1.3. Do Diretor responsável pelo projeto da Escola de Educação Infantil Madre Paula

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1.3. Do Diretor responsável pelo projeto da Escola de Educação Infantil Madre Paula"

Transcrição

1 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES IDENTIDADE DO INSTITUTO MADRE PAULA ELIZABETE CERIOLI Da Entidade Social Nome: INSTITUTO MADRE PAULA ELIZABETE CERIOLI Endereço: CEP: Tel: (011) Bairro: Centro Município: Itapevi CNPJ / C. M. A S 006 C.M.D.C.A. 002 CNAS Nº /74 SEADS Nº DO 21/03/70 CEBAS/CEAS Nº /99-69 Utilidade Pública Federal Nº /94-23-DO-04/04/2000 Utilidade Pública Estadual Nº /05/78 Utilidade Pública Municipal Nº /04/71 Fins Filantrópicos Nº /99-60-DO 25/05/2000 CRCE 1256/ Do Representante Legal Nome: Irmã Maria Regina Gonçalves dos Santos RG: C.P.F Cargo: Diretora - Presidente do Instituto Madre Paula E. Cerioli 1.3. Do Diretor responsável pelo projeto da Escola de Educação Infantil Madre Paula Nome: Irmã Maria Regina Gonçalves dos Santos escolar, magistério Pedagogia com habilitação em administração RG: CPF:

2 1.4. Finalidade Estatutária da Entidade social O Instituto tem por finalidade como atividade preponderante a Educação e atividade secundaria a assistência social e instrumento de ensino, instrução, beneficência, defesa, proteção, promoção da infância, adolescência, juventude e de adultos em consonância com a Lei de diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), a Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS), o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e o Estatuto do Idoso 1.5. Área de Atuação Trabalhamos na Escola de Educação Infantil. As crianças são iniciadas na aprendizagem nos níveis: pré I e Pré II, além da alimentação e lazer. Mensalmente doamos auxilio alimento a 30 famílias em situação de vulnerabilidade social 1.6. Local da prestação de serviço Nome do local: Instituto Madre Paula Elizabete Cerioli Endereço: Av. Cezário de Abreu, 604 Tel CEP: Município: Itapevi 2. CRITÉRIOS DE ELEGIBILIDADE DOS MEMBROS DA DIRETORIA É competência da Assembléia Geral eleger e impossar os membros da Diretoria e do Conselho para Assuntos Econômicos e Fiscais ( C.A.E.F.). O Mandado da Diretoria será de três anos. Os Membros da Diretoria podem ser reeleitos, exceto a Diretora Presidente, que poderá ser reeleita apenas por dois mandados sucessivos. Os cargos da Diretoria e dos Conselhos serão exercidos gratuitamente, sem qualquer tipo de remuneração, vantagens ou benefícios, por qualquer forma ou título, em razão das competências, funções ou atividades que lhes são atribuídas no Estatuto Social. 2

3 3 OBJETIVO GERAL Educar as crianças de 4 a 5 anos de famílias carentes do Município OBJETIVO ESPECÍFICO: Completar a educação familiar, tendo em vista o desenvolvimento integral da criança, através de: 1- Ajustamento sócio - emocional; 2- Desenvolvimento físico; 3- Desenvolvimento intelectual; 4- Desenvolvimento das habilidades que preparam para o futuro. 4 - ATIVIDADES DESENVOLVIDAS A Entidade, em 2014 atendeu 240 crianças de ambos os sexos, na faixa etária de 4 a 5 anos. Para estas crianças teve continuação a Educação Infantil em nível Pré I, II com desenvolvimento de atividades gráficas, pictóricas, musicais, noções práticas de higiene, educação moral, cívica e religiosa. Com relação às famílias, foram realizadas reuniões com os pais visando a orientação, o respeito da educação infantil, noções de higiene, saúde preventiva. Além disso, foram realizadas entrevistas individuais com os pais e responsáveis. No decorrer do ano, foram comemoradas as festas cívicas, familiares, folclóricas e religiosas. As crianças ainda desenvolveram atividades como: dramatizações, jogos livres e competitivos. Além desse trabalho feito com as crianças, a Entidade atendeu muitas pessoas em situação de vulnerabilidade social que diariamente nos procuram. São eles: idosos, desempregados, andarilhos, crianças, mulheres grávidas e inteiras famílias carentes, inclusive, as das nossas crianças. Distribuimos alimentos, roupas, calçados, material escolar, uniformes, de acordo com as possibilidades e as necessidades. Para estas atividades se responsabilizaram as sócias do Instituto Madre Paula Elizabete Cerioli pertencentes à Congregação da Sagrada Família de Bérgamo. 3

4 4.1- ATIVIDADES ASSISTENCIAIS Foram doados durante o ano de 2014 gêneros alimentícios e roupas a famílias em situação de vulnerabilidade social. Desenvolvemos atividades de promoção humana e gestos de solidariedade com vistas à melhoria da qualidade de vida e a construção de uma sociedade mais justa e fraterna. Acolhemos, visitamos, orientamos, encaminhamos as famílias buscando melhoria da qualidade de vida. Realizamos triagem socioeconômica das famílias beneficiadas e atendimento individual com orientação diversas Auxílio vestuário e afins Foram doados uniformes para as 240 crianças da escola. 5- REGIME DE ATENDIMENTO A escola funciona em dois períodos: manhã e tarde. 6- CAPACIDADE DE ATENDIMENTO 287 crianças 7- POPULAÇÃO ATENDIDA Estas crianças pertencem a famílias de nível sócio-econômico baixo. Devido a esse fator as crianças são carentes em vários aspectos: alimentação, saúde, educação, habitação, vestuário, lazer. Muitas famílias vieram de outros lugares e pagam aluguel. 4

5 8 RECURSOS 8.1 RECURSOS HUMANOS Remunerados, cedidos e voluntários Voluntários Remunerados Em parceria com a Prefeitura Diretora 1 Coord. Pedagogica 1 Administração 1 Contador 1 Professoras titulares 2 8 Professores especialistas 6 Monitora e enfermeira 1 2 Secretaria 1 Cozinheira 1 Merendeira 1 Auxiliar de limpeza 1 1 Porteira 1 Motorista 1 Preparo e ornamentação de festa 1 Bazar e outros 1 5

