do atendimento AnSata firma contrato com a Anoreg-PR para desenvolvimento do Cenpro VerusRCV diminui fraudes em cartórios

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "do atendimento AnSata firma contrato com a Anoreg-PR para desenvolvimento do Cenpro VerusRCV diminui fraudes em cartórios"

Transcrição

1 AnSata Informática Suporte com novo atendimento online AnSata firma contrato com a Anoreg-PR para desenvolvimento do Cenpro VerusRCV diminui fraudes em cartórios Anoreg.com.você para avançar na qualidade do atendimento S e te m b ro N º 21

2 E d i t o r i a l C u r i o s i d a d e s Comunicart chega com muitas novidades Setembro, mês da última edição do Comunicart deste ano. Chegamos com um novo visual. Com mais informações, demonstrando assim nossas conquistas. Estamos crescendo e crescendo com qualidade. Podemos ver pela preocupação contínua da AnSata em melhorar seus sistemas Notariais e Registrais, como exemplo, novas rotinas no Sistema VerusRCV desenvolvido para evitar possíveis fraudes e garantir mais segurança aos usuários. Não esquecemos de valorizar nossa área notarial e registral, somos um dos patrocinadores do projeto Anoreg.com.você. Mudamos o nosso suporte, modernizamos e melhoramos a forma de atender pela Internet. Isso é um pouco do trabalho feito para você. Nesta edição você saberá os detalhes dessas mudanças e confere as outras novidades. Boa Leitura! Equipe AnSata Informática! E x p e d i e n t e O informativo Comunicart é uma publicação quadrimestral da AnSata Informática. Endereço para contato: Rua José Sabóia Cortês, Centro Cívico Curitiba - PR - Fone/Fax: (41) Assessoria de Comunicação: Confraria da Notícia - Assessoria de Comunicação Fone/Fax: (41) Edição de Textos: Luana Agner Jornalista Responsável: Gláucio Dias MTE / DRT-PR Projeto Gráfico: Ericsson M. Wursthorn Tiragem: 500 exemplares Casal chinês tenta dar o nome para bebê Em Pequim, um casal chinês tentou dar o nome para seu bebê. O casal afirma que o sinal usado em endereços de representa o amor que os pais têm pela criança, afirmou uma autoridade chinesa. O chinês não tem alfabeto e usa dezenas de milhares de caracteres para representar palavras. Em é pronunciado como arroba. O mundo inteiro usa o termo para escrever e- mail, mas quando traduzido para o chinês ele significa amo ele, explicou o pai da criança. Segundo o vicediretor da Comissão Estatal de Linguagem, Li Yuming, o é familiar aos usuários de chineses, e eles freqüentemente usam o termo em inglês, at, para pronunciá-lo. E quando at é desenhado em chinês, tem um som parecido com ai ta, ou amo ele para os falantes de mandarim. Yuming não informou se as autoridades aceitaram o nome. Em uma entrevista coletiva para falar do idioma, ele disse que o é um exemplo extremo sobre o modo cada vez mais ousado que as pessoas estão fazendo do chinês, à medida que o comércio e a Internet quebram convenções. Neste ano, o governo chinês anunciou uma proibição de nomes que usam números arábicos, línguas estrangeiras e símbolos que não pertencem aos idiomas chineses. Sessenta milhões de chineses enfrentam o problema de que seus nomes usam caracteres antigos tão obscuros que os computadores não podem reconhecê-los, e mesmo falantes fluentes têm dificuldade com eles, disse Yuming. Um deles é o ex-premiê Zhu Rongji, cujo nome tem o raro caractere rong, que dava a editores de jornais constantes dores de cabeça. Fonte: PLANTÃO INFO 16/08/ S e t e m b r o N º 2

3 S u p o r t e SAS cria novos sistemas para atendimento online O Serviço AnSata de Suporte (SAS) mudou a forma de atendimento online para torná-lo mais rápido e possibilitar um suporte personalizado. Após verificar alguns transtornos trazidos pela utilização do messenger e s, o SAS substituiu a utilização deles por um chat e pelo help desk. O sistema de Atendimento Online foi desenvolvido para aumentar o nível de segurança durante os diálogos e reduzir qualquer possibilidade de infecção por vírus, worms e outros, que podem danificar os sistemas dos seus computadores. O foi considerado por muito tempo o meio eletrônico de comunicação mais eficiente da Internet. Entretanto, nessa comunicação pode ocorrer falha no envio e no recebimento de mensagens. Com o uso o novo sistema de help desk há a garantia de que as informações trocadas entre a Serventia e o SAS chegarão ao seu destino com sucesso, pois o help desk foi criado especificamente para atender as necessidades de comunicação e substituir o uso de s. O programa registra o dia e hora em que a Serventia ou o SAS leu a resposta de um ticket. Por meio dele todos os tickets (ocorrências) abertos ficam armazenados possibilitando futuras consultas a qualquer tempo. De acordo com a AnSata, os novos sistemas suprirão as necessidades de atendimento e relacionamento entre o SAS e sua Serventia. Chat e help desk foram desenvolvidos para aumentar o nível de segurança durante os diálogos Como acessar Para acessar, basta entrar no site da AnSata (www.ansata.com.br) e clicar em suporte. Após clicar em suporte, abrirão as opções de atendimento, sendo online e help desk. Para conversar com um dos atendentes clique em online, preencha seu nome, e selecione o departamento que deseja ter acesso. Tabelionatos contarão com Central Estadual de Procurações Central irá agilizar a consulta da veracidade das procurações emitidas em outras serventias Os Tabelionatos de Notas do Paraná terão uma Central Estadual de Procurações (Cenpro). Idealizada pela Anoreg-PR e desenvolvida pela AnSata Informática em parceria com a empresa Thrive Infomática. A Central irá agilizar a consulta da veracidade das procurações emitidas em outras serventias e que serão utilizadas em atos na serventia local. Para isso, os Cartórios terão que informar dados de Procurações, Substabelecimentos e Revogações. O objetivo é dar mais segurança aos tabelionatos. O projeto será implantado nos próximos 90 dias em Curitiba. Depois será a vez da região metropolitana e por fim o restante do estado. O funcionamento do sistema Cenpro é bastante simples. Basta baixar pela Internet no cartório. A instalação poderá ser feita sem ajuda de técnicos, pois é rápida e sem complicação. Com o sistema instalado, o cartório enviará informações para o servidor da Anoreg-PR via FTP. Após receber uma confirmação de envio será enviado um para o oficial do cartório contendo as informações solicitadas. Depois disso as informações ficarão disponíveis para consulta na Internet por meio do portal. Para colocar em prática o Projeto Cenpro, a Anoreg-PR através de licitação, firmou com a AnSata Informática em parceria com a Thrive Informática e desenvolveram o projeto em duas partes, o Sistema Cenpro Desktop, que é instalado na máquina da Serventia, onde serão cadastradas informações e a Página Cenpro Web, que recepcionará as informações enviadas pela Serventia sendo disponibilizada no site da Anoreg-PR. 3 S e t e m b r o N º 2

