DROGAS LÌCITAS E ILÌCITAS SUBSTÂNCIAS PSICOTRÒPICAS. Drogas Lícitas e Ilícitas Substancias Psicotrópicas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DROGAS LÌCITAS E ILÌCITAS SUBSTÂNCIAS PSICOTRÒPICAS. Drogas Lícitas e Ilícitas Substancias Psicotrópicas"

Transcrição

1 DROGAS LÌCITAS E ILÌCITAS SUBSTÂNCIAS PSICOTRÒPICAS Drogas Lícitas e Ilícitas Substancias Psicotrópicas

2 SUBSTÂNCIAS PSICOTRÒPICAS São substancias psicoativas que agem no Sistema Nervoso Central. Produz notoriamente modificações comportamentais, de humor. São exemplos disso: medicamentos, drogas (Crack, LSD, maconha) bebidas alcoólicas, tabaco.

3 IMAGEM

4 O QUE SÃO AS DROGAS? O que são as drogas? As drogas são substancias capazes de alterar o funcionamento de todo o organismo humano. Dependendo da natureza de sua composição podem agir em diferentes locais do corpo, ou em todo o organismo. Existem três grandes grupos de drogas: as depressoras, estimuladoras e perturbadoras.

5 DROGAS LÌCITAS Drogas Lícitas: são comercializadas com autorização legal, mas causam o mesmo dano ao organismo que as drogas Ilícitas. São exemplos: Bebidas alcoólicas (cerveja, vinho), tabaco.

6 BEBIDAS ALCOÒLICAS Bebidas alcoólicas: A ingestão desta provoca inicialmente euforia desinibição, mas depois de algum tempo os efeitos depressores podem ser observados pela falta de coordenação motora e reflexos, pelo descontrole e pelo sono. As pessoas dependentes podem desenvolver doenças no fígado (cirrose hepática), no estômago (gastrite), no sistema cardiovascular, e problemas neurológicos.

7 IMAGEM

8 TABACO Tabaco É o nome popular da planta Nicotiana tabacun, nativa da América Latina. O tabaco contém nicotina, substancia química que leva a dependência. A nicotina atua no sistema nervoso como estimulante. Na industria, as folhas secas e prensadas do tabaco são usadas na confecção de charutos e cigarros. O uso contínuo pode provocar câncer, derrame cerebral infarto, enfisema pulmonar, bronquite e outras doenças.

9 IMAGEM Charuto, cigarro, feitos de tabaco.

10 LSD LSD O LSD, acrônimo de dietilamida ácido lisérgico, produz grandes alterações no cérebro, atuando diretamente sobre o sistema nervoso e provocando fenômenos psíquicos, como alucinações, delírios e ilusões. É uma substância sintética, produzida em laboratório. Pode ser consumida por via oral, injeção ou inalação, e se apresenta em forma de barras, cápsulas, tiras de gelatina e líquida; seus efeitos duram de oito a doze horas. Os efeitos físicos dessa droga são: dilatação das pupilas, sudorese, aumento da frequência cardíaca e da pressão arterial, aumento da temperatura, náuseas, vômitos. Os sintomas psíquicos são alucinações auditivas e visuais, sensibilidade sensorial, confusão, pensamento desordenado, perda do controle emocional, euforia alternada com angústia, dificuldade de concentração.

11 IMAGEM LSD

12 CRACK O crack é preparado a partir da extração de uma substância alcaloide da planta Erythroxylon coca, encontrada na América Central e América do Sul. Chamada benzoilmetilecgonina, esse alcaloide é retirado das folhas da planta, dando origem a uma pasta: o sulfato de cocaína. Chamada, popularmente, de crack, tal droga é fumada em cachimbos. Cerca de cinco vezes mais potente que a cocaína, sendo também relativamente mais barata e acessível que outras drogas, o crack tem sido cada vez mais utilizado, e não somente por pessoas de baixo poder aquisitivo, e carcerários, como há alguns anos. Ele está, hoje, presente em todas as classes sociais e em diversas cidades do país. Assustadoramente, cerca de pessoas são dependentes, somente no Brasil. Perseguindo esse prazer, o indivíduo tende a utilizar a droga com maior frequência. Com o passar do tempo, o organismo vai ficando tolerante à substância, fazendo com que seja necessário o uso de quantidades maiores da droga para se obter os mesmos efeitos. Apesar dos efeitos paranoicos, que podem durar de horas a poucos dias e pode causar problemas irreparáveis, e dos riscos a que está sujeito; o viciado acredita que o prazer provocado pela droga compensa tudo isso. Em pouco tempo, ele virará seu escravo e fará de tudo para tê-la sempre em mãos

13 IMAGEM Cerca de 30% dos usuários de crack perdem a vida em um prazo de 5 anos

14 MACONHA Usos medicinais Nos séculos passados, a maconha era usada, na China, como anestésico, analgésico, antidepressivo, antibiótico e sedativo. A erva foi citada na primeira farmacopeia (livro que reunia fórmulas e receitas de medicamentos) conhecida no mundo, cerca de 2 mil anos atrás, recomendando o seu uso para prisão de ventre, malária, reumatismo e dores menstruais. No século XIX, alguns povos começaram a utilizá -la no tratamento da gonorreia e angina. Dependência Muitos estudos estão sendo feitos a respeito desse assunto, mas ainda não se sabe ao certo se a maconha causa ou não a dependência. Por causa da dificuldade de se quantificar a maconha que atinge a corrente sanguínea, não há doses formais de THC que causam dependência. Acredita-se que a dependência aumenta conforme o período do uso. Estudos mostram que alguns usuários que fazem uso da maconha diariamente não desenvolvem o vício, enquanto outros podem desenvolver uma síndrome de uso compulsivo semelhante à dependência de outras drogas.

