Integre Redes Sociais nas Nuvens com o Framework Play

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Integre Redes Sociais nas Nuvens com o Framework Play"

Transcrição

1 play_ Integre Redes Sociais nas Nuvens com o Framework Play Use as redes sociais no seu sistema Play e faça o deploy nas nuvens de maneira totalmente gratuita. Na edição 57 mostramos como criar uma aplicação simples utilizando o framework Play. Se não conseguiu ler esse artigo, não se preocupe, os conceitos básicos estão disponíveis no site, e será possível executar a aplicação de exemplo sem conhecimento prévio. Nesta edição será explicado e exemplificado com detalhes dois aspectos importantes de sua aplicação, em primeiro lugar como se integrar nas redes sociais (Facebook), e depois como colocar para rodar nas nuvens (Heroku). Projeto de exemplo O projeto que utilizaremos será o NetCitacoes, mesmo da edição 57, mas as instruções podem ser aplicadas à sua aplicação sem que você precise se preocupar com o projeto que utilizamos. O link para download do projeto está nas referências no final do artigo. Escolhendo o módulo A maioria dos grandes sites que acessamos não usa um mecanismo próprio de autenticação, e sim alguns já famosos do mercado, como o OpenID, usado pelo Yahoo!, ou o OAuth2 usado pelo GitHub e Facebook. Acessando a url você encontrará várias opções de módulos que fazem integração com Facebook, Twitter, Linkedin etc, e também encontrará opções que fazem integrações com os mecanismos de autenticação OAuth versão 1 e 2, OpenID, entre outros. Existem mais de 130 módulos, o melhor a fazer é identificar quais que atendem às suas necessidades de projeto. O módulo que vamos usar neste artigo chama-se Secure Social. Instalando o módulo Secure Social Primeiramente, precisamos instalar e baixar as dependências necessárias para a execução do módulo, para isso edite no seu projeto o arquivo dependencies.yml Adicione a seguinte linha ao final do arquivo. - play -> securesocial {versao onde, {versao deverá ser substituído pela versão do módulo desejado. Usaremos para esse exemplo a versão 0.2.6, então a linha que devemos adicionar no arquivo ficará dessa forma: - play -> securesocial Não utilize a tecla TAB para identação do arquivo, caso contrário, ao tentar instalar as dependências, será exibida mensagem de erro. No projeto NetCitacoes da edição 57, utilizamos o módulo Secure, porém com o módulo SecureSocial / 48

2 Eduardo Cerqueira formado pela Universidade Ibirapuera, trabalha com java desde 2005 e sócio-diretor da WebStart Solutions, empresa com foco na prestação de serviços de desenvolvimento de software, atualmente trabalhando no desenvolvimento de startups. Fernando Boaglio formado pela Unesp em BCC, foi instrutor oficial da Sun Microsystems e da Oracle Education. Atualmente contribui para alguns projetos open source, como KDE e Mentawai, e é da equipe de arquitetura da Discover Technology, prestando serviços para a Tokio Marine Seguradora. Depois da visão geral do Play Framework na MundoJ 57, vamos partir para opções mais avançadas. Como deixar o seu site popular se ele não se integra às principais redes sociais? E para publicá-lo em um ambiente robusto, no seu servidor de aplicação preferido ou nas nuvens, como proceder? Segure os seus commits e prepare-se para enriquecer sua aplicação rapidamente! não precisaremos mais dele, então a linha que se refere ao módulo Secure poderá ser excluída. Salve o arquivo agora no terminar, dentro do diretório do projeto. Execute o comando: play deps --sync Esse comando fará a leitura das informações contidas no arquivo dependencies.yml e efetuará o download dos arquivos necessários para serem utilizados no seu projeto (será exibida uma saída semelhante à Listagem 1 ). Listagem 1. Saída do comando play deps sync. $ play deps --sync _ \ / _ _ / _ \ \ (_) _ / play! 1.2.5, Resolving dependencies using /Users/eduardocerqueira/ materiamj/netcitacoes/conf/dependencies.yml, play->scaffold head (from playcontributedmodules) play->securesocial (from playcontributedmodules) Downloading required dependencies, downloaded securesocial zip Installing resolved dependencies, modules/scaffold-head modules/secure -> /Users/eduardocerqueira/projetos/ ambiente/play-1.2.5/modules/secure modules/securesocial Done! Após o término do download, precisamos incluir as bibliotecas no projeto e no build path, para isso, execute o comando: play eclipsify Pronto, já instalamos o módulo necessário e também já configuramos nosso projeto para utilização do mesmo. 49 \

3 É possível que algumas classes fiquem com erro de compilação, isso acontece porque existem várias referências ao módulo secure que não estamos utilizando mais, por esse motivo, as linhas com erro poderão ser comentadas sem qualquer problema. Agora, precisamos adicionar algumas diretrizes para que o módulo instalado seja efetivamente utilizado pela aplicação. Nessa etapa, precisaremos editar o arquivo conf/ application.conf para informar ao módulo quais as redes sociais e, consequentemente, os protocolos e as chaves de acesso a essas redes que serão utilizados. Para obtenção das chaves, cada serviço possui uma forma diferente, mas utilizando o Facebook como exemplo, precisamos acessar o endereço developers.facebook.com e configurar uma nova aplicação. A explicação de como configurar uma nova aplicação não está dentro do escopo deste artigo (a edição 55 no artigo Integrando Aplicações Java com o Facebook mostrou como fazer isso), mas acessando o endereço acima, não será nenhum desafio, acredite! Depois de criada a sua aplicação, o Facebook fornece uma identificação da sua aplicação (App ID) e um código secreto (App Secret), apenas para garantir que é você mesmo que está usando essa aplicação e mais ninguém. Essas mesmas informações precisaremos para configurar o NetCitacoes. Edite o arquivo conf/application.conf e inclua as informações da Listagem 2. Listagem 2. Itens de configuração do módulo SecureSocial. securesocial.providers=facebook,userpass securesocial.facebook.authorizationurl= https://graph.facebook.com/oauth/authorize securesocial.facebook.accesstokenurl= https://graph.facebook.com/oauth/access_token securesocial.facebook.clientid=app_id securesocial.facebook.secret=secret_app securesocial.facebook.scope= securesocial.mailer.subject=ative a sua conta securesocial.logout.redirect=application.index Aqui tem uma série de informações que precisamos comentar, mas que de certa forma são auto- -explicativas. A propriedade securesocial.providers é responsável por dizer ao módulo quais os provedores de login utilizaremos na aplicação, como pode ser observado, mais de um provedor pode ser configurado para ser utilizado em conjunto. Usaremos os provedores de login do Facebook e o nosso velho conhecido padrão login e senha. As propriedades securesocial.facebook.authorizationurl e securesocial.facebook.access- TokenURL não precisam ser alteradas e referem-se ao endereço utilizado pelo Facebook para realizar autorização e verificação de token de acesso, bem auto-explicativo. Agora utilizaremos as informações que o Facebook nos forneceu para editar as propriedades securesocial.facebook.clientid e securesocial. facebook.secret substituindo os valores APP_ID e SECRET_APP por seus respectivos valores fornecidos quando criamos a nossa aplicação (App ID e App Secret, lembre-se que eles garantem que a aplicação foi criada exclusivamente por você). Na propriedade securesocial.logout.redirect informamos a action que será chamada quando o usuário efetuar logout no site. No nosso caso, estou executando a action que retorna para o ponto de entrada da aplicação. O Secure Social, além da autenticação, também proporciona o cadastro de usuário no seu sistema e ativação do mesmo por . Para configurar essa opção, informe duas propriedades: securesocial. mailer.subject, que é o assunto para o de ativação e securesocial.mailer.from, que define qual o endereço de remetente (From). Para finalizarmos a configuração do módulo, edite o arquivo conf/routes e troque o módulo de autenticação que usamos no artigo anterior, de secure para securesocial, conforme a última linha da Listagem 3. Listagem 3. Arquivo routes. # Routes # This file defines all application routes (Higher priority routes first) # # Home page GET / Application.index GET /listarcomentarios/{id Comentarios.listar # Ignore favicon requests GET /favicon.ico 404 # Map static resources from the /app/public folder to the / public path GET /public/ staticdir:public # Catch all * /{controller/{action { c o n t r o l l e r. {action # Secure social * /auth module:securesocial Adicionando segurança aos controllers No SecureSocial, podemos definir se nossas classes de controle terão acesso público ou restrito, que / 50

