irtualização de Processos Compreendendo o Processo Eletrônico na Prática DO PODER JUDICIÁRIO ALAGOANO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "irtualização de Processos Compreendendo o Processo Eletrônico na Prática DO PODER JUDICIÁRIO ALAGOANO"

Transcrição

1 Compreendendo o Processo Eletrônico na Prática

2

3 Apresentação O Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas, diante dos avanços tecnológicos e das vantagens do processo eletrônico, resolveu implantar em todas as suas unidades judiciais o Processo Digital, visando substituir autos processuais disponíveis em papel, por autos digitais, oportunizando aos advogados e procuradores iniciarem um processo, protocolarem as petições e receberem intimações de despachos, decisões e sentenças no seu escritório. Ciente das significativas mudanças trazidas com a implantação do sistema de v dos processos, o Poder Judiciário do Estado de Alagoas, vem através deste informativo, apresentar aos operadores do direito e à sociedade em geral, informações sobre a implantação e funcionamento dessa nova realidade.

4 Base Normativa Lei Federal nº /2006 prevê o uso do meio eletrônico na comunicação de atos e transmissão de peças processuais, que será aplicado aos processos cíveis, penais, trabalhistas, incluindo juizados especiais, em todos os graus de jurisdição. Isso significa que os documentos oficiais, em regra, deixarão de ser apresentados na forma física, tornando-se, na sua totalidade, virtuais. A Resolução nº 30/2008 do Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas regulamenta o meio eletrônico de tramitação de processos judiciais, comunicação de atos, transmissão de peças processuais, credenciamento de usuários, dentre outras providências.

5 Objetivos e Vantagens ŸDar celeridade; ŸDiminuir Custos; ŸContribuir com a preservação do meio ambiente; ŸFacilitar o trabalho dos advogados; ŸMelhorar a qualidade do atendimento às partes e aos interessados.

6 Entendendo um pouco do processo eletrônico na prática O que é o processo eletronico? Em linhas gerais, o processo eletrônico é a completa substituição do papel por autos processuais virtuais.

7 Como serão os atos e os documentos no processo eletrônico? As petições e demais documentos enviados eletronicamente deverão, obrigatoriamente, ser gravados no formato PDF (Portable Document Format), pois, se enviados em outro formato, não serão recebidos. (Ver Ato Normativo) O ingresso das petições iniciais e intermediárias,todos em formato digital, nos autos de processo eletrônico, pode ser feito diretamente pelos advogados públicos e privados, sem necessidade da intervenção do cartório ou secretaria judicial, tudo de forma automática e com a segurança da emissão do recibo eletrônico de protocolo.

8 Como será a comunicação eletrônica dos atos processuais? A comunicação eletrônica dos atos processuais será feita através do Diário da Justiça Eletrônico e pelo portal e-saj no site do Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas (www.tjal.jus.br), conforme o caso. Os prazos processuais terão início no primeiro dia útil seguinte ao da publicação eletrônica. Considerar-se-á realizada a intimação no dia em que o intimado efetivar a consulta eletrônica ao teor da intimação, sendo certificado nos autos sua realização. Todavia, se o aviso de recebimento da intimação não ocorrer em até 10 (dez) dias corridos, contados da data do envio da intimação, considerar-se-á efetuada a intimação automaticamente na data do término desse prazo. Tudo conforme já dispõe a Lei Federal n /2006.

9 O envio de petições, recursos e peças processuais será considerado feito no dia e hora de seu encaminhamento (respeitando o horário de Brasília). Já a publicação de atos e comunicações processuais será considerada no momento em que ficarem disponíveis os dados no sistema eletrônico para consulta externa. Quando a petição eletrônica for enviada para atender o prazo processual, serão consideradas tempestivas as transmitidas até as 24 (vinte e quatro) horas do seu último dia.

10 E como fica a questão da segurança das informações? As consultas processuais são de natureza pública e poderão ser feitas pela internet, sendo que a disponibilização de documentos digitalizados ficará restrita às partes, seus advogados e aos membros do Ministério Público, ressalvadas as situações de segredo de justiça. A segurança é garantida por sistema de chaves públicas ICP-Brasil², que permite a assinatura digital de peças processuais e que, aliado a softwares de última geração, garantirão a integralidade e autenticidade dos documentos transmitidos ou armazenados no sistema de processo virtual do Poder Judiciário de Alagoas.

11 Assinatura digital A assinatura digital é uma modalidade de assinatura eletrônica, resultado de uma operação matemática que utiliza criptografia³ e permite aferir, com segurança, a origem e a integridade do documento. A assinatura digital fica de tal modo vinculada ao documento eletrônico que, em caso de qualquer alteração no documento, tornar-se-á inválida. A técnica permite não só verificar a autoria do documento, como estabelece também uma imutabilidade lógica de seu conteúdo.

12 Certificado digital Na prática, o certificado digital funciona como uma carteira de identidade virtual que permite a identificação segura do autor de uma mensagem ou da transação feita nos meios virtuais. Tecnicamente, o certificado é um documento eletrônico que, por meio de procedimentos lógicos e matemáticos, assegurará a integridade das informações e a autoria das transações. Esse documento eletrônico é gerado e assinado por uma terceira parte confiável, ou seja, uma Autoridade Certificadora que, seguindo regras emitidas pelo Comitê Gestor da ICP-Brasil e auditada pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação ITI, associa uma entidade (pessoa, processo, servidor) a um par de chaves criptográficas. O certificado contém os dados de seu titular, tais como nome, número do registro civil, assinatura da Autoridade Certificadora que o emitiu, entre outros, conforme detalhado na Política de Segurança de cada Autoridade Certificadora.

13 Considerações finais Como vimos, o processo eletrônico representa um salto quantitativo e qualitativo para o Poder Judiciário na prestação jurisdicional, pois garante e amplia o acesso à justiça, trazendo uma maior transparência, com democracia e participação. Ao lado disso, o Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas vem investindo com afinco em infra-estrutura e treinamento de seus servidores, tudo com intuito de prestar um melhor serviço à sociedade.

