Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "www.estrategiaconcursos.com.br"

Transcrição

1 PORTUGUÊS Leia o texto com atenção e responda às questões 1 a 5. EXPERIÊNCIA Uma vez fizeram uma experiência. Criaram um macaco dentro de uma jaula com dois bonecos que substituíam a mãe dele. Um era um boneco duro e frio, mas que lhe dava leite. O outro não dava leite, mas era quente e acolchoado como costumam ser as mães. Então assustavam o macaquinho para ver se ele corria para a mãe que o alimentava ou para a mãe que dava colo. E ele invariavelmente corria para a mãe aconchegante. Acho que uma experiência parecida poderia ser feita não com macacos, mas com crianças, e não com mães mecânicas, mas com um livro e uma televisão. Uma experiência hipotética, claro; longe de mim sugerir que se coloquem crianças em jaulas para assustá-las e testar suas reações. O que equivaleria à mãe que alimenta, mas não dá calor, o livro ou a televisão? Como ainda sou parcial a Gutemberg, gosto de pensar que uma criança pode receber tudo que precisa da televisão, mas nada substitui o prazer tátil, o calor de um livro, e que sua relação com a informação impressa sempre será mais humana e atraente. Mas tenho a impressão de que a experiência me decepcionaria. Provocada a procurar a informação pelo meio que mais lhe dá prazer ou segurança, uma criança moderna a princípio me encheria de esperança dirigindo-se para um livro. Mas em seguida me desiludiria. Carregaria o livro até a frente da televisão e o usaria como um degrau para alcançar o botão da TV. (Luís Fernando Veríssimo, O Santinho) 1. O que podemos afirmar sobre a experiência com um macaco descrita por Veríssimo? Buscou-se uma resposta para a capacidade de isolamento do macaco diante de situações perigosas. Avaliou-se a resistência do macaco diante do perigo. Avaliou-se a capacidade de isolamento do macaco. Avaliou-se a falta de importância da mãe para o macaco. Avaliou-se que diante de uma situação de perigo há uma escolha entre o afeto e a necessidade. 3. No trecho Porque ainda sou parcial a Gutemberg... - significa que: o autor gosta de Gutemberg. o autor crê nos meios de comunicação impressos. o autor acredita mais na TV. o autor acredita que a TV. é mais importante que os meios impressos. o autor acredita que a criança utiliza bem o livro. 4. No trecho -... uma experiência hipotética -... mas nada substitui o prazer tátil. Os termos destacados significam: anatômica / tático. histérica / tateável. imaginária / relativo ao tato. frágil / tateável. grandiosa / relativo ao tato. 5. De acordo com o autor, o livro tem vantagens sobre a televisão, pois: transmite mais informações cultas. transmite informações mais abrangentes. é menos ultrapassado que a TV. possibilita um contato tátil gerador de uma relação mais atraente e humana. faz imagens impressas. 6. Assinale a alternativa que segue a mesma regra de acentuação da palavra mecânica : violência - salários - irrisórios público - econômico - hipotética saída - saúde - reúne etária - êxito - consciência temporário - lingüística - anzóis 2. Gutemberg foi o inventor: 7. Preencha as lacunas e assinale a alternativa correta: do telefone. do telégrafo. imprensa TV. da máquina fotográfica. Ela ficou aborrecida com os argumentos que chegaram às procurações. meio / anexas meia / anexo meia / anexas meio / anexos meio / anexo Técnico de Informática (Ênfase Central de atendimento Help Desk) 2

2 8. Identifique a alternativa que completa corretamente a frase. Ele confirmou que nos ouvirá com prazer, mesmo que problemas que considerados. surja / sejam / incontornáveis surjam / sejam / incontornáveis surja / seja / incontornável surja / sejam / incontornável surjam / seja / incontornável 9. Assinale a alternativa em que a concordância verbal está incorreta. Crianças, jovens, adultos, ninguém ficou imune aos seus encantos. Mais de mil pessoas compareceram ao comício. Fazem três dias que não nos vemos. Bastam dois toques para sabermos que você chegou. Cem dólares é muito. 10. Identifique a alternativa que completa as lacunas do trecho. Estou espera de uma certa pessoa, quem poderei pedir informações respeito deste processo. à - à - a a - à - à à - a - à à - a - a a - a - à RACIOCÍNIO LÓGICO 11. Um agente de viagens atende três amigas. Uma delas é loura, outra é morena e a outra é ruiva. O agente sabe que uma delas se chama Bete, outra se chama Elza e a outra se chama Sara. Sabe, ainda, que cada uma delas fará uma viagem a um país diferente da Europa: uma delas irá à Alemanha, outra irá à França e a outra irá à Espanha. Ao agente de viagens, que queria identificar o nome e o destino de cada uma, elas deram as seguintes informações: A loura: "Não vou à França nem à Espanha". A morena: "Meu nome não é Elza nem Sara". A ruiva: "Nem eu nem Elza vamos à França". O agente de viagens concluiu, então, acertadamente, que: A loura é Sara e vai à Espanha. A ruiva é Sara e vai à França. A ruiva é Bete e vai à Espanha. A morena é Bete e vai à Espanha. A loura é Elza e vai à Alemanha. 12. As rosas são mais baratas que os lírios. Não tenho dinheiro suficiente para comprar duas dúzias de rosas. Logo: tenho dinheiro suficiente para comprar uma dúzia de rosas. não tenho dinheiro suficiente para comprar uma dúzia de rosas. não tenho dinheiro suficiente para comprar meia dúzia de lírios. não tenho dinheiro suficiente para comprar duas dúzias de lírios. tenho dinheiro suficiente para comprar uma dúzia de lírios. 13. Dada a série: Encontre os dois termos que seguem o número e e e e e Num lote de 150 casacos há 3 casacos brancos a menos que vermelhos, mas 5 brancos a mais que verdes. Se o lote todo for composto de casacos vermelhos, brancos e verdes, quantos casacos vermelhos há? (pág 42 livro) Preencha a lacuna adequadamente Quarto (6) Casa (4) Computador (10) Fogão ( ) Técnico de Informática (Ênfase Central de Atendimento Help Desk) 3

