MERCADO LÁCTEO. O Papel da Indústria na Conquista de Mercados Alexandre Guerra Presidente. 2015: Um ano de margens ajustadas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MERCADO LÁCTEO. O Papel da Indústria na Conquista de Mercados Alexandre Guerra Presidente. 2015: Um ano de margens ajustadas"

Transcrição

1 MERCADO LÁCTEO O Papel da Indústria na Conquista de Mercados Alexandre Guerra Presidente 2015: Um ano de margens ajustadas -1,18 PIB 2015 Previsão de 2,8% em janeiro de ,26% Previsão Inflação 2015 Maior índice em 11 anos 7,9% Taxa de desemprego primeiro trimestre 2015 Maior índice desde setembro de 2011 R$ 3,14 Cotação do Dólar Maior cotação desde setembro de 2014

2 Endividamento 49% das famílias tiveram gastos acima da renda em ,3% do comércio está endividado e 43,7% dos serviços; indústria, 9% (março 2015) Nas classes média e baixa, o principal desejo de consumo é comprar a casa própria e alimentação O Papel da Indústria Fomentar a produção/qualidade junto aos produtores Inovar em produtos Industrializar em escala Abrir novos mercados Atuar junto ao Sindilat, Governo e entidades representativas Para contextualizar:

3 Material produzido pelo Sindilat/RS Produção Mundial País/Ano (*) 2014 (**) milhares de ton milhares de ton milhares de ton milhares de ton milhares de ton União Europeia (***) EUA Índia China Brasil Rússia Nova Zelândia Argentina México Ucrânia Austrália Canadá Japão Uruguai (****) TOTAL Fonte: USDA (United States Department of Agriculture) - Dairy: World Markets and Trade Dic 2013 (*) Dado preliminar (**)Projetado (***) Com base em referências (****) Fonte: Estatísticas de DIEA 2013, MGAP. O Brasil é um dos maiores produtores de leite do mundo, com forte crescimento da produção Fonte: Ministério Agricultura, Pecuária e Abastecimento

4 Material produzido pelo Sindilat/RS ¹ Fonte: FAO - The Statistics Division (2013) ² Fonte: USDA - United Department of Agriculture ³ IBGE Produtividade por vaca Países selecionados País kg/vaca/ano EUA ¹ Japão ² Canadá ¹ Alemanha ¹ Austrália ² Argentina ¹ Ucrânia ² China ² Nova Zelândia ¹ Rússia ² Uruguai ¹ México ² Brasil ³ Índia ² Produtividade vaca Brasil 2013 Fonte: IBGE 2013

5 Evolução da Produção em bilhões de litros* Minas Gerais Rio Grande do Sul Paraná Santa Catarina Goiás São Paulo Rio de Janeiro Brasil ,63 2,36 2,39 1,49 2,54 1,74 0,47 23, ,91 2,47 2,52 1,56 2,65 1,74 0,46 24, ,09 2,63 2,70 1,71 2,61 1,74 0,47 25, ,28 2,94 2,70 1,87 2,64 1,63 0,46 26, ,66 3,31 2,83 2,13 2,87 1,58 0,48 27, ,93 3,40 3,34 2,24 3,00 1,58 0,48 29, ,39 3,63 3,60 2,38 3,19 1,61 0,49 30, ,76 3,88 3,82 2,53 3,48 1,60 0,50 32, ,91 4,05 3,97 2,72 3,55 1,69 0,54 32, ,31 4,51 4,35 2,92 3,78 1,68 0,57 34, ** 9,54 4,80 4,59 3,17 3,91 1,70 0,58 36,83 *Em bilhões de litros. ** Projeção Fonte: IBGE, elaborado pelo Sindilat % de Evolução da Produção *Em bilhões de litros. ** Projeção Fonte: IBGE, elaborado pelo Sindilat

6 Distribuição da Produção de Leite por UF Fonte: IBGE Produção de matéria-prima no RS por região % 10,1% 2% 8% 2,7% 2,6% 4,6% Fonte: elaborado por Coop Santa Clara Ltda milhões de litros

7 Material produzido pelo Sindilat/RS Posição Atual da Produção e das Plantas no RS Produção média de matéria-prima com base no Sistema de Inspeção Federal (SIF): 2014: 13,15 milhões de litros/dia 2013: 12,35 milhões de litros/dia 2012: 11,09 milhões de litros/dia 2011: 10,63 milhões de litros/dia 2010: 9,94 milhões de litros/dia CAPACIDADE INDUSTRIAL INSTALADA NO RS EM 2014: 16,5 milhões de litros/dia 85% = 14,03 milhões de litros/dia Fonte: MAPA MERCADO

8 Brasil: 4º Mercado do mundo em consumo de leite branco Fonte: Compass Tetra Pak Consumo Global de Lácteos Com Crescimento A tendência é de que o consumo global de produtos lácteos aumente cerca de 36% durante a próxima década, alcançando um excedente de 710 milhões de toneladas equivalentes em leite líquido em Fonte: Compass Tetra Pak 36% de crescimento nos próximos 10 anos

9 Crescimento impulsionado principalmente pelos mercados emergentes África, Ásia e América Latina Aumento em Lácteos Líquidos Demanda impulsionada principalmente pelo crescimento da população, do maior poder aquisitivo e urbanização Fonte: Compass Tetra Pak Material produzido pelo Sindilat/RS Produção Nacional Consumo Nacional Fonte: ABLV, elaborado pelo Sindilat

10 Expectativas para os próximos anos Leite Longa Vida atinge 6.8 Bio Litros Fonte: Compass Tetra Pak Material produzido pelo Sindilat/RS Demonstrativo Importação/Exportação Importações em Kg Exportações em kg Saldo em Kg (jan a abr) Comparativo jan a abr 2014/2015 Importação em kg Exportação em kg Saldo em kg Fonte: MDIC

11 Principais Destinos (2014) Milhões de US$ Fonte: Ministério Agricultura, Pecuária e Abastecimento Principais Produtos (2014) Milhões de US$ Fonte: Ministério Agricultura, Pecuária e Abastecimento

12 Material produzido pelo Sindilat/RS Rio Grande do Sul Dados Econômicos 2013 Rebanho na produção de leite no RS: animais; 2,67% do PIB do RS é da cadeia láctea R$ 8,29 bilhões ESTADO Nº DE PRODUTORES RS BRASIL Fonte: FEE Material produzido pelo Sindilat/RS Dados Econômicos O RS possui 449 municípios que produzem leite (90,52%). Total: 496 municípios. Fonte: FEE

13 Média Mix de Comercialização Fonte: Conseleite/RS Evolução Média Mix de comercialização Fonte: Conseleite/RS

14 CONSUMO Material produzido pelo Sindilat/RS Aumento do consumo per capita Fonte: Agripoint e Embrapa

15 Tendências - Consumidor preocupado com o que a empresa faz pelo bem do meio ambiente e sociedade. - Busca por alimentos saudáveis, que promovam o bem-estar, práticos, e busca por novas experiências. - Marcas que garantem a qualidade do produto. CONCLUSÃO

