Cenário para Aplicação do Vídeoalerta e G-BOX

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Cenário para Aplicação do Vídeoalerta e G-BOX"

Transcrição

1

2 Cenário para Aplicação do Vídeoalerta e G-BOX PASSO A PASSO 1- Desligar a alimentação de todos os dispositivos existentes na rede (como por exemplo, o Modem do link de internet, Roteador, etc.); 2- Conectar o cabo do Modem DSL (Link de internet) à porta WAN do módulo G-BOX; 3- Conectar o módulo VIP-Gateway na porta L1 do módulo G-BOX; 4- Se necessário, pode utilizar qualquer uma das portas restantes L2, L3 ou L4 do GBOX para conectar um computador PC. 5- Se necessário, pode utilizar qualquer uma das portas restantes L2, L3 ou L4 do GBOX para conectar ao HUB ou Switch. 6- Alimentação (IMPORTANTE): Primeiro alimentar a modem DSL de internet e esperar sincronizar; Segundo alimentar o G-BOX e aguardar aproximadamente 10 segundos; Terceiro alimentar o VÍDEO ALERTA; 7- Ligar/Alimentar o(s) computador(es). OBS.: Se o local onde for instalado o produto existir HUB ou Switch executar os passos acima nessa seqüência: 1, 2, 3, 6, 5 e 7 2

3 ATIVAÇÃO DO MÓDULO VÍDEOALERTA Para a ativação do modulo é preciso preencher uma ficha de cadastro pessoal. Siga os seguintes passos: A Acessar a página de Internet aparecerá a tela inicial B - Clicar em ATIVAR NOVO PRODUTO (na tarja preta) Aparecerá a seguinte tela: C - Preencher todos os campos de seus dados pessoais, o número de MAC ADDRESS contendo 12 dígitos que está localizado na parte de baixo do Vídeoalerta iniciados por: 0009B5 Exemplo de como deve-se digitar: 0009B5F00113 (todos os dígitos sem espaço) Depois digitar usuário e senha desejados para acesso, como na tela à cima. ATENÇÃO: O usuário e senha devem ter no máximo 10 dígitos em cada campo. D Clique em Enviar, e aguarde uma confirmação por dizendo que seu cadastro esta ok e seu acesso através de usuário e senha já estão habilitados. 3

4 E Depois de ativado, acessar novamente a página de Internet aparecerá a tela inicial, e você irá digitar o usuário e senha cadastrados e clicar em Entrar para utilizar o sistema. Clicar em Live Viewer (ao Vivo) para ver as imagens ao vivo. Vejam na tela abaixo: CONFIGURAÇÕES AVANÇADAS DO MÓDULO VÍDEOALERTA Para a realização das configurações avançadas o usuário deve estar em modo de visualização ao vivo (Live Viewer) e em Tela cheia de qualquer câmera, clicando com botão direito do mouse será aberta a lista de um menu. Clicar em Special Functions, logo em seguida em Advanced Settings abrirá a seguinte janela Advanced Settings (Configurações Avançadas): Na primeira tela (MAIN) podemos configurar: Formato de video: NTSC ou PAL Data e hora Tempo para a saída de vídeo em modo seqüencial. Veja na figura à seguir. 4

5 Vídeo Input Format (Formato do Sinal de Vídeo de Entrada): Selecionar uma das opções NTSC (National TV Standards Committee) ou PAL (Phase Alternating Line). Nota: O formato NTSC é a opção default. Para que qualquer alteração seja efetivada não é necessário reinicializar o computador, simplesmente clicar em Save. Sequenced Vídeo Output Dwell Time (Tempo de Permanência para o Sinal de Vídeo Seqüencial quando utilizado a saída do monitor): Selecionar uma opção para o tempo de permanência, para o sinal seqüencial de vídeo de saída para monitor, referente ao sinal de entrada de cada uma das quatro câmeras. Vídeo Gateway Internal Time/Date (Horário Interno do Módulo Vídeoalerta): O usuário poderá selecionar qual o processo a ser utilizado pelo Módulo Vídeoalerta para atualização das indicações de dia da semana, data e horário. Para sincronizar o Módulo Vídeoalerta com o PC instalado, selecionar a opção Use This PC Current Time to Update Internal Time (Utilizar o horário atual apresentado por este PC para atualizar o horário interno) Na segunda tela (CHANNEL) podemos configurar: Selecionar as câmeras com configuração independente e nomeá-las 5

6 Configurar brilho, contraste, saturação e HUE por câmera Área de Detecção de movimento (48 áreas de seleção) e nível de sensibilidade (H-M-L) Pré alarme e pós alarme (máximo 7s pré e 7s pós alarme) Dispositivo de trigger (N.A. ou N.F.) Formato da imagem relacionado a qualidade e tamanho (máximo 640X480 com até 5 frames por segundo) Activate Motion Detect (Ativar Detecção de Movimento): Selecionar esta opção para ativar a função de detecção de objetos em movimento, (com a finalidade de alertar outros dispositivos externos opcionais instalados, saída de alarme). Sensitivity Level (Nível de sensibilidade) : Depois de ativada a opção Activate Motion Detect (Ativar Detecção de Movimento), selecionar a sensibilidade do sistema, clicando em qualquer um dos botões Low (Baixo), Med (Médio) ou High (Alto). Para selecionar a área desejada para a detecção do movimento (até 48 áreas) passe o mouse dentro da imagem no local desejado e com botão direito dê um duplo click. Vejam na figura acima a área central está selecionada. Images (Trigger) Buffer (Memória de Transferência de Imagens de Disparo de Alarmes): Selecionar o número de imagens a ser armazenado nos estágios de memórias antes e após cada alarme, as quais deverão ser transmitidas ao servidor Videoalerta.net, na eventualidade de ativação de disparo de alarme. 6

7 Brightness (Brilho): Selecionar o nível de iluminação da tela de vídeo Contrast (Contraste): Alterar as diferenças entre as áreas mais claras e as mais escuras, conforme apresentadas na tela de vídeo. Saturation (Saturação): Aumentar o valor do ajuste para tornar mais intensa cada uma das cores apresentadas na tela. Hue (Tonalidade): Selecionar o comprimento da onda predominante da cor apresentada. Default (Padrão de Fábrica): Clicar neste botão para voltar aos valores originais de Brilho, Contraste, Saturação e Tonalidade aplicados antes de serem selecionadas as alterações. Select Channel (Selecionar Canal): Clicar neste botão para apresentação das funções relacionadas com cada entrada de vídeo (câmeras). Device (Dispositivo): Clicar neste item para selecionar os dispositivos opcionais que disparam sinais de saída. Dentre os exemplos, temos os relês que serão disparados quando determinado evento ocorrer no Vídeoalerta (saída Trigger). Image Format (Formato da Imagem): Selecionar a resolução desejada para as imagens a serem transmitidas ao servidor Videoalerta.net, no caso de ativação por disparo de sinal de entrada (640X480, 320X240, 160X120). ATENÇÃO: Se a opção de detecção de movimento estiver ativada, confirmar se a câmera não está instalada em um local onde possa surgir a transmissão cruzada ou de vários clips ao mesmo tempo, para o servidor. Esta opção deve ser usada com cautela, em locais de alto fluxo de pessoas para que quando houver movimentos não sobrecarreguem a caixa de do usuário e seja usada somente na condição real de alarme alertando o usuário sobre os movimentos do local e preservando assim o espaço para realização de gravações de clips realmente necessários. ESTA CONFIGURAÇÃO É OBRIGATÓRIA PARA A GRAVAÇÃO DAS IMAGENS NO SERVIDOR Na terceira tela (SECURITY) devemos configurar: Apontar o servidor que irá receber os vídeos quanto existir evento. Server com o endereço Preencher no campo Saída de trigger Funções de segurança Trigger Receiver Server URL or IP (Endereço IP / URL do Servidor que receberá o sinal de video): Digitar o endereço para que o Módulo Vídeoalerta envie as imagens para o servidor de destino. Trigger Output (Sinal de Saída de Disparo): Sempre que câmera detectar qualquer movimento, ou quando for ativado um dos quatro (4) sinais de entrada de disparo de alarme, será ativado o sinal de saída de disparo. Este sinal poderá ser usado para disparar uma zona de um sistema de segurança, por exemplo. 7

