Pesquisa Estadual e Inovação no Agronegócio Brasileiro. IX Encontro Nacional do FORTEC

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Pesquisa Estadual e Inovação no Agronegócio Brasileiro. IX Encontro Nacional do FORTEC"

Transcrição

1 Pesquisa Estadual e Inovação no Agronegócio Brasileiro IX Encontro Nacional do FORTEC CIETEP/FIEP, Curitiba, 21 de maio 2015 Florindo Dalberto - Diretor-Presidente do IAPAR e Presidente do CONSEPA

2 A PESQUISA PÚBLICA NOS ESTADOS BRASILEIROS Consepa Conselho Nacional das Entidades Estaduais de Pesquisa Agropecuária

3 Criado em 1993 para congregar e representar as Organizações Estaduais de Pesquisa Agropecuária - OEPAs Busca o fortalecimento da pesquisa pública nos Estados brasileiros; Formado por 18 OEPAs (23 Entidades)

4 ORGANIZAÇÕES ESTADUAIS DE PESQUISA AGROPECUÁRIA OEPAs

5

6 SISTEMA COOPERATIVO DE PESQUISA AGROPECUÁRIA (SCPA) NA DÉCADA DE 70 - EMAPA - MA - EPACE - CE - EMPARN - RN - EMEPA - PB - IPA - PE - EPEAL - AL - EMDAGRO - SE - EPABA - BA - EPAMIG - MG - EMCAPA - ES - PESAGRO - RJ - INSTITUTOS (IAC, IZ, ITAl, IB, IEA, IP) - SP - IAPAR - PR - EMPASC - SC - FEPAGRO - RS - ENGOPA - GO - EMPAER - MT

7 INSTITUIÇÕES ESTADUAIS DE PESQUISA ATUALMENTE PESQUISA - EMPARN - RN - EMEPA - PB - DEAGRO - SE - EPAMIG - MG - APTA (IAC, IZ, ITAl, IB, IEA, IP) - SP - PESAGRO - RJ - IAPAR - PR - FEPAGRO - RS - UNITINS-AGRO - TO MISTA - IPA - PE - EBDA - BA - EPAGRI - SC - AGÊNCIA RURAL - GO - INCAPER - ES - EMPAER - MT - AGRAER MS - EMATER - AL

8 ESTRUTURA e ATUAÇÃO Entidades (18 sistemas estaduais) Funcionários Estações Experimentais Laboratórios Bibliotecas Projetos de Pesquisa e Inovação Tecnológica com cerca de experimentos abrangendo todos os campos, setores, produtos e temas de importância e interesse da Agricultura Brasileira

9 Quadro de Pesquisadores Pesquisadores 408 graduados 706 mestres 918 doutores

10 SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA AGROPECUÁRIA - SNPA Organizado na década de 1970 EMBRAPA criada como Coordenadora do SNPA Incentivos Federais para a implantação dos Sistemas Estaduais

11

12 OEPAs EMBRAPA 23 Instituições (18 Estados) 239 Estações Experimentais 298 Laboratórios 34 Bibliotecas 47 Centros: Nacionais de Produtos; Nacionais de Temas Básicos; Ecorregionais de Pesquisa Agroflorestal ou Agropecuária; Serviços Pesquisadores Pesquisadores; Funcionários Funcionários 1.1 bi R$ de orçamento 2.3 bi R$ de orçamento

13

14 PONTOS FORTES PARA A ATUAÇÃO DAS OEPAs (1) Capilaridade e conhecimento histórico da realidade regional; Facilidade de articulação com as entidades locais de agricultura e orgãos estaduais na temática da agropecuária, meio ambiente e economia solidária; Compreensão dos Sistemas de Agricultura Familiar e interação com suas organizações; Integração tecnológica com programas estaduais e municipais de desenvolvimento da Agricultura: autonomia tecnológica dos Estados;

15 PONTOS FORTES PARA A ATUAÇÃO DAS OEPAs (2) Conhecimento do patrimônio genético local; Proximidade com as questões locais e regionais / aderência à realidade / articulação com outras entidades locais; Compartilhamento com os atores do setor agrícola na priorização da pesquisa.

16 Atuação das OEPAs resulta: Na melhor competência para promover o desenvolvimento local; Na capacitação para promover o desenvolvimento sustentável; No efetivo envolvimento do segmento produtivo no desenvolvimento dos programas de pesquisa; e Na capacidade de gerar modelos tecnológicos próprios, que garantam a autonomia tecnológica dos Estados.

17

18 DIVERSIFICADA AGENDA DE PESQUISA Genética e melhoramento; Manejo e conservação do solo; Fitossanidade / Fitopatologia; Nutrição de plantas; Nutrição animal; Sistemas de Produção; Forragens e rações; Biotecnologia; Sementes; Sanidade animal; Entomologia; Qualidade dos alimentos; Pedologia; Meio-ambiente; Genômica; Botânica; Sensoriamento remoto; Fruticultura.

19 Resultados de reflexos nacionais inequívocos na pesquisa em milho, arroz e feijão; Arrozais irrigados do Sul do Brasil; Resultados de pesquisa em feijão tem destaque em âmbito nacional (Ex: feijão tipo carioquinha IAC); Inoculantes, amplamente difundidos e recomendados em substituição aos fertilizantes nitrogenados na cultura da soja e outras leguminosas; Abordagem sistêmica dos sistemas de produção agropecuária.

20

21 Os principais problemas e desafios das OEPAs

22 DESAFIOS A SEREM ENFRENTADOS Redução de recursos financeiros Surgimento de novos campos de conhecimento Alteração nas políticas que definem o papel do Estado Riscos e oportunidades da abertura para o ambiente externo Problemas das Organizações Estaduais Crise fiscal dos Estados gerando redução de investimento em Pesquisa Retração do apoio financeiro federal Obsolescência de equipamentos e instalações Crise de renovação e reciclagem dos quadros de pessoal Necessidade de modernização das estruturas organizacionais

23 CAMINHOS ESTRATÉGICOS PARA AS INSTITUIÇÕES PÚBLICAS DE PESQUISA AGROPECUÁRIA Nova Agenda de Pesquisa Agronegócio / Cadeias Produtivas Novo Rural Sustentabilidade dos Sistemas Produtivos Consumidor final como Foco Marketing e captação de recursos Autonomia Administrativa, Patrimonial e Financeira Redefinição da personalidade jurídica e inserção institucional no setor público Revitalização dos Sistemas Organizacionais Recursos Humanos: fator essencial para o sucesso Regime Jurídico Reciclagem permanente Gestão moderna e flexível Comprometimento com a missão institucional

