Perguntas Frequentes

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Perguntas Frequentes"

Transcrição

1 Perguntas Frequentes Pesquisador Visitante Especial PVE Diretoria de Relações Internacionais Coordenação-Geral de Bolsas e Projetos CGBP Coordenação de Acompanhamento de Bolsistas no Exterior CBE Brasília, Julho de 2015.

2 Perguntas frequentes Modalidade de Bolsa Pesquisador Visitante Especial (PVE) Sumário Comunicação com a CAPES... 3 Sobre o Pesquisador Visitante Especial... 3 Acúmulo de Bolsas... 5 Plano de Trabalho... 5 Implementação... 6 Pagamento dos Primeiros Benefícios... 6 Auxílio Deslocamento... 7 Auxílio Instalação... 8 Cotas Adicionais... 9 Material Didático e de Pesquisa... 9 Auxílio Seguro Saúde Adicional Localidade Chegada ao Exterior Alterações: coordenador, plano de trabalho, etc Prorrogação de Estudos Desistência Casos de Gravidez Contatos com outros bolsistas Renovação de Bolsa/Projeto

3 Comunicação com a CAPES 1) É permitido o contato direto do (a) bolsista com o (a) técnico da CAPES? Ao enviar documentos, então, poderei telefonar? É permitido, mas não é estritamente necessário. Telefonemas e s oneram o processo e atrasam análises. Lembre-se que são milhares de bolsistas do Brasil e que a confirmação de recebimento de documentos é enviada automaticamente. Caso o documento enviado não atenda às normas do Programa, o (a) técnico (a) responsável irá entrar em contato por meio do Linha Direta. Recomenda-se que o contato com os técnicos seja estabelecido por meio dos sistemas Linha Direta e SCBA para que todas as informações fiquem registradas no seu processo. Acesso aos Sistemas 2) Como faço para acessar o sistema o SCBA e Linha Direta? O sistema deverá ser acessado na página da CAPES, em sistemas.capes.gov.br/scba ou sistemas.capes.gov.br/linhadireta. Para o primeiro acesso, o bolsista deverá inserir o seu número de CPF ou, quando for o caso, do documento estrangeiro, bem como o número de processo registrado quando da sua candidatura e gerar sua primeira senha de acesso. 3) Quais os navegadores para o correto funcionamento do sistema? Os navegadores que permitem o correto funcionamento do sistema são o Google Crome ou Mozilla Firefox. 4) Por que não consigo acessar o Sistema SCBA? Como faço para obter minha senha e acompanhar meu processo ou enviar documentos? O Sistema SCBA e a Senha de acesso ficarão disponíveis a partir da implementação do projeto e da bolsa. Caso sua bolsa já tenha sido implementada e o problema persista, entre em contato com o técnico responsável pelo processo. Sobre o Pesquisador Visitante Especial 5) O que é o Pesquisador Visitante Especial (PVE), oferecido pelo Programa Ciência sem Fronteiras? 3

4 A modalidade Pesquisador Visitante Especial PVE está vinculada ao Programa Ciência sem Fronteiras e tem como objetivo atrair investigadores altamente qualificados por meio do apoio financeiro a projetos de pesquisa ligados a programas de pós-graduação no Brasil. 6) Quais são as áreas prioritárias para o Pesquisador Visitante Especial? São as áreas do programa Ciência sem Fronteiras, conforme a Portaria Interministerial Nº1, de 9 de janeiro de 2013: a. Engenharias e demais áreas tecnológicas; b. Ciências Exatas e da Terra; c. Biologia, Ciências Biomédicas e da Saúde; d. Computação e Tecnologias da Informação; e. Tecnologia Aeroespacial; f. Fármacos; g. Produção Agrícola Sustentável; h. Petróleo, Gás e Carvão Mineral; i. Energias Renováveis; j. Tecnologia Mineral; k. Biotecnologia; l. Nanotecnologia e Novos Materiais; m. Tecnologias de Prevenção e Mitigação de Desastres Naturais; n. Biodiversidade e Bioprospecção; o. Ciências do Mar; p. Indústria Criativa, com ênfase em produtos e processos para desenvolvimento tecnológico e inovação; q. Novas Tecnologias de Engenharia Construtiva. 7) Qual a duração do PVE? A duração da PVE é de 2 a 3 anos, com permanência mínima no Brasil, por visita, de 15 dias e máxima de 90 dias, divididas em, no máximo, três visitas anuais por períodos múltiplos de 15 dias cada. Estas visitas poderão ser contínuas ou esporádicas ao longo de períodos de 12 (doze) meses. 4

5 Acúmulo de Bolsas 8) Como devo comprovar a anuência de meu empregador para o usufruto da bolsa concedida pela CAPES? No caso do setor privado, bastará uma declaração, em papel timbrado da instituição, assinada e carimbada pelo responsável maior por sua licença, constando a identificação do beneficiário e a ciência e concordância com o destino, período e objetivo do afastamento funcional. No caso do setor público, deverá ser emitida autorização de afastamento publicada do Diário Oficial da União. Esses documentos devem ser mantidos sob a posse do pesquisador por 5 (cinco) anos após a concessão. 9) Possuo financiamento de outra agência de fomento. Posso mantê-lo concomitantemente com a bolsa que a CAPES me concede? Não é permitido o acúmulo de bolsas pela CAPES. É necessário comunicar à CAPES a suspensão de bolsa no país para usufruir da bolsa doutorado sanduíche no exterior ou pós doutorado no país. Papel do Coordenador do Projeto 10) Qual o Papel do Coordenador do Projeto? O Coordenador do Projeto será a pessoa responsável pelo contato direto com a CAPES. Ele será responsável pela gestão do projeto, implementação do projeto e das bolsas a ele vinculadas no sistema CAPES e deverá dar suporte ao PVE durante sua estada no Brasil. Plano de Trabalho 11) No Plano de Trabalho, é exigido que sejam relatadas as atividades planejadas para os próximos 2 ou 3 anos. É necessário descrever em etapas por período? No plano de trabalho é necessário abranger todos os anos de concessão da bolsa. Trata-se de uma estimativa, que podem ser alterados posteriormente. O que não pode ser alterado é o número de mensalidades e o número de viagens do PVE para o Brasil. Se o PVE for vir 3 (três) vezes por ano ao Brasil, por exemplo, estas viagens dos 3 anos devem estar no plano. As datas podem ser alteradas, dentro do mesmo ano, quando necessário. 5

6 Implementação 12) Como é feita a implementação do Projeto pela CAPES? A implementação do Projeto é realizada pelo coordenador técnico do projeto no sistema CAPES. Ele deverá concordar com o Termo de Aceite/Compromisso, no qual assume a responsabilidade pela gestão do Projeto aprovado pela CAPES. Após o acesso do (a) coordenador (a) do projeto ao SCBA, ele deverá indicar o número de uma agência do Banco do Brasil no Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios (SCBA). Após a geração do cartão pesquisador, o (a) coordenador (a) técnico (a) receberá mensagem pelo linhadireta.capes.gov.br com orientações para o cadastramento da senha do cartão. Para isso, deverá comparecer a qualquer agência do Banco do Brasil, portando os seguintes documentos: I. Cópia impressa da mensagem enviada pelo Linha Direta; II. CPF (original); III. Documento de identificação com foto (original). Para finalizar esse processo ele deve também implementar as bolsas vinculadas ao projeto, a qualquer momento após a implementação do projeto, desde que as cotas tenham sido indicadas no momento de submissão da proposta. 13) Pode-se viajar antes da bolsa ser implementada? Não recomendamos que o pesquisador viaje antes da bolsa implementada. Se na análise documental houver alguma inconsistência, a bolsa poderá não ser aprovada para implementação. 14) Como é procedimento para implementação das Bolsas? O procedimento de implementação das bolsas na modalidade PVE é realizado em (2) duas fases: na primeira, o (a) coordenador técnico (a) do projeto deve acessar o Sistema SCBA e implementar as bolsas vinculadas ao projeto, conforme procedimento descrito no manual do (a) coordenador (a) técnico (a) ou seja, ir em ocorrências, registrar ocorrência de implementação de bolsas, escolher a modalidade de bolsa, escolher o (a) bolsista e a concessão do período. Na segunda fase, após a implementação da bolsa pelo (a) coordenador (a), o bolsista deve acessar o mesmo sistema e proceder com as instruções fornecidas pelo manual do bolsista inserir comprovação de conta bancária, conferir os dados, proceder com o aceite do termo de compromisso no SCBA. Pagamento dos Primeiros Benefícios 15) Minha bolsa está demorando a sair, o que pode estar ocorrendo? 6

