exige respostas rápidas e efetivas, respostas dadas em função das especificidades

Leia mais

Đ ŕňĉòă. g esſ tã o d e r e d esſ sſo ciaisſ

Đ ŕňĉòă. g esſ tã o d e r e d esſ sſo ciaisſ Đ ŕňĉòă g esſ tã o d e r e d esſ sſo ciaisſ Em todas as empresas há um segredo Na nossa o segredo passa a ser você quem somos? Quando acabarem a licenciatura, o desemprego espera-vos. Enganaram se! Se

Leia mais

FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Justificativa: As transformações ocorridas nos últimos anos têm obrigado as organizações a se modificarem constantemente e de forma

Leia mais

OS 4 PASSOS ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM HIGHSTAKESLIFESTYLE.

OS 4 PASSOS ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM HIGHSTAKESLIFESTYLE. OS 4 PASSOS PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA HIGHSTAKESLIFESTYLE. Hey :) Gabriel Goffi aqui. Criei esse PDF para você que assistiu e gostou do vídeo ter sempre por perto

Leia mais

INTRODUÇÃO. Fui o organizador desse livro, que contém 9 capítulos além de uma introdução que foi escrita por mim.

INTRODUÇÃO. Fui o organizador desse livro, que contém 9 capítulos além de uma introdução que foi escrita por mim. INTRODUÇÃO LIVRO: ECONOMIA E SOCIEDADE DIEGO FIGUEIREDO DIAS Olá, meu caro acadêmico! Bem- vindo ao livro de Economia e Sociedade. Esse livro foi organizado especialmente para você e é por isso que eu

Leia mais

Pesquisa com Professores de Escolas e com Alunos da Graduação em Matemática

Pesquisa com Professores de Escolas e com Alunos da Graduação em Matemática Pesquisa com Professores de Escolas e com Alunos da Graduação em Matemática Rene Baltazar Introdução Serão abordados, neste trabalho, significados e características de Professor Pesquisador e as conseqüências,

Leia mais

MIDIA KIT. Aqui você fica atualizado. www.noticiasdealagoinhas.com.br

MIDIA KIT. Aqui você fica atualizado. www.noticiasdealagoinhas.com.br MIDIA KIT Aqui você fica atualizado. www.noticiasdealagoinhas.com.br Sobre nosso site O Notícias de Alagoinhas hoje é o portal mais completo da cidade. Somos um Canal de comunicação online que integra

Leia mais

A INFLUÊNCIA DA COMUNICAÇÃO NO DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL NO BRASIL

A INFLUÊNCIA DA COMUNICAÇÃO NO DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL NO BRASIL A INFLUÊNCIA DA COMUNICAÇÃO NO DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL NO BRASIL Introdução A partir da década de 90 as transformações ocorridas nos aspectos: econômico, político, social, cultural,

Leia mais

COMO FORMATAR MONOGRAFIA E TCC

COMO FORMATAR MONOGRAFIA E TCC TEXTO COMPLEMENTAR AULA 2 (15/08/2011) CURSO: Serviço Social DISCIPLINA: ORIENTAÇÕES DE TCC II - 8º Período - Turma 2008 PROFESSORA: Eva Ferreira de Carvalho Caro acadêmico, na Aula 2, você estudará Áreas

Leia mais

Sumário. Apresentação...7

Sumário. Apresentação...7 Sumário Apresentação................................7 1. CONCEITOS BÁSICOS.........................11 Delimitação de funções..................... 12 2. ORIGENS E DESENVOLVIMENTO...................21 3.

Leia mais

MANUAL DA QUALIDADE Viva Vida Produtos de Lazer Ltda. Manual da Qualidade - MQ V. 1 Sistema de Gestão da Qualidade Viva Vida - SGQVV

MANUAL DA QUALIDADE Viva Vida Produtos de Lazer Ltda. Manual da Qualidade - MQ V. 1 Sistema de Gestão da Qualidade Viva Vida - SGQVV MANUAL DA QUALIDADE Manual da Qualidade - MQ Página 1 de 15 ÍNDICE MANUAL DA QUALIDADE 1 INTRODUÇÃO...3 1.1 EMPRESA...3 1.2 HISTÓRICO...3 1.3 MISSÃO...4 1.4 VISÃO...4 1.5 FILOSOFIA...4 1.6 VALORES...5

