Produção Técnica. Ano Base. Área de Avaliação MULTIDISCIPLINAR. Área Básica MULTIDISCIPLINAR Instituição

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Produção Técnica. Ano Base. Área de Avaliação MULTIDISCIPLINAR. Área Básica MULTIDISCIPLINAR 9.01.00.00-0. Instituição"

Transcrição

1 Ano Base 2002 Área de Avaliação MULTIDISCIPLINAR Área Básica MULTIDISCIPLINAR Instituição UFBA - UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA (BA) Programa GERENCIAMENTO E TECNOLOGIA AMBIENTAL NO PROCESSO PRODUTIVO P-3 1 de 6

2 Serviços Técnicos [autor1]; [autor2];...; [autorn]: [título do trabalho]; [ano de conclusão]; [natureza]; [finalidade]; [duração]; [número de páginas]; [disponibilidade]; [instituição financiadora]; [cidade]; [país]; [divulgação]; [URL]; [ 2 ] MACHADO, S. L. (Docente ); Carvalho, M. F. (Pesquisador ): Análise de ruptura em aterro assente sobre solo mole em São Luiz-MA; 2002; Relatório Técnico; Diagnóstico das causas de ruptura e proposição de projeto de recuperação; 1; 20; Restrita; ; ; BRASIL; Impresso; ;. OLIVEIRA, I. B. (Docente ): Contribuição do Tema Educação Ambiental Visando a Reorganização e Implementação da Disciplina Ciências do Ambiente - ENG 269, do DHS, EPUFBA; 2002; Elaboração de Projeto; Programa de Capacitação para o Ensino Superior; 5; 123; Irrestrita; Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, UFBA; Salvador, Bahia; BRASIL; Meio magnético; ;. Cartas, Mapas ou similares [ 3 ] [autor1]; [autor2];...; [autorn]: [título]; [ano de apresentação]; [natureza]; [tema]; [técnica]; [finalidade]; [área representada]; [instituição financiadora]; [divulgação]; [URL]; OLIVEIRA, I. B. (Docente ): Recôncavo - Estado da Bahia: Hidroquímica da Água Subterrânea, Número de Amostras Dentro do Padrâo de Potabilidade, ; 2002; Mapa; Qualidade da Água Subterrânea; Digitalização do Mapa Base com o CAD, processamento de imagem com o MICROSTATION; Compor um Atlas Sócio-Ambiental do Recôncavo do Estado da Bahia; Recôncavo do Estado da Bahia; ; Impresso; ; Esta carta temática fará parte de um Atlas Sócio- Ambiental do Estado da Bahia, coordenado pelo NIMA/UFBA, que constará de várias cartas temáticas nas áreas de qualidade do ar, solo e águas superficiais e subterrâneas; recursos minerais e pesquei. OLIVEIRA, I. B. (Docente ): Recôncavo - Estado da Bahia: Qualidade Ambiental da Água Subterrânea do Pólo Petroquímico de Camaçari.; 2002; Mapa; Qualidade da Água Subterrânea; Digitalização de Mapa Base, Tratamento em Micro Station, Estatística de dados de Qualidade da Água; Compor um Atlas Sócio-Ambiental do Recôncavo do Estado da Bahia; Área do Pólo Petroquímico de Camaçari, Regiâo Metropolitana de Salvador, Recôncavo do Estado da Bahia; ; Impresso; ; Este mapa será inserido no Atlas Sócio-Ambiental do Recôncavo do Estado da Bahia, o qual será constituido de inúmeras mapas temáticos das áreas de química ambiental, uso do solo e recursos hídricos, saúde pública, recursos pesqueiros, educação e. OLIVEIRA, I. B. (Docente ): Recôncavo - Estado da Bahia: Qualidade das Águas Superficiais; 2002; Mapa; Qualidade das Águas Superficiais; Digitalização de Mapa Base no CAD, e processamento de dados com o MICROSTATION; Compor um Atlas Sócio-Ambiental do Recôncavo do Estado da Bahia; Recôncavo do Estado da Bahia; ; Impresso; ; Esta carta vai compor o Atlas Sócio-Ambiental do Recôncavo do Estado da Bahia, sendo elaborado pelo NIMA/UFBA, que conterá várias cartas temáticas tais como: qualidade do ar, solo e águas superficiais e subterrâneas, saúde humana, fauna, flora, r. Curso de curta duração [autor1]; [autor2];...; [autorn]: [título do curso]; [ano da realização]; [nível]; [participação dos autores]; [duração]; [instituição promotora]; [local]; [cidade]; [país]; [divulgação]; [URL]; [ 2 ] CARDOSO,L. M. F. (Discente-Autor /Mest.Profissionalizante): Curso de Extensão em Tecnologias Ambientais; 2002; Extensão; Docente; 30; Departamento de Hidráulica e Saneamento - Escola Politécnica; Escola Politécnica; Salvador; BRASIL; Impresso; ;. Kiperstok,A. (Docente ): Valoração Econômica de Recursos Ambientais; 2002; Extensão; Organizador; 4; Universidade Federal da Bahia-Pró Reitoria de Extensão; Deptº Hidráulica Saneamento - Escola Politécnica; Salvador; BRASIL; Outros; ww.teclim.ufba.br;. 2 de 6

3 Organização de evento [autor1]; [autor2];...; [autorn]: [título]; [ano do evento]; [tipo]; [natureza]; [instituição promotora]; [duração]; [itinerante]; [catálogo]; [local]; [cidade]; [país]; [divulgação]; [URL]; [ 3 ] OLIVEIRA, I. B. (Docente ): Comitê Científico do XII Congresso Brasileiro de Águas Subterrâneas; 2002; Congresso; Outra; ABAS - Associação Brasileira de Águas Subterrâneas, Seção Nacional; 1; Sim; Não; Centro de Convenções de Florianópolis, Santa Catarina; Florianópolis, Santa Catarina; BRASIL; Impresso; ; Congresso realizado de 10 a 13 de Setembro de OLIVEIRA, I. B. (Docente ); NEGRAO, F. I. (Outro Participante ); JUNIOR, G. C. L. (Outro Participante ); MASCARENHAS, H. (Outro Participante ); MEDEIROS, Y. D. P. (Outro Participante ); PENALVA, P. R. (Outro Participante ): Mesa Redonda: Mercado das Águas e Desafios do Gerenciamento dos Recursos Hídricos & Palestra do Comitê de Bacia do Rio São Francisco; 2002; Outro; Organização; ABAS - Associação Brasileira de Águas Subterrâneas, Núcleo Bahia/Sergipe; 1; Não; Não; Escola Politécnica da UFBA; Salvador, Bahia; BRASIL; Outros; ; Data do Evento: 22 de Março de 2002, Dia Mundial da Água:Palestrante; Dr. José Theodomiro de Araújo,Comitê da Bacia do São Francisco, CODEVASF;Debatedores: Geol Arnaldo Correia Ribeiro,HIDROCON,SSA,BA;Eng. Ayrton Borges Domingues - PERCOM,. OLIVEIRA, I. B. (Docente ); PENALVA, P. R. (Outro Participante ); MASCARENHAS, H. (Outro Participante ); JUNIOR, G. C. L. (Outro Participante ); NEGRAO, F. I. (Outro Participante ): Painel Integrado: Exploração e Uso das Águas Subterrâneas nos Estados da Bahia e Sergipe; 2002; Outro; Organização; ABAS - Associação Brasileira de Águas Subterrâneas, Núcleo Bahia/Sergipe; 1; Não; Não; Casa do Comércio, Av. Tancredo Neves, 1109; Salvador, Bahia; BRASIL; Outros; ; Realizado em 02/08/2002Palestras: (01)Arcabouço Geotectônico do Estado da Bahia, Geol. Inácio Delgado, CPRM;(02) Disponibilidade Hídrica da Bacia do Rio Salitre, Eng. Yvonilde Medeiros, EP-UFBA;(03) Avaliação do Impacto Ambiental no Aquifer. Outro [ 6 ] [autor1]; [autor2];...; [autorn]: [título]; [ano de produção]; [natureza]; [finalidade]; [instituição promotora]; [local]; [cidade]; [país]; [divulgação]; [URL]; Kiperstok,A. (Docente ): Ecologia Industrial e Desenvolvimento Sustentável; 2002; Participação em Evento; Participou de Sessão de Treinamento; SENAI/SECO/ABICLOR; FISP - Federação das Indústrias de São Paulo; São Paulo; BRASIL; ; ;. Kiperstok,A. (Docente ): Green Business Tea - Encontro de Eco-Empreendedores; 2002; Encontro; Grin 9 - Educação e Comunicação Ambiental; Grin 9 - Educação e Comunicação Ambiental; Auditório do Empresarial Niemeyer; Salvador; BRASIL; Outros; ; Proferiu Palestra. Kiperstok,A. (Docente ): Participação no Seminário como ouvinte; 2002; Participação em Evento/Seminário; Capacitação/ Intercâmbio Rede TECLIM; UNEP - 7th International High-level Seminar on Cleaner Production; ; Praga; REPÚBLICA TCHECA; Outro; ;. NASCIMENTO, I. A. (Docente ): Biomarcadores de Estresse Ambiental: Desenvolvimento de Técnicas e Aplicações; 2002; Trabalho técnico; Elaboração de projeto de Pesquisa -CNPq; ; ; Salvador; BRASIL; Impresso; ;. NASCIMENTO, I. A. (Docente ): Subsídios técnicos relativos à atividade de carcinocultura em áreas de manguezal e adjacências; 2002; Trabalho Técnico; Assessoria ao Ministério Público Federal; ; ; Brasília; BRASIL; ; ;. NASCIMENTO, I. A. (Docente ): Três pareceres sobre avaliação de projetos para PDT - Programa Desarrollo Tecnológico-Subprograma; 2002; Trabalho Técnico; Parecer; ; ; Salvador; BRASIL; Impresso; ;. LIMA, J. S (Docente ): Avaliação do uso de composto orgânico, proveniente de lixo urbano na recuperaçào de taludes do aterro sanitário de Camaçarí-Bahia.; 2002; Simpósio; Simpósio Italo-Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental; Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental; Português; UEFS; Vitória; BRASIL; Impresso; ;. 3 de 6

