Zelio Logic 2 Interface de comunicação SR2COM01 Ajuda para a utilização da pasta de exploração 11/2005

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Zelio Logic 2 Interface de comunicação SR2COM01 Ajuda para a utilização da pasta de exploração 11/2005"

Transcrição

1 Zelio Logi 2 Interfe e omunição SR2COM01 Aju pr utilizção pst e explorção 11/

2 Aju pr utilizção pst e explorção Desrição gerl Introução A pst e explorção é um fiheiro e texto rio pelo softwre e progrmção Zelio Soft 2 urnte trnsferêni o progrm pr estção remot. Est pst e explorção resume tos s informções reltivs às mensgens e lrme o progrm est estção remot. Este oumento present estrutur pst e explorção; expli omo utilizá-l pr envir omnos por SMS pr estções remots prtir e um telefone móvel. Conteúo Ínie: Instruções e segurnç... 3 Informções importntes... 3 Apresentção pst e explorção... 4 Estrutur pst e explorção... 4 Reepção e um mensgem e lrme Reepção e um mensgem e lrme sem plição Reepção e um mensgem e lrme om plição Envir omnos Envir omnos e ontrolo Envir omnos e leitur/moifição Envir omnos espeífios Respost e um estção remot um omno Mensgens e resulto e omnos Mensgens e erro Pré-requisitos Pr envir omnos, é neessário: ter um telefone móvel que permit envir SMS; estivr opção e número nónimo pr poer ser ientifio pel interfe e omunição; ser o óigo e esso os estintários e/ou o óigo e esso o responsável pel mnutenção. 2

3 Informções importntes Instruções e segurnç AVISO Lei tentmente ests instruções e exmine o prelho e moo fmilirizr-se om o mesmo ntes instlção, o funionmento ou mnutenção. As seguintes mensgens espeífis poem preer n oumentção ou no próprio prelho. Ests mensgens vism-no e poteniis perigos ou hmm tenção pr informções suseptíveis e eslreer ou simplifir um proeimento. A posição este símolo um pinel e segurnç Perigo ou Avertêni ssinl um riso elétrio que poe provor lesões orporis em so e inumprimento s instruções. Trt-se o símolo pr um lert e segurnç. Ini um riso e ferimentos orporis. Respeite esrupulosmente s instruções e segurnç ssois este símolo pr evitr ferimentos ou pôr vi em perigo. PERIGO PERIGO ini um situção perigos resultnte em morte, ferimentos grves ou nos mteriis. ADVERTÊNCIA ADVERTÊNCIA ini um situção que ontém risos suseptíveis e provor morte, ferimentos grves ou nos mteriis. ATENÇÃO ATENÇÃO ini um situção potenilmente perigos e suseptível e resultr em lesões orporis ou nos mteriis. OBSERVAÇÃO IMPORTANTE A mnutenção o mteril elétrio só poe ser efetu por pessol qulifio. A Shneier Eletri não ssume qulquer responsilie por eventuis onsequênis eorrentes utilizção est oumentção. Este oumento não tem omo ojetivo servir e gui pr pessos sem formção Shneier Eletri. Toos os ireitos reservos. 3

4 Apresentção pst e explorção Estrutur pst e explorção Introução Este oumento esreve s informções forneis por um s seções pst e explorção. Seções As seções pst e explorção são s seguintes: Seção Conteúo Ceçlho Dt; Nome e número e telefone estção remot; Título e versão o progrm n estção remot. PROG PHONE BOOK List e estintários o progrm. DATE FORMAT Formto t utilizr nos omnos. MESSAGES Prmetrizção os lrmes o progrm. PREDEF MESSAGES Prmetrizção os lrmes n eteção e erros o móulo lógio ou interfe e omunição. ORDERS List os omnos e leitur / moifição. PREDEF ORDERS List os omnos e ontrolo. ERR ZELIO2 Signifio os óigos e erro o móulo lógio. ERR ZELIO2COM Signifio os óigos e erro interfe e omunição. Ceçlho Exemplo e eçlho: ZELIO2COM DATE 09/06/ :40 STATION PROG CtrlTnk VERSION 1.2 e Referêni e Elemento Dt e rição pst e explorção. Nome estção remot. Número e telefone estção remot. Nome o progrm rrego n estção remot. Número e versão o progrm rrego n estção remot. Este tem ontinu n págin seguinte 4

5 Estrutur pst e explorção, ontinução PROG PHONE BOOK A seção PROG PHONE BOOK inlui list e estintários o progrm. Contém os nomes os estintários, os respetivos números e telefone ou enereços e orreio eletrónio e ini, pr um eles, se está utorizo envir omnos e moifição e vriáveis o progrm. Exemplo e seção PROG PHONE BOOK: // PROG PHONE BOOK //***** Mintenne CONTROL Mintenne NO CONTROL PC CONTROL Referêni Elemento Nomes os estintários. Números e telefone ou enereços e orreio eletrónio e estintário. Comnos e moifição e vriáveis o progrm: NO CONTROL: o estintário não está utorizo moifir vriáveis o progrm; CONTROL: o estintário está utorizo moifir vriáveis o progrm. DATE FORMAT A seção DATE FORMAT ini sintxe t. Exemplo: // DATE FORMAT YY/MM/DD Um Y represent um ígito o no. Um M represent um ígito o mês. Um D represent um ígito o i. A t 05/09/29 num mensgem orrespone 29 Setemro e Este tem ontinu n págin seguinte 5

6 Estrutur pst e explorção, ontinução MESSAGES A seção MESSAGES inlui list s mensgens e lrme o progrm e espeifi pr mensgem quis são os respetivos estintários. Exemplo e seção MESSAGES: e // MESSAGES //***** //----- // OFF->ON // // Mnger NO AR // Mintenne1 AR // Wrning: Tnk is Full. Pressure= r PumpON=_ //----- // OFF->ON // // Mnger NO AR // PC NO AR // Wrning: Tnk is Empty. //----- Referêni e Elemento Conição e rição mensgem. Destintários primeir mensgem. Opção Aplição e estintário: NO AR : opção Aplição este estintário não foi tiv; AR : opção Aplição este estintário foi tiv. Assunto e orpo mensgem. Informções reltivs à mensgem seguinte. Este tem ontinu n págin seguinte 6

7 Estrutur pst e explorção, ontinução PREDEF MESSAGES A seção PREDEF MESSAGES inlui list s mensgens e lrme n eteção e erros (o móulo lógio ou interfe e omunição) e espeifi os respetivos prâmetros. Exemplo e seção PREDEF MESSAGES: e // PREDEF MESSAGES //***** //----- // Mnger NO AR // Mintenne2 AR // Firmwre error ERR= // Conition for generting the messge : All Zelio2 COM errors //----- // Mnger NO AR // PC NO AR // Referêni e Elemento Destintários mensgem. Opção Aplição e estintário: NO AR : opção Aplição este estintário não foi tiv; AR : opção Aplição este estintário foi tiv. Assunto e orpo mensgem. Conição e rição mensgem. Informções reltivs à mensgem seguinte. Este tem ontinu n págin seguinte 7

8 Estrutur pst e explorção, ontinução ORDERS A seção ORDERS ontém um list os omnos e leitur/moifição isponíveis e ini pr um eles quis são os estintários que poem utilizá-los. A seção ORDERS está ivii em 2 suseções: suseção TOR: list os omnos e leitur/moifição e vriáveis igitis; suseção NUMERIC: list os omnos e leitur/moifição e vriáveis numéris. Exemplo e seção ORDERS: // ORDERS //***** //TOR Mintenne1 PC!PumpON= Mintenne1 PC!PumpON? f //NUMERIC Mintenne2 PC!Pressure= MIN= r MAX= r Mintenne2 PC!Pressure? MIN= r MAX= r e g Referêni e f g Elemento Destintários que poem utilizr os omnos e leitur/moifição vriável "PumpON". Comno e moifição vriável "PumpON". Comno e leitur vriável "PumpON". Destintários que poem utilizr os omnos e leitur/moifição vriável "Pressure". Comno e moifição vriável "Pressure". Comno e leitur vriável "Pressure". Intervlo e moifição utorizo vriável "Pressure". Este tem ontinu n págin seguinte 8

9 Estrutur pst e explorção, ontinução PREDEF ORDERS A seção PREDEF ORDERS ontém list os omnos e ontrolo. Segue-se o iníio seção PREDEF ORDERS: // PREDEF ORDERS //***** Mintenne1 PC!Dte= Mintenne1 PC!Dte? Mintenne1 PC!Drift= Referêni Elemento Destintários que poem utilizr o omno e ontrolo seguinte. Comnos e ontrolo, onsulte Envir omnos e ontrolo, págin 12. ERR ZELIO2 A seção ERR ZELIO2 á o signifio os óigos e erro o móulo lógio. ERR ZELIO2COM A seção ERR ZELIO2COM á o signifio os óigos e erro interfe e omunição. 9

