Projectos em Ambientes de Realidade Virtual e Aumentada

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Projectos em Ambientes de Realidade Virtual e Aumentada"

Transcrição

1 Projectos em Ambientes de Realidade Virtual e Aumentada Paulo Dias IEETA Universidade de Aveiro z ieeta instituto de engenharia electrónica e telemática de aveiro universidade de aveiro Outline DETI Reconstrução 3D Introdução a realidade Virtual e Aumentada Alguns projectos no IEETA: Ambiente de baixo custo para VR e AR Avaliações com utilizadores Auralização 3D Reconstrução e Auralização da Anta Pintada de Antelas X Conferência Sobre Tecnologias da Informação e Comunicação 2 1

2 DETI - Electrónica, Telecomunicações e Informática Fundado em 1974 Formação Inicial Computadores e Telemática (Mestrado Integrado) Interacção Humano Computador (3º ano) Computação Visual (4º ano) Modelação e Visualização 3D (opção de 5º ano) Tecnologias e Sistemas de Informação Interacção Humano Computador (2º ano) Visualização de Informação (4º ano) Electrónica e Telecomunicações (Mestrado Integrado) Interacção Humano Computador (opção 5º ano) Computação Gráfica Investigação IEETA (Instituto de Engenharia Electrónica e Telemática de Aveiro) IT (Instituto de Telecomunicações) X Conferência Sobre Tecnologias da Informação e Comunicação 3 Reconstrução 3D Reflectance 1000 x 175 (Riegl LMS Z210) Nuvem de pontos 3D X Conferência Sobre Tecnologias da Informação e Comunicação 4 2

3 Reconstrução 3D Triangulação Modelo 3D Textura Registo (ICP) Fotografias Digitais Modelo do IEETA, 12 range images, 12 digital Photographs X Conferência Sobre Tecnologias da Informação e Comunicação 5 Reconstrução 3D Adapted Sick (Aveiro) Riegl (Italy) Ieeta Farmhouse Laveno Assemblée nationale Lab. Mecânica Sala dello scrutinio X Conferência Sobre Tecnologias da Informação e Comunicação 6 3

4 Porquê a Realidade Virtual? Informação 3D Digital já é comum (Reconstrução 3D, jogos, aplicações CAD, Design, etc ) A interacção ainda é principalmente 2D rato e monitor desde dos anos 70 Apple II from 1977 Realidade Virtual : uma tentativa de ir para além do monitor e imergir o utilizador num mundo 3D X Conferência Sobre Tecnologias da Informação e Comunicação 7 Conceitos e Características da Realidade Virtual Realidade Mista (Mixed Reality) Ambiente Real Realidade Aumentada (Augmented Reality) Virtualidade Aumentada (Augmented Virtuality) Ambiente Virtual Paul Milgram [Milgram et. al 1994] X Conferência Sobre Tecnologias da Informação e Comunicação 8 4

5 Projecto: ambiente RV de baixo custo Ambiente de Baixo Custo para Aplicações de Realidade Virtual e Aumentada Projecto de 5º ano: Mário Cruz Paulo Moreira X Conferência Sobre Tecnologias da Informação e Comunicação 9 Realidade Virtual Equipamento Sensor de aceleração estática e dinâmica Tracker 3DOF (Yaw, Pitch, Roll) HMD SVGA estereoscópico Biblioteca gráfica VTK (Visualization Toolkit) Ambientes especificados em VRML 97 Desenvolvimento em C++ X Conferência Sobre Tecnologias da Informação e Comunicação 10 5

6 Realidade Aumentada Equipamento Realidade Virtual + Câmara vídeo Video see-through Biblioteca gráfica AR Toolkit Detecção de marcadores Sobreposição de elementos virtuais no vídeo Elementos virtuais em VRML 97 Ambiente configurado em ficheiros de texto X Conferência Sobre Tecnologias da Informação e Comunicação 11 Resultados Protótipos de Realidade Virtual e Aumentada implementados e testados X Conferência Sobre Tecnologias da Informação e Comunicação 12 6

7 Projecto: Avaliações em Ambientes de RA/RV Avaliação de Usabilidade de Ambientes de Realidade Virtual e Aumentada Mestrado em Gestão de Informação: Angela Pimentel Amado Projecto de licenciatura: Jan-Willem Baggerman Pauline van der Horst Frank van Huussen X Conferência Sobre Tecnologias da Informação e Comunicação 13 Experiência Realidade Virtual X Conferência Sobre Tecnologias da Informação e Comunicação 14 7

8 Experiência Realidade Virtual Comparados 2 ambientes RV x DV - HMD - Ecrã - Rato - Teclado - Tracker - Rato Objectivo: Testar a navegação e visualização Metodologia: Quantitativa e Qualitativa 44 utilizadores (12 mulheres e 32 homens); Resultados - Preferência pelo ambiente de RV; - RV provoca mais tontura e desorientação; - Navegação e Visualização fácil em ambos os ambientes; - Desempenhos melhores no DV. X Conferência Sobre Tecnologias da Informação e Comunicação 15 Interacção usando dispositivo móvel DetiGuide: Interagindo com um ecrã de grandes dimensões através de um dispositivo móvel (acelerómetros, touch screens, etc ). Mestrado Electrónica e Telecomunicações Rui Palha X Conferência Sobre Tecnologias da Informação e Comunicação 16 8

9 Projecto: Som em RV 2 Projectos 5º ano Ricardo Casaleiro Ricardo Seco X Conferência Sobre Tecnologias da Informação e Comunicação 17 Som em Ambiente de RV Som directo Reflexões Iniciais Cauda de Reverberação t Auralização X Conferência Sobre Tecnologias da Informação e Comunicação 18 9

10 Som em Ambiente de RV São introduzidas reflexões de 1ª ordem utilizando o método das imagens virtuais e considerando cada reflexão como uma fonte adicional: Parede Método das imagens virtuais As 6 reflexões de 1ª ordem no modelo de teste X Conferência Sobre Tecnologias da Informação e Comunicação 19 Reconstrução 3D e Auralização: Anta Pintada de Antelas Aquisição 3D X Conferência Sobre Tecnologias da Informação e Comunicação 20 10