6 8.2 - RECURSOS MATERIAS O local destinado à escola é no prédio próprio da Congregação das Irmãs da Sagrada Família de Bergamo, cedido ao Instituto para esta finalidade. 5 salas de aula 13 banheiros 1 sala de professor 1 sala de música 1 secretaria 1 salão para festa 1 refeitório 1cozinha 1 dispensa 3 computadores 1 notebook 1 projetor 1 televisão plasma 60 polegadas 3 rádios portátil 1 DVD 1 Vídeo 1 máquina para xerox 1 telefone 1 fax 4 armários arquivo Brinquedos recreativos de plástico: 2 escorregadores Master, 2 Pebolim Master e 1 Gangor Polvo Maluco 1 parquinho com: 2 escorregadores,2 balanças, 2 trepa-trepa, 1gira-gira 1 piscina de bolinha 1 pátio 6

7 Equipamentos em geral: cadeiras e mesas adequadas as professoras e crianças, armários para material escolar e de limpeza. A Escola ainda conta com uma área verde e jardins RECURSOS FINANCEIROS Colaboração voluntárias das famílias; Contribuição dos Associados; Contribuição dos Beneméritos; Contribuição de Pessoa Jurídica; Fórum de Itapevi Bazar Beneficente. 8.4 DOAÇÃO EM ESPÉCIE Gêneros alimentícios e roupas de Pessoas físicas e Jurídicas; Merenda Escolar e Kit material escolar fornecida pela Prefeitura de Itapevi. Recursos humanos cedidos pela Prefeitura Itapevi, 19 de dezembro de 2014 Ir. Maria Regina Gonçalves dos Santos Presidente e Diretora da Escola Madre Paula Elizabete Cerioli 7

PLANO DE ATENDIMENTO 2015

PLANO DE ATENDIMENTO 2015 PLANO DE ATENDIMENTO 2015 IDENTIDADE DO INSTITUTO MADRE PAULA ELIZABETE CERIOLI 1.1 - DA ENTIDADE SOCIAL Nome: INSTITUTO MADRE PAULA ELIZABETE CERIOLI Endereço: CEP: 06653-020 Tel: (011) 4141-2017 Bairro:

Leia mais

NAF NÚCLEO ASSISTENCIAL FRATERNO I. DADOS DA INSTITUIÇÃO

NAF NÚCLEO ASSISTENCIAL FRATERNO I. DADOS DA INSTITUIÇÃO NAF NÚCLEO ASSISTENCIAL FRATERNO I. DADOS DA INSTITUIÇÃO Nome da Instituição: Núcleo Assistencial Fraterno Endereço: Rua José Olher, 66 - Vila Nova Manchester CEP.: 03444-100 São Paulo SP. Tel.: 2093.3011

Leia mais

CADASTRO DE ENTIDADE DE ACOLHIMENTO

CADASTRO DE ENTIDADE DE ACOLHIMENTO Nome da Instituição Endereço (Rua/Av/Pça) Complemento: Tribunal de Justiça do Estado da Bahia Coordenadoria da Infância e Juventude Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, 5ª Avenida do CAB, CEP 41746-900

Leia mais

PLANO DE TRABALHO 2008

PLANO DE TRABALHO 2008 PLANO DE TRABALHO 2008 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO 1.1. NOME DA ENTIDADE: Casa de Nazaré Centro de Apoio ao Menor 1.2. Endereço: Rua Coronel Timóteo nº 350 1.3. Bairro: Cristal 1.4. Região CORAS: 05 1.5.

Leia mais

PATRULHA JUVENIL DE GARÇA

PATRULHA JUVENIL DE GARÇA Rua Baden Powell, 451 Telefone: (14) 3471-1630 / 3471-1816 CEP 17400-000 Garça - S P Fundada em 26 de Setembro de 1972 CNPJ 47.645.809/0001-34 Isenta de Contribuições Sociais conforme Decreto nº 3.048

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Centro Educativo Passionista Maria José

Mostra de Projetos 2011. Centro Educativo Passionista Maria José Mostra de Projetos 2011 Centro Educativo Passionista Maria José Mostra Local de: Piraquara Categoria do projeto: I - Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa: Associação

Leia mais

SERVI O SOCIAL NOVA JERUSAL M

SERVI O SOCIAL NOVA JERUSAL M SERVI O SOCIAL NOVA JERUSAL M Jardim das Paineiras Campinas/SP - Brasil - CEP.: 13.091-107 Fone.(19) 3255-8350 e-mail: falecom@ssnjcamp.org CNPJ: 67.170993/0001-10 Site: www.ssnjcamp.org SERVI O SOCIAL

Leia mais

CADASTRO DE ADESÃO DAS ENTIDADES SOCIAIS

CADASTRO DE ADESÃO DAS ENTIDADES SOCIAIS Prezado Responsável Legal, CADASTRO DE ADESÃO Pedimos a gentileza de preencher e rubricar todas as páginas deste formulário e apresentar os seguintes documentos para conferência no Programa Mesa Brasil

Leia mais

Declara de Utilidade Pública o Grupo Obreiros da Luz Divina, com sede no Município de Itanhaém.

Declara de Utilidade Pública o Grupo Obreiros da Luz Divina, com sede no Município de Itanhaém. PROJETO DE LEI No 541, DE 2013 Declara de Utilidade Pública o Grupo Obreiros da Luz Divina, com sede no Município de Itanhaém. A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SÃO PAULO DECRETA: Artigo 1o - Fica

Leia mais

Relatório de Atividades

Relatório de Atividades 1 Relatório de Atividades 2013 2 1- Identificação Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil (GPACI) Rua Antônio Miguel Pereira, 45 Jardim Faculdade Sorocaba São Paulo CEP: 18030-250 Telefone:

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS DE ITU. CONSTRUÇÃO DA SEDE PRÓPRIA DA APAE DE ITU Sede Nova, Sonho Antigo.

ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS DE ITU. CONSTRUÇÃO DA SEDE PRÓPRIA DA APAE DE ITU Sede Nova, Sonho Antigo. ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS DE ITU CONSTRUÇÃO DA SEDE PRÓPRIA DA APAE DE ITU Sede Nova, Sonho Antigo. Projeto 2012 Identificação da Entidade ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS

Leia mais

SECRETARIA ESTADUAL DE ASSISTÊNCIA E DESENVOLVIMENTO SOCIAL COORDENADORIA DE GESTÃO ESTRATEGICA GRUPO DE GESTÃO DE CADASTROS

SECRETARIA ESTADUAL DE ASSISTÊNCIA E DESENVOLVIMENTO SOCIAL COORDENADORIA DE GESTÃO ESTRATEGICA GRUPO DE GESTÃO DE CADASTROS 1. C.N.P.J 1-1.Razão Social 1-2. Ano de Fundação 1-3. Documento Legal de Criação Estatuto Social Outros(Especificar) 1-4. Estágio Prestadora de Serviço não Prestadora de Serviço 1-5. Endereço 1-6. Bairro