4 LIMA, J. S (Docente ): Biosistemas de avaliaçãodo efeito biossólido na recuperaçào de áreas impactadas; 2002; Simpósio; Simpósio Italo-Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental; Associaçào Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental; Português; UEFS; Vitória; BRASIL; Impresso; ;. TORRES, E. A. (Docente ): Estado da Arte da análise energética de cogeração no setor terciário.; 2002; Congresso; II CONEM; Associação Brasileira de Ciências Mecânica; Português; Hotel Tambaú; João Pessoa; BRASIL; Impresso; ;. TORRES, E. A. (Docente ): Estudo energético de uma planta de cogeraçào para o setor terciário; 2002; Seminário; XV Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica; COELBA; Português; Centro de Convenções; Salvador; BRASIL; Impresso; ;. ANDRADE, J. C. S. (Docente ): Barreiras e Oportunidades do reconhecimento mútuo de certificações florestais;elementos para discussão com partes interessadas.; 2002; Comunicação; III Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental; SIMPEP; Português; UFRGS; Porto Alegre; BRASIL; Impresso; ;. ANDRADE, J. C. S. (Docente ): Conflitos Sócio Ambientais: análise da relação entre o Complexo Costa do Sauípe e atores locais; 2002; Comunicação; I Encontro da ANPPAS; Associação Nacional dos Programas de Pesquisa e Pós-Graduação em Ambiente e Sociedade; Português; Centro de Convenções; Indaiatuba; BRASIL; Impresso; ;. ANDRADE, J. C. S. (Docente ): Conflitos Sócio-ambientais na área de influência do Complexo Costa do Sauípe:proposta de uma grade analítica.; 2002; Comunicação; XXXVII Assembléia do Conselho Latino - Americano de Escolas de Administração; CLADEA; Português; UFRGS; Porto Alegre; BRASIL; Impresso; ;. GHIRARDI, A. G. (Docente ): Investimento direto externo e estratégias empresariais no setor elétrico; 2002; Seminário; II Seminário de Pesquisa e pós-graduação; UFBA; Português; Campus da UFBA; Salvador; BRASIL; ; ;. GHIRARDI, A. G. (Docente ): Regulaçào e qualidade no setor elétrico brasileiro: um estudo de caso da Coelba; 2002; Seminário; XX Seminário Estudantil de Pesquisa; UFBA; Português; Campus da UFBA; Salvador; BRASIL; ; ;. Kiperstok,A. (Docente ): Avanços nas Técnicas de Produção Limpa; 2002; Conferência; I Semana Universitária da UNIFACS; UNIFACS; Português; Auditório da UNIFACS; Salvador; BRASIL; Outros; ;. Kiperstok,A. (Docente ): Conciliando Competitividade com Preservação Ambiental: a visão da produção limpa; 2002; Conferência; XXIII SIPAT; EDN Estireno do Nordeste S/A; Português; Auditório EDN; Camaçari; BRASIL; ; ;. Kiperstok,A. (Docente ): Gestão Ambiental sob a Ótica da Produção Limpa.; 2002; Conferência; Semana Interna de Prevenção de Acidentes no Trabalho - SIPAT; Deten Química S.A; Português; Auditório; Camaçari; BRASIL; Outros; ;. Kiperstok,A. (Docente ): Mesa Redonda Águas e Meio Ambiente; 2002; Outra; II Seminário de Pesquisa e Pós-Graduação e XX Seminário Estudantil de Pesquisa; Universidade Federal da Bahia; Português; Pavilhão de Aulas da Federação; Salvador; BRASIL; ; ; Coordenador da Sessão de Trabalho Águas e Meio Ambiente. Kiperstok,A. (Docente ): Produção Limpa: uma alternativa para a busca do desenvolvimento sustentável.; 2002; Conferência; I Encontro de Meio Ambiente; COELBA - Compahia de Energia Elétrica da Bahia; Português; Auditório; Salvador; BRASIL; ; ;. Kiperstok,A. (Docente ): Rede de Tecnologias Limpas da Bahia; 2002; Conferência; I Encontro de Meio Ambiente; COELBA; Português; Auditório da COELBA; Salvador; BRASIL; ; ;. Kiperstok,A. (Docente ): Rede de Tecnologias Limpas da Bahia; 2002; Seminário; Semana da Produção +Limpa; FIESP/CIESP/FISP; Português; Fisp-Faculdades Integradas de São Paulo; São Paulo; BRASIL; ; ;. Kiperstok,A. (Docente ): Tecnologias Limpas e Minimizção re Resíduos- Reuso de Água; 2002; Seminário; III Seminário de pesquisa e Pós-Graduação e XXI Seminário Estudantil de Pesquisa; UFBA; Português; Pavilhão de Aula da Federação; Salvador; BRASIL; Impresso; ;. Kiperstok,A. (Docente ); Fontana, D. (Pesquisador ); KALID, R. A. (Docente ); BORATTO, M. C. (Outro Participante ): Armazenamento de Dados de Processos Químicos de uma Planta Petroquímica Utilizando VBA; 2002; Seminário; XXI Seminário Estudantil de Pesquisa; UFBA; Português; Pavilháo de Aulas da Federação; Salvador; BRASIL; Meio digital; ;. 4 de 6

