PROCESSO DE SELEÇÃO PARA INGRESSO NO PROGRAMA DE MONITORIA PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA EDITAL 02/2011

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROCESSO DE SELEÇÃO PARA INGRESSO NO PROGRAMA DE MONITORIA PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA EDITAL 02/2011"

Transcrição

1 PROCESSO DE SELEÇÃO PARA INGRESSO NO PROGRAMA DE MONITORIA PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA EDITAL 02/2011 A Supervisão Acadêmica de Tutores do Grupo Educacional UNINTER torna público o edital de funcionamento do programa de monitoria para os cursos de graduação e pósgraduação à distância e regulamenta o processo de seleção dos monitores para a segunda entrada do ano de DO PROCESSO DE SELEÇÃO O processo de seleção dos monitores compreende as seguintes etapas: a. Das atribuições do monitor; b. Inscrições dos interessados; c. Assinatura do termo de compromisso para monitoria; d. Envio do termo de compromisso à Supervisão Acadêmica de Tutores Coordenação Geral EaD; e. Pré-seleção do candidato à vaga no polo de apoio presencial pelo Gestor do polo; f. Aprovação do candidato pré-selecionado pelo setor da Supervisão Acadêmica de Tutores; g. Realização do curso de capacitação inicial de monitores, para os aprovados; h. Lançamento da bolsa do candidato aprovado no curso de formação inicial; i. Inicio das atividades de monitoria no polo. 2. DAS ATRIBUIÇÕES DO MONITOR a. Auxiliar os tutores em tarefas que lhe forem atribuídas conforme programa de atividade aprovado junto ao polo; b. Facilitar o relacionamento entre os tutores e os alunos na execução das atividades didáticas; c. Auxiliar os acadêmicos durante os trabalhos, incluindo atividades de laboratório, estágio, biblioteca, atividades de extensão ou pesquisas de campo, acesso ao sistema acadêmico Único, e Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA); d. Cumprir a carga horária estabelecida no plano de atividade; e. Organizar a sala de aula e receber os alunos; f. Ligar os aparelhos para recepção das aulas; g. Solucionar e direcionar problemas técnicos, como falta de sinal no receptor entre outros; h. Zelar pelo respeito entre os alunos e o bom ambiente de aprendizagem; i. Orientar os alunos nas ligações ao estúdio pelo 0800 para interações durante as aulas; j. Disponibilizar cronograma de atividades e calendário acadêmico, bem como avisos relacionados aos cursos; Página 1 de 5

2 k. Esclarecer dúvidas de caráter operacional (matrícula, RU, senha, etc.); l. Repassar para o tutor as dificuldades dos alunos que não são da competência do monitor; m. Informar os alunos os horários de tutorias na sede, chat, radio-web e outras atividades; n. Auxiliar o tutor na formação de equipes de alunos para a realização das atividades acadêmicas; o. Manter o tutor informado do andamento das atividades dos alunos; p. Elaborar relatório escrito das atividades realizadas e encaminhar ao setor da Supervisão Acadêmica de Tutores, quando solicitado. 3. DAS CONDIÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO PROGRAMA a. Estar matriculado em curso de graduação da FACINTER ou da FATEC, com aproveitamento médio nas disciplinas igual ou maior que 75 % (setenta e cinco por cento); b. Ter concluído com aproveitamento, pelo menos um semestre letivo; c. Estar em dia com suas mensalidades; d. Ter compatibilidade de horários; e. Inscrever-se, preenchendo formulário eletrônico de inscrição via sistema acadêmico, sem pagamento de tarifa, para candidatar-se a vaga de monitoria. 4. DA ASSINATURA DO TERMO DE COMPROMISSO a. Os candidatos no momento da inscrição deverão firmar o Termo de Compromisso de Monitoria (TCM). 5. DA PRÉ-SELEÇÃO DO CANDIDATO À VAGA NO POLO DE APOIO PRESENCIAL a. O gestor do polo estabelecerá o número de vagas para as monitorias remuneradas, respeitando o limite máximo de uma bolsa integral por polo, cuja remuneração far-se-á mediante o desconto na mensalidade do aluno; b. O gestor do polo analisará no ato da seleção, os quesitos de presteza e iniciativa do acadêmico, a conformidade do perfil do aluno aos critérios e normas do programa de monitoria; a. A seleção de candidatos para o Programa de Monitoria observará os seguintes critérios: média geral das disciplinas já cursadas - peso 50%; Nota em entrevista com o gestor do polo - peso 50%. b. O gestor considerará pré-selecionado o candidato que obtiver a maior média geral, servindo a nota na entrevista como critério de desempate. c. Após a pré-seleção realizada pelo gestor do polo, os alunos pré-selecionados passarão pela análise e deferimento do setor da Supervisão Acadêmica de Tutores. Página 2 de 5