Leia mais

ANEXO II MODELO PADRÃO de PROJETO para fins de Captação de Recursos Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente

ANEXO II MODELO PADRÃO de PROJETO para fins de Captação de Recursos Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente ANEXO II MODELO PADRÃO de PROJETO para fins de Captação de Recursos Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente CNPJ: FICHA DE IDENTIFICAÇÃO Inscrição Municipal Endereço: Nº Complemento Bairro

Leia mais

1) Projeto Mais Saúde - Mutirões de Saúde

1) Projeto Mais Saúde - Mutirões de Saúde 1) Projeto Mais Saúde - Mutirões de Saúde A Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo, cumprindo sua missão de prevenir e atenuar o sofrimento humano, promove ações voltadas à população vulnerável

Leia mais

PROJETO CASA LAR DO CEGO IDOSO CIDADANIA NO ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL

PROJETO CASA LAR DO CEGO IDOSO CIDADANIA NO ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL PROJETO CASA LAR DO CEGO IDOSO CIDADANIA NO ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL DADOS DA ORGANIZAÇÃO: Nome: Associação de Cegos Louis Braille - ACELB, mantenedora da Casa Lar do Cego Idoso Endereço: Rua Braille

Leia mais

Projeto Pequenas Damas

Projeto Pequenas Damas Mostra Local de: Arapongas Projeto Pequenas Damas Categoria do projeto: I Projetos em Andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: Associação das Damas de Caridade de Arapongas

Leia mais

Casa de Acolhimento da Criança e do Adolescente Luz da Eternidade

Casa de Acolhimento da Criança e do Adolescente Luz da Eternidade CENTRO ESPIRITA PAI JOAQUIM DE ARUANDA Casa de Acolhimento da Criança e do Adolescente Luz da Eternidade Apresentação e trajetória do Projeto Cultural Admirável Mundo Novo Casa de Acolhimento da Criança

Leia mais

CMEI MENINO JESUS CORPO DISCENTE DATA DA VISITA: 21/03/2014 DATA DA VISITA: 23/04/2015

CMEI MENINO JESUS CORPO DISCENTE DATA DA VISITA: 21/03/2014 DATA DA VISITA: 23/04/2015 1 DATA DA VISITA: 21/03/2014 DATA DA VISITA: 23/04/2015 Diretora: Anete Affonso Motta E-mail.: sbcp.meninojesus@yahoo.com.br Fundação: 25/12/1936 Criação: Lei nº 3.905 Endereço: Rua Sete de Setembro, 321

Leia mais

SERVIÇO: ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL PARA PESSOAS ADULTAS

SERVIÇO: ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL PARA PESSOAS ADULTAS SERVIÇO: ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL PARA PESSOAS ADULTAS DESCRIÇÃO: Modalidade: Centro Dia para pessoa Idosa Serviço voltado para o atendimento, regime parcial, de pessoas idosas de 60 anos ou mais, de

Leia mais

Página 1. 1. CORPO DISCENTE: Quantidade de alunos matriculados. 1º grupo 0

Página 1. 1. CORPO DISCENTE: Quantidade de alunos matriculados. 1º grupo 0 1. CORPO DISCENTE: Quantidade de alunos matriculados 1º grupo 2 1.1 2º grupo 2 1.2 3º grupo 1 1.3 4º grupo 1 1.4 5º grupo 1 1.5 6º grupo 1 1.6 Dos alunos matriculados, quantos estão no Tempo Integral 40

Leia mais

Articular o Conselho Escolar, os Grêmios Estudantis, os trabalhadores de educação, as Associações de Pais e Mestres e a comunidade em geral.

Articular o Conselho Escolar, os Grêmios Estudantis, os trabalhadores de educação, as Associações de Pais e Mestres e a comunidade em geral. EIXO 1 PROMOÇÃO DOS DIREITOS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES Garantir a elaboração e implementação da Política e do Plano Decenal de Direitos Humanos de Criança e Adolescente nos âmbitos federal, estadual,

Leia mais

DECRETO Nº 2.374, DE 28 DE MAIO DE 2014. O Prefeito Municipal de Chapadão do Sul, Estado de Mato Grosso do Sul, no uso de suas atribuições legais,

DECRETO Nº 2.374, DE 28 DE MAIO DE 2014. O Prefeito Municipal de Chapadão do Sul, Estado de Mato Grosso do Sul, no uso de suas atribuições legais, DECRETO Nº 2.374, DE 28 DE MAIO DE 2014. Regulamenta atribuições para cargos e funções pertencentes Plano de Carreiras e Remuneração da Prefeitura Municipal de Chapadão do Sul e dá outras providências.

Leia mais

POLÍTICA DE VOLUNTARIADO DA CEMIG SAÚDE

POLÍTICA DE VOLUNTARIADO DA CEMIG SAÚDE POLÍTICA DE VOLUNTARIADO DA CEMIG SAÚDE Av. Barbacena, 472 8º andar Barro Preto CEP: 30190-130 Belo Horizonte/MG Tel.: 3253.4917 E-mail: renata.gontijo@cemigsaude.org.br Portal Corporativo: www.cemigsaude.org.br

Leia mais

Declarada de Utilidade Pública Federal pela Portaria n. 695 de 31 de julho de 2001.

Declarada de Utilidade Pública Federal pela Portaria n. 695 de 31 de julho de 2001. CNPJ: 01.090.760/0001-98 Endereço: Rua Alexandre Calaza, 243 Vila Isabel- Rio de Janeiro Telefone: 2258-7898 Tipo atendimento: Especializado no Atendimento de Dependentes Químicos Crianças/Faixa Etária:

Leia mais

CADASTRO DE INSTITUIÇÕES DE ATENDIMENTO À CRIANÇA E ADOLESCENTE

CADASTRO DE INSTITUIÇÕES DE ATENDIMENTO À CRIANÇA E ADOLESCENTE CADASTRO DE INSTITUIÇÕES DE ATENDIMENTO À CRIANÇA E ADOLESCENTE I INFORMAÇÕES DA ENTIDADE EXECUTORA 01) Nome da Entidade: 02) Endereço da Entidade (rua, avenida... número, complemento): 03) Bairro/vila/Jardim:

Leia mais

Deixe-me ser feliz CAPI - Casa de Amparo e Proteção à Infância

Deixe-me ser feliz CAPI - Casa de Amparo e Proteção à Infância Deixe-me ser feliz CAPI - Casa de Amparo e Proteção à Infância Objetivo: Como previsto pelo estatuto da entidade, Art 2º, tem por finalidade a proteção e o amparo à crianças na faixa etária de 0 (zero)

