Módulo de Visão Geral Lumis Portal Versão XTI Informática

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Módulo de Visão Geral Lumis Portal Versão 6.1.0 XTI Informática"

Transcrição

1 Módulo de Visão Geral Lumis Portal Versão XTI Informática SCS QD 03 Bloco A, Entrada B, 4º Andar Cobertura CEP: , Brasília-DF +55(61)

2 Índice Conceitos do Lumis Portal versão Índice... 2 Introdução... 4 Visão Conceitual dos Portais Corporativos... 5 Sistemas de Portais Corporativos e Gestão de Conteúdo... 5 Lumis Portal Server... 6 Ambiente de Administração da Estrutura do Portal... 7 Estrutura do Portal... 7 Conceitos Básicos... 8 Canal... 9 Canal Portal... 9 Serviço Instância de Serviço Interface Página Diagramação Template Template de Página Template de Canal Diagramação Prática Preparação para Prática Exercício 1 Disponibilizando documentos para uma Intranet Atividade 1: Adicionar Canal Atividade 2: Instanciar Serviços Atividade 3: Criar Páginas Atividade 4: Diagramar as Interfaces Camada de Apresentação Conceitos de XML Conceitos de XSL Utilizando Stylessheets Controle de Acesso Prática Exercício 2 Criação da estrutura de acesso ao portal Lumis Treinamento 2

3 Modelo Lumis Revisão dos conceitos Serviços Lumis - HTML Serviços Lumis Imagens e Documentos Serviços Lumis Barra de Navegação Serviços Lumis - Busca Serviço de Banner Serviços Lumis - Login Serviço de Enquete Prática Exercício 3 Criando o site de turismo Sistemas de Gestão de Conteúdo Lumis Content Manager Visão Geral Interfaces do Lumis Content Manager Lumis Content Manager - Parametrizações Lumis Content Manager - Estrutura Notícias Funções do Lumis Content Manager utilizadas Prática Exercício 4 Trabalhando com o serviço Notícias Lumis Content Manager Assistente de Criação Interfaces Criadas Publicação de Conteúdo Mapeamento de Dados Prática Exercício 5 Criando um serviço através do wizard Configurando Cache Lumis Treinamento 3

4 Introdução Desde o seu surgimento, os sites e sistemas web vêm sofrendo uma evolução contínua. Na medida em que o uso da Internet se disseminou e a demanda por mais funcionalidades surgiram, as tecnologias web e o processo de desenvolvimento foram se aprimorando. Os primeiros sites eram completamente desenvolvidos em HTML. Assim, qualquer mudança estrutural ou de conteúdo ficava a cargo dos desenvolvedores. Depois, surgiram os sites dinâmicos, onde a estrutura de um site era mantida pelos desenvolvedores, e os conteúdos exibidos provinham de um banco de dados, alimentado diretamente pelos responsáveis por conteúdo. Quando a quantidade de informações atingiu grandes proporções e a demanda por gerenciamento, busca, workflow, categorização e outras funcionalidades aumentaram, surgiram os sistemas de gestão de conteúdo, dedicados ao atendimento destes requisitos de solução. Hoje, até mesmo mudanças estruturais dos sites e inúmeras operações complexas podem ser feitas através das tecnologias e ferramentas especializadas sem a mobilização de equipes de desenvolvimento. Com todos estes recursos, as soluções web deixaram de servir apenas a sites comerciais e começaram a ser encarados como ferramenta de produtividade, colaboração e comunicação interna de empresas, dando origem aos portais corporativos. Lumis Treinamento 4

5 Visão Conceitual dos Portais Corporativos Com a popularização da Internet, as empresas observaram que as soluções web seriam a alternativa principal para a distribuição de informações. Dessa forma, os portais corporativos surgiram, congregando uma massa de informações, muitas vezes sem ordenação, atualização ou mesmo unificação. Muitas empresas, grandes e pequenas, um dia já tiveram seus portais sendo editados por uma equipe, diretamente em HTML. Fica fácil perceber que a manutenção de um sistema desse porte é cara, lenta e sujeita a erros. Sistemas de Portais Corporativos e Gestão de Conteúdo Os sistemas de portais corporativos vieram exatamente suprir essa necessidade por um ambiente unificado onde os conteúdos e serviços de uma empresa possam ser distribuídos de forma organizada e personalizada. Como as necessidades de um negócio mudam com o passar do tempo, novas soluções de serviços se tornam necessárias. Pelo modelo atual, um aplicativo web tem que ser desenvolvido para atender a necessidade; porém design, navegação, busca e login normalmente são isolados na aplicação, aumentando o custo da solução. A solução para esse problema é o desenvolvimento de componente web. Ao invés de cria r um aplicativo inteiro, cria-se apenas um componente web que será encaixado em um aplicativo web. Esse componente é conhecido como interface no Lumis Porta l, mas existem outras nomenclaturas muito utilizadas no mercado como webpart, portlet, gadget etc. Lumis Treinamento 5

6 Lumis Portal Server Dentre as principais funcionalidades do Lumis Portal Server podemos destacar: Diretório de grupos e usuários: Há uma base própria que permite gerenciar usuários e administrar grupos de acesso. Autenticação e controle de acesso: Existe uma estrutura de controle de acesso e autenticação de usuários que interage com todos os níveis. Busca centralizada: Através de uma busca central é possível localizar conteúdos publicados em todas as áreas do portal. Infra-estrutura de cache: Uma estrutura de caches é oferecida junto ao portal, agilizando o acesso dos usuários as páginas anteriormente navegadas. Infra-estrutura multilíngüe: Para o caso de portais que precisam ser divulgados em diferentes versões de idiomas, o portal oferece uma infra- estrutura que facilita a administração de conteúdos em múltiplos idiomas. Lumis Treinamento 6

7 Ambiente de Administração da Estrutura do Portal Estrutura do Portal O Lumis Portal Server disponibiliza uma série de ferramentas que permitem realizar alterações na estrutura do portal. Para acessá-lo basta acionar a tecla F12 quando no modo de usuário. Lumis Treinamento 7

8 Conceitos Básicos Para um melhor entendimento do Lumis Portal é necessário primeiro conhecer alguns conceitos básicos. Lumis Treinamento 8

9 Canal O canal é uma unidade de organização e controle de acesso do portal que define um grupo de sub-canais, páginas, serviços. Por exemplo, em um site da Intranet, os canais podem representar os diferentes departamentos da empresa ou diferentes equipes de trabalho. Conceitualmente, o canal também pode ser visto como um espaço que permite a disponibilização de serviços e informações a um grupo seleto de usuários. A estrutura dos canais permite uma organização hierárquica, possibilitando a criação de sub-canais. Outra característica importante é a possibilidade de administrar cada canal de maneira independente, criando estruturas, gerando serviços, controlando acessos e aplicando layouts diferentes do padrão de uma solução. Por exemplo, ao criar um portal para uma empresa que possui diversas filiais pelo país, é possível que cada uma tenha um site independente, cada qual apresentando layouts, estilos, serviços e acessos distintos umas da outras. Ao ser criado, o controle de acesso é automaticamente herdado do canal imediatamente acima na hierarquia da estrutura. Sua remoção apaga todos os dados associados, como a definição das páginas e informações dos serviços nele instanciados. Para editar as propriedades de um canal, selecione-o na interface de administração e clique no botão Editar ou selecione a opção do right-click Propriedades sobre um canal existente. Canal Portal O canal Portal é criado automaticamente no momento da instalação do produto para representar o topo da hierarquia de canais e permitir a administração do portal como um todo, sendo acessível apenas pelo ambiente estrutural. Lumis Treinamento 9

10 Serviço Os Serviços são componentes plugáveis que estendem as funcionalidades do portal. Um serviço pode ser uma simples aplicação que mostra uma imagem, um fórum de discussão ou mesmo uma aplicação complexa como o CRM da empresa. Esses serviços podem estar fisicamente no mesmo servidor do portal ou podem estar em outros servidores. Os serviços oferecidos junto ao produto permitem diversas formas de configurações, gerando normas, aparências e características próprias para cada solução ou aplicação. Sua principal propriedade de é ser reutilizável, pois o fato de poder utilizar um mesmo serviço em diferentes canais com estilos, perfis e características diferentes, torna a ferramenta flexível. Isso significa que um mesmo serviço pode ser utilizado em diferentes áreas apresentando conteúdos e características distintas para cada instância. Lumis Treinamento 10

11 Instância de Serviço Os serviços Lumis são componentes web reutilizáveis através de instâncias, ou seja, têm a capacidade de criar um repositório isolado de dados para cada ocorrência dentro do portal. Isso quer dizer que um mesmo serviço pode ser adicionado em diferentes canais mantendo conteúdos distintos para cada um deles. Por exemplo, uma empresa multinacional cria um portal contendo sites diferentes para cada uma de suas filiais. Naturalmente cada filial terá conteúdos e informações diferentes umas das outras. Por exemplo, a filial do México poderá cadastrar notícias sobre o desempenho e as novidades do seu país, enquanto a filial do Brasil terá suas próprias notícias locais. Isso só é possível porque, para cada um destes sites, são criadas novas instâncias do serviço de Notícias, isolando os dados de cada uma. A criação da instância ocorre ao adicionar o serviço ao canal. É importante entender que a instância é associada ao canal onde ela foi criada. Isso significa que se o canal for removido, a instância também será removida e os dados apagados. Isso também quer dizer que, por default, somente os usuários que têm acesso ao canal são os que têm acesso aos dados daquela instância. Lumis Treinamento 11

12 Interface Um mesmo serviço pode ser apresentado de diferentes formas em uma solução. Por exemplo, para a página principal de um site, normalmente é utilizada uma lista com os conteúdos recentemente publicados no serviço. Quando um destes conteúdos é selecionado, o usuário é direcionado para outra página contendo todas as suas informações. Estes exemplos são formas diferentes de se visualizar as informações de um serviço. Chamamos estas visões de Interfaces. Cada serviço pode conter várias interfaces, cada uma se prestando a uma funcionalidade específica. Normalmente as interfaces padrão de um Sistema de Gestão de Conteúdo são: Lista: Apresenta o índice de conteúdos do serviço; Detalhe: Exibe todas as informações de um conteúdo; Administração: Permite gerenciar os conteúdos cadastrados; Formulário: Permite entrar com dados e informações no serviço; Por exemplo, o serviço Notícias possui as seguintes interfaces: Administração, a qual permite o cadastramento de notícias; Lista Rápida, que relaciona os conteúdos com data de publicação mais recente; e Lista, que exibe uma lista com todas as notícias publicadas no portal; Detalhes, que mostra todo o conteúdo de uma notícia. Através do clique com o botão direito do mouse (right-click) podemos mudar as configurações padrões de uma interface. Lumis Treinamento 12

13 Página Página é o documento normalmente visualizado pelo navegador. É nela que são definidos os layouts segundo a diagramação das interfaces de cada serviço. Dessa maneira, podemos dizer que uma página é um conjunto diagramado de interfaces, as quais podem pertencer a diferentes serviços disponíveis no portal. Diagramação Uma página é diagramada em Áreas e Colunas, semelhante à construção de uma tabela em HTML. As Áreas são os elementos macros de uma página, semelhante a uma linha de tabela, podendo conter Colunas onde serão distribuídas as diversas interfaces que irão compor uma página. Ao editar uma página em branco, uma Área padrão será apresentada. Essa área não poderá ser apagada. Lumis Treinamento 13

