MÓDULO 02 PROCESSOS E THREADS PROCESSOS e THREADS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MÓDULO 02 PROCESSOS E THREADS PROCESSOS e THREADS"

Transcrição

1 MÓDULO 02 PROCESSOS E THREADS PROCESSOS e THREADS 1. ATIVIDADE 01 Verificar a criação de um processo filho (que imprime de 51 a 100) que rodará concorrentemente com o processo pai (que imprime de 1 a 50) que o criou (o processo filho) usando a rotina fork(). O processo pai deve-se ao programa processo2.c (todo programa está associado a um processo). O processo filho surgiu da rotina fork() chamada pelo processo pai. Um processo criado pelo comando fork() (processo filho) é uma cópia do processo que o criou (processo pai) Conteúdo do programa processo2.c #include <stdio.h> #include <sys/types.h> #include <unistd.h> int main(void) int i,j; pid_t filho; filho = fork(); if (filho == 0) //O código aqui dentro será executado no processo filho for (i=0;i<=50;i++) printf("(%d) sou o processo filho\n",i); else //O código neste trecho será executado no processo pai for (j=51;j<100;j++) printf("(%d) sou o processo pai\n",j); exit(0); 01. Faça o download do arquivo processo2.c no site ( 02. Abra um terminal digitando ctrl + alt + T. 03. Digite o comando pwd para ver em que diretório você está. 04. Vá para pasta download do usuário (cd /home/aluno/downloads).

2 05. Digite ls para visualizar os arquivos 06. Digite o comando pwd para visualizar em que diretório você está 07. Digite gedit processo2.c para visualizar o código fonte 08. Saia digitando no terminal ctrl+c 09. Execute o comando cp processo2.c <seunome>processo2.c 10. Compile o programa <seunome>processo2.c ( gcc <seunome>processo2.c -o <seunome>processo2 ) 11. Rode o executável <seunome>processo2 que foi gerado (./<seunome>processo2 ). 12. Abra outro terminal (digitando ctrl + alt + T ) e neste outro terminal digite ps -la e verifique no terminal que dois processos foram criados com o nome <seunome>processo2. 2. ATIVIDADE 02 Verificar a criação de 02 threads (uma imprime de 1 a 50 e a outra de 51 a 100) que rodarão concorrentemente. As duas threads pertencem ao processo thread2 que foi criado pelo programa thread2.c (todo programa está associado a um processo) Conteúdo do arquivo thread2.c #include <time.h> #include <pthread.h> void *espera1(void *tmp) for(i=0;i<=50;i++)printf("(%d) - Oi eu sou a thread %d \n",i,v); void *espera2(void *tmp) for(i=51;i<=100;i++)printf("(%d) - Oi eu sou a thread %d \n",i,v); int main() pthread_t linhas[2]; int execute,i; int v; srand(time(null)); i=0; execute = pthread_create(&linhas[i],null,espera1,(void*) i); i=1; execute = pthread_create(&linhas[i],null,espera2,(void*) i); pthread_exit(null);

3 01. Faça o download do arquivo thread2.c no site ( 02. Abra um terminal digitando ctrl + alt + T 03. Digite o comando ls 04. Vá para pasta download do usuário (cd /home/aluno/downloads) 05. Digite ls para visualizar os arquivos 06. Digite o comando pwd para visualizar em que diretório você está. 07. Digite gedit thread2.c para visualizar o código fonte 08. Saia digitando no terminal ctrl+c. 09. Execute o comando cp thread2.c <seunome>thread2.c 10. Compile o programa <seunome>thread2.c ( gcc <seunome>thread2.c -lpthread -o <seunome>thread2 ) 11.Rode o executável <seunome>thread2 que foi gerado (./<seunome>thread2 ) 12. Abra outro termina digitando ctrl + alt + T e neste outro terminal digite ps -lam. Você verificará um apenas um processo sendo executado. Isto ocorre pois as threads compartilham o mesmo contexto de software e espaço de endereçamento do processo) e possuem apenas contexto de hardware distintos. ATIVIDADE 03 Verificar a criação de um processo neto (que imprime de 100 a 151) que rodará concorrentemente com o processo filho (que imprime de 51 a 100) e com o processo pai (que imprime de 0 a 50). O processo pai deve-se ao programa processo3.c (todo programa está associado a um processo). O processo filho surgiu da rotina fork() chamada pelo processo pai. O processo neto surgiu da rotina fork() chamada pelo processo filho. Um processo criado pelo comando fork() (processo filho) é uma cópia do processo que o criou (processo pai). Conteúdo do arquivo processo3.c #include <stdio.h> #include <sys/types.h> #include <unistd.h> int main(void) int i,j; pid_t filho,neto; filho = fork(); if (filho == 0) neto=fork(); if (neto==0) //O código aqui dentro será executado no processo neto for (i=0;i<=50;i++) printf("(%d) sou o processo neto\n",i); else //O código aqui dentro será executado no processo filho for (i=101;i<=150;i++) printf("(%d) sou o processo filho\n",i);

