RESULTADOS 1T15 Rio de Janeiro, 07 de maio de 2015

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RESULTADOS 1T15 Rio de Janeiro, 07 de maio de 2015"

Transcrição

1 Centro de Gerência de Rede Oi Rio de Janeiro - Brasil RESULTADOS Rio de Janeiro, 07 de maio de 2015

2 AVISO IMPORTANTE Esta apresentação contém declarações acerca de eventos futuros, de acordo com o U.S. Private Securities Litigation Reform Act de São consideradas declarações prospectivas aquelas que não constituem fatos ocorridos no passado, refletindo apenas expectativas e perspectivas da Companhia. Os termos antecipa, acredita, estima, espera, prevê, pretende, planeja, e outros termos similares, quando relacionados à Companhia e sua administração, indicam declarações prospectivas. Tais declarações refletem a opinião atual da administração e estão sujeitas a diversos riscos e incertezas. Essas declarações se baseiam em diversas premissas e fatores, incluindo fatores gerais de natureza econômica, mercadológica, industrial e operacional. Quaisquer alterações em tais premissas ou fatores poderão levar a resultados práticos diferentes das expectativas atuais. Não se deve depositar excessiva confiança em tais declarações. Declarações prospectivas se referem unicamente à data em que são prestadas, e a Companhia não se obriga a atualizá-las à luz de novas informações ou desenvolvimentos futuros. Oi S.A. 1

3 Resultados do Prioridades Estratégicas da Oi Desenvolvimento da infraestrutura da oi para restabelecer crescimento do ebitda, reduzir DÍVIDA e voltar a ter FCF positivo Confirmação do guidance para 2015 EBITDA de Rotina do Brasil R$ 7,0 7,4 bi Retorno ao FCF positivo 1. Melhoria da eficiência do CAPEX e melhoria na rede Melhora no FCO R$ 1,2 1,8 bi 2. Ambiente regulatório e institucional mais construtivo 3. Crescimento de EBITDA 4. Vendas de ativos e refinanciamento Oi S.A. 2

4 TURNAROUND OPERACIONAL Oi S.A. 3

5 Resultados do Destaques Financeiros MELHORA CONSISTENTE no EBITDA, redução de custo e FCO: NO CAMINHO PARA entregar oguidance PARA 2015 Destaques financeiros R$ milhões D Tri. 1T D Ano 4T D Ano Brasil Receita Líquida Total Residencial Mobilidade Pessoal Clientes 1 Corporativo/PMEs ,2% +0,7% -7,2% -0,5% -3,1% ,5% -2,4% +4,3% +8,8% -3,4% -2,0% -5,1% +1,9% +4.1,% -1,5% OPEX de Rotina ,6% ,9% +3,2% EBITDA de Rotina ,2% ,8% -15,5% Margem EBITDA de Rotina 28,2% 23,9% +4,3 p.p. 24,9% +3,3 p.p. -3,8 p.p. Capex ,8% ,5% -30,3% EBITDA de Rotina Capex ,0% ,3% +30,8% Consolidado EBITDA Reportado ,1% ,6% -12,5% 1 - Incluindo assinaturas, chamadas originadas, longa distância móvel, roaming, dados e serviços de valor adicionado. Oi S.A. 4

6 Resultados do Destaques Financeiros FOCO EM MELHORAR A RENTABILIDADE DA BASE atual DE CLIENTES Destaques operacionais Em milhares de UGRs D Tri. 1T D Ano 4T D Ano Total - Brasil ,2% ,4% +0,0% Residencial Telefonia fixa Banda larga TV paga ARPU residencial , ,2-1,8% -2,3% -0,9% -1,2% +3,1% ,9% -7,4% -1,2% +48,8% +5,4% -2,1% -6,8% +0,0% +50,5% +1,8% Mobilidade Pessoal Pré-pago Pós-pago ,1% -1,2% -0,3% ,4% -1,4% +5,8% +1,5% +0,7% +6,4% Corporativo/PMEs Telefonia fixa Banda larga Móvel ,0% -1,4% -0,8% -0,3% ,7% -5,9% -2,8% +0,6% -4,0% -5,5% -2,0% -1,3% Telefones Públicos ,1% 657-0,7% -0,4% Oi S.A. 5

7 Resultados do Receita das Operações Brasileiras RECEITA DE SERVIÇOS MELHORA VERSUS E, RESULTADO DO AUMENTO DAS RECARGAS e melhor mix de ofertas no residencial Mobilidade Pessoal % ano a ano 3,5-5,3 6,5-4,9 2T14-2,0-11,4 3T14 4,1-3,4 8,8 0,3 Receita Líquida % ano a ano Receita de Serviços Receita de Clientes Residencial % ano a ano -0,1-2,3-4,4-5,1-2,4 0,9-1,8 0,2-3,2-3,5-1,1-3,8 0,8-1,7 2T14 3T14-6,7 Corporativo / PMEs % ano a ano 0,8-2,8-3,1-1,5-3,1 2T14 3T14 2T14 3T14 Oi S.A. 6

8 Resultados do Mobilidade Pessoal (Brasil) MELHORA NO MIX DE DADOS E FOCO NO PRÉ-PAGO CONTINUAM GERANDO RESULTADOS positivos NO SEGMENTO MÓVEL Reposicionamento de preços e política mais rígida de limpeza de base Melhora das ofertas de pacotes de dados Simplificação do portfólio de recargas Aumento da penetração de smartphones Receita de Clientes de Mobilidade Pessoal R$ milhões ,8% Voz Dados Recargas¹ % ano a ano 27% 28% 30% 34% 38% 4,2 7,7 10,4 7,5 7,9 8,5 5,4 7,6 2T14 Penetração de Smartphone % da base total 3T14 ARPU Móvel (ex-vu-m) 2 Indexado 2,4 21pp 11,3% 1T13 2T13 3T13 4T13 2T14 3T14 27% 49% ¹ As recargas incluem a porção pré-paga das ofertas fixo+pré-pago (OVT). ² Considera o total das receitas de operações móveis (Mobilidade Pessoal + Corporativo/PMEs), mas exclui receitas de interconexão. Oi S.A. 7

9 Resultados do Residencial (Brasil) A RENTABILIDADE DA NOSSA BASE DE CLIENTES Residenciais apresenta melhora EM TODAS AS LINHAS UGRs Milhões 11,0 10,7 5,3 5,2 1,2 1,2 ARPU Residencial R$ 3,1% Telefonia fixa Banda larga TV 73,6 75,2 77,6 ARPU Indexado 1,0% 6,1% 6,5% Telefonia fixa Banda larga TV Oi S.A. 8

10 Resultados do Corporativo / PMEs (Brasil) B2B enfrentando desafios no ambiente macroeconômico do brasil, MAS melhorando a qualidade da sua receita Corporativo: menor dependência dos serviços de voz Receitas não voz % da receita do Corporativo 59,6 3,5pp 60,8 63,1 Serviços não tradicionais Indexados. Receitas 20% Cloud ICT DC PMEs: aumento da rentabilidade Expansão do canal de vendas por franquias Simplificação do portfólio Fim dos subsídios de aparelhos Foco em rentabilidade através de dados e SVA (Segurança de Rede, SmartCloud, Gerenc. Rede de Informação, etc) Crescimento em TI e outros serviços não tradicionais para reduzir dependência de serviços de voz Fim dos subsídios de aparelhos Melhora dos serviços ao cliente sem a necessidade de investimentos adicionais Nova estrutura de pós-venda Oi S.A. 9