Leia mais

PROJETO SOCIAL. Grupo Scheilla. Grupo da Fraternidade Espírita Irmã Scheilla Coordenação de Promoção e Assistência Social Espírita - ASE

PROJETO SOCIAL. Grupo Scheilla. Grupo da Fraternidade Espírita Irmã Scheilla Coordenação de Promoção e Assistência Social Espírita - ASE PROJETO SOCIAL Grupo Scheilla Grupo da Fraternidade Espírita Irmã Scheilla Coordenação de Promoção e Assistência Social Espírita - ASE 2008 1 PROJETO SOCIAL Grupo da Fraternidade Espírita Irmã Scheilla

Leia mais

AÇÕES SOCIAIS LYON ENGENHARIA Nº 001/13

AÇÕES SOCIAIS LYON ENGENHARIA Nº 001/13 Muito se ouve falar na Lyon Engenharia sobre Programa de Ações Sociais. Mas afinal de contas... Quem ajudamos com esse programa? Em que consiste? Quais os custos envolvidos? Quem pode participar? QUEM

Leia mais

Página 1 CMEI TEREZINHA VASCONCELLOS SALVADOR. Diretora: Neusa Maria Marinho Soares. Fundação: 01/02/1993. Criação: Lei nº 3.905

Página 1 CMEI TEREZINHA VASCONCELLOS SALVADOR. Diretora: Neusa Maria Marinho Soares. Fundação: 01/02/1993. Criação: Lei nº 3.905 CMEI TEREZINHA VASCONCELLOS SALVADOR Diretora: Neusa Maria Marinho Soares Fundação: 01/02/1993 Criação: Lei nº 3.905 Endereço: Avenida Vitória, s/n Bairro: Romão CEP.: 29040-010 Telefone: (27) 3322-2148

Leia mais

Lei Municipal Nº. 122/2009 De 16 de Dezembro de 2009.

Lei Municipal Nº. 122/2009 De 16 de Dezembro de 2009. Lei Municipal Nº. 122/2009 De 16 de Dezembro de 2009. Institui o Programa Municipal de APRENDER BRINCANDO e dá outras providências. A PREFEITA DE SÃO FRANCISCO DO CONDE, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas

Leia mais

PROGRAMA SOCIOASSISTENCIAL ESTUDANTIL

PROGRAMA SOCIOASSISTENCIAL ESTUDANTIL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS CAMPUS MANAUS CENTRO PROGRAMA SOCIOASSISTENCIAL ESTUDANTIL CADASTRO

Leia mais

CORPO DISCENTE 1. 1º ano 1.1 2º ano 1.2 3º ano 1.3 4º ano 1.4 5º ano 5ª série 1.5 6º ano 1.6 7º ano 1.7 8º ano 1.8 9º ano 1.

CORPO DISCENTE 1. 1º ano 1.1 2º ano 1.2 3º ano 1.3 4º ano 1.4 5º ano 5ª série 1.5 6º ano 1.6 7º ano 1.7 8º ano 1.8 9º ano 1. EMEF NEUSA NUNES GONÇALVES Diretor: Roberto de Olveira Silva E-mail.: emefnng@vitoria.es.gov.br Fundação: 03/02/1993 Criação: Lei nº 3.906 Endereço: Rua do Caju, 249 Bairro: Nova Palestina CEP.: 29030-015

Leia mais

Província Carmelitana de Santo Elias. Endereço: Rua Grão Mogol 502 Bairro Carmo Belo Horizonte - MG CNPJ: 33.621.319/0013-27

Província Carmelitana de Santo Elias. Endereço: Rua Grão Mogol 502 Bairro Carmo Belo Horizonte - MG CNPJ: 33.621.319/0013-27 Minas Gerais - Belo Horizonte 1º Conviver no Carmo Província Carmelitana de Santo Elias. Endereço: Rua Grão Mogol 502 Bairro Carmo Belo Horizonte - MG CNPJ: 33.621.319/0013-27 Paróquia Nossa Senhora do

Leia mais

2. APRESENTAÇÃO DA ENTIDADE

2. APRESENTAÇÃO DA ENTIDADE 1. APRESENTAÇÃO DO PROJETO Resumo executivo: O presente projeto solicita ao CMDCA recursos financeiros para aportar custos de manutenção da Aldeias Infantis SOS - Porto Alegre, cujo o foco do trabalho

Leia mais

CENSO SUAS 2015 Questionário Centros de Convivência

CENSO SUAS 2015 Questionário Centros de Convivência As informações declaradas pelo agente público neste questionário possuem Fé Pública e constituem registros administrativos do Sistema Único de Assistência Social. O fornecimento de informações inverídicas

Leia mais

PREFEITURA DE MONTES CLAROS SECRETARIA MUNCIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO

PREFEITURA DE MONTES CLAROS SECRETARIA MUNCIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO 1ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 004/2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PESSOAL PARA ATENDER A RECENSEAMENTO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA E A DIVERSOS OUTROS PROGRAMAS E SERVIÇOS

Leia mais

Orientações gerais para as famílias. Ensino Fundamental I

Orientações gerais para as famílias. Ensino Fundamental I 2015 Orientações gerais para as famílias Ensino Fundamental I Prezados Pais, Este livreto contém informações importantes a respeito do funcionamento do Ensino Fundamental do Colégio Albert Sabin. Esperamos

Leia mais

BLOCO 1 IDENTIFICAÇÃO DA INSTITUIÇÃO

BLOCO 1 IDENTIFICAÇÃO DA INSTITUIÇÃO QUESTIONÁRIO DAS INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS NDF INSTITUIÇÃO IN Entrevistador (a): Supervisor(a): Data da entrevista: Nome da Instituição: Endereço completo (Rua, Av., etc., número):

Leia mais

Horário de Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 12h e das 13h30 às 17h

Horário de Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 12h e das 13h30 às 17h Programa e Projetos Secretaria Municipal de Assistência Social Rua José Teodoro Ramos, nº 16 - Fones (18) 3341-1412 - 3341-4681 Horário de Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 12h e das 13h30

Leia mais

FORMULÁRIO DE CADASTRAMENTO/ENTIDADES /ORGANIZAÇÕES DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

FORMULÁRIO DE CADASTRAMENTO/ENTIDADES /ORGANIZAÇÕES DE ASSISTÊNCIA SOCIAL FORMULÁRIO DE CADASTRAMENTO/ENTIDADES /ORGANIZAÇÕES DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Denominação: Endereço: Número: Bairro: Distrito Município: CEP: Telefone: Fax: Caixa Postal Correio Eletrônico

