CONCORRÊNCIA N. 5/2005 TIPO: TÉCNICA E PREÇO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONCORRÊNCIA N. 5/2005 TIPO: TÉCNICA E PREÇO"

Transcrição

1 MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS LOGÍSTICOS COORDENAÇÃO DE COMPRAS E PROCEDIMENTOS LICITATÓRIOS CONCORRÊNCIA N. 5/2005 TIPO: TÉCNICA E PREÇO PROCESSO N.º / FUNDAMENTO LEGAL: ART. 23, INCISO II, ALÍNEA C, DA LEI N.º 8.666/93 CRITÉRIO DE JULGAMENTO: TÉCNICA E PREÇO DATA E HORÁRIO DE ABERTURA: 9 de janeiro de 2006, às 9h30min. LOCAL DE ABERTURA: ESPLANADA DOS MINISTÉRIOS, BLOCO J, EDIFÍCIO DO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR, SALA DE LICITAÇÕES, TÉRREO, EM BRASÍLIA/DF. A UNIÃO, por intermédio do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior - MDIC torna público a realização de licitação na modalidade de CONCORRÊNCIA do tipo TÉCNICA E PREÇO. A Comissão Permanente de Licitação, instituída pela Portaria/SPOA n.º 43, de 4 de outubro de 2005, publicada no DOU em 5 de outubro de 2005, se reunirá na Sala de Licitação do Ministério, localizada no Bloco J, térreo, Esplanada dos Ministérios, em Brasília-DF, para o recebimento dos envelopes de DOCUMENTAÇÃO, PROPOSTA TÉCNICA e PROPOSTA DE PREÇOS no intervalo das 09h30min até as 09h40min do dia 9 de janeiro de 2006, conforme a autorização contida no Processo n.º / , nos termos da Lei n.º 8.666, de 21 de junho de 1993, do Decreto n.º 1.070, de 2 de março de 1994, da Lei n.º de 23/10/91, da Lei n.º de 11 de janeiro de 2001 e do Decreto n.º 2.271, de 7 de julho de 1997, da legislação complementar e nas condições previstas neste Edital. 1. OBJETO O presente Edital tem como objeto a contratação de empresa especializada para a prestação de serviços de Suporte Técnico a Usuários da Rede Corporativa de Computadores, mediante a instalação de postos de trabalho, para o adequado funcionamento e a normal utilização dos equipamentos, Sistemas e aplicativos de informática do Ministério. 2. LOCAIS E HORÁRIOS DA PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS 2.1. Os serviços deverão ser executados por profissionais alocados pela empresa Licitante, nas instalações e com recursos de infra-estrutura tecnológica fornecidos pelo Ministério, na cidade de Brasília/DF, no Edifício-Sede do Ministério, localizado na Esplanada dos Ministérios Bloco J, das 07h00min às 22h00min horas e no Edifício DNRC, localizado no Setor de Autarquias Sul, Quadra 2, Lote 1/A, das 08h00min às 18h00min horas e na cidade do Rio de Janeiro/RJ no Edifício da Secretaria de Comercio Exterior, localizado na Praça Pio X, 54 - Centro, das 08h00min às 18h00min horas Os serviços executados no Edifício Sede do Ministério serão realizados no horário de execução indicado no item anterior, mas observarão a jornada diária prevista para os postos de trabalho indicada no subitem 3.1, sendo vedada, portanto, a remuneração de horas excedentes ou trabalho noturno. 1

2 3. DIMENSIONAMENTO DA EQUIPE Considerando os serviços constantes do Objeto e os volumes históricos apresentados no Anexo VI - DEMONSTRATIVO DE VOLUMES DE SERVIÇO, parte integrante do Projeto Básico, são necessários 17 Postos alocados da seguinte forma: Postos, de 8 horas, distribuídos no período de 07h00min as 22h00min para atuação no Edifício-Sede do CONTRATANTE, atendendo os horários de pico ilustrados no Anexo VIII - DISTRIBUIÇÃO DA CARGA HORÁRIA NO PRÉDIO DO MDIC, parte integrante do Projeto Básico; Postos, de 8 horas, distribuídos no período de 08h00min as 18h00min para atuação no Edifício do DNRC; Postos, de 8 horas, distribuídos no período de 08h00min as 18h00min para atuação no Edifício da SECEX-RJ. 4. COMPROVAÇÃO DE CAPACITAÇÃO DOS PROFISSIONAIS 4.1. Qualificação mínima exigida do Profissional de Suporte Local a) Segundo grau completo; b) Conhecimento e prática em manutenção de hardware de microcomputadores em nível de configuração, software básico e aplicativos de automação de escritório; c) Conhecimento de arquitetura de microcomputador padrão IBM/PC; d) Conhecimento e prática na substituição de módulos em microcomputadores e impressoras; e) Conhecimento e prática na substituição de consumíveis em impressoras laser e jato de tinta; f) Experiência em operação de microcomputadores, com utilização de softwares de automação de escritório; g) Capacidade de expressar-se com clareza e objetividade, tanto na linguagem escrita como na falada; h) Capacidade de agir com calma e tolerância, não se desestabilizando frente a situações que fujam dos procedimentos e rotinas normais de trabalho; i) Facilidade para se adaptar às normas e regulamentos estabelecidos; j) Demonstrar engajamento à missão e às diretrizes de atendimento Para a assinatura do Contrato e a cada alteração de profissionais feita durante a sua vigência, as empresas deverão comprovar a qualificação mínima exigida dos profissionais alocados na execução dos serviços mediante a apresentação de diploma, certificação e currículo. 5. COMPROVAÇÃO DE CAPACITAÇÃO DA EMPRESA 5.1. Para comprovação de que a empresa Licitante possui capacitação e experiência na execução de serviços correlatos aos do Objeto deste Projeto, a empresa deverá, nos termos do Art. 30, Parágrafo 1º, da Lei 8666/93, apresentar, juntamente com a documentação de habilitação, certidão ou atestado comprovando a sua experiência no suporte técnico a usuários da rede corporativa de computadores com a utilização e funcionamento de recursos semelhantes aos existentes no ambiente do Ministério, descrito no Anexo II - DESCRIÇÃO DO AMBIENTE OPERACIONAL DO MINISTÉRIO, parte integrante deste Projeto. 2

3 5.2. A ausência de qualquer dos documentos ou informações exigidos implicará na desclassificação da empresa Licitante. Os atestados deverão ser emitidos por pessoa jurídica de direito público ou privado, em nome da empresa Licitante, e deverão estar registrados no Conselho Regional de Administração. Caso os atestados tenham sido emitidos em Estados da Federação e a empresa que os apresentou seja considerada vencedora do certame, os atestados deverão ser vistados pelo CRA-DF, antes da assinatura do Contrato. 6. VISITA TÉCNICA DOS INTERESSADOS 6.1. A empresa Licitante interessada deverá fazer visita técnica em Brasília/DF no Edifício- Sede - Esplanada dos Ministérios Bloco J, a fim de vistoriar e tomar conhecimento das instalações, recursos tecnológicos e ambiente operacional do Ministério. O Termo de Vistoria será emitido e visado pela Coordenação-Geral de Modernização e Informática - CGMI, após a visita O período estabelecido para a visita técnica terá início da data da publicação do edital até 5 (cinco) dias anteriores à data de abertura da licitação, e deverá ser programada com antecedência mínima de 5 (cinco) dias úteis junto à Coordenação-Geral de Modernização e Informática - CGMI através do telefone (0**61) CONDIÇÕES PARA PARTICIPAÇÃO NA LICITAÇÃO E DO CREDENCIAMENTO 7.1. Poderá participar desta licitação a empresa que: a) Atenda às condições deste Edital; b) Contenha no seu contrato ou estatuto social, finalidade compatível com o objeto licitado; c) Não esteja sob falência, concurso de credores, dissolução, liquidação ou tenha sido suspensa de licitar no âmbito do MDIC e/ou declarada inidônea por Órgão Público; d) Que não esteja reunida em consórcio. 8. HABILITAÇÃO 8.1. Para habilitação nesta Concorrência, os interessados deverão atender rigorosamente às exigências contidas no item HABILITAÇÃO, apresentando os documentos ali exigidos, em envelope próprio para este fim destinado, conforme o item 8.4 deste Edital A Documentação deverá ser apresentada encadernada; Todas as folhas deverão estar numeradas, em ordem crescente, a partir da primeira folha Deverá constar uma folha contendo o Índice (Sumário) do seu conteúdo De modo a padronizar a organização e a facilitar o trabalho da Comissão Permanente de Licitação, a Documentação deverá ter seus conteúdos na mesma ordem apresentada no item HABILITAÇÃO constante neste edital, devendo ser apresentada com indicação do número das páginas que contenha a documentação comprobatória Não serão aceitos protocolos ou requerimentos em substituição a quaisquer documentos exigidos As Licitantes interessadas que não apresentarem os documentos exigidos nesta licitação, ou que os apresentarem incompletos, incorretos ou com validade expirada serão consideradas inabilitadas. 3