14 Template Templates são estruturas pré-definidas que auxiliam na montagem do portal, acelerando e mantendo consistente o processo de confecção das páginas que o compõem. A utilização de templates é altamente recomendada, pois além de agilizar a confecção de uma estrutura, permite facilmente alterar e atualizar as áreas que foram construídas a partir dela. No Lumis Portal existem dois tipos de templates: Template de Página e Template de Canal. Template de Página Templates de Página são layouts pré-definidos que apresentam uma série de interfaces a serem automaticamente adicionadas a qualquer página criada a partir dele. Isso permite manter uma padronização em todo o portal e o mais importante: que a lterações sejam fácil e rapidamente repassadas a todas as páginas associadas a que a lterações sejam fácil e rapidamente repassadas a todas as páginas associadas a ele. Template de Canal Os Templates de Canal apresentam uma estrutura previamente definida com todos os elementos possíveis: sub-canais, serviços instanciados, grupos e usuários locais, páginas e templates de páginas. Cada vez que um template é utilizado, toda sua estrutura é replicada em um novo canal, o qual se mantém conectado ao template que o originou, permitindo que as alterações sejam repassadas facilmente. Lumis Treinamento 14

15 Diagramação A diagramação é responsável por informar como uma página é dividida e estruturada para a exibição das interfaces. Ao abordarmos a diagramação de páginas, é importante entendermos alguns conceitos: Uma página é composta por uma ou mais áreas; Cada área possui uma ou mais colunas; Cada coluna pode conter uma ou mais interfaces de um serviço, as quais são posicionadas umas sobre as outras (em uma mesma área, ao posicionar uma interface ao lado de outra já existente, automaticamente é criada uma nova coluna); Quando se quer alterar o número de colunas para cada linha, deve-se criar uma nova área; Quando o conteúdo de uma interface aumentar verticalmente, toda a área imediatamente inferior será deslocada da mesma maneira; Quando a dimensão de uma interface for maior que a da coluna, prevalecerá a da interface. Lumis Treinamento 15

16 Prática Preparação para Prática Objetivo: Ter acesso à interface administrativa do Lumis Portal Server. 1) Acesse o site do treinamento, através do navegador em: Faça o login usando: Usuário: admin Senha: (em branco) 2) Após o login, você terá acesso ao site do treinamento com o perfil de Administrador do Portal. 3) Acesse o ambiente de administração de estruturas do Lumis Portal Server apertando a tecla F12. Exercício 1 Disponibilizando documentos para uma Intranet Proposta do Exercício: Este exercício apresenta a prática de criação e utilização dos principais conceitos da ferramenta. Preste muita atenção, pois você repetirá os mesmos passos nos demais exercícios sempre que precisar adicionar canais e páginas, instanciar serviços, arrastar interfaces ou alterar estilos. Requisitos: A partir de agora começaremos a criar a estrutura de um portal de turismo. Este portal conterá um site para cada filial. Cada filial deverá conter um ambiente que disponibilize documentos para download dos Colaboradores de cada filial. Solução: Assumiremos que cada participante será responsável por uma filial, criando um canal com o seu sobrenome logo abaixo do canal Portal. Como os requisitos pedem a criação de um ambiente para Colaboradores, criaremos abaixo de cada filial um canal de Intranet, adicionando páginas que permitam esta navegação. Para atender ao requisito que exige a utilização de um serviço para downloads de documentos, podemos utilizar o serviço Documentos oferecido junto ao produto, instanciando-o no canal Intranet. Como a interface Administração é a responsável pelo compartilhamento destes conteúdos, deveremos arrastá-la (drag-anddrop) para a página. Lumis Treinamento 16

17 Atividade 1: Adicionar Canal 1) Com o botão direito do mouse, clique sobre o canal Portal no Navegador e selecione Adicionar Canal. 2) Abrirá o formulário de propriedades do canal. Escreva o seu sobrenome no campo Nome e clique em OK. Conceitos do Lumis Portal versão ) Adicione um canal chamado Intranet abaixo deste que você acabou de criar. Dica: Repita os passos 1 e 2, clicando, porém, com o botão direito sobre o canal que leva o seu sobrenome. Atividade 2: Instanciar Serviços 1) Com o canal [Sobrenome] Intranet selecionado, clique em Adicionar. 2) Procure o serviço Documentos, selecione-o e clique em OK. Lumis Treinamento 17

18 Atividade 3: Criar Páginas 1) Com o botão direito do mouse, clique sobre o canal [Sobrenome] -> Intranet e selecione Adicionar Página. 2) No formulário de propriedades da página, no campo Nome, digite Documentos e clique em OK Atividade 4: Diagramar as Interfaces 1) Na página de Documentos, clique em Editar, localizado na barra de comandos no topo da página. Perceba que o menu da navegação mudou apresentando a relação de interfaces do serviço que você instanciou. 2) Clique sobre a interface Administração. Mantendo o botão do mouse pressionado, arraste-a para dentro da caixa na diagramação da página. 3) Solte a interface e clique em salvar. 4) Clique em Adicionar, escolha um arquivo, dê um nome a ele e clique em OK. 5) Veja o item que você fez upload e clique no ícone de Download, à direita ( ) testando sua página e o funcionamento da interface. Exercício 1 Finalizado. Baixe documentos e perceba a diferença entre os conteúdos exibidos na instância que você criou para a dos demais participantes. Lumis Treinamento 18

19 Camada de Apresentação Conceitos do Lumis Portal versão Os serviços de gestão de conteúdo gravam as informações a serem apresentadas em banco de dados. Para apresentá-los ao usuário, o Lumis Porta l utiliza uma camada de apresentação definida através de estilos. A seguir entenderemos como funciona o processamento dos dados no portal para só então compreendermos a linguagem que define os estilos de cada interface. Lumis Treinamento 19

20 Conceitos de XML A extensible Markup Language (XML) é uma linguagem que descreve objetos de dados chamados documentos XML. Dessa forma podemos dizer que o XML foi normalizado para representar o significado de um dado. Observe bem que o XML não possui nenhuma informação sobre a visualização desse dado, ele apenas se preocupa em garantir que o documento será bem formado e válido em sua estrutura de dados. A definição oficial de XML e seu conteúdo pode ser encontrada no World Wide Web Consortium (W3C), no endereço: O documento abaixo pode ser considerado um XML. Observe que ele é bem semelhante a um documento HTML. Possui tags que começam com < e >, sendo fechadas com a mesma tag barrada (como no HTML). <funcionarios> <funcionario> <nome>josé Bonifácio Andrade da Silva</nome> <contrato>1997</contrato> <salario>45500</salario> <funcionario> <funcionario> <nome>diogo Antônio Feijó</nome> <contrato>2001</contrato> <salario>26000</salario> <funcionario> </funcionarios> Perceba no exemplo que, no caso de um funcionário, as tags definem os dados que o compõem (Nome, Contratação e Salário). Os grupos de informações de todos os funcionários juntos definem a relação de colaboradores de uma empresa. No entanto, como estas informações serão apresentadas aos usuários não foi definido, pois isso não é responsabilidade do XML, para tal usaremos os conceitos básicos de XSL. Lumis Treinamento 20

21 Conceitos de XSL A extensible Stylesheet Language (XSL) é um conjunto de recomendações de transformação e apresentação de documentos XML. O XSL é a linguagem específica que fará a transformação do documento XML em um documento HTML, ou seja, definirá como cada tag do documento XML deverá ser formatada para a apresentação. Quando alteramos o estilo de uma interface, conforme demonstrado no capítulo Camada de Apresentação, estamos simplesmente alterando o arquivo XSL que o Lumis Portal Server aplica sobre o XML, mudando assim, o seu layout. Para um aprofundamento maior sobre esta linguagem, a Lumis oferece um curso especializado. Lumis Treinamento 21

22 Utilizando Stylessheets Conceitos do Lumis Portal versão Para facilitar que pequenas alterações sejam realizadas de modo mais ágil e dinâmico, os arquivos XSL permitem utilizar classes de stylesheets (folhas de estilo), que definem o aspecto gráfico dos elementos que compõem uma página. Estes estilos podem ser compartilhados por diversas páginas e permitem alterar instantaneamente seus aspectos gráficos modificando um número reduzido de definições numa única folha de estilos. Lumis Treinamento 22

23 Os estilos de um elemento são herdados das folhas de estilos dos elementos que se encontram acima dele, obedecendo a uma hierarquia dentro do portal. Quando há necessidade de alterar alguns dos estilos de um canal ou página, pode-se aplicar outra folha de estilos modificando apenas os elementos que necessitam de alteração, sem a necessidade de recriar esses elementos que são comuns aos da primeira folha. Este conceito é baseado na regra que determina que, quando várias folhas de estilos são aplicadas sobre uma página, o browser utiliza a última versão de cada estilo. O layout de todo o portal Lumis é definido pelos estilos da folha portal.css, o qual não deve ser alterado pelo desenvolvedor pois possíveis updates do produto sobrescreverão qualquer alteração que for realizada neste arquivo. Lumis Treinamento 23

24 Controle de Acesso Para manter a organização de um portal é necessário criar uma estrutura de usuários e grupos que garanta a segurança da informação, restringindo, por exemplo, acessos a áreas administrativas, departamentais e de desenvolvimento. A fim de proporcionar um controle centralizado e seguro sobre esta estrutura, o Lumis Portal oferece uma base própria que permite gerenciar usuários e administrar grupos de acesso. Os grupos de usuários permitem ainda a criação de uma hierarquia, importante para viabilizar a permissão de acessos em todo o portal. Por exemplo, é possível incluir um grupo de funcionários de uma empresa em um grupo de clientes e parceiros, permitindo que funcionários também tenham acesso a Extranet e aos projetos de seus clientes. O controle de acesso do Lumis Portal Server é baseado em ACL (Access Control List). A ACL é um conjunto de permissões de um objeto que está associada a um principal. Os objetos canal, página e instância de serviço têm suas próprias configurações de ACL. Os objetos que têm permissões são os canais, as páginas e as instâncias de serviço. Cada objeto tem um conjunto particular de permissões. Quando uma ou mais permissões de um objeto são associadas a um usuário ou grupo, que são representados por um principal, temos uma ACL. Uma permissão pode conter allow (permitido) ou deny (negado). Um objeto pode herdar a configuração de acesso de outro objeto, de acordo com a hierarquia entre eles. A ACL herdada do objeto pai pode ser modificada na ACL local. Hierarquia entre eles. Um canal pode conter um ou mais canais. Neste caso, o canal filho pode herdar o controle de acesso do canal pai. Lumis Treinamento 24

25 Prática Exercício 2 Criação da estrutura de acesso ao portal Proposta do Exercício: Consolidar os conceitos e o manuseio sobre os grupos, usuários e controle de acesso do Lumis Portal. Requisitos: Restringir o acesso do canal Intranet apenas para os Colaboradores da empresa. Solução: Criar um grupo chamado Funcionários, cadastrar um usuário com este perfil e restringir o acesso ao canal. Atividade 1: Criar Grupos 1) Clique com o botão direito sobre o seu canal Intranet e selecione a opção Propriedades; 2) Clique em Avançado, habilite a propriedade Habilitar Grupos Locais, escreva o seu sobrenome no campo Prefixo e, por fim, clique em Ok; 3) Clique no link Grupos, na barra superior e clique em Adicionar; 4) Para o nome e apelido do grupo, digite Funcionários; 5) Clique em OK. Atividade 2: Criar Usuários 1. Clique no link Usuários, na barra superior e clique em Adicionar; 2. Preencha Nome com o seu nome e Último Nome com o seu sobrenome; 3. Preencha o login com o seu nome; 4. Caso deseje, preencha uma senha; 5. Clique em Ok; Lumis Treinamento 25

26 6) Selecione o usuário que você acabou de criar e clique em Membro de; 7) Nos Grupos Diretos, clique em Adicionar e coloque o seu usuário no grupo que você criou e clique em Fechar; Lumis Treinamento 26