16 Material produzido pelo Sindilat/RS Análises do setor Aumento dos custos (combustível e energia elétrica); 60% da produção venda para fora do Estado; Fechamento de empresas ou recuperação judicial; Maior controle do ciclo produtivo; Liberação de cotas União Europeia; Consumo de lácteos (crescimento médio de até 2,00% e produção aumento de 6,00% a.a.); Ano de margens muito ajustadas. Material produzido pelo Sindilat/RS Ações da Cadeia Láctea Habilitar plantas para exportação; Habilitar o Estado no SISBI Lácteos; Fazer acordos comerciais; Monitoramento da Balança Comercial Certificar as propriedades rurais livres de tuberculose e brucelose; Marketing institucional; Incremento nas compras públicas; Políticas Públicas para melhorar a competividade (tributária e investimentos) Investimento no controle da qualidade

17 MUITO OBRIGADO

18 BRASIL UM PAÍS CONSUMIDOR DE LEITE

19 Brasil Crescimento da Produção de Leite Brasil Consumo Per Capita de Lácteos Tendência positiva e com potencial para continuar crescendo

20 Consumo do Brasil: Lácteos são 12.2 Bio L Representam 16% do consumo Brasil: 91% dos lares já consomem Leite UHT O desafio é aumentar o volume médio

21 Leite branco ainda é a principal categoria Países com excesso de leite procurando oportunidades

22 Gerenciando as Oportunidades Respondendo às novas tendências e demandas Tendências

23 Tendências Iogurte e Leite Aromatizado Impulsionando Lácteos Líquidos! Seguindo a tendência dos mercados desenvolvidos, os países importadores de leite esperam ver um crescimento substancial de outros produtos lácteos líquidos ao longo dos próximos 3 anos, como Iogurte Líquido e Leite Aromatizado. Iogurte Líquido Refrigerado deve crescer 8% na Ásia-Pacífico entre 2013 a 2016, enquanto o iogurte ambiente deve crescer 26% no mesmo período. No Sul da Ásia, onde há apenas iogurte refrigerado líquido, o consumo irá aumentar significativamente, 41% Em Leite Aromatizado, África experimentará a maior mudança, com crescimento de 7% em todo o continente, aumentando para 12% no Norte da África. Tanto Ásia Pacífico como América Latina também devem crescer em patamares de 4% a 5%.

24 Leite Infantil, Leite Aromatizado, Iogurte Líquido e Bebidas a Base de Grãos se destacam AGENDA POSITIVA DO LEITE

25 Produção de matéria-prima no RS por região % 14% 6% 6% 13% 19% 9% Brasil: Leite Longa Vida atinge 6.2 Bio litros Leite Pasteurizado e Leite Crú retraindo consumo Fonte: Tetra Pak

26 Lácteos representam 17% do mercado mundial de bebidas E vem crescendo em torno de 2% ao ano Fonte: Tetra Pak Empresas Lácteas devem ter Visão Global Quando visando oferta de leite e demanda de consumo - A indústria Láctea, que sempre foi muito focada no consumo doméstico, está agora se deparando com desafios e oportunidades decorrentes da globalização; - Os laticínios presentes em mercados desenvolvidos e exportadores de leite possuem uma grande oportunidade de atender a demanda do crescimento acelerado dos mercados emergentes; - Entretanto, para garantir sucesso de longo prazo, estes produtores precisam balancear os ganhos rápidos de exportar para os mercados emergentes VS atender as necessidades contínuas de crescimento em seu mercado doméstico; - Isso significa entender e se adaptar as mudanças demográficas, comportamentais e de estilo de vida dos consumidores. Diversificação de produto, inovação e diferencial de marca serão ainda mais cruciais;

27 Empresas Lácteas devem ter Visão Global Quando visando oferta de leite e demanda de consumo - Por outro lado, os laticínios localizados em mercados importadores precisam superar o desfio de garantir um abastecimento de leite sustentável e de qualidade; - Os que estão tendo um bom resultado estão atuando em duas direções: aumentando investimento nas fazendas de leite para produção local & estabelecendo parceria com empresas nos mercados exportadores; - Como resultado destas parcerias bem sucedidas, provavelmente veremos mais consolidações destas indústrias, cruzando fronteiras; - E em paralelo, as empresas estão colocando muito foco em inovação de produto para reduzir a pressão por abastecimento de leite; - Neste contexto, a reação das empresas lácteas nos próximos anos terá um impacto significativo e de longo prazo no futuro do mercado lácteo global. Material produzido pelo Sindilat/RS Consumo per capita (litros/ano) * Dados de 2007 ¹ Dados de 2010 ² Dados de 2011 ³ Dados de 2014 Indicação da OMS = 220litros/ano Fontes: DCI, FAO, IFCN, COMTRADE, SECEX/MIDC, IBGE, Embrapa/IFCN, Convenio Lechería, SAGPyA-CIL-FIEL, Agripoint

28 Consumo de Lácteos Aumento do Consumo Inovação tecnológica Produtos zero lactose Nutraceuticos (funcionais ex: melhora da digestão) Enriquecidos (fortificados) ômega 3, vitaminas (foco em faixas etárias) Embalagens: tamanhos Produtos light Grego muita aceitação Fonte: Ministério Agricultura, Pecuária e Abastecimento Pilares para Aumento da Competitividade Fonte: Ministério Agricultura, Pecuária e Abastecimento

29 Lácteos no Brasil Leite Branco concentra 84% do consumo (vc 67% Global) Fonte: Tetra Pak Inovação de produtos em mercados já estabelecidos Tendo produtos de maior valor agregado - Empresas lácteas focando na inovação e desenvolvendo produtos lácteos para atingir nichos com saborizados, vitaminados, 0 lactose, colágeno, outros. - Convergência das categorias, tais como Suco + Leite ou Leite + Cereais - Iogurte e smoothies ganhando força e impulsionam lácteos líquidos Fonte: Compass Tetra Pak

30 Tendências - Consumidor diminui a frequência de compra; comprando mais quando vai ao ponto de venda. - Ao mesmo tempo que o consumidor faz compras de abastecimento, ele compra apenas o que é necessário. - Mais de um milhão de consumidores deixam de fazer refeições fora de casa e este movimento favorece mercado de alimentos de rápido preparo, com embalagens práticas e produtos saborosos. - Consumidor não abre mão de nenhuma categoria de produtos no supermercado, mas faz o balanço dos produtos que julga mais importantes e que agreguem mais valor à rotina e alimentação da família. - Oportunidade para alimentos em embalagens maiores, para atender à família que faz suas refeições no lar e multipacks. INDÚSTRIA - Valorização da marca - Aumento de produção em escala - Lançamento de novos produtos -Segurança, rastreabilidade, investimento em laboratórios

31 MERCADO - Campanhas para aumentar o consumo interno - Abertura de novos mercados externos - Controle balança comercial - Guerra Fiscal Fomento à produção - Assistência Técnica - Pagamento do Leite pela qualidade - Genética, aumento produtividade - Sanidade

A produção mundial e nacional de leite - a raça girolando - sua formação e melhoramento