7 O Sistema de pagamento de benefícios do governo federal não permite o acúmulo de bolsas de mais de uma agência. Se você estava recebendo benefícios de outra fonte (CNPq, por exemplo), deve solicitar a suspensão desse benefício e enviar a CAPES documento que a comprove, caso contrário a CAPES não poderá realizar os pagamentos de seus benefícios e haverá atraso na implementação de sua bolsa. 16) Posso optar por receber na minha conta bancária? As modalidades de bolsa PVE possuem diferentes formas para recebimento dos valores das mensalidades e auxílios. Bolsistas de Pós Doutorado recebem em sua conta bancária no Brasil. Bolsistas de Doutorado Sanduíche recebem os primeiros pagamentos e auxílios em sua conta bancária no Brasil e os próximos no cartão BB Américas, enquanto à modalidade de bolsa PVE recebe na conta bancária de sua preferência, que pode ser tanto no Brasil quanto no exterior. 17) Como sei se os meus pagamentos já foram solicitados? O técnico de acompanhamento lhe enviará uma mensagem informando da solicitação de pagamento de seus primeiros benefícios e com as primeiras orientações a respeito do pagamento de suas mensalidades. Os demais pagamentos podem ser consultados no seu extrato no sistema SCBA. 18) Quando receber a notícia de empenho dos recursos, os benefícios já devem ter sido concedidos? O (a) coordenador (a) técnico (a) do projeto deve implementar as bolsas do projeto e o bolsista dar o aceite no SCBA para que o setor de acompanhamento e pagamento possa realizar a solicitação de pagamento dos primeiros benefícios. A partir desse momento, da solicitação de pagamento, o bolsista deve considerar o período de 10 (dez) dias úteis de trâmites internos e bancários para ter a concessão dos auxílios efetivamente depositada em sua conta. Auxílio Deslocamento 19) Sou bolsista doutorado sanduíche no exterior, posso comprar a passagem de ida ao local de estudos antes de receber o auxílio deslocamento? É importante lembrar que a passagem aérea apenas poderá ser comprada após a implementação da bolsa e a data de embarque deverá coincidir com o período de concessão. 20) A CAPES fornecerá as passagens aéreas de ida ao Brasil para o PVE? Desde 2013, a CAPES não concede passagens aéreas. Assim, para a chamada 61/2011 ainda será concedida a passagem. Mas, a partir da chamada 71/2013 é concedido o 7

8 auxílio deslocamento para que o pesquisador possa adquirir as passagens de ida ao Brasil. 21) Como é o procedimento para solicitação do auxílio deslocamento para o PVE? Para os projetos selecionados na chamada 61/2011, é necessária a solicitação por meio do Para os projetos que estão no sistema SCBA, ou seja, da chamada 71/2013 em diante, após a Implementação da Bolsa pelo PVE, o coordenador técnico poderá lançar a Ocorrência Tipo de Ocorrência Solicitação de Auxílio Deslocamento, no Sistema SCBA, solicitando o recurso que será depositado na conta do beneficiário. 22) Como devo prestar contas da utilização do auxílio deslocamento? A prestação de contas do auxílio deslocamento deverá ser feita com o envio dos documentos de comprovação de chegada. O bolsista PVE deverá encaminhar o cartão de embarque e cópia das páginas do passaporte contendo foto, número de identificação e o carimbo de entrada no país, por meio do SCBA. O bolsista de Doutorado Sanduíche no Exterior deverá anexar no sistema SCBA, na aba documentos, cópias digitalizadas dos seguintes documentos: cartão de embarque de partida, comprovante do seguro saúde e páginas do passaporte em que conste a foto e o carimbo com a data de chegada ao exterior. 23) A compra das passagens pode ser realizada com trechos diferentes do que consta na carta de concessão? Sim, desde que sem ônus para a CAPES e justificados. As cidades descritas nas cartas de concessão são indicativas da cidade da universidade de origem e de destino. 24) É necessário devolver a eventual diferença entre o valor pago e o valor concedido a título de auxílio deslocamento para a compra das passagens? Não, se faltar alguma quantia o beneficiário deve complementar e se sobrar não é necessário efetuar a devolução à CAPES. O que sobrar o (a) bolsista poderá gastar nos deslocamentos internos que venham a ser necessários no país de destino. Devolução de Recursos 25) Como deve ser realizada a devolução de recursos recebidos indevidamente? A devolução de recursos deverá ser realizada de acordo com o item 10 do documento de orientações aos bolsistas da modalidade PVE: Conforme determinação do Tribunal de Contas da União TCU, o (a) bolsista deve efetuar a devolução, para os cofres públicos, de remessas recebidas indevidamente. Ocorrendo pagamento de parcelas a mais, em decorrência da conclusão das atividades antes do previsto ou de outro motivo, 8

9 providencie a restituição do montante diretamente para uma das contas bancárias da Capes informadas no Apêndice I. A devolução deve ser feita no prazo máximo de 30 dias, contados após a verificação do pagamento indevido ou do retorno do (a) bolsista ao país. Se a restituição for em Reais, deverá ser efetuada pela conversão do valor ao câmbio disponível na data do pagamento. Em seguida, envie cópia do comprovante de ressarcimento para fins de prestação de contas. Auxílio Instalação 26) Qual o Valor do Auxílio Instalação? Em que momento é pago? O valo do Auxílio Instalação equivale ao valor de uma mensalidade de bolsa. Ele é pago em uma única parcela, apenas ao Doutorado Sanduíche no Exterior, em sua conta bancária no Brasil. Cotas Adicionais 27) É possível que uma mesma pessoa use duas cotas? Sim. É possível o mesmo bolsista utilizar duas cotas, desde que ainda não tenha sido utilizada e caso o projeto ainda disponha de cotas. 28) É preciso anexar alguma declaração de término de Doutorado? Sim. É preciso enviar um relatório para o coordenador técnico que irá anexar ao processo. Material Didático e de Pesquisa 29) A CAPES cobre a compra de equipamentos, materiais didáticos e de uso em pesquisa desenvolvida no âmbito do projeto? Não. O PVE e o coordenador do projeto devem atentar-se aos custos cobertos pela CAPES, apresentados no item do Manual para Coordenadores Pesquisador Visitante Especial, que detalham os itens financiáveis no âmbito do projeto. Os recursos financeiros disponibilizados para o projeto poderão ser utilizados para compra apenas de itens de custeio, não se aplicando a compra de bens de capital, ou seja, itens que sirvam ao aparelhamento da instituição, a exemplo de computadores e máquinas de qualquer tipo. 30) A CAPES fornece auxílio para a compra de tablet, lap top ou computador? Não. Esses itens entram na rubrica de bens de capital, duráveis, portanto, não cabem no escopo financiável pelo projeto. 9