4 8.4. A documentação deverá ser apresentada em envelope fechado, contendo em seu exterior, o seguinte título: ENVELOPE N.º 01 - "DOCUMENTAÇÃO" MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS LOGÍSTICOS CONCORRÊNCIA N.º 5/ TIPO TÉCNICA E PREÇO DIA, HORA, LOCAL DA APRESENTAÇÃO RAZÃO SOCIAL DA LICITANTE CNPJ DA LICITANTE 8.5. HABILITAÇÃO Os Licitantes deverão apresentar as seguintes declarações: I. Declaração, em papel timbrado da Licitante, informando sobre a inexistência de fato impeditivo à habilitação, modelo abaixo, conforme determina o 2º, art. 32, da Lei n.º 8.666/93 e IN-MARE 05/95. DECLARAÇÃO (nome da empresa)..., CNPJ n.º... sediada (endereço completo)..., declara, sob as penas da lei, que até esta data inexistem fatos impeditivos para sua habilitação e contratação no processo licitatório de CONCORRÊNCIA N.º 5/2005, promovida pelo MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR, ciente da obrigatoriedade de declarar ocorrências posteriores. Data (a)... nome e n.º da identidade do declarante II. Declaração, em papel timbrado do Licitante, de que não utiliza mão de obra de menores de 18 (dezoito) anos para realização de trabalhos noturnos, perigosos ou insalubres, na forma do inciso V, do art. 27, da Lei n.º 8.666/93 e suas alterações posteriores, redigida nos termos dos Anexos do Decreto n.º 4.358, de 5/09/2002, abaixo transcrito, conforme a seguir: DECLARAÇÃO (nome da empresa)..., CNPJ n.º..., sediada (endereço completo)..., por intermédio de seu representante legal o(a) Senhor(a)..., portador(a) da Carteira de Identidade n.º.... e do CPF n.º...., participante da licitação na modalidade de Concorrência N.º 5/2005, promovida pelo MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR, declara sob as penas da Lei e para fins do disposto no inciso V, do art. 27, da Lei n.º 8.666/93, acrescido pela Lei n.º 9.854, de 27 de outubro de 1999, que não emprega menores de 18 anos para realização de trabalhos noturnos, perigosos ou insalubres e não emprega menor de 16 anos. Ressalva: emprega menor, a partir de 14 (quatorze) anos na condição de aprendiz. Data (a)... (nome e n.º da CI do representante legal do Licitante) 4

5 Os Licitantes deverão apresentar os seguintes documentos relativos à habilitação jurídica: I. Ato constitutivo, Estatuto ou Contrato social em vigor do Licitante, devidamente registrado, em se tratando de sociedades comerciais e, no caso de sociedade por ações, acompanhado de documentos de eleição de seus administradores; II. Inscrição do Ato Constitutivo em Cartório de Registros de Pessoas Jurídicas, no caso de sociedades civis, acompanhada de prova da diretoria em exercício; III. Registro Comercial, no caso de empresa individual, conforme exigência do art. 28, inciso II, da Lei n.º 8.666/93; IV. Decreto de autorização, em se tratando de empresa ou sociedade estrangeira em funcionamento no País, e ato de registro ou autorização para funcionamento expedido pelo órgão competente, quando a atividade assim o exigir Os Licitantes deverão apresentar os seguintes documentos relativos à regularidade fiscal: I. Prova de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ); II. Prova de inscrição no cadastro de contribuintes estadual e municipal, conforme o caso, relativa à sede e domicílio do Licitante; III. Prova da quitação com a Fazenda Federal, Estadual e Municipal de acordo com o disposto no art. 29, inciso III, da Lei n.º 8.666/93, dentro do prazo de validade; IV. Certificado de Regularidade do FGTS, expedido pela Caixa Econômica Federal, conforme alínea "a", do art. 27, da Lei n.º 8.036/90, devidamente atualizado; V. Certidão Negativa de Débito - CND relativa às contribuições sociais, fornecida pelo INSS - Instituto Nacional do Seguro Social devidamente atualizada, em atenção ao 3º, artigo 195, da Constituição Federal e à Lei n.º 8.212/ Os Licitantes deverão apresentar os seguintes documentos relativos à qualificação econômico-financeira: I. Certidão negativa de falência ou concordata, ou execução patrimonial, expedida pelo distribuidor da sede do Licitante nos termos do inciso II, art. 31, da Lei n.º 8.666/93 com validade não anterior a 90 (noventa) dias da data prevista da abertura do presente certame; II. Balanço patrimonial e demonstrações contábeis do último exercício social, já exigíveis e apresentados na forma da Lei, que comprovem a boa situação financeira da empresa, vedada a sua substituição por balancetes ou balanços provisórios podendo ser atualizados por índices oficiais quando encerrados a mais de 3 (três) meses da data de apresentação da proposta, conforme inciso I, artigo 31, da Lei n.º 8.666/93; 5

6 A situação econômico-financeiro do Licitante deverá ser demonstrada também com base no cálculo dos seguintes índices: I. Índice de Liquidez Geral (LG), com valor superior a 1, onde: Ativo Circulante + Realizável a Longo Prazo LG = Passivo Circulante + Exigível a Longo Prazo II. Índice de Solvência Geral (SG), com valor superior a 1, onde: Ativo Total SG = Passivo Circulante + Exigível a Longo Prazo III. Índice de Liquidez Corrente (LC), com valor superior a 1, onde: Ativo Circulante LC = Passivo Circulante a) As Licitantes que apresentarem resultado igual ou menor do que 1 (um), em qualquer dos índices calculados do balanço patrimonial da empresa (comprovação de boa situação financeira prevista no item 7, da IN n.º 5, de 21 de julho de 1995), deverão possuir capital social registrado e integralizado igual ou superior a R$ ,00 (cinqüenta e sete mil, oitocentos e cinqüenta e cinco reais). b) Os resultados destes índices deverão constar no ENVELOPE N.º 01 - DOCUMENTAÇÃO As Licitantes deverão apresentar os seguintes documentos relativos à qualificação técnica: I. Prova de inscrição ou registro e quitação das anuidades da empresa e dos seus Responsáveis Técnicos, junto ao Conselho competente, da localidade da sede do Licitante, referente ao exercício de 2005; II. Atestado(s) de Capacidade Técnica, referente ao item de participação, expedido(s) por pessoa jurídica de direito público ou privado, devidamente registrado no Conselho Competente, comprovando a aptidão da Licitante, para desempenho de atividade pertinente e compatível em características, quantidades e prazos com o objeto licitado; III. Declaração de vistoria técnica do Ambiente Operacional do Ministério; a) A vistoria deverá ser realizada no horário de 9h às 11h e 15h às 17h; b) Os interessados deverão, previamente, marcar as visitas técnicas junto à Coordenação Geral de Modernização e Informática, em Brasília, mediante contato telefônico pelos números (61) e ; c) A vistoria deverá ser feita em até 5 (cinco) dias antes do dia marcado para a abertura da licitação. IV. Profissional em seu quadro permanente, na data prevista para entrega da proposta, com nível superior e detentor de atestado de responsabilidade técnica, devidamente registrado no Conselho competente. 6

7 Os documentos para habilitação poderão ser apresentados em original, ou, por qualquer processo de cópia autenticada em Cartório competente ou publicação em órgão da imprensa oficial, ou, ainda, por cópias não autenticadas, desde que sejam exibidos os originais para conferência pela Comissão Permanente de Licitação. Não serão aceitas cópias ilegíveis, que não ofereçam condições de leitura das informações nelas contidas Em nenhum caso será concedido prazo para apresentação de documentos de qualificação/habilitação que não tiverem sido entregues na sessão própria e a falta de quaisquer documentos implicará na inabilitação do Licitante Os Licitantes que por meio de consulta ao Sistema SICAF, via On Line, que será realizada pela Comissão Permanente de Licitação no dia e hora marcados no preâmbulo deste Edital, que apresentarem regularidade, ou seja, Documentação Obrigatória Válida e Habilitação Parcial Válida, estarão isentos de apresentar os documentos exigidos nos subitens 8.5.2, 8.5.3, e incisos I, II e III do subitem (IN/MARE 05/95 e artigos 27, 28, 29 e 31 da Lei n.º 8666/93) A Comissão Permanente de Licitação, a seu critério, poderá proceder a diligências, em qualquer fase do processo, para comprovar a veracidade e a autenticidade das informações prestadas ou da documentação de habilitação apresentada. 9. PROPOSTA TÉCNICA 9.1. Forma de organização e apresentação da Proposta Técnica A Proposta Técnica deverá ser apresentada encadernada Todas as folhas deverão estar numeradas, em ordem crescente, a partir da primeira folha Deverá constar da Proposta Técnica uma folha contendo o Índice (Sumário) do seu conteúdo Deverá ter seus conteúdos na mesma ordem apresentada no item 3, do Anexo I - FATORES PARA COMPOSIÇÃO DO ÍNDICE TÉCNICO CRITÉRIOS DE NOTAS E DE JULGAMENTO DAS PROPOSTAS parte integrante do Projeto Básico com indicação do número da página que contenha a documentação comprobatória Relação de exigências de informações e documentação que deverão constar da Proposta Técnica Folha de Identificação da Licitante, indicando a razão social, endereço, cidade, UF, CEP, telefone, fac-símile, CNPJ/MF, Inscrição Estadual/Municipal, conta bancária (banco, agência, conta-corrente); Planilha de pontuação dos pontos comprovados pela Licitante, preenchido pela própria Licitante; Apresentação da Licitante através de texto que descreva a sua estrutura de organização e outros elementos que caracterizam a sua área de prestação de serviços; Comprovação através da apresentação de atestados ou declarações de capacidade técnica, emitidos por órgãos, entidades ou empresas públicas ou privados, devidamente registrados na entidade profissional competente, constando à prestação de serviços compatíveis com a descrição do Objeto da 7

8 licitação A Licitante, ao seu exclusivo critério, poderá incluir na sua Proposta Técnica, outros elementos ou documentos não exigidos, porém que possam contribuir para o melhor entendimento de sua proposta Os elementos descritos ou declarados pela própria Licitante deverão ser rubricados em todas as folhas e assinadas na última, por pessoa credenciada da Licitante Cópias de documentos emitidos por terceiros deverão ser anexadas obrigatoriamente autenticadas em Cartório A Licitante deverá organizar sua Proposta Técnica com todos os elementos exigidos e atentando para os critérios de análise e julgamento técnico, de forma a subsidiar a Comissão Permanente de Licitação a proceder a um julgamento justo Não será admitida pela Comissão Permanente de Licitação a inclusão de qualquer documento ou informação posteriormente, que deveria constar obrigatoriamente da Proposta Técnica apresentada A Comissão Permanente de Licitação a seu exclusivo critério, poderá proceder a diligências, em qualquer fase do processo, para comprovar a veracidade e a autenticidade das informações prestadas ou da documentação constante da Proposta Técnica A constatação de eventuais tentativas das Licitantes em induzir a Comissão Permanente de Licitação a um julgamento errado ou equivocado, seja através do fornecimento de informações inverídicas, seja através da inclusão de documentos adulterados, será tratado na forma da Lei, determinando, se comprovado, inclusive, a declaração de inidoneidade da Licitante e a suspensão do seu direito de licitar e contratar com a administração Toda documentação que comprove o atendimento dos quesitos inerentes aos fatores de PRAZO DE ENTREGA (PE), SUPORTE DE SERVIÇOS (SS), QUALIDADE (QQ), PADRONIZAÇÃO (PD), DESEMPENHO (DD) e COMPATIBILIDADE (CO) deverá fazer parte do caderno específico dos Documentos Comprobatórios Os documentos oficiais como declarações, atestados e contratos, que não estejam na língua portuguesa, deverão ter tradução oficial; A Proposta Técnica deverá ser apresentada em envelope fechado, contendo em seu exterior, os seguintes dizeres: ENVELOPE N.º 02 - "PROPOSTA TÉCNICA" MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS LOGÍSTICOS CONCORRÊNCIA N.º 5/ TIPO TÉCNICA E PREÇO DIA, HORA, LOCAL DA APRESENTAÇÃO RAZÃO SOCIAL DA LICITANTE CNPJ DA LICITANTE 10. PROPOSTA DE PREÇOS A Proposta de Preços em conformidade com o Anexo IV - PLANILHA DE CUSTO E FORMAÇÃO DE PREÇOS do Projeto Básico deve ser redigida em língua portuguesa, datilografada ou digitada, em uma via, sem emendas, rasuras, entrelinhas ou ressalvas, devendo a última folha ser assinada e as demais rubricadas pelo representante legal da 8

