INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº de julho de 2015

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 127 09 de julho de 2015"

Transcrição

1 INFORMATIVO SCS Ano 9, nº de julho de 2015

2 Informativo da Secretaria de Comércio e Serviços SCS Nº 127 Ano 09 Brasília, 09 de julho de 2015 Sumário 1. COMÉRCIO LUXO % dos brasileiros compram produtos de luxo no exterior COMÉRCIO REVENDEDORA DE VEÍCULOS... 5 Vendas de veículos novos caem, e seminovos ganham preferência COMÉRCIO - VAREJO... 6 Vendas do varejo devem cair 1,2% no 3º trimestre, projeta Provar-Fia SERVIÇOS - SEGUROS... 7 Crescimento do mercado de seguros impulsiona demais setores da economia brasileira SERVIÇOS SOFTWARE E TI... 8 Aplicativo brasileiro de inclusão ganha o mundo SERVIÇOS - TELECOMUNICAÇÕES Brasil fecha maio com 218,2 mi de acessos de banda larga COMÉRCIO ELETRÔNICO Homens são os que mais compram online Homens são os que mais compram online Vendas on-line caem no primeiro semestre e setor revê crescimento FRANQUIAS Franquias de alimentação alavancam setor de franchising CURTAS FEIRAS... 16

3 1. Comércio Luxo 30% dos brasileiros compram produtos de luxo no exterior 09 de julho de 2015 Fonte: Tribuna da Bahia Pesquisa do SPC Brasil com as classes A, B e C mostra que 43% dos entrevistados já viajaram para fora do Brasil Ainda que o cenário econômico atual não seja o melhor momento para gastos supérfluos, muitos brasileiros têm o costume de viajar para o exterior e comprar produtos de marca ou que são mais caros no Brasil. De acordo com uma pesquisa inédita realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pelo portal Meu Bolso Feliz, três em cada dez (28%) entrevistados das classes A, B e C compraram produtos considerados de luxo em viagens ao exterior. Na pesquisa, 43% afirmam já ter viajado para fora do país, sendo que o dado aumenta entre os homens (48%) e entre pessoas de classe A e com escolaridade superior (77% e 69%, respectivamente). Foi identificado que 15% das pessoas viajam para outro país pelo menos uma vez por ano. Considerando apenas as pessoas que já viajaram para fora, 67% compraram produtos de luxo e, destes, 12% fizeram a viagem tendo como principal objetivo a compra de produtos que consideram de luxo. Entre esses produtos, os itens mais adquiridos foram roupas e calçados (72%), perfumes (63%) e eletrônicos (46%). Preço menor ainda é diferencial - Segundo a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, muitos desses itens de luxo são comprados no exterior com preços menores. "Por conta da elevada carga tributária no Brasil, muitos consumidores preferem consumir em países onde o preço valha mais a pena, já que têm menos impostos", diz. "Mesmo com a economia brasileira debilitada, muitos produtos ainda estão com o valor reduzido se comparado com o praticado por aqui, principalmente as roupas e alguns eletrônicos." A economista explica que a compra de produtos considerados de luxo por brasileiros no exterior cresceu de forma significativa nos últimos anos por conta da valorização do real e também do aumento da renda do trabalhador brasileiro, mas que esse quadro está mudando. "Com a recente valorização do dólar, que já ultrapassou a barreira dos R$ 3, as compras e as viagens internacionais diminuíram. De acordo com o Banco Central, os gastos de brasileiros com viagens internacionais já apresentaram queda de 20,6% entre janeiro e maio de 2015, na comparação com o mesmo período de 2014", diz Kawauti. "De um lado, a valorização da moeda americana torna as viagens e as compras no exterior mais caras; de outro lado, a inflação no Brasil corrói o poder de compra do consumidor", alerta. "Os consumidores devem ficar atentos aos preços e taxas praticadas tanto por aqui, quanto no país de destino." 3

4 Em fevereiro e março de 2015 foram ouvidas 945 pessoas com idade igual ou superior a 18 anos, de ambos os sexos e pertencentes às classes A, B e C, nas 27 capitais. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais com margem de confiança de 95%. 4

5 2. Comércio Revendedora de Veículos Vendas de veículos novos caem, e seminovos ganham preferência 08 de julho de 2015 Fonte: G1 Comercialização de carros zero caiu quase 20% no primeiro semestre. Já a de usados com até três anos cresceu 38% no mesmo período. O mercado de carros novos está quase parado no Brasil. Desde o início do ano, 250 concessionárias já fecharam as portas, mas quem trabalha com usados não tem reclamado. A gente sabe que os casais nem sempre concordam com tudo. O Rogério queria um carro zero. A Luzia bateu o pé. Eu falei assim: Não vamos, não. Vamos pensar melhor, porque os juros são muito altos, o seguro é muito alto, tem muitas coisas que não compensam e o carro acaba sendo praticamente igual, a qualidade é a mesma, diz a analista de sistema de qualidade Luzia Augusto de Melo. Ela venceu! Trocaram um carro 1999 por um Vão financiar a diferença em 48 parcelas de R$ 740. Dá pra pagar tranquilo, sossegado, diz ele. E quem está feliz da vida é a Gabriela. O carro novo mais novo e o carro velho, velhinho, diz a menina. Erasmo e a Gisele também deram o carro usado de entrada e pegaram um mais novo. Passamos em concessionárias, vimos carros zero, tudo, mas toda vez que a gente fazia conta, não batia, aponta o analista de sistemas Erasmo de Carvalho. O carro zero vai ficar pra uma próxima, ainda pros planos futuros, conta ela. Muita gente está pensando como a Gisele. É que, além da inflação, o crédito ficou mais difícil e mais caro. Por isso que, enquanto a venda de veículos novos caiu quase 20% no primeiro semestre desse ano, o mercado de usados não vê sinal de crise. A comercialização dos seminovos, com até três anos, aumentou 38% no primeiro semestre, comparado com o mesmo período do ano. Já veículo com quatro anos de uso pra mais teve queda, mas, no geral, a venda de usados subiu quase 5%. O carro zero perde cerca de 20% do valor logo no primeiro ano de uso. Depois disso, a desvalorização gira em torno de 5% ao ano. Hoje, dá pra comprar um modelo 2012, por exemplo, economizando pelo menos 30% em relação a um novo igual. Além disso, o usado já vem licenciado, emplacado e com IPVA pago. Dá pra ver porque está fazendo sucesso. Você compra um carro hoje de dois anos de uso, você ainda tem três meses de garantia da loja e assim ainda tem três anos de garantia da montadora. Isso faz com que passa a ser um bom negócio, diz o presidente da Fenauto, Elídio Gonçalves dos Santos. Mesmo com essas vantagens, nunca é demais procurar a melhor oferta. Hoje em dia, o dinheiro está curto. A gente tem que ver hoje as nossas condições. O passo tem que ser conforme a perna, não maior que a situação, avalia a dona de casa Damiana Carneiro. 5

6 3. Comércio - Varejo Vendas do varejo devem cair 1,2% no 3º trimestre, projeta Provar-Fia 06 de julho de 2015 Fonte: Agência Estado As vendas do varejo no Brasil devem sofrer queda de 1,2% no terceiro trimestre de 2015 ante o segundo trimestre, segundo a projeção do Programa de Administração do Varejo da Fundação Instituto de Administração (Provar- Fia) e do Instituto Brasileiro de Executivos do Varejo (Ibevar). A projeção busca antecipar o comportamento do varejo seguindo os mesmos critérios da Pesquisa Mensal do Comércio, do IBGE. Na avaliação do professor Cláudio Felisoni de Angelo, a retração é esperada em razão de uma combinação de fatores negativos para o consumo. "A redução da massa de rendimentos real, redução do poder de compra diante da inflação e temor dos consumidores com o emprego afetam as projeções", diz. A pesquisa detectou que, para o terceiro trimestre de 2015, aumentou fortemente a expectativa das famílias de maior desemprego no Brasil. Na amostra de 500 consumidores do município de São Paulo, a percepção combinada das pessoas indica que a sensação é equivalente a de uma elevação de 48,9% da taxa de desemprego, enquanto no terceiro trimestre de 2014 essa ainda era uma preocupação menos relevante. A redução do poder de compra da população também é notada pelo estudo. A parcela do orçamento da população que está disponível para compras sai de 11% na pesquisa do terceiro trimestre de 2014 para 6% agora. Com isso, segundo o estudo, caiu o número de consumidores dispostos a comprar em todas as categorias de produtos duráveis. As categorias, que incluíam linha branca, móveis, eletrônicos, vestuário, entre outros, todas estão com intenção de consumo inferior à média histórica da série que iniciou em Entre os itens que tiveram piora mais significativa na intenção de compra estão itens de cama, mesa e banho, com redução de 73% na comparação com o terceiro trimestre de Na sequência aparecem os eletroportáteis, com redução de 62,6% e automóveis e motos, com 49,4%. 337/vendas-do-varejo-devem-cair-1-2-no-3-trimestre-projeta-provar-fia.shtml 6