5 MACHADO, S. L. (Docente ): Projeto purifica - Proposta para remediação de áreas degradadas pela atividade de chumbo em Santo Amaro da Purificação; 2002; Seminário; XX Seminário de pesquisa estudantil; UFBA/CADCT/CNPQ; Português; PAF; Salvador-BA; BRASIL; ; ; Apresentação oral de trabalho no XX seminário estudantil. MACHADO, S. L. (Docente ): Projeto Purifica - Proposta para renediação de áreas degradadas pela atividade extrativa de chumbo em Santo Amaro da Purificação-BA; 2002; Seminário; XXI Seminário de Pesquisa Estudantil; UFBA/CNPQ/FAPESB; Português; PAF; Salvador; BRASIL; ; MACHADO, S. L. (Docente ): Soil plasticity aspects applied in the prediction of the behaviour of field structures; 2002; Congresso; Unsat Third international conference on unsaturated soils; ISSMGE/ABMS; Inglês; Centro de Convenções - Bahia; Recife-PE; BRASIL; ; ; Apresentação oral de artigo em congresso internacional. MACHADO, S. L. (Docente ): Study of the LC yield surface of a residual soil of granulito; 2002; Congresso; Unsat Third international conference on unsaturated soils; ISSMGE/ABMS; Inglês; Centro de Convenções - Hotel; Recife-PE; BRASIL; ; ; Apresentação oral de artigo técnico em evento internacional. MACHADO, S. L. (Docente ); Carvalho, M. F. (Pesquisador ); BOTELHO, M. A. B. (Outro Participante ); OLIVEIRA, I. B. (Docente ): Utilização de métodos geofísicos e geotécnicos para o diagnóstico de áreas degradadas pela atividade de refino e extração de petróleo; 2002; Outra; Workshop 'Recuperação de áreas degradadas pela atividade petrolífera'; UFBA/UENF/PETROBRAS; Português; Ondina Apart Hotel; Salvador-BA; BRASIL; Meio digital; ;. NASCIMENTO, I. A. (Docente ): A reprodução de bivalvos como indicadores fisiológicos de contaminação e/ou poluição ambiental; 2002; Seminário; XX Seminário Estudantil - II SEMPP IBio; Instituto de Biologia/UFBA; Português; Instituto de Biologia; Salvador; BRASIL; Impresso; ;. NASCIMENTO, I. A. (Docente ): Biomarcadores; 2002; Congresso; VII Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia e V Reunião SETAC; SETAC; Português; UFES; Vitória; BRASIL; Impresso; ;. NASCIMENTO, I. A. (Docente ): Gerenciamento do Sedimento na Baixada Santista; 2002; Seminário; Seminário sobre gerenciamento do sedimento na Baixada Santista; SMA / CETESB; Português; CETESB; São Paulo; BRASIL; Impresso; ;. NASCIMENTO, I. A. (Docente ): Os novos rumos da reciclagem na Bahia; 2002; Seminário; Seminário Os Novos Rumos da Reciclagem na Bahia; BAHIA PET; Português; Hotel Transamérica; Salvador; BRASIL; Impresso; ;. OLIVEIRA JÚNIOR, J. B. (Pesquisador ): Desativação da Mina de Ouro de Maria Preta, Teofilândia - Bahia; 2002; Congresso; Não Informado; Associação Brasileira de Geologia e Engenharia Ambiental; Português; Centro de Artes e Convenções da Universidade Federal de Ouro Preto; Ouro Preto- Minas Gerais; BRASIL; Meio digital; ;. OLIVEIRA JÚNIOR, J. B. (Pesquisador ): Mecanismos de Recomposição de Áreas Degradadas plea Mineração: O Caso Ottomar; 2002; Seminário; Nao informado; Universidade Católica do Salvador e Rede Recilcar / Bahia; Português; Auditório da Universidade Católica do Salvador, Campus de Pituaçu; Salvador - Bahia; BRASIL; Meio digital; ; Seminário 'A Recilcagem na Nova Sociedade', ocorrido no dia 20 de novembro de 2002, auditório da Universidade Católica do Salvador.. OLIVEIRA JÚNIOR, J. B. (Pesquisador ): Mineração e Meio Ambiente; 2002; Conferência; Nao Informado; Universidade Federal da Bahia - Departamento de Hidraúlica e Saneamento; Português; Espaço Cultural Arlindo Fragoso; Salvador; BRASIL; Hipertexto; ;. OLIVEIRA JÚNIOR, J. B. (Pesquisador ): O Estágio Atual da Recuperação Ambiental e Desativação de Mina no Estado da Bahia; 2002; Congresso; Nao informado; UFPE/ITEP/CETEM/MCT; Português; Recife Palace Lucsin; Recife - Pernambuco; BRASIL; Meio magnético; ; XIX Encontro Nacional de Tratamento de Minérios e Metalurgia Extrativa. OLIVEIRA JÚNIOR, J. B. (Pesquisador ): Recuperação de Áreas Degradadas pela Mineração; 2002; Conferência; Nao Informado; Faculdade de Tecnologia e Ciência; Português; Sala de do Campus da FTC; Salvador - Bahia; BRASIL; Outros; ;. Oliveira, S. C. (Pesquisador ): Composting of Urban Solid Residues; 2002; Congresso; 8 European Symposium Thermal analysis and Calorimety; ; Inglês; Espanha; Nao Informada; ESPANHA; Impresso; ;. 5 de 6

6 Oliveira, S. C. (Pesquisador ): Estudo cinético da decomposição tmémica de compostos obtidos por diferentes tipos de compostagens; 2002; Congresso; III congresso Brasileiro de análise Térmica e Calorimetria; ; Português; BRasil; Não Informada; BRASIL; Impresso; ;. PEREIRA, P. A. P. (Pesquisador ): Artefatos de amostragem para compostos carbonílicos gasosos: mecanismo da reação de ozônio com 2,4-DNPHo em cartuchos C18; 2002; Congresso; 25 Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química; SBQ; Português; Poços de Caldas - MG; Poços de Caldas; BRASIL; ; ;. PEREIRA, P. A. P. (Pesquisador ): Etanol e Gasool: Reatividade e Efeito na Formação de Ozônio e Compostos Carbonílicos na Atmosfera; 2002; Congresso; 25 Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química; SBQ; Português; Poços de Caldas - MG; Poços de Caldas; BRASIL; ; ;. PEREIRA, P. A. P. (Pesquisador ): Influência do bissulfito na reação de formaldeído com Fluoral P para a formação da 3,5 -diacetil-1,4-dihidrolutidina (DDL); 2002; Congresso; 25 Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química; SBQ; Português; Poços de Caldas - MG; Poços de Caldas; BRASIL; ; ;. SOUZA,T. R. O. (Outro Participante ); PEREIRA, P. A. P. (Pesquisador ): Desenvolvimento de Metodologia de Extração em Fase Sólida para a Análise de Hidrocarbonetos Policíclicos Aromáticos em Água; 2002; Seminário; XXI Seminário Estudantil de Pesquisa da UFBA; Universidade Federal da Bahia; Português; PAF-Pavilhão de Aulas da Federação; Salvador; BRASIL; ; ;. 6 de 6

Produção Técnica. Ano Base. Área de Avaliação GEOGRAFIA. Área Básica GEOGRAFIA 7.06.00.00-7. Instituição UFSE - UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE (SE)

Produção Técnica. Ano Base. Área de Avaliação GEOGRAFIA. Área Básica GEOGRAFIA 7.06.00.00-7. Instituição UFSE - UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE (SE) Ano Base 1998 Área de Avaliação GEOGRAFIA Área Básica GEOGRAFIA 7.06.00.00-7 Instituição UFSE - UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE (SE) Programa GEOGRAFIA 27001016001P-2 1 de 5 17/05/01 às 16:35 Serviços

Leia mais

Produção Técnica. Ano Base. Área de Avaliação PSICOLOGIA. Área Básica TRATAMENTO E PREVENÇÃO PSICOLÓGICA 7.07.10.00-7. Instituição

Produção Técnica. Ano Base. Área de Avaliação PSICOLOGIA. Área Básica TRATAMENTO E PREVENÇÃO PSICOLÓGICA 7.07.10.00-7. Instituição Ano Base 2003 Área de Avaliação PSICOLOGIA Área Básica TRATAMENTO E PREVENÇÃO PSICOLÓGICA 7.07.10.00-7 Instituição UNICAP - UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PERNAMBUCO (PE) Programa PSICOLOGIA CLÍNICA 25002015001P-3

Leia mais

III-053 - PET PÓS-CONSUMO: UMA PROPOSTA DE INCLUSÃO SOCIAL

III-053 - PET PÓS-CONSUMO: UMA PROPOSTA DE INCLUSÃO SOCIAL 22º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental 14 a 19 de Setembro 2003 - Joinville - Santa Catarina III-053 - PET PÓS-CONSUMO: UMA PROPOSTA DE INCLUSÃO SOCIAL Maria de Fátima Nunesmaia(1)

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO Relatório Anual de Atividades e Produção Discente NOME: CURSO: ( ) Mestrado ( ) Doutorado BOLSISTA: ( ) Capes ( ) Fapesp ( ) CNPq ( ) Outra: PRODUÇÃO INTELECTUAL Caso

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 374, DE 12 DE JUNHO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 374, DE 12 DE JUNHO DE 2015 RESOLUÇÃO Nº 374, DE 12 DE JUNHO DE 2015 Publicado em: 03/07/2015 O CONSELHO FEDERAL DE BIOLOGIA CFBio, Autarquia Federal, com personalidade jurídica de direito público, criado pela Lei nº 6.684, de 03

Leia mais

Produção Técnica. Ano Base. Área de Avaliação ADMINISTRAÇÃO / TURISMO. Área Básica ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS 6.02.01.00-2.

Produção Técnica. Ano Base. Área de Avaliação ADMINISTRAÇÃO / TURISMO. Área Básica ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS 6.02.01.00-2. Ano Base 2002 Área de Avaliação ADMINISTRAÇÃO / TURISMO Área Básica ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS 6.02.01.00-2 Instituição PUC-RIO - PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO (RJ) Programa ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

PORTARIA CE Nº 26, de 30 de junho de 2014.

PORTARIA CE Nº 26, de 30 de junho de 2014. PORTARIA CE Nº 26, de 30 de junho de 2014. Regulamenta o procedimento de concessão de créditos para as atividades complementares dos alunos dos Cursos de Graduação em Engenharia Industrial Madeireira ingressantes

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES

RELATÓRIO DE ATIVIDADES Sociedade Brasileira de Química Regional Bahia RELATÓRIO DE ATIVIDADES Junho de 2008 a Maio de 2009 Salvador, BA Maio de 2012 SECRETARIA REGIONAL BAHIA 2 Secretário: Wilson Araújo Lopes (IQ-UFBA) willopes@ufba.br

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE MATEMÁTICA COLEGIADO DO CURSO DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE MATEMÁTICA COLEGIADO DO CURSO DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE MATEMÁTICA COLEGIADO DO CURSO DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO Av. Ademar de Barros s/n Campus Universitário de Ondina, Ondina Salvador- Bahia CEP 40170-110 Tel: (071)

Leia mais

PUC Goiás. Prof. Ricardo Resende Dias, MSc.

