1 Índice. Rua Américo Vespúcio, 71 Porto Alegre / RS (51)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1 Índice. Rua Américo Vespúcio, 71 Porto Alegre / RS (51) 3012-4444 comercial@vensis.com.br www.vensis.com.br"

Transcrição

1 Vensis ERP

2 1 Índice 1 Índice Vensis ERP Móduls Principais Móduls Cmplementares Infrmações Gerenciais Apresentaçã Detalhada Móduls Principais Características e seus Benefícis Interface / Navegaçã Módul de Pessas Módul de Prduts Módul de Cntrle de Dcuments Módul Financeir Segurança e Auditria Rua Améric Vespúci, 71 Prt Alegre / RS (51)

3 2 Vensis ERP A Vensis desenvlve sluções ERP. Nsss sistemas para autmaçã e gestã empresarial sã frmads pel Vensis ERP e váris móduls adicinais que funcinam de frma ttalmente integrada. A arquitetura ds nsss sistemas permite grande pder de adaptabilidade a diferentes tips de empresas, dentr ds mercads em que atuams, prprcinand inúmeras vantagens para nsss clientes, cm facilidade de utilizaçã, reduçã significativa d temp de implantaçã, reduçã d investiment em custmizações, facilidade de treinament de nvs usuáris, retrn mais rápid sbre investiment e muitas utras. Nssas sluções fram cnstruídas cm mdernas tecnlgias de desenvlviment e métds de prjet de sftware fcads em resultads, que trnam s nsss sistemas rbusts, integrads, cnsistentes, ágeis e de fácil navegaçã. Rua Améric Vespúci, 71 Prt Alegre / RS (51)

4 2.1 Móduls Principais As sluções Vensis funcinam a partir de 4 móduls principais: Pessa, Dcument, Prdut e Financeir. Cm esta base vcê já cnta cm tdas as funções principais para gerenciar seus negócis. O Vensis ERP é um sistema de gestã que permite a execuçã e cntrle de perações de cmpras, vendas, estques e gerenciament financeir, cmercial e de marketing de uma empresa. Pssui funções de cadastrs de pessas e prduts, estque, custs, faturament, cntas a pagar e receber, flux de caixa, cntrle de estques, relatóris peracinais e gerenciais para análise da perfrmance de vendas e finanças, segmentaçã de mercad, gerenciament de prduts e muitas utras ferramentas que envlvem a gestã de negócis. 2.2 Móduls Cmplementares Cm bjetiv de cmplementar Vensis ERP e atender as necessidades específicas das empresas, cnfrme a natureza de seus prcesss de negóci e segment de atuaçã, pdem ser agregads de frma ttalmente integrada diverss móduls adicinais. Estes móduls permitem que a gestã da empresa seja estendida a utrs prcesss, resultand numa visã cmpleta d negóci, capaz de auxiliar a tmada de decisões e melhrar seus resultads Vensis Assciaçã O Vensis Assciaçã é um sistema desenvlvid para entidades cm sindicats, assciações, federações, fundações e utras de natureza similar. Pr ser basead nas sluções ERP da Vensis, este sistema traz para estas entidades td pder de autmatizaçã, cntrle e gerenciament que sã dispnibilizads para segment industrial, de distribuiçã e de prestaçã de serviçs Vensis PCP O PCP é módul de planejament e cntrle de prduçã da Vensis. Utilizad n segment industrial, módul PCP funcina de frma ttalmente integrada a Vensis ERP e permite às indústrias elabrar a prgramaçã da prduçã e gerenciar sua execuçã, frnecend através de relatóris peracinais e gerenciais tdas as infrmações necessárias para que vcê pssa bter ganhs de prdutividade Vensis Manutençã Este é módul que permite gerenciament da manutençã de máquinas e equipaments. Prgramaçã de manutenções preventivas u registr de manutenções crretivas pdem ser feits de frma simples, prática e integrada a Vensis ERP, gerand relatóris gerenciais de manutençã, custs e prazs. Através deste módul vcê rganiza, planeja e gerencia seus equipaments de maneira a reduzir impact da manutençã de veículs, máquinas e equipaments na prdutividade e ns custs peracinais de sua empresa Vensis EDI O EDI (Eletrnic Dcument Interchange) é módul de integraçã ds sistemas da Vensis cm utrs sistemas. Através d EDI Vensis ERP é capaz de gerar arquivs de dads e relatóris cm layuts específics, que permitem sua integraçã cm utrs sftwares utilizads nas empresas, cm s sistemas cntábeis, de recurss humans, engenharia e utrs. Rua Améric Vespúci, 71 Prt Alegre / RS (51)

5 2.2.5 Vensis Remt O Vensis Remt é módul que permite a utilizaçã remta d sistema. Utilizad para realizar a cmunicaçã entre sua empresa e seus vendedres e representantes, este módul permite que suas vendas sejam realizadas em qualquer lugar d mund de frma a integrada, evitand burcracia e trazend mais rapidez e flexibilidade as seus canais de vendas Vensis Cmunicaçã Este é módul que permite a cmunicaçã entre as áreas da sua empresa através de mensagens geradas manualmente u autmaticamente pel sistema. O módul Cmunicaçã funcina em cnjunt cm Vensis ERP e através d wrkflw pde, pr exempl, gerar autmaticamente mensagens cada vez que uma fase de um prcess é cncluída. Estas mensagens pdem ser s u histórics interns n sistema. Amplie pder de cmunicaçã interna e mnitrament de prcesss cm Vensis Cmunicaçã Vensis ECF (Emissr de Cupm Fiscal) Este é módul emissr de cupns fiscais da Vensis. Utilizad em cnjunt cm Vensis ERP, módul ECF permite, além da emissã de cupns fiscais, seu gerenciament cmplet, pis fi desenvlvid de frma a aprveitar td pder de geraçã de infrmações que nss sistema ERP dispnibiliza Vensis OS (Ordem de Serviç) O OS é módul de rdens de serviç da Vensis, desenvlvid para permitir a utilizaçã de nssas sluções na prestaçã de serviçs. O módul OS é utilizad em cnjunt cm Vensis ERP e pde ser cnfigurad para gerar e cntrlar uma rdem de serviç a partir d faturament u faturar a partir d encerrament de uma rdem de serviçs Vensis Events Este é módul que peracinaliza e gerencia seus events. Organizar reuniões, curss, palestras, treinaments, apresentações e utrs events incluind s recurss necessáris cm salas, equipaments, reservas, cnvites e muit mais trna-se uma tarefa mais simples e rápida cm a utilizaçã d Vensis Events Vensis Fiscal É módul que permite a realizaçã de tdas as atividades relativas as livrs fiscais. Através de layuts de integraçã Vensis Fiscal pde se cmunicar cm praticamente qualquer sistema cntábil e de RH d mercad permitind que se faça tant gerenciament financeir quant cntábil cm a mesma agilidade. 2.3 Infrmações Gerenciais Ter um sistema cmplet, mdern e cnfiável nã é suficiente. É precis bter dele infrmações que ajudem as empresas a atingir resultads. O Vensis ERP permite acess fácil a infrmações peracinais, gerenciais e estratégicas de api à decisã. Através de funções cm menu Meus Relatóris (Geradr de Relatóris Dinâmics), Painel de Cntrle e Data Warehuse, é feit mnitrament da perfrmance ds prcesss de frma rápida, persnalizada e cnfiável. Rua Améric Vespúci, 71 Prt Alegre / RS (51)

6 3 Apresentaçã Detalhada Móduls Principais O Vensis ERP fi desenvlvid para levar facilidades e aumentar cntrle das atividades desenvlvidas, atendend as necessidades de diverss segments da indústria e cmérci. Pssui diversas qualidades aprvadas pel mercad, levand práticas cmuns às empresas, prfissinalizand-as, timizand s prcesss e fazend cm que td gerenciament das atividades seja feit a partir de uma única base de dads, em um únic sistema, cnseqüentemente reduzind custs peracinais e retrabalh. O sistema é ttalmente desenvlvid para Windws, pdend ser utilizad em qualquer ambiente Micrsft 32 bits (Win95/98/ME/NT/2000/XP). Cnsiste n gerenciament integrad da área administrativa, cmercial e financeira, cm cadastr unificad de td relacinament cm a empresa (clientes, frnecedres, vendedres, etc), cntrle ds dcuments emitids, faturament, estque de prduts, bem cm ds cmissinaments e premiações geradas e td módul financeir decrrente da emissã destes dcuments. Também pssui uma grande variedade e dispnibilidade de infrmações gerenciais através de uma ampla gama de relatóris e através d seu módul Vensis EIS, que implementa um Data Warehuse (sistema que armazena dads histórics usads n prcess de tmada de decisã). 3.1 Características e seus Benefícis Característica: Módul Pessa cm cntrle e gerenciament de tdas as empresas e pessas físicas que se relacinem cm a empresa, cm perfil cmplet. Benefíci: Eliminaçã ttal e imediata de perdas de temp cm errs e retrabalh em cadastrament de clientes, frnecedres, funcináris, representantes, terceirs, etc e dispnibilizaçã de uma base integrada cm perfis cmplets para a gestã d relacinament cm estas pessas. Característica: Segmentaçã de td cadastr de pessas pr diverss critéris, cm ram de atividades e prduts. Benefíci: Visã cmpleta d mercad e d segment de atuaçã da empresa através da gestã ds cadastrs. Dispnibilidade de infrmações para apiar a gestã d relacinament cm clientes, ações de marketing, vendas, etc. Característica: Segmentaçã de prduts e serviçs pr Grup, Sub-Grup, Listas de Preç, Característica, Marca, etc. Benefíci: Gerenciament cmplet ds prduts e serviçs da empresa pssibilitand a análise de perfrmance e timizaçã d prtfóli e mantend- cnstantemente alinhad cm as demandas ds seus mercads. Característica: Cmpleta cnfiguraçã ds prcesss de cmpra e venda através de parâmetrs que autmatizam a geraçã de pedids, ntas fiscais, impsts, etc. Benefíci: Drástica reduçã n temp de implantaçã em cmparaçã cm utrs sistemas de primeira linha n mund, reduzind custs e gerand alta capacidade de adaptaçã às regras de negóci e cultura das empresas, trnand as perações mais simples e rápidas, sem a precupaçã de lidar cm impsts e utras questões similares. Rua Améric Vespúci, 71 Prt Alegre / RS (51)