24 PROPOSTA DE RECOMPOSIÇÃO INSTITUCIONAL Pesquisa Estadual é fator estratégico para a manutenção da competitividade e sustentabilidade da Agricultura Brasileira Projeto Aliança para Inovação Agropecuária no Brasil Foco do Plano Projetos de desenvolvimento institucional de cada entidade Investimento em infraestrutura Renovação e capacitação de quadros Definição de novos modelos institucionais e modernização organizacional Forma de Implementação Revisão crítica do SNPA Constituição da Rede Nacional de Pesquisa Estadual para a Agricultura Compartilhamento de competências Co-participação no financiamento do sistema

25 Florindo Dalberto Presidente do CONSEPA e do IAPAR (61) / (43) /

Mortos e Acidentes por Unidade Federativa

Mortos e Acidentes por Unidade Federativa e Acidentes por Unidade Federativa - 2016 Data: 23/05/2017 FILTROS: Veículos: Todos, Caminhões, Ônibus Valores: Absolutos Estado: Todos BR: Todas Estados com maior número de mortes e acidentes - 2016 Este

Leia mais

Corretores de Imóveis e Imobiliárias - Brasil. Quantos são e onde estão

Corretores de Imóveis e Imobiliárias - Brasil. Quantos são e onde estão Corretores de Imóveis e Imobiliárias - Brasil Quantos são e onde estão Corretores de Imóveis e Imobiliárias A Kuser Participações S/A traz mais uma vez ao mercado, um levantamento da quantidade de corretores

Leia mais

Feijões do Grupo Comercial Carioca

Feijões do Grupo Comercial Carioca 2013 Feijões do Grupo Comercial Carioca BRS Ametista A cultivar de feijão BRS Ametista se destaca por apresentar plantas e tipo comercial de grãos semelhantes aos da cultivar Pérola, mas com maior tolerância

Leia mais

TÊNIS DE MESA Nº 03 04/09/2015

TÊNIS DE MESA Nº 03 04/09/2015 ! TÊNIS DE MESA Nº 03 04/09/2015! Jogos Escolares da Juventude 2015 12 a 14 anos Boletim Oficial de Resultados 04/09/2015 CENTRO DE FORMAÇÃO OLÍMPICA - QUADRA 1 TÊNIS DE MESA - EQUIPE - Feminino 1 09:00

Leia mais

Racionamento de água. Abril/2017

Racionamento de água. Abril/2017 Racionamento de água Abril/2017 Objetivo da Pesquisa Metodologia Tópicos da Pesquisa Informações técnicas Levantar informações sobre temas importantes no contexto atual dos Pequenos Negócios. TEMA ANALISADO

Leia mais

Carga Tributária dos Combustíveis por Estado. Referência: Setembro/2016

Carga Tributária dos Combustíveis por Estado. Referência: Setembro/2016 Carga Tributária dos Combustíveis por Estado Referência: Setembro/2016 Pontos importantes da Lei 12.741/2012 para a revenda de combustíveis Art. 1º Emitidos por ocasião da venda ao consumidor de mercadorias

Leia mais

Cultivares comerciais de milho não transgenico de instituições publicas

Cultivares comerciais de milho não transgenico de instituições publicas Cultivares comerciais de milho não transgenico de instituições publicas características Espécie variedade Finalidades (aptidões) Regiões indicadas Cor Tamanho/tipo planta Ciclo Resistência Há algum indicativo

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE CAPITALIZAÇÃO OS NÚMEROS AINDA SÃO FAVORÁVEIS DADOS DE SUSEP -SES

MERCADO BRASILEIRO DE CAPITALIZAÇÃO OS NÚMEROS AINDA SÃO FAVORÁVEIS DADOS DE SUSEP -SES MERCADO BRASILEIRO DE CAPITALIZAÇÃO OS NÚMEROS AINDA SÃO FAVORÁVEIS DADOS DE 2007 2015 SUSEP -SES 1 INTRODUÇÃO: Como estamos acompanhando desde 2014 a situação econômica do País vem se deteriorando ao

Leia mais

Relatório de Dados do Programa de Microcrédito 2º. Trimestre de 2012

Relatório de Dados do Programa de Microcrédito 2º. Trimestre de 2012 Ministério do Trabalho e Emprego Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado Relatório de Dados do Programa de Microcrédito 2º. de 2012 1. Resultados do Programa de Microcrédito no 2 de 2012.

Leia mais

8ª Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos (2014)

8ª Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos (2014) 8ª Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos (2014) Elaboração: Contraf-CUT, CNTV e Federação dos Vigilantes do Paraná Fonte: Notícias da imprensa, SSP e sindicatos Apoio: Sindicato dos Vigilantes de Curitiba

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL CAMPEONATO BRASILEIRO DA SÉRIE D TABELA BÁSICA / EDIÇÃO 2016 PRIMEIRA FASE REF ROD DATA - DIA HORA GR JOGO ESTÁDIO CIDADE 1ª 12/06 - Dom A1 Rondônia RO x Amazonas AM A1 Acre AC x Amapá AP A2 Tocantins

Leia mais

É um seguro que garante ao Proprietário o recebimento dos aluguéis e de outras despesas mensais quando o inquilino deixar de pagar o aluguel.