PUC Goiás. Prof. Ricardo Resende Dias, MSc. PUC Goiás Prof. Ricardo Resende Dias, MSc. 1 2 3 4 RAZÕES PARA ADOÇÃO DE PRÁTICAS SOCIOAMBIENTAIS AUMENTAR A QUALIDADE DO PRODUTO AUMENTAR A COMPETITIVIDADE DAS EXPORTAÇÕES ATENDER O CONSUMIDOR COM PREOCUPAÇÕES

Leia mais

Missão. Objetivos Específicos

Missão. Objetivos Específicos CURSO: Engenharia Ambiental e Sanitária Missão O Curso de Engenharia Ambiental e Sanitária da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar profissionais com sólida formação técnico científica nas áreas

Leia mais

Produção Técnica. Ano Base. Área de Avaliação EDUCAÇÃO. Área Básica EDUCAÇÃO 7.08.00.00-6. Instituição

Produção Técnica. Ano Base. Área de Avaliação EDUCAÇÃO. Área Básica EDUCAÇÃO 7.08.00.00-6. Instituição Ano Base 2007 Área de Avaliação EDUCAÇÃO Área Básica EDUCAÇÃO 7.08.00.00-6 Instituição UNIOESTE - UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ (PR) Programa EDUCAÇÃO 40015017008P-1 1 de 11 As Cinco melhores

Leia mais

ENGENHARIA AMBIENTAL. COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br

ENGENHARIA AMBIENTAL. COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br ENGENHARIA AMBIENTAL COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br 180 Currículos dos Cursos do CCE UFV Currículo do Curso de Engenharia Engenheiro ATUAÇÃO O curso de Engenharia da UFV habilita o futuro profissional

Leia mais

YK Risk Consultoria em Gestão Empresarial Ltda. Apresentação Institucional v.3 (2014)

YK Risk Consultoria em Gestão Empresarial Ltda. Apresentação Institucional v.3 (2014) YK Risk Consultoria em Gestão Empresarial Ltda. Apresentação Institucional v.3 (2014) Quem somos? Uma empresa com foco na geração de valor com serviços em Gestão de Riscos associados à Sustentabilidade.

Leia mais

R E L AT Ó R I O DE AT I VI D A DES

R E L AT Ó R I O DE AT I VI D A DES R E L AT Ó R I O DE AT I VI D A DES 2014 Introdução; Associados da ABES Bahia em 2014; S u m á r i o Vendas do fundo editorial da ABES Bahia em 2014; Capacitações promovidas pela ABES Bahia em 2014: Métodos

Leia mais

anpet.org.br/xxixanpet

anpet.org.br/xxixanpet anpet.org.br/xxixanpet ANPET em Ouro Preto A Associação Nacional de Pesquisa e Ensino em Transportes (ANPET) e a Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) realizarão o XXIX Congresso de Pesquisa e Ensino

Leia mais

S O L U Ç õ e S a m b i e n t a i S

S O L U Ç õ e S a m b i e n t a i S SOLUÇões ambientais 01 Quem somos A Ambiens é uma empresa de assessoria e consultoria ambiental que, desde 1997, oferece soluções eficazes e economicamente competitivas para empresas de diversos segmentos,

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação 2011 197 ENGENHARIA AMBIENTAL. COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br

UFV Catálogo de Graduação 2011 197 ENGENHARIA AMBIENTAL. COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2011 197 ENGENHARIA AMBIENTAL COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br 198 Currículos dos Cursos do CCE UFV Engenheiro Ambiental ATUAÇÃO O curso de Engenharia Ambiental da UFV

Leia mais

MESTRADO E DOUTORADO ACADÊMICO EDITAL DE SELEÇÃO 2015

MESTRADO E DOUTORADO ACADÊMICO EDITAL DE SELEÇÃO 2015 MESTRADO E DOUTORADO ACADÊMICO EDITAL DE SELEÇÃO 2015 1. CARACTERIZAÇÃO GERAL 1.1 O Núcleo de Geotecnia da Escola de Minas da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) coordena o Programa de Pós-Graduação

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2014

ATIVIDADES COMPLEMENTARES INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2014 CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLA DE NEGÓCIOS ATIVIDADES COMPLEMENTARES INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2014 Rev.: 9 18/09/2014 CURITIBA - PR, 2014 SUMÁRIO CAPITULO I DAS ATIVIDADES... 2 CAPITULO II - DO APROVEITAMENTO

Leia mais

Referencial para Preenchimento PLATAFORMA LATTES. Augusto Takerissa Nishimura - USP Emerson Antonio Maccari - UNINOVE

Referencial para Preenchimento PLATAFORMA LATTES. Augusto Takerissa Nishimura - USP Emerson Antonio Maccari - UNINOVE Referencial para Preenchimento PLATAFORMA LATTES Augusto Takerissa Nishimura - USP Emerson Antonio Maccari - UNINOVE São Paulo, Setembro de 2009 ÍNDICE 1. DADOS GERAIS... 4 1.1. Identificação... 5 1.2.

Leia mais

UNI VERSI DADE DE PERNAMBUCO PEDRO DE ALCÂNTARA NETO

UNI VERSI DADE DE PERNAMBUCO PEDRO DE ALCÂNTARA NETO UNI VERSI DADE DE PERNAMBUCO PEDRO DE ALCÂNTARA NETO OBJETIVOS OBJETIVO GERAL Os cursos de Pós-Graduação Lato Sensu em Engenharia Naval e Offshore na UPE desenvolvem a capacidade para planejar, desenvolver

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES FORMATIVAS DO CURSO DE ODONTOLOGIA (Projeto Pedagógico 2010/1) Resolução Nº 002/2011 da Pró-reitoria de Graduação

REGULAMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES FORMATIVAS DO CURSO DE ODONTOLOGIA (Projeto Pedagógico 2010/1) Resolução Nº 002/2011 da Pró-reitoria de Graduação MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700. Alfenas/MG. CEP 37130-000 Fone: (35) 3299-1000. Fax: (35) 3299-1063 REGULAMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES FORMATIVAS

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO ANEXO ÚNICO: LISTA DESCRITIVA DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Grupo 01 - Atividades de Ensino 1.01 Participação em programa de educação tutorial:

Leia mais

Instituto Federal do Espírito Santo EDITAL 04 /2015. VI SEMINÁRIO MUNICIPAL DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO _ 21 e 22 DE OUTUBRO DE 2015_

Instituto Federal do Espírito Santo EDITAL 04 /2015. VI SEMINÁRIO MUNICIPAL DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO _ 21 e 22 DE OUTUBRO DE 2015_ Instituto Federal do Espírito Santo EDITAL 04 /2015 VI SEMINÁRIO MUNICIPAL DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO _ 21 e 22 DE OUTUBRO DE 2015_ O Diretor do Instituto Federal do Espírito Santo e a Comissão

Leia mais

PROGRAMA JOVENS TALENTOS PARA A CIÊNCIA - PJTC/CAPES/2015 SELEÇÃO DE PROFESSORES ORIENTADORES EDITAL Nº 01/2015

PROGRAMA JOVENS TALENTOS PARA A CIÊNCIA - PJTC/CAPES/2015 SELEÇÃO DE PROFESSORES ORIENTADORES EDITAL Nº 01/2015 PROGRAMA JOVENS TALENTOS PARA A CIÊNCIA - PJTC/CAPES/2015 SELEÇÃO DE PROFESSORES ORIENTADORES EDITAL Nº 01/2015 O Departamento de Apoio Acadêmico (DAA), da Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD), da Universidade

Leia mais

Produção Técnica. Ano Base. Área de Avaliação ENFERMAGEM. Área Básica ENFERMAGEM 4.04.00.00-0. Instituição USP - UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (SP)

Produção Técnica. Ano Base. Área de Avaliação ENFERMAGEM. Área Básica ENFERMAGEM 4.04.00.00-0. Instituição USP - UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (SP) Ano Base 2002 Área de Avaliação ENFERMAGEM Área Básica ENFERMAGEM 4.04.00.00-0 Instituição USP - UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (SP) Programa ENFERMAGEM NA SAÚDE DO ADULTO 33002010186P-6 1 de 7 Serviços Técnicos

Leia mais

Produção Técnica. Ano Base. Área de Avaliação ENGENHARIAS III. Área Básica ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 3.08.00.00-5. Instituição

Produção Técnica. Ano Base. Área de Avaliação ENGENHARIAS III. Área Básica ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 3.08.00.00-5. Instituição Ano Base 2011 Área de Avaliação ENGENHARIAS III Área Básica ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 3.08.00.00-5 Instituição UFBA - UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA (BA) Programa ENGENHARIA INDUSTRIAL 28001010071P-7 Chronos