4 else //O código neste trecho será executado no processo pai for (j=51;j<100;j++) printf("(%d) sou o processo pai\n",j); exit(0); 01. Faça o download do arquivo processo2.c no site ( 02. Abra um terminal digitando ctrl + alt + T. 03. Digite o comando pwd para ver em que diretório você está. 04. Vá para pasta download do usuário (cd /home/aluno/downloads). 05. Digite ls para visualizar os arquivos 06. Digite o comando pwd para visualizar em que diretório você está 07. Digite gedit processo3.c para visualizar o código fonte 08. Saia digitando no terminal ctrl+c 09. Execute o comando cp processo3.c <seunome>processo3.c 10. Compile o programa <seunome>processo3.c ( gcc <seunome>processo3.c -o <seunome>processo3 ). 10. Rode o executável <seunome>processo3 que foi gerado (./<seunome>processo3 ). 11. Abra outro terminal (digitando ctrl + alt + T ) e neste outro terminal digite ps -la e verifique que três processos foram criados com o nome <seunome>processo3. ATIVIDADE 04 Verificar a criação de 03 threads (uma imprime de 1 a 50,outra de 51 a 100 e a terceira de 101 a 150) que rodarão concorrentemente. As duas threads pertencem ao processo thread3 que foi criado pelo programa thread3.c (todo programa está associado a um processo) Conteúdo do arquivo thread3.c #include <stdio.h> #include <time.h> #include <pthread.h> void *espera1(void *tmp) for(i=0;i<=50;i++)printf("(%d) - Oi eu sou a thread %d \n",i,v); void *espera2(void *tmp)

5 for(i=51;i<=100;i++)printf("(%d) - Oi eu sou a thread %d \n",i,v); void *espera3(void *tmp) for(i=151;i<=150;i++)printf("(%d) - Oi eu sou a thread %d \n",i,v); int main() pthread_t linhas[2]; int execute,i; int v; srand(time(null)); i=0; execute = pthread_create(&linhas[i],null,espera1,(void*) i); i=1; execute = pthread_create(&linhas[i],null,espera2,(void*) i); i=2; execute = pthread_create(&linhas[i],null,espera3,(void*) i); pthread_exit(null); 01. Faça o download do arquivo thread3.c no site ( 02. Abra um terminal digitando ctrl + alt + T 03. Digite o comando ls 04. Vá para pasta download do usuário (cd /home/aluno/downloads) 05. Digite ls para visualizar os arquivos 06. Digite o comando pwd para visualizar em que diretório você está. 07. Digite gedit thread3.c para visualizar o código fonte 08. Saia digitando no terminal ctrl+c. 09. Execute o comando cp thread3.c <seunome>thread3.c 10. Compile o programa <seunome>thread3.c ( gcc <seunome>thread3.c -lpthread -o <seunome>thread3 ) 11.Rode o executável <seunome>thread3 que foi gerado (./<seunome>thread3 ) 12. Abra outro termina digitando ctrl + alt + T e neste outro terminal digite ps -lam. Você verificará um apenas um processo sendo executado. Isto ocorre pois as threads compartilham o mesmo contexto de software e espaço de endereçamento do processo) e possuem apenas contexto de hardware distintos. ATIVIDADE 05 Verificação do significado de comandos associados a processos 01. Digite o comando man ps e verifique o significado das colunas abaixo quando executamos o comando ps -la: UID:

6 PID: PRI: 02. Abra um terminal com ctr+alt+t e execute o comando./<seunome>processo3. Abra outro terminal e execute o comando ps -la e identifique o PID de um dos processos gerados pelo programa <seunome>processo3. Saia (digite q ) e então efetue então o comando kill -9 PID (PID é o que você identificou). O que ocorreu?

Processos. Adão de Melo Neto

Processos. Adão de Melo Neto Processos Adão de Melo Neto 1 EXECUTE O SEGUINTE Baixa a aula dos dias 20 MAR 15 e 08 MAI 15 e salve no computador. Feche o browser Inicialize o vmware player e inicialize a máquina virtual ubuntu Inicialize

Leia mais

http://www.csl.mtu.edu/cs4411/www/notes/process/fork/create.html

http://www.csl.mtu.edu/cs4411/www/notes/process/fork/create.html http://www.csl.mtu.edu/cs4411/www/notes/process/fork/create.html FORK() SYSTEM CALL * UTILIZADO PARA CRIAR SUBPROCESSO * PROCESSO QUE CRIA É PAI * PROCESSO CRIADO É O FILHO * APÓS A CRIAÇÃO AMBOS OS PROCESSO

Leia mais

Arquiteturas de Computadores Paralelos

Arquiteturas de Computadores Paralelos Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Tecnologia de Análise e Desenvolvimento de Sistemas Organização de Computadores Prof. André Luiz 1 Paralelismo O estudo de paralelismo

Leia mais

Processos em Unix. Conteúdo: Definição de Processos em Unix Estrutura, tipo e escalonamento de processos em Unix Processos, Pai, Filho e Zumbi.

Processos em Unix. Conteúdo: Definição de Processos em Unix Estrutura, tipo e escalonamento de processos em Unix Processos, Pai, Filho e Zumbi. Processos em Unix Conteúdo: Definição de Processos em Unix Estrutura, tipo e escalonamento de processos em Unix Processos, Pai, Filho e Zumbi. O que é um Processo em Unix? É um espaço de endereçamento

Leia mais

Trabalhando com Processos e Threads em Ambiente LINUX

Trabalhando com Processos e Threads em Ambiente LINUX Objetivo Universidade Federal do ABC Disciplina: BC 1518 Sistemas Operacionais (SO) Prática: Processo/Threads Atividade 3 Trabalhando com Processos e Threads em Ambiente LINUX 1.Trabalhar com comandos

Leia mais

Comandos Básicos do Linux/Unix

Comandos Básicos do Linux/Unix Comandos Básicos do Linux/Unix Vou partir do pressuposto que você sabe o básico de um sistema Linux/Unix. É importante para qualquer usuário de sistemas baseados em Unix aprender a trabalhar no modo texto