8 Digitar o número referente à duração desse sinal de saída de disparo (em segundos), para que a câmera mantenha ativado o dispositivo durante o intervalo de tempo especificado. Nota: O sinal de saída será transmitido toda vez que for clicado o botão Manually Activate Trigger Output Ativar Manualmente o Sinal de Saída de Disparo. Activate Security Function (Ativar Função de Segurança): Este item serve para selecionar o tipo da Função de Segurança desejado, ou seja, no modo Always (permanente) ou Daily (diariamente). Selecionar a opção Always para acessar o modo de segurança quando estiverem ativadas as funções de Detecção de Movimento ou Entrada de Sinal de Disparo de Alarme. Selecionar a opção Daily para acessar o modo de segurança conforme programado no Horário Interno do Vídeoalerta (períodos de 0 a 24 horas). Consultar o tópico Main, na tela Video Gateway Internal Time/Date para ter certeza do funcionamento correto. 8

9 INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÕES DO VÍDEOALERTA TERMINADAS. Para visualizar as imagens basta acessar o site e preencher os campos de USUÁRIO e SENHA previamente cadastrados na ativação do produto. Veja abaixo o exemplo de acesso à 4 câmeras acessadas ao vivo. LOJA SPYA RECIFE 9

10 FUNCIONALIDADE DOS TRIGGERS (ENTRADAS) Entradas da fiação para Trigger de transmissão ao servidor: Fornecer um curto momentâneo nos terminais 1A, 2A, 3A, 4A para iniciar a transmissão de vídeo para o servidor videoalerta.net. Entradas da fiação do disparador de travamento da saída de vídeo da câmera, para visualização local (para visualização de uma única câmera). Fornecer um breve travamento nos terminais 1B, 2B, 3B, 4B travando a imagem de vídeo das câmeras de 1 à 4 respectivamente, no conector de saída de sinal de vídeo seqüencial para monitor. NOTA: Cada canal deve ter habilitado trigger nas telas de Configurações Avançadas (Advanced Settings) do Vídeoalerta. (ver página 6) As entradas de disparos podem ser mudadas de N.A. para N.F. nas telas de Configurações Avançadas também. (ver página 6) Se programado Triggers, você deve programar o endereço IP / URL do Servidor que receberá o sinal de vídeo. (ver página 7 e 8) 10

11 TRIGGERS SOMENTE QUANDO ARMADO A entrada estará armada quando o terminal preto e branco estiver aberto, e permitirá gravação de vídeo se mudar de estado, fechando o fio preto com o branco que está junto com a fiação do adaptador de energia (fonte). Esta entrada pode ser controlada por um relê RB1000 ligado a um painel de controle, conforme mostrado abaixo: 11

12 CONFIGURAÇÕES AVANÇADAS DO G-BOX O G-BOX é possível ser configurado como qualquer outro roteador de mercado. As configurações são realizadas via navegador de Internet, dessa forma mantemos o sistema totalmente livre de instalação de softwares para o seu funcionamento. O G-BOX vem com o IP de fábrica e a porta Esta porta é destinada para o acesso às configurações internas do equipamento, com esse acesso podemos aplicar e personalizar o sistema videoalerta.net de acordo com a rede LAN do cliente. Para acessarmos o configurador do G-BOX basta ligar-lo na fonte e conectar o cabo de rede do seu micro à entrada LAN do G-BOX ( L1 ou outra), e abrir o navegador de Internet em seu micro e digitar na linha de acesso clicar na tecla enter, logo em seguida será exibido uma caixa de diálogo solicitando o nome de usuário e senha. Em nome de usuário deixar em branco, e no campo da senha digitar CAMERAS, veja figura abaixo: Após preenchido os dados corretamente, pressionar o botão OK e teremos acesso as telas de configurações internas do G-BOX. Abaixo podemos observar a imagem da primeira tela de configuração do G-BOX. 12

13 Podemos nesse instante configurar a conexão da porta WAN informando ao G-BOX qual o tipo de Link temos, como segue: Obter IP automaticamente; [ Obtain configuration automatically (CATV dynamic mode) ] Dinâmico; Link com IP dinâmico, o contrário do IP fixo [ PPPoE ( DSL Dynamic mode ) ] Estático; Link com IP fixo. ( Static Configuration ) 13

14 EXEMPLO DE CONFIGURAÇÃO DO G-BOX PARA IP DINÂMICO E COM AUTENTICAÇÃO AUTOMÁTICA 1º Selecionar a opção: PPPoE (DSL dynamic mode); 2º Preencher o campo User Name com o nome de usuário que o cliente utiliza para autenticar o Link de Internet; 3º Preencher o campo Password com a senha de usuário que o cliente utiliza para autenticar o Link de Internet. 4º Preencher o campo Confirm Password para verificar se a senha de usuário foi digitada corretamente, digitar a mesma senha do campo Password ; 5º Selecionar o quadrado de seleção da opção Auto-reconnect. Esta opção selecionada garante que o G-BOX autentique o Link do cliente automaticamente; 6º Clique na opção Save para gravar as configurações. Configuração finalizada para um Link dinâmico autenticado. 14

15 Para verificar se as configurações do Link dinâmico foram realizadas clicar em Network Status na tela de configuração. Ao clicar em Network Status será exibido as informações das condições da conexão ao Link de Internet, observe na imagem abaixo: O Campo mais importante que devemos verificar é o IP Address, nesse caso podemos constatar que o G-BOX está configurado corretamente e o IP atualmente é o número CONFIGURAÇÕES AVANÇADAS ADVANCED SETUP Dentro das configurações avançadas Advanced Setup encontraremos 5 subníveis de configuração: Management : Gerenciamento do G-BOX o qual poderemos alterar a senha de acesso, porta de comunicação, permitir administração do G-BOX via Internet, bloquear solicitações de configuração via Internet entre outras configurações. Virtual Server : Utilizado para disponibilizar outros tipos de serviços dentro da rede do cliente para a Internet. Por exemplo para disponibilizar as imagens de um DVR Stand Alone para acesso via Internet. Packet Filter : Possibilidade de habilitar ou desabilitar, filtrar a passagem de pacotes. Static Router : Definir uma rota estática para especificar uma rede e/ou um dispositivo como um host (hospedeiro). Dynamic DNS : Configuração de DNS Dinâmico para locais que possuem Link de Internet dinâmico. A configuração desse item é necessária, se e somente se, existirem serviços da rede interna que serão acessados via Internet. A imagem à seguir mostra a tela Management (Gerenciamento). 15