7 Característica: Geraçã de guias para pagament bancári na própria empresa u através de cmunicaçã autmatizada cm s bancs. Leitura autmatizada ds arquivs de retrn bancári cm baixa autmática (pagaments) ds títuls. Benefíci: Eliminaçã ttal e imediata da burcracia n faturament e cbrança e da tarefa de baixa ds títuls financeirs n flux de caixa. Eliminaçã d atras na atualizaçã d flux de caixa em relaçã as bancs. Reduçã de despesas financeiras e administrativas, aument da prdutividade da área financeira, grande aument na precisã ds dads para tmada de decisões de flux de caixa. Característica: Cmplet cntrle financeir, pdend ser integrad cm qualquer sistema cntábil d mercad, utilizand a mesma base ds lançaments d flux de caixa para envi ds dads a cntadr. Benefíci: Capacidade de visualizaçã atualizada da cntabilidade juntamente cm a gestã financeira para tmada de decisã, sem que seja necessária a intervençã d cntadr para acess às infrmações e relatóris. Característica: Envi de u etiquetas para base de dads cadastrada cm segmentaçã de mercad. Benefíci: Autmatizaçã da cmunicaçã cm clientes, frnecedres, funcináris, terceirs e utras partes interessadas. Característica: Pssibilidade de integraçã cm sistemas WEB. Benefíci: Dispnibilizaçã de frma simples, rápida e integrada das infrmações cadastrais e de mercad na Internet, pssibilitand aument da facilidade de acess as dads, aument da eficiência ds prcesss e da agilidade na tmada de decisões. Característica: Integraçã cm pacte Office (Micrsft Outlk, Wrd e Excel) permitind exprtaçã de telas, relatóris, tant para salvar em disc cm para enviar pr ; Benefíci: Aument da facilidade de acess às infrmações peracinais e gerenciais mesm que destinatári nã pssua Vensis ERP, além da pssibilidade de visualizaçã e tratament das infrmações em diverss frmats. Característica: Funçã timizada de gravaçã de permissões de segurança para usuáris e grups de usuáris. Benefíci: Extrema agilidade e facilidade cm que s níveis de permissã para usuáris sã definids e atribuíds. Reduçã n temp de treinament e aument da eficácia d prcess de segurança de sistema da empresa. Característica: Painel de Cntrle Gerencial. Benefíci: Visã gerencial cmpleta da empresa, de acrd cm indicadres de gestã definids pels respnsáveis pr cada área e pela direçã, cnfigurads cnfrme as características d negóci de cada empresa Interface / Navegaçã O Vensis ERP utiliza tds s recurss que uma interface Windws pssibilita: Rua Améric Vespúci, 71 Prt Alegre / RS (51)

8 Interface gráfica: utilizand muse u teclad, permite a utilizaçã de recurss avançads de criaçã de telas, pssibilitand uma melhr utilizaçã ds espaçs, gerand um ganh peracinal as usuáris; Abertura de várias janelas simultaneamente, permitind realizar cnsultas diversas u até mesm cadastrs durante, pr exempl, a entra de um nv Pedid ; Navegaçã Inteligente: a partir de cada tela é pssível navegar para qualquer infrmaçã imprtante n cntext através de atalhs específics, sem ter que fechar a tela riginal, reaprveitand trabalh já iniciad. 3.3 Módul de Pessas Objetiv O Módul de Pessas vei a reslver uma grande dificuldade ds sistemas anterirmente encntrads n mercad: a duplicaçã de infrmaçã entre s diverss móduls d sistema. Send um sistema únic de cadastrament de Pessas, tant físicas cm jurídicas, estas estã classificadas através da prpriedade de Classe da Pessa. Pr exempl, tend uma mesma empresa atuaçã cm Frnecedr e cm Cliente, apenas um cadastr é necessári. Assim, cadastrs cm CNPJ fantasma (utilizad para permitir que uma mesma empresa pssa ser cadastrada duas vezes) nã sã mais necessáris. Este módul fi prjetad e desenvlvid cm bjetiv de integrar e participar de tdas as perações d sistema, facilitand aprendizad e criand uma grande versatilidade de funcinalidades e relatóris, já que s mesms relatóris criads para uma determinada classe de Pessa serã autmaticamente funcinais para tdas as demais classes existentes Descritiv O Módul de Pessas é um módul glbal, respnsável pela manipulaçã de tdas as pessas cm quem a empresa se relacina. Ele integra tds s móduls e serve de pnt de partida para as principais perações d sistema. Detalhes: Cadastr únic de Pessa, pdend ser um Cliente, Frnecedr, Funcinári, Usuári, Vendedr (Representante), etc. As Classes de Pessa (cadastr auxiliar que identifica que essa pessa é) sã criadas pel usuári; Cadastr de Cntats: cada pessa pde ter um u mais cntats, tants quant frem necessáris; Endereçs Cmercial, Cbrança e de Entrega; Históric da Pessa: este será lcal nde as infrmações de atendiments e serviçs prestads serã armazenads; Cadastr de Classes de Pessa; Cntrle de Área de Vendas e Área de Entrega, cntrle de equipes de vendas, cm cmissinament diferenciad para gerentes, supervisres e vendedres; Cnsulta de Resum de Dcuments: resum de cada peraçã que a Pessa realizu, pr exempl: data e valr da última cmpra, última venda, etc.; Cnsulta geral de Histórics: tela para cnsulta centralizada de Histórics de Pessa, Dcument e Títul, cm diverss filtrs; Atendiment Cmercial: tela resum, cm principais infrmações d cliente para rápida cnsulta; Busca de endereç pel CEP através ds cadastrs frnecids pels Crreis; Pssibilidade de indicaçã de depósits da empresa cm seus CNPJ para a entrega de mercadria (indicad na geraçã da NF); Cntrle sbre Infrmações de Crédit: cnsultas realizadas para empresas especializadas n assunt (Equifax, SCI, Serasa, etc.) pdem ser armazenadas n Rua Améric Vespúci, 71 Prt Alegre / RS (51)

9 sistema para psterir cnsulta cm víncul a dcument cmplet n frmat Micrsft Wrd; Características: pssibilidade de cadastrament de diversas infrmações sbre as Pessas rganizadas pr Tip de Característica; Cnceits: pssibilidade de atribuir cnceits estabelecids pel usuári. Ex.: Cnceit de vendedr (A, B u C), cnceit de Frnecedr (Ótim, Regular, Ruim), etc.; Demais dads cadastrais e cntrles; 3.4 Módul de Prduts Objetiv O módul de prduts tem pr finalidade principal cntrle de materiais mvimentads e armazenads, além d cust relacinad cm este material, de frma a agilizar s prcesss de entrada de infrmações e a gerar uma grande quantidade de infrmações gerenciais. Itens cm Estque, mviments de estque, cmpsiçã, impsts, serviçs, históric de estque, custs, etc. sã aqui gerenciads Descritiv Descritiv Este módul permite cadastrament e agrupament ds prduts em Categrias, de frma a facilitar a emissã de relatóris, reajustes de preçs, seleçã ds prduts n mment de realizar a emissã de cmpras (cntrats) u vendas, etc. Detalhes: Cadastr de prduts cmplet, abrangend tdas as características ds bens e serviçs cmercializads e ds materiais de cnsum; Cadastr de Grups e Sub-grups de Prduts, send 4 estruturas de agrupament individuais, permitind que as diferentes visões departamentais da empresa sbre s prduts pssam ser implementadas n sistema; Cadastr de Classes de Prduts; Listas de Preç: Múltiplas listas de preç; Listas específicas para: Clientes; UF; Atualizaçã de Preçs pr diverss critéris: Pr Grup/Categria; Pr percentual u valr abslut; Individual para cada Prdut; Criaçã de nva lista autmaticamente em funçã de uma lista já existente; Vinculaçã entre listas de preç cm replicaçã de ajustes de preç manual u autmática; Cntrle d Estque: Mvimentaçã de Estque; Históric de lançaments e custs; Salds de Estque; Estque de cntrle: pssibilidade de mvimentar estque em funçã de utr prdut, de frma que as unidades de medida sejam cnvertidas; Custs de estque; infrmações retrativas ds salds e custs; últim cust, mair e menr cust, etc; Rua Améric Vespúci, 71 Prt Alegre / RS (51)