Leia mais

Energias Alternativas e as atividades do Ideal. Mauro Passos Sustentabilidade Palmas Solar

Energias Alternativas e as atividades do Ideal. Mauro Passos Sustentabilidade Palmas Solar Energias Alternativas e as atividades do Ideal Mauro Passos Sustentabilidade Palmas Solar Contexto Internacional Crescimento de investimento em renovável no mundo (Frankfurt School- UNEP Centre/BNEF) 17%

Leia mais

ENGENHARIA AMBIENTAL. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC

ENGENHARIA AMBIENTAL. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC ENGENHARIA AMBIENTAL Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: ENGENHARIA AMBIENTAL Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo

Leia mais

Núcleo Regional de Minas Gerais: o desafio de se tornar um fórum de discussão sobre barragens

Núcleo Regional de Minas Gerais: o desafio de se tornar um fórum de discussão sobre barragens Núcleo Regional de Minas Gerais: o desafio de se tornar um fórum de discussão sobre barragens Reportagem: CLÁUDIA RODRIGUES BARBOSA Newsletter CBDB - O que diferencia o Núcleo Regional de Minas Gerais

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

ATIVIDADES COMPLEMENTARES ATIVIDADES COMPLEMENTARES Regulamento das Atividades Complementares dos Cursos de Graduação da Faculdade Barretos Art. 1º - O presente Regulamento tem por finalidade definir normas e critérios para a seleção

Leia mais

Produção Técnica. Ano Base. Área de Avaliação ARQUITETURA E URBANISMO. Área Básica ARQUITETURA E URBANISMO 6.04.00.00-5.

Produção Técnica. Ano Base. Área de Avaliação ARQUITETURA E URBANISMO. Área Básica ARQUITETURA E URBANISMO 6.04.00.00-5. Ano Base 2001 Área de Avaliação ARQUITETURA E URBANISMO Área Básica ARQUITETURA E URBANISMO 6.04.00.00-5 Instituição USP/SC - UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO/SÃO CARLOS (SP) Programa ARQUITETURA 33002045014P-7

Leia mais

Prof. Marcos Aurélio Vasconcelos de Freitas (mfreitas@ivig.coppe.ufrj.br) Instituto Virtual Internacional de Mudanças Globais IVIG/COPPE/UFRJ

Prof. Marcos Aurélio Vasconcelos de Freitas (mfreitas@ivig.coppe.ufrj.br) Instituto Virtual Internacional de Mudanças Globais IVIG/COPPE/UFRJ Formação e Capacitação de Recursos Humanos p/exploração de Recursos Energéticos e Geração de Energia Prof. Marcos Aurélio Vasconcelos de Freitas (mfreitas@ivig.coppe.ufrj.br) Instituto Virtual Internacional

Leia mais

38 Fórum de QPC. Realizações 2007 Seminário de Benchmarking Prêmio Realce ABGC Acontece

38 Fórum de QPC. Realizações 2007 Seminário de Benchmarking Prêmio Realce ABGC Acontece 38 Fórum de QPC Realizações 2007 Seminário de Benchmarking Prêmio Realce ABGC Acontece Perspectivas 2007 PGQB Programa de Capacitação Prêmio Realce Seminário de Excelência na Saúde Comitês Temáticos Projeto

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Flores da Cunha /RS - Junho, 2015.

APRESENTAÇÃO. Flores da Cunha /RS - Junho, 2015. APRESENTAÇÃO A Biossplena - Projetos Ecodinâmicos é uma empresa que atua há cinco anos no Brasil, desenvolvendo e assessorando projetos para EMPREENDIMENTOS URBANÍSTICOS, com foco nas comunidades planejadas,

Leia mais

Recuperar é possível.

Recuperar é possível. Recuperar é possível. Conheça a SAPOTEC. 1 O desafio da SAPOTEC é viabilizar negócios com benefícios ao meio ambiente, oferecendo soluções tecnológicas personalizadas e de acordo com todas as diretrizes

Leia mais

Artigo publicado na Revista ADVIR da UERJ n o. 23/2009 (p. 78-85)

Artigo publicado na Revista ADVIR da UERJ n o. 23/2009 (p. 78-85) Artigo publicado na Revista ADVIR da UERJ n o. 23/2009 (p. 78-85) O papel das Universidades na Construção da Sustentabilidade Ambiental: uma proposta de Modelo de Gerenciamento Integrado de Resíduos Elmo

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Gestão Ambiental campus Angra Missão O Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental da Universidade Estácio de Sá tem por missão a formação de Gestores Ambientais

Leia mais

PROGRAMA PETROBRAS DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS PFRH. Recursos Humanos Universidade Petrobras

PROGRAMA PETROBRAS DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS PFRH. Recursos Humanos Universidade Petrobras PROGRAMA PETROBRAS DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS PFRH Recursos Humanos Universidade Petrobras PROGRAMA PETROBRAS DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS - PFRH Objetivo Ampliar e fortalecer a formação de recursos

Leia mais

Experience with Base Relocation and Site Closure (BRAC) Sites in the United States

Experience with Base Relocation and Site Closure (BRAC) Sites in the United States APLICAÇÃO DO PROCEDIMENTO CETESB DE GERENCIAMENTO DE ÁREAS CONTAMINADAS NO SETOR DA CONSTRUÇÃO CIVIL Experience with Base Relocation and Site Closure (BRAC) Sites in the United States Eng. Alfredo C. C.

Leia mais

Turma 15: Espanhol - 17/08 à 30/08/2015 Turma 16: 17/08 à 30/08/2015. À distância Turma 31: 07/09 à 20/09/2015 Turma 32: 07/09 à 20/09/2015

Turma 15: Espanhol - 17/08 à 30/08/2015 Turma 16: 17/08 à 30/08/2015. À distância Turma 31: 07/09 à 20/09/2015 Turma 32: 07/09 à 20/09/2015 Cursos: Água Conhecimento para Gestão Saiba mais em: https://www.aguaegestao.com.br/br/lista-completa-de-cursos Curso Modalidade Inscrições Vagas Realização À distância Turma 15: 03/08 à 16/08/ Turma 15:

Leia mais

COFIC, a BRASKEM, a Associação Brasileira de Química, Regional. BA e o Conselho Regional de Química VII Região, convidam para a

COFIC, a BRASKEM, a Associação Brasileira de Química, Regional. BA e o Conselho Regional de Química VII Região, convidam para a O Instituto de Química da Universidade Federal da Bahia, o COFIC, a BRASKEM, a Associação Brasileira de Química, Regional BA e o Conselho Regional de Química VII Região, convidam para a comemoração do

Leia mais

ESTUDO DE IMPACTO AMBIENTAL (EIA) DO CANTEIRO NÁUTICO E NAVAL DE ARATU (CNNA)

ESTUDO DE IMPACTO AMBIENTAL (EIA) DO CANTEIRO NÁUTICO E NAVAL DE ARATU (CNNA) 1/11 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 2 1.0. IDENTIFICAÇÃO DO EMPREENDEDOR E... 3 1.1. IDENTIFICAÇÃO DA CONTRATANTE... 3 1.1.1. RESPONSÁVEL LEGAL DA CONTRATANTE... 3 1.2. IDENTIFICAÇÃO DA... 4 1.2.1. REPRESENTANTES

Leia mais

João José Ferreira Forni Palestras e Debates Participação como palestrante ou debatedor nos seguintes eventos:

João José Ferreira Forni Palestras e Debates Participação como palestrante ou debatedor nos seguintes eventos: João José Ferreira Forni Palestras e Debates Participação como palestrante ou debatedor nos seguintes eventos: 1997/1998 1. O relacionamento institucional da imprensa. - Palestra para Gerentes e executivos

Leia mais

PASSIVOS AMBIENTAIS EM PPP s

PASSIVOS AMBIENTAIS EM PPP s Prof. Dr. Roberto Kochen Tecnologia, Engenharia e Meio Ambiente 4435 Novembro/2005 Passivo Ambiental É o acumulo de danos infligidos ao meio natural por uma determinada atividade ou pelo conjunto das ações

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 026/2012 CONSEPE (Alterada pela Resolução nº 019/2013 - CONSEPE) (Alterada pela Resolução n 043/2014 CONSEPE)

RESOLUÇÃO Nº 026/2012 CONSEPE (Alterada pela Resolução nº 019/2013 - CONSEPE) (Alterada pela Resolução n 043/2014 CONSEPE) RESOLUÇÃO Nº 026/2012 CONSEPE (Alterada pela Resolução nº 019/2013 - CONSEPE) (Alterada pela Resolução n 043/2014 CONSEPE) Regulamenta as atividades complementares nos cursos de graduação da UDESC. O Presidente