Leia mais

1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL

1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL 1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL 1.1 APRESENTAÇÃO O Plano de Comunicação e Participação Social subsidiará a elaboração do Plano Diretor de Mobilidade Urbana, criando as bases para

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA MUDANÇA DE CULTURA DAS PESSOAS COMO UM DOS FATORES DE SUCESSO DE PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

A IMPORTÂNCIA DA MUDANÇA DE CULTURA DAS PESSOAS COMO UM DOS FATORES DE SUCESSO DE PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA A IMPORTÂNCIA DA MUDANÇA DE CULTURA DAS PESSOAS COMO UM DOS FATORES DE SUCESSO DE PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Elisa Maçãs IDÉIAS & SOLUÇÕES Educacionais e Culturais Ltda www.ideiasesolucoes.com 1

Leia mais

A Área de Marketing no Brasil

A Área de Marketing no Brasil A Área de Marketing no Brasil Relatório consolidado das etapas qualitativa e quantitativa Job 701/08 Fevereiro/ 2009 Background e Objetivos A ABMN Associação Brasileira de Marketing & Negócios deseja

Leia mais

Os desafios do Bradesco nas redes sociais

Os desafios do Bradesco nas redes sociais Os desafios do Bradesco nas redes sociais Atual gerente de redes sociais do Bradesco, Marcelo Salgado, de 31 anos, começou sua carreira no banco como operador de telemarketing em 2000. Ele foi um dos responsáveis

Leia mais

SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO.

SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO. Workshop para empreendedores e empresários do Paranoá DF. SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO. Dias 06 e 13 de Dezembro Hotel Bela Vista Paranoá Das 08:00 às 18:00 horas Finanças: Aprenda a controlar

Leia mais

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva.

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva. COMPREENDENDO A GESTÃO DE PESSOAS Karina Fernandes de Miranda Helenir Celme Fernandes de Miranda RESUMO: Este artigo apresenta as principais diferenças e semelhanças entre gestão de pessoas e recursos

Leia mais

5 Considerações finais

5 Considerações finais 5 Considerações finais 5.1. Conclusões A presente dissertação teve o objetivo principal de investigar a visão dos alunos que se formam em Administração sobre RSC e o seu ensino. Para alcançar esse objetivo,

Leia mais

Blogs corporativos: uma inovação na Comunicação Organizacional 1

Blogs corporativos: uma inovação na Comunicação Organizacional 1 Blogs corporativos: uma inovação na Comunicação Organizacional 1 Ediane Barbosa Oliveira 2 ECOS/UCPel Resumo: O trabalho busca um estudo sobre uma ferramenta estratégica do ciberespaço no meio da comunicação

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Histórico de elaboração Julho 2014 Motivações Boa prática de gestão Orientação para objetivos da Direção Executiva Adaptação à mudança de cenários na sociedade

Leia mais

endereço eletrônico) OPCIONAL: http://www.coacavo.com.br/gestao_pdf/avaliacao_desempenho_360grau s.pdf

endereço eletrônico) OPCIONAL: http://www.coacavo.com.br/gestao_pdf/avaliacao_desempenho_360grau s.pdf AV1 Estudo Dirigido da Disciplina CURSO: Gestão de Recursos Humanos DISCIPLINA: Ferramentas de Gestão de Recursos Humanos ALUNO(A):Aline de Souza MATRÍCULA:51811 Ribeiro da Rocha NÚCLEO REGIONAL: DATA:

Leia mais

11 Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE NAS INTERNAS. Centro Universitário UNIVATES

11 Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE NAS INTERNAS. Centro Universitário UNIVATES 11 Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE NAS INTERNAS Centro Universitário UNIVATES Apresentação do Projeto - Apresentação da instituição educacional Com sede no município de Lajeado, a Univates também

Leia mais

M A N U A L TREINAMENTO. Mecânica de Veículos Piçarras Ltda. Manual Prático de Procedimento do Treinamento

M A N U A L TREINAMENTO. Mecânica de Veículos Piçarras Ltda. Manual Prático de Procedimento do Treinamento M A N U A L TREINAMENTO 1. Introdução A velocidade das mudanças tecnológicas, o aumento da diversidade nos locais de trabalho e a acentuada mobilidade dos trabalhadores atuais são aspectos do mundo contemporâneo