10 Característica: permite que atributs d prdut que nã determinem estques diferentes pssam ser atribuíds e especificads n mment da venda. Exempl: cres, descrições, detalhaments d prdut, etc.; Lgística: cntrle das lcalizações ds prduts fisicamente n estque, agilizand a busca da mercadria n mment da carga; Impsts: cmpleta cnfiguraçã ds tributs pertinentes as prduts visand autmaçã ds prcesss de cmpra e venda; 3.5 Módul de Cntrle de Dcuments Objetiv O Módul de Cntrle de Dcuments visa cntrle e gerenciament das perações realizadas pela empresa cm seus clientes e frnecedres. Ele gera infrmações para diverss utrs móduls, send ttalmente integrad. Através d prcess de parametrizaçã d sistema, tdas as regras de negóci da empresa sã transferidas para sistema, trnand prcess de cmpra e venda bastante ágil e simplificad, evitand errs e cntrles desnecessáris Descritiv Detalhes: Cadastr de Tip de Dcument: nde tds s tips de dcuments que a Empresa pde vir a emitir u receber sã cnfigurads, agilizand prcess de emissã destes dcuments (venda, cmpra, etc.) e principalmente permitind que a pessa que emite s dcuments nã tenha grandes cnheciments sbre as regras de tributaçã de impsts, mensagens da NF, etc.; Frma e Cndiçã de Pagament; Indicaçã de Atendente, Vendedr e Frnecedr em um Dcument; Cntrle de tdas as tributações, cm ICMS, IPI, Reduções, Substituiçã, etc. de frma autmatizada (transparente para usuári peradr); Descnts: Manuais pr item; Geral para td dcument; Autmátics em funçã de Lte Ecnômic; Pssibilidade de impressã d Descnt (de Item de Dcument u geral) de frma destacada na NF; Históric d Dcument: este será lcal nde as infrmações de atendiments e serviçs prestads relativs a Dcument (cmpras, vendas, etc) serã armazenads; Operações de Dcument: criaçã autmática de nvs dcuments em funçã de diverss critéris de estque, pssibilitand a criaçã de dcuments cmplementares; permite cntrle de entregas prgramadas; transfrmaçã de rçament em pedid para psterir fatura; Históric de perações; Diverss critéris para Blqueis de Dcument, impedind a fatura sem que determinads critéris sejam atingids u liberads manualmente: Preç desprprcinal; Descnt desprprcinal; Pessa blqueada; Estque; Cmissã; Títuls atrasads; Etc.; Rua Améric Vespúci, 71 Prt Alegre / RS (51)

11 Estrns; Devluçã ttal u parcial de dcuments autmatizada; Faturament; Cargas: Prcess de unificaçã de Dcuments em funçã de parâmetrs cm Área de Entrega, Bairr, Municípi, etc; Facilita prcess de Faturament, emitind as NFs em cnjunt; Agiliza a lgística de separaçã e entrega da mercadria, através ds relatóris de Separaçã de Mercadria e Entrega d Material Fase e Marca de Dcument: é Cntrle de Wrkflw d Dcument. As Fases de um dcument sã pnts de cntrle de wrkflw que indicam em qual psiçã dentr deste wrkflw dcument se encntra. As Fases sã hierárquicas, permitind a inclusã de pré-requisits para cntrlar a passagem de uma fase para utra. As Marcas sã pnts de check-up que dcument deve passar de frma nã linear, pdend este pnt de cntrle assumir qualquer valr. Exempl de Fase: entrada d pedid, negciaçã, análise de crédit, análise de estque, fatura, entrega, liquidaçã da fatura. Exempl de Marca: na fase de negciaçã de uma venda, indica status desta negciaçã. Gerenciament de entregas prgramadas cm reserva efetiva de estque a partir de prduts em estque u rdens de cmpras já lançadas; Gerenciament de Orçaments cm tmada de preçs de prduts para diverss frnecedres; Demais cadastrs auxiliares. A partir destes cadastrs e ds prcesss a serem criads, sistema irá alimentar as infrmações necessárias para Módul Financeir de frma autmática. 3.6 Módul Financeir Objetiv O Módul Financeir, ttalmente autmatizad e integrad as demais móduls, visa gerenciament ds pagaments e recebiments, frnecend cntrle sbre as infrmações geradas n Módul de Dcuments. Telas de cnsulta cm filtrs específics para cada bjet de pesquisa, relatóris, listagens descritivas e gerenciais, cntrle de flux de infrmaçã e navegaçã permitem acmpanhament de td prcess, desde a geraçã ds títuls até a cnfirmaçã das entradas u saídas n Flux de Caixa Descritiv O Módul Financeir respnsabiliza-se pel cntrle financeir da empresa, send alimentad pel Módul de Dcuments, permitind ttal gerenciament das cntas a pagar e a receber. Em funçã da utilizaçã de prcesss específics para cada tip de Dcument serã gerads autmaticamente s títuls e as infrmações de cmissinament e premiaçã. Apresentams a seguir detalhes d Módul Financeir. Títuls a pagar e a receber autmátics (prvenientes ds Dcuments) u manuais; Suprte à Integraçã Bancária (EDI) cm envi e retrn (baixa ds títuls) autmatizads: Tdas as mdalidades de Envi e Registr de títuls as bancs; Rua Améric Vespúci, 71 Prt Alegre / RS (51)

12 Impressã de diferentes intervals de blquets simultaneamente; Geraçã autmática d arquiv de envi cm cntrle de geraçã de errs de cadastr, evitand a cnferência manual ds blquets; Retrn autmátic cm geraçã de relatóri de cnferência; Pssibilidade de lançament de títuls de frma manual, sem estar relacinad brigatriamente a uma venda u cmpra; Pssibilidade de lançament autmátic de Jurs e Multa, pssibilitand tratament de exceções pr Pessa u ainda pr Títul; Relatóri especial de cbrança de títuls em atras cm valres de Jurs, Multa e Crreçã Mnetária (pr qualquer índice) em funçã de uma data prevista para pagament; Flux de Caixa multi-cntas, cm previsã, ist é, sistema lança n Flux de Caixa s lançaments futurs, de frma que a empresa sempre terá uma previsã das entradas e saídas e principalmente d sald futur. N pagament d títul, se valr pag diferir d valr cbrad, a entrada n flux é simplesmente alterada, e sald da cnta recalculad: Salds e extrats; Extrat e sald das Cntas; Relatóri de sald diári entre datas; Históric Financeir de Pessas; Históric d Títul: este será lcal nde as infrmações de atendiments e serviçs prestads ds títuls serã armazenads; Clientes/Frnecedres em atras; Resums de títuls pags e nã pags; Salds de pessas (clientes/frnecedres): ttal em crédit/débit da pessa; Cntrle e cadastrament de cheques: Integrad cm s títuls; A liquidaçã d títul depende da cmpensaçã d cheque; Cntrle para eventual cbrança d títul cm duplicata; Pssibilidade de baixa manual de títuls a pagar e a receber; Cmissinament, Premiações e Metas: cntrlads para vendedres, supervisres e gerentes cm uma cnta crrente, nde cada lançament prveniente de emissã u cancelament de cntrats é lançad individualmente e seu sald é calculad n mment da geraçã d pagament. Sã pags através da geraçã de títuls. Cmissã: Percentuais manuais u autmátics; Critéris de liberaçã: Integralmente n mment da fatura; Prprcinal à liquidaçã ds títuls; Integralmente na liquidaçã de tds s títuls da venda; Premiações Pr valr u quantidade; Cm interval de pagament cnfigurável; Metas: previst X realizad; Integraçã cm sistemas cntábeis de terceirs; Integraçã cm sistemas de Livrs Fiscais de terceirs; Rua Améric Vespúci, 71 Prt Alegre / RS (51)

13 3.7 Segurança e Auditria Lgin e Acess a Infrmações Nsss sistemas apresentam segurança em nível de usuári e setr, ist é, para cada usuári cadastrad se pderá atribuir um nível de acess, habilitand u desabilitand a sua permissã de agir sbre sistema em cada setr da empresa: para cada infrmaçã cadastral d sistema pde-se especificar acess de cada nível de usuári: Smente Visualizaçã, Visualizaçã e Alteraçã u Nenhum Acess; para cada prcess d sistema pde-se habilitar u desabilitar direit de rdar prcess. para cada relatóri pde-se habilitar u desabilitar direit de gerar relatóri Lgs A criaçã ds grups, seus níveis e a especificaçã d acess ds usuáris sã ttalmente cnfiguráveis pel usuári administradr d sistema e serã especificadas psterirmente a iniciar desenvlviment d prjet. O sistema realiza Lg (registr de infrmações) de diverss prcediments realizads sbre a base de dads, indicand grau de imprtância deste event lgad. Acess a sistema, exclusões, alterações de registrs, etc. sã events registrads pel sistema, cm data, hra e usuári que realizu, pssibilitand psterir verificaçã e auditria d sistema. Cada tip de event que pde vir a ser lgad pertence a uma categria e a um tip. Assim, facilmente se habilita u desabilita a geraçã d lg de acrd cm a necessidade de cada sistema. Também a lcalizaçã de uma determinada crrência de lg fica simplificada através d us de classe e tip de lg. Rua Améric Vespúci, 71 Prt Alegre / RS (51)

Vensis Associação Vensis ERP Entidades, Sindicatos e Federações.