14 Perguntas frequentes Não tenho computador em casa. Como posso acessar as informações sobre o meu processo? Resposta: o Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas disponibiliza terminais de acesso livre para consulta eletrônica de processos, são os chamados terminais de auto-atendimento. Para os operadores do direito, salas reservadas na OAB contarão com todo suporte técnico necessário para operar no processo virtual. Caso o interessado não possua habilidade para utilizar as ferramentas eletrônicas, não haverá problema. Basta comparecer à unidade judicial em que o

15 processo tramita e o nosso servidor terá o maior prazer em atendê-lo, fornecendo as informações e o acesso aos documentos necessários. Como poderei ter acesso ao Processo Eletrônico? Resposta: O usuário terá que ser previamente credenciado no Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas ou nos órgãos conveniados, devendo comparecer para o registro da sua senha pessoal munido de identificação pessoal. O que é necessário para utilização do Peticionamento Eletrônico? Resposta: O usuário terá que ser previamente credenciado no Portal E-

16 possuir certificado digital, programa de geração de arquivos em PDF e software JAVA instalado na máquina a ser utilizada no momento do peticionamento. Sou advogado e tenho dúvida. Onde devo ir? Resposta: O advogado deverá procurar o administrador do Peticionamento Eletrônico na Ordem dos Advogados do Brasil em Alagoas. Qual o tamanho máximo por arquivo e especificações da digitalização? Resposta: Não tem tamanho máximo para os arquivos a serem enviados e as especificações estão publicadas no site do TJAL (www.tjal.jus.br).

17 Quais os processos serão digitais? Resposta: Inicialmente o projeto comtemplará a 16ª, 17ª e 18ª Varas da Fazenda Estadual e a 19ª Vara de Execução Fiscal Estadual. Posteriormente o projeto alcançará todas as competências. Para maiores informações consulte o site do TJAL (www.tjal.jus.br). Se o sistema ficar indisponível, por motivo técnico, no último dia do prazo processual? Resposta: o prazo será automaticamente prorrogado para o primeiro dia útil seguinte à solução do problema. Mas lembre-se, isso só ocorre se o problema for do sistema do Tribunal. Caso seu acesso à rede esteja inviável, procure outro ponto de internet e, por cautela, nunca deixe para enviar suas petições no último dia do prazo.

18 Como devo fazer quando não conseguir enviar eletronicamente os documentos? Resposta: os documentos cuja digitalização seja tecnicamente inviável devido ao grande volume ou por motivo de ilegibilidade deverão ser apresentados ao cartório ou secretaria no prazo de 10 (dez) dias contados do envio de petição eletrônica comunicando o fato, os quais serão devolvidos à parte após o trânsito em julgado. Como serão realizadas as citações, caso a parte desconheça a ferramenta eletrônica, não possuindo ou sequer tenha acesso à internet? Resposta: A princípio, as citações, intimações ou notificações serão realizadas de forma pessoal, seguindo as regras ordinárias, digitalizando-se o documento físico para ser juntado ao processo virtual, e posteriormente destruído.

19 Referências 1 Definição conforme o Instituto Nacional de Tecnologia da Informação ( 2 A Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil) é uma cadeia hierárquica e de confiança que viabiliza a emissão de certificados digitais para identificação do cidadão quando transacionando no meio virtual, como a Internet. 3 A palavra criptografia tem origem grega e significa a arte de escrever em códigos de forma a esconder a informação na forma de um texto incompreensível. A informação codificada é chamada de texto cifrado. O processo de codificação ou ocultação é chamado de cifragem, e o processo inverso, ou seja, obter a informação original a partir do texto cifrado, chama-se decifragem. (www.iti.gov.br)

20

21 Projeto gráfico/diagramação: DIATI - Diretoria Adjunta de Tecnologia da Informação. Realização: Apoio:

CAPACITAÇÃO PROCESSO ELETRÔNICO

CAPACITAÇÃO PROCESSO ELETRÔNICO CAPACITAÇÃO EM PROCESSO ELETRÔNICO Caros Colegas! Essa é uma apostila eletrônica, utilize apenas em seu computador pessoal. Não recomendamos imprimir, devido ao seu grande volume. Para efetivo funcionamento

Leia mais

ROTEIRO DA LEI DO PROCESSO ELETRÔNICO Ana Amelia Menna Barreto

ROTEIRO DA LEI DO PROCESSO ELETRÔNICO Ana Amelia Menna Barreto ROTEIRO DA LEI DO PROCESSO ELETRÔNICO Ana Amelia Menna Barreto A Lei que instituiu o processo judicial informatizado, em vigor desde março de 2007, aplica-se indistintamente aos processos civil, penal,

Leia mais

Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 11.419, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2006. Mensagem de veto Dispõe sobre a informatização do processo judicial; altera a Lei n o 5.869, de 11 de janeiro de 1973

Leia mais

Conteúdo. Juízes Titulares das Varas Digitais COORDENADORIA DAS VARAS DIGITAIS JUIZ COORDENADOR: RICARDO GOMES FAÇANHA

Conteúdo. Juízes Titulares das Varas Digitais COORDENADORIA DAS VARAS DIGITAIS JUIZ COORDENADOR: RICARDO GOMES FAÇANHA Conteúdo 1. Para distribuir uma ação nova:... 3 2. Como protocolar uma petição nas varas digitais... 4 3. Dicas Úteis... 5 4. Materialização do processo digital... 7 5. Consulta do Processo... 7 6. Responsabilidade...

Leia mais

RESOLUCAO TJ/OE Nº 16, de 30/11/2009 (ESTADUAL) DJERJ, ADM 60 (8) - 01/12/2009

RESOLUCAO TJ/OE Nº 16, de 30/11/2009 (ESTADUAL) DJERJ, ADM 60 (8) - 01/12/2009 RESOLUCAO TJ/OE Nº 16, de 30/11/2009 (ESTADUAL) DJERJ, ADM 60 (8) - 01/12/2009 RESOLUÇÃO Nº. 16/2009 Autoriza a implantação do Processo Eletrônico no âmbito do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro

Leia mais

Processo Eletrônico. Produto das revoluções tecnológicas; Consequência direta da EC 45/04; Princípios norteadores:

Processo Eletrônico. Produto das revoluções tecnológicas; Consequência direta da EC 45/04; Princípios norteadores: Processo Eletrônico Produto das revoluções tecnológicas; Consequência direta da EC 45/04; Princípios norteadores: Princípio da Universalidade; Princípio da Uniquidade; Princípio da Publicidade; Princípio