4 N o t í c i a s d o s S i s t e m a s VerusFNC Alterado o fechamento de caixa, para demonstração de valores recebidos/pagos, conforme as formas de baixa (dinheiro, cheque e outras) para tais valores. No caso de recebimento via cartão de crédito e débito foi acrescida a opção de conta bancária. Feita melhoria no fechamento de caixa para demonstrar melhor as transferências realizadas entre diversas contas da Serventia. O editor de texto permite agora a impressão de Guia de Caixa utilizando minuta. Criada configuração específica para que impressão de recibos e relatórios com valores restritos saiam com um asterisco. Acrescentado novo modelo de recibo via bobina com colunas de lançamento, qualidade, valor unitário e valor total. Acrescentado a relação de datas da situação dos lançamentos, na impressão do Guia de Caixa. Agora além da data de impressão, aparece também a data da última alteração. Criado um relatório que permite apurar as comissões pagas aos funcionários. No módulo analítico do relatório de contas receber/pagar recebidas/pagas foi acrescentado uma coluna de quantidade dos lançamentos. No relatório de consulta está trazendo na nova versão a totalização dos recibos e pagamentos, antes somente os discriminava. VerusTBL Criado um segundo modelo do relatório do Distribuidor semelhante ao primeiro, que cita outros itens do código de normas. O relatório do distribuidor sofreu algumas implementações, como por exemplo, um campo para se colocar o valor da distribuição para ata notarial. Outra novidade é a possibilidade de se imprimir uma coluna com os números dos selos utilizados nos atos, porém deve ser utilizado o cadastro de selos ou o campo número de ordem na capa dos atos. Houve uma melhoria no Livro de Protocolo para não cortar os nomes ou seja se o nome dos outorgante e outorgados não couber na linha será quebrado o nome e impresso o restante na linha debaixo, ficando impresso por completo os nomes. VerusPMS A nova versão permite que seja impresso mais de uma promissória na mesma folha. Esta modificação gera uma economia de folhas. VerusRCV Aviso importante! As Serventias usuárias do sistema VerusRCV devem entrar em contato com o SAS para que seja atualizada a versão do sistema, pois encontra-se uma modificação nos dados de óbito para a comunicação ao IBGE. Lembramos ainda que o IBGE está solicitando que as mesmas enviem os arquivos via Internet. Criada nova opção no Livro-E para MORTE PRESUMIDA conforme consta no Código Civil Brasileiro no artigo 7º paragrafo único. Na nova versão, a variável CARGO DO JUIZ foi alterada para colocar automaticamente a comarca em que o sistema está instalado, ficando por exemplo: Juiz de Direito da Comarca de Curitiba, caso só tenha Juiz de Direito e se preencher o campo com a palavra Comarca, a variável não completará com a cidade. Alterado o cadastro de Óbito para prever no caso do município de CURITIBA do declarante no Serviço Funerário Municipal (SFM). Através do Provimento 107/2006 da Corregedoria (ver contudo do provimento) que permitiu que o óbito fosse feito na SFM e depois encaminhado ao Cartório da Circunscrição onde houve o falecimento sem a necessidade do comparecimento do declarante no Cartório, desta forma o declarante que assinará no livro será o funcionário do SFM, para isso foi colocado um novo campo na tela de óbito, permitindo o cadastramento do declarante que compareceu no SFM. Então haverá dois campos para declarante: o primeiro será para cadastrar quem vai assinar o ato, ou seja, no caso será o funcionário da SFM e o segundo será a pessoa que declarou no SFM que normalmente será um familiar do falecido(a). Colocado alerta ao usuário quando altera a data prevista ou data de celebração do casamento para verificar se estão corretas e coerentes, ou seja, a data prevista para o casamento torna data do assento quando for concluído o casamento e a data da celebração é o dia que ocorreu o casamento, quando o casamento for no cartório ou fora estas datas, normalmente, são iguais, mas no caso de ser religioso com efeito civil estas datas, normalmente, são diferentes. Será gerado ocorrência que o usuário foi alertado. VerusCRT Criado um novo relatório Listagem de Clientes Pessoa Jurídica, que seleciona as empresas existentes no cadastro de clientes, podendo ser ordenado por código de cliente, razão social, nome de fantasia ou data de cadastro. Ao cadastrar o cartão de assinatura, e não fazer a impressão do mesmo em seguida, no momento em que for realizar a impressão posteriormente, o botão Imprimir F7, terá as opções Re-imprimir ou Primeira Impressão, no qual a sua utilização afeta o histórico do cliente e na estatística de produção do funcionário. VerusRTD Na nova versão, já é permitido realizar a digitalização de documentos (em geral), através do cadastro de clientes. S e t e m b r o N º 2 1

5 E q u i p a m e n t o s IMPRESSORA TÉRMICA Zebra TLP2844 Recomendada para ser utilizada em reconhecimento de firma, autenticações e demais carimbos. Utilizados nos sistemas Verus, por apresentar uma ótima produtividade (três polegadas por segundo), baixo custo do suprimento (etiquetas e ribbon), silenciosa, compacta e alta qualidade de impressão , 60 IMPRESSORA MATRICIAL Mecaf IM113 Com rebobinador, com dimensões reduzidas, emite comprovante e recibos em até duas vias. Utilizada em qualquer operação que necessite de impressão de ticket e recibo. Impressora matricial não fiscal Largura da bobina: 76mm 894, 40 SENSOR BIOMÉTRICO SecuGen Vantagens da utilização do Equipamento: Integração com VerusCRT e VerusTBL, vinculando a digital ao cadastro de clientes (fichário), podendo posteriormente efetuar conferências; Proporciona maior segurança; Substitui senhas e logins difíceis de memorizar e fáceis de copiar; Não necessita de fonte de alimentação separada (requer porta USB ou paralela e PS2); Excelente custo benefício. 338, 00 Fotos meramente ilustrativas. SCANNER Avision AVA6 Pequeno e com uma alta resolução, o scanner AVA6 fabricado pela Avision, é ideal para escanear documentos pessoais, tais como: identidade, CPF, carteira de motorista, fotos, passaportes e outros de tamanho pequeno, inclusive o cartão de assinatura. Características Gerais: Área de digitalização: 15,5x10,8cm Taxa de escaneamento: 1,5 segundos Resolução: 600dpi 846, 00 ESPELHO COM CÂMERA Equipamento de tamanho 35x20cm, possui uma câmera embutida que permite capturar a imagem do cliente vinculando-o ao seu cadastro. Ao capturar a imagem, facilita a identificação posterior do cliente podendo imprimir a foto no cartão de assinatura. 740, 00 Valores válidos até 30/10/2007 Sujeitos a alterações sem aviso prévio. S e t e m b r o N º 2 1