9 Licitante, dela constando a razão social da empresa, bem como: Valores expressos em moeda corrente nacional, por preço unitário, total e global da proposta, detalhados conforme disposição na Planilha constante do Anexo IV do Projeto Básico; Declaração expressa de estarem incluídos nos preços propostos, todos os custos e despesas de qualquer natureza, incidentes sobre o objeto da licitação. Na falta de tal declaração será considerada como inclusa nos preços toda e qualquer despesa; Informação do prazo de validade da proposta que não poderá ser inferior a 60 (sessenta) dias. Na falta de tal informação será considerada aceito o prazo citado anteriormente Havendo discordância entre os preços por extenso e em algarismos, prevalecerá o primeiro e havendo incoerência entre o preço unitário e o total, prevalecerá o primeiro também A Comissão poderá, caso julgue necessário, solicitar maiores esclarecimentos sobre a composição dos preços propostos A Proposta de Preços deverá ser apresentada em envelope fechado, contendo em seu exterior os seguintes dizeres: ENVELOPE N.º 03 - "PROPOSTA DE PREÇOS" MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS LOGÍSTICOS CONCORRÊNCIA N.º 5/ TIPO TÉCNICA E PREÇO DIA, HORA, LOCAL DA APRESENTAÇÃO RAZÃO SOCIAL DA LICITANTE CNPJ DA LICITANTE MODELO - PADRÃO PARA A PROPOSTA DE PREÇO AO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR Att.: Comissão Permanente de Licitação Brasília/DF Senhor Presidente da CPL, REF: PROPOSTA DE PREÇO CONCORRÊNCIA 5/2005 Apresentamos a Vossa Senhoria nossa Proposta de Preços para prestação de serviços de Suporte Técnico a Usuários da Rede Corporativa de Computadores, conforme detalhamento constante no Projeto Básico, que integra o Edital da Concorrência em epígrafe. 1. Preliminarmente, informamos dados de nossa empresa para fins de elaboração do Contrato e outros documentos: 1.1. Dados da Empresa Razão Social Endereço 9

10 CEP Cidade UF Telefone Fax Conta Bancaria n.º Agencia n.º Banco n.º 1.2. Dados do(s) Representante(s) Legal (is) para Assinatura do Contrato A) Nome Endereço CEP Cidade UF CPF/MF Cargo/ Função Cart. Ident. N.º Expedido por: Naturalidade Nacionalidade B) Nome Endereço CEP Cidade UF CPF/MF Cargo/ Função Cart. Ident. N.º Expedido por: Naturalidade Nacionalidade 2. A Proposta que ora apresentamos foi formulada com base nas especificações, condições técnicas e contratuais administrativas e prazos estabelecidos no Edital de Concorrência 5/2005, Projeto Básico e seus Anexos, os quais aceitamos e nos comprometemos a cumprir integralmente e, ainda, nos termos de todas as condições e documentos que constam de nossa documentação para habilitação e de nossa Proposta Técnica. 3. Declaramos nossa total e integral aceitação e concordância com os termos do Edital, Projeto Básico e seus Anexos. 4. A nossa proposta tem validade pelo período de 60 (sessenta) dias, corridos, contados da data de abertura da Proposta de Preços. 5. Informamos que executaremos a prestação de serviços de Suporte Técnico a Usuários da Rede Corporativa de Computadores, conforme detalhamento no Projeto Básico, nos prazos, cronogramas e especificações estabelecidas. 6. Declaramos, ainda, que estamos cientes de ser prerrogativa única e exclusiva do MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR, determinar a prestação dos serviços nas situações em que lhe convier, por razões de ordem técnica ou administrativa. Determinar também, a execução dos serviços em dependências e instalações físicas da Licitante, não cabendo à nossa empresa pleitear custos adicionais para cumprimento daquelas determinações quando os trabalhos forem executados nas dependências do Ministério localizados em Brasília/DF e Rio de Janeiro/RJ. 7. Declaramos os nossos compromisso de utilizar nos serviços contratados pelo MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR, no âmbito desta licitação, somente pessoal devidamente capacitado para as atividades e 10

11 regularmente contratado, quando prestando serviços continuados nas dependências do MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR, na forma da legislação vigente, observando ainda as disposições previstas nas Convenções ou Acordos Coletivos do Trabalho celebrados entre os Sindicatos Patronais e de Empregados relativos às categorias profissionais envolvidas. 8. Estamos cientes da obrigatoriedade de mantermos atualizadas, durante todo período de vigência do Contrato a ser celebrado todas as condições iniciais de habilitação e dos procedimentos, estrutura organizacional e infra-estrutura técnica de nossa empresa, permitido, neste último caso, o aperfeiçoamento e a expansão. 9. Os preços cotados que integram esta proposta já incluem todos os itens de custos e despesas incidentes, tais como: remuneração, encargos sociais, benefícios sociais, custos de transporte, serviços públicos, etc., e, ainda, os encargos tributários e taxas incidentes. 10. Estamos cientes e concordamos que o pagamento será efetuado mensalmente, pelos serviços prestados, contra apresentação da competente Nota Fiscal/Fatura de Serviços, emitida no primeiro dia útil do mês subseqüente ao da prestação do serviço, acompanhadas das respectivas Solicitações de Serviços realizados e aprovados, as quais serão atestadas pelo Representante do Ministério DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR e que o mesmo será efetuado no prazo de 5 (cinco) dias úteis, contados a partir do atesto definitivo de recebimento dos serviços, desde que cumpridas as exigências para habilitação ao pagamento, mediante crédito na conta-corrente, por meio de ordem bancária, no domicílio bancário informado, pelo qual desejamos receber nossos créditos. 11. Estamos cientes que as quantidades anuais estimadas não obrigam o MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR a utilizá-las nem ao pagamento de quaisquer valores a título de mínimo de segurança para a Licitante. O volume de serviços a ser utilizado em cada mês estará sempre vinculado às reais necessidades e à sua disponibilidade orçamentária e financeira. 12. Concordamos que os preços propostos poderão ser objetos de repactuação, desde que observado o interregno mínimo de um ano, a contar da data da proposta, ou da data do orçamento a que a proposta se referir ou da data da última repactuação. (Local e data) (Carimbo e assinatura do representante Legal) 11. RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Os envelopes de N.º 01 - DOCUMENTAÇÃO, N.º 02 - PROPOSTA TÉCNICA e N.º 03 - PROPOSTA DE PREÇOS deverão ser entregues separadamente, na data, local e horário especificados no preâmbulo, à Comissão Permanente de Licitação, por intermédio de cada representante Uma vez entregues os envelopes, não será admitida a inclusão de outros documentos ou informação, salvo se utilizada pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior a faculdade prevista no 3., do art. 48, da Lei n 8.666/ Os envelopes contendo a documentação de habilitação serão numerados em ordem seqüencial de entrega, adotando-se a mesma numeração para os que contiverem as 11

12 Propostas Técnica e de Preços, devendo permanecer nessa mesma ordem na formação do processo Os envelopes contendo a documentação relativa à habilitação serão desde logo abertos pela Comissão Permanente de Licitação, na presença dos interessados que fará a conferência dos documentos e procederá a verificação da validade e cumprimento das exigências contidas no Edital. Logo após, os referidos documentos deverão ser vistados e rubricados pelos membros da Comissão e pelos representantes das Licitantes presentes Caso a Comissão Permanente de Licitação julgue conveniente, poderá suspender a reunião para analisar os documentos de habilitação ou diligenciar sobre os mesmos, objetivando verificar as informações prestadas Na ocorrência da hipótese prevista no subitem anterior, os envelopes com as Proposta Técnica e/ou Proposta de Preços serão rubricados pelos membros da Comissão Permanente de Licitação e pelos representantes das Licitantes participantes da reunião, permanecendo lacrados e sob a guarda da Comissão, para abertura em outra sessão a ser comunicada pela mesma Os envelopes contendo as Propostas Técnicas e Propostas de Preços das Licitantes inabilitadas permanecerão lacrados e a disposição para retirada, na sala 307, 3 andar, do Edifício-Sede do Ministério, durante o período de 7 (sete) dias úteis. Findo este prazo, a Ministério não terá nenhuma responsabilidade sobre o seu teor Desde que não haja interposição de recurso por parte das Licitantes ou tenha havido desistência expressa ou após o julgamento dos recursos interpostos, proceder-se-á a abertura do "ENVELOPE N.º 02" das Licitantes habilitadas, devendo os documentos contidos ser rubricados, pelos membros da Comissão Permanente de Licitação e representantes das Licitantes presentes na reunião Não havendo possibilidade de apreciação imediata das Propostas Técnicas, a Comissão Permanente de Licitação poderá suspender a reunião para análise e posterior divulgação do resultado Desde que não haja interposição de recurso por parte das Licitantes ou tenha havido desistência expressa ou após o julgamento dos recursos interpostos, proceder-se-á a abertura do "ENVELOPE N.º 03" das Licitantes habilitadas e classificadas, devendo os documentos contidos ser rubricados, pelos membros da Comissão e representantes das Licitantes presentes na reunião Não havendo possibilidade de apreciação imediata das Propostas de Preços, a Comissão poderá suspender a reunião para análise e posterior divulgação do resultado Toda e qualquer declaração ou contestação por parte das Licitantes, com relação aos trabalhos da Comissão Permanente de Licitação, deverá constar em Ata. 12. CRITÉRIOS DE JULGAMENTO E ADJUDICAÇÃO O Critério de julgamento será processado em 03 (três) fases: Fase de habilitação, que compreenderá a análise dos documentos apresentados no ENVELOPE N.º 01 - DOCUMENTAÇÃO, de todas as Licitantes, na qual serão habilitadas as que atenderem às exigências constantes deste Edital Fase de julgamento das Propostas Técnicas, que compreenderá a análise dos documentos apresentados no ENVELOPE N.º 02 - PROPOSTA TÉCNICA das 12