11 Resultados do Custos e Despesas Operacionais (Brasil) PLANO DE CORTE DE CUSTOS PARA 2015 começa a GERAr RESULTADOS, MAS CÂMBIO, ENERGIA E INFLAÇÃO PODEM PRESSIONAR os PRÓXIMOS TRIMESTRES Custos e despesas operacionais de rotina R$ milhões Operações brasileiras ,5% Redução tarifas VU-M Aluguel dos ativos vendidos Custos de aparelhos Pessoal Interconexão (tráfego) Serviços de terceiros Manutenção da rede Marketing Aluguel & Seguro Outros Inflação no período: +8,1% ,8% Redução tarifas VU-M Aluguel dos ativos vendidos Custos de aparelhos Pessoal Interconexão (tráfego) Serviços de terceiros Manutenção da rede Marketing Aluguel & Seguro Outros Oi S.A. 10

12 Resultados do Turnaround Operacional Entrega do plano 2015 baseado em 4 pilares e foco rigoroso em rentabilidade e geração de caixa criação contínua de iniciativas controle e desempenho operacional rigoroso rotinas semanais Redução de OPEX e otimização de CAPEX Aumentar a produtividade operacional Priorizar gastos com TI Corte agressivo em SG&A Priorizar / rever decisões de gastos em comitês semanais Melhorar o Capital de Giro Rever principais contratos e decisões de pagamentos Acelerar cobranças e pagamento antecipado Otimizar os níveis de estoque e desperdício /redundâncias (ex: aparelhos) Melhorar a rentabilidade do cliente Ajustes de preços Simplificação do portfolio de vendas Otimizar o mix de canais, priorizando os de melhor qualidade e custo Otimizar RH Simplificar a estrutura organizacional Reduzir os custos com horas extras e sobre aviso Capturar sinergias com companhias do grupo 131 iniciativas foram totalmente implementadas, de acordo com o plano de 2015 Numero de iniciativas (acumulado) Totalmente implementada Em fase de implementação % 55% dez-14 jan-15 fev-15 mar-15 Oi S.A. 11

13 Resultados do Turnaround Operacional Iniciativas do plano já entregando resultados Redução de OPEX e otimização de CAPEX Melhorar o Capital de Giro Renegociação do custo de call centers R$/min Redução da frota Número de veículos Redução de custos com comissões R$ comissões / ARPU Otimizar o gerenciamento de estoque Principais ações Renegociação dos principais contratos % Número de contratos 0% -7% +2% -13% -2% -14% Terceirização da gestão e da logística de aparelhos Redução das perdas de estoques 69% 31% 100% Negiociados A serem negociados Total Melhorar a rentabilidade do cliente Banda larga Melhoria do ARPU entrante ARPU, R$ Foco em produtos de maior valor Participação dos pacotes low-end, % +17% -19% Otimizar RH Redução de horas extras e sobre aviso Horas extras / sobreaviso, R$ +13% -37% Redução de custos com viagens e taxi Custos com viagens / taxi, R$ -19% -56% +15% -41% TV Paga * Nova oferta de TV lançada no 2T14. Oi S.A. 12

14 Resultados do EBITDA e FCO (EBITDA CAPEX) MELHORA DO EBITDA e FCO NO CAMINHO PARA entregar O GUIDANCE DE 2015 EBITDA Pro-forma 1 R$ milhões Brasil Outros CAPEX Pro-forma R$ milhões Brasil Outros ,2% ,5% T14 3T EBITDA Pro-forma 1 menos CAPEX R$ milhões Brasil Outros 2T14 3T ,3% 944 2T14 3T14 1 Rotina Oi S.A. 13

15 Entregando uma rede melhor gastando menos Oi S.A. 14

16 Resultados do Infraestrutura Rede ótica e rede ip nacional, alavancando aumento de capacidade, disponibilidade DE REDE e estratégia multiprodutos Melhoria do Backbone Verdadeiro Player Convergente Presença nacional em mais de 5k municípios 330k km de fibra 2,1k municípios com fibra 70% da população Expansão Nacional do backbone da Oi Melhor utilização de rede óptica - 100G Única operadora com cobertura nacional de banda larga fixa 75% da população coberta SP Oi & Competidores Apenas Oi 34% 44%* 22% Estratégia de SWAP de fibra Crescimento médio de fibra de 5k km / ano Aumento da resiliência da rede de 19 para 24 estados com 3 vias de transportes No. de estados 19 Atual +26% 24 Final de 2015 Aumentando a rentabilidade da rede de cobre existente ADSL2+: ~50% de clientes com mais de 10Mbps VDSL: ~13% de clientes com mais de 20Mbps > 30% de acessos xdsl disponíveis Clientes BB 50% >10Mbps 13% >20Mbps Modernização de rede IP Single Edge acesso IP (Residencial, Mobilidade e B2B) Atual Futuro -47% 153% Equipamentos Municípios Multiproduto através da distribuição nacional de HDTV DTH Distribuição ampla de canais HD e conteúdo regional em HD Monetização da infraestrutura de cobre da Oi No. de canais regionais em HD Competidores Oi +105% * 3% da população com linha fixa apenas Oi S.A. 15

17 Resultados do Infraestrutura Rede MÓVEL com qualidade semelhante A DOs concorrentes e melhorando RAPIDAMENTE: aumento de tráfego de dados com MELHORia NAS MÉTRICAS DA ANATEL Telefonia Móvel e Dados Melhoria nas métricas da ANATEL de reclamações gerais e de qualidade QoE Apenas Voz Com Dados Reclamações gerais Var. ago/14 x jul/12 30% Reclamações sobre qualidade Var. ago/14 x jul/12 26% 3G/4G +86% +132% 1% -24% -25% -23% -21% Player A Player B Player C Player A -41% Player B Player C 2G -41% Migração proativa de clientes 2G para 3G +43% Maior número de clientes 2G usando dados % SMP9 Queda de dados 3G jun/13 dez/13 jun/14 A B C fev/14 % jun/13 SMP8 Acesso de dados 3G dez/13 jun/14 B C A fev/15 Source: ANATEL Oi S.A. 16

18 Resultados do Investimento Renegociação de contrato, otimização de infraestrutura, SWAP e compartilhamento aumentando eficiência na alocação de capital Renegociações contratuais do Núcleo e Acesso móvel Custo de Tráfego -32% -32% MoU Mbyte Melhoria da capacidade de rede de dados 3G dados 3G dados 2G % Alavancando oportunidades de compartilhamento R$ (MM) 4G Ran sharing com a TIM R$ -45% Expansão do backbone nacional R$ / Mbps (TX) Modernização da rede IP R$ / Mbps (IP) Estratégia de swap de fibra R$ / km 2014/2017 (Apenas Oi) 2014/2017 (RAN sharing) Potencial melhoria de cobertura 2G/3G através de acordo de compartilhamento de rede com a TIM Municípios -40% -25% -83% 2G +28% 3G +56% R$ Contrato Inicial Contrato Atual Contrato Inicial Contrato Atual Construção própria Swap Atual Futuro Atual Futuro Oi S.A. 17

19 BALANÇO: REFINANCIAMENTO E REDUÇÃO DE DÍVIDA Oi S.A. 18

20 Resultados do Variação da Dívida Líquida Melhora de FCO compensada por ambiente MACROECONOMIC0. dívida líquida aumentou, mas estamos comprometidos em reduzir o consumo de caixa no curto prazo e voltar a gerar fcf positivo no médio prazo Variação da dívida líquida R$ milhões milhões vs +240 milhões () Dívida líquida Variação da dívida líquida em relação ao EBITDA de Rotina Capex Capital de Giro Depósitos Judiciais + impostos Outros Fistel (de manutenção) Imposto sobre JSCP Intercompany Resultados financeiros Dívida líquida Oi S.A. 19