4 precisam de autenticações do usuário. Para informar ao módulo qual tipo de acesso uma classe controller terá, usaremos a anotação de informando qual a classe que será aplicada. Para classes de acesso público utilizamos a anotação com a classe SecureSocialPublic.java e para acesso restrito, usamos a classe SecureSocial.java Baseado nesse conceito, alteramos a classe Application.java para usar a classe que permite o acesso público, para isso abra o arquivo Application.java e inclua a anotação de With(SecureSocialPublic.class) conforme Listagem 4. Listagem 4. Classe Application.class. package controllers; import play.mvc.controller; import play.mvc.with; import public class Application extends Controller { public static void index() { render(); public static void sair() throws Throwable { Agora, precisamos alterar as classes que terão acesso restrito e, por consequência, deverão redirecionar para a tela de login, caso sejam acessadas. Iremos alterar a classe Usuarios conforme a Listagem 5. Listagem 5. Classes Usuarios. ackage controllers; import java.util.list; import models.usuario; import play.data.validation.valid; import play.i18n.messages; import play.mvc.before; import play.mvc.controller; import play.mvc.with; import public class Usuarios extends Controller static void user() { p public static void index() { List<Usuario> entities = models.usuario.all().fetch(); render(entities); public static void create(usuario entity) { render(entity); public static void show(java.lang.long id) { Usuario entity = Usuario.findById(id); render(entity); public static void edit(java.lang.long id) { Usuario entity = Usuario.findById(id); render(entity); public static void delete(java.lang.long id) { Usuario entity = Usuario.findById(id); entity.delete(); public static void Usuario entity) { if (validation.haserrors()) { flash.error(messages.get( scaffold.validation )); entity); entity.save(); flash.success(messages.get( scaffold.created, Usuario )); public static void Usuario entity) { if (validation.haserrors()) { flash.error(messages.get( scaffold.validation )); entity); entity = entity.merge(); entity.save(); flash.success(messages.get( scaffold.updated, Usuario )); Ajustando a segurança nas views Como estamos usando o módulo Secure Social, no arquivo index.html precisamos remover algumas linhas que tínhamos com referência ao módulo secure antigo (duas linhas com secure.check), então edite esse arquivo conforme a Listagem 6. Listagem 6. Alteração no arquivo index.html. #{extends main.html / <h2>controllers</h2> <a >Citações </a><br/> <a >Comentários </a><br/> <a >Usuários</a><br/> #{list citacoes, as: citacao ${citacao.descricao #{/list 51 \

5 Acessando a aplicação e testando o funcionamento Pronto, agora com tudo configurado, basta executar o servidor do play com o comando: play run E acessar a URL de entrada da aplicação: Ao acessar o sistema, não será solicitado nenhum login, pois está com acesso público na controller, porém ao acessar o item de menu usuários, será exibida uma tela semelhante à figura 1. Figura 1. Tela de usuários acessando o sistema com integração ao Facebook. Ao clicar no ícone do Facebook, a aplicação utilizará o login integrado para identificar o usuário, caso ele preencha as informações nos campos de username e password, o sistema buscará as informações no banco de dados da própria aplicação. Publicando sua aplicação É muito comum termos uma configuração diferente em desenvolvimento e produção, não só as senhas de banco, mas algumas vezes em desenvolvimento é MySQL e em produção Oracle. No play todas as configurações ficam no application.conf, e com um prefixo conseguimos diferenciar os ambientes. Exemplo: %producao.application.mode=prod db=mem netcitacoes Nesse exemplo, temos no ambiente de desenvolvimento sem banco de dados (usando na verdade HSQL internamente) e em produção PostgreSQL. Para executar essa aplicação no ambiente de desenvolvimento, faça o de sempre: play run Para executar a aplicação em produção, especifique na linha de comando o ambiente desejado: play run --%producao Ao executar em um ambiente de produção, o hot deploy é desativado e antes de subir todos os fontes Java e os templates são compilados. A facilidade do Play também está na publicação (deploy). Nas referências você encontra o link da documentação oficial com os principais ambientes, aqui teremos as três opções mais utilizadas. 1. Standalone (apenas na sua máquina) Para publicar em uma só máquina ou em uma rede pequena, a melhor alternativa é utilizar o servidor disponível dentro do play o mesmo que é utilizado para o desenvolvimento, apenas suba a aplicação com play run. Esse servidor embutido no play suporta milhares de requisições simultâneas, e com certeza não será o gargalo de seu sistema. 2. Em um servidor Java EE O play consegue exportar sua aplicação para os principais contêiners JEE do mercado, como JBoss, Jetty, Tomcat, Websphere e Glassfish. play war netcitacoes -o netcitacoes.war --zip E as bibliotecas do Hibernate? E as bibliotecas dos drivers do banco de dados? Não se preocupe, de acordo com o que está configurado no arquivo de configuração, o play gera o pacote com todas as dependências necessárias. 3. Nas nuvens O Heroku.com é um excelente provedor de serviços que permite a publicação gratuita de sua aplicação em Play, desde que obedeça a algumas restrições. Para publicarmos o NetCitacoes, precisamos fazer alguns ajustes para o novo ambiente: a. as publicações funcionam via Git, portanto é necessária a instalação do cliente do controle de versão Git (veja nas referências onde baixar). b. converter o seu banco de dados para o PostgreSQL. É bem mais simples do que parece, vamos começar entrando no Heroku utilizando a linha de comando: > heroku auth:login Enter your Heroku credentials. Password (typing will be hidden): Authentication successful. Agora vamos criar o nosso ambiente no servidor: dentro do diretório do NetCitacoes digite: > heroku create creating pure-badlands done stack is cedar com:pure-badlands-1151.git Git remote heroku added / 52