Leia mais

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 11.419, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2006. Mensagem de veto Dispõe sobre a informatização do processo judicial; altera a Lei no 5.869,

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA TRIBUNAL DO PLENO RESOLUÇÃO Nº 11, DE 28 DE MAIO DE 2010. DJe-CE de 31/05/2010 (nº 99, pág. 9)

TRIBUNAL DE JUSTIÇA TRIBUNAL DO PLENO RESOLUÇÃO Nº 11, DE 28 DE MAIO DE 2010. DJe-CE de 31/05/2010 (nº 99, pág. 9) TRIBUNAL DE JUSTIÇA TRIBUNAL DO PLENO RESOLUÇÃO Nº 11, DE 28 DE MAIO DE 2010 DJe-CE de 31/05/2010 (nº 99, pág. 9) Institui, no âmbito da Justiça do Estado do Ceará, o sistema eletrônico de tramitação de

Leia mais

PROVIMENTO Nº 148, DE 16 DE ABRIL DE 2008. (Ver Provimento n. 70, de 9.1.2012 DJMS, de 17.1.2012.)

PROVIMENTO Nº 148, DE 16 DE ABRIL DE 2008. (Ver Provimento n. 70, de 9.1.2012 DJMS, de 17.1.2012.) PROVIMENTO Nº 148, DE 16 DE ABRIL DE 2008. (Ver Provimento n. 70, de 9.1.2012 DJMS, de 17.1.2012.) Institui, no âmbito da Justiça de Primeiro Grau do Estado de Mato Grosso do Sul, o sistema eletrônico

Leia mais

RESOLUÇÃO N 344, DE 25 DE MAIO DE 2007

RESOLUÇÃO N 344, DE 25 DE MAIO DE 2007 RESOLUÇÃO N 344, DE 25 DE MAIO DE 2007 Regulamenta o meio eletrônico de tramitação de processos judiciais, comunicação de atos e transmissão de peças processuais no Supremo Tribunal Federal (e-stf) e dá

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 149/2010. O Tribunal de Justiça do Estado do Acre, no uso das atribuições legais,

RESOLUÇÃO Nº 149/2010. O Tribunal de Justiça do Estado do Acre, no uso das atribuições legais, RESOLUÇÃO Nº 149/2010 Autoriza a implantação do Processo Eletrônico no âmbito do Tribunal de Justiça do Estado do Acre e dá outras providências. O Tribunal de Justiça do Estado do Acre, no uso das atribuições

Leia mais

Regulamenta o processo eletrônico no âmbito do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia e dá outras providências.

Regulamenta o processo eletrônico no âmbito do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia e dá outras providências. Publicada no DJE, N. 190/2010, em 15/10/2010, pág. 1 3. RESOLUÇÃO N. 044/2010-PR Regulamenta o processo eletrônico no âmbito do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia e dá outras providências. O PRESIDENTE

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO CEARÁ

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO CEARÁ RESOLUÇÃO Nº 11, de 28 de maio de 2010. Institui, no âmbito da Justiça do Estado do Ceará, o sistema eletrônico de tramitação de processos judiciais, de comunicação de atos e de transmissão de peças processuais,

Leia mais

Novo Guia de uso rápido do PROJUDI

Novo Guia de uso rápido do PROJUDI 1. O que é o PROJUDI? Novo Guia de uso rápido do PROJUDI O Processo Judicial Digital PROJUDI, também chamado de processo virtual ou de processo eletrônico, pode ser definido como um software que reproduz

Leia mais

PORTARIANº 032/2015-DF

PORTARIANº 032/2015-DF PORTARIANº 032/2015-DF O Doutor ARISTEU DIAS BATISTA VILELLA, Juiz de Direito e Diretor do Foro da, no uso de suas atribuições legais, com fundamento nos artigos 52, inciso XV, da Lei nº 4.964, de 26 de

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 342/SEJUD.GP, DE 27 DE JULHO DE 2010

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 342/SEJUD.GP, DE 27 DE JULHO DE 2010 TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 342/SEJUD.GP, DE 27 DE JULHO DE 2010 Regulamenta o processo judicial eletrônico no âmbito do Tribunal Superior do Trabalho. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL SUPERIOR

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES

PERGUNTAS FREQUENTES CERTIFICAÇÃO DIGITAL e PROCESSO ELETRÔNICO PERGUNTAS FREQUENTES CERTIFICAÇÃO DIGITAL Esqueci meu PIN. Não sabia que tinha PUK. Como descubro a validade do Certisign? Faça contato com o atendimento especializado

Leia mais

NOVO PETICIONAMENTO ELETRÔNICO. Perguntas e Respostas

NOVO PETICIONAMENTO ELETRÔNICO. Perguntas e Respostas O que é o Sistema de Peticionamento Eletrônico da Justiça do Trabalho/RS? O Sistema é o primeiro módulo do Projeto de Processo Eletrônico do TRT da 4ª Região e permite, nesta primeira etapa, o envio eletrônico

Leia mais

RESOLUÇÃO/PRESI 600-26 DE 07 DE DEZEMBRO DE 2009.

RESOLUÇÃO/PRESI 600-26 DE 07 DE DEZEMBRO DE 2009. RESOLUÇÃO/PRESI 600-26 DE 07 DE DEZEMBRO DE 2009. Dispõe sobre o acesso às peças digitais da consulta processual e o recebimento de Petição, por meio eletrônico, no âmbito da Primeira Região. O PRESIDENTE

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 740 /2013 (Revogada pela Resolução nº 780/2014)

RESOLUÇÃO Nº 740 /2013 (Revogada pela Resolução nº 780/2014) (*) Republicação: 15/10/13 DJE: 14/10/13 Publicação: 14/10/13 DJE: 11/10/13 RESOLUÇÃO Nº 740 /2013 (Revogada pela Resolução nº 780/2014) Regulamenta, no âmbito do Tribunal de Justiça do Estado de Minas

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 8ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 8ª REGIÃO RESOLUÇÃO Nº 221/2011 Regulamenta as atividades da Central de Atendimento, a forma de assinatura eletrônica e a utilização do meio eletrônico para a prática de atos processuais e dá outras providências.