10 Auxílio Seguro Saúde 31) Qual a cobertura mínima de seguro saúde aceita pela CAPES? Esse auxílio cabe somente ao bolsista de Doutorado Sanduíche no Exterior. O auxílio seguro saúde é destinado ao custeio de despesas no exterior referentes à aquisição de seguro saúde válido no país de destino, com vigência durante o período total de concessão da bolsa. O seguro deve ter, no mínimo, cobertura para repatriação funerária e acompanhamento de pelo menos um familiar em caso de ocorrências graves. Fica vedada a compra exclusiva de seguro de vida ou de plano odontológico, em lugar de seguro saúde abrangente, respeitando o disposto no artigo 3º, parágrafo 5º, da Portaria CAPES 60/ ) Posso utilizar a rede pública do país em que vou estudar? Sim. O bolsista de Doutorado Sanduíche no Exterior poderá ter acesso ao benefício desde que seja disponível e permitido pelo país de destino. Porém, a aquisição de seguro saúde abrangente (que contemple repatriação funerária e acompanhamento de pelo menos um familiar em caso de ocorrências graves) é obrigatória. Adicional Localidade 33) O que é e quem tem direito ao Adicional Localidade? O adicional localidade consiste num auxílio concedido pela CAPES aos bolsistas com destino a cidades consideradas de alto custo, conforme indicado na Portaria CAPES 60 de O benefício será pago mensalmente durante o período de duração da bolsa de estudos. 34) Como saber se a cidade em que vou realizar os meus estudos é de alto custo? A lista atual de cidades de alto custo pode ser consultada na Portaria CAPES 60 de 2015, que dispõe sobre os valores de bolsas de estudo e auxílios pagos no país e no exterior no âmbito dos programas e ações de fomento geridos pela Diretoria de Relações Internacionais da CAPES. Para efeitos de concessão do adicional localidade será considerado o endereço da instituição de ensino no exterior no qual o (a) bolsista desenvolverá seus estudos e/ou pesquisas. Cartão BB Pesquisador e BB Américas 35) Quando receberei o meu cartão BB Pesquisador? 10

11 O seu cartão BB Pesquisador é solicitado pela CAPES no momento em que o projeto é implementado e deverá ser remetido pelo Banco do Brasil ao endereço informado pelo coordenador no momento da troca de senha na agência. O prazo de entrega é de cerca de 20 (vinte) dias úteis. 36) Quem deve solicitar o cartão BB Pesquisador? O coordenador do projeto deve solicitar o cartão por meio do sistema SCBA, em seguida apresentando a carta recebida em uma agência do Banco do Brasil. 37) Não recebi o cartão. O que devo fazer? Nos projetos desta modalidade, os depósitos dos recursos são exclusivamente realizados no cartão BB Pesquisador encaminhado pela CAPES. Certifique-se que de ter cadastrado senha em agência do Banco do Brasil com apresentação da carta disponibilizada pela CAPES. Caso tenha realizado esses procedimentos, retorne a agência e informe-os da dificuldade. 38) Onde posso acessar as orientações do cartão BB Américas? No link: https://bbamericas.mycardplace.com/cholder/ 39) No caso do bolsista de Doutorado Sanduíche no Exterior, como devo proceder se houver algum problema com relação ao meu cartão BB Américas? Quais os contatos do Banco do Brasil Américas? Todos os problemas com o cartão devem ser solucionados junto à central de atendimento do Banco do Brasil Américas, nos contatos abaixo: Telefone: (855) (Ligação gratuita / Somente nos EUA) ou (305) (Fora dos EUA) Atendimento em Português: (800) (Ligação gratuita / Somente nos EUA) ou (716) (Fora dos EUA) O custo destas ligações telefônicas deve ficar a cargo dos bolsistas. Para consultar o manual de uso do cartão, acesse o link: 40) Quando receberei o meu cartão BB Américas? Após a implementação? O seu cartão BB Américas é solicitado pela CAPES no momento em que a bolsa é implementada e será enviado pelo Banco do Brasil Américas ao endereço informado pelo bolsista. Se o endereço informado pelo bolsista é no exterior, esse prazo costuma 11

12 ser de até 15 dias úteis. Se o endereço informado pelo bolsista é no Brasil, o prazo de entrega é de cerca de 20 dias úteis. 41) Ao atualizar meu endereço junto a CAPES, também estou atualizando o endereço junto ao BB Américas? Não. A atualização de seus contatos junto a CAPES não implica na sua atualização junto ao BB Américas. Todos os trâmites relativos ao seu cartão BB Américas, entre os quais a atualização de contatos, deverão ser feitos diretamente junto a central de atendimento do Banco do Brasil Américas. 42) Devo informar ao Banco do Brasil Américas mudanças de endereço? Sim. Você deve contatar o Banco do Brasil Américas diretamente para realizar atualizações de endereço no exterior. 43) Se eu mudar de endereço antes de receber o cartão BB Américas, o que devo fazer? Nesse caso, deverá contatar a central de atendimento do BB Américas imediatamente e informar o novo endereço e comunicar a CAPES o ocorrido. O bolsista também deve atualizar o endereço no sistema SCBA. Custeio 44) Há subdivisão pré-determinada de recursos dentro da verba de custeio, entre consumo, serviço de terceiros, etc? Sim, há separação de rubricas, conforme consta no Plano de Trabalho. O coordenador técnico pode verificar o quadro da divisão de valores na aba Plano de Aplicação, dentro do seu processo no Sistema SCBA. 45) Caso a Universidade realize a cobrança de custos administrativos, esses poderão ser cobertos pela CAPES? Não. Segundo a Portaria nº 448, de 13 de Setembro de 2002 são vedadas despesas com: a. obras civis; b. pagamento de salários ou complementação salarial de pessoal técnico e administrativo ou quaisquer outras vantagens para pessoal de instituições públicas (federal, estadual e municipal); c. com crachás, pastas e similares, certificados, ornamentação, coquetel, jantares, shows ou manifestações artísticas de qualquer natureza; d. despesas de rotina como contas de luz, água, telefone, entendidas como despesas de contrapartida obrigatória da instituição de execução do projeto; e. pagamento, a qualquer título, a servidor da administração pública, ou empregado de empresa pública ou de sociedade de economia mista, por serviços de consultoria ou 12

13 assistência técnica, conforme determina a Lei de Diretrizes Orçamentárias da União; f. pagamento de taxas de administração, ou de gerência, a qualquer título; g. com passagens e diárias para congressos e similares; h. aquisição de veículos automotores de qualquer natureza. Chegada ao Exterior 46) No caso de bolsista de Doutorado Sanduíche no Exterior, devo atualizar meu endereço após a chegada ao exterior? Sim. É fundamental que endereço do bolsista seja atualizado após sua chegada ao exterior e que esteja sempre atualizado no sistema. 47) É obrigatória a abertura de uma conta bancária no exterior? Não. O bolsista de doutorado sanduíche não precisa abrir uma conta no exterior. Os pagamentos serão feitos pelo cartão BB Américas. Para a CAPES, no entanto, é fundamental que o bolsista atualize o endereço no exterior para que possamos autorizar os próximos pagamentos. 48) Posso viajar para outros países durante a realização do meu Intercâmbio? Todo pedido de viagem deve ser solicitado e autorizado pela CAPES. 49) A CAPES cobre custos de passagem de retorno ao Brasil por motivos pessoais? Não. A CAPES concede apenas deslocamento de ida do Brasil ao local de estudos e de retorno ao Brasil na finalização da concessão. Alterações: coordenador, plano de trabalho, etc. 50) O projeto pode mudar de coordenador técnico? Sim. Desde que aprovada a solicitação após a apreciação pela CAPES dos seguintes documentos: justificativa detalhada, por meio de ofício; compromisso com a continuidade do projeto dentro do prazo inicialmente previsto na concessão; comprovação de aceitação do novo coordenador; currículo do novo coordenador. 51) Posso modificar meu plano de trabalho? Sim. Desde que você submeta a CAPES a seguinte documentação e que esta seja aprovada: justificativa detalhada, por meio de ofício; compromisso com a continuidade do projeto dentro do prazo inicialmente previsto na concessão; novo plano de trabalho; comprovação de anuência do (a) pró-reitor (a), ou equivalente, sobre o novo plano de 13