6 N o t í c i a s VerusRCV diminui possibilidade de fraudes em cartórios A AnSata Informática, preocupada com o grande número de fraudes com documentos clonados, programou um tipo de alerta no sistema VerusRCV. Para evitar engano ou até mesmo fraudes, a nova versão identifica se a pessoa que está realizando um nascimento, casamento ou óbito já possui o nome cadastrado em algum ato na própria Serventia, ou seja, se consta falecido ou se tem algum cartão de assinatura. A nova versão do VerusRCV está disponível às Serventias que já possuem instalado o sistema. Com o VerusRCV o nome cadastrado será apresentado numa tela, onde foi encontrado, para ser conferido a fim de evitar fraude e equívocos, como registrar a mesma pessoa, registrar uma já falecida ou fazer um óbito já feito. Quando se tratar de homônimos basta o usuário continuar e cadastrar, neste caso será gerada ocorrência de que o usuário foi alertado, não pedirá senha. As mudanças, que resultaram no VerusRCV, ocorreram após o Simpósio sobre a Lei , realizado em janeiro deste ano, em Curitiba. Durante o evento, foi demonstrada uma experiência de um cartório de São Paulo. O cartório fez uma procuração de uma pessoa falecida, o óbito tinha sido feito no mesmo cartório, e não foi detectado. O programa Fantástico, da Rede Globo, também fez um experimento. Realizou um óbito de um boneco, com documentos de uma pessoa já morta. Segundo técnicos da AnSata, esses tipos de erros não ocorreram com o uso do VerusRCV. Cartórios do Paraná ganham projeto para avançar na qualidade do atendimento Os cartórios do Paraná estão atentos às novidades para melhorar o atendimento prestado à população. Para avançar nessa questão e criar um padrão de excelência no atendimento ao público em todo o estado, foi lançado o programa Anoreg.com.você, desenvolvido pela Associação dos Notários e Registradores do Paraná (Anoreg-PR). O programa é uma ferramenta para aperfeiçoar os serviços dos cartórios no estado, trazendo mais agilidade, segurança e um padrão de atendimento no serviço prestado à população. De acordo com o vice-presidente da Anoreg-PR, Álvaro de Quadros Neto, o Anoreg.com.você, trará benefícios nos cartórios de todo o Estado. O programa prevê a melhoria no Atendimento, aliando segurança na prática dos atos, afirma. O objetivo é levar uma equipe técnica da Anoreg in loco na serventia, promovendo o aperfeiçoamento dos serviços prestados, através de treinamentos para maior segurança na orientação às partes e na prática dos atos e avanços no atendimento realizado ao público. As primeiras cidades a receber o programa são Loanda, Nova Aurora e Nova Esperança, de 1º a 5 de outubro. A meta é em até dois anos todas as comarcas do estado serem atendidas pela Anoreg Paraná, prevê Quadros Neto. Fonte: Anoreg-PR, Boletim nº 74 6 S e t e m b r o N º 2

7 N o v i d a d e s AnSata Informática lança o sistema ASCAC para o estado do Rio de Janeiro Programa permite que as serventias agilizem e facilitem a transmissão de dados A AnSata Informática lançou no mês de julho o novo sistema ASCAC para suprir as exigências do Aviso CGC nº 47/2007 e 128/2007 da Corregedoria do Rio de Janeiro. O novo sistema permite que as serventias, já informatizadas, agilizem e facilitem a transmissão dos dados de cartão de assinatura, reconhecimento de firma, registros de nascimento, casamento, óbito, averbação, retificações, transcrições, procurações e respectivas certidões. Com quatro toques o ASCAC repassa as informações em outro sistema. A serventia pode exportar os dados de um sistema e importar em outro. Outro programa, também desenvolvido pela AnSata, o VerusLVA (Livro Adicional Eletrônico), permite o cadastro, geração, armazenamento e transmissão via Internet do detalhamento por arquivo XML. O VerusLVA pode ser contratado pelas Serventias Extrajudiciais do Rio de Janeiro, pois vão de encontro com as normas que estão sendo criadas pela Corregedoria Geral da Justiça do Estado do Rio de Janeiro para a coleta e transmissão de dados. Selo Funarpen tem nova tabela de preços Os valores para cobrança dos selos Funarpen nos atos foram reajustados no dia 1º de setembro, por ordem do Ofício Circular nº 23/2007. Confira a nova tabela para os selos em cada ato. Tabelionato de Notas: 0,35 Registro Civil das Pessoas Naturais: 1,00 Títulos e Documentos e Pessoas Jurídicas: 0,50 Registro de Imóveis: 2,00 No ofício, também, estava ressaltada a obrigatoriedade de discriminar o valor dos selos no recibo de custas fornecido pelas partes. Windows Vista e o Sistema Verus A Microsoft lançou recentemente o Windows Vista TM, conhecido entre os desenvolvedores como Longhorn, que vem carregado de novidades. Por isso, os usuários devem tomar algumas medidas antes de começar a usar o novo sistema. Como se trata de um sistema operacional muito recente os problemas de compatibilidade ainda são muito grandes, principalmente na parte de rede de computadores. Possui seis versões diferentes, algumas dessas versões não dão suporte ao compartilhamento total de arquivos, que é fundamental para o correto funcionamento dos sistemas da família Verus. Conforme instruções do Centro de Suporte da Microsoft, ao adquirir um computador com Windows Vista TM pré-instalado, as versões Starter Edition, Home Basic e Home Premium não dão suporte total ao compartilhamento de arquivos em rede. Para tanto, deve-se adquirir as versões Business, Enterprise ou Ultimate, e mesmo assim, deverão ser feitos ajustes nas configurações do Software, para que tenham o desempenho desejado. Portanto, é importante que antes de migrar de sistema operacional seja contatado o Serviço AnSata de Suporte. É importante verificar também se os equipamentos da Serventia são compatíveis com o Vista, pois segundo alguns fabricantes de Impressoras como a HP e a Zebra, muitos equipamentos ainda não possuem drivers compatíveis com o Vista, consequentemente, se o equipamento não funcionar no computador em que estiver instalado, também não funcionará com os sistemas da AnSata. 7 S e t e m b r o N º 2

8 M ensagem Co nve r s ã o O departamento técnico da AnSata continua realizando conversões para as Serventias que desejam passar seu sistema em versão MS-DOS, Unireg, para um mais moderno e com os melhores recursos em versão plataforma Windows, VerusRCV. Se sua Serventia tem interesse, entre em contato com o Setor de Vendas e verifique as vantagens e também os equipamentos necessários para efetuar a troca. Eve nto s IX Congresso de Direito Notarial e Registral Período: 14 a 16 de novembro Local: Hotel Ourominas - Belo Horizonte/MG Informações: (61) XV Congresso Nacional do Registro Civil Profecia do Arco-íris Período: 08 a 11 de outubro Local: Hotel Jurerê Beach Village - Florianópolis/SC Informações: (Profecia Nativa Americana) Quando os rios estiverem contaminados, quando o ser humano perder o sentido da vida, quando os animais estiverem ameaçados e as árvores ancestrais cruelmente derrubadas, quando a enfermidades e a tristeza dizimar o povo vermelho, uma nova nação, uma nova tribo haverá de chegar. Serão muitos e sairão de onde pouco se espera, com uma magia diferente, e artes que desafiarão a compreensão. Serão de muitas cores e crenças, por isso esta tribo será conhecida como a tribo dos Guerreiros do Arco-Íris. Chegarão quando o fim parecer certo, chegarão e curarão a Terra. Para A vós confio Fica sabendo que não é a abundância que cria a riqueza, é a economia A vós confio Há dois tipos de pessoas que não interessam a uma empresa: as que não fazem o que se manda e as que só fazem o que se manda Henry Ford A pessoa que percebe como conduzir o talento coletivo de sua organização irá arrasar seus concorrentes Walter Wriston S etembro 2007 Nº 2 1 Estivemos presente no XXIX Encontro Estadual de Notários e Registradores do Paraná realizado na cidade de Maringá-PR, nos dias 31 de agosto a 01 de setembro. Além dos vários debates a cerca de temas como registro imobiliário e as mudanças nos procedimentos de separação, divórcio, inventários e partilhas pela via administrativa através da Lei /07 e o lançamento do projeto Anoreg.com.você. Fe r i a d o s Outubro pensar Não deixes que a esperança te enfeitice, nem o medo te impessa de fazer o que é correto AnSata pelo Brasil 12 (sexta-feira) - Nossa Senhora Aparecida Novembro 02 (sexta-feira) - Finados 15 (quinta-feira) - Proclamação da República Dezembro 24 (segunda-feira) - Véspera de Natal 25 (terça-feira) - Natal 31 (segunda-feira) - Véspera de Ano Novo Janeiro (terça-feira) - Confraternização Universal Nessas datas a AnSata Informática não tem expediente.