16 NOTA TÉCNICA: Roteador G-Box - Funções básicas do Roteador G-BOX: O roteador serve para distribuir o sinal da internet para mais de um computador. É um equipamento usado para fazer a comutação de protocolos, a comunicação entre diferentes redes de computadores provendo a comunicação entre computadores distantes entre si. A principal característica desses equipamentos é selecionar a rota mais apropriada para repassar os pacotes recebidos. Ou seja, encaminhar os pacotes para o melhor caminho disponível para um determinado destino. O Roteador G-BOX já vem programado para encontrar o servidor e com a regra para entregar o IP e porta 8201 para o Vídeoalerta conectado através das portas L1 ou L3, nos protocolos TCP e UDP. A condição de fábrica trabalha com o Range de IP oito ao invés de zero que é o comum das redes locais. OBS: É possível modificar de Range oito para zero caso o cliente desejar. 16

17 - Configuração para utilizar o Vídeoalerta sem o G-BOX A configuração em um roteador seja no modo DHCP ou IP Fixo, se faz necessária. Temos que vincular o Mac Address com o IP que será entregue para o equipamento quando estiver na Rede. O Mac Address do Vídeoalerta (Número gravado na etiqueta que segue o padrão 0009B5xxxxxx) podera ser vinculado com um endereço IP livre na rede, a tela de configuração no roteador pode variar de acordo com a marca e modelo que o cliente possuir. Sendo assim consultar o manual do roteador para informações da tela de configuração. Feita a configuração, e reiniciado os equipamentos, o Vídeoalerta que já recebera o IP programado deve ser configurado a porta de acesso. A tela de configuração também pode variar de acordo com a marca e o modelo de roteador, porém sempre será programado com a mesma regra. A Regra é que a porta será sempre 8 + Final do endereço IP Exemplo: Se o Vídeoalerta trabalhar com o IP , a porta que deverá ser configurada nos protocolos TCP e UDP (Ambos) é ANOTAÇÕES : 17

Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client?

Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client? Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client? Assim que abrir o DVR Client, no canto superior direito há um grupo de opções denominado Login, preencha de acordo

Leia mais

ATA. manual do usuário. Version 1.0 ATA 010001

ATA. manual do usuário. Version 1.0 ATA 010001 Version 1.0 ATA 010001 CONTEÚDO DO KIT FLIP ATA - Adaptador de Analógico (Terminal FLIP) Fonte de energia elétrica AC/DC Cabo de Cabo de Rede Manual do Usuário ESPECIFICAÇÃO LED RING LNK/ACT STATUS PWR

Leia mais

Procedimento para configuração de Redirecionamento de Portas

Procedimento para configuração de Redirecionamento de Portas 1 Procedimento para configuração de Redirecionamento de Portas 1- Para realizar a configuração de redirecionamento de portas o computador deve estar conectado via cabo Ethernet em uma das portas LAN do

Leia mais

Com o DPR-1260 podem ser utilizadas até 4 impressoras USB. Segue um exemplo de topologia a que o equipamento atende:

Com o DPR-1260 podem ser utilizadas até 4 impressoras USB. Segue um exemplo de topologia a que o equipamento atende: Com o DPR-1260 podem ser utilizadas até 4 impressoras USB. Segue um exemplo de topologia a que o equipamento atende: 1 1- Para configurar o DPR-1260 conecte um cabo de rede na porta LAN do DPR-1260 até

Leia mais

PHONE. manual do usuário Version 1.1 FPP 011001

PHONE. manual do usuário Version 1.1 FPP 011001 Version 1.1 FPP 011001 CONTEÚDO DO KIT FLIP ESPECIFICAÇÃO FUNÇÕES DO TERMINAL COMO INSTALAR O TERMINAL ANEXO I ANEXO II ANEXO III ÍNDICE 5 5 6 9 12 17 18 3 CONTEÚDO DO KIT FLIP Terminal FLIP Phone ESPECIFICAÇÃO

Leia mais

PHONE. manual do usuário. Version 1.0 FPP 010001

PHONE. manual do usuário. Version 1.0 FPP 010001 Version 1.0 FPP 010001 índice CONTEÚDO DO KIT FLIP ESPECIFICAÇÃO TERMINAL FUNÇÕES DO TERMINAL COMO INSTALAR O TERMINAL ANEXO I ANEXO II 5 5 5 6 9 12 17 CONTEÚDO DO KIT FLIP RC Terminal FLIP Phone Fonte

Leia mais

W-R2000nl Guia de instalação

W-R2000nl Guia de instalação W-R2000nl Guia de instalação Sumário Introdução...3 Instalação...5 Configurando seu computador...6 Acessando a tela de configurações...7 Configuração de Roteamento...8 Trocando senha de sua rede sem fio...13

Leia mais

NVS (Servidor de vídeo em rede) e Câmeras IPS

NVS (Servidor de vídeo em rede) e Câmeras IPS NVS (Servidor de vídeo em rede) e Câmeras IPS Guia rápido de usuário (Versão 3.0.4) Nota: Esse manual pode descrever os detalhes técnicos incorretamente e pode ter erros de impressão. Se você tiver algum

Leia mais

Guia Rápido de Instalação. VNT 7704 e VNT 7708

Guia Rápido de Instalação. VNT 7704 e VNT 7708 Guia Rápido de Instalação VNT 7704 e VNT 7708 Conteúdo 1. Instale o HD... 3 1.1. Instale o HD... 3 2. Conexões... 3 2.1. Vista traseira do DVR de 04 canais... 3 2.2. Vista traseira do DVR de 08 canais...

Leia mais

MANUAL DE FUNÇÕES DO DVR

MANUAL DE FUNÇÕES DO DVR MANUAL DE FUNÇÕES DO DVR Flash Systems - Manual de Funções do DVR Manual de Funções do DVR Descrevemos aqui as principais funções do DVR. Para acesso, na tela inicial do DVR, clique o botão direito do

Leia mais

Procedimentos para Configuração de Redirecionamento de Portas

Procedimentos para Configuração de Redirecionamento de Portas 1 Procedimentos para Configuração de Redirecionamento de Portas O DIR 635 tem duas opções para liberação de portas: Virtual server: A opção Virtual Server permite que você defina uma única porta pública

Leia mais

Certifique-se de que você possui todas as informações necessárias e equipamento em mãos antes de iniciar a instalação.