3 6. DA APROVAÇÃO DO CANDIDATO PRÉ-SELECIONADO PELO SETOR DA SUPERVISÃO ACADÊMICA DE TUTORES a. Compete ao setor da Supervisão Acadêmica de Tutores conferir os dados dos candidatos pré-selecionados pelo Gestor e deferir ou indeferir os candidatos ao programa de monitoria. 7. DOS BENEFÍCIOS DO MONITOR a. O monitor participará do Programa por um (1) ano; b. Em caso de participação no programa por um período de até 6 (seis) meses, é permitida a recondução do monitor por um novo período desde que se submeta a um novo processo de seleção; c. Ao monitor será concedido abatimento de 14,28% sobre sua mensalidade por período de atividades realizadas previstas em seu plano de atividade; d. O período de atividade compreenderá turno de quatro horas e meia de atividades distribuídas entre as 18h00 e as 22h30, de segunda a sexta feira, e aos sábados, entre as 8h00 e as 12h30, e entre as 13h00 e 17h30; e. A atividade de monitoria uma vez concluída e aprovada será certificada pela Supervisão Acadêmica de Tutores; f. A atividade de monitoria contará como atividade complementar, até o limite de 120 (cento e vinte) horas; g. Aos alunos que participarem da atividade por mais de 6 meses é concedido o beneficio da bolsa até o ato da desistência/e ou cancelamento. 8. DAS PENALIDADES DO MONITOR a. Será desligado do programa o aluno que: Apresentar rendimento acadêmico nas disciplinas do curso de graduação incompatível com a prática da monitoria; Apresentar conduta inadequada aos princípios éticos e morais da Instituição; Não seguir as normas de segurança da Instituição; Não cumprir o que estabelece o regimento interno, o regulamento do programa e o plano de atividade da monitoria. 9. REALIZAÇÃO DO CURSO DE CAPACITAÇÃO PELOS CANDIDATOS APROVADOS a. Os candidatos que tiverem suas monitorias deferidas pelo setor da Supervisão Acadêmica de Tutores deverão fazer o curso de capacitação inicial de monitores disponível no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA); b. O aproveitamento do curso de capacitação deve ser superior a 75% (setenta e cinco por cento) para o que o candidato tenha sua bolsa lançada e inicie as atividades de monitoria; Página 3 de 5

4 c. O candidato que não atingir a nota mínima no aproveitamento do curso de capacitação e/ou não realizar as atividades previstas em prazo determinado no cronograma será, automaticamente, desligado do programa de monitoria. 10. ACOMPANHAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA PELA SUPERVISÃO ACADÊMICA DE TUTORES A. O programa de monitoria será avaliado, periodicamente, pela Supervisão Acadêmica de Tutores. b. O acompanhamento do programa de monitoria será realizado por meio de relatórios escritos, elaborados pelos monitores e por meio de acompanhamento junto aos coordenadores de polo, tutores e gestores, das atividades realizadas pelos monitores. 11. PERÍODO DE ATIVIDADES NO POLO a. O período de atividades do monitor no polo seguirá os horários estabelecidos a seguir, em conformidade com o período de atividades definido na seleção do monitor. PERÍODO DE ATIVIDADES segunda terça Quarta Quinta sexta Sábado 08:00 12:30 13:00 17:30 Página 4 de 5

5 PROGRAMA DE MONITORIA CRONOGRAMA DO EDITAL 02/2011 EVENTO DATA INICIAL DATA FINAL Divulgação via Comunicado 28/09/2011 Publicação oficial do edital de seleção 03/10/2011 Período de inscrição para os alunos via sistema ÚNICO 03/10/ /10/2011 Período de pré seleção dos alunos pelo gestor do polo, via sistema ÚNICO Período de deferimento dos alunos pré-selecionados pela Supervisão Acadêmica de Tutores Período de realização do Curso de Capacitação para os alunos aprovados no processo de seleção pelo gestor e pela Supervisão Acadêmica de Tutores Início das atividades do monitor no polo, após realização do Curso de Capacitação. 20/10/ /10/ /11/ /11/ /11/ /11/ /11/2011 Encerramento após um ano de atividades letivas Página 5 de 5

ESCOLA DE COMUNICAÇÃO E ARTES

ESCOLA DE COMUNICAÇÃO E ARTES ESCOLA DE COMUNICAÇÃO E ARTES EDITAL DE SELEÇÃO DISCENTE PARA PARTICIPAÇÃO NO PROJETO DE EXTENSÃO BLOG CASA COR 2015 A Universidade Potiguar UnP, através da Escola de Comunicação e Artes, torna público

Leia mais

MANUAL DE MONITORIA. Agosto de 2010

MANUAL DE MONITORIA. Agosto de 2010 MANUAL DE MONITORIA Agosto de 2010 1 A Faculdade São Francisco de Assis - UNIFIN oferece ao aluno a oportunidade de iniciar-se na função docente através do exercício de monitorias. Apenas será considerado

Leia mais

EDITAL N.º 01/2015 - CONSEPE

EDITAL N.º 01/2015 - CONSEPE EDITAL N.º 01/2015 - CONSEPE A Direção da Faculdade Herrero torna públicos os procedimentos e normas para inscrição e seleção de Projetos de Iniciação Científica 2015/16. Este Edital está em conformidade

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMA DE MONITORIA

REGULAMENTO PROGRAMA DE MONITORIA REGULAMENTO PROGRAMA DE MONITORIA BARRETOS 2010 REGULAMENTO PROGRAMA DE MONITORIA Art. 1 - O Programa de Monitoria da Faculdade Barretos, destinado a alunos regularmente matriculados, obedecerá às normas

Leia mais

Edital nº 01/2012. A oferta de disciplinas em Regime Tutorial acontecerá nas seguintes situações:

Edital nº 01/2012. A oferta de disciplinas em Regime Tutorial acontecerá nas seguintes situações: FACULDADE INTERNACIONAL DE CURITIBA FACINTER FACULDADE DE TECNOLOGIA INTERNACIONAL FATEC INTERNACIONAL PRÓ-DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PDEAD COORDENAÇÃO GERAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA pararealizaçãoeprogramaçãodeofertas.