A produção mundial e nacional de leite - a raça girolando - sua formação e melhoramento A produção mundial e nacional de leite - a raça girolando - sua formação e melhoramento Duarte Vilela chgeral@cnpgl.embrapa.br Audiência Pública - 18/05/2010 Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento

Leia mais

PRODUÇÃO E PERPECTIVAS DA CADEIA DO LEITE NA AGRICULTURA FAMILIAR. Eng. Agr. Breno Kirchof

PRODUÇÃO E PERPECTIVAS DA CADEIA DO LEITE NA AGRICULTURA FAMILIAR. Eng. Agr. Breno Kirchof PRODUÇÃO E PERPECTIVAS DA CADEIA DO LEITE NA AGRICULTURA FAMILIAR Eng. Agr. Breno Kirchof SITUAÇÃO MUNDIAL PRODUÇÃO MUNDIAL LEITE VACA - 599,6 bilhões de litros leite/ano CRESCIMENTO PRODUÇÃO - 1% a 2%

Leia mais

PANORAMA DO SETOR LÁCTEO AUDIÊNCIA PÚBLICA CÂMARA FEDERAL. Brasília, 27 de Agosto de 2015

PANORAMA DO SETOR LÁCTEO AUDIÊNCIA PÚBLICA CÂMARA FEDERAL. Brasília, 27 de Agosto de 2015 PANORAMA DO SETOR LÁCTEO AUDIÊNCIA PÚBLICA CÂMARA FEDERAL Brasília, 27 de Agosto de 2015 PRODUÇÃO MUNDIAL Ano 2013 2014 Crescimento Produção Total de 717,72 778,15 8,42% Leite Cru Total de Leite Inspecionado

Leia mais

Paulo do Carmo Martins Economista (UFJF) Mestre em Economia Aplicada (UFV) Doutor em Economia Aplicada (USP) Pesquisador Embrapa Gado de Leite

Paulo do Carmo Martins Economista (UFJF) Mestre em Economia Aplicada (UFV) Doutor em Economia Aplicada (USP) Pesquisador Embrapa Gado de Leite Tendências para o Setor Lácteo do Brasil e da América Latina Paulo do Carmo Martins Economista (UFJF) Mestre em Economia Aplicada (UFV) Doutor em Economia Aplicada (USP) Pesquisador Embrapa Gado de Leite

Leia mais

Enfrentando os Desafios Para Criar Competitividade Sustentável

Enfrentando os Desafios Para Criar Competitividade Sustentável SIMPÓSIO REGIONAL DE BOVINOCULTURA DE LEITE Guarapuava,07/10/2015 Enfrentando os Desafios Para Criar Competitividade Sustentável Ronei Volpi Coordenador Geral da Aliança Láctea Sul Brasileira Competitividade

Leia mais

A aceleração da inflação de alimentos é resultado da combinação de fatores:

A aceleração da inflação de alimentos é resultado da combinação de fatores: SEGURIDADE ALIMENTARIA: apuesta por la agricultura familiar Seminario: Crisis alimentaria y energética: oportunidades y desafios para América Latina e el Caribe O cenário mundial coloca os preços agrícolas

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos LEITE E DERIVADOS NOVEMBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos LEITE E DERIVADOS NOVEMBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos LEITE E DERIVADOS NOVEMBRO DE 2015 PRODUTOS 0,5% Exportação 46% Leite 41% Leite Condensado e Creme de Leite 55% Venezuela 11% Argélia Leite Fluido 34

Leia mais

Cadeia Produtiva do Leite. Médio Integrado em Agroindústria

Cadeia Produtiva do Leite. Médio Integrado em Agroindústria Médio Integrado em Agroindústria A importância da cadeia do leite A cadeia do leite e de seus derivados desempenha papel relevante no suprimento de alimentos e na geração de emprego e renda, se igualando

Leia mais

Mercado internacional da carne bovina: a visão da indústria

Mercado internacional da carne bovina: a visão da indústria VII Seminário ABMR&A da Cadeia Produtiva de Carne Bovina Feicorte 2007 Mercado internacional da carne bovina: a visão da indústria Médica Veterinária Andréa Veríssimo M. Appl. Sc. Farm Management Lincoln

Leia mais

Brasil como maior exportador mundial de carne bovina: conquistas e desafios

Brasil como maior exportador mundial de carne bovina: conquistas e desafios Brasil como maior exportador mundial de carne bovina: conquistas e desafios João Ricardo Albanez Superintendente de Política e Economia Agrícola, Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de

Leia mais

A visão de longo prazo contempla: Produção Exportações líquidas Estoques. Área plantada Produtividade Consumo doméstico (total e per capita)

A visão de longo prazo contempla: Produção Exportações líquidas Estoques. Área plantada Produtividade Consumo doméstico (total e per capita) Fornecer aos agentes envolvidos no agronegócio, notadamente as indústrias de insumos agropecuários e de alimentos, além dos produtores, Governo e academia, informações estratégicas sobre a dinâmica futura

Leia mais

Panorama Atual e Plano de Desenvolvimento para a Caprinovinocultura

Panorama Atual e Plano de Desenvolvimento para a Caprinovinocultura Panorama Atual e Plano de Desenvolvimento para a Caprinovinocultura Francisco Edilson Maia Presidente da Comissão Nacional de Caprinos e Ovinos CNA Presidente da Câmara Setorial e Temática de Ovinos e

Leia mais

MERCADO LÁCTEO. Alexandre Guerra Presidente

MERCADO LÁCTEO. Alexandre Guerra Presidente MERCADO LÁCTEO Alexandre Guerra Presidente Se tu não souberes em que mar tu está, nenhum vento irá assoprar ao teu favor. Fonte: MDIC; Elaboração MilkPoint Inteligência. 2015: Um ano de margens ajustadas

Leia mais

Associação Nacional dos Exportadores de Sucos Cítricos Consumo Mundial de Suco de Laranja

Associação Nacional dos Exportadores de Sucos Cítricos Consumo Mundial de Suco de Laranja Associação Nacional dos Exportadores de Sucos Cítricos Consumo Mundial de Suco de Laranja Câmara Setorial da Citricultura Brasília, 6 de setembro de 2011. TRANSPARÊNCIA E INFORMAÇÃO AGO/2010 OUT/2010 NOV-DEZ/2010

Leia mais

Carlos Eduardo Rocha Paulista Grupo JBS S/A. Desafio da Industria Brasileira

Carlos Eduardo Rocha Paulista Grupo JBS S/A. Desafio da Industria Brasileira Carlos Eduardo Rocha Paulista Grupo JBS S/A Desafio da Industria Brasileira Carlos Eduardo Rocha Paulista Zootecnista FAZU Msc. Melhoramento Genético UNESP MBA em Marketing FEA USP AUSMEAT Curso de Formação

Leia mais

Mercado do Boi Gordo

Mercado do Boi Gordo Mercado do Boi Gordo Perspectivas para os próximos anos SIC Esteio - RS Agosto 2006 Fabiano R. Tito Rosa Scot Consultoria Índice 1. Brasil: país pecuário 2. Comportamento dos preços internos 3. Perspectivas

Leia mais

América Latina como Novo Pólo de Produção de Leite

América Latina como Novo Pólo de Produção de Leite Workshop Regional sobre Cooperativismo Lácteo América Latina como Novo Pólo de Produção de Leite Vicente Nogueira Netto Fepale OCB/CBCL Cotrial Curitiba, 08 de julho de 2008 Agenda Mudanças recentes no

Leia mais

em números Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento

em números Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento agronegócio brasileiro em números Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento 2010 ranking Ranking Brasileiro da Produção e Exportação Fonte: USDA e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Leia mais

O PAPEL DA AGRICULTURA. Affonso Celso Pastore

O PAPEL DA AGRICULTURA. Affonso Celso Pastore O PAPEL DA AGRICULTURA Affonso Celso Pastore 1 1 Uma fotografia do setor agrícola tirada em torno de 195/196 Entre 195 e 196 o Brasil era um exportador de produtos agrícolas com concentração em algumas

Leia mais

Conjuntura Anual do Sorgo em 2008 e um possível cenário para 2009.