6 Foi criado o ambiente lá no Heroku, e o diretório do seu projeto no Git foi ligado ao do servidor, para poder publicar sua aplicação. Como esse nome aleatório não é interessante, vamos renomear para um nome mais amigável: > heroku apps:rename netcitacoes Renaming pure-badlands-1151 to netcitacoes... done Se você não está acostumado com linha de comando, não se preocupe, tudo o que fizermos até agora pode ser feito via web browser conforme a figura 2. Vamos adicionar o suporte ao PostgreSQL versão gratuita de desenvolvimento (limite de linhas): > heroku addons:add heroku-postgresql:dev Adding heroku-postgresql:dev on netcitacoes... done v3 (free) Attached as HEROKU_POSTGRESQL_PINK_URL Database has been created and is available! This database is empty. If upgrading you can transfer! data from another database with pgbackups:restore. Use `heroku addons:docs heroku-postgresql:dev` to view documentation. Vamos importar as nossas tabelas para o servidor (o script cria-banco.sql está junto com o código-fonte, consulte as referências no final do artigo): >psql -h compute-1.amazonaws.com -U jihxebfy -d dvju -p 5432 < cria-banco.sql Senha para usuário jihxebfy: CREATE TABLE... ALTER TABLE Figura 2. Renomeando a aplicação NetCitações no Heroku. A partir de agora o subdomínio herokuapp.com/ está registrado para a nossa aplicação, mas sem nenhuma aplicação por enquanto (conforme figura 3). Isso significa que o nosso ambiente está pronto, só aguardando uma publicação do nosso lado, que será feita via git. No conceito de nuvem, as aplicações funcionam com o mínimo possível e qualquer coisa que for necessário é preciso adicionar o módulo específico. Por exemplo, se a sua aplicação vai mandar s, é preciso adicionar um módulo para isso (por exemplo, o Mailgun). Como precisamos de um banco de dados, vamos adicionar uma opção gratuita. Depois do banco de dados pronto, vamos configurar o servidor de aplicação. Ao contrário dos provedores que acessamos remotamente, aqui especificamos o que o servidor deve fazer em um arquivo de comandos, chamado Procfile. No nosso caso vamos colocar a instrução de subir uma aplicação em Play, portanto o arquivo contém apenas uma linha: web: play run --http.port=$port $PLAY_OPTS Agora faça o deploy de sua aplicação... FTP? SSH? Copiar arquivos? Reiniciar servidor web? Não precisa! O git faz tudo isso para você com uma linha de comando: Figura 3. Subdomínio registrado no Heroku sem nenhuma aplicaçã., 53 \

7 /workspace-play/netcitacoes [18:23:21]> git push heroku master Counting objects: 398 done. Delta compression using up to 4 threads. Compressing objects: 100% (221/221) done. Writing objects: 100% (398/398) KiB 211 KiB/s done. Total 398 (delta 153) reused 385 (delta 150) -----> Play! app detected -----> Installing OpenJDK done -----> Installing Play! > Launching... done v6 deployed to Heroku To * [new branch] master -> master Perceba o que aconteceu, o git pegou os seus arquivos e mandou para o servidor do Heroku, depois disso o servidor leu a linha de comando do arquivo Procfile e subiu a sua aplicação, simples assim. Agora está disponível a aplicação na nuvem do Heroku pelo endereço: com (figura 4). Com essa postura dos responsáveis do Play, talvez o branch instável nunca fique pronto, pois existe essa tendência quase que imposta que nos leva à nova versão, apesar dos problemas reportados todos os dias na lista de discussão oficial. Se não desejar aprender Scala e continuar no Java, não se preocupe! A maioria dos usuários continua na versão um e a Typesafe promete deixar a utilização da nova versão mais atraente para programadores Java. Considerações finais O framework Play é bastante extensível e provê de forma fácil acesso a facilidades que normalmente demandariam muito esforço para serem realizados manualmente em Java. Essas e muitas outras facilidades estão disponíveis para serem utilizadas sem muita complicação resultando em muita produtividade com baixo esforço para serem implementados. Após um roteiro de integração de uma aplicação Play integrar-se ao Facebook com poucas configurações, foi demonstrado também como publicar a sua aplicação na sua rede social ou nas nuvens no Heroku. O código-fonte e demais referências estão no final do artigo. Vale a pena dar uma olhada em outros módulos que o framework disponibiliza no site do projeto e tirar o máximo proveito do Play. Um grande abraço a todos e até a próxima! /referências Figura 4. Aplicação NetCitações nas nuvens. E o Play 2.x? Acessando o site oficial do Play Framework, parece que a primeira versão é coisa do passado distante e que a nova versão 2 está pronta para produção. Não é bem assim, para resumir a história o principal responsável pelo framework Play agora trabalha para a Typesafe, a empresa que mantém a linguagem Scala e vende produtos e serviços. Portanto, o Play 2 foi totalmente reescrito em Scala e o Play em Java colocado em segundo plano. Apesar do esforço da equipe da Typesafe, a adesão à nova versão pelos mantenedores dos módulos é muito baixa, e juntando com o pré-requisito de programar em Scala, atualmente essa versão não é muito popular. > https://github.com/egcerqueira/netcitacoes - códigofonte do exemplo do artigo > - documentação oficial para publicação de aplicações > - documentação oficial para ambiente de produção > - download do Git para Windows, MacOS e Linux > - documentação do Play no Heroku > - tradução da documentação do Play em português > - lista de discussão oficial do Play / 54

Play. Aumente sua produtividade com o framework. No ano de 2007 o desenvolvedor Guillaume Bort

Play. Aumente sua produtividade com o framework. No ano de 2007 o desenvolvedor Guillaume Bort play_ Aumente sua produtividade com o framework Play Crie um sistema completo em minutos e entenda por que tantas pessoas estão abandonando o seu framework web preferido para usar Play. No ano de 2007

Leia mais

Heroku. Implantando Aplicações Java no. heroku_. Descubra como é fácil ter sua aplicação rodando em Cloud Computing

Heroku. Implantando Aplicações Java no. heroku_. Descubra como é fácil ter sua aplicação rodando em Cloud Computing heroku_ Implantando Aplicações Java no Heroku Descubra como é fácil ter sua aplicação rodando em Cloud Computing O que é o Heroku? Heroku é uma plataforma de cloud computing que foi criada para facilitar

Leia mais

Maker Planet www.makerplanet.com Manual do Usuário

Maker Planet www.makerplanet.com Manual do Usuário Maker Planet www.makerplanet.com Manual do Usuário Atenção: Este é o rascunho inicial deste documento, visite o Maker Planet.COM (HTTP://www.makerplanet.com/) para obter as atualizações deste documento.