Jan.2012. Características Gerais do Sistema:

Jan.2012. Características Gerais do Sistema: Jan.2012 Características Gerais do Sistema: O Software Global Cartórios traz um conceito novo em uma plataforma inovadora que reúne todas as especialidades em um único sistema. O Global Cartórios é um

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 1-13

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 1-13 1-13 INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

SISTEMA DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS EXTRAJUDICIAL SIG-EX

SISTEMA DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS EXTRAJUDICIAL SIG-EX SISTEMA DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS EXTRAJUDICIAL SIG-EX Atualizado em 27.05.2011 MANUAL DO USUÁRIO 1. Apresentação 1.1. Acessando o Sistema 1.2. Tela Principal 2. Página Principal SUMÁRIO 3. Módulo Corregedoria

Leia mais

Sistema de Registro de Contratos e Financiamentos

Sistema de Registro de Contratos e Financiamentos Sistema de Registro de Contratos e Financiamentos Manual de Utilização Financeiras Versão 1.2 Manual de utilização do software para os usuários do Sistema de Registro de Contratos e Financiamentos, com

Leia mais

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA COOL 2.0V (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO ÍNDICE Pré-requisitos para utilização do sistema....2 Parte I Navegador...2 Parte II Instalação do Interpretador de PDF...2 Parte III

Leia mais

Manual. Pedido Eletrônico

Manual. Pedido Eletrônico Manual Pedido Eletrônico ÍNDICE 1. Download... 3 2. Instalação... 4 3. Sistema de Digitação SantaCruz... 8 3.1. Configuração... 8 4. Utilização do Sistema Digitação SantaCruz... 11 4.1. Atualizar cadastros...11

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB 0 Sumário Introdução... 2 Funcionalidades... 2 Requisitos Necessários... 2 Faturamento Web... 3 Faturamento Simplificado... 4 Faturamento Detalhado... 9 Faturamento

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Manual do MySuite. O MySuite é a solução adotada pela MKData para gerenciar o atendimento aos clientes.

Manual do MySuite. O MySuite é a solução adotada pela MKData para gerenciar o atendimento aos clientes. Manual do MySuite O MySuite é a solução adotada pela MKData para gerenciar o atendimento aos clientes. Esta ferramenta visa agilizar e priorizar o suporte técnico, criando um canal de interatividade no

Leia mais

Certidão Online Manual do Usuário

Certidão Online Manual do Usuário JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Certidão Online Manual do Usuário Versão 3.1 Lista de Tópicos - Navegação Rápida CADASTRANDO O USUÁRIO... 3 ACESSANDO O SISTEMA... 5 CERTIDAO SIMPLIFICADA NADA

Leia mais

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 www.vesoftware.com.

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 www.vesoftware.com. Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 www.vesoftware.com.br 1-15 INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior,

Leia mais

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e)

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Para dar mais agilidade e segurança à administração tributária, os Estados brasileiros, o Distrito Federal e o

Leia mais

Manual do Visualizador NF e KEY BEST

Manual do Visualizador NF e KEY BEST Manual do Visualizador NF e KEY BEST Versão 1.0 Maio/2011 INDICE SOBRE O VISUALIZADOR...................................................... 02 RISCOS POSSÍVEIS PARA O EMITENTE DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA.................

Leia mais

GERENCIADOR ELETRÔNICO

GERENCIADOR ELETRÔNICO MANUAL DO USUÁRIO GERENCIADOR ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS Sumário Menu Arquivos Empresas Usuárias... 04 Ativar Empresas... 04 Cadastro (Assunto/Documento)... 05 Sair... 07 Menu Digitalização Normal... 08

Leia mais

1. Controle de exercício

1. Controle de exercício 1 1. Controle de exercício Para realizar lançamentos e emitir relatório o módulo Contabil obriga a criação de exercícios, que na verdade representam os anos de atividade da empresa. Confira algumas dicas

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

NEWCOLLECTOR SISTEMA DE COBRANÇA. Controle Judicial. Manual de Instruções. Versão 8.32

NEWCOLLECTOR SISTEMA DE COBRANÇA. Controle Judicial. Manual de Instruções. Versão 8.32 NEWCOLLECTOR SISTEMA DE COBRANÇA Controle Judicial Manual de Instruções Versão 8.32 1 Sumário 1 CONTROLE DE COBRANÇA JUDICIAL... 4 1.1 ARQUIVO... 4 1.1.1 Processos...4 1.1.1.1 Réus Principais do Processo...13

Leia mais

cartórios as funcionalidades disponíveis em todas as três Centrais de Informação (RCTO, CEP e CESDI) e servir como apoio nas ações diárias.

cartórios as funcionalidades disponíveis em todas as três Centrais de Informação (RCTO, CEP e CESDI) e servir como apoio nas ações diárias. MANUAL DO USUÁRIO - CARTÓRIOS VERSÃO 1.0 Objetivo: Este documento tem como objetivo apresentar aos usuários dos cartórios as funcionalidades disponíveis em todas as três Centrais de Informação (RCTO, CEP

Leia mais

O Desembargador Fernando Luiz Ximenes Rocha, Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará, no exercício de suas atribuições legais, etc.