Conjuntura Anual do Sorgo em 2008 e um possível cenário para 2009. Conjuntura Anual do Sorgo em 2008 e um possível cenário para 2009. Para os produtores de sorgo o ano de 2008 pode ser considerado como bom. As condições climatológicas foram favoráveis durante todo o ciclo

Leia mais

OPORTUNIDADES PARA A PRODUÇÃO DE LEITE NO BRASIL

OPORTUNIDADES PARA A PRODUÇÃO DE LEITE NO BRASIL OPORTUNIDADES PARA A PRODUÇÃO DE LEITE NO BRASIL 1. Produção de Leite Rodrigo Sant`Anna Alvim 1 O Brasil conta com um setor leiteiro que vem crescendo substancialmente nos últimos anos. Grande importador

Leia mais

O Futuro da Indústria Química CARLOS FADIGAS

O Futuro da Indústria Química CARLOS FADIGAS O Futuro da Indústria Química CARLOS FADIGAS A indústria química é relevante para o Brasil... Faturamento da Indústria Química Brasileira (US$ bilhões) +6% a.a. 166 160 162 124 129 101 2008 2009 2010 2011

Leia mais

O que esperar do mercado de leite no Brasil e no mundo

O que esperar do mercado de leite no Brasil e no mundo O que esperar Desenvolver do do mercado de de leite no no e fortalecer Brasil e o e no agronegócio no mundo O que esperar do mercado de leite no Rafael Ribeiro de Lima Filho zootecnista Scot Consultoria

Leia mais

Atual cenário da produção de leite mundial e nacional. Valter Bertini Galan

Atual cenário da produção de leite mundial e nacional. Valter Bertini Galan Atual cenário da produção de leite mundial e nacional Valter Bertini Galan Meu histórico Engenheiro Agrônomo (ESALQ/USP) Mestre em Administração (FEA/USP) Produtor de leite & pequeno laticinista Cepea:

Leia mais

Conjuntura Macroeconômica e Setorial

Conjuntura Macroeconômica e Setorial Conjuntura Macroeconômica e Setorial O ano de 2012 foi um ano desafiador para a indústria mundial de carnes. Apesar de uma crescente demanda por alimentos impulsionada pela contínua expansão da renda em

Leia mais

LEITE E DERIVADOS JULHO / 2013 /2009

LEITE E DERIVADOS JULHO / 2013 /2009 LEITE E DERIVADOS JULHO / 2013 /2009 1. Mercado nacional: preços pagos ao produtor e produção histórica e estimada no Mercosul Os preços nominais médios brutos 1 pagos ao produtor em julho, ponderados

Leia mais

PANORAMA DA PRODUÇÃO DE LEITE EM PASTAGENS NO BRASIL

PANORAMA DA PRODUÇÃO DE LEITE EM PASTAGENS NO BRASIL PANORAMA DA PRODUÇÃO DE LEITE EM PASTAGENS NO BRASIL ALICE: Gato, qual o caminho correto? GATO: Depende Alice... Para onde você quer ir? ALICE: Não sei, estou perdida. GATO: Para quem não sabe onde quer

Leia mais

PRODUÇÃO DE CARNE BOVINA E CONSUMO INTERNO BRASILEIRO

PRODUÇÃO DE CARNE BOVINA E CONSUMO INTERNO BRASILEIRO PRODUÇÃO DE CARNE BOVINA E CONSUMO INTERNO BRASILEIRO WESP-GUTERRES, Caroline 1 ; TEIXEIRA, José Domingos Lemos 1 ; ARALDI,Daniele Furian 2 Palavras-Chave: Brasil. Consumo de carne. Bovinocultura. Introdução

Leia mais

O consumo mundial de papel e papelcartão (P&PC) deve atingir em 2007 cerca de 380 milhões de toneladas. Consumo Global de P&PC CONSUMO GLOBAL DE P&PC

O consumo mundial de papel e papelcartão (P&PC) deve atingir em 2007 cerca de 380 milhões de toneladas. Consumo Global de P&PC CONSUMO GLOBAL DE P&PC 32 o Fórum Anave Tendências do Mercado de Papel Suzano - Apresentação Institucional Antonio Maciel Neto Outubro de 2007 Reunião com Magistral mar/07 0 O mercado de papel hoje O consumo mundial de papel

Leia mais

Fonte: USDA (2014) *Previsão para 2014 (Fonte: FAO)

Fonte: USDA (2014) *Previsão para 2014 (Fonte: FAO) 1 Fonte: USDA (2014) *Previsão para 2014 (Fonte: FAO) 2 Produtividade de leite Países selecionados (litros/vaca/dia) Produtividade em 2011 (litros/vaca/dia) 27,7 25,9 24,1 Aumento de Produtividade 2011-2014

Leia mais

Paraná Cooperativo EDIÇÃO ESPECIAL EXPORTAÇÕES Informe Diário nº 2.092 Sexta-feira, 08 de maio de 2009 Assessoria de Imprensa da Ocepar/Sescoop-PR

Paraná Cooperativo EDIÇÃO ESPECIAL EXPORTAÇÕES Informe Diário nº 2.092 Sexta-feira, 08 de maio de 2009 Assessoria de Imprensa da Ocepar/Sescoop-PR Paraná Cooperativo EDIÇÃO ESPECIAL EXPORTAÇÕES Informe Diário nº 2.092 Sexta-feira, 08 de maio de 2009 Assessoria de Imprensa da Ocepar/Sescoop-PR EXPORTAÇÕES DAS COOPERATIVAS NO AGRONEGÓCIO EM 1. RESULTADO

Leia mais

JURANDI MACHADO - DIRETOR. Cenário Carnes 2014/2015

JURANDI MACHADO - DIRETOR. Cenário Carnes 2014/2015 JURANDI MACHADO - DIRETOR Cenário Carnes 2014/2015 Oferta e Demanda de Carne Suína CARNE SUÍNA 2014 (a)* no Mundo (Mil toneladas) 2015 (b)* Var % (b/a) PRODUÇÃO 110.606 111.845 1,12 CONSUMO 109.882 111.174

Leia mais

A Segurança Alimentar num país de 200 milhões de habitantes. Moisés Pinto Gomes Presidente do ICNA

A Segurança Alimentar num país de 200 milhões de habitantes. Moisés Pinto Gomes Presidente do ICNA A Segurança Alimentar num país de 200 milhões de habitantes Moisés Pinto Gomes Presidente do ICNA O uso da terra no Brasil Evolução das Áreas de Produção Milhões de hectares 1960 1975 1985 1995 2006 Var.

