ENDOSCOPIA. ENDOSCOPIA- Histórico. ENDOSCOPIA Conceito: História da endoscopia. ENDOSCOPIA- Histórico

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ENDOSCOPIA. ENDOSCOPIA- Histórico. ENDOSCOPIA Conceito: História da endoscopia. ENDOSCOPIA- Histórico"

Transcrição

1 Tópicos em clínica médica de pequenos animais GASTROENTEROLOGIA ENDOSCOPIA ENDOSCOPIA NO DIAGNÓSTICO DE DOENÇAS DO TRATO GASTROINTESTINAL Endo interior Skopien olhar ou observar com um fim Franz Naoki Yoshitoshi 2010 ENDOSCOPIA Conceito: ENDOSCOPIA- Histórico Bozzini s lichtleiter End(o) + scop + ia = inspeção visual, através de equipamento próprio, de cavidade ou órgão cavitário do organismo. Permite também biópsia e intervenção cirúrgica na cavidade ou órgão sob exame. ENDOSCOPIA- Histórico Kussmaul- engolidores de espada 1879 Nitze 1º uso de telescópio óptico - cistoscopia Mikulicz 1902 George Kelling 1º relato de visibilização de cavidade abdominal em cão H.D. Jacobaeus termo laparoscopia e toracoscopia em humanos História da endoscopia 1928 George Wolf (óptico,berlin) 1932 aparelho semiflexível de Schindler-Wolf 1957 Curtiss e Hirschwitzfibroscopia gastrocâmerajaponeses cápsula endoscópica Notes (cirurgia endoscópica através de orifícios naturais) 1

2 Medicina veterinária Endoscopia digestiva alta (EDA ou EGD) 1902 George Kelling 1º relato de visibilização de cavidade abdominal em cão 1970 O brien trato respiratório inferior º relato de endoscopia do trato gastrointestinal Johnson & cols. Artroscopia rinoscopia Colonoscopia broncoscopia ENDOSCOPIA cistoscopia Toracoscopia Laparoscopia Vídeootoscopia vaginoscopia ENDOSCÓPIO RÍGIDO x FLEXÍVEL Monitor Fonte de luz xenonio - halógena Micro-câmera Video cassete Printer 2

3 Forceps para Endoscopia Flexível Anestesia... -uso de anestesia geral inalatória -controla o plano anestésico -evita o risco de mordedura do aparelho -decúbito lateral direita Esofago ENDOSCOPIA DO TRATO DIGESTIVO ESÔFAGO-GASTRODUODENOSCOPIA (EGD) COLONOSCOPIA Esofago Estomago Normal Edema (enantema) 3

4 Estomago Normal Duodeno Hiperemia Granuloso Endoscopia Digestiva Alta Queixas mais comuns: Ptialismo, Sialorréia, Regurgitação, Emese, Anorexia ou apetite voraz Dor abdominal epigástrica, Melena Disfagia Movimentos repetidos de deglutição sintomas respiratórios Perda de peso É realmente importante chegar no diagnóstico definitivo? Por quê? Diagnóstico mais preciso Tratamento eficaz Localizar e reconhecer o problema!! Utilizar exames complementares Doenças metabólicas? diabete, pancreatite, hepatite, colangite, hipoadrenocorticismo Parasitose? Doença infecciosa? Dieta? Obstrução? azotemia, 4

5 VOMITO Regurgitação Preparo Endoscopia Digestiva Alta OBSTRUÇÃO GASTRO-INTESTINAL DOENÇA INFLAMATÓRIA DOENÇA EXTRA-ALIMENTAR horas de jejum de sólido 3 4 horas de jejum líquido DIAGNOSTICO POR IMAGEM Exceção... Corpo Estranho VOMITO Regurgitação OBSTRUÇÃO GASTRO-INTESTINAL DIAGNOSTICO POR IMAGEM DOENÇA INFLAMATÓRIA CITOLOGIA -BIOPSIA CITOLOGIA -BIOPSIA TESTES SANGUINEOS Caso clínico reg DOENÇA EXTRA-ALIMENTAR TESTES SANGUINEOS Yorkshire, 1 ano 7 meses, macho Início súbito, dificuldade respiratória Engasgo, regurgitação Apetite preservado Sialorréia ENDOSCOPIA 5

6 Caso clínico Pinscher, F, 4 anos, I kg Tem apetite, dor a ingestão alimentar Rasgou o saco de lixo há 4 dias Inspeção de cavidade oral ndn Temperatura 40º C Hemograma leucocitose com desvio a esquerda Função renal e função hepática ndn Ultrasonografia abdominal ndn Radiografia torácica... ESTENOSE ESOFAGICA Imagens retiradas do livro Veterinary Endoscopy Tod Tams (1999) 6

7 Persistência de arco aórtico Imagens coletadas de livro Aneurisma- a. aorta NEOPLASIAS ESOFÁGICAS Neoplasia esofágica secundária Ca. Cel. Escamosa, fibrossarcoma Sarcoma associada a Spirocerca lupi Leiomiossarcoma, osteossarcoma Ca. indiferenciado Leiomiomas 80% com 17 a 18 anos..beagle ESOFAGO DIAGNÓSTICO Anormalidade em mucosa/ lumen C.E., esofagite, úlcera, ruptura Neoplasia, divertículo Arco aórtico Intussuscepção gastro-esofágica Hernia de hiato 7

8 Endoscopia Digestiva Alta Anatomia Endoscopica Estomago Vômito Melena VOMITOU? Erosão x Úlcera gástrica OBSTRUÇÃO GASTRO-INTESTINAL VOMITO DOENÇA INFLAMATÓRIA DOENÇA EXTRA-ALIMENTAR HCl Helicobacter spp. Pepsina AINEs / AAS Gastrina Integridade da mucosa DIAGNOSTICO POR IMAGM CITOLOGIA -BIOPSIA TESTES SANGUINEOS Barreira muco-bicarbonato Camada surfactante Epitélio de revestimento Fluxo sangüíneo 8

9 ULCERAS GÁSTRICAS Gastrite x Helicobacter sp Helicobacter spp Piloro Mucosa gástrica Teste de urease Fundo Úlcera OBSTRUÇÃO NO ESVAZIAMENTO GÁSTRICO Estávamos brincando com a bolinha, quando... Corpos estranhos Proliferação tecidual Inflamatório hipertrófico Neoplásico Torção gástrica 9

10 OBSTRUÇÃO NO ESVAZIAMENTO GÁSTRICO GASTROPATIA HIPERTROFICA PILÓRICA CRÔNICA NEOPLASIA GÁSTRICA Menos de 1% Acima de 6 anos (cães) Macho > Fêmea Cães Malignos (carcinomas e adenocarcinomas) Leiomioma Gatos Linfossarcoma (20-35% FeLV) Adenocarcinoma (raro) NEOPLASIA GÁSTRICA Principal sinal clínico: ANOREXIA O vômito pode ser observado em casos avançados. Algumas massas em estomago parecem com câncer mas não são. Alguns tipos de câncer (por ex. leiomiosarcoma) são potencialmente curáveis. GASTROSTOMIA PERCUTÂNEA ENDOSCÓPICA Disfagia Emese ou Regurgitação Anorexia Indicações Catabolismo acentuado Alterações digestivas ou absortivas Por Endoscopia 10