15 IMAGEM

16 ATUALIDADES O óxi é inicialmente feito a partir da pasta base das folhas da cocaína, que normalmente são conseguidas nos países andinos (Bolívia, Peru, Colômbia e Equador). Esta pasta base é misturada com combustíveis tóxicos e corrosivos, como querosene, ácido sulfúrico (água de bateria de carros) e gasolina; também com cal virgem e até cimento.

17 IMAGEM

18 CONCLUSÃO Neste trabalho,falamos sobre : substâncias psicotròpicas, os grupos de drogas, as drogas ilìcitas e lìcitas, os problemas que elas podem ao nosso organismo e algumas informações atuais. E damos o conselho a todos : NÃO USE DROGAS.

19 BIBLIOGRAFIA 1.www.brasilescola.com/crack/ 2.www.brasilescola.com/maconha/ 3.www.brasilescola.com/tabagismo/ 4.Livro Jornadas.Cie

20 FIM

INTOXICAÇÃO POR NOVAS DROGAS

INTOXICAÇÃO POR NOVAS DROGAS Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro Grupamento de Socorro de Emergência Seção de Desastres INTOXICAÇÃO POR NOVAS DROGAS Edna Maria de Queiroz Capitão Médica CBMERJ Médica HUAP / UFF

Leia mais

O que são drogas? Drogas Naturais Drogas Sintéticas Drogas Semi-sintéticas. Drogas. Prof. Thiago Lins do Nascimento. tiagolinsnasc@gmail.

O que são drogas? Drogas Naturais Drogas Sintéticas Drogas Semi-sintéticas. Drogas. Prof. Thiago Lins do Nascimento. tiagolinsnasc@gmail. Drogas Prof. Thiago Lins do Nascimento tiagolinsnasc@gmail.com 2014 1 / 41 Sumário O que são drogas? 1 O que são drogas? O que são drogas? 2 Maconha Nicotina 3 Ecstasy Anfetaminas 4 Cocaína Crack Krokodil

Leia mais

A SAÚDE TAMBÉM É CONSIGO. Tabaco

A SAÚDE TAMBÉM É CONSIGO. Tabaco Tabaco Álcool Medicamentos Cocaína Heroína Cannabis Ecstasy ÁLCOOL Características da substância O álcool contido nas bebidas é cientificamente designado como etanol, sendo produzido através da fermentação

Leia mais

Álcool, Drogas e o Jovem

Álcool, Drogas e o Jovem Álcool, Drogas e o Jovem Sub-Secretaria de Políticas sobre Drogas do Estado de Minas Gerais Amadeu Roselli Cruz Primavera de 2012 1 Jovens e Conflitos com a Família 1. Escola 2. Limpeza do corpo 3. Limpeza

Leia mais

AULA 23 Drogas: produtos alucinógenos ou substância tóxicas que leva a dependência; Drogas psicoativas: entra na corrente sanguínea e atinge o SNC; Ação depressiva: diminui a atividade das células nervosas.

Leia mais

Essas drogas podem ser absorvidas de várias formas: por injecção, por inalação, via oral ou injeção intravenosa.

Essas drogas podem ser absorvidas de várias formas: por injecção, por inalação, via oral ou injeção intravenosa. Droga Droga (do francês drogue, provavelmente do neerlandês droog, "seco, coisa seca"), narcótico, entorpecente ou estupefaciente são termos que denominam substâncias químicas que produzem alterações dos

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL UEMS PLANO INTEGRADO DE ENFRENTAMENTO AO CRACK E OUTRAS DROGAS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL UEMS PLANO INTEGRADO DE ENFRENTAMENTO AO CRACK E OUTRAS DROGAS UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL UEMS PLANO INTEGRADO DE ENFRENTAMENTO AO CRACK E OUTRAS DROGAS CONCEITOS, PROPRIEDADES QUÍMICAS E DEPENDÊNCIA DO ABUSO DE DROGAS Definições Droga é toda substância

Leia mais

DROGAS DE ABUSO. Profa. Dra. Eline Matheus

DROGAS DE ABUSO. Profa. Dra. Eline Matheus DROGAS DE ABUSO DROGAS QUE ATUAM NO SNC ESTIMULANTES DEPRESSORES DROGAS ESTIMULANTES COCAÍNA (CRACK & OXI) ANFETAMÍNICOS EFEDRINA ALUCINÓGENOS ANABOLIZANTES COCAÍNA Corte cerebral pós-mortem de um adicto

Leia mais

Projeto Diga Sim a Vida e Não as Drogas

Projeto Diga Sim a Vida e Não as Drogas Projeto Diga Sim a Vida e Não as Drogas PÚLBLICO ALVO: Toda a comunidade escolar e a sociedade local de modo geral. APRESENTAÇÃO: Todos concordam que a Escola tem um papel fundamental em nossa sociedade,

Leia mais

ツVivo Feliz Sem Drogas. Capa

ツVivo Feliz Sem Drogas. Capa Capa ツVivo Feliz Sem Drogas Projeto ツVivo Feliz Sem Drogas Prevenindo o uso indevido de drogas Capa fim MUNICIPIO DE ITAPEVA SP Secretaria Municipal de Defesa Social Projeto ツVivo Feliz Sem Drogas Prevenindo