Vensis Associação Vensis ERP Entidades, Sindicatos e Federações. Vensis Assciaçã Vensis ERP Entidades, Sindicats e Federações. Vensis Assciaçã O Vensis Assciaçã é um sistema desenvlvid para entidades cm sindicats, assciações, federações, fundações e utras de natureza

Leia mais

Vensis PCP. Rua Américo Vespúcio, 71 Porto Alegre / RS (51) 3012-4444 comercial@vensis.com.br www.vensis.com.br

Vensis PCP. Rua Américo Vespúcio, 71 Porto Alegre / RS (51) 3012-4444 comercial@vensis.com.br www.vensis.com.br Vensis PCP Vensis PCP O PCP é módul de planejament e cntrle de prduçã da Vensis. Utilizad n segment industrial, módul PCP funcina de frma ttalmente integrada a Vensis ERP e permite às indústrias elabrar

Leia mais

ARQUITETURA E INSTALAÇÃO PROTHEUS 11

ARQUITETURA E INSTALAÇÃO PROTHEUS 11 ARQUITETURA E INSTALAÇÃO PROTHEUS 11 OBJETIVO Infraestrutura e tecnlgia d Prtheus sã a base de uma sluçã de gestã empresarial rbusta, que atende a tdas as necessidades de desenvlviment, persnalizaçã, parametrizaçã

Leia mais

Vensis Manutenção. Rua Américo Vespúcio, 71 Porto Alegre / RS (51) 3012-4444 comercial@vensis.com.br www.vensis.com.br

Vensis Manutenção. Rua Américo Vespúcio, 71 Porto Alegre / RS (51) 3012-4444 comercial@vensis.com.br www.vensis.com.br Vensis Manutençã Vensis Manutençã É módul que permite gerenciament da manutençã de máquinas e equipaments. Prgramaçã de manutenções preventivas u registr de manutenções crretivas pdem ser feits de frma

Leia mais

1 Institucional. 1.1 Sobre a Vensis. 1.2 Missão, Políticas e Valores. 1.2.1 Missão. 1.2.2 Política da Qualidade

1 Institucional. 1.1 Sobre a Vensis. 1.2 Missão, Políticas e Valores. 1.2.1 Missão. 1.2.2 Política da Qualidade Institucinal 1 Institucinal 1.1 Sbre a Vensis A Vensis é uma empresa especializada n desenvlviment de sluções integradas para gestã de empresas. Atuand n mercad de tecnlgia da infrmaçã desde 1998, a empresa

Leia mais

PROPOSTA TÉCNICA. Curitiba PR http://www.softwar.com.br comercial@softwar.com.br

PROPOSTA TÉCNICA. Curitiba PR http://www.softwar.com.br comercial@softwar.com.br PROPOSTA TÉCNICA Curitiba PR http://www.sftwar.cm.br cmercial@sftwar.cm.br Prpsta Técnica Aderência Prdut desenvlvid especificamente para Cnstrutras e empresas d Setr, utilizand linguagem cnhecid pr prfissinais

Leia mais

Roteiro de Implantação Estoque

Roteiro de Implantação Estoque Rteir de Implantaçã Estque Revisã: 23/07/2004 Abrangência Versã 7.10 Cadastrs Básics Dicas: Explique a necessidade d preenchiment ds brigatóris (camps na cr azul). Verifique se cliente necessita que mais

Leia mais

SMART CONTROLE DO ESTOQUE DE GONDOLA

SMART CONTROLE DO ESTOQUE DE GONDOLA SMART CONTROLE DO ESTOQUE DE GONDOLA O prcess de cntrle de estque de gôndla fi desenvlvid cm uma prcess de auxili a cliente que deseja cntrlar a quantidade de cada item deve estar dispnível para venda

Leia mais

SEMINÁRIO FINANÇAS EFINANCIAMENTO VIABILIZANDO INVESTIMENTO NAS PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS 17 DE NOVEMBRO, 2014

SEMINÁRIO FINANÇAS EFINANCIAMENTO VIABILIZANDO INVESTIMENTO NAS PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS 17 DE NOVEMBRO, 2014 SEMINÁRIO FINANÇAS EFINANCIAMENTO VIABILIZANDO INVESTIMENTO NAS PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS 17 DE NOVEMBRO, 2014 ESTRATÉGIA DESEGMENTAÇÃO ESTRATÉGIA DE SEGMENTAÇÃO Estrutura segmentada vltada a estratégia

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO FINANCEIRO

MANUAL DO USUÁRIO FINANCEIRO SIGIO Sistema Integrad de Gestã de Imprensa Oficial MANUAL DO USUÁRIO FINANCEIRO S I G I O M A N U A L D O U S U Á R I O P á g i n a 2 Cnteúd 1 Intrduçã... 3 2 Acess restrit a sistema... 4 2.1 Tips de

Leia mais

Academia FI Finanças

Academia FI Finanças Academia FI Finanças A Academia é melhr caminh para especializaçã dentr de um tema n ERP da SAP. Para quem busca uma frmaçã cm certificaçã em finanças, mais indicad é participar da próxima Academia de

Leia mais

Agenda. A interface de Agendamento é encontrada no Modulo Salão de Vendas Agendamento Controle de Agendamento, e será apresentada conforme figura 01.

Agenda. A interface de Agendamento é encontrada no Modulo Salão de Vendas Agendamento Controle de Agendamento, e será apresentada conforme figura 01. Agenda Intrduçã Diariamente cada um ds trabalhadres de uma empresa executam diversas atividades, muitas vezes estas atividades tem praz para serem executadas e devem ser planejadas juntamente cm utras

Leia mais

Integração com coletores de ponto, catracas, dispositivos de abertura de portas, fechaduras eletromagnéticas,

Integração com coletores de ponto, catracas, dispositivos de abertura de portas, fechaduras eletromagnéticas, Vsft ids Pnt Web Cntrle de acess e pnt A Vsft desenvlveu uma sluçã baseada em sftware e hardware para cntrle de acess e u pnt que pde ser utilizada pr empresas de qualquer prte. Cm us da tecnlgia bimétrica

Leia mais

EIKON DOCUMENTS - ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

EIKON DOCUMENTS - ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA EIKON DOCUMENTS - ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA VERSÃO Eikn Dcuments 2007 Service Pack 5 (2.9.5) Fevereir de 2010 DATA DE REFERÊNCIA DESCRIÇÃO Sftware para implantaçã de sistemas em GED / ECM (Gerenciament Eletrônic

Leia mais

Sistema: Jera Store & Service Versão : 2.5 Release: 2.5.1.928 Banco de Dados: Firebird - Versão: 2.5.3 Data: 05/04/2015

Sistema: Jera Store & Service Versão : 2.5 Release: 2.5.1.928 Banco de Dados: Firebird - Versão: 2.5.3 Data: 05/04/2015 Sistema: Jera Stre & Service Versã : 2.5 Release: 2.5.1.928 Banc de Dads: Firebird - Versã: 2.5.3 Data: 05/04/2015 O sistema cntempla s móduls abaix. Os móduls adicinais (cmercializads a parte) estã destacads:

Leia mais

Anexo V. Software de Registro Eletrônico em Saúde. Implantação em 2 (duas) Unidades de Saúde

Anexo V. Software de Registro Eletrônico em Saúde. Implantação em 2 (duas) Unidades de Saúde Anex V Sftware de Registr Eletrônic em Saúde Implantaçã em 2 (duas) Unidades de Saúde Índice 1 INTRODUÇÃO... 3 2 ESTRATÉGIAS E PROCEDIMENTOS DE IMPLANTAÇÃO... 3 4 INFRAESTRUTURA NAS UNIDADES DE SAÚDE -

Leia mais

Os novos usos da tecnologia da informação nas empresas Sistemas de Informação

Os novos usos da tecnologia da informação nas empresas Sistemas de Informação Os nvs uss da tecnlgia da infrmaçã nas empresas Sistemas de Infrmaçã Prf. Marcel da Silveira Siedler siedler@gmail.cm SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS Planejament

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO II PROJETO BÁSICO: JORNADA AGIR

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO II PROJETO BÁSICO: JORNADA AGIR CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO II PROJETO BÁSICO: JORNADA AGIR 1. Históric da Jrnada AGIR Ns ambientes crprativs atuais, a adçã de um mdel de gestã integrada é uma decisã estratégica n api às tmadas

Leia mais

Integração com coletores de ponto, catracas, dispositivos de abertura de portas, fechaduras eletromagnéticas,

