Estilo de Vida e Sociedade

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Estilo de Vida e Sociedade"

Transcrição

1 totalsaude.com.br Distribuição Dirigida Ano 2 - Número 8 Fevereiro/2008 RECÉM-NASCIDO Os cuidados devem começar antes do nascimento CRIANÇA HIPERATIVA E DESATENTA A TDAH ocorre em 3% a 6% das crianças FOME NOTURNA Assalto a geladeira ENTREVISTA Conheça mais sobre o profissional de nutrição Estilo de Vida e Sociedade Considere novos caminhos em 2008

2

3

4 Editorial Começou! Quer você queira ou não, o ano já começou. Se você já começou no ano, isso é outra história. Se você se propôs a fazer algo este ano, e ainda não começou, vamos lá, ainda está em tempo. Mesmo que não queiramos nos render ao fato, existe sim uma corrida contra o tempo. Quer queiramos ou não, existe sim um fim: do dia, do mês, do ano, da vida. A contagem é sim regressiva, quanto antes você despertar melhor. Mas COMECE! É importante, é crucial. Acostume-se a começar. Porque a vida é um eterno terminar e começar. Se você se propôs algo este ano, comece. Mesmo que seja algo que somente poderá ser executado no próximo mês, trimestre ou semestre, você pode começar a planejar agora, ir se acostumando, desde já, com os novos hábitos. Imponha uma data, um horário, um local. Mas atenção! Não basta começar. Tem que começar bem. O evangelista Lucas registra um ensinamento de Jesus sobre este tema, no capítulo 14, versos 28 a 30. Ele diz assim: "Pois qual de vós, pretendendo construir uma torre, não se assenta primeiro para calcular a despesa e verificar se tem os meios para a concluir? Para não suceder que, tendo lançado os alicerces e não a podendo acabar, todos os que a virem zombem dele, dizendo: Este homem começou a construir e não pôde acabar. Enfim, tem que começar certo, tem que começar bem,a inércia é uma força que some após o primeiro movimento, comece numa crescente, e você verá que será mais fácil continuar. Vai caminhar? Caminhe pouco, dê tempo à adaptação. Vai começar um relacionamento? Dê espaço para a saudade, para a vontade de ver de novo. Não sature. Comece sem grandes euforias. As chances de continuar bem são maiores. De nada adianta começar se não for com o propósito de continuar. As grandes conquistas são construídas de pequenas vitórias, uma após a outra. Por isso, comece! E comece bem! Compromisso do ano: Vou começar, hoje mesmo. E vou começar bem. Equipe Total Saúde

5 Nesta edição Índice Alberto Neder Um caso de amor à vida Seja vivo e faça um ato de amor O grande benefício da doação é psicológico Estilo de Vida e Sociedade Considere novos caminhos em 2008! Cuidados com o recém-nascido A assistência à saúde da criança deve se iniciar antes de seu nascimento Assalto a geladeira Será que você tem fome noturna? Dor nas Pernas Nem as varizes são as vilãs Adição Personalidade Hipocondríaca e conduta de caráter Febre amarela e dengue Uma ameaça ainda real Nutricionista Conheça um pouco sobre este profissional Estenose de piloro Saiba mais sobre esta doença Criança Hiperativa e desatenta O TDAH ocorre em 3 a 6% das crianças Quem fala mais alto As crianças têm aprendido conosco a falar bem alto

6 A U N NCIE! EXPEDIENTE Diretora: Vera de Barros Jafar - DRT 484/MS Departamento comercial: Sandra Pieczykolan Telefone: (67) Redatora: Natalia Razuk Jornalista responsável Bruno Ribeiro Costa - DRT 306/MS Projeto gráfico: Heyder Bartz Fotos: Bruno Ribeiro Costa Revisão: Luzia Vieira Impressão: Gráfica e Editora Alvorada Tiragem: 6 mil exemplares Participam desta edição: Ana Díaz González (Membro efetivo da Sociedade de Psicanálise de MS, Membro Associado da Associação Brasileira de Psicanálise ABP, Membro Associado da Federação de Psicanálise da América Latina FEPAL, Membro Associado da International Psychoanalytical Association); Dr. Mauri Comparim (Angiologista e cirurgião vascular e endovascular), Dra Aby Jaine C. Montes Moura (pediatra neonatologista), Dr. Luiz A. Ovando (Cardiologista, mestre em cardiologista, Presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia- Regional MS), Maria José Martins Maldonado (Especialista em neurologia infantil e encefalografia), Dr.Marcelo de Souza Cury (Doutor em Gastroenterologia e Endoscopia. Pesquisador do setor de Endoscopia da Universidade de Harvard/EUA. Membro titular da Sociedade Brasileira de Endoscopia-SOBED. CRM/MS-4627), Ana Lucia Saraiva da Cunha Ganci (Delegada do Conselho Regional de Nutrição 3ª Região, em Mato Grosso do Sul). Revista Total Saúde Rua Alberto Néder, 328 sala 35 Centro Empresarial Alto do Prosa CEP Campo Grande/MS Telefone: (67) Rua Alberto Néder, sala 35 Centro Empresarial Alto do Prosa CEP Campo Grande/MS Telefone: (67) Total Saúde é uma publicação da Gráfica e Editora Alvorada. Periodicidade: mensal. Artigos assinados não representam, necessariamente, a opinião da revista. Distribuição dirigida e gratuita.

7 Homenagem Alberto Neder, um caso de amor à vida Alberto Neder manteve a coerência entre seus atos e pensamentos durante toda a sua vida. Nascido em 9 de abril de 1914, na cidade de Aquidauana, MS, veio, ainda menino, para Campo Grande. Seu pai era um comerciante árabe e sua mãe de nacionalidade paraguaia. Aos dezesseis anos, mudou-se para o Rio de Janeiro, onde cursou Medicina na Faculdade da Praia Vermelha, finalizando sua graduação aos 21 anos de idade. Era tempo da ditadura de Vargas e havia muita efervescência política no meio estudantil, quando se deu o seu contato com a ideologia comunista. Neste período, também, o futuro médico se aproxima da arte, sobretudo da música. Certa vez, sem dinheiro para assistir a uma temporada de ópera, protagonizada pelo famoso tenor Caruso, inscreveu-se para participar do coro do Teatro Municipal. Porém, sua voz não lhe permitiu que dele fizesse parte, somente fosse incluído entre os figurantes, elementos que mexiam a boca, mas não emitiam nenhum som. Pelo menos conseguiu, assim, o seu objetivo. Em 1936, seu irmão caçula e afilhado, José Carlos, adoece aos 5 anos de idade. Os médicos que o atendiam demoraram a diagnosticar-lhe uma apendicite, que já havia sido diagnosticada pelo formando Alberto, porém com o descrédito dos medalhões que o assistiam. Quando se convenceram a intervir, infelizmente, o pior aconteceu. José Carlos faleceu e a família, traumatizada, resolveu voltar para Campo Grande. Começa, aí, a trajetória de um médico de classe alta que tinha como princípio ajudar a todos aqueles que dele precisavam e não tinham condições de pagar- -lhe. Sua formação política é a responsável por este pensamento. O comunismo exerce em Neder a mesma importância que a Medicina. Sempre gostou de ter para si e seus familiares uma vida com conforto, porém nunca aceitou o acúmulo de Fevereiro 2008 TotalSaúde 7

8 Homenagem riqueza e propriedades. Tanto que nunca recebeu como pagamento por seus serviços de médico qualquer coisa que não fosse a moeda corrente. Aqueles que não podiam pagar-lhe, muitas vezes o agraciavam em espécie, dando-lhe de presente animais, aves, verduras, enfim o pouco de que dispunham. Clinicou, assim, de graça, a uma infinidade de pessoas que o procuravam. Acreditava que este era um dos princípios básicos da sua profissão. Em suas viagens, levava sempre uma mala de remédios e, onde quer que chegasse, atendia aqueles que dele necessitavam, apenas por amor ao ser humano. Esta devoção ao juramento de Hipócrates foi tão grande, a ponto de Alberto atender ao seu próprio algoz, já que, em uma das vezes em que foi preso pela ditadura militar, o oficial que o interrogava passou mal, sendo atendido no local pelo preso, doutor Alberto. A sua capacidade profissional foi tamanha que protagonizou a primeira massagem cardíaca com o tórax aberto no país. Existem dúvidas se esta não foi a primeira experiência no mundo. Este ato mereceu repercussão no Brasil e no mundo. O jornal americano New York Times e a televisão britânica BBC foram alguns dos veículos que divulgaram o fato. Neder foi também uma figura inesquecível para todos os seus. Cuidava de sua família com toda a dedicação que um pai e um marido podem fazê-lo. A disciplina era rígida em sua casa, mas, como relatou uma de suas filhas, este foi o motivo pelo qual seus quatro filhos tenham crescidos íntegros. Dois de seus netos seguem sua profissão, Luciano Neder Serafim (neuropatologista) e José Alberto Neder Serafim (pneumologista) e se destacam como excelentes médicos assim como seu avô. Seja na profissão, nas convicções ideológicas, nas relações pessoais e familiares, este é um dos grandes exemplos que nossa cidade deve cultivar para sempre. Alberto Neder foi e sempre será um ícone para o nosso Estado. 8 TotalSaúde Fevereiro 2008