7 4. Serviços - Seguros Crescimento do mercado de seguros impulsiona demais setores da economia brasileira 09 de julho de 2015 Fonte: Revista Fator Brasil Em ano difícil para os negócios, mercado de seguros cresce em proporção elevada e aquece economia de áreas correlatas. Contrariando boa parte dos números da economia brasileira, segundo anúncio feito recentemente pela Confederação Nacional das Seguradoras CNseg o mercado de seguros é um dos que tem tido melhor desempenho neste ano de 2015, alimentando as expectativas de crescimento de aproximadamente 12%. Alguns fatores foram cruciais para esse crescimento, como a escassez de recursos naturais e a onda de corrupção, responsáveis pelo cenário de incertezas, o que tem motivado as empresas se resguardarem de possíveis sinistros. Se por um lado a crise prejudica setores como varejo, automóveis e construção, o crescimento dos seguros impulsiona a profissionalização de corretores e abre espaço para novos postos de trabalho nesse nicho de mercado, o aporte de novas companhias, redes de franquias que comercializam o serviço e empresas dos mais diversos segmentos, que dão o suporte para a operação dessas instituições. Nesse sentido, a IS Logística, especializada no transporte de documentos B2B via mala expressa, supre uma necessidade básica de seguradoras e instituições do segmento. O alto volume de contratos que necessitam ser transportados diariamente entre seguradoras, corretoras, matrizes e filiais contam com serviços logísticos que ofereçam agilidade e segurança da informação. Percebemos um aumento na demanda nestes últimos meses, inclusive nossa expectativa é fechar novas parcerias neste segundo semestre. Como trabalhamos apenas com o transporte de documentos, a segurança, por não ser uma carga visada, e a economia para a empresa, que pode chegar em 50% dependendo do contrato, são alguns fatores que tem beneficiado nossa atuação, declara Thiago Oliveira, presidente da IS Logística. A visão do mercado continua otimista, afinal somente no primeiro trimestre desse ano, segundo a Susep Superintendência Nacional de Seguros Privados o crescimento do setor de seguros foi de 16% em comparação ao mesmo período do ano passado. E embora a economia continue em retração, a estimativa é que o índice atinja os 50% até 2020, conforme dados da consultoria KPMG. 7

8 5. Serviços Software e TI Aplicativo brasileiro de inclusão ganha o mundo 09 de julho de 2015 Fonte: DCI Criado por empreendedor para facilitar comunicação com filha, que tem paralisia cerebral, em quatro anos app conquista ONU e grandes empresas O sonho de transformar a comunicação com a filha de sete anos, vítima da paralisia cerebral, foi o ponto de partida de um brasileiro para a empreitada que já impacta a vida de mais de 10 mil pessoas com deficiências na fala ao redor do mundo. Essa é a história da criação do Livox, um aplicativo que permite, através da inovação tecnológica, uma maior autonomia para crianças com dificuldades de comunicação. O criador da ferramenta é o empreendedor e analista de sistemas Carlos Pereira, pai da pequena Clara, que é vítima de paralisia cerebral. A inspiração para tal foi um catálogo de falas que Pereira e sua esposa se valiam para entender os desejos da menina. Quando ele quis transformar o sistema em uma ferramenta acessível a todos, em 2011, esbarrou, contudo, na falta de apoio. "Não recebemos nenhum tipo de aporte, seja de fundos de investimento ou do governo", conta Pereira. A solução foi tirar o dinheiro do próprio bolso. Com a ajuda do sócio Paulo Rodrigues, responsável pela gestão do banco de dados da ferramenta, o aplicativo foi ao ar no mesmo ano. Hoje, o Livox já conta com um catálogo com mais de 20 imagens, disponível em 25 idiomas. É através delas que a criança vocaliza seus desejos: bastar localizar a ilustração correspondente a necessidade. Caso ela não esteja no catálogo, basta que o pai ou professor a adicione. "Utilizamos recursos diferentes para necessidades diferentes", explica Carlos. "Existe um ramo da fonoaudiologia que se chama comunicação alternativa, normalmente feito com o papel. O que fizemos foi trazer isso para o meio digital", completa. Como o manuseio é realizado por pessoas que, muitas vezes, possuem capacidade motora reduzida, além dos problemas com a fala, um algoritmo auxilia a percepção correta da mensagem. "Ele identifica a área tocada, se há múltiplos toques, além da quantidade de dedos usada. Há uma série de cálculos. O tablet vai aprendendo junto com a criança", explica o sócio, Paulo Rodrigues. Prêmios - Além do indispensável tablet, para se utilizar o Livox é preciso adquirir a licença. A plataforma já é utilizada em cerca de 15 municípios brasileiros, entre eles Recife (PE), onde o aplicativo nasceu. "Conseguimos negociar descontos maiores para governos, mas a burocracia ainda é muito grande", admite Rodrigues. Além da esfera pública, o aplicativo também é usado dentro de instituições como a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae). A 8

9 projeção dentro do Brasil deu frutos no exterior, que se traduziu novos negócios e premiações. Dentre as mais importantes estão a vitória na categoria educação da Copa do Mundo de Tecnologia, organizada pela Microsoft e pela Qualcomm, em junho. 25 startups com cunho social de 18 países também concorreram. A vitória somou-se ao título de melhor aplicativo de inclusão social em nível global, oferecido pela Organização das Nações Unidas (ONU). O prêmio permitiu a entrada do app em novos mercados, como o Oriente Médio, onde uma joint venture com uma empresa dos Emirados Árabes Unidos foi criada para levar a ferramenta às crianças dos países da Liga Árabe. O próximo alvo, conta Carlos Pereira, será atingir os Estados Unidos. Para tal, parcerias já estão sendo firmadas: equipes do Google e da SAP já trabalham em conjunto com os criadores no aperfeiçoamento da ferramenta, assim como também a Intel. "Fico muito feliz em ver que algo que fiz, pensando na minha família, já impacta a vida de tantas pessoas", conta Carlos Pereira. Mas a maior recompensa, garante ele, "é saber o que se passa dentro da cabeça da minha filha. Isso não tem preço que pague". ganha-o-mundo-id html 9

10 6. Serviços - Telecomunicações Brasil fecha maio com 218,2 mi de acessos de banda larga 09 de julho de 2015 Fonte: Exame A maior parte é de acessos móveis, que totalizaram 193,6 milhões em maio, crescimento de 46% Segundo dados levantados pela Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil), em maio o país registrou 218,2 milhões de acessos de banda larga um crescimento anual de 40%, ou 62 milhões de adições líquidas. A maior parte é de acessos móveis, que totalizaram 193,6 milhões em maio, crescimento de 46%. Somente de linhas 4G foram 11,6 milhões no mês. No período de 12 meses, as redes 3G e 4G chegaram a 331 novos municípios, atingindo um total de cidades, ou 93% dos brasileiros. Considerando somente o LTE, são 159 cidades, ou 43% da população. Os dados apresentados não discriminam se no total de acessos de banda larga móvel estão incluídas conexões de máquina-a-máquina (M2M), como tradicionalmente era feito pela Telebrasil. Em banda larga fixa, foram 24,6 milhões, um aumento de 6% (1,4 milhão) no comparativo com maio de A entidade afirma que, com a infraestrutura, as concessionárias oferecem banda larga gratuita para 66 mil instituições públicas de ensino fundamental e médio no programa Banda Larga nas Escolas. Críticas - No comunicado enviado à imprensa nesta terça-feira, 7, a Telebrasil reafirma a crítica ao aumento do Fistel, argumentando que o reajuste seria sentido pelo consumidor. Além disso, cita que o próprio fundo já arrecadou R$ 60 bilhões desde 2001, mas que apenas 7,4% foram aplicados em fiscalização. "Nesse sentido, mais que evitar um aumento, o setor de telecomunicações defende uma redução nessas taxas para incentivar a expansão da oferta e o aumento da inclusão social, especialmente por meio da banda larga móvel", declara a entidade. 10