11 Reconstrução 3D e Auralização: Anta Pintada de Antelas Processamento da informação For each registered cloud of points Co-Registo 2D Delaunay Triangulation Marking nodes of 3D grid inside viewing volume of the range image Contouring final grid Construção do modelo 3D X Conferência Sobre Tecnologias da Informação e Comunicação 21 Reconstrução 3D e Auralização: Anta Pintada de Antelas Modelo 3D X Conferência Sobre Tecnologias da Informação e Comunicação 22 11

12 Reconstrução 3D e Auralização: Anta Pintada de Antelas Auralização com som directo e 1 as reflexões X Conferência Sobre Tecnologias da Informação e Comunicação 23 As pessoas Beatriz Sousa Santos Guilherme Campos Joaquim Madeira Samuel Silva Os muitos alunos que trabalharam nos projectos: Ricardo Casaleiro, Ricardo Seco Angela Pimentel Jan-Willem Baggerman, Pauline van der Horst, Frank van Huussen Mário Cruz e Paulo Moreira Rui Palha... X Conferência Sobre Tecnologias da Informação e Comunicação 24 12

13 Conclusão VR/AR promissor mas ainda há muito que fazer (ainda uma solução a procura de um problema?) Perguntas? X Conferência Sobre Tecnologias da Informação e Comunicação 25 13

Angela Eika Pimentel Amado. Avaliação de Usabilidade de Ambientes de Realidade Virtual e Aumentada

Angela Eika Pimentel Amado. Avaliação de Usabilidade de Ambientes de Realidade Virtual e Aumentada Universidade de Aveiro Departamento de Economia, Gestão e Engenharia 2007 Industrial Angela Eika Pimentel Amado Avaliação de Usabilidade de Ambientes de Realidade Virtual e Aumentada Universidade de Aveiro

Leia mais

Rastreamento. Luciano Soares. http://www.cs.utah.edu/classes/cs6360/lectures/tracking.pdf

Rastreamento. Luciano Soares. http://www.cs.utah.edu/classes/cs6360/lectures/tracking.pdf Rastreamento Luciano Soares http://www.cs.utah.edu/classes/cs6360/lectures/tracking.pdf Por que usar rastreamento? Vista superior Frustum Permite corrigir o campo de visão Vista superior Frustum Tipos

Leia mais

Agenda. Colaboração Móvel com Realidade Aumentada. Conceitos. Conceitos. Conceitos. Conceitos. Conceitos Aplicações Tecnologias Projetos Conclusão

Agenda. Colaboração Móvel com Realidade Aumentada. Conceitos. Conceitos. Conceitos. Conceitos. Conceitos Aplicações Tecnologias Projetos Conclusão Colaboração Móvel com Realidade Aumentada Denise Del Re Filippo Computação Móvel - 2004.1 Agenda Tecnologias Projetos Conclusão Realidade Virtual ambiente tridimensional, interativo e gerado por computador

Leia mais

Gestão do Produto. Prof. Dr.-Ing. Klaus Schützer

Gestão do Produto. Prof. Dr.-Ing. Klaus Schützer Lab. de Sistemas Computacionais para Projeto e Manufatura Prof. Dr.-Ing. K. Schützer FEAU - UNIMEP Gestão do Produto Prof. Dr.-Ing. Klaus Schützer Lab. de Sistemas Computacionais para Projeto e Manufatura

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM ICONOGRAFIA CRISTÃ LEITURA E ANÁLISE DA IMAGEM RELIGIOSA

PÓS-GRADUAÇÃO EM ICONOGRAFIA CRISTÃ LEITURA E ANÁLISE DA IMAGEM RELIGIOSA PÓS-GRADUAÇÃO EM ICONOGRAFIA CRISTÃ LEITURA E ANÁLISE DA IMAGEM RELIGIOSA LISBOA 2008 PÓS-GRADUAÇÃO: ICONOGRAFIA CRISTÃ - Leitura e Análise da Imagem Religiosa APRESENTAÇÃO E OBJECTIVOS A extensão de Lisboa

Leia mais

2º Exame Computação Gráfica

2º Exame Computação Gráfica 2º Exame Computação Gráfica LEIC-T Prof. Mário Rui Gomes 17 de Julho 2007 Nº Nome: Antes de começar: Identifique todas as folhas com o seu número. Responda às questões seguintes justificando adequadamente

Leia mais

Aquando a coragem para uma iniciativa à mudança e ultrapassagem das barreiras, surgem exemplos positivos.

Aquando a coragem para uma iniciativa à mudança e ultrapassagem das barreiras, surgem exemplos positivos. Casos de pesquisa (1/10) Aquando a coragem para uma iniciativa à mudança e ultrapassagem das barreiras, surgem exemplos positivos. Caso 1: Segundo a análise do relatório de avaliação sobre o programa Acompanhamento

Leia mais

ARTIGO 1.º ARTIGO 2.º

ARTIGO 1.º ARTIGO 2.º Decreto-Lei n.º 48661 Aprova, para ratificação, o Convénio entre Portugal e Espanha para Regular o Uso e o Aproveitamento Hidráulico dos Troços Internacionais dos Rios Minho, Lima, Tejo, Guadiana, Chança

Leia mais

Projecto Catalogação - Arte e Design Urbano

Projecto Catalogação - Arte e Design Urbano Projecto Catalogação - Arte e Design Urbano Pedro Brandao, 2005 Introdução A proposta que se apresenta inscreve-se na experiência internacional que tem vindo a ser conduzida pela rede iniciada pela UB

Leia mais

ateliê ateliê ateliê ateliê ateliê ateliê ateliê ateliê ateliê ateliê ateliê REALIDADE VIRTUAL NA ARQUITETURA José Luís Farinatti Aymone

ateliê ateliê ateliê ateliê ateliê ateliê ateliê ateliê ateliê ateliê ateliê REALIDADE VIRTUAL NA ARQUITETURA José Luís Farinatti Aymone 2004 142 ARQTEXTO 5 A REALIDADE VIRTUAL NA ARQUITETURA José Luís Farinatti Aymone O uso do projeto auxiliado por computador (CAD) em arquitetura é cada vez mais corrente, através do projeto 2D e 3D de

Leia mais

A presença virtual de uma galeria na Internet, é a prova inequívoca da importância do mundo da arte, estando à disposição de todos.