9

10 Altruísmo O grande benefício da doação é psicológico Seja vivo Sempre que as festas de fim de ano passam, os estoques dos bancos de sangue ficam baixos. Primeiro porque as pessoas consomem muita bebida alcoólica, o que inviabiliza a doação, e segundo pelo aumento no número de acidentes de trânsito e vítimas de violência. Com tudo isso e mais aqueles que necessitam de sangue para realizarem cirurgias vitais, a doação sempre é necessária. É um ato de humanidade que podemos fazer para salvar muitas vidas. Nunca saberemos de quem será esta vida, de uma criança, de um velho, rico, ou pobre. Pode ser até mesmo algum parente nosso. Não existe nenhuma contra-indicação no ato. Quase todo mundo pode doar sangue. Se você tem entre 18 e 65 anos, pesa mais de 50 kg e goza de boa saúde, pode doar. Observe apenas se, no dia de seu voluntarismo, não apresenta nenhum sintoma como febre, dor de cabeça, diarréia, por exemplo. É recomendado ao paciente ser o mais sincero possível durante a triagem médica. Lembre-se que os exames realizados são caros, e se você possuir algum impedimento e não relatar estará gastando recursos de todos. O tempo de permanência no Banco de Sangue, incluindo a triagem clínica e coleta de sangue dura em torno de 30 minutos. Na triagem são realizados exames clínicos e físicos como peso, altura, pressão arterial e é preenchido um questionário por entrevista, sobre a saúde, hábitos prévios, histórico de doenças e cirurgias e a prática sexual do doador. Aconselha-se ao cidadão que observe a janela imunológica, em caso de suspeita de contração de alguma doença. Pelo menos um mês para que seja detectada a doença nos exames laboratoriais, instruiu o diretor do Hemosul (Hemocentro de Mato Grosso do Sul), Osnei Okumoto. O doador precisa alimentar- -se normalmente antes da doação. Para doar sangue, não pode vir em jejum. Se vier, poderá ter algum problema durante a doação, explica Okumoto. Segundo o diretor, deve-se apenas evitar os alimentos gordurosos. Quem quiser doar após o almoço, precisa esperar um período de três horas pelo menos. O Hemosul é uma rede de bancos de sangue formada por 13 unidades de coleta, em dez cidades do estado. Também existem em todos os municípios as agências transfusionais, recebedoras de sangue coletado e que realizam a prova de compatibilidade para que o produto possa ser enviado aos hospitais para transfusões. 10 TotalSaúde Fevereiro 2008

11 e faça um ato de amor O sangue e seus componentes são vitais e insubstituíveis para todos nós, seres humanos, e até hoje não conseguimos fabricar substitutos artificiais eficientes para suprí-los nos casos de sua falta. Eis a importância da doação, pois é a única fonte deste elemento raro, que pode salvar uma vida. Uma doação pode salvar quatro vidas O sangue doado é separado em quatro componentes: concentrado de hemácias, concentrado de plaquetas, plasma fresco congelado e crioprecipitado. As hemácias são os componentes celulares do sangue responsáveis pelo transporte de oxigênio e gás carbônico aos tecidos. São elas que dão a cor vermelha do sangue,devido ao pigmento à base de ferro chamado Hemoglobina. São usadas principalmente para o tratamento de anemias, ou perdas de sangue. Sua validade é de 35 dias. As plaquetas controlam sangramentos e hemorragias. Existem doenças e tratamentos que podem reduzir a quantidade ou alterar a função das plaquetas, deixando o paciente com risco eminente de sangramentos. Elas podem ser coletadas de doações normais ou através do método de aférese (aférese significa separar ou retirar, portanto, através da doação por aférese é possível retirar apenas uma das células do sangue total) que rende 1 a 2 unidades terapêuticas originadas de um doador. As plaquetas também são consideradas elementos raros, pois sua validade é restrita a apenas cinco dias após a coleta. O plasma fresco congelado e crioprecipitado são os componentes usados, principalmente, para repor os fatores de coagulação. Para doar sangue em Campo Grande, procure o Hemosul, das 7h às 17h, ou os hospitais Maria Aparecida Pedrossian e o Universitário (HU). Fevereiro 2008 TotalSaúde 11

12 Bem Estar Estilo de Vida e Sociedade Considere novos caminhos em 2008!! Estamos cada vez mais assombrados com os acontecimentos a nossa volta. Quando olhamos para a política, assustamo-nos com a avalanche de escândalos que nos agridem e indignam. Da sociedade como um todo, saem as mais variadas reações e, lamentavelmente, a essência é a arrogância, prepotência, egoísmo, intolerância e principalmente a violência. Quando observamos a saúde é que a insegurança aumenta. Percebemos que aumentamos de peso no último ano, o sono já não é mais como na mocidade, que o intestino já não funciona bem e que qualquer escada nos deixa ofegante e não raro com palpitações. A pergunta que se coloca é: onde está o elo que liga as questões políticas, sociais e biológicas? A política é a única ciência que depende do ser humano. Nenhuma outra ciência guarda relação estreita ou depende do homem. Só há política onde há grupo, que por sua vez sofre as conseqüências boas ou ruins dessa mesma sociedade. Sendo assim, a política é ativa e reflexiva sobre a própria sociedade. No biológico, o padrão reativo já foi estabelecido. Ocorreu através da criação ou pelo aprimoramento que alguns chamam de evolução. Assim, o ambiente de escassez de alimentos tornou o homo sapiens apto a enfrentar essa adversidade. Hoje essa condição já não existe, ela se transformou em insegurança social e emocional, que de forma concreta ameaça o físico. A primeira reação de ameaça é se proteger ingerindo mais alimentos, que é abundante em nosso meio. O homem criou formas de se proteger como meios de transporte e comunicação. Em síntese, o medo e a instabilidade emocional continuam. Essas condições criadas por ele levam a pouca exposição, quase nenhuma mobilidade e muita comida. A conseqüência é a plêiade de doenças degenerativas. Antes da mudança do estilo de vida é necessário considerar a mudança dos valores, atitudes e comportamento. Precisamos ser mais tolerantes e resgatarmos a consciência com os nossos semelhantes, entender suas angústias e valorizarmos a fraternidade. A obesidade, hipertensão, diabetes, aumento do colesterol, infarto e morte súbita, são os tributos cobrados pela nossa inadaptação à vida moderna, que se caracteriza por comida farta, imobilidade, ambição desmedida, desprezo aos valores ético-morais e indiferença ao semelhante. Está na hora de buscarmos outras saídas. Considere novos caminhos em 2008!! Dr. Luiz A. Ovando (Cardiologista, mestre em cardiologista, Presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia-Regional MS) CRM- MS TotalSaúde Fevereiro 2008

13

14 A assistência à saúde da criança deve ser iniciada antes de seu nascimento Cuidados com o recém-nascid Neonatologia (do latim: ne(o) - novo); nat(o) - nascimento; e logia - estudo), é o ramo da pediatria que cuida de crianças desde o nascimento até 28 dias de idade, quando passam a ser chamadas de lactentes. A assistência à saúde da criança deve ser iniciada antes de seu nascimento, com a realização do atendimento pré- -natal regular que visa o bem estar materno e fetal. O atendimento pré-natal deve incluir uma consulta pediátrica realizada por volta do sétimo mês de gestação. O objetivo desta é estabelecer vínculo entre o pediatra/neonatologista e os pais antes do nascimento da criança; coletar informações básicas; identificar situações de risco na gestação e parto; esclarecer dúvidas; fornecer informações e apoio aos pais. Ao nascimento, o médico deve estar presente e capacitado para manobras de reanimação ou procedimentos de urgência, já que a transição do meio intra-uterino para o extra-uterino e o clampeamento do cordão umbilical acarreta grandes e rápidas mudanças no organismo do recém-nascido, o que torna esse momento de crucial importância. O neonatologista/pediatra é responsável pelo acompanhamento hospitalar até a alta do bebê, quando então, será marcado o retorno para reavaliação e início às consultas de puericultura. Em gestação de alto risco e algumas vezes, mesmo sem fatores conhecidos, o recém-nascido requer assistência médica especializada e internação em UTI- NEONATAL (Unidade de Terapia Intensiva Neonatal), como o caso de prematuros, neonatos com doenças congênitas ou infecção. A UTI deve ser localizada próxima à sala de parto e do centro cirúrgico, dentro de uma estrutura hospitalar que disponha de recursos para o diagnóstico e tratamento das patologias neonatal, incluindo os procedimentos especializados (cateterismo umbilical e cardíaco, 14 TotalSaúde Fevereiro 2008