Leia mais

Threads em Ambiente LINUX. Estudo e testes com a biblioteca pthreads

Threads em Ambiente LINUX. Estudo e testes com a biblioteca pthreads Universidade Federal do ABC Disciplina: BC 1518 Sistemas Operacionais (SO) Prática: Threads Atividade 3 Threads em Ambiente LINUX Objetivo Estudo e testes com a biblioteca pthreads Threads Como vimos em

Leia mais

Sistemas Operacionais e Introdução à Programação. Módulo 1 Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais e Introdução à Programação. Módulo 1 Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais e Introdução à Programação Módulo 1 Sistemas Operacionais 1 Objetivos: Laboratório 1 1. Usar comandos básicos para visualização e manipulação de processos 2. Entender o escalonamento

Leia mais

Programação com Posix Threads

Programação com Posix Threads 9 Programação com Posix Threads Revisão: Data: 11-03-2016 Cap. 9 1/6 Programação multi-threaded com Pthreads 9.1. O que é uma thread? Um processo represente a execução pelo sistema operativo dum programa.

Leia mais

Manipulação de processos

Manipulação de processos Manipulação de processos Luiz Affonso Guedes 1 Ivanovitch Silva 1 affonso@dca.ufrn.br ivan@dca.ufrn.br 1 Universidade Federal do Rio Grande do Norte 17 de setembro de 2009 Processos DCA0109 1 / 18 Sumário

Leia mais

Programação 2009/2010 MEEC

Programação 2009/2010 MEEC Programação 2009/2010 MEEC Laboratório 1 Semana de 28 de Setembro de 2009 SCDEEC Leia com atenção as regras de funcionamento da Sala de Computadores do DEEC (http://scdeec.ist.utl.pt/ e http://scdeec.ist.utl.pt/regras_utilizacao).

Leia mais

Computação para Informática - Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Primeira Aula Prática

Computação para Informática - Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Primeira Aula Prática Computação para Informática - Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Primeira Aula Prática 1 Introdução No Unix não existe uma interface padrão. Você pode escolher, alterar, tirar e muito mais com diversas

Leia mais

Tutorial: Programando no Linux

Tutorial: Programando no Linux UECE Universidade Estadual do Ceará CCT Centro de Ciências e Tecnologia Curso de Ciência da Computação Tutorial: Programando no Linux Alunos: Henrique Neto e João Gonçalves Professora: Ana Luiza E-mails:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE INFORMÁTICA INFORMÁTICA APLICADA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE INFORMÁTICA INFORMÁTICA APLICADA Responda 1) Quem desenvolveu a linguagem C? Quando? 2) Existe alguma norma sobre a sintaxe da linguagem C? 3) Quais são os tipos básicos de dados disponíveis na linguagem C? 4) Quais são as principais

Leia mais

PROCESSOS. Prof. Maicon A. Sartin mapsartin@gmail.com

PROCESSOS. Prof. Maicon A. Sartin mapsartin@gmail.com PROCESSOS Prof. Maicon A. Sartin mapsartin@gmail.com Cenários em Sistemas Multitarefas Um usuário pode executar diversas atividades simultâneas Música Editoração de texto Navegar na Internet Servidor pode

Leia mais

2 Um Primeiro Programa em C

2 Um Primeiro Programa em C 2 Um Primeiro Programa em C Ronaldo F. Hashimoto, Carlos H. Morimoto e José A. R. Soares OobjetivodessaaulaéintroduzirvocêàlinguagemCemambienteLinux,primeiramentemostrandoasua estrutura, e a seguir com

Leia mais

Sistemas Operacionais INF 09344 Prof. José Gonçalves

Sistemas Operacionais INF 09344 Prof. José Gonçalves Sistemas Operacionais INF 09344 Prof. José Gonçalves 1 o Trabalho de Programação Período: 2014/1 Data de Entrega: 2/6/2014 Parte I. Usando Fork e Wait Você deve criar um programa C partei.c. Durante a

Leia mais

Introdução ao Linux. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais Campus Pouso Alegre

Introdução ao Linux. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais Campus Pouso Alegre Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais Campus Pouso Alegre Introdução ao Linux Comandos Ubuntu/Linux Michelle Nery Agenda Comandos do Sistema Comandos para Processos

Leia mais

Roteiro 3: Sistemas Linux arquivos e diretórios

Roteiro 3: Sistemas Linux arquivos e diretórios Roteiro 3: Sistemas Linux arquivos e diretórios Objetivos Detalhar conceitos sobre o sistema operacional Linux; Operar comandos básicos de sistemas Linux em modo Texto; Realizar a manutenção de arquivos

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Administração de Servidores de Rede AULA 03. Prof. Gabriel Silva

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Administração de Servidores de Rede AULA 03. Prof. Gabriel Silva FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Administração de Servidores de Rede AULA 03 Prof. Gabriel Silva Temas da Aula de Hoje: Servidores Linux. Conceitos Básicos do Linux. Instalando Servidor Linux.