Leia mais

Manual para uso do HELPDESK

Manual para uso do HELPDESK EXACTUS Suporte e Atendimento - versão 1.0 Página 1 de 14 Manual para uso do HELPDESK Visão Cliente EXACTUS Suporte e Atendimento - versão 1.0 Página 2 de 14 Introdução O serviço possui um pacote com todas

Leia mais

Como fazer seu blog se destacar dos outros

Como fazer seu blog se destacar dos outros Como fazer seu blog se destacar dos outros Fama. Tráfego. Reconhecimento. Muito dinheiro no bolso. Esses itens certamente estão presentes na lista de desejos de quase todos os blogueiros. Afinal, ninguém

Leia mais

Fluxo Ampliado de Marketing

Fluxo Ampliado de Marketing Fluxo Ampliado de Marketing No estudo deste fluxo ampliado de marketing, chega-se a conclusão da importância de um composto mercadológico mais intenso e realmente voltado ao atendimento das necessidades

Leia mais

Programa de Comunicação Interna e Externa

Programa de Comunicação Interna e Externa Programa de Comunicação Interna e Externa Aprovado na Reunião do CONASU em 21/01/2015. O Programa de Comunicação Interna e Externa das Faculdades Integradas Ipitanga FACIIP pretende orientar a execução

Leia mais

TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO

TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE AURIFLAMA AUTOR(ES):

Leia mais

Teste sua empregabilidade

Teste sua empregabilidade Teste sua empregabilidade 1) Você tem noção absoluta do seu diferencial de competência para facilitar sua contratação por uma empresa? a) Não, definitivamente me vejo como um título de cargo (contador,

Leia mais

5 Conclusões 5.1. Síntese do estudo

5 Conclusões 5.1. Síntese do estudo 5 Conclusões 5.1. Síntese do estudo Este estudo teve como objetivo contribuir para a compreensão do uso das mídias sociais, como principal ferramenta de marketing da Casar é Fácil, desde o momento da sua

Leia mais

Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 12

Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 12 Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 12 Questões sobre o tópico Desenvolvimento e treinamento de pessoal: levantamento de necessidades, programação, execução e avaliação. Olá Pessoal, hoje veremos outro

Leia mais

Comunicação Empresarial

Comunicação Empresarial Comunicação Empresarial MBA em Gestão Empresarial MBA em Logística MBA em Recursos Humanos MBA em Gestão de Marketing Prof. Msc Alice Selles 24/11 Aula inicial apresentação e visão geral do módulo. Proposição

Leia mais

6 Considerações Finais

6 Considerações Finais 6 Considerações Finais Este capítulo apresenta as conclusões deste estudo, as recomendações gerenciais e as recomendações para futuras pesquisas, buscadas a partir da análise dos casos das empresas A e

Leia mais

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA Autor: Jeferson Correia dos Santos ARTIGO TÉCNICO INOVAÇÃO NA GESTÃO DE PÓS-VENDAS: SETOR AUTOMOTIVO RESUMO A palavra inovação tem sido atualmente umas das mais mencionadas

Leia mais

Líder: o fio condutor das mudanças

Líder: o fio condutor das mudanças Líder: o fio condutor das mudanças Por Patrícia Bispo para o RH.com.br Para quem imagina que liderar pessoas significa apenas delegar ordens e cobrar resultados a qualquer custo, isso pode significar o

Leia mais

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PROPOSTA DE AÇÃO Criar um fórum permanente onde representantes dos vários segmentos do poder público e da sociedade civil atuem juntos em busca de uma educação

Leia mais

Nos últimos anos o mercado brasileiro de imóveis vivenciou um crescimento inacreditável, o lançamento de novas unidades mais a valorização de imóveis

Nos últimos anos o mercado brasileiro de imóveis vivenciou um crescimento inacreditável, o lançamento de novas unidades mais a valorização de imóveis Nos últimos anos o mercado brasileiro de imóveis vivenciou um crescimento inacreditável, o lançamento de novas unidades mais a valorização de imóveis usados, além do crescimento de renda da população e

Leia mais

O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO

O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO Josiane Corrêa 1 Resumo O mundo dos negócios apresenta-se intensamente competitivo e acirrado. Em diversos setores da economia, observa-se a forte

Leia mais

Como a comunicação e a educação podem andar de mãos dadas 1

Como a comunicação e a educação podem andar de mãos dadas 1 Como a comunicação e a educação podem andar de mãos dadas 1 Entrevista com Ricardo de Paiva e Souza. Por Flávia Gomes. 2 Flávia Gomes Você acha importante o uso de meios de comunicação na escola? RICARDO