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01 TCE-TO de 07 de março de 2012. Dispõe sobre o processo eletrônico no âmbito do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01 TCE-TO de 07 de março de 2012. Dispõe sobre o processo eletrônico no âmbito do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01 TCE-TO de 07 de março de 2012. Dispõe sobre o processo eletrônico no âmbito do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins. O TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO TOCANTINS, no uso de

Leia mais

Lei nº 17.079 (DOE 8636 - Data 23 de janeiro de 2012) A Assembleia Legislativa do Estado do Paraná decretou e eu sanciono a seguinte lei:

Lei nº 17.079 (DOE 8636 - Data 23 de janeiro de 2012) A Assembleia Legislativa do Estado do Paraná decretou e eu sanciono a seguinte lei: Lei nº 17.079 (DOE 8636 - Data 23 de janeiro de 2012) Dispõe sobre a informatização dos processos administrativos de qualquer natureza, no âmbito da Secretaria de Estado da Fazenda. A Assembleia Legislativa

Leia mais

PORTARIA Nº 126, DE 12 DE MARÇO DE 2014.

PORTARIA Nº 126, DE 12 DE MARÇO DE 2014. PORTARIA Nº 126, DE 12 DE MARÇO DE 2014. Dispõe sobre a implantação e o funcionamento do processo eletrônico no âmbito do Ministério das Comunicações. O MINISTRO DE ESTADO DAS COMUNICAÇÕES, no uso das

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação Conceitos Segurança da Informação Assinatura Digital Certificado Digital Criptografia Legislação Aplicabilidade no TJMG AGENDA Segurança da Informação É a proteção da informação de vários tipos de ameaças

Leia mais

PARTE 1. Resolução 551/2011

PARTE 1. Resolução 551/2011 PARTE 1 Resolução 551/2011 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO RESOLUÇÃO Nº 551/2011 Regulamenta o processo eletrônico no âmbito do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo e dá outras providências.

Leia mais

Nova regulamentação do PJe na Justiça Trabalhista. O quê mudou?

Nova regulamentação do PJe na Justiça Trabalhista. O quê mudou? Nova regulamentação do PJe na Justiça Trabalhista. O quê mudou? O Conselho Superior da Justiça do Trabalho editou a nova Resolução 136/2014, revogando a Resolução 94/2012 que regulamenta o sistema PJe-JT

Leia mais

Informações sobre o Lançamento da Certificação Digital da OAB

Informações sobre o Lançamento da Certificação Digital da OAB Informações sobre o Lançamento da Certificação Digital da OAB RELEASE A Justiça Brasileira está presenciando um momento de mudança. Os atos processuais que anteriormente eram praticados de forma presencial

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado de Goiás

Tribunal de Justiça do Estado de Goiás Dispõe sobre a implantação e estabelece normas para o funcionamento do processo eletrônico no Poder Judiciário do Estado de Goiás. O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE GOIÁS, por seu Órgão Especial, no exercício

Leia mais

GOVERNO DE SERGIPE DECRETO Nº 29.720 DE 03 DE FEVEREIRO DE 2014

GOVERNO DE SERGIPE DECRETO Nº 29.720 DE 03 DE FEVEREIRO DE 2014 PUBLICADO NO D.O.E. Nº 26.912 DE 13.02.2014. Regulamenta a Lei nº 7.650, de 31 de maio de 2013, que dispõe sobre a comunicação eletrônica entre a Secretaria de Estado da Fazenda SEFAZ, e o sujeito passivo

Leia mais

ATO NORMATIVO Nº 159, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2014.

ATO NORMATIVO Nº 159, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2014. ATO NORMATIVO Nº 159, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2014. DISPÕE SOBRE A UNIFORMIZAÇÃO DAS - NORMAS QUE DISCIPLINAM O INGRESSO E TRAMITAÇÃO DOS PROCESSOS DIGITAIS NO ÂMBITO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE ALAGOAS

Leia mais

RESOLUÇÃO N 427, DE 20 DE ABRIL DE 2010

RESOLUÇÃO N 427, DE 20 DE ABRIL DE 2010 Publicada no DJE/STF, n. 72, p. 1-2 em 26/4/2010 RESOLUÇÃO N 427, DE 20 DE ABRIL DE 2010 Regulamenta o processo eletrônico no âmbito do Supremo Tribunal Federal e dá outras providências. O PRESIDENTE DO

Leia mais

Wauton Ribeiro Zambrini. www.wrzinfo.com.br

Wauton Ribeiro Zambrini. www.wrzinfo.com.br Wauton Ribeiro Zambrini www.wrzinfo.com.br Computadores: Requisitos mínimos: Processador DualCore 2 GB RAM HD 250 GB Padrões a serem seguidos Sistema Operacional Editor de Texto Padrão de arquivos Navegadores

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA PROVIMENTO N. 26/2014/CM

ESTADO DE MATO GROSSO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA PROVIMENTO N. 26/2014/CM PROVIMENTO N. 26/2014/CM Dispõe sobre o envio, por meio digital, pelo Portal Eletrônico do Advogado - PEA, das petições iniciais e intermediárias de processos físicos que tramitam na Primeira e Segunda

Leia mais

PROVIMENTO N.º CGJ- 03/2010

PROVIMENTO N.º CGJ- 03/2010 PROVIMENTO N.º CGJ- 03/2010 Disciplina a implantação e estabelece normas para o funcionamento do processo judicial eletrônico nas unidades jurisdicionais do Poder Judiciário do Estado do Bahia. A DESEMBARGADORA

Leia mais

Criptografia assimétrica e certificação digital

Criptografia assimétrica e certificação digital Criptografia assimétrica e certificação digital Alunas: Bianca Souza Bruna serra Introdução Desenvolvimento Conclusão Bibliografia Introdução Este trabalho apresenta os principais conceitos envolvendo

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA DE COMÉRCIO EXTERIOR PORTARIA Nº, DE DE DE 2013

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA DE COMÉRCIO EXTERIOR PORTARIA Nº, DE DE DE 2013 MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA DE COMÉRCIO EXTERIOR PORTARIA Nº, DE DE DE 2013 Regulamenta o procedimento administrativo eletrônico relativo aos processos de defesa

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS

PERGUNTAS E RESPOSTAS CERTIFICAÇÃO DIGITAL E PROCESSO ELETRÔNICO PERGUNTAS E RESPOSTAS 1) Quando se usa o Token,? No TJ somente se usa o certificado digital para assinar petições e anexos. Na Justiça Trabalhista e Tribunais