15 Vida o cirurgia neonatal, assistência ventilatória, monitorização de dados vitais, etc.). Os cuidados especializados com esse grupo de crianças foram desenvolvidos devido às elevadas taxas de morbidade e mortalidade neonatal. A partir do século XIX, os médicos começaram a estabelecer estratégias de atendimento específico para os recém-nascidos, baseados em estudos direcionados. Vários equipamentos foram desenvolvidos e entre eles a incubadora, considerada revolucionária no cuidado ao recém-nascido prematuro. No século XX, os avanços médicos e tecnológicos propiciaram substancial aumento na qualidade desta assistência. A UTI-Neonatal deve contar com uma equipe multiprofissional, incluindo médicos neonatologistas, enfermeiros, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, assistentes sociais nutricionistas, psicólogos, entre outros. Para se tratar os neonatos um aspecto importante é a humanização da assistência, minimizando assim os efeitos negativos da doença e da separação dos pais, além de promover e fortalecer o vínculo com a família. Portanto, para que o recém-nascido seja ou se torne um bebê esperado, saudável e feliz é necessário um atendimento pré-natal adequado, assistência em sala de parto e quando necessário à internação em serviços de neonatologia como UTI-Neonatal. Dra. Aby Jaine C. Montes Moura (pediatra neonatologista) CRM/MS Fevereiro 2008 TotalSaúde 15

16 Assalto a geladeira Será que você tem fome noturna? Durante o dia você come pouco, café da manhã, almoço e jantar bem simples, quase uma dieta rigorosa. É somente quando cai a noite, que os portadores da síndrome da alimentação noturna sentem um desejo imperioso de comer, quase sempre, muito. O que caracteriza essa síndrome é justamente o hábito das pessoas comerem o equivalente a 50% da ingestão alimentar total diária após às 19 horas, quando o metabolismo é mais lento. Importante é não confundir essa síndrome com compulsão alimentar. Quem tem a síndrome noturna faz pequenos lanches à noite, antes ou após iniciado o sono, e tem a sensação de que sem ele não seria possível dormir. A 'necessidade' de comer, nesse caso, é exclusivamente noturna e durante o dia o indivíduo tem uma ótima relação com a comida. Acredita-se que a síndrome afeta 1,5% da população em geral e 8% dos obesos. O problema gera dois principais efeitos. Um deles é a insônia, levando a distúrbios em cascata, como fadiga, sonolência, dores de cabeça, irritabilidade, descontrole emocional, perda de atenção e concentração e prejuízo no rendimento profissional. O outro é o ganho de peso e conseqüências associadas, como hipertensão, diabetes, elevação de colesterol e triglicéride e muitas vezes intoxicação alimentar. Além de problemas psíquicos, vindos pelo cansaço e pela falta de controle que o paciente consegue enxergar nele mesmo, mas apesar de quase todos terem consciência do seu problema, raramente buscam tratamento especializado. Para caracterizar a síndrome é preciso que haja o que os médicos chamam de 'recorrência noturna' por pelo menos três meses. Por se tratar de um problema ainda em estudo, sem critérios e diagnósticos bem definidos, não há consenso sobre o tratamento. Em geral, são usados remédios, pois a terapia nutricional ou a psicoterapia tem pouco impacto sobre os sintomas. Os pacientes não respondem aos indutores do sono ou a medicamentos para a ansiedade. Normalmente, a preferência recai sobre antidepressivos, que agem para garantir maior regularidade do padrão de sono e adequação da saciedade, atuando na compulsão para comer. O importante é, identificados os sintomas, procurar um médico e seguir um tratamento adequado a você, pois por falta de estudos prévios os médicos optam pela escolha do tratamento com base no relato de cada caso e em sua experiência clínica.

17 Saúde Mental Mente O equilíbrio e Corpo possível A Organização Mundial da Saúde (OMS) define saúde como sendo o perfeito bem estar físico, mental e social, não apenas a ausência de doença. Essa definição foi adotada considerando a impossibilidade de separação entre o corpo, a mente e a vida social. O funcionamento do corpo sofre interferências tanto do estresse físico, quanto dos relacionamentos pessoais, das emoções, sentimentos, pensamentos, expressões psíquicas conscient es ou não. É um sistema sem delimitações de espaços, sem linhas divisórias; não se pode dizer onde acaba um e começa o outro. Em minha atuação clínica, encontro pessoas com problemas em casa ou no trabalho, com conflitos particulares, problemas do dia-a-dia, que começam a apresentar sintomas físicos, devidos a uma diminuição da imunidade do organismo e surgem as gripes, alergias de pele, dores articulares, dores de cabeça, tiques, disfunções sexuais. Essas pessoas não sabem que o problema de saúde que estão tendo pode ter uma influência psíquica importante. Nas pesquisas realizadas sobre problemas de saúde como hipertensão arterial, infarto, câncer, asma, disfunções sexuais, há comprovações da existência de uma profunda ligação entre o aspecto emocional do indivíduo com o desenvolvimento dessas doenças. A Psicoterapia utiliza o relacionamento terapeuta/paciente como instrumento para o fortalecimento psíquico do indivíduo, ajudando-o a conhecer melhor seus sentimentos, suas reações emocionais e físicas. Os resultados do tratamento são ainda melhores quando realizado um trabalho em conjunto entre médicos e psicólogos para prevenir e tratar esses problemas de saúde, construindo caminhos melhores para compreender seus conflitos e assim elaborá-los internamente sem precisar utilizar o corpo como válvula de escape. Maria Alberta Ratier Jajah Graduada em Educação Física; Psicóloga; Mestranda em Psicologia Social e da saúde; Psicoterapeuta - CRP/ Fevereiro 2008 TotalSaúde 17

18 Dor Dor nas pernas é uma das queixas mais freqüentes em consultório médico, principalmente do angiologista. Os pacientes costumam atribuir a dor àquilo que eles vêem, que no caso são as veias. Por isso procuram o especialista e sempre acham que se trata de varizes. Se não "vêem" as veias doloridas satisfazem-se com o diagnóstico equivocado de varizes internas. A dor nas pernas pode ter várias causas, mas nem todas são de competência do cirurgião vascular ou angiologista. Quando é este o caso, a maioria dos diagnósticos são simples. O importante é que seja bem feito, a fim de evitar erros e imprecisões. Existe uma série de causas para a dor nas pernas: de varizes, realmente, até problemas ortopédicos, de coluna, ósteo-articulares, musculares, ou de deformidade dos pés, que fazem à musculatura das pernas trabalharem de forma inadequada. Há médicos que indicam cirurgia de varizes quando não há necessidade e safenectomia em pacientes que não têm insuficiência de safena, mas que se queixam de dor nas pernas. Tanto as varizes quanto a insuficiência arterial são facilmente detectáveis com o exame clínico e o ultrassom com doppler é capaz de fornecer um diagnóstico 18 TotalSaúde Fevereiro 2008

19 Saúde Os pacientes costumam atribuir a dor àquilo que eles vêem, que no caso são as veias. nas Pernas, nem sempre as varizes são as vilãs. preciso da insuficiência da safena quando resta alguma dúvida. A dor sentida quando há varizes é percebida como um peso e cansaço, principalmente quando a pessoa fica em posição ereta ou sentada por muito tempo. Essa dor desaparece quando a pessoa se deita com as pernas elevadas. A dor que persiste quando o indivíduo está deitado, em geral, é decorrente de irritação de nervos. As varizes também costumam causar inchaço, mas esta é uma característica que também aparece em virtude de muitas outras causas, como insuficiência cardíaca, hepática ou renal. Quando atingem os pequenos vasos, as varizes raramente trazem sintomas e o problema, em geral, é só estético. Apenas quando ocorre em excesso, naqueles pequenos vasos vermelhos, a mulher, pode se queixar de uma sensação de queimação durante o período menstrual. Nestes casos é indicada escleroterapia, que é um tratamento estético. Em outros casos a dor pode servir de alerta, pode se tratar de dor decorrente de insuficiência de circulação arterial. Nestes casos, a dor é chamada de claudicação intermitente e se caracteriza por se apresentar sempre que o paciente executa determinada atividade física. Mais preocupante é a chamada dor isquêmica de repouso. Ela ocorre à noite, quando o indivíduo se deita, e às vezes acorda com esta dor. Pode se manifestar nos dedos dos pés e obriga a pessoa a acordar e a abaixar os pés, o que ajuda a circulação. Às vezes até a pessoa chega a dormir sentada, e isto é sinal de uma insuficiência arterial já grave e representa risco de perda de membro. É uma dor diferente da dor no nervo e sugere um grau mais avançado do problema. Em geral, quando sente dor, o paciente tem medo de andar, porque acha que pode piorar o problema. Neste caso é o oposto: andar é o que vai fazê-lo desempenhar melhor a função muscular. É aconselhável que ande até chegar a dor, pare, ande novamente. Além, é claro, de combater os fatores de risco: parar de fumar, controlar a pressão arterial, a gordura alta no sangue, o diabetes e a obesidade. Mas existe também o fator genético nestas doenças arteriais, que não é controlável. Dr. Mauri Comparim (Angiologista e cirurgião vascular e endovascular) - CRM 1975 Fevereiro 2008 TotalSaúde 19