Leia mais

Casa do Código Livros para o programador Rua Vergueiro, 3185-8º andar 04101-300 Vila Mariana São Paulo SP Brasil

Casa do Código Livros para o programador Rua Vergueiro, 3185-8º andar 04101-300 Vila Mariana São Paulo SP Brasil Casa do Código Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei nº9.610, de 10/02/1998. Nenhuma parte deste livro poderá ser reproduzida, nem transmitida, sem autorização prévia por escrito da editora,

Leia mais

MULTIACERVO - VERSÃO 17.*

MULTIACERVO - VERSÃO 17.* MULTIACERVO - VERSÃO 17.* MANUAL PARA CONVERSÃO DA VERSÃO 16.* PARA 17.* CONTEÚDO: A) Procedimentos comuns para todas as arquiteturas B) Procedimentos exclusivos arquitetura Cliente/Servidor MS-SQL-SERVER

Leia mais

MULTIACERVO - VERSÃO 18.* MANUAL PARA CONVERSÃO DA VERSÃO 17.* PARA 18.*

MULTIACERVO - VERSÃO 18.* MANUAL PARA CONVERSÃO DA VERSÃO 17.* PARA 18.* MULTIACERVO - VERSÃO 18.* MANUAL PARA CONVERSÃO DA VERSÃO 17.* PARA 18.* CONTEÚDO: A) Procedimentos comuns para todas as arquiteturas B) Procedimentos exclusivos arquitetura com sgbd MS-SQL-SERVER C) Procedimentos

Leia mais

Omega Tecnologia Manual Omega Hosting

Omega Tecnologia Manual Omega Hosting Omega Tecnologia Manual Omega Hosting 1 2 Índice Sobre o Omega Hosting... 3 1 Primeiro Acesso... 4 2 Tela Inicial...5 2.1 Área de menu... 5 2.2 Área de navegação... 7 3 Itens do painel de Controle... 8

Leia mais

Projeto Amadeus. Guia de Instalação 00.95.00 Linux

Projeto Amadeus. Guia de Instalação 00.95.00 Linux Projeto Amadeus Guia de Instalação 00.95.00 Linux Agosto 2010 Sumário 1. Introdução...3 2. Pré-Requisitos...4 2.1 Máquina Virtual Java...4 2.1.1 Instalando JDK via apt-get...4 2.1.2 Instalando JDK a partir

Leia mais

Universidade da Beira Interior. Sistemas Distribuídos - 2014/2015 Curso: Engª Informática. Folha 11. JAX-RS: Java API for RESTful Web Services

Universidade da Beira Interior. Sistemas Distribuídos - 2014/2015 Curso: Engª Informática. Folha 11. JAX-RS: Java API for RESTful Web Services JAX-RS: Java API for RESTful Web Services A - Creating RESTful Web Services from a Database 1- Comece por criar um projeto do tipo Java Web application, como fez nos exercícios das fichas anteriores. No

Leia mais

Ambientação JAVA. Versão 0.1 MICHEL CORDEIRO ANALISTA DE NEGÓCIO (NTI 2014) 1 UNIVERSIDADE CEUMA 08/01/2014

Ambientação JAVA. Versão 0.1 MICHEL CORDEIRO ANALISTA DE NEGÓCIO (NTI 2014) 1 UNIVERSIDADE CEUMA 08/01/2014 UNIVERSIDADE CEUMA Ambientação JAVA Versão 0.1 08/01/2014 Este é um modelo de configuração para desenvolvimento no ambiente Java. MICHEL CORDEIRO ANALISTA DE NEGÓCIO (NTI 2014) 1 Sumário Sumário... 2 1

Leia mais

Projeto Amadeus. Guia de Instalação 00.95.00 Windows

Projeto Amadeus. Guia de Instalação 00.95.00 Windows Projeto Amadeus Guia de Instalação 00.95.00 Windows Agosto 2010 Sumário 1. Introdução...3 2. Pré-Requisitos...4 2.1 Máquina Virtual Java...4 2.2 Apache TomCat 6.0.18...4 2.3 PostgreSQL 8.3...5 3. Instalando

Leia mais

MULTIACERVO - VERSÃO 19.* MANUAL PARA CONVERSÃO DA VERSÃO 18.* PARA 19.*

MULTIACERVO - VERSÃO 19.* MANUAL PARA CONVERSÃO DA VERSÃO 18.* PARA 19.* MULTIACERVO - VERSÃO 19.* MANUAL PARA CONVERSÃO DA VERSÃO 18.* PARA 19.* CONTEÚDO: A) Procedimentos comuns para todas as arquiteturas B) Procedimentos exclusivos arquitetura com sgbd SqlServer C) Procedimentos

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO. Plataforma Windows. Relatório Técnico Versão 0.1 (201305032030) Leandro Gomes da Silva, Tiago França Melo de Lima

GUIA DE INSTALAÇÃO. Plataforma Windows. Relatório Técnico Versão 0.1 (201305032030) Leandro Gomes da Silva, Tiago França Melo de Lima Laboratório de Engenharia e Desenvolvimento de Sistemas LEDS/UFOP Universidade Federal de Ouro Preto UFOP GUIA DE INSTALAÇÃO Plataforma Windows Relatório Técnico Versão 0.1 (201305032030) Leandro Gomes

Leia mais

Guia de instalação para ambiente de Desenvolvimento LINUX

Guia de instalação para ambiente de Desenvolvimento LINUX Guia de instalação para ambiente de Desenvolvimento LINUX Conteúdo deste manual Introdução O guia de instalação... 3 Capítulo 1 Instalando o servidor Web Apache... 4 Teste de instalação do Apache... 9

Leia mais

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider Ferramenta: Spider-CL Manual do Usuário Versão da Ferramenta: 1.1 www.ufpa.br/spider Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 14/07/2009 1.0 15/07/2009 1.1 16/07/2009 1.2 20/05/2010 1.3 Preenchimento

Leia mais

Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br

Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br Índice Como acessar o Moodle Editando seu PERFIL Editando o curso / disciplina no Moodle Incluindo Recursos

Leia mais

PROGRAMANDO ANDROID NA IDE ECLIPSE GABRIEL NUNES, JEAN CARVALHO TURMA TI7

PROGRAMANDO ANDROID NA IDE ECLIPSE GABRIEL NUNES, JEAN CARVALHO TURMA TI7 Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Rio Grande do Sul Informação e Comunicação: Habilitação Técnica de Nível Médio Técnico em Informática Programação Android na IDE Eclipse PROGRAMANDO ANDROID

Leia mais

Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O

Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O Instalação da Aplicação Java...2 Instalação do Emissor...5 Instalação do Framework...7 Instalação das DLL s URL, SCHEMAS, CADEIA DE CERTIFICADO

Leia mais

MANUAL DO ANIMAIL 1.0.0.1142 Terti Software

MANUAL DO ANIMAIL 1.0.0.1142 Terti Software O Animail é um software para criar campanhas de envio de email (email Marketing). Você pode criar diversas campanhas para públicos diferenciados. Tela Principal do sistema Para melhor apresentar o sistema,

Leia mais

Integração entre o IBM HTTP SERVER, APACHE WEB Server e IBM Websphere Application Server

Integração entre o IBM HTTP SERVER, APACHE WEB Server e IBM Websphere Application Server Integração entre o IBM HTTP SERVER, APACHE WEB Server e IBM Websphere Application Server Índice Resumo sobre este documento... 3 Integrando o IBM HTTP Server com o IBM WebSphere Application Server... 3

Leia mais

O sistema que completa sua empresa Roteiro de Instalação (rev. 15.10.09) Página 1

O sistema que completa sua empresa Roteiro de Instalação (rev. 15.10.09) Página 1 Roteiro de Instalação (rev. 15.10.09) Página 1 O objetivo deste roteiro é descrever os passos para a instalação do UNICO. O roteiro poderá ser usado não apenas pelas revendas que apenas estão realizando

Leia mais

Estratégia para fazer cópias de segurança ( backup ) em nuvem

Estratégia para fazer cópias de segurança ( backup ) em nuvem 1 de 20 Estratégia para fazer cópias de segurança ( backup ) em nuvem Resolvi documentar uma solução que encontrei para fazer minhas cópias de segurança. Utilizo um software gratuito chamado Cobian Backup