13 Licitantes habilitadas, levando em consideração os critérios estabelecidos no Projeto Básico deste Edital Fase de julgamento das Propostas de Preços, que compreenderá a análise dos documentos contidos no ENVELOPE N.º 03 - PROPOSTA DE PREÇOS das Licitantes habilitadas, cujas propostas foram classificadas na fase anterior Consoante o disposto no art. 45, 1., inciso III, da Lei n /93, a presente licitação é do tipo Técnica e Preço, onde será observado o disposto no Decreto n , de 2 de março de 1994, considerando-se, nesse procedimento, os fatores de PRAZO DE ENTREGA (PE), SUPORTE DE SERVIÇOS (SS), QUALIDADE (QQ), PADRONIZAÇÃO (PD), DESEMPENHO (DD) e COMPATIBILIDADE (CO) e ainda o Preço, mediante os critérios de distribuição de pontos e pesos, a fim de encontrar o valor da avaliação para a devida classificação das Licitantes, conforme descrito no Anexo I - FATORES PARA COMPOSIÇÃO DO ÍNDICE TÉCNICO E CRITÉRIOS DE NOTAS E CRITÉRIOS DE JULGAMENTO das Propostas do Projeto Básico Após abrir os envelopes das Propostas Técnicas e durante a fase em que serão avaliadas essas propostas, a Comissão Permanente de Licitação examinará o atendimento da conformidade de cada um dos requisitos estabelecidos neste Edital, em confronto com os documentos apresentados para avaliação e pontuação técnica A Comissão, se julgar necessário, poderá solicitar parecer de técnicos da Coordenação-Geral de Modernização e Informática do MDIC Durante o exame das Propostas Técnicas, a Comissão levará em conta para efeito de julgamento, os fatores definidos no Anexo I do Projeto Básico Serão desclassificadas as Propostas de Preços das Licitantes que não atenderem às exigências contidas neste Edital, bem como aquelas que apresentarem valores superiores aos estabelecidos neste instrumento ou manifestamente inexeqüíveis Serão corrigidos automaticamente pela Comissão Permanente de Licitação, quaisquer erros de soma e/ou multiplicação Nas hipóteses em que todas as Licitantes forem inabilitadas ou todas as propostas forem desclassificadas, o Ministério poderá fixar às Licitantes o prazo de 8 (oito) dias úteis para a apresentação de nova documentação ou de outras propostas, escoimadas das causas que motivaram a inabilitação ou desclassificação Será desclassificada a proposta que apresente preço global simbólico, irrisório, de valor zero ou com valores superiores ao informado no Projeto Básico, parte integrante deste Edital Para fins dos procedimentos preliminares à classificação das Licitantes calcular-se-á as Notas de Avaliação das Licitantes, adotando-se como fatores de ponderação o peso do Índice Técnico e o peso do Índice de Preço constante no Anexo I do Projeto Básico A Nota de Avaliação da Licitante será obtida pela multiplicação do seu Índice Técnico pelo peso, somado à multiplicação do seu Índice de Preço pelo peso, considerada até a 2ª (segunda) casa decimal, desprezando-se a fração remanescente Em havendo empate, a classificação se fará, obrigatoriamente, por sorteio, em ato público, para o qual todas as Licitantes serão convocadas, de acordo com 2º, art. 45, da Lei n.º 8.666/93. 13

14 Não serão levadas em consideração, para efeito de julgamento, propostas de preços que contenham vantagens não previstas neste Edital ou baseadas nas ofertas das demais Licitantes. 13. RECURSOS Dos atos praticados pela Administração decorrentes da presente licitação, cabe: Recurso, no prazo de 5 (cinco) dias úteis, a contar da intimação do ato ou da lavratura da ata, nos casos de: a) Habilitação ou inabilitação da Licitante; b) Julgamento das propostas; c) Anulação ou revogação da licitação; d) Indeferimento do pedido de inscrição em registro cadastral, sua alteração ou cancelamento; e) Rescisão do Contrato, a que se refere o inciso I, do art. 79, da Lei n /93; f) Aplicação das penas de advertência, suspensão temporária ou de multa Representação, no prazo de 5 (cinco) dias úteis da intimação da decisão relacionada com o Objeto da licitação, de que não caiba recurso hierárquico Pedido de reconsideração, conforme o caso, na hipótese do 3º, do art. 87, da Lei n /93, no prazo de 10 (dez) dias úteis da intimação do ato A intimação dos atos referidos nas alíneas a, b, c e e, do subitem excluídos os relativos à advertência e multa de mora, e no subitem será feita mediante publicação na imprensa oficial, salvo para os casos previstos nas alíneas "a" e "b", se presentes os prepostos das Licitantes no ato em que foi adotada a decisão, quando poderá ser feita por comunicação direta aos interessados e lavrada à ata O recurso previsto nas alíneas "a" e "b" do subitem terá efeito suspensivo, podendo a autoridade competente, motivadamente e presentes razões de interesse público, atribuir ao recurso interposto eficácia suspensiva aos demais recursos Interposto o recurso será comunicado às demais Licitantes, que poderão impugná-lo no prazo de 5 (cinco) dias úteis Havendo recurso, a Comissão Permanente de Licitação poderá reconsiderar sua decisão, no prazo de 5 (cinco) dias úteis ou, nesse mesmo prazo, encaminhá-lo à autoridade competente, devendo a decisão ser proferida dentro do prazo de 5 (cinco) dias úteis, contado do recebimento do recurso, sob pena de responsabilidade Os recursos interpostos fora do prazo legal não serão levados em consideração As impugnações ao Edital e/ou os Recursos Administrativos deverão ser manifestados por escrito, protocolado o original junto à Comissão, na sala 307, no Bloco J, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, no horário de 9h às 11h30min e de 14h30min às 17h30min, em dias úteis, acompanhados de instrumento de procuração ou Contrato Social, em original ou cópia autenticada, aptos a demonstrarem que o signatário das peças detém poderes para representar a Licitante, mediante comprovante de recebimento aposto na 2ª (segunda) via. 14. HOMOLOGAÇÃO E CONVOCAÇÃO DA LICITANTE VENCEDORA 14

15 14.1. O resultado de julgamento será submetido à autoridade competente, para homologação. 15

16 14.2. Após a homologação da licitação, a Licitante vencedora será convocada para assinar o Contrato, no prazo de 5 (cinco) dias úteis, a contar do recebimento da convocação formalizada e nas condições estabelecidas É facultado à Administração, quando a convocada não comparecer no prazo estipulado no subitem anterior, não apresentar situação regular no ato da assinatura do Contrato ou ainda, recusar-se a assinar o Contrato, injustificadamente, convocar as Licitantes remanescentes, na ordem de classificação, para fazê-lo em igual prazo e nas mesmas condições propostas pelo primeiro classificado, inclusive quanto aos preços, ou revogar a licitação independentemente da cominação prevista no art. 81, da Lei n.º 8.666/ O prazo de convocação poderá ser prorrogado, uma vez, por igual período, quando solicitado pela parte, durante o seu transcurso e desde que ocorra motivo justificado aceito pelo MDIC A regularidade no Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores - SICAF, (Cadastro e Habilitação Parcial), será confirmada "On Line", no ato da assinatura do Contrato. 15. EXECUÇÃO E FISCALIZAÇÃO DO CONTRATO Os serviços serão executados de acordo com as especificações e exigências contidas no Projeto Básico, constante deste Edital A execução do Contrato será acompanhada e fiscalizada por um Representante do MDIC especialmente designado, observado o que se segue: a) O Representante do MDIC anotará em registro próprio todas as ocorrências relacionadas com a execução do Contrato, inclusive a observância do prazo de vigência do mesmo, determinando o que for necessário à regularização das faltas ou defeitos observados; b) As decisões e providências que ultrapassarem a competência do Representante deverão ser solicitadas aos seus superiores em tempo hábil para adoção das medidas convenientes; c) A existência da fiscalização do MDIC de nenhum modo diminui ou altera a responsabilidade da Licitante vencedora na prestação dos serviços a serem executados; d) O MDIC poderá exigir o afastamento de qualquer funcionário ou preposto da Licitante vencedora que venha causar embaraço a fiscalização ou que adote procedimentos incompatíveis com o exercício das funções que lhe forem atribuídas. 16. VIGÊNCIA DO CONTRATO O Contrato vigorará por 12 (doze) meses, contados a partir da data da sua assinatura, podendo a critério da Administração ter a sua duração prorrogada por iguais e sucessivos períodos, com vistas à obtenção de preços e condições mais vantajosas para o MDIC, limitadas a 60 (sessenta) meses, nos termos do inciso II, art. 57, da Lei n.º 8.666/ REPACTUAÇÃO DO CONTRATO Será permitida a repactuação do Contrato, desde que seja observado o interregno mínimo de 1 (um) ano, a contar da data da proposta, ou da data do orçamento a que a proposta se referir, ou da data da última repactuação, visando à adequação aos novos preços de mercado. 16