14 trabalho, quando ocorrerem mudanças substanciais em relação ao plano inicialmente submetido. 52) No caso de bolsista de Doutorado Sanduíche, eu posso modificar meu plano de estudos? Sim. Desde que você submeta a CAPES a seguinte documentação e que esta seja aprovada: a. Justificativa detalhada; b. Compromisso com a obtenção do título dentro do prazo inicialmente previsto na concessão da bolsa; c. Novo plano de estudos; d. Comprovação de anuência do (a) orientador (a) sobre o novo plano de estudos. Prorrogação de Estudos 53) É possível solicitar prorrogação da minha bolsa de meus estudos no exterior? Apenas se o projeto ainda tiver cotas. O bolsista poderá solicitar a prorrogação, desde que dentro do período total do curso, conforme carta de concessão. Contudo, não há nenhuma garantia de que essa solicitação será atendida. 54) Qual o prazo para que eu solicite a prorrogação da minha bolsa no exterior? Toda a documentação para a prorrogação deve ser enviada a CAPES, impreterivelmente, até 60 (sessenta) dias antes do término do período informado na sua carta de concessão de bolsa. O envio da documentação não é a garantia que será concedida a prorrogação, que depende da análise e da disponibilidade de recursos da CAPES. A prorrogação de bolsa será possível apenas dentro das cotas disponíveis no âmbito do projeto. Caso as cotas já tenham sido utilizadas, não será possível a prorrogação da bolsa. 55) É possível solicitar prorrogação de meus estudos no exterior? Sim. Não obstante, não há nenhuma garantia de que essa solicitação será atendida. Lembre-se de que o bolsista assume uma série de compromissos ao aceitar a bolsa da CAPES, dentro os quais se encontra a finalização de seus estudos, dentro do prazo estipulado pela bolsa. Caso as cotas já tenham sido utilizadas, não será possível a prorrogação da bolsa. Desistência 14

15 56) Existe algum modelo de confirmação de interesse ou de desistência da bolsa? Como devo enviá-la? Não existe modelo nem para confirmação nem para desistência. Para a desistência o bolsista deve comunicar o coordenador técnico do projeto e à CAPES via Linha Direta indicando o seu motivo. Casos de Gravidez 57) Caso de gravidez de bolsistas vinculados ao projeto devem ser comunicados à CAPES? Sim. Os casos de gravidez de bolsistas devem ser comunicados ao coordenador do projeto para que ele informe a CAPES. 58) A bolsista tem direito a licença maternidade, em caso de gravidez? Sim. De 4 (quatro) meses, desde que devidamente informados à CAPES. No caso de parto ocorrido durante o período da bolsa, formalmente comunicado pelo coordenador à CAPES, a vigência da bolsa será prorrogada por até 4 (quatro) meses, garantidas as mensalidades à parturiente. Contatos com outros bolsistas 59) A CAPES pode me fornecer o contato de um bolsista que foi para o mesmo país/universidade que eu irei? Não. Fornecer os dados pessoais ou de qualquer outra natureza de outro bolsista, mesmo que amigo seu ou parente, é terminantemente proibido. Os dados são sigilosos. A CAPES não tem nenhuma autorização para fornecer dados de nossa base de informações e de nossos processos, a não ser que seja o próprio candidato/bolsista, procurador ou a Pró-Reitoria de Pós-Graduação. A CAPES também não solicita de seus candidatos e bolsistas que disponibilizem dados para outras pessoas físicas ou jurídicas. Renovação de Bolsa/Projeto 60) É possível solicitar prorrogação do projeto no Brasil? Sim. Não obstante, não há nenhuma garantia de que essa solicitação será atendida e sempre será sem ônus para a CAPES. 61) É possível renovar a bolsa de doutorado sanduíche ou de pós-doutorado no país concedidas no âmbito do projeto? Desde que haja cota disponível e que tenha sido previsto no projeto submetido, sim. 15

Perguntas Frequentes. Atração de Jovens Talentos BJT

Perguntas Frequentes. Atração de Jovens Talentos BJT Perguntas Frequentes Atração de Jovens Talentos BJT Diretoria de Relações Internacionais Coordenação-Geral de Bolsas e Projetos CGBP Coordenação de Acompanhamento de Bolsistas no Exterior CBE Brasília,

Leia mais

Perguntas Frequentes

Perguntas Frequentes Perguntas Frequentes Mestrado Profissional EUA Diretoria de Relações Internacionais Coordenação-Geral de Bolsas e Projetos CGBP Coordenação de Acompanhamento de Bolsistas no Exterior CBE Brasília, Julho

Leia mais

Perguntas Frequentes

Perguntas Frequentes Perguntas Frequentes Pesquisa Pós Doutoral e Estágio Sênior no Exterior Diretoria de Relações Internacionais Coordenação-Geral de Bolsas e Projetos CGBP Coordenação de Acompanhamento de Bolsistas no Exterior

Leia mais

Perguntas Frequentes

Perguntas Frequentes Perguntas Frequentes Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior PDSE Diretoria de Relações Internacionais Coordenação-Geral de Bolsas e Projetos CGBP Coordenação de Acompanhamento de Bolsistas no Exterior

Leia mais

Perguntas Frequentes

Perguntas Frequentes Perguntas Frequentes Doutorado Pleno no Exterior Diretoria de Relações Internacionais Coordenação-Geral de Bolsas e Projetos CGBP Coordenação de Acompanhamento de Bolsistas no Exterior CBE Brasília, Junho

Leia mais

Perguntas Frequentes Candidatura

Perguntas Frequentes Candidatura Perguntas Frequentes Candidatura Graduação Sanduíche Diretoria de Relações Internacionais Coordenação-Geral de Bolsas e Projetos CGBP Coordenação de Candidaturas a Bolsas e Auxílios no Exterior CCE Brasília,

Leia mais

Perguntas Frequentes

Perguntas Frequentes Perguntas Frequentes Graduação Sanduíche Diretoria de Relações Internacionais Coordenação-Geral de Bolsas e Projetos CGBP Coordenação de Acompanhamento de Bolsistas no Exterior CBE Brasília, Junho de 2015.

Leia mais

Perguntas Frequentes Candidatura. Pesquisador Visitante Especial PVE

Perguntas Frequentes Candidatura. Pesquisador Visitante Especial PVE Perguntas Frequentes Candidatura Pesquisador Visitante Especial PVE Diretoria de Relações Internacionais (DRI) Coordenação-Geral de Bolsas e Projetos (CGBP) Coordenação de Candidaturas a Bolsas e Auxílios

Leia mais

CONDIÇÕES E REQUISITOS DO DOUTORADO PLENO NO EXTERIOR PROGRAMA DOUTORADOS CIFRE-BRASIL

CONDIÇÕES E REQUISITOS DO DOUTORADO PLENO NO EXTERIOR PROGRAMA DOUTORADOS CIFRE-BRASIL CONDIÇÕES E REQUISITOS DO DOUTORADO PLENO NO EXTERIOR PROGRAMA DOUTORADOS CIFRE-BRASIL 1. Quem pode Participar As bolsas oferecidas destinam-se a candidatos de nacionalidade brasileira, de desempenho e

Leia mais

EDITAL Nº 035-2011/PROPP/UEMS Programa - CsF-SWG /CNPq

EDITAL Nº 035-2011/PROPP/UEMS Programa - CsF-SWG /CNPq EDITAL Nº 035-2011/PROPP/UEMS Programa - CsF-SWG /CNPq SELEÇÃO DE ALUNOS AO PROGRAMA INSTITUCIONAL CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS BOLSAS SANDUÍCHE NA GRADUAÇÃO CsF-SWG /CNPq 1. OBJETO A Pró-Reitora de Pesquisa

Leia mais

CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA PARA ALUNOS DA UEA REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUICHE NA ALEMANHA. Chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n.

CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA PARA ALUNOS DA UEA REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUICHE NA ALEMANHA. Chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n. CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA PARA ALUNOS DA UEA REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUICHE NA ALEMANHA Chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n. 118/2012 O QUE É GESTOR Processo de seleção de candidatos de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão. UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS SELEÇÃO INTERNA

Leia mais

Perguntas Frequentes Candidatura

Perguntas Frequentes Candidatura Perguntas Frequentes Candidatura Mestrado Profissional - EUA Diretoria de Relações Internacionais Coordenação-Geral de Bolsas e Projetos CGBP Coordenação de Candidaturas a Bolsas e Auxílios no Exterior

Leia mais

Perguntas Frequentes Candidatura

Perguntas Frequentes Candidatura Perguntas Frequentes Candidatura Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior - PDSE Diretoria de Relações Internacionais Coordenação-Geral de Bolsas e Projetos CGBP Coordenação de Candidaturas a Bolsas

Leia mais

EDITAL PROPI/PROEN/PROEX Nº 002/2012 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CSF/IFRS/CNPq. Bolsas de Graduação Sanduíche no Exterior SWG CNPq

EDITAL PROPI/PROEN/PROEX Nº 002/2012 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CSF/IFRS/CNPq. Bolsas de Graduação Sanduíche no Exterior SWG CNPq EDITAL PROPI/PROEN/PROEX Nº 002/2012 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CSF/IFRS/CNPq Bolsas de Graduação Sanduíche no Exterior SWG CNPq As Pró-Reitorias de Pesquisa e Inovação, de Ensino e de Extensão do

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. Graduação Sanduíche no Exterior/CNPq (SWG)

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. Graduação Sanduíche no Exterior/CNPq (SWG) Edital N o 01 SWG/UNICENTRO/CNPq A Universidade Estadual do Centro-Oeste, por meio da Coordenação Institucional do Programa Ciência sem Fronteiras, com base no Termo de Concessão 800773/2011-0 do Programa

Leia mais

EDITAL UnC 137/2011 I DISPOSIÇÕES GERAIS:

EDITAL UnC 137/2011 I DISPOSIÇÕES GERAIS: EDITAL UnC 137/2011 Dispõe sobre a Concessão de cotas de bolsa na modalidade Graduação Sanduíche no Exterior SWG do Programa Ciência sem Fronteiras do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e

Leia mais

Av. Itália, Km8 Campus Carreiros Rio Grande, RS Brasil 96201-900 fone: 53.32336772 e- mail:propesp@furg.br

Av. Itália, Km8 Campus Carreiros Rio Grande, RS Brasil 96201-900 fone: 53.32336772 e- mail:propesp@furg.br As Pró-reitorias de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPESP) e de Graduação (PROGRAD), no uso de suas atribuições, tornam público o edital de seleção interna para o Programa Ciência sem Fronteiras - Graduação

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE ENSINO E ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE ENSINO E ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE ENSINO E ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS CHAMADA PÚBLICA PROEN BOLSAS SANDUÍCHE NA GRADUAÇÃO Nº 01/2011

Leia mais

1ª CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CsF) PROCESSO SELETIVO INTERNO DO CsF RESOLUÇÃO 04/2013

1ª CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CsF) PROCESSO SELETIVO INTERNO DO CsF RESOLUÇÃO 04/2013 1ª CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CsF) PROCESSO SELETIVO INTERNO DO CsF RESOLUÇÃO 04/2013 Ciência sem Fronteiras é um programa do Governo Federal que busca promover a consolidação, expansão

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. Graduação Sanduíche nos EUA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. Graduação Sanduíche nos EUA Chamada Pública UNICENTRO/CAPES nº 01/2011 Em atendimento a chamada CAPES 01/211 do Programa Ciência sem Fronteiras, a UNICENTRO torna pública a seleção de estudantes de graduação em áreas e temas de estudo

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAPÁ

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAPÁ GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAPÁ EDITAL N 015/2011

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA, PARA ALUNOS DA UEA, REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUÍCHE EM PORTUGAL

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA, PARA ALUNOS DA UEA, REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUÍCHE EM PORTUGAL PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA, PARA ALUNOS DA UEA, REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUÍCHE EM PORTUGAL Tendo em vista a chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n. 113/2012,

Leia mais

EDITAL n 02/2011 GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR - SWG PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS FACULDADE SÃO LUCAS/CNPq

EDITAL n 02/2011 GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR - SWG PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS FACULDADE SÃO LUCAS/CNPq EDITAL n 02/2011 GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR - SWG PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS FACULDADE SÃO LUCAS/CNPq Edital para seleção dos alunos de graduação para participação no Programa Ciência sem Fronteiras

Leia mais

Programa BRAFITEC Orientações para Bolsistas de Graduação Sanduíche

Programa BRAFITEC Orientações para Bolsistas de Graduação Sanduíche Programa BRAFITEC Orientações para Bolsistas de Graduação Sanduíche Prezado(a) Bolsista, Gostaríamos de cumprimentá-lo(a) pela aprovação de sua solicitação para Graduação Sanduíche pelo Programa BRAF ITEC.

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE ALUNOS DE GRADUAÇÃO PARA PARTICIPAREM DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES e CNPq)

PROCESSO SELETIVO DE ALUNOS DE GRADUAÇÃO PARA PARTICIPAREM DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES e CNPq) Edital IF Farroupilha/PRPPGI/nº 09/2011 CsF - CAPES e CNPq Santa Maria, 6 de outubro de 2011. PROCESSO SELETIVO DE ALUNOS DE GRADUAÇÃO PARA PARTICIPAREM DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES e CNPq)

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS PRÓ-REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU COORDENAÇÃO DE GRADUAÇÃO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE A Universidade

Leia mais

EDITAL Nº 005/2011-PRPI

EDITAL Nº 005/2011-PRPI EDITAL Nº 005/2011-PRPI A Pró-reitora de Pesquisa e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE, no uso de suas atribuições, torna público que estão abertas as inscrições

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS NA UNICESUMAR

REGULAMENTO DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS NA UNICESUMAR 1 REGULAMENTO DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS NA UNICESUMAR Com a finalidade de acompanhar a participação de seus estudantes de graduação APROVADOS no Programa Ciência sem Fronteiras (PCsF), o Centro

Leia mais

Perguntas Frequentes Candidatura

Perguntas Frequentes Candidatura Perguntas Frequentes Candidatura Programa de Doutorado Pleno no Exterior Diretoria de Relações Internacionais Coordenação-Geral de Bolsas e Projetos CGBP Coordenação de Candidaturas a Bolsas e Auxílios

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CNPQ/IFTM MODALIDADE GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CNPQ/IFTM MODALIDADE GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA TRIÂNGULO MINEIRO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CNPq/IFTM PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CNPQ/IFTM MODALIDADE

Leia mais

EDITAL Nº 006/2011-PRPI

EDITAL Nº 006/2011-PRPI EDITAL Nº 006/2011-PRPI A Pró-reitora de Pesquisa e Inovação e a Coordenadora de Relações Internacionais Pró-reitoria de Extensão do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE,

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PRÉ-SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PRÉ-SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PRÉ-SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS A Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa da Pontifícia

Leia mais

GABINETE DO REITOR COORDENAÇÃO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS

GABINETE DO REITOR COORDENAÇÃO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS GABINETE DO REITOR COORDENAÇÃO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS Perguntas frequentes sobre Ciência Sem Fronteiras- Alunos do Grupo Tiradentes (UNIT, FITS e FACIPE) Sumário O que é o Programa Ciência Sem Fronteiras?...