11 Duodenite Vantagens Desvantagens X Biópsia Biópsia endoscópica Biópsia cirúrgica Rápido, Multiplos fragmentos, Todas as camadas, Coleta de segmentos intestinais e outros órgãos Lesão extraluminal Massas focais perfuração Tempo cirúrgico Pós-operatório Deiscência Cursos Anclivepa-SP Cursos Anclivepa-SP 11

12 Principais Locais de Atendimento PROVET Divino Salvador, DOGNOSTIC Campo Belo, Belenzinho ANIMAL SCIENCE Santo André SCAN Campinas CALE Jundiaí EMBRAVET Santos INSTITUTO DOGBAKERY 9 de julho HOSP. VET. PRONTCÃO HOSP. VET. SANTA INÊS ZOOLAB Santo André MSN: Skype: franzyoshitoshi Imagem do livro Tod Tams gastroenterologia veterinária Estamos no twitter!! endoscopiaveterinaria 12

DIAGNÓSTICO POR IMAGEM. Radiografia simples e contrastada (sulfato de bário e iodinas) Endoscopia

DIAGNÓSTICO POR IMAGEM. Radiografia simples e contrastada (sulfato de bário e iodinas) Endoscopia AFECÇÕES CIRÚRGICAS DO ESÔFAGO Carmen Helena de Carvalho Vasconcellos DIAGNÓSTICO DA DOENÇA ESOFÁGICA SINAIS CLÍNICOS Regurgitação Disfagia, dificuldade de preensão Ptialismo Tosse, estertores Dispnéia

Leia mais

Distúrbios Gastrointetinais

Distúrbios Gastrointetinais Distúrbios Gastrointetinais Anatomia Gastrointestinal Doenças do tubo digestivo Patologias do Esôfago Classificação segundo o mecanismo da doença Anomalias do desenvolvimento (exs: Atresias; hérnias;estenoses)

Leia mais

RADIOLOGIA DO ESÔFAGO

RADIOLOGIA DO ESÔFAGO RADIOLOGIA DO ESÔFAGO Esofagograma : administração de substância com densidade diferente do órgão. São elas sulfato de bário (rotina) e soluções iodadas (casos de suspeita de ruptura) na dose de 2 a 6

Leia mais

COD PROTOCOLOS DE GASTROENTEROLOGIA

COD PROTOCOLOS DE GASTROENTEROLOGIA X COD PROTOCOLOS DE GASTROENTEROLOGIA ( ) 18.01 Abdome Agudo Diagnóstico (algoritmo) ( ) 18.02 Abdome Agudo Inflamatório Diagnóstico e Tratamento ( ) 18.03 Abdome Agudo na Criança ( ) 18.04 Abdome Agudo

Leia mais

8:00 Horas Sessão de Temas Livres concorrendo a Premiação. 8:30 8:45 INTERVALO VISITA AOS EXPOSITORES E PATROCINADORES.

8:00 Horas Sessão de Temas Livres concorrendo a Premiação. 8:30 8:45 INTERVALO VISITA AOS EXPOSITORES E PATROCINADORES. MAPA AUDITÓRIO ÓPERA DE ARAME (200 LUGARES) DOMINGO 02 DE AGOSTO DE 2015. 8:00 Horas Sessão de Temas Livres concorrendo a Premiação. 8:00 8:15 TEMA LIVRE SELECIONADO. 8:15 8:30 TEMA LIVRE SELECIONADO.

Leia mais

7º Imagem da Semana: Radiografia de Tórax

7º Imagem da Semana: Radiografia de Tórax 7º Imagem da Semana: Radiografia de Tórax Legenda da Imagem 1: Radiografia de tórax em incidência póstero-anterior Legenda da Imagem 2: Radiografia de tórax em perfil Enunciado: Homem de 38 anos, natural

Leia mais

I CURSO DE CONDUTAS MÉDICAS NAS INTERCORRÊNCIAS EM PACIENTES INTERNADOS

I CURSO DE CONDUTAS MÉDICAS NAS INTERCORRÊNCIAS EM PACIENTES INTERNADOS Emergência CT de Medicina I CURSO DE CONDUTAS MÉDICAS NAS INTERCORRÊNCIAS EM PACIENTES INTERNADOS CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA CREMEC/Conselho Regional de Medicina do Ceará Câmara Técnica de Medicina Intensiva

Leia mais

CORPO ESTRANHO NA VIA DIGETIVA EM CRIANÇAS JULIANA ALVES DE SOUSA CAIXETA

CORPO ESTRANHO NA VIA DIGETIVA EM CRIANÇAS JULIANA ALVES DE SOUSA CAIXETA CORPO ESTRANHO NA VIA DIGETIVA EM CRIANÇAS JULIANA ALVES DE SOUSA CAIXETA 80% < 3 anos Meninos > meninas Internação Mortalidade 10% Centers for Disease Control and Prevention (CDC)2006;55:1296 300. Moeda

Leia mais

Cancro Gástrico. Prevenção, Diagnóstico e Tratamento. Cancro Digestivo. 30 de Setembro 2006. Organização. Sponsor. Apoio.

Cancro Gástrico. Prevenção, Diagnóstico e Tratamento. Cancro Digestivo. 30 de Setembro 2006. Organização. Sponsor. Apoio. Organização Sponsor Cancro Gástrico Prevenção, Diagnóstico e Tratamento Apoio Secretariado Central Park R. Alexandre Herculano, Edf. 1-4º C 2795-240 Linda-a-Velha Telefones: 21 430 77 40/1/2/3/4 Fax: 21

Leia mais

A síndrome da obstrução piloroduodenal

A síndrome da obstrução piloroduodenal A síndrome da obstrução piloroduodenal QUADRO CLÍNICO Distensão e dor abdominal Náuseas Vômitos Perda do apetite Perda de peso Desidratação Oligúria Desequilíbrio hidro-eletrolítico A Estenose Piloroduodenal

Leia mais

Abordagem diagnóstica a casos oncológicos em Répteis. Filipe Martinho, DVM

Abordagem diagnóstica a casos oncológicos em Répteis. Filipe Martinho, DVM Abordagem diagnóstica a casos oncológicos em Répteis Filipe Martinho, DVM III Congresso OMV - Novembro 2012 Oncologia e Répteis Aparentemente casos oncológicos são raros; Em colecções zoológicas até 23%

Leia mais

DIVERTÍCULO DIVERTÍCULO VERDADEIRO FALSO Composto por todas as camadas da parede intestinal Não possui uma das porções da parede intestinal DIVERTICULOSE OU DOENÇA DIVERTICULAR Termos empregados para