Leia mais

Fraternidade Espírita. Protótipo de projeto em fase final de

Fraternidade Espírita. Protótipo de projeto em fase final de Projeto Protótipo de projeto em fase final de elaboração 1 2 PROPOSTA SÓCIO-EDUCATIVA PROGRAMA DE SOCIALIZAÇÃO INFANTO-JUVENIL Projeto Crianças de Luz 1) Dados Cadastrais: Fraternidade Espírita Lar de

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO 2013 - PROGRAMA NOSSAS CRIANÇAS

EDITAL PROCESSO SELETIVO 2013 - PROGRAMA NOSSAS CRIANÇAS EDITAL PROCESSO SELETIVO 2013 - PROGRAMA NOSSAS CRIANÇAS O seguinte edital tem por objetivo convidar organizações da sociedade civil a participarem do processo de seleção de projetos para obtenção de apoio

Leia mais

PROJETO BOQUINHA ALEGRE

PROJETO BOQUINHA ALEGRE PROJETO BOQUINHA ALEGRE IDENTIFICAÇÃO DA INSTITUIÇÃO A instituição Casas Lares Humberto de Campos é uma entidade, na modalidade de associação, sem fins lucrativos, mantida pelo Grupo Educacional e Assistencial

Leia mais

1) Campanha do Agasalho

1) Campanha do Agasalho 1) Campanha do Agasalho A Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo realiza a Campanha do Agasalho para ajudar comunidades carentes a enfrentar o inverno. Neste ano, além da arrecadação e

Leia mais

Rua Estevão de Campos, 1199 A Barra do Ceará CEP.: 60331-210 Telefone (85) 3237 6771 Fax 34850786 Site. www.aecbc.wordpress.com email.

Rua Estevão de Campos, 1199 A Barra do Ceará CEP.: 60331-210 Telefone (85) 3237 6771 Fax 34850786 Site. www.aecbc.wordpress.com email. Oficio: 2807/2010 SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL: CEARÁ Superintendente: Francisco de Paiva Dantas A Associação de Esporte Cultura da Barra do Ceará vem muito respeitosamente parabenizar ao superintendente

Leia mais

Incentivos do Poder Público à atuação de entidades civis sem fins lucrativos, na área social. (1) renúncia fiscal

Incentivos do Poder Público à atuação de entidades civis sem fins lucrativos, na área social. (1) renúncia fiscal Incentivos do Poder Público à atuação de entidades civis sem fins lucrativos, na área social Associação Fundação Privada Associação Sindical Partidos Políticos (1) renúncia fiscal Subvencionada 1 Entidades

Leia mais

Processo de construção do Plano Municipal pela Primeira Infância do Rio de Janeiro, Brasil

Processo de construção do Plano Municipal pela Primeira Infância do Rio de Janeiro, Brasil Processo de construção do Plano Municipal pela Primeira Infância do Rio de Janeiro, Brasil Irene Rizzini Universidade PUC-Rio - CIESPI Centro Internacional de Estudos e Pesquisas sobre a Infância Rio de

Leia mais

Relação de documentos necessários para requerer o CEBAS?

Relação de documentos necessários para requerer o CEBAS? Relação de documentos necessários para requerer o CEBAS? DOCUMENTO DESCRIÇÃO DO DOCUMENTO SOLICTADO Requerimento assinado pelo O modelo do requerimento pode ser obtido no anexo I desta relação representante

Leia mais

RESOLUÇÃO N 276/ 2000-CEE/MT.

RESOLUÇÃO N 276/ 2000-CEE/MT. RESOLUÇÃO N 276/ 2000-CEE/MT. Fixa normas para a oferta da Educação Infantil no Sistema Estadual de Ensino. O CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DE MATO GROSSO, no uso de suas atribuições legais, em consonância

Leia mais

ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PLANO DE TRABALHO

ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PLANO DE TRABALHO ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PLANO DE TRABALHO DADOS CADASTRAIS PLANO DE TRABALHO - ENTIDADE ÓRGÃO / ENTIDADE PROPONENTE: CNPJ: ENDEREÇO: ENDEREÇO ELETRÔNICO (E-MAIL): CIDADE: UF: CEP: (DDD) FONE: CONTA CORRENTE:

Leia mais

DIRETORIA DE ESTUDOS SOCIOECONÔMICOS, INFORMAÇÕES E DESENVOLVIMENTO URBANO E RURAL DEPARTAMENTO DE SISTEMA DE INFORMAÇÕES

DIRETORIA DE ESTUDOS SOCIOECONÔMICOS, INFORMAÇÕES E DESENVOLVIMENTO URBANO E RURAL DEPARTAMENTO DE SISTEMA DE INFORMAÇÕES Nome: Associação Atlética Educando pelo Esporte AAEPE CNPJ: 02465949/001-92 Endereço: Rua Benedito Bonzon Penteado, 645 Bairro/Loteamento: Jardim Pacaembu CEP: 13.424-485 Telefone: 3433-5085 Socioeducativo

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADE 2014

RELATÓRIO DE ATIVIDADE 2014 RELATÓRIO DE ATIVIDADE 2014 EXECUTADOSFINALIDADES ESTATUTÁRIAS Finalidades Estatutárias: a) Assistência, promoção e valorização das pessoas e grupos de pessoas menos favorecidas, promoção da saúde, desenvolvimento

Leia mais

COMUNICADO. Assunto: Bolsas de Estudos 2015

COMUNICADO. Assunto: Bolsas de Estudos 2015 COMUNICADO Assunto: Bolsas de Estudos 2015 O Colégio Franciscano Santa Clara informa os critérios para concorrer à bolsa de estudos 2015, aos candidatos que cumprirem com as seguintes condições: 1º Requisitos:

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS PARA FINANCIAMENTO NO ANO DE 2014

EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS PARA FINANCIAMENTO NO ANO DE 2014 Edital n.º 001/2013 - CMDCA EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS PARA FINANCIAMENTO NO ANO DE 2014 O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente - CMDCA, no uso de suas atribuições e de

Leia mais

VIII Jornada de Estágio de Serviço Social. A PRÁTICA DO SERVIÇO SOCIAL NA ASSOCIAÇÃO MINISTÉRIO MELHOR VIVER- AMMV

VIII Jornada de Estágio de Serviço Social. A PRÁTICA DO SERVIÇO SOCIAL NA ASSOCIAÇÃO MINISTÉRIO MELHOR VIVER- AMMV A PRÁTICA DO SERVIÇO SOCIAL NA ASSOCIAÇÃO MINISTÉRIO MELHOR VIVER- AMMV SILVA, D. Pollyane¹ MORO, M. Silvana ² SOUSA, G. Cristiane³ Resumo Este trabalho tem o intuito de descrever a Prática Profissional