11 7. Comércio Eletrônico Homens são os que mais compram online Homens são os que mais compram online 09 de julho de 2015 Fonte: ProXXIma Os homens totalizam 59% dos compradores online. É o que diz a TVxtender, veículo de distribuição de mídia digital para campanhas de vídeo pertencente a ROIx, depois de um levantamento feito a partir de uma base de dados com 94 milhões de brasileiros. Outro dado levantado é o de que a classe B é responsável por 39% das transações em lojas virtuais, enquanto a classe C alcança 28%. No recorte regional, a análise aponta predomínio da Região Sudeste, com 47% das compras na web, seguida das regiões Sul e Nordeste, empatando com 15%. O estudo também determinou que a maior parte dos compradores do e-commerce estão entre 33 e 42 anos. O levantamento dividiu os webshoppers em perfis e destacou dois deles: mouse potatos, aqueles que entendem o ambiente online, consomem notícias, redes sociais e pesquisam antes de comprar; e fast fowards, usuários que consomem conteúdo online, mas não gastam muito tempo dentro da rede. Os mouse potatos representam 22% dos pesquisados e os fast fowards, 15%. 11

12 Vendas on-line caem no primeiro semestre e setor revê crescimento 09 de julho de 2015 Fonte: DCI Anteriormente, a e-bit estimava incremento de 20% em Após desempenho fraco no acumulado do ano, entidade acredita que o comércio eletrônico terá alta de no máximo 10% A desaceleração econômica começa a afetar as vendas on-line. Há a perspectiva de que o setor reveja para baixo seu desempenho este ano e cresça só até 10%. Estimativa anterior de entidades setoriais era de que o mercado fechasse 2015 com 20% de expansão. Se a queda nas vendas se acentuar neste segundo semestre, o cenário pode se complicar ainda mais e o segmento pode amargar crescimento de apenas um dígito. "A meta de crescer em 20% as vendas no primeiro semestre não se concretizará", afirmou ao DCI diretor-geral da consultoria e-bit, Pedro Guasti. Segundo o especialista, o fechamento dos dados dos seis primeiro meses do ano ainda não está completo, mas já é possível afirmar que as varejistas on-line começaram a "andar de lado". "A audiência dos sites aumentou, mas o volume de vendas foi bem menor que o esperado", explicou ele. Já o diretor de inteligência e pesquisa do e-bit, André Ricardo Dias, disse que no primeiro semestre o tíquete médio de compras apresentou alta. "Isso aconteceu devido a preços mais altos e não por volume maior de vendas." Comportamento - Pesquisa sobre intenção de consumo realizada pelo Programa de Administração do Varejo (Provar), em parceria com a e-bit, a Fundação Instituto de Administração (FIA) e o Instituto Brasileiro de Executivos do Varejo (Ibevar) apontou que os brasileiros, que costumavam comprar pela internet estão menos dispostos a adquirir produtos pelo canal nos próximos três meses. "Ele [o canal] teve uma queda significativa de intenção do segundo trimestre para o terceiro", diz o diretor vogal do Ibevar e diretor de Pesquisa do Provar-FIA, Nuno Fouto. Enquanto o índice era de 92,8% no segundo semestre, agora ele está em 86,59%. "Ele retoma o patamar do terceiro trimestre de 2013 e mostra enfraquecimento ao longo deste ano", afirmou Fouto. Algumas categorias aparecem com um índice um pouco melhor de intenção de compras no comércio eletrônico, sendo elas: sexy shop; antiguidades e arte; fotografia; turismo; música digital; entre outros. "Elas já foram compradas ou podem vir a estar na lista de compras do consumidor. Já material de construção, por exemplo, teve queda na intenção de compra", disse ele. Medidas - Possíveis iniciativas para alavancar a conversão de vendas no canal podem até ser tomadas, mas todas impactam diretamente o faturamento dos players do setor. "Elas têm três possibilidades: diminuir o preço dos produtos, aumentar o parcelamento e retornar o frete grátis. Todas as medidas 12

13 fariam com que as empresas apertassem ainda mais as margens e esse não é melhor momento", disse o especialista em e-commerce, Pedro Guasti. Para ele, um movimento no mercado on-line está na aposta de pagamentos à vista, aproveitando que o consumidor tem evitado dívidas de longo prazo. "Quando há uma oportunidade de compra ele prefere pagar à vista", disse. Lojas físicas - O varejo eletrônico não é o único a sentir queda da intenção de consumo. A pesquisa apontou também que no terceiro trimestre, as lojas físicas devem sofrer queda nas vendas. "Nossa estimativa é de queda de 1,2% nas vendas no período", afirmou o presidente do Ibevar, Claudio Felisoni. O estudo apontou também que 44% dos entrevistados pano levantamento apontaram intenção de consumir, isso representa queda de 2,2% na comparação com o semestre anterior. "Esse é o menor índice da série histórica desde 2002", como enfatizou o especialista do Provar. Segundo Felisoni, os motivadores dessa menor intenção de gasto são: a inflação e o aumento da taxa de juros que reduzem o poder de comprar. "O menor otimismo também ajuda a diminuir a intenção de gastos do consumidor", disse. A soma desses fatores resultou em queda de 6,2% nas vendas do varejo ampliado quando compara-se de janeiro a abril de 2014 com o mesmo período de "O crédito está mais caro e mais escasso. A massa de rendimento neste período foi 6% menor. Tudo isso faz com que o consumo continue sendo corroído no Brasil", explicou Felisoni. O segmento de bens duráveis - linha branca, eletrodomésticos, entre outros - serão os mais impactados com essa desaceleração. Ainda segundo a pesquisa, os itens que tiveram piora mais acentuada na intenção de compra são os artigos de cama, mesa e banho, com queda de 73% na comparação com o terceiro trimestre de Na sequência aparecem os eletroportáteis, com redução de 62,6% e automóveis e motos, com 49,4%. Inadimplência - A conjuntura econômica atual pode fazer com que a inadimplência tenha um ligeiro aumento no terceiro trimestre. Outro ponto destacado pelos analistas foi o menor crescimento do rendimento salarial e o desemprego. "Eles estão reduzindo os gastos com alimentação, vestuário, transporte e habitação", explicou Nuno Fouto. Em contrapartida, eles tem gasto mais com educação. "O medo do desemprego pode ter feito com que alguns tenham investido em especialização para manter o emprego". 13

14 8. Franquias Franquias de alimentação alavancam setor de franchising 08 de junho de 2015 Fonte: Segs Num momento em que o país vive um período de retração econômica, o setor de franquias continua positivo. No primeiro trimestre de 2015 registrou o crescimento de 9,2%, se comparado com igual período do ano passado, segundo a ABF (Associação Brasileira de Franchising). E quem se mostra bastante consistente é o segmento de Alimentação, que cresceu 14%, alavancando o setor de franchising ao lado dos segmentos de Esporte, Saúde, Beleza e Lazer. De acordo com a 9ª Pesquisa Setorial das Redes de Franquias de Alimentação 2014, realizado pela ECD Food Service a pedido da ABF, o segmento faturou R$ 25,6 milhões ano passado, o equivalente a 20% da receita total do setor de franchising. A expectativa de crescimento do segmento é de 10% em O desempenho das franquias de sorvetes chamou a atenção na pesquisa. O faturamento das franquias com esse tipo de culinária cresceu 34% em 2014, e a expectativa é de crescer 66% esse ano. A rede Sr. Sorvete está otimista diante desse cenário e se prepara para expandir em O setor alimentício é um dos mais consolidados e seguros sistemas de franquias do país, não há dúvida de que é uma boa escolha de investimento, comenta Leandro Sambini, sócio da Sr. Sorvete. A rede vai abrir duas novas unidades no segundo semestre, uma em Rio Branco, no Acre e outra em Bauru, no interior de São Paulo. Hoje está presente nas cidades de Itápolis e Cravinhos, também em São Paulo. 14