3 16. Em um almoço de confraternização há 15 participantes. Podemos afirmar que: Pelo menos dois participantes nasceram no mesmo mês. 50% dos participantes nasceram no mesmo mês. No máximo, três participantes nasceram no mesmo mês. Pelo menos dois participantes nasceram no mesmo ano. 50% dos participantes nasceram no mesmo ano. 17. Se 7 homens em 100 são criminosos, quantos em 500 não são criminosos? Observe a sentença: Todo técnico de informática entende de computador. Algumas pessoas que estudam em uma faculdade não entendem de computador. A partir da sentença é correto concluir que: As pessoas que não estudam em uma faculdade entendem de computador. Alguns técnicos de informática que estudam em uma faculdade não entendem de computador. Nenhum técnico de informática estuda em alguma faculdade. Todos os técnicos de informática estudam em alguma faculdade. Todos os técnicos de informática que estudam em uma faculdade entendem de computador. 19. Marta corre tanto quanto Rita e menos do que Juliana. Fátima corre tanto quanto Juliana. Logo: 20. Jurandir, Kátia, Karina e Márcio são programadores. Eles trabalham com a linguagem JAVA, Visual Basic, C e Pascal. Jurandir diz: Eu programa em Pascal e Márcio em linguagem C. Márcio diz: Karina programa em Visual Basic e Kátia em linguagem C. Karina diz: Márcio programa em linguagem C e Kátia em JAVA. Sabendo que apenas uma pessoa mente, podemos afirmar que: Jurandir programa em Pascal e Kátia em Visual Basic. Karina programa em Visual Basic e Márcio em JAVA. Márcio programa em linguagem C e Kátia em Java. Jurandir programa em JAVA e Márcio em linguagem C. Karina programa em linguagem C e Kátia em Pascal. CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 21. A melhor definição para arquitetura de redes é: o agrupamento de serviços existentes em uma rede. um conjunto de protocolos que podem se comunicar com outras camadas de rede. um conjunto de interfaces físicas. uma série de camadas, protocolos e interfaces o meio físico no qual a rede é projetada. 22. O monitor e a impressora são exemplos de dispositivos de: visualização dos trabalhos realizados agrupamento de caracteres impressão matricial interface lógica saída de dados. Fátima corre menos do que Rita. Fátima corre mais do que Marta. Juliana corre menos do que Rita. Marta corre mais do que Juliana. Juliana corre menos do que Marta. 23. Dois computadores estão interconectados através de uma rede, quando: são capazes de trocar informações independente do meio físico que possam utilizar (fios de cobre, fibras óticas, microondas e satélites de comunicação por exemplo). são capazes de processar suas informações. podem distribuir suas aplicações de maneira transparente ao usuário final. são acessíveis aos administradores de rede. processam grande quantidade de dados. Técnico de Informática (Ênfase Central de atendimento Help Desk) 4

4 24. A camada 3 (três) do modelo de referência OSI corresponde à: Camada de processamento de dados. Camada de apresentação dos pacotes. Camada de rede. Camada "fishbone". Camada de enlace. 25. As seguintes versões são pertencentes à família Microsoft Windows: 3.51, IRIX e , 99 e Bug XENIX, NT 3.51 e , Word for Windows e Notes. 3.1, 95, 98 e ME (Millenium Edition). 26. Os sistemas de arquivos suportados pelo Windows NT são: ext2 e OS/2 Warp. FAT e WinFAT32. NTFS e Netware. FAT e NTFS. FLAT e Slim. 27. Vírus de computador são: derivados de vírus biológicos comumente encontrados na comunidade hacker. programas de computador desenvolvidos de maneira a provocar algum tipo prejuízo aos usuários que o executam tais como roubo de informações pessoais, perda de dados, dentre outros. programas de computador que podem se transformar em vírus que podem ser transmitidos pelo ar. pragas disseminadas pela Internet para danificar o teclado dos computadores. anomalias de programa como os descritos no filme de ficção científica Matrix. 28. Um switch é um dispositivo responsável pela: conexão de ativos e conectorização de patch panel. repetição de sinal em ambientes de fibra ótica e satélite. conexão de cabos UTP, inclusive elétricos. segregação de responsabilidades administrativas. segmentação de uma rede. 29. Quanto aos níveis de atendimento técnico que podem ser disponibilizados por uma central de chamados a melhor descrição dentre as apresentadas seria: Nível 1: telefonistas. Nível 2: técnicos. Nível 3: gerência. Nível 1: problemas de aplicativos. Nível 2: problemas de sistema operacional. Nível 3: problemas de sistemas. Nível 1: técnicos alocados em uma central de atendimento que podem resolver problemas durante a ligação telefônica ou registrá-los. Nível 2: uma equipe de campo é mobilizada para a resolução do problema. Nível 3: pode ocorrer o acionamento de um fornecedor externo. Nível 1: telefonista/ nível 2: técnicos/ nível 3: URA. Nível 1: URA. Nível 2 telefonistas. Nível 3: técnicos. 30. Uma rede LAN permite, por exemplo, o compartilhamento dos seguintes recursos: Impressoras, arquivos e acesso à Internet. Humanos e administrativos. Funcionais e aplicativos. Toners e papel A4. Hubs e celulose. 31. São considerados dispositivos de armazenamento: HD (Hard Disk), disquete e kit de multimídia. Teclado, cache e memória RAM. Unidade de CD-ROM, Disco Rígido e drive de disquete. Impressora, Fax Modem e HD. RAM, HD e Zip Drive. 32. O padrão é comumente conhecido como padrão: Internet. Ethernet. Fast-Internet. Banda Larga. Gigabit Ethernet. 33. O modelo TCP/IP se comparado ao modelo OSI não possui quais camadas? 5 e 6. 1, 2 e 3. 4 e 7. 1 e 2. 3 e 4. Técnico de Informática (Ênfase Central de Atendimento Help Desk) 5

5 34. O protocolo utilizado para compartilhamento de pastas e arquivos dentro do ambiente Windows é: 39. Uma rede LAN pode conectar até quantos dispositivos teoricamente? IPX. AppleTalk. TCP/IP. NetBeui. VMWare É sabido que o sistema Windows NT pode ser utilizado para autenticação de usuários, qual funcionalidade nativa pode ser utilizada para este fim e sua respectiva contingência em caso de indisponibilidade do servidor principal? PDC e BKC. PDC e BDC. DNS Primário e Secundário. Wins Gateway e Hosts. Hosts.equiv e DNS. 36. Que tipo de aplicativo os vírus atuais tem usado para propagar-se rapidamente principalmente pela Internet? Servidor Web. Correio Eletrônico. Unix. SAP. DOS. 37. Estes dispositivos conectam as empresas a localidades geograficamente distribuídas e podem ser utilizados para conexões de acesso à Internet. São eles: Hubs. Switches. Webswitches. IDS. Roteadores. 38. Em acionamentos técnicos via central de help-desk é muito comum a utilização do termo SLA (Service Level Agreement). A melhor definição para este termo é: contrato que estabece o gerenciamento dos acordos de níveis de serviço já firmados anteriormente. conjunto de melhores práticas a serem seguidas visando a qualidade dos serviços prestados ao usuário. acordo de Níveis de Serviço é um contrato estabelecido com o usuário detalhando quais serviços serão oferecidos, de que maneira e em quanto tempo os problemas serão resolvidos. contrato que prevê a alocação de recursos imediata caso uma central de atendimento não tenha como atender a abertura de chamado. evolução do termo SLM (Service Level Management). 40. Dentre as principais características do Windows NT podese destacar: Interface do Windows 95, SQL Server integrado e estrutura LDAP. Alta resolução de vídeo, suporte a Banco de Dados e aplicações e-commerce nativas. Servidor Web Integrado (IIS), Interface do Windows 95 e Windows NT Directory Server. Suporte a várias conexões simultâneas, acesso remoto e SQL Server integrado. Windows NT Directory Server, Apache e SQL Server integrados ao Sistema Operacional. 41. Redes WAN diferenciam-se das LANs e das redes MANs por: interconectarem distâncias curtas. utilizaram-se de altíssimas velocidades, maiores que de uma rede local por exemplo. cobrirem distâncias longas, mas com links de menor velocidade que as redes locais. possibilitarem acesso à Web. transportarem os pacotes de rede de uma localidade para outra em uma mesma cidade. 42. Que tipo de serviço é disponibilizado ao usuário final na camada de aplicação do modelo OSI? Correio eletrônico. Impressão. Compressão de dados multimídia. SSL. Serviços de segurança. Técnico de Informática (Ênfase Central de atendimento Help Desk) 6