Leia mais

SELEÇÃO PARA TUTORES PRESENCIAIS

SELEÇÃO PARA TUTORES PRESENCIAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO UFPE COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - CEAD CENTRO DE EDUCAÇÃO / DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR E PLANEJAMENTO EDUCACIONAL DAEPE/CE SELEÇÃO PARA TUTORES PRESENCIAIS

Leia mais

MINUTA DO EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES VOLUNTÁRIOS OU REMUNERADOS

MINUTA DO EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES VOLUNTÁRIOS OU REMUNERADOS MINUTA DO EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES VOLUNTÁRIOS OU REMUNERADOS O IESUR/FAAr torna público o presente Edital de Seleção de Monitores Voluntários ou Remunerados para o anos de, em conformidade com o

Leia mais

PROGRAMA DE MONITORIA

PROGRAMA DE MONITORIA PROGRAMA DE MONITORIA 17/12/2006 PROJETO DE MONITORIA FACIS A FACIS, com atuação na área da Saúde, vem desde sua criação procurando iniciativas de promoção do desenvolvimento e aprimoramento dos alunos

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO À PESQUISA NA GRADUAÇÃO

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO À PESQUISA NA GRADUAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO À PESQUISA NA GRADUAÇÃO 2014.1 A Universidade Potiguar UnP, através da Pró-Reitoria Acadêmica ProAcad, torna público o presente Edital e convida o seu corpo discente

Leia mais

Faculdade de Ciências da Saúde Archimedes Theodoro. Fundação Educacional de Além Paraíba

Faculdade de Ciências da Saúde Archimedes Theodoro. Fundação Educacional de Além Paraíba Faculdade de Ciências da Saúde Archimedes Theodoro Fundação Educacional de Além Paraíba Regulamento de Monitoria Art. 1º A Faculdade de Ciências da Saúde Archimedes Theodoro admitirá, sem vínculo empregatício,

Leia mais

3.2 Sistema de Avaliação e Monitoria

3.2 Sistema de Avaliação e Monitoria 3.2 Sistema de Avaliação e Monitoria RESOLUÇÃO N.º 06/2006 - CONSUN APROVA O SISTEMA DE AVALIAÇÃO E PROMOÇÃO PARA OS ALUNOS DE GRADUAÇÃO E CURSOS SEQÜENCIAIS DA PUCPR INGRESSANTES A PARTIR DE 2000. O Presidente

Leia mais

CRONOGRAMA DATA ATIVIDADE LOCAL. Período de inscrições e protocolo dos documentos

CRONOGRAMA DATA ATIVIDADE LOCAL. Período de inscrições e protocolo dos documentos PROGRAMA ANUAL DE CAPACITAÇÃO CONTINUADA DE PROFISSIONAIS EM EAD PACC CURSO DE TUTORIA EM EAD Processo Seletivo Simplificado para contratação de tutores a distância Edital n. 13/2014 CRONOGRAMA DATA ATIVIDADE

Leia mais

COORDENAÇÃO DE PESQUISA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA

COORDENAÇÃO DE PESQUISA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA COORDENAÇÃO DE PESQUISA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL Nº 002/2013 DE ABERTURA DE CONCURSO INTERNO PARA BOLSA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PARA O CURSO DE ODONTOLOGIA A Magnífica Senhora Reitora do CENTRO UNIVERSITÁRIO

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO INTERNO PARA MONITORES Nº 001/2015

EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO INTERNO PARA MONITORES Nº 001/2015 1/5 Av. Presidente Vargas, 725 Centro Tel.: (67)3437-3838 Ponta Porã MS. EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO INTERNO PARA MONITORES As Faculdades Magsul, no uso de suas atribuições e tendo em vista o disposto

Leia mais

Edital nº 02/2012 1. A QUEM SE DESTINA

Edital nº 02/2012 1. A QUEM SE DESTINA FACULDADE INTERNACIONAL DE CURITIBA FACINTER FACULDADE DE TECNOLOGIA INTERNACIONAL FATEC INTERNACIONAL PRÓ-DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PDEAD COORDENAÇÃO GERAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Edital nº 02/2012

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS - CESCAGE FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS - CESCAGE FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS - CESCAGE FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS MANUAL DE MONITORIA ACADÊMICA Com base na Resolução CSA 02/07, que estabelece Monitoria Acadêmica Centro de

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Medianeira Diretoria de Graduação e Educação Profissional

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Medianeira Diretoria de Graduação e Educação Profissional EDITAL Nº 09/2014 e-tec A Diretoria de Graduação e Educação Profissional, através da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Câmpus Medianeira da Universidade Tecnológica Federal do Paraná,

Leia mais

REGULAMENTO DE MONITORIA FAESA

REGULAMENTO DE MONITORIA FAESA REGULAMENTO DE MONITORIA FAESA Página 1 de 11 1. CONCEITO / FINALIDADE : A monitoria consiste na atividade de apoio aos alunos das disciplinas de oferta regular do currículo as quais os coordenadores de

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 02/2015

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 02/2015 1 A Coordenação do Curso de Administração, da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, no uso de suas atribuições e em cumprimento ao Art. 5 o do Regulamento de Monitoria, Anexo da Resolução de 21 de dezembro

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03/2015

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03/2015 1 CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03/2015 A Coordenação do Curso de Ciências Contábeis, da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, no uso de suas atribuições

Leia mais

DE ADMINISTRAÇÃO A DISTÂNCIA SELEÇÃO DE TUTORES DISCIPLINAS:

DE ADMINISTRAÇÃO A DISTÂNCIA SELEÇÃO DE TUTORES DISCIPLINAS: UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA/UnB CURSO DE ADMINISTRAÇÃO A DISTÂNCIA SELEÇÃO DE TUTORES DISCIPLINAS: Direito Tributário e Comercial Comércio Exterior Operações e Logística Finanças Públicas Tecnologia e Inovação

Leia mais

EDITAL DE MONITORIA no. 01/2014

EDITAL DE MONITORIA no. 01/2014 EDITAL DE MONITORIA no. 01/2014 Dispõe sobre o procedimento de seleção de alunos ao Programa de Monitoria do Curso de Administração da Faculdade Presidente Antônio Carlos de Contagem e dá outras providências.

