Painel Alt+F1 K, Caixa Mágica, Configurações Editor de Menus

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Painel Alt+F1 K, Caixa Mágica, Configurações Editor de Menus"

Transcrição

1 1 Apresentação Todos os programas podem ser executados através do menu de aplicações, menu K (Figura 1.41) O menu K é o principal menu do KDE, podendo ser activado clicando-se sobre o K, no Painel, ou usandose as teclas de atalho Alt+F1 Pode-se adicionar ou remover itens do menu K seleccionando, no menu K, Caixa Mágica, Configurações, a opção Editor de Menus (Figura 1.42)

2 Apresentação Fig Janela Editor de Menu Fig Menu K 2

3 3 Apresentação Ao clicar-se com o botão central ou o botão direito do rato na área de trabalho, tem-se acesso a diferentes menus Através do botão central temos acesso a um menu com as aplicações que estão a ser executadas nos vários Ecrãs Virtuais (Figura 1.43) Através do botão direito do rato temos acesso a um menu de contexto, com comandos específicos relativos à área onde está o cursor do rato nesse momento (Figura 1.44)

4 4 Apresentação Fig Menu obtido através Do botão central do rato Fig Menu de contexto obtido Através do botão direito do rato

5 5 Apresentação Salientamos, no entanto, que os botões do rato podem ser configurados de forma a poderem executar operações diferentes daquelas que estão predefinidas Utilizando o Centro de Controlo, pode-se configurar o funcionamento dos botões do rato no item Ambiente de Trabalho, opção Comportamento

6 Configuração do Ambiente de Trabalho 6

7 7 Configuração do Ambiente de Trabalho A configuração do Ambiente de Trabalho é efectuada através da aplicação Centro de Controlo do KDE Aqui, podem alterar-se aspectos relacionados com a Barra de Tarefas, Ecrãs Múltiplos, Painéis, etc. Para configurar o Ambiente de Trabalho, selecciona-se, no menu K, Caixa Mágica, Configurações, a opção Centro de Controlo Dentro do separador Índice, no item Ambiente de Trabalho da janela do Centro de Controlo, podemos reduzir ou aumentar o tamanho do Painel, alterar a aparência da área de trabalho, configurar o menu K e a Barra de Tarefas (Figura 1.45)

8 8 Configuração do Ambiente de Trabalho Fig Janela Painéis Centro de Controlo

9 Temas 9

10 10 Temas O Linux Caixa Mágica tem um conjunto de configurações já predefinidas e que se designam por Temas Para alterar o Tema, selecciona-se, no Centro de Controlo, Aparências e Temas, a opção Gestor de Temas (Figura 1.46) Dentro do separador Índice, no item Aparências e Temas, podemos ainda seleccionar outras configurações, como Decoração das janelas, Fundo do Ecrã, Protector de Ecrã, etc.

11 11 Temas Fig Janela Gestor de Temas Centro de Controlo

12 4.4.2 Ecrãs Virtuais 12

13 Ecrãs Virtuais Por defeito, o Linux Caixa Mágica disponibiliza quatro Ecrãs Virtuais (Figura 1.47), podendo este número ser aumentado até dezasseis Os Ecrãs Virtuais funcionam de forma independente entre si, permitindo executar diferentes aplicações em simultâneo e configurar cada ambiente de trabalho de forma diferente Para alternar entre os Ecrãs Virtuais, clica-se nos ícones situados no Painel Fig Ícones dos Ecrãs Virtuais apresentados no Painel 13

14 Ecrãs Virtuais Para acrescentar novos Ecrãs Virtuais, clica-se com o botão direito do rato sobre um dos ícones dos Ecrãs Virtuais e, no menu de contexto (Figura 1.48), selecciona-se Configurar os Ecrãs Virtuais, surgindo a janela Ecrãs Múltiplos Módulo de Controlo do KDE (Figura 1.49) Em Número de ecrãs podemos alterar o número de ecrãs virtuais e em Nome do ecrã podemos alterar o respectivo nome Fig Menu de contexto Ecrãs Virtuais Fig Janela Ecrãs Múltiplos - Módulo de Controlo do KDE 14

15 5. Configuração em X Window 15

16 16 Configuração em X Window No sistema operativo Linux Caixa Mágica encontram-se as aplicações xlucas, Centro de Controlo e outras, que permitem configurar desde o sistema até ao ambiente de trabalho As funcionalidades de configuração destas aplicações complementam-se, permitindo ao utilizador diversas abordagens relativamente à configuração do funcionamento do sistema

17 17 xlucas O xlucas é um utilitário de configuração e administração de sistema e apenas é executado quando o utilizador é o root ou o superutilizador Para alterar as configurações utilizando o xlucas, no Painel, clica-se no ícone xlucas e surge a janela xlucas (Figura 1.50) Através de cada um dos ícones apresentados na janela xlucas podem efectuar-se alterações ao nível das configurações de hardware e administração do sistema

18 18 xlucas Fig Janela xlucas

19 19 Centro de Controlo O Centro de Controlo tem a finalidade de configurar, nomeadamente, o gestor de janelas KDE, permitindo configurar os vários itens sem a interferência do superutilizador Para alterar as configurações utilizando o Centro de Controlo, seleccionase, no menu K, Caixa Mágica, a opção Configurações e surge a janela Centro de Controlo (Figura 1.51) No Centro de Controlo podem efectuar-se alterações nas configurações ao nível da Administração do Sistema, Alimentação do computador, Ambiente de Trabalho, Aparências e Temas, Componentes do KDE, Internet e Rede, Periféricos, Regional e Acessibilidade, Segurança e Privacidade, Som e Multimédia