Leia mais

2 Requisitos Mínimos... 2. 1 Visão Geral 2 Instalando o SDK... da Sun 3 Instalando o Tomcat... do Apache Jakarta Project 4 Instalando o WebIntegrator

2 Requisitos Mínimos... 2. 1 Visão Geral 2 Instalando o SDK... da Sun 3 Instalando o Tomcat... do Apache Jakarta Project 4 Instalando o WebIntegrator Conteúdo I Conteúdo Part I Introdução 2 1 Apresentação... 2 2 Requisitos Mínimos... 2 Part II Instruções de Instalação 2 1 Visão Geral... 2 2 Instalando o SDK... da Sun 2 3 Instalando o Tomcat... do Apache

Leia mais

Dominando Action Script 3

Dominando Action Script 3 Dominando Action Script 3 Segunda Edição (2014) Daniel Schmitz Esse livro está à venda em http://leanpub.com/dominandoactionscript3 Essa versão foi publicada em 2014-05-02 This is a Leanpub book. Leanpub

Leia mais

Manual de instalação, configurações e uso do LiveZilla

Manual de instalação, configurações e uso do LiveZilla Manual de instalação, configurações e uso do LiveZilla Sumário Criando Servidor/Conta Livezilla... 1 Configurando e colocando ícone Livezilla no Site... 12 Editando perfil seu e do chat... 22 Criando Servidor/Conta

Leia mais

MANUAL PARA USO DO SISTEMA GCO Gerenciador Clínico Odontológico

MANUAL PARA USO DO SISTEMA GCO Gerenciador Clínico Odontológico MANUAL PARA USO DO SISTEMA GCO Gerenciador Clínico Odontológico O GCO é um sistema de controle de clínicas odontológicas, onde dentistas terão acesso a agendas, fichas de pacientes, controle de estoque,

Leia mais

Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG

Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG Abril 2013 Sumário 1. Agente... 1 2. Onde instalar... 1 3. Etapas da Instalação do Agente... 1 a. Etapa de Instalação do Agente... 1 b. Etapa de Inserção

Leia mais

Ricardo R. Lecheta. Novatec

Ricardo R. Lecheta. Novatec Ricardo R. Lecheta Novatec Copyright 2015 da Novatec Editora Ltda. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998. É proibida a reprodução desta obra, mesmo parcial, por qualquer

Leia mais

Conhecendo o Visual FoxPro 8.0 Parte 1

Conhecendo o Visual FoxPro 8.0 Parte 1 AULA Conhecendo o Visual FoxPro 8.0 Parte 1 Em qualquer profissão é importante que se conheça bem as ferramentas que serão usadas para executar o trabalho proposto. No desenvolvimento de software não é

Leia mais

TUTORIAL SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO

TUTORIAL SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO WISLIY LOPES JULIANO PIROZZELLI TULIO TSURUDA LUIZ GUILHERME MENDES TUTORIAL SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO GOIÂNIA JUNHO DE 2014 Sumário

Leia mais

Como criar uma conta gratuita e subir uma foto no Windows Azure

Como criar uma conta gratuita e subir uma foto no Windows Azure Como criar uma conta gratuita e subir uma foto no Windows Azure (enviar URL da foto para igsjunior@gmail.com no máximo até 20/dez/2010) by Idevar Junior 1. Entre no site http://www.windowsazure.com/ 2.

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

BlackBerry Internet Service. Versão: 4.5.1. Guia do usuário

BlackBerry Internet Service. Versão: 4.5.1. Guia do usuário BlackBerry Internet Service Versão: 4.5.1 Guia do usuário Publicado: 09/01/2014 SWD-20140109134951622 Conteúdo 1 Primeiros passos... 7 Sobre os planos de serviço de mensagens oferecidos para o BlackBerry

Leia mais

GEPLANES GESTÃO DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO MANUAL DE INSTALAÇÃO DO GEPLANES EM UM AMBIENTE WINDOWS

GEPLANES GESTÃO DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO MANUAL DE INSTALAÇÃO DO GEPLANES EM UM AMBIENTE WINDOWS GEPLANES GESTÃO DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO MANUAL DE INSTALAÇÃO DO GEPLANES EM UM AMBIENTE WINDOWS JANEIRO 2015 1 Sumário 1. Introdução...3 2. Pré-Requisitos...4 2.1. Instalação do Java Development Kit

Leia mais

Guia de usuário do portal de acesso SSH

Guia de usuário do portal de acesso SSH Guia de usuário do portal de acesso SSH 18 de novembro de 2010 O acesso ao MASTER via SSH foi reformulado para garantir a segurança e reduzir os pontos falhos no sistema. Para o usuário comum a única modificação

Leia mais

INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA SERVLETS

INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA SERVLETS PROGRAMAÇÃO SERVIDOR EM SISTEMAS WEB INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA SERVLETS Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1 Objetivos Apresentar o conceito aplicações orientada a serviços via web Apresentar o papel dos contentores

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2 18 de fevereiro de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é

Leia mais

ACESSANDO O GITHUB E COMPARTILHANDO PROJETOS

ACESSANDO O GITHUB E COMPARTILHANDO PROJETOS ACESSANDO O GITHUB E COMPARTILHANDO PROJETOS O QUE É O GITHUB : O GitHub é uma plataforma online colaborativa criada para fins de compartilhamento de códigos e projetos entre programadores que desejam

Leia mais

Manual Ilha Web Imóveis. Sistema para Imobiliárias e Corretores. Ilha Web Internet Ltda.

Manual Ilha Web Imóveis. Sistema para Imobiliárias e Corretores. Ilha Web Internet Ltda. Manual Ilha Web Imóveis Sistema para Imobiliárias e Corretores Ilha Web Internet Ltda. Sumário 1 REQUISITOS DO SERVIDOR...3 2 INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO...4 2.1 CRIE UMA BASE DE DADOS...4 2.2 MODIFIQUE O

Leia mais

MANUAL DE ADMINISTRAÇÃO DO SOFTWARE E COMUNIDADES DO PORTAL DO SOFTWARE PÚBLICO BRASILEIRO. Em construção

MANUAL DE ADMINISTRAÇÃO DO SOFTWARE E COMUNIDADES DO PORTAL DO SOFTWARE PÚBLICO BRASILEIRO. Em construção MANUAL DE ADMINISTRAÇÃO DO SOFTWARE E COMUNIDADES DO PORTAL DO SOFTWARE PÚBLICO BRASILEIRO Em construção Índice 1. Introdução 2. Cadastrar e Logar no Portal 3. Plataforma de redes Sociais Noosfero 3.1.

Leia mais

Guia de administração para a integração do Portrait Dialogue 6.0. Versão 7.0A

Guia de administração para a integração do Portrait Dialogue 6.0. Versão 7.0A Guia de administração para a integração do Portrait Dialogue 6.0 Versão 7.0A 2013 Pitney Bowes Software Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento pode conter informações confidenciais ou protegidas

Leia mais

Integrando Eclipse e Websphere Application Server Community Edition

Integrando Eclipse e Websphere Application Server Community Edition 1 Integrando Eclipse e Websphere Application Server Community Edition Sobre o Autor Carlos Eduardo G. Tosin (carlos@tosin.com.br) é formado em Ciência da Computação pela PUC-PR, pós-graduado em Desenvolvimento

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.6.0

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.6.0 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.6.0 09 de novembro de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é uma

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 26 de agosto de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é uma

Leia mais

Nome N Série: Ferramentas

Nome N Série: Ferramentas Nome N Série: Ferramentas Competências: Identificar e utilizar técnicas de modelagem de dados; Habilidades: Utilizar ferramentas de apoio ao desenvolvimento de software; Bases Tecnológicas: Metodologias

Leia mais

ÍNDICE 1.CONHECENDO OS APLICATIVOS NECESSÁRIOS PARA O FUNCIONAMENTO DO SISTEMA URANO INTEGRA...