Integração com coletores de ponto, catracas, dispositivos de abertura de portas, fechaduras eletromagnéticas, Vsft ids Acess Web Cntrle de acess e pnt A Vsft desenvlveu uma sluçã baseada em sftware e hardware para cntrle de acess e u pnt que pde ser utilizada pr empresas de qualquer prte. Cm us da tecnlgia bimétrica

Leia mais

Código: Data: Revisão: Página: SUMÁRIO

Código: Data: Revisão: Página: SUMÁRIO UC_REQ-MK_ACF-001 27/01/2015 00 1 / 12 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 Objetiv... 2 Públic Alv... 2 Escp... 2 Referências... 2 DESCRIÇÃO GERAL DO PRODUTO... 2 Características d Usuári... 2 Limites, Supsições e

Leia mais

MASTERCOMP ESCOLA DE INFORMÁTICA

MASTERCOMP ESCOLA DE INFORMÁTICA www.mastercmp.net 1 www.mastercmp.net www.mastercmp.net INFORMAÇO ES ADICIONAIS DO CURSO DE PROMODEL E MS PROJECT Prgramaçã: Carga hrária: 32 Hras Lcal: Sã Sebastiã d Paraís MG Prgramas usads n curs: MS

Leia mais

Software Para Controle de Acesso e Ponto

Software Para Controle de Acesso e Ponto Sftware Para Cntrle de Acess e Pnt Características e Funcinalidades Versã 2.0 Inipass é marca registrada da Prjedata Infrmática Ltda. Tds s direits reservads à Prjedata Infrmática Ltda. Características

Leia mais

Gestão Sindical Eficiente

Gestão Sindical Eficiente Gestã Sindical Eficiente Apresentaçã O Agile Sindical é a sluçã para apiar a implementaçã de uma gestã estruturada das atividades sindicais. A sluçã apresenta móduls para gerenciament ds prcesss-chave

Leia mais

ALTERAÇÕES NO SISTEMA ORION

ALTERAÇÕES NO SISTEMA ORION ALTERAÇÕES NO SISTEMA ORION Orin Versã 7.74 TABELAS Clientes Na tela de Cadastr de Clientes, fi inserid btã e um camp que apresenta códig que cliente recebeu após cálcul da Curva ABC. Esse btã executa

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO ANTECEDENTES CRIMINAIS

MANUAL DO USUÁRIO ANTECEDENTES CRIMINAIS SISTEMA DE INFORMAÇÃO E GESTÃO INTEGRADA POLICIAL Elabrad: Equipe SAG Revisad: Aprvad: Data: 11/09/2008 Data: 10/10/2008 Data: A autenticaçã d dcument cnsta n arquiv primári da Qualidade Referencia: Help_Online_Antecedentes_Criminais.dc

Leia mais

Relatório de Gerenciamento de Riscos

Relatório de Gerenciamento de Riscos Relatóri de Gerenciament de Riscs 2º Semestre de 2014 1 Sumári 1. Intrduçã... 3 2. Gerenciament de Riscs... 3 3. Risc de Crédit... 4 3.1. Definiçã... 4 3.2. Gerenciament... 4 3.3. Limites de expsiçã à

Leia mais

SERVIÇOS DISPONÍVEIS ATRAVÉS DO BANRISUL OFFICE BANKING

SERVIÇOS DISPONÍVEIS ATRAVÉS DO BANRISUL OFFICE BANKING SERVIÇOS DISPONÍVEIS ATRAVÉS DO BANRISUL OFFICE BANKING EXTRATOS: Cnta Crrente: sald d dia, extrat mês atual, extrat de cheques, extrat d mês anterir e extrat n períd. Empréstims/Crédits Cnta Investiment:

Leia mais

WORKSHOPS SOBRE AS POSSIBILIDADES DE COOPERAÇÃO / CONCENTRAÇÃO NO SECTOR AUXILIAR NAVAL

WORKSHOPS SOBRE AS POSSIBILIDADES DE COOPERAÇÃO / CONCENTRAÇÃO NO SECTOR AUXILIAR NAVAL WORKSHOPS SOBRE AS POSSIBILIDADES DE COOPERAÇÃO / CONCENTRAÇÃO NO SECTOR AUXILIAR NAVAL ÍNDICE I. Apresentaçã e bjectivs d wrkshp II. III. Resultads ds inquérits Ambiente cmpetitiv Negóci Suprte Prcesss

Leia mais

Todos os direitos reservados Versão 1.2

Todos os direitos reservados Versão 1.2 Guia de Relatóris Tds s direits reservads Versã 1.2 1 Guia de Relatóris Índice 1 Pedids... 3 1.1 Mnitr de Pedids... 3 1.2 Pedids... 4 1.3 Estatísticas de Pedids... 5 1.4 Acess e Cnsum... 7 1.5 Pedids pr

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO EVENTOS

MANUAL DO USUÁRIO EVENTOS SISTEMA DE INFORMAÇÃO E GESTÃO INTEGRADA POLICIAL Elabrad: Equipe SAG Revisad: Data: 17-09-2008 Data: Aprvad: Data: A autenticaçã d dcument cnsta n arquiv primári da Qualidade Referencia: Help_Online_Events.dc

Leia mais

WEB MANAGER. Conhecendo o Web Manager!

WEB MANAGER. Conhecendo o Web Manager! WEB MANAGER Cnhecend Web Manager! O Web Manager é uma pdersa ferramenta para gestã de Sites, prtais, intranets, extranets e htsites. Cm ela é pssível gerenciar ttalmente seus ambientes web. Integrad ttalmente

Leia mais

INTRODUÇÃO A LOGICA DE PROGRAMAÇÃO

INTRODUÇÃO A LOGICA DE PROGRAMAÇÃO INTRODUÇÃO A LOGICA DE PROGRAMAÇÃO A Lógica de Prgramaçã é necessária à tdas as pessas que ingressam u pretendem ingressar na área de Tecnlgia da Infrmaçã, send cm prgramadr, analista de sistemas u suprte.

Leia mais

SCPI 8.0 - Módulo Compras

SCPI 8.0 - Módulo Compras SCPI 8.0 - Módul Cmpras Guia d usuári Junh / 2014 Versã: 8.21.14.1396 script: 7116 Firilli Sc. Civil Ltda. Sftware Assistência e Cnsultria Municipal. Av. Marginal, 65 Distrit Industrial CEP 15.140-000

Leia mais

GESTÃO DE PROJETOS. Uma visão geral Baseado nas diretrizes do PMI

GESTÃO DE PROJETOS. Uma visão geral Baseado nas diretrizes do PMI GESTÃO DE PROJETOS Uma visã geral Bead n diretrizes d PMI 1 Intrduçã Objetiv da Apresentaçã O bjetiv é frnecer uma visã geral ds prcesss de Gestã de Prjets aplicads à Gestã de Empreendiments. O que é Prjet?

Leia mais

Dissídio Retroativo. Cálculos INSS, FGTS e geração da SEFIP

Dissídio Retroativo. Cálculos INSS, FGTS e geração da SEFIP Dissídi Retrativ Cálculs INSS, FGTS e geraçã da SEFIP A rtina de Cálcul de Dissídi Retrativ fi reestruturada para atender a legislaçã da Previdência Scial. A rtina de Aument Salarial (GPER200) deve ser

Leia mais

Manual do Novo Pátio. Revenda. Versão 2.0

Manual do Novo Pátio. Revenda. Versão 2.0 Manual d Nv Páti Revenda Versã 2.0 1 Cnteúd INTRODUÇÃO... 3 1.LOGIN... 4 2.ANUNCIANTE... 4 2.1 Listar Usuáris... 4 2.2 Criar Usuári... 5 2.2.1 Permissões:... 6 3.SERVIÇOS... 7 3.1 Serviçs... 7 3.2 Feirã...

Leia mais

Novo Sistema Almoxarifado

Novo Sistema Almoxarifado Nv Sistema Almxarifad Instruções Iniciais 1. Ícnes padrões Existem ícnes espalhads pr td sistema, cada um ferece uma açã. Dentre eles sã dis s mais imprtantes: Realiza uma pesquisa para preencher s camps

Leia mais

A Importância de Sistemas de Informação para a Competitividade Logística

A Importância de Sistemas de Informação para a Competitividade Logística A Imprtância de Sistemas de Infrmaçã para a Cmpetitividade Lgística Paul Nazári 1. Intrduçã O avanç da tecnlgia de infrmaçã (TI) ns últims ans vem permitind às empresas executarem perações que antes eram

Leia mais

Gestão do Escopo 1. Planejamento da Gestão do Escopo: 2. Definição do Escopo: 3. Elaboração da EDT(EAP): 4. Verificação do Escopo:

Gestão do Escopo 1. Planejamento da Gestão do Escopo: 2. Definição do Escopo: 3. Elaboração da EDT(EAP): 4. Verificação do Escopo: Gestã d Escp 1. Planejament da Gestã d Escp: i. Autrizaçã d prjet ii. Definiçã d escp (preliminar) iii. Ativs em cnheciments rganizacinais iv. Fatres ambientais e rganizacinais v. Plan d prjet i. Plan

Leia mais

Orientações para a Escrituração Contábil Digital (Sped Contábil) Versão 14.01 Soluções SPDATA

Orientações para a Escrituração Contábil Digital (Sped Contábil) Versão 14.01 Soluções SPDATA 2015 Orientações para a Escrituraçã Cntábil Digital (Sped Cntábil) Versã 14.01 Sluções SPDATA Equipe SAT Análise Desenvlviment e Qualidade de Sftware 07/04/2015 Sumári Objetiv... 3 Cnsiderações gerais...