Leia mais

14º Imagem da Semana: Cintilografia para pesquisa de mucosa gástrica ectópica

14º Imagem da Semana: Cintilografia para pesquisa de mucosa gástrica ectópica 14º Imagem da Semana: Cintilografia para pesquisa de mucosa gástrica ectópica Enunciado Paciente de 13 anos, sexo masculino, foi levado ao PA-HCUFMG queixando melena. Peso e estatura adequados para a idade

Leia mais

INGESTÃO DE CORPO ESTRANHO EM CÃES RELATO DE CASO FOREIGN BODY INGESTION IN DOGS CASE REPORT

INGESTÃO DE CORPO ESTRANHO EM CÃES RELATO DE CASO FOREIGN BODY INGESTION IN DOGS CASE REPORT INGESTÃO DE CORPO ESTRANHO EM CÃES RELATO DE CASO FOREIGN BODY INGESTION IN DOGS CASE REPORT PARRA, Thaís Carvalho better_than you @hotmail.com BERNO, Matheus D. B. matheus-berno@hotmail.com GUIMARÃES,

Leia mais

Linfomas gastrointestinais

Linfomas gastrointestinais Linfomas gastrointestinais Louise Gracielle de Melo e Costa R3 do Serviço de Patologia SAPC/HU-UFJF Introdução Linfomas extranodais: a maioria é de TGI. Ainda assim, linfomas primários gastrointestinais

Leia mais

Ótica nova e aperfeiçoada de aplicação universal para o consultório veterinário de animais de pequeno porte VET 16 7.0 07/2015-PT

Ótica nova e aperfeiçoada de aplicação universal para o consultório veterinário de animais de pequeno porte VET 16 7.0 07/2015-PT Ótica nova e aperfeiçoada de aplicação universal para o consultório veterinário de animais de pequeno porte VET 16 7.0 07/2015-PT Ótica de aplicação universal para o consultório veterinário de animais

Leia mais

PROVA TEÓRICO-PRÁTICA

PROVA TEÓRICO-PRÁTICA PROVA TEÓRICO-PRÁTICA 1. Na atresia de esôfago pode ocorrer fistula traqueoesofágica. No esquema abaixo estão várias opções possíveis. A alternativa indica a forma mais freqüente é: Resposta B 2. Criança

Leia mais

PATOLOGIAS DO SISTEMA DIGESTIVO, ÚLCERA PÉPTICA E GASTRITE

PATOLOGIAS DO SISTEMA DIGESTIVO, ÚLCERA PÉPTICA E GASTRITE PATOLOGIAS DO SISTEMA DIGESTIVO, ÚLCERA PÉPTICA E GASTRITE Como prevenir? Como diagnosticar? Como tratar? SISTEMA DIGESTIVO O sistema digestivo se estende da boca até o ânus. É responsável pela recepção

Leia mais

Infecções e inflamações do trato urinário, funçao sexual e reprodutiva Urologia Denny

Infecções e inflamações do trato urinário, funçao sexual e reprodutiva Urologia Denny DATA hora AULA PROGRAMADA Módulo PROFESSOR 25/10/2013 14:00-14:55 Abdome Agudo - inflamatório e obstrutivo Clínica Cirúrgica João Marcos 14:55-15:50 Abdome Agudo - perfurativo e vascular/hemorrágico Clínica

Leia mais

Especialização em SAÚDE DA FAMÍLIA. Caso complexo Sandra e Sofia. Fundamentação teórica Dor abdominal crônica na criança e no adolescente

Especialização em SAÚDE DA FAMÍLIA. Caso complexo Sandra e Sofia. Fundamentação teórica Dor abdominal crônica na criança e no adolescente Caso complexo Sandra e Sofia Especialização em Fundamentação teórica DOR ABDOMINAL CRÔNICA NA CRIANÇA E NO ADOLESCENTE Soraia Tahan É comum nos atendimentos pediátricos a associação da queixa de dor abdominal

Leia mais

CÂNCER GÁSTRICO PRECOCE

CÂNCER GÁSTRICO PRECOCE CÂNCER GÁSTRICO PRECOCE Hospital Municipal Cardoso Fontes Serviço de Cirurgia Geral Chefe do serviço: Dr. Nelson Medina Coeli Expositor: Dra. Ana Carolina Assaf 16/09/04 René Lambert DEFINIÇÃO Carcinoma

Leia mais

SERVIÇO DE GASTROENTEROLOGIA HOSPITAL UNIVERSITÁRIO PRESIDENTE DUTRA PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA

SERVIÇO DE GASTROENTEROLOGIA HOSPITAL UNIVERSITÁRIO PRESIDENTE DUTRA PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA HOSPITAL UNIVERSITÁRIO PRESIDENTE DUTRA PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA Coordenador: Arnaldo de Jesus Dominici Adalgisa de Sousa Paiva Ferreira INTRODUÇÃO A Residência Médica é uma modalidade de ensino de

Leia mais

12 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS MÉDICO ENDOSCOPIA

12 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS MÉDICO ENDOSCOPIA 12 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS MÉDICO ENDOSCOPIA QUESTÃO 21 A Hemorragia digestiva é uma complicação da Moléstia Diverticular dos Cólons. Assim é ERRADO afirmar: a) O tratamento das enfermidades

Leia mais

A Gastroenterologia Visão e perspectivas atuais

A Gastroenterologia Visão e perspectivas atuais A Gastroenterologia Visão e perspectivas atuais A opção pela Gastroenterologia 23 Sociedades Federadas Regionais 54 Serviços de Gastroenterologia reconhecidos e aprovadas pelo MEC 1986 Sede do VI Congresso

Leia mais

02 DE AGOSTO DE 2015 (DOMINGO)

02 DE AGOSTO DE 2015 (DOMINGO) 02 DE AGOSTO DE 2015 (DOMINGO) Horário Programação 8:00: 08:30 Sessão de Temas Livres concorrendo a Premiação. Procedimentos Robóticos em Cirurgia abdominal 8:45-9:00 Cirurgia Robótica das afecções do

Leia mais

FUNDAMENTOS DE ENFERMAGEM II. Nutrição Enteral Profª.Enfª:Darlene Carvalho

FUNDAMENTOS DE ENFERMAGEM II. Nutrição Enteral Profª.Enfª:Darlene Carvalho FUNDAMENTOS DE ENFERMAGEM II Nutrição Enteral Profª.Enfª:Darlene Carvalho NUTRIÇÃO ENTERAL INDICAÇÕES: Disfagia grave por obstrução ou disfunção da orofaringe ou do esôfago, como megaesôfago chagásico,

Leia mais

Aulas teórica s PROFESSOR DATA HORA AULA PROGRAMADA MÓDULO. Sessão Avaliação ED Supervisão TOTAL