20 Centro de Controlo 20

21 21 Centro de Controlo Para auxiliar a tarefa de configuração avançada do XFree86, é utilizado o KXConfig, que procura detectar e configurar todo o hardware gráfico do sistema Para ter acesso ao KXConfig, selecciona-se, no Centro de Controlo, o item Periféricos, opção Ecrã (Figura 1.52) No entanto, o acesso só é possível como superutilizador Através da janela Configuração do XFree86 é possível configurar o seguinte hardware: Placa Gráfica, Monitor, Teclado, Rato, etc

22 22 Centro de Controlo Fig Janela Configuração do XFree86 (KXConfig)

23 5.1. Configuração de periféricos 23

24 Configuração de periféricos Neste ponto vai ser apresentado um resumo da configuração de alguns periféricos, utilizando o xlucas, Centro de Controlo ou outras aplicações Teclado No xlucas, esta caixa de diálogo permite seleccionar o esquema de caracteres do Teclado (Figura 1.53) Fig Caixa de diálogo da Configuração do Teclado 24

25 25 Configuração de periféricos Rato No xlucas, esta caixa de dialogo permite seleccionar, a partir de uma lista, o tipo de Rato (Figura 1.54) Fig Caixa de diálogo da Configuração do Rato

26 26 Configuração de periféricos Monitor No xlucas, esta caixa de diálogo permite seleccionar, a partir das listas, o Monitor (Figura 1.55) Fig Caixa de diálogo da Configuração do Monitor

27 27 Configuração de periféricos Placa gráfica No xlucas, esta caixa de diálogo permite seleccionar, a partir das listas, a Placa Gráfica (Figura 1.56) Fig Caixa de diálogo da Configuração da Placa Gráfica

28 28 Configuração de periféricos Impressora No xlucas, esta caixa de diálogo permite adicionar ou remover impressoras ligadas ao sistema (Figura 1.57) Fig Caixa de diálogo da Configuração da Impressora

29 29 Configuração de periféricos Unidades de memória amovíveis As unidades de memória amovíveis são automaticamente detectadas pelo Linux, e podem ser configurados com a aplicação KwikDisk (Figura 1.58) Fig Caixa de diálogo da configuração das unidades

30 Configuração de periféricos Máquinas digitais A configuração de máquinas digitais é definida no Centro de Controlo, separador Índice, item Periféricos, opção Câmara Digital (Figura 1.59) Fig Janela Câmara Digital Centro de Controlo 30

31 31 Configuração de periféricos Placa de rede No xlucas, esta caixa de diálogo permite configurar a Placa de Rede (Figura 1.60) Fig Caixa de diálogo da configuração da Rede

32 32 Configuração de periféricos Modem No xlucas, esta caixa de diálogo permite seleccionar a porta de ligação ao Modem (Figura 1.61) Fig Caixa de diálogo da Configuração do Modem

5.2. Outras configurações. 5.2.1. Gestão de utilizadores

5.2. Outras configurações. 5.2.1. Gestão de utilizadores 5.2. Outras configurações 5.2.1. Gestão de utilizadores 1 Gestão de utilizadores O Linux é um sistema multiutilizador, sendo necessário que cada utilizador tenha a sua conta com privilégios definidos pelo

Leia mais

Ambiente de trabalho. Configurações. Acessórios

Ambiente de trabalho. Configurações. Acessórios Ambiente de trabalho Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique com o exterior. Actualmente, o Windows é

Leia mais

4.2.5. Os meus documentos

4.2.5. Os meus documentos 4.2.5. Os meus documentos 1 Os meus documentos Windows XP Os meus documentos Linux Caixa Mágica A minha Área (Home) Fig 1.26 Ícone A Minha Área (Home) do ambiente de trabalho do KDE Fig. 1.25 Ecrã do ambiente

Leia mais

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Ambiente Gráfico Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e que comunique com o exterior. Actualmente o Windows é

Leia mais

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Configuração do computador com o sistema operativo de interface gráfico O Windows permite configurar o computador de várias maneiras, quer através do Painel de controlo

Leia mais

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo Conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique com o exterior; Windows: sistema operativo mais utilizado nos

Leia mais

7. Gestão de ficheiros em X Window. 7.1. O Konqueror

7. Gestão de ficheiros em X Window. 7.1. O Konqueror 7. Gestão de ficheiros em X Window 7.1. O Konqueror 1 O Konqueror O ambiente gráfico KDE do Linux possuí um programa, denominado Konqueror (Figura 1.95), que além de ser um navegador Web, é também um gestor

Leia mais

2. Utilitários de sistema para ambiente Windows. 2.1. Ferramentas de gestão de ficheiros

2. Utilitários de sistema para ambiente Windows. 2.1. Ferramentas de gestão de ficheiros 2. Utilitários de sistema para ambiente Windows 2.1. Ferramentas de gestão de Os compressores de são programas com capacidade para comprimir ou pastas, tornando-as mais magras, ou seja, ocupando menos

Leia mais

Seu manual do usuário EPSON LQ-630 http://pt.yourpdfguides.com/dref/1120693

Seu manual do usuário EPSON LQ-630 http://pt.yourpdfguides.com/dref/1120693 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no manual do usuário (informação,