Leia mais

VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA

VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA 4 E ÚLTIMO MÓDULO: Como Ganhar dinheiro com Mala Direta APRESENTAÇÃO PESSOAL Edileuza

Leia mais

Prof. Ms. Anchieta Silveira

Prof. Ms. Anchieta Silveira Prof. Ms. Anchieta Silveira Aula 1 O processo da comunicação Comunicação organizacional Ferramentas de comunicação interna Planejamento de Comunicação A empresa como um sistema Sistema conjunto de partes

Leia mais

Mudança de direção RODRIGO MENEZES - CATEGORIA MARKETERS

Mudança de direção RODRIGO MENEZES - CATEGORIA MARKETERS RODRIGO MENEZES - CATEGORIA MARKETERS Mudança de direção Até maio de 2013 todo o mercado de TV por assinatura adotava uma postura comercial tradicional no mercado digital, composta por um empacotamento

Leia mais

ATENDIMENTO A CLIENTES

ATENDIMENTO A CLIENTES Introdução ATENDIMENTO A CLIENTES Nos dias de hoje o mercado é bastante competitivo, e as empresas precisam ser muito criativas para ter a preferência dos clientes. Um dos aspectos mais importantes, principalmente

Leia mais

Transcrição de Entrevista n º 22

Transcrição de Entrevista n º 22 Transcrição de Entrevista n º 22 E Entrevistador E22 Entrevistado 22 Sexo Masculino Idade 50 anos Área de Formação Engenharia Electrotécnica E - Acredita que a educação de uma criança é diferente perante

Leia mais

ebook Aprenda como aumentar o poder de captação do seu site. por Rodrigo Pereira Publicitário e CEO da Agência Retina Comunicação

ebook Aprenda como aumentar o poder de captação do seu site. por Rodrigo Pereira Publicitário e CEO da Agência Retina Comunicação por Rodrigo Pereira Publicitário e CEO da Agência Retina Comunicação Sobre o Autor: Sempre fui comprometido com um objetivo de vida: TER MINHA PRÓPRIA EMPRESA. Mas assim como você, eu também ralei bastante

Leia mais

A confluência dos vídeos e a Internet

A confluência dos vídeos e a Internet WHITEPAPER A confluência dos vídeos e a Internet Por que sua empresa deveria investir em vídeos em 2013 e como a Construção Civil pode utilizar os vídeos como diferencial competitivo. 1 Saiba como os vídeos

Leia mais

Formulação da Visão e da Missão

Formulação da Visão e da Missão Formulação da Visão e da Missão Zilta Marinho zilta@globo.com Os grandes navegadores sempre sabem onde fica o norte. Sabem aonde querem ir e o que fazer para chegar a seu destino. Com as grandes empresas

Leia mais

O gerenciamento da Comunicação Organizacional

O gerenciamento da Comunicação Organizacional O gerenciamento da Comunicação Organizacional Hilbert Reis Comunicação Social Jornalismo UFOP Pesquisador PIP/UFOP Índice 1 Otimização da comunicação integrada 1 2 Estratégias, planejamentos e a gestão

Leia mais

UMA PROPOSTA INOVADORA PARA ENSINAR EMPREENDEDORISMO AOS JOVENS

UMA PROPOSTA INOVADORA PARA ENSINAR EMPREENDEDORISMO AOS JOVENS UMA PROPOSTA INOVADORA PARA ENSINAR EMPREENDEDORISMO AOS JOVENS www.empreende.com.br emp@empreende.com.br FAZENDO ACONTECER Programa de ensino de empreendedorismo inovador em nível mundial, desenvolvido

Leia mais

Artigo: Um olhar feminino na Internet

Artigo: Um olhar feminino na Internet Artigo: Um olhar feminino na Internet Por Tatiane Pocai Dellapiazza - aluna do primeiro ano do Curso de Comunicação Social - Centro UNISAL - Americana. Introdução: O Brasil chega perto de comemorar seu

Leia mais

Navegando no produto e utilizando esse material de apoio, você descobrirá os benefícios do IOB Online Regulatório, pois só ele é:

Navegando no produto e utilizando esse material de apoio, você descobrirá os benefícios do IOB Online Regulatório, pois só ele é: 1. CONCEITO Completo, prático e rápido. Diante do aumento da complexidade da tributação e do risco fiscal, pelos desafios de conhecimento e capacitação e pela velocidade para acompanhar mudanças na legislação,

Leia mais

Estrutura de Relacionamento:

Estrutura de Relacionamento: 1 Índice Por que ter Guia de Relacionamento e Suporte?... 3 Qual a Estrutura de Relacionamento com o Cliente?... 3 Agente de Atendimento (CAT):... 3 Gerente de Contas (GC):... 3 Gerente de Serviço (GS):...