Certifique-se de que você possui todas as informações necessárias e equipamento em mãos antes de iniciar a instalação. Este produto pode ser configurado utilizando qualquer navegador web atual, como por ex. Internet Explorer 6 ou Netscape Navigator 7 ou superior. DSL-2730B Roteador ADSL Wireless Antes de começar Certifique-se

Leia mais

Procedimentos para configuração em modo Router Dynamic IP

Procedimentos para configuração em modo Router Dynamic IP O equipamento DWL-G730AP tem 3 modos possíveis de configuração: Router, Access Point ou Client. Em baixo do equipamento há um chaveador para que seja efetuada a mudança de modo de configuração. Neste caso,

Leia mais

Manual. Rev 2 - junho/07

Manual. Rev 2 - junho/07 Manual 1.Desbloquear o software ------------------------------------------------------------------02 2.Botões do programa- --------------------------------------------------------------------- 02 3. Configurações

Leia mais

GUIA RÁPIDO de INSTALAÇÃO e CONFIGURAÇÃO

GUIA RÁPIDO de INSTALAÇÃO e CONFIGURAÇÃO GUIA RÁPIDO de INSTALAÇÃO e CONFIGURAÇÃO ROTEADORES WIRELESS 802.11G Modelos s: TL-WR541G/ TL- -WR542G/ TL- -WR641G/ TL- -WR642G 1. 2. 3. 4. 5. As 1. 2. 3. 4. 5. As 1. 2. 3. 4. 5. As As As s s ções ções

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO PÉGASUS (ETHERNET) STUDIO V2.02 MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Rua Coronel Botelho, 64 - Alto da Lapa - CEP: 05088-020 São Paulo - SP - Brasil +55 (11) 3832-6102 PÉGASUS (ETHERNET) STUDIO V2.02 - MANUAL

Leia mais

Procedimentos para configuração em modo WDS

Procedimentos para configuração em modo WDS Procedimentos para configuração em modo WDS 1- WDS (Wireless Distribution System) permite o acesso de um DAP-1353 com o outro DAP-1353 de um modo padronizado. Dessa forma pode simplificar a infraestrutura

Leia mais

Indice. Indice.1. 6.1- Reprodução Local...18. 6.2- Reprodução Remota...19

Indice. Indice.1. 6.1- Reprodução Local...18. 6.2- Reprodução Remota...19 Indice Indice.1 1. Introdução...2 1.1. Ambiente de Operação...2 1.2. Instruções de Instalação...2 2. Instalação e desinstalação...3 2.1. Instalação...3 2.2. Desinstalação...4 2.3. Reparo...5 3. Operação

Leia mais

W-R1000nL Guia de instalação

W-R1000nL Guia de instalação W-R1000nL Guia de instalação 1 Sumário Configurando seu Computador...3 Configuração de Roteamento...4 Configurando repetição de sinal...8 2 Configurando seu Computador Esta configuração pode variar dependendo

Leia mais

Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2

Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2 Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2 Página 1 de 14 Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2-NA Este guia irá ajudá-lo a instalar o seu ATA,

Leia mais

Aula Pratica 3 Configurações de Rede Ethernet com Protocolo TCP/IP

Aula Pratica 3 Configurações de Rede Ethernet com Protocolo TCP/IP 1 Aula Pratica 3 Configurações de Rede Ethernet com Protocolo TCP/IP Objetivo: Esta aula tem como objetivo apresentar aos alunos como configurar equipamentos em redes Ethernet com os protocolos TCP/IP.

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO VOIP

MANUAL DE INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO VOIP MANUAL DE INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO VOIP 1 INDICE 1. Identifique seu tipo de conexão à internet:... 3 1.1 Como Identificar sua Conexão Banda Larga... 3 1.1.1 Conexão ADSL... 3 1.1.2 Conexão a Cabo... 3

Leia mais

Manual B.P.S ATA 5xxx Índice

Manual B.P.S ATA 5xxx Índice Manual B.P.S ATA 5xxx Índice 1. Conectando o Adaptador para Telefone Analógico (ATA)...02 2. Configurações básicas...05 2.1 Configuração dos parâmetros de usuário e senha para acessos de banda larga do

Leia mais

Procedimento para Configuração de Internet em modo Router

Procedimento para Configuração de Internet em modo Router Procedimento para Configuração de Internet em modo Router 1- Para realizar o procedimento de configuração em modo Router o computador deve estar conectado via cabo Ethernet em uma das portas LAN do DSL-2640B

Leia mais

Manual de Configuração D-LINK Modelo: DVG-1402S Firmware: 1.00.011

Manual de Configuração D-LINK Modelo: DVG-1402S Firmware: 1.00.011 Manual de Configuração D-LINK Modelo: DVG-1402S Firmware: 1.00.011 Para usuários de conexão banda larga do tipo PPPoE (autenticação por usuário e senha) Capítulo 1 Conectando-se à Internet Alguns provedores

Leia mais

Procedimentos para configuração em modo Router Static IP.

Procedimentos para configuração em modo Router Static IP. O equipamento DWL-G730AP tem 3 modos possíveis de configuração: Router, Access Point ou Client. Em baixo do equipamento há um chaveador para que seja efetuada a mudança de modo de configuração. Neste caso,

Leia mais

HCN/HCS SERIES CÂMERAS E CONVERSORES IP

HCN/HCS SERIES CÂMERAS E CONVERSORES IP HCN/HCS SERIES CÂMERAS E CONVERSORES IP Obrigado por utilizar os produtos Dimy s. Antes de operar o equipamento, leia atentamente as instruções deste manual para obter um desempenho adequado. Por favor,

Leia mais

6.8.3.10 Lab - Configurar o Roteador Sem Fio no Windows XP

6.8.3.10 Lab - Configurar o Roteador Sem Fio no Windows XP IT Essentials 5.0 6.8.3.10 Lab - Configurar o Roteador Sem Fio no Windows XP Introdução Imprima e preencha este laboratório. Neste laboratório, você vai configurar e testar as configurações sem fio no

Leia mais

Manual básico de configuração. ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo Linksys PAP2T

Manual básico de configuração. ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo Linksys PAP2T Manual básico de configuração ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo Linksys PAP2T Índice 1 Objetivo deste documento... 3 2 Entendendo o que é um ATA... 3 3 Quando utilizar o ATA... 4 4 Requisitos

Leia mais

Primeira parte: operações básicas

Primeira parte: operações básicas Esta linha de DVR EXVISION foi projetada especialmente para as áreas de segurança e vigilância, e é um excelente produto em termos de vigilância digital. Ele possuiu um sistema operacional LINUX integrado

Leia mais

GUIA RÁPIDO SUPLEMENTO. Dome de câmera de rede PTZ AXIS M5013 Dome de câmera de rede PTZ AXIS M5014 PORTUGUÊS

GUIA RÁPIDO SUPLEMENTO. Dome de câmera de rede PTZ AXIS M5013 Dome de câmera de rede PTZ AXIS M5014 PORTUGUÊS GUIA RÁPIDO SUPLEMENTO Dome de câmera de rede PTZ AXIS M5013 Dome de câmera de rede PTZ AXIS M5014 PORTUGUÊS Guia Rápido Suplemento da câmera AXIS M5013/M5014 Página 3 AXIS M5013/M5014 Guia Rápido Suplemento