A presença virtual de uma galeria na Internet, é a prova inequívoca da importância do mundo da arte, estando à disposição de todos. Sabendo que as galerias da arte são elos fundamentais nas relações entre os artistas e o público procura-se com este tipo de eventos, não só promover a divulgação das suas iniciativas mas também mostrar

Leia mais

SERIOUS GAME DESTINADO À REABILITAÇÃO DE CRIANÇAS COM DESABILIDADES PSICOMOTORAS

SERIOUS GAME DESTINADO À REABILITAÇÃO DE CRIANÇAS COM DESABILIDADES PSICOMOTORAS SERIOUS GAME DESTINADO À REABILITAÇÃO DE CRIANÇAS COM DESABILIDADES PSICOMOTORAS Vinícius Naves Rezende Faria, Universidade Federal de Uberlândia, naves.vinicius@gmail.com Natália Louize Silva, Universidade

Leia mais

Sistema de Realidade Virtual para tratamento de Fobias

Sistema de Realidade Virtual para tratamento de Fobias Sistema de Realidade Virtual para tratamento de Fobias Vítor Cunha ISEP R. Dr. Ant. Bernardino de Almeida, 431 4200-072 Porto, Portugal vmc@dee.isep.ipp.pt Miguel Leitão ISEP / INESC Porto R. Dr. Ant.

Leia mais

Acessibilidade Educacional com Realidade Aumentada

Acessibilidade Educacional com Realidade Aumentada Acessibilidade Educacional com Realidade Aumentada Ewerton Daniel de Lima 1, Fabiano Utiyama 1, Daniela Eloise Flôr 1 1 UNIPAR Universidade Paranaense ewertondanieldelima@hotmail.com,{fabianoutiyama, danielaflor}@unipar.br

Leia mais

Uso de Realidade Aumentada no Ensino de Palavras da Língua Inglesa

Uso de Realidade Aumentada no Ensino de Palavras da Língua Inglesa Uso de Realidade Aumentada no Ensino de Palavras da Língua Inglesa César E. B. Júnior 1, Márcio A. Duarte 1 1 Universidade Federal de Goiás - Campus Catalão (UFG) Av. Dr. Lamartine Pinto de Avelar, 1120

Leia mais

Educ-AR: Uma Ferramenta para apoio à Educação utilizando Realidade Aumentada

Educ-AR: Uma Ferramenta para apoio à Educação utilizando Realidade Aumentada Educ-AR: Uma Ferramenta para apoio à Educação utilizando Realidade Aumentada Lucas F. Oliveira 1, Rummeningge R. Dantas 2, Aquiles M. F. Burlamaqui 2 1 Departamento de Computação Universidade do Estado

Leia mais

Relatório do Módulo 774 Redes Locais Instalação e Configuração

Relatório do Módulo 774 Redes Locais Instalação e Configuração Megaexpansão, Ensino e Formação Profissional em Novas Tecnologias, Lda. Rua Praça de Touros, 26 2500-167 Caldas da Rainha Curso: EFA MF Técnico de Informática - Sistemas Área de Formação: Ciências Informáticas

Leia mais

O ESTUDO E A IMPLEMENTAÇÃO DE UMA ARQUITETURA COMPUTACIONAL PARA APLICAÇÕES DE ENTRETENIMENTO

O ESTUDO E A IMPLEMENTAÇÃO DE UMA ARQUITETURA COMPUTACIONAL PARA APLICAÇÕES DE ENTRETENIMENTO O ESTUDO E A IMPLEMENTAÇÃO DE UMA ARQUITETURA COMPUTACIONAL PARA APLICAÇÕES DE ENTRETENIMENTO Arion Roberto Krause 1 ; Andrey Alves 1 ; Rafael Jusinskas Labegalini 1 ; Luiz Fernando Braga Lopes 2 RESUMO:

Leia mais

Ambientes de Realidade Virtual e Realidade Aumentada na Preservação do Patrimônio Histórico

Ambientes de Realidade Virtual e Realidade Aumentada na Preservação do Patrimônio Histórico Ambientes de Realidade Virtual e Realidade Aumentada na Preservação do Patrimônio Histórico Marcelo Knörich Zuffo Roseli de Deus Lopes Laboratório de Sistemas Integráveis (LSI) Departamento de Engenharia

Leia mais

ORIENTADOR(ES): JEFFERSON ANTONIO RIBEIRO PASSERINI, MARIA BETÂNIA RICCI BOER

ORIENTADOR(ES): JEFFERSON ANTONIO RIBEIRO PASSERINI, MARIA BETÂNIA RICCI BOER Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: REALIDADE AUMENTADA APLICADA A PUBLICIDADE CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: ENGENHARIAS E TECNOLOGIAS

Leia mais

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT E s t u d o s o b r e a i n t e g r a ç ã o d e f e r r a m e n t a s d i g i t a i s n o c u r r í c u l o da d i s c i p l i n a d e E d u c a ç ã o V i s u a l e T e c n o l ó g i c a AnimatorDV M a

Leia mais

Universidade Agostinho Neto Faculdade de Ciências Departamento de Ciências da Computação

Universidade Agostinho Neto Faculdade de Ciências Departamento de Ciências da Computação Universidade Agostinho Neto Faculdade de Ciências Departamento de Ciências da Computação Nº 96080 - Adário de Assunção Fonseca Muatelembe Nº 96118 - Castelo Pedro dos Santos Nº 96170 - Feliciano José Pascoal

Leia mais

REALIDADE AUMENTADA 1. INTRODUÇÃO

REALIDADE AUMENTADA 1. INTRODUÇÃO REALIDADE AUMENTADA 1. INTRODUÇÃO A Realidade Aumentada (RA) (augmented reality) é uma tecnologia, que combina elementos do mundo real com elementos virtuais em 3D, permitindo a interactividade entre objectos

Leia mais

Palavras-chaves: Realidade Aumentada; Interação; Flaras; Mapa Tátil, Rota Acessível, Deficiência Visual.