15 9. Curtas 08 de julho de 2015 Fonte: Agência Estado Preço de automóvel novo cai 0,31% em junho com queda na demanda, diz IBGE Situação é reflexo de pátios cheios e montadoras que estão demitindo muita gente O preço do automóvel novo recuou 0,31% em junho, reflexo da queda da demanda, afirmou, nesta quarta-feira (8/7), Eulina Nunes dos Santos, coordenadora de Índices de Preços do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). "Os pátios estão cheios, as montadoras estão demitindo muita gente, e isso já está sendo verificado no preço", afirmou. Segundo Eulina, a restrição no orçamento das famílias não tem comportado compra de automóveis novos, itens caros, muito menos elevações de preços. Por outro lado, os preços de automóveis usados avançaram 0,78% em junho. PanEmpregos estreia no PanHotéis com vagas para hotelaria 08 de julho de 2015 Fonte: PanHoteis A partir de hoje, o Portal PanHotéis conta com o serviço Pan Empregos, que divulga vagas disponíveis no segmento de hotelaria. Por meio da nova seção, o candidato pode cadastrar seu currículo e se manter atualizado sobre oportunidades em aberto. Além disso, hoteleiros podem divulgar as vagas disponíveis na rede ou na unidade hoteleira. 15

16 10. Feiras 03/07/2015 até 12/07/ EXPOTCHÊ Setor: Multisetores Local: Expobrasília Cidade: Brasília - DF 03/07/2015 até 12/07/ MULTIFEIRA BRASIL Setor: Multisetores Local: Centro de Convenções Ronaldo Cunha Lima Cidade: João Pessoa - PB 06/07/2015 até 09/07/ Feira Internacional da Moda em Calçados e Acessórios Setor: Coureiro / Calçadista - Calçados e Artefatos, Máquinas e Componentes Local: Pavilhão do Anhembi Cidade: São Paulo - SP 07/07/2015 até 09/07/ SUPER ACAPS PANSHOW 2015 Setor: Multisetores Local: Carapina Centro de Eventos Cidade: Serra ES 08/07/2015 até 09/07/ INSPIRAMAIS Setor: Têxtil, Confecção e Vestuário Local: Centro de Convenções do shopping Frei Caneca Cidade: São Paulo - SP 08/07/2015 até 11/07/ EXPOEVANGÉLICA Setor: Multisetores Local: Centro de Eventos do Ceará Cidade: Fortaleza - CE 11/07/2015 até 13/07/ INTERNATIONAL PROFESSIONAL FAIR Setor: Beleza e Estética Local: Expominas Belo Horizonte Cidade: Belo Horizonte - MG 11/07/2015 até 13/07/ COSMÉTICA BAHIA Setor: Multisetores Local: Pavilhão de Feiras do Centro de Convenções da Bahia Cidade: Salvador - BA 16

17 12/07/2015 até 14/07/ ENFLOR - GARDEN FAIR Setor: Agronegócio Local: Recinto da Expoflora Cidade: Holambra - SP 12/07/2015 até 14/07/ HAIR BRASILIA AND BEAUTY Setor: Beleza e Estética Local: Centro de Convenções 14/07/2015 até 17/07/ EXPOLAZER 2015 Setor: Esporte, Lazer e Náutica Local: Expo Center Norte Pavilhão Amarelo Cidade: São Paulo - SP 14/07/2015 até 17/07/ FIPAN Setor: Alimentos e Bebidas Local: Expo Center Norte Cidade: São Paulo - SP 15/07/2015 até 17/07/ ENERSOLAR BRASIL Setor: Energia Local: Centro de Exposição Imigrantes Cidade: São Paulo - SP 15/07/2015 até 17/07/ BRASIL BRAU Setor: Alimentos e Bebidas Local: São Paulo Expo Cidade: São Paulo SP 15/07/2015 até 18/07/ DEGUSTA BEER&FOOD Setor: Alimentos e Bebidas Local: São Paulo Expo Cidade: São Paulo SP 16/07/2015 até 18/07/ RIO SPORTS SHOW Setor: Esporte, Lazer e Náutica Local: Centro de Convenções Sul América Cidade: Rio de Janeiro - RJ O Calendário Brasileiro de Exposições e Feiras está disponível no site 17

18 Secretaria de Comércio e Serviços Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior

Pesquisa. Intenção de

Pesquisa. Intenção de Pesquisa SPC BRASIL: Intenção de Compras para o Natal Novembro/2013 Pesquisa do SPC Brasil revela que brasileiros pretendem gastar mais e comprar mais presentes neste Natal Se depender dos consumidores

Leia mais

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce...

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce... Sumário Bleez Agência Digital... 3 Quem sou eu... 4 Introdução... 5 Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7 Quem está comprando no ecommerce... 10 Por que os brasileiros estão comprando mais... 12 O

Leia mais

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas BRASIL Junio 2011 Profa. Anita Kon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO - PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS- GRADUADOS

Leia mais

Quem sou eu? Marcelo Salomão Guimarães Casado a 8 anos 1 filha de 7 anos

Quem sou eu? Marcelo Salomão Guimarães Casado a 8 anos 1 filha de 7 anos Quem sou eu? Marcelo Salomão Guimarães Casado a 8 anos 1 filha de 7 anos Diretor de negócios Gigatron Franchising Diretor CTRA Centro Tecnológico da Região de Araçatuba Diretor ABRADI-isp Associação Brasileira

Leia mais

Trabalhador por conta própria ganha força, mas informalidade aumenta

Trabalhador por conta própria ganha força, mas informalidade aumenta Boletim 869/2015 Ano VII 09/11/2015 Trabalhador por conta própria ganha força, mas informalidade aumenta Mais de 22 milhões de brasileiros têm empreendimentos sem empregados remunerados. Quase um milhão

Leia mais

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas BRASIL Setembro 2011 Profa. Anita Kon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS GRADUADOS

Leia mais

B2W Companhia Global do Varejo Divulgação de Resultados - 3T12

B2W Companhia Global do Varejo Divulgação de Resultados - 3T12 B2W Companhia Global do Varejo Divulgação de Resultados - 3T12 TELECONFERÊNCIA 3T12 Quarta-feira, 14 de novembro de 2012 Horário: 13:00 p.m. (Brasil) - 10:00 a.m. (US EST) Telefone: +55 (11) 4688.6361

Leia mais

Mais informações sobre e-commerce em: www.portalgerenciais.com.br

Mais informações sobre e-commerce em: www.portalgerenciais.com.br Mais informações sobre e-commerce em: www.portalgerenciais.com.br Extra, Extra notícias fresquinhas Você pode ter uma loja que funciona 24hs, inclusive aos domingos e feriados, não paga aluguel e nem condomínio

Leia mais

O consumo, a crise, os comportamentos de compra e as estratégias empresariais

O consumo, a crise, os comportamentos de compra e as estratégias empresariais O consumo, a crise, os comportamentos de compra e as estratégias empresariais Prof. Celso Cláudio de Hildebrand e Grisi celsogrisi@fractalconsult.com.br 1 - Se, no primeiro momento, o consumo caiu de forma

Leia mais

Força de greves pode diminuir com evolução de canais de serviços on-line

Força de greves pode diminuir com evolução de canais de serviços on-line Boletim 853/2015 Ano VII 15/10/2015 Força de greves pode diminuir com evolução de canais de serviços on-line O impacto das novas plataformas deve ser maior no médio e longo prazo, principalmente com a

Leia mais

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas BRASIL Agosto 2013 Profa. Anita Kon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS GRADUADOS

Leia mais

EXPECTATIVAS, GESTÃO E AÇÕES DOS EMPRESÁRIOS DO COMÉRCIO VAREJISTA PARA O NATAL DE 2013 MACAPÁ - 2013

EXPECTATIVAS, GESTÃO E AÇÕES DOS EMPRESÁRIOS DO COMÉRCIO VAREJISTA PARA O NATAL DE 2013 MACAPÁ - 2013 EXPECTATIVAS, GESTÃO E AÇÕES DOS EMPRESÁRIOS DO COMÉRCIO VAREJISTA PARA O NATAL DE 2013 MACAPÁ - 2013 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 POPULAÇÃO... 3 4 COLETA DE DADOS... 3 5 RESULTADOS... 4 Ilustração 1 -

Leia mais

Abril - 2015. Divulgado em 14 de maio de 2015.