Leia mais

Departamento de Assistência Social DAS Unidade Brasília

Departamento de Assistência Social DAS Unidade Brasília Departamento de Assistência Social DAS Unidade Brasília Programas e Serviços de Atenção à População em Situação de Vulnerabilidade Social, Econômica e Pessoal Brasília, Maio de 2013. Apresentação A Federação

Leia mais

AJUDE A FORMAR UMA PÉROLA

AJUDE A FORMAR UMA PÉROLA AJUDE A FORMAR UMA PÉROLA DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO PROPONENTE 1. ENTIDADE PROPONENTE: Nome: Instituto Lar Bom Abrigo Gessy de Vlieger Ferreira Sigla: ILBA CNPJ: 90.743.436/0001-63 Endereço: Rua Aristeu

Leia mais

Projeto Tempero de Mãe

Projeto Tempero de Mãe Projeto Tempero de Mãe Secretaria Municipal de Educação 1 Introdução A nutrição da população brasileira está cada vez mais afetada de más influências que vão da ignorância de uns até a superstição de outros,

Leia mais

Juntos somos mais fortes!

Juntos somos mais fortes! Juntos somos mais fortes! Zacharias Jabur Prefeito Municipal Solange Camargo Souza de Oliveira Prado Secretária do Bem Estar Social Caroline Bianchi Dias do Carmo Coordenadora da Casa São Rafael Efren

Leia mais

OBSERVATÓRIO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DIRIGIDAS À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE EM PIRACICABA

OBSERVATÓRIO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DIRIGIDAS À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE EM PIRACICABA OBSERVATÓRIO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DIRIGIDAS À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE EM PIRACICABA ASSOCIAÇÃO FORMAR DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E APRENDIZAGEM PROFISSIONAL Entidade não governamental, com certificado de

Leia mais

INSTITUCIONAL PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES

INSTITUCIONAL PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES ANEXO I ROTEIRO PARA INSPEÇÃO PERÍODICA 1 DOS SERVIÇOS DE ACOLHIMENTO Data: / / INSTITUCIONAL PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES Modalidade: ( ) Acolhimento Institucional ( ) Casa Lar 1 - DADOS GERAIS 1.1. Nome

Leia mais

É OBRIGATÓRIO O PREENCHIMENTO DE TODOS OS ITENS DESTE QUESTIONÁRIO E ASSINATURA DE TODAS AS PÁGINAS.

É OBRIGATÓRIO O PREENCHIMENTO DE TODOS OS ITENS DESTE QUESTIONÁRIO E ASSINATURA DE TODAS AS PÁGINAS. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FICHA SOCIAL DE ESTUDANTE É OBRIGATÓRIO O PREENCHIMENTO DE TODOS OS ITENS DESTE QUESTIONÁRIO E ASSINATURA DE TODAS AS PÁGINAS. 1 - IDENTIFICAÇÃO DO ESTUDANTE: Nome completo: Nome

Leia mais

OBSERVATÓRIO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DIRIGIDAS À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE EM PIRACICABA ASSOCIAÇÃO CRIANÇAS DO BRASIL EM PIRACICABA

OBSERVATÓRIO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DIRIGIDAS À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE EM PIRACICABA ASSOCIAÇÃO CRIANÇAS DO BRASIL EM PIRACICABA OBSERVATÓRIO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DIRIGIDAS À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE EM PIRACICABA ASSOCIAÇÃO CRIANÇAS DO BRASIL EM PIRACICABA Entidade não governamental, com personalidade jurídica própria. Criada

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO

CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO Despacho 2007 Nº PROJETO DE LEI Nº 1099/2007 Considera de utilidade pública o Grupo de Formadores de Educadores Populares GEFEP. Autor: Vereador Eliomar Coelho. DECRETA: A Câmara Municipal do Rio de Janeiro

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Projovem em Ação

Mostra de Projetos 2011. Projovem em Ação Mostra de Projetos 2011 Projovem em Ação Mostra Local de: Londrina. Categoria do projeto: Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa: Prefeitura Municipal Santa Cecilia

Leia mais

Relatório de Atividades 2013

Relatório de Atividades 2013 Relatório de Atividades 2013 Este documento tem a finalidade apresentar de forma sucinta as atividades desenvolvidas pela ONG Agentes do Amor Divino, no seu primeiro ano de funcionamento, 2012. Igualmente

Leia mais

OBSERVATÓRIO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DIRIGIDAS À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE EM PIRACICABA ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS AUTISTAS DE PIRACICABA AUMA

OBSERVATÓRIO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DIRIGIDAS À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE EM PIRACICABA ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS AUTISTAS DE PIRACICABA AUMA OBSERVATÓRIO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DIRIGIDAS À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE EM PIRACICABA ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS AUTISTAS DE PIRACICABA AUMA Entidade não governamental, com personalidade jurídica

Leia mais

Página 1. 1.11 Dos alunos matriculados, quantos estão em Tempo Integral 80

Página 1. 1.11 Dos alunos matriculados, quantos estão em Tempo Integral 80 1. CORPO DISCENTE: Quantidade de alunos matriculados 1º ano 90 1.1 2º ano / 1ª série 95 1.2 3º ano / 2ª série 77 1.3 4º ano / 3ª série 74 1.4 5º ano / 4ª série 55 1.5 6º ano / 5ª série 32 1.6 7º ano /

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO. Espírita. ENDEREÇO: Rua Joaquim Pires de Miranda SN Vila Grimpas Hidrolândia-GO. CEP: 75340-000.

IDENTIFICAÇÃO. Espírita. ENDEREÇO: Rua Joaquim Pires de Miranda SN Vila Grimpas Hidrolândia-GO. CEP: 75340-000. IDENTIFICAÇÃO INSTITUIÇÃO PROPONENTE: PROJETO CRESCER CHICO XAVIER - Obra Social do Centro Espírita Eurípedes Barsanulfo CNPJ: 26 943 563/0001-07 ENDEREÇO: Rua Joaquim Pires de Miranda SN Vila Grimpas

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE VÁRZEA GRANDE CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. Resolução nº 021 de 10 de junho de 2009.