O Desembargador Fernando Luiz Ximenes Rocha, Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará, no exercício de suas atribuições legais, etc. ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA PROVIMENTO Nº.../2008 Dispõe sobre a implantação do controle dos selos de autenticidade pelo novo Sistema de Impressão de Guia Extrajudicial Online

Leia mais

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Acesso para cadastramento da empresa 2 Caso já tenha se

Leia mais

Novo Guia de uso rápido do PROJUDI

Novo Guia de uso rápido do PROJUDI 1. O que é o PROJUDI? Novo Guia de uso rápido do PROJUDI O Processo Judicial Digital PROJUDI, também chamado de processo virtual ou de processo eletrônico, pode ser definido como um software que reproduz

Leia mais

Manual para emissão do CPF na CRC Nacional versão 1.1

Manual para emissão do CPF na CRC Nacional versão 1.1 Normatização: Manual para emissão do CPF na CRC Nacional versão 1.1 Instrução Normativa Receita Federal Brasileira nº 1548/2015 Art. 3º Estão obrigadas a inscrever-se no CPF as pessoas físicas: V - registradas

Leia mais

APOSTILA CURSO DE CARTOSOFT E INFORMÁTICA

APOSTILA CURSO DE CARTOSOFT E INFORMÁTICA APOSTILA CURSO DE CARTOSOFT E INFORMÁTICA Registro Civil Primeiros Passos: Digite o código da serventia (CNJ) são os seis primeiros números que compõem a matrícula. Parâmetros Globais: São telas de configuração

Leia mais

DESCRITIVO TÉCNICO - VERSÃO DESKTOP

DESCRITIVO TÉCNICO - VERSÃO DESKTOP sistema para gerenciamento de instituições de ensino DESCRITIVO TÉCNICO - VERSÃO DESKTOP Nossa Empresa A Sponte Informática é uma empresa brasileira, localizada em Pato Branco, cidade considerada pólo

Leia mais

CERTIDÕES UNIFICADAS

CERTIDÕES UNIFICADAS CERTIDÕES UNIFICADAS Manual de operação Perfil Cartório CERTUNI Versão 1.0.0 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Departamento de Inovação Tecnológica Divisão de Tecnologia da Informação Sumário LISTA DE FIGURAS... 2

Leia mais

Manual Módulo Livro Caixa Livro Caixa Atualizada com a versão 1.3.0

Manual Módulo Livro Caixa Livro Caixa Atualizada com a versão 1.3.0 Manual Módulo Livro Caixa Livro Caixa Atualizada com a versão 1.3.0 Noções Gerais: Pg. 02 Instruções para instalação Pg. 02 Ferramentas úteis Pg. 04 Menu Arquivos Empresas Usuárias Pg. 05 Ativar Empresa

Leia mais

Índice. http://www.gosoft.com.br/atualiza/gosoftsigadmservico.pdf Versão 4.0

Índice. http://www.gosoft.com.br/atualiza/gosoftsigadmservico.pdf Versão 4.0 Índice I ENVIO DE BOLETOS POR E-MAIL... 2 APRESENTAÇÃO... 2 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONDOMÍNIO... 4 ALTERAÇÕES NO SIGADM IMÓVEIS... 6 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONCILIAÇÃO BANCÁRIA... 8 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONDOMÍNIO

Leia mais

Vantagens que todo advogado precisa conhecer

Vantagens que todo advogado precisa conhecer Certificado Digital OAB Vantagens que todo advogado precisa conhecer A Justiça brasileira está cada vez mais digital. A rotina do advogado não vai ficar atrás. Está ocorrendo um fato inédito na Justiça

Leia mais

MANUAL AUTORIZADOR ON-LINE

MANUAL AUTORIZADOR ON-LINE MANUAL AUTORIZADOR ON-LINE ANS nº 34.600-4 AUTORIZADOR ON-LINE Para ter acesso ao autorizador on-line da Uniodonto Piracicaba siga os passos abaixo: 1 Acesse www.uniodontopiracicaba.com.br e clique em

Leia mais

Manual - Versão 1.2 1

Manual - Versão 1.2 1 Manual - Versão 1.2 1 2 Requisitos para emissão da Nota Fiscal de Consumidor eletrônica - Sistema Gerenciador Gestor Prime - Sistema Transmissor - Uninfe Instalado automaticamente pelo Gestor. - Internet

Leia mais

PORTAL PROCESSUAL E AJUIZAMENTO ELETRÔNICO

PORTAL PROCESSUAL E AJUIZAMENTO ELETRÔNICO PORTAL PROCESSUAL E AJUIZAMENTO ELETRÔNICO A partir do dia 17/09/2012 foi disponibilizado, no site da SJES, o acesso ao Portal Processual, que consolida as principais funcionalidades do sistema de acompanhamento

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. 1. Descrição Geral Este manual descreve as operações disponíveis no módulo VTWEB Client, cuja finalidade é gerenciar cadastros de funcionários, realização de pedidos e controle financeiro dos pedidos.

Leia mais

Manual de. instalação. Certificado Digital A1 ou S1

Manual de. instalação. Certificado Digital A1 ou S1 Manual de instalação Certificado Digital A1 ou S1 Sumário O que é? 3 Aplicação 3 Preparando sua máquina 4 1ª configuração: Sistemas Homologados 4 2ª configuração: Perfil de usuário 4 3ª configuração: Hierarquias

Leia mais

Assim que o usuário entrar nesta ferramenta do sistema a seguinte tela será exibida:

Assim que o usuário entrar nesta ferramenta do sistema a seguinte tela será exibida: O que é o TDMax Web Commerce? O TDMax Web Commerce é uma ferramenta complementar no sistemas de Bilhetagem Eletrônica, tem como principal objetivo proporcionar maior conforto as empresas compradoras de

Leia mais

1. Plataforma Sage... 2 2. Primeiro Acesso... 3. 3. Configurações... 6. 4. Relacionamento... 8. 5. Folha de Pagamento esocial...

1. Plataforma Sage... 2 2. Primeiro Acesso... 3. 3. Configurações... 6. 4. Relacionamento... 8. 5. Folha de Pagamento esocial... 1. Plataforma Sage... 2 2. Primeiro Acesso... 3 1.1. Conhecendo a Plataforma... 4 1.2. Seleção da Empresa de Trabalho... 4 1.3. Sair do Sistema... 5 1.4. Retornar a tela principal... 5 3. Configurações...

Leia mais

Manual do Usuário Selo Digital

Manual do Usuário Selo Digital Manual do Usuário Selo Digital Versão 1.5 Julho, 2013 Página 1 de 75 Sumário Sumário... 2 Bem Vindo ao Selo Digital... 4 Segurança... 5 1. Primeiro Acesso... 6 1.1. Login... 6 1.2. Alterar senha... 6 1.3.

Leia mais

Vantagens que todo advogado precisa conhecer. Autoridade Certificadora da Ordem dos Advogados do Brasil

Vantagens que todo advogado precisa conhecer. Autoridade Certificadora da Ordem dos Advogados do Brasil Certificado Digital OAB Vantagens que todo advogado precisa conhecer Autoridade Certificadora da Ordem dos Advogados do Brasil A Justiça brasileira está cada vez mais digital. A rotina do advogado não

Leia mais

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

MANUAL SIMPLIFICADO DE AQUISIÇÃO DOS SELOS DIGITAIS

MANUAL SIMPLIFICADO DE AQUISIÇÃO DOS SELOS DIGITAIS MANUAL SIMPLIFICADO DE AQUISIÇÃO DOS SELOS DIGITAIS I. APRESENTAÇÃO DO SELO DIGITAL Instituído pela Lei Estadual nº 10.132/2013, o Selo Digital de Fiscalização Extrajudicial é uma evolução do selo físico

Leia mais

Pedido de Bar Sistema para controle de pedido de bar

Pedido de Bar Sistema para controle de pedido de bar Pedido de Bar Sistema para controle de pedido de bar Desenvolvido por Hamilton Dias (31) 8829.9195 Belo Horizonte hamilton-dias@ig.com.br www.h-dias.cjb.net ÍNDICE Introdução...3 Implantação...3 Instalação...3