Leia mais

SVCs para Controle de Processos no Unix (cont.) Sistemas Operacionais

SVCs para Controle de Processos no Unix (cont.) Sistemas Operacionais SVCs para Controle de Processos no Unix (cont.) Primitivas exec..() As primitivas exec constituem, na verdade, uma família de funções que permitem a um processo executar o código de outro programa. Não

Leia mais

Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais Programação Concorrente Introdução Edson Moreno edson.moreno@pucrs.br http://www.inf.pucrs.br/~emoreno Introdução Programa Seqüencial Representado por apenas um processo Existe apenas

Leia mais

LINGUAGEM C UMA INTRODUÇÃO

LINGUAGEM C UMA INTRODUÇÃO LINGUAGEM C UMA INTRODUÇÃO AULA 1 Conceitos muito básicos 1 Introdução O C nasceu na década de 70. Seu inventor, Dennis Ritchie, implementou-o pela primeira vez usando um DEC PDP-11 rodando o sistema operacional

Leia mais

Introdução ao Linux: Parte I

Introdução ao Linux: Parte I Data: Introdução ao Linux: Parte I Marcelo Ribeiro Xavier da Silva marceloo@inf.ufsc.br Histórico 3 Origem do GNU Linux Em 1983, Richard Stallman fundou a Free Software Foundation, com o intuito de criar

Leia mais

DCC 003 Algoritmos e Estruturas de Dados I Tutorial de instalação do GCC e do TextPad

DCC 003 Algoritmos e Estruturas de Dados I Tutorial de instalação do GCC e do TextPad DCC 003 Algoritmos e Estruturas de Dados I Tutorial de instalação do GCC e do TextPad Semestre: 2012-2 Professor: Daniel Fernandes Macedo Introdução Durante as aulas práticas, iremos utilizar nos laboratórios

Leia mais

Aula 4 Comandos Básicos Linux. Prof.: Roberto Franciscatto

Aula 4 Comandos Básicos Linux. Prof.: Roberto Franciscatto Sistemas Operacionais Aula 4 Comandos Básicos Linux Prof.: Roberto Franciscatto Prompt Ao iniciar o GNU/Linux, a primeira tarefa a ser executada é o login no sistema, o qual deve ser feito respondendo

Leia mais

SVCs para Controle de Processos no Unix. Sistemas Operacionais

SVCs para Controle de Processos no Unix. Sistemas Operacionais SVCs para Controle de Processos no Unix Criação de Processos A maioria dos sistemas operacionais usa um mecanismo de spawn para criar um novo processo a partir de um outro executável. LPRM/DI/UFES 2 Criação

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO LUZ DO SABER

MANUAL DE INSTALAÇÃO LUZ DO SABER MANUAL DE INSTALAÇÃO LUZ DO SABER Sumário Sumário...2 Instalação do Luz do Saber no Linux...3 1ª opção Utilizando um Instalador...3 2ª opção Utilizando comandos no Konsole...6 Observações Importantes...7

Leia mais

Introdução à Programação de Computadores

Introdução à Programação de Computadores 1 / 32 Introdução à Programação de Computadores Professora: Marina Andretta Estagiário PAE: Leandro Mundim Monitor: João Vitor ICMC/USP 28/02/2014 2 / 32 Plano 1 Introdução 2 Sistema Operacional 3 Editores

Leia mais

Você pode testar se está tudo OK, abrindo um navegador no Debian Linux e acessando qualquer site.

Você pode testar se está tudo OK, abrindo um navegador no Debian Linux e acessando qualquer site. Você pode testar se está tudo OK, abrindo um navegador no Debian Linux e acessando qualquer site. Foi necessário configurar esse segundo adaptador, porque talvez seja necessário fazer o download de alguma

Leia mais

Bem-vindo ao Guia de Introdução - Utilitários

Bem-vindo ao Guia de Introdução - Utilitários Bem-vindo ao Guia de Introdução - Utilitários Table of Contents File Recover... 1 Introdução do File Recover... 1 Instalação... 1 Introdução... 2 iii File Recover Introdução do File Recover Instalação

Leia mais

Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais Prof. Jó Ueyama Apresentação baseada nos slides da Profa. Kalinka Castelo Branco, do Prof. Dr. Antônio Carlos Sementille e da Profa. Dra. Luciana A. F. Martimiano e nas transparências

Leia mais

17 - Funções e Procedimentos em C Programação Modular

17 - Funções e Procedimentos em C Programação Modular 17 - Funções e Procedimentos em C Programação Modular Unesp Campus de Guaratinguetá Curso de Programação Computadores Prof. Aníbal Tavares Profa. Cassilda Ribeiro Ministrado por: Prof. André Amarante 17

Leia mais

Manual de Comando Linux

Manual de Comando Linux Manual de Comando Linux 1 Índice Índice... 2 Introdução... 3 Comandos Simples Linux... 3 Gerir Directórios e Ficheiros... 4 Gerir processos... 6 Estrutura de Diretórios do LINUX... 6 Executar comandos

Leia mais

LP II Estrutura de Dados. Introdução e Linguagem C. Prof. José Honorato F. Nunes honorato.nunes@ifbaiano.bonfim.edu.br

LP II Estrutura de Dados. Introdução e Linguagem C. Prof. José Honorato F. Nunes honorato.nunes@ifbaiano.bonfim.edu.br LP II Estrutura de Dados Introdução e Linguagem C Prof. José Honorato F. Nunes honorato.nunes@ifbaiano.bonfim.edu.br Resumo da aula Considerações Gerais Introdução a Linguagem C Variáveis e C Tipos de

Leia mais

LABORATÓRIO SISTEMAS OPERACIONAIS

LABORATÓRIO SISTEMAS OPERACIONAIS FACULDADE: CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA UniCEUB CURSO: CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO DISCIPLINA: SISTEMAS OPERACIONAIS CARGA HORÁRIA: 75 H. A. ANO/SEMESTRE: 2016/02 PROFESSOR: EDUARDO FERREIRA DOS SANTOS HORÁRIOS:

Leia mais

Sistemas Operacionais I

Sistemas Operacionais I UFRJ IM - DCC Sistemas Operacionais I Unidade II - 18/9/2009 Prof. Antonio Carlos Gay Thomé Prof. Aux. Simone Markenson Pech 1 Conceituação Estruturas de Controle Modos de execução do S.O. Estados de um