Leia mais

Apontamentos do livro de AI Linux. 1.5 Modo texto e modo gráfico

Apontamentos do livro de AI Linux. 1.5 Modo texto e modo gráfico Apontamentos do livro de AI Linux 1.5 Modo texto e modo gráfico 1 Modo texto e modo gráfico O sistema operativo Linux possui duas formas de acesso: modo texto e modo gráfico No modo gráfico, o utilizador

Leia mais

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ESTRUTURA DE UMA PÁGINA TIC 10 A estrutura de uma página é importante, pelo que, antes de passarmos à criação de uma página ou sítio, devemos ter o storyboard (esquema

Leia mais

Software da Impressora

Software da Impressora Software da Impressora Acerca do Software da Impressora O software Epson inclui o controlador de impressão e o EPSON Status Monitor 3. O controlador de impressão é um software que permite controlar a impressora

Leia mais

Os elementos básicos do Word

Os elementos básicos do Word Os elementos básicos do Word 1 Barra de Menus: Permite aceder aos diferentes menus. Barra de ferramentas-padrão As ferramentas de acesso a Ficheiros: Ficheiro novo, Abertura de um documento existente e

Leia mais

WINDOWS. O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador.

WINDOWS. O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador. WINDOWS O AMBIENTE DE TRABALHO DO WINDOWS O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador. Um computador que tenha o Windows instalado, quando arranca, entra directamente

Leia mais

MICROSOFT WINDOWS XP Sistema Operativo

MICROSOFT WINDOWS XP Sistema Operativo MICROSOFT WINDOWS XP Sistema Operativo Índice 1. O que é o Windows XP 1 2. Para que serve o Windows XP 1 3. O Ambiente de Trabalho 2 4. Menu Iniciar 3 5. Janelas 4 6. Vistas 5 7. Iniciar 10 8. Encerrar

Leia mais

Migrar para o Access 2010

Migrar para o Access 2010 Neste Guia Microsoft O aspecto do Microsoft Access 2010 é muito diferente do Access 2003, pelo que este guia foi criado para ajudar a minimizar a curva de aprendizagem. Continue a ler para conhecer as

Leia mais

Utilizar Serviços web para digitalização na rede (Windows Vista SP2 ou superior, Windows 7 e Windows 8)

Utilizar Serviços web para digitalização na rede (Windows Vista SP2 ou superior, Windows 7 e Windows 8) Utilizar Serviços web para digitalização na rede (Windows Vista SP2 ou superior, Windows 7 e Windows 8) O protocolo de Serviços web permite que os utilizadores de Windows Vista (SP2 ou superior), Windows

Leia mais

Conceitos importantes

Conceitos importantes Conceitos importantes Informática Informação + Automática Tratamento ou processamento da informação, utilizando meios automáticos. Computador (Provem da palavra latina: computare, que significa contar)

Leia mais

15.4.2b Laboratório: Partilha de uma Pasta, de uma Impressora e Configuração de Permissões de Partilha

15.4.2b Laboratório: Partilha de uma Pasta, de uma Impressora e Configuração de Permissões de Partilha 15.4.2b Laboratório: Partilha de uma Pasta, de uma Impressora e Configuração de Permissões de Partilha Introdução Imprima e complete este laboratório. Neste laboratório, criará e partilhará uma pasta,

Leia mais

Microsoft PowerPoint 2003

Microsoft PowerPoint 2003 Página 1 de 36 Índice Conteúdo Nº de página Introdução 3 Área de Trabalho 5 Criando uma nova apresentação 7 Guardar Apresentação 8 Inserir Diapositivos 10 Fechar Apresentação 12 Abrindo Documentos 13 Configurar

Leia mais

6.2. Programas para utilização dos serviços da Internet

6.2. Programas para utilização dos serviços da Internet 6.2. Programas para utilização dos serviços da Internet 1 Programas para utilização dos serviços da Internet A Internet proporciona aos utilizadores um conjunto de serviços Para que eles os possam utilizar,

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Noções Básicas de Informática Componentes de hardware Monitor : permite visualizar informação na forma de imagem ou vídeo; todo o trabalho desenvolvido com o computador pode ser

Leia mais

PROGRAMAÇÃO Microsoft WINDOWS XP

PROGRAMAÇÃO Microsoft WINDOWS XP Mais que um Sistema Operativo, o MS-Windows é um ambiente de trabalho que simula no ecrã o trabalho diário sobre uma secretária. A ideia base do MS-Windows foi a de esconder a organização do MS-DOS e apresentar

Leia mais

Tarefa Orientada 1 A interface do Powerpoint

Tarefa Orientada 1 A interface do Powerpoint Tarefa Orientada 1 A interface do Powerpoint Nesta tarefa é proposta a realização de um conjunto de actividades que têm como finalidade a familiarização com o programa e adquirir alguma destreza na sua

Leia mais

O AMBIENTE DE TRABALHO DO WINDOWS

O AMBIENTE DE TRABALHO DO WINDOWS O AMBIENTE DE TRABALHO DO WINDOWS O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador. Um computador que tenha o Windows instalado, quando arranca, entra directamente

Leia mais

No final desta sessão o formando deverá ser capaz de trabalhar com imagens no Word, oriundas do ClipArt.