Aulas teórica s PROFESSOR DATA HORA AULA PROGRAMADA MÓDULO. Sessão Avaliação ED Supervisão TOTAL DATA HORA AULA PROGRAMADA MÓDULO PROFESSOR Aulas teórica s Amb. Sessão Avaliação ED Supervisão TOTAL 13:15 Abdome Agudo - inflamatório e obstrutivo Clínica Cirúrgica João Marcos 24/7/2015 Abdome Agudo

Leia mais

DOENÇA INFLAMATÓRIA INTESTINAL. Profª. Thais de A. Almeida Aula 21/05/13

DOENÇA INFLAMATÓRIA INTESTINAL. Profª. Thais de A. Almeida Aula 21/05/13 DOENÇA INFLAMATÓRIA INTESTINAL Profª. Thais de A. Almeida Aula 21/05/13 Doença Inflamatória Intestinal Acometimento inflamatório crônico do TGI. Mulheres > homens. Pacientes jovens (± 20 anos). Doença

Leia mais

Abordagem Diagnóstica e Terapêutica da Diabete Melito Não Complicada em Cães

Abordagem Diagnóstica e Terapêutica da Diabete Melito Não Complicada em Cães Abordagem Diagnóstica e Terapêutica da Diabete Melito Não Complicada em Cães Cecilia Sartori Zarif Residente em Clínica e Cirurgia de Pequenos Animais da UFV Distúrbio do Pâncreas Endócrino Diabete Melito

Leia mais

PROVA ESPECÍFICA Cargo 61

PROVA ESPECÍFICA Cargo 61 11 PROVA ESPECÍFICA Cargo 61 QUESTÃO 26 São contra-indicações absolutas da Endoscopia Digestiva Alta, EXCETO: a) Gravidez. b) Intolerância do paciente. c) Perfuração de víscera suspeita. d) Perfuração

Leia mais

RADIOGRAFIA ABDOMINAL. Profª Drª Naida Cristina Borges

RADIOGRAFIA ABDOMINAL. Profª Drª Naida Cristina Borges RADIOGRAFIA ABDOMINAL Profª Drª Naida Cristina Borges Produção de Radiografias Diagnósticas Preparo adequado jejum/enema Pausa da inspiração evita o agrupamento das vísceras Indicações para a Radiologia

Leia mais

Será que égastrite? Luciana Dias Moretzsohn Faculdade de Medicina da UFMG

Será que égastrite? Luciana Dias Moretzsohn Faculdade de Medicina da UFMG Será que égastrite? Luciana Dias Moretzsohn Faculdade de Medicina da UFMG Sintomas Dor na região do estômago Estômago estufado Empanzinamento Azia Arrotos frequentes Cólica na barriga Vômitos e náusea

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI CAMPUS CENTRO OESTE Planilha de aulas - Internato em Cirurgia 1º semestre de 2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI CAMPUS CENTRO OESTE Planilha de aulas - Internato em Cirurgia 1º semestre de 2015 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI CAMPUS CENTRO OESTE Planilha de aulas - Internato em Cirurgia 1º semestre de 2015 DATA SALA HORA AULA PROGRAMADA MÓDULO PROFESSOR 6/2/2015 102. D 13:15-14:10 Tratamento

Leia mais

Aparelho Gastrointestinal Dor Abdominal Aguda

Aparelho Gastrointestinal Dor Abdominal Aguda Aparelho Gastrointestinal Dor Abdominal Aguda Dor abdominal Difusa Localizada Abdome agudo Sem abdome agudo Exames específicos Tratamento específico Estabilizar paciente (vide algoritmo específico) Suspeita

Leia mais

Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva

Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Orientação para pacientes com Doença do Refluxo Gastroesofágico. O Que é Doença do Refluxo? Nas pessoas normais, o conteúdo do estômago (comida ou acido clorídrico)

Leia mais

ANTONIO JAVIER SALÁN MARCOS GASTROENTEROLOGISTA - CIRURGIÃO MÉDICO DO TRABALHO PERITO ASSISTENTE

ANTONIO JAVIER SALÁN MARCOS GASTROENTEROLOGISTA - CIRURGIÃO MÉDICO DO TRABALHO PERITO ASSISTENTE XVII CONGRESSO BRASILEIRO DE PERÍCIA MÉDICA COLÓQUIO - PERGUNTE AO ESPECIALISTA GASTROENTEROLOGISTA ANTONIO JAVIER SALÁN MARCOS GASTROENTEROLOGISTA - CIRURGIÃO MÉDICO DO TRABALHO PERITO ASSISTENTE GASTROENTEROLOGIA

Leia mais

Solicitante: Marly Gonçalves Pinto - PJPI 3998-2 - Oficial de Apoio Judicial B - Escrivã Judicial da Comarca de Cláudio/MG.

Solicitante: Marly Gonçalves Pinto - PJPI 3998-2 - Oficial de Apoio Judicial B - Escrivã Judicial da Comarca de Cláudio/MG. NOTA TÉCNICA 91/2013 Data: 12/06/2013 Medicamento x Material Procedimento Cobertura Solicitante: Marly Gonçalves Pinto - PJPI 3998-2 - Oficial de Apoio Judicial B - Escrivã Judicial da Comarca de Cláudio/MG.

Leia mais

Intolerâncias Alimentares Distúrbios da Deglutição

Intolerâncias Alimentares Distúrbios da Deglutição Intolerâncias Alimentares Distúrbios da Deglutição Intolerâncias Alimentares Alergias alimentares Intolerâncias metabólicas Reações farmacológicas Erros congênitos do metabolismo Alergia alimentar Mediada

Leia mais

CIRURGIA TORÁCICA Prof. André Lacerda de Abreu Oliveira- MV, Msc,PhD Prof. de Cirurgia da UENF INTRODUÇÃO

CIRURGIA TORÁCICA Prof. André Lacerda de Abreu Oliveira- MV, Msc,PhD Prof. de Cirurgia da UENF INTRODUÇÃO Page 1 of 6 CIRURGIA TORÁCICA Prof. André Lacerda de Abreu Oliveira- MV, Msc,PhD Prof. de Cirurgia da UENF INTRODUÇÃO A cirurgia torácica em pequenos animais não tem sido realizada com rotina na prática

Leia mais

Subespecialidade de Gastrenterologia Pediátrica conteúdo funcional, formação e titulação

Subespecialidade de Gastrenterologia Pediátrica conteúdo funcional, formação e titulação Subespecialidade de Gastrenterologia Pediátrica conteúdo funcional, formação e titulação 1. Tipo de trabalho e responsabilidades principais O Gastrenterologista Pediátrico é um médico com formação em Pediatria

Leia mais

Anatomia. Fisiologia. Patogenia: Manifestações clínicas. 14. Semiologia gástrica

Anatomia. Fisiologia. Patogenia: Manifestações clínicas. 14. Semiologia gástrica 14. Semiologia gástrica Anatomia Fisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina. Fases da secreção ácida: cefálica,