Leia mais

FACULDADE ORÍGENES LESSA FACOL ISEOL - INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO ORÍGENES LESSA PORTARIA Nº 004 / 2009

FACULDADE ORÍGENES LESSA FACOL ISEOL - INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO ORÍGENES LESSA PORTARIA Nº 004 / 2009 ASSOCIAÇÃO LENÇOENSE DE EDUCAÇÃO E CULTURA - ALEC FACULDADE ORÍGENES LESSA FACOL ISEOL - INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO ORÍGENES LESSA PORTARIA Nº 004 / 2009 Usando as atribuições que lhe confere o regimento

Leia mais

2. ÁREAS DE MONITORIA 2.1. Cada área de monitoria é composta por disciplinas inter-relacionadas conforme o quadro: Lógica de

2. ÁREAS DE MONITORIA 2.1. Cada área de monitoria é composta por disciplinas inter-relacionadas conforme o quadro: Lógica de Disciplinas EDITAL DE CHAMADA 02/2014 SELEÇÃO DE BOLSISTA PARA MONITORIA CURSOS DE GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS, GESTÃO COMERCIAL, MARKETING E ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA PARA SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS PARA OS POLOS DE APUCARANA E PARANAGUÁ - 64/2013 CIPEAD/PROGRAD/SEPT

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA PARA SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS PARA OS POLOS DE APUCARANA E PARANAGUÁ - 64/2013 CIPEAD/PROGRAD/SEPT EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA PARA SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS PARA OS POLOS DE APUCARANA E PARANAGUÁ - 64/2013 CIPEAD/PROGRAD/SEPT CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM MÍDIAS INTEGRADAS NA EDUCAÇÃO 2013 A Universidade

Leia mais

EDITAL Nº 11/2014. Processo Seletivo de Bolsistas para Monitoria em Ensino a Distância

EDITAL Nº 11/2014. Processo Seletivo de Bolsistas para Monitoria em Ensino a Distância UDF - CENTRO UNIVERSITÁRIO PRÓ-REITORIA ACADÊMICA EDITAL Nº 11/2014 Processo Seletivo de Bolsistas para Monitoria em Ensino a Distância A Pró-Reitora, no uso de suas atribuições regimentais e tendo em

Leia mais

Universidade Federal Rural de Pernambuco Unidade Acadêmica de Educação a Distância e Tecnologia

Universidade Federal Rural de Pernambuco Unidade Acadêmica de Educação a Distância e Tecnologia EDITAL Nº 01/2015. Seleção Pública para Tutor Virtual. - UAEADTec UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO A UNIDADE ACADÊMICA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E TECNOLOGIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA 15/2015 PARA INSCRIÇÕES E SELEÇÃO NO CURSO BÁSICO DE PLANILHA ELETRÔNICA EXCEL 2010 EAD

EDITAL DE ABERTURA 15/2015 PARA INSCRIÇÕES E SELEÇÃO NO CURSO BÁSICO DE PLANILHA ELETRÔNICA EXCEL 2010 EAD EDITAL DE ABERTURA 15/2015 PARA INSCRIÇÕES E SELEÇÃO NO CURSO BÁSICO DE PLANILHA ELETRÔNICA EXCEL 2010 EAD 1. DA REALIZAÇÃO A Escola de Governo (EG), através da Fundação para o Desenvolvimento de Recursos

Leia mais

2. ÁREAS DE MONITORIA 2.1. Cada área de monitoria é composta por disciplinas inter-relacionadas conforme o quadro:

2. ÁREAS DE MONITORIA 2.1. Cada área de monitoria é composta por disciplinas inter-relacionadas conforme o quadro: Vagas Disciplinas EDITAL DE CHAMADA 03/205 SELEÇÃO DE BOLSISTA PARA MONITORIA CURSOS DE GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS, GESTÃO COMERCIAL, MARKETING E ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

EDITAL Nº. 002/2011/UAB/UFPEL/MÍDIAS

EDITAL Nº. 002/2011/UAB/UFPEL/MÍDIAS A Universidade Federal de Pelotas UFPEL torna pública, a abertura das inscrições e as normas que regerão o processo seletivo para formação de cadastro de reserva de BOLSISTAS que atuarão como TUTOR PRESENCIAL

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

Art. 18º. Cabe ao Aluno Beneficiado:

Art. 18º. Cabe ao Aluno Beneficiado: SISTEMA DE INCLUSÃO EDUCACIONAL ESTUDE JÁ BRASIL REGULAMENTO I DO SISTEMA Art. 1. - O ESTUDE JÁ BRASIL é um sistema de INCLUSÃO EDUCACIONAL e tem por objetivos: I incentivar o cadastramento de cidadãos