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE VÁRZEA GRANDE CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. Resolução nº 021 de 10 de junho de 2009. Resolução nº 021 de 10 de junho de 2009. Fixa normas para Educação Infantil no âmbito do Sistema Municipal de Ensino do Município de Várzea Grande Estado de Mato Grosso O Conselho Municipal de Educação

Leia mais

Edital de Convocação nº 01/2015. Convocação para Inscrição de Entidades e Organizações Não-Governamentais

Edital de Convocação nº 01/2015. Convocação para Inscrição de Entidades e Organizações Não-Governamentais Edital de Convocação nº 01/2015 Convocação para Inscrição de Entidades e Organizações Não-Governamentais A Presidente do CMAS Conselho Municipal de Assistência Social de Cáceres, no uso de suas atribuições

Leia mais

1 - Nome do projeto de responsabilidade social: Fundação CNA. 2 De que forma e por qual área da empresa o projeto é conduzido?

1 - Nome do projeto de responsabilidade social: Fundação CNA. 2 De que forma e por qual área da empresa o projeto é conduzido? 1 - Nome do projeto de responsabilidade social: Fundação CNA 2 De que forma e por qual área da empresa o projeto é conduzido? O projeto nasceu em 2002, por iniciativa do presidente do CNA, Luiz Nogueira

Leia mais

visitas às instituições sociais. Os colaboradores voluntários também foram consultados, por meio da aplicação de um questionário.

visitas às instituições sociais. Os colaboradores voluntários também foram consultados, por meio da aplicação de um questionário. 1. Apresentação O Voluntariado Empresarial é um dos canais de relacionamento de uma empresa com a comunidade que, por meio da atitude solidária e proativa de empresários e colaboradores, gera benefícios

Leia mais

Instituições. Módulo II Organizações de Apoio à Comunidade. Disciplina Ação Social VAS - 2014/15

Instituições. Módulo II Organizações de Apoio à Comunidade. Disciplina Ação Social VAS - 2014/15 Instituições Módulo II Organizações de Apoio à Comunidade Disciplina Ação Social VAS - 2014/15 Instituições O que é uma instituição? Estabelecimento de utilidade pública, organização ou fundação Organização

Leia mais

O grupo Guardiões da Esperança é uma ONG formada por pessoas comuns, trabalhadores do bem tentando mudar a humanidade. Sem vínculo religioso ou

O grupo Guardiões da Esperança é uma ONG formada por pessoas comuns, trabalhadores do bem tentando mudar a humanidade. Sem vínculo religioso ou O grupo Guardiões da Esperança é uma ONG formada por pessoas comuns, trabalhadores do bem tentando mudar a humanidade. Sem vínculo religioso ou político. O grupo Guardiões da Esperança é composto por pessoas

Leia mais

PROCESSO SELETIVO FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MONTE BELO. Edital Nº 03/2012

PROCESSO SELETIVO FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MONTE BELO. Edital Nº 03/2012 1 PROCESSO SELETIVO FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MONTE BELO Edital Nº 03/2012 A Fundação Educacional Monte Belo, com sede, Rua Aleixo Neto, nº 355, Santa Lúcia Vitória/ES, CEP 29057-200, torna pública a realização

Leia mais

Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8.069/90): Artigos 260 a 260-L

Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8.069/90): Artigos 260 a 260-L Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8.069/90): Artigos 260 a 260-L Art. 260. Os contribuintes poderão efetuar doações aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente nacional, distrital, estaduais

Leia mais

AMIM PROJETO SOCIAL FUNDO MUNICIPAL DA ASSISTÊNCIA SOCIAL ORÇAMENTO IDOSO

AMIM PROJETO SOCIAL FUNDO MUNICIPAL DA ASSISTÊNCIA SOCIAL ORÇAMENTO IDOSO AMIM PROJETO SOCIAL FUNDO MUNICIPAL DA ASSISTÊNCIA SOCIAL ORÇAMENTO IDOSO 2016 PLANO DE TRABALHO 1 DADOS CADASTRAIS DO TOMADOR INSTITUIÇÃO PROPONENTE CNPJ AMIM Associação da Melhor Idade de Mandaguari

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MÉDIA E TECNOLÓGICA PROGRAMA DE EXPANSÃO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CARTA CONSULTA SEGMENTO COMUNITÁRIO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MÉDIA E TECNOLÓGICA PROGRAMA DE EXPANSÃO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CARTA CONSULTA SEGMENTO COMUNITÁRIO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MÉDIA E TECNOLÓGICA PROGRAMA DE EXPANSÃO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CARTA CONSULTA SEGMENTO COMUNITÁRIO Título do Projeto: (nome do centro de Educação profissional

Leia mais

Projeto de Decreto. (Criar uma denominação/nome própria para o programa)

Projeto de Decreto. (Criar uma denominação/nome própria para o programa) Projeto de Decreto Dispõe sobre as atribuições e competência do Programa de Execução de Medidas Socioeducativas em Meio Aberto, atendendo à Resolução do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente,

Leia mais

Lions Clube Centro-São José dos Campos

Lions Clube Centro-São José dos Campos Lions Clube Centro-São José dos Campos Projeto Transformação BRASIL Transformação é um projeto que visa ampliar as oportunidades educativas, investindo no desenvolvimento do potencial de cada criança e

Leia mais

Projeto: POUSADA SOLIDARIEDADE

Projeto: POUSADA SOLIDARIEDADE Projeto: POUSADA SOLIDARIEDADE 1. Área de Ação: Casa de hospedagem destinada com prioridade a crianças e adolescentes, e adultos, que buscam Porto Alegre, oriundos de outras cidades para realizarem um

Leia mais

RELATÓRIO DA OFICINA: COMO AGIR NA COMUNIDADE E NO DIA A DIA DO SEU TRABALHO. Facilitadoras: Liliane Lott Pires e Maria Inês Castanha de Queiroz

RELATÓRIO DA OFICINA: COMO AGIR NA COMUNIDADE E NO DIA A DIA DO SEU TRABALHO. Facilitadoras: Liliane Lott Pires e Maria Inês Castanha de Queiroz 1 RELATÓRIO DA OFICINA: COMO AGIR NA COMUNIDADE E NO DIA A DIA DO SEU TRABALHO Facilitadoras: Liliane Lott Pires e Maria Inês Castanha de Queiroz Contrato: AS.DS.PV.024/2010 Empresa: SENSOTECH ASSESSORAMENTO

Leia mais

QUADRO DE FUNCIONÁRIOS

QUADRO DE FUNCIONÁRIOS NÚCLEO BRINCARTE - SÃO JOSÉ Coordenador: Jairo Peçanha Email: fundacao@ibpc.org.br Fundação: 2010 Logradouro: Rod. Serafim Dezenze, 5005 B Bairro: São Pedro CEP: 29031-800 Telefone: (27) 3233-1585 CORPO

Leia mais

Programa Amigo de Valor FORMULÁRIO PARA APRESENTAÇÃO DE PROPOSTA DE APOIO PARA O DIAGNÓSTICO MUNICIPAL DA SITUAÇÃO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