Leia mais

Comunicação entre pai e filho

Comunicação entre pai e filho Comunicação entre pai e filho Ao chamar um fork(), processos pai e filho deixam de compartilhar memória Como fazer então para que o resultado de um processo possa ser recebido pelo outro? Exemplos: Processo

Leia mais

Guia de instalação para ambiente de Desenvolvimento LINUX

Guia de instalação para ambiente de Desenvolvimento LINUX Guia de instalação para ambiente de Desenvolvimento LINUX Conteúdo deste manual Introdução O guia de instalação... 3 Capítulo 1 Instalando o servidor Web Apache... 4 Teste de instalação do Apache... 9

Leia mais

1. PROLOGO ==========

1. PROLOGO ========== 1997 - Hackers Iniciantes em Linguagem C 1997 - RoyalBug - thedarkage@mail.geocities.com thedarkage2@mail.geocities.com 1997 - The Black Church MANUAL C 01 ================ 1997 - http://www.pcs.usp.br/~peasilva/

Leia mais

Sistema Operacional Ex: Complexo Computador multiusuário com vários terminais Tem que administrar todos os pedidos de usuários e assegurar que eles

Sistema Operacional Ex: Complexo Computador multiusuário com vários terminais Tem que administrar todos os pedidos de usuários e assegurar que eles Sistema Operacional Conjunto de programas que inicializam o hardware do computador; Fornece rotinas básicas para o controle de dispositivos; Fornece gerência, escalonamento e interação de tarefas; Mantém

Leia mais

E.E.E.P. Dr. Solon Tavares Sistemas Operacionais Prof. Henrique Cordeiro. Programação Concorrente em Linux

E.E.E.P. Dr. Solon Tavares Sistemas Operacionais Prof. Henrique Cordeiro. Programação Concorrente em Linux E.E.E.P. Dr. Solon Tavares Sistemas Operacionais Prof. Henrique Cordeiro Programação Concorrente em Linux O Conceito de Processo no Linux O conceito de processo é fundamental para qualquer sistema operacional

Leia mais

- Computador Servidor: É o computador que armazenará o banco de dados do programa. Não necessariamente precisa rodar o Hábil Enterprise.

- Computador Servidor: É o computador que armazenará o banco de dados do programa. Não necessariamente precisa rodar o Hábil Enterprise. Hábil Enterprise Copyright 2009 2010 Koinonia Software Ltda. Fone: 0**46 3225-6234 Suporte: http://www.habilenterprise.com.br/suporte As orientações abaixo devem ser utilizadas para fazer a instalação

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 5 - Iniciando o modo texto. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática

Sistema Operacional Unidade 5 - Iniciando o modo texto. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática Sistema Operacional Unidade 5 - Iniciando o modo texto Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 OPERANDO EM MODO TEXTO... 3 Abrindo o terminal... 3 Sobre o aplicativo Terminal... 3 AS CORES

Leia mais

Arquitetura de Computadores Sistemas Operacionais II

Arquitetura de Computadores Sistemas Operacionais II Definição de Processo Arquitetura de Computadores Sistemas Operacionais II Processo é o mesmo de Programa? Programa Estrutura estática Instruções + Dados Processo Entidade Ativa Instância de um Programa

Leia mais

Laboratório de Sistemas Operacionais

Laboratório de Sistemas Operacionais Laboratório de Sistemas Operacionais Módulo 1 Gerência de Memória e de Processos Prof. Maxwell Anderson www.maxwellanderson.com.br Agenda Comandos para gerenciamento de processos: top, htop, ps, kill,

Leia mais

Compartilhando arquivos com o samba

Compartilhando arquivos com o samba Compartilhando arquivos com o samba Para compartilhar arquivos em uma rede local windows, a microsoft utiliza o protocolo smb (server message block). O samba foi criado para que máquinas linux possam compartilhar

Leia mais

Sistemas Operacionais de Rede Linux - Gerenciamento de Arquivos

Sistemas Operacionais de Rede Linux - Gerenciamento de Arquivos Sistemas Operacionais de Rede Linux - Gerenciamento de Arquivos Conteúdo Programático Login e Logout Iniciando e Desligando o Sistema Tipos de arquivo Texto Binário Arquivos e Diretório Manipulação de

Leia mais

Material sobre Funções AEDS 1

Material sobre Funções AEDS 1 Material sobre Funções AEDS 1 1 Funções - revisão Funções definem operações que são usadas frequentemente Funções, na matemática, requerem parâmetros de entrada e definem um valor de saída 2 Funções -

Leia mais

Objetivos: Entender o funcionamento dos programas Java via linha de comando

Objetivos: Entender o funcionamento dos programas Java via linha de comando Algoritmos e Programação I Aula de Laboratório Objetivos: Entender o funcionamento dos programas Java via linha de comando 1. A Linha de Comando: DOS ou Shell Apesar dos usuários geralmente não enxergarem

Leia mais

OO Engenharia Eletrônica

OO Engenharia Eletrônica OO Engenharia Eletrônica - Programação em C/C++ Slides 18: Introdução à Multithreading. Introdução à Multithreading: execução concorrente de tarefas. Exemplos usando a biblioteca pthread que é de acordo

Leia mais

Programação de Sistemas Array Sistólico

Programação de Sistemas Array Sistólico Programação de Sistemas Array Sistólico Programação de Sistemas Array sistólico : 1/7 Problema (1) [Definição] Um array sistólico 1 é um sistema composto por células dispostas matricialmente. Cada célula

Leia mais

Sistemas Operacionais Aula 01

Sistemas Operacionais Aula 01 1 Defina Hardware e Software. 2 O que é Software Livre? 3 O que é Sistema Operacional? Dê Exemplos. 4 O que são Distribuições Linux? Dê exemplos. Aula 01 5 Onde podemos conseguir uma cópia do Linux Ubuntu?

