Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "WWW.CANTOPRAVIVER.COM"

Transcrição

1 40 ANOS (F) PAULO CESAR FEITAL E ALTAY VELOSO 1 São 40 anos de aventura Desde que mãe teve a doçura De dar a luz pra esse seu nego E a vida cheia de candura Botou canção nesses meus dedos E me entregou uma partitura D7(9) G7(9) C7(9) Pra eu tocar o meu enredo Sei que às vezes quase desatino Mas esse é o meu jeito latino Meio Zumbi, Peri, D. Pedro Me emociona um violino Mas também já chorei de medo Como chorei ouvindo o Hino D7(b9) G7(9) C7(9) Quando morreu Tancredo Dm7 A7/C# Dm/C Am7(b5) D7 Gm7 Dos 40 anos de aventuras Só 20 são de ditadura D7 Gm7 Em7(b5) A7 Dm7 E eu dormi, peguei no sono, E acordei no abandono Bbm6 F6 D7(b9) G7(9) C7(9/11) Meu país tava sem dono E eu fora da lei

2 40 ANOS (F) PAULO CESAR FEITAL E ALTAY VELOSO 2 E me apaixonei por Che Guevara Quase levei tapa na cara, Melhor é mudar de assunto Vamos enterrar esse defunto Melhor lembrar de Madalena De Glauber Rocha no cinema D7(b9) G7(9) C7(9/11) Das cores desse mundo Dm7 A7/C# Dm/C Jimmy, Janis, Joplin e John Lennon Meu Deus, Am7(b5) D7 Gm7 o mundo era pequeno D7 Gm7 Em7(b5) A7 Dm7 E eu curtia no sereno Gonzaguinha e Nascimento Bbm6 F6 D7(b9) G7(9) C7(9/11) O novo renascimento Que o galo cantava "Ava Canoeiro", "Travessia" Zumbi no "Opinião" sorria, De Elis surgia uma estrela Comprei ingressos só pra vê-la Levei a minha namorada Com quem casei na "Disparada" D7(b9) G7(9) C7(9/11) Só para não perdê-la

3 40 ANOS (F) PAULO CESAR FEITAL E ALTAY VELOSO 3 Dm7 A7/C# Dm/C Lavei com meu pranto os desatinos Am7(b5) D7 Gm7 D7 Gm7 Pra conversar com meus meninos Sobre heróis da liberdade Em7(b5) De Agostinho de Luanda A Buarque de Holanda D7(b9) G7(9) C7(9/11) Foram sóis na tempesta..de Mesmo escondendo tristes fatos Curti o tricam peo nato Meu Deus, também sou batuqueiro Pois eu nasci em fevereiro A7 Dm7 Bbm6 E o carnaval tá no meu sangue Sou dos palácios, Am6 D7(b9) G7(9) C7(9/11) sou do mangue, Enfim sou brasileiro F6 Bbm6 Cm6 Hoje o que está valendo a pena, F7(4) F7 Bb6 é correr a mil com Ayrton Senna Cantar com o primeiro do mundo, que sentimento mais profundo Tem esse milton nascimento, e que mulher forte danada

4 40 ANOS (F) D7(b9) G7(9) C7(9/11) É a tal de Sônia Braga PAULO CESAR FEITAL E ALTAY VELOSO 4 Dm7 A7/C# Dm/C Eu sou Fitpald, eu sou Hortência Am7(b5) D7 Gm7 Dou de lambuja a minha vidência D7 Gm7 Em7(b5) A7 Dm7 Não conheço maior fé Que a de Chico Xá...vier Bbm6 Am6 D7(b9) G7(9) C7(9/11) Que para Deus já é Pelé Que é o nosso rei da bola Rola essa pelota companheira, judô pra que se a capoeira Pode dar tombo em capataz, mandinga dobra pra satanás A7 Dm7 Se a Broadway conhecer mangueira, Bbm6 Am6 D7(b9) G7(9) C7(9/11) Bumba meu boi n alma estrangeira, primeiro mundo samba Dm7 A7/C# Dm/C Am7(b5) D7 Gm7 Quem tem Raoni, tem Amazônia Se está sofrendo de insônia D7 Gm7 Em7(b5) É por que tem cabeça fraca Ou tá deitado eternamente

5 40 ANOS (F) PAULO CESAR FEITAL E ALTAY VELOSO 5 A7 Dm7 Em berço esplêndido, ou é babaca Bbm6 Am6 D7(b9) G7(9) C7(9/11) Ou está mamando nessa vaca O leite dos inocentes Vamos terminar nosso sambinha Vamos cantar juntos meu povo Primeiro romper a galinha Depois que ela botar o ovo A7 Dm7 É só quebrar essa casquinha Bbm6 Am6 Então nos transformar em pinto novo D7(b9) G7(9) C7(9/11) Depois de grande virar galo de rinha F6 Bbm6 Cm6 Vamos ensaiar, oh... minha gente, F7(4) F7 Bb6 Levar nosso Brasil pra frente Laia, laia, laia, laia, Laia, laia, laia, laia, Laia, laia, laia, laia... D7(9) G7(9) C7(9) laia, laia, laia...