Abril - 2015. Divulgado em 14 de maio de 2015. Abril - 2015 Divulgado em 14 de maio de 2015. VAREJO AMPLIADO CRESCE 1,1% EM ABRIL, APONTA ICVA Indicador considera a receita de vendas deflacionada pelo IPCA em comparação com abril de 2014; no índice

Leia mais

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL Natal, setembro de 2015 1 Sumário 1. Aspectos Metodológicos... 3 2. Descrição dos Resultados... 4 Itens de comemoração... 4 Gastos com presente... 4 Local e quando compra...

Leia mais

SINCOR-SP 2015 JUNHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2015 JUNHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS JUNHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita

Leia mais

Hábitos de Consumo e Compras Fim de ano e Natal 2015. Perspectivas da economia / Comprometimento de renda. Novembro/2015. Copyright Boa Vista SCPC 1

Hábitos de Consumo e Compras Fim de ano e Natal 2015. Perspectivas da economia / Comprometimento de renda. Novembro/2015. Copyright Boa Vista SCPC 1 Hábitos de Consumo e Compras Fim de ano e Natal 2015 Perspectivas da economia / Comprometimento de renda Novembro/2015 Copyright Boa Vista SCPC 1 Objetivo, metodologia e amostra o Objetivo: Pesquisa para

Leia mais

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - JULHO/2015 1. Geração de Empregos no Brasil - Mercado de Trabalho Segue Demitindo

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - JULHO/2015 1. Geração de Empregos no Brasil - Mercado de Trabalho Segue Demitindo GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - JULHO/215 1. Geração de Empregos no Brasil - Mercado de Trabalho Segue Demitindo O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) divulgou os dados do Cadastro Geral de Empregados

Leia mais

Comércio na internet: muito mais que e-commerce

Comércio na internet: muito mais que e-commerce Comércio na internet: muito mais que e-commerce Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência

Leia mais

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo.

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo. 1 MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo Maio/ 2014 Metodologia 2 Metodologia 3 Técnica Pesquisa quantitativa,

Leia mais

TIC Domicílios 2007 Comércio Eletrônico

TIC Domicílios 2007 Comércio Eletrônico TIC Domicílios 2007 Comércio Eletrônico DESTAQUES 2007 O Estudo sobre Comércio Eletrônico da TIC Domicílios 2007 apontou que: Quase a metade das pessoas que já utilizaram a internet declarou ter realizado

Leia mais

10 DICAS PARA SEU ECOMMERCE SER SUCESSO EM TODO O BRASIL

10 DICAS PARA SEU ECOMMERCE SER SUCESSO EM TODO O BRASIL 10 DICAS PARA SEU ECOMMERCE SER SUCESSO EM TODO O BRASIL SUMÁRIO 1. COMUNICAÇÃO SEGMENTADA! 2. SEO! 3. MOBILE! 4. FOTOS E DESCRIÇÕES! 5. FRETE! 6. PAGAMENTO REGIONAL! 7. ENTREGA! 8. EMBALAGEM! 9. ATENDIMENTO!

Leia mais

O CONSUMO VIRTUAL NO BRASIL

O CONSUMO VIRTUAL NO BRASIL O CONSUMO VIRTUAL NO BRASIL Março 2015 1. PANORAMA DO CONSUMO VIRTUAL NO BRASIL Eletroeletrônicos, livros e calçados foram os itens mais comprados em 2014. Índice de satisfação do consumidor virtual brasileiro

Leia mais

Como o consumidor brasileiro paga as contas (consumidores) Outubro 2012

Como o consumidor brasileiro paga as contas (consumidores) Outubro 2012 Como o consumidor brasileiro paga as contas (consumidores) Outubro 2012 METODOLOGIA Plano amostral Público alvo: Consumidores de todas as Capitais do Brasil. Tamanho amostral da Pesquisa Perfil Adimplente

Leia mais

PAINEL 9,6% dez/07. out/07. ago/07 1.340 1.320 1.300 1.280 1.260 1.240 1.220 1.200. nov/06. fev/07. ago/06

PAINEL 9,6% dez/07. out/07. ago/07 1.340 1.320 1.300 1.280 1.260 1.240 1.220 1.200. nov/06. fev/07. ago/06 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior ASSESSORIA ECONÔMICA PAINEL PRINCIPAIS INDICADORES DA ECONOMIA BRASILEIRA Número 35 15 a 30 de setembro de 2009 EMPREGO De acordo com a Pesquisa

Leia mais

O MERCADO E PERSPECTIVAS

O MERCADO E PERSPECTIVAS Sell Book O MERCADO E PERSPECTIVAS MERCADO E PERSPECTIVA BRASIL VAREJO FRANQUIAS PIB: projeção de 3% para 2013; Desemprego em baixa (inferior a 6% em 2013); Crescimento do consumo da classe média; Aumento

Leia mais

Use bem o seu dinheiro

Use bem o seu dinheiro 1016323-6 - abr/2012 Quer saber mais sobre como usar melhor o seu dinheiro? No site www.itau.com.br/usoconsciente, você encontra vídeos, testes e informações para uma gestão financeira eficiente. Acesse

Leia mais

Análise Setorial. Fabricação de artefatos de borracha Reforma de pneumáticos usados

Análise Setorial. Fabricação de artefatos de borracha Reforma de pneumáticos usados Análise Setorial Fabricação de artefatos de borracha Reforma de pneumáticos usados Fevereiro de 2015 Sumário 1. Perspectivas do Cenário Econômico em 2015... 3 2. Balança Comercial de Fevereiro de 2015...

Leia mais

Cliocar Acessórios: A construção de um negócio. A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso.

Cliocar Acessórios: A construção de um negócio. A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso. Cliocar Acessórios: A construção de um negócio A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso. 2 Conteúdo Resumo executivo... 2 Conhecendo o mercado... 2 Loja

Leia mais

Mensagem do Administrador

Mensagem do Administrador Educação Financeira Índice 1. Mensagem do administrador... 01 2. O Cartão de crédito... 02 3. Conhecendo sua fatura... 03 4. Até quanto gastar com seu cartão... 07 5. Educação financeira... 08 6. Dicas

Leia mais

SINCOR-SP 2015 JULHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2015 JULHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS JULHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita

Leia mais

TÍTULO: COMERCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO

TÍTULO: COMERCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO TÍTULO: COMERCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE AURIFLAMA AUTOR(ES): EBERSON EVANDRO DA SILVA GUNDIN, PAULO

Leia mais

O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente

O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente Maio de 2015 Slide 1 OBJETIVOS DO ESTUDO Mapear atitudes e comportamentos das pessoas que não possuem conta corrente em banco com relação

Leia mais

Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015. Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015

Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015. Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015 Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015 Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015 O cenário econômico nacional em 2014 A inflação foi superior ao centro da meta pelo quinto

Leia mais

Pesquisa Hábitos de Consumo Dia dos Pais 2015

Pesquisa Hábitos de Consumo Dia dos Pais 2015 Pesquisa Hábitos de Consumo Dia dos Pais 2015 Agosto de 2015 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1 Índice o Objetivo, metodologia e amostra... 03 o Sumário... 04 o Perfil dos respondentes... 05 o Pretensão

Leia mais

Programa Senac Gratuidade lança vagas para agosto

Programa Senac Gratuidade lança vagas para agosto 14.07.2012 Portal De Fato Xx Xx Postado em 14/07/2012-09:09 Programa Senac Gratuidade lança vagas para agosto O Programa Senac Gratuidade (PSG) disponibilizará mais de 540 bolsas de estudos integrais para

Leia mais

Açotubo anuncia fusão com Incotep e Artex Aços Inoxidáveis

Açotubo anuncia fusão com Incotep e Artex Aços Inoxidáveis Açotubo anuncia fusão com Incotep e Artex Aços Inoxidáveis Ter, 02 de Agosto de 2011 07:13 Com base nos movimentos de mercado e da companhia alinhados ao aquecimento da indústria e economia brasileiras,

Leia mais

Comércio Eletrônico em Números

Comércio Eletrônico em Números Comércio Eletrônico em Números Evolução do E-commerce no Brasil 23 milhões é um grande número. 78 milhões 23 milhões Enorme potencial de crescimento no Brasil Mas fica pequeno se comprarmos com o número

Leia mais

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas BRASIL Julho 2013 Profa. Anita Kon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO - PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS- GRADUADOS

Leia mais

MEU FATOR DE SUCESSO A essência do seu trabalho PLANO DE CARREIRA E VANTAGENS

MEU FATOR DE SUCESSO A essência do seu trabalho PLANO DE CARREIRA E VANTAGENS MEU FATOR DE SUCESSO A essência do seu trabalho PLANO DE CARREIRA E VANTAGENS Seja Bem Vinda! Em 1995 quando ao lado da minha família idealizei a Fator 5, tinha a meu favor a minha força de vontade, minha

Leia mais

Notícias Economia Internacional. e Indicadores Brasileiros. Nº 1/2 Julho de 2012

Notícias Economia Internacional. e Indicadores Brasileiros. Nº 1/2 Julho de 2012 Notícias Economia Internacional e Indicadores Brasileiros Nº 1/2 Julho de 2012 Sindmóveis - Projeto Orchestra Brasil www.sindmoveis.com.br www.orchestrabrasil.com.br Realização: inteligenciacomercial@sindmoveis.com.br

Leia mais

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar.