Leia mais

Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro

Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro Conceitos Básicos ObjeBvos DiscuBr os conceitos básicos de substâncias psicoabvas (SPA) Conhecer as

Leia mais

DROGAS FAMÍLIA SOCIEDADE A PRIMEIRA CONDIÇÃO PARA MODIFICAR A REALIDADE CONSISTE EM CONHECÊ-LA (EDUARDO GALEANO)

DROGAS FAMÍLIA SOCIEDADE A PRIMEIRA CONDIÇÃO PARA MODIFICAR A REALIDADE CONSISTE EM CONHECÊ-LA (EDUARDO GALEANO) DROGAS FAMÍLIA SOCIEDADE A PRIMEIRA CONDIÇÃO PARA MODIFICAR A REALIDADE CONSISTE EM CONHECÊ-LA (EDUARDO GALEANO) O uso de drogas que alteram o estado mental também chamadas de substâncias psicoativas (SPA)

Leia mais

ÁLCOOL, MEDICAMENTOS E SUBSTÂNCIAS PSICOTRÓPICAS

ÁLCOOL, MEDICAMENTOS E SUBSTÂNCIAS PSICOTRÓPICAS FICHA TÉCNICA ÁLCOOL, MEDICAMENTOS E SUBSTÂNCIAS PSICOTRÓPICAS Níveis GDE Temas Transversais Síntese informativa Nível 1 Nível Atitudinal; Nível 3 Nível Táctico Tema 1 Conhecimento de si próprio como Condutor;

Leia mais

TABAGISMO. O tema deste informe foi sugerido pelo Laboratorista Edmund Cox

TABAGISMO. O tema deste informe foi sugerido pelo Laboratorista Edmund Cox Informativo Semanal O tema deste informe foi sugerido pelo Laboratorista Edmund Cox O tabagismo é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) a principal causa de morte evitável em todo o mundo.

Leia mais

Drogas de Abuso. Equipe de Biologia

Drogas de Abuso. Equipe de Biologia Drogas de Abuso Equipe de Biologia Drogas Qualquer substância capaz de alterar o funcionamento do organismo ilícitas lícitas Drogas de abuso Drogas utilizadas sem indicação médica, tendo por objetivo alterar

Leia mais

Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro

Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro Perturbadores do SNC ObjeDvos Conhecer as formas de apresentação e de uso Compreender o mecanismo de

Leia mais

DROGAS DE ABUSO. Carlos Eduardo Biólogo Neuropsicólogo Mestre-Farmacologia UFC

DROGAS DE ABUSO. Carlos Eduardo Biólogo Neuropsicólogo Mestre-Farmacologia UFC DROGAS DE ABUSO Carlos Eduardo Biólogo Neuropsicólogo Mestre-Farmacologia UFC DROGAS DE ABUSO Substância Psicoativa qualquer substância química que, quando ingerida, modifica uma ou várias funções do SNC,

Leia mais

Alienação das drogas

Alienação das drogas Alienação das drogas Que relação podemos fazer entre os personagens mortos-vivos da ficção e os usuários de drogas em geral. São substâncias, naturais ou sintéticas que, introduzidas no organismo, podem

Leia mais

COMORBIDADES CLÍNICAS EM PACIENTES COM TRANSTORNOS NO USO DE DROGAS

COMORBIDADES CLÍNICAS EM PACIENTES COM TRANSTORNOS NO USO DE DROGAS COMORBIDADES CLÍNICAS EM PACIENTES COM TRANSTORNOS NO USO DE DROGAS O que são drogas? São substâncias naturais ou sintéticas, produzidas ou modificadas, com usos diversos, algumas delas com efeitos entorpecentes

Leia mais

DROGAS: você conhece os riscos?

DROGAS: você conhece os riscos? UNODC Brasil e Cone Sul Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime SHIS QI 25 conj, 3 casa 7 70266-230 Brasília, DF, Brasil Fone: +55 61 3367-7353 / Fax: +55 61 3367-7228 E-mail: unodc.brasil@unodc.org

Leia mais

DESMISTIFICANDO O OXI : ANÁLISE QUÍMICA DO PERFIL DESSA NOVA DROGA BRASILEIRA ORIUNDA DO ESTADO DO ACRE.

DESMISTIFICANDO O OXI : ANÁLISE QUÍMICA DO PERFIL DESSA NOVA DROGA BRASILEIRA ORIUNDA DO ESTADO DO ACRE. DESMISTIFICANDO O OXI : ANÁLISE QUÍMICA DO PERFIL DESSA NOVA DROGA BRASILEIRA ORIUNDA DO ESTADO DO ACRE. Ronaldo C. da Silva Junior, Cezar S. Gomes, Saulo S. Goulart Júnior, Fernanda V. Almeida, Tatiane

Leia mais

A dependência de álcool e outras drogas:

A dependência de álcool e outras drogas: A dependência de álcool e outras drogas: desafios na prevenção MARICELMA BREGOLA Alguns Dados 200 milhões de pessoas quase 5% da população entre 15 e 64 anos usam drogas ilícitas pelo menos uma vez por

Leia mais

Neste texto você vai estudar:

Neste texto você vai estudar: Prevenção ao uso de drogas Texto 1 - Aspectos gerais relacionados ao uso de drogas Apresentação: Neste texto apresentamos questões gerais que envolvem o uso de drogas com o objetivo de proporcionar ao

Leia mais

O desafio de deixar de fumar

O desafio de deixar de fumar O desafio de deixar de fumar O uso do cigarro tem como objetivo a busca por efeitos prazerosos desencadeados pela nicotina, melhora ime - diata do raciocínio e do humor, diminuição da ansiedade e ajuda