6 43. Uma opção para finalizar programas no ambiente Windows é o pressionamento das teclas CTRL, ALT e DEL simultaneamente. A fim de encerrar um programa que se suspeita que não esteja mais respondendo ao sistema, qual a melhor alternativa dentre as citadas, a seguir? Pressionar mais uma vez a combinação de teclas CTRL + ALT + DEL para que o programa volte a funcionar. Identificar o programa que não está respondendo na janela "Fechar Programa", selecioná-lo e em seguida pressionar o botão "Finalizar Tarefa". Clicar no botão "Iniciar" e em seguida na opção "Reiniciar". Identificar o programa a ser reinicializado na opção "Iniciar" e em seguida "Localizar" e só então clicar no botão "Finalizar Tarefa". Clicar na opção "Reinicializar" no menu "Iniciar". 44. No Windows NT podem ser utilizadas ferramentas para gerenciamento do ambiente de trabalho dos usuários finais. Configurações da área de trabalho, cores e disposição das janelas são alguns exemplos. As seguintes ferramentas podem ser utilizadas com este propósito: Ferramentas administrativas, event viewer e variáveis de ambiente. Painel de controle, scripts de logon e perfis de usuário. Log viewer, desfragmentador de disco e variáveis de ambiente. Perfis de usuário, scripts de logon e variáveis de ambiente. Editor de diretivas do ambiente, scripts de logon e log viewer. 45. O Bootstrap é o principal alvo de um vírus de Boot. A definição correta do Bootstrap é: Um programa responsável por carregar o sistema operacional na memória do computador. Um dos elementos pertencentes às macros, que são funções muito utilizadas em programas como Word e Excel. Uma DLL importante para a inicialização do Windows, mais conhecida como bootstrap.dll. Um arquivo.com responsável pelos comandos executados na trilha 0 (zero). Uma chamada de sistema, também conhecida como API. 46. Um roteador pode ser utilizado para: distribuição de pontos de rede em uma rede LAN. conexão de servidores a serem utilizados em uma aplicação de comércio eletrônico. servir como backbone de uma rede. conectar redes distintas de diferentes localidades geográficas. conectar o ambiente de rede LAN ao ambiente de Mainframe. 47. São exemplos de Protocolos de Controle da Internet: SNMP, ARP e ICMP. IP, IPX, SMTP e FTP. Appletalk, SNMP e http. ICMP, ARP, RARP e IP. NIS, RARP, ARP e IP. 48. Um backbone de rede é uma estrutura que tem como principais características: baixa velocidade, mas os equipamentos são confiáveis. utiliza tecnologia de comunicação de alta velocidade e dispositivos com alto poder de processamento de pacotes. disponibiliza estrutura voltada para a convergência digital das informações e das pessoas. sua utilização serve como embrião da Internet e das redes WAN. baixa velocidade e capacidade de interligar pontos remotos de uma rede geográfica. 49. Um vírus de macro possui as seguintes características: Utiliza-se dos comandos do DOS para gerar problemas na inicialização de aplicativos como o Correio Eletrônico, quando do uso das macros necessárias para sua inicialização. Utiliza-se da linguagem de programação Word Basic que é responsável pela criação e execução de macros nos programas Word e Excel. São desenvolvidos em linguagem de baixo nível e atuam diretamente no Kernel dos sistemas operacionais. Possui alto poder de replicação uma vez que não necessita ser aberto nenhum arquivo no computador para que se propague via rede. Gera alto consumo de CPU o que pode levar o computador a travar e a partir do momento de sua reinicialização, propagar-se pelos computadores pertencentes a uma mesma rede local. 50. Qual das opções melhor descreve uma topologia em anel? Utiliza mais cabo e conectores que uma rede em barramento. Necessita de um token para seu funcionamento. Cada computador está conectado a um cabo de rede específico. Gerenciamento distribuído. Altíssima velocidade. Técnico de Informática (Ênfase Central de Atendimento Help Desk) 7

7 PROVA TEÓRICO-PRÁTICA 1. Analisando a topologia, a seguir, pode-se perceber além dos roteadores de acesso à Internet e Firewalls a presença de quatro dispositivos. Que equipamento de rede é esse e que funções desempenha nesta arquitetura? 2. Analisando-se o diagrama de bloco representado abaixo, percebe-se a adoção de três camadas sendo elas: Criptografia e Integridade, Transacional e Base de Dados. Quais são as vantagens apresentadas por esta estrutura? Internet Internet Internet Firewall 1 Criptografia e Integridade Firewall 2 Transacional Firewall 3 Base de Dados Servidores Técnico de Informática (Ênfase Central de atendimento Help Desk) 8

www.estrategiaconcursos.com.br

www.estrategiaconcursos.com.br PORTUGUÊS Leia o texto a seguir e responda às questões de 1 a 5. SATÉLITE Fim de tarde. No céu plúmbeo A Lua baça Paira Muito cosmograficamente Satélite. Desmetaforizada, Desmitificada, Despojada do velho

Leia mais

REDES ESAF. leitejuniorbr@yahoo.com.br 1 Redes - ESAF

REDES ESAF. leitejuniorbr@yahoo.com.br 1 Redes - ESAF REDES ESAF 01 - (ESAF - Auditor-Fiscal da Previdência Social - AFPS - 2002) Um protocolo é um conjunto de regras e convenções precisamente definidas que possibilitam a comunicação através de uma rede.

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES - I UNI-ANHANGUERA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE GOIÁS CURSO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PROF.