Leia mais

Universidade Federal de Pernambuco Processos Patológicos Gerais PPG Centro de Ciências Sociais - CCS

Universidade Federal de Pernambuco Processos Patológicos Gerais PPG Centro de Ciências Sociais - CCS Universidade Federal de Pernambuco Processos Patológicos Gerais PPG Centro de Ciências Sociais - CCS É um processo inflamatório agudo da mucosa, geralmente de natureza transitória. A inflamação pode ser

Leia mais

Mariana Reis Liparizi

Mariana Reis Liparizi Mariana Reis Liparizi Atinge principalmente a população infantil, vítima de ingestão acidental, e os adolescentes e adultos, devido tentativa de auto-extermínio. Nos adultos, as lesões são frequentemente

Leia mais

DISCIPLINA DE RADIOLOGIA UFPR

DISCIPLINA DE RADIOLOGIA UFPR DISCIPLINA DE RADIOLOGIA UFPR MÓDULO ABDOME AULA 2 AVALIAÇÃO INTESTINAL POR TC E RM Prof. Mauricio Zapparoli Neste texto abordaremos protocolos de imagem dedicados para avaliação do intestino delgado através

Leia mais

PATOLOGIAS DO TRACTO GASTROINTESTINAL. Mª Cristina Marques 2008

PATOLOGIAS DO TRACTO GASTROINTESTINAL. Mª Cristina Marques 2008 PATOLOGIAS DO TRACTO GASTROINTESTINAL Mª Cristina Marques 2008 ORGÃOS DO ORGÃOS DO TUBO DIGESTIVO APARELHO GASTRO INTESTINAL CONSTITUIÇÃO DA PAREDE DOS ORGÃOS DO TRACTO GASTROINTESTINAL DOENÇAS DO TUBO

Leia mais

TUMORES DA VESÍCULA E VIAS BILIARES. Dr. Francisco R. de Carvalho Neto

TUMORES DA VESÍCULA E VIAS BILIARES. Dr. Francisco R. de Carvalho Neto TUMORES DA VESÍCULA E VIAS BILIARES Dr. Francisco R. de Carvalho Neto TUMORES BENIGNOS ( classificação de Christensen & Ishate A) TUMORES BENIGNOS VERDADEIROS 1) De origem epitelial adenoma papilar ( papiloma)

Leia mais

Caso Clínico. Andrea Canelas

Caso Clínico. Andrea Canelas Caso Clínico Andrea Canelas 28-06 06-2006 Identificação Sexo: Idade: 79 anos Raça: a: Caucasiana Naturalidade: Coimbra História da doença a actual Seguida na consulta de Gastro desde Novembro de 2005:

Leia mais

ANEXO 2: Exemplos de questões e percentual de erro dos participantes

ANEXO 2: Exemplos de questões e percentual de erro dos participantes ANEXO 2: Exemplos de questões e percentual de erro dos participantes Situação/problema Criança com desidratação e diarreia Um menino com 6 anos de idade e com peso de 18 kg, desenvolve quadro de desidratação

Leia mais

Diagnóstico do câncer

Diagnóstico do câncer UNESC FACULDADES ENFERMAGEM - ONCOLOGIA FLÁVIA NUNES Diagnóstico do câncer Evidenciado: Investigação diagnóstica por suspeita de câncer e as intervenções de enfermagem no cuidado ao cliente _ investigação

Leia mais

Centro Médico. Plínio de Mattos Pessoa

Centro Médico. Plínio de Mattos Pessoa Centro Médico O seu médico recomendou uma cirurgia para tratar doença do refluxo gastroesofágico. Mas o que isso realmente significa? Seu diafragma é um músculo que separa o tórax de seu abdômen e o ajuda

Leia mais

CONSULTA EM GASTROENTEROLOGIA CÓDIGO SIA/SUS: 03.01.01.007-2

CONSULTA EM GASTROENTEROLOGIA CÓDIGO SIA/SUS: 03.01.01.007-2 CONSULTA EM GASTROENTEROLOGIA CÓDIGO SIA/SUS: 03.01.01.007-2 INDICAÇÕES: 1. DISPEPSIA OU DOENÇA DO REFLUXO 2. DIARRÉIA CRÔNICA 3. PANCREATITE CRÔNICA 4. NÓDULOS SÓLIDOS OU CÍSTICOS NO PÂNCREAS 5. FALHA

Leia mais

rgica Cuidados de enfermagem à pessoa com problemas de saúde com relevância para a prática de enfermagem cirúrgica

rgica Cuidados de enfermagem à pessoa com problemas de saúde com relevância para a prática de enfermagem cirúrgica Cuidados de enfermagem à pessoa com problemas de saúde com relevância para a prática de enfermagem cirúrgica rgica 1.2 - INTERVENÇÕES DE ENFERMAGEM À PESSOA COM PROBLEMAS DE SAÚDE AO NÍVEL DO SISTEMA GASTROINTESTINAL

Leia mais

CONTRATO PARA PROCEDIMENTO BALÃO INTRAGÁSTRICO

CONTRATO PARA PROCEDIMENTO BALÃO INTRAGÁSTRICO CONTRATO PARA PROCEDIMENTO BALÃO INTRAGÁSTRICO São Paulo, de DE 2013 Este contrato preza a prestação de serviço médico para procedimento do BALÃO INTRAGÁSTRICO (BIB) onde o contratante, Sr(a). fulano de

Leia mais

INTRODUÇÃO À PATOLOGIA Profª. Thais de A. Almeida

INTRODUÇÃO À PATOLOGIA Profª. Thais de A. Almeida INTRODUÇÃO À PATOLOGIA Profª. Thais de A. Almeida DEFINIÇÃO: Pathos: doença Logos: estudo Estudo das alterações estruturais, bioquímicas e funcionais nas células, tecidos e órgãos visando explicar os mecanismos

Leia mais

Raniê Ralph Semiologia 2

Raniê Ralph Semiologia 2 06 de Agosto de 2007. Professor Luiz Sérgio Emery. Hemorragia Digestiva Evolução 75% cessam espontaneamente. 25% persistem ou recorrem. 10% a 30% de morte. Trata-se de uma doença grave. Epidemiologia 10%

Leia mais

Dispepsia Resumo de diretriz NHG M36 (terceira revisão, janeiro 2013)

Dispepsia Resumo de diretriz NHG M36 (terceira revisão, janeiro 2013) Dispepsia Resumo de diretriz NHG M36 (terceira revisão, janeiro 2013) Mattijs Numans, Niek de Wit, Jos Dirven, Corien Heemstra-Borst, Gerard Hurenkamp, Mieke Scheele, Jako Burgers, Roeland Geijer, Egbert

Leia mais

Cápsula Endoscópica e Enteroscopia

Cápsula Endoscópica e Enteroscopia Cápsula Endoscópica e Enteroscopia Cristiane Boé Residente de 4 Ano Disciplina de Gastroenterologia Pediátrica Escola Paulista de Medicina - UNIFESP Introdução O intestino delgado tem sido historicamente