Palavras-chaves: Realidade Aumentada; Interação; Flaras; Mapa Tátil, Rota Acessível, Deficiência Visual. 1 Uso de Realidade Aumentada em um Sistema de Interação Aplicado um Mapa Tátil Sonoro para Deficientes Visuais 1. WATAYA, Roberto Sussumu 2. d ABREU, João Vilhete Viegas 3. KIRNER, Claudio 4. BERNARDI,

Leia mais

EQUIPAMENTOS E SOFTWARES INTERATIVOS CONSTRUTORAS IMOBILIÁRIAS SHOPPING CENTERS

EQUIPAMENTOS E SOFTWARES INTERATIVOS CONSTRUTORAS IMOBILIÁRIAS SHOPPING CENTERS EQUIPAMENTOS E SOFTWARES INTERATIVOS CONSTRUTORAS IMOBILIÁRIAS SHOPPING CENTERS CLIENTES - CONSTRUÇÃO & SHOPPINGS EQUIPAMENTOS INTERATIVOS Os equipamentos interativos utilizados de forma correta e planejada

Leia mais

Decreto-Lei n.º 45942 Convenção para a cobrança de alimentos no estrangeiro, concluída em Nova Iorque em 20 de Junho de 1956

Decreto-Lei n.º 45942 Convenção para a cobrança de alimentos no estrangeiro, concluída em Nova Iorque em 20 de Junho de 1956 Decreto-Lei n.º 45942 Convenção para a cobrança de alimentos no estrangeiro, concluída em Nova Iorque em 20 de Junho de 1956 Usando da faculdade conferida pela 2.ª parte do n.º 2.º do artigo 109.º da Constituição,

Leia mais

Tarefa Orientada 6 Edição de Dados

Tarefa Orientada 6 Edição de Dados Tarefa Orientada 6 Edição de Dados Objectivos: Inserção de dados. Alteração de dados. Eliminação de dados. Definição de Listas de Pesquisa (Lookup Lists) O Sistema de Gestão de Bases de Dados MS Access

Leia mais

Realidade Aumentada Aplicada em Jogos Educacionais

Realidade Aumentada Aplicada em Jogos Educacionais Realidade Aumentada Aplicada em Jogos Educacionais Ezequiel Roberto Zorzal 1, Alexandre Cardoso 1, Claudio Kirner 2, Edgard Lamounier Júnior 1 1 Programa de Pós Graduação em Engenharia Elétrica - Universidade

Leia mais

Word IX. Inserir ClipArt. 1- Seleccione Inserir. 2- Escolha Imagem. 3- Escolha ClipArt. 4- Escolha Organizar Clips. 5- Escolha Colecções do Office.

Word IX. Inserir ClipArt. 1- Seleccione Inserir. 2- Escolha Imagem. 3- Escolha ClipArt. 4- Escolha Organizar Clips. 5- Escolha Colecções do Office. Word IX Título: Iniciação ao WORD 2003. Inserir e formatar imagem. Nível: 1 Duração: 2 Tempo Objectivo: Saber inserir imagem e formatar imagem Microsoft Word. Inserir ClipArt. 1- Seleccione Inserir. 2-

Leia mais

AUTORIZAÇÃO Nº ICP - 008/TVC

AUTORIZAÇÃO Nº ICP - 008/TVC AUTORIZAÇÃO Nº ICP - 008/TVC Por despacho do Secretário de Estado da Habitação de 12 de Maio de 1994, proferido nos termos do nº 2 do artigo 4º do Decreto-Lei nº 292/91, de 13 de Agosto, foi autorizada

Leia mais

Instituto de Educação

Instituto de Educação Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Mestrado em Educação e Formação Especialização: E-learning e Formação a Distância (Regime a Distância) 14 15 Edição Instituto

Leia mais

Uso de Realidade Aumentada em Ambientes Virtuais de Visualização de Dados

Uso de Realidade Aumentada em Ambientes Virtuais de Visualização de Dados Uso de Realidade Aumentada em Ambientes Virtuais de Visualização de Dados Claudio Kirner, Tereza G. Kirner, Nivaldi Calonego Júnior, Carolina V. Buk Programa de Pós Graduação em Ciência da Computação Faculdade

Leia mais

Guia de Imprimir/ Digitalizar Portátil para o Brother iprint&scan (ios)

Guia de Imprimir/ Digitalizar Portátil para o Brother iprint&scan (ios) Guia de Imprimir/ Digitalizar Portátil para o Brother iprint&scan (ios) Antes de utilizar o equipamento Brother Definições de notas Ao longo deste Manual do Utilizador, são utilizados os seguintes símbolos

Leia mais

Relatório. Projecto FEUP 2009/2010

Relatório. Projecto FEUP 2009/2010 Relatório Projecto FEUP 2009/2010 Equipa 410 Álvaro Eugénio Chaves da Silva Emanuel António Mendes de Brito João Frederico Pereira Correia José Pedro Romeira Ramada Maria Inês Ribeiro Guedes Paulo Xavier

Leia mais

New Directions in 3D User Interfaces

New Directions in 3D User Interfaces The international Journal of Virtual Reality, 2006 New Directions in 3D User Interfaces Doug A. Bowman, Jian Chen, Chadwick A. Wingrave, John Lucas, Andrew Ray, Nicholas F. Polys, Qing Li, Yonca Haciahmetoglu,

Leia mais

REALIDADE VIRTUAL. Tatiane Cruz de Souza Honório

REALIDADE VIRTUAL. Tatiane Cruz de Souza Honório REALIDADE VIRTUAL Tatiane Cruz de Souza Honório A ilusão vai ser tão grande que não seremos mais capazes de distinguir entre o que é real e o que não é. Steve Williams Sumário Introdução Tipos de Sistemas

Leia mais

Avaliação em Visualização de Dados: Introdução, alguns aspectos e exemplos

Avaliação em Visualização de Dados: Introdução, alguns aspectos e exemplos Universidade de Aveiro Departamento de Electrónica, Telecomunicações e Informática Avaliação em Visualização de Dados: Introdução, alguns aspectos e exemplos Beatriz Sousa Santos bss@ua.pt Universidade

Leia mais

LVR Laboratório Virtual de Redes

LVR Laboratório Virtual de Redes LVR Laboratório Virtual de Redes Protótipo para Auxílio ao Aprendizado em Disciplinas de Redes de Computadores 1. Introdução Os sistemas de RV permitem aos usuários imersão, envolvimento e interação em

Leia mais

Animação. Animação. Criação de imagens em movimento a partir de frames individuais