REDES DE COMPUTADORES - I UNI-ANHANGUERA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE GOIÁS CURSO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PROF. 1 REDES DE COMPUTADORES - I UNI-ANHANGUERA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE GOIÁS CURSO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PROF. MARCIO BALIAN E L A B O R A Ç Ã O : M Á R C I O B A L I A N / T I A G O M A

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE TÉCNICO DE INFORMÁTICA POR PRAZO DETERMINADO

PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE TÉCNICO DE INFORMÁTICA POR PRAZO DETERMINADO UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CENTRAL DE INFORMÁTICA PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE TÉCNICO DE INFORMÁTICA POR PRAZO DETERMINADO INFORMAÇÕES A) A prova consta de 20 questões de múltipla escolha,

Leia mais

REDE DE COMPUTADORES. Desenvolvimento Duração: 35 aulas (2 horas cada aula) Redes de computadores. 1 Apresentação

REDE DE COMPUTADORES. Desenvolvimento Duração: 35 aulas (2 horas cada aula) Redes de computadores. 1 Apresentação REDE DE COMPUTADORES Desenvolvimento Duração: 35 aulas (2 horas cada aula) 1 Apresentação Conhecendo os alunos Conceitos básicos de redes O que é uma rede local Porque usar uma rede local 2 Como surgiram

Leia mais

Fernando Albuquerque - fernando@cic.unb.br REDES LAN - WAN. Fernando Albuquerque (061) 273-3589 fernando@cic.unb.br

Fernando Albuquerque - fernando@cic.unb.br REDES LAN - WAN. Fernando Albuquerque (061) 273-3589 fernando@cic.unb.br REDES LAN - WAN Fernando Albuquerque (061) 273-3589 fernando@cic.unb.br Tópicos Modelos Protocolos OSI e TCP/IP Tipos de redes Redes locais Redes grande abrangência Redes metropolitanas Componentes Repetidores

Leia mais

1. Considerações...3. 2. Introdução...3. 3. Arquitetura...3. 3.1. Topologia Básica...4. 3.2. Hardware mínimo recomendado...5

1. Considerações...3. 2. Introdução...3. 3. Arquitetura...3. 3.1. Topologia Básica...4. 3.2. Hardware mínimo recomendado...5 ÍNDICE 1. Considerações...3 2. Introdução...3 3. Arquitetura...3 3.1. Topologia Básica...4 3.2. Hardware mínimo recomendado...5 3.3. Sistemas Operacionais...5 4. Configurações Necessárias...6 4.1. Nas

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES 08/2013 Material de apoio Conceitos Básicos de Rede Cap.1 2 Esclarecimentos Esse material é de apoio para as aulas da disciplina e não substitui a leitura da bibliografia básica.

Leia mais

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação Informática Aplicada Revisão para a Avaliação 1) Sobre o sistema operacional Windows 7, marque verdadeira ou falsa para cada afirmação: a) Por meio do recurso Windows Update é possível manter o sistema

Leia mais

Como instalar Windows XP

Como instalar Windows XP Como instalar Windows XP 1 Como instalar Windows XP Existem 2 opções para instalar XP: Opção A: para micro novo sem Sistema Operacional instalado (Exemplo de sistema operacional:windows 98, Windows 2000,

Leia mais

INFORMÁTICA 01. 02. 03. 04. 05.

INFORMÁTICA 01. 02. 03. 04. 05. INFORMÁTICA 01. Na Internet, os dois protocolos envolvidos no envio e recebimento de e-mail são: a) SMTP e POP b) WWW e HTTP c) SMTP e WWW d) FTP e WWW e) POP e FTP 02. O componente do Windows que é necessário

Leia mais

REDES DE 16/02/2010 COMPUTADORES

REDES DE 16/02/2010 COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES Delfa M. HuatucoZuasnábar 2010 2 A década de 50 - Uso de máquinas complexas de grande porte operadas por pessoas altamente especializadas e o enfileiramento de usuários para submeter

Leia mais

Computação Instrumental

Computação Instrumental Computação Instrumental Sistemas Operacionais Redes de Computadores Engenharia Ambiental 2º Semestre de 2013 1 Software Hardware O Sistema Operacional (SO) é um software que gerencia os recursos do computador,

Leia mais

AULA 10 TUTORIAL VIRTUALBOX

AULA 10 TUTORIAL VIRTUALBOX AULA 10 TUTORIAL VIRTUALBOX 1 Sumário Tutorial VirtualBox - Configurações e Utilização... 3 Requisitos Mínimos... 3 Compatibilidade... 3 Download... 3 Instalação do VirtualBox... 4 Criando a Máquina Virtual

Leia mais

www.estrategiaconcursos.com.br

www.estrategiaconcursos.com.br PORTUGUÊS Leia o texto a seguir e responda às questões de 1 a 5. SATÉLITE Fim de tarde. No céu plúmbeo A Lua baça Paira Muito cosmograficamente Satélite. Desmetaforizada, Desmitificada, Despojada do velho

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES Conteúdo 1 Topologia de Redes 5 Escalas 5 Topologia em LAN s e MAN s 6 Topologia em WAN s 6 2 Meio Físico 7 Cabo Coaxial 7 Par Trançado 7 Fibra Óptica 7 Conectores 8 Conector RJ45 ( Par trançado ) 9 Conectores

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE OURINHOS SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. Felipe Luiz Quenca Douglas Henrique Samuel Apolo Ferreira Lourenço Samuel dos Reis Davi

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE OURINHOS SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. Felipe Luiz Quenca Douglas Henrique Samuel Apolo Ferreira Lourenço Samuel dos Reis Davi FACULDADE DE TECNOLOGIA DE OURINHOS SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Felipe Luiz Quenca Douglas Henrique Samuel Apolo Ferreira Lourenço Samuel dos Reis Davi ENDIAN FIREWALL COMMUNITY 2.5.1 OURINHOS-SP 2012 HOW-TO

Leia mais

Informática. Informática. Valdir

Informática. Informática. Valdir Informática Informática Valdir Questão 21 A opção de alterar as configurações e aparência do Windows, inclusive a cor da área de trabalho e das janelas, instalação e configuração de hardware, software

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES HISTÓRICO E CONCEITOS

REDES DE COMPUTADORES HISTÓRICO E CONCEITOS REDES DE COMPUTADORES HISTÓRICO E CONCEITOS BREVE HISTÓRICO A década de 60 Surgiram os primeiros terminais interativos, e os usuários podiam acessar o computador central através de linhas de comunicação.

Leia mais

Informática. Rodrigo Schaeffer

Informática. Rodrigo Schaeffer Informática Rodrigo Schaeffer PREFEITURA DE PORTO ALEGRE- INFORMÁTICA Conceitos básicos de Word 2007; formatar, salvar e visualizar arquivos e documentos; alinhar, configurar página e abrir arquivos; copiar,

Leia mais

02. A extensão padrão para arquivos de áudio digital no ambiente Windows é:

02. A extensão padrão para arquivos de áudio digital no ambiente Windows é: Prova sobre informática para concursos. 01 A definição de Microcomputador é: a) Equipamento com grade capacidade de memória principal (256 Megabytes), vários processadores, alta velocidade de processamento.

Leia mais

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador Microsoft Internet Explorer Browser/navegador/paginador Browser (Navegador) É um programa que habilita seus usuários a interagir com documentos HTML hospedados em um servidor web. São programas para navegar.