6 40 ANOS (A) PAULO CESAR FEITAL E ALTAY VELOSO 1 São 40 anos de aventura Desde que mãe teve a doçura De dar a luz pra esse seu nego E a vida cheia de candura Botou canção nesses meus dedos E me entregou uma partitura F#7(9) B7(9) E7(9) Pra eu tocar o meu enredo Sei que às vezes quase desatino Mas esse é o meu jeito latino Meio Zumbi, Peri, D. Pedro Me emociona um violino Mas também já chorei de medo Como chorei ouvindo o Hino F#7(b9) B7(9) E7(9) Quando morreu Tancredo F#m7 C#7/E# F#m/E C#m7(b5) F#7 Bm7 Dos 40 anos de aventuras Só 20 são de ditadura F#7 Bm7 G#m7(b5) C#7 F#m7 E eu dormi, peguei no sono, E acordei no abandono Dm6 A6 F#7(b9) B7(9) E7(9/11) Meu país tava sem dono E eu fora da lei

7 40 ANOS (A) PAULO CESAR FEITAL E ALTAY VELOSO 2 E me apaixonei por Che Guevara Quase levei tapa na cara, Melhor é mudar de assunto Vamos enterrar esse defunto Melhor lembrar de Madalena De Glauber Rocha no cinema F#7(b9) B7(9) E7(9/11) Das cores desse mundo F#m7 C#7/E# F#m/E Jimmy, Janis, Joplin e John Lennon Meu Deus, C#m7(b5) F#7 Bm7 o mundo era pequeno F#7 Bm7 G#m7(b5) C#7 F#m7 E eu curtia no sereno Gonzaguinha e Nascimento Dm6 A6 F#7(b9) B7(9) E7(9/11) O novo renascimento Que o galo cantava "Ava Canoeiro", "Travessia" Zumbi no "Opinião" sorria, De Elis surgia uma estrela Comprei ingressos só pra vê-la Levei a minha namorada Com quem casei na "Disparada" F#7(b9) B7(9) E7(9/11) Só para não perdê-la

8 40 ANOS (A) PAULO CESAR FEITAL E ALTAY VELOSO 3 F#m7 C#7/E# F#m/E Lavei com meu pranto os desatinos C#m7(b5) F#7 Bm7 F#7 Bm7 Pra conversar com meus meninos Sobre heróis da liberdade G#m7(b5) De Agostinho de Luanda A Buarque de Holanda F#7(b9) B7(9) E7(9/11) Foram sóis na tempesta..de Mesmo escondendo tristes fatos Curti o tricam..peo..nato Meu Deus, também sou batuqueiro Pois eu nasci em fevereiro C#7 F#m7 Dm6 E o carnaval tá no meu sangue Sou dos palácios, C#m6 F#7(b9) B7(9) E7(9/11) sou do mangue, Enfim sou brasileiro A6 Dm6 Em6 Hoje o que está valendo a pena, A7(4) A7 D6 é correr a mil com Ayrton Senna Cantar com o primeiro do mundo, que sentimento mais profundo Tem esse Milton nascimento, e que mulher forte danada

9 40 ANOS (A) F#7(b9) B7(9) E7(9/11) É a tal de Sônia Braga PAULO CESAR FEITAL E ALTAY VELOSO 4 F#m7 C#7/E# F#m/E Eu sou Fitpald, eu sou Hortência C#m7(b5) F#7 Bm7 Dou de lambuja a minha vidência F#7 Bm7 G#m7(b5) C#7 F#m7 Não conheço maior fé Que a de Chico Xá...vier Dm6 C#6 F#7(b9) B7(9) E7(9/11) Que para Deus já é Pelé Que é o nosso rei da bola Rola essa pelota companheira, judô pra que se a capoeira Pode dar tombo em capataz, mandinga dobra pra satanás C#7 F#m7 Se a Broadway conhecer mangueira, Dm6 C#m6 F#7(b9) B7(9) E7(9/11) Bumba meu boi n alma estrangeira, primeiro mundo samba F#m7 C#7/E# F#m/E C#m7(b5) F#7 Bm7 Quem tem Raoni, tem Amazônia Se está sofrendo de insônia F#7 Bm7 G#m7(b5) É por que tem cabeça fraca Ou tá deitado eternamente