20 Personalidade Hipoco destrutivas e onipotentes para, tal qual na primeira infância, controlar de forma mágica o medo do aniquilamento através dos fármacos. Os que utilizam como mecanismo de defesa do ego, um sistema paranóico, por exemplo, desconfiando dos profissionais da saúde que os atendem, tentam conservá-lo, tornando-se adictos a drogas físicas como remédios e tendem a vincular-se fanaticamente a instituições que garantam a responsabilidade da culpa de seus males a terceiros (ex. exorcizar os maus espíritos), ou confiam na promessa da cura pelo milagre. Nas últimas duas edições vocês acompanharam tipos de personalidades predispostas à dependência, nesta edição veremos mais uma, assim como características comuns dos adictos e possíveis saídas para esse grave problema. Personalidades Hipocondríacas São indivíduos que na procura constante de combater a sua depressão latente, seu temor à morte e a perseguição por doenças malignas, acabam concretizando no próprio corpo suas fantasias Conduta e Traços de Caráter dos Toxicômanos Nos trabalhos psicanalíticos sobre toxicômanos encontramos características de ordens diferentes, mas comuns a quase todos, entre elas podemos destacar a conduta compulsiva; a instabilidade afetiva; um ego que se defende como nos primeiros anos de vida, utilizando as defesas primitivas, como a negação, projeção, cisão, etc; predomínio de um pensamento concreto e de uma lógica singular; alterações da identidade; juízo alterado da realidade pela percepção muito particular da mesma e falhas na capacidade de simbolizar e sublimar. 20 TotalSaúde Fevereiro 2008

21 Saúde ndríaca e conduta de caráter Evidentemente, conforme se cronifica a dependência às drogas lícitas ou não, se cronificam também seus efeitos colaterais, sejam físicos, psíquicos, morais, profissionais, familiares ou sociais. Perante esta realidade, a conscientização do problema e a procura de sua superação é uma luta contra o tempo. O Tratamento A experiência da adição é considerada na atualidade como um dos maiores problemas que atingem assustadoramente nossos jovens. É um distúrbio que rompe as atitudes naturais e sintônicas com os valores da cultura, exigindo do seu meio familiar e social medidas normalizadoras, para que possam desenvolver esquemas interpretativos que favoreçam a reintegração ao mundo e a vida cotidiana. Nota-se que o par adição/doença apresenta a dependência como uma doença que envolve muito mais que o uso de drogas, pois conduz o adicto a isolar-se e a romper os vínculos afetivos com os outros, caracterizando uma doença que se evidencia pelas maneiras anti-sociais de funcionar. Existem várias linhas de tratamento, porém de nada servirão se não houver no primeiro momento, o reconhecimento e a aceitação de que o problema é real, tanto pelo adicto como pela sua família, e num segundo momento, o empenho de todos por resolvê- -lo. Médicos, psicoterapeutas, grupos de apoio, c l í n i c a s e s p e c i a l i z a d a s c o m e q u i p e s multidisciplinares e uma série de procedimentos e instituições são recursos disponíveis para ajudar, paralelamente, ao adicto e sua família neste difícil processo que, principalmente, envolve: paciência, carinho, boa comunicação, prevalecimento sempre da verdade, instalação de limites e persistência para poder assim ter um final feliz. Dra Ana Díaz González (Membro efetivo da Sociedade de Psicanálise de MS, Membro Associado da Associação Brasileira de Psicanálise ABP, Membro Associado da Federação de Psicanálise da América Latina FEPAL, Membro Associado da International Psychoanalytical Association) Fevereiro 2008 TotalSaúde 21

FEBRE AMARELA: Informações Úteis

FEBRE AMARELA: Informações Úteis FEBRE AMARELA: Informações Úteis Quando aparecem os sintomas? Os sintomas da febre amarela, em geral, aparecem entre o terceiro e o sexto dia após a picada do mosquito. Quais os sintomas? Os sintomas são:

Leia mais

SENADO FEDERAL SONO COM QUALIDADE SENADOR CLÉSIO ANDRADE

SENADO FEDERAL SONO COM QUALIDADE SENADOR CLÉSIO ANDRADE SENADO FEDERAL SONO COM QUALIDADE SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Sono com qualidade apresentação Uma boa noite de sono nos fazer sentir bem e com as forças renovadas. O contrário também vale. Uma péssima noite

Leia mais

Tome uma injeção de informação. Diabetes

Tome uma injeção de informação. Diabetes Tome uma injeção de informação. Diabetes DIABETES O diabetes é uma doença crônica, em que o pâncreas não produz insulina em quantidade suficiente, ou o organismo não a utiliza da forma adequada. Tipos

Leia mais

A Importância do Sono

A Importância do Sono 1 A Importância do Sono Dra. Regeane Trabulsi Cronfli É um total contra-senso o fato de que, num mundo em que cerca de 16 a 40% das pessoas em geral sofrem de insônia, haja aquelas que, iludidas pelos

Leia mais

Proteger nosso. Futuro

Proteger nosso. Futuro Proteger nosso Futuro A Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) é uma entidade sem fins lucrativos criada em 1943, tendo como objetivo unir a classe médica especializada em cardiologia para o planejamento

Leia mais

Neurociência e Saúde Mental

Neurociência e Saúde Mental 1 O QUE É DEFICIÊNCIA MENTAL OU INTELECTUAL http://www.apaesp.org.br/sobreadeficienciaintelectual A Deficiência Intelectual, segundo a Associação Americana sobre Deficiência Intelectual do Desenvolvimento

Leia mais

A seguir enumeramos algumas caracteristicas do TBH:

A seguir enumeramos algumas caracteristicas do TBH: OQUEÉOTRANSTORNOBIPOLARDO HUMOR(TBH)? O transtorno bipolar do humor (também conhecido como psicose ou doença maníaco-depressiva) é uma doença psiquiátrica caracterizada por oscilações ou mudanças de humor

Leia mais

DOENÇAS CARDÍACAS NA INSUFICIÊNCIA RENAL

DOENÇAS CARDÍACAS NA INSUFICIÊNCIA RENAL DOENÇAS CARDÍACAS NA INSUFICIÊNCIA RENAL As doenças do coração são muito freqüentes em pacientes com insuficiência renal. Assim, um cuidado especial deve ser tomado, principalmente, na prevenção e no controle

Leia mais

PONTA DELGADA AÇORES 08 a 10 de MAIO de 2013 Emmanuel Fortes S. Cavalcanti 3º Vice Presidente CFM - Brasil

PONTA DELGADA AÇORES 08 a 10 de MAIO de 2013 Emmanuel Fortes S. Cavalcanti 3º Vice Presidente CFM - Brasil PONTA DELGADA AÇORES 08 a 10 de MAIO de 2013 Emmanuel Fortes S. Cavalcanti 3º Vice Presidente CFM - Brasil Trabalho de educação continuada desenvolvido pelo CRM-AL em 2002. Atendimento de profissionais

Leia mais

sobre pressão alta Dr. Decio Mion

sobre pressão alta Dr. Decio Mion sobre pressão alta Dr. Decio Mion 1 2 Saiba tudo sobre pressão alta Dr. Decio Mion Chefe da Unidade de Hipertensão do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP)

Leia mais

A importância da Atividade Física

A importância da Atividade Física A importância da Atividade Física Introdução Mas o que é atividade física? De acordo com Marcello Montti, atividade física é definida como um conjunto de ações que um indivíduo ou grupo de pessoas pratica

Leia mais

24 motivos. academia. para entrar na

24 motivos. academia. para entrar na para entrar na academia Mais um ano se inicia e com ele chegam novas perspectivas e objetivos. Uma das principais promessas feitas é deixar o sedentarismo de lado e entrar na academia! Nesta época é comum

Leia mais

Fonte: Jornal Carreira & Sucesso - 151ª Edição

Fonte: Jornal Carreira & Sucesso - 151ª Edição IDENTIFICANDO A DEPRESSÃO Querida Internauta, Lendo o que você nos escreveu, mesmo não sendo uma profissional da área de saúde, é possível identificar alguns sintomas de uma doença silenciosa - a Depressão.