Leia mais

Manual de Operação WEB SisAmil - Gestão

Manual de Operação WEB SisAmil - Gestão Manual de Operaçã WEB SisAmil - Gestã Credenciads Médics 1 Índice 1. Acess Gestã SisAmil...01 2. Autrizaçã a. Inclusã de Pedid...01 b. Alteraçã de Pedid...10 c. Cancelament de Pedid...11 d. Anexs d Pedid...12

Leia mais

HARDWARE e SOFTWARE. O Computador é composto por duas partes: uma parte física (hardware) e outra parte lógica (software).

HARDWARE e SOFTWARE. O Computador é composto por duas partes: uma parte física (hardware) e outra parte lógica (software). HARDWARE e SOFTWARE O Cmputadr é cmpst pr duas partes: uma parte física (hardware) e utra parte lógica (sftware). Vcê sabe qual é a diferença entre "Hardware" e "Sftware"? Hardware: é nme dad a cnjunt

Leia mais

3 Formulação da Metodologia 3.1. Considerações Iniciais

3 Formulação da Metodologia 3.1. Considerações Iniciais 53 3 Frmulaçã da Metdlgia 3.1. Cnsiderações Iniciais O presente capítul tem cm finalidade prpr e descrever um mdel de referencia para gerenciament de prjets de sftware que pssa ser mensurável e repetível,

Leia mais

PROCESSO DE ATENDIMENTO AO CLIENTE DO GRUPO HISPASAT

PROCESSO DE ATENDIMENTO AO CLIENTE DO GRUPO HISPASAT PROCESSO DE ATENDIMENTO AO CLIENTE DO GRUPO HISPASAT GRUPO HISPASAT Mai de 2014 PRIVADO PRIVADO E CONFIDENCIAL E Dcument Dcument prpriedade prpriedade HISPASAT,S.A. da 1 Prcess de atendiment a cliente

Leia mais

Relatório de Gerenciamento de Riscos

Relatório de Gerenciamento de Riscos Relatóri de Gerenciament de Riscs 2º Semestre de 2015 1 Sumári 1. Intrduçã... 3 2. Gerenciament de Riscs... 3 2.1. Organgrama... 4 3. Risc de Crédit... 4 3.1. Definiçã... 4 3.2. Gerenciament... 4 3.3.

Leia mais

Principais Informações

Principais Informações Principais Infrmações Quem é Benefix Sistemas? Frmada pr ex-executivs e equipe de tecnlgia da Xerx d Brasil, que desenvlvem e suprtam sluções e estratégias invadras para setr públic, especializada dcuments

Leia mais

é a introdução de algo novo, que atua como um vetor para o desenvolvimento humano e melhoria da qualidade de vida

é a introdução de algo novo, que atua como um vetor para o desenvolvimento humano e melhoria da qualidade de vida O que é invaçã? Para a atividade humana: é a intrduçã de alg nv, que atua cm um vetr para desenvlviment human e melhria da qualidade de vida Para as empresas: invar significa intrduzir alg nv u mdificar

Leia mais

Versão 4.0. Central IT Governança Corporativa PROJETO 78. Documento de Entrega. Fábrica. Deploy 1.0.0-Beta. Produto: CitSmart GRP

Versão 4.0. Central IT Governança Corporativa PROJETO 78. Documento de Entrega. Fábrica. Deploy 1.0.0-Beta. Produto: CitSmart GRP Central IT Gvernança Crprativa Versã PROJETO 78 Dcument de Entrega de Deply da Fábrica Deply 1.0.0-Beta Prdut: CitSmart GRP 2/7 FO-098 Versã: Dcument de Entrega de Deply da Fábrica Históric de Revisã Data

Leia mais

Workflow. José Palazzo Moreira de Oliveira. Mirella Moura Moro

Workflow. José Palazzo Moreira de Oliveira. Mirella Moura Moro Pdems definir Wrkflw cm: Wrkflw Jsé Palazz Mreira de Oliveira Mirella Mura Mr "Qualquer tarefa executada em série u em paralel pr dis u mais membrs de um grup de trabalh (wrkgrup) visand um bjetiv cmum".

Leia mais

Eventos Extras - Descontos PP - Contestação PP - Faturas Avulsas - Eventos Programados FP x PEONA 12.1.5. maio de 2015. Versão 1.0

Eventos Extras - Descontos PP - Contestação PP - Faturas Avulsas - Eventos Programados FP x PEONA 12.1.5. maio de 2015. Versão 1.0 Events Extras - Descnts PP - Cntestaçã PP - Faturas Avulsas - Events Prgramads FP x PEONA 12.1.5 mai de 2015 Versã 1.0 1 Sumári 1 Intrduçã... 3 2 Seleçã de Dads... 4 2 1 Intrduçã Emitir n relatóri d PEONA,

Leia mais

Versões Todos os módulos devem ser atualizados para as versões a partir de 03 de outubro de 2013.

Versões Todos os módulos devem ser atualizados para as versões a partir de 03 de outubro de 2013. Serviç de Acess as Móduls d Sistema HK (SAR e SCF) Desenvlvems uma nva ferramenta cm bjetiv de direcinar acess ds usuáris apenas as Móduls que devem ser de direit, levand em cnsideraçã departament de cada

Leia mais

ISO 9001:2008 alterações à versão de 2000

ISO 9001:2008 alterações à versão de 2000 ISO 9001:2008 alterações à versã de 2000 Já passaram quase it ans desde que a versã da ISO 9001 d an 2000 fi publicada, que cnduziu à necessidade de uma grande mudança para muitas rganizações, incluind

Leia mais

Mais segurança para sua empresa conceder crédito a consumidores.

Mais segurança para sua empresa conceder crédito a consumidores. 909 SCPC/SERVIÇO E PROTEÇÃO (SCPC) Mais segurança para sua empresa cnceder crédit a cnsumidres. O SCPC frnece infrmações restritivas de td Brasil para auxiliar a sua empresa a avaliar cnsumidres e realizar

Leia mais

Controle de Atendimento de Cobrança

Controle de Atendimento de Cobrança Cntrle de Atendiment de Cbrança Intrduçã Visand criar um gerenciament n prcess d cntrle de atendiment de cbrança d sistema TCar, fi aprimrad pela Tecinc Infrmática prcess de atendiment, incluind s títuls

Leia mais

REQUISITOS DE DESEMPENHO DA SOLUÇÃO artº 3º C E. Baixos constrangimentos e largura de banda aceitável para o utilizador.

REQUISITOS DE DESEMPENHO DA SOLUÇÃO artº 3º C E. Baixos constrangimentos e largura de banda aceitável para o utilizador. Dispnível n prdut Dispnível após Serviçs de custmizaçã/ adaptaçã Dispníveel após Serviçs de desenvlviment/ integraçã Ntas explicativas (se necessári) Arquitectura Tecnlógica artº 2 C E a. Cnstituiçã de

Leia mais

Channel. Colaboradores. Tutorial. Atualizado com a versão 3.9

Channel. Colaboradores. Tutorial. Atualizado com a versão 3.9 Channel Clabradres Tutrial Atualizad cm a versã 3.9 Cpyright 2009 pr JExperts Tecnlgia Ltda. tds direits reservads. É pribida a reprduçã deste manual sem autrizaçã prévia e pr escrit da JExperts Tecnlgia

Leia mais

Por favor, considere a proteção ao meio ambiente antes de imprimir esse documento

Por favor, considere a proteção ao meio ambiente antes de imprimir esse documento Interbrs Tecnlgia e Sluções de Internet Ltda. Rua Dr. Guilherme Bannitz, 126 2º andar Cnj. 21 /179 Itaim Bibi - Sã Paul- SP - 04532-060 Fne: 55 11 9209-3717 / 55 11 8162-0161 Pr favr, cnsidere a prteçã

Leia mais

Capítulo VII Projetos de eficiência energética em iluminação pública Por Luciano Haas Rosito*

Capítulo VII Projetos de eficiência energética em iluminação pública Por Luciano Haas Rosito* 20 Api O Setr Elétric / Julh de 2009 Desenvlviment da Iluminaçã Pública n Brasil Capítul VII Prjets de eficiência energética em iluminaçã pública Pr Lucian Haas Rsit* Neste capítul abrdarems s prjets de

Leia mais

CURSO PREPARATÓRIO PARA CERTIFICAÇÃO

CURSO PREPARATÓRIO PARA CERTIFICAÇÃO Cnteúd prgramátic CURSO PREPARATÓRIO PARA CERTIFICAÇÃO Este é cnteúd prgramátic d curs preparatóri n nv prgrama CDO-0001 para a certificaçã CmpTIA CDIA+. CONCEITUAL ECM Apresentaçã ds cnceits envlvids

Leia mais

AULA 3 GERENCIAMENTO DE CUSTOS E GESTÃO DE OPERAÇÕES PARA A QUALIDADE TOTAL. Prof. Glauce Almeida Figueira