10 40 ANOS (A) PAULO CESAR FEITAL E ALTAY VELOSO 5 C#7 F#m7 Em berço esplêndido, ou é babaca Dm6 C#m6 F#7(b9) B7(9) E7(9/11) Ou está mamando nessa vaca O leite dos inocentes Vamos terminar nosso sambinha Vamos cantar juntos meu povo Primeiro romper a galinha Depois que ela botar o ovo C#7 F#m7 É só quebrar essa casquinha Dm6 C#m6 Então nos transformar em pinto novo F#7(b9) B7(9) E7(9/11) Depois de grande virar galo de rinha A6 Dm6 Em6 Vamos ensaiar, oh... minha gente, A7(4) A7 D6 Levar nosso Brasil pra frente Laia, laia, laia, laia, Laia, laia, laia, laia, Laia, laia, laia, laia... F#7(9) B7(9) E7(9) laia, laia, laia...

NOITE DOS MASCARADOS (F) F6 E7/G# A7(b9) A7 Em7(b5) A7(b13) Dm7 Quem é você, adivinhe, se gos...ta de mim Dm/C Bm7(b5) E7(b13) Am7 Am/G F#º Hoje os dois mascara...dos procuram os seus namorados E7(b13)

Leia mais

19/10/2012 LUCAS CAXAMBU E EDNA / DORA MADALENA DO JUCU A LUCAS MARACANGALHA F BRUNO FILHOS DE GANDHI C CRIS PIMENTA NO VATAPA A

19/10/2012 LUCAS CAXAMBU E EDNA / DORA MADALENA DO JUCU A LUCAS MARACANGALHA F BRUNO FILHOS DE GANDHI C CRIS PIMENTA NO VATAPA A 19/10/2012 LUCAS CAXAMBU E EDNA / DORA MADALENA DO JUCU A LUCAS MARACANGALHA F BRUNO FLHOS DE GANDH C REGNA L QUE SAUDADES TENHO DA BAHA C CRS PMENTA NO VATAPA A EDNA F / DORA C ALGUEM ME AVSOU F C CRS

Leia mais

Usa As Minhas Mãos. Intro: C9 G/B Bb/Eb D. Sei que queres tocar cada um que se abrir D/F# C/E D G Sei que queres agir com poder neste lugar

Usa As Minhas Mãos. Intro: C9 G/B Bb/Eb D. Sei que queres tocar cada um que se abrir D/F# C/E D G Sei que queres agir com poder neste lugar Usa As Minhas Mãos Intro: C9 G/B Bb/Eb D G C/G Sei que queres tocar cada um que se abrir D/F# C/E D G Sei que queres agir com poder neste lugar G Am Sei que queres curar cada coração aqui D Am G/B C E

Leia mais

Todo dia é preciso lembrar, sou a luz, o caminho, a verdade, Sou o trigo que morre e floresce, sou o pão, sou fermento, sou vida.

Todo dia é preciso lembrar, sou a luz, o caminho, a verdade, Sou o trigo que morre e floresce, sou o pão, sou fermento, sou vida. Canto de entrada C G C Dm G G7 Venham comigo, vamos comer minha Páscoa. C G C Dm G G7 Isto é meu corpo, isto também é meu sangue C F G C G Eis o meu testamento até que se cumpra no reino de Deus. C G C

Leia mais

CICATRIZES (Am) PAULO CESAR PINHEIRO e MILTINHO (MILTON LIMA DOS SANTOS) 1 Am (Am F7 F#7 G7) C7M Amor, que nunca cicatriza Bm7(b5) E7 Am D#º Dm ao menos ameniza a dor E7 Am D#º Dm E7 Am (Am F7 F#7 G7)

Leia mais

COLÉGIO NACIONAL DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO

COLÉGIO NACIONAL DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO COLÉGIO NACIONAL DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO Harmonia no lar Duas regras infalíveis na santa escola do bem Quem não estuda não sabe, quem não trabalha não tem A alegria de uma casa tem esse preço em comum

Leia mais

LOUVOR DOS PEQUENINOS Cânticos Cifrados

LOUVOR DOS PEQUENINOS Cânticos Cifrados 2015 LOUVOR DOS PQUNINOS Cânticos Cifrados Louvai ao Senhor todos os povos! Conteúdo arca de Noé... 2 CD MOMNTO... 2 MIGO... 3 Barquinho... 3 BOM DI... 3 Cantai Cantai... 4 Dê a sua vida para Jesus...