É um seguro que garante ao Proprietário o recebimento dos aluguéis e de outras despesas mensais quando o inquilino deixar de pagar o aluguel. MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS FIANÇA LOCATÍCIA 12 MESES ENCERRADOS EM ABRIL DE 2009 E 2008. É um seguro que garante ao Proprietário o recebimento dos aluguéis e de outras despesas mensais quando o inquilino

Leia mais

BRASIL - IMPORTAÇÃO DE TRIGO 2015 ( t ) ( US$ / t )

BRASIL - IMPORTAÇÃO DE TRIGO 2015 ( t ) ( US$ / t ) BRASIL IMPORTAÇÃO DE TRIGO 2015 (POR PAÍS) PAÍSES ARGENTINA Volume ( Ton/Liq ) 269.719,83 387.213,30 406.882,12 310.956,48 318.530,07 375.612,10 2.068.913,89 Valor Fob ( Us$/Mil ) 72.142,83 99.905,76 104.619,97

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS E PREVIDÊNCIA PRIVADA

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS E PREVIDÊNCIA PRIVADA MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS E PREVIDÊNCIA PRIVADA JAN A JULHO -2013 1 O Mercado Brasileiro de Seguros e Previdência Privada encerrou o período em foco apresentando um Lucro Líquido não consolidado tecnicamente

Leia mais

A economia do Rio de Janeiro Estado e Capital

A economia do Rio de Janeiro Estado e Capital A economia do Rio de Janeiro Estado e Capital William Figueiredo Divisão de Estudo Econômicos do Rio de Janeiro (DIERJ) Gerência de Estudos Econômicos (GEE) Rio de Janeiro, 27 de junho de 2017 Estado do

Leia mais

SITUAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA DA HANSENÍASE NO BRASIL 2003

SITUAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA DA HANSENÍASE NO BRASIL 2003 1 MINISTÉRIO DA SAÚDE Secretaria de Vigilância em Saúde Área Técnica de Dermatologia Sanitária SITUAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA DA HANSENÍASE NO BRASIL 2003 2 TAXAS DE DETECÇÃO 2001 FONTE: OMS Situação atual da

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS FIANÇA LOCATÍCIA

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS FIANÇA LOCATÍCIA MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS FIANÇA LOCATÍCIA I BIMESTRE -2013 1 O segmento de Fiança Locatícia encerrou o mês de janeiro com um volume de produção de R$ 51,1 milhões contra R$ 40,3 milhões de 2012, um

Leia mais

PREÇOS CORRENTES 14/08/2015

PREÇOS CORRENTES 14/08/2015 PREÇOS CORRENTES 14/08/2015 SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO DE MINAS GERAIS 2 ÍNDICE 03. Apresentação 04. Cotações Base Agrícola 05. Açúcar 07.

Leia mais

Evolução das Ocorrências de Sinistros de Morte no Feriado de Corpus Christi por Tipo de Veículo

Evolução das Ocorrências de Sinistros de Morte no Feriado de Corpus Christi por Tipo de Veículo Estatísticas Corpus Christi Nos últimos anos, as ocorrências de acidentes envolvendo veículos automotores, no período do feriado de Corpus Christi, cujas indenizações foram solicitadas à Seguradora Líder

Leia mais

BVS Ministério da Saúde Modelo BVS Interoperabilidade e Web 2.0

BVS Ministério da Saúde Modelo BVS Interoperabilidade e Web 2.0 BVS Ministério da Saúde Modelo BVS Interoperabilidade e Web 2.0 Márcia Helena G. Rollemberg Coordenadora-Geral de Documentação e Informação Brasília, 12 de agosto de 2009 Plataforma Web 2.0 Rede de comunicação

Leia mais

ANEXO I QUADRO DE VAGAS E LOCALIDADES

ANEXO I QUADRO DE VAGAS E LOCALIDADES ANEXO I QUADRO DE VAGAS E LOCALIDADES Referência: Vagas Provimento imediato de vagas e formação de Cadastro de Reserva. Vagas PD Vagas Reservadas para os candidatos Portadores de Deficiência. 1. Diretoria

Leia mais

Pesquisa de impacto. Evolução das startups aceleradas. pesquisa quantitativa dezembro de 2016

Pesquisa de impacto. Evolução das startups aceleradas. pesquisa quantitativa dezembro de 2016 Pesquisa de impacto Evolução das startups aceleradas pesquisa quantitativa dezembro de 2016 1 introdução objetivo Levantar os principais resultados do InovAtiva Brasil e crescimento das startups após o

Leia mais

BRASIL - IMPORTAÇÃO DE TRIGO 2017 ( t ) ( US$ / t )

BRASIL - IMPORTAÇÃO DE TRIGO 2017 ( t ) ( US$ / t ) BRASIL IMPORTAÇÃO DE TRIGO 2017 (POR PAÍS) PAÍSES JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ ARGENTINA Volume ( Ton/Liq ) 399.473,26 422.403,60 501.033,08 371.050,32 437.918,87 2.131.879,13 Valor

Leia mais

Objetivo Geral: Objetivos Específicos:

Objetivo Geral: Objetivos Específicos: Objetivo Geral: Superação da pobreza e geração de trabalho e renda no meio rural por meio de uma estratégia de desenvolvimento territorial sustentável. Objetivos Específicos: Inclusão produtiva das populações

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE SUPLEMENTOS MINERIAS 2014

MERCADO BRASILEIRO DE SUPLEMENTOS MINERIAS 2014 MERCADO BRASILEIRO DE SUPLEMENTOS MINERIAS 2014 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS INDUSTRIAS DE SUPLEMENTOS MINERAIS RUA AUGUSTA, 2676 13 ANDAR SALA 132 CEP 01412-100 SÃO PAULO SP Telefone: (011) 3061-9077 e-mail:

Leia mais

Departamento de Saúde Animal. Avanços e Desafios do Programa Nacional de Febre Aftosa no Brasil

Departamento de Saúde Animal. Avanços e Desafios do Programa Nacional de Febre Aftosa no Brasil Departamento de Saúde Animal Avanços e Desafios do Programa Nacional de Febre Aftosa no Brasil Revisão da política e das estratégias de combate à febre aftosa no Brasil Marco inicial da erradicação: 1992

Leia mais

Reorganização institucional do Banco do Brasil. 1 Paulo Caffarelli - NOV 2016

Reorganização institucional do Banco do Brasil. 1 Paulo Caffarelli - NOV 2016 Reorganização institucional do Banco do Brasil 1 Paulo Caffarelli - NOV 2016 Reorganização Institucional O Banco do Brasil apresenta um conjunto de medidas para se adaptar a um cenário cada vez mais dinâmico

Leia mais

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA Secretaria de Geologia, Mineração e Transformação Mineral - SGM Cooperação Internacional no Setor Mineral Temas prioritários CARLOS NOGUEIRA DA COSTA JUNIOR Secretário Sumário

Leia mais

http://portaldoprofessor.mec.gov.br http://twitter.com/portalprofessor Implantação de ambientes tecnológicos nas escolas Distribuição de conteúdos educativos, soluções e sistemas de informação Formação