10 Reepção e um mensgem e lrme Reepção e um mensgem e lrme sem plição Introução Este oumento esreve estrutur e um mensgem e lrme o ser reei por um estintário sem opção Aplição. Estrutur Segue-se estrutur e um mensgem e lrme sem plição: Sttion10 05/06/20 10:34 OK High Level Rehe Referêni Elemento Nome estção remot (30 rteres no máximo). Dt e hor e envio mensgem. Esto e plição pelos estintários nteriores. Assunto e orpo mensgem. Esto e plição Vlores possíveis o mpo Esto e plição pelos estintários nteriores: OK : um os estintários nteriores é um estintário om plição e onfirmou reepção mensgem e lrme; NOK : um os estintários nteriores é um estintário om plição, ms não onfirmou reepção mensgem e lrme; <Vzio>: toos os estintários nteriores são estintários sem plição. 10

11 Reepção e um mensgem e lrme om plição Introução Quno reeer um mensgem e lrme, se for um estintário om opção Aplição tiv, tem e onfirmr reepção mensgem e lrme. Pr tl, tem e envir e volt um mensgem e Aplição. Aviso: pst e explorção ini se é um estintário om opção e plição tiv, onsulte MESSAGES, págin 6 e PREDEF MESSAGES, págin 7. Estrutur Segue-se estrutur e um mensgem e lrme om plição: Sttion10 05/06/20 10:34 OK? High Level Rehe Referêni Elemento Nome estção remot (30 rteres no máximo). Dt e hor e envio mensgem. Peio e plição. Assunto e orpo mensgem. Sintxe plição O omno e plição é: OK (letrs miúsuls origtóris). Not: Pr esrever um mensgem e plição, poe optr por: utilizr funionlie Responer o seu telefone móvel; esrever um novo SMS. Composição e envio o SMS Pr esrever o orpo o SMS e plição, proe seguinte form: Etp Ação 1 Introuz o óigo e esso os estintários estção remot. 2 Introuz o ráter! 3 Introuz o omno e plição OK. 4 Envie o SMS pr estção remot (o respetivo número e telefone é meniono no iníio pst e explorção). Exemplo: SMS e plição: 1234!OK Not: pr oter mis informções sore o proeimento neessário pr introuzir e envir um SMS prtir o seu telefone móvel, onsulte oumentção este último. 11

12 Envir omnos e ontrolo Envir omnos Introução Os omnos e ontrolo permitem ler/moifir prâmetros e onfigurção o móulo lógio estção remot e ontrolr o respetivo esto. PERIGO RISCO DE FUNCIONAMENTO INESPERADO DO EQUIPAMENTO O envio e omnos pr um estção remot poe provor moifição o esto s respetivs sís ou um esenemento ientl os equipmentos ontrolos. É importnte: ser omo estes omnos poem fetr o proesso ou os equipmentos ontrolos; tomr tos s meis e prevenção neessáris pr grntir segurnç urnte s moifições. O inumprimento ests meis e preução provorá morte, lesões orporis grves ou nos mteriis. Pré-requisitos Pr poer utilizr os omnos e ontrolo, tem e estr inluío n list e estintários utorizos exeutr omnos e ontrolo. Consulte PROG PHONE BOOK, págin 5. Pr oter mis informções, onsulte ju online o softwre e progrmção Zelio Soft 2. Este tem ontinu n págin seguinte 12

13 Envir omnos e ontrolo, ontinução Comnos e ontrolo A tel ixo esreve os omnos e ontrolo que poe utilizr, em omo respetiv sintxe: O omno: permite: Dte=YYMMDD moifir t o móulo lógio (YY: no e 02 99, MM: mês e 01 12, DD: i e 01 31). Dte? peir t o móulo lógio. Drift=XXX moifir o esvio semnl o relógio o móulo lógio (em segunos por semn, ompreenio entre 31 e + 31, sinl origtório). Drift? peir o esvio semnl o relógio o móulo lógio (em segunos por semn). Hour=HHMM moifir hor o móulo lógio (HH: hor e 00 23, MM: minutos e 00 59). Hour? peir hor o móulo lógio. PROG? peir o nome e versão o progrm. STATE=RUN olor o móulo lógio estção remot no esto Run. STATE=STOP olor o móulo lógio estção remot no esto Stop. STATE? peir o esto o móulo lógio estção remot. SW=MMS moifir t e munç hor e Verão - hor e Inverno (MM: mês e e S: nº o Domingo e 1 5). SW? peir t e munç hor e Verão - hor e Inverno. WS=MMS moifir t e munç hor e Inverno - hor e Verão (nº o mês ompreenio entre 01 e 12 e nº o Domingo ompreenio entre 1 e 5). WS? peir t e munç hor e Inverno - hor e Verão. Aviso: pst e explorção ontém list os omnos e ontrolo isponíveis pr utilizor, onsulte PREDEF ORDERS, págin 9. Not: utilize pens um omno e ontrolo por SMS. Composição e envio o SMS Pr esrever o orpo o SMS, proe seguinte form: Etp Ação 1 Introuz o óigo e esso os estintários estção remot. 2 Introuz o ráter! 3 Introuz o omno e ontrolo esejo, respeitno sintxe esrit nteriormente. 4 Envie o SMS pr estção remot (o respetivo número e telefone é meniono no iníio pst e explorção). Exemplo: SMS e omno e ontrolo: 1234!Dte? Not: pr oter mis informções sore o proeimento neessário pr introuzir e envir um SMS prtir o seu telefone móvel, onsulte oumentção este último. 13

14 Envir omnos e leitur/moifição Introução É possível ler ou moifir s vriáveis o progrm prtir e um telefone móvel. PERIGO RISCO DE FUNCIONAMENTO INESPERADO DO EQUIPAMENTO O envio e omnos pr um estção remot poe provor moifição o esto s respetivs sís ou um esenemento ientl os equipmentos ontrolos. É importnte: ser omo estes omnos poem fetr o proesso ou os equipmentos ontrolos; tomr tos s meis e prevenção neessáris pr grntir segurnç urnte s moifições. O inumprimento ests meis e preução provorá morte, lesões orporis grves ou nos mteriis. Pré-requisitos Pr poer utilizr o omno e leitur e um vriável, é neessário: que vriável estej regist omo Li e moifiável; estr inluío n list e estintários que têm esso à leitur ess vriável. Pr poer utilizr o omno e moifição e um vriável, é neessário: ter o ontrolo e moifição; que vriável estej regist omo Li e moifiável; estr inluío n list e estintários que têm esso à moifição ess vriável. Pr oter mis informções, onsulte ju online o softwre e progrmção Zelio Soft 2. Comnos e leitur/ moifição Os omnos e leitur/moifição isponíveis epenem plição progrm n estção remot. Aviso: pst e explorção ontém list os omnos e leitur/moifição isponíveis pr utilizor, onsulte ORDERS, págin 8. Sintxe os omnos Esrev os omnos e leitur/moifição omo se esreve seguir: Pr ler um vriável: iione o ráter? seguir o nome vriável. Exemplo: pr ler vriável ujo nome sej N, introuz o omno N?. Pr moifir um vriável: iione o ráter = e epois o novo vlor seguir o nome vriável. Exemplo: pr moifir vriável ujo nome sej N e triuir 100 omo novo vlor, introuz o omno N=100. Not: é possível envir vários omnos e leitur/moifição e vriáveis no mesmo SMS, seprno omno om um espço (entro o limite e 160 rteres). Este tem ontinu n págin seguinte 14

15 Envir omnos e leitur/moifição, ontinução Composição e envio o SMS Pr esrever o orpo o SMS, proe seguinte form: Etp Ação 1 Introuz o óigo e esso os estintários estção remot. 2 Introuz o ráter! 3 Introuz o(s) omno(s) e leitur/moifição esejo(s), respeitno sintxe esrit nteriormente. 4 Envie o SMS pr estção remot (o respetivo número e telefone é meniono no iníio pst e explorção). Exemplos: SMS om um omno e leitur: 1234!PumpON? SMS om um omno e moifição: 1234!N=100 SMS om vários omnos e leitur/moifição: 1234!PumpON? N=25 Pressure? Not: pr oter mis informções sore o proeimento neessário pr introuzir e envir um SMS prtir o seu telefone móvel, onsulte oumentção este último. 15