Leia mais

Universidade Federal do Acre. Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas

Universidade Federal do Acre. Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Universidade Federal do Acre Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Universidade Federal do Acre Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Pós-graduação Lato Sensu em Desenvolvimento de Software e Infraestrutura

Leia mais

Revisão para a prova B2. Conteúdo das Aulas: 10, 11 e 14

Revisão para a prova B2. Conteúdo das Aulas: 10, 11 e 14 Revisão para a prova B2 Conteúdo das Aulas: 10, 11 e 14 Disciplina: Serviços de Redes Microsoft Professor: Fernando Santorsula fernando.santorsula@esamc.br Disciplina: Serviços de Redes Microsoft Professor:

Leia mais

APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES PARTE - III

APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES PARTE - III APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES PARTE - III 1 REDE DE COMPUTADORES III 1. Introdução MODELO OSI ISO (International Organization for Standardization) foi uma das primeiras organizações a definir formalmente

Leia mais

Informática Aplicada I. Sistemas Operacionais Projeto e Implementação Andrew S. Tanenbaum Albert S. woodhull

Informática Aplicada I. Sistemas Operacionais Projeto e Implementação Andrew S. Tanenbaum Albert S. woodhull Informática Aplicada I Sistemas Operacionais Projeto e Implementação Andrew S. Tanenbaum Albert S. woodhull 1 Conceito de Sistema Operacional Interface: Programas Sistema Operacional Hardware; Definida

Leia mais

Capítulo 1: Introdução às redes de computadores

Capítulo 1: Introdução às redes de computadores ÍNDICE Capítulo 1: Introdução às redes de computadores Redes domésticas... 3 Redes corporativas... 5 Servidor... 5 Cliente... 7 Estação de trabalho... 8 As pequenas redes... 10 Redes ponto-a-ponto x redes

Leia mais

Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral

Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral Windows 2003 Server Introdução Nessa Aula: É apresentada uma visão rápida e geral do Windows Server 2003. O Foco a partir da próxima aula, será no serviço de Diretórios

Leia mais

02/03/2014. Conteúdo deste módulo. Curso de Preparatório para Concursos Públicos. Tecnologia da Informação REDES. Conceitos Iniciais

02/03/2014. Conteúdo deste módulo. Curso de Preparatório para Concursos Públicos. Tecnologia da Informação REDES. Conceitos Iniciais Curso de Preparatório para Concursos Públicos Tecnologia da Informação REDES Conceitos Iniciais; Classificações das Redes; Conteúdo deste módulo Equipamentos usados nas Redes; Modelos de Camadas; Protocolos

Leia mais

Exercícios. Prof.ª Helena Lacerda. helena.lacerda@gmail.com

Exercícios. Prof.ª Helena Lacerda. helena.lacerda@gmail.com Exercícios Prof.ª Helena Lacerda helena.lacerda@gmail.com 1) Qual, dentre os dispositivos periféricos listados abaixo, é o único que serve apenas como dispositivo de entrada? a) Alto falante b) Impressora

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES Universidade do Contestado Campus Concórdia Curso de Sistemas de Informação Prof.: Maico Petry REDES DE COMPUTADORES DISCIPLINA: Fundamentos em Informática Mundo Globalizado Acelerado desenvolvimento tecnológico

Leia mais

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Informática - Básico Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Índice Apresentação...06 Quais são as características do Windows?...07 Instalando o Windows...08 Aspectos Básicos...09 O que há na tela do Windows...10

Leia mais

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04 Guia de Prática Windows 7 Ubuntu 12.04 Virtual Box e suas interfaces de rede Temos 04 interfaces de rede Cada interface pode operar nos modos: NÃO CONECTADO, que representa o cabo de rede desconectado.

Leia mais

Redes de Computadores Aula 01

Redes de Computadores Aula 01 No Caderno Responda as Questões abaixo 1 O que significa o termo Rede? 2 Porque utilizar um Ambiente de Rede? 3 Defina LAN. 4 Defina WAN. 5 O que eu preciso para Montar uma Rede? 6 - O que eu posso compartilhar

Leia mais

Processo Seletivo Instrutor nº 03/2011

Processo Seletivo Instrutor nº 03/2011 l CRONOGRAMAS E TEMAS DAS Verifique o dia, o horário e o local das aulas práticas no quadro-resumo e nas tabelas seguintes de acordo com o seu número de inscrição e o seu cargo. QUADRO-RESUMO CARGO DESCRIÇÃO

Leia mais

Capítulo 2 - Conceitos Básicos de Redes. Associação dos Instrutores NetAcademy - agosto de 2007 - Página

Capítulo 2 - Conceitos Básicos de Redes. Associação dos Instrutores NetAcademy - agosto de 2007 - Página Capítulo 2 - Conceitos Básicos de Redes 1 Redes de Dados Inicialmente o compartilhamento de dados era realizado a partir de disquetes (Sneakernets) Cada vez que um arquivo era modificado ele teria que

Leia mais

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO MANUAL DE CONFIGURAÇÃO CONTMATIC PHOENIX SUMÁRIO CAPÍTULO I APRESENTAÇÃO DO ACESSO REMOTO... 3 1.1 O que é o ACESSO REMOTO... 3 1.2 Como utilizar o ACESSO REMOTO... 3 1.3 Quais as vantagens em usar o PHOENIX

Leia mais

Revisão. 1.1 Histórico 1.2 Protocolo 1.3 Classificação 1.4 Lan 1.5 Wan

Revisão. 1.1 Histórico 1.2 Protocolo 1.3 Classificação 1.4 Lan 1.5 Wan Tecnologia Revisão 1.1 Histórico 1.2 Protocolo 1.3 Classificação 1.4 Lan 1.5 Wan Comunicação de Dados As redes de computadores surgiram com a necessidade de trocar informações, onde é possível ter acesso

Leia mais

Fiery Network Controller para DocuColor 250/240 SERVER & CONTROLLER SOLUTIONS. Bem-vindo

Fiery Network Controller para DocuColor 250/240 SERVER & CONTROLLER SOLUTIONS. Bem-vindo Fiery Network Controller para DocuColor 250/240 SERVER & CONTROLLER SOLUTIONS Bem-vindo 2005 Electronics for Imaging, Inc. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos dos Avisos de caráter

Leia mais

Sérgio Cabrera Professor Informática 1

Sérgio Cabrera Professor Informática 1 1. A tecnologia que utiliza uma rede pública, como a Internet, em substituição às linhas privadas para implementar redes corporativas é denominada. (A) VPN. (B) LAN. (C) 1OBaseT. (D) 1OBase2. (E) 100BaseT.