AULA 3 GERENCIAMENTO DE CUSTOS E GESTÃO DE OPERAÇÕES PARA A QUALIDADE TOTAL. Prof. Glauce Almeida Figueira AULA 3 GERENCIAMENTO DE CUSTOS E GESTÃO DE OPERAÇÕES PARA A QUALIDADE TOTAL Prf. Glauce Almeida Figueira EMENTA AULA TÓPICOS 31/08 Intrduçã a Cntabilidade de Custs ; Terminlgia Cntábil; Tips de Custei;

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA. Pesquisador em Informações Geográficas e Estatísticas A I PROVA 3 FINANÇAS PÚBLICAS

PADRÃO DE RESPOSTA. Pesquisador em Informações Geográficas e Estatísticas A I PROVA 3 FINANÇAS PÚBLICAS Questã n 1 Cnheciments Específics O text dissertativ deve cmtemplar e desenvlver s aspects apresentads abaix. O papel d PPA é de instrument de planejament de médi/lng praz que visa à cntinuidade ds bjetivs

Leia mais

Nome do programa, pesquisa ou produto: Projeto Censo GIFE 2005/2006

Nome do programa, pesquisa ou produto: Projeto Censo GIFE 2005/2006 1 GIFE Grup de Instituts, Fundações e Empresas Dads da rganizaçã Data de elabraçã da ficha: Fev 2008 Nme: GIFE Grup de Instituts, Fundações e Empresas Endereç: Av. Brigadeir Faria Lima, 2.413 1º andar

Leia mais

PRÊMIO INOVAÇÃO PGQP 2014

PRÊMIO INOVAÇÃO PGQP 2014 QUALIDADE RS PGQP PROGRAMA GAÚCHO DA QUALIDADE E PRODUTIVIDADE PRÊMIO INOVAÇÃO PGQP 2014 GUIA PARA CANDIDATURA SUMÁRIO 1. O PRÊMIO INOVAÇÃO PGQP... 3 1.1 Benefícis... 3 2. PREMIAÇÃO... 3 2.1 Diretrizes

Leia mais

CRC-MG Central de Registro Civil de Minas Gerais Certidão Online - Serventia. Manual do usuário

CRC-MG Central de Registro Civil de Minas Gerais Certidão Online - Serventia. Manual do usuário CRC-MG Central de Registr Civil de Minas Gerais Certidã Online - Serventia Manual d usuári Prefáci Data: 30/01/2015 Versã dcument: 1.0 1. COMO ACESSAR O MÓDULO DA CERTIDÃO ONLINE... 04 2. OPÇÕES DE PEDIDOS

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE CONFIGURAÇÃO PARA WINDOWS

GUIA RÁPIDO DE CONFIGURAÇÃO PARA WINDOWS GUIA RÁPIDO DE CONFIGURAÇÃO PARA WINDOWS CONTEÚDO 1. Intrduçã... 3 2. Requisits de Sftware e Hardware:... 3 3. Usuári e Grups:... 3 3.1. Cnfigurand cm Micrsft AD:... 3 3.2. Cnfigurand s Grups e Usuáris:...

Leia mais

5. PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO DA MANUTENÇÃO:

5. PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO DA MANUTENÇÃO: 5. PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO DA MANUTENÇÃO: 5.1 INTRODUÇÃO A rganizaçã da manutençã era cnceituada, até há puc temp, cm planejament e administraçã ds recurss para a adequaçã à carga de trabalh esperada.

Leia mais

Versão 1.1.1.3. Descrição do produto, 2009. www.graycell.pt

Versão 1.1.1.3. Descrição do produto, 2009. www.graycell.pt Versã 1.1.1.3 Descriçã d prdut, 2009 www.graycell.pt 1 ENQUADRAMENTO A platafrma ask-it! é uma aplicaçã web-based que permite criar inquérits dinâmics e efectuar a sua dispnibilizaçã n-line. A facilidade

Leia mais

Orientações e Recomendações Orientações relativas à informação periódica a apresentar à ESMA pelas Agências de notação de risco

Orientações e Recomendações Orientações relativas à informação periódica a apresentar à ESMA pelas Agências de notação de risco Orientações e Recmendações Orientações relativas à infrmaçã periódica a apresentar à ESMA pelas Agências de ntaçã de risc 23/06/15 ESMA/2015/609 Índice 1 Âmbit de aplicaçã... 3 2 Definições... 3 3 Objetiv

Leia mais

CONTROLE INTERNO NA INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA: Um Estudo de Caso

CONTROLE INTERNO NA INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA: Um Estudo de Caso CONTROLE INTERNO NA INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA: Um Estud de Cas Camila Gmes da Silva 1, Vilma da Silva Sant 2, Paul César Ribeir Quintairs 3, Edsn Aparecida de Araúj Querid Oliveira 4 1 Pós-graduada em

Leia mais

Boletim Comercial. Tema: BC003 Plano de Disponibilidade Ilimitada de Recursos UV. Introdução

Boletim Comercial. Tema: BC003 Plano de Disponibilidade Ilimitada de Recursos UV. Introdução Bletim Cmercial Tema: BC003 Plan de Dispnibilidade Ilimitada de Recurss UV Intrduçã Sistemas de cura UV sã cada vez mais presentes em indústrias que imprimem grandes vlumes de materiais, independente d

Leia mais

Boletim Técnico. CAGED Portaria 1129/2014 MTE. Procedimento para Implementação. Procedimento para Utilização

Boletim Técnico. CAGED Portaria 1129/2014 MTE. Procedimento para Implementação. Procedimento para Utilização Bletim Técnic CAGED Prtaria 1129/2014 MTE Prdut : TOTVS 11 Flha de Pagament (MFP) Chamad : TPRQRW Data da criaçã : 26/08/2014 Data da revisã : 12/11/2014 País : Brasil Bancs de Dads : Prgress, Oracle e

Leia mais

Sistema OnixNet / TrucksNet Contagem de Estoque pelas oficinas

Sistema OnixNet / TrucksNet Contagem de Estoque pelas oficinas Versã: 3.0.0.48 Empresa: TrucksCntrl Slicitante: Diretria Respnsável: Fernand Marques Frma de Slicitaçã: e-mail/reuniã Analista de Negóci: Fábi Matesc Desenvlvedr: Fabian Suza Data: 24/09/2012 Sistema

Leia mais

Artigo 13 Como montar um Lava Jato para Caminhões

Artigo 13 Como montar um Lava Jato para Caminhões Artig 13 Cm mntar um Lava Jat para Caminhões O lava jat para caminhões tem cm diferencial atender veículs grandes e mercad específic, pis já está estabelecid nich de mercad. O sucess para este empreendiment

Leia mais

3. TIPOS DE MANUTENÇÃO:

3. TIPOS DE MANUTENÇÃO: 3. TIPOS DE MANUTENÇÃO: 3.1 MANUTENÇÃO CORRETIVA A manutençã crretiva é a frma mais óbvia e mais primária de manutençã; pde sintetizar-se pel cicl "quebra-repara", u seja, repar ds equipaments após a avaria.

Leia mais

API de Integração E-Zoop Documentação de uso

API de Integração E-Zoop Documentação de uso API de Integraçã E-Zp Dcumentaçã de us Data de Atualizaçã: 10/06/2015 Índice 1. Intrduçã... 1 2. Características... 2 Cadastr de características... 2 Exclusã de características... 4 Listagem de características...

Leia mais

Então o que vem a ser Fluxo de Caixa?

Então o que vem a ser Fluxo de Caixa? FLUXO DE CAIXA É muit freqüente, n ambiente d SEBRAE, empresári chegar cm muitas dúvidas sbre as finanças da empresa. E finanças, cm sabems, é fundamental para a sustentaçã um negóci, tant para a sua sbrevivência

Leia mais

NORMATIVA ADMINISTRATIVA

NORMATIVA ADMINISTRATIVA Assunt: DIRETRIZES PARA COMPRA E APROVEITAMENTO DE Data de Emissã: Data de Revisã: De: 18/12/2013 Assunts Estratégics Tdas as áreas d 1. OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO Estabelecer regras e parâmetrs que

Leia mais

SGCT - Sistema de Gerenciamento de Conferências Tecnológicas

SGCT - Sistema de Gerenciamento de Conferências Tecnológicas SGCT - Sistema de Gerenciament de Cnferências Tecnlógicas Versã 1.0 09 de Setembr de 2009 Institut de Cmputaçã - UNICAMP Grup 02 Andre Petris Esteve - 070168 Henrique Baggi - 071139 Rafael Ghussn Can -

Leia mais

Apresentação do Curso

Apresentação do Curso At endi m ent acl i ent e Apr es ent aç ãdc ur s Apresentaçã d Curs O curs Atendiment a Cliente fi elabrad cm bjetiv de criar cndições para que vcê desenvlva cmpetências para: Identificar s aspects que

Leia mais

A atuação do Síndico Profissional é a busca do pleno funcionamento do condomínio. Manuel Pereira

A atuação do Síndico Profissional é a busca do pleno funcionamento do condomínio. Manuel Pereira A atuaçã d Síndic Prfissinal é a busca d plen funcinament d cndmíni Manuel Pereira Missã e Atividades Habilidade - Cnhecems prfundamente a rtina ds cndmínis e seus prblemas administrativs. A atuaçã é feita

Leia mais

Proposta. Treinamento Lean Thinking Mentalidade Enxuta. Apresentação Executiva

Proposta. Treinamento Lean Thinking Mentalidade Enxuta. Apresentação Executiva Treinament Lean Thinking Mentalidade Enxuta www.masterhuse.cm.br Prpsta Cm Treinament Lean Thinking Mentalidade Enxuta Apresentaçã Executiva Treinament Lean Thinking Mentalidade Enxuta Cpyright 2011-2012

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalaçã Prdut: n-hst Versã d prdut: 4.1 Autr: Aline Della Justina Versã d dcument: 1 Versã d template: Data: 30/07/01 Dcument destinad a: Parceirs NDDigital, técnics de suprte, analistas de

Leia mais

FAÇA DA OBRIGATORIEDADE, UMA OPORTUNIDADE.