Leia mais

Resumo do Monitoramento de Queimadas por Satélites e de Informações Ambientais Associadas

Resumo do Monitoramento de Queimadas por Satélites e de Informações Ambientais Associadas Resumo do Monitoramento de Queimadas por Satélites e de Informações Ambientais Associadas Versão 1.0 - Data de geração: 2016/11/29-18:41 Este documento foi criado automaticamente pelo Sistema de Monitoramento

Leia mais

Capacitação Questionário de

Capacitação Questionário de Capacitação Questionário de em Eventos Acompanhamento da Renast 2011 Resultados Parciais Área de Produção Editorial e Gráfica Núcleo de Comunicação Secretaria de Vigilância em Saúde 23 e 24 de junho de

Leia mais

FÓRUM FISCAL DOS ESTADOS BRASILEIROS Núcleo 2 Partilha e Transferências de Receitas entre os Entes Federados

FÓRUM FISCAL DOS ESTADOS BRASILEIROS Núcleo 2 Partilha e Transferências de Receitas entre os Entes Federados Coordenador: Prof. Fernando Rezende Orientador: Prof. Sérgio Prado Equipe: Alessandro Melo da Silva Célia Maria Silva Carvalho Edna Nazaré Cardoso Farage Fernando de Castro Fagundes Janaína Gonçalves Jonil

Leia mais

IMÓVEIS DO FUNDO DO REGIME GERAL DA PREVIDÊNCIA SOCIAL

IMÓVEIS DO FUNDO DO REGIME GERAL DA PREVIDÊNCIA SOCIAL IMÓVEIS DO FUNDO DO REGIME GERAL DA PREVIDÊNCIA SOCIAL 2016 DIRETORIA DE ORÇAMENTO, FINANÇAS E LOGÍSTICA/INSS Junho de 2016 SITUAÇÃO ATUAL INVENTÁRIO 2015 UNIDADE INSS FRGPS SUBTOTAL SUDESTE I - SP 212

Leia mais

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade Agência Nacional de Telecomunicações Entidade Aferidora da Qualidade Qualidade da Banda Larga Publicação de Indicadores (Março/15) Medição Banda Larga Fixa (SCM) Para a medição da banda larga fixa (SCM)

Leia mais

Cenário atual e perspectiva para a formação continuada de professores do Ensino Médio no âmbito do PNEM. Programas Integrados

Cenário atual e perspectiva para a formação continuada de professores do Ensino Médio no âmbito do PNEM. Programas Integrados MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA DIRETORIA DE FORMULAÇÃO DE CONTEÚDOS EDUCACIONAIS Cenário atual e perspectiva para a formação continuada de professores do Ensino Médio no âmbito do

Leia mais

EDITAL'DE'CONVOCAÇÃO'DAS'ELEIÇÕES'DA'ANEAC' GESTÃO' '

EDITAL'DE'CONVOCAÇÃO'DAS'ELEIÇÕES'DA'ANEAC' GESTÃO' ' EDITAL'DE'CONVOCAÇÃO'DAS'ELEIÇÕES'DA'ANEAC' GESTÃO'201752018' A Presidente do Conselho Deliberativo da Associação Nacional dos Engenheiros e Arquitetos da CaixaEconômicaFederal ANEAC,Arq.TelmaLucianaRibeiroSilvadeHolanda,naformadosart.

Leia mais

SUBSÍDIOS PARA A AÇÃO SINDICAL COMPORTAMENTO DO EMPREGO METALÚRGICO MARÇO DE 2011

SUBSÍDIOS PARA A AÇÃO SINDICAL COMPORTAMENTO DO EMPREGO METALÚRGICO MARÇO DE 2011 SUBSÍDIOS PARA A AÇÃO SINDICAL COMPORTAMENTO DO EMPREGO METALÚRGICO MARÇO DE 2011 ANÁLISE DOS RESULTADOS De acordo com os dados do Ministério do Trabalho e Emprego, de janeiro a dezembro de 2012 foram

Leia mais

Formação dos Grupos e forma de disputa

Formação dos Grupos e forma de disputa Formação dos Grupos e forma de disputa Sorteio realizado no dia 01 de Novembro de 2010 na sede social da APMP. Categoria Força Livre 1. Amazonas 2. Acre 3. Amapá 4. Ceara 5. Espirito Santo 6. Goiás 7.

Leia mais

Metas Educacionais As 5 Metas do Todos Pela Educação. Rio de Janeiro, 27 de abril de 2009

Metas Educacionais As 5 Metas do Todos Pela Educação. Rio de Janeiro, 27 de abril de 2009 s Educacionais As 5 s do Todos Pela Educação Rio de Janeiro, 27 de abril de 2009 Construção das metas Pesquisa do meio copo cheio : consensos para avançar Documento de mobilização inicial Entrevistas e

Leia mais

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade Agência Nacional de Telecomunicações Entidade Aferidora da Qualidade Qualidade da Banda Larga Publicação de Indicadores (Maio/15) Medição Banda Larga Fixa (SCM) Para a medição da banda larga fixa (SCM)

Leia mais

Cargas Aéreas e Rodoviárias Ltda.

Cargas Aéreas e Rodoviárias Ltda. Cargas Aéreas e Rodoviárias Ltda. EMPRESA A Trans Ápia é uma empresa especializada em cargas urgentes, porta a porta para todo território nacional, que atua no mercado de transportes aéreo e rodoviário

Leia mais

Pesquisa nacional de mortes em assaltos envolvendo bancos

Pesquisa nacional de mortes em assaltos envolvendo bancos Pesquisa nacional de mortes em assaltos envolvendo bancos (03) Elaboração: Contraf-CUT e CNTV Fonte: Notícias da imprensa Apoio Técnico: DIEESE Subseção Contraf-CUT Mortes em assaltos envolvendo bancos

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES ATO Nº 1.522, DE 4 DE MARÇO DE 2013

AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES ATO Nº 1.522, DE 4 DE MARÇO DE 2013 AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES ATO Nº 1.522, DE 4 DE MARÇO DE 2013 O CONSELHO DIRETOR DA AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES, no uso das atribuições que lhe foram conferidas pelo art. 22 da Lei

Leia mais

Novas Variedades. Validação e Transferência de Tecnologia. Rogério de Sá Borges Embrapa Transferência de Tecnologia Escritório de Negócios de Campinas

Novas Variedades. Validação e Transferência de Tecnologia. Rogério de Sá Borges Embrapa Transferência de Tecnologia Escritório de Negócios de Campinas Novas Variedades Validação e Transferência de Tecnologia Rogério de Sá Borges Embrapa Transferência de Tecnologia Escritório de Negócios de Campinas Transferência de tecnologias propostas e desenvolvidas

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Lei Geral da Micro e Pequena Empresa Empreendedor Individual

EMPREENDEDORISMO. Lei Geral da Micro e Pequena Empresa Empreendedor Individual EMPREENDEDORISMO Números MPE Indicador Brasil DF Participação % Fonte Número de MPE 5.786.696 87.358 1,51 RAIS 2008 Número de MPE Comércio 3.067.577 41.967 1,37 RAIS 2008 Número de MPE - Serviço 1.861.779

Leia mais

O segmento de habitação popular possui fundamentos sólidos baseados em 4 pilares...