27 Atividade 3: Restringir Acesso dos Canais Conceitos do Lumis Portal versão ) Clicando com o botão direito sobre o canal Intranet e selecionando a opção Controlar Acesso, desmarque a opção Herdar Controle de Acesso; 2) Confirme e clique sobre o botão Adicionar; 3) Busque o grupo [Sobrenome].Funcionários, onde o identificador equivale ao seu sobrenome; 4) Selecione e clique em OK; 5) Confirme o controle de acesso, clicando em OK. 6) No controle de acesso da instância de serviço Documentos localizada no canal Intranet, dê a permissão de Editar Conteúdo ao grupo [Sobrenome].Funcionários. Exercício 3 finalizado. Teste o acesso do seu usuário lembrando que ele não tem acesso ao F12. Copie o endereço da sua página Documentos e abra um novo navegador (não use o CTRL+N). Cole o endereço e ao ser pedido um usuário e senha, preencha com o do usuário que você criou. A interface administrativa do serviço Documentos será visualizada devido à permissão Editar Conteúdo. Lumis Treinamento 27

28 Modelo Lumis Revisão dos conceitos Serviço: Aplicativo executando no contexto do portal; Interface: Visão de um aplicativo; Instância de Serviço: Uma instância de um serviço presente em um canal, contendo dados e configurações independentes; Instância de Interface: Uma instância de uma interface presente em uma página, contendo configurações independentes; Canal: Área do portal, que contém páginas e instâncias de serviço, possuindo controle de acesso, grupos, usuários e configurações próprias; Página: Elemento visualizado pelo browser do usuário, composto de instâncias de interfaces e com configurações próprias; ACL: Lista de permissões concedidas ou negadas a principals (usuários / grupos). Canais, instâncias de serviço e páginas possuem ACL s independentes, que herdam permissões segundo a hierarquia dos elementos. Lumis Treinamento 28

29 Serviços Lumis - HTML Conceitos do Lumis Portal versão O serviço HTML é utilizado para a publicação de elementos HTML na página. É usado principalmente para adicionar imagens, textos avulsos ou detalhes de design. Por sua característica, é importante que os elementos HTML que costumam ser comuns a todas as páginas sejam armazenados no template de página. Apenas os administradores do portal, com permissão para acessar a administração da estrutura, podem editar ou inserir códigos nas interfaces deste serviço. Para isso, deverão selecionar a opção Editar Conteúdo, com o botão direito do mouse sobre a interface. Este serviço possui um editor embutido de HTML do tipo WYSIWYG, que possui recursos que facilitam a inserção de elementos desta linguagem sem a necessidade de conhecimentos sobre programação. Alguns dos recursos mais usados são os que possibilitam a criação de links para páginas internas ou externas ao portal, bem como os que permitem inserir imagens ou arquivos cadastrados nos respectivos repositórios. Também é possível elaborar códigos através de recursos mais populares. Para isso o programador trabalhará com a ferramenta que preferir e copiará o código para o editor de HTML do portal. É importante ressaltar que para trabalhar diretamente com códigos HTML é necessário alterar o editor para o modo Código Fonte, clicando sobre o ícone Código-Fonte na barra de ferramentas do editor. Lumis Treinamento 29

30 Serviços Lumis Imagens e Documentos Os serviços de Imagens e Documentos podem ser instanciados para uso direto pelos usuários, através de suas interfaces de Administração, Lista e Detalhes, como também podem ser utilizados por outros serviços, como por exemplo, o de HTML, necessitando para tal, que ele seja configurado previamente, através do right-click. Lumis Treinamento 30

31 Serviços Lumis Barra de Navegação A barra de navegação é um artifício muito comum, utilizado para proporcionar a navegação dentro de um site ou portal corporativo. Desta forma, o Lumis Portal possui o serviço Barra de Navegação, que reflete a estrutura de um site automaticamente nas páginas onde é utilizado, sem que seja necessário o cadastramento de seções ou o mapeamento das URL s de uma solução. Existem diferentes tipos de menus disponíveis no serviço, o que possibilita diferentes layouts para o usuário final. Os principais menus utilizados são as barras de navegações hierárquicas, as quais apresentam toda a hierarquia de canais e páginas que compõem a área do portal a partir de onde ela foi instanciada. Como a principal característica da barra é refletir automaticamente uma estrutura, existem duas propriedades dos canais e das páginas (acessadas através do botão direito do mouse sobre um destes elementos) que servem de apoio para a organização de um menu. São elas: Posição: Por padrão, o portal assume uma ordenação alfabética entre seus canais e páginas. No entanto, esta ordem pode ser alterada preenchendo-se o campo Posição. Deste modo é possível, por exemplo, colocar um canal chamado Administração abaixo de outro com o nome de Colaboradores. Vale lembrar que a estrutura não mistura canais e páginas: Primeiro são apresentadas as páginas para só então vir a estrutura de canais; Esconder: Permite ocultar determinados canais e páginas da barra de navegação. Muito útil, por exemplo, quando criamos uma página de Detalhes de Notícias. Esta página, se clicada diretamente numa barra de navegação, não exibe conteúdo algum, pois é necessário selecionar um item numa lista para obter seu detalhamento. Sendo assim, é imprescindível esconder uma página deste gênero forçando a navegação através dos links fornecidos nas listas de conteúdos. Lumis Treinamento 31

32 Serviços Lumis - Busca Conceitos do Lumis Portal versão O serviço Busca oferecido pelo Lumis Portal possui integração com os demais serviços de uma solução, possibilitando procurar por ocorrências em quase todos os tipos de conteúdos oferecidos. Ao retornar resultados, são respeitados os acessos aos serviços e áreas que compõem o portal, só exibindo as informações às quais o usuário tem permissão de leitura. O serviço também permite realizar buscas dentro de arquivos do tipo HTML, TXT e PDF. Por default, o serviço ignora acentuação e caracteres maiúsculos ou minúsculos, assim como realiza buscas por palavras inteiras, parciais ou compostas. No caso da busca por palavras compostas, podem ser usados os seguintes artifícios: Espaço entre palavras resulta em conteúdos que contenham pelo menos uma das palavras buscadas (OU); O operador AND entre as palavras procura por conteúdos que apresentem todas as palavras (E); Para localizar termos compostos ou frases feitas no portal, é necessário digitar entre aspas os termos buscados. Lumis Treinamento 32

33 Serviço de Banner O banner é, atualmente, uma das formas de mídia mais popular da Internet, utilizado para divulgar campanhas publicitárias, eventos, produtos ou serviços de uma empresa. Visando atender a esta necessidade do mercado, o Lumis Portal oferece um serviço especializado para administração e divulgação de banners em portais corporativos e sites dinâmicos. Este serviço permite a criação tanto de banners fixos quanto aleatórios (que variam a cada atualização de página). Através de um ambiente administrativo, o editor pode adicionar os mais variados formatos, inclusive banners do tipo imagem, HTML ou Flash. Para cada um destes banners podem ser definidos diferentes atributos que influenciam no seu comportamento ou exibição perante o portal. Por exemplo, é possível atribuir links que direcionam os usuários às páginas internas ou externas à solução. É possível também determinar a probabilidade de exibição de um banner em relação aos demais. Essa configuração é realizada no formulário de propriedades, ao adicionar ou editar um conteúdo, atribuindo peso à sua exibição. Pode-se contabilizar as visualizações dos banners, ou seja, cada vez que páginas são abertas ou atualizadas, uma visualização é contabilizada em um arquivo de log no padrão W3C extended. Qualquer programa de geração de relatórios utilizado pode processar este arquivo de log. Lumis Treinamento 33

34 Serviços Lumis - Login Conceitos do Lumis Portal versão O serviço de Login disponibiliza interfaces que permitem a autenticação, cadastro e atualização dos dados pelos próprios usuários através do Lumis Portal. Compõem o serviço as seguintes interfaces: Login: Permite inserir uma caixa de login em qualquer página do portal, normalmente utilizada nas homes (páginas iniciais) de cada site; Logout: Possibilita ao usuário realizar o logout de sua sessão do portal; Atualizar cadastro: Permite que o usuário atualize seus dados, e senha sempre que lhe convier; Lumis Treinamento 34

35 Serviço de Enquete Sendo uma das mais populares formas de pesquisa utilizada na Internet atualmente, a enquete permite realizar um rápido levantamento das opiniões dos usuários sobre questões diversas e relevantes. O serviço de Enquete permite publicar pesquisas com até 10 sentenças de múltiplas escolhas, as quais seriam oferecidas a os usuários como opções de respostas. O objetivo de uma enquete é levantar de modo rápido as opiniões de seus usuários, oferecendo uma série de respostas possíveis para uma determinada pergunta. Após a votação é exibida uma tela com os resultados obtidos até o momento. Lumis Treinamento 35

36 Prática Exercício 3 Criando o site de turismo Proposta do Exercício: Reforçar todos os conceitos do Lumis, agregando o conhecimento sobre templates e diagramação de páginas. Ao final deveremos ter construído nosso primeiro site conforme a figura abaixo seguindo algumas boas práticas sobre a arquitetura de um portal. Requisitos: Criar um site de turismo em cada filial que apresente aos usuários da Internet as atrações e os pacotes turísticos oferecidos pela empresa. Este site deverá atender os seguintes requisitos: Banners e imagens estáticas como logomarca da empresa; Base para compartilhamento de documentos e imagens; Informe sobre a data corrente na página principal; Suporte para publicação de notícias; Suporte para publicação de pesquisas de opinião; Ferramentas de apoio à navegação como menus e links; Ferramenta para buscas rápidas; Suporte para solução de dúvidas e sugestões com a equipe de publicação; Ambiente de administração central para a publicação de informações e conteúdos; Ferramenta de autenticação disponível para os usuários na página principal, com suporte para atualização de cadastro e lembrete de senhas; Ferramenta para publicação de pacotes turísticos. Solução: Com base nos requisitos especificados, devemos, inicialmente, identificar quais serviços são oferecidos junto ao produto e quais deverão ser desenvolvidos especialmente para a solução. Lumis Treinamento 36

37 Após este levantamento, podemos identificar os canais que formarão a estrutura do site de Internet de cada filial ainda a partir dos requisitos e serviços identificados. Dica: Sempre que tiver dúvidas sobre como adicionar canais e páginas, instanciar serviços ou arrastar interfaces consulte o Exercício 1 desta apostila. Identificando os serviços O serviço Banners permite a publicação de diferentes tipos de imagens; Os serviços Documentos e Imagens, uma vez instanciados na raiz do site funcionam como repositório, permitindo o compartilhando de seus conteúdos; Para publicação de notícias utilizaremos o serviço Notícias e para a publicação de pesquisas de opinião será usado o serviço Enquete; Para que o usuário faça seu comentário utilizaremos o serviço Fale Conosco; O serviço HTML permite publicar imagens estáticas e desenvolver layouts customizados; Para gerar uma navegação dinâmica utilizaremos o serviço Barra de Navegação, enquanto o serviço de Links permitirá a criação de uma navegação cruzada; O serviço Busca permite procurar ocorrências em todo o site; Para a publicação de pacotes turísticos será necessária a criação de um novo serviço. Atividade 1: Criando a estrutura macro do site 1) Adicione um canal chamado Internet abaixo do canal que leva seu sobrenome. 2) Instancie os seguintes serviços dentro do canal Internet: Banners; Barra de Navegação; Busca; Documentos; Enquete; HTML; Imagens; Links; Login; Lumis Treinamento 37