FAÇA DA OBRIGATORIEDADE, UMA OPORTUNIDADE. Alterações fiscais de 2013 Nva fase de cer ficaçã de s ware, brigatriedade de cmunicaçã de faturas e dcuments de transprte, e alterações n Códig d IVA entram em vigr em 2013. O nv an vai trazer grandes

Leia mais

PROCESSO EXTERNO DE CERTIFICAÇÃO

PROCESSO EXTERNO DE CERTIFICAÇÃO 1 de 7 1. OBJETIVO Este prcediment estabelece prcess para cncessã, manutençã, exclusã e extensã da certificaçã de sistema de segurança cnfrme ABNT NBR 15540. 2. DOCUMENTOS COMPLEMENTARES - ABNT NBR 15540:2013:

Leia mais

Modelagem, qualificação e distribuição em um padrão para geoinformações

Modelagem, qualificação e distribuição em um padrão para geoinformações Mdelagem, qualificaçã e distribuiçã em um padrã para geinfrmações Julia Peixt 14h, 14 de junh de 2010. Mtivaçã Acerv de dads desde 1994 em diferentes áreas de pesquisa; Muitas pessas fazend muits trabalhs

Leia mais

Artigo 12 Como montar um Lava Jato

Artigo 12 Como montar um Lava Jato Artig 12 Cm mntar um Lava Jat Antigamente era cmum bservar as pessas, n final de semana, cm seus carrs, bucha e sabã nas mãs. Apesar de ainda haver pessas que preferem fazer serviç suj szinhas, s lava

Leia mais

Mensagem do atendimento ao cliente

Mensagem do atendimento ao cliente ASSUNTO: Cisc WebEx: Patch padrã a ser aplicad em [[DATA]] para [[WEBEXURL]] Cisc WebEx: Patch padrã em [[DATA]] A Cisc WebEx está enviand esta mensagem para s principais cntats de negóci em https://[[webexurl]]

Leia mais

Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas

Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas Guia d Prcess de Sftware d MAPA Metdlgia de Desenvlviment de Sistemas Versã 1.0 Dcument cnfidencial e prprietári Versã d mdel: 1.1 Históric das Revisões Data Versã Descriçã Autr 24/03/2008 1.0 Iníci da

Leia mais

APLICAÇÃO DO SOFTWARE ELIPSE E3 NAS USINAS HIDRELÉTRICAS ILHA SOLTEIRA E ENGENHEIRO SOUZA DIAS (JUPIÁ)

APLICAÇÃO DO SOFTWARE ELIPSE E3 NAS USINAS HIDRELÉTRICAS ILHA SOLTEIRA E ENGENHEIRO SOUZA DIAS (JUPIÁ) APLICAÇÃO DO SOFTWARE ELIPSE E3 NAS USINAS HIDRELÉTRICAS ILHA SOLTEIRA E ENGENHEIRO SOUZA DIAS (JUPIÁ) Este case apresenta a aplicaçã da sluçã Elipse E3 para aprimrar mnitrament da temperatura encntrada

Leia mais

Copyright 1999-2006 GrupoPIE Portugal, S.A. Manual Utilizador

Copyright 1999-2006 GrupoPIE Portugal, S.A. Manual Utilizador Reprts Relatóris à sua Medida Reprts Cpyright 1999-2006 GrupPIE Prtugal, S.A. Reprts 1. WinREST Reprts...5 1.1. Licença...6 1.2. Linguagem...7 1.3. Lgin...7 1.4. Página Web...8 2. Empresas...9 2.1. Cm

Leia mais

INFORMATIZAÇÃO DA GESTÃO DE STOCKS E APROVISIONAMENTO, FARMÁCIA E PRESCRIÇÃO ELECTRÓNICA PARA HOSPITAIS DA SNS LINHAS BÁSICAS DE ORIENTAÇÃO

INFORMATIZAÇÃO DA GESTÃO DE STOCKS E APROVISIONAMENTO, FARMÁCIA E PRESCRIÇÃO ELECTRÓNICA PARA HOSPITAIS DA SNS LINHAS BÁSICAS DE ORIENTAÇÃO Ministéri da Saúde Institut de Gestã Infrmática e Financeira da Saúde FARMÁCIA E PRESCRIÇÃO ELECTRÓNICA PARA HOSPITAIS DA SNS LINHAS BÁSICAS DE ORIENTAÇÃO Ministéri da Saúde Institut de Gestã Infrmática

Leia mais

1 Criando uma conta no EndNote

1 Criando uma conta no EndNote O EndNte Basic (anterirmente cnhecid pr EndNte Web), é um sftware gerenciadr de referências desenvlvid pela Editra Thmsn Reuters. Permite rganizar referências bibligráficas para citaçã em artigs, mngrafias,

Leia mais

táxis compartilhados Shared-transport / Shared-taxi

táxis compartilhados Shared-transport / Shared-taxi Benefícis ds serviçs de transprte de táxis cmpartilhads Shared-transprt / Shared-taxi Reuniã de Especialistas sbre Transprte Urban Sustentável: Mdernizand e Trnand Eclógicas as Frtas de Táxis nas Cidades

Leia mais

Projetos, Programas e Portfólios

Projetos, Programas e Portfólios Prjets, Prgramas e Prtfólis pr Juliana Klb em julianaklb.cm Prjet Segund PMBOK (2008): um prjet é um esfrç temprári empreendid para criar um nv prdut, serviç u resultad exclusiv. Esta definiçã, apesar

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO DA VERSÃO

DOCUMENTAÇÃO DA VERSÃO DOCUMENTAÇÃO DA VERSÃO V2.04 S4 Página 1 de 14 INDICE ALTERAÇÕES IMPLEMENTADAS NA VERSÃO 2.04 DO SST...3 ITENS DE MENU CRIADOS PARA A VERSÃO 2.04...3 PRESTADOR...3 Relatóri de Metas...3 CLIENTE...4 Tela

Leia mais

2. Possibilidade de digitar mais de um diferencial de alíquota por documento fiscal (Pct. 3113).

2. Possibilidade de digitar mais de um diferencial de alíquota por documento fiscal (Pct. 3113). * Invações: 1. Geraçã da GIISS de Brasília - DF (Pct. 3230). Dispnibilizada geraçã d arquiv magnétic de serviçs para Distrit Federal. Para utilizaçã é necessári vincular leiaute 37 - Livr Eletrônic de

Leia mais

CURSO COMPLETO SOBRE O NOVO SISTEMA TESOURO GERENCIAL

CURSO COMPLETO SOBRE O NOVO SISTEMA TESOURO GERENCIAL CURSO DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO CURSO COMPLETO SOBRE O NOVO SISTEMA TESOURO GERENCIAL Carga Hrária: 16 hras/atividade Hrári: 8h30 às 18h (cm interval para almç) Brasília, 26 e 27 de nvembr de 2015

Leia mais

GESTÃO DE LABORATÓRIOS

GESTÃO DE LABORATÓRIOS Seminári Luanda, 26,27,28,29 e 30 de Mai de 2014 - Htel **** Guia Prática GESTÃO DE LABORATÓRIOS Finanças Assegure uma gestã eficaz de tdas as áreas 40 hras de Frmaçã Especializada Cnceits ecnómic-financeirs

Leia mais

Plano de curso Planejamento e Controle da Manutenção de Máquinas e Equipamentos

Plano de curso Planejamento e Controle da Manutenção de Máquinas e Equipamentos PLANO DE CURSO MSOBRPCMME PAG1 Plan de curs Planejament e Cntrle da Manutençã de Máquinas e Equipaments Justificativa d curs Nã é fácil encntrar uma definiçã cmpleta para Gestã da manutençã de máquinas

Leia mais

PROPOSTA DE DESENVOLVIMENTO

PROPOSTA DE DESENVOLVIMENTO R.M. Infrmática Cmérci e Serviç Ltda CNPJ: 04.831.742/0001-10 Av. Rdrig Otávi, 1866, Módul 22 Distrit Industrial - Manaus - AM Tel./Fax (92) 3216-3884 http://www.amaznit.cm.br e-mail: amaznit@amaznit.cm.br

Leia mais