16 Envir omnos espeífios Introução Os omnos espeífios permitem o responsável pel mnutenção moifir o óigo e esso os estintários, os nomes, enereços e orreio eletrónio e números e telefone os estintários s mensgens e lrme emitis pel estção remot. PERIGO RISCO DE FUNCIONAMENTO INESPERADO DO EQUIPAMENTO O envio e omnos pr um estção remot poe provor moifição o esto s respetivs sís ou um esenemento ientl os equipmentos ontrolos. É importnte: ser omo estes omnos poem fetr o proesso ou os equipmentos ontrolos; tomr tos s meis e prevenção neessáris pr grntir segurnç urnte s moifições. O inumprimento ests meis e preução provorá morte, lesões orporis grves ou nos mteriis. Comnos espeífios A tel ixo esreve os omnos que poe utilizr pr esrever SMS e omnos espeífios: O omno: ADR= NAME= KEY= permite: moifir o nome, o enereço e orreio eletrónio ou o número e telefone e um estintário. moifir o óigo e esso os estintários estção remot. Sintxe os omnos Esrev os omnos espeífios omo se esreve seguir (os mpos entre <> representm os e utilizor, os rteres < e > não poem ser introuzios e o ráter represent um espço): Pr moifir o nome e um estintário ssoio um emil ou um número e telefone existente, introuz o omno ADR=<EmilOuTelefone> NAME=<NovoNomeDoDestintário> Pr moifir o óigo e esso os estintários estção remot, introuz o omno KEY=<NovoCóigoDeAesso> Pr moifir o número e telefone ssoio um estintário existente, introuz o omno NAME=<NomeDoDestintário> ADR=<NovoNúmero> Pr moifir o enereço e emil ssoio um estintário existente, introuz o omno NAME=<NomeDoDestintário> ADR=<NovoEmil> Aviso: pst e explorção ontém list os nomes e números e telefones ou enereços e orreio eletrónio os estintários, onsulte PROG PHONE BOOK, págin 5. Not: utilize pens um omno espeífio por SMS. Este tem ontinu n págin seguinte 16

17 Envir omnos espeífios, ontinução Composição e envio o SMS Pr esrever o orpo o SMS, proe seguinte form: Etp Ação 1 Introuz o óigo e esso o responsável pel mnutenção estção remot. 2 Introuz o ráter! 3 Introuz o omno espeífio esejo, respeitno sintxe esrit nteriormente. 4 Envie o SMS pr estção remot (o respetivo número e telefone é meniono no iníio pst e explorção). Exemplos: Moifição o número e telefone ssoio o estintário Mintenne1: 9876!NAME=Mintenne1 ADR= Moifição o óigo e esso os estintários: 9876!KEY=2345 Not: pr oter mis informções sore o proeimento neessário pr introuzir e envir um SMS prtir o seu telefone móvel, onsulte oumentção este último. 17

18 Respost e um estção remot um omno Mensgens e resulto e omnos Introução Este oumento esreve estrutur e sintxe s resposts e um estção remot omnos e ontrolo, e leitur/moifição ou omnos espeífios. Estrutur e um respost Segue-se estrutur e um respost um omno: Sttion10 05/06/20 10:34 STATE=RUN Referêni Elemento Nome estção remot (30 rteres no máximo). Dt e hor e envio o resulto o omno. Respost o omno Resulto e um leitur Exemplos e resposts estção remot omnos e leitur: Comno: 1234!Pressure? PumpSttus? Respost: Sttion10 05/06/20 10:34 Pressure=103 PumpSttus=1 Comno: 1234!STATE? Respost: Sttion10 05/06/20 10:38 STATE=STOP Este tem ontinu n págin seguinte 18

19 Mensgens e resulto e omnos, ontinução Confirmção e moifição Exemplos e resposts estção remot omnos e moifição: Comno: 1234!Pressure=100 Respost: Sttion10 05/06/20 10:41 Pressure=100 Comno: 1234!STATE=RUN Respost: Sttion10 05/06/20 10:44 STATE=RUN Comno: 9876!NAME=Mintenne1 ADR=+336 Respost: Sttion10 05/06/20 10:48 NAME= Mintenne1 ADR=

20 Mensgens e erro Introução Há 3 tipos e mensgens e erro: mensgens e erro geris: orresponentes os erros geros quno o móulo lógio ou interfe e omunição present um efeito e não poe proessr o omno reeio; mensgens e erro ligs à sintxe os omnos: gers se o utilizor tiver introuzio inorretmente um omno ou um nome e vriável; mensgens e erro ligs omnos inválios: gers se o utilizor: peir pr esrever um novo vlor for o intervlo utorizo; envir um omno que não está utorizo utilizr. Estrutur e um mensgem e erro Segue-se estrutur e um mensgem e erro: Sttion10 05/06/20 10:34 STATE=err*STIP Referêni Elemento Nome estção remot (30 rteres no máximo). Dt e hor e envio mensgem. Mensgem e erro. Mensgens e erro geris As mensgens e erro geris forneem o óigo o erro nteeio ei ERRZ2= pr um erro o móulo lógio ou ERRZ2C= pr um erro interfe e omunição. Exemplos: O móulo lógio estção remot present um erro: ERRZ2=51 (o móulo lógio etetou um exesso o wthog). O móulo e omunição estção remot present um erro: ERRZ2C=43 ( interfe e omunição etetou o orte e limentção). Avisos: Os signifios os óigos e erro o móulo lógio são menionos n pst e explorção, n seção ERR ZELIO2. Os signifios os óigos e erro interfe e omunição são menionos n pst e explorção, n seção ERR ZELIO2COM. Este tem ontinu n págin seguinte 20

21 Mensgens e erro, ontinução Sintxe o omno N respost, o omno inorretmente introuzio ou o nome e vriável inexistente é nteeio ei err*. Exemplos: O omno STATE=STIP foi envio; respost inlui STATE=err*STIP porque o prâmetro STIP não existe. O omno CS=100 foi envio; omo o nome e vriável CS não existe, respost inlui err*cs=100. Aviso: pst e explorção ontém list os omnos que utilizor poe utilizr, onsulte ORDERS, págin 8 e PREDEF ORDERS, págin 9. Comnos inválios N respost, o prâmetro inválio ou o omno não utorizo é nteeio ei err*. Exemplo: O omno C=5999 é envio ( vriável e nome C foi efini pr fir ompreeni entre 50 e 5000); respost inlui C=err*5999. Aviso: pst e explorção ontém list os omnos que utilizor poe utilizr e espeifi os intervlos utorizos s vriáveis, onsulte ORDERS, págin 8 e PREDEF ORDERS, págin 9. 21

o equipamento da embalagem e verificar os componentes Conjunto de unidade do tambor e cartucho de toner (pré-instalado)

o equipamento da embalagem e verificar os componentes Conjunto de unidade do tambor e cartucho de toner (pré-instalado) Gui e Instlção Rápi Iníio MFC-8950DW(T) Lei primeiro o Gui e Segurnç e Prouto e epois este Gui e Instlção Rápi pr exeutr orretmente o proeimento e instlção e onfigurção. Pr ver o Gui e Instlção Rápi noutros

Leia mais

ADVERTÊNCIA indica uma situação potencialmente perigosa que, se não for evitada, pode resultar em morte ou ferimentos graves.

ADVERTÊNCIA indica uma situação potencialmente perigosa que, se não for evitada, pode resultar em morte ou ferimentos graves. Gui e Instlção Rápi Iníio MFC-7360N MFC-7460DN Lei o folheto Segurnç e Questões Legis ntes e instlr o seu equipmento. Em segui, lei o Gui e Instlção Rápi pr oter informções sore onfigurção e instlção orret.

Leia mais

9 Implementação de Relógio Digital (State Charts)

9 Implementação de Relógio Digital (State Charts) StteFlow toolox 9 Implementção e Digitl (Stte Chrts) Desrever o funionmento e um relógio igitl, om um áre e isply prinipl, e 4 áres mis pequens. O relógio ispõe e: Poe mostrr o tempo num formto e 24 hors

Leia mais

o aparelho da embalagem e verificar os componentes Cartuchos de Tinta Iniciais

o aparelho da embalagem e verificar os componentes Cartuchos de Tinta Iniciais Gui e Instlção Rápi Iníio MFC-J5910DW Lei o Gui e Segurnç e Prouto ntes e onfigurr o prelho. Em segui, lei este Gui e Instlção Rápi pr o instlr e onfigurr orretmente. ADVERTÊNCIA AVISO ADVERTÊNCIA ini

Leia mais

Início. Guia de Instalação Rápida HL-4570CDW HL-4570CDWT. o aparelho e verifique os componentes ADVERTÊNCIA AVISO. Nota

Início. Guia de Instalação Rápida HL-4570CDW HL-4570CDWT. o aparelho e verifique os componentes ADVERTÊNCIA AVISO. Nota Gui e Instlção Rápi Iníio (pens UE) HL-4570CDW HL-4570CDWT Antes e utilizr este prelho pel primeir vez, lei este Gui e Instlção Rápi pr o onfigurr e instlr. Pr ver o Gui e Instlção Rápi noutros iioms,

Leia mais

AVISO indica uma situação potencialmente perigosa que, se não evitada, pode resultar em morte ou ferimentos graves.

AVISO indica uma situação potencialmente perigosa que, se não evitada, pode resultar em morte ou ferimentos graves. Gui e Configurção Rápi Iníio MFC-7360N MFC-7460DN Antes e instlr este equipmento, lei seção e Segurnç e Questões Legis. Em segui, utilize o Gui e Configurção Rápi, que ontém instruções pr onfigurção e

Leia mais

AVISO indica uma situação potencialmente perigosa que, se não evitada, pode resultar em morte ou ferimentos graves.