Leia mais

INSTITUIÇÃO: ÁREA TEMÁTICA:

INSTITUIÇÃO: ÁREA TEMÁTICA: TÍTULO: PREVENÇÃO AO USO DE DROGAS SIM PARA A VIDA, NÃO ÀS DROGAS AUTORES: Nadyeshka Sales Araújo (nadyeshka.saq@bol.com.br), Edgar Vieira do Nascimento (edgarvn@bol.com.br), Hérika Dantas Modesto (herikamodesto@bol.com.br),

Leia mais

azul NOVEMBRO azul Saúde também é coisa de homem. Doenças Cardiovasculares (DCV)

azul NOVEMBRO azul Saúde também é coisa de homem. Doenças Cardiovasculares (DCV) Doenças Cardiovasculares (DCV) O que são as Doenças Cardiovasculares? De um modo geral, são o conjunto de doenças que afetam o aparelho cardiovascular, designadamente o coração e os vasos sanguíneos. Quais

Leia mais

8ª série / 9º ano U. E. 14. Sistema nervoso

8ª série / 9º ano U. E. 14. Sistema nervoso 8ª série / 9º ano U. E. 14 Sistema nervoso O cérebro, a medula e os nervos são os principais órgãos que formam o sistema nervoso. As informações que chegam ao cérebro são respondidas com estímulos que

Leia mais

FARMACOTERAPIA EXCLUSIVA Nutracêuticos para o tratamento da dependência Química

FARMACOTERAPIA EXCLUSIVA Nutracêuticos para o tratamento da dependência Química FARMACOTERAPIA EXCLUSIVA Nutracêuticos para o tratamento da dependência Química NUTRACÊUTICOS PARA TRATAMENTO DAS DEPENDÊNCIAS QUÍMICAS TRATAMENTO COM ALTA EFETIVIDADE Os mais recentes estudos científicos

Leia mais

Drogas de abuso. Maxwell Santana

Drogas de abuso. Maxwell Santana Drogas de abuso Maxwell Santana Drogas de abuso Qualquer substância ou preparação, com pouco uso médico usada primariamente pelos seus efeitos gratificantes! Englobam substância psicoativas e psicotrópicas!

Leia mais

Nome/Código arquivo: 2014_01_13_Mem. Reunião Saúde _ Guarda Municipal-Altamira/Pará.

Nome/Código arquivo: 2014_01_13_Mem. Reunião Saúde _ Guarda Municipal-Altamira/Pará. Assunto: Orientar e esclarecer as dúvidas da população sobre as Ações Preventivas na Área de Saúde Pública em virtude da construção da UHE Belo Monte. Redator: Ranney Matos dos Santos Data: 13_01_2014

Leia mais

Maconha. Alessandro Alves. Conhecendo a planta

Maconha. Alessandro Alves. Conhecendo a planta Maconha Alessandro Alves Entenda bem. A maconha é a droga ilícita mais utilizada no mundo. Está entre as plantas mais antigas cultivadas pelo homem. Na China seus grãos são utilizados como alimento e no

Leia mais

Estágio Curricular I: Cecília de Paula Monnerat Sâmua Regina Camacho Thiago Purger Rodrigues ÁLCOOL

Estágio Curricular I: Cecília de Paula Monnerat Sâmua Regina Camacho Thiago Purger Rodrigues ÁLCOOL Estágio Curricular I: Cecília de Paula Monnerat Sâmua Regina Camacho Thiago Purger Rodrigues ÁLCOOL Atualmente, o consumo de substâncias ilícitas e álcool é indiscriminado entre mulheres e homens adultos

Leia mais

Leia sem moderação. Alcoolismo

Leia sem moderação. Alcoolismo Leia sem moderação. Alcoolismo ALCOOLISMO O alcoolismo é uma doença grave causada pela ingestão contínua de bebidas alcoólicas. A pessoa torna-se prisioneira do ato de beber, sofrendo conseqüências sociais,

Leia mais

ESQUADRÃO VIDA PARA ADOLESCENTES Projeto de Atendimento PsicosSocial

ESQUADRÃO VIDA PARA ADOLESCENTES Projeto de Atendimento PsicosSocial Projeto P A S Esquadrão Vida para Adolescentes ESQUADRÃO VIDA PARA ADOLESCENTES Projeto de Atendimento PsicosSocial Elas detonam neurônios, geram dependência, acabam com a sua vida. Mas imitam as moléculas

Leia mais

CRACK. Alexandre de Araújo Pereira. Psiquiatra Mestre em Educação Médica ENSP/UECE Docente da Faculdade de Ciências Médicas UNIFENAS BH/ IPEMED

CRACK. Alexandre de Araújo Pereira. Psiquiatra Mestre em Educação Médica ENSP/UECE Docente da Faculdade de Ciências Médicas UNIFENAS BH/ IPEMED CRACK Alexandre de Araújo Pereira Psiquiatra Mestre em Educação Médica ENSP/UECE Docente da Faculdade de Ciências Médicas UNIFENAS BH/ IPEMED Breve histórico do uso de drogas Pré História 4.000 à 5.000