Leia mais

www.e-law.net.com.br certificação digital 1 de 5 Introdução

www.e-law.net.com.br certificação digital 1 de 5 Introdução www.e-law.net.com.br certificação digital 1 de 5 Introdução Cada pessoa cria sua assinatura de forma totalmente livre e a utiliza com significado de expressa concordância com os conteúdos dos documentos

Leia mais

PROCESSO ELETRÔNICO NA JUSTIÇA FEDERAL

PROCESSO ELETRÔNICO NA JUSTIÇA FEDERAL PROCESSO ELETRÔNICO NA JUSTIÇA FEDERAL CONFORTO, AGILIDADE, ECONOMIA, SEGURANÇA 1ª Edição dezembro de 2009 Elaboração e Projeto Gráfico Subsecretaria de Informação e Documentação SID Arte Cristina Gerheim

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 07 DE 30/05/2014 (DJE 04/06/2014)

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 07 DE 30/05/2014 (DJE 04/06/2014) INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 07 DE 30/05/2014 (DJE 04/06/2014) EMENTA: Implanta o Sistema Processo Judicial Eletrônico-PJe nas Varas Cíveis da Capital e dá outras providências. O Presidente do Tribunal de Justiça

Leia mais

O Processo Judicial Eletrônico e a Digitalização dos Autos. Laine Moraes Souza Belo Horizonte 25 de Abril de 2013

O Processo Judicial Eletrônico e a Digitalização dos Autos. Laine Moraes Souza Belo Horizonte 25 de Abril de 2013 O Processo Judicial Eletrônico e a Digitalização dos Autos Laine Moraes Souza Belo Horizonte 25 de Abril de 2013 Princípios Constitucional CF/88: Art. 5º (...) (...) LXXVIII a todos, no âmbito judicial

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA Nº 43/2012

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA Nº 43/2012 FL. PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA Nº 43/2012 Regulamenta, no âmbito do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 273, de 14.09.2010

RESOLUÇÃO Nº 273, de 14.09.2010 RESOLUÇÃO Nº 273, de 14.09.2010 (Processo nº 10342/2010) (O Presidente do Tribunal, no uso de suas atribuições legais e regimentais, apresenta diversas considerações e submete ao Pleno desta Corte proposta

Leia mais

ATO TRT 17ª PRESI N.º 093/2010*

ATO TRT 17ª PRESI N.º 093/2010* ATO TRT 17ª PRESI N.º 093/2010* A DESEMBARGADORA-PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 17.ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, CONSIDERANDO a necessidade de se implementar

Leia mais

Este documento contém esclarecimentos para as dúvidas mais frequentes sobre portal e-saj.

Este documento contém esclarecimentos para as dúvidas mais frequentes sobre portal e-saj. Este documento contém esclarecimentos para as dúvidas mais frequentes sobre portal e-saj. Para melhor navegar no documento, utilize o sumário a seguir ou, se desejar, habilite o sumário do Adobe Reader

Leia mais

MAIO / 2007. Banco Safra S.A Tradição Secular de Segurança

MAIO / 2007. Banco Safra S.A Tradição Secular de Segurança Siissttema de Assssiinattura Diigiittall MAIO / 2007 Banco Safra S.A Tradição Secular de Segurança A internet facilitando nossa vida As exigências e as pressões crescentes da vida moderna, o caos urbano,

Leia mais

Gabinete da Presidência Praça Marechal Deodoro, 319, Centro CEP.: 57020-919, Maceió-AL FONE:(82) 3216.3619 - PRESIDENCIA@TJ.AL.GOV.

Gabinete da Presidência Praça Marechal Deodoro, 319, Centro CEP.: 57020-919, Maceió-AL FONE:(82) 3216.3619 - PRESIDENCIA@TJ.AL.GOV. Gabinete da Presidência Praça Marechal Deodoro, 319, Centro CEP.: 57020-919, Maceió-AL FONE:(82) 3216.3619 - PRESIDENCIA@TJ.AL.GOV.BR RESOLUÇÃO Nº 30/2008. REGULAMENTA O MEIO ELETRÔNICO DE TRAMITAÇÃO DE

Leia mais

1 - Conceitos de Certificação Digital - (25 min) Karlos Emanuel

1 - Conceitos de Certificação Digital - (25 min) Karlos Emanuel CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PORTAL DIGITAL DE CONSULTA GERAL ELETRÔNICA Gerente do Projeto: Karlos Emanuel Apresentadores e Apoios: Karlos Freitas Gerente de Projeto Karlos Raphael Analista de Suporte Marieta

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 1338/2015

RESOLUÇÃO Nº 1338/2015 RESOLUÇÃO Nº 1338/2015 Regulamenta o processo eletrônico no âmbito do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia (TCM-BA). O TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas

Leia mais

Receber intimações: poderão receber intimações em processos eletrônicos nos quais estejam vinculados.

Receber intimações: poderão receber intimações em processos eletrônicos nos quais estejam vinculados. INTRODUÇÃO O tribunal de Justiça de Santa Catarina, em um processo de evolução dos serviços disponíveis no portal e-saj, passa a disponibilizar a peritos, leiloeiros, tradutores e administradores de massas

Leia mais

Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho (PJe-JT)

Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho (PJe-JT) Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho (PJe-JT) 1) ATOS NORMATIVOS: 1º e 2º do art. 154 do CPC (com a redação que lhe deu a Lei n. 11.280, de 16 de fevereiro de 2006) Lei n. 11.419, de 19

Leia mais

Conselho Nacional de Justiça

Conselho Nacional de Justiça Conselho Nacional de Justiça PROCEDIMENTO DE CONTROLE ADMINSTRATIVO Nº 0006549-41.2009.2.00.0000 RELATOR : CONSELHEIRO JOSÉ ADONIS CALLOU DE ARAÚJO SÁ REQUERENTE : FLÁVIO BRITO BRÁS REQUERIDO : TRIBUNAL

Leia mais

Certificados Digitais - Perguntas Frequentes

Certificados Digitais - Perguntas Frequentes Certificados Digitais - Perguntas Frequentes O que é um certificado digital? O certificado, na prática, equivale a uma carteira de identidade, ao permitir a identificação de uma pessoa, quando enviando