Leia mais

Implementação rápida do modelo Balanced Scorecard (BSC) nas empresas de seguros

Implementação rápida do modelo Balanced Scorecard (BSC) nas empresas de seguros Implementação rápida do modelo Balanced Scorecard (BSC) nas empresas de seguros Uma evolução nos sistemas de controle gerencial e de planejamento estratégico Francisco Galiza Roteiro Básico 1 SUMÁRIO:

Leia mais

3 Metodologia 3.1. Design da pesquisa

3 Metodologia 3.1. Design da pesquisa 3 Metodologia 3.1. Design da pesquisa O objetivo do presente estudo é o de avaliar um processo de comunicação oficial na organização STAR, uma organização do segmento de educação, sem fins lucrativos,

Leia mais

Curso ISO 9001:2008 Qualidade em Serviços

Curso ISO 9001:2008 Qualidade em Serviços Curso ISO 9001:2008 Qualidade em Serviços Guia Fundamental para Gestão de Qualidade em Serviços Objetivo Capacitar os participantes a interpretarem os requisitos da Norma ISO 9001:2008, relacionados aos

Leia mais

COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL INTERNA UM ESTUDO DE CASO RESUMO

COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL INTERNA UM ESTUDO DE CASO RESUMO COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL INTERNA UM ESTUDO DE CASO Fábio William da Silva Granado 1 Marluci Silva Botelho 2 William Rodrigues da Silva 3 Prof Ms. Edson Leite Lopes Gimenez 4 RESUMO Realizou-se uma análise

Leia mais

A CAPES : quais ambições para a pesquisa em Letras e Linguística?

A CAPES : quais ambições para a pesquisa em Letras e Linguística? A CAPES : quais ambições para a pesquisa em Letras e Linguística? Universidade de São Paulo benjamin@usp.br Synergies-Brésil O Sr. foi o representante da Letras junto à CAPES. O Sr. poderia explicar qual

Leia mais

Ora, é hoje do conhecimento geral, que há cada vez mais mulheres licenciadas, com mestrado, doutoramentos, pós-docs e MBA s.

Ora, é hoje do conhecimento geral, que há cada vez mais mulheres licenciadas, com mestrado, doutoramentos, pós-docs e MBA s. Bom dia a todos e a todas, Não é difícil apontar vantagens económicas às medidas de gestão empresarial centradas na igualdade de género. Em primeiro lugar, porque permitem atrair e reter os melhores talentos;

Leia mais

SEÇÃO ENTREVISTA A INICIAÇÃO CIENTÍFICA E A PUBLICAÇÃO NA GRADUAÇÃO COMO MEIOS DE QUALIDADE NA FORMAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR JOSÉ ROBERTO RUS PEREZ

SEÇÃO ENTREVISTA A INICIAÇÃO CIENTÍFICA E A PUBLICAÇÃO NA GRADUAÇÃO COMO MEIOS DE QUALIDADE NA FORMAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR JOSÉ ROBERTO RUS PEREZ Revista Eventos Pedagógicos v.5, n.4 (13. ed.), número regular, p. 115-121, nov./dez. 2014 SEÇÃO ENTREVISTA A INICIAÇÃO CIENTÍFICA E A PUBLICAÇÃO NA GRADUAÇÃO COMO MEIOS DE QUALIDADE NA FORMAÇÃO DE ENSINO

Leia mais

Blogs Corporativos como instrumentos de comunicação nas empresas: uma análise prático-teórica.

Blogs Corporativos como instrumentos de comunicação nas empresas: uma análise prático-teórica. Blogs Corporativos como instrumentos de comunicação nas empresas: uma análise prático-teórica. Além de tornar-se fundamental para a difusão do conhecimento e geração das relações interpessoais, a Internet

Leia mais