Leia mais

Universidade Lusófona

Universidade Lusófona Universidade Lusófona Licenciatura (1º Ciclo) em Ciências da Engenharia - Engenharia do Ambiente: Duração: 3 anos Grau: Licenciatura Director: Prof. Doutor José d'assunção Teixeira Trigo Objectivos: Formação

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE TECNOLOGIA

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE TECNOLOGIA -1- REGULAMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES FORMATIVAS DO Os alunos do Curso Noturno de Engenharia Elétrica da Universidade Federal do Paraná deverão cumprir um conjunto de atividades formativas complementares,

Leia mais

Maria Auxiliadora de Abreu Macêdo (Dora Abreu)

Maria Auxiliadora de Abreu Macêdo (Dora Abreu) I COBESA 14 de julho de 2010 Sessão Técnica 21 PAP001775 DESENVOLVIMENTO AGRÍCOLA E REUSO DE ESGOTOS NO SEMIÁRIDO BRASILEIRO: PROPOSTA DE UM MODELO DE AÇÕES BASEADO NA EXPERIÊNCIA ISRAELENSE Maria Auxiliadora

Leia mais

MESTRADO PROFISSIONALIZANTE EM TECNOLOGIA AMBIENTAL UMA PROPOSTA DA UNIVERSIDADE DE RIBEIRÃO PRETO UNAERP

MESTRADO PROFISSIONALIZANTE EM TECNOLOGIA AMBIENTAL UMA PROPOSTA DA UNIVERSIDADE DE RIBEIRÃO PRETO UNAERP MESTRADO PROFISSIONALIZANTE EM TECNOLOGIA AMBIENTAL UMA PROPOSTA DA UNIVERSIDADE DE RIBEIRÃO PRETO UNAERP Carmen S G Lopes clopes@unaerp.br Universidade de Ribeirão Preto - Curso de Engenharia Química

Leia mais

Mapeamentos e dados gerais no Brasil sobre escorregamentos

Mapeamentos e dados gerais no Brasil sobre escorregamentos Mapeamentos e dados gerais no Brasil sobre escorregamentos BOCAINA CURSOS & ESTUDOS AMBIENTAIS-URBANOS Fernando Nogueira Consultor VEYRET, Yvette (org.). Os riscos: o homem como agressor e vítima do meio

Leia mais

Avaliação de técnicas de Produção Mais Limpa em um laticínio no Sul da Bahia

Avaliação de técnicas de Produção Mais Limpa em um laticínio no Sul da Bahia Universidade Estadual de Santa Cruz-UESC Departamento de Ciências Exatas e Tecnológicas-DCET Colegiado de Engenharia de Produção Avaliação de técnicas de Produção Mais Limpa em um laticínio no Sul da Bahia

Leia mais

Gerenciamento de Drenagem de Mina. Soluções e Tecnologias Avançadas. www.water.slb.com

Gerenciamento de Drenagem de Mina. Soluções e Tecnologias Avançadas. www.water.slb.com Gerenciamento de Drenagem de Mina Soluções e Tecnologias Avançadas www.water.slb.com Buscando sempre desenvolver solução inovadoras, eficientes e econômicas. A Schlumberger Water Services é um segmento

Leia mais

INDICADORES DE DESEMPENHO OPERACIONAL: APOIO À GESTÃO AMBIENTAL DE UMA INDÚSTRIA PETROQUÍMICA

INDICADORES DE DESEMPENHO OPERACIONAL: APOIO À GESTÃO AMBIENTAL DE UMA INDÚSTRIA PETROQUÍMICA INDICADORES DE DESEMPENHO OPERACIONAL: APOIO À GESTÃO AMBIENTAL DE UMA INDÚSTRIA PETROQUÍMICA Karla Patrícia Santos Oliveira Rodriguez Esquerre (1) Engenheira Química Universidade Federal de Alagoas (UFAL).

Leia mais

SEMINÁRIO SUCESSÃO FAMILIAR. como preparar o sucessor para ocupar a principal cadeira de sua empresa

SEMINÁRIO SUCESSÃO FAMILIAR. como preparar o sucessor para ocupar a principal cadeira de sua empresa SEMINÁRIO como preparar o sucessor para ocupar a principal cadeira de sua empresa O SEMINÁRIO As empresas familiares carregam valores e sentimentos mais delicados do que os de empresas não familiares.

Leia mais

Fundos, Programas e Linhas de Crédito do BNDES para investimentos ambientais. Janeiro / 2010

Fundos, Programas e Linhas de Crédito do BNDES para investimentos ambientais. Janeiro / 2010 Fundos, Programas e Linhas de Crédito do BNDES para investimentos ambientais Janeiro / 2010 BNDES e o Meio Ambiente Década de 70 A variável ambiental é incorporada, formalmente, ao processo de análise

Leia mais

O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas IPAAM foi criado no dia 11/03/1996, através do Decreto Estadual Nº 17.033.

O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas IPAAM foi criado no dia 11/03/1996, através do Decreto Estadual Nº 17.033. CRIAÇÃO DO IPAAM O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas IPAAM foi criado no dia 11/03/1996, através do Decreto Estadual Nº 17.033. É vinculado diretamente a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento

Leia mais

Da finalidade das atividades complementares

Da finalidade das atividades complementares Salvador, 28 de setembro de 2010. Da finalidade das atividades complementares Art. 1º A finalidade das atividades complementares é o enriquecimento da formação do aluno quanto ao seu curso de graduação,

Leia mais

Regulamento das Atividades Complementares da Faculdade de Ciências Sociais de Guarantã do Norte

Regulamento das Atividades Complementares da Faculdade de Ciências Sociais de Guarantã do Norte Regulamento das Atividades Complementares da Faculdade de Ciências Sociais de Guarantã do Norte 2010 Apresentação As Atividades de Extensão são ações desenvolvidas sob forma de programas, projetos, cursos,

Leia mais

SAMANTHA ALMEIDA NERY GONZALEZ GRIMALDI RELATÓRIO APA BAÍA DE TODOS OS SANTOS ILHA DE MARÉ: DESAFIOS E ESPERANÇA.

SAMANTHA ALMEIDA NERY GONZALEZ GRIMALDI RELATÓRIO APA BAÍA DE TODOS OS SANTOS ILHA DE MARÉ: DESAFIOS E ESPERANÇA. SAMANTHA ALMEIDA NERY GONZALEZ GRIMALDI RELATÓRIO APA BAÍA DE TODOS OS SANTOS ILHA DE MARÉ: DESAFIOS E ESPERANÇA. SALVADOR 2009 RELATÓRIO APA BAÍA DE TODOS OS SANTOS ILHA DE MARÉ: DESAFIOS E ESPERANÇA.

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Comissão Especial de Regimes de Trabalho INDICADORES PARA AVALIAÇÃO DOCENTE 27/06/2008 REITORIA DA USP CERT INDICADORES GERAIS PARA AVALIAÇÃO DOCENTE ENSINO Participação em intercâmbio como pesquisador/professor

Leia mais

10TT - Monitoramento da Recuperação Ambiental da Bacia Carbonífera de Santa Catarina. Unidade de Medida: % de execução física Especificação do Produto

10TT - Monitoramento da Recuperação Ambiental da Bacia Carbonífera de Santa Catarina. Unidade de Medida: % de execução física Especificação do Produto Programa 2067 - Resíduos Sólidos 10TT - Monitoramento da Recuperação Ambiental da Bacia Carbonífera de Santa Catarina Tipo: Projeto Número de Ações 10 Esfera: 10 - Orçamento Fiscal Função: 18 - Gestão

Leia mais

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL PARA PÓS-GRADUAÇÃO AUGM PMEP ANEXO II DA OFERTA UNIVERSIDAD NACIONAL DE CÓRDOBA (ARGENTINA)

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL PARA PÓS-GRADUAÇÃO AUGM PMEP ANEXO II DA OFERTA UNIVERSIDAD NACIONAL DE CÓRDOBA (ARGENTINA) PROGRAMA DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL PARA PÓS-GRADUAÇÃO AUGM PMEP ANEXO II DA OFERTA UNIVERSIDAD NACIONAL DE CÓRDOBA (ARGENTINA) Análise e Processamento de Imagens Antropologia Ciência e Tecnologia dos

Leia mais

Estabilização de uma área utilizando a contribuição da sucção: O caso de Barro Branco.