Leia mais

D I R E T O R I A D E S A Ú D E

D I R E T O R I A D E S A Ú D E Saúde In Forma Junho/2013 Dia 26 de Junho Dia Nacional do Diabetes Diabetes é uma doença metabólica caracterizada por um aumento anormal da glicose ou açúcar no sangue. A glicose é a principal fonte de

Leia mais

Homeopatia. Copyrights - Movimento Nacional de Valorização e Divulgação da Homeopatia mnvdh@terra.com.br 2

Homeopatia. Copyrights - Movimento Nacional de Valorização e Divulgação da Homeopatia mnvdh@terra.com.br 2 Homeopatia A Homeopatia é um sistema terapêutico baseado no princípio dos semelhantes (princípio parecido com o das vacinas) que cuida e trata de vários tipos de organismos (homem, animais e plantas) usando

Leia mais

EXERCÍCIO E DIABETES

EXERCÍCIO E DIABETES EXERCÍCIO E DIABETES Todos os dias ouvimos falar dos benefícios que os exercícios físicos proporcionam, de um modo geral, à nossa saúde. Pois bem, aproveitando a oportunidade, hoje falaremos sobre a Diabetes,

Leia mais

Redações vencedoras I Concurso de Redação

Redações vencedoras I Concurso de Redação Redações vencedoras I Concurso de Redação 1 Lugar Aluno: Julia Stefani Moraes Professora: Regina M. Macedo de Melo Castro Informação: A melhor maneira de combater o câncer Penso que falar sobre este assunto

Leia mais

CARTILHA DO PACIENTE PORTADOR DA DOENÇA DE CHAGAS

CARTILHA DO PACIENTE PORTADOR DA DOENÇA DE CHAGAS CARTILHA DO PACIENTE PORTADOR DA DOENÇA DE CHAGAS UM COMPROMISSO COM A VIDA CARTILHA DO PACIENTE PORTADOR DA DOENÇA DE CHAGAS AMBULATÓRIO DE DOENÇA DE CHAGAS UNIDADE DE INSUFICIÊNCIA CARDÍACA UNIDADE DE

Leia mais

Doação de leite materno salva vidas de bebês nas UTIs

Doação de leite materno salva vidas de bebês nas UTIs Doação de leite materno salva vidas de bebês nas UTIs Além do atendimento especializado que somente a UTI Neonatal pode oferecer aos bebês prematuros, o leite materno é fundamental para que se desenvolvam

Leia mais

Viva Bem! Cuide da Sua Saúde!

Viva Bem! Cuide da Sua Saúde! Viva Bem! Cuide da Sua Saúde! O Serviço Social da Construção Alimentação Saudável Quanto mais colorida for a sua alimentação, maior a presença de nutrientes no seu corpo e melhor será a sua saúde. 50%

Leia mais

Leia sem moderação. Alcoolismo

Leia sem moderação. Alcoolismo Leia sem moderação. Alcoolismo ALCOOLISMO O alcoolismo é uma doença grave causada pela ingestão contínua de bebidas alcoólicas. A pessoa torna-se prisioneira do ato de beber, sofrendo conseqüências sociais,

Leia mais

Veículo: Jornal da Comunidade Data: 24 a 30/07/2010 Seção: Comunidade Vip Pág.: 4 Assunto: Diabetes

Veículo: Jornal da Comunidade Data: 24 a 30/07/2010 Seção: Comunidade Vip Pág.: 4 Assunto: Diabetes Veículo: Jornal da Comunidade Data: 24 a 30/07/2010 Seção: Comunidade Vip Pág.: 4 Assunto: Diabetes Uma vida normal com diabetes Obesidade, histórico familiar e sedentarismo são alguns dos principais fatores

Leia mais

CAPÍTULO II: REVISÃO DE LITERATURA. 2.1 Conceito de Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade

CAPÍTULO II: REVISÃO DE LITERATURA. 2.1 Conceito de Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade CAPÍTULO I: INTRODUÇÃO O Transtorno de Déficit de Atenção (TDAH) pode ser definido como um transtorno neurobiológico, normalmente detectado ainda na infância. Podendo ser caracterizada pela desatenção,

Leia mais

O GUIA COMPLETO TIRE TODAS SUAS DÚVIDAS SOBRE ANDROPAUSA

O GUIA COMPLETO TIRE TODAS SUAS DÚVIDAS SOBRE ANDROPAUSA O GUIA COMPLETO TIRE TODAS SUAS DÚVIDAS SOBRE ANDROPAUSA O QUE É ANDROPAUSA? Problemas hormonais surgidos em função da idade avançada não são exclusivos das mulheres. Embora a menopausa seja um termo conhecido

Leia mais

O que são varizes? IX Semana Estadual de Saúde Vascular

O que são varizes? IX Semana Estadual de Saúde Vascular O que são varizes? Varizes são veias que se tornaram dilatadas e tortuosas ao longo das pernas. Algumas varizes são calibrosas e evidentes na pele. Outras, de menor calibre, chamadas de microvarizes ou

Leia mais

Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira DIABETES

Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira DIABETES Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira DIABETES Introdução Geralmente, as pessoas descobrem estar diabéticas quando observam que, apesar

Leia mais

Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes

Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes Objetivos: - Desenvolver uma visão biopsicossocial integrada ao ambiente de trabalho, considerando

Leia mais

Ômega 3: a gordura aliada do cérebro e do coração

Ômega 3: a gordura aliada do cérebro e do coração Ômega 3: a gordura aliada do cérebro e do coração Estes ácidos graxos também combatem a depressão, o diabetes e a obesidade Arenque é o peixe mais rico em ômega 3. Esses ácidos graxos são chamados de essenciais,

Leia mais

A hepatite aguda causa menos danos ao fígado que a hepatite crônica.

A hepatite aguda causa menos danos ao fígado que a hepatite crônica. Hepatites Virais O FÍGADO E SUAS FUNÇÕES. O fígado é o maior órgão do corpo humano, está localizado no lado superior direito do abdômen, protegido pelas costelas (gradio costal). É responsável por aproximadamente

Leia mais

DEPRESSÃO. O que você precisa saber. Fênix Associação Pró-Saúde Mental

DEPRESSÃO. O que você precisa saber. Fênix Associação Pró-Saúde Mental DEPRESSÃO O que você precisa saber Fênix Associação Pró-Saúde Mental Eu admito que preciso de ajuda, pois sozinho não consigo... (Grupo Fênix: Os 6 Passos para a Recuperação) a 1 Edição São Paulo 2010

Leia mais

à diabetes? As complicações resultam da de açúcar no sangue. São frequentes e graves podendo (hiperglicemia).

à diabetes? As complicações resultam da de açúcar no sangue. São frequentes e graves podendo (hiperglicemia). diabetes Quando Acidente a glicemia vascular (glicose cerebral no sangue) (tromboses), sobe, o pâncreas uma das principais O que Quais é a diabetes? as complicações associadas à diabetes? produz causas

Leia mais

Você sabe os fatores que interferem na sua saúde?

Você sabe os fatores que interferem na sua saúde? DICAS DE SAÚDE 2 Promova a sua saúde. Você sabe os fatores que interferem na sua saúde? Veja o gráfico : 53% ao estilo de vida 17% a fatores hereditários 20% a condições ambientais 10% à assistência médica

Leia mais

CARTILHA DE PROMOÇÃO DA SAÚDE DOS PROFISSIONAIS DA VOZ E DA AUDIÇÃO

CARTILHA DE PROMOÇÃO DA SAÚDE DOS PROFISSIONAIS DA VOZ E DA AUDIÇÃO Superintendência de Saúde Segurança e Ambiente do Trabalho CARTILHA DE PROMOÇÃO DA SAÚDE DOS PROFISSIONAIS DA VOZ E DA AUDIÇÃO - Saúde Vocal - Ginástica Compensatória - Saúde Auditiva SINTTEL-Rio CARTILHA

Leia mais

ÁLCOOL E JOVENS. O que um jovem precisa saber. para evitar problemas.