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE DISCENTE PARA PARTICIPAÇÃO NO PROJETO DE EXTENSÃO

EDITAL DE SELEÇÃO DE DISCENTE PARA PARTICIPAÇÃO NO PROJETO DE EXTENSÃO EDITAL DE SELEÇÃO DE DISCENTE PARA PARTICIPAÇÃO NO PROJETO DE EXTENSÃO O Diferencial do profissional de Secretariado Executivo dentro do contexto empresarial" EDITAL 001/2014 COORDENAÇÃO DO CURSO DE BACHARELADO

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Medianeira Diretoria de Graduação e Educação Profissional

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Medianeira Diretoria de Graduação e Educação Profissional EDITAL Nº 10/2014 e-tec A Diretoria de Graduação e Educação Profissional, através da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica, do Câmpus Medianeira da Universidade Tecnológica Federal do Paraná,

Leia mais

Título I. Da Monitoria

Título I. Da Monitoria MONITORIA O programa de monitoria tem como objetivo dar oportunidade de aprimoramento na formação do aluno e ainda despertar a valorização do ensino aprendizado de sua prática bem como estimular a seguir

Leia mais

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO Edital de oferta de vagas para o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios, na modalidade a distância. A Reitora da Universidade Anhanguera-Uniderp, credenciada pelo MEC por

Leia mais

EDITAL Nº 02/2015 - CONSEPE

EDITAL Nº 02/2015 - CONSEPE EDITAL Nº 02/2015 - CONSEPE A Direção da Faculdade Herrero torna públicos os procedimentos e normas para inscrição e seleção de Monitores 2015/1. Este Edital está em conformidade com a RESOLUÇÃO Nº 11/2010

Leia mais

Regulamento do Programa de Monitoria dos Cursos de Graduação da Faculdade ASCES

Regulamento do Programa de Monitoria dos Cursos de Graduação da Faculdade ASCES Regulamento do Programa de Monitoria dos Cursos de Graduação da Faculdade ASCES 1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1. Este documento determina as normas estabelecidas para o Programa de Monitoria a ser desenvolvido

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO - PREX EDITAL Nº 039/2013

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO - PREX EDITAL Nº 039/2013 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO - PREX EDITAL Nº 039/2013 A Pró-Reitoria de Extensão (PREX), da Universidade Federal do Piauí (UFPI), no uso das atribuições

Leia mais

PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EDITAL 001 02/2015

PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EDITAL 001 02/2015 PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EDITAL 001 02/2015 A Coordenação Geral dos Cursos Superiores de Tecnologia da Informação da Faculdade JK, no uso de suas

Leia mais

Curso Vagas Função. Executor (Perfis 1 e 2) 16 Orientador de TCC (Perfil 5) 20 Tutor Virtual. Administração Pública

Curso Vagas Função. Executor (Perfis 1 e 2) 16 Orientador de TCC (Perfil 5) 20 Tutor Virtual. Administração Pública EDITAL Nº 01/2014. Seleção Pública para Professores Executores, Orientadores de TCC e Tutores Virtuais do Curso de Bacharelado em Administração Pública e Professores Executores do Curso de Licenciatura

Leia mais

FACULDADE 7 DE SETEMBRO LABORATÓRIO DE PESQUISA DE OPINIÃO E MERCADO

FACULDADE 7 DE SETEMBRO LABORATÓRIO DE PESQUISA DE OPINIÃO E MERCADO FACULDADE 7 DE SETEMBRO LABORATÓRIO DE PESQUISA DE OPINIÃO E MERCADO CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO, FINS E OBJETIVOS Art. 1º As presentes normas visam regulamentar e disciplinar, em termos de sua administração,

Leia mais

CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 02/2015

CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 02/2015 CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 02/2015 A Coordenação do Curso de Arquitetura e Urbanismo, da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, no uso de suas atribuições

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA PARA OS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E PEDAGOGIA

PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA PARA OS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E PEDAGOGIA EDITAL DG N.º 07/2012 PROGRAMA DE MONITORIA PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA PARA OS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E PEDAGOGIA A Direção da Faculdade Internacional Signorelli, no uso de suas atribuições,

Leia mais

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO Edital de oferta de vagas para o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Gestão de Projetos Sociais, na modalidade a distância. A Reitora da Universidade Anhanguera-Uniderp, credenciada pelo MEC por meio da

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição e matrícula

Leia mais

EDITAL DE ESTÁGIO NÃO REMUNERADO

EDITAL DE ESTÁGIO NÃO REMUNERADO EDITAL DE ESTÁGIO NÃO REMUNERADO O Eixo de Controle e Processos Industriais vem através deste edital divulgar vaga de estágio não remunerado conforme itens a seguir: 1. DO OBJETO 1.1. O presente Edital

Leia mais

INFORMAÇÕES REFERENTES AOS CURSOS

INFORMAÇÕES REFERENTES AOS CURSOS EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 15.2 DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (EAD) De acordo com a Lei nº 9.394 de /12/96 e o Regimento Geral, a Reitora da Universidade Salvador - UNIFACS, no uso de suas atribuições,

Leia mais

CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA. Resolução nº 01/2010

CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA. Resolução nº 01/2010 CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA Resolução nº 01/2010 Regulamenta a pós-graduação lato sensu nas modalidades semipresencial e à distância O Diretor do Centro de Educação

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03 /2015

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03 /2015 1 CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA Nº 03 /2015 A Coordenação do Curso de Ciências Contábeis, da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, no uso de suas atribuições

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ENFERMAGEM DO TRABALHO Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA CIVIL CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 02/2014

CURSO DE ENGENHARIA CIVIL CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 02/2014 1 CURSO DE ENGENHARIA CIVIL CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 02/2014 A Coordenação do Curso de Engenharia de Produção e do Curso de Engenharia Civil, da