Leia mais

EFEITO DAS DROGAS NO CORAÇÃO

EFEITO DAS DROGAS NO CORAÇÃO EFEITO DAS DROGAS NO CORAÇÃO Dra. Ana Paula Cabral Ramidan 2º CURSO DE FORMAÇÃO DE AGENTES MULTIPLICADORES EM PREVENÇÃO ÀS DROGAS CORAÇÃO FONTE: http://www.google.com/imgres?imgurl=http://1.bp.blogspot.com/-hrgazxrptx4/tu8antmk2ai/aaaaaaaake0/mkgmvoud1fa/s1600/coracao.jpg&imgrefurl=http://toinhoffilho.blogspot.com/2011/12/cienciasvale-apensa-saber-coracao-uma.html&usg=

Leia mais

ANESTESIA NO PACIENTE SOB EFEITO DE DROGAS SINTÉTICAS. ECSTASY

ANESTESIA NO PACIENTE SOB EFEITO DE DROGAS SINTÉTICAS. ECSTASY ANESTESIA NO PACIENTE SOB EFEITO DE DROGAS SINTÉTICAS. ECSTASY Oscar César Pires 29/04/12 14h:40-15h:00 Diretor Departamento Científico SBA / Responsável pelo CET do HMSJC SP Doutor em Anestesiologia/

Leia mais

SERVIÇO SOCIAL E DROGADIÇÃO

SERVIÇO SOCIAL E DROGADIÇÃO SERVIÇO SOCIAL E DROGADIÇÃO Matheus de Oliveira Ribeiro Serviço Social Faculdades Integradas de Três Lagoas AEMS Stephanie Suellen Santos da Silva Serviço Social Faculdades Integradas de Três Lagoas AEMS

Leia mais

MACONHA. A- A Droga A CONCENTRAÇÃO DA MACONHA É SEMPRE IGUAL NAS SUAS PREPARAÇÕES?

MACONHA. A- A Droga A CONCENTRAÇÃO DA MACONHA É SEMPRE IGUAL NAS SUAS PREPARAÇÕES? MACONHA A- A Droga O QUE É A MACONHA? Conhecida também como marijuana, herva, entre outros a maconha é um produto de uma planta de nome Cannabis Sativa. Uma resina grudenta cobre as flores e as folhas

Leia mais

Alucinógenos naturais e sintéticos: efeitos e identificação. Profª Drª Silvia de Oliveira S. Cazenave Núcleo de Perícia Criminalísticas de Campinas

Alucinógenos naturais e sintéticos: efeitos e identificação. Profª Drª Silvia de Oliveira S. Cazenave Núcleo de Perícia Criminalísticas de Campinas Alucinógenos naturais e sintéticos: efeitos e identificação Profª Drª Silvia de Oliveira S. Cazenave Núcleo de Perícia Criminalísticas de Campinas Alucinógenos Os veículos químicos das viagens fantásticas

Leia mais

UNODC Brasil e Cone Sul UNODC Viena Ministério Público do Distrito Federal e Territórios Promotoria de Justiça de Defesa da Infância e da Juventude

UNODC Brasil e Cone Sul UNODC Viena Ministério Público do Distrito Federal e Territórios Promotoria de Justiça de Defesa da Infância e da Juventude UNODC Brasil e Cone Sul Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime SHIS QI 25 conj, 3 casa 7 70266-230 Brasília, DF, Brasil Fone: +55 61 3367-7353 / Fax: +55 61 3367-7228 E-mail: unodc.brasil@unodc.org

Leia mais

2 Conversando sobre drogas famílias APRESENTAÇÃO

2 Conversando sobre drogas famílias APRESENTAÇÃO 2 Conversando sobre drogas famílias APRESENTAÇÃO 3 Você já deve ter percebido que a família é a base de tudo, tendo papel decisivo na formação do sujeito e da própria sociedade. Sabendo da relevância do

Leia mais

Cliente: Sindicerv Veículo: www.qchute.com.br Data: 14-09-2010 Imagem Corporativa Loiras de cevada ou de trigo, ou simplesmente cerveja No Japão a indústria de cerveja é enorme, mesmo entre os brasileiros

Leia mais

Abuso e dependência ao álcool e outras drogas e sua relação com o suicídio

Abuso e dependência ao álcool e outras drogas e sua relação com o suicídio Abuso e dependência ao álcool e outras drogas e sua relação com o suicídio Messiano Ladislau Nogueira de Sousa Médico Psiquiatra com aperfeiçoamento em terapia psicanalítica Abril, 2014 Sumário Conceitos

Leia mais

PAPO LEGAL CONVERSANDO COM JOVENS SOBRE PREVENÇÃO AO USO ABUSIVO DE DROGAS

PAPO LEGAL CONVERSANDO COM JOVENS SOBRE PREVENÇÃO AO USO ABUSIVO DE DROGAS PAPO LEGAL CONVERSANDO COM JOVENS SOBRE PREVENÇÃO AO USO ABUSIVO DE DROGAS APRESENTAÇÃO: A Secretaria de Assistência Social e Cidadania (SASC) por meio da Diretoria de Programas sobre Drogas (DPSD) do

Leia mais

O QUE SABEMOS SOBRE O ÁLCOOL CHEGA PARA NOS PROTEGERMOS?