Programa Amigo de Valor FORMULÁRIO PARA APRESENTAÇÃO DE PROPOSTA DE APOIO PARA O DIAGNÓSTICO MUNICIPAL DA SITUAÇÃO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Programa Amigo de Valor FORMULÁRIO PARA APRESENTAÇÃO DE PROPOSTA DE APOIO PARA O DIAGNÓSTICO MUNICIPAL DA SITUAÇÃO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE INSTRUÇÕES: A proposta deve ser elaborada diretamente neste

Leia mais

Manual do adestrador de leões: Transforme a fera Em um gatinho

Manual do adestrador de leões: Transforme a fera Em um gatinho Manual do adestrador de leões: Transforme a fera Em um gatinho Veja no rosto do irmão, a Face de Deus! 1. Renúncia fiscal Em 1990, sob a inspiração democrática da Constituição de 1988, foi elaborado o

Leia mais

Resultados do Serviço Preparação para o Primeiro Emprego Ano 2012

Resultados do Serviço Preparação para o Primeiro Emprego Ano 2012 Resultados do Serviço Preparação para o Primeiro Emprego Ano 2012 Administração: Rodrigo Antônio de Agostinho Mendonça Secretária do Bem Estar Social: Darlene Martin Tendolo Diretora de Departamento: Silmaire

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA CADASTRO NA CENTRAL PERMANENTE DE LICITAÇÃO - CPL

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA CADASTRO NA CENTRAL PERMANENTE DE LICITAÇÃO - CPL DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA CADASTRO NA CENTRAL PERMANENTE DE LICITAÇÃO - CPL RELATÓRIO APRESENTAÇÃO De acordo com a Lei 8.666, de 21 de junho de 1993, combinada com a Lei 10.406, de 10 de janeiro de

Leia mais

O Projeto Projeto Social COM PORÇÕES DE BE

O Projeto Projeto Social COM PORÇÕES DE BE O Projeto Social COM PORÇÕES DE BEM Princípios A transformação do assistido em assistente. O foco na família. O respeito às diretrizes governamentais de assistência social. E i i é d i l t d Ensinar a

Leia mais

(Favor preencher com letra de forma ou datilografado.) Estado: Pacífico. (6) Pessoa para contato (caso seja diferente da indicada no item (5)).

(Favor preencher com letra de forma ou datilografado.) Estado: Pacífico. (6) Pessoa para contato (caso seja diferente da indicada no item (5)). ASSISTÊNCIA A PROJETOS COMUNITÁRIOS E DE SEGURANÇA HUMANA FORMULÁRIO DE REQUERIMENTO (Favor preencher com letra de forma ou datilografado.) 1. Requerente (1) Organização: Associação ABC de Amparo à Criança

Leia mais

Veículo: Site Pauta Social Data: 11/12/2009

Veículo: Site Pauta Social Data: 11/12/2009 Veículo: Site Pauta Social Data: 11/12/2009 Seção: Pautas Pág.: www.pautasocial.com.br Assunto: Ação Social 11/12/2009 SABIN FAZ ATENDIMENTO MÉDICO DE GRAÇA EM BRASÍLIA Laboratório participa de ações sociais

Leia mais

Núcleo de Educação Infantil Solarium

Núcleo de Educação Infantil Solarium 0 APRESENTAÇÃO A escola Solarium propõe um projeto de Educação Infantil diferenciado que não abre mão do espaço livre para a brincadeira onde a criança pode ser criança, em ambiente saudável e afetivo

Leia mais

HOMOLOGADA PELO SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO EM 09/12/2004 RESOLUÇÃO Nº 145/04. Palmas, 08 de dezembro de 2004

HOMOLOGADA PELO SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO EM 09/12/2004 RESOLUÇÃO Nº 145/04. Palmas, 08 de dezembro de 2004 HOMOLOGADA PELO SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO EM 09/12/2004 REVOGADA RESOLUÇÃO Nº 145/04 Palmas, 08 de dezembro de 2004 Fixa normas para criação e autorização de funcionamento de instituições de educação

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS ESTUDANTIS - PROEXAE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE EXTENSÃO - PIBEX EDITAL Nº 006/2015 PROEXAE/UEMA

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS ESTUDANTIS - PROEXAE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE EXTENSÃO - PIBEX EDITAL Nº 006/2015 PROEXAE/UEMA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS ESTUDANTIS - PROEXAE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE EXTENSÃO - PIBEX EDITAL Nº 006/2015 PROEXAE/UEMA A Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Estudantis da Universidade

Leia mais

MANUAL DO VOLUNTÁRIO

MANUAL DO VOLUNTÁRIO MANUAL DO VOLUNTÁRIO Dentre todas as coisas que se pode doar a alguém, existe uma que é a mais valiosa: o tempo. E é isso que um voluntário faz. Disponibiliza seu tempo e sua energia para ajudar o próximo,

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE TRABALHO

MANUAL DE ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE TRABALHO MANUAL DE ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE TRABALHO DADOS CADASTRAIS PLANO DE TRABALHO - ENTIDADE ÓRGÃO / ENTIDADE PROPONENTE: CNPJ: ENDEREÇO: ENDEREÇO ELETRÔNICO(E-MAIL): CIDADE: UF: CEP:

Leia mais

ANEXO II REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DO PROCESSO DE SELEÇÃO SIMPLIFICIDA DA SECRETARIA DE POLÍTICAS SOCIAIS E DESPORTO

ANEXO II REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DO PROCESSO DE SELEÇÃO SIMPLIFICIDA DA SECRETARIA DE POLÍTICAS SOCIAIS E DESPORTO ANEXO II REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DO PROCESSO DE SELEÇÃO SIMPLIFICIDA DA SECRETARIA DE POLÍTICAS SOCIAIS E DESPORTO 1 PROJOVEM 1.1 SUPERVISOR REQUISITOS: NÍVEL SUPERIOR ATRIBUIÇÕES: Ser responsável

Leia mais

Disciplina: modernidade e Envelhecimento Curso de Serviço Social 3º e 5º Semestre Políticas públicas para idosos 1 Marco Legal Nacional Constituição Federal (1988) Art. 202 Inciso I Ao idoso é assegurado

Leia mais

II - obrigatoriedade de participação quando realizados no período letivo; III - participação facultativa quando realizados fora do período letivo.

II - obrigatoriedade de participação quando realizados no período letivo; III - participação facultativa quando realizados fora do período letivo. Capítulo II DA EDUCAÇÃO Art. 182. A educação, direito de todos e dever do Estado e da família, será promovida e incentivada pelo Município, com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento

Leia mais