No final desta sessão o formando deverá ser capaz de trabalhar com imagens no Word, oriundas do ClipArt. Sessão nº 9 Trabalhar com imagens do ClipArt Objectivos: No final desta sessão o formando deverá ser capaz de trabalhar com imagens no Word, oriundas do ClipArt. Trabalhar com imagens do ClipArt Além do

Leia mais

Guia rápido de utilização da Caixa Mágica

Guia rápido de utilização da Caixa Mágica Guia rápido de utilização da Caixa Mágica Este Guia especialmente dirigido a iniciados em Linux pretende ajudá-lo no arranque da utilização do mesmo. Se deparar com problemas ao executar os passos aqui

Leia mais

Migrar para o Excel 2010

Migrar para o Excel 2010 Neste Guia Microsoft O aspecto do Microsoft Excel 2010 é muito diferente do Excel 2003, pelo que este guia foi criado para ajudar a minimizar a curva de aprendizagem. Continue a ler para conhecer as partes

Leia mais

O Manual do Editor de Menus do KDE. Milos Prudek Anne-Marie Mahfouf Lauri Watts Tradução: José Pires

O Manual do Editor de Menus do KDE. Milos Prudek Anne-Marie Mahfouf Lauri Watts Tradução: José Pires O Manual do Editor de Menus do KDE Milos Prudek Anne-Marie Mahfouf Lauri Watts Tradução: José Pires 2 Conteúdo 1 Introdução 5 2 Adicionar um Item do Menu 6 3 Usar o KMenuEdit 10 3.1 Página Geral.........................................

Leia mais

FIGURA. 2.2 ECRÃ DE TRABALHO

FIGURA. 2.2 ECRÃ DE TRABALHO Noções Básicas FIGURA. 2.2 ECRÃ DE TRABALHO 2.2.1 Painel de Tarefas (Task Pane) O painel de tarefas constitui a grande novidade do ecrã de trabalho desta nova versão do Word. Para utilizadores menos experientes,

Leia mais

Organização do Curso. Instalação e Configuração. Módulo II. Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores

Organização do Curso. Instalação e Configuração. Módulo II. Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores 1 Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Prof.: Nelson Monnerat Instalação e Configuração 1 Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Módulo

Leia mais

Manual do Nero ControlCenter

Manual do Nero ControlCenter Manual do Nero ControlCenter Nero AG Informações sobre direitos de autor e marcas O manual do Nero ControlCenter e todo o seu conteúdo estão protegidos pelos direitos de autor e são propriedade da Nero

Leia mais

O computador. Sistema Operacional

O computador. Sistema Operacional O computador O computador é uma máquina desenvolvida para facilitar a vida do ser humano, principalmente nos trabalhos do dia-a-dia. É composto basicamente por duas partes o hardware e o software. Uma

Leia mais

Ministério Público. Guia de Consulta Rápida

Ministério Público. Guia de Consulta Rápida Ministério Público Ministério Público Guia de Consulta Rápida Versão 3 (Outubro de 2009) - 1 - ÍNDICE 1. ACEDER AO CITIUS MINISTÉRIO PÚBLICO... 4 2. BARRA DE TAREFAS:... 4 3. CONFIGURAR O PERFIL DO UTILIZADOR...

Leia mais

SIMULADO Windows 7 Parte I

SIMULADO Windows 7 Parte I SIMULADO Windows 7 Parte I 1) Qual das seguintes definições melhor qualifica o Windows? (a) Um software para criação de planilhas eletrônicas (b) Um sistema operacional que faz a interface entre o usuário

Leia mais

Manipulação de Células, linhas e Colunas

Manipulação de Células, linhas e Colunas Manipulação de Células, linhas e Colunas Seleccionar células Uma vez introduzidos os dados numa folha de cálculo, podemos querer efectuar alterações em relação a esses dados, como, por exemplo: apagar,

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Folha de trabalho

Leia mais

PROJETO INFORMÁTICA NA ESCOLA

PROJETO INFORMÁTICA NA ESCOLA EE Odilon Leite Ferraz PROJETO INFORMÁTICA NA ESCOLA AULA 1 APRESENTAÇÃO E INICIAÇÃO COM WINDOWS VISTA APRESENTAÇÃO E INICIAÇÃO COM WINDOWS VISTA Apresentação dos Estagiários Apresentação do Programa Acessa

Leia mais

Menú Iniciar -> Programas -> Internet Explorer Entre no site da uarte: http://www.uarte.mct.pt/ajuda/manuais/

Menú Iniciar -> Programas -> Internet Explorer Entre no site da uarte: http://www.uarte.mct.pt/ajuda/manuais/ Crie uma pasta (0) no ambiente de trabalho com o seu nome. Inicie o Internet Explorer através do: W O R K S H O P Menú Iniciar -> Programas -> Internet Explorer Entre no site da uarte: http://www.uarte.mct.pt/ajuda/manuais/

Leia mais

Referencial do Módulo B

Referencial do Módulo B 1 Referencial do Módulo B Liga, desliga e reinicia correctamente o computador e periféricos, designadamente um scanner; Usa o rato: aponta, clica, duplo-clique, selecciona e arrasta; Reconhece os ícones

Leia mais

Gestor de Janelas Gnome

Gestor de Janelas Gnome 6 3 5 Gestor de Janelas Gnome Nesta secção será explicado o funcionamento de um dos ambientes gráficos disponíveis no seu Linux Caixa Mágica, o Gnome. Na figura 5.1 apresentamos o GDM, o sistema gráfico