Leia mais

RISCOS E OPORTUNIDADES PARA A INDÚSTRIA DE BENS DE CONSUMO. Junho de 2012

RISCOS E OPORTUNIDADES PARA A INDÚSTRIA DE BENS DE CONSUMO. Junho de 2012 RISCOS E OPORTUNIDADES PARA A INDÚSTRIA DE BENS DE CONSUMO Junho de 2012 Riscos e oportunidades para a indústria de bens de consumo A evolução dos últimos anos, do: Saldo da balança comercial da indústria

Leia mais

Como competir com produtos inovadores no Brasil até 2010? Patrice Zagamé Presidente Novartis Brasil 18 de agosto, 2005

Como competir com produtos inovadores no Brasil até 2010? Patrice Zagamé Presidente Novartis Brasil 18 de agosto, 2005 Como competir com produtos inovadores no Brasil até 2010? Patrice Zagamé Presidente Novartis Brasil 18 de agosto, 2005 O que é um produto inovador? Dois caminhos para oferecer melhores medicamentos aos

Leia mais

DADOS ESTATÍSTICOS DO SETOR 2014

DADOS ESTATÍSTICOS DO SETOR 2014 DADOS ESTATÍSTICOS DO SETOR 2014 1. Setor de Sucos Exportações em US$ 1.000 Produtos 2010 Part% 2013 2014 Part% 2014 2014/ 13 Var % anual 14/10 Alimentos Industrializados 37.853.764 100,00 43.005.652 41.136.370

Leia mais

Suinocultura - Análise da Conjuntura Agropecuária

Suinocultura - Análise da Conjuntura Agropecuária Suinocultura - Análise da Conjuntura Agropecuária fevereiro de 2013. 1 - Considerações Iniciais A Suinocultura é uma das atividades da agropecuária mais difundida e produzida no mundo. O porco, espécie

Leia mais

O Mercado Mundial de Commodities. Palestrante: André Pessôa (Agroconsult) Debatedor: André Nassar (Icone)

O Mercado Mundial de Commodities. Palestrante: André Pessôa (Agroconsult) Debatedor: André Nassar (Icone) O Mercado Mundial de Commodities Palestrante: André Pessôa (Agroconsult) Debatedor: André Nassar (Icone) Um mercado em desequilíbrio: choque de demanda Relação Estoque/Uso (soja, milho, trigo e arroz)

Leia mais

SEMINÁRIO INSTITUTO FERNANDO HENRIQUE CARDOSO (ifhc)

SEMINÁRIO INSTITUTO FERNANDO HENRIQUE CARDOSO (ifhc) SEMINÁRIO INSTITUTO FERNANDO HENRIQUE CARDOSO (ifhc) O novo mundo rural e o desenvolvimento do Brasil Marcos Sawaya Jank Diretor Executivo Global de Assuntos Corporativos São Paulo, 12 de novembro de 2014

Leia mais

BRASIL. Francisca Peixoto

BRASIL. Francisca Peixoto BRASIL Francisca Peixoto INTRODUÇÃO BRASIL Um dos principais fornecedores de alimentos e matériasprimas do mundo Dotação única em recursos naturais Política agropecuária alinhada com estratégia nacional

Leia mais

Cenários da Macroeconomia e o Agronegócio

Cenários da Macroeconomia e o Agronegócio MB ASSOCIADOS Perspectivas para o Agribusiness em 2011 e 2012 Cenários da Macroeconomia e o Agronegócio 26 de Maio de 2011 1 1. Cenário Internacional 2. Cenário Doméstico 3. Impactos no Agronegócio 2 Crescimento

Leia mais

Capítulo 03 Mercados regionais

Capítulo 03 Mercados regionais Capítulo 03 Mercados regionais As organizações decidem atuar no mercado global quando sabem que o crescimento externo será maior do que o interno. Nesse sentido, a China é um dos mercados para onde as

Leia mais

Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016

Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016 COMUNICADO No: 58 Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016 10 de dezembro de 2015 (Genebra) - A International Air Transport Association (IATA) anunciou

Leia mais

Cenário Econômico para 2014

Cenário Econômico para 2014 Cenário Econômico para 2014 Silvia Matos 18 de Novembro de 2013 Novembro de 2013 Cenário Externo As incertezas com relação ao cenário externo em 2014 são muito elevadas Do ponto de vista de crescimento,

Leia mais

O País que Queremos Ser Os fatores de competitividade e o Plano Brasil Maior

O País que Queremos Ser Os fatores de competitividade e o Plano Brasil Maior O País que Queremos Ser Os fatores de competitividade e o Plano Brasil Maior Alessandro Golombiewski Teixeira Secretário-Executivo São Paulo, agosto de 2012 Introdução 1 Contexto Econômico Internacional;

Leia mais

Dados do Censo Agropecuário Confirmam Concentração da Atividade Leiteira no Brasil

Dados do Censo Agropecuário Confirmam Concentração da Atividade Leiteira no Brasil Dados do Censo Agropecuário Confirmam Concentração da Atividade Leiteira no Brasil Ézio José Gomes Os dados do último Censo Agropecuário do IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, de 2006

Leia mais

Perspectivas para o setor agrícola no Brasil

Perspectivas para o setor agrícola no Brasil Perspectivas para o setor agrícola no Brasil O que a conjuntura macroeconômica nos reserva? Felippe Serigati O queaconteceucom o setoragrícola nas últimas décadas? A importânciado agronegócioparao Brasil

Leia mais

O Desafio do Aumento da Produtividade na Indústria para Conquistar um Mercado Global

O Desafio do Aumento da Produtividade na Indústria para Conquistar um Mercado Global O Desafio do Aumento da Produtividade na Indústria para Conquistar um Mercado Global Jorge A r bache U n i v e r s i d a d e d e B r a s í l i a S E M P E X 2 0 1 4 M a c e i ó, 2 2 / 5 / 2 0 1 4 0,45

Leia mais

A CADEIA PRODUTIVA DO LEITE

A CADEIA PRODUTIVA DO LEITE 25 Roberto H. Jank Jr. 1 A CADEIA PRODUTIVA DO LEITE SÍNTESE RETROSPECTIVA O Brasil é o sexto maior produtor mundial de leite e deverá ser o terceiro nos próximos 5 anos, mantidas as nossas atuais taxas

Leia mais

Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global

Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global Exportações de açúcar da empresa devem aumentar 86% na safra 2009/2010 A Copersucar completa

Leia mais

Grupo de pesquisa: 1) Comercialização, Mercados e Preços Agrícolas FORMA DE APRESENTAÇÃO ORAL COM DEBATEDOR