ÍNDICE 1.CONHECENDO OS APLICATIVOS NECESSÁRIOS PARA O FUNCIONAMENTO DO SISTEMA URANO INTEGRA... Instalação do Sistema Urano Integra em Sistema Operacional Windows 1 ÍNDICE 1.CONHECENDO OS APLICATIVOS NECESSÁRIOS PARA O FUNCIONAMENTO DO SISTEMA URANO INTEGRA.... 3 1.1 URANO INTEGRA... 3 1.2 JAVA RUNTIME

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

Passo 1: Abra seu navegador e digite http://www.no-ip.com. Passo 2: Na tela que surgir, clique em Get Started.

Passo 1: Abra seu navegador e digite http://www.no-ip.com. Passo 2: Na tela que surgir, clique em Get Started. 1 - Como obter seu DNS Dinâmico no No-IP O No-IP, é um sistema de DNS (Domain Name Server), que converte o seu endereço IP em um nome. O que o No-IP faz, é converter o nome do tipo minhacameraip.no-ip.org

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. HELP SUPORTE e HELP - REMOTO (Versão de usuário: 2.0)

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. HELP SUPORTE e HELP - REMOTO (Versão de usuário: 2.0) MANUAL DE UTILIZAÇÃO HELP SUPORTE e HELP - REMOTO (Versão de usuário: 2.0) 1 Sumário 1 Introdução...3 2 O que é o HELP Suporte?...3 3 Cadastro no Help Suporte...3 4 Como Acessar e Utilizar o HELP SUPORTE...3

Leia mais

Tutorial, Instalando e configurando o apache no linux.

Tutorial, Instalando e configurando o apache no linux. Tutorial, Instalando e configurando o apache no linux. Olá galera, esse tutorial ensinará passo passo, como subir um servido WEB no linux. Estou usando atualmente, o Linux ubuntu Hardy Heron 8.04 primeira

Leia mais

Iniciando com Zend_Auth By Rob Allen, www.akrabat.com Document Revision 1.0.8 Copyright 2007

Iniciando com Zend_Auth By Rob Allen, www.akrabat.com Document Revision 1.0.8 Copyright 2007 Iniciando com Zend_Auth By Rob Allen, www.akrabat.com Document Revision 1.0.8 Copyright 2007 Este tutorial é destinado a oferecer uma bem básica introdução para o uso do componente Zend_Auth com o Zend

Leia mais

TUTORIAIS COMO ABRIR UM DNS. Prof. Celso Masotti

TUTORIAIS COMO ABRIR UM DNS. Prof. Celso Masotti TUTORIAIS COMO ABRIR UM DNS Prof. Celso Masotti São Paulo - 2009 A estrutura completa de um nome para navegação é: www.dns.dpn.cctld Não entendeu? E se eu colocar dessa forma? www.parafusos.com.br I -

Leia mais

Manual. Configuração do. Samba. Compartilhamento e Servidor Samba Linux. Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre

Manual. Configuração do. Samba. Compartilhamento e Servidor Samba Linux. Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração do Samba Compartilhamento e Servidor Samba Linux Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração do Samba Compartilhamento e Servidor Samba

Leia mais

Laboratório - Exploração do FTP

Laboratório - Exploração do FTP Objetivos Parte 1: Usar o FTP em um prompt de comando Parte 2: Baixar um arquivo FTP usando WS_FTP LE Parte 3: Usar o FTP em um navegador Histórico/cenário O File Transfer Protocol (FTP) faz parte do conjunto

Leia mais

Guia de Inicialização para o Windows

Guia de Inicialização para o Windows Intralinks VIA Versão 2.0 Guia de Inicialização para o Windows Suporte 24/7/365 da Intralinks EUA: +1 212 543 7800 Reino Unido: +44 (0) 20 7623 8500 Consulte a página de logon da Intralinks para obter

Leia mais

Manual do Usuário. Aplicativo Intranet Geração de Grade - SmartMídia. REV. 2.0 Diadema Outubro 2010. Índice

Manual do Usuário. Aplicativo Intranet Geração de Grade - SmartMídia. REV. 2.0 Diadema Outubro 2010. Índice Manual do Usuário Aplicativo Intranet Geração de Grade - SmartMídia REV. 2.0 Diadema Outubro 2010 Índice Introdução Este manual tem como objetivo detalhar o funcionamento do aplicativo Intranet responsável

Leia mais

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO WEB

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO WEB LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO WEB GABRIELA TREVISAN Ambiente de Desenvolvimento Após instalar o Wamp Server, inicie o servidor. Um ícone aparecerá na SystemTray. A cor do ícone indica seu estado: Verde: servidor

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Se ainda tiver dúvidas entre em contato com a equipe de atendimento: Por telefone: 0800 642 3090 Por e-mail atendimento@oisolucoespraempresas.com.br Introdução... 3 1. O que é o programa Oi Backup Empresarial?...

Leia mais

Manual Vivo Sync. Manual do Usuário. Versão 1.0.0. Copyright Vivo 2013. http://vivosync.com.br

Manual Vivo Sync. Manual do Usuário. Versão 1.0.0. Copyright Vivo 2013. http://vivosync.com.br Manual do Usuário Versão 1.0.0 Copyright Vivo 2013 http://vivosync.com.br 1 1 Índice 1 Índice... 2 2 Vivo Sync... 4 3 Vivo Sync Web... 5 3.1 Página Inicial... 5 3.1.1 Novo Contato... 6 3.1.2 Editar Contato...

Leia mais

Guia de Instalação. NSi AutoStore TM 6.0

Guia de Instalação. NSi AutoStore TM 6.0 Guia de Instalação NSi AutoStore TM 6.0 SUMÁRIO PREREQUISITES... 3 INSTALLATION: UPGRADING FROM AUTOSTORE 5.0... 4 INSTALLATION: NEW INSTALLATION... 8 LICENSING... 17 GETTING STARTED... 34 2012 Notable

Leia mais

LINUX EDUCACIONAL 3.0

LINUX EDUCACIONAL 3.0 Manual Instalação de Impressora no LINUX EDUCACIONAL 3.0 Instalação da impressora Via CUPS e KDE Produzido por: Sergio Graças Giany Abreu Desenvolvedores do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Instalação

Leia mais

INSTALANDO E CONFIGURANDO O MY SQL

INSTALANDO E CONFIGURANDO O MY SQL INSTALANDO E CONFIGURANDO O MY SQL Este tutorial tem como objetivo mostrar como instalar o banco de dados My SQL em ambiente Windows e é destinado aqueles que ainda não tiveram um contato com a ferramenta.