O segmento de habitação popular possui fundamentos sólidos baseados em 4 pilares... O segmento de habitação popular possui fundamentos sólidos baseados em 4 pilares... Pilar 1: Déficit habitacional Pilar 2: Crédito ao Comprador Programa MCMV Pilar 3: Demografia Pilar 4: Aumento da Renda

Leia mais

Consultoria de estratégia empresarial e finanças corporativas

Consultoria de estratégia empresarial e finanças corporativas 60% Institucional Consultoria de estratégia empresarial e finanças corporativas Somos uma consultoria de estratégia empresarial e finanças corporativas, com soluções para decisões operacionais, societárias

Leia mais

Ciências Humanas e suas Tecnologias - Geografia 1ª Série Ensino Médio A Estrutura Agrária do Brasil

Ciências Humanas e suas Tecnologias - Geografia 1ª Série Ensino Médio A Estrutura Agrária do Brasil Ciências Humanas e suas Tecnologias - Geografia 1ª Série Ensino Médio A Estrutura Agrária do Brasil AGRICULTURA Conceito: técnica de plantio e uso do solo. Objetivos: alimentação, matéria-prima;. FATORES

Leia mais

Indenizações Pagas. Evolução das Indenizações Pagas por Natureza

Indenizações Pagas. Evolução das Indenizações Pagas por Natureza Ano 05 - Volume 02 Janeiro a Junho de 2015 Indenizações Pagas Natureza da Indenização Jan a Jun 2014 % % Jan a Jun 2014 x Morte 25.181 7% 22.395 7% -11% Invalidez Permanente 259.845 77% 269.410 78% 4%

Leia mais

OPORTUNIDADES DE CRESCIMENTO EAD. Roberto Valério

OPORTUNIDADES DE CRESCIMENTO EAD. Roberto Valério OPORTUNIDADES DE CRESCIMENTO EAD Roberto Valério Mercado EAD Cenário competitivo: EAD GANHA POPULARIDADE E PARTICIPAÇÃO DE MERCADO CAGR: +37% Presencial EAD 728 838 930 993 1.114 1.154 9,9% 12,6% 14,1%

Leia mais

O SEGMENTO FILANTRÓPICO: Estratégias e Desafios. Antonio Brito - Presidente da CMB -

O SEGMENTO FILANTRÓPICO: Estratégias e Desafios. Antonio Brito - Presidente da CMB - O SEGMENTO FILANTRÓPICO: Estratégias e Desafios Antonio Brito - Presidente da CMB - Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas - CMB SANTAS CASAS DE MISERICÓRDIA:

Leia mais

República Conceitos básicos

República Conceitos básicos República Conceitos básicos Estado: e a formação de um povo. Território:, ou seja, representa a base física limitada por suas fronteiras. República Conceitos básicos Povo: é todo o, regulamentados por

Leia mais

MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO SEGURO PRESTAMISTA 12 MESES ENCERRADOS EM ABRIL DE 2009 e 2008.

MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO SEGURO PRESTAMISTA 12 MESES ENCERRADOS EM ABRIL DE 2009 e 2008. MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO SEGURO PRESTAMISTA 12 MESES ENCERRADOS EM ABRIL DE 2009 e 2008. O Seguro de Vida Prestamista é um seguro que garante o recebimento da dívida de seus clientes. Destinado às

Leia mais

Estado Atual das RPPNs no Brasil

Estado Atual das RPPNs no Brasil Estado Atual das RPPNs no Brasil Missão da CNRPPN Contribuir para a conservação da biodiversidade brasileira por meio do fortalecimento das associações de proprietários de RPPN (fundada em 2001) Confederação

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS ACIDENTES PESSOAIS RESULTADOS E INDICADORES JAN A MAIO 2010 09-07-2010 1 MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS ACIDENTES PESSOAIS Esse conjunto encerrou o período com um volume de

Leia mais

Balancete Janeiro-Março-2016

Balancete Janeiro-Março-2016 Balancete Janeiro-Março-2016 25/03/16 RJ Anuidade 2015 R$ 3.910,00 25/03/16 RJ Anuidade Parte 1-2016 R$ 1.110,00 25/03/16 Quitação completa do mundial 2012 12t e SEC ao RJ R$ 5.020,00 Saldo valor final

Leia mais

JULHO/2016 USO EXCLUSIVAMENTE INTERNO TABELA DE PREÇOS

JULHO/2016 USO EXCLUSIVAMENTE INTERNO TABELA DE PREÇOS JULHO/2016 USO EXCLUSIVAMENTE INTERNO TABELA DE PREÇOS Lembrese que o cliente tem desconto ao optar pelo pagamento em Débito em Conta + Fatura Digital. Conheça os benefícios da Fatura Digital: (O cadastro

Leia mais

COLÉGIO 7 DE SETEMBRO FUNDADOR PROF. EDILSON BRASIL SOÁREZ. O Colégio que ensina o aluno a estudar ALUNO(A): TURMA: Geografia.