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO DE SOFTWARE

GUIA DE INSTALAÇÃO DE SOFTWARE GUIA DE INSTALAÇÃO DE SOFTWARE SISTEMA MULTIFUNÇÕES DIGITAL Página INTRODUÇÃO ANTES DA INSTALAÇÃO INSTALAR O DRIVER DA IMPRESSORA LIGAÇÃO A UM COMPUTADOR 9 CONFIGURAR O CONTROLADOR DA IMPRESSORA 0 COMO

Leia mais

Manual de Administração Intranet BNI

Manual de Administração Intranet BNI Manual de Administração Intranet BNI Fevereiro - 2010 Índice 1. Apresentação... 3 2. Conceitos... 5 3. Funcionamento base da intranet... 7 3.1. Autenticação...8 3.2. Entrada na intranet...8 3.3. O ecrã

Leia mais

Manual. Professora: Elisa Carvalho elisa_castro@sapo.pt http://elisacarvalho.no.sapo.pt

Manual. Professora: Elisa Carvalho elisa_castro@sapo.pt http://elisacarvalho.no.sapo.pt Manual Professora: Elisa Carvalho elisa_castro@sapo.pt http://elisacarvalho.no.sapo.pt Fevereiro de 2006 Índice Operações básicas com a interface gráfica do sistema operativo... 2 Iniciar e encerrar uma

Leia mais

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Ambiente de trabalho Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique

Leia mais

Aleph 18.01 Manual de utilização do módulo de circulação e empréstimos

Aleph 18.01 Manual de utilização do módulo de circulação e empréstimos Aleph 18.01 Manual de utilização do módulo de circulação e empréstimos Elaborado por: Amélia Janeiro e Ana Cosmelli SDUL 2008 Índice Apresentação... 3 1. Gestão de leitores... 5 1.1 Pesquisa de leitores...

Leia mais

Unidade 2. ROM BIOS (Basic Input/Output System) Sistema Operativo. Interacção entre as diferentes partes num computador: software e hardware

Unidade 2. ROM BIOS (Basic Input/Output System) Sistema Operativo. Interacção entre as diferentes partes num computador: software e hardware Interacção entre as diferentes partes num computador: software e hardware Unidade 2 Utilização do ambiente operativo Windows Aplicações Sistema Operativo ROM BIOS Processador+memória+... Software aplicacional

Leia mais

Mac OS X 10.6 Snow Leopard Manual de Instalação e Configuração

Mac OS X 10.6 Snow Leopard Manual de Instalação e Configuração Mac OS X 10.6 Snow Leopard Manual de Instalação e Configuração Leia este documento antes de instalar o Mac OS X. Ele inclui informações importantes acerca da instalação do Mac OS X. Requisitos de sistema

Leia mais

EXCEL TABELAS DINÂMICAS

EXCEL TABELAS DINÂMICAS Informática II Gestão Comercial e da Produção EXCEL TABELAS DINÂMICAS (TÓPICOS ABORDADOS NAS AULAS DE INFORMÁTICA II) Curso de Gestão Comercial e da Produção Ano Lectivo 2002/2003 Por: Cristina Wanzeller

Leia mais

POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo,

POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo, Módulo POS Loja O que é um POS? Para que serve? POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo, uma Loja que efetue venda ao público. Por outras palavras,

Leia mais

Manual de Reposição de Linux Caixa Mágica

Manual de Reposição de Linux Caixa Mágica Manual de Reposição de Contract Ref.: Ref. Contrato Sistema de Reposição Date: Pages: Issue: State: Access: Reference: 10/9/2004 13 Draft Public i Approved Version: RR Name Function Signature Date Paulo

Leia mais

Folha de Cálculo Introdução à Folha de Cálculo

Folha de Cálculo Introdução à Folha de Cálculo Introdução à Folha de Cálculo O Excel é uma folha de cálculo capaz de guardar dados, executar cálculos e gerar gráficos. Introdução à Folha de Cálculo Uma folha de cálculo, por exemplo o Excel, permite

Leia mais

Boot Camp Manual de Instalação e Configuração

Boot Camp Manual de Instalação e Configuração Boot Camp Manual de Instalação e Configuração Conteúdo 3 Introdução 3 Elementos necessários 4 Descrição geral da instalação 4 Passo 1: Verificar se existem actualizações 4 Passo 2: Preparar o computador

Leia mais

Boot Camp Manual de Instalação e Configuração

Boot Camp Manual de Instalação e Configuração Boot Camp Manual de Instalação e Configuração Contéudo 3 Introdução 4 Elementos necessários 5 Descrição geral da instalação 5 Passo 1: Verificar se existem actualizações 5 Passo 2: Preparar o computador

Leia mais

NetOp Remote Control. Versão 7.65. Adenda ao Manual

NetOp Remote Control. Versão 7.65. Adenda ao Manual NetOp Remote Control Versão 7.65 Adenda ao Manual Mover a perícia - não as pessoas 2003 Danware Data A/S. Todos os direitos reservados Revisão do Documento: 2004009 Por favor, envie os seus comentários

Leia mais

Tecnologias de Informação e Comunicação Unidade 4 Processador de Texto

Tecnologias de Informação e Comunicação Unidade 4 Processador de Texto Tecnologias de Informação e Comunicação Unidade 4 Processador de Texto Sumário: Começar novo paragrafo; Começar nova página; Inserção de símbolos e notas de rodapé; Inserção e formatação de imagens e outros

Leia mais

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO INTRODUÇÃO AO MACROMEDIA DREAMWEAVER MX 2004 O Macromedia Dreamweaver MX 2004 é um software que permite a criação de páginas de Internet profissionais, estáticas