17 17.2. A repactuação será precedida de demonstração analítica do aumento dos custos, de acordo com as Planilhas de Custos e Formação de Preços, apresentadas juntamente com a proposta de preços. 18. GARANTIA DO CONTRATO Para assegurar o integral cumprimento de todas as obrigações contratuais assumidas, inclusive indenização a terceiros e multas eventualmente aplicadas, a Licitante vencedora se obriga a oferecer, como prestação de garantia, o valor correspondente a 5% (cinco por cento) do valor global do Contrato A garantia será restituída à Licitante vencedora após o integral cumprimento de todas as obrigações contratuais e, quando em dinheiro, atualizada monetariamente ( 4º, art. 56, da Lei n.º 8.666/93) Caberá à Licitante vencedora optar por uma das modalidades de garantia previstas no 1., art. 56, da Lei n / CONDIÇÕES DE PAGAMENTO O prazo de pagamento dos serviços, contado a partir da data final do período de adimplemento de cada parcela mensal, não será superior a 5 (cinco) dias úteis, mediante a apresentação da Nota Fiscal/Fatura, devidamente atestada por servidor designado, conforme disposto nos artigos 67 e 73 da Lei n.º 8.666/93, acompanhada do(s) respectiva(s) Solicitação(ões) de Serviço(s) Nos casos de eventuais atrasos de pagamento, o valor devido deverá ser acrescido de encargos moratórios, apurados desde a data referida no subitem 19.1 até a data do efetivo pagamento, tendo como base a Taxa Referencial - TR, ou outro índice que venha substituí-la, calculados pro rata tempore, mediante a aplicação da seguinte fórmula: N/30 EM=[(1 + TR/100) - 1]X VP, onde, TR EM VP N = = = = Percentual atribuído à Taxa Referencial - Encargos moratórios; Valor da parcela a ser paga; Número de dias entre a data prevista para o pagamento e a do efetivo pagamento Os pagamentos serão creditados em nome da Licitante vencedora, mediante ordem bancária em conta-corrente por ela indicada, uma vez satisfeita as condições estabelecidas neste Edital O pagamento mensal somente poderá ser efetuado após a comprovação da regularidade do fornecedor no SICAF e ainda após comprovação do recolhimento das contribuições sociais (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço e Previdência Social), correspondente ao mês da última competência vencida, compatível com o efetivo declarado, conforme disposto no 4º do art. 31 da Lei nº 8.212, de 24 de julho de 1991, com redação determinada pela Lei nº 9.032, de 28 de abril de SANÇÕES ADMINISTRATIVAS Pela inexecução total ou parcial do objeto do Contrato resultante desta licitação, erro na execução dos serviços e mora na execução, o Ministério aplicará à Licitante vencedora, garantida a prévia defesa, as seguintes sanções: 17

18 a) Advertência por escrito; b) As multas a serem aplicadas na forma descrita no item 17 do Projeto Básico. c) Multa de 20% (vinte por cento) sobre o valor global do Contrato, a partir do sexto dia, no caso de ocorrer à inexecução parcial ou total dos serviços, o que ensejará a rescisão do Contrato, sem prejuízo das demais penalidades previstas na Lei n 8.666/93; d) Suspensão temporária do direito de participar de licitações e contratar com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, por um período não superior a dois anos; e) Declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração Pública enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição ou até que seja promovida a reabilitação, perante a própria autoridade que aplicou a penalidade, que será concedida sempre que o contratado ressarcir a Administração pelos prejuízos resultantes e depois de decorrido o prazo da sanção aplicada com base na alínea anterior A multa prevista na alínea c será aplicada nas demais hipóteses de inexecução total ou parcial das obrigações assumidas As sanções previstas, nas alíneas a, "d" e "e", poderão ser aplicadas juntamente com a da alínea b, facultada a defesa prévia do interessado no respectivo processo, no prazo de 5 (cinco) dias úteis A multa aplicada após regular processo administrativo será descontada dos pagamentos eventualmente devidos pela Administração ou ainda, quando for o caso, cobrada judicialmente A sanção estabelecida na alínea "e" é de competência exclusiva do Senhor Ministro de Estado do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, facultada a defesa do interessado no respectivo processo, no prazo de 10 (dez) dias da abertura de vista, podendo a reabilitação ser requerida após 2 (dois) anos de sua aplicação As sanções previstas nas alíneas d e e poderão também ser aplicadas às empresas ou aos profissionais que, em razão dos Contratos regidos pela Lei n 8.666/93: a) Tenha sofrido condenação definitiva por praticarem, por meios dolosos, fraude fiscal no recolhimento de quaisquer tributos; b) Tenha praticado atos ilícitos, visando frustrar os objetivos da licitação; c) Demonstre não possuir idoneidade para contratar com a Administração em virtude de atos ilícitos praticados Não será aplicada multa se, comprovadamente, o atraso na execução dos serviços advier de caso fortuito ou motivo de força maior Da sanção aplicada caberá recurso, no prazo de 5 (cinco) dias úteis da notificação, à autoridade superior àquela que aplicou a sanção, nos termos do art. 109, da Lei n 8.666/ A autoridade competente poderá, motivadamente e presentes razões de interesse público, atribuir ao recurso interposto eficácia suspensiva. 18

19 19. RESCISÃO A inexecução total ou parcial do Contrato ensejará a sua rescisão, com as conseqüências contratuais previstas em lei ou regulamento Constituem motivo para rescisão do Contrato: a) Não cumprimento de cláusulas contratuais, especificações ou prazos; b) Cumprimento irregular de cláusulas contratuais, especificações e prazos; c) Lentidão no cumprimento das cláusulas contratuais, levando o CONTRATANTE, a presumir a impossibilidade da realização do serviço, nas condições e prazos estipulados; d) Atraso injustificado no início da execução dos serviços; e) Paralisação do serviço, sem justa causa e prévia comunicação ao CONTRATANTE; f) Subcontratação total ou parcial do objeto do Contrato, associação da CONTRATADA com outrem, a cessão ou transferência total ou parcial, bem como a fusão, cisão ou incorporação que afetem a boa execução deste, sem prévio conhecimento e autorização do CONTRATANTE; g) Desatendimento das determinações regulares da autoridade designada para acompanhar e fiscalizar a sua execução assim como as de seus superiores; h) Cometimento reiterado de faltas registradas pelo CONTRATANTE durante o Contrato; i) Decretação de falência ou instauração de insolvência civil; j) Dissolução da CONTRATADA; k) Alteração social ou a modificação da finalidade ou da estrutura da CONTRATADA, que prejudique a execução do Contrato; l) Razões de interesse público de alta relevância e amplo conhecimento, justificadas e determinadas pela máxima autoridade do CONTRATANTE e exaradas no processo administrativo a que se refere este Contrato; m) Suspensão de sua execução, por ordem escrita do CONTRATANTE, por prazo superior a 120 (cento e vinte) dias, salvo em caso de calamidade pública, grave perturbação da ordem interna ou guerra, ou ainda por repetidas suspensões que totalizem o mesmo prazo, independentemente do pagamento obrigatório de indenizações pelas sucessivas e contratualmente imprevistas desmobilizações e mobilizações e outras previstas, assegurado à CONTRATADA, nesses casos, o direito de optar pela suspensão do cumprimento das obrigações assumidas até que seja normalizada a situação; n) Não liberação, por parte do CONTRATANTE de área ou local para a prestação do serviço, nos prazos contratuais; o) Ocorrência de caso fortuito ou de força maior, regularmente comprovada, impeditiva da execução do Contrato A rescisão do Contrato poderá ser determinada por ato unilateral e escrito do CONTRATANTE, nos casos enumerados nas alíneas a, l e o. 19

20 20. DISPOSIÇÕES FINAIS A autoridade competente para aprovação do procedimento poderá revogar a licitação, por razões de interesse público, decorrente de fato superveniente, devidamente comprovado, pertinente e suficiente para justificar tal conduta, devendo anulá-la por ilegalidade, de ofício ou por provocação de terceiros mediante parecer escrito e devidamente fundamentado A anulação do procedimento licitatório por motivo de ilegalidade não gera obrigação de indenizar, ressalvado o disposto no Parágrafo Único, do art. 59, da Lei n.º 8.666/ No caso de desfazimento do processo licitatório, fica assegurado o contraditório e a ampla defesa É facultada à Comissão ou autoridade superior, em qualquer fase da licitação, a promoção de diligência destinada a esclarecer ou a complementar a instrução do processo, vedada à inclusão posterior de documento ou informação que deveria constar originalmente da proposta Os documentos exigidos neste Edital poderão ser apresentados em original, por qualquer processo de cópia ou publicação em órgão da impressa oficial. No caso de apresentação de cópias deverão ser autenticadas por tabelião ou apresentadas os respectivos originais para confronto e autenticação pelos membros da Comissão Permanente de Licitação, no ato da abertura da licitação Na contagem dos prazos estabelecidos neste Edital, excluir-se-á o dia do início e incluir-se-á o dia do término Nenhuma indenização será devida às Licitantes pela elaboração e/ou apresentação de documentação relativa ao presente Edital A Administração, a seu critério, poderá alterar de acordo com o art. 65, da Lei n.º 8.666/93 o Contrato resultante desta licitação A presente licitação poderá ser adiada ou sua abertura transferida para outra data, mediante prévio aviso Qualquer modificação no Edital exige divulgação pela mesma forma que se deu o texto original, reabrindo-se o prazo inicialmente estabelecido, exceto quando, inquestionavelmente, a alteração não afetar a formulação das propostas São partes integrantes deste Edital, o Projeto Básico e seus Anexos: Anexo I - FATORES PARA COMPOSIÇÃO DO ÍNDICE TÉCNICO CRITÉRIOS DE NOTAS E DE JULGAMENTO DAS PROPOSTAS; Anexo II - DESCRIÇÃO DO AMBIENTE OPERACIONAL DO MINISTÉRIO; Anexo III - PESQUISA DE PREÇO PARA TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS DE INFORMÁTICA; Anexo IV - PLANILHA DE CUSTO E FORMAÇÃO DE PREÇOS; Anexo V - SOLICITAÇÃO DE SERVIÇO; Anexo VI - DEMONSTRATIVO DE VOLUMES DE SERVIÇO; Anexo VII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DOS SERVIÇOS; Anexo VIII - DISTRIBUIÇÃO DA CARGA HORÁRIA NO PRÉDIO SEDE DO MDIC; e a MINUTA DE CONTRATO Os casos omissos bem como as dúvidas suscitadas pelos interessados serão resolvidos pela Comissão Permanente de Licitação, que se valerá dos dispositivos legais para orientar sua decisão. 20

CONCORRÊNCIA N. 4/2005 TIPO: TÉCNICA E PREÇO

CONCORRÊNCIA N. 4/2005 TIPO: TÉCNICA E PREÇO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS LOGÍSTICOS COORDENAÇÃO DE COMPRAS

Leia mais

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014.