Leia mais

Manual de utilização do módulo de Indisponibilidade de bens

Manual de utilização do módulo de Indisponibilidade de bens Manual de utilização do módulo de Indisponibilidade de bens Apresentação Conforme provimento 39/2014, da Corregedoria Nacional da Justiça, fica instituída a Central Nacional de Indisponibilidade de Bens

Leia mais

P2D PRONTUÁRIO UNIVERSAL SISTEMA OFICIAL DO CBO CERTIFICADO PELO CFM-SBIS

P2D PRONTUÁRIO UNIVERSAL SISTEMA OFICIAL DO CBO CERTIFICADO PELO CFM-SBIS P2D PRONTUÁRIO UNIVERSAL SISTEMA OFICIAL DO CBO CERTIFICADO PELO CFM-SBIS Estamos comprometidos a ajudá-lo a criar um fluxo de trabalho prático com o P2D. Para tanto, preparamos essas 10 dicas com as melhores

Leia mais

PRINCIPAIS NOVIDADES VERSÃO 8.85/1.1.66

PRINCIPAIS NOVIDADES VERSÃO 8.85/1.1.66 PRINCIPAIS NOVIDADES VERSÃO 8.85/1.1.66 Sumário 1. Nota Fiscal Eletrônica São Paulo... 3 2. Motivo da baixa... 9 3. Contrato Endereço para cobrança... 12 4. Vistoria... 13 5. Contas a pagar Controle de

Leia mais

Manual do módulo Hábil NFC-e Emissor de Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica

Manual do módulo Hábil NFC-e Emissor de Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica Manual do módulo Hábil NFC-e Emissor de Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica Hábil Empresarial 2014 by Ltda (0xx46) 3225-6234 I Hábil Empresarial NFC-e Índice 1 Cap. I Introdução 1 O que é... o Hábil NFC-e

Leia mais

1 INFORMAÇÕES PRELIMINARES SOBRE O PROTOCOLO ON-LINE DO CADASTRO MOBILIÁRIO

1 INFORMAÇÕES PRELIMINARES SOBRE O PROTOCOLO ON-LINE DO CADASTRO MOBILIÁRIO 1 INFORMAÇÕES PRELIMINARES SOBRE O PROTOCOLO ON-LINE DO CADASTRO MOBILIÁRIO Para dar mais agilidade ao processo de inscrição de alvará de localização e permanência no Município de Joinville, alguns procedimentos

Leia mais

1. Tela de Acesso pg. 2. 2. Cadastro pg. 3. 3. Abas de navegação pg. 5. 4. Abas dados cadastrais pg. 5. 5. Aba grupo de usuários pg.

1. Tela de Acesso pg. 2. 2. Cadastro pg. 3. 3. Abas de navegação pg. 5. 4. Abas dados cadastrais pg. 5. 5. Aba grupo de usuários pg. Sumário 1. Tela de Acesso pg. 2 2. Cadastro pg. 3 3. Abas de navegação pg. 5 4. Abas dados cadastrais pg. 5 5. Aba grupo de usuários pg. 6 6. Aba cadastro de funcionários pg. 7 7. Pedidos pg. 12 8. Cartões

Leia mais

Nunca foi tão fácil utilizar

Nunca foi tão fácil utilizar Nunca foi tão fácil utilizar o Conectividade Social da CAIXA O que antes era feito com a autenticação de disquetes e precisava do antigo programa CNS para o relacionamento com a CAIXA e prestação de informações

Leia mais

NFSE - Nota Fiscal de Serviços Eletrônica 1

NFSE - Nota Fiscal de Serviços Eletrônica 1 1 DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais, contanto que as cópias sejam feitas

Leia mais

1. Escritório Virtual... 5. 1.1. Atualização do sistema...5. 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5

1. Escritório Virtual... 5. 1.1. Atualização do sistema...5. 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5 1 2 Índice 1. Escritório Virtual... 5 1.1. Atualização do sistema...5 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5 1.3. Cadastro do Escritório...5 1.4. Logo Marca do Escritório...6...6 1.5. Cadastro

Leia mais

P á g i n a 1. SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras. Manual Operacional

P á g i n a 1. SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras. Manual Operacional P á g i n a 1 SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras Manual Operacional P á g i n a 2 SUMÁRIO 1 Orientações gerais... 4 1.1 O que são Pessoas Obrigadas?... 4 1.2 Perfis de acesso... 4 1.3

Leia mais

Manual de Solicitação e Instalação de Certificado Digital A3 e-cpf/e-cnpj AC-Correios no dispositivo criptográfico e-token PRO USB Aladdin.

Manual de Solicitação e Instalação de Certificado Digital A3 e-cpf/e-cnpj AC-Correios no dispositivo criptográfico e-token PRO USB Aladdin. Manual de Solicitação e Instalação de Certificado Digital A3 e-cpf/e-cnpj AC-Correios no dispositivo criptográfico e-token PRO USB Aladdin. Download do Dispositivo Criptográfico e-token PRO USB Aladdin:

Leia mais

Manual de Configuração e Utilização TabFisc Versão Mobile 09/2013 Pag. 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TABLET VERSÃO MOBILE

Manual de Configuração e Utilização TabFisc Versão Mobile 09/2013 Pag. 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TABLET VERSÃO MOBILE Pag. 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TABLET VERSÃO MOBILE Pag. 2 INTRODUÇÃO Esse documento contém as instruções básicas para a utilização do TabFisc Versão Mobile (que permite ao fiscal a realização do seu trabalho

Leia mais

e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica

e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica Página1 e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é Nota Fiscal de Serviço eletrônica

Leia mais

Manual de. instalação. Certificado Digital A3 ou S3

Manual de. instalação. Certificado Digital A3 ou S3 Manual de instalação Certificado Digital A3 ou S3 Sumário O que é? 3 Aplicação 3 Preparando sua máquina 4 1ª configuração: Sistemas Homologados 4 2ª configuração: Perfil de usuário 4 3ª configuração: Hierarquias

Leia mais

Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb

Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Dezembro/2012 2 Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Sumário de Informações do Documento Título do Documento: Resumo:

Leia mais

INTRODUÇÃO REQUISITOS TECNOLÓGICOS E DE AMBIENTE

INTRODUÇÃO REQUISITOS TECNOLÓGICOS E DE AMBIENTE INTRODUÇÃO Na intenção de realizar um novo sistema financeiro para a gestão de recursos de convênios celebrados pela Academia Brasileira de Ciências, o setor de informática juntamente com o setor financeiro

Leia mais

Tutorial. O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica

Tutorial. O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica Tutorial O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica Este tutorial explica como configurar o Trade Solution e realizar as principais atividades relacionadas à emissão e ao gerenciamento das Notas Fiscais Eletrônicas

Leia mais

Os itens adicionados nesta lista serão retirados do estoque até que você os devolva.