Leia mais

Procedimentos para configuração de Filters

Procedimentos para configuração de Filters 1 Procedimentos para configuração de Filters 1- Para realizar o procedimento de configuração de Filters, acesse agora a página de configuração do Roteador. Abra o Internet Explorer e digite na barra de

Leia mais

DSL-500B Configuração modo Router PPPoE

DSL-500B Configuração modo Router PPPoE DSL-500B Configuração modo Router PPPoE 1- Antes de iniciar qualquer procedimento de configuração verifique se os cabos estão conectados conforme o diagrama de instalação abaixo: Se você possui uma tomada

Leia mais

Procedimento de configuração para usuários VONO

Procedimento de configuração para usuários VONO Adaptador de telefone analógico ZOOM Procedimento de configuração para usuários VONO Modelos 580x pré configurados para VONO 1 - Introdução Conteúdo da Embalagem (ATENÇÃO: UTILIZE APENAS ACESSÓRIOS ORIGINAIS):

Leia mais

Autenticação modo Roteador. Após finalizar a configuração, seu computador obterá o IP e a página de configuração do ATA poderá ser acessada.

Autenticação modo Roteador. Após finalizar a configuração, seu computador obterá o IP e a página de configuração do ATA poderá ser acessada. 2. Conecte a porta WAN do GKM 2210 T ao seu acesso à internet (porta ethernet do modem). O LED WAN acenderá; 3. Conecte a porta LAN à placa de rede do PC. O LED LAN acenderá; 4. Conecte o(s) telefone(s)

Leia mais

Gateway TT211S/S+/O/O+/SO/SO+

Gateway TT211S/S+/O/O+/SO/SO+ Guia Rápido de Instalação TT211S/S+/O/O+/SO/SO+ v120511 Índice Introdução 2 Procedimentos para Instalação 2 Conectando o Hardware 2 Configuração Inicial 3 Configuração Network 3 Configuração do DNS (Domain

Leia mais

PÉGASUS (ETHERNET POCKET) STUDIO V1.00 MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

PÉGASUS (ETHERNET POCKET) STUDIO V1.00 MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO PÉGASUS (ETHERNET POCKET) STUDIO V1.00 MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Rua Coronel Botelho, 64 - Alto da Lapa - CEP: 05088-020 São Paulo - SP - Brasil +55 (11) 3832-6102 PÉGASUS (ETHERNET POCKET) STUDIO

Leia mais

Configurar modem em modo PPPoE - Avançado. Manual de configuração em modo PPPoE Roteamento do modem TG581n, avançado.

Configurar modem em modo PPPoE - Avançado. Manual de configuração em modo PPPoE Roteamento do modem TG581n, avançado. Configurar modem em modo PPPoE - Avançado Manual de configuração em modo PPPoE Roteamento do modem TG581n, avançado. 1. Com o computador ligado via cabo ao modem, pela porta LAN 1, para acessar a interface

Leia mais

6 - Apresentação do Painel de Controle do software DVR-Viewer. Itens Descrição 1 Lista do DVR: Adiciona/Modifica/Apaga a lista de DVRs conectados.

6 - Apresentação do Painel de Controle do software DVR-Viewer. Itens Descrição 1 Lista do DVR: Adiciona/Modifica/Apaga a lista de DVRs conectados. Instrução de acesso ao DVR da Yoko modelo Pentaplex. Via Software. 1 - Instalar o Software que esta no CD (Yoko H264\setup.exe) ou Fazer o Download do software do através do site abaixo: ( caso o navegador

Leia mais

Instrução de acesso ao DVR da Yoko Modelo RYK925x Via Software.

Instrução de acesso ao DVR da Yoko Modelo RYK925x Via Software. Instrução de acesso ao DVR da Yoko Modelo RYK925x Via Software. 1 - Instalar o Software que está no CD (Yoko H264\setup.exe) ou Fazer o Download do software do através do site abaixo: http://cameras.khronos.ind.br:1061/clientes/aplicativos/yokoprata/

Leia mais

Manual para configuração. Siemens Roteador VoIP SpeedStream 3610

Manual para configuração. Siemens Roteador VoIP SpeedStream 3610 Manual para configuração Siemens Roteador VoIP SpeedStream 3610 Indice Guia Rápido de Instalação customizado... 3 Tipo de acesso banda larga... 4 Procedimentos de configuração... 5 Conexões do Painel traseiro...

Leia mais

Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor. Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL

Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor. Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL Sumário 1 Instalando o Linux Comunicações para Telecentros (servidor) 2 1.1 Experimentar o Linux

Leia mais

Se você possui uma tomada de telefone no padrão TeleBrás siga este diagrama:

Se você possui uma tomada de telefone no padrão TeleBrás siga este diagrama: 1- Antes de iniciar qualquer procedimento de configuração verifique se os cabos estão conectados conforme o diagrama de instalação abaixo: Se você possui uma tomada de telefone no padrão Americano siga

Leia mais

Roteador Load-Balance / Mikrotik RB750

Roteador Load-Balance / Mikrotik RB750 Roteador Load-Balance / Mikrotik RB750 Equipamento compacto e de alto poder de processamento, ideal para ser utilizado em provedores de Internet ou pequenas empresas no gerenciamento de redes e/ou no balanceamento

Leia mais

Índice. 1. Conexão do Hardware...03. 2. Configuração do computador...05. 2.1. Sistema Operacional Windows 2000 ou Windows XP...05

Índice. 1. Conexão do Hardware...03. 2. Configuração do computador...05. 2.1. Sistema Operacional Windows 2000 ou Windows XP...05 Índice 1. Conexão do Hardware...03 2. Configuração do computador...05 2.1. Sistema Operacional Windows 2000 ou Windows XP...05 2.2. Sistema Operacional Windows Vista ou Windows 7...07 3. Assistente de

Leia mais

MANUAL INSTALAÇÃO IPCAM

MANUAL INSTALAÇÃO IPCAM MANUAL INSTALAÇÃO IPCAM 1 ÍNDICE: 1. Conectando a câmera. ------------------------------------------------------------------------------------------- 3 2. Conectando a câmera na rede. --------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

BIT. Boletim de Informação Técnica

BIT. Boletim de Informação Técnica Produto W-R2000g v1.1 Nº. 003/2010 Referência Configuração do roteador Responsável Leandro Martins Data 23.Abril.2010 Este documento descreve os passos básicos para a configuração do roteador C3Tech W-R2000g

Leia mais

Configurando DDNS no Stand Alone

Configurando DDNS no Stand Alone Configurando DDNS no Stand Alone Abra o seu navegador de internet e acesse o endereço http://www.advr.com.tw(ou, http://59.124.143.151 ). Clique em Register para efetuar o cadastro de um novo grupo.(foto

Leia mais

Manual Câmera IP CX-1000

Manual Câmera IP CX-1000 Manual Câmera IP CX-1000 Avisos Para reduzir o risco de incêndio ou shock elétrico, não exponha esse produto na chuva ou mofo. Não insira nenhum objeto de metal através das grades de ventilação. PERIGO

Leia mais

HTVix HA 211. Entrada de alimentação 12VDC / 500mA (Positivo no centro)

HTVix HA 211. Entrada de alimentação 12VDC / 500mA (Positivo no centro) 1 HTVix HA 211 1. Interfaces Entrada de alimentação 12VDC / 500mA (Positivo no centro) Conector RJ11 para conexão de aparelho telefônico analógico ou o adaptador para telefone e rede de telefonia convencional

Leia mais

Roteador. Como os cabos devem ser ligados?