Animação. Animação. Criação de imagens em movimento a partir de frames individuais Criação de imagens em movimento a partir de frames individuais Em sentido literal: Dar vida P.ex. Produzir uma sequência de desenhos em papel nos quais a posição de personagens muda ligeiramente em cada

Leia mais

APLICAÇÕES MULTIMÍDIA AULA 3. aplicações 3D e Realidade Aumentada. professor Luciano Roberto Rocha. www.lrocha.com

APLICAÇÕES MULTIMÍDIA AULA 3. aplicações 3D e Realidade Aumentada. professor Luciano Roberto Rocha. www.lrocha.com APLICAÇÕES MULTIMÍDIA AULA 3 aplicações 3D e Realidade Aumentada professor Luciano Roberto Rocha www.lrocha.com Objetivos de aprendizagem Ao estudar esta unidade, você terá conhecimento para: Construir

Leia mais

PROTECÇÃO DE DADOS UM DIREITO FUNDAMENTAL Evolução na Europa Linhas Directrizes da OCDE(1973);

PROTECÇÃO DE DADOS UM DIREITO FUNDAMENTAL Evolução na Europa Linhas Directrizes da OCDE(1973); SAÚDE E PROTECÇÃO DE DADOS 19/1/2010 Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge PROTECÇÃO DE DADOS UM DIREITO FUNDAMENTAL Evolução na Europa Linhas Directrizes da OCDE(1973); Convenção 108 do Conselho

Leia mais

Criar um Aplicativo de Realidade Aumentada

Criar um Aplicativo de Realidade Aumentada Escola Superior de Educação de Santarém Criar um Aplicativo de Realidade Aumentada Exercício 2 Nuno Lopes Data 21 Maio 2013 26 Maio 2013 Passo 1: Criar um novo projeto 1- Dar o nome ao projeto de projeto_ra

Leia mais

Fundamentos de Realidade Aumentada

Fundamentos de Realidade Aumentada 20 Fundamentos e Tecnologia de Realidade Virtual e Aumentada Capítulo 2 Fundamentos de Realidade Aumentada Claudio Kirner e Romero Tori Abstract This chapter presents concepts about mixed reality, augmented

Leia mais

Bilhete 084/14. Bilhete 084/14 Santo André, 25 de novembro de 2014. Senhores Pais dos alunos da Educação Infantil.

Bilhete 084/14. Bilhete 084/14 Santo André, 25 de novembro de 2014. Senhores Pais dos alunos da Educação Infantil. Senhores Pais dos alunos da Educação Infantil. Senhores Pais dos alunos da Educação Infantil. Senhores Pais dos alunos do 1º ano. Senhores Pais dos alunos do 1º ano. Senhores Pais dos alunos da turma 1F8.

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular Empreendorismo Social e Empregabilidade Ano Lectivo 2010/2011

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular Empreendorismo Social e Empregabilidade Ano Lectivo 2010/2011 Programa da Unidade Curricular Empreendorismo Social e Empregabilidade Ano Lectivo 2010/2011 1. Unidade Orgânica Serviço Social (1º Ciclo) 2. Curso Serviço Social 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

MATRIZ DE EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

MATRIZ DE EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DISCIPLINA: BASES DE PROGRAMAÇÃO CÓDIGO - 104 PASCAL Utilizar as instruções básicas da linguagem Pascal; Aplicar estruturas de decisão na elaboração de programas; Desenvolver programas em Pascal de forma

Leia mais

Realidade Aumentada - ARToolKit. Lucas Silva Figueiredo Paulo Henrique M. Ferreira Judith Kelner

Realidade Aumentada - ARToolKit. Lucas Silva Figueiredo Paulo Henrique M. Ferreira Judith Kelner Realidade Aumentada - ARToolKit Lucas Silva Figueiredo Paulo Henrique M. Ferreira Judith Kelner Roteiro! Conceito de RA! ARToolKit! Histórico! Funcionamento! Calibração da Câmera! Arquitetura! Desenvolvimento!

Leia mais

Comunicado de imprensa

Comunicado de imprensa Comunicado de imprensa Canon apresenta a EOS 7D tecnologias inovadoras e design intuitivo definem uma nova experiência fotográfica Lisboa, 1 de Setembro de 2009: A Canon revela a câmara digital SLR EOS

Leia mais

AVALIAÇÃO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO E DESIGN MULTIMÉDIA. Gabinete da Qualidade Observatório da Qualidade Agosto 2008

AVALIAÇÃO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO E DESIGN MULTIMÉDIA. Gabinete da Qualidade Observatório da Qualidade Agosto 2008 AVALIAÇÃO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO E DESIGN MULTIMÉDIA Agosto 08 de Comunicação e Design Multimédia 08 ÍNDICE 1. Introdução 5 2. População e Amostra 5 3. Apresentação de Resultados 6 3.1. Opinião dos alunos

Leia mais

Introdução à Engenharia de Computadores e Telemática. Guião das Aulas Práticas

Introdução à Engenharia de Computadores e Telemática. Guião das Aulas Práticas Introdução à Engenharia de Computadores e Telemática Guião das Aulas Práticas Departamento de Eletrónica, Telecomunicações e Informática Universidade de Aveiro 20122013 Conteúdo 1 Introdução ao UNIX 3

Leia mais

Enquadramento e Conceitos Fundamentais

Enquadramento e Conceitos Fundamentais Licenciatura em Engenharia Informática e de Computadores Computação Gráfica Enquadramento e Conceitos Fundamentais Edward Angel, Cap. 1 Questão 9, exame de 29/06/11 [0.5v] Identifique e descreva os três

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Microsoft Word Folha

Leia mais

MÓDULO II UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA FORMAÇÃO ONLINE

MÓDULO II UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA FORMAÇÃO ONLINE MÓDULO II UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA FORMAÇÃO ONLINE Objectivos gerais do módulo No final do módulo, deverá estar apto a: Identificar um Sistema de Gestão da Formação Online; Analisar as diversas

Leia mais

Procedimento dos Défices Excessivos (2ª Notificação de 2014)

Procedimento dos Défices Excessivos (2ª Notificação de 2014) Procedimento dos Défices Excessivos 2ª Notificação 2014 30 de setembro de 2014 Procedimento dos Défices Excessivos (2ª Notificação de 2014) Nos termos dos Regulamentos da União Europeia, o INE envia hoje