38 3) Adicione um canal chamado Busca abaixo do canal Internet, habilite a propriedade Oculto do canal e, na aba Páginas, no campo Criar Páginas, preencha Resultados (sem as aspas). 4) Adicione um canal chamado Enquete abaixo do canal Internet, habilite a propriedade Oculto do canal e, na aba Páginas, no campo Criar Páginas, preencha Resultados (sem as aspas). 5) Adicione um canal chamado Fale Conosco abaixo do canal Internet, habilite a propriedade Oculto do canal e, na aba Páginas, no campo Criar Páginas, preencha Fale Conosco (sem as aspas). 6) Instancie o serviço Fale Conosco no canal que você acaba de criar. 7) Adicione um canal chamado Notícias abaixo do canal Internet. 8) Instancie o serviço Notícias dentro do canal que você acaba de criar. 9) Adicione um canal chamado Administração abaixo do canal Internet, preencha o campo Posição com o número 10 e, na aba Páginas, no campo Criar Páginas, preencha Banners; Barra de Navegação; Documentos; Enquete; Fale Conosco; Imagens; Links; Notícias (sem as aspas). 10) Instancie o serviço Barra de Navegação dentro do canal que você acaba de criar. 11) Adicione um canal chamado Pacotes Turísticos abaixo do canal Internet. Atividade 2: Definindo os estilos do canal Sabendo que os estilos gerados para o site Estada pelos HTML ers da solução utilizam alguns arquivos CSS customizados, devemos configurar o uso desses arquivos para o canal Internet. Com o botão direito sobre o canal Internet, selecione Propriedades; Na aba Estilo, clique em Adicionar e selecione o estilo Estada; Clique em OK. Clique em Ok novamente. Identificando os templates de páginas Levantados os requisitos, são geradas imagens que especificam as principais páginas do site, conforme podemos analisar nas figuras abaixo: Lumis Treinamento 38

39 Página Principal do Site Páginas Internas do Site Com base nestas imagens, podemos observar que a página principal e as páginas internas possuem elementos semelhantes. Sendo assim, podemos concluir que, para agilizar a criação e manutenção das páginas, será necessário criar um template que reflita esta estrutura. Atividade 3: Criar Template da página Home 1) Clique com o botão direito do mouse sobre o canal Internet e selecione a opção Adicionar Template de Página. 2) Abrirá o formulário de propriedades do template. Escreva Template Home no campo Nome, clique na aba Estilo, clique em Adicionar, selecione o estilo Estada - Home e clique em OK. 3) Clique em Ok novamente. 4) Edite o template de página. Para isso, clique sobre Editar, localizado na barra de comandos no topo do template. 5) Crie duas outras áreas no template: uma acima e outra abaixo da área que já existe contendo o Painel de Interfaces. Lumis Treinamento 39

40 6) Arraste as interfaces conforme a diagramação abaixo: Área 0, Coluna 0: Na caixa localizada acima da coluna, defina seu tamanho como 810px (apague o 100% e informe o tamanho sem o px); Arraste uma interface Exibe HTML (HTML); Clique com o botão direito do mouse sobre a interface e selecione Propriedades, na opção Colspan preencha o campo com o número 2, preencha todos os campos do item Espaçamento com o número 0 e clique em Ok; Arraste a interface Lista (Links) logo abaixo da interface HTML; Aperte a tecla Control do seu teclado e, mantendo-a pressionada, arraste a interface Busca (Busca) para o lado direito da interface Lista Links (a tecla Control pressionada faz com que a interface seja instanciada ao lado a interface existente sem que seja criada uma nova coluna); Clique com o botão direito do mouse sobre as interfaces Lista (Links) e Busca (Busca), selecione Propriedades, preencha todos os campos do item Espaçamento com o número 0, clique em Ok; Clique em Salvar, localizado na barra de comandos no topo do template; Clique com o botão direito do mouse sobre as interfaces abaixo selecionadas, selecione Estilo e na caixa Nome escolha o estilo listado e após clique em Ok; Interface Links Busca Nome do Estilo Link - Estada Busca - Estada Área 1, Coluna 0: Clique em Editar; Clique com o botão direito na barra de Propriedades da Área, selecione o item Propriedades e preencha o item Nome da Classe com o valor estadahomearea1 e clique em Ok; Arraste a interface Menu (Barra de Navegação), para o lado esquerdo do Painel de Interfaces; Lumis Treinamento 40

41 Na caixa localizada acima da coluna, defina seu tamanho como 190px (sem o px); Arraste a interface Banner (Banners) para baixo da interface Menu (Barra de Navegação); Clique com o botão direito do mouse sobre a interface Menu (Barra de Navegação), selecione Propriedades, marque todos os campos do item Espaçamento com o número 0, clique em Ok; Área 1, Coluna 1: Na caixa localizada acima da coluna, defina seu tamanho como 418px (apague o 100%); Arraste uma interface Exibe HTML (HTML) acima do Painel de Interfaces; Área 1, Coluna 2: Arraste as interfaces: Login (Login), Logout (Login) e Votar (Enquete). Uma abaixo da outra; Na caixa localizada acima da coluna, defina seu tamanho como 202px; Clique com o botão direito do mouse sobre as interfaces Login (Login) e Logout (Login), selecione Propriedades, preencha todos os campos do item Espaçamento com o número 0, clique em Ok; Clique com o botão direito do mouse sobre a interface Votar (Enquete), selecione Propriedades, preencha todos os campos do item Espaçamento com o número 0, EXCETO o campo Esquerda, e clique em Ok; Clique com o botão direito na barra de Propriedades da Coluna, selecione o item Propriedades e preencha o item Nome da Classe com o valor estadahomearea1coluna2 e clique em Ok; Clique em Salvar, localizado na barra de comandos no topo do template. Clique com o botão direito do mouse sobre as interfaces abaixo selecionadas, selecione Estilo e na caixa Nome escolha o estilo listado e após clique em Ok; Interface Menu Login Logout Nome do Estilo Menu - Estada Login - Estada Logout - Estada Lumis Treinamento 41

42 Área 2, Coluna 0: Clique em Editar; Na caixa localizada acima da coluna, defina seu tamanho como 810px (apague o 100%); Arraste uma interface Exibe HTML (HTML); Clique com o botão direito do mouse sobre a interface e selecione Propriedades, marque todos os campos do item Espaçamento com o número 0 e clique em Ok; Clique em Salvar, localizado na barra de comandos no topo do template. 7) Clique com o botão direito sobre a interface Exibe HTML da Área 0 e selecione Editor HTML, clique no ícone Código-Fonte ; 8) Digite conforme abaixo: <img src="estada/images/header.gif" /> 9) Clique em Ok; 10) Proceda da mesma maneira sobre a interface de Exibe HTML da área 2 digitando o código: <img src="estada/images/footer.gif" /> 11) Clique em Ok. Atividade 4: Criar Template de Páginas Internas 1) Clique com o botão direito do mouse sobre o canal Internet e selecione a opção Adicionar Template de Página. 2) Abrirá o formulário de propriedades do template. No campo Nome, escreva Template Páginas Internas, no campo Copiar do Template de Página, clique na seta e selecione o Template Home que você fez na atividade anterior e clique em OK. 3) Clique com o botão direito sobre o template cria do e selecione Propriedades, clique na aba Estilo, selecione o estilo Estada - Home e clique em Excluir e clique em OK; 4) Edite o template de página. Para isso, clique sobre Editar, localizado na barra de comandos no topo do template; 5) Clique no botão de fechar da Área 1 - Coluna 2, apagando todas as interfaces dessa coluna; 6) Redimensione a Área 1 - Coluna 1, de 418px para 620px; 7) Clique em Salvar, localizado na barra de comandos no topo do template. Lumis Treinamento 42

43 8) Clique com o botão direito sobre a interface Exibe HTML da Área 2 e selecione Editor HTML, clique no ícone Código-Fonte ; 9) Digite conforme abaixo: <img src="estada/images/footer2.gif" /> 10) Clique em Ok. Atividade 5: Criar Template da Administração 1) Clique com o botão direito do mouse sobre o canal Administração (dentro do seu canal Internet) e selecione a opção Adicionar Template de Página. 2) Abrirá o formulário de propriedades do template. Escreva Template Administração no campo Nome, no campo Copiar do Template de Página, clique na seta e selecione o Template Páginas Internas (lembre-se que ele está no canal Internet) que você fez na atividade anterior e clique em OK. 3) Clique com o botão direito sobre a interface Exibe HTML da Área 0 e selecione Editor HTML, clique no ícone Código-Fonte ; 4) Digite conforme abaixo: <img src="estada/images/header_admin.gif" /> 5) Clique em Editar; 6) Remova a interface Menu (Barra de Navegação); 7) Arraste a interface Menu (Barra de Navegação), que está no seu canal Administração, para a Área 1 - Coluna 0, acima do Banner; 8) Clique com o botão direito do mouse sobre a interface Menu (Barra de Navegação), selecione Propriedades, marque todos os campos do item Espaçamento com o número 0, clique em Ok; 9) Clique em Salvar, localizado na barra de comandos no topo do template. 10) Clique com o botão direito do mouse sobre a interface abaixo selecionada, selecione Estilo e na caixa Nome escolha o estilo listado e após clique em Ok; Interface Menu Nome do Estilo Menu - Estada 11) Clique em Ok. Atividade 6: Aplicando os templates às páginas criadas 1) Clique com o botão direito sobre o Template Páginas Internas, selecione o item Aplicar Template de Página, clique no canal Internet e responda Ok para a tela de alerta ; 2) Selecione as páginas que façam parte do canal Portal/[Sobrenome]/Internet, com exceção das páginas do sub-canal Administração; 3) Clique em Atualizar e clique em Fechar. Lumis Treinamento 43

44 4) Clique com o botão direito sobre o Template Administração, selecione o item Aplicar Template de Página, clique no canal Administração e responda Ok para a tela de alerta; 5) Selecione todas as páginas que façam parte do canal Portal/[Sobrenome]/Internet/Administração; 6) Clique em Atualizar e clique em Fechar. Atividade 7: Criar e Diagramar a Home do Site 1) Adicione uma página com o nome Home abaixo do canal Internet, selecione a opção Oculto e aplique o Template Home. Buscando Interfaces em outros canais (Mudar canal) No decorrer deste exercício haverá várias situações em que será necessário arrastar interfaces de serviços que se encontram em canais diferentes do qual se está editando. Por exemplo, ao editar a Home apenas visualizamos os serviços instanciados no canal Internet. No entanto, queremos colocar uma interface de Lista Rápida do canal de Notícias nesta página. Como fazer então? Como já dissemos antes, o serviço Notícias está instanciado dentro do canal Notícias, sendo assim, para chegarmos até esta lista de interfaces devemos fazer o seguinte: Clique sobre o link Mudar Canal, quando estiver editando uma página, localizado acima do menu de navegação. Este link exibe uma tela com toda a estrutura de canais do portal. Clique sobre o canal Notícias, dentro da Intranet. O menu de navegação exibirá agora a lista de serviços (e interfaces) que estão instanciados dentro do canal selecionado. Repita esta operação sempre que precisar arrastar interfaces de serviços instanciados em canais diferentes de onde você está editando a página ou template. 2) Edite a página Home; 3) Mude o canal na tela de navegação para Notícias e arraste a interface Lista Rápida no Painel de Interfaces; 4) Clique em Salvar; 5) Altere o estilo da interface Lista Rápida para Estada - Lista; Se tiver dúvidas sobre como alterar o estilo, consulte a Atividade 3. Atividade 8: Criando a Administração do Site Foi possível observar que algumas das interfaces instanciadas na Home e nos templates nada apresentaram até agora. Isso por que ainda não foram cadastrados os seus conteúdos. Como o site se propõe a ter um ambiente central de administração, criaremos uma página para cada serviço que exija publicação de conteúdos, montando assim, sua estrutura. Lumis Treinamento 44