Roteador. Como os cabos devem ser ligados? Roteador Roteador (estrangeirismo do inglês router, ou encaminhador) é um equipamento usado para fazer a comutação de protocolos, a comunicação entre diferentes redes provendo a comunicação entre computadores

Leia mais

1 Introdução... 4. Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5. 2 Conhecendo o dispositivo... 6

1 Introdução... 4. Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5. 2 Conhecendo o dispositivo... 6 Índice 1 Introdução... 4 Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5 2 Conhecendo o dispositivo... 6 Verificação dos itens recebidos... 6 Painel Frontal... 7 Painel Traseiro... 8 3 Conectando o

Leia mais

O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB.

O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB. O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB. 1 1- Para realizar o procedimento de configuração o DP-300U deve ser conectado via cabo

Leia mais

O Servidor de impressão DP-301U atende a seguinte topologia: Com o DP-301U pode ser conectada uma impressora USB.

O Servidor de impressão DP-301U atende a seguinte topologia: Com o DP-301U pode ser conectada uma impressora USB. O Servidor de impressão DP-301U atende a seguinte topologia: Com o DP-301U pode ser conectada uma impressora USB. 1 1- Para realizar o procedimento de configuração o DP-301U deve ser conectado via cabo

Leia mais

Tutorial de como configurar o Roteador DIR-600 Wireless 150

Tutorial de como configurar o Roteador DIR-600 Wireless 150 Tutorial de como configurar o Roteador DIR-600 Wireless 150 Para começar a configurar sua rede sem fio, conecte o cabo de rede do seu computador ao roteador em uma porta LAN, e outro cabo do seu modem

Leia mais

2- Instale no seu computador o programa Installation Wizard que você encontra no CD da câmera ou no site http://www.dlink.com.br/suporte.

2- Instale no seu computador o programa Installation Wizard que você encontra no CD da câmera ou no site http://www.dlink.com.br/suporte. Este manual mostra a maneira de configurar as seguintes câmeras IP: DCS-5300, DCS-5300G, DCS-5300W, DCS-6620 e DCS-6620G. Utilizaremos como exemplo a câmera DCS-5300W. 1- Antes de iniciar a configuração

Leia mais

Procedimentos para configuração em modo Router PPPOE

Procedimentos para configuração em modo Router PPPOE O equipamento DWL-G730AP tem 3 modos possíveis de configuração: Router, Access Point ou Client. Em baixo do equipamento há um chaveador para que seja efetuada a mudança de modo de configuração. Neste caso,

Leia mais

Manual de Instalação de Telecentros Comunitários. Ministério das Comunicações

Manual de Instalação de Telecentros Comunitários. Ministério das Comunicações Manual de Instalação de Telecentros Comunitários Ministério das Comunicações As informações contidas no presente documento foram elaboradas pela International Syst. Qualquer dúvida a respeito de seu uso

Leia mais

Manual. Conhecendo o Roteador WAN

Manual. Conhecendo o Roteador WAN Este manual foi criado para melhor ajuda-lo nas configurações do Roteador KNUP KP-R02. Neste manual iremos apresentar os tipos de configurações possíveis. Para melhor entendimento deste manual é preciso

Leia mais

Manual de Instalação Rápida

Manual de Instalação Rápida Modelo:FI8919W Manual de Instalação Rápida Câmera IP Wireless Pan/Tilt Externa Para Windows OS ------1 Para MAC OS ------17 ShenZhen Foscam Intelligent Technology Co., Ltd Manual de Instalação Rápida Para

Leia mais

Apple ipad ( ipad Primeira Geração, ipad 2, ou ipad terceira geração)

Apple ipad ( ipad Primeira Geração, ipad 2, ou ipad terceira geração) 1.0 Exigências de Sistema Apple ipad ( ipad Primeira Geração, ipad 2, ou ipad terceira geração) Yamaha M7CL ou LS9 ou CL series Ponto de acesso Wi-Fi ( preferencialmente com 802.11n, 5GHz, embora 2.4GHz

Leia mais

OBJETIVO: Informar ao cliente como instalar e configurar o equipamento D-Link DVG-1402s para operar com o serviço da rede PhoneClub

OBJETIVO: Informar ao cliente como instalar e configurar o equipamento D-Link DVG-1402s para operar com o serviço da rede PhoneClub ASSUNTO: Manual de instalação do equipamento D-Link DVG-1402s OBJETIVO: Informar ao cliente como instalar e configurar o equipamento D-Link DVG-1402s para operar com o serviço da rede PhoneClub PÚBLICO:

Leia mais

Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2

Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2 Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2 Terra VOIP PAP2 Rev. 1 Ago/06 1 de 15 Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2-NA Este guia irá ajudá-lo

Leia mais

Exigências de Sistema. Significado de cada LED. Conteúdo da embalagem. Instalação e Configurações

Exigências de Sistema. Significado de cada LED. Conteúdo da embalagem. Instalação e Configurações Exigências de Sistema 1. Processador Pentium 200MHZ ou mais 2. Windows 98SE, Windows Me, Windows 2000, Windows XP, Windows Vista e Windows 7. 3. 64MB de RAM ou mais. 4. 25MB de espaço livre no disco Significado

Leia mais

HVR - GRAVADOR DIGITAL DE VÍDEO HÍBRIDO GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO

HVR - GRAVADOR DIGITAL DE VÍDEO HÍBRIDO GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO HVR - GRAVADOR DIGITAL DE VÍDEO HÍBRIDO GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO Guia rápido do usuário para instalação e operação do DVR Edição R1.0 Bem-vindo! A série DVR/HVR, é um gravador, reprodutor e editor de imagens,

Leia mais

DVR 9 Canais ATX 209

DVR 9 Canais ATX 209 DVR 9 Canais ATX 209 Índice Introdução ao DVR 2 Painel frontal 3 Painel traseiro 4 Ligando a unidade 5 Visualização de tela 6 Guia de operação: Menu principal 7 Guia de operação: Seleção de câmera 7 Guia

Leia mais

Câmera IP BOX SEGI-0720B Câmera IP Externa SEGI-0720E

Câmera IP BOX SEGI-0720B Câmera IP Externa SEGI-0720E Câmera IP BOX SEGI-0720B Câmera IP Externa SEGI-0720E SEGI-0720B 1 - Instalação 2 - Configuração Padrão 3 - Conectando a Câmera ao Computador 4 - Acessando a interface e configurando a rede 5 - Configurações

Leia mais

Manual de Instalação KIT DVR VENTURA Parte 1: Conexões Parte 2: Configurações de rede Parte 3: Acesso via telefone móvel

Manual de Instalação KIT DVR VENTURA Parte 1: Conexões Parte 2: Configurações de rede Parte 3: Acesso via telefone móvel 1 Manual de Instalação KIT DVR VENTURA Parte 1: Conexões Parte 2: Configurações de rede Parte 3: Acesso via telefone móvel Parte 1: Conexões 2 Instalação do Disco Rídigo (HD) Primeiro é necessário a instalação

Leia mais

Sistema irá modular até 32 câmeras: Você pode conectar de 1 até 32 câmeras.