Os itens adicionados nesta lista serão retirados do estoque até que você os devolva. Funções do Rackine. Será abordado aqui de forma simples e abreviada, as principais funções de cada tela do Rackine. Focando apenas em descrever o que cada parte do software faz. Para informações relativas

Leia mais

versa A solução definitiva para o mercado livreiro. Aumente a eficiência de seu negócio Tenha uma solução adequada para cada segmento

versa A solução definitiva para o mercado livreiro. Aumente a eficiência de seu negócio Tenha uma solução adequada para cada segmento Aumente a eficiência de seu negócio O Versa é um poderoso software de gestão de negócios para editoras, distribuidoras e livrarias. Acessível e amigável, o sistema foi desenvolvido especificamente para

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

Manual do Sistema de Patrimônio P á g i n a 2. Manual do Sistema de Patrimônio. Núcleo de Informática. Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Manual do Sistema de Patrimônio P á g i n a 2. Manual do Sistema de Patrimônio. Núcleo de Informática. Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Divisão de Patrimônio DIPM/GRM/PRAD Manual do Sistema de Patrimônio Versão On-Line Núcleo de Informática Universidade Federal de Mato Grosso do Sul P á g i n a 2 Manual do Sistema de Patrimônio Núcleo

Leia mais

Mobility Gestão Mobility Gestão Guia de Vendas 07/01/2009

Mobility Gestão Mobility Gestão Guia de Vendas 07/01/2009 Mobility Gestão Guia de Vendas 07/01/2009 O Mobility Gestão é um software de retaguarda para o segmento de Varejo, visando o controle total do estoque e movimentações de venda. Desenvolvido para trabalhar

Leia mais

Sistema de Devolução Web

Sistema de Devolução Web Manual Sistema de Devolução Web Usuário Cliente ÍNDICE Sumário 1. Prazos...3 2. Solicitação de Devolução... 4 3. Autorização de Devolução... 4 4. Coleta de Mercadoria... 4 5. Acompanhamento da Devolução...

Leia mais

O GEM é um software 100% Web, ou seja, você poderá acessar de qualquer local através da Internet.

O GEM é um software 100% Web, ou seja, você poderá acessar de qualquer local através da Internet. Olá! Você está recebendo as informações iniciais para utilizar o GEM (Software para Gestão Educacional) para gerenciar suas unidades escolares. O GEM é um software 100% Web, ou seja, você poderá acessar

Leia mais

Curso de Informática Básica

Curso de Informática Básica Curso de Informática Básica O e-mail Primeiros Cliques 1 Curso de Informática Básica Índice Introdução...3 Receber, enviar e responder mensagens...3 Anexando arquivos...9 Cuidado com vírus...11 2 Outlook

Leia mais

Indice. O que é NFSe?... 5

Indice. O que é NFSe?... 5 DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais, contanto que as cópias sejam feitas

Leia mais

Sistema de de Bilhetagem Eletrônica MANUAL MÓDULO PDV

Sistema de de Bilhetagem Eletrônica MANUAL MÓDULO PDV Sistema de de Eletrônica SETRANSP DOTFLEX MANUAL MÓDULO PDV REGIÃO MANUAL METROPOLITANA MÓDULO PESSOA Revisão JURÍDICA 02 / Setembro SBE de 2008 - DOTFLEX Revisão 00 / Março de 2009 MANUAL MÓDULO EMPRESA

Leia mais

Instruções de Preenchimento Situação do Aluno (Preliminar)

Instruções de Preenchimento Situação do Aluno (Preliminar) Instruções de Preenchimento Situação do Aluno (Preliminar) 1 2 Conteúdo INTRODUÇÃO... 4 AUTENTICAÇÃO... 5 AUTENTICAR USUÁRIO... 5 USUÁRIO SEM INFORMAÇÃO DE E-MAIL... 5 SOLICITAR NOVA SENHA... 7 Acesso

Leia mais

produção MANUAL APRESENTAÇÃO

produção MANUAL APRESENTAÇÃO MANUALWEB 1 APRESENTAÇÃO MANUAL da produção online Conheça as funções, características e as facilidades para autorizar e faturar os atendimentos realizados aos beneficiários Unimed. Rio MANUALWEB 2 SUMÁRIO

Leia mais

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e)

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Para dar mais agilidade e segurança à administração tributária, os Estados brasileiros, o Distrito Federal e o

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.07 Movimentações... 4 Movimentações de Caixa... 4 Entradas... 6 Recebimento em Dinheiro... 8 Recebimento em Cheque... 8 Troco... 15 Saídas... 17 Movimentações de Banco... 22

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA MÉDICOS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA MÉDICOS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA MÉDICOS 1 CADASTRANDO CLIENTES 1.1 BUSCANDO CLIENTES 1.1.1 BUSCANDO CLIENTES PELO NOME 1.1.2 BUSCANDO CLIENTES POR OUTRAS BUSCAS 1.2 CAMPO OBSERVAÇÕES 1.3

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA MÉDICOS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA MÉDICOS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA MÉDICOS 1 CADASTRANDO CLIENTES 1.1 BUSCANDO CLIENTES 1.1.1 BUSCANDO CLIENTES PELO NOME 1.1.2 BUSCANDO CLIENTES POR OUTRAS BUSCAS 1.2 CAMPO OBSERVAÇÕES

Leia mais

Manual de Acesso ao Sistema SAORI Portal do Aluno

Manual de Acesso ao Sistema SAORI Portal do Aluno Manual de Acesso ao Sistema SAORI Portal do Aluno 1) Procedimentos que deverão ser executados antes do primeiro acesso ao sistema. (Caso você já acesse o sistema com regularidade vá para o item 2). Abra

Leia mais

PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Compra Direta - Guia do Fornecedor PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Página As informações contidas neste documento, incluindo quaisquer URLs e outras possíveis referências a web sites, estão sujeitas

Leia mais

Sistema Eletrônico de Editoração de RevistasSEER

Sistema Eletrônico de Editoração de RevistasSEER Sistema Eletrônico de Editoração de RevistasSEER O SEER foi traduzido e customizado pelo Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) baseado no software desenvolvido pelo Public

Leia mais

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e)

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e) Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e) Para dar mais agilidade e segurança à administração tributária, os Estados brasileiros, o Distrito

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE INTRODUÇÃO O portal do Afrafep Saúde é um sistema WEB integrado ao sistema HEALTH*Tools. O site consiste em uma área onde os Usuários e a Rede Credenciada,

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade

Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade DM003.0 Página 1 / 42 Índice 1 APRESENTAÇÃO... 4 DETALHAMENTO DOS LINKS DO TECBIZ ONLINE... 5 2 INICIAL... 5 3 ASSOCIADO... 5 3.1 SELECIONA ASSOCIADO... 5 3.2 ALTERAR

Leia mais

PATRONAGE - ADMINISTRAÇÃO DE BOLSAS E AUXÍLIOS FAPEMA FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO DO MARANHÃO Rua

PATRONAGE - ADMINISTRAÇÃO DE BOLSAS E AUXÍLIOS FAPEMA FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO DO MARANHÃO Rua 1 Sumário INTRODUÇÃO... 3 1 COMO ACESSAR O PATRONAGE... 4 2 INFORMAÇÕES SOBRE O PROJETO... 5 3 PRESTAÇÃO DE CONTAS... 8 3.1 Execução do projeto... 8 3.2 Autorização de recursos (remanejamento de recurso,

Leia mais

Manual de. instalação. Certificado Digital A3 ou S3

Manual de. instalação. Certificado Digital A3 ou S3 Manual de instalação Certificado Digital A3 ou S3 Sumário O que é? 3 Aplicação 3 Preparando sua máquina 4 1ª configuração: Sistemas Homologados 4 2ª configuração: Perfil de usuário 4 3ª Execute o CD de

Leia mais

Passo-a-passo para alteração de representante legal no CNPJ

Passo-a-passo para alteração de representante legal no CNPJ Passo-a-passo para alteração de representante legal no CNPJ Fundamentação legal: A entidade estará obrigada a atualizar no CNPJ qualquer alteração referente aos seus dados cadastrais até o último dia útil

Leia mais

Índice 1. APRESENTAÇÃO... 1 2. CADASTRO DA EMPRESA... 8 3. CONTROLE DE PERMISSÕES... 14 4. CONFIGURAÇÕES DA EMPRESA... 19 5. CND...