21 Resultados do Balanço Patrimonial Fortalecimento do balanço Monetização de Ativos Venda da PT Portugal Africatel disponível para venda Monetização de imóveis Reduzir custos financeiros Potencial utilização da liquidez pós-venda para reduzir despesas financeiras TAC 1 projetos arquivados na Anatel Construir um novo relacionamento com o regulatório com o objetivo de reduzir atuais e potenciais novos passivos através do TAC 1 TAC = Termo de Ajustamento de Conduta Oi S.A. 20

22 Resultados do Melhora do Balanço Patrimonial VENDA DA PT E waiver DE DEBENTURISTAS PERMITEM QUE A COMPANHIA SE CONCENTRE NO SEU TURNAROUND OPERACIONAL EM 2015 Venda da PT Portugal Aprovação do waiver de covenants Avaliação do melhor uso dos recursos da venda Oi recebe os recursos da transação com a Altice no valor de EUR 7,4 bilhões, incluindo o earn-out de EUR 500 milhões, dívida e ajustes usuais; A transação aumentará a liquidez significativamente A injeção de caixa neutralizará o risco de exposição cambial A desalavancagem pelo pagamento da dívida leva tempo Possibilidade de usar parte dos recursos na consolidação no Brasil As aprovações corporativas em Portugal e no Brasil foram concluídas A Comissão Antitruste Europeia aprovou a transação em 20 de abril de 2015 Fechamento financeiro esperado até o 2T15 Waiver de covenants aprovado pelos debenturistas para um período de 12 meses: 6x após recebimento dos recursos da venda da PT 4.5x antes do recebimento Oi S.A. 21

23 Resultados do Endividamento Pro-forma Pós-venda CONCLUSÃO DA VENDA DA PT AUMENTA SIGNIFICATIVAMENTE A FLEXIBILIDADE FINANCEIRA DA OI PARA OS PRÓXIMOS ANOS Liquidez pró-forma R$ milhões Cronograma de amortização da dívida bruta pró-forma R$ milhões Maturidade média da dívida : 3,8 anos Caixa BNDES/BNB Oi + PT est. = estimado 200 Revol. em R$ Revol. em USD/EUR ECAs em Papéis Entrada USD/EUR comerciais de caixa venda da PT (est.) Liquidez A partir de 2020 Dívida bruta A dívida da Oi em moeda estrangeira está quase totalmente hedgeada Caixa A dívida da PT será hedgeada pelo caixa em euros 1 Dívida líquida 1 Saldo de caixa da Oi+PT em 31 de Março de 2015, mais o saldo estimado com a venda da PT. Oi S.A. 22

24 GOVERNANÇA CORPORATIVA E REGULATÓRIO Oi S.A. 23

25 Resultados do Governança Corporativa Melhoria na governança corporativa: uma ação / um voto, novo conselho e estatuto Execução da permuta dos Títulos da Rio Forte Aprovação da estrutura alternativa pela Anatel Assembleia Geral Extraordinária para aprovar a estrutura alternativa Registro da ação CorpCo na SEC Aguardando aprovação da SEC para o 20F da PT SGPS de 2013 gera a necessidade de explorar estruturas alternativas O Conselho de Administração da Oi aprovou a estrutura alternativa: Conversão voluntária de ações preferenciais em ordinárias Alterações no Estatuto Social da Oi para incorporar as exigências do Novo Mercado Anúncio do Novo Conselho de Administração da Oi Prazo de 30 dias para a conversão de ações preferenciais em ordinárias 31 Out 2015 Oi S.A. 24

26 Resultados do Regulatório Oi inicia um novo ciclo de compliance e criação de valor através do TAC 1 Ciclo Vicioso Ciclo Virtuoso 2. Baixa qualidade & performance 3. Insatisfação de clientes & reembolsos Baixo 1. investimento 1. Melhoria de em projetos conduta/qualidade estruturais, mais OPEX Potencial 4. Redução de 2. redução de reclamações & multas e custos legais passivos existentes e novos 4. Multas & passivos regulatórios da Anatel 3. Mais investimentos em infraestrutura / baixo OPEX 1 TAC = Termo de Ajustamento de Conduta Oi S.A. 25

27 Resultados do Contingências Todos os passivos da oi estão amplamente divulgados nas df s: contingências cobertas por depósitos judiciais Provisão para contingências (risco de perda provável) R$ milhões Depósito judiciais R$ milhões Trabalhista Imposto Cível Total Trabalhista Imposto Cível Total Contingências possíveis (redução de risco de perda) R$ milhões Contingências com a Anatel Algumas disputas com a Anatel, que não estão sob contingências, serão abordadas no regulamento TAC 1 da Anatel Trabalhista Imposto Cível Total Oi apresentou as propostas da TAC para a Anatel em 29 de abril de TAC = Termo de Ajustamento de Conduta Oi S.A. 26

28 Resultados do Prioridades Estratégicas da Oi Desenvolvimento da infraestrutura da oi para restabelecer crescimento do ebitda, reduzir DÍVIDA e voltar a ter FCF positivo Turnaround Operacional Balanço: refinanciamento e redução de dívida Governança corporativa e regulatório EBITDA do e FCO no caminho para entregar o guidance 2015*: EBITDA de Rotina R$7,0-7,4bi Melhora de EBITDA de Rotina CAPEX de R$1,2-1,8bi Conclusão da venda da PT Portugal Negociação dos waivers covenants financeiros dos Outras alienações de ativos Refinanciamento da dívida de curto prazo Permuta da Rio Forte executada Estrutura Alternativa em processo de aprovação regulatória Anúncio do novo conselho da Oi TAC: projetos apresentados na Anatel Consolidação e evolução do mercado BTG tem um mandato para explorar alterativas de consolidação * Guidance para operações no Brasil. Oi S.A. 27

29 RESULTADOS Rio de Janeiro, 07 de maio de 2015

RESULTADOS 2T15 RIO DE JANEIRO, 13 DE AGOSTO DE 2015

RESULTADOS 2T15 RIO DE JANEIRO, 13 DE AGOSTO DE 2015 RESULTADOS RIO DE JANEIRO, 13 DE AGOSTO DE 2015 AVISO IMPORTANTE Esta apresentação contém declarações acerca de eventos futuros, de acordo com o U.S. Private Securities Litigation Reform Act de 1995. São

Leia mais

RESULTADOS 4T14. Rio de Janeiro, 27 de março de 2015

RESULTADOS 4T14. Rio de Janeiro, 27 de março de 2015 RESULTADOS Rio de Janeiro, 27 de março de 2015 AVISO IMPORTANTE Esta apresentação contém declarações acerca de eventos futuros, de acordo com o U.S. Private Securities Litigation Reform Act de 1995. São

Leia mais

RESULTADOS 3T14. Rio de Janeiro, 13 de Novembro de 2014

RESULTADOS 3T14. Rio de Janeiro, 13 de Novembro de 2014 RESULTADOS Rio de Janeiro, 13 de Novembro de 2014 AVISO IMPORTANTE O presente comunicado contém declarações acerca de eventos futuros, de acordo com o U.S. Private Securities Litigation Reform Act de 1995.

Leia mais

Resultados 3T15_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro, 2015. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A.