Leia mais

Neoplasias Gástricas. Pedro Vale Bedê

Neoplasias Gástricas. Pedro Vale Bedê Neoplasias Gástricas Pedro Vale Bedê Introdução 95% dos tumores gástricos são malignos 95% dos tumores malignos são adenocarcinomas Em segundo lugar ficam os linfomas e em terceiro os leiomiosarcomas Ate

Leia mais

Algoritmo de Investigação Emagrecimento

Algoritmo de Investigação Emagrecimento 2012 5 de Maio Sábado Algoritmo de Investigação Emagrecimento Alice Gonçalves Lígia Peixoto Manuel Ferreira Gomes Perda ponderal Fisiopatologia: aporte energético, consumo energético Epidemiologia (Meltzer

Leia mais

TÉCNICA CIRÚRGICA DE ESOFAGOTOMIA E ESOFAGOSTOMIA EM PEQUENOS ANIMAIS

TÉCNICA CIRÚRGICA DE ESOFAGOTOMIA E ESOFAGOSTOMIA EM PEQUENOS ANIMAIS TÉCNICA CIRÚRGICA DE ESOFAGOTOMIA E ESOFAGOSTOMIA EM PEQUENOS ANIMAIS LEOPOLDINO, Danielly Cristina de Castro CORTE, Gustavo Correa Discentes da Faculdade de Medicina Veterinária de Garça FAMED danyccl@yahoo.com.br

Leia mais

Oferecemos uma ampla gama de tratamentos entre os que podemos destacar:

Oferecemos uma ampla gama de tratamentos entre os que podemos destacar: A cirurgia endovascular agrupa uma variedade de técnicas minimamente invasivas mediante as quais CIRURGIA ENDOVASCULAR = CIRURGIA SEM CORTES! Técnicas Minimamente Invasivas As técnicas de cirurgia endovascular

Leia mais

Introdução. Metabolismo dos pigmentos biliares: Hemoglobina Biliverdina Bilirrubina Indireta (BI) ou nãoconjugada

Introdução. Metabolismo dos pigmentos biliares: Hemoglobina Biliverdina Bilirrubina Indireta (BI) ou nãoconjugada Introdução Metabolismo dos pigmentos biliares: Hemoglobina Biliverdina Bilirrubina Indireta (BI) ou nãoconjugada BI + Albumina Hepatócitos Bilirrubina Direta (BD) ou conjugada Canalículos biliares Duodeno

Leia mais

Câncer de Pulmão. Prof. Dr. Luis Carlos Losso Medicina Torácica Cremesp 18.186

Câncer de Pulmão. Prof. Dr. Luis Carlos Losso Medicina Torácica Cremesp 18.186 Câncer de Pulmão Todos os tipos de câncer podem se desenvolver em nossas células, as unidades básicas da vida. E para entender o câncer, precisamos saber como as células normais tornam-se cancerosas. O

Leia mais

7ª Reunião Luso-Galaica de Endocrinologia, Diabetes e Metabolismo. Caso Clínico. Hospital de Braga

7ª Reunião Luso-Galaica de Endocrinologia, Diabetes e Metabolismo. Caso Clínico. Hospital de Braga 7ª Reunião Luso-Galaica de Endocrinologia, Diabetes e Metabolismo Hospital de Braga Serviço de Cirurgia Director: Dr. Mesquita Rodrigues Sónia Ribas 12 de Dezembro F.C.R, sexo masculino, 69 anos Antecedentes

Leia mais

18/9/2014 DISTÚRBIOS GÁSTRICOS, ESOFÁGICOS E INTESTINAIS GASTRITE AGUDA GASTRITE CRÔNICA - TIPO A - TIPO B GASTRITE AGUDA

18/9/2014 DISTÚRBIOS GÁSTRICOS, ESOFÁGICOS E INTESTINAIS GASTRITE AGUDA GASTRITE CRÔNICA - TIPO A - TIPO B GASTRITE AGUDA UNESC ENFERMAGEM SAÚDE DO ADULTO PROFª: FLÁVIA NUNES DISTÚRBIOS GÁSTRICOS, ESOFÁGICOS E INTESTINAIS TIPOS DE GASTRITE GASTRITE AGUDA GASTRITE AGUDA GASTRITE CRÔNICA - TIPO A - TIPO B É uma inflamação da

Leia mais

Hipertrofia Muscular Idiopática Tratada Com Transposição Gástrica Completa. Relato de Caso e Revisão da Literatura

Hipertrofia Muscular Idiopática Tratada Com Transposição Gástrica Completa. Relato de Caso e Revisão da Literatura UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO Hipertrofia Muscular Idiopática Tratada Com Transposição Gástrica Completa. Relato de Caso e Revisão da Literatura Serviço de Cirurgia Pediátrica IPPMG/UFRJ Douglas

Leia mais

CIRURGIA DO ESTÔMAGO. Carmen Helena de Carvalho Vasconcellos

CIRURGIA DO ESTÔMAGO. Carmen Helena de Carvalho Vasconcellos CIRURGIA DO Carmen Helena de Carvalho Vasconcellos CIRURGIA DO CUIDADOS ESPECIAIS Presença de vômito desidratação, desequilíbrio eletrolítico e ácido-básico Hematemese ulceração ou úlcera gástrica Pneumonia

Leia mais

Especialização em SAÚDE DA FAMÍLIA. Caso complexo Natasha. Fundamentação teórica Dispepsia

Especialização em SAÚDE DA FAMÍLIA. Caso complexo Natasha. Fundamentação teórica Dispepsia Caso complexo Natasha Especialização em Fundamentação teórica DISPEPSIA Vinícius Fontanesi Blum Os sintomas relacionados ao trato digestivo representam uma das queixas mais comuns na prática clínica diária.

Leia mais

Doença do Refluxo Gastroesofágico o que significa?