AVISO indica uma situação potencialmente perigosa que, se não evitada, pode resultar em morte ou ferimentos graves. Gui e Configurção Rápi Iníio DCP-7055 / DCP-7057 DCP-7060D / DCP-7065DN Antes e instlr este equipmento, lei seção e Segurnç e Questões Legis. Em segui, utilize o Gui e Configurção Rápi, que ontém instruções

Leia mais

o aparelho e verifique os componentes Preto Amarelo Ciano Magenta Cartuchos de tinta iniciais

o aparelho e verifique os componentes Preto Amarelo Ciano Magenta Cartuchos de tinta iniciais Gui e Configurção Rápi Iníio MFC-J590DW Origo por esolher Brother, seu poio é importnte pr nós e vlorizmos su preferêni. Seu prouto Brother foi projeto e frio nos mis ltos prões pr ter um esempenho onfiável,

Leia mais

o aparelho e verifique os componentes

o aparelho e verifique os componentes Gui e Configurção Rápi Iníio MFC-J6510DW MFC-J6710DW Lei o folheto Segurnç e Questões Legis ntes e instlr seu prelho. Depois lei este Gui e Configurção Rápi pr onfigurção e instlção orrets. AVISO CUIDADO

Leia mais

Início. Guia de Configuração Rápida MFC-9460CDN. o aparelho e verifique os componentes AVISO CUIDADO

Início. Guia de Configuração Rápida MFC-9460CDN. o aparelho e verifique os componentes AVISO CUIDADO Gui e Configurção Rápi Iníio MFC-9460CDN Antes e usr este prelho pel primeir vez, lei este Gui e Configurção Rápi pr onfigurá-lo e instlá-lo. Pr visulizr o Gui e Configurção Rápi em outros iioms, visite

Leia mais

Início. Guia de Configuração Rápida DCP-8112DN DCP-8152DN DCP-8157DN. o aparelho e verifique os componentes

Início. Guia de Configuração Rápida DCP-8112DN DCP-8152DN DCP-8157DN. o aparelho e verifique os componentes Gui e Configurção Rápi Iníio DCP-8112DN DCP-8152DN DCP-8157DN Origo por esolher Brother. Seu inentivo é importnte pr nós, que vlorizmos seus negóios. Seu prouto Brother foi projeto e frio om os mis ltos

Leia mais

Professor Sérgio Furgeri. Pilhas. O primeiro a entrar é o último a sair e o último a entrar o primeiro a sair (LIFO Last-In First-Out).

Professor Sérgio Furgeri. Pilhas. O primeiro a entrar é o último a sair e o último a entrar o primeiro a sair (LIFO Last-In First-Out). Pilhs Pilhs Pilh é um tipo e list one tos s operções e inserção e remoção são feits n mesm extremie (Topo). O primeiro entrr é o último sir e o último entrr o primeiro sir (LIFO Lst-In First-Out). Trt-se

Leia mais

o aparelho e verifique os componentes Conjuntos de unidade de cilindro e cartucho de toner (pré-instalados) (preto, ciano, magenta e amarelo)

o aparelho e verifique os componentes Conjuntos de unidade de cilindro e cartucho de toner (pré-instalados) (preto, ciano, magenta e amarelo) Gui e Configurção Rápi Iníio DCP-9020CDN Lei primeiro o Gui e Segurnç e Prouto e epois lei este Gui e Configurção Rápi pr exeutr orretmente o proeimento e onfigurção e instlção. Pr visulizr o Gui e Configurção

Leia mais

o equipamento da embalagem e verificar os componentes Fio da linha telefónica Manual Básico do Utilizador Folheto de Segurança e Questões Legais

o equipamento da embalagem e verificar os componentes Fio da linha telefónica Manual Básico do Utilizador Folheto de Segurança e Questões Legais Gui de Instlção Rápid Iníio MFC-7860DW Lei o folheto Segurnç e Questões Legis ntes de instlr o seu equipmento. Em seguid, lei o Gui de Instlção Rápid pr oter informções sore onfigurção e instlção orret.

Leia mais

o equipamento da embalagem e verificar os componentes

o equipamento da embalagem e verificar os componentes Gui de Instlção Rápid Iníio DCP-J552DW DCP-J752DW Lei o Gui de Segurnç de Produto ntes de onfigurr o equipmento. Em seguid, lei este Gui de Instlção Rápid pr o instlr e onfigurr orretmente. ADVERTÊNCIA

Leia mais

Guia de rede sem fio. 2008 www.lexmark.com

Guia de rede sem fio. 2008 www.lexmark.com Gui de rede sem fio 2008 www.lexmrk.om Conteúdo Instlndo impressor em um rede sem fio...5 Comptiilidde de rede sem fio...5 Informções neessáris pr instlr impressor em um rede sem fio...5 Conedendo esso

Leia mais

Anexo I Requerimento. Requerimento para autorização de constituição de instituição financeira bancária

Anexo I Requerimento. Requerimento para autorização de constituição de instituição financeira bancária Constituição e IF Banária Número Únio e Referênia (NUR): (Para uso o BNA) Clik here to enter text. Data e entrega o Anexo: (Para uso o BNA) Clik here to enter text. Anexo I Requerimento Requerimento para

Leia mais

índice 1. Registro 2. Perfil 3. A minha rede 4. A partilha na Weduc 5. Mensagens

índice 1. Registro 2. Perfil 3. A minha rede 4. A partilha na Weduc 5. Mensagens índie 1. Registro 1.1. Registro Externo...5 1.2. Registro por reepção de um emil...8 1.2.1 Registro por meio de envio de um emil...8 1.2.2 Registro por meio d rição...9 2. Perfil 2.1. A opção multiperfil...11

Leia mais

Início. Guia de Configuração Rápida DCP-J100 DCP-J105 ADVERTÊNCIA CUIDADO IMPORTANTE OBSERVAÇÃO ADVERTÊNCIA

Início. Guia de Configuração Rápida DCP-J100 DCP-J105 ADVERTÊNCIA CUIDADO IMPORTANTE OBSERVAÇÃO ADVERTÊNCIA Gui de Configurção Rápid Iníio DCP-J100 DCP-J105 Origdo por esolher Brother. Seu poio é importnte pr nós e vlorizmos o seu negóio. Seu produto Brother foi desenvolvido e frido de ordo om os mis ltos pdrões

Leia mais

Atendimento WEB TISS ECONOMUS Ver 1-A Out-08.doc. Manual de Atendimento

Atendimento WEB TISS ECONOMUS Ver 1-A Out-08.doc. Manual de Atendimento Mnul de Atendimento ÍNDICE CARO CREDENCIADO, LEIA COM ATENÇÃO... 3 MOVIMENTO MANUAL... 3 DOCUMENTAÇÃO COMPLEMENTAR... 3 CONSULTAS TISS COM COBRANÇA DE MATERIAL, MEDICAMENTOS E TAXAS... 3 COBRANÇA DE MATERIAL,

Leia mais

Plugues e Tomadas Industriais

Plugues e Tomadas Industriais Plugues e Toms Inustriis Linh Inustril Instlções mis onfiáveis e segurs. CARACTERÍSTICAS GERAIS A Linh e Plugs e Toms Inustriis Soprno é ini pr onexão e iversos equipmentos, em mientes sujeitos pó, águ,

Leia mais

XEROX BOLETIM DE SEGURANÇA XRX07-001

XEROX BOLETIM DE SEGURANÇA XRX07-001 XEROX BOLETIM DE SEGURANÇA XRX07-001 XEROX Boletim de Segurnç XRX07-001 Há vulnerbiliddes n ESS/Controldor de Rede que, se forem explords, podem permitir execução remot de softwre rbitrário, flsificção

Leia mais

HORÁRIO DE AULAS 2º SEMESTRE DE 2016 1.º PERÍODO 2016/1 2º PERÍODO

HORÁRIO DE AULAS 2º SEMESTRE DE 2016 1.º PERÍODO 2016/1 2º PERÍODO HORÁRIO E ULS 2º SEMESTRE E 2016 1.º PERÍOO ISIPLIN INTROUÇÃO À IÊNI O IREITO IT 038 HISTÓRI O IREITO IT 039 NTROPOLOGI JURÍI IT 040 TEORI O ESTO I IP 039 EONOMI I EN 101 INTROUÇÃO À FILOSOFI: ÉTI FIL

Leia mais

o aparelho e verificar os componentes Cartucho de tinta Vida útil aproximada de 10.000 páginas 1

o aparelho e verificar os componentes Cartucho de tinta Vida útil aproximada de 10.000 páginas 1 Gui de Configurção Rápid Iníio (pens UE) HL-S7000DN Origdo por esolher Brother. Seu poio é importnte pr nós e vlorizmos o seu negóio. Seu produto Brother foi desenvolvido e frido de ordo om os mis ltos

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS Questões de Vestibulares. e B = 2

LISTA DE EXERCÍCIOS Questões de Vestibulares. e B = 2 LISTA DE EXERCÍCIOS Questões de Vestiulres ) UFBA 9 Considere s mtries A e B Sendo-se que X é um mtri simétri e que AX B, determine -, sendo Y ( ij) X - R) ) UFBA 9 Dds s mtries A d Pode-se firmr: () se