Leia mais

FACULDADE FARIAS BRITO CURSO DE DIREITO COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

FACULDADE FARIAS BRITO CURSO DE DIREITO COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES FACULDADE FARIAS BRITO CURSO DE DIREITO COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES EDITAL N. 08/2012 CONVOCAÇÃO PARA SELEÇÃO DE ACADÊMICOS PARA PARTICIPAÇÃO DO NÚCLEO DE ASSESSORIA JURÍDICA POPULAR NAJUP

Leia mais

REGULAMENTO DE MONITORIA-GRADUADA DAS FACULDADES DE VITÓRIA FDV. Estabelece normas para o funcionamento do Programa de Monitoria-Graduada na FDV

REGULAMENTO DE MONITORIA-GRADUADA DAS FACULDADES DE VITÓRIA FDV. Estabelece normas para o funcionamento do Programa de Monitoria-Graduada na FDV 1 1 1 1 1 1 0 1 0 REGULAMENTO DE MONITORIA-GRADUADA DAS FACULDADES DE VITÓRIA FDV Estabelece normas para o funcionamento do Programa de Monitoria-Graduada na FDV Art. 1 o. A monitoria-graduada é atividade

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE MONITORES

PROCESSO SELETIVO DE MONITORES PROCESSO SELETIVO DE MONITORES A Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), por meio da Pró-Reitoria de Ensino (PRE), torna pública a abertura das inscrições para seleção de Monitores do Programa Institucional

Leia mais

IBPEX - HISTÓRIA/TRAJETÓRIA

IBPEX - HISTÓRIA/TRAJETÓRIA ORIENTAÇÕES GERAIS IBPEX - HISTÓRIA/TRAJETÓRIA A trajetória de formação da IES iniciou-se no ano de 1996, com a criação do Instituto Brasileiro de Pós-Graduação e Extensão IBPEX, oferecendo cursos de pós-graduação

Leia mais

Faculdade de Lucas do Rio Verde Credenciada pela Portaria Ministerial nº. 2.653 de 07/12/01 D.O.U. de 10/12/01.

Faculdade de Lucas do Rio Verde Credenciada pela Portaria Ministerial nº. 2.653 de 07/12/01 D.O.U. de 10/12/01. CONSELHO PEDAGÓGICO - COP RESOLUÇÃO Nº. 13/2008, DE 03 DE ABRIL DE 2008 Aprova o Regulamento de Monitoria Faculdade de Lucas do Rio Verde. O Presidente do Conselho Pedagógico - COP, face ao disposto no

Leia mais

PROGRAMA DE MONITORIA FACIIP REGULAMENTO

PROGRAMA DE MONITORIA FACIIP REGULAMENTO PROGRAMA DE MONITORIA FACIIP REGULAMENTO Capitulo I Do Programa Art.1 O presente regulamento do Programa de Monitoria estabelece as regras para o exercício da monitoria por alunos regularmente matriculados

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA VOLUNTÁRIA 2008

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA VOLUNTÁRIA 2008 UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS - UEMG ESCOLA DE DESIGN ED COORDENAÇÃO DE EXTENSÃO NUCLEO INTEGRADOR DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS - NIPP PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA VOLUNTÁRIA 2008 Aprovado pelo

Leia mais

REGULAMENTO DE MONITORIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

REGULAMENTO DE MONITORIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS REGULAMENTO DE MONITORIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS SALVADOR 2014 REGULAMENTO DA MONITORIA A prática de monitoria consiste na atuação docente de alunos que auxiliam outros alunos

Leia mais

INFORMAÇÕES REFERENTES AOS CURSOS

INFORMAÇÕES REFERENTES AOS CURSOS De acordo com a Lei nº 9.394 de 20/12/96 e o Regimento Geral, a Reitora da Universidade Salvador - UNIFACS, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura das inscrições do Processo Seletivo UNIFACS

Leia mais

EDITAL Nº 88/2015 PROGRAD SELEÇÃO DE MONITORES PIMI 2015/2

EDITAL Nº 88/2015 PROGRAD SELEÇÃO DE MONITORES PIMI 2015/2 UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PROGRAMAS ESPECIAIS EM EDUCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA Av. NS 15, 109 Norte, sala 219, Bloco IV 77001-090 Palmas/TO

Leia mais

FACULDADE BATISTA DE MINAS GERAIS CURSO DE DIREITO REGULAMENTO DA MONITORIA AGOSTO DE 2014 CAPÍTULO I

FACULDADE BATISTA DE MINAS GERAIS CURSO DE DIREITO REGULAMENTO DA MONITORIA AGOSTO DE 2014 CAPÍTULO I FACULDADE BATISTA DE MINAS GERAIS CURSO DE DIREITO REGULAMENTO DA MONITORIA AGOSTO DE 2014 CAPÍTULO I DA MONITORIA: Art. 1º. A monitoria é uma atividade auxiliar à docência exercida por alunos regularmente

Leia mais

Regulamento dos Cursos do Programa ESMP-VIRTUAL

Regulamento dos Cursos do Programa ESMP-VIRTUAL Regulamento dos Cursos do Programa ESMP-VIRTUAL A DIRETORA DA ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS no exercício de suas atribuições legais, com fundamento no art. 65, inciso II da Lei

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO Edital de oferta de vagas para o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Gestão, Auditoria e Licenciamento Ambiental, na modalidade a distância. A Reitora da Universidade Anhanguera-Uniderp, credenciada pelo