Resultados 3T15_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro, 2015. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Resultados _ Novembro, 2015. Disclaimer Esta apresentação pode conter declarações baseadas em estimativas a respeito dos prospectos e objetivos futuros de crescimento da base de assinantes, um detalhamento

Leia mais

RELATÓRIO TRIMESTRAL 4T14 2014. Informações e Resultados Consolidados (Não Auditados) Oi S.A. www.oi.com.br/ri. Relações com Investidores

RELATÓRIO TRIMESTRAL 4T14 2014. Informações e Resultados Consolidados (Não Auditados) Oi S.A. www.oi.com.br/ri. Relações com Investidores 4T14 2014 Relações com Investidores RELATÓRIO TRIMESTRAL Informações e Resultados Consolidados (Não Auditados) Este relatório contempla o desempenho operacional e financeiro da Oi S.A. e de suas controladas

Leia mais

Resultados 1T15_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Maio, 2015.

Resultados 1T15_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Maio, 2015. Resultados _ Relações com Investidores Maio, 2015. Disclaimer Esta apresentação pode conter declarações baseadas em estimativas a respeito dos prospectos e objetivos futuros de crescimento da base de assinantes,

Leia mais

RELATÓRIO TRIMESTRAL

RELATÓRIO TRIMESTRAL 2T15 Relações com Investidores RELATÓRIO TRIMESTRAL Informações e Resultados Consolidados (Não Auditados) Este relatório contempla o desempenho operacional e financeiro da Oi S.A. e de suas controladas

Leia mais

OI divulga os resultados do 1º trimestre de 2015

OI divulga os resultados do 1º trimestre de 2015 Comunicado Lisboa 7 de maio de 2015 OI divulga os resultados do 1º trimestre de 2015 A PT SGPS, S.A. informa sobre o facto relevante divulgado pela Oi, S.A. relativo à divulgação dos resultados do primeiro

Leia mais

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014.

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014. Resultados 3T14_ Novembro de 2014. Disclaimer Esta apresentação pode conter declarações baseadas em estimativas a respeito dos prospectos e objetivos futuros de crescimento da base de assinantes, um detalhamento

Leia mais

3T12 TRADING UPDATE 0

3T12 TRADING UPDATE 0 TRADING UPDATE Lisboa, 8 novembro 2012 0 Aviso importante O presente comunicado contém objetivos acerca de eventos futuros, de acordo com o U.S. Private Securities Litigation Reform Act de 1995. Tais objetivos

Leia mais

Resultados 4T13_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Fevereiro, 2014.

Resultados 4T13_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Fevereiro, 2014. Resultados 4T13_ Fevereiro, 2014. Destaques do 4T13 e ano de 2013 DESTAQUES Móvel Fixo Operacional Sustentando o crescimento superior em adições de pós-pago resultando em uma maior adoção de dados e crescimento

Leia mais

Destaques do trimestre

Destaques do trimestre Resultados 3T12 Destaques do trimestre 1 Empresa integrada é líder no índice de satisfação do cliente 2 Líder indiscutível nos segmentos de maior receita com foco na geração de valor 3 Melhora sequencial

Leia mais

Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA 1T13. Abril 2013

Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA 1T13. Abril 2013 Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA Abril 2013 1T13 Estratégia RESIDENCIAL Convergência de serviços com crescimento de Banda Larga e TV Paga MOBILIDADE PESSOAL Crescimento do pós e rentabilização

Leia mais

RELATÓRIO TRIMESTRAL

RELATÓRIO TRIMESTRAL 1T15 Relações com Investidores RELATÓRIO TRIMESTRAL Informações e Resultados Consolidados (Não Auditados) Este relatório contempla o desempenho operacional e financeiro da Oi S.A. e de suas controladas

Leia mais

Plano industrial 2014-2016 TIM Participações

Plano industrial 2014-2016 TIM Participações Plano industrial 2014-2016 TIM Participações Limitação de Responsabilidade Este documento pode incluir declarações prospectivas. Essas declarações não são declarações de fatos históricos e refletem crenças

Leia mais

Telefônica Brasil Estratégia Segmentada para Maximizar Geração de Valor. Novembro de 2013.

Telefônica Brasil Estratégia Segmentada para Maximizar Geração de Valor. Novembro de 2013. Telefônica Brasil Estratégia Segmentada para Maximizar Geração de Valor Novembro de 2013. Continuamos evoluindo em nosso esforço de integração... Espaço TI Atenção ao Cliente Contratos Unificação e renegociação

Leia mais

Oi divulga resultados do terceiro trimestre de 2014

Oi divulga resultados do terceiro trimestre de 2014 Comunicado Lisboa 13 de novembro de 2014 Oi divulga resultados do terceiro trimestre de 2014 A PT SGPS, S.A. informa sobre o facto relevante divulgado pela Oi, S.A. sobre a divulgação dos resultados do

Leia mais

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA APRESENTAÇÃO CORPORATIVA Julho de 2011 Mercado Brasileiro de Telecomunicações Oi: Perfil, Cobertura e Estratégia Resultados Operacionais e Financeiros Aliança com a Portugal Telecom e Aumento de Capital

Leia mais

1T16 relatório trimestral

1T16 relatório trimestral 1T16 relatório trimestral Informações e Resultados Consolidados (Não Auditados) Este relatório contempla o desempenho operacional e financeiro da Oi S.A. e de suas controladas diretas e indiretas no primeiro

Leia mais

TIM Participações S.A. Resultados do 1T06. 5 de Maio de 2006

TIM Participações S.A. Resultados do 1T06. 5 de Maio de 2006 TIM Participações S.A. Resultados do 5 de Maio de 2006 1 Principais realizações Desempenho do Mercado Desempenho Financeiro 2 Status da Reestruturação Corporativa Principais realizações Melhorando a Estrutura

Leia mais

Oi divulga resultados do terceiro trimestre de 2014

Oi divulga resultados do terceiro trimestre de 2014 Comunicado Lisboa 13 de novembro de 2014 Oi divulga resultados do terceiro trimestre de 2014 A PT Portugal, SGPS S.A. informa sobre o facto relevante divulgado pela Oi, S.A. sobre a divulgação dos resultados

Leia mais

RELATÓRIO TRIMESTRAL 2T14. Informações e Resultados Consolidados (Não Auditados) Oi S.A. www.oi.com.br/ri. Relações com Investidores

RELATÓRIO TRIMESTRAL 2T14. Informações e Resultados Consolidados (Não Auditados) Oi S.A. www.oi.com.br/ri. Relações com Investidores 2T14 Relações com Investidores RELATÓRIO TRIMESTRAL Informações e Resultados Consolidados (Não Auditados) Este relatório contempla o desempenho operacional e financeiro da Oi S.A. e de suas controladas

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2014 - Oi S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2. Balanço Patrimonial Passivo 4

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2014 - Oi S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2. Balanço Patrimonial Passivo 4 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente 7 Demonstração

Leia mais

Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ).

Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ). Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 25 de Outubro de 2005. Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ). (Os

Leia mais

RELATÓRIO TRIMESTRAL 3T13. Informações e Resultados Consolidados (Não Auditados) Oi S.A. www.oi.com.br/ri. Relações com Investidores

RELATÓRIO TRIMESTRAL 3T13. Informações e Resultados Consolidados (Não Auditados) Oi S.A. www.oi.com.br/ri. Relações com Investidores 3T13 Relações com Investidores RELATÓRIO TRIMESTRAL Informações e Resultados Consolidados (Não Auditados) Este relatório contempla o desempenho operacional e financeiro da Oi S.A. e de suas controladas

Leia mais

RELATÓRIO TRIMESTRAL 1T14. Informações e Resultados Consolidados (Não Auditados) Oi S.A. www.oi.com.br/ri. Relações com Investidores

RELATÓRIO TRIMESTRAL 1T14. Informações e Resultados Consolidados (Não Auditados) Oi S.A. www.oi.com.br/ri. Relações com Investidores 1T14 Relações com Investidores RELATÓRIO TRIMESTRAL Informações e Resultados Consolidados (Não Auditados) Este relatório contempla o desempenho operacional e financeiro da Oi S.A. e de suas controladas

Leia mais

Brasil Telecom. Café da Manhã com Investidores Unibanco. Fevereiro 2003

Brasil Telecom. Café da Manhã com Investidores Unibanco. Fevereiro 2003 Brasil Telecom Café da Manhã com Investidores Unibanco Fevereiro 2003 1 Estratégia 2 Mercado Metas Metas Garantir a liderança na Região II, focando nos clientes de alto valor. Garantir a liderança na Região

Leia mais

Resultados Janeiro Março / 2014. Resultados 4T13 Telefônica Brasil S.A.

Resultados Janeiro Março / 2014. Resultados 4T13 Telefônica Brasil S.A. Resultados Janeiro Março / 2014 Resultados 4T13 0+ TELEFÔNICA BRASIL ATINGE MARGEM DE 29,8% COM FORTE CONTROLE EM CUSTOS MESMO EM FACE À MAIOR ATIVIDADE COMERCIAL NO PERÍODO DESTAQUES Aceleração no crescimento

Leia mais

Apresentação APIMEC. Dezembro 2010. Investor Relations. Investor Relations

Apresentação APIMEC. Dezembro 2010. Investor Relations. Investor Relations Apresentação APIMEC Dezembro 2010 AGENDA 03. Mercado Brasileiro de Telecom 06. Oi: Perfil e Estratégia 13. Resultados Operacionais e Financeiros 19. Aliança com a Portugal Telecom Mercado Brasileiro de

Leia mais

MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO 1 DESTAQUES 2 RECEITAS OPERACIONAIS 4 GASTOS OPERACIONAIS 6 DADOS FINANCEIROS 8 NOTAS ADICIONAIS 11 MERCADO DE CAPITAIS 13

MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO 1 DESTAQUES 2 RECEITAS OPERACIONAIS 4 GASTOS OPERACIONAIS 6 DADOS FINANCEIROS 8 NOTAS ADICIONAIS 11 MERCADO DE CAPITAIS 13 Resultados Janeiro Março / 2011 ÍNDICE MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO 1 DESTAQUES 2 RECEITAS OPERACIONAIS 4 GASTOS OPERACIONAIS 6 DADOS FINANCEIROS 8 NOTAS ADICIONAIS 11 MERCADO DE CAPITAIS 13 DIVIDENDOS E

Leia mais

Rio de Janeiro, 15 de maio de 2014 Oi S.A. 0

Rio de Janeiro, 15 de maio de 2014 Oi S.A. 0 Resultados do Rio de Janeiro, 15 de maio de 2014 Oi S.A. 0 AVISO IMPORTANTE O presente comunicado contém objetivos acerca de eventos futuros, de acordo com o U.S. Private Securities Litigation Reform Act

Leia mais

Explorando as Oportunidades dos Serviços de Dados. Seminário sobre Telecomunicações APIMEC RIO

Explorando as Oportunidades dos Serviços de Dados. Seminário sobre Telecomunicações APIMEC RIO Explorando as Oportunidades dos Serviços de Dados Seminário sobre Telecomunicações APIMEC RIO As Oportunidades do Mercado de Telecom no Brasil Universalização dos Serviços Através do Móvel Crescimento

Leia mais

Telecom Italia TIM Brasil Plano 2012 2014 Plano 2012 14

Telecom Italia TIM Brasil Plano 2012 2014 Plano 2012 14 Telecom Italia TIM Brasil Plano 2012 14 14 LUCA LUCIANI Limitação de Responsabilidade Este documento pode incluir declarações prospectivas. Essas declarações não são declarações de fatos históricos e refletem

Leia mais

RESULTADOS: DESTAQUES

RESULTADOS: DESTAQUES RESULTADOS: DESTAQUES Performance Financeira Receita Líquida (R$ bi) 19,9 18,8 +6% EBITDA (Δ% A/A) 4,1% 1,8% +4% em 2013 4,2% 5,2% 1T 2T 3T 4T Lucro Líquido (R$ bi) 1,4 +4% 1,5 Receita de Dados +21,5%

Leia mais

Aniversário de 15 anos - Rodrigo Abreu. Destaque - Rodrigo Abreu. Operações - Lorenzo Lindner. Marketing - Roger Solé. Live TIM - Rogério Takayanagi

Aniversário de 15 anos - Rodrigo Abreu. Destaque - Rodrigo Abreu. Operações - Lorenzo Lindner. Marketing - Roger Solé. Live TIM - Rogério Takayanagi 1 Agenda Aniversário de 15 anos - Rodrigo Abreu Temas do 2º Trimestre : Destaque - Rodrigo Abreu Operações - Lorenzo Lindner Marketing - Roger Solé Live TIM - Rogério Takayanagi Financeiro - Claudio Zezza

Leia mais

RELATÓRIO TRIMESTRAL 4T12 2012. Informações e Resultados Consolidados (Não Auditados) Relações com Investidores

RELATÓRIO TRIMESTRAL 4T12 2012. Informações e Resultados Consolidados (Não Auditados) Relações com Investidores 4T12 2012 Relações com Investidores RELATÓRIO TRIMESTRAL Informações e Resultados Consolidados (Não Auditados) Este relatório contempla o desempenho operacional e financeiro da Oi S.A. e de suas controladas

Leia mais

Resultados 2T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Julho de 2014.

Resultados 2T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Julho de 2014. Resultados _ Julho de 2014. Destaques do DESTAQUES OPERACIONAL FINANCEIRO Crescente market share de pós-pago contribuindo para uma maior adoção de dados e crescimento do ARPU. Crescimento de Acessos Pós-Pagos

Leia mais

RELATÓRIO TRIMESTRAL 4T13 2013. Informações e Resultados Consolidados (Não Auditados)

RELATÓRIO TRIMESTRAL 4T13 2013. Informações e Resultados Consolidados (Não Auditados) 4T13 2013 Relações com Investidores RELATÓRIO TRIMESTRAL Informações e Resultados Consolidados (Não Auditados) Este relatório contempla o desempenho operacional e financeiro da Oi S.A. e de suas controladas

Leia mais

RELATÓRIO TRIMESTRAL 1T13. Informações e Resultados Consolidados (Não Auditados) Oi S.A. www.oi.com.br/ri. Relações com Investidores

RELATÓRIO TRIMESTRAL 1T13. Informações e Resultados Consolidados (Não Auditados) Oi S.A. www.oi.com.br/ri. Relações com Investidores 1T13 Relações com Investidores RELATÓRIO TRIMESTRAL Informações e Resultados Consolidados (Não Auditados) Este relatório contempla o desempenho operacional e financeiro da Oi S.A. e de suas controladas

Leia mais

Portugal Telecom. Apresentação de Resultados Resultados do 1º Trimestre. 18 Maio 2006

Portugal Telecom. Apresentação de Resultados Resultados do 1º Trimestre. 18 Maio 2006 Portugal Telecom Apresentação de Resultados Resultados do 1º Trimestre 18 Maio 2006 Safe Harbour A presente release contém objectivos acerca de eventos futuros, de acordo com o U.S. Private Securities

Leia mais

Fatores de Sucesso. Carlos Raimar Schoeninger Diretor de Estratégia e RI. Seminário sobre Telecomunicações APIMEC Rio. Telefônica Vivo 27.09.