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Guia do uso consciente do crédito O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Afinal, o que é crédito? O crédito é o meio que permite a compra de mercadorias, serviços

Leia mais

SINCOR-SP 2015 OUTUBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2015 OUTUBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS OUTUBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita

Leia mais

Guia definitivo de ferramentas de Planejamento para Micro Empreendedores Individuais

Guia definitivo de ferramentas de Planejamento para Micro Empreendedores Individuais Guia definitivo de ferramentas de Planejamento para Micro Empreendedores Individuais Introdução O Brasil já tem 4,7 milhões de microempreendedores individuais, segundo dados de janeiro de 2015 da Receita

Leia mais

ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 27 de Agosto de 2014

ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 27 de Agosto de 2014 Associação Brasileira de Supermercados Nº43 ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 27 de Agosto de 2014 Com crescimento em julho, setor acumula 1,48% no ano Em julho, as vendas

Leia mais

SINCOR-SP 2015 AGOSTO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2015 AGOSTO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS AGOSTO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita

Leia mais

TOTVS Vitrine Série 1 + Shopping Megafashion. Sua loja virtual totalmente integrada com a loja física

TOTVS Vitrine Série 1 + Shopping Megafashion. Sua loja virtual totalmente integrada com a loja física TOTVS Vitrine Série 1 + Shopping Megafashion Sua loja virtual totalmente integrada com a loja física Conteúdo! O mercado da moda! Vantagens da solução TOTVS + Megafashion! Layout da loja! Valores! Degustação!

Leia mais

Pesquisa Hábitos do Consumidor da Classe C. 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1

Pesquisa Hábitos do Consumidor da Classe C. 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1 Pesquisa Hábitos do Consumidor da Classe C 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1 Índice Objetivo, metodologia e amostra... 03 Perfil dos Respondentes... 04 Principais constatações sobre os hábitos de consumo

Leia mais

ANÁLISE DO VOLUME DE VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA FEV/2015

ANÁLISE DO VOLUME DE VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA FEV/2015 ANÁLISE DO VOLUME DE VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA FEV/015 O COMÉRCIO VAREJISTA NO BRASIL APRESENTA RETRAÇÃO NAS VENDAS EM FEVEREIRO A Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) realizada pelo Instituto Brasileiro

Leia mais

A nova classe média vai às compras

A nova classe média vai às compras A nova classe média vai às compras 18 KPMG Business Magazine Cenário é positivo para o varejo, mas empresas precisam entender o perfil do novo consumidor Nos últimos anos o mercado consumidor brasileiro

Leia mais

Agenda. Cenário. Tendências e o impacto da Tecnologia. Demandas do Novo Consumidor. Desafios no novo cenário

Agenda. Cenário. Tendências e o impacto da Tecnologia. Demandas do Novo Consumidor. Desafios no novo cenário Agenda Cenário Tendências e o impacto da Tecnologia Demandas do Novo Consumidor Desafios no novo cenário Agenda Cenário Tendências e o impacto da Tecnologia Demandas do Novo Consumidor Desafios no novo

Leia mais

ANÁLISE DO VOLUME DE VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA - MAIO/2015

ANÁLISE DO VOLUME DE VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA - MAIO/2015 ANÁLISE DO VOLUME DE VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA - MAIO/2015 O COMÉRCIO VAREJISTA NO BRASIL A Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) tem

Leia mais

Máxima Nova Classe Média autoestima 33%

Máxima Nova Classe Média autoestima 33% Máxima é a primeira revista mensal totalmente voltada para os desejos e as necessidades da mulher da Nova Classe Média. Sua missão é ajudá-la a resolver as questões do seu dia a dia e ser fonte de inspiração

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2015 PRODUTOS O COMÉRCIO RESPONDE POR 12,7% DO PIB BRASILEIRO O COMÉRCIO VAREJISTA É RESPONSÁVEL POR 42% DO COMÉRCIO

Leia mais

FRANCHISING JAIR PASQUALI

FRANCHISING JAIR PASQUALI FRANCHISING JAIR PASQUALI jair.pasquali@marisolsa.com PARTICIPAÇÃO DOS SEGMENTOS DE VAREJO RECEITA TOTAL DO COMÉRCIO VAREJISTA E DE VEÍCULOS Produtos farmacêuticos 5,7% Tecidos e artigos do vestuário 7,5%

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DOS RESULTADOS 4T11 & 2011

TELECONFERÊNCIA DOS RESULTADOS 4T11 & 2011 TELECONFERÊNCIA DOS RESULTADOS 4T11 & 2011 1 Ressalvas Sobre Declarações Futuras Esta apresentação contém informações futuras. Tais informações não são fatos históricos, mas refletem as metas e expectativas

Leia mais

seu dinheiro Consórcio ou financiamento? #103 Saiba qual é a melhor opção na hora de comprar um automóvel

seu dinheiro Consórcio ou financiamento? #103 Saiba qual é a melhor opção na hora de comprar um automóvel #103 seu dinheiro a sua revista de finanças pessoais Saiba qual é a melhor opção na hora de comprar um automóvel Consórcio ou financiamento? Poupança com ganho real Investimento volta a superar a inflação

Leia mais

Pesquisa intenções de compras para o Dia dos Pais

Pesquisa intenções de compras para o Dia dos Pais Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Pesquisa intenções de compras para o Dia dos Pais Perfil do Consumidor para Grande Florianópolis DPLAN - Núcleo de Pesquisas PESQUISA INTENÇÕES DE COMPRAS

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3T15. 10 de novembro de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 3T15. 10 de novembro de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 3T15 10 de novembro de 2015 Magazine Luiza Destaques do 3T15 Vendas E-commerce Ganho de participação de mercado com aumento da margem bruta Receita bruta consolidada de R$2,4

Leia mais

MARKETING NA INTERNET

MARKETING NA INTERNET MARKETING NA INTERNET HUGO HOCH CONSULTOR DE MARKETING ER. BAURU SEBRAE-SP hugoh@sebraesp.com.br Marketing na Internet O que é? o Marketing na Internet, também referido como: i-marketing, web marketing,

Leia mais

PROPOSTA MICRO-FRANQUIAS

PROPOSTA MICRO-FRANQUIAS PROPOSTA MICRO-FRANQUIAS ON-LINE Alterada dia 13/01/2015-13h00 Venha fazer parte do sucesso de vendas de camisetas que mais cresce na Internet... Já são mais de 100 micro-franqueados e franqueados no Brasil!

Leia mais

Metodologia. Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online.