45 Diagramando as páginas de Administração do site. De acordo com a tabela abaixo, você diagramará cada página da Área Administrativa do seu site. Em cada página será disponibilizada a interface de administração do serviço respectivo. Siga os passos para cada elemento da tabela: 1) Clique na página selecionada e clique no botão Editar; 2) Arraste a interface Administração do serviço abaixo, que está instanciado no canal mostrado na tabela; 3) Clique em Salvar. Página Serviço Canal Banners Banners Internet Barra de Navegação Barra de Navegação Internet / Administração Documentos Documentos Internet Enquete Enquete Internet Fale Conosco Fale Conosco Internet / Fale Conosco Imagens Imagens Internet Links Links Internet Notícias Notícias Internet / Notícias Atividade 9: Cadastrando conteúdos Cadastrando Banners 1) Na página Banners, da Administração, clique com o botão direito na interface Administração e selecione o item Repositório de Imagens; 2) Clique na seta e selecione a instância do serviço de Imagens que está em Portal/[Sobrenome]/Internet e clique em Ok; 3) Clique com o botão direito na interface Administração e selecione o item Campos, desmarque o item Exibir do item Data de publicação e clique em Ok; 4) Na interface de administração de banners, clique em Adicionar; 5) Preencha os campos abaixo: Campo Nome Descrição Imagem Tipo de Link Valor Estada - Esquerda Estada Cadastro de Imagem (abaixo) Sem link Clique em Ok. Lumis Treinamento 45

46 Cadastro da Imagem de Banner 1) Clique na seta ao lado do campo Imagem; 2) Clique em Adicionar e preencha os campos (verifique com seu instrutor o caminho da figura); Campo Nome do arquivo Título Valor Ban_axpe.gif Estada Axpe 3) Marque a imagem criada e clique no botão Selecionar; 4) Clique em OK. Cadastrando Enquete 1) Na página Enquete, da Administração; clique em Adicionar na interface de administração; 2) Preencha os campos obrigatórios (não se esqueça de aprovar a enquete); 3) Clique em Ok. Cadastrando Links 1) Na página Links, da Administração; clique em Adicionar na interface de administração; 2) Preencha os campos abaixo: Campo Nome Valor Home Prioridade 1 Tipo do Link Ação Página interna (clique na seta e aponte para sua página Home) cli) Aprovar 3) Clique em Ok; 4) Clique novamente em Adicionar; 5) Preencha os campos abaixo: Campo Nome Tipo do Link Ação Valor Fale Conosco Página interna (clique na seta e aponte para sua página Fale Conosco) Aprovar 6) Clique em Ok; Lumis Treinamento 46

47 Configurando Barra de Navegação 1) Na página Barra de Navegação, da Administração, verifique qual a interface que tem cadastrada a barra de navegação do canal Internet; 2) Selecione-a e clique em Editar; 3) No item Número máximo de níveis coloque o valor 2 e clique em Ok. Cadastrando Notícias 1) Na página Notícias, da Administração, clique em Adicionar na interface de administração; 2) Preencha os campos Título, Introdução, Imagem de Introdução e Conteúdo (não se esqueça de aprovar a notícia); 3) Clique em Ok; 4) Repita o procedimento, para cadastrar mais duas notícias. Cadastro da Imagem de Notícia 1) Clique na seta ao lado do campo Imagem; 2) Clique em Adicionar e preencha os campos (verifique com seu instrutor o caminho das figuras); 3) Marque a imagem criada e clique no botão Selecionar; Atividade 10: Criando as páginas internas do site Agora que já temos a estrutura base do site e alguns conteúdos prontos, criaremos as páginas internas para navegação dos usuários no site. Diagramando a página Resultados (Busca) 1) Clique na página Resultados abaixo do canal Busca; 2) Edite a página e arraste a interface Busca com Resultados para a área do Painel de Interfaces (não se esqueça de mudar de canal, pois a Busca está instanciada no canal Internet); Salve a página; Clique com o botão direito do mouse sobre a interface, selecione Estilo e na caixa Nome escolha o estilo Estada Resultado da Busca e após clique em Ok. Diagramando a página Resultados (Enquete) 1) Clique na página Resultados abaixo do canal Enquete; Edite a página e arraste a interface Resultados para a área do Painel de Interfaces (não se esqueça de mudar de canal, pois a Enquete está instanciada no canal Internet); Salve a página. Lumis Treinamento 47

48 Diagramando a página Fale Conosco (Fale Conosco) 1) Clique na página Fale Conosco abaixo do canal Fale Conosco; Edite a página e arraste a interface Fale Conosco para a área do Painel de Interfaces; Salve a página. Criando as páginas do canal de Notícias 1) Clique com o botão direito sobre o canal Notícias e selecione Adicionar Página; No campo Nome preencha Lista, marque o campo Oculto e selecione para o item Aplicar Template o Template Página Internas e clique em Ok; Interfaces; Edite a página e arraste a interface Lista para a área do Painel de Salve a página; 2) Clique com o botão direito do mouse sobre a interface, selecione Estilo e na caixa Nome escolha o estilo Estada Lista Interna e após clique em Ok; Página; Clique com o botão direito sobre o canal Notícias e selecione Adicionar No campo Nome preencha Detalhes, no campo Posição preencha 1, marque o campo Oculto e selecione para o item Aplicar Template o Template Página Internas e clique em Ok; Interfaces; Edite a página e arraste a interface Detalhes para a área do Painel de Salve a página; 3) Clique com o botão direito do mouse sobre a interface, selecione Estilo e na caixa Nome escolha o estilo Estada detalhes e após clique em Ok; Exercício 3 finalizado. Navegue pelo seu site e teste seus serviços e a estrutura montada. Lembre-se apenas de que o canal Pacotes Turísticos ainda não possui páginas e serviços, pois ele será trabalhado mais tarde. Lumis Treinamento 48

49 Sistemas de Gestão de Conteúdo Os Sistemas de Gestão de Conteúdo (SGC) ou CMS (do inglês, Content Management System ) são ferramentas corporativas que permitem a integração e automatização de todos os processos relacionados à criação, catalogação, indexação, personalização, controle de acesso e disponibilização de conteúdos em portais Web (Intranets, Extranets e Internet). Isso tudo é realizado de maneira descentralizada, tornando possível, simples e ma is ágil o processo de publicação de informações. O forte apelo das aplicações desse tipo é justamente permitir que pessoas sem conhecimento técnico (HTML ou qualquer outra tecnologia), mas que compreendem profundamente seu negócio e a necessidade das informações do seu público-alvo, consigam mais rapidamente oferecer informações como diferencial estratégico. Lumis Treinamento 49

50 Lumis Content Manager Visão Geral O Lumis Content Manager é o framework de publicação que permite que diversos conteúdos sejam definidos e configurados, adaptando-se às necessidades das soluções. O Lumis Content Manager automatiza diversos processos, estando integrado a diversas funcionalidades oferecidas pelo Lumis Portal, dentre as quais: Formulários inteligentes para publicação; Integração com serviços de imagens e documentos; Processamento automático sobre conteúdos; Indexação na busca central; Log de operações realizadas. Interfaces do Lumis Content Manager Interfaces são visões que são configuradas com o objetivo de gerar uma série de variações de comportamento de um mesmo repositório de dados. Baseado em interfaces genéricas que podem ser parametrizadas, o Lumis Content Manager oferece as interfaces: Listas; Detalhes; Administração; Formulários. No decorrer da apostila, o Lumis Content Manager também será como gestor de conteúdo do portal. referenciado Lumis Treinamento 50

51 Lumis Content Manager - Parametrizações As interfaces do LCM possuem parametrizações de diversos gêneros, permitindo maior controle sobre a apresentação do conteúdo. Dentre as parametrizações padrões, temos, entre outras: Estilo: Permite selecionar o arquivo XSL que define o layout da interface; Número de itens: Especifica o número de itens que serão mostrados por interface; Campos: Permite definir os campos que serão exibidos na interface. Por exemplo, numa administração, pode-se selecionar um campo de prioridade para exibir direto na interface, sem que seja necessário visualizar as propriedades do conteúdo para adquirir esta informação. Ordenação: Permite especificar quais campos serão utilizados para a ordenação dos itens, bem como a ordem de cada um deles (ascendente ou descendente). Filtros: Os filtros aplicarão cláusulas de restrição para definir o que será mostrado. Repositório de Imagens: Permite escolher a instância do serviço de Imagens que será utilizada pelo serviço em questão. Repositório de Documentos: Permite escolher a instância do serviço de Documentos que será utilizada pelo serviço em questão. Lumis Treinamento 51

52 Lumis Content Manager - Estrutura Baseado nos parâmetros definidos na criação do serviço (XML de definição) e nas configurações realizadas durante sua montagem, o Lumis Content Manager busca os dados no banco de dados, gerando um arquivo chamado XML de resultado. A este XML é aplicado o layout definido pelo XSL de apresentação (Estilo) da interface para finalmente ser exibido no portal. Conforme veremos, não é necessário conhecer profundamente a estrutura de dados, já que o Lumis Content Manager é capaz de gerar, manter e usar um repositório de dados internamente. No entanto, é vital compreender como esses dados são buscados e apresentados ao usuário. Lumis Treinamento 52

53 Notícias O serviço de notícias é um ótimo exemplo das funcionalidades proporcionadas pelo Lumis Content Manager, além de se prestar à publicação de conteúdos simples do tipo Notícias. Este serviço possui um conjunto de interfaces que têm o objetivo de facilitar a montagem e publicação de uma noticia no portal. Dentre elas, as ma is utilizadas são: Lista; Lista rápida; Detalhes; Administração. Lumis Treinamento 53

54 Funções do Lumis Content Manager utilizadas O serviço de notícias utiliza uma série de recursos próprios das funções oferecidas pelo Lumis Content Manager. Observe que cada dado preenchido nos formulários de notícias tem relação direta com itens dos conceitos de gestor de conteúdo, conforme apresentado anteriormente. Metadados de publicação; Workflow; Publicação multilíngüe; Publicação para instâncias; Publicação para usuários e grupos. Lumis Treinamento 54

55 Prática Exercício 4 Trabalhando com o serviço Notícias Proposta do Exercício: Ressaltar a diferença entre instâncias de serviços e interfaces, reforçando alguns conceitos do gestor de conteúdos, como parametrizações. Atividade 1: Criando uma nova interface de d estaques Requisitos: Alterar os parâmetros da interface para apenas exibir as notícias em destaque na página principal. Solução: Aplicaremos um filtro sobre a interface Lista Rápida instanciada na página principal da Internet, aplicando filtros para que ela apresente apenas as notícias cadastradas como destaque Sim. 1) Clique com o botão direito sobre a interface Lista Rápida instanciada na página Home da Internet e selecione a opção Filtros; 2) Desmarque a opção Usar Configuração Original; 3) Clique em Adicionar; 4) No campo Id preencha o valor destaque (sem as aspas); 5) Nas Informações do Filtro, escolha o campo Destaque; 6) Deixe marcado o operador Igual; 7) Para Valor default, clique em Outro... e digite true (sem as aspas) no campo exibido a o lado; 8) Selecione a opção Escondido; 9) Clique em OK. Altere uma ou duas notícias cadastradas, marcando o campo Destaque, na aba Publicação e verifique o resultado na página Home. Perceba que as notícias cadastradas como destaque Não ficarão ocultas na interface. Atividade 2: Criando uma nova instância do serviço de Notícias Crie um novo canal dentro de Intranet chamado Notícias, já criando as páginas Lista e Detalhes; Instancie o serviço Notícias nesse canal; Selecione a instância que acaba de ser criada e clique em Editar; Altere o nome da instância para [Sobrenome] Notícias e clique em Ok; Edite a página Lista e arraste a interface Lista, salvando no final; Edite a página Detalhes e arraste a interface Detalhes, salvando no final; Crie um canal Administração dentro da do sub-canal Intranet, adicione uma página chamada Notícias e instancie a interface Administração do serviço de Notícias que você acaba de criar no canal Notícias da Intranet; Cadastre conteúdos. Lumis Treinamento 55

56 Repare que a instância de notícias da Internet armazena conteúdos distintos da Intranet. Atividade 3: Publicando p ara Seções 1) Vá até a administração das notícias na Internet e cadastre uma nova matéria. Na aba Publicação, clique em Instâncias e selecione a sua outra instância do serviço de Notícias (em Portal / [Sobrenome] / Intranet / Notícias / [Sobrenome] Notícias) e clique em Ok. Aprove e clique em Ok; 2) Verifique que a mesma matéria aparecerá tanto na Intranet quanto na Internet. Note que a o conteúdo publicado na Internet passa a ser exibido na lista de notícias da Intranet, embora ele só possa ser administrado na administração da Internet. Exercício 4 finalizado. Lumis Treinamento 56

Portal da Prefeitura de São Paulo SECOM. MANUAL DO WARAM v. 1.5 Secretarias

Portal da Prefeitura de São Paulo SECOM. MANUAL DO WARAM v. 1.5 Secretarias SECOM MANUAL DO WARAM v. 1.5 Secretarias WARAM 1.5 Ferramenta de atualização do Portal da Prefeitura de São Paulo. Use preferencialmente o navegador Internet Explorer superior ou igual a 7.0. No campo

Leia mais

1. ACESSO AO SISTEMA. LOGIN E SENHA Para ter acesso ao painel administrativo de seu site, acesse o link: http://atualiza.urldosite.com.