Leia mais

procedimentos conteúdo

procedimentos conteúdo proeimentos onteúo omo omeçr? 1 omo trnsferir minhs fits pr um iso? 2 omo rir um filme DVD? 6 omo eitr um iso e filmes DVD? 10 omo eitr meus rquivos e víeo? 13 omo rir um iso e presentção e slies? 18 omo

Leia mais

Manual de instalação. Aquecedor de reserva de monobloco de baixa temperatura Daikin Altherma EKMBUHCA3V3 EKMBUHCA9W1. Manual de instalação

Manual de instalação. Aquecedor de reserva de monobloco de baixa temperatura Daikin Altherma EKMBUHCA3V3 EKMBUHCA9W1. Manual de instalação Aquecedor de reserv de monoloco de ix tempertur Dikin EKMBUHCAV EKMBUHCA9W Portugues Índice Índice Acerc d documentção. Acerc deste documento... Acerc d cix. Aquecedor de reserv..... Pr retirr os cessórios

Leia mais

Português. Manual de Instruções. Função USB. Transferindo padrões de bordado para a máquina Atualização fácil da sua máquina

Português. Manual de Instruções. Função USB. Transferindo padrões de bordado para a máquina Atualização fácil da sua máquina Mnul de Instruções Função USB Trnsferindo pdrões de borddo pr máquin Atulizção fácil d su máquin Português Introdução Este mnul fornece descrições sobre trnsferênci de pdrões de borddo de um mídi USB

Leia mais

Faturamento WEB TISS GCAIS Ver 1-C Jan-09.doc. Manual de Faturamento

Faturamento WEB TISS GCAIS Ver 1-C Jan-09.doc. Manual de Faturamento Mnul de Fturmento ATENÇÃO PROCESSO ESPECIAL ENVIO DE 1ª. e 2ª. GRD S GOLDEN CROSS Antes de envir o movimento referente à su 1ª. e 2ª. GRD S d operdor Golden Cross é origtório seguir os seguintes pssos:

Leia mais

HALLIDAY, RESNICK, WALKER, FUNDAMENTOS DE FÍSICA, 8.ED., LTC, RIO DE JANEIRO, 2008. FÍSICA 1 CAPÍTULO 3 VETORES

HALLIDAY, RESNICK, WALKER, FUNDAMENTOS DE FÍSICA, 8.ED., LTC, RIO DE JANEIRO, 2008. FÍSICA 1 CAPÍTULO 3 VETORES Polems Resolvios e Físi Pof. Aneson Cose Guio Depto. Físi UFES HALLIDAY, RESNICK, WALKER, FUNDAMENTOS DE FÍSICA, 8.ED., LTC, RIO DE JANEIRO, 008. FÍSICA 1 CAPÍTULO 3 VETORES 16. N som A + = C, o veto A

Leia mais

Início. Guia de Instalação Rápida FAX-2840 / FAX-2845 FAX-2940. o equipamento da embalagem e verificar os componentes. Observação

Início. Guia de Instalação Rápida FAX-2840 / FAX-2845 FAX-2940. o equipamento da embalagem e verificar os componentes. Observação Guia de Instalação Rápida Iníio FAX-2840 / FAX-2845 FAX-2940 Leia o Guia de Segurança de Produto primeiro e, em seguida, leia este Guia de Instalação Rápida para oter o proedimento de onfiguração e instalação

Leia mais

4. APLICAÇÃO DA PROTEÇÃO DIFERENCIAL À PROTEÇÃO DE TRANSFORMADORES DE POTÊNCIA

4. APLICAÇÃO DA PROTEÇÃO DIFERENCIAL À PROTEÇÃO DE TRANSFORMADORES DE POTÊNCIA lever Pereir 4. PLÇÃO D PROTEÇÃO DFEREL À PROTEÇÃO DE TRSFORMDORES DE POTÊ 4.. Prinípio ásio s orrentes primáris e seundáris de um trfo de potêni gurdm entre si um relção onheid em ondições de operção

Leia mais

NORMA DE SINALIZAÇÃO VERTICAL

NORMA DE SINALIZAÇÃO VERTICAL NORMA DE SINALIZAÇÃO VERTICAL ATENÇÃO: As pls e regulmentção e vertênis ontis neste mnul evem seguir s Resoluções nº 160 e 180 o DENATRAN, enqunto o mesmo enontr-se em revisão. RT - 01.50. MANUAL DE SINALIZAÇÃO

Leia mais

Exame Nacional de 2006 1. a chamada

Exame Nacional de 2006 1. a chamada 1. Muitos os estuntes que usm mochils trnsportm irimente peso mis pr su ie. 1.1. Pr evitr lesões n colun verterl, o peso e um mochil e o o mteril que se trnsport entro el não evem ultrpssr 10% o peso o

Leia mais

MICROECONOMIA TÓPICOS DE RESOLUÇÃO

MICROECONOMIA TÓPICOS DE RESOLUÇÃO MICROECONOMIA TÓICOS DE RESOLUÇÃO 4. Aplições o Moelo e rour e Ofert (Triutção, Controle e reços, reços Não Lineres e Comério Internionl) 4.1) Consiere que o mero gsolin present urvs e prour e ofert s

Leia mais

1. VARIÁVEL ALEATÓRIA 2. DISTRIBUIÇÃO DE PROBABILIDADE

1. VARIÁVEL ALEATÓRIA 2. DISTRIBUIÇÃO DE PROBABILIDADE Vriáveis Aletóris 1. VARIÁVEL ALEATÓRIA Suponhmos um espço mostrl S e que cd ponto mostrl sej triuído um número. Fic, então, definid um função chmd vriável letóri 1, com vlores x i2. Assim, se o espço

Leia mais

McAfee Email Gateway Blade Server

McAfee Email Gateway Blade Server Gui de início rápido Revisão B McAfee Emil Gtewy Blde Server versão 7.x Esse gui de início rápido serve como um roteiro ásico pr instlção do servidor lde do McAfee Emil Gtewy. Pr oter instruções detlhds

Leia mais

TELHAS METÁLICAS. Catálogo Técnico

TELHAS METÁLICAS. Catálogo Técnico TELHAS METÁLICAS Ctálogo Ténio TELHAS METÁLICAS Visno ofereer informções e orientções pr o melhor proveitmento os proutos Linh Metáli, Eternit elorou este tálogo ténio. Nele voê enontrrá orientções pr

Leia mais

Sensor Ultra-Sônico S18U

Sensor Ultra-Sônico S18U Sensores Série S18U Sensor Ultr-Sônio S18U Crterístis LEDs e ignóstio integros e otão e progrmção Zon mort mínim Moo e eteção retro-sônio Ciruito e ompensção e tempertur Supressão e funo progrmável Versões

Leia mais

Resumo da última aula. Compiladores. Conjuntos de itens LR(0) Exercício SLR(1) Análise semântica

Resumo da última aula. Compiladores. Conjuntos de itens LR(0) Exercício SLR(1) Análise semântica Resumo d últim ul Compildores Verificção de tipos (/2) Análise semântic Implementção: Esquems -tribuídos: Mecnismo bottom-up direto Esquems -tribuídos: Mecnismo top-down: Necessit grmátic não recursiv

Leia mais

1. Departamento de Engenharia de Teleinformática, Universidade Federal do Ceará Campus do Pici, Fortaleza, CE E-mails: aboscov@gmail.

1. Departamento de Engenharia de Teleinformática, Universidade Federal do Ceará Campus do Pici, Fortaleza, CE E-mails: aboscov@gmail. CONTROLE DE TEMPERATURA DE SONDA LAMBDA DE USO VEICULAR APLICADA EM UM SENSOR DE TEOR DE OXIGÊNIO PARA USO EM SISTEMAS DE COMBUSTÃO DE BIOMASSA JAIME ALEX BOSCOV 1, GIOVANNI BARROSO 2, GUSTAVO DE ALENCAR

Leia mais

Intervalo Encapsulador para Probabilidades Reais de Variáveis Aleatórias Contínuas Unidimensionais

Intervalo Encapsulador para Probabilidades Reais de Variáveis Aleatórias Contínuas Unidimensionais Intervlo Enpsulor pr Proilies Reis e Vriáveis Aletóris Contínus Uniimensionis Mri s Grçs os Sntos Doutoro em Mtemáti Computionl UFPE Ru Proº Luiz Freire s/n Cie Universitári 50740-540 Reie Pe E-mil: tgl60@yhooomr

Leia mais

you d solutions MÍDIA KIT

you d solutions MÍDIA KIT MÍDIA KIT Referência em ações e marketing irigio por aos 18 anos atuano em Database Marketing utilizano a Auiência a Abril e e Empresas Parceiras Um os maiores e mais completos bancos e aos e marketing

Leia mais

TEMA CENTRAL: A interface do cuidado de enfermagem com as políticas de atenção ao idoso.