Leia mais

EDITAL 06/2012 EDITAL MOBILIDADE PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - EUA

EDITAL 06/2012 EDITAL MOBILIDADE PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - EUA EDITAL 06/2012 EDITAL MOBILIDADE PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - EUA O Reitor da Universidade Estadual de Feira de Santana, Prof. José Carlos Barreto de Santana, no uso de suas atribuições, torna público

Leia mais

Universidade de Brasília (UnB) Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação (DPP) Programa de Iniciação Científica da Universidade de Brasília (ProIC/UnB)

Universidade de Brasília (UnB) Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação (DPP) Programa de Iniciação Científica da Universidade de Brasília (ProIC/UnB) PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CHAMADA ProIC/DPP e INT CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS n. 02/2011 SELEÇÃO DE ALUNOS PARA PARTICIPAR DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR DO CNPq O

Leia mais

Programa Ciência sem Fronteiras. Graduação Sanduíche nos EUA Chamada Pública CAPES nº 01/2011

Programa Ciência sem Fronteiras. Graduação Sanduíche nos EUA Chamada Pública CAPES nº 01/2011 Programa Ciência sem Fronteiras Graduação Sanduíche nos EUA Chamada Pública CAPES nº 01/2011 A CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, vinculada ao Ministério da Educação,

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS Pré-seleção para Bolsas de Graduação Sanduíche na França (Chamada Pública Programa Ciência sem Fronteiras/Campus France nº 104/2011) A Pró-Reitora de Graduação da PUCRS

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS Pré-seleção para Bolsas de Graduação Sanduíche na Itália (Chamada Pública Programa Ciência sem Fronteiras/Universidade de Bolonha nº 105/2011) A Pró-Reitora de Graduação

Leia mais

EDITAL Nº 14/2011 Programa Ciência sem Fronteiras Bolsas Graduação Sanduíche no Exterior/CNPq

EDITAL Nº 14/2011 Programa Ciência sem Fronteiras Bolsas Graduação Sanduíche no Exterior/CNPq EDITAL Nº 14/2011 Programa Ciência sem Fronteiras Bolsas Graduação Sanduíche no Exterior/CNPq A Pró-reitoria de Pós-graduação, Pesquisa e Extensão comunica que estão abertas, de 09 a 30 de setembro de

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PRÉ-SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NOS EUA NO ÂMBITO DO PROGRAMA CIÊNCIA

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES-CNPq)

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES-CNPq) PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES-CNPq) EDITAL PROPEPG Nº 06 de 04 de Junho de 2013 A Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação vêm através deste Edital, divulgar no âmbito da Instituição

Leia mais

EDITAL Nº006 / 2013 1. DISPOSIÇÕES GERAIS

EDITAL Nº006 / 2013 1. DISPOSIÇÕES GERAIS EDITAL Nº006 / 2013 DISPÕE SOBRE O PROCESSO PRÉ-SELETIVO DE ALUNOS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE GRADUAÇÃO SANDUICHE NO EXTERIOR NO ÂMBITO DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS. Bolsa de Estudos para Mestrado Sanduíche, Doutorado Sanduíche E Pós-Doutorado Probitec

ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS. Bolsa de Estudos para Mestrado Sanduíche, Doutorado Sanduíche E Pós-Doutorado Probitec ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS Bolsa de Estudos para Mestrado Sanduíche, Doutorado Sanduíche E Pós-Doutorado Probitec Prezado bolsista, Gostaríamos de cumprimentá-lo pela sua aprovação nas etapas que compuseram

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA BOLSISTAS. Programa PLI FRANÇA

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA BOLSISTAS. Programa PLI FRANÇA MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA BOLSISTAS Programa PLI FRANÇA 1. APRESENTAÇÃO Prezado(a) Bolsista, Gostaríamos de cumprimentá-lo(a) pela aprovação de sua solicitação para Graduação Sanduíche pelo Programa PLI

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS Pré-seleção para Bolsas de Graduação Sanduíche no Reino Unido (Chamada Pública Programa Ciência sem Fronteiras/Organização Britânica Universities UK - UUK nº 106/2011) A

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS Pré-seleção para Bolsas de Graduação Sanduíche (SWG) nos EUA (Chamada Pública Programa Ciência sem Fronteiras/IIE nº 102/2011) A Pró-Reitora de Graduação da PUCRS faz saber

Leia mais

EDITAL Nº 013/2012-PRPI

EDITAL Nº 013/2012-PRPI EDITAL Nº 013/2012-PRPI A Pró-reitora de Pesquisa e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE, no uso de suas atribuições, torna público que estão abertas as inscrições

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA PROCESSO SELETIVO 2012 DE ALUNOS DA GRADUAÇÃO PARA O PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS UnG/CNPq - GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR O Magnífico Reitor da Universidade Guarulhos, Prof.

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES E CNPq) EDITAL nº 06 de 28 de Março de 2012

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES E CNPq) EDITAL nº 06 de 28 de Março de 2012 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES E CNPq) EDITAL nº 06 de 28 de Março de 2012 A Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação vêm através deste Edital, divulgar no âmbito da Instituição a todos

Leia mais

EDITAL Nº 005/2012-PRPI

EDITAL Nº 005/2012-PRPI EDITAL Nº 005/2012-PRPI A Pró-reitora de Pesquisa e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE, no uso de suas atribuições, torna público que estão abertas as inscrições

Leia mais

EDITAL INTERNO Nº 06/2014

EDITAL INTERNO Nº 06/2014 EDITAL INTERNO Nº 06/2014 HOMOLOGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES DOS CANDIDATOS DO IFRJ PARA SELEÇÃO DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - BOLSA DE GRADUAÇÃO SANDUÍCHE A Pró-Reitora de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação

Leia mais

Orientações para Bolsistas no Programa BRAFITEC Graduação Sanduíche FRANÇA 2013

Orientações para Bolsistas no Programa BRAFITEC Graduação Sanduíche FRANÇA 2013 Orientações para Bolsistas no Programa BRAFITEC Graduação Sanduíche FRANÇA 2013 Prezado (a) bolsista, A Capes tem o prazer de cumprimentá-lo (a) pela sua aprovação no Programa BRAFITEC Graduação Sanduíche

Leia mais

EDITAL PRPq 01/2012. 1.5. Possibilitar a formação de recursos humanos especializados com elevada qualidade técnicocientífica.

EDITAL PRPq 01/2012. 1.5. Possibilitar a formação de recursos humanos especializados com elevada qualidade técnicocientífica. PRÓ-REITORIA DE PESQUISA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS E DIRETORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS PROGRAMA INSTITUCIONAL CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/CNPq - BOLSA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR (SWG)

Leia mais

CHAMADA INTERNA 40/2011 PRPGP-PROGRAD-SAI PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CNPq - UFSM

CHAMADA INTERNA 40/2011 PRPGP-PROGRAD-SAI PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CNPq - UFSM Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa Pró-Reitoria de Graduação Secretaria de Apoio Internacional CHAMADA INTERNA 40/ PRPGP-PROGRAD-SAI PROGRAMA

Leia mais

Inicialmente gostaríamos de parabenizá-lo pela aprovação de sua proposta de doutorado em nosso Programa.