Leia mais

MC102: Primeira aula de laboratório

MC102: Primeira aula de laboratório : Primeira aula de laboratório 2016 1 / 15 Instruções iniciais MC102 Laboratórios Em geral de um a dois laboratório por semana cobrindo tópicos vistos em aulas anteriores. Laboratórios entram no ar sempre

Leia mais

Trabalho de Sistema de Informações. Instalação e configuração aplicativo Ocomon

Trabalho de Sistema de Informações. Instalação e configuração aplicativo Ocomon Trabalho de Sistema de Informações Aluno: Paulo Roberto Carvalho da Silva Instalação e configuração aplicativo Ocomon O trabalho tem como objetivo o estudo de caso,a instalação, configuração e funcionamento

Leia mais

Construa a função insere_lista para inserir um elemento na lista ordenada, duplamente encadeada, descrita acima.

Construa a função insere_lista para inserir um elemento na lista ordenada, duplamente encadeada, descrita acima. DEPARTAMENTO DE SISTEMAS E COMPUTAÇÃO Disciplina: Sistemas Operacionais Teste de verificação de pré-requisitos Considere as definições de tipos abaixo: type Aponta_Nodo = ^Nodo; NODO Nodo = record Info

Leia mais

Processos. Estados principais de um Processo: Contexto de um Processo. Nível de um Processo. http://www.dei.isep.ipp.pt/~orlando/so2/processos.

Processos. Estados principais de um Processo: Contexto de um Processo. Nível de um Processo. http://www.dei.isep.ipp.pt/~orlando/so2/processos. Página 1 de 5 Processos Consiste num método de descrição das actividades de um sistema operativo; Todo o software incluído no sistema operativo é organizado num grupo de programas executáveis. Cada um

Leia mais

MÓDULO 01 INTRODUÇÃO AO LINUX

MÓDULO 01 INTRODUÇÃO AO LINUX MÓDULO 01 INTRODUÇÃO AO LINUX TÓPICO 21 TÓPICO 22 TÓPICO 23 COMANDOS GERAIS ARQUIVOS E DIRETÓRIOS USUÁRIOS TÓPICO 21 COMANDOS GERAIS man date df -h arch clear logout echo login sudo TEORIA O comando man

Leia mais

Arquitetura de Sistemas Operacionais

Arquitetura de Sistemas Operacionais Arquitetura de Sistemas Operacionais Francis Berenger Machado / Luiz Paulo Maia Processo Profº Antonio Carlos dos S. Souza Estrutura do Processo Contexto de Software Contexto de Hardware Programa Espaço

Leia mais

Sistemas Operacionais I

Sistemas Operacionais I UFRJ IM - DCC Sistemas Operacionais I Unidade II - Threads 24/04/2014 Prof. Valeria M. Bastos 1 ORGANIZAÇÃO DA UNIDADE Threads Processos Threads Conceituação Descrição e Imagem de uma Thread Tipos de thread

Leia mais

Receita de bolo para instalar MinGW-GCC e Netbeans em Windows

Receita de bolo para instalar MinGW-GCC e Netbeans em Windows Receita de bolo para instalar MinGW-GCC e Netbeans em Windows Hae Yong Kim 13/08/2014 Este documento explica como fiz para instalar compilador MinGW-GCC e ambiente de desenvolvimento Netbeans em Windows.

Leia mais

Sistemas Operacionais e Introdução à Programação. Módulo 1 Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais e Introdução à Programação. Módulo 1 Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais e Introdução à Programação Módulo 1 Sistemas Operacionais 1 Objetivos: Laboratório 1 1. Entender o escalonamento de processos no Linux 2. Entender aspectos do uso de memória por processos

Leia mais

Q1 Q2 Q3 Nota. Departamento de Informática - PUC-Rio INF 1005 Programação I P2 20/10/2010. Aluno: Exemplo (apenas um exemplo!):

Q1 Q2 Q3 Nota. Departamento de Informática - PUC-Rio INF 1005 Programação I P2 20/10/2010. Aluno: Exemplo (apenas um exemplo!): Matrícula: Departamento de Informática - PUC-Rio Turma: Q1 Q2 Q3 Questão 1) (3.0 pontos) Uma empresa permite que seus funcionários façam chamadas internacionais a partir de seus ramais, mas mantém um registro

Leia mais

Labgrad. Usúario: <matricula> Senha: senha

Labgrad. Usúario: <matricula> Senha: senha Suporte A equipe do Suporte é responsável pela gerência da rede do Departamento de Informática, bem como da manutenção dos servidores da mesma, e também é responsável pela monitoria do LabGrad e do LAR.

Leia mais

NIVEL LOCAL 1º Passo: Acessar o sinasc_local. No menu Ferramentas, selecionar Atualização de Dados e clicar em Auditoria (ver tela abaixo).