TEMA CENTRAL: A interface do cuidado de enfermagem com as políticas de atenção ao idoso. TERMO DE ADESÃO A POLITICA DE INSCRIÇÃO NOS EVENTOS DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENFERMAGEM 9ª. JORNADA BRASILEIRA DE ENFERMAGEM GERIÁTRICA E GERONTOLÓGICA TEMA CENTRAL: A interfce do cuiddo de enfermgem

Leia mais

AMAZONINO ARMANDO MENDES Prefeito. JOSÉ ANTÔNIO FERREIRA DE ASSUNÇÃO Secretário Municipal de Administração

AMAZONINO ARMANDO MENDES Prefeito. JOSÉ ANTÔNIO FERREIRA DE ASSUNÇÃO Secretário Municipal de Administração MZONINO RMNO MENES Prefeito JOSÉ NTÔNIO FERREIR E SSUNÇÃO Secretário Municipal de dministração OLVO ELSO TPJÓS SILV Subsecretário de Logística PULO EIZEN YMGUTI Subsecretário de dministração THIGO TUPINMÁ

Leia mais

COMPENSAÇÃO ANGULAR E REMOÇÃO DA COMPONENTE DE SEQÜÊNCIA ZERO NA PROTEÇÃO DIFERENCIAL

COMPENSAÇÃO ANGULAR E REMOÇÃO DA COMPONENTE DE SEQÜÊNCIA ZERO NA PROTEÇÃO DIFERENCIAL SHWETZER ENGNEERNG LORTORES, OMERL LTD OMPENSÇÃO NGULR E REMOÇÃO D OMPONENTE DE SEQÜÊN ZERO N PROTEÇÃO DFERENL RFEL RDOSO ntrodução O prinípio d proteção diferenil é de que som ds orrentes que entrm n

Leia mais

Programação Linear Introdução

Programação Linear Introdução Progrmção Liner Introdução Prof. Msc. Fernndo M. A. Nogueir EPD - Deprtmento de Engenhri de Produção FE - Fculdde de Engenhri UFJF - Universidde Federl de Juiz de For Progrmção Liner - Modelgem Progrmção

Leia mais

Alvarás 2009/01/07 DATA EMISSÃO V-10/1 Nº ALVARÁ EMPRESA ALINEA DEC LEI SECURITAS - SERVIÇOS E TECNOLOGIA DE SEGURANÇA, SA. 22 A 231/98 1999/03/04

Alvarás 2009/01/07 DATA EMISSÃO V-10/1 Nº ALVARÁ EMPRESA ALINEA DEC LEI SECURITAS - SERVIÇOS E TECNOLOGIA DE SEGURANÇA, SA. 22 A 231/98 1999/03/04 lvarás 009/0/07 V-0/ SEURITS - SERVIÇOS E TENOLOGI E SEGURNÇ, S. 999/0/04 999/0/04 999/0/04 00/0/07 E E 999/0/04 5 V-0/6 NOITE E I - VIGILÂNI L. 999/0/04 V-0/ OLHO VIVO - SEGURNÇ PRIV UNIPESSOL, L 5 000/04/9

Leia mais

HORÁRIO DE AULAS 1º SEMESTRE DE 2015. 1.º PERÍODO TURMAS A e C: SALA 1401 TURMAS B e D: SALA 1402

HORÁRIO DE AULAS 1º SEMESTRE DE 2015. 1.º PERÍODO TURMAS A e C: SALA 1401 TURMAS B e D: SALA 1402 HORÁRIO E ULS 1º SEMESTRE E 2015 1.º PERÍOO TURMS e : SL 1401 TURMS e : SL 1402 ISIPLIN INTROUÇÃO À IÊNI O IREITO IT 038 HISTÓRI O IREITO IT 039 NTROPOLOGI JURÍI IT 040 TEORI O ESTO I IP 039 EONOMI I EN

Leia mais

Wellcogen TM Bacterial Antigen Kit / Kit de Antigénio Bacteriano Wellcogen TM

Wellcogen TM Bacterial Antigen Kit / Kit de Antigénio Bacteriano Wellcogen TM Wellogen TM Bteril Antigen Kit / Kit e Antigénio Bterino Wellogen TM PT ZL26/R30859602...30 Testes 1 USO PRETENDIDO O Wellogen TM Bteril Antigen Kit fornee um série e testes e látex rápios pr utilizção

Leia mais

Cálculo Numérico Faculdade de Engenharia, Arquiteturas e Urbanismo FEAU

Cálculo Numérico Faculdade de Engenharia, Arquiteturas e Urbanismo FEAU Cálculo Numérico Fculdde de Enenhri, Arquiteturs e Urnismo FEAU Pro. Dr. Serio Pillin IPD/ Físic e Astronomi V Ajuste de curvs pelo método dos mínimos qudrdos Ojetivos: O ojetivo dest ul é presentr o método

Leia mais

OWAlifetime OWAconsult. Resistência ao fogo FOGO: EN 13501 A NORMA EUROPEIA

OWAlifetime OWAconsult. Resistência ao fogo FOGO: EN 13501 A NORMA EUROPEIA OWAlifetime OWAconsult Resistênci o fogo FOGO: EN 13501 A NORMA EUROPEIA 2 As norms europeis As Norms Europeis Hrmonizs sobre o Fogo são um conjunto e norms que form ceits por toos os píses Comunie Econômic

Leia mais

Máquina retificadora circular para utilização universal

Máquina retificadora circular para utilização universal Máquin retifidor irulr pr utilizção universl Werkzeugmshinenfbrik Gluhu GmbH WEMA S2 S3 S6 S10 POR 2 WEMA Gluhu Soluções individuis pr retifição sem limites Utilize su máquin retifidor WEMA: Soluções à

Leia mais

Manual de Montagem MATERIAL PARA MONTAGEM: OPÇÕES DE CHAMINÉ: KIT S EM CONCRETO REFRATÁRIO PARA LAREIRA-LD 550/700 850/1000

Manual de Montagem MATERIAL PARA MONTAGEM: OPÇÕES DE CHAMINÉ: KIT S EM CONCRETO REFRATÁRIO PARA LAREIRA-LD 550/700 850/1000 R Manual de Montagem KIT S EM ONRETO REFRTÁRIO PR LREIR-L 550/00 50/1000 MTERIL PR MONTGEM: O kit é composto das seguintes peças: 1- locos 2- oifa 3- ümper (Regulador de Tiragem - metálico) 4- poio para

Leia mais

Faturamento_WEB_Porto_Seguro_2010_07_B.doc. Manual de Faturamento

Faturamento_WEB_Porto_Seguro_2010_07_B.doc. Manual de Faturamento Mnul de Fturmento ÍNDICE CARO CREDENCIADO, LEIA COM ATENÇÃO....3 MOVIMENTO MANUAL...3 DOCUMENTAÇÃO COMPLEMENTAR...3 COBRANÇA DE MATERIAL, MEDICAMENTOS E TAXAS (Outrs Despess)...3 FECHAMENTO DE LOTE E GRD...3

Leia mais

Manual Passo a Passo ÍNDICE. Introdução...1 1. ABRINDO O SISTEMA - CENTRAL DO ASSINANTE

Manual Passo a Passo ÍNDICE. Introdução...1 1. ABRINDO O SISTEMA - CENTRAL DO ASSINANTE ÍNDICE Introdução...1 1. ABRINDO O SISTEMA - CENTRAL DO ASSINANTE Arindo o Sistem...2 Centrl do Assinnte...2 - Cdstro de Usuários...3 - Tro de Senh...3 - Esttísti de Utilizção do Sistem...3 - Comptção

Leia mais

Guia de Procedimento do Leilão

Guia de Procedimento do Leilão Gui de Proedimento do Leilão Dislimer: Este doumento foi preprdo pr poir nálise ds regrs e proedimentos do leilão, inluindo sempre que justifido lguns exemplos prátios. Este doumento não onstitui prte

Leia mais

TRABALHOS TÉCNICOS DESTINADOS À RETIFICAÇÃO DE REGISTRO IMOBILIÁRIO - PROCEDIMENTOS

TRABALHOS TÉCNICOS DESTINADOS À RETIFICAÇÃO DE REGISTRO IMOBILIÁRIO - PROCEDIMENTOS NORMA PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS TÉCNICOS DESTINADOS À RETIDE PROCEDIMENTO DE GRAFOSCOPIA TRABALHOS TÉCNICOS DESTINADOS À RETIFICAÇÃO DE REGISTRO IMOBILIÁRIO - PROCEDIMENTOS COORDENAÇÃO: Flvio Fernno

Leia mais

1.1) Dividindo segmentos em partes iguais com mediatrizes sucessivas.