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. Emissão: 09/12/2014. Abertura: 29/12/2014. Horário: 10:00 H. O Fundo de Previdência dos Servidores Municipais

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2.

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2. IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM 03 (TRÊS) DIAS DE ANTECEDENCIA NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 027/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 20 DE NOVEMBRO DE 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 008/2009 EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 02/2009 1.1 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL 1.1.1.1 TIPO DE LICITAÇÃO: MAIOR DESCONTO OFERTADO

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JARDIM PAULISTA

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 002/2010

CARTA CONVITE Nº 002/2010 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA Secretaria de Infraestrutura MINUTA EDITAL DE PRÉ-QUALIFICAÇÃO INTERNACIONAL N. 01/2013 PROCESSO N.

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA Secretaria de Infraestrutura MINUTA EDITAL DE PRÉ-QUALIFICAÇÃO INTERNACIONAL N. 01/2013 PROCESSO N. MINUTA INTERNACIONAL N. 01/2013 PROCESSO N.º 0900130000453 A SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA DO ESTADO DA BAHIA - SEINFRA, com sede na Avenida Luiz Viana Filho, 4ª Avenida, nº 440, Centro Administrativo da

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 003/2014 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 22/08/2014 HORÁRIO: 10h00min LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro Edifício

Leia mais

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado.

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado. EDITAL DE CARTA CONVITE N 02/2010 CRM-PR OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA PARA O DESENVOLVIMENTO E SUPERVISÃO DE PROJETO DE TELEMEDICINA, VIDEOCONFERÊNCIA E EDUCAÇÃO CONTINUADA PARA

Leia mais

CONCORRÊNCIA N. 6/2005 TIPO: TÉCNICA E PREÇO

CONCORRÊNCIA N. 6/2005 TIPO: TÉCNICA E PREÇO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS LOGÍSTICOS COORDENAÇÃO DE COMPRAS

Leia mais

Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015

Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015 Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015 DATA DA ABERTURA: 13/11/2015 HORA DA ABERTURA: 09:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO RS/SC

CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO RS/SC CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO CONVITE Nº 05/2013 SERVIÇOS DE ASSESSORIA CONTÁBIL O Conselho Regional de Biologia 3ª Região, através da Comissão Permanente de Licitações, convida V.S.a. a apresentar

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES PROCESSO LICITATÓRIO Nº 003/2016 TOMADA DE PREÇO Nº 003/2016 Aldoir Godois Vezaro, Prefeito Municipal de São Pedro das Missões RS, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei nº 8.666,

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG)

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) NORMAS DE CREDENCIAMENTO PARA INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS 1. DA FINALIDADE

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 013/2007 PROCESSO N.º 1.612/2007

CARTA CONVITE Nº 013/2007 PROCESSO N.º 1.612/2007 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001 - DEPTO DE COMPRAS - 8º ANDAR. Regime

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO 1 CARTA CONVITE n.º 001/2011 São Paulo, 20 de outubro de 2011. O CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA - 1ª REGIÃO, nos termos da autorização constante no Processo Administrativo em epígrafe, vem, por intermédio

Leia mais

Contratação de Apólice de Seguro para Funcionários do Instituto Pensarte.

Contratação de Apólice de Seguro para Funcionários do Instituto Pensarte. COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 018 /2014 - PC 0408 / 2014 Contratação de Apólice de Seguro para Funcionários do Instituto Pensarte. PUBLICAÇÃO: 23 de abril de 2014 ENTREGA E ABERTURA DAS PROPOSTAS Data: 30 de abril

Leia mais

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF Ref: Aviso de Edital ADG nº 003/2014 publicado em 28/10/2014. 1 1. OBJETO A

Leia mais

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL 1. DA ENTREGA DA DOCUMENTAÇÃO 1.1. Os interessados em se inscrever e/ou renovar o Registro Cadastral junto ao GRB deverão encaminhar a documentação a seguir estabelecida,

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ PREENCHER O RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL, CONSTANTE DO ANEXO I E DEVOLVER COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 014/2013

PROCESSO SELETIVO Nº 014/2013 PROCESSO SELETIVO Nº 014/2013 O Instituto de Gestão e Humanização IGH, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar Processo Seletivo objetivando a Contratação de Empresa para a

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 023/2009

CARTA CONVITE Nº 023/2009 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

CARTA CONVITE 12/2015 FUnC REPUBLICAÇÃO

CARTA CONVITE 12/2015 FUnC REPUBLICAÇÃO 1 CARTA CONVITE 12/2015 FUnC REPUBLICAÇÃO 1 - PREÂMBULO 1.1 - A Fundação Universidade do Contestado, através do seu Departamento de Compras, situado à Rua Victor Sopelsa, 3000, Bairro Salete, Concórdia,

Leia mais

CONVITE Nº 008/2013 CPL/FMS/SMS/PMVR

CONVITE Nº 008/2013 CPL/FMS/SMS/PMVR CONVITE Nº 008/2013 CPL/FMS/SMS/PMVR O MUNICÍPIO DE VOLTA REDONDA/RJ, por intermédio da COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO do FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE da SECRETARIA MUNCIPAL DE SAÚDE/PMVR, atendendo requisitos

Leia mais

DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 41.20.02 MOBILIÁRIO EM GERAL - R$ 16.000,00 (Dezesseis mil reais).

DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 41.20.02 MOBILIÁRIO EM GERAL - R$ 16.000,00 (Dezesseis mil reais). PROCESSO N.º 003/2013 LICITAÇÃO Nº 003/2013-CONVITE TIPO: MENOR PREÇO POR LOTE À EMPRESA: ENDEREÇO: O Conselho Regional de Administração-CRA, através de sua Comissão Permanente de Licitação, nos termos

Leia mais

Tomada de Preços n.º 015/2010

Tomada de Preços n.º 015/2010 Tomada de Preços n.º 015/2010 Procedimento Administrativo n.º 0848/2010 Modalidade: Tomada de Preços Tipo: Menor Preço Julgamento: global Regime de execução: empreitada por preço unitário Objeto: Contratação

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE CARTA CONVITE N.º 006/2006

EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE CARTA CONVITE N.º 006/2006 2 EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE CARTA CONVITE N.º 006/2006 TIPO: DATA DE ABERTURA HORÁRIO LOCAL MENOR PREÇO 04/12/2006 10 HORAS SALA DE REUNIÃO 1 - DO OBJETO DA LICITAÇÃO 1.1 A COMISSÃO PERMANNTE DE LICITAÇÃO

Leia mais

CREDENCIAMENTO Nº 004/2009 - PALC Nº 2009/0544 REGULAMENTO PARA CREDENCIAMENTO DE INSTITUIÇÃO DE ENSINO PARA EMPREGADOS DA SPTRANS E SEUS DEPENDENTES.

CREDENCIAMENTO Nº 004/2009 - PALC Nº 2009/0544 REGULAMENTO PARA CREDENCIAMENTO DE INSTITUIÇÃO DE ENSINO PARA EMPREGADOS DA SPTRANS E SEUS DEPENDENTES. CREDENCIAMENTO Nº 004/2009 - PALC Nº 2009/0544 REGULAMENTO PARA CREDENCIAMENTO DE INSTITUIÇÃO DE ENSINO PARA EMPREGADOS DA SPTRANS E SEUS DEPENDENTES. CAPÍTULO I DO OBJETO 1.1. Com o objetivo de incentivar

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N.º 5030005-01/2011

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N.º 5030005-01/2011 1 CONVITE N.º 5030005-01/2011 A FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA -, CNPJ n.º 89.252.431/0001-59, realizará licitação por CONVITE, do tipo menor preço global, para a AQUISIÇÃO DE CERCA/MANGUEIRA

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 24/2006

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 24/2006 MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS LOGÍSTICOS COORDENAÇÃO DE COMPRAS

Leia mais

ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014

ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014 ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014 O CONSELHO REGIONAL DE CORRETORES DE IMÓVEIS DO ESTADO DE SANTA CATARINA CRECI - 11ª REGIÃO/SC, através da Comissão de Julgamento de Licitação, comunica que, de acordo

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 O Instituto de Gestão e Humanização IGH, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar Processo Seletivo objetivando a contratação de serviços de Coleta,

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 O CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA 7ª REGIÃO CREF7/DF, Autarquia Federal, criada pela Lei nº 9.696/98, torna público

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO Modalidade...: Tomada de Preços Número...: 008/2014 Número da Modalidade: 003/2014 Data de Abertura da Licitação...: 20/02/2014 Data de Abertura das Propostas..: 14/03/2014 Horário...:

Leia mais

CONVITE Nº 050A/2015

CONVITE Nº 050A/2015 Processo nº 0308.1511/15-3 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 050A/2015 DATA DA ABERTURA: 19/08/2015 HORA DA ABERTURA: 09:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

Prefeitura Municipal de Antonina do Norte GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.594.500/0001-48 EDITAL CONVOCATÓRIO

Prefeitura Municipal de Antonina do Norte GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.594.500/0001-48 EDITAL CONVOCATÓRIO EDITAL CONVOCATÓRIO CONVITE Nº 2013.02.18.2 1.0 EDITAL 1.1 Órgão: SECRETARIA MUNICIPAL DE AÇÃO SOCIAL 1.2 Modalidade: CONVITE 1.3 Tipo de Licitação: Menor preço Global 1.4 Torna público para conhecimento