Sistema irá modular até 32 câmeras: Você pode conectar de 1 até 32 câmeras. MANUAL DO SISTEMA Introdução Apresentação Requisitos mínimos Instalação do programa Acessando o Secullum DVR Tela Principal Indicador de espaço em disco Disposição de telas Status de Gravação Usuário atual

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA CÓD.:682-0

GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA CÓD.:682-0 WPS Roteador Wireless 300N GWA-101 5dBi Bi-Volt GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA CÓD.:682-0 Roteador Wireless 300Mbps Guia de Instalação Rápida REV. 2.0 1. Introdução: O Roteador Wireless 300Mbps, modelo 682-0

Leia mais

http://www.foscam.com.br http://loja.foscam.com.br

http://www.foscam.com.br http://loja.foscam.com.br http://www.foscam.com.br http://loja.foscam.com.br TUTORIAL PARA ACESSO REMOTO/WEB FOSCAM BRASIL Inicialmente defina uma porta (HTTP port) para cada câmera. Acesse as configurações da câmera em for administrator

Leia mais

Parabéns, você acaba de adquirir um produto com qualidade e tecnologia Identech.

Parabéns, você acaba de adquirir um produto com qualidade e tecnologia Identech. MANUAL Sumário 1 INTRODUÇÃO3 2 LIGANDO/CONECTANDO3 3 CONFIGURAÇÕES4 31 - INICIAL4 32 - REDE8 321-3G8 322 - WAN9 323 - LAN10 324 - Tipo de Reconexão13 325 - Redirecionar14 33 - WIRELESS16 34 - DHCP17 35

Leia mais

Configurando o DDNS Management System

Configurando o DDNS Management System Configurando o DDNS Management System Solução 1: Com o desenvolvimento de sistemas de vigilância, cada vez mais usuários querem usar a conexão ADSL para realizar vigilância de vídeo através da rede. Porém

Leia mais

Manual para configuração. Linksys RT31P2

Manual para configuração. Linksys RT31P2 Manual para configuração Linksys RT31P2 Indice Guia de Instalação ATA Linksys RT31P2... 3 Conhecendo o ATA... 4 Antes de Iniciar... 6 Analisando o seu acesso à Internet... 6 Configuração... 9 Configuração

Leia mais

Sumário GERAL... 3 INSTALAÇÃO... 3 UTILIZANDO O MINI DVR USB ST-400...10. Opções de Segurança... 12. Gravando as Imagens...13 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

Sumário GERAL... 3 INSTALAÇÃO... 3 UTILIZANDO O MINI DVR USB ST-400...10. Opções de Segurança... 12. Gravando as Imagens...13 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Nos campos channel description, podemos nomear os canais. O nome será exibido junto ao vídeo. No campo Channel control, selecionando o modo automatic, podemos definir os canais ativos, o tempo de exibição

Leia mais

Procedimentos para configurar o Motion Detection no D-ViewCam 1 Para configurar o Motion Detection no D-ViewCam, é necessário que a câmera IP esteja

Procedimentos para configurar o Motion Detection no D-ViewCam 1 Para configurar o Motion Detection no D-ViewCam, é necessário que a câmera IP esteja Procedimentos para configurar o Motion Detection no D-ViewCam 1 Para configurar o Motion Detection no D-ViewCam, é necessário que a câmera IP esteja conectada ao software (D-ViewCam). 1 2 Abra o D-ViewCam

Leia mais

Procedimento para Configuração de Internet em modo Bridge

Procedimento para Configuração de Internet em modo Bridge Procedimento para Configuração de Internet em modo Bridge 1- Para realizar o procedimento de configuração em modo Bridge o computador deve estar conectado via cabo Ethernet em uma das portas LAN do DSL-2640B

Leia mais

Manual para configuração D-LINK DVG - 1402S

Manual para configuração D-LINK DVG - 1402S Manual para configuração D-LINK DVG - 1402S Indice Guia de instalação D-LINK DVG-1402S... 3 Qual a função de cada equipamento:... 4 Visualizando Hardware... 5 LIGAÇÕES DO VOIP ROUTER DVG-1402S... 6 Configuração

Leia mais

LUXVISION HÍBRIDO VER AS IMAGENS ATRAVÉS DO INTERNET EXPLORER. Abra o INTERNET EXPLORER, vá em FERRAMENTAS, OPÇÕES DA INTERNET.

LUXVISION HÍBRIDO VER AS IMAGENS ATRAVÉS DO INTERNET EXPLORER. Abra o INTERNET EXPLORER, vá em FERRAMENTAS, OPÇÕES DA INTERNET. LUXVISION HÍBRIDO VER AS IMAGENS ATRAVÉS DO INTERNET EXPLORER. Abra o INTERNET EXPLORER, vá em FERRAMENTAS, OPÇÕES DA INTERNET. Clique na guia SEGURANÇA, NÍVEL PERSONALIZADO. Ir até os ActiveX ( desenho

Leia mais

CONFIGURAÇÃO DE MODEM ADSL

CONFIGURAÇÃO DE MODEM ADSL CONFIGURAÇÃO DE MODEM ADSL Para localizar seu modem basta pressionar Ctrl + F, e digitar o modelo ou fabricante. Caso tenha dúvidas quando ao seu usuário e/ou senha de autenticação, entre em contato com

Leia mais

Manual de Instruções SOFTWARE DVISION PROTECTION DVR

Manual de Instruções SOFTWARE DVISION PROTECTION DVR Manual de Instruções SOFTWARE DVISION PROTECTION DVR ÍNDICE DESCRIÇÃO................................................. PÁG. 1 - Configuração necessária para o bom funcionamento................... 03 2

Leia mais

Configuração de Redirecionamento de Porta. Manual de configuração de redirecionamento de porta do modem TD5130.

Configuração de Redirecionamento de Porta. Manual de configuração de redirecionamento de porta do modem TD5130. Configuração de Redirecionamento de Porta Manual de configuração de redirecionamento de porta do modem TD5130. 1. Com o computador ligado via cabo ao modem, pela porta LAN 1, para acessar a interface web

Leia mais

1- Especificação Técnica

1- Especificação Técnica Indice Indice..1 1. Especificação Técnica...2 2. Instruções do Software e Acesso...3 2.1. Exemplificação de tipos de acesso...3 2.2. Login...3 2.3. Descrição do Menu...7 2.4. Descrição do MENU Preview

Leia mais

Como Conectar e configurar Câmera Wireless FS-IPH02W FullSec -ACESSO VIA CELULAR

Como Conectar e configurar Câmera Wireless FS-IPH02W FullSec -ACESSO VIA CELULAR Como Conectar e configurar Câmera Wireless FS-IPH02W FullSec -ACESSO VIA CELULAR 1- Conectar a câmera à rede com internet via cabo de rede 2- Conectar a fonte de energia a câmera 3- Aguardar pelo menos

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TDM-C500 TDM-C504 1.01

Guia de Instalação Rápida TDM-C500 TDM-C504 1.01 Guia de Instalação Rápida TDM-C500 TDM-C504 1.01 Índice Português 1 1. Antes de Iniciar 1 2. Instalação de Hardware 3 3. Configure o Modem 4 Troubleshooting 7 Version 10.22.2010 1. Antes de Iniciar Português

Leia mais

O CD-ROM possui um software de configuração passo a passo para o D810R.