1.1) Dividindo segmentos em partes iguais com mediatrizes sucessivas. COLÉGIO PEDRO II U. E. ENGENHO NOVO II Divisão Gráfi de segmentos e Determinção gráfi de epressões lgéris (qurt e tereir proporionl e médi geométri). Prof. Sory Izr Coord. Prof. Jorge Mrelo TURM: luno:

Leia mais

PRÉ-REQUISITOS PARA O CÁLCULO

PRÉ-REQUISITOS PARA O CÁLCULO Veremos qui um breve revisão de oneitos de álgebr neessários pr o estudo do Cálulo. É bom lembrr que voê não pode prender Cálulo sem esses pré-requisitos, priniplmente álgebr, que podemos onsiderr omo

Leia mais

Zelio Logic & Zelio Alarm. Exemplo de configuração GSM/SMS

Zelio Logic & Zelio Alarm. Exemplo de configuração GSM/SMS Zelio Logic & Zelio Alarm Exemplo de configuração GSM/SMS Comunicação Zelio Logic I. Introdução Zelio Logic e ZelioCom II. Configurações de Hardware III. Configurações de Software IV. Zelio Alarm 2 Comunicação

Leia mais

EXAME DE INGRESSO 2014 3º Período

EXAME DE INGRESSO 2014 3º Período PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA ÁREA DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO (141) ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO EXAME DE INGRESSO 2014 º Período NOME: Oservções Importntes: 1. Não

Leia mais

COLÉGIO NAVAL 2016 (1º dia)

COLÉGIO NAVAL 2016 (1º dia) COLÉGIO NAVAL 016 (1º di) MATEMÁTICA PROVA AMARELA Nº 01 PROVA ROSA Nº 0 ( 5 40) 01) Sej S som dos vlores inteiros que stisfzem inequção 10 1 0. Sendo ssim, pode-se firmr que + ) S é um número divisíel

Leia mais

b 2 = 1: (resp. R2 e ab) 8.1B Calcule a área da região delimitada pelo eixo x, pelas retas x = B; B > 0; e pelo grá co da função y = x 2 exp

b 2 = 1: (resp. R2 e ab) 8.1B Calcule a área da região delimitada pelo eixo x, pelas retas x = B; B > 0; e pelo grá co da função y = x 2 exp 8.1 Áres Plns Suponh que cert região D do plno xy sej delimitd pelo eixo x, pels rets x = e x = b e pelo grá co de um função contínu e não negtiv y = f (x) ; x b, como mostr gur 8.1. A áre d região D é

Leia mais

Cartilha Explicativa. Segurança para quem você ama.

Cartilha Explicativa. Segurança para quem você ama. Crtilh Explictiv Segurnç pr quem você m. Bem-vindo, novo prticipnte! É com stisfção que recebemos su desão o Fmíli Previdênci, plno desenhdo pr oferecer um complementção de posentdori num modelo moderno

Leia mais

CINÉTICA QUÍMICA CINÉTICA QUÍMICA. Lei de Velocidade

CINÉTICA QUÍMICA CINÉTICA QUÍMICA. Lei de Velocidade CINÉTICA QUÍMICA Lei de Velocidde LEIS DE VELOCIDADE - DETERMINAÇÃO Os eperimentos em Cinétic Químic fornecem os vlores ds concentrções ds espécies em função do tempo. A lei de velocidde que govern um

Leia mais

ESTUDOS SOBRE BIOÉTICA PROGRAMA DE BASE DE PARTE 1: PROGRAMA TEMÁTICO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO EM ÉTICA

ESTUDOS SOBRE BIOÉTICA PROGRAMA DE BASE DE PARTE 1: PROGRAMA TEMÁTICO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO EM ÉTICA ESTUDOS SOBRE BIOÉTICA PARTE 1: PROGRAMA TEMÁTICO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO EM ÉTICA Esritório Regionl e Ciênis UNESCO pr Améri Ltin e Crie UNESCO Monteviéu Progrm Regionl e Bioéti e Éti Ciêni ESTUDOS SOBRE

Leia mais

CONJUNTOS NUMÉRICOS Símbolos Matemáticos

CONJUNTOS NUMÉRICOS Símbolos Matemáticos CONJUNTOS NUMÉRICOS Símolos Mtemáticos,,... vriáveis e prâmetros igul A, B,... conjuntos diferente pertence > mior que não pertence < menor que está contido mior ou igul não está contido menor ou igul

Leia mais

6.1 Recursos de Curto Prazo ADMINISTRAÇÃO DO CAPITAL DE GIRO. Capital de giro. Capital circulante. Recursos aplicados em ativos circulantes (ativos

6.1 Recursos de Curto Prazo ADMINISTRAÇÃO DO CAPITAL DE GIRO. Capital de giro. Capital circulante. Recursos aplicados em ativos circulantes (ativos ADMINISTRAÇÃO DO CAPITAL DE GIRO 6.1 Recursos de curto przo 6.2 Administrção de disponibiliddes 6.3 Administrção de estoques 6.4 Administrção de conts 6.1 Recursos de Curto Przo Administrção Finnceir e

Leia mais

Manual de funcionamento de EasyMP Multi PC Projection

Manual de funcionamento de EasyMP Multi PC Projection Mnul de funcionmento de EsyMP Multi PC Projection Índice Gerl 2 Sobre o EsyMP Multi PC Projection Estilos de reunião disponibilizdos pelo EsyMP Multi PC Projection... 5 Relizr reuniões utilizndo váris

Leia mais

TABELA DE PREÇOS E OPÇÕES - ANEXO 1

TABELA DE PREÇOS E OPÇÕES - ANEXO 1 ONTRTO PRSTÇÃO SRVÇOS PN Pendências inanceiras UN TL PRÇOS OPÇÕS NXO 1 ste anexo é parte integrante do contrato assinado entre a ONTRT e a ONTRTNT, referente à prestação de serviço do PN e será de uso

Leia mais

Licença de uso exclusiva para Petrobrás S.A. Licença de uso exclusiva para Petrobrás S.A. NBR 13434

Licença de uso exclusiva para Petrobrás S.A. Licença de uso exclusiva para Petrobrás S.A. NBR 13434 ABNT-Associção Brsileir de Norms Técnics Sede: Rio de Jneiro Av. Treze de Mio, 13-28º ndr CEP 20003-900 - Cix Postl 1680 Rio de Jneiro - RJ Tel.: PABX (021) 210-3122 Fx: (021) 220-1762/220-6436 Endereço

Leia mais

A - DADOS ESTRUTURAIS DA EMPRESA E ESTRATÉGIAS DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL CONTÍNUA (FPC)

A - DADOS ESTRUTURAIS DA EMPRESA E ESTRATÉGIAS DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL CONTÍNUA (FPC) INSTRUMENTO DE NOTAÇÃO DO SISTEMA ESTATÍSTICO NACIONAL (LEI 22/2008, DE 13 DE MAIO), DE RESPOSTA OBRIGATÓRIA, REGISTADO NO INE SOB O Nº 10026 VÁLIDO ATÉ 31/12/2012 Ginete de Estrtégi e Plnemento Ministério

Leia mais

a máquina e verificando os componentes Conjunto da unidade do cilindro (incluindo o cartucho de toner padrão)

a máquina e verificando os componentes Conjunto da unidade do cilindro (incluindo o cartucho de toner padrão) Gui de Configurção Rápid Início DCP-8080DN DCP-8085DN Antes de usr máquin, lei este Gui de Configurção Rápid pr ser como fzer su configurção e instlção corretmente. Pr visulizr o Gui de Configurção Rápid

Leia mais

Acoplamento. Tipos de acoplamento. Acoplamento por dados. Acoplamento por imagem. Exemplo. É o grau de dependência entre dois módulos.

Acoplamento. Tipos de acoplamento. Acoplamento por dados. Acoplamento por imagem. Exemplo. É o grau de dependência entre dois módulos. Acoplmento É o gru de dependênci entre dois módulos. Objetivo: minimizr o coplmento grndes sistems devem ser segmentdos em módulos simples A qulidde do projeto será vlid pelo gru de modulrizção do sistem.

Leia mais

COPEL INSTRUÇÕES PARA CÁLCULO DA DEMANDA EM EDIFÍCIOS NTC 900600

COPEL INSTRUÇÕES PARA CÁLCULO DA DEMANDA EM EDIFÍCIOS NTC 900600 1 - INTRODUÇÃO Ests instruções têm por objetivo fornecer s orientções pr utilizção do critério pr cálculo d demnd de edifícios residenciis de uso coletivo O referido critério é plicável os órgãos d COPEL

Leia mais

COEFICIENTES DE ATRITO

COEFICIENTES DE ATRITO Físia Geral I EF, ESI, MAT, FQ, Q, BQ, OCE, EAm Protoolos das Aulas Prátias 003 / 004 COEFICIENTES DE ATRITO 1. Resumo Corpos de diferentes materiais são deixados, sem veloidade iniial, sobre um plano

Leia mais

PROVA DE FÍSICA 2º ANO - 3ª MENSAL - 1º TRIMESTRE TIPO A

PROVA DE FÍSICA 2º ANO - 3ª MENSAL - 1º TRIMESTRE TIPO A POV DE FÍSI 2º NO - 3ª MENS - 1º TIMESTE TIPO 1) Nos quadrinhos da tira, a mãe meniona as fases da água onforme a mudança das estações. Entendendo-se boneo de neve omo "boneo de gelo" e que, om o termo

Leia mais

Física. Resolução das atividades complementares. F1 Gravitação universal

Física. Resolução das atividades complementares. F1 Gravitação universal esolução s tivies complementres Físic F Grvitção universl p. 7 err possui pens um stélite nturl, Lu. Pesquise pr responer. ) Quis os períoos e rotção e e trnslção Lu em torno err? b) Por que err é possível

Leia mais

a máquina e verificando os componentes Conjunto da unidade do cilindro (incluindo o cartucho de toner padrão)

a máquina e verificando os componentes Conjunto da unidade do cilindro (incluindo o cartucho de toner padrão) Gui de Configurção Rápid Início MFC-8890DW Antes de usr máquin, lei este Gui de Configurção Rápid pr ser como fzer su configurção e instlção corretmente. Pr visulizr o Gui de Configurção Rápid em outros

Leia mais

Valoração de Grafos. Fluxo em Grafos. Notas. Teoria dos Grafos - BCC 204, Fluxo em Grafos. Notas. Exemplos. Fluxo em Grafos. Notas.