1. ACESSO AO SISTEMA. LOGIN E SENHA Para ter acesso ao painel administrativo de seu site, acesse o link: http://atualiza.urldosite.com. Manual de uso 1. ACESSO AO SISTEMA LOGIN E SENHA Para ter acesso ao painel administrativo de seu site, acesse o link: http://atualiza.urldosite.com.br Após acessar o link acima, favor digitar seu LOGIN

Leia mais

SGCD 2.2. Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico

SGCD 2.2. Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico Atualizado em 13/AGO/2012 Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico No final de 2007, o Serviço Técnico de Informática da UNESP Marília, disponibilizou para a comunidade acadêmica e administrativa o Sistema

Leia mais

Manual de Uso. Intranet

Manual de Uso. Intranet Manual de Uso Intranet última atualização: setembro de 2013 1 2 Sumário 1- Acesso 04 2- Gerenciamento de páginas 04 3- Gerenciamento de layout e aparência das páginas 3.1- Layout 3.3- Aparência 07 07 08

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

Apostila da Ferramenta AdminWEB

Apostila da Ferramenta AdminWEB Apostila da Ferramenta AdminWEB Apostila AdminWEB SUMÁRIO OBJETIVO DO CURSO... 3 CONTEÚDO DO CURSO... 4 COMO ACESSAR O SISTEMA... 5 CONHEÇA OS COMPONENTES DA PÁGINA... 6 COMO EFETUAR O LOGIN... 9 MANTER

Leia mais

SGCD 2.0 Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico

SGCD 2.0 Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico Atualizado em 24/08/2011 No final de 2007, o Serviço Técnico de Informática da UNESP Marília, disponibilizou para a comunidade acadêmica e administrativa o Sistema

Leia mais

ALUNES MANUAL DO USUÁRIO. Guia rápido Alunes

ALUNES MANUAL DO USUÁRIO. Guia rápido Alunes ALUNES MANUAL DO USUÁRIO Guia rápido Alunes 1 Manual de Instruções Versão 2.0 Alunes Informática 2 Sumário Introdução... 5 Pré-requisitos... 5 Principal/Home... 6 Como editar texto do home... 7 Desvendando

Leia mais

Utilizaremos a última versão estável do Joomla (Versão 2.5.4), lançada em

Utilizaremos a última versão estável do Joomla (Versão 2.5.4), lançada em 5 O Joomla: O Joomla (pronuncia-se djumla ) é um Sistema de gestão de conteúdos (Content Management System - CMS) desenvolvido a partir do CMS Mambo. É desenvolvido em PHP e pode ser executado no servidor

Leia mais

Produto IV: ATU SAAP. Manual de Referência

Produto IV: ATU SAAP. Manual de Referência Produto IV: ATU SAAP Manual de Referência Pablo Nogueira Oliveira Termo de Referência nº 129275 Contrato Número 2008/000988 Brasília, 30 de outubro de 2008 1 Sistema de Apoio à Ativideade Parlamentar SAAP

Leia mais

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova.

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova. 3.5 Páginas: Ao clicar em Páginas, são exibidas todas as páginas criadas para o Blog. No nosso exemplo já existirá uma página com o Título Página de Exemplo, criada quando o WorPress foi instalado. Ao

Leia mais

Manual da Administração do site Abrasel 2.0

Manual da Administração do site Abrasel 2.0 Manual da Administração do site Abrasel 2.0 Caro usuário, Você está recebendo o manual que lhe dará acesso ao administrador do site 2.0 onde será possível fazer as seguintes alterações: Inserir notícias

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS GIZ/PROGRAD. Tutorial UFMG Virtual Os primeiros passos do docente

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS GIZ/PROGRAD. Tutorial UFMG Virtual Os primeiros passos do docente UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS GIZ/PROGRAD Tutorial UFMG Virtual Os primeiros passos do docente Nereu Agnelo Cavalheiro contato@nereujr.com Tutorial UFMG Virtual Primeiros passos do docente Este

Leia mais

Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes)

Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes) Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes) 1. Sobre o Microsoft Dynamics CRM - O Microsoft Dynamics CRM permite criar e manter facilmente uma visão clara dos clientes,

Leia mais

Manual WebAdmin News

Manual WebAdmin News Manual WebAdmin News 20/12/2008 Login: Com a integração das páginas de notícias ao site atual da empresa, você consegue publicar notícias e artigos com a cara da sua empresa, sem precisar conhecer os detalhes

Leia mais

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova.

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova. 3.5 Páginas: Ao clicar em Páginas, são exibidas todas as páginas criadas para o Blog. No nosso exemplo já existirá uma página com o Título Página de Exemplo, criada quando o WorPress foi instalado. Ao

Leia mais

Manual do Painel Administrativo

Manual do Painel Administrativo Manual do Painel Administrativo versão 1.0 Autores César A Miggiolaro Marcos J Lazarin Índice Índice... 2 Figuras... 3 Inicio... 5 Funcionalidades... 7 Analytics... 9 Cidades... 9 Conteúdo... 10 Referência...

Leia mais

Esse manual é um conjunto de perguntas e respostas para usuários(as) do Joomla! 1.5.

Esse manual é um conjunto de perguntas e respostas para usuários(as) do Joomla! 1.5. Esse manual é um conjunto de perguntas e respostas para usuários(as) do Joomla! 1.5. Ele considera que você já tem o Joomla! instalado no seu computador. Caso você queira utilizá lo em um servidor na web,

Leia mais

Presskit Guia Rápido. Release 2.0. Presskit

Presskit Guia Rápido. Release 2.0. Presskit Presskit Guia Rápido Release 2.0 Presskit 06/07/2009 Sumário 1 Login 2 Login e Senha...................................... 2 Esqueci minha senha.................................. 2 Fale Com o Suporte...................................

Leia mais

Manual WordPress. Conteúdo Índice. Capítulo 1 Introdução. Capítulo 2 Conceitos básicos do Painel. Capítulo 3 Gerenciamento de Posts ( Artigos)

Manual WordPress. Conteúdo Índice. Capítulo 1 Introdução. Capítulo 2 Conceitos básicos do Painel. Capítulo 3 Gerenciamento de Posts ( Artigos) Manual WordPress Conteúdo Índice Capítulo 1 Introdução Sobre o WordPress Características principais Capítulo 2 Conceitos básicos do Painel Logando no Painel de Controle Alterando Usuário e Senha Painel

Leia mais

Curso de Capacitação em Gerenciador de Conteúdo PLONE

Curso de Capacitação em Gerenciador de Conteúdo PLONE Curso de Capacitação em Gerenciador de Conteúdo PLONE 1 Índice Dicas iniciais O que é o Plone? 3 Formulário de Solicitação 6 Acesso ao Plone 6 Configurações do Site 14 Inserindo Conteúdo Inserir Pastas

Leia mais

Manual de Gerenciamento de Conteúdo

Manual de Gerenciamento de Conteúdo Manual de Gerenciamento de Conteúdo 1 Sumário 1) O que é um Gerenciador de Conteúdo...3 2) Como o Site está Estruturado...3 3) Como Gerenciar o Conteúdo do Site...5 3.1) Adicionar Itens no Menu de Navegação...6

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

DRIVE CONTÁBIL NASAJON

DRIVE CONTÁBIL NASAJON DRIVE CONTÁBIL NASAJON Módulo Gestão de Documentos Versão 1.0 Manual do Usuário 1 Sumário Os Módulos do Gerenciador de NFe: Informações Básicas Primeiro Acesso: Requisitos Acesso ao Drive Contábil Nasajon

Leia mais

5 O Joomla: Web Apache Banco de Dados MySQL http://www.joomla.org/ - 55 -

5 O Joomla: Web Apache Banco de Dados MySQL http://www.joomla.org/ - 55 - 5 O Joomla: O Joomla (pronuncia-se djumla ) é um Sistema de Gestão de Conteúdos (Content Management System - CMS) desenvolvido a partir do CMS Mambo. É desenvolvido em PHP e pode ser executado no servidor

Leia mais

[SITE FÁCIL CDL MANUAL DO USUÁRIO]

[SITE FÁCIL CDL MANUAL DO USUÁRIO] Câmara de Dirigentes Lojistas [SITE FÁCIL CDL MANUAL DO USUÁRIO] Sumário 1. Controle de versão... 3 2. Objetivo... 4 3. Site fácil... 4 4. Acessando o sistema de gestão de conteúdo (SGC)... 5 5. Páginas

Leia mais

Páginas... 31 Pasta / Menu... 33 Coleção... 34 Como tornar uma página o conteúdo principal de um menu ou pasta... 37 IV. Produtos adicionais...

Páginas... 31 Pasta / Menu... 33 Coleção... 34 Como tornar uma página o conteúdo principal de um menu ou pasta... 37 IV. Produtos adicionais... Índice I. Introdução... 4 Puxa que bom, mas o que é um CMS?... 5 O Plone... 6 Usabilidade... 6 Acessibilidade... 6 Padrões... 6 Segurança... 6 Open Source... 6 Sobre este manual... 7 Requisitos... 7 Importante...