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SERGIPE Coordenadoria de Modernização, Suporte, Infraestrutura e Sistema

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SERGIPE Coordenadoria de Modernização, Suporte, Infraestrutura e Sistema TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SERGIPE Coordenadoria de Modernização, Suporte, Infraestrutura e Sistema MANUAL DO PROCESSO ELETRÔNICO Processos de Concessão de Benefícios Histórico da Revisão Data Versão

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO INFORMANDO PARA MELHOR ATENDER AO ADVOGADO SECRETARIA DA PRIMEIRA INSTÂNCIA

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO INFORMANDO PARA MELHOR ATENDER AO ADVOGADO SECRETARIA DA PRIMEIRA INSTÂNCIA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO INFORMANDO PARA MELHOR ATENDER AO ADVOGADO SECRETARIA DA PRIMEIRA INSTÂNCIA COORDENADORIA DE GESTÃO DO ATENDIMENTO AO PÚBLICO www.tjsp.jus.br

Leia mais

PROVIMENTO Nº CGJPE 13, de 13 de dezembro de 2012. funcionamento. O CORREGEDOR-GERAL DA JUSTIÇA, Desembargador Frederico Ricardo de

PROVIMENTO Nº CGJPE 13, de 13 de dezembro de 2012. funcionamento. O CORREGEDOR-GERAL DA JUSTIÇA, Desembargador Frederico Ricardo de PROVIMENTO Nº CGJPE 13, de 13 de dezembro de 2012 EMENTA: Institui o Sistema Processo Judicial Eletrônico da Corregedoria Geral da Justiça de Pernambuco PJe-CGJPE, como sistema informatizado de tramitação

Leia mais

CREDENCIAMENTO DO ADVOGADO AO PORTAL DO ADVOGADO - SERVIÇOS DO PROCESSO ELETRÔNICO

CREDENCIAMENTO DO ADVOGADO AO PORTAL DO ADVOGADO - SERVIÇOS DO PROCESSO ELETRÔNICO CREDENCIAMENTO DO ADVOGADO AO PORTAL DO ADVOGADO - SERVIÇOS DO PROCESSO ELETRÔNICO 1 1. Introdução O presente manual tem por objetivo orientar a todos os Técnicos Judiciários/Escrivães/Chefes de Secretaria,

Leia mais

Segurança de Sistemas

Segurança de Sistemas Faculdade de Tecnologia Senac Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Segurança de Sistemas Edécio Fernando Iepsen (edeciofernando@gmail.com) Certificação Digital Ampla utilização

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA PROVIMENTO N. 23/2015-CM

ESTADO DE MATO GROSSO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA PROVIMENTO N. 23/2015-CM PROVIMENTO N. 23/2015-CM Dispõe sobre o envio, por meio digital, pelo Portal Eletrônico do Advogado PEA, das petições iniciais e intermediárias de processos físicos que tramitam na Primeira e Segunda Instância

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 5ª REGIÃO Gabinete da Presidência PROVIMENTO GP - 02, DE 24 DE JULHO DE 2012 *

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 5ª REGIÃO Gabinete da Presidência PROVIMENTO GP - 02, DE 24 DE JULHO DE 2012 * PROVIMENTO GP - 02, DE 24 DE JULHO DE 2012 * Dispõe sobre o Sistema Integrado de Protocolização e Fluxo de Documentos Eletrônicos (e DOC), bem como a indisponibilidade dos equipamentos de facsímile (fax)

Leia mais

Manual de noções básicas do Processo eletrônico

Manual de noções básicas do Processo eletrônico Manual de noções básicas do Processo eletrônico MANUAL DE PROCESSO ELETRÔNICO O que é o processo eletrônico? É processo sem papel, onde os atos processuais, como petições despachos, sentenças, etc, são

Leia mais

ACESSO AO SISTEMA Por certificado digital Exceção - Ato urgente

ACESSO AO SISTEMA Por certificado digital Exceção - Ato urgente ACESSO AO SISTEMA Por certificado digital Art. 5º Para acesso ao PJe-JT é obrigatória a utilização de assinatura digital a que se refere o inciso II, alínea a, do artigo 3º desta resolução, nas seguintes

Leia mais

Justiça Federal Subseção Judiciária de Santa Maria. http://www.jef-rs.gov.br

Justiça Federal Subseção Judiciária de Santa Maria. http://www.jef-rs.gov.br http://www.jef-rs.gov.br VANTAGENS DO SISTEMA ELETRÔNICO: DIRETAS INDIRETAS Diminuição de custos com papel, impressão, fotocópias; deslocamentos ao JEF; comodidade do acesso imediato aos autos no momento

Leia mais

PORTARIA TC Nº 433, DE 5 DE DEZEMBRO DE 2014.

PORTARIA TC Nº 433, DE 5 DE DEZEMBRO DE 2014. PORTARIA TC Nº 433, DE 5 DE DEZEMBRO DE 2014. Institui o processo administrativo eletrônico no âmbito do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco. O PRESIDENTE DO DO ESTADO DE PERNAMBUCO, no uso de suas

Leia mais

Processo Judicial Eletrônico (PJe)

Processo Judicial Eletrônico (PJe) SETIM // DIN//COSIS Equipe PJe ASSUNTO: Processo Judicial Eletrônico (PJe) INTRODUÇÃO SOBRE INFORMATIZAÇÃO DO PROCESSO DIGITAL Aspectos da Lei 11.419/06 Dispõe sobre a informa/zação do processo judicial

Leia mais

Vantagens que todo advogado precisa conhecer. Autoridade Certificadora da Ordem dos Advogados do Brasil

Vantagens que todo advogado precisa conhecer. Autoridade Certificadora da Ordem dos Advogados do Brasil Certificado Digital OAB Vantagens que todo advogado precisa conhecer Autoridade Certificadora da Ordem dos Advogados do Brasil A Justiça brasileira está cada vez mais digital. A rotina do advogado não

Leia mais

RESOLUÇÃO CNJ N /2012 O CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA,

RESOLUÇÃO CNJ N /2012 O CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA, RESOLUÇÃO CNJ N /2012 Institui o Sistema Processo Judicial Eletrônico PJe como sistema de processamento de informações e prática de atos processuais e estabelece os parâmetros para sua implementação e