Inicialmente gostaríamos de parabenizá-lo pela aprovação de sua proposta de doutorado em nosso Programa. Prezado Bolsista, Inicialmente gostaríamos de parabenizá-lo pela aprovação de sua proposta de doutorado em nosso Programa. Para ajudá-lo na implementação de sua concessão, preparamos um guia que poderá

Leia mais

Manual para Bolsistas

Manual para Bolsistas Manual para Bolsistas Graduação Sanduíche Versão 1.0 (Outubro de 2013) Programa Ciência sem Fronteiras - Graduação Sanduíche Orientações para Bolsistas Prezado (a) bolsista, A Capes tem o prazer de cumprimentá-lo

Leia mais

Manual para Bolsistas

Manual para Bolsistas Manual para Bolsistas Graduação Sanduíche Versão 1.1 (Março de 2014) Programa Ciência sem Fronteiras - Graduação Sanduíche Orientações para Bolsistas Prezado (a) bolsista, A Capes tem o prazer de cumprimentá-lo

Leia mais

EDITAL Nº 004/2012-PRPI

EDITAL Nº 004/2012-PRPI EDITAL Nº 004/2012-PRPI A Pró-reitora de Pesquisa e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE, no uso de suas atribuições, torna público que estão abertas as inscrições

Leia mais

4. Pós-Graduação - Bolsas de Mestrado e Doutorado no País 4.1 - Finalidade

4. Pós-Graduação - Bolsas de Mestrado e Doutorado no País 4.1 - Finalidade 4. Pós-Graduação - Bolsas de Mestrado e Doutorado no País 4.1 - Finalidade Anexo IV da RN-017/2006 - Bolsas por Quota no País Apoiar a formação de recursos humanos em nível de pós-graduação. 4.2 - Requisitos

Leia mais

PEC-PG CNPq e CAPES. 8. Recomendações

PEC-PG CNPq e CAPES. 8. Recomendações PEC-PG CNPq e CAPES 8. Recomendações a) O Estudante-Convênio deverá matricular-se no primeiro semestre letivo do ano imediatamente subseqüente ao que se candidatou ao PEC-PG. Poderá, no entanto, ser concedida

Leia mais

11 DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS A lista dos beneficiados com as cotas de bolsa será divulgada até o dia 18 de junho de 2012 no endereço www.ifpb.edu.br.

11 DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS A lista dos beneficiados com as cotas de bolsa será divulgada até o dia 18 de junho de 2012 no endereço www.ifpb.edu.br. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, INOVAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL N 10 /2012 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - CsF 1 APRESENTAÇÃO O Instituto Federal

Leia mais

Orientações para Bolsistas no Programa Ciência sem Fronteiras Graduação Sanduíche Alemanha

Orientações para Bolsistas no Programa Ciência sem Fronteiras Graduação Sanduíche Alemanha Orientações para Bolsistas no Programa Ciência sem Fronteiras Graduação Sanduíche Alemanha Prezado (a) bolsista, A Capes tem o prazer de cumprimentá-lo (a) pela sua aprovação no Programa Ciência sem Fronteiras

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. Graduação Sanduíche no Exterior

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. Graduação Sanduíche no Exterior Chamada Pública UNICENTRO/CAPES/CNPq nº 01/2012 Em atendimento as chamadas CAPES/CNPq do Programa Ciência sem Fronteiras, a UNICENTRO torna pública a chamada interna de estudantes de graduação em áreas

Leia mais

Norma para pagamento de diária a serviço e solicitação de passagem aérea

Norma para pagamento de diária a serviço e solicitação de passagem aérea Norma para pagamento de diária a serviço e solicitação de passagem aérea Objetivo: A presente norma tem por objetivo formalizar e agilizar os pedidos de diária e passagem a serviço da entidade bem como

Leia mais

Instruções para o fluxo contínuo do CALDO - GDE. Fluxo contínuo para concessão de bolsas de Doutorado Pleno no Canadá Universidades do CALDO.

Instruções para o fluxo contínuo do CALDO - GDE. Fluxo contínuo para concessão de bolsas de Doutorado Pleno no Canadá Universidades do CALDO. Instruções para o fluxo contínuo do CALDO - GDE. I Nome do Programa Fluxo contínuo para concessão de bolsas de Doutorado Pleno no Canadá Universidades do CALDO. II Objetivo da Chamada Esta chamada é exclusiva

Leia mais

EDITAL 001/2013 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE PRÉ-SELEÇÃO INTERNA

EDITAL 001/2013 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE PRÉ-SELEÇÃO INTERNA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS COORDENAÇÃO INSTITUCIONAL DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS EDITAL

Leia mais

Processo de seleção de candidatos de instituições brasileiras a bolsas de graduação-sanduíche no exterior para estudo em instituições do Reino Unido

Processo de seleção de candidatos de instituições brasileiras a bolsas de graduação-sanduíche no exterior para estudo em instituições do Reino Unido CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA PARA ALUNOS DA UEA REFERENTE À GRADUAÇÃO SANDUICHE NO REINO UNIDO Chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n. 123/2012 O QUE É GESTOR Processo de seleção de candidatos

Leia mais

Manual de orientação para bolsistas do Programa CAPES/AULP

Manual de orientação para bolsistas do Programa CAPES/AULP Manual de orientação para bolsistas do Programa CAPES/AULP APRESENTAÇÃO Este manual tem o objetivo de facilitar a implementação das bolsas das missões de estudo no exterior e no Brasil no âmbito do Programa

Leia mais

BOLSA PDSE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR

BOLSA PDSE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR Program a de Pós-Graduação em Enfermagem SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE BOLSA PDSE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS O Ciência sem Fronteiras é um programa que busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira

Leia mais

Programa CAPES-PVE CAPES. Processo Seletivo 2010 Edital nº 049/2010/CAPES/DRI

Programa CAPES-PVE CAPES. Processo Seletivo 2010 Edital nº 049/2010/CAPES/DRI Programa CAPES- Processo Seletivo 2010 Edital nº 049/2010/CAPES/DRI A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior-CAPES, Fundação Pública, criada pela Lei nº. 8.405, de 09 de janeiro de

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ ASSESSORIA DE COOPERAÇÃO INTERNACIONAL COORDENAÇÃO INSTITUCIONAL PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS EDITAL Nº 01/2014

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ ASSESSORIA DE COOPERAÇÃO INTERNACIONAL COORDENAÇÃO INSTITUCIONAL PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS EDITAL Nº 01/2014 UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ ASSESSORIA DE COOPERAÇÃO INTERNACIONAL COORDENAÇÃO INSTITUCIONAL PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS EDITAL Nº 01/2014 SELEÇÃO DE ALUNOS PARA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE, ATRAVÉS DO PROGRAMA

Leia mais

Orientações para Coordenadores Programa CAPES/DFG BRAGECRIM

Orientações para Coordenadores Programa CAPES/DFG BRAGECRIM Orientações para Coordenadores Programa CAPES/DFG BRAGECRIM Este manual tem o objetivo de esclarecer aspectos práticos da concessão e facilitar o gerenciamento do Projeto CAPES/DFG Bragecrim sob sua coordenação.

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO NÍVEL TÉCNICO PARTE I INFORMAÇÕES PARA BOLSISTA ALUNO

MANUAL DO USUÁRIO NÍVEL TÉCNICO PARTE I INFORMAÇÕES PARA BOLSISTA ALUNO PROGRAMA PETROBRAS DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS (PFRH) MANUAL DO USUÁRIO NÍVEL TÉCNICO PARTE I INFORMAÇÕES PARA BOLSISTA ALUNO Versão 04/02/2011 SUMÁRIO 1 APRESENTAÇÃO 2 INTRODUÇÃO 3 MODALIDADES DE

Leia mais

Graduação Sanduíche - Programa Ciência sem fronteiras

Graduação Sanduíche - Programa Ciência sem fronteiras Graduação Sanduíche - Programa Ciência sem fronteiras Chamadas em aberto Estão abertas até o dia 30 de abril chamadas para os seguintes países: Canadá, Bélgica, Austrália, Portugal, Coréia do Sul, Espanha

Leia mais

Manual para Bolsistas Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior - PDSE

Manual para Bolsistas Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior - PDSE Manual para Bolsistas Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior - PDSE Diretoria de Relações Internacionais Coordenação-Geral de Bolsas e Projetos CGBP Coordenação de Acompanhamento de Bolsistas no Exterior

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE PÓS-DOUTORADO - 2011: CONCESSÃO INSTITUCIONAL ÀS IFES. Diretrizes para Elaboração do Projeto Institucional