Leia mais

1. Ligar o Computador Ambiente de Trabalho

1. Ligar o Computador Ambiente de Trabalho 1. Ligar o Computador Ambiente de Trabalho O Ambiente de trabalho é a imagem que nos aparece no ecrã quando ligamos o computador. As imagens e as cores no ambiente de trabalho variam, mudam de computador

Leia mais

CONHEÇA O BIGLINUX Por Rodrigo Zimmermann (bilufe@yahoo.com.br, grupodejovens2008@gmail.com, barrigudo15@hotmail.com)

CONHEÇA O BIGLINUX Por Rodrigo Zimmermann (bilufe@yahoo.com.br, grupodejovens2008@gmail.com, barrigudo15@hotmail.com) CONHEÇA O BIGLINUX Por Rodrigo Zimmermann (bilufe@yahoo.com.br, grupodejovens2008@gmail.com, barrigudo15@hotmail.com) Use a ferramenta de busca do seu leitor PDF para encontrar as informações que você

Leia mais

Software Manual SOFTWARE

Software Manual SOFTWARE Software Manual 1 Conteúdo 1. Transferir e instalar o software de controladores & ferramentas 2. O menu de contexto 3. O menu de configuração (XP) 3.1 Separador Main setting (Configurações Principais)

Leia mais

Microsoft Windows. Aspectos gerais

Microsoft Windows. Aspectos gerais Aspectos gerais É um sistema operativo desenvolvido pela Microsoft Foi desenhado de modo a ser fundamentalmente utilizado em computadores pessoais Veio substituir o sistema operativo MS-DOS e as anteriores

Leia mais

Label Editor. For Windows. Guia do utilizador. Leia este documento com atenção para utilizar o produto de forma segura e correcta.

Label Editor. For Windows. Guia do utilizador. Leia este documento com atenção para utilizar o produto de forma segura e correcta. Label Editor For Windows Guia do utilizador Leia este documento com atenção para utilizar o produto de forma segura e correcta. 2013 Seiko Epson Corporation. All rights reserved. Introdução Obrigado por

Leia mais

1.1. Clique no botão Iniciar, seleccione Todos os programas, Microsoft Office e no submenu aberto escolha o programa Microsoft FrontPage.

1.1. Clique no botão Iniciar, seleccione Todos os programas, Microsoft Office e no submenu aberto escolha o programa Microsoft FrontPage. Objectivos: Identificar os elementos do Ambiente de trabalho do Microsoft FrontPage Criar um website Fechar um website Abrir um website Modos de visualização de um website Criar, eliminar, abrir e fechar

Leia mais

PT MANUAL UTILIZADOR. Manual do utilizador da aplicação ComelitViP Remote 3.0 para dispositivos. Passion.Technology.Design.

PT MANUAL UTILIZADOR. Manual do utilizador da aplicação ComelitViP Remote 3.0 para dispositivos. Passion.Technology.Design. PT MANUAL UTILIZADOR Manual do utilizador da aplicação ComelitViP Remote.0 para dispositivos Passion.Technology.Design. Índice Instalação... Configuração automática da administração de apartamento... 4

Leia mais

O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft.

O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft. WINDOWS O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft. Área de Trabalho Ligada a máquina e concluída a etapa de inicialização, aparecerá uma tela, cujo plano de fundo

Leia mais

Configuração do acesso à rede wireless, utilizando o modo de autenticação 802.1x no Sistema Operativo Windows XP

Configuração do acesso à rede wireless, utilizando o modo de autenticação 802.1x no Sistema Operativo Windows XP Configuração do acesso à rede wireless, utilizando o modo de autenticação 802.1x no Sistema Operativo Windows XP As imagens que são mostradas foram retiradas de um computador com o Windows XP Service Pack

Leia mais

PORTUGUÊS. Mesa Digitalizadora. Manual do Utilizador. Windows 2000 / XP / Vista

PORTUGUÊS. Mesa Digitalizadora. Manual do Utilizador. Windows 2000 / XP / Vista Mesa Digitalizadora Manual do Utilizador Windows 2000 / XP / Vista 1 I. Informação Geral 1. Visão Geral Bem-vindo ao mundo das canetas digitais! Irá descobrir que é muito fácil controlar o seu computador

Leia mais

Configurações do Windows para Leitores de Tela

Configurações do Windows para Leitores de Tela MÓDULO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL - CEFET BG SIEP (SISTEMA DE INFORMAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA) Configurações do Windows para Leitores de Tela Desenvolvido por Celio Marcos Dal Pizzol e

Leia mais

Folha de Cálculo TECNOLOGIAS DA T IINF CO RM 1 A 0 ÇÃO E COMUNICAÇÃO TIC 10

Folha de Cálculo TECNOLOGIAS DA T IINF CO RM 1 A 0 ÇÃO E COMUNICAÇÃO TIC 10 Folha de CálculoC TECNOLOGIAS DA TIC INFORMAÇÃO 10 E COMUNICAÇÃO TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO INTRODUÇÃO À Exemplo Era uma vez um profissional de saúde que tinha 20 doentes de quem recolhia

Leia mais

Escola Básica 2, 3 de Lamaçães Planificação Anual 2007/08 Tecnologias de Informação e Comunicação