Estabilização de uma área utilizando a contribuição da sucção: O caso de Barro Branco. Estabilização de uma área utilizando a contribuição da sucção: O caso de Barro Branco. Campos, L. E. P. UFBA, Salvador, Bahia, Brasil, ledmundo@ufba.br Fonseca, E. C. UFBA, Salvador, Bahia, Brasil, evan@ufba.br

Leia mais

T- 072 FERRAMENTAS PARA DETERMINAÇÃO DO PADRÃO DE CONSUMO RESIDENCIAL DE ÁGUA

T- 072 FERRAMENTAS PARA DETERMINAÇÃO DO PADRÃO DE CONSUMO RESIDENCIAL DE ÁGUA T- 072 FERRAMENTAS PARA DETERMINAÇÃO DO PADRÃO DE CONSUMO RESIDENCIAL DE ÁGUA FERRAMENTAS PARA DETERMINAÇÃO DO PADRÃO DE CONSUMO RESIDENCIAL DE ÁGUA Tema I: Abastecimento de Água Autores: Jennifer Conceição

Leia mais

HACH ENGENHARIA, CONSTRUÇÕES E CONSULTORIA AMBIENTAL CONSULTORIA AMBIENTAL

HACH ENGENHARIA, CONSTRUÇÕES E CONSULTORIA AMBIENTAL CONSULTORIA AMBIENTAL HACH ENGENHARIA, CONSTRUÇÕES E CONSULTORIA AMBIENTAL CONSULTORIA AMBIENTAL Quem somos: Somos HACH ENGENHARIA, CONSTRUÇÕES E CONSULTORIA AMBIENTAL Ltda. um grupo multidisciplinar de profissionais com conhecimentos

Leia mais

REGISTRO DE EMISSÃO E TRANSFERÊNCIA DE POLUENTES NO BRASIL

REGISTRO DE EMISSÃO E TRANSFERÊNCIA DE POLUENTES NO BRASIL REGISTRO DE EMISSÃO E TRANSFERÊNCIA DE POLUENTES NO BRASIL Eng. Marcus E. M da Matta, PhD Diretor Executivo EcoAdvisor marcus@ecoadvisor.com.br www.ecoadvisor.com.br PALESTRANTE Marcus E. M. da Matta,

Leia mais

Palácio dos Bandeirantes Av. Morumbi, 4.500 - Morumbi - CEP 05698-900 - Fone: 3745-3344 Nº 118 DOE de 24/06/06. Saúde GABINETE DO SECRETÁRIO

Palácio dos Bandeirantes Av. Morumbi, 4.500 - Morumbi - CEP 05698-900 - Fone: 3745-3344 Nº 118 DOE de 24/06/06. Saúde GABINETE DO SECRETÁRIO Diário Oficial Estado de São Paulo Poder Executivo Seção I Palácio dos Bandeirantes Av. Morumbi, 4.500 - Morumbi - CEP 05698-900 - Fone: 3745-3344 Nº 118 DOE de 24/06/06 Saúde GABINETE DO SECRETÁRIO Resolução

Leia mais

CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE ENGENHARIA CIVIL

CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE ENGENHARIA CIVIL CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE ENGENHARIA CIVIL Alcyr de Morisson Faria Neto (Especialista) Regime de Trabalho: Horista Área de conhecimento: Ciências Sociais Aplicadas Qualificação profissional: Arquitetura

Leia mais

CREA-BA Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia da Bahia

CREA-BA Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia da Bahia BA2286A CASA FAMILIAR RURAL DE PRESIDENTE TANCREDO NEVES BA2095C Centro de Educação Tecnologica Aureo de Oliveira Filho Curso: Técnico em Automacao Industrial BA2188A Centro de Educação Tecnológica do

Leia mais

RESÍDUOS COMO ALTERNATIVA DE APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO SÓCIO-AMBIENTAL

RESÍDUOS COMO ALTERNATIVA DE APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO SÓCIO-AMBIENTAL RESÍDUOS COMO ALTERNATIVA DE APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO SÓCIO-AMBIENTAL SOUZA,I.C. ;BUFAIÇAL,D.S.S;SANTOS,M.D.;ARANTES,S.S.;XAVIER,L.;FERREIRA,G.K.S; OLIVEIRA,B.A.;PAGOTTO,W.W.B.S.;SILVA,R.P.;SANTOS.L.G.;SANTOS.F.F.S.;FRANCO,R.

Leia mais

EDITAL Nº 03, DE 02 DE MARÇO DE 2010. CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DO MAGISTÉRIO DO ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO ANEXO I

EDITAL Nº 03, DE 02 DE MARÇO DE 2010. CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DO MAGISTÉRIO DO ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO ANEXO I MINISTERIO DA EDUCACÃO SECRETARIA DE EDUCACÃO PROFISSIONAL E TECNOLOGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCACÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA. EDITAL Nº 03, DE 02 DE MARÇO DE 2010. CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DO CETEM ES/MCTI

PROGRAMAÇÃO DO CETEM ES/MCTI Seminário de Tecnologias de Rochas Ornamentais CETEM ES/MCTI Seminário Interno de Engenharia de Minas SEMIN IFES PERÍODO: 09 a 13 de dezembro de 2013 LOCAL: IFES CAMPUS CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM (no Auditório)

Leia mais

Produção Técnica. Ano Base. Área de Avaliação ENGENHARIAS III. Área Básica ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 3.08.00.00-5. Instituição

Produção Técnica. Ano Base. Área de Avaliação ENGENHARIAS III. Área Básica ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 3.08.00.00-5. Instituição Ano Base 2012 Área de Avaliação ENGENHARIAS III Área Básica ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 3.08.00.00-5 Instituição UFSCAR - UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS (SP) Programa Engenharia de Produção 33001014039P-7

Leia mais

Mini-curso Sistema de Gestão Ambiental. Ivo Neves Gerente de Consultoria. For the benefit of business and people

Mini-curso Sistema de Gestão Ambiental. Ivo Neves Gerente de Consultoria. For the benefit of business and people Mini-curso Sistema de Gestão Ambiental Ivo Neves Gerente de Consultoria For the benefit of business and people UNICAMP, Outubro 2005 1 Módulo I MÓDULO I VISÃO GERAL DE TEMAS AMBIENTAIS 2 1 Módulo I Conceitos

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 028/2011 CONSEPE (Revogada pela Resolução n 026/2012 CONSEPE)

RESOLUÇÃO Nº 028/2011 CONSEPE (Revogada pela Resolução n 026/2012 CONSEPE) RESOLUÇÃO Nº 028/2011 CONSEPE (Revogada pela Resolução n 026/2012 CONSEPE) Regulamenta as Atividades Complementares nos Cursos de Graduação da UDESC. A Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão

Leia mais

PROFILE RESUMIDO LIDERANÇA DAS EQUIPES

PROFILE RESUMIDO LIDERANÇA DAS EQUIPES PROFILE RESUMIDO LIDERANÇA DAS EQUIPES A Prima Consultoria A Prima Consultoria é uma empresa regional de consultoria em gestão, fundamentada no princípio de entregar produtos de valor para empresas, governo

Leia mais

3Uy5HLWRULDSDUD$VVXQWRVGH 3HVTXLVDH3yV*UDGXDomRGD8)3( 5HODWyULRGH$WLYLGDGHV. 0DUoR

3Uy5HLWRULDSDUD$VVXQWRVGH 3HVTXLVDH3yV*UDGXDomRGD8)3( 5HODWyULRGH$WLYLGDGHV. 0DUoR 3Uy5HLWRULDSDUD$VVXQWRVGH 3HVTXLVDH3yV*UDGXDomRGD8)3( 5HODWyULRGH$WLYLGDGHV 0DUoR $'0,1,675$d 2 Aprovação junto a CPPG da Resolução nº 01/2001 que dispõe sobre as atribuições da Comissão de Pós-Graduação

Leia mais

WORKSHOP GesPÚBLICA de Gestão da Qualidade e Produtividade do IFSC 24 de outubro de 2013

WORKSHOP GesPÚBLICA de Gestão da Qualidade e Produtividade do IFSC 24 de outubro de 2013 WORKSHOP GesPÚBLICA de Gestão da Qualidade e Produtividade do IFSC 24 de outubro de 2013 AÇÕES PARA A QUALIDADE: Resultados e Perspectivas do modelo de Gestão Integrada de Qualidade, Meio Ambiente, Segurança

Leia mais

PLANO INTEGRADO DE RESÍDUOS SÓLIDOS: UM DESAFIO COM MAIS OPORTUNIDADES

PLANO INTEGRADO DE RESÍDUOS SÓLIDOS: UM DESAFIO COM MAIS OPORTUNIDADES PLANO INTEGRADO DE RESÍDUOS SÓLIDOS: UM DESAFIO COM MAIS OPORTUNIDADES Gustavo Luiz Araújo Souto BATISTA 1, Gustavo Fontes de SOUSA 1, Aristóteles Santos LIRA 1, Felipe Fernandes Duarte de Oliveira LIMA