NIVEL LOCAL 1º Passo: Acessar o sinasc_local. No menu Ferramentas, selecionar Atualização de Dados e clicar em Auditoria (ver tela abaixo). COMO FAZER AUDITORIA: Como fazer a Auditoria, comparando o nível local com o nível estadual ou federal A Auditoria é uma ferramenta essencialmente voltada para a gestão dos sistemas. É uma funcionalidade

Leia mais

Notas da Aula 4 - Fundamentos de Sistemas Operacionais

Notas da Aula 4 - Fundamentos de Sistemas Operacionais Notas da Aula 4 - Fundamentos de Sistemas Operacionais 1. Threads Threads são linhas de execução dentro de um processo. Quando um processo é criado, ele tem uma única linha de execução, ou thread. Esta

Leia mais

REQUISIÇÃO DE CERTIFICADO SERVIDOR WEB APACHE PARA MICROSOFT WINDOWS

REQUISIÇÃO DE CERTIFICADO SERVIDOR WEB APACHE PARA MICROSOFT WINDOWS REQUISIÇÃO DE CERTIFICADO SERVIDOR WEB APACHE PARA MICROSOFT WINDOWS Para confecção desse manual, foi usado o Sistema Operacional Windows XP Professional e Servidor Web Apache 2.0. Algumas divergências

Leia mais

Sistema Operacional LINUX

Sistema Operacional LINUX SISTEMA OPERACIONAL Sistema Operacional LINUX Para que o computador funcione e possibilite a execução de programas é necessária a existência de um sistema operacional. O sistema operacional é uma camada

Leia mais

Treinamento para Manutenção dos Telecentros

Treinamento para Manutenção dos Telecentros Treinamento para Manutenção dos Telecentros Módulo II :: Utilizando o Linux Básico do Sistema Manoel Campos da Silva Filho Professor do IFTO/Palmas 1 2 Código Aberto/Open Source Programas (softwares/aplicativos)

Leia mais

ENDEREÇOS DE REDE PRIVADOS. 10.0.0.0 até 10.255.255.255 172.16.0.0 até 172.31.255.255 192.168.0.0 até 192.168.255.255. Kernel

ENDEREÇOS DE REDE PRIVADOS. 10.0.0.0 até 10.255.255.255 172.16.0.0 até 172.31.255.255 192.168.0.0 até 192.168.255.255. Kernel ENDEREÇOS DE REDE PRIVADOS Foram reservados intervalos de endereços IP para serem utilizados exclusivamente em redes privadas, como é o caso das redes locais e Intranets. Esses endereços não devem ser

Leia mais

Instalação do serviço de FTP com o Proftpd

Instalação do serviço de FTP com o Proftpd Tutorial - Proftpd Instalação do serviço de FTP com o Proftpd O Proftpd é um dos mais utilizados servidores de FTP da plataforma Linux. Sua instalação é rápida e fácil. Para instalar o pacote, digite o

Leia mais

Simulador de Sistemas de Arquivos

Simulador de Sistemas de Arquivos Simulador de Sistemas de Arquivos Trabalho Prático 1 Disciplina: Sistemas Operacionais 2009/1 Professor Humberto César Brandão de Oliveira O trabalho possui dois requisitos fundamentais: a. Entrega do

Leia mais

Manual de Instalação do SAB

Manual de Instalação do SAB 01/10/2008 Índice 1. Objetivo... 3 2. Procedimentos para Instalação do SAB... 4 2.1. Através de download do executável no Site 100% Corretor... 4 2.2. Através do CD Instalador... 5 2.3. Instalação Local

Leia mais

UFSM Introdução ao Dev-C++ Profa. Patrícia Pitthan. Introdução ao Dev-C++

UFSM Introdução ao Dev-C++ Profa. Patrícia Pitthan. Introdução ao Dev-C++ Introdução ao Dev-C++ O Dev-C++ oferece um ambiente que integra um editor de textos a um compilador para linguagem C. O compilador usado pelo Dev-C++ é o gcc (Gnu C Compiler). 1) Primeiro programa Para

Leia mais

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 9. Revisão Aula Anterior Estruturas de Decisão (If e Switch)

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 9. Revisão Aula Anterior Estruturas de Decisão (If e Switch) CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 9 Revisão Aula Anterior Estruturas de Decisão (If e Switch) Revisão Comandos básicos no terminal: Para verificar os arquivos que estão em uma pasta usa-se ls: Para acessar

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

Resumo da Matéria de Linguagem de Programação. Linguagem C

Resumo da Matéria de Linguagem de Programação. Linguagem C Resumo da Matéria de Linguagem de Programação Linguagem C Vitor H. Migoto de Gouvêa 2011 Sumário Como instalar um programa para executar o C...3 Sintaxe inicial da Linguagem de Programação C...4 Variáveis

Leia mais

Banco de Dados Oracle 10g

Banco de Dados Oracle 10g 2010 Banco de Dados II Líder: George Petz... 19 Bruno Aparecido Pereira... 07 Gustavo da Silva Oliveira... 24 Luis Felipe Martins Alarcon... 32 Rubens Gondek... 41 Professor: Gilberto Braga de Oliveira

Leia mais

SOFTWARE LIVRE. Distribuições Live CD. Kernel. Distribuição Linux

SOFTWARE LIVRE. Distribuições Live CD. Kernel. Distribuição Linux SOFTWARE LIVRE A liberdade de executar o programa, para qualquer propósito. A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo para as suas necessidades. Acesso ao código-fonte é um pré-requisito

Leia mais

Curso de C. Procedimentos e Funções. 6/4/200901/04/09 09:42 Copyright@Arnaldo V Moura, Daniel F Ferber 1

Curso de C. Procedimentos e Funções. 6/4/200901/04/09 09:42 Copyright@Arnaldo V Moura, Daniel F Ferber 1 Curso de C Procedimentos e Funções 6/4/200901/04/09 09:42 Copyright@Arnaldo V Moura, Daniel F Ferber 1 Funções Roteiro: Funções Declaração e chamada Funções importantes Exemplos de funções Variáveis Globais,