Leia mais

DESDE O PRINCÍPIO Jorge Camargo, Jorge Rehder e Guilherme Kerr Neto

DESDE O PRINCÍPIO Jorge Camargo, Jorge Rehder e Guilherme Kerr Neto DESDE O PRINCÍPIO Jorge Camargo, Jorge Rehder e Guilherme Kerr Neto Intro: Gm Gm7M(4) Gm7 G 7 4 Gm Cm7 A 7 4 (b5) Aº F6 Dm7 G7(#5) G7 Cm(add9) Ab7(9) Bb/F F 7 4 F7 Bb Am7 D7 Gm Gm/F Eb7M C7/E F F7/Eb Desde

Leia mais

COMUNIDADE DA VILA IGREJA PRESBITERIANA. Som da Vila. Cifras e Fichas Técnicas

COMUNIDADE DA VILA IGREJA PRESBITERIANA. Som da Vila. Cifras e Fichas Técnicas COMUNIDADE DA VILA IGREJA PRESBITERIANA Som da Vila Cifras e Fichas Técnicas Músicas 1. Nosso Louvor... 3 2. És... 4 3. Toda Honra, Glória e Louvor... 5 4. Agora e Sempre... 6 5. Àquele que pode... 7 6.

Leia mais

LIVRO DE CIFRAS Página 1 colodedeus.com.br

LIVRO DE CIFRAS Página 1 colodedeus.com.br LIVRO DE CIFRAS Página 1 Página 2 Página 3 ACENDE A CHAMA AUTOR: HUGO SANTOS Intro: A F#m D A F#m D A F#m D Quero Te ver, acende a Chama em mim Bm F#m A Vem com Teu Fogo, vem queimar meu coração Bm F#m

Leia mais

Músicas para Páscoa. AO REDOR DA MESA F Gm C C7 F Refr.: Ao redor da mesa, repartindo o pão/ A maior riqueza dos que são irmãos.

Músicas para Páscoa. AO REDOR DA MESA F Gm C C7 F Refr.: Ao redor da mesa, repartindo o pão/ A maior riqueza dos que são irmãos. Músicas para Páscoa AO PARTIRMOS O PÃO E C#m #m B7 E7 A C#M Refr.: Ao partirmos o pão reconhecemos/ Jesus Cristo por nós ressuscitado./ Sua paz B7 E A B7 E recebemos e levamos,/ Ao nosso irmão que está

Leia mais

Convite. Poesia é brincar com palavras como se brinca com bola, papagaio, pião. Só que bola, papagaio, pião de tanto brincar se gastam.

Convite. Poesia é brincar com palavras como se brinca com bola, papagaio, pião. Só que bola, papagaio, pião de tanto brincar se gastam. Convite Poesia é brincar com palavras como se brinca com bola, papagaio, pião. Só que bola, papagaio, pião de tanto brincar se gastam. As palavras não: quanto mais se brinca com elas mais novas ficam.

Leia mais

1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL

1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL 1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL LUGAR: EUNÁPOLIS(BA) DATA: 05/11/2008 ESTILO: VANEIRÃO TOM: G+ (SOL MAIOR) GRAVADO:16/10/10 PORTO SEGURO BAHIA-BRASIL VOCÊ É O BERÇO DO NOSSO PAIS. PORTO SEGURO BAHIA-BRASIL

Leia mais

SE SOUBERMOS PERDOAR Ó CARA IRMÃ CLARA, SE SOUBERMOS PERDOAR

SE SOUBERMOS PERDOAR Ó CARA IRMÃ CLARA, SE SOUBERMOS PERDOAR CANTO 1 - LOUVOR DA CRIAÇÃO D Bm G Em A7 D Bm G Em A7 Aleluia! Aleluia! Aleluia! Aleluia! D F#m G Em A7 1. Javé o nosso Deus é poderoso, seu nome é grande em todas as nações D F#m G Em A7 Na boca das crianças

Leia mais

Vamos adorar a Deus. Jesus salva (Aleluia)