Leia mais

Persistência de Classes em Tabelas de Banco de Dados

Persistência de Classes em Tabelas de Banco de Dados UTFPR DAELN - Disciplina de Fundamentos de Programação II ( IF62C ). 1 Persistência de Classes em Tabelas de Banco de Dados 1) Introdução! Em algumas situações, pode ser necessário preservar os objetos

Leia mais

Instalando e Ativando o Smaart 7

Instalando e Ativando o Smaart 7 Instalando e Ativando o Smaart 7 A Instalação do Smaart 7 da Rational Acoustics consiste em instalar o software e depois registrar e ativar a sua instalação. Abaixo explicaremos estes passos. Instalação

Leia mais

Roteiro de instalação do jogo da Pirâmide Alimentar

Roteiro de instalação do jogo da Pirâmide Alimentar Roteiro de instalação do jogo da Pirâmide Alimentar Documento: Roteiro de Instalação do jogo da Pirâmide Alimentar Data: 13/04/2010 Objetivos: Orientar a instalação do jogo da Pirâmide Alimentar Versões

Leia mais

O que um Servidor Samba faz?

O que um Servidor Samba faz? O que é o Samba? O Samba é um "software servidor" para Linux (e outros sistemas baseados em Unix) que permite o gerenciamento e compartilhamento de recursos em redes formadas por computadores com o Windows

Leia mais

O sistema operacional recomendado deve ser o Windows 2003, Windows 2000 ou Windows XP (nessa ordem de recomendação).

O sistema operacional recomendado deve ser o Windows 2003, Windows 2000 ou Windows XP (nessa ordem de recomendação). Módulo Nota Fiscal Eletrônica Sispetro Roteiro de Instalação Módulo Autenticador NFE Pré-Requisitos O sistema operacional recomendado deve ser o Windows 2003, Windows 2000 ou Windows XP (nessa ordem de

Leia mais

Manual do Usuário Nextel Cloud. Manual do Usuário. Versão 1.0.0. Copyright Nextel 2014. http://nextelcloud.nextel.com.br

Manual do Usuário Nextel Cloud. Manual do Usuário. Versão 1.0.0. Copyright Nextel 2014. http://nextelcloud.nextel.com.br Manual do Usuário Versão 1.0.0 Copyright Nextel 2014 http://nextelcloud.nextel.com.br 1 Nextel Cloud... 4 2 Nextel Cloud Web... 5 2.1 Página Inicial... 6 2.1.1 Meu Perfil... 7 2.1.2 Meu Dispositivo...

Leia mais

Guia de Instalação e Inicialização. Para WebReporter 2012

Guia de Instalação e Inicialização. Para WebReporter 2012 Para WebReporter 2012 Última revisão: 09/13/2012 Índice Instalando componentes de pré-requisito... 1 Visão geral... 1 Etapa 1: Ative os Serviços de Informações da Internet... 1 Etapa 2: Execute o Setup.exe

Leia mais

Manual de Instalação do Facilite e Configuração do Banco de Dados

Manual de Instalação do Facilite e Configuração do Banco de Dados Pagina 1 Titulo do Manual [Parâmetros Gerais] Elaboração [Ricardo Francisco Mizael] Versão 1.1 Data Elaboração 01/08/2011 Paginas 33 Data Revisão 25/11/2011 Pagina 2 Conteúdo do Manual Apresentação...3

Leia mais

Manual Vivo Sync. Manual do Usuário. Versão 1.0.0. Copyright Vivo 2013. http://vivosync.com.br

Manual Vivo Sync. Manual do Usuário. Versão 1.0.0. Copyright Vivo 2013. http://vivosync.com.br Manual do Usuário Versão 1.0.0 Copyright Vivo 2013 http://vivosync.com.br 1 1 Índice 1 Índice... 2 2 Vivo Sync... 5 3 Vivo Sync Web... 6 3.1 Página Inicial... 6 3.1.1 Novo Contato... 7 3.1.2 Editar Contato...

Leia mais

Introdução ao Sistema. Características

Introdução ao Sistema. Características Introdução ao Sistema O sistema Provinha Brasil foi desenvolvido com o intuito de cadastrar as resposta da avaliação que é sugerida pelo MEC e que possui o mesmo nome do sistema. Após a digitação, os dados

Leia mais

Manual de Instalação do Servidor Orion Phoenix Versão 1.0 - Novembro/2010

Manual de Instalação do Servidor Orion Phoenix Versão 1.0 - Novembro/2010 Manual de Instalação do Servidor Orion Phoenix Versão 1.0 - Novembro/2010 Manual de Instalação do Sistema Orion Phoenix 1.0 - Novembro/2010 Página 1 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...3 2. VISÃO GERAL...3 3. PROCEDIMENTOS

Leia mais

ATENÇÃO: Este manual foi feito para usuários que tenham conhecimentos de administrador Linux.

ATENÇÃO: Este manual foi feito para usuários que tenham conhecimentos de administrador Linux. INSTALL 2014-08-12 ================================================== Instalando e Executando o Siprev em Ambiente Linux ATENÇÃO: Este manual foi feito para usuários que tenham conhecimentos de administrador

Leia mais

Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid

Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid Tecgraf/PUC Rio infogrid@tecgraf.puc rio.br 1.Introdução O objetivo deste documento é podermos registrar em um único local todas as informações necessárias

Leia mais

WampServer. Instalação do WampServer. Nota: Essas instruções são baseadas em uma instalação para o sistema operacional Windows.

WampServer. Instalação do WampServer. Nota: Essas instruções são baseadas em uma instalação para o sistema operacional Windows. WampServer Para configurar o WordPress e o Joomla!, você precisa ter um servidor Web e um banco de dados instalado. A maneira mais fácil de configurar um servidor web e um banco de dados no seu computador

Leia mais

Web Design Aula 11: Site na Web

Web Design Aula 11: Site na Web Web Design Aula 11: Site na Web Professora: Priscilla Suene priscilla.silverio@ifrn.edu.br Motivação Criar o site em HTML é interessante Do que adianta se até agora só eu posso vê-lo? Hora de publicar

Leia mais

Guia de Inicialização para o Macintosh

Guia de Inicialização para o Macintosh Intralinks VIA Versão 2.0 Guia de Inicialização para o Macintosh Suporte 24/7/365 da Intralinks EUA: +1 212 543 7800 Reino Unido: +44 (0) 20 7623 8500 Consulte a página de logon da Intralinks para obter

Leia mais

Manual de Atualização DDBroker

Manual de Atualização DDBroker Manual de Atualização DDBroker Índice Introdução...... 03 Obtendo dados da Internet... 04 Descompactando os Arquivos... 06 Atualizando o Banco de Dados... 08 Atualizando Demais Programas... 12 Dicas...