Leia mais

Conteúdo. Curso de Introdução ao Plone. O que é Plone. Parte I Conceitos básicos

Conteúdo. Curso de Introdução ao Plone. O que é Plone. Parte I Conceitos básicos Curso de Introdução ao Plone Conteúdo Parte I - Conceitos básicos Parte II - Interface do Plone Parte III - Gerenciamento de usuários Modulo A Instrutores Carlos Alberto Alves Meira Laurimar Gonçalves

Leia mais

Tutorial USERADM. Inserindo conteúdos no site

Tutorial USERADM. Inserindo conteúdos no site Tutorial USERADM Inserindo conteúdos no site Como acessar o Administrador de Conteúdos do site? 1. Primeiramente acesse o site de sua instituição, como exemplo vamos utilizar o site da Prefeitura de Aliança-TO,

Leia mais

Manual do Usuário Layout Novo CMS WordPress Versão atual: 3.5.1

Manual do Usuário Layout Novo CMS WordPress Versão atual: 3.5.1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA UFJF Secretaria de Sistemas de Informação SSI Centro de Gestão do Conhecimento Organizacional CGCO Equipe de Desenvolvimento de Sites Manual do Usuário Layout Novo

Leia mais

JOOMLA V3.2 PARA INICIANTES

JOOMLA V3.2 PARA INICIANTES JOOMLA V3.2 PARA INICIANTES Material desenvolvido para uso no ensino da plataforma Joomla para alunos de graduação do Instituto de Arquitetura e Urbanismo de São Carlos Autor: Daniel Picon Versão 1.1 -

Leia mais

Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services

Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services - Windows SharePoint Services... Page 1 of 11 Windows SharePoint Services Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services Ocultar tudo O Microsoft Windows

Leia mais

Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal)

Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal) Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal) Acessando o Sistema Para acessar a interface de colaboração de conteúdo, entre no endereço http://paginapessoal.utfpr.edu.br. No formulário

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5

Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5 Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5 09 de julho de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação

Leia mais

GUIA DE USO FRAMEWORK APLANAR Versão 0.1 21/07/2014 Cópia distribuída e controlada

GUIA DE USO FRAMEWORK APLANAR Versão 0.1 21/07/2014 Cópia distribuída e controlada GUIA DE USO SUMÁRIO 1. Utilizando o FrameWork Aplanar... 2 1.1 GRID... 2 1.1.1 Barra de menus:... 2 1.1.2 Barra de ferramentas:... 3 1.1.3 Barra de pesquisa:... 3 1.2 MENU ADMINISTRATIVO... 4 1.2.1 Usuário:...

Leia mais

Faculdade de Ciências Médicas FCM Unicamp Núcleo de Tecnologia de Informação NTI

Faculdade de Ciências Médicas FCM Unicamp Núcleo de Tecnologia de Informação NTI Manual do usuário Desenvolvendo páginas em Drupal Faculdade de Ciências Médicas FCM Unicamp Núcleo de Tecnologia de Informação NTI Conteúdo Primeiro Passo... 3 1.1 Login... 3 1.2 Recuperando a Senha...

Leia mais

Construtor Iron Web. Manual do Usuário. Iron Web Todos os direitos reservados

Construtor Iron Web. Manual do Usuário. Iron Web Todos os direitos reservados Construtor Iron Web Manual do Usuário Iron Web Todos os direitos reservados A distribuição ou cópia deste documento, ou trabalho derivado deste é proibida, requerendo, para isso, autorização por escrito

Leia mais

P á g i n a 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL UNIR

P á g i n a 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL UNIR P á g i n a 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL UNIR P á g i n a 2 Sumário 1. Efetuar login... 3 2. Gerenciar Notícias... 5 2.1 Cadastrar Notícias... 6 2.2 Editar Notícia... 7 2.3 Excluir Notícia... 8 3.

Leia mais

Centro de Agricultura Alternativa CAA Manual do Usuário do Portal Ypadê Balaio Digital Tecnologia em Gestão Ltda ME. Manual do Usuário Portal Ypadê

Centro de Agricultura Alternativa CAA Manual do Usuário do Portal Ypadê Balaio Digital Tecnologia em Gestão Ltda ME. Manual do Usuário Portal Ypadê Centro de Agricultura Alternativa CAA Manual do Usuário Portal Ypadê Montes Claros, 16 de Julho de 2011 Revisão 3 Sumário 1. Apresentação do portal e escopo deste documento... 2 2. Acessando o Portal Ypadê...

Leia mais

Tutorial Administrativo (Backoffice)

Tutorial Administrativo (Backoffice) Manual - Software ENTRANDO NO SISTEMA BACKOFFICE Para entrar no sitema Backoffice, digite no seu navegador de internet o seguinte endereço: http://pesquisa.webbyapp.com/ Entre com o login e senha. Caso

Leia mais

WampServer. O ícone do mesmo aparecerá no rodapé do monitor, próximo ao. Language => portuguese.

WampServer. O ícone do mesmo aparecerá no rodapé do monitor, próximo ao. Language => portuguese. 5 O Joomla: O Joomla (pronuncia-se djumla ) é um Sistema de Gestão de Conteúdos (Content Management System - CMS) desenvolvido a partir do CMS Mambo. É desenvolvido em PHP e pode ser executado no servidor

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ. Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM. Manual

UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ. Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM. Manual UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM Manual DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DIRGTI 2015 Sumário 1. Introdução... 3 2. Acessando o serviço...

Leia mais

Orientações básicas para a produção de conteúdo no Site dos NREs

Orientações básicas para a produção de conteúdo no Site dos NREs SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS COORDENAÇÃO DE APOIO AO USO AS TECNOLOGIAS Orientações básicas para a produção de conteúdo

Leia mais

Sumário. Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web

Sumário. Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web Sumário Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web Fazendo Login no Sistema Tela inicial do Portal WEB Criando um

Leia mais

Portal do Senac: Área Exclusiva para Alunos Manual de Navegação e Operação

Portal do Senac: Área Exclusiva para Alunos Manual de Navegação e Operação Portal do Senac: Área Exclusiva para Alunos Índice 1. Introdução... 4 2. Acessando a área exclusiva... 5 3. Trocando a senha... 6 4. Mensagens... 7 4.1. Conhecendo a tela principal... 7 4.2. Criando uma

Leia mais

Conceitos básicos do Painel

Conceitos básicos do Painel Básico Wordpress Conceitos básicos do Painel Logando no Painel de Controle Para acessar o painel de controle do Wordpress do seu servidor siga o exemplo abaixo: http://www.seusite.com.br/wp-admin Entrando

Leia mais

Manual do Usuário. Sumário

Manual do Usuário. Sumário Manual do Usuário Sumário Login... 2 Tela inicial (Dashboard)... 3 Modelo Operacional... 4 Agrupamentos de Menus... 6 Conteúdos / Notícias / Eventos... 9 Capas... 14 Repositório de Arquivos... 17 Enquetes...

Leia mais

Tutorial WEB CONTENT MANAGEMENT [WCM] Obtenha benefícios a partir das aplicações customizadas da ADMT.

Tutorial WEB CONTENT MANAGEMENT [WCM] Obtenha benefícios a partir das aplicações customizadas da ADMT. Tutorial WEB CONTENT MANAGEMENT [WCM] Obtenha benefícios a partir das aplicações customizadas da ADMT. PÁGINA: 2 de 21 Nenhuma parte deste documento pode ser utilizado ou reproduzido, em qualquer meio

Leia mais

Curso de Introdução ao Plone. Instrutores Carlos Alberto Alves Meira Erick Gallani

Curso de Introdução ao Plone. Instrutores Carlos Alberto Alves Meira Erick Gallani Curso de Introdução ao Plone Instrutores Carlos Alberto Alves Meira Erick Gallani Conteúdo Parte I - Conceitos básicos Parte II - Interface do Plone Parte III - Gerenciamento de usuários Parte IV - Criação

Leia mais

Bem- Vindo ao manual de instruções do ECO Editor de COnteúdo.

Bem- Vindo ao manual de instruções do ECO Editor de COnteúdo. Manual de Instruções ECO Editor de Conteúdo Bem- Vindo ao manual de instruções do ECO Editor de COnteúdo. O ECO é um sistema amigável e intui?vo, mas abaixo você pode?rar eventuais dúvidas e aproveitar

Leia mais

02 - Usando o SiteMaster - Informações importantes

02 - Usando o SiteMaster - Informações importantes 01 - Apresentação do SiteMaster - News Edition O SiteMaster foi desenvolvido para ser um sistema simples de gerenciamento de notícias, instalado em seu próprio computador e com configuração simplificada,

Leia mais

LOJAS ESPECIAIS 2014

LOJAS ESPECIAIS 2014 LOJAS ESPECIAIS 2014 LOJAS ESPECIAIS 2014 ÍNDICE Personalização da Página 3 Dúvidas Frequentes 6 LOJAS ESPECIAIS 2014 PERSONALIZAÇÃO DA PÁGINA Para iniciar a personalização acesse Catalogo Gerenciar Categorias

Leia mais

Manual da AGENDA GRACES 2011

Manual da AGENDA GRACES 2011 1 Agenda Graces Manual da AGENDA GRACES 2011 O Sistema Agenda Graces integrada ao Sistema Graces e Agenda Graces Grátis foi desenvolvido pela empresa Quorum Informática. Este Manual tem por objetivo atender

Leia mais

2011 Manual WebAdmin Site

2011 Manual WebAdmin Site 2011 Manual WebAdmin Site Login: Com a integração das páginas de notícias ao site atual da empresa, você consegue publicar notícias e artigos com a cara da sua empresa, sem precisar conhecer os detalhes

Leia mais

Manual do Plone (novo portal do IFCE)

Manual do Plone (novo portal do IFCE) Manual do Plone (novo portal do IFCE) Dezembro/2015 Índice Como criar submenus... 3 Como criar banner rotativo... 4 Como remover um banner... 5 Como criar uma notícia... 6 Como inserir imagem na notícia...

Leia mais

Manual de utilização do Portal Entrelace.org.br. William Oyama www.evisionbrasil.com.br

Manual de utilização do Portal Entrelace.org.br. William Oyama www.evisionbrasil.com.br Manual de utilização do Portal Entrelace.org.br William Oyama www.evisionbrasil.com.br Índice do tutorial 1 Portal entrelace.obr.br 2- Painel Administrativo 3- Informações Restritas 4- Acervo 5- Notícias

Leia mais

Para uma melhor compreensão das ferramentas disponíveis no ambiente, é importante:

Para uma melhor compreensão das ferramentas disponíveis no ambiente, é importante: Módulo A Introdutório - Bases legais, ao Curso políticas, e ao conceituais Ambiente Virtual e históricas da educação Apresentação Este módulo tem por objetivo promover o conhecimento do Ambiente Virtual

Leia mais

SisLegis Sistema de Cadastro e Controle de Leis

SisLegis Sistema de Cadastro e Controle de Leis Sistema de Cadastro e Controle de Leis Desenvolvido por Fábrica de Software Coordenação de Tecnologia da Informação Pág 1/22 Módulo: 1 Responsável: Desenvolvimento Ti Data: 01/11/2012 Versão: 1.0 Empresa:

Leia mais

SUAP MÓDULO PROTOCOLO SUAP MÓDULO PROTOCOLO MANUAL DO USUÁRIO

SUAP MÓDULO PROTOCOLO SUAP MÓDULO PROTOCOLO MANUAL DO USUÁRIO MANUAL DO USUÁRIO Versão 1.0 2010 1 1. INTRODUÇÃO Administradores públicos defrontam-se diariamente com grandes dificuldades para fazer com que processos administrativos, documentos, pareceres e informações

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

Centro de Computação - Unicamp Gerência de Atendimento ao Cliente (e-mail:apoio@turing.unicamp.br) Sumário

Centro de Computação - Unicamp Gerência de Atendimento ao Cliente (e-mail:apoio@turing.unicamp.br) Sumário Sumário Conceitos Microsoft Access 97... 01 Inicialização do Access... 02 Convertendo um Banco de Dados... 03 Criando uma Tabela... 06 Estrutura da Tabela... 07 Propriedades do Campo... 08 Chave Primária...

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2 18 de fevereiro de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 26 de agosto de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é uma

Leia mais

Tema UFPel 2.0 WP Institucional Guia de Opções de Personalização

Tema UFPel 2.0 WP Institucional Guia de Opções de Personalização Tema UFPel 2.0 WP Institucional Guia de Opções de Personalização Sumário 1. Configurações Iniciais...2 1.1. Configurando o Menu Personalizado...2 1.2. Configurando os Widgets...3 2. Localize o nome de

Leia mais

O Blog do Conhecimento (http://blog.df.sebrae.com.br/ugc), desenvolvido pela UGC, é uma

O Blog do Conhecimento (http://blog.df.sebrae.com.br/ugc), desenvolvido pela UGC, é uma MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO BLOG DO CONHECIMENTO APRESENTAÇÃO O Blog do Conhecimento (http://blog.df.sebrae.com.br/ugc), desenvolvido pela UGC, é uma ferramenta de COLABORAÇÃO que tem como objetivo facilitar

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor

Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor Sumário Pré-requisitos para o Moodle... Entrar no Ambiente... Usuário ou senha esquecidos?... Meus cursos... Calendário... Atividades recentes...