Leia mais

Escola sede: Escola Secundária de S. Pedro do Sul Alunos Matriculados - 2015/2016

Escola sede: Escola Secundária de S. Pedro do Sul Alunos Matriculados - 2015/2016 13948 5 A 2.º Ciclo do Ensino Básico Ana Gabriela Pedro Fernandes Escola Básica n.º 2 de São Pedro do Sul 13933 5 A 2.º Ciclo do Ensino Básico Ana Júlia Capela Pinto Escola Básica n.º 2 de São Pedro do

Leia mais

V.2 Dispositivos de Interacção

V.2 Dispositivos de Interacção Melhor e Pior? V Documentação e Dispositivos V.2 Dispositivos de Interacção HCI, Cap.2 (pags. 59-97), Alan Dix V.2 Dispositivos de Interacção 2 Resumo Aula Anterior! Importância, características e guia

Leia mais

Visualização de Dados Arqueológicos: Um Exemplo de Utilização do Visualization Toolkit

Visualização de Dados Arqueológicos: Um Exemplo de Utilização do Visualization Toolkit Visualização de Dados Arqueológicos: Um Exemplo de Utilização do Visualization Toolkit Paulo Bernardes Unidade de Arqueologia, U. Minho Braga pbernardes@uaum.uminho.pt Joaquim Madeira DET / IEETA U. Aveiro

Leia mais

MFTPJ. Descrição Exposição de pintura, gravura e escultura de Luís Fernandes:

MFTPJ. Descrição Exposição de pintura, gravura e escultura de Luís Fernandes: Exposições Exposição temporária MFTPJ Título À Volta do Xisto : Inauguração a 1 de abril pelas 17:30 horas Encerramento a 24 de maio Exposição de pintura, gravura e escultura de Luís Fernandes: Afanosamente

Leia mais

Comissão de Orçamento e Finanças

Comissão de Orçamento e Finanças Apresentação à Comissão de Orçamento e Finanças 20 de Março de 2007 Fernando Nogueira Presidente do Instituto de Seguros de Portugal Sumário 1. A avaliação do FMI - FSAP 2. A evolução do mercado 3. Principais

Leia mais

VIRTUALIZAÇÃO DO MUSEU DO AUTOMÓVEL DE BRASÍLIA

VIRTUALIZAÇÃO DO MUSEU DO AUTOMÓVEL DE BRASÍLIA VIRTUALIZAÇÃO DO MUSEU DO AUTOMÓVEL DE BRASÍLIA Rafael R. Silva¹, João P. T. Lottermann¹, Mateus Rodrigues Miranda², Maria Alzira A. Nunes² e Rita de Cássia Silva² ¹UnB, Universidade de Brasília, Curso

Leia mais

Iniciação à Recolha de Dados Com TI-Nspire CX

Iniciação à Recolha de Dados Com TI-Nspire CX Iniciação à Recolha de Dados Com TI-Nspire CX Página 1 TI-Nspire CX O TI-Nspire CX é a nova unidade portátil da TI, ideal para estimular novas aprendizagens e incitar novas descobertas. Permite a visualização

Leia mais

Certificado de Presença em Evento no ISEP

Certificado de Presença em Evento no ISEP *** Adam Silva *** ***c527078fe56b04280dcae9cc3541593d73d82015c12f65f060135ed5*** *** Adulcínio Adulcínio Duarte Rodrigues *** ***09d09b00214962ffdfefa4e2473001b55ffba6c7bbdc74ef3063ec95*** *** Alberto

Leia mais

Quadros Interactivos Multimédia e Formação Contínua de Docentes. InterwriteBoard Guia de Iniciação

Quadros Interactivos Multimédia e Formação Contínua de Docentes. InterwriteBoard Guia de Iniciação Quadros Interactivos Multimédia e Formação Contínua de Docentes InterwriteBoard Guia de Iniciação A. Jorge Mesquita Maio, 2008 Conteúdo Introdução... 1 Antes de iniciar... 1 Caneta interactiva... 1 Interagir

Leia mais

Projeto Museu Virtual: Criação de Ambientes Virtuais com Recursos e Técnicas de Realidade Virtual

Projeto Museu Virtual: Criação de Ambientes Virtuais com Recursos e Técnicas de Realidade Virtual Projeto Museu Virtual: Criação de Ambientes Virtuais com Recursos e Técnicas de Realidade Virtual Cristina Jasbinschek Haguenauer 1,2 Gerson Gomes Cunha 2 Francisco Cordeiro Filho 1 Marcos Coutinho Monnerat

Leia mais

Calendário de Provas Parciais (Nacionais) - P2

Calendário de Provas Parciais (Nacionais) - P2 Disciplinas 1º, 2, 3, 4º, 5º, 6º, 7º e 8º Realização Entrada ADM02001 COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL 1º ADM02011 MICROECONOMIA 3º ADM02024 ADMINISTRAÇÃO MERCAOLOGICA II 5º 18:00 às 20:00 04/JUN/2013 3ª Feira

Leia mais

Sistema Solar com Realidade Aumentada

Sistema Solar com Realidade Aumentada Sistema Solar com Realidade Aumentada Eduardo S. Okawa, Claudio Kirner, Tereza G. Kirner ICE / DMC / UNIFEI - Universidade Federal de Itajubá dudu.unifei@gmail.com, ckirner@gmail.com, tgkirner@gmail.com

Leia mais

Instalação e Manutenção de Microcomputadores

Instalação e Manutenção de Microcomputadores Instalação e Manutenção de Microcomputadores Conceitos básicos Técnicas de implantação de páginas na Web Criação de páginas Programa de edição Web: FrontPage Programa de animação gráfica Web: Flash Programa

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CONTABILIDADE FINANCEIRA Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CONTABILIDADE FINANCEIRA Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular CONTABILIDADE FINANCEIRA Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Economia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

V.2 Dispositivos de Interacção

V.2 Dispositivos de Interacção Melhor e Pior? V.2 DISPOSITIVOS DE INTERACÇÃO HCI, Cap.2 (pags. 59-97) Alan Dix 2 Resumo Aula Anterior Sumário o Importância, características e guia de estilos dos manuais o Manuais convencionais o Princípios

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Folha de trabalho

Leia mais

GereComSaber. Desenvolvimento de Sistemas de Software. Universidade do Minho Conselho de Cursos de Engenharia Licenciatura em Engenharia Informática

GereComSaber. Desenvolvimento de Sistemas de Software. Universidade do Minho Conselho de Cursos de Engenharia Licenciatura em Engenharia Informática Universidade do Minho Conselho de Cursos de Engenharia Licenciatura em Engenharia Informática Desenvolvimento de Sistemas de Software Ano Lectivo de 2009/10 GereComSaber Ana Duarte, André Guedes, Eduardo

Leia mais

Departamento de Informática

Departamento de Informática Departamento de Informática Licenciatura em Engenharia Informática Sistemas Distribuídos 1ª chamada, 9 de Janeiro de 2009 1º Semestre, 2009/2010 NOTAS: Leia com atenção cada questão antes de responder.