COLÉGIO 7 DE SETEMBRO FUNDADOR PROF. EDILSON BRASIL SOÁREZ. O Colégio que ensina o aluno a estudar ALUNO(A): TURMA: Geografia. FUNDADOR PROF. EDILSON BRASIL SOÁREZ 2011 O Colégio que ensina o aluno a estudar APICE Geografia [2 a Etapa] 5 o Ano Ensino Fundamental I ALUNO(A): TURMA: Você está recebendo o APICE (Atividade para Intensificar

Leia mais

ATA DA 44ª REUNIÃO DO CONSELHO NACIONAL DOS SISTEMAS ESTADUAIS DE PESQUISA AGROPECUÁRIA CONSEPA Aos dezesseis e dezessete dias do mês de Junho do ano

ATA DA 44ª REUNIÃO DO CONSELHO NACIONAL DOS SISTEMAS ESTADUAIS DE PESQUISA AGROPECUÁRIA CONSEPA Aos dezesseis e dezessete dias do mês de Junho do ano ATA DA 44ª REUNIÃO DO CONSELHO NACIONAL DOS SISTEMAS ESTADUAIS DE PESQUISA AGROPECUÁRIA CONSEPA Aos dezesseis e dezessete dias do mês de Junho do ano de dois mil e nove, reuniram-se na sala de Reuniões

Leia mais

1- Introdução: 2- Resultados do Mercado:

1- Introdução: 2- Resultados do Mercado: 1- Introdução: Os números aqui analisados foram extraídos do sistema da SES da SUSEP referente ao período de jan a outubro de 2013. Esses dados decorrem dos FIPES que são encaminhados mensalmente a essa

Leia mais

Demanda por Investimentos em Mobilidade Urbana Brasil/ ª Semana de Tecnologia Metroferroviária - AEAMESP setembro/2015

Demanda por Investimentos em Mobilidade Urbana Brasil/ ª Semana de Tecnologia Metroferroviária - AEAMESP setembro/2015 Demanda por Investimentos em Mobilidade Urbana Brasil/2014 21ª Semana de Tecnologia Metroferroviária - AEAMESP setembro/2015 AS PERGUNTAS Qual é o DÉFICIT de Infraestrutura de Mobilidade Urbana do BRASIL?

Leia mais

Dados sobre o Programa de Educação Tutorial PET atualizados em abril de Fonte: SESu/MEC Apresentação: Diretoria da CENAPET

Dados sobre o Programa de Educação Tutorial PET atualizados em abril de Fonte: SESu/MEC Apresentação: Diretoria da CENAPET Dados sobre o Programa de Educação Tutorial PET atualizados em abril de 05 Fonte: SESu/MEC Apresentação: Diretoria da CENAPET Informações Gerais Número de Grupos: 84 Número de IES: Categoria Administrativa

Leia mais

Análise da estatística de acidentes do trabalho de 2007 a 2012 em florestas plantadas no Brasil

Análise da estatística de acidentes do trabalho de 2007 a 2012 em florestas plantadas no Brasil http://dx.doi.org/10.12702/viii.simposfloresta.2014.244-608-1 Análise da estatística de acidentes do trabalho de 2007 a 2012 em florestas plantadas no Brasil Wanderson L. Bermudes 1, Nilton C. Fiedler

Leia mais

e-sus Atenção Básica Prontuário Eletrônico do Cidadão

e-sus Atenção Básica Prontuário Eletrônico do Cidadão e-sus Atenção Básica Prontuário Eletrônico do Cidadão Apresentação CIT 24/11/2016 Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde Departamento de Atenção Básica Panorama Geral Prontuário Eletrônico do

Leia mais

Política Territorial da Pesca e Aquicultura

Política Territorial da Pesca e Aquicultura Política Territorial da Pesca e Aquicultura Esplanada dos Ministérios, bloco D, CEP 70.043-900 - Brasília/DF Telefone: (61) 3218-3865 Fax (61)3218-3827 www.mpa.gov.br comunicacao@mpa.gov.br APRESENTAÇÃO

Leia mais

HANDEBOL Nº 08 21/11/2015

HANDEBOL Nº 08 21/11/2015 HANDEBOL Nº 08 21/11/2015 COMITÊ OLÍMPICO DO BRASIL Jogos Escolares da Juventude - 15 a 17 anos Relatório de Resultados HANDEBOL - Divisão 1 - Feminino 21/11/2015 Jg. 19 PB - COLÉGIO MOTIVA JP 30 X 17

Leia mais

BRASIL - IMPORTAÇÃO FARINHA DE TRIGO 2017 ( t ) ( US$ / t )

BRASIL - IMPORTAÇÃO FARINHA DE TRIGO 2017 ( t ) ( US$ / t ) BRASIL IMPORTAÇÃO DE FARINHA DE TRIGO 2017 (POR PAÍS) PAÍSES ARGENTINA Volume ( Ton/Liq ) 30.038,81 30.038,81 Valor Fob ( Us$/Mil ) 8.096,09 8.096,09 Preço Médio ( Us$/Ton ) 269,52 269,52 PARAGUAI Volume

Leia mais

SENAI Vetor da inovação no Brasil

SENAI Vetor da inovação no Brasil SENAI Vetor da inovação no Brasil Foto: ISI Conformação de Materiais. Foto: ISI Laser. Desafio de transformar conhecimento e inovação em produtividade e competitividade nas indústrias O que estamos fazendo

Leia mais

Nesse estudo destaco os ramos abaixo, que representam 70% das vendas totais e 74% da margem gerada pelo mercado.

Nesse estudo destaco os ramos abaixo, que representam 70% das vendas totais e 74% da margem gerada pelo mercado. INTRODUÇÃO: Como estamos observando em diversas publicações as opiniões sobre as tendências do Mercado de Seguros para 2016 e 2017 são variadas e com crescimentos segundo o ritmo inflacionário ou um pouco

Leia mais

Positivas Neutras e Negativas em Novembro 2009

Positivas Neutras e Negativas em Novembro 2009 AVALIAÇÃO DAS NOTÍCIAS PUBLICADAS NA MÍDIA CITANDO SEBRAE Positivas Neutras e Negativas em Novembro 2009 Nº de Notícias Cm2 Páginas Valor Publicitário (R$) Leitores Potenciais Positivas 406 109.581,26

Leia mais

O aumento dos Senadores e Deputados Federais e seu impacto nas outras esferas

O aumento dos Senadores e Deputados Federais e seu impacto nas outras esferas O aumento dos Senadores e Deputados Federais e seu impacto nas outras esferas A Constituição Federal em seu art. 29, inciso VI, estabelece que os subsídios dos Vereadores estão vinculados aos subsídios