Leia mais

REITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE - UNIBH CENTRO DE EXTENSÃO E PESQUISA - CENEP EDITAL Nº 03/2012

REITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE - UNIBH CENTRO DE EXTENSÃO E PESQUISA - CENEP EDITAL Nº 03/2012 REITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE - UNIBH CENTRO DE EXTENSÃO E PESQUISA - CENEP EDITAL Nº 03/2012 Seleção de bolsistas e voluntários para Projetos de Extensão Universitária O Reitor do

Leia mais

PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DA FACULDADE CENECISTA DE SETE LAGOAS EDITAL 02/2015

PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DA FACULDADE CENECISTA DE SETE LAGOAS EDITAL 02/2015 PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DA FACULDADE CENECISTA DE SETE LAGOAS EDITAL 02/2015 O Diretor da Faculdade Cenecista de Sete Lagoas no uso de suas atribuições estatutárias e regimentais, torna público

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

PORTARIA UNIDA Nº. 15/2015, de 18 de Julho de 2015.

PORTARIA UNIDA Nº. 15/2015, de 18 de Julho de 2015. PORTARIA UNIDA Nº. 15/2015, de 18 de Julho de 2015. O Diretor Geral da Faculdade Unida de Vitória, no uso das atribuições conferidas pelo Regimento Interno resolve regulamentar os procedimentos gerais

Leia mais

Universidade Federal de Pelotas Faculdade de Medicina Departamento de Medicina Social

Universidade Federal de Pelotas Faculdade de Medicina Departamento de Medicina Social Universidade Federal de Pelotas Faculdade de Medicina Departamento de Medicina Social CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA MODALIDADE A DISTÂNCIA - EDITAL Nº 01/2014 A Coordenação do Curso de Especialização

Leia mais

EDITAL Nº 016/2015 CIPEAD/PROGRAD/UFPR

EDITAL Nº 016/2015 CIPEAD/PROGRAD/UFPR EDITAL Nº 06/205 CIPEAD/PROGRAD/UFPR CHAMADA DE SELEÇÃO DE TUTORES A DISTÂNCIA PARA ATUAR NO PROGRAMA PNAP NAS DIVERSAS OFERTAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DA UFPR NA MODALIDADE A DISTÂNCIA

Leia mais

EDITAL Nº 01/2015, DE 15 DE ABRIL DE

EDITAL Nº 01/2015, DE 15 DE ABRIL DE Edital nº 01, de 15 de abril de 2015, da Universidade Federal de Pelotas UFPEL, referente ao processo seletivo simplificado, para a função temporária de TUTOR PRESENCIAL para atuar no Curso de Especialização

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ENFERMAGEM GINECOLÓGICA Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de

Leia mais

MANUAL DE INFORMAÇÕES MÍNIMAS SOBRE O PROGRAMA DE BOLSA DE MONITORIA (PROBM) E SOBRE O PROGRAMA DE BOLSA INSTITUCIONAL DE TUTORIA (PROINT)

MANUAL DE INFORMAÇÕES MÍNIMAS SOBRE O PROGRAMA DE BOLSA DE MONITORIA (PROBM) E SOBRE O PROGRAMA DE BOLSA INSTITUCIONAL DE TUTORIA (PROINT) MANUAL DE INFORMAÇÕES MÍNIMAS SOBRE O PROGRAMA DE BOLSA DE MONITORIA (PROBM) E SOBRE O PROGRAMA DE BOLSA INSTITUCIONAL DE TUTORIA (PROINT) Santa Maria, RS 2014 Vanilde Bisognin Pró-reitora de Graduação

Leia mais

Número máximo de alunos por turma. Curso/Habilitação/ Modalidade. Total de Vagas. Local de Funcionamento. Legislação do curso.

Número máximo de alunos por turma. Curso/Habilitação/ Modalidade. Total de Vagas. Local de Funcionamento. Legislação do curso. De acordo com a Lei nº 9.394 de 20/12/96 e o Regimento Geral, a Reitora da Universidade Salvador - UNIFACS, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura das inscrições do Processo Seletivo ENEM

Leia mais

EDITAL DIREÇÃO N.º 01 /2014

EDITAL DIREÇÃO N.º 01 /2014 EDITAL DIREÇÃO N.º 01 /2014 DISPÕE SOBRE PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÃO E SELEÇÃO DE PROJETOS DE GRUPOS DE ESTUDOS DOS DOCENTES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO BACHARELADO DA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS DE FLÓRIANÓPOLIS.

Leia mais

EDITAL Nº 04/2013 1 DAS VAGAS

EDITAL Nº 04/2013 1 DAS VAGAS EDITAL Nº 04/2013 A UNIVERSIDADE CEUMA, nos termos deste edital, torna público que, no período de 12/07/2013 a 29/07/2013, das 14:00h às 20:00h estarão abertas às inscrições do processo de seleção para

Leia mais

Universidade Federal de Pelotas Coordenação Universidade Aberta do Brasil Curso de Licenciatura em Filosofia a Distância

Universidade Federal de Pelotas Coordenação Universidade Aberta do Brasil Curso de Licenciatura em Filosofia a Distância Edital nº 02, de 13 de JANEIRO de 201, da Universidade Federal de Pelotas UFPEL, referente ao processo seletivo simplificado, para a função temporária de TUTOR A DISTÂNCIA para atuar no Curso de Licenciatura

Leia mais

CURSO DE MEDICINA SELEÇÃO DE MONITORES

CURSO DE MEDICINA SELEÇÃO DE MONITORES CURSO DE MEDICINA SELEÇÃO DE MONITORES EDITAL 01 2014/2 De acordo com a Lei 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, e competência das instituições de