Escola Básica 2, 3 de Lamaçães Planificação Anual 2007/08 Tecnologias de Informação e Comunicação Escola Básica 2, 3 de Lamaçães Planificação Anual 2007/08 Tecnologias de Informação e Comunicação Unidade de Ensino/Aprendizagem Tecnologias da Informação e Comunicação Conceitos Introdutórios Conceitos

Leia mais

Manual de Instalação Solução Alinex Salas TIC Pág. 1/32

Manual de Instalação Solução Alinex Salas TIC Pág. 1/32 Í n d i c e 1) Pré-requisitos...5 2) Apresentação da solução...5 3) Instruções Passo a Passo de instalação da Solução...6 4) Primeiros passos...7 a) Preparar o equipamento...7 b) Configuração RAID em Servidores

Leia mais

Manual de Utilizador Aplicação Cliente Web Versão 1.0.00

Manual de Utilizador Aplicação Cliente Web Versão 1.0.00 Manual de Utilizador Aplicação Cliente Web Versão 1.0.00 Edição 1 Agosto 2011 Elaborado por: GSI Revisto e Aprovado por: COM/ MKT Este manual é propriedade exclusiva da empresa pelo que é proibida a sua

Leia mais

MICROSOFT ACCESS MICROSOFT ACCESS. Professor Rafael Vieira Professor Rafael Vieira

MICROSOFT ACCESS MICROSOFT ACCESS. Professor Rafael Vieira Professor Rafael Vieira MICROSOFT ACCESS MICROSOFT ACCESS Professor Rafael Vieira Professor Rafael Vieira - Access - Programa de base de dados relacional funciona em Windows Elementos de uma Base de Dados: Tabelas Consultas Formulários

Leia mais

NOÇÕES ELEMENTARES DE BASES DE DADOS

NOÇÕES ELEMENTARES DE BASES DE DADOS 1 NOÇÕES ELEMENTARES DE BASES DE DADOS Este primeiro capítulo aborda conceitos elementares relacionados com bases de dados. Os conceitos abordados neste capítulo são necessários para trabalhar adequadamente

Leia mais

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Novembro de 2004

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Novembro de 2004 FICHEIROS COM EXEMPLOS Envie um e-mail* para software@centroatlantico.pt para conhecer os endereços de Internet de onde poderá fazer o download dos ficheiros com os exemplos deste livro. Reservados todos

Leia mais

ANEXO. Manual do utilizador

ANEXO. Manual do utilizador ANEXO Manual do utilizador A PARTE 1 Menu Principal A janela principal da aplicação é composta por uma zona destinada a mostrar a informação analítica (rodapé) e pelo Menu Principal, o qual contém opções

Leia mais

Arranque do FrontOffice

Arranque do FrontOffice TOUCH Arranque do FrontOffice O FrontOffice Touch-Screen do Gespos permite-nos criar várias páginas com uma grande variedade de botões. Esses botões poderão ser usados para chamar artigos e funções. O

Leia mais

Oficina de Construção de Páginas Web

Oficina de Construção de Páginas Web COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 Oficina de Construção de Páginas Web Criação e Publicação Microsoft FrontPage2002 Guião Elementar 1. Apresentação Geral do programa Programa Competências Básicas em

Leia mais

Sistema operativo Aula 1

Sistema operativo Aula 1 Sistema operativo Aula 1 Sumário Sistema operativo em ambiente gráfico: elementos básicos da interface do utilizador. Operações básicas do sistema operativo. 2 1 Conceito de Sistema Operativo Primeira

Leia mais

Pesquisa e organização de informação

Pesquisa e organização de informação Pesquisa e organização de informação Capítulo 3 A capacidade e a variedade de dispositivos de armazenamento que qualquer computador atual possui, tornam a pesquisa de informação um desafio cada vez maior

Leia mais

Para Utilizadores do Windows para Ligações de Rede

Para Utilizadores do Windows para Ligações de Rede Para Utilizadores do Windows para Ligações de Rede Ao utilizar um sistema operativo ou arquitectura para o servidor e cliente diferentes, a ligação pode não funcionar correctamente quando efectuar os procedimentos

Leia mais

Motic Images Plus Versão 2.0 ML Guia de Consulta Rápida. Português

Motic Images Plus Versão 2.0 ML Guia de Consulta Rápida. Português Motic Images Plus Versão 2.0 ML Guia de Consulta Rápida Português Índice Instalação do Software... 1 Instalação do Controlador e Actualização do Controlador... 4 Motic Images Plus 2.0 ML...11 Calibração

Leia mais

GeoMafra Portal Geográfico

GeoMafra Portal Geográfico GeoMafra Portal Geográfico Nova versão do site GeoMafra Toda a informação municipal... à distância de um clique! O projecto GeoMafra constitui uma ferramenta de trabalho que visa melhorar e homogeneizar

Leia mais

CADERNOS DE SOCIOMUSEOLOGIA Nº 14 1999 27

CADERNOS DE SOCIOMUSEOLOGIA Nº 14 1999 27 CADERNOS DE SOCIOMUSEOLOGIA Nº 14 1999 27 3 - MANUAL DO UTILIZADOR Diogo Mateus 3.1. REQUISITOS MÍNIMOS * Computador Pessoal com os seguintes Programas * Microsoft Windows 95 * Microsoft Access 97 A InfoMusa

Leia mais

Selector de Tarefas. Martin Gräßlin Tradução: José Pires

Selector de Tarefas. Martin Gräßlin Tradução: José Pires Martin Gräßlin Tradução: José Pires 2 Conteúdo 1 Navegar pelas Janelas 4 1.1 Listar as janelas e critério de ordenação......................... 4 1.2 Efeitos do Ecrã........................................