ÁLCOOL E JOVENS. O que um jovem precisa saber. para evitar problemas. ÁLCOOL E JOVENS O que um jovem precisa saber para evitar problemas. Cerveja, vinhos, caipirinha, chope: elementos da vida cotidiana de muita gente. Essas bebidas ajudam a celebrar datas festivas, a selar

Leia mais

ALIMENTAÇÃO Preventiva. Volume I

ALIMENTAÇÃO Preventiva. Volume I ALIMENTAÇÃO Preventiva Volume I By porque evoluir é preciso Que o teu alimento seja seu medicamento Hipócrates Pai da medicina moderna Não coma, nutra-se! Existem muitas informações importantes disponíveis,

Leia mais

Programa Slim. Emagrecimento SLIM FORM. 2 a Etapa Diagnóstico. 3 a Etapa Tratamento. 1 a Etapa Avaliação

Programa Slim. Emagrecimento SLIM FORM. 2 a Etapa Diagnóstico. 3 a Etapa Tratamento. 1 a Etapa Avaliação for Kids Programa Slim for Kids Programa voltado para escolas, alunos e pais visando a melhora na alimentação, controle da obesidade, saúde e qualidade de vida. Formada por uma equipe multidisciplinar

Leia mais

Proposta para Implantação do Programa Atividade Física & Mulheres

Proposta para Implantação do Programa Atividade Física & Mulheres 2 Proposta para Implantação do Programa Atividade Física & Mulheres Ana Paula Bueno de Moraes Oliveira Graduada em Serviço Social Pontifícia Universidade Católica de Campinas - PUC Campinas Especialista

Leia mais

CARTILHA BEM-ESTAR PATROCÍNIO EXECUÇÃO

CARTILHA BEM-ESTAR PATROCÍNIO EXECUÇÃO CARTILHA BEM-ESTAR PATROCÍNIO EXECUÇÃO Cartilha Informativa Alimentação saudável e atividade física: as bases essenciais para a construção de um organismo saudável Alimentos saudáveis associados à atividade

Leia mais

atitudeé prevenir-se Moradores da Mooca:

atitudeé prevenir-se Moradores da Mooca: atitudeé prevenir-se Moradores da Mooca: Nós temos atitude, e você? O Câncer do Intestino pode ser prevenido com um teste simples e indolor que pode ser realizado em sua casa. O teste é GRATUITO oferecido

Leia mais

Educação e Saúde Profa Vânia Vieira Costa

Educação e Saúde Profa Vânia Vieira Costa Educação e Saúde Profa Vânia Vieira Costa Aula IV 15/05/2012 AULA DE HOJE Saúde Bucal Saúde Ocular TDAH Google imagens A boca não apenas como um órgão http://www.fotosearch.com.br/ www.mesarubra.blogger.com.br/boca.jpg

Leia mais

O começo na Educação Infantil

O começo na Educação Infantil O começo na Educação Infantil Ao entrar na pré-escola, a criança vive um momento delicado, pois tem que aprender, de uma só vez, a afastar-se do convívio familiar e a criar novas relações afetivas. A emoção

Leia mais

CARTILHA DA GRÁVIDA 1

CARTILHA DA GRÁVIDA 1 CARTILHA DA GRÁVIDA 1 2 SUMÁRIO SOBRE A FEBRASGO 4 PRIMEIROS SINTOMAS 5 ETAPAS DA GESTAÇÃO 6 IMPORTÂNCIA DO PRÉ-NATAL 8 OBJETIVOS DO PRÉ-NATAL JUNTO À MÃE 9 OBJETIVOS DO PRÉ-NATAL JUNTO AO BEBÊ 10 OBJETIVOS

Leia mais

PROGRAMA DE QUALIDADE DE VIDA DO TRABALHADOR

PROGRAMA DE QUALIDADE DE VIDA DO TRABALHADOR PROGRAMA DE QUALIDADE DE VIDA DO TRABALHADOR Prof. Dr. Jones Alberto de Almeida Divisão de saúde ocupacional Barcas SA/ CCR ponte A necessidade de prover soluções para demandas de desenvolvimento, treinamento

Leia mais

NUTRIÇÃO INFANTIL E AS CONSEQUENCIAS NOS CICLOS DA VIDA. Profª Ms. Ana Carolina L. Ottoni Gothardo

NUTRIÇÃO INFANTIL E AS CONSEQUENCIAS NOS CICLOS DA VIDA. Profª Ms. Ana Carolina L. Ottoni Gothardo NUTRIÇÃO INFANTIL E AS CONSEQUENCIAS NOS CICLOS DA VIDA Profª Ms. Ana Carolina L. Ottoni Gothardo Infância -Promoção e consolidação dos hábitos alimentares - Incremento das necessidades nutricionais para

Leia mais

Apresentação Mobilização no combate à dengue

Apresentação Mobilização no combate à dengue Apresentação Mobilização no combate à dengue Atualmente, a dengue é considerada um dos principais problemas de saúde pública do mundo. Com a temporada de chuvas, os riscos de surtos da doença ficam ainda

Leia mais

azul NOVEMBRO azul Saúde também é coisa de homem. Doenças Cardiovasculares (DCV)

azul NOVEMBRO azul Saúde também é coisa de homem. Doenças Cardiovasculares (DCV) Doenças Cardiovasculares (DCV) O que são as Doenças Cardiovasculares? De um modo geral, são o conjunto de doenças que afetam o aparelho cardiovascular, designadamente o coração e os vasos sanguíneos. Quais

Leia mais

Bipolaridade Curso Profissional de Técnico de Apoio Psicossocial- 2º ano Módulo nº5- Semiologia Psíquica Portefólio de Psicopatologia Ana Carrilho-

Bipolaridade Curso Profissional de Técnico de Apoio Psicossocial- 2º ano Módulo nº5- Semiologia Psíquica Portefólio de Psicopatologia Ana Carrilho- Bipolaridade Curso Profissional de Técnico de Apoio Psicossocial- 2º ano Módulo nº5- Semiologia Psíquica Portefólio de Psicopatologia Ana Carrilho- 11ºB Enquadramento Filme Mr.Jones Mr.Jones é um homem

Leia mais

ORIENTAÇÃO ÀS CHEFIAS NAS SITUAÇÕES DE FUNCIONÁRIOS COM PROBLEMAS DE ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS. O PAPEL DA CHEFIA

ORIENTAÇÃO ÀS CHEFIAS NAS SITUAÇÕES DE FUNCIONÁRIOS COM PROBLEMAS DE ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS. O PAPEL DA CHEFIA ORIENTAÇÃO ÀS CHEFIAS NAS SITUAÇÕES DE FUNCIONÁRIOS COM PROBLEMAS DE ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS. O PAPEL DA CHEFIA Como chefe de alguém que apresenta problemas relacionados ao uso de álcool e/ou outras drogas,

Leia mais

Câncer de Mama COMO SÃO AS MAMAS:

Câncer de Mama COMO SÃO AS MAMAS: Câncer de Mama COMO SÃO AS MAMAS: As mamas (ou seios) são glândulas e sua função principal é a produção de leite. Elas são compostas de lobos que se dividem em porções menores, os lóbulos, e ductos, que

Leia mais

Parabéns!! Você está grávida!

Parabéns!! Você está grávida! Parabéns!! Você está grávida! Você está grávida e mudanças acontecerão no seu corpo e nas suas emoções. É um caminho, um tempo e uma experiência ímpar, que você não perceberá, mas fará de você uma nova

Leia mais

Em pleno novo milênio nossa sociedade aparece com uma

Em pleno novo milênio nossa sociedade aparece com uma 8 Epidemiologia da Atividade Física & Doenças Crônicas: Diabetes Dênis Marcelo Modeneze Graduado em Educação Física Mestre em Educação Física na Área de Atividade Física, Adaptação e Saúde-UNICAMP Em pleno

Leia mais

FACULDADE CENECISTA DE OSÓRIO CURSO DE EXTENSÃO PROJETO NOSSA ESCOLA PESQUISA SUA OPINIÃO - PÓLO RS CURSO ESCOLA E PESQUISA: UM ENCONTRO POSSÍVEL

FACULDADE CENECISTA DE OSÓRIO CURSO DE EXTENSÃO PROJETO NOSSA ESCOLA PESQUISA SUA OPINIÃO - PÓLO RS CURSO ESCOLA E PESQUISA: UM ENCONTRO POSSÍVEL FACULDADE CENECISTA DE OSÓRIO CURSO DE EXTENSÃO PROJETO NOSSA ESCOLA PESQUISA SUA OPINIÃO - PÓLO RS CURSO ESCOLA E PESQUISA: UM ENCONTRO POSSÍVEL ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL ILDO MENEGHETTI

Leia mais

HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS (SERVIÇO DE CARDIOLOGIA E CIRURGIA CARDIOVASCULAR)

HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS (SERVIÇO DE CARDIOLOGIA E CIRURGIA CARDIOVASCULAR) HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS (SERVIÇO DE CARDIOLOGIA E CIRURGIA CARDIOVASCULAR) REVISÃO DE DOENÇA DE ARTÉRIA CORONÁRIA Seu coração é uma bomba muscular poderosa. Ele é

Leia mais

SENADO FEDERAL PRESSÃO CONTROLADA SENADOR CLÉSIO ANDRADE

SENADO FEDERAL PRESSÃO CONTROLADA SENADOR CLÉSIO ANDRADE SENADO FEDERAL PRESSÃO CONTROLADA SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Pressão controlada apresentação Chamada popularmente de pressão alta, a hipertensão é grave por dois motivos: não apresenta sintomas, ou seja,

Leia mais

Art. 2º - São diretrizes da Política Municipal de Educação Alimentar e Combate à Obesidade:

Art. 2º - São diretrizes da Política Municipal de Educação Alimentar e Combate à Obesidade: PROJETO DE LEI N. 426/2013 ESTADO DO AMAZONAS ESTABELECE diretrizes para a Política Municipal de Educação Alimentar Escolar e Combate à Obesidade, e dá outras providências. Art.1º - O Poder Público Municipal,

Leia mais

VISÃO: MITOS E VERDADES

VISÃO: MITOS E VERDADES Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade física adaptada e saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira VISÃO: MITOS E VERDADES Quem usa óculos enxerga pior à noite? Os míopes enxergam menos à noite, mesmo

Leia mais

AVISO IMPORTANTE ESTA CARTILHA ESTÁ SENDO DISTRIBUÍDA PARA TODOS OS PROFESSORES DO BLOG: http://www.sosprofessor.com.br/blog

AVISO IMPORTANTE ESTA CARTILHA ESTÁ SENDO DISTRIBUÍDA PARA TODOS OS PROFESSORES DO BLOG: http://www.sosprofessor.com.br/blog AVISO IMPORTANTE ESTA CARTILHA ESTÁ SENDO DISTRIBUÍDA PARA TODOS OS PROFESSORES DO BLOG: http://www.sosprofessor.com.br/blog DICAS PARA UTILIZAÇÃO DESTA CARTILHA 1. Você pode distribuí-la para todos os

Leia mais

Informações ao Paciente

Informações ao Paciente Informações ao Paciente Introdução 2 Você foi diagnosticado com melanoma avançado e lhe foi prescrito ipilimumabe. Este livreto lhe fornecerá informações acerca deste medicamento, o motivo pelo qual ele

Leia mais

Idade, ela pesa 07/07/ 2015. Minhavida.com.br

Idade, ela pesa 07/07/ 2015. Minhavida.com.br Todo mundo quer viver muitos anos, não é mesmo? Mas você já se questionou se está somando mais pontos contra do que a favor na busca pela longevidade? Por isso mesmo, um estudo da Universidade da Califórnia,

Leia mais

Colesterol O que é Isso? Trabalhamos pela vida

Colesterol O que é Isso? Trabalhamos pela vida Colesterol O que é Isso? X O que é o Colesterol? Colesterol é uma gordura encontrada apenas nos animais Importante para a vida: Estrutura do corpo humano (células) Crescimento Reprodução Produção de vit

Leia mais

AULAS PRÁTICAS DA DISCIPLINA DE EPIDEMIOLOGIA II

AULAS PRÁTICAS DA DISCIPLINA DE EPIDEMIOLOGIA II AULAS PRÁTICAS DA DISCIPLINA DE EPIDEMIOLOGIA II 1. Objetivos das aulas práticas 1.1 Gerais Ser capaz de, através do cadastramento, detectar problemas, pensar nas causas destes problemas e propor soluções

Leia mais

A importância do tratamento contra a aids

A importância do tratamento contra a aids dicas POSITHIVAS A importância do tratamento contra a aids Por que tomar os medicamentos (o coquetel) contra o HIV? A aids é uma doença que ainda não tem cura, mas tem tratamento. Tomando os remédios corretamente,

Leia mais

Nome/Código arquivo: 2013_11_11 Mem_Reun_Saúde _ Associação dos Moradores e Produtores da Vila Izabel AMPRAVI - Anapu.

Nome/Código arquivo: 2013_11_11 Mem_Reun_Saúde _ Associação dos Moradores e Produtores da Vila Izabel AMPRAVI - Anapu. Assunto: Orientar e esclarecer as dúvidas da população sobre as Ações Preventivas na Área de Saúde Pública em virtude da construção da UHE Belo Monte. Redator: Ranney Matos dos Santos Data: 11-11-2013

Leia mais

Aumentar o Consumo dos Hortofrutícolas

Aumentar o Consumo dos Hortofrutícolas Aumentar o Consumo dos Hortofrutícolas As doenças crónicas não transmissíveis são responsáveis por 63% das causas de morte no mundo Fonte: WHO; Global status report on noncommunicable diseases, 2010 O

Leia mais

Des estresse! 01. Afinal de contas, o que é estresse?

Des estresse! 01. Afinal de contas, o que é estresse? Akira Nakao Des estresse! Você é competitivo, estressado, equilibrado, acomodado, tranquilo ou couraceiro? Lembra do material da nossa primeira semana? 01. Afinal de contas, o que é estresse? É um mecanismo:

Leia mais

Vamos falar sobre câncer?

Vamos falar sobre câncer? Vamos falar sobre câncer? O SIEMACO sempre está ao lado dos trabalhadores, seja na luta por melhores condições de trabalho, lazer e educação ou na manutenção da saúde, visando a promoção e ascensão social.

Leia mais

EXERCÍCIO FÍSICO: ESTRATÉGIA PRIORITÁRIA NA PROMOÇÃO DA SAÚDE E DA QUALIDADE DE VIDA.

EXERCÍCIO FÍSICO: ESTRATÉGIA PRIORITÁRIA NA PROMOÇÃO DA SAÚDE E DA QUALIDADE DE VIDA. 1 EXERCÍCIO FÍSICO: ESTRATÉGIA PRIORITÁRIA NA PROMOÇÃO DA SAÚDE E DA QUALIDADE DE VIDA. Tales de Carvalho, MD, PhD. tales@cardiol.br Médico Especialista em Cardiologia e Medicina do Esporte; Doutor em

Leia mais

UMA VISÃO CLÍNICA DO TRANSTORNO DE DÉFICIT DE ATENÇÃO COM HIPERATIVIDADE NA CRIANÇA: REVISÃO

UMA VISÃO CLÍNICA DO TRANSTORNO DE DÉFICIT DE ATENÇÃO COM HIPERATIVIDADE NA CRIANÇA: REVISÃO UMA VISÃO CLÍNICA DO TRANSTORNO DE DÉFICIT DE ATENÇÃO COM HIPERATIVIDADE NA CRIANÇA: REVISÃO Érika Cristina Moreno 2 ; Priscila Medeiros Araújo 2 ; Romilda Ferreira de Sousa Oliveira 2 ; Rosivânia Barbosa

Leia mais

Nome/Código arquivo: 2014_01_13_Mem. Reunião Saúde _ Guarda Municipal-Altamira/Pará.

Nome/Código arquivo: 2014_01_13_Mem. Reunião Saúde _ Guarda Municipal-Altamira/Pará. Assunto: Orientar e esclarecer as dúvidas da população sobre as Ações Preventivas na Área de Saúde Pública em virtude da construção da UHE Belo Monte. Redator: Ranney Matos dos Santos Data: 13_01_2014

Leia mais

REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE

REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE Adolescência 11 aos 20 anos Mudanças: Amadurecimento biológico Sexual Psicológico Social Características Adolescência Mudança de interesses Conflitos com a família Maior

Leia mais

MANUAL DO VOLUNTÁRIO. Ajudar uma criança é tornar o mundo melhor.

MANUAL DO VOLUNTÁRIO. Ajudar uma criança é tornar o mundo melhor. MANUAL DO VOLUNTÁRIO Ajudar uma criança é tornar o mundo melhor. Apresentação No decorrer do ano de 2010, muitas mudanças estruturais ocorreram na Casa do Bom Menino. Podemos colher alguns frutos positivos

Leia mais

Saúde Naval MANUAL DE SAÚDE

Saúde Naval MANUAL DE SAÚDE Saúde Naval MANUAL DE SAÚDE IDOSO DOENÇAS MAIS COMUNS Com a chegada da terceira idade, alguns problemas de saúde começam a aparecer, conheça alguns dos mais comuns e saiba como se prevenir: 1 2 DIABETES

Leia mais

O TAMANHO DO PROBLEMA

O TAMANHO DO PROBLEMA FÍSICA MÉDICA O TAMANHO DO PROBLEMA Quantos hipertensos existem no Brasil? Estimativa de Prevalência de Hipertensão Arterial (1998) 13 milhões se considerar cifras de PA > 160 e/ou 95 mmhg 30 milhões

Leia mais

A patroa quer emagrecer

A patroa quer emagrecer A patroa quer emagrecer A UU L AL A Andando pela rua, você passa em frente a uma farmácia e resolve entrar para conferir seu peso na balança. E aí vem aquela surpresa: uns quilinhos a mais, ou, em outros

Leia mais

Coração Saudável! melhor dele?

Coração Saudável! melhor dele? As doenças cardiovasculares (DCV s) - incluem as doenças coronarianas e o acidente vascular cerebral (AVC) também conhecido como derrame afetam pessoas de todas as idades, até mesmo mulheres e crianças.