Grupo de pesquisa: 1) Comercialização, Mercados e Preços Agrícolas FORMA DE APRESENTAÇÃO ORAL COM DEBATEDOR Leandro Augusto Ponchio CPF: 283.568.088-80 Pesquisador do CEPEA/ESALQ/USP Rua Pádua Dias, 11 Caixa postal 132 CEP: 13.400-970 Piracicaba-SP. e-mail: laponchi@esalq.usp.br Alexandre Lopes Gomes CPF: 030.071.446-71

Leia mais

A INDÚSTRIA QUÍMICA É RELEVANTE PARA O BRASIL 6 ª 10 % MAIOR. do PIB. Indústria Química DO MUNDO INDUSTRIAL. Fonte: ABIQUIM, IBGE PIA/2012

A INDÚSTRIA QUÍMICA É RELEVANTE PARA O BRASIL 6 ª 10 % MAIOR. do PIB. Indústria Química DO MUNDO INDUSTRIAL. Fonte: ABIQUIM, IBGE PIA/2012 Carlos Fadigas A INDÚSTRIA QUÍMICA É RELEVANTE PARA O BRASIL Fonte: ABIQUIM, IBGE PIA/2012 10 % do PIB INDUSTRIAL 6 ª MAIOR Indústria Química DO MUNDO A INDÚSTRIA QUÍMICA DEVE FATURAR US$ 157 BILHÕES

Leia mais

O indicador do clima econômico piorou na América Latina e o Brasil registrou o indicador mais baixo desde janeiro de 1999

O indicador do clima econômico piorou na América Latina e o Brasil registrou o indicador mais baixo desde janeiro de 1999 14 de maio de 2014 Indicador IFO/FGV de Clima Econômico da América Latina¹ O indicador do clima econômico piorou na América Latina e o Brasil registrou o indicador mais baixo desde janeiro de 1999 O indicador

Leia mais

INDÚSTRIA DE ALIMENTAÇÃO ANIMAL

INDÚSTRIA DE ALIMENTAÇÃO ANIMAL INDÚSTRIA DE ALIMENTAÇÃO ANIMAL Em 2011: Registrou incremento de 5,2% Em 2011, o setor cresceu 5,2%, movimentou R$ 40 bilhões em insumos e produziu 64,5 milhões de toneladas de ração e 2,35milhões de suplementos

Leia mais

Comércio e Investimento na Coréia do Sul. Traduzido e atualizado de Chong-Sup Kim Universidade Nacional de Seul

Comércio e Investimento na Coréia do Sul. Traduzido e atualizado de Chong-Sup Kim Universidade Nacional de Seul Comércio e Investimento na Coréia do Sul Traduzido e atualizado de Chong-Sup Kim Universidade Nacional de Seul 40 anos de economia coreana 1 2 3 4 5 6 10º PIB mundial US$ 680 milhões 12º país comercial

Leia mais

Competitividade e Desafios da Indústria do Aço

Competitividade e Desafios da Indústria do Aço Competitividade e Desafios da Indústria do Aço Harley Scardoelli 25 de maio de 2014 As economias devem se recuperar de forma gradual ao longo dos próximos anos 6,0 5,0 4,0 3,0 3,2 5,1 3,0 4,7 3,6 4,9 3,9

Leia mais

Oportunidades de Mercado na Visão do Serviço Florestal Brasileiro

Oportunidades de Mercado na Visão do Serviço Florestal Brasileiro Oportunidades de Mercado na Visão do Serviço Florestal Brasileiro - 2º Congresso Florestal do Tocantins - André Luiz Campos de Andrade, Me. Gerente Executivo de Economia e Mercados do Serviço Florestal

Leia mais

Competitividade da bovinocultura de leite

Competitividade da bovinocultura de leite Competitividade da bovinocultura de leite Rodrigo Sant`Anna Alvim Presidente da Comissão Nacional de Pecuária de Leite da CNA Maceió/AL - julho/2008 Um pouco sobre a produção brasileira 29.000 3.200 Produção

Leia mais

SOCIOECONÔMICOS 10 2 ASPECTOS INTRODUÇÃO PRODUÇÃO E CAPACIDADE DE ARMAZENAMENTO

SOCIOECONÔMICOS 10 2 ASPECTOS INTRODUÇÃO PRODUÇÃO E CAPACIDADE DE ARMAZENAMENTO 10 2 ASPECTOS SOCIOECONÔMICOS Loiva Maria Ribeiro de Mello INTRODUÇÃO A maçã é a fruta de clima temperado mais importante comercializada como fruta fresca, tanto no contexto internacional quanto no nacional.

Leia mais

Workshop - Mercado Imobiliário

Workshop - Mercado Imobiliário Workshop - Mercado Imobiliário Workshop - Mercado Imobiliário Workshop - Mercado Imobiliário 1. O que está acontecendo com o Brasil? 2. Por que o Brasil é a bola da vez? 3. Por que o Mercado imobiliário

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS INDÚSTRIAS EXPORTADORAS DE CARNES. VI SIMCORTE - Marketing da Carne Bovina no Contexto do Mercado Internacional

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS INDÚSTRIAS EXPORTADORAS DE CARNES. VI SIMCORTE - Marketing da Carne Bovina no Contexto do Mercado Internacional ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS INDÚSTRIAS EXPORTADORAS DE CARNES Viçosa - MG, Maio, 2008 VI SIMCORTE - Marketing da Carne Bovina no Contexto do Mercado Internacional Monique S. Morata TÓPICOS DO DIA O mercado

Leia mais

VOCÊ SABIA? Iogurte - Brasil - Dezembro 2012. Compre Este Relatório Agora

VOCÊ SABIA? Iogurte - Brasil - Dezembro 2012. Compre Este Relatório Agora Introdução O mercado brasileiro de iogurtes está em pleno desenvolvimento e vem ampliando sua presença de maneira significativa. Segundo levantamento da Mintel, de 2010 para 2011, a categoria teve um crescimento

Leia mais

Plano Brasil Maior e o Comércio Exterior Políticas para Desenvolver a Competitividade

Plano Brasil Maior e o Comércio Exterior Políticas para Desenvolver a Competitividade Plano Brasil Maior e o Comércio Exterior Políticas para Desenvolver a Competitividade Alessandro Golombiewski Teixeira Secretário-Executivo do MDIC Rio de Janeiro, Agosto de 2011 Introdução 1 Contexto

Leia mais

ARGENTINA Comércio Exterior

ARGENTINA Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC ARGENTINA Comércio Exterior Agosto de 2014 Índice. Dados Básicos.