Valoração de Grafos. Fluxo em Grafos. Notas. Teoria dos Grafos - BCC 204, Fluxo em Grafos. Notas. Exemplos. Fluxo em Grafos. Notas. Teori o Grfo - BCC 204 Fluxo em Grfo Hrolo Gmini Sno Univerie Feerl e Ouro Preo - UFOP 19 e ril e 2011 1 / 19 Vlorção e Grfo Exemplo vlore eáio: iâni roovi que lig ie e ie é e 70 kilômero vlore inâmio:

Leia mais

Conheça a sua fatura da água!

Conheça a sua fatura da água! Conheç su ftur d águ! Jneiro de 20 FATURA/RECIBO N.º: 27 VALOR 8,7 Euros Município de Reguengos de Monsrz Titulr / Locl Mord ou sítio de leitur/do contdor Loclidde d mord de leitur NIF: Áre NIPC 07 040

Leia mais

REPRESENTAÇÕES NUMÉRICAS DE TEMPO COMO ALGORITMOS GERADORES DE TIMBRE

REPRESENTAÇÕES NUMÉRICAS DE TEMPO COMO ALGORITMOS GERADORES DE TIMBRE UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS (UFG) ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS (EMAC) PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MÚSICA - MESTRADO LABORATÓRIO DE PESQUISA SONORA (LPQS) MARCELO DE CAMPOS VELHO BIRCK REPRESENTAÇÕES

Leia mais

SISTEMA DE INFORMAÇÕES JUDICIÁRIAS - SIJ

SISTEMA DE INFORMAÇÕES JUDICIÁRIAS - SIJ Secretri de Tecnologi d Informção Coordendori de Suporte Técnico os Usuários SISTEMA DE INFORMAÇÕES JUDICIÁRIAS - SIJ MÓDULO DESPACHO ASSISTIDO (versão 1.0) Sumário 1. OBJETIVO DO MÓDULO... 3 1. 2. GERENCIAMENTO

Leia mais

Pré-Teste de SAVC 2011

Pré-Teste de SAVC 2011 Pré-Teste e SAVC 2011 1. Dez minutos pós um mulher e 85 nos sofrer um olpso, os prméios hegm e iniim RCP pel primeir vez. O monitor revel presenç e FV fin (ix mplitue). Qul s seguintes ções eve ser feit

Leia mais

Simbolicamente, para. e 1. a tem-se

Simbolicamente, para. e 1. a tem-se . Logritmos Inicilmente vmos trtr dos ritmos, um ferrment crid pr uilir no desenvolvimento de cálculos e que o longo do tempo mostrou-se um modelo dequdo pr vários fenômenos ns ciêncis em gerl. Os ritmos

Leia mais

Matemática Aplicada. A Mostre que a combinação dos movimentos N e S, em qualquer ordem, é nula, isto é,

Matemática Aplicada. A Mostre que a combinação dos movimentos N e S, em qualquer ordem, é nula, isto é, Mtemátic Aplicd Considere, no espço crtesino idimensionl, os movimentos unitários N, S, L e O definidos seguir, onde (, ) R é um ponto qulquer: N(, ) (, ) S(, ) (, ) L(, ) (, ) O(, ) (, ) Considere ind

Leia mais

WWW.escoladoeletrotecnico.com.br

WWW.escoladoeletrotecnico.com.br USOPE USO PEPAATÓIO PAA ONUSOS EM ELETOTÉNIA PE ELETIIDADE (Ligções SÉI E E PAALELA. EDE DELTA E ESTELA) AULA Prof.: Jen WWW.esoldoeletrotenio.om.r 0 de Setemro de 007 LIGAÇÕES SÉIES E PAALELAS USOPE.

Leia mais

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE CURSO: ADMINISTRAÇÃO/CIÊNCIAS CONTÁBEI /LOGISTICA ASSUNTO: INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE FUNÇÕES

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE CURSO: ADMINISTRAÇÃO/CIÊNCIAS CONTÁBEI /LOGISTICA ASSUNTO: INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE FUNÇÕES FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE CURSO: ADMINISTRAÇÃO/CIÊNCIAS CONTÁBEI /LOGISTICA ASSUNTO: INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE FUNÇÕES PROFESSOR: MARCOS AGUIAR MAT. BÁSICA I. FUNÇÕES. DEFINIÇÃO Ddos

Leia mais

ESTÁGIO PARA ESTUDANTE DA UFU

ESTÁGIO PARA ESTUDANTE DA UFU 1 ESTÁGIO PARA ESTUDANTE DA UFU EDITAL UFU/PREFE/044/2010 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO(A) A Pró-reitori de Grdução d Universidde Federl de Uberlândi, mprd no rtigo 248 ds Norms de Grdução

Leia mais

VICE-PRESIDÊNCIA DO GOVERNO, EMPREGO E COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL Portaria n.º 15/2014 de 24 de Março de 2014

VICE-PRESIDÊNCIA DO GOVERNO, EMPREGO E COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL Portaria n.º 15/2014 de 24 de Março de 2014 VICE-PRESIDÊNCIA DO GOVERNO, EMPREGO E COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL Portri n.º /0 Mrço 0 O Decreto-Lei n.º 8/0, bril, criou inicitiv Licencimento Ze, simplificndo o regime exercício diverss tividd económics,

Leia mais

Exame II. Citações e Notificações CURSO DE EMPREGADOS FORENSES DE AGENTE DE EXECUÇÃO. A preencher pelo formando:

Exame II. Citações e Notificações CURSO DE EMPREGADOS FORENSES DE AGENTE DE EXECUÇÃO. A preencher pelo formando: CURSO DE EMPREGADOS FORENSES DE AGENTE DE EXECUÇÃO Exame II Citações e Notifiações Duração: 1 hora 4 de Maio A preenher pelo formando: Nome do formando (ompleto e legível): Identifiação do Agente de Exeução:

Leia mais

RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA UNICAMP-FASE 2. 2014 RESOLUÇÃO: PROFA. MARIA ANTÔNIA C. GOUVEIA

RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA UNICAMP-FASE 2. 2014 RESOLUÇÃO: PROFA. MARIA ANTÔNIA C. GOUVEIA RESOLUÇÃO D PROV DE MTEMÁTIC UNICMP-FSE. PROF. MRI NTÔNI C. GOUVEI. é, sem úv, o lmento refero e mutos ulsts. Estm-se que o onsumo áro no Brsl sej e, mlhão e s, seno o Esto e São Pulo resonsável or % esse

Leia mais

Dia 1 de Outubro Dia Nacional da Água

Dia 1 de Outubro Dia Nacional da Água Divisão de Plnemento Ambientl e Proteção Civil Di 1 de Outubro Di Ncionl d Águ entre 2 mil e 8 mil milhões de pessos té Águ 2050, num momento em que meç do Aquecimento Globl d Terr é um A águ é essencil

Leia mais

a impressora e verifique os componentes Folheto de Segurança e Questões Legais

a impressora e verifique os componentes Folheto de Segurança e Questões Legais Gui de Instlção Rápid Início HL-2135W / HL-2270DW (pens UE) Antes de utilizr est máquin pel primeir vez, lei este Gui de Instlção Rápid pr montr e instlr máquin. Pr visulizr o Gui de Instlção Rápid em

Leia mais

COMPONENTES PARA PROJETO DE SIMULAÇÃO DE PROGRAMAS SUPERVISÓRIOS (VISUAL BASIC) Manual de operação

COMPONENTES PARA PROJETO DE SIMULAÇÃO DE PROGRAMAS SUPERVISÓRIOS (VISUAL BASIC) Manual de operação COMPONENTES PARA PROJETO DE SIMULAÇÃO DE PROGRAMAS SUPERVISÓRIOS (VISUAL BASIC) Mnul de operção Mnul de operção pr utilizção de componentes ActiveX pr Visul Bsic e lingugens Visuis que ceitem este recurso.

Leia mais

ORION 6. Segunda Porta USB. Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda.

ORION 6. Segunda Porta USB. Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. ORION 6 Sgun Port USB Hnry Equipmntos Eltrônios Sistms Lt. Ru Rio Piquiri, 400 - Jrim Wissópolis Cóigo Postl: 83.322-010 Pinhis - Prná - Brsil Fon: +55 41 3661-0100 INTRODUÇÃO: Pr orrto unionmnto, é nssário

Leia mais