Doença do Refluxo Gastroesofágico o que significa? Hérnia de Hiato e Refluxo Gastroesofágico. Atualmente cresce o número de pessoas que estão apresentando sintomas relativas ao aparelho digestivo, como má digestão ou sensação de queimação no estômago entre

Leia mais

Como escolher um método de imagem? - Dor abdominal. Aula Prá:ca Abdome 1

Como escolher um método de imagem? - Dor abdominal. Aula Prá:ca Abdome 1 Como escolher um método de imagem? - Dor abdominal Aula Prá:ca Abdome 1 Obje:vos Entender como decidir se exames de imagem são necessários e qual o método mais apropriado para avaliação de pacientes com

Leia mais

SISTEMATIZAÇÃO DA ANÁLISE ANÁTOMO-PATOLÓGICA NO CÂNCER GÁSTRICO. Luíse Meurer

SISTEMATIZAÇÃO DA ANÁLISE ANÁTOMO-PATOLÓGICA NO CÂNCER GÁSTRICO. Luíse Meurer SISTEMATIZAÇÃO DA ANÁLISE ANÁTOMO-PATOLÓGICA NO CÂNCER GÁSTRICO Luíse Meurer MANEJO DO CÂNCER GÁSTRICO: PAPEL DO PATOLOGISTA prognóstico Avaliação adequada necessidade de tratamentos adicionais MANEJO

Leia mais

5.1 Doenças do esôfago: acalasia, esofagite, hérnia hiatal, câncer de cabeça e pescoço, câncer de esôfago, cirurgias

5.1 Doenças do esôfago: acalasia, esofagite, hérnia hiatal, câncer de cabeça e pescoço, câncer de esôfago, cirurgias MÓDULO I NUTRIÇÃO CLÍNICA 1-Absorção, digestão, energia, água e álcool 2-Vitaminas e minerais 3-Proteínas, lipídios, carboidratos e fibras 4-Cálculo das necessidades energéticas 5-Doenças do aparelho digestivo

Leia mais

OBJETIVOS GERAIS OBJETIVOS ESPECÍFICOS

OBJETIVOS GERAIS OBJETIVOS ESPECÍFICOS OBJETIVOS GERAIS O Programa de Residência Médica opcional de Videolaparoscopia em Cirurgia do Aparelho Digestivo (PRMCAD) representa modalidade de ensino de Pós Graduação visando ao aperfeiçoamento ético,

Leia mais

TUMORES DA FARINGE SERVIÇO DE CABEÇA E PESCOÇO HUWC

TUMORES DA FARINGE SERVIÇO DE CABEÇA E PESCOÇO HUWC TUMORES DA FARINGE SERVIÇO DE CABEÇA E PESCOÇO HUWC Mário Sérgio Rocha Macêdo TUMORES DA FARINGE Embriologia e Anatomia Embrião 4 semanas Faringe Embrionária TUMORES DA FARINGE Embriologia e Anatomia TUMORES

Leia mais

Faculdade de Medicina da Universidade do Porto Biopatologia 2006/2007 16º Seminário: 14/02/07. Cancro e lesões pré-cancerosas do esófago e do estômago

Faculdade de Medicina da Universidade do Porto Biopatologia 2006/2007 16º Seminário: 14/02/07. Cancro e lesões pré-cancerosas do esófago e do estômago Faculdade de Medicina da Universidade do Porto Biopatologia 2006/2007 16º Seminário: 14/02/07 Cancro e lesões pré-cancerosas do esófago e do estômago O esófago junta-se ao estômago no cárdia, constituindo

Leia mais

Imagem da Semana: Radiografia e tomografia computadorizada (TC)

Imagem da Semana: Radiografia e tomografia computadorizada (TC) Imagem da Semana: Radiografia e tomografia computadorizada (TC) Figura 1: Radiografia de abdome em incidência anteroposterior, em ortostatismo (à esquerda) e decúbito dorsal (à direita) Figura 2: Tomografia

Leia mais

Gastroenteroanastomose

Gastroenteroanastomose HM Cardoso Fontes Serviço o de Cirurgia Geral Sessão Clínica 31/03/05 Gastroenteroanastomose em Tumores Irressecáveis de Cabeça de Pâncreas Diego Teixeira Alves Rangel Estatísticas HM Cardoso Fontes Johns

Leia mais

São Paulo, 12 e 13 de 2008

São Paulo, 12 e 13 de 2008 São Paulo, 12 e 13 de 2008 Uma realidade do Mercado Os 10 (dez) primeiros produtos com patentes vendem, mundialmente, 37 bilhões de dólares * O Brasil vende, de todos os produtos, 6 bilhões de dólares

Leia mais

Principal função exócrina = produção, secreção e estoque de enzimas digestivas (gordura, proteínas e polissacarideos) Cães: Possuem dois ductos

Principal função exócrina = produção, secreção e estoque de enzimas digestivas (gordura, proteínas e polissacarideos) Cães: Possuem dois ductos Principal função exócrina = produção, secreção e estoque de enzimas digestivas (gordura, proteínas e polissacarideos) Cães: Possuem dois ductos pancreáticos (principal e acessório) Gatos: Ducto biliar

Leia mais

Programação Preliminar do 41 Curso de Atualização em Cirurgia do Aparelho Digestivo, Coloproctologia e Transplantes de Órgãos do Aparelho Digestivo

Programação Preliminar do 41 Curso de Atualização em Cirurgia do Aparelho Digestivo, Coloproctologia e Transplantes de Órgãos do Aparelho Digestivo Programação Preliminar do 41 Curso de Atualização em Cirurgia do Aparelho Digestivo, Coloproctologia e Transplantes de Órgãos do Aparelho Digestivo Cirurgia do Esôfago Painel de perguntas e filmes cirúrgicos

Leia mais

AFECÇÕES TORÁCICAS CIRÚRGICAS EM PEDIATRIA

AFECÇÕES TORÁCICAS CIRÚRGICAS EM PEDIATRIA AFECÇÕES TORÁCICAS CIRÚRGICAS EM PEDIATRIA Diafragma Hérnia diafragmática o Hérnia de Bochdalek o Hérnia de Morgagni o Hérnia do hiato esofágico o Hérnia traumática Eventração ou elevação Ausência congênita

Leia mais

NEOPLASIA DE CÓLON: UMA ANÁLISE DA PREVALÊNCIA E TAXA DE MORTALIDADE NO PERÍODO DE 1998 A 2010 NO BRASIL

NEOPLASIA DE CÓLON: UMA ANÁLISE DA PREVALÊNCIA E TAXA DE MORTALIDADE NO PERÍODO DE 1998 A 2010 NO BRASIL 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 NEOPLASIA DE CÓLON: UMA ANÁLISE DA PREVALÊNCIA E TAXA DE MORTALIDADE NO PERÍODO DE 1998 A 2010 NO BRASIL Camila Forestiero 1 ;Jaqueline Tanaka 2 ; Ivan

Leia mais

FUNDAMENTOS DA NUTRIÇÃO CLÍNICA E COLETA FUNDAMENTOS DA NUTRIÇÃO CLÍNICA E COLETIVA

FUNDAMENTOS DA NUTRIÇÃO CLÍNICA E COLETA FUNDAMENTOS DA NUTRIÇÃO CLÍNICA E COLETIVA FUNDAMENTOS DA NUTRIÇÃO CLÍNICA E COLETA FUNDAMENTOS DA NUTRIÇÃO CLÍNICA E COLETIVA Graduação 1 FUNDAMENTOS DA NUTRIÇÃO CLÍNICA E COLETIVA UNIDADE 4 ALIMENTAÇÃO ENTERAL Nesta unidade você irá estudar as

Leia mais

Pâncreas. Pancreatite aguda. Escolha uma das opções abaixo para ler mais detalhes.