Leia mais

Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br

Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br Índice Como acessar o Moodle Editando seu PERFIL Editando o curso / disciplina no Moodle Incluindo Recursos

Leia mais

Usando o Outlook MP Geral

Usando o Outlook MP Geral Usando o Outlook MP Geral Este guia descreve o uso do Outlook MP. Este guia é baseado no uso do Outlook MP em um PC executando o Windows 7. O Outlook MP pode ser usado em qualquer tipo de computador e

Leia mais

Menus Personalizados

Menus Personalizados Menus Personalizados Conceitos básicos do Painel Logando no Painel de Controle Para acessar o painel de controle do Wordpress do seu servidor siga o exemplo abaixo: http://www.seusite.com.br/wp-admin Entrando

Leia mais

NewAgent enterprise-brain

NewAgent enterprise-brain Manual NewAgent enterprise-brain Configuração Manual NewAgent enterprise-brain Configuração Este manual de uso irá ajudá-lo na utilização de todas as funções administrativas que a NewAgent possui e assim,

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE MODERNIZAÇÃO E INFORMÁTICA

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE MODERNIZAÇÃO E INFORMÁTICA MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE MODERNIZAÇÃO E INFORMÁTICA SACI LIVRE SISTEMA DE ADMINISTRAÇÃO DE CONTEÚDO INSTITUCIONAL

Leia mais

1. Introdução pág.3 2. Apresentação do sistema Joomla! pág.4 3. Acessando a administração do site pág.4 4. Artigos 4.1. Criando um Artigo 4.2.

1. Introdução pág.3 2. Apresentação do sistema Joomla! pág.4 3. Acessando a administração do site pág.4 4. Artigos 4.1. Criando um Artigo 4.2. 1. Introdução pág.3 2. Apresentação do sistema Joomla! pág.4 3. Acessando a administração do site pág.4 4. Artigos 4.1. Criando um Artigo 4.2. Editando um Artigo 4.3. Excluindo um Artigo 4.4. Publicar

Leia mais

Universidade Federal do Mato Grosso - STI-CAE. Índice

Universidade Federal do Mato Grosso - STI-CAE. Índice CAPA Universidade Federal do Mato Grosso - STI-CAE Índice 1. Página da área administrativa... 1.1 Botões e campo iniciais... 2. Explicar como funcionam as seções... 2.1. Seções dinâmicos... 2.1.1 Como

Leia mais

XXIV SEMANA MATEMÁTICA

XXIV SEMANA MATEMÁTICA XXIV SEMANA ACADÊMICA DA MATEMÁTICA Minicurso: Produção de Páginas Web para Professores de Matemática Projeto de Extensão: Uma Articulação entre a Matemática e a Informática como Instrumento para a Cidadania

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

Montando um Site. Wordpress

Montando um Site. Wordpress Montando um Site Wordpress O Sistema Wordpress O Wordpress é uma plataforma de vanguarda para publicação pessoal, com foco na estética, nos Padrões Web e na usabilidade. Ao mesmo tempo um software livre

Leia mais

Manual de Uso Wordpress

Manual de Uso Wordpress Manual de Uso Wordpress Olá! Seja bem vindo ao igual. Agora você pode transmitir todas as notícias importantes da sua comunidade de forma mais simples e eficiente. Mas para que isso aconteça, primeiro

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Compartilhamento de Arquivos no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução...

Leia mais

Manual do Usuário PORTAL CNI CMS PUBLICA

Manual do Usuário PORTAL CNI CMS PUBLICA Manual do Usuário PORTAL CNI CMS PUBLICA SUMÁRIO 1. CONCEITOS INICIAIS...04 1.1 O que é um CMS?...04 1.2 Especificidades do Publica...04 1.3 O que é uma template?...04 1.4 O que são Páginas...04 1.5 O

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Se ainda tiver dúvidas entre em contato com a equipe de atendimento: Por telefone: 0800 642 3090 Por e-mail atendimento@oisolucoespraempresas.com.br Introdução... 3 1. O que é o programa Oi Backup Empresarial?...

Leia mais

Manual do Sistema de Apoio Operadores CDL

Manual do Sistema de Apoio Operadores CDL N / Rev.: Manual 751.1/02 Este documento não deve ser reproduzido sem autorização da FCDL/SC Aprovação: Representante da Direção Ademir Ruschel Elaboração: Supervisor da Qualidade Sílvia Regina Pelicioli

Leia mais

Manual de instalação, configuração e utilização do Assinador Betha

Manual de instalação, configuração e utilização do Assinador Betha Manual de instalação, configuração e utilização do Assinador Betha Versão 1.5 Histórico de revisões Revisão Data Descrição da alteração 1.0 18/09/2015 Criação deste manual 1.1 22/09/2015 Incluído novas

Leia mais

M Manual ZAIG P. 1 of 35. Project: ZAIG ID: 028 Description: Manual descritivo de utilização das principais janelas do publicador

M Manual ZAIG P. 1 of 35. Project: ZAIG ID: 028 Description: Manual descritivo de utilização das principais janelas do publicador M Manual ZAIG P. 1 of 35 Project: ZAIG ID: 028 Description: Manual descritivo de utilização das principais janelas do publicador Date: Version: Author: terça-feira, 13 de abril de 2010 2 Richard Ikeda

Leia mais

Manual do site do Comitê do Itajaí: como inserir e atualizar

Manual do site do Comitê do Itajaí: como inserir e atualizar Manual do site do Comitê do Itajaí: como inserir e atualizar conteúdo autor: Fábio Roberto Teodoro 25 de março de 2010 Sumário 1 Definições 3 2 Interface Administrativa 4 3 Conteúdo 6 3.1 Notícias............................................

Leia mais

MICROSOFT WORD 2007. George Gomes Cabral

MICROSOFT WORD 2007. George Gomes Cabral MICROSOFT WORD 2007 George Gomes Cabral AMBIENTE DE TRABALHO 1. Barra de título 2. Aba (agrupa as antigas barras de menus e barra de ferramentas) 3. Botão do Office 4. Botão salvar 5. Botão de acesso à

Leia mais

Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais - Prodemge. Manual do Usuário. Versão 1.1. ExpressoMG

Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais - Prodemge. Manual do Usuário. Versão 1.1. ExpressoMG Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais - Prodemge Manual do Usuário Versão 1.1 ExpressoMG 14/10/2015 Sumário 1. Apresentação... 4 1.1 Objetivos do Manual... 4 1.2 Público Alvo...

Leia mais

Apresentação. Estamos à disposição para quaisquer dúvidas e sugestões! Atenciosamente, Equipe do Portal UNESC

Apresentação. Estamos à disposição para quaisquer dúvidas e sugestões! Atenciosamente, Equipe do Portal UNESC Sumário Apresentação... 1 1. Orientações Iniciais... 2 2. Recursos... 4 2.1 Rótulos... 4 2.2 Página de Texto Simples... 8 2.3 Página de Texto Formatado... 12 2.4 Site... 16 2.5 Arquivo... 21 2.6 Pasta

Leia mais

15. OLHA QUEM ESTÁ NA WEB!

15. OLHA QUEM ESTÁ NA WEB! 7 a e 8 a SÉRIES / ENSINO MÉDIO 15. OLHA QUEM ESTÁ NA WEB! Sua home page para publicar na Internet SOFTWARES NECESSÁRIOS: MICROSOFT WORD 2000 MICROSOFT PUBLISHER 2000 SOFTWARE OPCIONAL: INTERNET EXPLORER

Leia mais

Sistemas Enturma: Manual de Ferramentas do Usuário

Sistemas Enturma: Manual de Ferramentas do Usuário versão do manual: 1 1 Apresentação A evolução da tecnologia vem provocando uma revolução no ensino. O acesso à Internet e a disseminação do uso do computador vêm mudando a forma de produzir, armazenar

Leia mais

Conheça o Projeto. Apresentação. Finalidade. Objetivo

Conheça o Projeto. Apresentação. Finalidade. Objetivo Manual do Usuário Índice Conheça o Projeto...3 Apresentação...3 Finalidade...3 Objetivo...3 Histórico...4 Usando o Portal...5 Efetuando o cadastro na biblioteca digital...5 Logando na Biblioteca Digital...6

Leia mais

MANUAL DE ADMINISTRAÇÃO DO SOFTWARE E COMUNIDADES DO PORTAL DO SOFTWARE PÚBLICO BRASILEIRO. Em construção

MANUAL DE ADMINISTRAÇÃO DO SOFTWARE E COMUNIDADES DO PORTAL DO SOFTWARE PÚBLICO BRASILEIRO. Em construção MANUAL DE ADMINISTRAÇÃO DO SOFTWARE E COMUNIDADES DO PORTAL DO SOFTWARE PÚBLICO BRASILEIRO Em construção Índice 1. Introdução 2. Cadastrar e Logar no Portal 3. Plataforma de redes Sociais Noosfero 3.1.

Leia mais

Desenvolvida exclusivamente para o Apostilando.com por Marcos Paulo Furlan

Desenvolvida exclusivamente para o Apostilando.com por Marcos Paulo Furlan JOOMLA Desenvolvida exclusivamente para o Apostilando.com por Marcos Paulo Furlan 1 ÍNDICE ÍNDICE... 2 JOOMLA... 3 INSTALANDO UM SERVIDOR WEB LOCAL... 4 Instalando o WampServer.... 4 Instalando o Joomla...

Leia mais

Capítulo 1. Guia de Início Rápido. Você vai aprender a programar a sua primeira reunião em 5 passos fáceis.

Capítulo 1. Guia de Início Rápido. Você vai aprender a programar a sua primeira reunião em 5 passos fáceis. Capítulo 1 Guia de Início Rápido Você vai aprender a programar a sua primeira reunião em 5 passos fáceis. PRIMEIRO PASSO: Entrando no ClaireMeeting Use o seu navegador e acesse: http://www.clairemeeting4.com.br

Leia mais

Copyright 2010, MundoClick Produtora de Internet. Todos os Direitos Reservados

Copyright 2010, MundoClick Produtora de Internet. Todos os Direitos Reservados 1 Apresentação Este manual tem o intuito de orientar a utilização da ferramenta Loja Virtual. Através de descrições, passo a passo e imagens o objetivo é facilitar o uso, oferecer dicas e mostrar os pontos

Leia mais

Guia do Usuário. idocsscan v.2.1.14

Guia do Usuário. idocsscan v.2.1.14 Guia do Usuário idocsscan v.2.1.14 2013 BBPaper_Ds - 2 - Sumário Introdução... 5 Instalação... 7 Inicializando a aplicação... 12 Barras de acesso e informações... 13 Teclas de atalho... 14 Barra de Ferramentas...

Leia mais

MANUAL DO BLOG. Blog IBS

MANUAL DO BLOG. Blog IBS MANUAL DO BLOG Blog IBS Seja bem vindo! O Blog é um website dinâmico, um espaço virtual que usa a internet para compartilhar informações. Por meio do blog você pode publicar textos, opiniões, notícias,

Leia mais

Introdução ao X3. Exercício 1: Criando um registro de Contato

Introdução ao X3. Exercício 1: Criando um registro de Contato Introdução ao X3 Exercício 1: Criando um registro de Contato Inicie por adicionar um novo registro de Contato. Navegue para a tabela de Contato clicando na aba de Contato no alto da página. Existem duas

Leia mais