Leia mais

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT E s t u d o s o b r e a i n t e g r a ç ã o d e f e r r a m e n t a s d i g i t a i s n o c u r r í c u l o d a d i s c i p l i n a d e E d u c a ç ã o V i s u a l e T e c n o l ó g i c a Cloud canvas

Leia mais

Uma ferramenta de realidade aumentada usando dispositivo móvel com sistema operacional Android

Uma ferramenta de realidade aumentada usando dispositivo móvel com sistema operacional Android Uma ferramenta de realidade aumentada usando dispositivo móvel com sistema operacional Android Douglas Samuel Rovadosky 1 Willingthon Pavan 2 Jaqson Dalbosco 2 Cristiano Roberto Cervi 2 Resumo: Este trabalho

Leia mais

Sessão de apresentação do Concurso de Ideias do FISTA 2016

Sessão de apresentação do Concurso de Ideias do FISTA 2016 Sessão de apresentação do Concurso de Ideias do FISTA 2016 2 e 3 de Março de 2016 http://fista.iscte-iul.pt/ outline Sessão de apresentação (10h às 12h) Introdução Apresentação do projecto vencedor do

Leia mais

APRESENTAÇÃO DAS AÇÕES DESENVOLVIDAS E ÍNDICES DE DESEMPENHO ESCOLAS ESTADUAIS. Município: Araguaína TO Regional: Araguaína - TO

APRESENTAÇÃO DAS AÇÕES DESENVOLVIDAS E ÍNDICES DE DESEMPENHO ESCOLAS ESTADUAIS. Município: Araguaína TO Regional: Araguaína - TO APRESENTAÇÃO DAS AÇÕES DESENVOLVIDAS E ÍNDICES DE DESEMPENHO ESCOLAS ESTADUAIS Município: Araguaína TO Regional: Araguaína - TO SE LIGA E ACELERA OBJETIVOS, PÚBLICO ALVO E DADOS ESTATÍSTICOS Se Liga -

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO: - AMBIENTE - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO. Mestrado de Ambiente, Saúde e Segurança (III Edição)

SISTEMAS DE GESTÃO: - AMBIENTE - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO. Mestrado de Ambiente, Saúde e Segurança (III Edição) SISTEMAS DE GESTÃO: - AMBIENTE - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO Mestrado de Ambiente, Saúde e Segurança (III Edição) Implementação do SGA e do SGSST ao nível das grandes empresas da R.A.A. Mestranda Cristina

Leia mais

USP. Case Cisco CLIENTE SEGMENTO DESAFIOS SOLUÇÕES RESULTADOS CASES DE EDUCAÇÃO

USP. Case Cisco CLIENTE SEGMENTO DESAFIOS SOLUÇÕES RESULTADOS CASES DE EDUCAÇÃO CASES DE EDUCAÇÃO Case Cisco USP CLIENTE - Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, Brasil. - Cerca de 60 mil alunos de graduação e 30 mil em mestrado e doutorado. - 6.000 docentes. - 17.450 funcionários.

Leia mais

PROPOSTA PARA APLICAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA EM REALIDADE VIRTUAL

PROPOSTA PARA APLICAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA EM REALIDADE VIRTUAL PROPOSTA PARA APLICAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA EM REALIDADE VIRTUAL Cássio David Borralho Pinheiro cassio@stm.ufpa.br cdbpinheiro@zipmail.com.br Universidade Federal do Pará - Campus de Santarém Resumo.

Leia mais

Gestão de Informação Digital

Gestão de Informação Digital Gestão de Informação Digital Op6mização de recursos em processos de digitalização Miguel Pacheco Universidade de Coimbra/Redinteg Sumário Digitalização como processo Digitalização como sistema Projecto

Leia mais

APLICAÇÕES INTERATIVAS EDUCATIVAS UTILIZANDO REALIDADE VIRTUAL E AUMENTADA

APLICAÇÕES INTERATIVAS EDUCATIVAS UTILIZANDO REALIDADE VIRTUAL E AUMENTADA Revista F@pciência, Apucarana-PR, ISSN 1984-2333, v.4, n. 7, p. 61 69, 2009. 61 APLICAÇÕES INTERATIVAS EDUCATIVAS UTILIZANDO REALIDADE VIRTUAL E AUMENTADA Aluna. Aryanne Consolaro (FAP) Aluno. Márcio de

Leia mais

PLANIFICAÇÃO MODULAR

PLANIFICAÇÃO MODULAR Direção Regional de Educação Centro AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MIRA ESCOLA SECUNDÁRIA/3º DR.ª M.ª CÂNDIDA ENSINO PROFISSIONAL DE NÍVEL SECUNDÁRIO POR MÓDULOS Curso Profissional em funcionamento no âmbito

Leia mais

POR MUITAS VOLTAS QUE A VIDA DÊ, ESTAMOS SEMPRE AO SEU LADO.