Vamos adorar a Deus. Jesus salva (Aleluia) Vamos adorar a Deus //: SI LA SOL LA SI SI SI LA LA LA SI SI SI SI LA SOL LA SI SI SI LA LA SI LA SOOL SOOL :// Vamos adorar a Deus, Meu Senhor e Salvador Vamos adorar a Deus, com o nosso louvor. B I S

Leia mais

Tal qual criança (Eduardo Sá) tom: E

Tal qual criança (Eduardo Sá) tom: E Tal qual criança (Eduardo Sá) tom: E Intro: G7M F#(11add)/E COMUNIAE CATÓLICA SHALOM #m7(5#) G#m7 9 G9 13 F#m7 11 B7 E7m F#/E #m7m G#m7 9 Se tento enxergar teu mundo com meus olhos E7m F#(add11) A/E

Leia mais

PROJETO AMA HIGIENE CORPORAL INFANTIL ATIVIDADES

PROJETO AMA HIGIENE CORPORAL INFANTIL ATIVIDADES PROJETO AMA ATIVIDADES HIGIENE CORPORAL INFANTIL ROTEIRO DE ENSINO 1. TEMA: Higiene infantil. 2. TEMPO DE APRESENTAÇÃO: 30 minutos. 3. ASSUNTO: Higiene corporal; importância da adequada escovação dos dentes;

Leia mais

A CONTRACULTURA NA MÚSICA DOS ANOS 60 - SCRIPT DO JOGRAL

A CONTRACULTURA NA MÚSICA DOS ANOS 60 - SCRIPT DO JOGRAL 1 DEPARTAMENTO DE LETRAS E ARTES LICENCIATURA EM LETRAS COM A LÍNGUA INGLESA LITERATURA BRASILEIRA JOÃO BOSCO DA SILVA (prof.bosco.uefs@gmail.com) A CONTRACULTURA NA MÚSICA DOS ANOS 60 - SCRIPT DO JOGRAL

Leia mais

Roteiro para curta-metragem. Nathália da Silva Santos 6º ano Escola Municipalizada Paineira TEMPESTADE NO COPO

Roteiro para curta-metragem. Nathália da Silva Santos 6º ano Escola Municipalizada Paineira TEMPESTADE NO COPO Roteiro para curta-metragem Nathália da Silva Santos 6º ano Escola Municipalizada Paineira TEMPESTADE NO COPO SINOPSE Sérgio e Gusthavo se tornam inimigos depois de um mal entendido entre eles. Sérgio

Leia mais

FICHA DE AVALIAÇÃO TÉCNICA DOS SAMBAS. Autor Samba Melodia Letra Enredo Total

FICHA DE AVALIAÇÃO TÉCNICA DOS SAMBAS. Autor Samba Melodia Letra Enredo Total FICHA DE AVALIAÇÃO TÉCNICA DOS SAMBAS Autor Samba Melodia Letra Enredo Total Cosminho Santa Marta Grupo Bom Clima Jorginho, Luizão e Paulo Sunga Mauro Montezuma e Tota Nego Wando e Sidimar Paulo e Rafael

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

CIFRAS - CUKA FRESCA

CIFRAS - CUKA FRESCA INTRODUÇÃO: D9 A/C# Bm7/11 G7+ D9 A/C# G7+ G/A A/C# CIFRAS - CUKA FRESCA EU VOU TE AMAR Bm7/11 G7+ G/A A/C# QUANDO SENTIR TRISTEZA E NÃO PUDER TE ACALMAR Bm7/11 G7+ G/A QUANDO HOUVER UM VAZIO QUE NÃO POSSA

Leia mais

CAMPO HARMÔNICO MAIOR

CAMPO HARMÔNICO MAIOR CAMPO HARMÔNICO MAIOR CENTROS TONAIS CAMPO HARMÔNICO MAIOR Todas as músicas que você escuta habitualmente, utilizam algum tipo de centro tonal (campo harmônico), estes campos são as famílias de acordes

Leia mais

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma.