Leia mais

Assinatura Digital: problema

Assinatura Digital: problema Assinatura Digital Assinatura Digital Assinatura Digital: problema A autenticidade de muitos documentos, é determinada pela presença de uma assinatura autorizada. Para que os sistemas de mensagens computacionais

Leia mais

Portaria nº 126 de 12 de março de 2014 DOU 13.03.14

Portaria nº 126 de 12 de março de 2014 DOU 13.03.14 Portaria nº 126 de 12 de março de 2014 DOU 13.03.14 Sistema Eletrônico de Informações SEI O que é o SEI? SEI Sistema Eletrônico de Informações é a plataforma adotada pelo Ministério das Comunicações para

Leia mais

DESPACHO PRESIDÊNCIA Nº 249/2015

DESPACHO PRESIDÊNCIA Nº 249/2015 1 de 5 03/09/2015 17:20 DESPACHO PRESIDÊNCIA Nº 249/2015 O Presidente do Conselho Administrativo de Defesa Econômica - Cade torna pública para fins de abertura de consulta pública, nos termos do artigo

Leia mais

PROVIMENTO Nº 38/2012. O Corregedor-Geral da Justiça do Estado de Mato Grosso, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

PROVIMENTO Nº 38/2012. O Corregedor-Geral da Justiça do Estado de Mato Grosso, no uso de suas atribuições legais e regimentais, PROVIMENTO Nº 38/2012 Dispõe sobre o envio, por meio eletrônico, através do Portal Eletrônico do Advogado - PEA, das petições iniciais e em andamento de processos físicos que tramitam na primeira instância

Leia mais

Tribunal Regional Federal da 1 a Região

Tribunal Regional Federal da 1 a Região Tribunal Regional Federal da 1 a Região Sistema de Transmissão Eletrônica de Atos Processuais e-proc Manual do Usuário 1 1. Disposições Provisórias O Sistema de Transmissão Eletrônica de Atos Processuais

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO COMISSÃO DE GESTÃO DO MPT DIGITAL PERGUNTAS E RESPOSTAS SISTEMA DE PETICIONAMENTO ELETRÔNICO DO MPT

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO COMISSÃO DE GESTÃO DO MPT DIGITAL PERGUNTAS E RESPOSTAS SISTEMA DE PETICIONAMENTO ELETRÔNICO DO MPT MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO COMISSÃO DE GESTÃO DO MPT DIGITAL PERGUNTAS E RESPOSTAS SISTEMA DE PETICIONAMENTO ELETRÔNICO DO MPT Conteúdo 1. O QUE É O SISTEMA DE PETICIONAMENTO ELETRÔNICO DO MPT?...

Leia mais

MANUAL DO ADVOGADO. Elaborado por: Roberta Rodrigues Seneda. Corrigido por: Wanderley Andrade

MANUAL DO ADVOGADO. Elaborado por: Roberta Rodrigues Seneda. Corrigido por: Wanderley Andrade MANUAL DO ADVOGADO Elaborado por: Roberta Rodrigues Seneda Corrigido por: Wanderley Andrade DAPI Departamento de Aprimoramento da Primeira Instância. Março/2010 Atualizado pelo Tribunal de Justiça do Estado

Leia mais

Agenda. A ICP-Brasil e suas Entidades. Certificado Digital. Assinatura Digital em Documento Eletrônico. Carimbo do tempo

Agenda. A ICP-Brasil e suas Entidades. Certificado Digital. Assinatura Digital em Documento Eletrônico. Carimbo do tempo Agenda A ICP-Brasil e suas Entidades Certificado Digital Assinatura Digital em Documento Eletrônico Carimbo do tempo ICP-Brasil O Governo Federal percebeu a importância de regulamentar as atividades de

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 15, DE 16 DE JUNHO DE 2015.

RESOLUÇÃO Nº 15, DE 16 DE JUNHO DE 2015. RESOLUÇÃO Nº 15, DE 16 DE JUNHO DE 2015. CONSOLIDA, NO ÂMBITO DO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE ALAGOAS, O SISTEMA ELETRÔNICO DE TRAMITAÇÃO DE PROCESSOS JUDICIAIS, DE COMUNICAÇÃO DE ATOS E DE TRANSMISSÃO

Leia mais

Portal Cidadão - Governo

Portal Cidadão - Governo Portal Cidadão - Governo A Certisign Manaus Recife Brasília Goiânia Belo Horizonte São Paulo Rio de Janeiro Porto Alegre A Certisign Pioneira no mercado Certificação na América Latina Única com foco exclusivo

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº, DE DE 2010.

RESOLUÇÃO Nº, DE DE 2010. RESOLUÇÃO Nº, DE DE 2010. Dispõe sobre a divulgação de dados processuais eletrônicos na rede mundial de computadores, expedição de certidões judiciais e dá outras providências. O PRESIDENTE DO CONSELHO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RESOLUÇÃO N. 20 DE 9 DE AGOSTO DE 2012. Dispõe sobre a certificação digital no Superior Tribunal de Justiça e dá outras providências. O PRESIDENTE DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA, usando da atribuição

Leia mais

25/01/2015 PROF. FABIANO TAGUCHI. http://fabianotaguchi.wordpress.com CRIPTOGRAFIA E SEGURANÇA DE DADOS AULA 12 ICP-BRASIL

25/01/2015 PROF. FABIANO TAGUCHI. http://fabianotaguchi.wordpress.com CRIPTOGRAFIA E SEGURANÇA DE DADOS AULA 12 ICP-BRASIL 25/01/2015 PROF. FABIANO TAGUCHI http://fabianotaguchi.wordpress.com CRIPTOGRAFIA E SEGURANÇA DE DADOS AULA 12 ICP-BRASIL 1 CONFIAR EM CERTIFICADOS DIGITAIS? ITI O Instituto Nacional de Tecnologia da Informação

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA-TCU Nº 68, DE 25 DE OUTUBRO DE 2011

INSTRUÇÃO NORMATIVA-TCU Nº 68, DE 25 DE OUTUBRO DE 2011 INSTRUÇÃO NORMATIVA-TCU Nº 68, DE 25 DE OUTUBRO DE 2011 Dispõe sobre o recebimento de documentos a serem protocolados junto ao Tribunal de Contas da União. O TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO, no uso de suas

Leia mais

Este documento contém esclarecimentos para as dúvidas mais frequentes sobre portal e-saj.