O QUE SABEMOS SOBRE O ÁLCOOL CHEGA PARA NOS PROTEGERMOS? O QUE SABEMOS SOBRE O ÁLCOOL CHEGA PARA NOS PROTEGERMOS? INFORMAR AJUDAR AGIR É UM TRABALHO DE TODOS! Portugal está entre os maiores consumidores de bebidas alcoólicas e de álcool puro, a nível europeu

Leia mais

DROGAS LÍCITAS E ILÍCITAS. Vulnerabilidades, riscos e formas de prevenção

DROGAS LÍCITAS E ILÍCITAS. Vulnerabilidades, riscos e formas de prevenção DROGAS LÍCITAS E ILÍCITAS Vulnerabilidades, riscos e formas de prevenção DROGAS LÍCITAS E ILÍCITAS DROGAS qualquer substância capaz de modificar a função dos organismos vivos, resultando em mudanças fisiológicas

Leia mais

Convivência Familiar e Comunitária: O papel das famílias no apoio ao jovem usuário de drogas

Convivência Familiar e Comunitária: O papel das famílias no apoio ao jovem usuário de drogas MOVIMENTO TORTURA NUNCA MAIS DE PERNAMBUCO PROJETO FAMÍLIA SOLIDÁRIA: UMA ESTRATÉGIA DE ENFRENTAMENTO À INSTITUCIONALIZAÇÃO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES NO PPCAAM/PE. SEGUNDO CURSO, EM METODOLOGIA EAD, DE

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 853, DE 2003 (Do Sr. JOSÉ DIVINO) Dispõe sobre o teor máximo permitido de Alcatrão, Nicotina e Monóxido de Carbono (CO) por cigarro produzido e consumido em todo território Nacional.

Leia mais

DRAMIN BULA DO PACIENTE

DRAMIN BULA DO PACIENTE DRAMIN BULA DO PACIENTE Takeda Pharma Ltda. Cápsula gelatinosa mole 50 mg/cápsula (dimenidrinato) BULA PARA PACIENTE RDC 47/2009 APRESENTAÇÕES Cápsula gelatinosa mole de 50 mg. Embalagem com 4, 10 ou 100

Leia mais

AVALIAÇÃO PRÉ-ANESTÉSICA

AVALIAÇÃO PRÉ-ANESTÉSICA AVALIAÇÃO PRÉ-ANESTÉSICA ANEXAR AO PRONTUÁRIO DO PACIENTE CLÍNICA DE ANESTESIA - Equipe do Dr. MAURO PEREIRA DE AZEVEDO CRM-RJ 52.51600-9 Leia atentamente o questionário abaixo e o preencha usando letras

Leia mais

3º BIMESTRE Vícios e suas consequências Aula 130 Conteúdos: Concordância verbal Dependência química e limitações do corpo Ervas entorpecentes

3º BIMESTRE Vícios e suas consequências Aula 130 Conteúdos: Concordância verbal Dependência química e limitações do corpo Ervas entorpecentes CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I 3º BIMESTRE Vícios e suas consequências Aula 130 Conteúdos: Concordância verbal Dependência química e limitações do

Leia mais

Drogas Psicotrópicas O que são e como agem

Drogas Psicotrópicas O que são e como agem Drogas Psicotrópicas O que são e como agem Leda Maria Moysés Nóbile Psicóloga- 06/74184 Mestre em Ciências da Saúde Psicobiologia-Unifesp Doutoranda em Ciências da Saúde Psiquiatria- Unifesp Especialista

Leia mais

DEPENDÊNCIA DE DROGAS É DOENÇA?

DEPENDÊNCIA DE DROGAS É DOENÇA? IAB INSTITUTO DOS ADVOGADOS BRASILEIROS 3º Curso Formação de Agentes Multiplicadores em Prevenção às Drogas DEPENDÊNCIA DE DROGAS É DOENÇA? Talvane M. de Moraes Livre Docente e Doutor em Psiquiatria Professor

Leia mais

Transtornos relacionados ao uso de substâncias

Transtornos relacionados ao uso de substâncias Transtornos relacionados ao uso de substâncias ARTHUR GUERRA DE ANDRADE Professor Associado do Departamento de Psiquiatria, Faculdade de Medicina USP Professor Titular de Psiquiatria e Psicologia Médica,

Leia mais

TESTE DE TRIAGEM (ASSIST V3.1)DO ENVOLVIMENTO COM BEBIDAS

TESTE DE TRIAGEM (ASSIST V3.1)DO ENVOLVIMENTO COM BEBIDAS TESTE DE TRIAGEM (ASSIST V3.1)DO ENVOLVIMENTO COM BEBIDAS ALCOÓLICAS,FUMO E FÀRMACOS NOME DO CLÍNICO CLINICA IDENTIFICAÇÃO OU DATA NOME DO CLIENTE INTRODUCÃO (Por favor leia ao cliente. Pode ser adaptado

Leia mais

OMENAX. Geolab Indústria Farmacêutica S/A Cápsula 20mg e 40mg

OMENAX. Geolab Indústria Farmacêutica S/A Cápsula 20mg e 40mg OMENAX Geolab Indústria Farmacêutica S/A Cápsula 20mg e 40mg tratar dispepsia, condição que causa acidez, azia, arrotos ou indigestão. Pode ser usado também para evitar sangramento do trato gastrintestinal

Leia mais

Revista F@pciência, Apucarana PR, ISSN 1984-2333, v.8, n.4, p.29 37, 2011 29

Revista F@pciência, Apucarana PR, ISSN 1984-2333, v.8, n.4, p.29 37, 2011 29 Revista F@pciência, Apucarana PR, ISSN 1984-2333, v.8, n.4, p.29 37, 2011 29 ADOLESCÊNCIA E SAÚDE: PROMOVENDO A CONSCIENTIZAÇÃO DOS ADOLESCENTES QUANTO A SUA SEXUALIDADE E USO DE ÁLCOOL E DROGAS SÁ, A.