Pâncreas. Pancreatite aguda. Escolha uma das opções abaixo para ler mais detalhes. Pâncreas Escolha uma das opções abaixo para ler mais detalhes. Pancreatite aguda Pancreatite crônica Cistos pancreáticos Câncer de Pancrêas Pancreatite aguda O pâncreas é um órgão com duas funções básicas:

Leia mais

EDITAL DO CONCURSO PARA CURSO DE CAPACITAÇÃO PLENA E COMPLEMENTAR EM ENDOSCOPIA DIGETIVA

EDITAL DO CONCURSO PARA CURSO DE CAPACITAÇÃO PLENA E COMPLEMENTAR EM ENDOSCOPIA DIGETIVA CONCURSO SELEÇÃO DE MÉDICOS CANDIDATOS AO ESTÁGIO EM ENDOSCOPIA DIGESTIVA /2014 SED-CHD-IBP-HGRS SERVIÇO DE ENDOSCOPIA DIGESTIVA E CENTRO DE HEMORRAGIA DIGESTIVA PROF. DR. IGELMAR BARRETO PAES DO HOSPITAL

Leia mais

SPDM para o Desenvolvimento da Medicina AssociaÅÇo Paulista PROCTOLOGIA

SPDM para o Desenvolvimento da Medicina AssociaÅÇo Paulista PROCTOLOGIA HEMORRÓIDAS: PROCTOLOGIA DilataÅÉes varicosas dos plexos artñrio-venosos hemorroidörios situados na regiço anorretal, causadas por aumento na pressço hidrostötica no plexo venoso hemorroidörio. Podem ser

Leia mais

6/12/2010. Difícil deglutição. Causas. Exame físico. Exames radiográficos. Eliminação passiva. Bucal preensão e mastigação. Faringe deglutição

6/12/2010. Difícil deglutição. Causas. Exame físico. Exames radiográficos. Eliminação passiva. Bucal preensão e mastigação. Faringe deglutição Disfagia Disfagia e regurgitação Difícil deglutição Bucal preensão e mastigação Faringe deglutição Curso de gastroenterologia de pequenos animais Profa. Dra. Joice Lara Maia Faria Universidade de Uberaba

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE Projetos de pesquisa. Patologia. Epidemiologia. Trato gastrointestinal.

PALAVRAS-CHAVE Projetos de pesquisa. Patologia. Epidemiologia. Trato gastrointestinal. 13. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( X) SAÚDE

Leia mais

TUMORES BENIGNOS DOS OVARIOS. Pedro Cordeiro de Sá Filho

TUMORES BENIGNOS DOS OVARIOS. Pedro Cordeiro de Sá Filho TUMORES BENIGNOS DOS OVARIOS Pedro Cordeiro de Sá Filho Videoendoscopia Ginecológica Retorno as atividades Tempo cirúrgico Complicações Custos Cirurgia convencional X Videolaparoscopia Estética Pós-operatório

Leia mais

Dor abdominal: entenda as causas, tipos de dor e tratamentos

Dor abdominal: entenda as causas, tipos de dor e tratamentos Dor abdominal: entenda as causas, tipos de dor e tratamentos Conheça as doenças mais comumente relacionadas ao sintoma e como identificar Quando falamos em dor abdominal, muitos podem pensar que ela se

Leia mais

DOR ABDOMINAL. Intensidade Localização Freqüência Irradiação Duração e tipo Sinais e sintomas associados Fatores de exacerbação ou de Melhora

DOR ABDOMINAL. Intensidade Localização Freqüência Irradiação Duração e tipo Sinais e sintomas associados Fatores de exacerbação ou de Melhora DOR ABDOMINAL Intensidade Localização Freqüência Irradiação Duração e tipo Sinais e sintomas associados Fatores de exacerbação ou de Melhora DOR ABDOMINAL Diagnóstico: História Clinica Exame Físico Avaliação

Leia mais

UNIC Universidade de Cuiabá NEOPLASIAS CMF IV

UNIC Universidade de Cuiabá NEOPLASIAS CMF IV UNIC Universidade de Cuiabá NEOPLASIAS CMF IV Aspectos Morfológicos das Neoplasias DEFINIÇÕES Neoplasia Tumor Câncer Inflamação/Neoplasia Termo comum a todos tumores malignos. Derivado do grego Karkinos

Leia mais

Perda da uniformidade nas células e desarranjo estrutural tecidual

Perda da uniformidade nas células e desarranjo estrutural tecidual .Leucoplasia: (grego: leuco = branco - plasis = formação) Transformação metaplásica do epitélio escamoso estratificado não ceratinizado consistindo em aumento das camadas de ceratina. Exemplos: mucosa

Leia mais

O que é câncer de estômago?

O que é câncer de estômago? Câncer de Estômago O que é câncer de estômago? O câncer de estômago, também denominado câncer gástrico, pode ter início em qualquer parte do estômago e se disseminar para os linfonodos da região e outras

Leia mais

TÉCNICA EM RADIOLOGIA

TÉCNICA EM RADIOLOGIA UFF UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CCM CENTRO DE CIÊNCIAS MÉDICAS HUAP HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO PEDRO Hospital Universitário TÉCNICA EM RADIOLOGIA Parte I: Múltipla Escolha Hospital Universitário

Leia mais

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 17. Com relação às técnicas endoscópicas para detecção do H. pylori, é CORRETO afirmar:

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 17. Com relação às técnicas endoscópicas para detecção do H. pylori, é CORRETO afirmar: 8 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 17 QUESTÃO 17 Com relação às técnicas endoscópicas para detecção do H. pylori, é CORRETO afirmar: a) Para identificar o H. pylori, é recomendável a realização

Leia mais

Nefrolitotripsia Percutânea

Nefrolitotripsia Percutânea Nefrolitotripsia Percutânea A cirurgia renal percutânea é a forma menos agressiva de tratamento para cálculos renais grandes e que não podem ser tratados adequadamente pela fragmentação com os aparelhos

Leia mais

Boletim Informativo 5-2007. Estamos finalizando nossas reformas e nesta primeira quinzena do mês estaremos de cara

Boletim Informativo 5-2007. Estamos finalizando nossas reformas e nesta primeira quinzena do mês estaremos de cara PEETT IMAGEEM I DIAGNÓSSTTI ICOSS VEETTEERRI INÁRRI IOSS AAMPPLLI IIAAÇÃÃO DDAASS INNSSTTAALLAAÇÕEESS I Estamos finalizando nossas reformas e nesta primeira quinzena do mês estaremos de cara nova, com

Leia mais

Hospital Figueira da Foz. Sala 5. Sala 1. Intervenção cirúrgica com transmissão (TAPP) Hospital

Hospital Figueira da Foz. Sala 5. Sala 1. Intervenção cirúrgica com transmissão (TAPP) Hospital Quinta feira, 5 de Março 2015 Cursos pré Congresso 08:30 13:00 Cirurgia mamária Cancro da mama e tratamento sistémico primário Indicação para quimioterapia neoadjuvante Como monitorizar a resposta com

Leia mais