Metodologia. Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online. Assunto E-commerce Metodologia Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online. Quantidade de entrevistas realizadas: 1.652 mulheres Perfil: 18 a 50 anos Mercado: Brasil

Leia mais

Um curso multimídia de empreendedorismo para 7 milhões de mulheres da nova classe média

Um curso multimídia de empreendedorismo para 7 milhões de mulheres da nova classe média Um curso multimídia de empreendedorismo para 7 milhões de mulheres da O empreendedorismo no milhões de empresas individuais ou microempresas serão criadas até 2015 (hoje são 6 milhões) 17,5% é a taxa

Leia mais

Por Denize BACOCCINA. Isto é Dinheiro - sexta-feira, 03 de maio de 2013 Seção: Economia / Autor: Por Denize BACOCCINA

Por Denize BACOCCINA. Isto é Dinheiro - sexta-feira, 03 de maio de 2013 Seção: Economia / Autor: Por Denize BACOCCINA O poder de compra alimenta o dragão A persistência da inflação em torno de 6,5% ao ano tem um componente virtuoso: o crescimento do setor de serviços, que lidera a criação de empregos e aumenta a renda

Leia mais

RELATÓRIO. Outubro 2015. Ano 03-10

RELATÓRIO. Outubro 2015. Ano 03-10 RELATÓRIO Outubro 2015 Ano 03-10 APOIO: - CENTRO DE INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS FACISA Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas ÍNDICE DE CONFIANÇA EMPRESARIAL (ICE) ÍNDICE DE PREÇOS AO CONSUMIDOR DE SINOP

Leia mais

A queda no número de carros novos vendidos no país em 2014 está sendo acompanhada por um aquecimento do mercado de usados.

A queda no número de carros novos vendidos no país em 2014 está sendo acompanhada por um aquecimento do mercado de usados. A queda no número de carros novos vendidos no país em 2014 está sendo acompanhada por um aquecimento do mercado de usados. A Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) aponta

Leia mais

Indicadores da Semana

Indicadores da Semana Indicadores da Semana O saldo total das operações de crédito do Sistema Financeiro Nacional atingiu 54,5% do PIB, com aproximadamente 53% do total do saldo destinado a atividades econômicas. A carteira

Leia mais

5.500 postos de serviço

5.500 postos de serviço 5.500 postos de serviço Em 2009, a Ipiranga manteve sua trajetória de expansão acelerada da escala, com a aquisição das operações da rede de distribuição de combustíveis da Texaco no Brasil e investimentos

Leia mais

COMO ENFRENTAR A INADIMPLÊNCIA NO SEGMENTO EDUCACIONAL SEGUNDO ESPECIALISTAS DA ACERPLAN

COMO ENFRENTAR A INADIMPLÊNCIA NO SEGMENTO EDUCACIONAL SEGUNDO ESPECIALISTAS DA ACERPLAN COMO ENFRENTAR A INADIMPLÊNCIA NO SEGMENTO EDUCACIONAL SEGUNDO ESPECIALISTAS DA ACERPLAN - Treinar e capacitar os profissionais que cobram e atendem inadimplentes nas escolas; - Cadastrar os inadimplentes

Leia mais

Copa ou hotel de luxo?

Copa ou hotel de luxo? #124 seu dinheiro a sua revista de finanças pessoais Copa ou hotel de luxo? As alternativas para quem pretende fugir do Mundial de 2014 O lado bom da aposentadoria Várias despesas desaparecem na melhor

Leia mais

Palestra Mercado Feminino. Mulheres 3.0 Quem são elas e como vender para mulheres online.

Palestra Mercado Feminino. Mulheres 3.0 Quem são elas e como vender para mulheres online. Palestra Mercado Feminino Mulheres 3.0 Quem são elas e como vender para mulheres online. UNIVERSO FEMININO Passado X Presente Universo Feminino Mercado Feminino OS DILEMAS DA MULHER ATUAL O que elas querem?

Leia mais

Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012

Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012 Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012 METODOLOGIA Plano amostral Público alvo: Consumidores de todas as Capitais do Brasil. Tamanho amostral da Pesquisa: 623 casos, gerando um erro máximo de 3,9%

Leia mais

MENSAGEM DO FÓRUM REGIONAL PERMANENTE DAS MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE DO ESTADO DA BAHIA

MENSAGEM DO FÓRUM REGIONAL PERMANENTE DAS MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE DO ESTADO DA BAHIA enário econômico brasileiro vem sendo cada vez mais reconhecida e destacada. Além de gerador do maior número de empregos formais no país, o setor exibe, especialmente nos últimos anos, números Boletim

Leia mais

COMPETITIVIDADE: DESENVOLVIMENTO PRÓXIMOS ANOS? COMO SERÁ O DO SEU NEGÓCIO NOS. Sussumu Honda

COMPETITIVIDADE: DESENVOLVIMENTO PRÓXIMOS ANOS? COMO SERÁ O DO SEU NEGÓCIO NOS. Sussumu Honda REFLEXÕES SOBRE A COMPETITIVIDADE: COMO SERÁ O DESENVOLVIMENTO DO SEU NEGÓCIO NOS PRÓXIMOS ANOS? Sussumu Honda 2013: O MUNDO Perspectivas Globais RECUPERAÇÃO GRADATIVA COM GRANDES MUDANÇAS Perspectivas

Leia mais

O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente Junho/2015

O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente Junho/2015 O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente Junho/2015 1. INTRODUÇÃO 84% dos consumidores que não possuem conta corrente fazem compras parceladas O fato de não possuir conta em banco

Leia mais

CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 2 SUMÁRIO Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita de

Leia mais

A Lição de Lynch. O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros

A Lição de Lynch. O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros A Lição de Lynch O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros Por Laura Somoggi, de Marblehead (EUA) É muito provável que o nome Peter Lynch não lhe seja familiar. Ele

Leia mais

A Maior plataforma de relacionamento da América Latina entre consumidores e empresas.

A Maior plataforma de relacionamento da América Latina entre consumidores e empresas. A Maior plataforma de relacionamento da América Latina entre consumidores e empresas. Consumidores Empresas Pesquisar Reclamar Comparar Responder Replicar Resolver O ReclameAQUI é um elo de ligação entre

Leia mais

RELATÓRIO DE RESULTADOS MARÇO/15 INDICADORES DO COMÉRCIO VAREJISTA DO DISTRITO FEDERAL PANORAMA E PERSPECTIVAS

RELATÓRIO DE RESULTADOS MARÇO/15 INDICADORES DO COMÉRCIO VAREJISTA DO DISTRITO FEDERAL PANORAMA E PERSPECTIVAS RELATÓRIO DE RESULTADOS MARÇO/15 INDICADORES DO COMÉRCIO VAREJISTA DO DISTRITO FEDERAL PANORAMA E PERSPECTIVAS 1. Resultados consolidados para todas as categorias associadas ao Sindivarejista 2. Resultados

Leia mais

O primeiro guia online de anúncios de Guarulhos a se tornar franquia nacional

O primeiro guia online de anúncios de Guarulhos a se tornar franquia nacional O primeiro guia online de anúncios de Guarulhos a se tornar franquia nacional O guia online Vitrine de Guarulhos é um dos produtos do Grupo Vitrine X3, lançado no dia 11/11/11 com o objetivo de promover

Leia mais

BLACK FRIDAY BRASIL 2015 PROPOSTA DE MONITORAMENTO E INTENÇÃO DE COMPRA NO AMBIENTE DIGITAL

BLACK FRIDAY BRASIL 2015 PROPOSTA DE MONITORAMENTO E INTENÇÃO DE COMPRA NO AMBIENTE DIGITAL BLACK FRIDAY BRASIL 2015 PROPOSTA DE MONITORAMENTO E INTENÇÃO DE COMPRA NO AMBIENTE DIGITAL DIRECIONADA A ESTRATÉGIAS DE ANUNCIANTES, AGÊNCIAS E PLATAFORMAS DIGITAIS AGENDA CENÁRIO DIGITAL BLACK FRIDAY:

Leia mais

101/15 30/06/2015. Análise Setorial. Fabricação de artefatos de borracha Reforma de pneumáticos usados

101/15 30/06/2015. Análise Setorial. Fabricação de artefatos de borracha Reforma de pneumáticos usados 101/15 30/06/2015 Análise Setorial Fabricação de artefatos de borracha Reforma de pneumáticos usados Junho de 2015 Sumário 1. Perspectivas do CenárioEconômico em 2015... 3 2. Balança Comercial de Março

Leia mais

INOVAÇÃO. EDUCAÇÃO. GESTÃO EXPANSÃO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL

INOVAÇÃO. EDUCAÇÃO. GESTÃO EXPANSÃO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL Linha Direta INOVAÇÃO. EDUCAÇÃO. GESTÃO EXPANSÃO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL Desmistificado, ensino técnico brasileiro passa a ser a possibilidade mais rápida de inserção no mercado de trabalho TECNOLOGIA