Índice 1. APRESENTAÇÃO... 1 2. CADASTRO DA EMPRESA... 8 3. CONTROLE DE PERMISSÕES... 14 4. CONFIGURAÇÕES DA EMPRESA... 19 5. CND... Sage CND Índice 1. APRESENTAÇÃO... 1 1.1. Primeiro Acesso... 2 1.2. Conhecendo a Plataforma Sage... 4 1.2.1. Seleção de Empresa de Trabalho... 4 1.2.2. Sair do sistema/minhas Configurações... 5 1.2.3.

Leia mais

LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE

LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE 2015 PROCESSO DE BAIXA Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte - e-cac) 1 Como visto anteriormente sobre o processo de baixa de empresa, o procedimento inicial diante

Leia mais

www.gerenciadoreficaz.com.br

www.gerenciadoreficaz.com.br Fone: (62) 4141-8464 E-mail: regraconsultoria@hotmail.com www.gerenciadoreficaz.com.br Guia Prático do Usuário Manual de Instalação Gerenciador Eficaz 7 2 Manual do Usuário Gerenciador Eficaz 7 Instalando

Leia mais

Produção. Consórcio de Imóveis Sistema para venda de Consórcio Online

Produção. Consórcio de Imóveis Sistema para venda de Consórcio Online Produção Consórcio de Imóveis Sistema para venda de Consórcio Online Tela Inicial Para acessar o Sistema coloque o seu nome de usuário e a sua senha de acesso e clique Entrar. Caso você tenha esquecido

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO REC. DE FIRMAS COM NOVA ROTINA MODO SEFAZ

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO REC. DE FIRMAS COM NOVA ROTINA MODO SEFAZ MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO REC. DE FIRMAS COM NOVA ROTINA MODO SEFAZ WNOTAS Versão: 6.00 Data: 31/07/2014 7269 Ajustar o módulo de firmas para que o mesmo fique adequado ao Decreto nº 60.489, de 23 de maio

Leia mais

Bem vindo ao PJE ajuizamento de ação.

Bem vindo ao PJE ajuizamento de ação. Bem vindo ao PJE O Processo Judicial Eletrônico (PJe) projeto do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) é um sistema de informação que permite a prática de atos pelos magistrados, servidores, advogados e demais

Leia mais

Manual Prescrição Fácil

Manual Prescrição Fácil TH Sistemas Web Manual Prescrição Fácil HTTP:// Sumário Prescrição Fácil... 3 Como cadastrar no sistema?... 3 Tela Inicial... 5 Configuração Parâmetro... 5 Configuração - Alterar Senha... 6 Prescrição

Leia mais

Manual do Usuário SDMNet PORTAL DE FORNECEDORES

Manual do Usuário SDMNet PORTAL DE FORNECEDORES 1 sdmnet.dana.com.br Página 1 2 Login: Para acessar o Portal de Fornecedores (SDMNet) digite HTTP://sdmnet.dana.com.br. A seguir será solicitado seu Login e Senha. Caso tenha esquecido sua senha/login,

Leia mais

Curso de Capacitação ao Sistema CDV. - GID Desmanches -

Curso de Capacitação ao Sistema CDV. - GID Desmanches - Curso de Capacitação ao Sistema CDV - GID Desmanches - Coordenadoria de Gestão de Desmanches Divisão de Desmanches Conteúdo Módulo 1 Como utilizar o Moodle... 4 Módulo 2 - Acessando o GID CDV... 4 Aula

Leia mais

Manual de Utilização do Assistente do Certificado Digital Serasa Experian. Manual do Produto

Manual de Utilização do Assistente do Certificado Digital Serasa Experian. Manual do Produto Manual de Utilização do Assistente do Certificado Digital Serasa Experian Manual do Produto Índice Introdução - Assistente do Certificado Digital Serasa Experian 3 1. Verificação de Ambiente 4 2. Instalação

Leia mais

Manual para uso do HELPDESK

Manual para uso do HELPDESK EXACTUS Suporte e Atendimento - versão 1.0 Página 1 de 14 Manual para uso do HELPDESK Visão Cliente EXACTUS Suporte e Atendimento - versão 1.0 Página 2 de 14 Introdução O serviço possui um pacote com todas

Leia mais

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Sumário PRESTAÇÃO DE CONTAS DE ETIQUETAS DE REPARO...3 Figura 1.0...3 Figura 2.0...4 Figura 3.0...5 Figura 4.0...5 1. Proprietário

Leia mais

Sistema de Cancelamento Eletrônico Manual do Usuário

Sistema de Cancelamento Eletrônico Manual do Usuário Sistema de Cancelamento Eletrônico Manual do Usuário IEPTB-MG Belo Horizonte, 2014 Índice Sumário I. Uso do sistema pelo credor... 4 1. Acesso ao sistema... 5 1.1 Uso da assinatura digital... 5 2. Criação

Leia mais

Elaborado por Marcos Matos Revisado por C. Douglas de Souza e Carina Gonçalves Aprovado por Paulo Bernardi

Elaborado por Marcos Matos Revisado por C. Douglas de Souza e Carina Gonçalves Aprovado por Paulo Bernardi Elaborado por Marcos Matos Revisado por C. Douglas de Souza e Carina Gonçalves Aprovado por Paulo Bernardi Sumário INTRODUÇÃO... 3 1.1. SOBRE O GUIA... 3 2. PRÉ-REQUISITO... 3 2.1. PREMISSAS DE FUNCIONAMENTO...

Leia mais

Manual do Usuário SUMÁRIO

Manual do Usuário SUMÁRIO SUMÁRIO VISUAL LIVRO CAIXA 1. Noções Gerais 1.1. Objetivo... 03 1.2. Sistema com Fundamento Legal Atualizado...03 1.3. Assistência Técnica... 03 1.3.1. Suporte Técnico... 03 1.3.2. Office Service... 03

Leia mais

Módulo de Gestores. Utilizaremos telas do Módulo de Gestores (Homologação): http://siops-homologa2.datasus.gov.br

Módulo de Gestores. Utilizaremos telas do Módulo de Gestores (Homologação): http://siops-homologa2.datasus.gov.br Módulo de Gestores Módulo de Gestores Utilizaremos telas do Módulo de Gestores (Homologação): http://siops-homologa2.datasus.gov.br Módulo de Gestores As telas oficiais do Módulo de Gestores estão disponíveis

Leia mais