Leia mais

Evolução das Despesas Estaduais

Evolução das Despesas Estaduais PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CONTABILIDADE E ECONOMIA SINDICATO DAS EMPRESAS DE SERVIÇOS CONTÁBEIS DO RS Convênio FACE/PUCRS e SESCON-RS Relatório 2 Evolução das Despesas

Leia mais

SEGUROS DE CRÉDITO DADOS SUSEP JAN A AGOSTO

SEGUROS DE CRÉDITO DADOS SUSEP JAN A AGOSTO SEGUROS DE CRÉDITO DADOS SUSEP JAN A AGOSTO - 2012 1 INTRODUÇÃO: Esses números foram extraídos do sistema de informações da SUSEP SES o qual é formado através dos FIPES que as seguradoras enviam a SUSEP,

Leia mais

Noções Básicas sobre. Análisis de la Fecundidad Experiência Brasileira

Noções Básicas sobre. Análisis de la Fecundidad Experiência Brasileira TALLER REGIONAL SOBRE ANÁLISIS DE COHERENCIA, CALIDAD Y COBERTURA DE LA INFORMACION CENSAL Noções Básicas sobre Análisis de la Fecundidad Experiência Brasileira Santiago, Chile, 1 al 5 agosto de 2011 Data

Leia mais

Cursos de Dança no Brasil. Dulce Aquino

Cursos de Dança no Brasil. Dulce Aquino Cursos de Dança no Brasil Dulce Aquino Cursos de Dança no Brasil Instituições Federais Instituições Estaduais 3 cursos 9 cursos Total 3 Total de Cursos de Dança nas IES - 3 3 11 Norte - 3 Nordeste - 11

Leia mais

Partidos políticos, desproporcionalidade e estruturação da competição na Câmara dos Deputados: quem vem ganhando e quem vem perdendo?

Partidos políticos, desproporcionalidade e estruturação da competição na Câmara dos Deputados: quem vem ganhando e quem vem perdendo? Partidos políticos, desproporcionalidade e estruturação da competição na Câmara dos Deputados: quem vem ganhando e quem vem perdendo? Simone Rodrigues da Silva. Seminário Temático No. 15 Paper preparado

Leia mais

AP, GO, MS, PR, TO VALORES PRATICADOS HORÁRIO HORÁRIO DEGRAU TARIFÁRIO

AP, GO, MS, PR, TO VALORES PRATICADOS HORÁRIO HORÁRIO DEGRAU TARIFÁRIO A Claro S.A., em atendimento ao determinado no Ato nº 1525, de 31/05/2016 (publicado no Diário Oficial da União de 01/06/2016), comunica aos seus clientes que reduziu em 10,43% os valores máximos homologados

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DAS EAPP JAN A JUNHO DE 2015 SUSEP SES 30/07/2015

MERCADO BRASILEIRO DAS EAPP JAN A JUNHO DE 2015 SUSEP SES 30/07/2015 MERCADO BRASILEIRO DAS EAPP JAN A JUNHO DE 2015 SUSEP SES 30/07/2015 lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1 1- RESULTADOS: O Mercado Brasileiro de EPPA encerrou o período com um Lucro Líquido

Leia mais

INDÚSTRIA DE ALIMENTOS NOVEMBRO DE 2016

INDÚSTRIA DE ALIMENTOS NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos INDÚSTRIA DE ALIMENTOS NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS FIANÇA LOCATÍCIA

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS FIANÇA LOCATÍCIA MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS FIANÇA LOCATÍCIA JAN A MAIO -2013 1 O segmento de Fiança Locatícia encerrou o período com um volume de produção de R$ 141,8 milhões contra R$ 116,0 milhões de 2012, um crescimento

Leia mais

Estratégia CAIXA para Consórcios Públicos e Desenvolvimento Regional

Estratégia CAIXA para Consórcios Públicos e Desenvolvimento Regional 4º Encontro de Prefeitos com tema Desenvolvimento Local Sustentável Encontros Regionais de Municípios ABM - Nordeste Camaçari, Setembro de 2015 Estratégia CAIXA para Consórcios Públicos e Desenvolvimento

Leia mais

Cogen Gás Comércio & Serviços > eletricidade + vapor + água quente + água fria

Cogen Gás Comércio & Serviços > eletricidade + vapor + água quente + água fria Gás Natural > oferta crescente Bacias de Santos, Espírito Santo, Campos e importação Bolívia e GNL Cogen Gás Indústria > eletricidade + vapor + água quente + água fria + utilidades de processo turbina

Leia mais

Mapeamento de PEV s, Cooperativas e Recicladores de Plásticos e no Brasil. Somente Recicladoras Industriais

Mapeamento de PEV s, Cooperativas e Recicladores de Plásticos e no Brasil. Somente Recicladoras Industriais Mapeamento de PEV s, Cooperativas e Plásticos e no Brasil O Projeto foi Dividido em Duas Partes: I - Mapeamento Georeferenciado dos PEV s Postos de Entrega Voluntária - e a disponibilização de seu acesso

Leia mais

MAGISTRATURA ESTADUAL

MAGISTRATURA ESTADUAL COLEÇÃO EDITAL SISTEMATIZADO Leonardo de Medeiros Garcia Roberval Rocha ME MAGISTRATURA ESTADUAL JUIZ DE DIREITO SUBSTITUTO edital sistematizado 3 a edição revista, ampliada e atualizada 2017 RAIO-X DOS

Leia mais

Programa Nacional de Controle da Tuberculose CGPNCT / DEVEP Secretaria de Vigilância em Saúde Ministério da Saúde

Programa Nacional de Controle da Tuberculose CGPNCT / DEVEP Secretaria de Vigilância em Saúde Ministério da Saúde Programa Nacional de Controle da Tuberculose CGPNCT / DEVEP Secretaria de Vigilância em Saúde Ministério da Saúde tuberculose@saude.gov.br Julho/ 2016 Tuberculose no Mundo Um terço da população está infectada

Leia mais

Mesa Redonda Desafios da captação de água de chuva no Semi-Árido brasileiro

Mesa Redonda Desafios da captação de água de chuva no Semi-Árido brasileiro Mesa Redonda Desafios da captação de água de chuva no Semi-Árido brasileiro Luiza Teixeira de Lima Brito Embrapa Semi-Árido Campina Grande-PB, 05 a 07 de maio de 2009 Nordeste Brasileiro Grande diversidade