Leia mais

A MACONHA: INFORMAÇÃO PARA OS ADOLESCENTES

A MACONHA: INFORMAÇÃO PARA OS ADOLESCENTES Publicação oficial da Secretaria Nacional Antidrogas - SENAD, a partir de textos elaborado pelo... A MACONHA: INFORMAÇÃO PARA OS ADOLESCENTES 1 a Edição SENAD Brasília - DF, 2000 Presidência da República:

Leia mais

FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE PIRACICABA - UNICAMP

FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE PIRACICABA - UNICAMP Prezado aluno, Estes exercícios fazem parte de uma compilação de vários testes e provas que foram utilizadas no passado e formam uma base sólida para estudo. Tente resolvê-los sozinho, ao invés de simplesmente

Leia mais

www. euvenciasdrogas .com.br Com as drogas é assim. Quem usa não enxerga o perigo.

www. euvenciasdrogas .com.br Com as drogas é assim. Quem usa não enxerga o perigo. www. euvenciasdrogas.com.br Com as drogas é assim. Quem usa não enxerga o perigo. Venda Proibida Edição 2016 10 Conselhos para os Pais 1. Estabelecer um consenso familiar sobre o uso de substâncias: as

Leia mais

50% dos acidentes automobilísticos. 25% dos suicídios

50% dos acidentes automobilísticos. 25% dos suicídios A mensagem que induz a beber com moderação abre o caminho para todos os problemas que o alcoolismo traz. Crescem as pressões sobre o uso abusivo de álcool. Esse hábito remonta a épocas imemoriais e os

Leia mais

Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro

Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro Es>mulantes do SNC Obje>vos Conhecer as formas de apresentação e de uso Compreender o mecanismo de

Leia mais

Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico

Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico Nome do Produto: Reticulina Código: EP-12-20021 RETICULINA Seção 1: Identificação do Produto e da Empresa Erviegas Ltda R. Lacedemônia, 268 - São Paulo

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DAS DROGAS

CLASSIFICAÇÃO DAS DROGAS CLASSIFICAÇÃO DAS DROGAS Existem várias maneiras de classificarmos as drogas. Uma primeira, que é bastante utilizada e citada, tem como finalidade estabelecer se o porte, o transporte e o uso da droga

Leia mais

Se qualquer um destes casos se aplica a você, informe ao seu médico antes de tomar Sirdalud.

Se qualquer um destes casos se aplica a você, informe ao seu médico antes de tomar Sirdalud. SIRDALUD cloridrato de tizanidina APRESENTAÇÕES Sirdalud 2 mg embalagens contendo 30 comprimidos sulcados. VIA ORAL USO ADULTO COMPOSIÇÃO Cada comprimido de Sirdalud contém 2,28 mg de cloridrato de tizanidina,

Leia mais

Professor Roberson Calegaro C U L T U R A. da s

Professor Roberson Calegaro C U L T U R A. da s O que pode ser chamado de droga? roga é toda e qualquer substância, natural ou sintética que, uma vez introduzida no organismo, modifica suas funções. No Brasil, a legislação define como droga "as substâncias

Leia mais

Glossário da Toxicodependência

Glossário da Toxicodependência Glossário da Toxicodependência A Abstinência: privação voluntária do consumo de substâncias psicoactivas. Não confundir com síndrome de abstinência. Abuso de substâncias psicoactivas: de acordo com o Manual

Leia mais

MOVIMENTO DE CURSILHOS DE CRISTANDADE GRUPO EXECUTIVO REGIONAL SUL III

MOVIMENTO DE CURSILHOS DE CRISTANDADE GRUPO EXECUTIVO REGIONAL SUL III MOVIMENTO DE CURSILHOS DE CRISTANDADE GRUPO EXECUTIVO REGIONAL SUL III FACILITANDO A COMPREENSÃO DAS DEPENDÊNCIAS QUÍMICAS MCC - GER SUL III PROJETO HUMANIZAR PALESTRA III 2 A família é o sistema modelador

Leia mais

AS DROGAS E SEUS EFEITOS NO ORGANISMO

AS DROGAS E SEUS EFEITOS NO ORGANISMO AS DROGAS E SEUS EFEITOS NO ORGANISMO ÁLCOOL: Cachaça, Vodca, Uísque, Cerveja, Vinho... Efeitos Físicos e Psíquicos da Embriaguez: Fala Pastosa, Perda do Equilíbrio e da Coordenação Motora, Sensação de

Leia mais

TÍTULO: ALTERACOES CARDIACAS EM DEPENDENTES QUIMICOS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: ENFERMAGEM

TÍTULO: ALTERACOES CARDIACAS EM DEPENDENTES QUIMICOS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: ENFERMAGEM TÍTULO: ALTERACOES CARDIACAS EM DEPENDENTES QUIMICOS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: ENFERMAGEM INSTITUIÇÃO: FACULDADE ANHANGUERA DE BAURU AUTOR(ES): ELAINE CORREA MARCILIANO,

Leia mais

CAPÍTULO 1. CONCEITOS BÁSICOS E DIAGNÓSTICO

CAPÍTULO 1. CONCEITOS BÁSICOS E DIAGNÓSTICO CAPÍTULO 1. CONCEITOS BÁSICOS E DIAGNÓSTICO INTRODUÇÃO O consumo de substâncias que possuem a capacidade de atuar sobre o cérebro, gerando modificações no psiquismo, parece ser um fenômeno universal da

Leia mais

COMPREENDENDO A FISSURA POR CRACK PARA ADOÇÃO DE ESTRATÉGIAS DE ENFRENTAMENTO EM PROGRAMAS DE TRATAMENTO DE REDUÇÃO DE DANOS

COMPREENDENDO A FISSURA POR CRACK PARA ADOÇÃO DE ESTRATÉGIAS DE ENFRENTAMENTO EM PROGRAMAS DE TRATAMENTO DE REDUÇÃO DE DANOS COMPREENDENDO A FISSURA POR CRACK PARA ADOÇÃO DE ESTRATÉGIAS DE ENFRENTAMENTO EM PROGRAMAS DE TRATAMENTO DE REDUÇÃO DE DANOS FLORINETTE PINTO RIDOLPHI 1 ROSANE MARIA SOUZA DOS SANTOS 2 Orientador: Prof.