Leia mais

DISLEXIA E TDAH: SUBSÍDIOS ÀS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS ERONICE DE SOUZA LEÃO PSICOPEDAGOGA

DISLEXIA E TDAH: SUBSÍDIOS ÀS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS ERONICE DE SOUZA LEÃO PSICOPEDAGOGA DISLEXIA E TDAH: SUBSÍDIOS ÀS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS ERONICE DE SOUZA LEÃO PSICOPEDAGOGA DISLEXIA E TDAH: SUBSÍDIOS ÀS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NEM TODAS AS DIFICULDADES DE APRENDER SÃO TRANSTORNOS DE APRENDIZAGEM

Leia mais

Nome/Código arquivo: 2013_11_12 Mem.Reun.Saúde _ Escola do Evangelho Belo Monte Vitória do Xingu

Nome/Código arquivo: 2013_11_12 Mem.Reun.Saúde _ Escola do Evangelho Belo Monte Vitória do Xingu Assunto: Orientar e esclarecer as dúvidas da população sobre as Ações Preventivas na Área de Saúde Pública em virtude da construção da UHE Belo Monte. Redator: Èrica Silva Data: 12-11-2013 Duração: 14h30min

Leia mais

Será que estou grávida?

Será que estou grávida? A UU L AL A Será que estou grávida? - Alzira tá diferente... Tá com a cara redonda, inchada. Está com cara de grávida! - Não sei o que eu tenho. Toda manhã acordo enjoada e vomitando. - A Neide engordou

Leia mais

TIREÓIDE. O que é tireóide?

TIREÓIDE. O que é tireóide? TIREÓIDE O que é tireóide? A tireóide é uma glândula em forma de borboleta, situada no pescoço, logo abaixo do ossinho do pescoço, popularmente conhecido como gogó. A tireóide produz um hormônio capaz

Leia mais

A contribuição da Psicologia no Tratamento Clínico e Cirúrgico da Obesidade

A contribuição da Psicologia no Tratamento Clínico e Cirúrgico da Obesidade A contribuição da Psicologia no Tratamento Clínico e Cirúrgico da Obesidade Thaís Cristina Simamoto* Thaís Silva Luiz* A obesidade mórbida é uma doença crônica metabólica que combina grandes chances de

Leia mais

SAÚDE E TRATAMENTOS MÉDICOS

SAÚDE E TRATAMENTOS MÉDICOS SAÚDE E TRATAMENTOS MÉDICOS CENTRO DE PROMOÇÃO À SAÚDE Iwata-shi Kounodai 57-1 É um órgão da prefeitura que tem como objetivo principal: promover serviços visando o bem-estar e a saúde dos cidadãos e a

Leia mais

é a vez dos homens câncer.

é a vez dos homens câncer. Agora é a vez dos homens falarem sobre câncer. Agora é a vez dos homens falarem sobre câncer Uma publicação do SIEMACO Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Prestação de Serviços de Asseio e Conservação

Leia mais

Preparando a casa para receber o bebê

Preparando a casa para receber o bebê Preparando a casa Preparando a casa para receber o bebê Vamos ensinar aos pais os direitos das crianças? Está chegando a hora do bebê nascer. A família deve ajudar a gestante a preparar a casa para a chegada

Leia mais

Cartilha de Prevenção. ANS - nº31763-2. Diabetes. Fevereiro/2015

Cartilha de Prevenção. ANS - nº31763-2. Diabetes. Fevereiro/2015 Cartilha de Prevenção 1 ANS - nº31763-2 Diabetes Fevereiro/2015 Apresentação Uma das missões da Amafresp é prezar pela qualidade de vida de seus filiados e pela prevenção através da informação, pois esta

Leia mais

PROJETO PROMOÇÃO DA SAÚDE E EDUCAÇÃO SEXUAL EM MEIO ESCOLAR

PROJETO PROMOÇÃO DA SAÚDE E EDUCAÇÃO SEXUAL EM MEIO ESCOLAR PROJETO PROMOÇÃO DA SAÚDE E EDUCAÇÃO SEXUAL EM MEIO ESCOLAR A Diabetes afeta cerca de 366 milhões de pessoas em todo o mundo e cerca de 1 milhão de Portugueses. A cada 7 segundos morre no Planeta Terra

Leia mais

Doar sangue é rápido, simples e seguro. Mas para quem precisa desse gesto de solidariedade, não é nada simples. Ele vale a vida.

Doar sangue é rápido, simples e seguro. Mas para quem precisa desse gesto de solidariedade, não é nada simples. Ele vale a vida. FUNDAÇÃO PRÓ-SANGUE A Fundação Pró-Sangue é uma instituição pública ligada à Secretaria de Estado da Saúde e ao Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, mantendo com

Leia mais

Respire aliviado! Tuberculose tem cura

Respire aliviado! Tuberculose tem cura Respire aliviado! Tuberculose tem cura O que é tuberculose? A tuberculose é uma doença infecciosa causada por um micróbio visível apenas ao microscópio, chamado Bacilo de Koch (Mycobacterium tuberculosis).

Leia mais

Você conhece a Medicina de Família e Comunidade?

Você conhece a Medicina de Família e Comunidade? Texto divulgado na forma de um caderno, editorado, para a comunidade, profissionais de saúde e mídia SBMFC - 2006 Você conhece a Medicina de Família e Comunidade? Não? Então, convidamos você a conhecer

Leia mais

O desafio hoje para o Pediatra e também para sociedade é cuidar das crianças que vão viver 100 anos ou mais e que precisam viver com qualidade de

O desafio hoje para o Pediatra e também para sociedade é cuidar das crianças que vão viver 100 anos ou mais e que precisam viver com qualidade de O desafio hoje para o Pediatra e também para sociedade é cuidar das crianças que vão viver 100 anos ou mais e que precisam viver com qualidade de vida. A infância e adolescência são idades ideais para

Leia mais

Serviço de Psicologia do Instituto de Neurologia e Cardiologia de Curitiba:

Serviço de Psicologia do Instituto de Neurologia e Cardiologia de Curitiba: Serviço de Psicologia do Instituto de Neurologia e Cardiologia de Curitiba: Tem por objetivo prestar atendimento aos pacientes internados ou de forma ambulatorial no Hospital, bem como aos seus familiares,

Leia mais

Recupere. sono. o ritmo. Conselhos para pessoas que sofrem de insónia

Recupere. sono. o ritmo. Conselhos para pessoas que sofrem de insónia Recupere do sono o ritmo Conselhos para pessoas que sofrem de insónia Prefácio O sono é fundamental na vida de todos nós. Dormir não é um luxo, mas sim uma necessidade fisiológica que devemos respeitar.

Leia mais

CONHECENDO A PSICOTERAPIA

CONHECENDO A PSICOTERAPIA CONHECENDO A PSICOTERAPIA Psicólogo Emilson Lúcio da Silva CRP 12/11028 2015 INTRODUÇÃO Em algum momento da vida você já se sentiu incapaz de lidar com seus problemas? Se a resposta é sim, então você não

Leia mais

Requisitos mínimos para o programa de Residência em Pediatria

Requisitos mínimos para o programa de Residência em Pediatria Requisitos mínimos para o programa de Residência em Pediatria O programa de Residência em Pediatria prevê 60 horas de jornada de trabalho semanal, sendo 40 horas de atividades rotineiras e 20 horas de

Leia mais

PREVENÇÃO DAS DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS PREVENIR É PRECISO MANUAL DE ORIENTAÇÕES AOS SERVIDORES VIGIAS DA PREFEITURA DE MONTES CLAROS

PREVENÇÃO DAS DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS PREVENIR É PRECISO MANUAL DE ORIENTAÇÕES AOS SERVIDORES VIGIAS DA PREFEITURA DE MONTES CLAROS PREVENÇÃO DAS DOENÇAS MANUAL DE ORIENTAÇÕES AOS SERVIDORES CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS VIGIAS DA PREFEITURA DE MONTES CLAROS design ASCOM-PMMC PREVENIR É PRECISO DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS No

Leia mais

O que posso fazer com a insónia?

O que posso fazer com a insónia? Psicóloga: Chou Im Keng A noite é longa e as horas não passam, reviro-me na cama, não consigo dormir e espero pelo nascer do sol creio que quem já teve insónia com certeza já teve esse tipo de experiência

Leia mais

Edição EXTRA! Coleção Aché de Educação para a Saúde

Edição EXTRA! Coleção Aché de Educação para a Saúde Coleção Aché de Educação para a Saúde Edição EXTRA! Olá, leitor! Você sabia que no Aché nós trabalhamos para melhorar a qualidade de vida das pessoas? Desenvolver medicamentos é uma das formas de aumentar

Leia mais

Copyright Medical Port 2015 PROGRAMA DE PERDA DE PESO!

Copyright Medical Port 2015 PROGRAMA DE PERDA DE PESO! PROGRAMA DE PERDA DE PESO Agenda O método holístico de Perda de Peso Apresentação do corpo clínico Diferentes programas de perda de peso Unidades de saúde O Método holístico de Perda de Peso The importance

Leia mais