Leia mais

Fundamentos de Administração de Sistemas

Fundamentos de Administração de Sistemas Fundamentos de Administração de Sistemas Este curso tem como objetivo ensinar aos alunos conceitos de administração de um sistema Linux. Isto inclui o gerenciamento de contas de usuários, automação de

Leia mais

Resolução de Problemas de Rede. Disciplina: Suporte Remoto Prof. Etelvira Leite

Resolução de Problemas de Rede. Disciplina: Suporte Remoto Prof. Etelvira Leite Resolução de Problemas de Rede Disciplina: Suporte Remoto Prof. Etelvira Leite Ferramentas para manter o desempenho do sistema Desfragmentador de disco: Consolida arquivos e pastas fragmentados Aumenta

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 04. Prof. André Lucio

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 04. Prof. André Lucio FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 04 Prof. André Lucio Competências da aula 3 Servidor de DHCP. Servidor de Arquivos. Servidor de Impressão. Aula 04 CONCEITOS

Leia mais

Equipamentos de Redes. Placas de Rede, Repetidores, Hubs, Pontes,, Switches, Roteadores, Gateways

Equipamentos de Redes. Placas de Rede, Repetidores, Hubs, Pontes,, Switches, Roteadores, Gateways Equipamentos de Redes Placas de Rede, Repetidores, Hubs, Pontes,, Switches, Roteadores, Gateways Placas de Rede Placas de Rede Preparação dos quadros para que possam ser enviados pelos cabos. A placa de

Leia mais

Comunicação Comunicação é o ato de transmissão de informações de uma pessoa à outra. Emissor: Receptor: Meio de transmissão Sinal:

Comunicação Comunicação é o ato de transmissão de informações de uma pessoa à outra. Emissor: Receptor: Meio de transmissão Sinal: Redes - Comunicação Comunicação é o ato de transmissão de informações de uma pessoa à outra. Comunicação sempre foi, desde o início dos tempos, uma necessidade humana buscando aproximar comunidades distantes.

Leia mais

Winco VPN - SSL Manual do Usuário

Winco VPN - SSL Manual do Usuário Winco VPN - SSL Manual do Usuário 1 1. Introdução...3 1.1. Características Técnicas...3 1.2. Vantagens da Winco VPN - SSL...4 2. Requisitos de Instalação...5 2.1. Sistemas Operacionais com suporte...5

Leia mais

Sistemas Operacionais de Rede INTRODUÇÃO AO ACTIVE DIRECTORY

Sistemas Operacionais de Rede INTRODUÇÃO AO ACTIVE DIRECTORY Sistemas Operacionais de Rede INTRODUÇÃO AO ACTIVE DIRECTORY Conteúdo Programático! Introdução ao Active Directory (AD)! Definições! Estrutura Lógica! Estrutura Física! Instalação do Active Directory (AD)!

Leia mais

ATA - Exercícios Informática Carlos Viana. 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

ATA - Exercícios Informática Carlos Viana. 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA - Exercícios Informática Carlos Viana 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA EXERCÍCIOS CARLOS VIANA 01 -Existem vários tipos de vírus de computadores, dentre

Leia mais

Professor Rodrigo. 1. Considere a seguinte situação em uma planilha MS-Excel (2003):

Professor Rodrigo. 1. Considere a seguinte situação em uma planilha MS-Excel (2003): 1. Considere a seguinte situação em uma planilha MS-Excel (2003): Selecionar as células de B1 até B4 e depois arrastar essa seleção pela alça de preenchimento para a célula B5, fará com que o valor correspondente

Leia mais

www.estrategiaconcursos.com.br

www.estrategiaconcursos.com.br PORTUGUÊS Leia o texto a seguir e responda às questões de 1 a 5. SATÉLITE Fim de tarde. No céu plúmbeo A Lua baça Paira Muito cosmograficamente Satélite. Desmetaforizada, Desmitificada, Despojada do velho

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL. Curso Técnico em Informática

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL. Curso Técnico em Informática SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL Curso Técnico em Informática Estrutura de Endereçamento IP e Mascara de Subrede Endereçamento IP e Classes Autoridade para Atribuição de Números da Internet http://www.iana.org/

Leia mais

GUIA RÁPIDO. DARUMA Viva de um novo jeito

GUIA RÁPIDO. DARUMA Viva de um novo jeito GUIA RÁPIDO DARUMA Viva de um novo jeito Dicas e Soluções para IPA210 Leia atentamente as dicas a seguir para configurar seu IPA210. Siga todos os tópicos para que seja feita a configuração básica para

Leia mais

AGENTE PROFISSIONAL - ANALISTA DE REDES

AGENTE PROFISSIONAL - ANALISTA DE REDES Página 1 CONHECIMENTO ESPECÍFICO 01. Suponha um usuário acessando a Internet por meio de um enlace de 256K bps. O tempo mínimo necessário para transferir um arquivo de 1M byte é da ordem de A) 4 segundos.

Leia mais

TECNOLOGIA WEB INTERNET PROTOCOLOS

TECNOLOGIA WEB INTERNET PROTOCOLOS INTERNET PROTOCOLOS 1 INTERNET Rede mundial de computadores. Também conhecida por Nuvem ou Teia. Uma rede que permite a comunicação de redes distintas entre os computadores conectados. Rede WAN Sistema

Leia mais

REDES COMPONENTES DE UMA REDE

REDES COMPONENTES DE UMA REDE REDES TIPOS DE REDE LAN (local area network) é uma rede que une os micros de um escritório, prédio, ou mesmo um conjunto de prédios próximos, usando cabos ou ondas de rádio. WAN (wide area network) interliga

Leia mais

ANEXO TR QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

ANEXO TR QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL ANEXO TR QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL REQUISITOS MÍNIMOS DE QUALIFICAÇÃO TÉCNICA DOS PROFISSIONAIS QUE DEVERÃO COMPOR AS EQUIPES TÉCNICAS PREVISTAS NESSA CONTRATAÇÃO PARA AMBOS OS LOTES. QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Julgue os itens subsecutivos, acerca de noções básicas de arquitetura de computadores. 51 Periféricos são dispositivos responsáveis pelas funções de entrada e saída do computador, como, por exemplo, o

Leia mais

Equipamentos de Rede. Prof. Sérgio Furgeri 1

Equipamentos de Rede. Prof. Sérgio Furgeri 1 Equipamentos de Rede Repetidor (Regenerador do sinal transmitido)* Mais usados nas topologias estrela e barramento Permite aumentar a extensão do cabo Atua na camada física da rede (modelo OSI) Não desempenha

Leia mais

Implementando e gerenciando dispositivos de hardware

Implementando e gerenciando dispositivos de hardware 3 Implementando e gerenciando dispositivos de hardware Uma boa parte das questões do exame está concentrada nessa área. Saber implementar e, principalmente, solucionar problemas relacionados a dispositivos

Leia mais

Instalar o MarkVision

Instalar o MarkVision Instalando o 1 contas O apresenta diversos componentes instaláveis: Aplicativo - Instala o Utilitário Printer Management. Este aplicativo requer que o Servidor do esteja disponível na rede. Servidor do

Leia mais

WorkCentre Pro 65/75/90. Instruções de Instalação da Rede. Leia isto antes de instalar 650K21750 701P39581

WorkCentre Pro 65/75/90. Instruções de Instalação da Rede. Leia isto antes de instalar 650K21750 701P39581 WorkCentre Pro 65/75/90 650K21750 Instruções de Instalação da Rede Leia isto antes de instalar 701P39581 Materiais de distribuição A equipe de instalação da Xerox entrega, desembala e instala a impressora.