Leia mais

2.01.1 Atenderem as condições e exigências estabelecidas neste CONVITE;

2.01.1 Atenderem as condições e exigências estabelecidas neste CONVITE; CONVITE Nº 009/2007 LICITAÇÃO PARA AQUISIÇÃO DE 63 (SESSENTA E TRÊS) LICENÇAS DO SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS XP PROFESSIONAL-FULL VERSÃO EM PORTUGUÊS PARA ESTAÇÕES DE TRABALHO E 01(UMA) LICENÇA DE WINDOWS

Leia mais

www.fundacaoaraucaria.org.br 2

www.fundacaoaraucaria.org.br 2 EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE 02/2013 Serviços de Auditoria 1. DO PREÂMBULO 1.1. A Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico, estabelecida em Curitiba, Av. Comendador Franco,

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014 Encerramento: às 17:00 horas do dia 30 de setembro de 2014 Abertura dos Envelopes: às 8:00 horas do dia 01 de outubro de 2014 A SANTA CASA DE

Leia mais

PROCESSO 005/2010 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 001/2010

PROCESSO 005/2010 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 001/2010 INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES DO MUNICÍPIO DE SÃO SEBASTIÃO DO PARAÍSO, Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião do Paraíso, autarquia municipal,

Leia mais

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com. 1/7 INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.br) INFORMAÇÕES I. O interessado na inscrição no Cadastro de Fornecedores

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos de interesse público,

Leia mais

CONVITE n.º 6010004-01/2012

CONVITE n.º 6010004-01/2012 1 FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA - FATEC Cep: 97105-900 Prédio 66 - Campus/UFSM Santa Maria RS CONVITE n.º 6010004-01/2012 A FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA - FATEC, CNPJ n.º 89.252.431/0001-59,

Leia mais

EDITAL DE PREGÃO AMPLO N o 4/2010 PROCESSO N o 53500.000211/2010

EDITAL DE PREGÃO AMPLO N o 4/2010 PROCESSO N o 53500.000211/2010 EDITAL DE PREGÃO AMPLO N o 4/2010 PROCESSO N o 53500.000211/2010 A AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES - ANATEL, com sede no SAUS, Quadra 06, Bloco H, Edifício Ministro Sérgio Motta, na cidade de Brasília

Leia mais

FUNDAÇÃO DE APOIO À EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DE MINAS GERAIS CNPJ: 00.278.912/0001-20

FUNDAÇÃO DE APOIO À EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DE MINAS GERAIS CNPJ: 00.278.912/0001-20 EDITAL DE LICITAÇÃO N.º 04/07 MODALIDADE: CONVITE FORMA DE EXECUÇÃO: INDIRETA ENTREGA DO ENVELOPE ATÉ AS 17:00 HORAS DO DIA: 13/03/2007 DATA DA ABERTURA: 14/03/2007 OBJETO DA LICITAÇÃO: Plantio e fornecimento

Leia mais

EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº

EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº 07/2013. A Prefeitura Municipal de General Salgado, sito à Av: Antonino José de Carvalho, 940, centro, fará realizar

Leia mais

CONVITE DE ALIENAÇÃO Nº. 03 / 2012 Processo nº. 23219.000/2011-51

CONVITE DE ALIENAÇÃO Nº. 03 / 2012 Processo nº. 23219.000/2011-51 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL GOIANO Câmpus Rio Verde GO CONVITE DE ALIENAÇÃO Nº. 03 / 2012 Processo nº. 23219.000/2011-51 O Instituto Federal

Leia mais

CONVITE N.º 004-001/2013-CV

CONVITE N.º 004-001/2013-CV 1 CONVITE N.º 004-001/2013-CV REFERÊNCIA: Contratação de organização, associação ou empresa que preste serviço de hospedagem com local para realização de evento, destinado aos contratados e convidados

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 001/2012 TIPO: MENOR PREÇO

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 001/2012 TIPO: MENOR PREÇO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 001/2012 TIPO: MENOR PREÇO A Associação Paulista dos Criadores de Suínos APCS - SP, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro Nacional de

Leia mais

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014 O Município de Mariano Moro, RS, torna público, em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações, que no dia 30 de setembro as 14

Leia mais

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Processo...: 8/2015 Modalidade.: Convite Número...: 6/2015

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos

Leia mais

Câmara Municipal de Itatiba

Câmara Municipal de Itatiba DOCUMENTOS PARA EFETUAR CADASTRO PARA EMISSÃO DO CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL "CRC" INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES Razão Social: Endereço: Bairro: Cidade: CEP: CNPJ: Inscrição Estadual:

Leia mais

EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011. PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas

EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011. PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011 PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas ABERTURA DOS ENVELOPES DOCUMENTAÇÃO Dia 17 de Outubro

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 007/2008

CARTA CONVITE Nº 007/2008 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO E COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 - JD. PAULISTA -

Leia mais

COLETA DE PREÇOS Nº 001/2012 TERMO DE PARCERIA Nº752962/2010

COLETA DE PREÇOS Nº 001/2012 TERMO DE PARCERIA Nº752962/2010 COLETA DE PREÇOS Nº 001/2012 TERMO DE PARCERIA Nº752962/2010 Edital para contratação de empresa especializada e/ou Agência de Turismo ou viagens para execução de serviços de reserva, emissão, marcação,

Leia mais

CONVITE N.º 003-001/2013-CV

CONVITE N.º 003-001/2013-CV 1 CONVITE N.º 003-001/2013-CV REFERÊNCIA: Contratação de organização, associação ou empresa que preste serviço de fornecimento de alimentação no município de Santarém/Pará. A TERRA DE DIREITOS, entidade

Leia mais

CARTA CONVITE 006/2013

CARTA CONVITE 006/2013 CARTA CONVITE 006/2013 O CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 6ª REGIÃO, autarquia federal criada pela Lei 1.411/51, representada pelo Presidente da Comissão de Licitação, designada pela Portaria nº 002/2013,

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2013 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 003/2013 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 003/2013 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 003/2013 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 19/03/2013 HORÁRIO: 10:00 Horas LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro

Leia mais

CONVITE N.º 004/2015

CONVITE N.º 004/2015 CONVITE N.º 004/2015 1. Preâmbulo 1.1 A Câmara Municipal de Rio Verde, Estado de Goiás, com endereço na Avenida José Walter, Quadra 24, Residencial Interlagos, Rio Verde Goiás, vem convidar essa empresa

Leia mais

Tomada de Preços n.º 006/2009

Tomada de Preços n.º 006/2009 Tomada de Preços n.º 006/2009 Procedimento Administrativo n.º 0802/2008 Modalidade: Tomada de Preços Tipo: Menor Preço Julgamento: por item Regime de execução: empreitada por preço global Objeto: Aquisição

Leia mais

Projeto Fortalecimento dos Catadores e Catadoras e Ampliação da Coleta Seletiva no Grande ABC"

Projeto Fortalecimento dos Catadores e Catadoras e Ampliação da Coleta Seletiva no Grande ABC ABERTURA DE CARTA CONVITE nº 03/2012 Fornecimento de vales refeições e vales transportes para circulação na região do Grande ABC Convidado: Fone/fax: Endereço: Cidade: Estado: Prezados Senhores, Convidamos

Leia mais

CONVITE Nº. 001/2014

CONVITE Nº. 001/2014 CONVITE Nº. 001/2014 O CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 4ª REGIÃO RIO GRANDE DO SUL, autarquia federal criada pela Lei 1.411/51, através de sua Comissão de Licitações, designada pela Ata nº 1412/2014, da

Leia mais

COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO (Portaria nº 002/2013) Edital de Licitação Pública Lei nº 8.666/93

COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO (Portaria nº 002/2013) Edital de Licitação Pública Lei nº 8.666/93 COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO (Portaria nº 002/2013) Edital de Licitação Pública Lei nº 8.666/93 Processo: N.º 001/2013 Carta Convite: N.º001/2013 A Câmara Municipal e Uruaçu, Estado e Goiás, em Cumprimento

Leia mais

EDITAL PROCESSO 4674/2009

EDITAL PROCESSO 4674/2009 EDITAL PROCESSO 4674/2009 A Justiça Federal de Primeiro Grau em Minas Gerais, por intermédio da Pregoeira designada pela Portaria 10/58-DIREF de 24/06/2009 realizará o pregão presencial em epígrafe, regido

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO ESTADO DE SANTA CATARINA

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO ESTADO DE SANTA CATARINA CARTA CONVITE N 005/2015 SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL - ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SANTA CATARINA - SENAR-AR/SC Edital de Convite nº. 005/2015 1 - Preâmbulo 1.1 - O Serviço Nacional de Aprendizagem

Leia mais

EDITAL DE CADASTRAMENTO FINANCEIRA BRB 2008/001

EDITAL DE CADASTRAMENTO FINANCEIRA BRB 2008/001 OBJETO: CADASTRAMENTO DE EMPRESAS OBJETIVANDO FUTURAS CONTRATAÇÕES DE PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS DE CORRESPONDENTES. 1 PREÂMBULO 1.1 A BRB CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO S/A ( FINANCEIRA BRB ) torna

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços

PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços EDITAL A Justiça Federal de Primeiro Grau em Minas Gerais, por intermédio da Pregoeira designada pela Portaria 10-124-DIREF de 29/06/2006, realizará

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS n.º 3110005-04/2011

TOMADA DE PREÇOS n.º 3110005-04/2011 1 FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA - FATEC Cep: 97105-900 Prédio 66 - Campus/UFSM Santa Maria RS TOMADA DE PREÇOS n.º 3110005-04/2011 A FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA - FATEC, CNPJ n.º

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SANTA CATARINA

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SANTA CATARINA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO 003/2015 Manutenção de ar condicionado O CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DO ESTADO DE SANTA CATARINA COREN/SC, pessoa jurídica de direito público, inscrito no CNPJ nº 75.308.106/0001-56,

Leia mais

EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 05/2012 PROCESSO Nº. 0116/2012

EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 05/2012 PROCESSO Nº. 0116/2012 EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 05/2012 PROCESSO Nº. 0116/2012 1. INTRODUÇÃO: 1.1 O CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da Pregoeira Angela Ferraz Jaeger, torna público,

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENTO BID CONTRATO DE EMPRÉSTIMO N.º1200/OC-BR

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENTO BID CONTRATO DE EMPRÉSTIMO N.º1200/OC-BR REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENTO BID CONTRATO DE EMPRÉSTIMO N.º1200/OC-BR SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E VIAÇÃO - SMOV M I N U T A TOMADA DE PREÇOS N.º PROCESSO N.º

Leia mais

Contratação de Empresa Especializada para o Fornecimento e a Instalação de aparelhos de ar condicionado no setor administrativo do Theatro São Pedro.