O CD-ROM possui um software de configuração passo a passo para o D810R. GUIA DE CONFIGURAÇÃO Instalação de hardware 1. Conecte o adaptador de energia (incluso) na entrada PWR do modem e ligue-o na tomada de energia. 2. Utilize o cabo Ethernet RJ45 (incluso) para conectar a

Leia mais

DVR 4 Canais ATX 204

DVR 4 Canais ATX 204 DVR 4 Canais ATX 204 Índice Introdução ao DVR 2 Painel frontal 3 Painel traseiro 4 Instalação do sensor 5 Instalação do alarme 6 Ligando a unidade 7 Display 8 Menu principal 9 Seleção de Câmera 9 Modo

Leia mais

Configurando 500B (Router) 1. INSTALE SEU MODEM

Configurando 500B (Router) 1. INSTALE SEU MODEM Configurando 500B (Router) A GVT pensa em você, por isso criou um passo a passo que facilita a instalação e configuração do seu modem ADSL DLink 500B. Você mesmo instala e configura, sem a necessidade

Leia mais

1. ESPECIFICAÇÕES...4 1.1 REQUERIMENTOS DE SISTEMA...4 2 TABELA DE GRAVAÇÃO...5 3 INSTALAÇÃO...6 3.1 INSTALAÇÃO DO DVR USB...6 3.

1. ESPECIFICAÇÕES...4 1.1 REQUERIMENTOS DE SISTEMA...4 2 TABELA DE GRAVAÇÃO...5 3 INSTALAÇÃO...6 3.1 INSTALAÇÃO DO DVR USB...6 3. 1. ESPECIFICAÇÕES...4 1.1 REQUERIMENTOS DE SISTEMA...4 2 TABELA DE GRAVAÇÃO...5 3 INSTALAÇÃO...6 3.1 INSTALAÇÃO DO DVR USB...6 3.2 INSTALAÇÃO DO PROGRAMA...6 4 PROGRAMA SUPER DVR...13 4.1 INTERFACE PRINCIPAL...13

Leia mais

TUTORIAL PARA CONFIGURAÇÃO MIKROTIK UTILIZANDO ROTEAMENTO DINÂMICO COM OSPF E AUTENTIÇÃO RADIUS EM NOSSO SISTEMA IXCPROVEDOR.

TUTORIAL PARA CONFIGURAÇÃO MIKROTIK UTILIZANDO ROTEAMENTO DINÂMICO COM OSPF E AUTENTIÇÃO RADIUS EM NOSSO SISTEMA IXCPROVEDOR. TUTORIAL PARA CONFIGURAÇÃO MIKROTIK UTILIZANDO ROTEAMENTO DINÂMICO COM OSPF E AUTENTIÇÃO RADIUS EM NOSSO SISTEMA IXCPROVEDOR. Neste senário temos um roteador de internet que vai ser nosso gateway do MK1,

Leia mais

Figura 2 - Menu "Config. Rede"

Figura 2 - Menu Config. Rede Produto: CL Titânio Assunto: Como acessar o CL Titânio remotamente via browser? Em primeiro lugar, deve-se realizar as configurações de rede do CL Titânio: Entre no menu Principal. clicando com o botão

Leia mais

Como Conectar e configurar Câmera Wireless FS-IPH02W FullSec -ACESSO VIA CELULAR

Como Conectar e configurar Câmera Wireless FS-IPH02W FullSec -ACESSO VIA CELULAR Como Conectar e configurar Câmera Wireless FS-IPH02W FullSec -ACESSO VIA CELULAR 1- Conectar a câmera à rede com internet via cabo de rede 2- Conectar a fonte de energia a câmera 3- Aguardar pelo menos

Leia mais

Vid8 Servidor. Correção da conexão com o GME, quando placa VP-1616F com 32 canais; Correção da conexão com o GME, quando configurado em modo DVR;

Vid8 Servidor. Correção da conexão com o GME, quando placa VP-1616F com 32 canais; Correção da conexão com o GME, quando configurado em modo DVR; Vid8 Servidor Versão 8.13.0411 Correção da conexão com o GME, quando placa VP-1616F com 32 canais; Versão 8.12.0311 Correção da conexão com o GME, quando configurado em modo DVR; Versão 8.11.0311 Correção

Leia mais

Em primeiro lugar, deve-se realizar as configurações de rede do CL Titânio:

Em primeiro lugar, deve-se realizar as configurações de rede do CL Titânio: Produto: CL Titânio Assunto: Como acessar o CL Titânio remotamente via browser? Em primeiro lugar, deve-se realizar as configurações de rede do CL Titânio: Entre no menu clicando com o botão direito do

Leia mais

Sumário. 4. Clique no botão Salvar & Aplicar para confirmar as alterações realizadas no. Reiniciar o SIMET- BOX

Sumário. 4. Clique no botão Salvar & Aplicar para confirmar as alterações realizadas no. Reiniciar o SIMET- BOX Manual do usuário Sumário Introdução... 3! Instalar o SIMET-BOX... 4! Primeiro acesso ao SIMET-BOX... 5! Estado Atual... 7! Visão Geral... 7! Gráficos... 8! Rede... 9! Rede sem fio... 9! Ativar rede sem

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1 MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1 SÃO CAETANO DO SUL 06/06/2014 SUMÁRIO Descrição do Produto... 3 Características... 3 Configuração USB... 4 Configuração... 5 Página

Leia mais

Guia de configuração para liberar Portas no DSLink 260E para acesso via PPPoE Rev. 3.3

Guia de configuração para liberar Portas no DSLink 260E para acesso via PPPoE Rev. 3.3 Guia de configuração para liberar Portas no DSLink 260E para acesso via PPPoE Rev. 3.3 http://www.dslink.com.br/ Índice Como conectar o modem DSLink 260E ao meu computador?... 3 Configurando o modem como

Leia mais

04W FI8905W. Modelo:FI8904. Modelo:FI8905W. Modelo:FI8904W. ShenZhen Foscam Intelligent Technology Co., Ltd

04W FI8905W. Modelo:FI8904. Modelo:FI8905W. Modelo:FI8904W. ShenZhen Foscam Intelligent Technology Co., Ltd Modelo:FI8904 04W FI8905W Manual de Instalaçã ção Rápida Modelo:FI8904W Modelo:FI8905W Para Windows OS ------1 Para MAC OS ------13 ShenZhen Foscam Intelligent Technology Co., Ltd Manual de Instalaçã ção

Leia mais