Leia mais

Perspectivas 2014 Brasil e Mundo

Perspectivas 2014 Brasil e Mundo 1 Perspectivas 2014 Brasil e Mundo 2 Agenda EUA: Fim dos estímulos em 2013? China: Hard landing? Zona do Euro: Crescimento econômico? Brasil: Deixamos de ser rumo de investimentos? EUA Manutenção de estímulos

Leia mais

Dados do Setor. Março - 2014

Dados do Setor. Março - 2014 Dados do Setor Março - 2014 Índice Dados do Setor 3 Maiores Produtores Mundiais de Celulose e Papel 2012 4 Distribuição Geográfica das Florestas Plantadas Brasileiras 5 Área de Florestas Plantadas no Mundo

Leia mais

Aspectos recentes do Comércio Exterior Brasileiro

Aspectos recentes do Comércio Exterior Brasileiro Aspectos recentes do Comércio Exterior Brasileiro Análise Economia e Comércio / Integração Regional Jéssica Naime 09 de setembro de 2005 Aspectos recentes do Comércio Exterior Brasileiro Análise Economia

Leia mais

Economia Brasileira e o Agronegócio Riscos e Oportunidades. Roberto Giannetti da Fonseca Maio 2015

Economia Brasileira e o Agronegócio Riscos e Oportunidades. Roberto Giannetti da Fonseca Maio 2015 Economia Brasileira e o Agronegócio Riscos e Oportunidades Roberto Giannetti da Fonseca Maio 2015 Cenário Macro Econômico Brasileiro 2015 Economia em forte e crescente desequilibrio Deficit Fiscal 2014

Leia mais

PERSPECTIVAS PARA OS MERCADOS DE AÇÚCAR E ETANOL

PERSPECTIVAS PARA OS MERCADOS DE AÇÚCAR E ETANOL PERSPECTIVAS PARA OS MERCADOS DE AÇÚCAR E ETANOL Marcos Sawaya Jank Presidente da União da Indústria da Cana-de-Açúcar (UNICA) São Paulo, 26 de maio de 2011 SOBRE A UNICA Maior organização representativa

Leia mais

Sistema Fiero/Centro Internacional de Negócios. China e suas potencialidades comerciais

Sistema Fiero/Centro Internacional de Negócios. China e suas potencialidades comerciais Sistema Fiero/Centro Internacional de Negócios China e suas potencialidades comerciais A China será a maior economia do mundo. A dúvida é quando: em 2015, 2020, 2025? 23 4 5 2 . Comércio BR-CN, 2000-2010:

Leia mais

Ação Empresarial. Crescimento Econômico Sustentado

Ação Empresarial. Crescimento Econômico Sustentado Crescimento Econômico Sustentado Abril de 2007 Crescimento Econômico Sustentado Crescer com qualidade, segurança e de modo sustentável, de forma a assegurar a geração de emprego, de renda e distribuição

Leia mais

MB ASSOCIADOS CENÁRIO MACROECONÔMICO BRASILEIRO. Sergio Vale Economista-chefe

MB ASSOCIADOS CENÁRIO MACROECONÔMICO BRASILEIRO. Sergio Vale Economista-chefe MB ASSOCIADOS CENÁRIO MACROECONÔMICO BRASILEIRO Sergio Vale Economista-chefe I. Economia Internacional II. Economia Brasileira Comparação entre a Grande Depressão de 30 e a Grande Recessão de 08/09 Produção

Leia mais

CENÁRIO GLOBAL DE CARNES (FRANGO E SUÍNO) E MILHO

CENÁRIO GLOBAL DE CARNES (FRANGO E SUÍNO) E MILHO CENÁRIO GLOBAL DE CARNES (FRANGO E SUÍNO) E MILHO Leonardo Sologuren Céleres Junho de 2008 Cresce o consumo de proteína animal no BRIC BRASIL RÚSSIA 108 4,000 60 3.000 kg/habitante/ano 90 72 54 36 18 3,800

Leia mais

Perspectivas da Economia Brasileira

Perspectivas da Economia Brasileira Perspectivas da Economia Brasileira CÂMARA DOS DEPUTADOS Ministro Guido Mantega Comissão de Fiscalização Financeira e Controle Comissão de Finanças e Tributação Brasília, 14 de maio de 2014 1 Economia

Leia mais

Figura 01 - Evolução das exportações de suínos de Santa Catarina no período de 2010 a 2014 - US$ Milhões.

Figura 01 - Evolução das exportações de suínos de Santa Catarina no período de 2010 a 2014 - US$ Milhões. Crise na Ucrânia: dificuldades e potencialidades para o setor de carne suína e milho em Santa Catarina Glaucia Padrão, Dr.ª Analista de Economia, Epagri/Cepa Reney Dorow, Msc. Analista de Mercado, Epagri/Cepa

Leia mais

Milho - Análise da Conjuntura Agropecuária

Milho - Análise da Conjuntura Agropecuária Milho - Análise da Conjuntura Agropecuária Outubro de 2012. MUNDO O milho é o cereal mais produzido no mundo. De acordo com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), a produção média do

Leia mais

O papel da APROSOJA na promoção da sustentabilidade na cadeia produtiva da soja brasileira

O papel da APROSOJA na promoção da sustentabilidade na cadeia produtiva da soja brasileira O papel da APROSOJA na promoção da sustentabilidade na cadeia produtiva da soja brasileira Clusters para exportação sustentável nas cadeias produtivas da carne bovina e soja Eng Agrônomo Lucas Galvan Diretor

Leia mais

O Brasil como Destino de Investimentos Externos

O Brasil como Destino de Investimentos Externos O Brasil como Destino de Investimentos Externos Marco Aurélio Fontes Maio de 2003 Agenda O Brasil que Poucos Conhecem Ambiente de IED A Investe Brasil Brasil Um País de Proporções Continentais Data (2001)

Leia mais

Cadeia de Valor do Suco de Laranja Projeto GOLLS

Cadeia de Valor do Suco de Laranja Projeto GOLLS Cadeia de Valor do Suco de Laranja Projeto GOLLS Prof. Manoel A. S. Reis, Ph.D FGV-EAESP and Gvcelog Mesa Redonda - A Cadeia LogísticaPortuária e Impactos Sociais na Baixada Santista UniSantos - Universidade

Leia mais

Mercado Global de Bebidas 2010

Mercado Global de Bebidas 2010 Mercado Global de Bebidas 2010 Pontos Chave dessa apresentação: Suco de laranja é ainda o principal sabor na categoria de sucos no mundo Suco de laranja 100% com desafio de voltar a crescer Outras bebidas

Leia mais

O mercado lácteo brasileiro no contexto mundial

O mercado lácteo brasileiro no contexto mundial ISSN 1678-07X O mercado lácteo brasileiro no contexto mundial 04 Este estudo tem por objetivo apresentar a posição da cadeia produtiva do leite no Brasil ante aos grandes players do mercado mundial de

Leia mais

ANGUS: Fábio Schuler Medeiros. Médico Veterinário, D. Sc Gerente Nacional do Programa Carne Angus Certificada Associação Brasileira de Angus

ANGUS: Fábio Schuler Medeiros. Médico Veterinário, D. Sc Gerente Nacional do Programa Carne Angus Certificada Associação Brasileira de Angus ANGUS: Rentabilidade e mercado Fábio Schuler Medeiros Médico Veterinário, D. Sc Gerente Nacional do Programa Carne Angus Certificada Associação Brasileira de Angus Nossos Questionamentos... Como está a

Leia mais

Tendências para o mercado de ovos e outras commodities Lygia Pimentel é médica veterinária e consultora pela Agrifatto