Contratação de Empresa Especializada para o Fornecimento e a Instalação de aparelhos de ar condicionado no setor administrativo do Theatro São Pedro. COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 051/2014 INSTITUTO PENSARTE Contratação de Empresa Especializada para o Fornecimento e a Instalação de aparelhos de ar condicionado no setor administrativo do Theatro São Pedro. PUBLICAÇÃO:

Leia mais

CLÁUSULA SEGUNDA - DA VINCULAÇÃO AO EDITAL

CLÁUSULA SEGUNDA - DA VINCULAÇÃO AO EDITAL PROCESSO Nº 01550.000345/2009-46. PREGÃO Nº 26/2009. ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 1/2010. A FUNDAÇÃO CASA DE RUI BARBOSA, pessoa jurídica de direito público vinculada a Ministério da Cultura, com sede

Leia mais

Estado do Amazonas PREFEITURA MUNICIPAL DE TONANTINS CNPJ: 04.628.608/0001-16 Endereço: Rua Leopoldo Peres, s/n Centro, Tonantins AM

Estado do Amazonas PREFEITURA MUNICIPAL DE TONANTINS CNPJ: 04.628.608/0001-16 Endereço: Rua Leopoldo Peres, s/n Centro, Tonantins AM EDITAL CONVITE Nº 002/2015 1 PREÂMBULO 1.1. A, através da COMISSÃO MUNICIPAL DE LICITAÇÃO CML, adiante denominada simplesmente CML, CONVIDA essa firma para participar do certame licitatório, na modalidade

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 O Município de Boa Vista do Buricá, comunica aos interessados

Leia mais

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS:

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS: EDITAL Nº 02/2013 Tipo de Licitação: Menor Preço Modalidade: Carta Convite Contratação de Empresa 1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS: O Diretor-Presidente da Companhia de Desenvolvimento de Passo Fundo - CODÉPAS,

Leia mais

EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE IDENTIDADE VISUAL

EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE IDENTIDADE VISUAL 1 EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE IDENTIDADE VISUAL Modalidade: Concorrência 003/14 Tipo: Menor preço A Incubadora de Empreendimentos Solidários de São Bernardo do Campo (SBCSOL), uma iniciativa da

Leia mais

CONVITE N.º 001/2007

CONVITE N.º 001/2007 CONVITE N.º 001/2007 A Companhia das Docas do Estado da Bahia - CODEBA, com observância da Lei n.º 8.666/93, de 21/6/1993, e demais disposições legais, convida essa empresa a participar de Licitação acima

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008. EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado:

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008. EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008 EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: Prezado (a) Senhor (a), O Projeto de Cooperação para Apoio às Políticas e à Participação

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO. DATA DE ABERTURA E CLASSIFICAÇÃO DAS PROPOSTAS DE PREÇOS E HABILITAÇÃO. a)- DIA 25/03/2013 às 14h15min

EDITAL DE LICITAÇÃO. DATA DE ABERTURA E CLASSIFICAÇÃO DAS PROPOSTAS DE PREÇOS E HABILITAÇÃO. a)- DIA 25/03/2013 às 14h15min EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO Nº. 046/2013 MODALIDADE: CONVITE N.º.08/2013 TIPO DE LICITAÇÃO: MENOR PREÇO PREAMBULO A Prefeitura Municipal de Suzanápolis (SP), com sede na Avenida Primeiro de Maio, nº.

Leia mais

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES:

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES: EDITAL de LICITAÇÃO MODALIDADE: CARTA CONVITE N.º 17/2013 Data da abertura dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas Data limite para entrega dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas

Leia mais

Projeto Fortalecimento dos Catadores e Catadoras e Ampliação da Coleta Seletiva no Grande ABC"

Projeto Fortalecimento dos Catadores e Catadoras e Ampliação da Coleta Seletiva no Grande ABC Prezados Senhores, Convidamos Vossa Senhoria a apresentar, na data e horário indicado, proposta alusiva a prestação de serviços de formação, conforme descrição indicada no presente edital. DATA DE RECEBIMENTO

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

FACULDADE DE DIREITO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO CONVITE N.º 21/2012 PROCESSO DE COMPRA N.º 146/2012 CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA REMANEJAMENTO DO SISTEMA DE TELEFONIA (PABX) DE PROPRIEDADE DA FACULDADE DE DIREITO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2011

CARTA CONVITE Nº 003/2011 CARTA CONVITE Nº 003/2011 O Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 10ª Região CREFITO-10, com jurisdição no Estado de Santa Catarina, através de sua Comissão Permanente de Licitações,

Leia mais

PROCESSO LICITATÓRIO CONVITE N 01/2009 RESUMO

PROCESSO LICITATÓRIO CONVITE N 01/2009 RESUMO AÇÃO COMUNITÁRIA DO BRASIL ACB/RJ Plano Nacional de Qualificação - PlanSeQ CONVÊNIO MTE/SPPE/CODEFAT N 00010/08 PROCESSO LICITATÓRIO CONVITE N 01/2009 RESUMO A Comissão de Licitação da AÇÃO COMUNITÁRIA

Leia mais

ANEXO III MINUTA DE CONTRATO

ANEXO III MINUTA DE CONTRATO TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A Telebrás ANEXO III MINUTA DE CONTRATO CONTRATO N. / 2009 TELEBRÁS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO QUE ENTRE SI CELEBRAM A TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRAS E A

Leia mais

CONVITE N.º 97032-05/2010

CONVITE N.º 97032-05/2010 1 FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA - FATEC Cep: 97.015-970 Prédio 66 - Campus/UFSM Santa Maria RS CONVITE N.º 97032-05/2010 A FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA - FATEC, CNPJ n.º 89.252.431/0001-59,

Leia mais

CARTA CONVITE 15/2015 FUnC Serviços de Avaliação Institucional

CARTA CONVITE 15/2015 FUnC Serviços de Avaliação Institucional 1 CARTA CONVITE 15/2015 FUnC Serviços de Avaliação Institucional 1 - PREÂMBULO 1.1 - A Fundação Universidade do Contestado, através do seu Departamento de Compras, situado à Rua Victor Sopelsa, 3000, Bairro

Leia mais

ESTADO DO PARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2010/010

ESTADO DO PARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2010/010 1 O, por intermédio do TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS, doravante denominado TCM/PA, CNPJ nº 04.789.665/0001-87, com sede na Travessa Magno de Araújo nº 474, bairro do Telégrafo na cidade de Belém, Estado

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE ÁGUA E ESGOTO AV. HUGO ALESSI Nº 50 B. NDUSTRIAL - FONE: (0**34) 3242-3579/3242-5026 ARAGUARI MG

SUPERINTENDÊNCIA DE ÁGUA E ESGOTO AV. HUGO ALESSI Nº 50 B. NDUSTRIAL - FONE: (0**34) 3242-3579/3242-5026 ARAGUARI MG SUPERINTENDENCIA DE AGUA E ESGOTO DE ARAGUARI DEPARTAMENTO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS COMISSÃO ESPECIAL DE CADASTRO/SETOR DE CADASTRO INSTRUÇÕES GERAIS 1. OBJETIVO Estabelecer normas e procedimentos para

Leia mais

QUANT UND PREÇO/LT 01 ÓLEO DIESEL 3.726,50 LT

QUANT UND PREÇO/LT 01 ÓLEO DIESEL 3.726,50 LT MODALIDADE: CARTA CONVITE Nº 003/2009 EXPEDIDA EM: 27/01/2009 TIPO DE LICITAÇÃO: MENOR PREÇO POR ITEM REPARTIÇÃO INTERESSADA: SECRETARIA MUNICIPAL DE INFRA- ESTRUTURA E LOGÍSTICA FUNDAMENTO LEGAL: REGIDA

Leia mais

Caixa de Aposentadorias e Pensões dos Servidores Públicos Municipais de Cianorte Diretoria Executiva

Caixa de Aposentadorias e Pensões dos Servidores Públicos Municipais de Cianorte Diretoria Executiva PORTARIA Nº 004/2013 CAPSECI Estabelece critérios para o Credenciamento de Instituições Financeiras e Similares, Sociedades Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, junto às quais

Leia mais

EEEP FRANCISCA MAURA MARTINS

EEEP FRANCISCA MAURA MARTINS EXECUÇÃO DE SERVIÇO DE FORNECIMENTO DE SINAL DE INTERNET COM VELOCIDADE MÍNIMA DE 05 MB DESTINADO ÀS ATIVIDADES DA EEEP FRANCISCA MAURA MARTINS POR UM PERÍODO DE 12 (DOZE) MESES CONVITE Nº 20150001 OBJETO:

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS PARA REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES. 1.2. Aprovado o pedido será concedido o CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL- Anexo A-4.

CONDIÇÕES GERAIS PARA REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES. 1.2. Aprovado o pedido será concedido o CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL- Anexo A-4. 1/9 CONDIÇÕES GERAIS PARA REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES A inscrição no Cadastro de Fornecedores da CET é regulada pelas presentes Condições Gerais, nos termos da Seção III - DOS REGISTROS CADASTRAIS

Leia mais

INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO SELEÇÃO PÚBLICA TIPO: MENOR PREÇO

INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO SELEÇÃO PÚBLICA TIPO: MENOR PREÇO SELEÇÃO PÚBLICA Nº: 018/2015 PROCESSO Nº: 2259/2015/FAPEPE INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO SELEÇÃO PÚBLICA TIPO: MENOR PREÇO DATA MÁXIMA PARA ENVIO DA PROPOSTA ELETRÔNICA: 04/03/2015 ás 09H:00 DATA SESSÃO DE

Leia mais