Leia mais

BOLETIM EMPREGO Setembro 2014

BOLETIM EMPREGO Setembro 2014 Introdução A seguir são apresentados os últimos resultados disponíveis sobre o emprego no Brasil, com foco no ramo Metalúrgico. Serão utilizadas as bases de dados oficiais, são elas: a RAIS (Relação Anual

Leia mais

O cenário econômico atual e a Construção Civil Desafios e perspectivas

O cenário econômico atual e a Construção Civil Desafios e perspectivas O cenário econômico atual e a Construção Civil Desafios e perspectivas 1 O conturbado cenário nacional Economia em recessão: queda quase generalizada do PIB no 2º trimestre de 2015, com expectativa de

Leia mais

Boletim de Conjuntura Econômica Outubro 2008

Boletim de Conjuntura Econômica Outubro 2008 Boletim de Conjuntura Econômica Outubro 008 PIB avança e cresce 6% Avanço do PIB no segundo trimestre foi o maior desde 00 A economia brasileira cresceu mais que o esperado no segundo trimestre, impulsionada

Leia mais

04 de maio de 2015. A Carteira Dinâmica apresentou valorização de 5,03% em abril, acumulando alta de 5,24% em 2015

04 de maio de 2015. A Carteira Dinâmica apresentou valorização de 5,03% em abril, acumulando alta de 5,24% em 2015 A apresentou valorização de 5,03% em abril, acumulando alta de 5,24% em 2015 Período: 04/05 a 08/05 Com base em análises fundamentalistas, apresentamos alternativas de investimento no curto prazo. Acreditamos

Leia mais

Curitiba, 25 de agosto de 2010. SUBSÍDIOS À CAMPANHA SALARIAL COPEL 2010 DATA BASE OUTUBRO 2010

Curitiba, 25 de agosto de 2010. SUBSÍDIOS À CAMPANHA SALARIAL COPEL 2010 DATA BASE OUTUBRO 2010 Curitiba, 25 de agosto de 2010. SUBSÍDIOS À CAMPANHA SALARIAL COPEL 2010 DATA BASE OUTUBRO 2010 1) Conjuntura Econômica Em função dos impactos da crise econômica financeira mundial, inciada no setor imobiliário

Leia mais

Mais da metade dos brasileiros pagam compras com o cartão de crédito, principalmente roupas, calçados e eletrodomésticos

Mais da metade dos brasileiros pagam compras com o cartão de crédito, principalmente roupas, calçados e eletrodomésticos USO DO CARTÃO DE CRÉDITO Mais da metade dos brasileiros pagam compras com o cartão de crédito, principalmente roupas, calçados e eletrodomésticos Mais da metade dos brasileiros (53%) faz uso do cartão

Leia mais

Resumo dos resultados de pesquisa de mídia social

Resumo dos resultados de pesquisa de mídia social Resumo dos resultados de pesquisa de mídia social Introdução: Com a Web 2.0 e suas ferramentas interativas (blog, fórum, sites interativos, redes sociais, etc.) as pessoas criam conteúdo e informação de

Leia mais

Cenário positivo. Construção e Negócios - São Paulo/SP - REVISTA - 03/05/2012-19:49:37. Texto: Lucas Rizzi

Cenário positivo. Construção e Negócios - São Paulo/SP - REVISTA - 03/05/2012-19:49:37. Texto: Lucas Rizzi Cenário positivo Construção e Negócios - São Paulo/SP - REVISTA - 03/05/2012-19:49:37 Texto: Lucas Rizzi Crescimento econômico, redução da pobreza, renda em expansão e dois grandes eventos esportivos vindo

Leia mais

C&M CENÁRIOS 8/2013 CENÁRIOS PARA A ECONOMIA INTERNACIONAL E BRASILEIRA

C&M CENÁRIOS 8/2013 CENÁRIOS PARA A ECONOMIA INTERNACIONAL E BRASILEIRA C&M CENÁRIOS 8/2013 CENÁRIOS PARA A ECONOMIA INTERNACIONAL E BRASILEIRA HENRIQUE MARINHO MAIO DE 2013 Economia Internacional Atividade Econômica A divulgação dos resultados do crescimento econômico dos

Leia mais

FINANÇAS DOS CLUBES BRASILEIROS E VALOR DAS MARCAS DOS 17 CLUBES MAIS VALIOSOS DO BRASIL

FINANÇAS DOS CLUBES BRASILEIROS E VALOR DAS MARCAS DOS 17 CLUBES MAIS VALIOSOS DO BRASIL FINANÇAS DOS CLUBES BRASILEIROS E VALOR DAS MARCAS DOS 17 CLUBES MAIS VALIOSOS DO BRASIL edição 2012 Sumário Prefácio 5 Finanças dos clubes brasileiros 6 Receita total e 7 receita sem transferências de

Leia mais

Tema: O que, como, quando e quanto compra é o que precisamos entender. tomada de decisão do jovem na hora da compra.

Tema: O que, como, quando e quanto compra é o que precisamos entender. tomada de decisão do jovem na hora da compra. Radar Jovem 2015 Tema: Já sabemos que o jovem é um dos consumidores que mais possui poder aquisitivo do país*. O que, como, quando e quanto compra é o que precisamos entender agora. Nesse estudo iremos

Leia mais

PROJETO EXEMPLO. Os aparelhos de som compactos da Sonic. Situação do mercado. Situação do produto

PROJETO EXEMPLO. Os aparelhos de som compactos da Sonic. Situação do mercado. Situação do produto PROJETO EXEMPLO Os aparelhos de som compactos da Sonic Jane Melody é a gerente de produto da linha de aparelhos de som compactos da Sonic. Cada sistema consiste em um amplificador/rádio AM-FM, um aparelho

Leia mais

Transcrição da Teleconferência de Resultados do 2T14 Q&A SULAMÉRICA

Transcrição da Teleconferência de Resultados do 2T14 Q&A SULAMÉRICA Transcrição da Teleconferência de Resultados do 2T14 Q&A SULAMÉRICA Vamos agora iniciar a sessão de perguntas e repostas. Nossa primeira pergunta vem do Senhor do Bradesco. Por favor, você pode ir em frente.,

Leia mais

Instituto Assaf: nota de R$ 100 perde 80% do valor em 21 anos do Plano Real

Instituto Assaf: nota de R$ 100 perde 80% do valor em 21 anos do Plano Real Veículo: Acionista Data: 12/08/15 Instituto Assaf: nota de R$ 100 perde 80% do valor em 21 anos do Plano Real O Instituto Assaf realizou estudo sobre a perda de poder de compra do consumidor que deixa

Leia mais

O sucesso do comércio eletrônico depende tanto da infra-estrutura de negócio, quanto da infra-estrutura de tecnologia (Pickering, 2000).

O sucesso do comércio eletrônico depende tanto da infra-estrutura de negócio, quanto da infra-estrutura de tecnologia (Pickering, 2000). Comércio Eletrônico É a compra e a venda de informações, produtos e serviços por meio de redes de computadores. (Kalakota, 1997) É a realização de toda a cadeia de valor dos processos de negócios em um

Leia mais

oftware Totvs, Linx e Crivo foram os Destaques do Ano entre as empresas desenvolvedoras de software de grande, médio e pequeno portes, de acordo com

oftware Totvs, Linx e Crivo foram os Destaques do Ano entre as empresas desenvolvedoras de software de grande, médio e pequeno portes, de acordo com 73 oftware Totvs, Linx e Crivo foram os Destaques do Ano entre as empresas desenvolvedoras de software de grande, médio e pequeno portes, de acordo com os dados de balanço analisados pela equipe do Anuário

Leia mais

GUIa Prático para enfrentar a concorrência no e-commerce

GUIa Prático para enfrentar a concorrência no e-commerce GUIa Prático para enfrentar a concorrência no e-commerce Você é do tipo que quer arrancar os cabelos toda vez que um concorrente diminui o preço? Então você precisa ler este guia rápido agora mesmo. Aqui

Leia mais

Pequenos Negócios no Brasil. Especialistas em pequenos negócios / 0800 570 0800 / sebrae.com.br

Pequenos Negócios no Brasil. Especialistas em pequenos negócios / 0800 570 0800 / sebrae.com.br Pequenos Negócios no Brasil Pequenos Negócios no Brasil Clique no título para acessar o conteúdo, ou navegue pela apresentação completa Categorias de pequenos negócios no Brasil Micro e pequenas empresas

Leia mais