Leia mais

Apresentação dos Resultados do 1T10. Teleconferência de Resultados

Apresentação dos Resultados do 1T10. Teleconferência de Resultados Apresentação dos Resultados do 1T10 Teleconferência de Resultados Visão Geral do 1T10 2 Destaques A Companhia Alcançou Resultados Operacionais Positivos e Concluiu Plano de Capitalização Plano de Capitalização

Leia mais

HANDEBOL Nº 08 19/11/2016

HANDEBOL Nº 08 19/11/2016 HANDEBOL Nº 08 19/11/2016 COMITÊ OLÍMPICO DO BRASIL Jogos Escolares da Juventude 2016-15 a 17 anos Relatório de Resultados HANDEBOL - Divisão 1 - Feminino 19/11/2016 Jg. 19 PB - COLÉGIO MOTIVA JP 09 X

Leia mais

BASQUETEBOL Nº 06 17/11/2016

BASQUETEBOL Nº 06 17/11/2016 BASQUETEBOL Nº 06 17/11/2016 COORDENAÇÃO DE COMPETIÇÃO LOCAIS DE COMPETIÇÃO BASQUETEBOL Local: ANSEF Endereço: Rua Poeta Luiz R Batista de Carvalho, 560 Jardim Oceania Local: Vila Olímpica Endereço: Rua

Leia mais

MATÉRIAS-PRIMAS PARA PRODUÇÃO DO BIODIESEL: PRIORIZANDO ALTERNATIVAS

MATÉRIAS-PRIMAS PARA PRODUÇÃO DO BIODIESEL: PRIORIZANDO ALTERNATIVAS MATÉRIAS-PRIMAS PARA PRODUÇÃO DO BIODIESEL: PRIORIZANDO ALTERNATIVAS SÍLVIO CRESTANA DIRETOR-PRESIDENTE SÃO PAULO AGOSTO, 2005 Cenários MATRIZ ENERGÉTICA MUNDIAL (%) Cenários MATRIZ ENERGÉTICA BRASILEIRA

Leia mais

Análise comparativa das finanças dos Estados da Região Sul, com ênfase para o Estado do Rio Grande do Sul

Análise comparativa das finanças dos Estados da Região Sul, com ênfase para o Estado do Rio Grande do Sul Análise comparativa das finanças dos Estados da Região Sul, com ênfase para o Estado do Rio Grande do Sul Por Darcy Francisco Carvalho dos Santos Sumário 1. Indicadores de receita... 2 2. Indicadores de

Leia mais

Eleições Municipais O quadro político atual

Eleições Municipais O quadro político atual Estudos Técnicos/CNM agosto de 2016 Eleições Municipais O quadro político atual Sinopse O presente estudo visa compreender a intenção dos atuais gestores municipais em se manter no poder nas próximas eleições

Leia mais

BASQUETEBOL Nº 08 29/09/2016

BASQUETEBOL Nº 08 29/09/2016 BASQUETEBOL Nº 08 29/09/2016 COMITÊ OLÍMPICO DO BRASIL Jogos Escolares da Juventude 2016-12 a 14 anos Relatório de Resultados BASQUETEBOL - Divisão 1 - Feminino 29/09/2016 SC - COLÉGIO LA SALLE PEPERI

Leia mais

Sistema COC de Educação Unidade Portugal

Sistema COC de Educação Unidade Portugal Sistema COC de Educação Unidade Portugal Ribeirão Preto, de de 2007. Nome: 3º ano (2ª série) AVALIAÇÃO DE CONTEÚDO DO GRUPO XI 3º BIMESTRE Eixo temático O tempo e o vento Disciplina/Valor Português 3,0

Leia mais

OCORRÊNCIAS DE REDE. IMPACTO: Ausência de serviços de Telecom (sem sinal / sem conseguir originar e receber chamadas, acesso a dados e SMS).

OCORRÊNCIAS DE REDE. IMPACTO: Ausência de serviços de Telecom (sem sinal / sem conseguir originar e receber chamadas, acesso a dados e SMS). A CLARO S.A., prestadora de Serviço Móvel Pessoal, em atenção ao regulamento existente aprovado pela Resolução ANATEL 477/77 disponibiliza para consulta, as informações de ocorrências de indisponibilidade

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MATO GROSSO OUTUBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MATO GROSSO OUTUBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MATO GROSSO OUTUBRO DE 2015 DADOS GERAIS DO ESTADO DO MATO GROSSO Total Part % Brasil Part % Região Área Total - km² 903.386 10,63% 56,24% População

Leia mais

ÜÍFERO GUARANI. MESA REDONDA Projeto Sistema Aqüífero Guarani II SIMPÓSIO DE HIDROGEOLOGIA DO SUDESTE

ÜÍFERO GUARANI. MESA REDONDA Projeto Sistema Aqüífero Guarani II SIMPÓSIO DE HIDROGEOLOGIA DO SUDESTE PROJETO DE PROTEÇÃO AMBIENTAL E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DO SISTEMA AQÜÍ ÜÍFERO GUARANI MESA REDONDA Projeto Sistema Aqüífero Guarani II SIMPÓSIO DE HIDROGEOLOGIA DO SUDESTE Júlio Thadeu da S. Kettelhut

Leia mais

Claro Internet com Wi-Fi

Claro Internet com Wi-Fi TABELA DE PREÇOS Claro Internet com Wi-Fi DEZEMBRO/2016 USO EXCLUSIVAMENTE INTERNO Lembre-se que o cliente tem desconto ao optar pelo pagamento em Débito em Conta ou Cartão de Crédito + Fatura Digital.

Leia mais

Workshop Capacitação e Certificação de Inspetores 30/03/2005

Workshop Capacitação e Certificação de Inspetores 30/03/2005 Workshop Capacitação e Certificação de Inspetores 30/03/2005 DIAGNÓSTICO RESULTADOS LEVANTAMENTO DE LACUNAS DE RECURSOS HUMANOS Resultados: Diagnóstico Levantamento de Lacunas Recursos Humanos UNIVERSO

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL COPA DO BRASIL TABELA BÁSICA / EDIÇÃO 2017 PRIMEIRA FASE I 08/02 - qua 1 CSA AL X Sport PE I 2 7 de Setembro MS X River PI I 15/02 - qua 3 Boavista RJ X Ceará CE I 4 Uniclinic CE X Portuguesa SP I 5 Rio

Leia mais