Leia mais

OS CUIDADOS COM A ÁGUA NA ESCOLA FUNDAMENTAL PROFESSOR ADAILTON COELHO COSTA

OS CUIDADOS COM A ÁGUA NA ESCOLA FUNDAMENTAL PROFESSOR ADAILTON COELHO COSTA OS CUIDADOS COM A ÁGUA NA ESCOLA FUNDAMENTAL PROFESSOR ADAILTON COELHO COSTA Dantas 1, Mayara; Gomes 1, Márcia; Silva 1, Juliene; Silva 1, Jaciele; 1 Discente do Curso de Bacharelado em Ecologia; 2 Professora

Leia mais

Área de restrição e controle de capacitação e uso de águas subterrâneas PROJETO JURUBATUBA. INSTITUTO DE ENGENHARIA 29 Junho de 2011

Área de restrição e controle de capacitação e uso de águas subterrâneas PROJETO JURUBATUBA. INSTITUTO DE ENGENHARIA 29 Junho de 2011 Área de restrição e controle de capacitação e uso de águas subterrâneas PROJETO JURUBATUBA INSTITUTO DE ENGENHARIA 29 Junho de 2011 Câmara Técnica de Águas Subterrâneas do CRH Coordenador Gerôncio Rocha

Leia mais

SOBRE O INVESTE NORDESTE 2015

SOBRE O INVESTE NORDESTE 2015 SOBRE O INVESTE NORDESTE 2015 É o Expo-Fórum internacional totalmente dedicado a explorar as grandes oportunidades de investimentos, parcerias comerciais e trocas de tecnologias entre Brasil e Portugal.

Leia mais

III-147 CONTROLE AMBIENTAL DO ATERRO SANITÁRIO METROPOLITANO DE JOÃO PESSOA/PB

III-147 CONTROLE AMBIENTAL DO ATERRO SANITÁRIO METROPOLITANO DE JOÃO PESSOA/PB III-147 CONTROLE AMBIENTAL DO ATERRO SANITÁRIO METROPOLITANO DE JOÃO PESSOA/PB José Dantas de Lima (1) Engenheiro Civil pela UFPB (1987), Mestre em Engenharia Sanitária pela UFPB(2001), Diretor Operacional

Leia mais

SÍNTESE DO PROCESSO EVOLUTIVO DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL NA MODALIDADE EaD DA UAB-UFSCAR

SÍNTESE DO PROCESSO EVOLUTIVO DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL NA MODALIDADE EaD DA UAB-UFSCAR 1 SÍNTESE DO PROCESSO EVOLUTIVO DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL NA MODALIDADE EaD DA UAB-UFSCAR SÃO CARLOS, MAIO/2011 Luiz Marcio Poiani UFSCar lmpoiani@ufscar.br Marilu Pereira

Leia mais

PRIMEIRA CIRCULAR. Introdução

PRIMEIRA CIRCULAR. Introdução PRIMEIRA CIRCULAR Introdução A Universidade de Santa Cruz do Sul UNISC, através do Pólo de Modernização Tecnológica Vale do Rio Pardo - e do Programa de Pós-Graduação em Tecnologia Ambiental, sediará o

Leia mais

Plano de Trabalho 3 Pilares

Plano de Trabalho 3 Pilares Vote na Chapa 2 VOTAÇÃO Dia 10/09 segunda-feira No Auditório do Edifício Redenção Entre 19h e 20h30 Na Avenida Tancredo Neves, nº 2421 - Térreo Prédio ao lado do prédio da ABRH-BA Você merece o melhor!

Leia mais

APRESENTAÇÃO QUEM SOMOS... MISSÃO... VISÃO... POLÍTICA DA QUALIDADE... VALORES...

APRESENTAÇÃO QUEM SOMOS... MISSÃO... VISÃO... POLÍTICA DA QUALIDADE... VALORES... APRESENTAÇÃO QUEM SOMOS... A L3 Engenharia Ambiental é uma empresa de consultoria, serviços, desenvolvimento e execução de projetos ambientais, que possui como foco o desenvolvimento sustentável e desenvolve

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

ATIVIDADES COMPLEMENTARES ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES Atividades Complementares aprovadas pelo colegiado do curso de Engenharia de Produção. São João del-rei, agosto de 2013 A seguir é apresentado as normas

Leia mais

22º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental

22º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental 22º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental 14 a 19 de Setembro 2003 - Joinville - Santa Catarina X-015 - MONITORAMENTO VIA INTERNET DE UMA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO SANITÁRIO TIPO

Leia mais

I Fórum Municipal de Enfrentamento à Violência contra Adultos e 09/11/2011 3 h Correlato para a Assistente Social

I Fórum Municipal de Enfrentamento à Violência contra Adultos e 09/11/2011 3 h Correlato para a Assistente Social RELAÇÃO DE EVENTOS APRESENTADOS PARA ANÁLISE VISANDO A PROMOÇÃO 2012 (período: 01/01/2009 a 31/03/2012) DELIBERAÇÕES DO CONSELHO PARA ASSUNTOS DE RECURSOS HUMANOS - CARH IGCE - Câmpus de Rio Claro Evento

Leia mais

AÇÕES DE RESPOSTA: VIGILÂNCIA EM SAÚDE AMBIENTAL

AÇÕES DE RESPOSTA: VIGILÂNCIA EM SAÚDE AMBIENTAL AÇÕES DE RESPOSTA: VIGILÂNCIA EM SAÚDE AMBIENTAL 1. Conceito Por Aramis Cardoso A Vigilância em Saúde Ambiental é definida como o conjunto de ações que proporcionam o conhecimento e a detecção de qualquer

Leia mais

Impactos Ambientais Prof. Hannah Amaral

Impactos Ambientais Prof. Hannah Amaral Impactos Ambientais Prof. Hannah Amaral O QUE É IMPACTO AMBIENTAL Art. 1o da Resolução CONAMA n.1/86 Considera-se Impacto Ambiental qualquer alteração das propriedades físicas, químicas e biológicas do

Leia mais

ANEXOS. Quanto aos critérios e requerimentos de cada Inciso do Artigo 3º:

ANEXOS. Quanto aos critérios e requerimentos de cada Inciso do Artigo 3º: ANEXOS Anexo 1- Normas preliminares para registro das atividades complementares de graduação, como parte flexível do currículo do curso de graduação em Geologia Art. 1º - No curso de Geologia da unidade

Leia mais

PROJETO COMERCIAL NOVAS DIRETRIZES PRODUÇÃO ANIMAL: De 11 a 14 de Novembro de 2014 CENTRO DE CONVENÇÕES LUÍS EDUARDO MAGALHÃES ILHÉUS - BAHIA - BRASIL

PROJETO COMERCIAL NOVAS DIRETRIZES PRODUÇÃO ANIMAL: De 11 a 14 de Novembro de 2014 CENTRO DE CONVENÇÕES LUÍS EDUARDO MAGALHÃES ILHÉUS - BAHIA - BRASIL PROJETO COMERCIAL BEM VINDOS AO CNPA 2014 IX CONGRESSO NORDESTINO DE PRODUÇÃO ANIMAL A Sociedade Nordestina de Produção Animal (SNPA) é uma instituição científica de pesquisa, de âmbito regional, que congrega

Leia mais

CURRICULUM VITAE. José Figueiredo Guedes. Doutorando em Ciências e Engenharia do Ambiente. Engenheiro Mecânico. Analista de Projetos Navais

CURRICULUM VITAE. José Figueiredo Guedes. Doutorando em Ciências e Engenharia do Ambiente. Engenheiro Mecânico. Analista de Projetos Navais CURRICULUM VITAE José Figueiredo Guedes Doutorando em Ciências e Engenharia do Ambiente Engenheiro Mecânico Analista de Projetos Navais Gestor Ambiental Perito e Auditor Ambiental Perito e Avaliador de

Leia mais

Geomecânica dos resíduos sólidos

Geomecânica dos resíduos sólidos III Conferência Internacional de Gestão de Resíduos da América Latina Geomecânica dos resíduos sólidos urbanos: uma introdução Miriam Gonçalves Miguel Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo

Leia mais

Gestão de Resíduos Sólidos para Sociedade Sustentáveis na Universidade Estadual de Feira de Santana - BA: Desafios e Potencialidades

Gestão de Resíduos Sólidos para Sociedade Sustentáveis na Universidade Estadual de Feira de Santana - BA: Desafios e Potencialidades Fórum Internacional. A Sustentabilidade no Século XXI V Simpósio Internacional sobre Gerenciamento de Resíduos em Universidades Gestão de Resíduos Sólidos para Sociedade Sustentáveis na Universidade Estadual

Leia mais

TÉCNICO EM ELETROMECÂNICA Objetivo do Curso

TÉCNICO EM ELETROMECÂNICA Objetivo do Curso I MÓDULO I TÉCNICO EM ELETROMECÂNICA Objetivo do Curso Habilitar e qualificar profissionais para desenvolver atividades de projeto, especificação, instalação, montagem e manutenção de sistemas eletromecânicos

Leia mais