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº., DE 2015. (Do Sr. Roberto de Lucena)

PROJETO DE LEI Nº., DE 2015. (Do Sr. Roberto de Lucena) PROJETO DE LEI Nº., DE 2015 (Do Sr. Roberto de Lucena) Altera a Lei nº 11.343 de 23 de agosto de 2006, que institui o Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas - Sisnad; prescreve medidas para

Leia mais

Drogas e Álcool (substâncias psicoativas)

Drogas e Álcool (substâncias psicoativas) Drogas e Álcool (substâncias psicoativas) EDUARDO HENRIQUE TEIXEIRA www.psiquiatriaforense.com.br II Levantamento Domiciliar sobre o Uso de Drogas Psicotrópicas no Brasil: 2005 Em 108 cidades c/ mais 200

Leia mais

SOBRE AS DROGAS: Gênese

SOBRE AS DROGAS: Gênese SOBRE AS DROGAS: Drogadição ou Toxicodependência ( dependencia quimica e/ou do alcool ) é termo genérico criado para conter toda e qualquer modalidade de vício bioquímico por parte de um ser humano ou

Leia mais

Ações Integradas na Prevenção do Uso de Drogas e Violência. J. M. Bertolote Faculdade de Medicina de Botucatu UNESP

Ações Integradas na Prevenção do Uso de Drogas e Violência. J. M. Bertolote Faculdade de Medicina de Botucatu UNESP Ações Integradas na Prevenção do Uso de Drogas e Violência J. M. Bertolote Faculdade de Medicina de Botucatu UNESP Saúde precária Abandono escolar Exploração sexual Trabalho infantil Inexistência de projeto

Leia mais

paracetamol Biosintética Farmacêutica Ltda. Solução oral 200 mg/ml

paracetamol Biosintética Farmacêutica Ltda. Solução oral 200 mg/ml paracetamol Biosintética Farmacêutica Ltda. Solução oral 200 mg/ml BULA PARA PACIENTE Bula de acordo com a Resolução-RDC nº 47/2009 I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO paracetamol Medicamento Genérico Lei

Leia mais

CORPO MOVIMENTO; SISTEMA NERVOSO; SISTEMA CARDIORESPIRATÓRIO; SISTEMA MUSCULOESQUELÉTICO. SISTEMA ENDÓCRINO

CORPO MOVIMENTO; SISTEMA NERVOSO; SISTEMA CARDIORESPIRATÓRIO; SISTEMA MUSCULOESQUELÉTICO. SISTEMA ENDÓCRINO CORPO X MACONHA CORPO MOVIMENTO; SISTEMA NERVOSO; SISTEMA CARDIORESPIRATÓRIO; SISTEMA MUSCULOESQUELÉTICO. SISTEMA ENDÓCRINO CORPO - MOVIMENTO CORPO - MOVIMENTO Movimentos estão presentes em todas as atividades

Leia mais

ÁLCOOL. Verdades e Mitos

ÁLCOOL. Verdades e Mitos ÁLCOOL Verdades e Mitos ÁLCOOL Conceitos ÁLCOOL E BEBIDAS ALCOÓLICAS O álcool é uma substância designada de etanol ou álcool etílico e é o álcool que vulgarmente se utiliza em casa. As bebidas que possuem

Leia mais

Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Dr. Horácio Bento de Gouveia 17 de Novembro Dia do Não Fumador

Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Dr. Horácio Bento de Gouveia 17 de Novembro Dia do Não Fumador Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Dr. Horácio Bento de Gouveia 17 de Novembro Dia do Não Fumador Ano Lectivo 2010-11 O hábito de fumar está relacionado com causas essencialmente sociais e comportamentais.

Leia mais

MARAX. Comprimidos. 10 mg + 25 mg + 130 mg

MARAX. Comprimidos. 10 mg + 25 mg + 130 mg MARAX Comprimidos 10 mg + 25 mg + 130 mg Marax dicloridrato de hidroxizina, sulfato de efedrina, teofilina anidra I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Nome: Marax Nome genérico: dicloridrato de hidroxizina,

Leia mais

O TABAGISMO COMO DEPENDÊNCIA

O TABAGISMO COMO DEPENDÊNCIA O TABAGISMO COMO DEPENDÊNCIA Ministério da Saúde - MS Instituto Nacional de Câncer - INCA Coordenação de Prevenção e Vigilância - Conprev Divisão de Programas de Controle do Tabagismo e outros Fatores

Leia mais

A Verdadeira História das Bebidas Alcoólicas. Série Prevenção: No. 5

A Verdadeira História das Bebidas Alcoólicas. Série Prevenção: No. 5 A Verdadeira História das Bebidas Alcoólicas Série Prevenção: No. 5 A Verdadeira Historia do Álcool! Você é uma pessoa inteligente, certo? E, você quer a verdade. Mas você está realmente pronto para a

Leia mais