Leia mais

1) Utilize o link abaixo para iniciar automaticamente o processo para baixar o arquivo de instalação do Code::Blocks:

1) Utilize o link abaixo para iniciar automaticamente o processo para baixar o arquivo de instalação do Code::Blocks: Manual do Code::Blocks para o Windows XP, Vista e 7 Instalação: 1) Utilize o link abaixo para iniciar automaticamente o processo para baixar o arquivo de instalação do Code::Blocks: http://prdownload.berlios.de/codeblocks/codeblocks-12.11mingw-setup.exe

Leia mais

Manual para conversão de Teses e Dissertações em PDF

Manual para conversão de Teses e Dissertações em PDF Manual para conversão de Teses e Dissertações em PDF 1 - Introdução Todas as Teses e Dissertações apresentadas pelos alunos de Mestrado e Doutorado da PUC-Rio deverão ser convertidas em arquivos no formato

Leia mais

IBM SPSS Modeler - Princípios Básicos do R: Instruções de Instalação

IBM SPSS Modeler - Princípios Básicos do R: Instruções de Instalação IBM SPSS Modeler - Princípios Básicos do R: Instruções de Instalação Índice IBM SPSS Modeler - Essentials for R: Instruções de Instalação....... 1 Visão Geral............... 1 Instalar o Aplicativo IBM

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Serviços e Agendamento Sumário 1 SERVIÇOS NO LINX POSTOS AUTOSYSTEM...3 2 CRIAR SERVIÇO...3 2.1 Agendamento de Tarefas Windows...5 2.2 Criar Serviço e Agendar Tarefas no Ubuntu-LINUX...6

Leia mais

Eclipse com c++11 e boost Etapa 1- Download da IDE Eclipse c++ e configuração do MinGW

Eclipse com c++11 e boost Etapa 1- Download da IDE Eclipse c++ e configuração do MinGW Eclipse com c++11 e boost Etapa 1- Download da IDE Eclipse c++ e configuração do MinGW Primeiro passo: download Primeiramente devemos baixar o eclipse para c++, sugiro a ultima versão o Mars M4 https://eclipse.org/downloads/packages/release/mars/m4

Leia mais

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 8. Introdução ao Linux Introdução a linguagem C

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 8. Introdução ao Linux Introdução a linguagem C CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 8 Introdução ao Linux Introdução a linguagem C Linux Linux é um termo utilizado para se referir a sistemas operacionais que utilizem o núcleo Linux. Existem muitas distribuições

Leia mais

IBM SPSS Modeler - Princípios Básicos do R: Instruções de Instalação

IBM SPSS Modeler - Princípios Básicos do R: Instruções de Instalação IBM SPSS Modeler - Princípios Básicos do R: Instruções de Instalação Índice IBM SPSS Modeler - Essentials for R: Instruções de Instalação....... 1 IBM SPSS Modeler - Essentials for R: Instruções de Instalação...............

Leia mais

Linguagem C Funções definidas pelo usuário. Lógica de Programação

Linguagem C Funções definidas pelo usuário. Lógica de Programação Linguagem C Funções definidas pelo usuário Lógica de Programação Caro(a) aluno(a), Trabalharemos agora com as funções criadas por vocês na Linguagem C. Bom trabalho!!! Funções C permite que o programador

Leia mais

Gilberto A. S. Segundo. 24 de agosto de 2011

Gilberto A. S. Segundo. 24 de agosto de 2011 Exercícios - Alocação Dinâmica Gilberto A. S. Segundo Programação Aplicada de Computadores Engenharia Elétrica Universidade Federal do Espírito Santo - UFES 24 de agosto de 2011 1 / 23 Grupo de e-mail

Leia mais

Curso de Linguagem C

Curso de Linguagem C Curso de Linguagem C 1 Aula 1 - INTRODUÇÃO...4 AULA 2 - Primeiros Passos...5 O C é "Case Sensitive"...5 Dois Primeiros Programas...6 Introdução às Funções...7 Introdução Básica às Entradas e Saídas...

Leia mais

Tratamento de Sinais

Tratamento de Sinais Tratamento de Sinais Luiz Affonso Guedes 1 Ivanovitch Silva 1 affonso@dca.ufrn.br ivan@dca.ufrn.br 1 Universidade Federal do Rio Grande do Norte 25 de setembro de 2009 Sinais DCA0109 - Prática de programação

Leia mais

Ambiente Online de Programação em C. http://www.tutorialspoint.com/compile_c_online.php

Ambiente Online de Programação em C. http://www.tutorialspoint.com/compile_c_online.php Ambiente Online de Programação em C O site tutorialspoint.com oferece um ambiente online para criação de projetos em C, entre outras linguagens de programação. O ambiente para desenvolvimento na linguagem

Leia mais

Procedimento para Adequações às Mudanças Tecnológicas do Módulo Autorizador

Procedimento para Adequações às Mudanças Tecnológicas do Módulo Autorizador Procedimento para Adequações às Mudanças Tecnológicas do Módulo Autorizador Página 1 Índice Introdução... 3 Novo Portal da Farmácia... 4 Padronização do Cupom Vinculado... 5 Módulo de segurança GBAS...

Leia mais

Minicurso Básico de Linux

Minicurso Básico de Linux Minicurso Básico de Linux PET Computação 15 de março de 2017 GNU/Linux (a) Linux (b) GNU Linux: Kernel GNU/Linux: Sistema Operacional Distro (c) Arch (d) Debian (e) Fedora (f) Gentoo (g) Manjaro (h) opensuse

Leia mais