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS

SISTEMAS OPERACIONAIS SISTEMAS OPERACIONAIS Conceitos Básicos Sistema Operacional: Um Sistema Operacional é um programa que atua como intermediário entre o usuário e o hardware de um computador. O Propósito do SO é fornecer

Leia mais

Componentes de uma Rede. Aula 2. Prof. Wladimir da Costa

Componentes de uma Rede. Aula 2. Prof. Wladimir da Costa Componentes de uma Rede Aula 2 Prof. Wladimir da Costa Objetos de estudo: - NICs. - Nobreak. - Hub. - Switches - Repetidores. - Bridges (pontes). - Roteadores. - Estações de trabalho. - Servidores - Sistema

Leia mais

AFRE. a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento, como o LILO ou o GRUB. a. ( ) Data Werehouse ; Internet ; Linux

AFRE. a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento, como o LILO ou o GRUB. a. ( ) Data Werehouse ; Internet ; Linux 1. De que forma é possível alterar a ordem dos dispositivos nos quais o computador procura, ao ser ligado, pelo sistema operacional para ser carregado? a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento,

Leia mais

Sistema irá modular até 32 câmeras: Você pode conectar de 1 até 32 câmeras.

Sistema irá modular até 32 câmeras: Você pode conectar de 1 até 32 câmeras. MANUAL DO SISTEMA Introdução Apresentação Requisitos mínimos Instalação do programa Acessando o Secullum DVR Tela Principal Indicador de espaço em disco Disposição de telas Status de Gravação Usuário atual

Leia mais

TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP

TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP HTTP (Hypertext Transfer Protocol ) Protocolo usado na Internet para transferir as páginas da WWW (WEB). HTTPS (HyperText Transfer

Leia mais

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede Uma Rede de Computadores consistem em dois ou mais dispositivos, tais como computadores, impressoras e equipamentos relacionados, os

Leia mais

www.leitejunior.com.br 03/04/2012 13:47 Leite Júnior QUESTÕES CESGRANRIO 03/04/2012 AO VIVO

www.leitejunior.com.br 03/04/2012 13:47 Leite Júnior QUESTÕES CESGRANRIO 03/04/2012 AO VIVO 03/04/2012 13:47 QUESTÕES CESGRANRIO 03/04/2012 AO VIVO CONCURSO: TCE - RONDÔNIA CARGO: AGENTE ADMINISTRATIVO QUESTÃO 21 - No Microsoft Word, qual a extensão de um arquivo do tipo modelo de documento?

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE REDES E FIREWALL

CONCEITOS BÁSICOS DE REDES E FIREWALL Secretaria Municipal de Educação SME Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicação CTIC Núcleo de Tecnologia Municipal NTM CONCEITOS BÁSICOS DE REDES E FIREWALL Amauri Soares de Brito Mário Ângelo

Leia mais

Arquitetura de Redes. Sistemas Operacionais de Rede. Protocolos de Rede. Sistemas Distribuídos

Arquitetura de Redes. Sistemas Operacionais de Rede. Protocolos de Rede. Sistemas Distribuídos Arquitetura de Redes Marco Antonio Montebello Júnior marco.antonio@aes.edu.br Sistemas Operacionais de Rede NOS Network Operating Systems Sistemas operacionais que trazem recursos para a intercomunicação

Leia mais

Introdução à Informática. Aula 04. Sistemas Operacionais Aplicativos e Utilitários Transmissão e meios de transmissão de dados. Prof.

Introdução à Informática. Aula 04. Sistemas Operacionais Aplicativos e Utilitários Transmissão e meios de transmissão de dados. Prof. Aula 04 Sistemas Operacionais Aplicativos e Utilitários Transmissão e meios de transmissão de dados Sistema Operacional Um conjunto de programas que se situa entre os softwares aplicativos e o hardware:

Leia mais

Curso de extensão em Administração de Redes

Curso de extensão em Administração de Redes Curso de extensão em Administração de Redes Italo Valcy - italo@dcc.ufba.br Ponto de Presença da RNP na Bahia Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal da Bahia Administração de Redes,

Leia mais

Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS. Prof. Victor Halla

Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS. Prof. Victor Halla Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS OPERACIONAIS Prof. Victor Halla Conteúdo Arquitetura de Processadores: Modo Operacional; Velocidade; Cache; Barramento; Etc. Virtualização: Maquinas virtuais; Gerenciamento

Leia mais

REDE DE COMPUTADORES

REDE DE COMPUTADORES SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL REDE DE COMPUTADORES Tecnologias de Rede Topologias Tipos de Arquitetura Prof. Airton Ribeiro de Sousa E-mail: airton.ribeiros@gmail.com 1 REDES LOCAIS LAN -

Leia mais

Tecnologia e Infraestrutura. Conceitos de Redes

Tecnologia e Infraestrutura. Conceitos de Redes Tecnologia e Infraestrutura Conceitos de Redes Agenda Introdução às Tecnologias de Redes: a) Conceitos de redes (LAN, MAN e WAN); b) Dispositivos (Hub, Switch e Roteador). Conceitos e tipos de Mídias de

Leia mais

Configurando opções do servidor de páginas e do servidor ftp.

Configurando opções do servidor de páginas e do servidor ftp. Configurando opções do servidor de páginas e do servidor ftp. Após ter criado um diretório virtual, quer seja de http ou de ftp, você pode configurar uma série de opções para este diretório. As configurações

Leia mais

Tema Objetivos Conteúdos

Tema Objetivos Conteúdos Nº módulo CURSO VOCACIONAL - ELETRICIDADE, INFORMÁTICA E NOÇÕES BÁSICAS DE FINANÇAS 3.º Ciclo 2 anos. DISCIPLINA: Área Vocacional de Informática Distribuição Modular Tema Objetivos Conteúdos Aulas 45 1

Leia mais

Centro Federal de Educação Tecnológica CEFET/BA

Centro Federal de Educação Tecnológica CEFET/BA Centro Federal de Educação Tecnológica CEFET/BA Disciplina: Redes de Computadores Prof.: Rafael Freitas Reale Aluno: Data / / Prova Final de Redes Teoria Base 1) Qual o tipo de ligação e a topologia respectivamente

Leia mais

Senha Admin. Nessa tela, você poderá trocar a senha do administrador para obter acesso ao NSControl. Inicialização

Senha Admin. Nessa tela, você poderá trocar a senha do administrador para obter acesso ao NSControl. Inicialização Manual do Nscontrol Principal Senha Admin Nessa tela, você poderá trocar a senha do administrador para obter acesso ao NSControl. Inicialização Aqui, você poderá selecionar quais programas você quer que

Leia mais

CAPÍTULO IV Sistema Operacional Microsoft Windows XP

CAPÍTULO IV Sistema Operacional Microsoft Windows XP CAPÍTULO IV Sistema Operacional Microsoft Windows XP Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais são programas que como o próprio nome diz tem a função de colocar o computador em operação. O sistema Operacional

Leia mais

PROJETO KIT MULTIMÍDIA NA SALA DO PROFESSOR

PROJETO KIT MULTIMÍDIA NA SALA DO PROFESSOR PROJETO KIT MULTIMÍDIA NA SALA DO PROFESSOR Julho/2008 Instalação do 2 Kit Multimídia SUMÁRIO PARTE 1: INSTALAÇÃO DO KIT MULTIMÍDIA........................................... 5 1. INTRODUÇÃO.....................................................................