POR MUITAS VOLTAS QUE A VIDA DÊ, ESTAMOS SEMPRE AO SEU LADO. INSTITUTO POLITÉCNICO DE VIANA DO CASTELO 24 A 26 OUTUBRO 2012 Tal como o sol se põe para no dia seguinte se erguer, também as más notícias são sucedidas pelas boas, numa sequência que não termina. É por

Leia mais

Plano de Actividades 2010

Plano de Actividades 2010 Plano de Actividades Amigos dos Açores Associação Ecológica Dezembro de 2009 Plano de Actividades 2010 Título Amigos dos Açores Associação Ecológica Autoria Avenida da Paz, 14, 9600-053 Pico da Pedra +351

Leia mais

INICIAÇÃO Revista Eletrônica de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística

INICIAÇÃO Revista Eletrônica de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística HOLOFACE Programação de Simulação de Interfaces Interativas Aluno: Leandro Santos Castilho 1 Orientador: Romero Tori 2 Linha de Pesquisa: Ambientes Interativos Projeto: Livro 3D Resumo Os conceitos de

Leia mais

Porto, 2 de Novembro de 2001

Porto, 2 de Novembro de 2001 Macmoda Personator Porto, 2 de Novembro de 2001 Agenda O e-commerce está na Moda? Opinião de Clientes Projecto Fashion Me O Personator Loja Virtual Macmoda O e-commerce está na Moda? O mercado está em

Leia mais

O QUE 2009 TROUXE DE NOVO

O QUE 2009 TROUXE DE NOVO 2009 em resumo JANEIRO 2010 O QUE 2009 TROUXE DE NOVO Nos últimos anos, o direito societário tem sido objecto de grandes e importantes reformas legislativas, algumas das quais destinadas à simplificação

Leia mais

Esta tarefa pretende desenvolver nos alunos algumas competências ao nível dos temas indicados, da comunicação matemática e do trabalho de grupo.

Esta tarefa pretende desenvolver nos alunos algumas competências ao nível dos temas indicados, da comunicação matemática e do trabalho de grupo. TAREFA: Projecto: Instrumentos de Medida Actividade desenvolvida pela Escola Básica 2,3 de Nery Capucho. ENQUADRAMENTO CURRICULAR: Alunos do 3º ciclo Área Temática: Números e Operações. Unidades de Medida.

Leia mais

Objectivos. Aplicação de tecnologias com vista à revitalização turística do património histórico-cultural. Escola Superior de Turismo e Hotelaria

Objectivos. Aplicação de tecnologias com vista à revitalização turística do património histórico-cultural. Escola Superior de Turismo e Hotelaria Aplicação de tecnologias com vista à revitalização turística do património histórico-cultural Adélia Godinho César Faria Manuel Salgado Escola Superior de Turismo e Hotelaria Objectivos Estrutura 1. Património

Leia mais

Aplicações e Tendências da Realidade Aumentada no Desenvolvimento de Produtos

Aplicações e Tendências da Realidade Aumentada no Desenvolvimento de Produtos Aplicações e Tendências da Realidade Aumentada no Desenvolvimento de Produtos Fernanda Gomes Faust a (fernandagfaust@gmail.com); Giorgia Amir Longo Roepke a (giorgiaroepke@gmail.com);tiago Catecati a (tcatecati@gmail.com);

Leia mais

Arranque do FrontOffice

Arranque do FrontOffice TOUCH Arranque do FrontOffice O FrontOffice Touch-Screen do Gespos permite-nos criar várias páginas com uma grande variedade de botões. Esses botões poderão ser usados para chamar artigos e funções. O

Leia mais

este ficheiro é meramente indicativo devendo ser consultadas as pautas das turmas afixadas nas escolas do agrupamento

este ficheiro é meramente indicativo devendo ser consultadas as pautas das turmas afixadas nas escolas do agrupamento Afixada em : / / 1º Ciclo do Ensino Básico Diretor(a) (assinatura com selo branco ou carimbo) Nº Nome do Aluno Ano 150824 - Agrupamento de Escolas de Alpendorada Escola Básica de Serrinha Pauta de Avaliação

Leia mais

Um Modelo Matemático de Gestão de Recursos Humanos

Um Modelo Matemático de Gestão de Recursos Humanos 30 Um Modelo Matemático de Gestão de Recursos Humanos JORGE SANTOS Departamento de Matemática, Escola Superior de Tecnologia de Viseu 1. Introdução O material que aqui publicamos foi resultado de várias

Leia mais

Criação de Filmes em Windows Movie Maker Nível B3

Criação de Filmes em Windows Movie Maker Nível B3 Ficha de Trabalho nº 1 Objectivos: Ambiente de trabalho Criar um novo projecto Inserir um Vídeo, uma Fotografia, uma Música Inserir um Título, uma Legenda ou uma Ficha Técnica Inserir uma Animação ou Efeito

Leia mais

Classificação::Modelo de implantação

Classificação::Modelo de implantação Classificação::Modelo de implantação Modelo de implantação::privado Operada unicamente por uma organização; A infra-estrutura de nuvem é utilizada exclusivamente por uma organização: Nuvem local ou remota;

Leia mais

ACTIVIDADE LABORATORIAL 1.1 FÍSICA 11º ANO

ACTIVIDADE LABORATORIAL 1.1 FÍSICA 11º ANO Página 1 de 6 ACTIVIDADE LABORATORIAL 1.1 FÍSICA 11º ANO DOIS ATLETAS COM MASSAS DIFERENTES, EM QUEDA LIVRE, EXPERIMENTAM OU NÃO A MESMA ACELERAÇÃO? O que se pretende 1. Distinguir força, velocidade e

Leia mais

A UTILIZAÇÃO DA REALIDADE AUMENTADA EM ATIVIDADES PRÁTICAS/COMPLEMENTARES COMO MOTIVAÇÃO PARA ALUNOS DA EDUCAÇÃO BÁSICA. Brasília DF Maio 2010

A UTILIZAÇÃO DA REALIDADE AUMENTADA EM ATIVIDADES PRÁTICAS/COMPLEMENTARES COMO MOTIVAÇÃO PARA ALUNOS DA EDUCAÇÃO BÁSICA. Brasília DF Maio 2010 1 A UTILIZAÇÃO DA REALIDADE AUMENTADA EM ATIVIDADES PRÁTICAS/COMPLEMENTARES COMO MOTIVAÇÃO PARA ALUNOS DA EDUCAÇÃO BÁSICA Brasília DF Maio 2010 Daniela Zinn S. Gonçalves - NT Educação - daniela.goncalves@grupont.com.br

Leia mais

Gaia Global conceitos e diferenciação

Gaia Global conceitos e diferenciação Gaia Global conceitos e diferenciação Luís Borges Gouveia 14 de Maio de 2003 Conceito de cidade digital uma cidade que esteja a ser transformada ou reordenada com recurso à tecnologia e ao digital uma

Leia mais