Este documento contém esclarecimentos para as dúvidas mais frequentes sobre portal e-saj. Este documento contém esclarecimentos para as dúvidas mais frequentes sobre portal e-saj. Para melhor navegar no documento, utilize o sumário a seguir ou, se desejar, habilite o sumário do Adobe Reader

Leia mais

Vantagens que todo advogado precisa conhecer

Vantagens que todo advogado precisa conhecer Certificado Digital OAB Vantagens que todo advogado precisa conhecer A Justiça brasileira está cada vez mais digital. A rotina do advogado não vai ficar atrás. Está ocorrendo um fato inédito na Justiça

Leia mais

Nunca foi tão fácil utilizar

Nunca foi tão fácil utilizar Nunca foi tão fácil utilizar o Conectividade Social da CAIXA O que antes era feito com a autenticação de disquetes e precisava do antigo programa CNS para o relacionamento com a CAIXA e prestação de informações

Leia mais

Editoria e Diagramação Núcleo de Imagem Ascom TJPE. Ilustração Gerência de Atendimento Técnico

Editoria e Diagramação Núcleo de Imagem Ascom TJPE. Ilustração Gerência de Atendimento Técnico Conceitos de Segurança da Informação, Certificação Digital e suas Aplicações no TJPE 3ª Edição - Maio/2013 Elaboração Núcleo de Segurança da Informação SETIC Editoria e Diagramação Núcleo de Imagem Ascom

Leia mais

RESOLUÇÃO/PRESI 600-25 DE 07 DE DEZEMBRO DE 2009

RESOLUÇÃO/PRESI 600-25 DE 07 DE DEZEMBRO DE 2009 RESOLUÇÃO/PRESI 600-25 DE 07 DE DEZEMBRO DE 2009 Institui o Processo Digital e-jur no âmbito da Justiça Federal da Primeira Região. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO, no uso

Leia mais

Estado do Piauí Tribunal de Contas

Estado do Piauí Tribunal de Contas Estado do Piauí Tribunal de Contas RESOLUÇÃO n.º 20/2013, de 01 de julho de 2013. Dispõe sobre o processo eletrônico e a assinatura digital no âmbito do Tribunal de Contas do Estado do Piauí. O TRIBUNAL

Leia mais

PORTAL PROCESSUAL E AJUIZAMENTO ELETRÔNICO

PORTAL PROCESSUAL E AJUIZAMENTO ELETRÔNICO PORTAL PROCESSUAL E AJUIZAMENTO ELETRÔNICO A partir do dia 17/09/2012 foi disponibilizado, no site da SJES, o acesso ao Portal Processual, que consolida as principais funcionalidades do sistema de acompanhamento

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Guia Rápido do PJe Para Advogados

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Guia Rápido do PJe Para Advogados TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Guia Rápido do PJe Para Advogados Porto Alegre 2015 SUMÁRIO Introdução... 3 Requisitos mínimos... 3 Cadastramento no sistema... 3 Visão geral

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 8ª REGIÃO INTRODUÇÃO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 8ª REGIÃO INTRODUÇÃO Assegurar o acesso à justiça, de forma efetiva, na composição dos conflitos decorrentes das relações de trabalho. Missão Institucional do TRT da 8ª Região. INTRODUÇÃO O TRT On line é uma ferramenta desenvolvida

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Virtualização do processo judicial André Luiz Junqueira 1. INTRODUÇÃO A Associação dos Juizes Federais do Brasil (AJUFE) encaminhou um projeto de lei sobre a informatização do processo

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DIGITAL

CERTIFICAÇÃO DIGITAL CERTIFICAÇÃO DIGITAL LADO BOM Conecta milhões de pessoas pelo mundo Uso diversificado Conforto e agilidade Internet LADO RUIM Risco aos usuários Ataque de hackers Falsificação de documentos Incerteza quanto

Leia mais

Guia Rápido do PJe Para Advogados

Guia Rápido do PJe Para Advogados TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS CORREGEDORIA-GERAL DE JUSTIÇA Guia Rápido do PJe Para Advogados Belo Horizonte 2014 Sumário 1. Introdução 2. Requisitos mínimos 3. Cadastramento no sistema

Leia mais

Tribunal deve dar meios para petição virtual

Tribunal deve dar meios para petição virtual Page 1 of 5 Texto publicado terça, dia 23 de fevereiro de 2010 NOTÍCIAS Tribunal deve dar meios para petição virtual POR MARINA ITO O processo eletrônico no Judiciário é uma realidade sem volta. Em decisão

Leia mais

Certificação Digital a forma segura de navegar na rede

Certificação Digital a forma segura de navegar na rede Certificação Digital a forma segura de navegar na rede O que é o Certificado Digital ICP-Brasil? É um certificado emitido em conformidade com as regras e legislações da Infra-estrutura de Chaves Públicas

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO RESOLUÇÃO nº483/2009 Data da Norma: 04/03/2009 Órgão expedidor: ÓRGÃO ESPECIAL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Fonte: DJE de 22/06/2009, p. 1-77 Ementa: Cria o Programa de Gestão de Documentos Arquivísticos do

Leia mais

O QUE É CERTIFICAÇÃO DIGITAL?

O QUE É CERTIFICAÇÃO DIGITAL? O QUE É CERTIFICAÇÃO DIGITAL? Os computadores e a Internet são largamente utilizados para o processamento de dados e para a troca de mensagens e documentos entre cidadãos, governo e empresas. No entanto,

Leia mais

Juizado Virtual: Justiça Real

Juizado Virtual: Justiça Real Tribunal Regional Federal da Primeira Região Juizado Virtual: Justiça Real Juizados Especiais Federais A Justiça de todos Junho/2003 Brasília DF Elaboração e Implantação Presidência Corregedoria-Geral

Leia mais

ARTIGO: PECULIARIDADES DO PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO NA JUSTIÇA DO TRABALHO PJe-JT

ARTIGO: PECULIARIDADES DO PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO NA JUSTIÇA DO TRABALHO PJe-JT ARTIGO: PECULIARIDADES DO PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO NA JUSTIÇA DO TRABALHO PJe-JT Carlos Roberto Pegoretti Júnior 1 RESUMO: Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho. PJe JT. Trata-se de verdadeiro

Leia mais