Leia mais

CONCURSO PARA INGRESSO DE MONITOR

CONCURSO PARA INGRESSO DE MONITOR 1 A Coordenação do Curso de Engenharia de Produção e do Curso de Engenharia Civil, da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, no uso de suas atribuições e em cumprimento ao Art. 5 o do Regulamento de Monitoria,

Leia mais

4ª CHAMADA PÚBLICA PARA SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS. POLOS Nº ALUNOS VAGAS Barra do Bugres 33 02 TOTAIS 33 02

4ª CHAMADA PÚBLICA PARA SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS. POLOS Nº ALUNOS VAGAS Barra do Bugres 33 02 TOTAIS 33 02 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL INSTITUTO DE LINGUAGENS CURSO DE GRADUAÇÃO EM LETRAS: PORTUGUÊS/INGLÊS MODALIDADE A DISTÂNCIA 4ª CHAMADA PÚBLICA PARA SELEÇÃO DE TUTORES

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO PARA TUTORES DS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DE AMERICANA

PROCESSO DE SELEÇÃO PARA TUTORES DS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DE AMERICANA EDITAL N.º 005/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO PARA TUTORES DS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DE AMERICANA A Direção Geral da Faculdade de Americana - FAM torna público que até às 12 horas do dia 12 de janeiro

Leia mais

PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EDITAL 01/2015

PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EDITAL 01/2015 PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EDITAL 01/2015 A Coordenação dos Cursos Superiores de Tecnologia da Informação da Faculdade JK, no uso de suas atribuições

Leia mais

TURMAS ESPECIAIS (DEPENDÊNCIAS/ADAPTAÇÕES)

TURMAS ESPECIAIS (DEPENDÊNCIAS/ADAPTAÇÕES) FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DE CACOAL DIREÇÃO ACADÊMICA REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE TURMAS ESPECIAIS (DEPENDÊNCIAS/ADAPTAÇÕES) CACOAL 2014 CAPÍTULO I DOS CONCEITOS E DEFINIÇÕES Art. 1º - O presente

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA Nº 01/2016

EDITAL PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA Nº 01/2016 EDITAL PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA Nº 01/2016 A Universidade Tiradentes UNIT, com sede na Av. Murilo Dantas, 300 Farolândia, CEP: 49.032-490 Aracaju-SE, considerando a legislação em vigor, e através

Leia mais

Estado de Goiás Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia Gabinete de Gestão de Capacitação e Formação Tecnológica

Estado de Goiás Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia Gabinete de Gestão de Capacitação e Formação Tecnológica Edital nº. 002/2012 Processo Seletivo para Ingresso ao Curso do Programa de Qualificação Profissional em Línguas Espanhol. A Sectec faz saber que, no período de 02/07/2012 a 30/08/2012, estarão abertas,

Leia mais

SELEÇÃO DE MONITORES DO CURSO DE ENFERMAGEM EDITAL 01/2015

SELEÇÃO DE MONITORES DO CURSO DE ENFERMAGEM EDITAL 01/2015 SELEÇÃO DE MONITORES DO CURSO DE ENFERMAGEM EDITAL 01/2015 A Diretora-Geral da Faculdade Jk, no uso de suas atribuições estatutárias e regimentais, torna público que estão abertas, de acordo com o que

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online SAÚDE COLETIVA COM ENFOQUE NO GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS Regulamentação de Pós-Graduação Lato-Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de

Leia mais

EDITAL N 003/2015/UNA SUS/UFSC PROCESSO SELETIVO DE TUTORES PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ATENÇÃO DOMICILIAR

EDITAL N 003/2015/UNA SUS/UFSC PROCESSO SELETIVO DE TUTORES PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ATENÇÃO DOMICILIAR EDITAL N 003/2015/UNA SUS/UFSC PROCESSO SELETIVO DE TUTORES PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ATENÇÃO DOMICILIAR A Coordenadora do Curso de Especialização em Atenção Domiciliar, no uso de suas atribuições

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE GESTÃO E MARKETING INSTITUTO BRASILEIRO DE SAÚDE. EDITALn 02/2015. CAMPUS 2 SAÚDE e CAMPUS 1- GASTRONOMIA

INSTITUTO BRASILEIRO DE GESTÃO E MARKETING INSTITUTO BRASILEIRO DE SAÚDE. EDITALn 02/2015. CAMPUS 2 SAÚDE e CAMPUS 1- GASTRONOMIA INSTITUTO BRASILEIRO DE GESTÃO E MARKETING INSTITUTO BRASILEIRO DE SAÚDE EDITALn 02/2015 CAMPUS 2 SAÚDE e CAMPUS 1- GASTRONOMIA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA O Instituto Brasileiro de Gestão e Marketing

Leia mais

EDITAL Nº 70, DE 18 DE JULHO DE 2014

EDITAL Nº 70, DE 18 DE JULHO DE 2014 EDITAL Nº 70, DE 18 DE JULHO DE 2014 CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA SERVIDORES PÚBLICOS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí, IFPI, torna público o presente

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online DIREITO DO Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação na Modalidade

Leia mais

NORMAS DO SISTEMA DE MONITORIA

NORMAS DO SISTEMA DE MONITORIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CÂMARA DE MONITORIA NORMAS DO SISTEMA DE MONITORIA CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1º - Complementar a formação acadêmica do aluno, na área de seu

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU EM INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU EM INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU EM INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO Regulamentação de Pós-Graduação Lato-Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de

Leia mais