Fatores de Sucesso. Carlos Raimar Schoeninger Diretor de Estratégia e RI. Seminário sobre Telecomunicações APIMEC Rio. Telefônica Vivo 27.09. Fatores de Sucesso Carlos Raimar Schoeninger Diretor de Estratégia e RI Seminário sobre Telecomunicações APIMEC Rio Telefônica Vivo 27.09.2012 Conteúdo 01 Vivo: uma história de sucesso 02 Desempenho da

Leia mais

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 11 de fevereiro de 2010.

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 11 de fevereiro de 2010. Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 11 de fevereiro de 2010. Embratel Participações S.A. ( Embrapar ) (BOVESPA: EBTP4, EBTP3) detém 99,2 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ), 100,0

Leia mais

Relatório da Administração Oi SA 2015. 1 Mensagem aos Acionistas

Relatório da Administração Oi SA 2015. 1 Mensagem aos Acionistas Relatório da Administração Oi SA 2015 1 Mensagem aos Acionistas O ano de 2015 foi marcado pelo foco da gestão nas questões operacionais da Oi, conduzido com o objetivo de fortalecer a atuação da Companhia

Leia mais

Divulgação de Resultados 1º Trimestre de 2009

Divulgação de Resultados 1º Trimestre de 2009 GVT (Holding) S.A. Divulgação de Resultados 1º Trimestre de 2009 Curitiba, 22 de Abril de 2009 Curitiba, 22 de abril de 2009: A GVT (Holding) S.A. (Bovespa: GVTT3, Reuters: GVTT3.SA e Bloomberg GVTT3:BZ),

Leia mais

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas)

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) Para maiores informações, contatar: Daniel de Andrade Gomes TELEFÔNICA

Leia mais

RESULTADOS 3T11. Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades. 4 de novembro de 2011

RESULTADOS 3T11. Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades. 4 de novembro de 2011 RESULTADOS 3T11 Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades 4 de novembro de 2011 ELETRO GPA ALIMENTAR AGENDA RESULTADOS Supermercados Proximidade Atacarejo Postos e Drogarias Hipermercado Lojas Especializadas

Leia mais

Novembro 2006. www.telemar.com.br/ri

Novembro 2006. www.telemar.com.br/ri Novembro 2006 www.telemar.com.br/ri Índice Visão Geral Telemar Mercado de Telecom no Brasil Telemar: Destaques Operacionais e Financeiros Anexos 2 Telemar: Visão Geral Empresa líder em serviços integrados

Leia mais

I. AMBIENTE DE MERCADO II. RESULTADOS III. NOVOS PROJETOS UTVM IV. NOVOS PROJETOS UF

I. AMBIENTE DE MERCADO II. RESULTADOS III. NOVOS PROJETOS UTVM IV. NOVOS PROJETOS UF 1 I. AMBIENTE DE MERCADO II. RESULTADOS III. NOVOS PROJETOS UTVM IV. NOVOS PROJETOS UF 2 Crédito ainda em Expansão, mas Desacelerando 30,7% Crescimento do Crédito 15,1% 20,6% 18,8% 16,4% 14,7% 11,7% 2008

Leia mais

Divulgação de Resultados do 2º Trimestre de 2008

Divulgação de Resultados do 2º Trimestre de 2008 GVT (Holding) S.A. Divulgação de Resultados do 2º Trimestre de 2008 Curitiba, 14 de julho de 2008 Curitiba, 14 de julho de 2008: A GVT (Holding) S.A. (Bovespa: GVTT3, Reuters: GVTT3.SA e Bloomberg GVTT3:BZ),

Leia mais

Apresentação de resultados. Algar Telecom. Reunião Gerencial, 20/05/2008

Apresentação de resultados. Algar Telecom. Reunião Gerencial, 20/05/2008 Apresentação de resultados Algar Telecom 2008 Agenda Segmentos de negócios Concessão e Expansão Resultados de 2008 Agenda Segmentos de negócios Concessão e Expansão Resultados de 2008 Segmentos de negócios

Leia mais

Resultados 1T15. 08 de maio de 2015

Resultados 1T15. 08 de maio de 2015 Resultados 1T15 08 de maio de 2015 2 Principais destaques do 1T15 Crescimento da receita líquida de 23%, sendo de 2 dígitos em todas unidades de negócio no comparativo ano vs. ano, favorecidas por 83%

Leia mais

Telefonia fixa. Negócio de Telefonia Fixa Resultados Consolidados (em milhões de euros)

Telefonia fixa. Negócio de Telefonia Fixa Resultados Consolidados (em milhões de euros) Telefonia fixa Negócio de Telefonia Fixa Resultados Consolidados (em milhões de euros) Telefónica da Espanha Telefónica latino-america 2001 2000 % Var. 2001 2000 % Var. Receitas operacionais 10.220,4 10.182,9

Leia mais

10ª CONFERÊNCIA WEBSITE ANUAL SANTANDER AGOSTO DE 2009. Relações com Investidores

10ª CONFERÊNCIA WEBSITE ANUAL SANTANDER AGOSTO DE 2009. Relações com Investidores 10ª CONFERÊNCIA WEBSITE ANUAL SANTANDER AGOSTO DE 2009 Relações com Investidores AGENDA O Mercado de Telecomunicações no Brasil Perfil e Estratégia da Oi Resultados Operacionais e Financeiros Atuação no

Leia mais

Anúncio de Reestruturação Financeira

Anúncio de Reestruturação Financeira Anúncio de Reestruturação Financeira 1 Considerações Futuras Algumas informações sobre o Plano de Reestruturação Financeira da Companhia apresentam nossas expectativas sobre o resultado que poderemos obter

Leia mais

TELEFÔNICA BRASIL S.A. Companhia Aberta CNPJ MF 02.558.157/0001-62 - NIRE 35.3.001.5881-4 FATO RELEVANTE

TELEFÔNICA BRASIL S.A. Companhia Aberta CNPJ MF 02.558.157/0001-62 - NIRE 35.3.001.5881-4 FATO RELEVANTE TELEFÔNICA BRASIL S.A. Companhia Aberta CNPJ MF 02.558.157/0001-62 - NIRE 35.3.001.5881-4 FATO RELEVANTE A ("Companhia") vem a público, na forma e para os fins da Instrução CVM nº 358/02, em complemento

Leia mais

Resultados 2T11. Telecomunicações de São Paulo S.A. Vivo Participações S.A. São Paulo, 27 de Julho de 2011.

Resultados 2T11. Telecomunicações de São Paulo S.A. Vivo Participações S.A. São Paulo, 27 de Julho de 2011. Resultados 2T11 Telecomunicações de São Paulo S.A. Vivo Participações S.A. São Paulo, 27 de Julho de 2011. 0 Telefónica Servicios Audiovisuales S.A. / Telefónica España S.A. Título de la ponencia / Otros

Leia mais

Brasil Telecom Participações S.A.