Tendências para o mercado de ovos e outras commodities Lygia Pimentel é médica veterinária e consultora pela Agrifatto Tendências para o mercado de ovos e outras commodities Lygia Pimentel é médica veterinária e consultora pela Agrifatto Para analisar qualquer mercado é importante entender primeiramente o contexto no qual

Leia mais

BRASIL: SUPERANDO A CRISE

BRASIL: SUPERANDO A CRISE BRASIL: SUPERANDO A CRISE Min. GUIDO MANTEGA Setembro de 2009 1 DEIXANDO A CRISE PARA TRÁS A quebra do Lehman Brothers explicitava a maior crise dos últimos 80 anos Um ano depois o Brasil é um dos primeiros

Leia mais

AGRONEGÓCIO NO MUNDO PRINCIPAIS PLAYERS

AGRONEGÓCIO NO MUNDO PRINCIPAIS PLAYERS AGRONEGÓCIOS AGRONEGÓCIO NO MUNDO PRINCIPAIS PLAYERS Argentina Estados Unidos Indonésia Brasil Canadá Russia Índia Japão Austrália China México Área Agricultável > 30 milhões de ha População urbana > 80

Leia mais

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010 Metodologia Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Através de e-survey - via web Público Alvo: Executivos de empresas associadas e não associadas à AMCHAM Amostra: 500 entrevistas realizadas Campo: 16

Leia mais

Cana de açúcar para indústria: o quanto vai precisar crescer

Cana de açúcar para indústria: o quanto vai precisar crescer Cana de açúcar para indústria: o quanto vai precisar crescer A demanda crescente nos mercados interno e externo por combustíveis renováveis, especialmente o álcool, atrai novos investimentos para a formação

Leia mais

Bahamas Comércio Exterior

Bahamas Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC Bahamas Comércio Exterior Novembro de 215 Tabela 1 Principais Indicadores

Leia mais

Indústria Automobilística: O Desafio da Competitividade Internacional

Indústria Automobilística: O Desafio da Competitividade Internacional Encontro Econômico Brasil-Alemanha Indústria Automobilística: O Desafio da Competitividade Internacional Jackson Schneider Presidente Anfavea Blumenau, 19 de novembro de 2007 1 Conteúdo 2 1. Representatividade

Leia mais

40.000 empregados Em mais de 250 municípios Brasileiros Presença em mais de 20 países

40.000 empregados Em mais de 250 municípios Brasileiros Presença em mais de 20 países 42º SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE ACIARIA 42º STEELMAKING SEMINAR - INTERNATIONAL NOVOS PROJETOS SIDERÚRGICOS Iran Oliveira de Medeiros GRUPO VOTORANTIM 1918 2010 Canadá Estados Unidos México Bahamas Colômbia

Leia mais

fls. 776 Se impresso, para conferncia acesse o site http://esaj.tjsc.jus.br/esaj, informe o processo 0300287-79.2015.8.24.0175 e o cdigo 353F682.

fls. 776 Se impresso, para conferncia acesse o site http://esaj.tjsc.jus.br/esaj, informe o processo 0300287-79.2015.8.24.0175 e o cdigo 353F682. fls. 776 fls. 777 fls. 778 fls. 779 fls. 780 fls. 781 fls. 782 fls. 783 1/107 LAUDODEAVALIAÇÃO ECONÔMICA fls. 784 2/107 Códigodoimóvel NomedoImóvel Endereço Bairro Cidade UF Proprietário Documento RegistrodeImóveis

Leia mais

O Mercado Mundial de Alumínio e os Entraves à Produção Nacional

O Mercado Mundial de Alumínio e os Entraves à Produção Nacional O Mercado Mundial de Alumínio e os Entraves à Produção Nacional Título da apresentação Janeiro de 2008 1. Global Balanço Oferta/Demanda Alumínio; Balanço Oferta/Demanda Alumina; Competitividade 2. Oferta/

Leia mais

Notas sobre a indústria de laticínios no Brasil e seu processo de formação perante aeconomia mundial.

Notas sobre a indústria de laticínios no Brasil e seu processo de formação perante aeconomia mundial. Notas sobre a indústria de laticínios no Brasil e seu processo de formação perante aeconomia mundial. Notes about the dairy industry in Brazil and its training process in the face of worldwide economy.

Leia mais

Universidade Comunitária da Região de Chapecó Área de Ciências Exatas e Ambientais Curso de Agronomia Disciplina: Bovinocultura de Leite

Universidade Comunitária da Região de Chapecó Área de Ciências Exatas e Ambientais Curso de Agronomia Disciplina: Bovinocultura de Leite Universidade Comunitária da Região de Chapecó Área de Ciências Exatas e Ambientais Curso de Agronomia Disciplina: Bovinocultura de Leite Introdução a Pecuária Leiteira Valdirene Zabot Zootecnista valdirene@unochapeco.edu.br

Leia mais

O mercado de carnes suínas Tendências a 2021. Osler Desouzart osler@odconsulting.com.br

O mercado de carnes suínas Tendências a 2021. Osler Desouzart osler@odconsulting.com.br O mercado de carnes suínas Tendências a 2021 Osler Desouzart osler@odconsulting.com.br A produção de alimentos superou o crescimento demográfico. E continuará superando no futuro Macro tendências a 2021

Leia mais

BRF- Brasil Foods Conferência Santander Janeiro 2011

BRF- Brasil Foods Conferência Santander Janeiro 2011 BRF- Brasil Foods Conferência Santander Janeiro 2011 Os resultados do terceiro trimestre de 2010 consolidam as Empresas BRF - Brasil Foods S.A. e Sadia S.A. (subsidiária integral). Os resultados da Sadia

Leia mais

A Infraestrutura no Brasil e a Expansão da Produção dos Bens Minerais

A Infraestrutura no Brasil e a Expansão da Produção dos Bens Minerais A Infraestrutura no Brasil e a Expansão da Produção dos Bens Minerais A Visão da Indústria do Cimento Sergio Maçães Integração de atividades minerais e industriais Mineração: calcário matéria prima básica

Leia mais

Logística e infraestrutura: entendendo e superando os desafios e as barreiras.

Logística e infraestrutura: entendendo e superando os desafios e as barreiras. Logística e infraestrutura: entendendo e superando os desafios e as barreiras. Câncer Por que o Brasil tem vocação agrícola? Capricórnio Zona quente ou Intertropical Quatro fatores são fundamentais para

Leia mais

Panorama Geral da Ovinocultura no Mundo e no Brasil

Panorama Geral da Ovinocultura no Mundo e no Brasil Revista Ovinos, Ano 4, N 12, Porto Alegre, Março de 2008. Panorama Geral da Ovinocultura no Mundo e no Brasil João Garibaldi Almeida Viana 1 Os ovinos foram uma das primeiras espécies de animais domesticadas

Leia mais

Ambiente de Negócios e Reformas Institucionais no Brasil

Ambiente de Negócios e Reformas Institucionais no Brasil Ambiente de Negócios e Reformas Institucionais no Brasil Fernando Veloso IBRE/FGV Book Launch of Surmounting the Middle Income Trap: The Main Issues for Brazil (IBRE/FGV e ILAS/CASS) Beijing, 6 de Maio

Leia mais