PROGRAMA NACIONAL DE PÓS-DOUTORADO - 2011: CONCESSÃO INSTITUCIONAL ÀS IFES. Diretrizes para Elaboração do Projeto Institucional PROGRAMA NACIONAL DE PÓS-DOUTORADO - 2011: CONCESSÃO INSTITUCIONAL ÀS IFES Diretrizes para Elaboração do Projeto Institucional 1 Objetivos O Programa Nacional de Pós-doutorado da CAPES PNPD/2011: Concessão

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE M I N UT A EDITAL FOPIN 2015

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE M I N UT A EDITAL FOPIN 2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE M I N UT A INSTRUÇÃO DE SERVIÇO PROPPI N o 06 de 09 de Julho de 2015 EDITAL FOPIN 2015 PROGRAMA DE FOMENTO À PESQUISA DAS

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS CUBANOS

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS CUBANOS MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS CUBANOS PROGRAMA CAPES/MES - CUBA BRASIL-CUBA PROGRAMA CAPES/MES CUBA PROJETOS Todas as informações aqui descritas devem ser interpretadas em consonância com as normas

Leia mais

EDITAL 004/2015 COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR - CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR - PDSE

EDITAL 004/2015 COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR - CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR - PDSE EDITAL 004/2015 COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR - CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR - PDSE A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ciências

Leia mais

Manual para Bolsistas

Manual para Bolsistas Ciência sem Fronteiras Manual para Bolsistas Graduação Sanduíche Versão 1.2 (Julho de 2014) Programa Ciência sem Fronteiras - Graduação Sanduíche Orientações para Bolsistas Prezado bolsista, A Capes tem

Leia mais

Av. Itália, Km8 Campus Carreiros Rio Grande, RS Brasil 96201-900 fone: 53.32336772 e- mail:propesp@furg.br

Av. Itália, Km8 Campus Carreiros Rio Grande, RS Brasil 96201-900 fone: 53.32336772 e- mail:propesp@furg.br As Pró-reitorias de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPESP) e de Graduação (PROGRAD), no uso de suas atribuições, tornam público o edital de seleção interna para o Programa Ciência sem Fronteiras - Graduação

Leia mais

EDITAL Nº 01/2009-DPPG

EDITAL Nº 01/2009-DPPG EDITAL Nº 01/2009-DPPG A Diretoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás, no uso de suas atribuições, torna público que estão abertas as

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS, BOLSAS DE ESTUDO NO EXTERIOR GRADUAÇÃO

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS, BOLSAS DE ESTUDO NO EXTERIOR GRADUAÇÃO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS, BOLSAS DE ESTUDO NO EXTERIOR GRADUAÇÃO A Direção de Pós- Graduação e Pesquisa da Universidade Veiga de Almeida, no uso de suas atribuições, torna público o presente Edital

Leia mais

EDITAL Nº 01/2014 1. DISPOSIÇÕES GERAIS

EDITAL Nº 01/2014 1. DISPOSIÇÕES GERAIS CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE BELO HORIZONTE Coordenação de Pesquisa e Extensão Coordenação Institucional-Programa Ciência sem Fronteiras EDITAL Nº 01/2014 SELEÇÃO DE ALUNOS PARA GRADUAÇÃO

Leia mais

Informações de Apoio aos Estudantes no Exterior com bolsas do CNPq

Informações de Apoio aos Estudantes no Exterior com bolsas do CNPq Informações de Apoio aos Estudantes no Exterior com bolsas do CNPq Informações de Apoio aos Estudantes no Exterior com bolsas do CNPq versão janeiro 2013 1/18 Índice Informações de Apoio aos Estudantes

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO EDITAL N 045/2011 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS PROCESSO

Leia mais

Avaliação de Políticas Públicas (Resolução nº 44, de 2013)

Avaliação de Políticas Públicas (Resolução nº 44, de 2013) Avaliação de Políticas Públicas (Resolução nº 44, de 2013) Presidente: SENADOR CRISTOVAM BUARQUE Vice-Presidente: SENADOR HÉLIO JOSÉ Relator: SENADOR OMAR AZIZ Proposta de Plano de Trabalho Avaliação de

Leia mais

Programa Especial de Mobilidade Internacional Governo Federal (CAPES e CNPq) Bolsas para capacitação no exterior

Programa Especial de Mobilidade Internacional Governo Federal (CAPES e CNPq) Bolsas para capacitação no exterior Programa Especial de Mobilidade Internacional Governo Federal (CAPES e CNPq) Bolsas para capacitação no exterior Início do Programa: 75 mil bolsas (2011-2015) Graduação-Sanduíche 27.100 Doutorado Sanduíche

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DO PROEX (2015)

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DO PROEX (2015) UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Instituto de Medicina Social Rua São Francisco Xavier, 524 / 7º andar / Bloco D - Maracanã CEP: 20550-013 - Rio de Janeiro - BRASIL TEL: 55-021- 2334-0235 FAX:

Leia mais

Ciências sem Fronteiras 2012

Ciências sem Fronteiras 2012 Ciências sem Fronteiras 2012 Qual o papel da UFABC no processo seletivo? A UFABC participa somente da Etapa 1 Homologação da IES, presente nos editais. O papel da IES é informar ao programa quais são os

Leia mais

Orientações para Bolsistas Programa Institucional de Doutorado Sanduíche no Exterior PDSE

Orientações para Bolsistas Programa Institucional de Doutorado Sanduíche no Exterior PDSE Orientações para Bolsistas Programa Institucional de Doutorado Sanduíche no Exterior PDSE Prezado bolsista, Gostaríamos de cumprimentá-lo pela sua aprovação nas etapas que compuseram o processo de seleção

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES

MANUAL DE ORIENTAÇÕES Coordenação Geral de Programas- CGPR MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS BRASILEIROS Programa CAPES/CAFP-BA BRASIL-ARGENTINA PROGRAMA CAPES/CAFP-BA Todas as informações aqui descritas devem ser interpretadas

Leia mais

Juliana Kumbartzki Ferreira csf@contato.ufsc.br www.sinter.ufsc.br Telefone: 3721-8739

Juliana Kumbartzki Ferreira csf@contato.ufsc.br www.sinter.ufsc.br Telefone: 3721-8739 Juliana Kumbartzki Ferreira csf@contato.ufsc.br www.sinter.ufsc.br Telefone: 3721-8739 Ciência sem Fronteiras é um programa que busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA FRANÇA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/ CAMPUS FRANCE Nº 104 /2011

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA FRANÇA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/ CAMPUS FRANCE Nº 104 /2011 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA FRANÇA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/ CAMPUS FRANCE Nº 104 /2011 O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação MCTI, o Ministério

Leia mais

Manual de Orientações para Bolsistas

Manual de Orientações para Bolsistas Manual de Orientações para Bolsistas Programa Pró-Haiti Todas as informações aqui descritas devem ser interpretadas em consonância com as normas e limitações legais brasileiras. I CONTATOS E CORRESPONDÊNCIAS

Leia mais

Chamada MCTI/CNPq Nº 09/2015 - Auxílio Promoção de Eventos Científicos, Tecnológicos e/ou de Inovação - ARC. Perguntas Mais Frequentes

Chamada MCTI/CNPq Nº 09/2015 - Auxílio Promoção de Eventos Científicos, Tecnológicos e/ou de Inovação - ARC. Perguntas Mais Frequentes Chamada MCTI/CNPq Nº 09/2015 - Auxílio Promoção de Eventos Científicos, Tecnológicos e/ou de Inovação - ARC Perguntas Mais Frequentes 1) Onde encontro o Formulário Online de Propostas? O formulário Online

Leia mais

Manual para Bolsistas

Manual para Bolsistas Manual para Bolsistas Mestrado Profissional EUA/2014 Diretoria de Relações Internacionais Coordenação-Geral de Bolsas e Projetos CGBP Coordenação de Acompanhamento de Bolsistas no Exterior CBE Brasília,

Leia mais