Brasil Telecom Participações S.A. BRTP3: R$21,00 / 1.000 ações BRTP4: R$17,80 / 1.000 ações BRP: US$31,35 / ADR Valor de Mercado: R$6.838 milhões Fechamento de 01 de novembro de 2004 Brasil Telecom Participações S.A. Divulgação de Resultado

Leia mais

1T10 RESULTADOS. Fitch ratings eleva de A para A+(bra) o Rating Nacional de Longo Prazo da Algar Telecom

1T10 RESULTADOS. Fitch ratings eleva de A para A+(bra) o Rating Nacional de Longo Prazo da Algar Telecom RESULTADOS 1T10 Uberlândia MG, Maio de 2010 A Algar Telecom, Empresa integrada de telecomunicações com um portfólio completo de serviços, divulga seus resultados do 1º Trimestre de 2010 (1T10). As Informações

Leia mais

Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p.

Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p. Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p. No 1T15, a receita líquida totalizou R$ 5,388 bilhões, estável em relação ao 1T14 excluindo-se

Leia mais

RESULTADOS 4T11 E 2011 Grupo Pão de Açúcar e Viavarejo (Globex)

RESULTADOS 4T11 E 2011 Grupo Pão de Açúcar e Viavarejo (Globex) RESULTADOS 4T11 E 2011 Grupo Pão de Açúcar e Viavarejo (Globex) 17 de fevereiro de 2012 GRUPO PÃO DE AÇÚCAR - RESULTADOS 4T11 E 2011 Enéas Pestana, Presidente do Grupo Pão de Açúcar 2 Evolução operacional

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T05

Apresentação de Resultados 3T05 Apresentação de Resultados 3T05 Destaques Crescimento do Lucro Líquido foi de 316% no Terceiro Trimestre Crescimento da Receita no 3T05 A receita bruta foi maior em 71% (3T05x3T04) e 63% (9M05x9M04) Base

Leia mais

I Fórum Lusófono de Comunicações. Abril. 2010

I Fórum Lusófono de Comunicações. Abril. 2010 I Fórum Lusófono de Comunicações Abril. 2010 Evolução do Setor de Telecomunicações no Brasil Pré-Privatização Monopólio estatal Poucos investimentos Baixa qualidade dos serviços 98 Grande demanda reprimida

Leia mais

Mas afinal, o que é a CONVERGÊNCIA?

Mas afinal, o que é a CONVERGÊNCIA? Tecnologia 40 Mas afinal, o que é a CONVERGÊNCIA? DSL Cabo Fibra Móvel Móvel WiFi em movimento Convergência TERMINAL é poder MULTI- se comunicar ÓTIMO MÍDIA independente de local, dispositivo de acesso

Leia mais

Algar Telecom registra lucro de R$ 71 milhões em 2009

Algar Telecom registra lucro de R$ 71 milhões em 2009 Algar Telecom registra lucro de R$ 71 milhões em 2009 EBITDA atingiu a soma de R$ 391 milhões no ano passado São Paulo, 24 de março de 2010 A Algar Telecom, empresa de telecomunicações do Grupo Algar,

Leia mais

Earnings Release. Press Release. Resultados anuais 2012. 28 de fevereiro de 2013

Earnings Release. Press Release. Resultados anuais 2012. 28 de fevereiro de 2013 2009 Earnings Release Resultados anuais 2012 Press Release 28 de fevereiro de 2013 01 Comunicado Lisboa, Portugal, 28 de fevereiro de 2013 A Portugal Telecom é um operador geograficamente diversificado,

Leia mais

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010 Apresentação da Companhia Setembro de 2010 Comprovada capacidade de execução Visão geral da Inpar Empreendimentos por segmento (1) Modelo de negócios integrado (incorporação, construção e venda) Comercial

Leia mais

Teleconferência. Resultados do 2 o Trimestre de 2007

Teleconferência. Resultados do 2 o Trimestre de 2007 Teleconferência Resultados do 2 o Trimestre de 2007 Aviso Legal Este documento contém declarações futuras, que podem ser identificadas por palavras como espera, pretende, planeja, acredita, procura, estima

Leia mais

RESULTADOS 1T13 Lisboa, 23 de maio de 2013 0

RESULTADOS 1T13 Lisboa, 23 de maio de 2013 0 RESULTADOS Lisboa, 23 de maio de 2013 0 Aviso importante O presente comunicado contém objetivos acerca de eventos futuros, de acordo com o U.S. Private Securities Litigation Reform Act de 1995. Tais objetivos

Leia mais

COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO

COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO Uberlândia MG, Maio de 2013 A Algar Telecom, Companhia completa e integrada de telecomunicações e TI, detentora da marca CTBC, divulga seus resultados do 1º Trimestre

Leia mais

Earnings Release 1T15

Earnings Release 1T15 Santo André, 05 de maio de 2015: A CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (BM&FBOVESPA: CVCB3), maior operadora de turismo das Américas, informa aos seus acionistas e demais participantes do mercado

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012 Apresentação de Resultados 2T12 10 de agosto de 2012 Aviso Legal Esta apresentação contém certas declarações futuras e informações relacionadas à Companhia que refletem as visões atuais e/ou expectativas

Leia mais

TIM BRASIL MARIO CESAR ARAUJO

TIM BRASIL MARIO CESAR ARAUJO MARIO CESAR ARAUJO Agenda Destaques dos resultados de 2007 O contexto do mercado brasileiro Visão geral do plano 2008-10 Metas para 2008-10 1 Destaques 2007 TIM Brasil está posicionada como líder em valor

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2012 - Oi S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2012 - Oi S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado Federal. JOÃO REZENDE Presidente da Anatel Anatel

Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado Federal. JOÃO REZENDE Presidente da Anatel Anatel Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado Federal JOÃO REZENDE Presidente da Anatel Anatel Brasília/DF Maio/2013 15 anos de LGT Em 1997, na corrida pelo usuário, a

Leia mais

Resultados 2T12 FLRY 3. Agosto / 2012

Resultados 2T12 FLRY 3. Agosto / 2012 Resultados 2T12 FLRY 3 Agosto / 2012 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2012 Aviso Legal Esta apresentação pode conter informações sobre eventos futuros. Tais informações não seriam apenas fatos históricos,

Leia mais

Brasil Telecom. Gigantes dos Mercados Emergentes UBS Warburg. Dezembro de 2002

Brasil Telecom. Gigantes dos Mercados Emergentes UBS Warburg. Dezembro de 2002 Brasil Telecom Gigantes dos Mercados Emergentes UBS Warburg Dezembro de 2002 1 OSetor de Telecomunicações no Brasil 2 Empresas de Telefonia Fixa Região IV (Somente Longa Distância) Preço Mínimo: US$1.548

Leia mais

EBITDA cresce 10,8% no 3T15 e Margem EBITDA atinge 57,9%

EBITDA cresce 10,8% no 3T15 e Margem EBITDA atinge 57,9% Resultados 3T15 EBITDA cresce 10,8% no 3T15 e Margem EBITDA atinge 57,9% Belo Horizonte, 10 de novembro de 2015 - A Companhia de Locação das Américas (Locamerica) (BM&FBOVESPA: LCAM3) divulga seus resultados

Leia mais

Earnings Release 4T14

Earnings Release 4T14 Santo André, 05 de fevereiro de 2015: A CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (BM&FBOVESPA: CVCB3), maior operadora de turismo da América Latina, informa aos seus acionistas e demais participantes

Leia mais

Apresentação dos Resultados 3T06

Apresentação dos Resultados 3T06 Apresentação dos Resultados 3T06 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

2002 - Serviços para empresas

2002 - Serviços para empresas 2002 - Serviços para empresas Grupo Telefónica Data. Resultados Consolidados 1 (dados em milhões de euros) Janeiro - Dezembro 2002 2001 % Var. Receita por operações 1.731,4 1.849,7 (6,4) Trabalho para