Leia mais

Domine o Word 2007. Professor: Rafael Henriques. Ano Lectivo 2010/2011

Domine o Word 2007. Professor: Rafael Henriques. Ano Lectivo 2010/2011 Domine o Word 2007 1 Professor: Rafael Henriques Ano Lectivo 2010/2011 Sumário Introdução aos Processadores de texto; Microsoft Word 2007 O ambiente de trabalho O Friso Os Tabuladores do Word 2007; Realização

Leia mais

Utilizar o Cisco UC 320W com o Windows Small Business Server

Utilizar o Cisco UC 320W com o Windows Small Business Server Utilizar o Cisco UC 320W com o Windows Small Business Server Esta nota de aplicação explica como implementar o Cisco UC 320W num ambiente do Windows Small Business Server. Índice Este documento inclui

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

Comece aqui. Alinhar os tinteiros sem um computador

Comece aqui. Alinhar os tinteiros sem um computador Comece aqui Alinhar os tinteiros sem um computador Certifique-se de que segue os passos descritos na Folha de Instalação para instalar o hardware. Para optimizar a qualidade de impressão, proceda do modo

Leia mais

SIMULADO Windows 7 Parte V

SIMULADO Windows 7 Parte V SIMULADO Windows 7 Parte V 1. O espaço reservado para a Lixeira do Windows pode ser aumentado ou diminuído clicando: a) Duplamente no ícone lixeira e selecionando Editar propriedades b) Duplamente no ícone

Leia mais

Para alterar a sua palavra-passe, seleccione o item de menu "Segurança/Alterar Palavra-Passe.

Para alterar a sua palavra-passe, seleccione o item de menu Segurança/Alterar Palavra-Passe. Introdução Com o Módulo de Segurança, pode restringir os utilizadores do Maintenance Pro para ecrãs ou itens de menu específicos. O(a) utilizador(a) tem de introduzir o nome de utilizador e a palavra-passe

Leia mais

Quadro Interactivo GUIÃO DE APOIO

Quadro Interactivo GUIÃO DE APOIO Quadro Interactivo GUIÃO DE APOIO Para o correcto funcionamento do Quadro Interactivo é necessário: Quadro Interactivo; Projector de Vídeo; Software específico (ActivInspire); Caneta ActivPen. 1 CALIBRAÇÃO

Leia mais

Instalação e Manutenção de Microcomputadores (COI)

Instalação e Manutenção de Microcomputadores (COI) Instalação e Manutenção de Microcomputadores (COI) 4. Montagem do Computador Disco rígido limpeza; Disco rígido verificação de erros (modo gráfico); Disco rígido verificação de erros (linha de comandos;

Leia mais

GUIA DE CRIAÇÃO DE APRESENTAÇÕES MICROSOFT POWER POINT

GUIA DE CRIAÇÃO DE APRESENTAÇÕES MICROSOFT POWER POINT Nuno Azevedo 2005/06 ESCOLA BÁSICA B INTEGRADA DE ANGRA DO HEROÍSMO GUIA DE CRIAÇÃO DE APRESENTAÇÕES MICROSOFT POWER POINT A Janela de apresentação do Programa Barras de menus, padrão e de formatação Área

Leia mais

Monitor Wall 4.0. Manual de Instalação e Operação

Monitor Wall 4.0. Manual de Instalação e Operação Monitor Wall 4.0 pt Manual de Instalação e Operação Monitor Wall 4.0 Índice pt 3 Índice 1 Introdução 4 1.1 Sobre este manual 4 1.2 Convenções neste manual 4 1.3 Requisitos mínimos de Instalação e Operação

Leia mais

Configuração do Ambiente de Trabalho

Configuração do Ambiente de Trabalho pag. 1 Configuração do Ambiente de Trabalho 1. Utilização da Área de Trabalho Criação de Atalhos: O Windows NT apresenta um Ambiente de Trabalho flexível, adaptável às necessidades e preferências do utilizador.

Leia mais

TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO UNIDADE 2 Sistema Operativo em Ambiente Gráfico 1 CONTEÚDOS Ambiente gráfico Operações básicas do sistema operativo Definição de sistema operativo Obtenção de ajuda

Leia mais

Planificação Anual. Planificação de Médio Prazo (1.º Período) Tecnologias da Informação e Comunicação. 9º Ano

Planificação Anual. Planificação de Médio Prazo (1.º Período) Tecnologias da Informação e Comunicação. 9º Ano Escola Básica do 2º e 3º Ciclos João Afonso de Aveiro Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Secção de Informática Planificação Anual (1.º Período) Ano lectivo 2010/2011 Tecnologias da Informação

Leia mais

SDL TRADOS 2007 WinAlign. Manual de Utilização

SDL TRADOS 2007 WinAlign. Manual de Utilização SDL TRADOS 2007 WinAlign Manual de Utilização Ficha Técnica Título SDL TRADOS 2007 WinAlign (Manual de Utilização Iniciação) Autor(a) Paula Carvalho Concepção gráfica Paula Carvalho Centro Multimédia de

Leia mais

Controle Parental. Introdução

Controle Parental. Introdução Controle Parental Introdução O acesso das crianças à Internet suscita algumas preocupações aos pais e educadores/as. Contudo, tal como na vida real ou no uso de outros meios de comunicação, os adultos

Leia mais