Leia mais

Aula 03 - Projeto Java Web

Aula 03 - Projeto Java Web Aula 03 - Projeto Java Web Para criação de um projeto java web, vá em File/New. Escolha o projeto: Em seguida, na caixa Categorias selecione Java Web. Feito isso, na caixa à direita selecione Aplicação

Leia mais

SIPREV/Gestão de RPPS Implantação Manual de Instalação Versão 1.18

SIPREV/Gestão de RPPS Implantação Manual de Instalação Versão 1.18 Implantação Manual de Instalação Versão 1.18 1 de 44 - Manual de Instalação Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 19/05/09 1.0 Criação do documento Carlos Tabosa-UDCE 22/05/09 1.1 Revisão do

Leia mais

E-mail Seguro - Guia do Destinatário

E-mail Seguro - Guia do Destinatário E-mail Seguro - Guia do Destinatário Índice Como abrir sua primeira Mensagem Criptografada... 3 Guia Passo-a-Passo para Abrir Seu Primeiro Envelope... 3 Primeiro Passo:... 3 Segundo Passo:... 3 Terceiro

Leia mais

Associação Carioca de Ensino Superior Centro Universitário Carioca

Associação Carioca de Ensino Superior Centro Universitário Carioca Desenvolvimento de Aplicações Web Lista de Exercícios Métodos HTTP 1. No tocante ao protocolo de transferência de hipertexto (HTTP), esse protocolo da categoria "solicitação e resposta" possui três métodos

Leia mais

Instalando e Executando o Siprev em Ambiente Linux Versão SIPREV 2.1.13

Instalando e Executando o Siprev em Ambiente Linux Versão SIPREV 2.1.13 Instalando e Executando o Siprev em Ambiente Linux Versão SIPREV 2.1.13 INSTALL 2010-05-20 ================================================== Instalando e Executando o Siprev em Ambiente Linux ATENÇÃO:

Leia mais

NFe Nota Fiscal Eletronica

NFe Nota Fiscal Eletronica 1 NFe Nota Fiscal Eletronica Introdução O NFe Tron, apesar de ser um sistema complexo, possui um método simples de instalação, configurando todos os elementos necessários para o funcionamento básico do

Leia mais

Git e contribuição para projetos Open Source. Bruno Orlandi

Git e contribuição para projetos Open Source. Bruno Orlandi Git e contribuição para projetos Open Source Bruno Orlandi Bruno Orlandi 4º Ano Ciências de Computação ICMC USP PET Computação HTML5 Web e Mobile Gosta de compartilhar conhecimento @BrOrlandi Instalando

Leia mais

Como atualizar o arquivo de licença do HSC ISS Free

Como atualizar o arquivo de licença do HSC ISS Free Como atualizar o arquivo de licença do HSC ISS Free Introdução Após instalar a versão gratuita do HSC Internet Secure Suite (HSC ISS Free), o cliente adquiriu uma licença de uso Standard ou Enterprise

Leia mais

Revisão: Introdução. - Integração com o AutoManager; 1 Atualização de versão do banco de dados PostgreSQL

Revisão: Introdução. - Integração com o AutoManager; 1 Atualização de versão do banco de dados PostgreSQL Urano Indústria de Balanças e Equipamentos Eletrônicos Ltda. Rua Irmão Pedro 709 Vila Rosa Canoas RS Fone: (51) 3462.8700 Fax: (51) 3477.4441 Características do Software Urano Integra 2.2 Data: 12/05/2014

Leia mais

GUIA DE INÍCIO RÁPIDO NHS NOBREAK MANAGER 4.0 TOPOLOGIA MÍNIMA DE REDE PARA A INSTALAÇÃO E USO DO SOFTWARE COM GPRS

GUIA DE INÍCIO RÁPIDO NHS NOBREAK MANAGER 4.0 TOPOLOGIA MÍNIMA DE REDE PARA A INSTALAÇÃO E USO DO SOFTWARE COM GPRS GUIA DE INÍCIO RÁPIDO NHS NOBREAK MANAGER 4.0 TOPOLOGIA MÍNIMA DE REDE PARA A INSTALAÇÃO E USO DO SOFTWARE COM GPRS CONFIGURAÇÃO DO GPRS 1. Entre no site da NHS na página de homologação do NHS NOBREAK

Leia mais

TUTORIAL: MANTENDO O BANCO DE DADOS DE SEU SITE DENTRO DO DOMÍNIO DA USP USANDO O SSH!

TUTORIAL: MANTENDO O BANCO DE DADOS DE SEU SITE DENTRO DO DOMÍNIO DA USP USANDO O SSH! UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (USP) ESCOLA DE ARTES, CIÊNCIAS E HUMANIDADES (EACH) TUTORIAL: MANTENDO O BANCO DE DADOS DE SEU SITE DENTRO DO DOMÍNIO DA USP USANDO O SSH! Autoria e revisão por: PET Sistemas

Leia mais

Utilizaremos a última versão estável do Joomla (Versão 2.5.4), lançada em

Utilizaremos a última versão estável do Joomla (Versão 2.5.4), lançada em 5 O Joomla: O Joomla (pronuncia-se djumla ) é um Sistema de gestão de conteúdos (Content Management System - CMS) desenvolvido a partir do CMS Mambo. É desenvolvido em PHP e pode ser executado no servidor

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ. Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM. Manual

UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ. Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM. Manual UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM Manual DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DIRGTI 2015 Sumário 1. Introdução... 3 2. Acessando o serviço...

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO. LSoft Ponto Eletrônico

MANUAL DE INSTALAÇÃO. LSoft Ponto Eletrônico MANUAL DE INSTALAÇÃO LSoft Ponto Eletrônico SUPORTE TÉCNICO AO USUÁRIO: Atendimento On-line: www.lsoft.com.br E-Mail: suporte@lsoft.com.br (37) 3237-8900 Versão 1.0-2014. Todos os direitos reservados.

Leia mais

Configuração de Digitalizar para E-mail

Configuração de Digitalizar para E-mail Guia de Configuração de Funções de Digitalização de Rede Rápida XE3024PT0-2 Este guia inclui instruções para: Configuração de Digitalizar para E-mail na página 1 Configuração de Digitalizar para caixa

Leia mais

Tutorial de instalação do Java 7 no Windows 7.

Tutorial de instalação do Java 7 no Windows 7. Tutorial de instalação do Java 7 no Windows 7. Neste tutorial vamos instalar um ambiente de desenvolvimento Java JDK 7 no Windows 7. Quando falamos em ambiente Java, estamos nos referindo ao conjunto de

Leia mais

Atividade Proposta da Disciplina: Laboratório de Rede de Computadores

Atividade Proposta da Disciplina: Laboratório de Rede de Computadores Atividade Proposta da Disciplina: Laboratório de Rede de Computadores Tratamento dos dados gerados pelo Servidor de Web a partir do arquivo de logs. Configuração do Servidor Web para armazenar em um arquivo

Leia mais

Sumário. 1. Instalação GVcollege... 4. 1.1. GVsetup... 4. 1.1.1. Instalação com Banco de dados... 6. 1.2. Configurações... 10

Sumário. 1. Instalação GVcollege... 4. 1.1. GVsetup... 4. 1.1.1. Instalação com Banco de dados... 6. 1.2. Configurações... 10 Sumário 1. Instalação GVcollege... 4 1.1. GVsetup... 4 1.1.1. Instalação com Banco de dados... 6 1.2. Configurações... 10 1.2.1. APS Licence Service... 11 1.2.2. APS Licence File... 11 1.2.3. DBXconfig...

Leia mais

WEBDESIGN. Professor: Paulo Trentin paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira

WEBDESIGN. Professor: Paulo Trentin paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira WEBDESIGN Professor: Paulo Trentin paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira 1 CDI - Curso de Webdesign - Prof. Paulo Trentin Objetivos para esta aula Debater sobre

Leia mais