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T15

Divulgação de Resultados 1T15 São Paulo - SP, 06 de Maio de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private equity

Leia mais

Primeiro Semestre 2013. Relatório e Contas Consolidadas

Primeiro Semestre 2013. Relatório e Contas Consolidadas Primeiro Semestre 2013 Relatório e Contas Consolidadas Portugal Telecom 01 Análise dos resultados consolidados 4 02 Análise operacional 16 Portugal 16 Mercado internacional 25 03 Recursos humanos 31 04

Leia mais

Divulgação de Resultado Consolidado

Divulgação de Resultado Consolidado Divulgação de Resultado Consolidado 4º Trimestre 2006 Não Auditado Brasília, 30 de janeiro de 2007 BRTO3: R$ 25,70 / 1.000 ações BRTO4: R$ 9,90 / 1.000 ações BTM: US$ 13,84 / ADR Valor de Mercado: R$ 9.497,0

Leia mais

RELATÓRIO TRIMESTRAL 2T13. Informações e Resultados Consolidados (Não Auditados) Oi S.A. www.oi.com.br/ri. Relações com Investidores

RELATÓRIO TRIMESTRAL 2T13. Informações e Resultados Consolidados (Não Auditados) Oi S.A. www.oi.com.br/ri. Relações com Investidores 2T13 Relações com Investidores RELATÓRIO TRIMESTRAL Informações e Resultados Consolidados (Não Auditados) Este relatório contempla o desempenho operacional e financeiro da Oi S.A. e de suas controladas

Leia mais

Divulgação de Resultados 2014

Divulgação de Resultados 2014 São Paulo - SP, 10 de Fevereiro de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private-equity

Leia mais

PHAROL, SGPS S.A. RESULTADOS do Primeiro Semestre de 2015

PHAROL, SGPS S.A. RESULTADOS do Primeiro Semestre de 2015 TÍTULO DA APRESENTAÇÃO 25.05.2015 PHAROL, SGPS S.A. RESULTADOS do Primeiro Semestre de 2015 A PHAROL teve uma boa evolução no primeiro semestre de 2015: resultados líquidos, excluindo itens não recorrentes,

Leia mais

Apresentação da Companhia e Discussão do Resultados do 1T05

Apresentação da Companhia e Discussão do Resultados do 1T05 Apresentação da Companhia e Discussão do Resultados do 1T05 Safe Harbor Statement Certas declarações na apresentação a seguir estão relacionadas com resultados futuros, que são considerados como projeções,

Leia mais

Divulgação de Resultados do 4 Trimestre de 2007. Curitiba, 14 de janeiro de 2008

Divulgação de Resultados do 4 Trimestre de 2007. Curitiba, 14 de janeiro de 2008 Divulgação de Resultados do 4 Trimestre de 2007 Curitiba, 14 de janeiro de 2008 No 4T07, a receita da GVT aumentou 29%, a receita relativa ao core business cresceu 37%, o EBITDA aumentou 41% alcançando

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T15. 24 de abril de 2015

Teleconferência de Resultados 1T15. 24 de abril de 2015 Teleconferência de Resultados 1T15 24 de abril de 2015 Aviso Legal As informações contidas nesta apresentação poderão incluir afirmações que representem "forward looking statements" nos termos do disposto

Leia mais

Apresentação dos Resultados 2T06

Apresentação dos Resultados 2T06 Apresentação dos Resultados 2T06 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

(Os números financeiros estão em Reais e baseados nas demonstrações financeiras consolidadas da Embrapar) EBITDA 464,6 354,2 527,7 13,6% 49,0%

(Os números financeiros estão em Reais e baseados nas demonstrações financeiras consolidadas da Embrapar) EBITDA 464,6 354,2 527,7 13,6% 49,0% Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 26 de abril de 2006 Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) (NYSE:EMT;BOVESPA:EBTP4, EBTP3) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações

Leia mais

Resultados do 1T15 Maio, 2015

Resultados do 1T15 Maio, 2015 Resultados do Maio, 2015 Destaques Operacional e Qualidade do Serviço Redução de 0,83 p.p. nas perdas totais no vs., totalizando 9,3% FEC de 3,21 vezes, 26,5% menor do que no ; DEC de 9,08 horas, 7,8%

Leia mais

Resultados do 4T05 e do ano de 2005

Resultados do 4T05 e do ano de 2005 Resultados do 4T05 e do ano de 2005 Teleconferência 24/03/2006 1 Considerações Futuras Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais

Leia mais

Evolução do lucro líquido (em milhões de reais) - jan fev mar abr mai jun jul ago set

Evolução do lucro líquido (em milhões de reais) - jan fev mar abr mai jun jul ago set DISCUSSÃO E ANÁLISE PELA ADMINISTRAÇÃO DO RESULTADO NÃO CONSOLIDADO DAS OPERACÕES: PERÍODO DE JANEIRO A SETEMBRO DE 2001 COMPARATIVO AO PERÍODO DE JANEIRO A SETEMBRO DE 2000 (em milhões de reais, exceto

Leia mais

Medial Saúde 12 th Annual Latin American Conference Acapulco Mexico 15 a 18 de janeiro de 2008

Medial Saúde 12 th Annual Latin American Conference Acapulco Mexico 15 a 18 de janeiro de 2008 Medial Saúde 12 th Annual Latin American Conference Acapulco Mexico 15 a 18 de janeiro de 2008 Disclaimer Este comunicado contém considerações referentes às perspectivas do negócio e estimativas de resultados

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2T15 31 de julho de 2015 Magazine Luiza Destaques do 2T15 Vendas E-commerce Ganho consistente de participação de mercado Redução na receita líquida de 10,1% para R$2,1 bilhões

Leia mais

A Companhia de Concessões Rodoviárias Concluiu a Aquisição da Renovias Concessionária S/A.

A Companhia de Concessões Rodoviárias Concluiu a Aquisição da Renovias Concessionária S/A. A Companhia de Concessões Rodoviárias Concluiu a Aquisição da Renovias Concessionária S/A. As informações financeiras e operacionais abaixo, exceto onde indicado em contrário, referem-se a prática contábil

Leia mais

MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO 1 DESTAQUES 2 RECEITAS OPERACIONAIS 4 GASTOS OPERACIONAIS 6 DADOS FINANCEIROS 8 NOTAS ADICIONAIS 11 MERCADO DE CAPITAIS 14

MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO 1 DESTAQUES 2 RECEITAS OPERACIONAIS 4 GASTOS OPERACIONAIS 6 DADOS FINANCEIROS 8 NOTAS ADICIONAIS 11 MERCADO DE CAPITAIS 14 Resultados Janeiro Dezembro / 2010 ÍNDICE MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO 1 DESTAQUES 2 RECEITAS OPERACIONAIS 4 GASTOS OPERACIONAIS 6 DADOS FINANCEIROS 8 NOTAS ADICIONAIS 11 MERCADO DE CAPITAIS 14 DIVIDENDOS

Leia mais

Café da Manhã Credit Suisse. 23 de fevereiro de 2010

Café da Manhã Credit Suisse. 23 de fevereiro de 2010 Café da Manhã Credit Suisse 23 de fevereiro de 2010 Seção I Destaques do 3T09 2 Positivo Informática registra margem EBITDA de 10,2% no 3T09 Recorde histórico de volume e receita: 528,5 mil PCs e R$ 751,0

Leia mais