Leia mais

Centro Tecnológico de Eletroeletrônica César Rodrigues. Atividade Avaliativa

Centro Tecnológico de Eletroeletrônica César Rodrigues. Atividade Avaliativa 1ª Exercícios - REDES LAN/WAN INSTRUTOR: MODALIDADE: TÉCNICO APRENDIZAGEM DATA: Turma: VALOR (em pontos): NOTA: ALUNO (A): 1. Utilize 1 para assinalar os protocolos que são da CAMADA DE REDE e 2 para os

Leia mais

EMANNUELLE GOUVEIA ROLIM

EMANNUELLE GOUVEIA ROLIM EMANNUELLE GOUVEIA ROLIM Bacharel em Ciência da Computação, especialista em Gerência de Projetos e em Criptografia e Segurança da Informação. Servidora Publica. Atua na área acadêmica em cursos de Graduação

Leia mais

Windows. Introdução. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional

Windows. Introdução. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional Windows Prof. Leandro Tonietto Cursos de Informática Unisinos Março-2008 O que é Sistema operacional? O que é Windows? Interface gráfica: Comunicação entre usuário e computador de forma mais eficiente

Leia mais

Laboratório de Redes de Computadores e Sistemas Operacionais

Laboratório de Redes de Computadores e Sistemas Operacionais Laboratório de Redes de Computadores e Sistemas Operacionais Configurando e Implantando o Windows Server 2003 Fabricio Breve Requisitos de Hardware de Sistema Processador Mínimo: 266 MHz Mínimo ideal:

Leia mais

Redes de Dados e Comunicações. Prof.: Fernando Ascani

Redes de Dados e Comunicações. Prof.: Fernando Ascani Redes de Dados e Comunicações Prof.: Fernando Ascani Conceito de Redes Redes de computadores são estruturas físicas (equipamentos) e lógicas (programas, protocolos) que permitem que dois ou mais computadores

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Introdução Redes de Computadores é um conjunto de equipamentos que são capazes de trocar informações e compartilhar recursos entre si, utilizando protocolos para se comunicarem e

Leia mais

BELLA DONNA CENTRO DE ESTÉTICA Sistema de Gerenciamento de Serviços em Estética SisGSE. Documento de Projeto Lógico e Físico de Rede

BELLA DONNA CENTRO DE ESTÉTICA Sistema de Gerenciamento de Serviços em Estética SisGSE. Documento de Projeto Lógico e Físico de Rede BELLA DONNA CENTRO DE ESTÉTICA Sistema de Gerenciamento de Serviços em Estética SisGSE Documento de Projeto Lógico e Físico Histórico de revisões Versão Data Autor Descrição Localização 1.0 20/OUT/2010

Leia mais

Cisco Packet Tracer 5.3

Cisco Packet Tracer 5.3 Cisco Packet Tracer 5.3 www.rsobr.weebly.com O PT 5.3 (Packet Tracer) permite criar ambientes de redes LANs e WANs e além disso simular também, permitindo realizar diversas situações como por exemplo:

Leia mais

Por Érica Barcelos Fevereiro, 2012

Por Érica Barcelos Fevereiro, 2012 Por Érica Barcelos Fevereiro, 2012 2 INTRODUÇÃO Com a informatização dos sistemas nas empresas veio também o aumento da competitividade e isso fez com que a qualidade dos serviços fosse questionada. O

Leia mais

Para resolver as questões abaixo considere o Sistema Operacional Microsoft Windows Vista

Para resolver as questões abaixo considere o Sistema Operacional Microsoft Windows Vista Nome: Gabarito Para resolver as questões abaixo considere o Sistema Operacional Microsoft Windows Vista 1) O Centro das configurações do Windows, onde pode ser acessado cada um dos dispositivos componentes

Leia mais

ADMINISTRAÇÃODEREDES BASEADASEM WINDOWS. IsmaelSouzaAraujo

ADMINISTRAÇÃODEREDES BASEADASEM WINDOWS. IsmaelSouzaAraujo ADMINISTRAÇÃODEREDES BASEADASEM WINDOWS IsmaelSouzaAraujo INFORMAÇÃOECOMUNICAÇÃO Autor Ismael Souza Araujo Pós-graduado em Gerência de Projetos PMBOK UNICESP, graduado em Tecnologia em Segurança da Informação

Leia mais

Aula Exercício Informática

Aula Exercício Informática Aula Exercício Informática Fiscal ESAF 2006 - Curso AprovaSat Curso Aprovação www.cursoaprovacao.com.br PROF. SERGIO ALABI L F 2006 WWW.ALABI.NET CONCURSO@ALABI.NET 1. Os servidores de diretório responsáveis

Leia mais

AULA Redes de Computadores e a Internet

AULA Redes de Computadores e a Internet UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Faculdade de Computação Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Disciplina: INF64 (Introdução à Ciência da Computação) Prof: Anilton Joaquim da Silva / Ezequiel

Leia mais

Desafio 1 INFORMÁTICA PARA O TRT

Desafio 1 INFORMÁTICA PARA O TRT Desafio 1 INFORMÁTICA PARA O TRT Queridos alunos, vencem o desafio os 3 primeiros alunos a enviar as respostas corretas para o meu e-mail, mas tem que acertar todas... ;-) Vou começar a responder os e-mails

Leia mais

Fundamentos em Informática

Fundamentos em Informática Fundamentos em Informática Aula 06 Redes de Computadores francielsamorim@yahoo.com.br 1- Introdução As redes de computadores atualmente constituem uma infraestrutura de comunicação indispensável. Estão

Leia mais

Revisão. Karine Peralta karine.peralta@pucrs.br

Revisão. Karine Peralta karine.peralta@pucrs.br Revisão Karine Peralta Agenda Revisão Evolução Conceitos Básicos Modelos de Comunicação Cliente/Servidor Peer-to-peer Arquitetura em Camadas Modelo OSI Modelo TCP/IP Equipamentos Evolução... 50 60 1969-70

Leia mais

1 Identifique-se na parte inferior desta capa. Sua prova será anulada caso você se identifique em qualquer outro local deste Caderno.

1 Identifique-se na parte inferior desta capa. Sua prova será anulada caso você se identifique em qualquer outro local deste Caderno. 1 Identifique-se na parte inferior desta capa. Sua prova será anulada caso você se identifique em qualquer outro local deste Caderno. 2 Este Caderno contém, respectivamente, duas questões discursivas,

Leia mais