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. PERTO DE TI Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. Jesus! Perto de ti, sou mais e mais. Obedeço a tua voz. Pois eu sei que tu és Senhor, o

Leia mais

Tempo para tudo. (há tempo para todas as coisas por isso eu preciso ouvir meus pais)

Tempo para tudo. (há tempo para todas as coisas por isso eu preciso ouvir meus pais) Tempo para tudo (há tempo para todas as coisas por isso eu preciso ouvir meus pais) Família é ideia de Deus, geradora de personalidade, melhor lugar para a formação do caráter, da ética, da moral e da

Leia mais

O Espírito de Deus se move

O Espírito de Deus se move O Espírito de Deus se move Introdução: D A G D D A/C# G/B G/A D D A G D D A/C# G/B C9 G/B Gm/Bb G/A D A G D O Espírito de Deus se move, se move D A/C# No mundo inteiro Ele se move G/B G/A D E aqui neste

Leia mais

PESCADOR. Introdução: A E D E (2x) Mais qual é o meu caminho, qual a direção. E qual é o meu destino, minha vocação

PESCADOR. Introdução: A E D E (2x) Mais qual é o meu caminho, qual a direção. E qual é o meu destino, minha vocação PSCDOR Introdução: D (2x) Mais qual é o meu caminho, qual a direção D qual é o meu destino, minha vocação Carregar tua palavra, qualquer direção Dm Dm chamar outras almas, em outros mares pescar Pescador

Leia mais

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA DESENGANO FADE IN: CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA Celular modelo jovial e colorido, escovas, batons e objetos para prender os cabelos sobre móvel de madeira. A GAROTA tem 19 anos, magra, não

Leia mais

SUMÁRIO Páginas A alegria 10 (A alegria está no coração De quem já conhece a Jesus...) Abra o meu coração 61 (Abra o meu coração Deus!...

SUMÁRIO Páginas A alegria 10 (A alegria está no coração De quem já conhece a Jesus...) Abra o meu coração 61 (Abra o meu coração Deus!... SUMÁRIO Páginas A alegria 10 (A alegria está no coração De quem já conhece a Jesus...) Abra o meu coração 61 (Abra o meu coração Deus!...) A cada manhã 71 (A cada manhã as misericórdias se renovam...)

Leia mais

REPERTÓRIO 14/09/2012. REGINA L FITA AMARELA Cm FLAVIA ARGUMENTO D. DANIEL ACERTO DE CONTAS Dm. BRUNO MANEIRAS Em.

REPERTÓRIO 14/09/2012. REGINA L FITA AMARELA Cm FLAVIA ARGUMENTO D. DANIEL ACERTO DE CONTAS Dm. BRUNO MANEIRAS Em. REPERTÓRO 14/09/2012 REGNA L/ MONCA / CRS DANEL e ZE HUGO C / BRUNO D / MARCOTNHA PEGUE UM TA NO NORTEPEGUE UM TA NO NORTE A C/D REGNA L FTA AMARELA Cm FLAVA ARGUMENTO D DANEL ACERTO DE CONTAS Dm BRUNO

Leia mais

Chants de capoeira. page 1 Quem vem la, sou eu Canarinho da Alemanha Luanda ê Pomba avuô

Chants de capoeira. page 1 Quem vem la, sou eu Canarinho da Alemanha Luanda ê Pomba avuô Chants de capoeira page 1 Quem vem la, sou eu Canarinho da Alemanha Luanda ê page 2 São Bento me chama Angola ê, ê ê Dá no nêgo page 3 Dona Maria como vai você u Meu berimbau, instrumento genial Ligeiro,

Leia mais

WWW.CANTOPRAVIVER.COM

WWW.CANTOPRAVIVER.COM Rio Antigo (C) - Chico Anísio e Nonato Buzar 1 Quero um bate papo na esquina Fm6 Eu quero o Rio Antigo com crianças na calçada Gm7(9) C7 Brincando sem perigo, sem Metrô sem Frescão F7M o ontem no amanhã

Leia mais

INTERTÍTULO: DIANA + 1 FADE IN EXT. PRAIA/BEIRA MAR DIA

INTERTÍTULO: DIANA + 1 FADE IN EXT. PRAIA/BEIRA MAR DIA DIANA + 3 INTERTÍTULO: DIANA + 1 FADE IN EXT. PRAIA/BEIRA MAR DIA Pablo, rapaz gordinho, 20 anos, está sentado na areia da praia ao lado de Dino, magrinho, de óculos, 18 anos. Pablo tem um violão no colo.

Leia mais

Chordbook Baden Powell

Chordbook Baden Powell Chordbook Baden Powell Last update: Fri, 17/Dec/2010 http://my.andreanjos.org/music/artist/35/pdf/ Downloaded on Mon, 09/Jan/2017 http://my.andreanjos.org Table of Contents Canto de Ossanha...................................

Leia mais

Lista de Diálogo - Cine Camelô

Lista de Diálogo - Cine Camelô Lista de Diálogo - Cine Camelô Oi amor... tudo bem? Você falou que vinha. É, eu tô aqui esperando. Ah tá, mas você vai vir? Então tá bom vou esperar aqui. Tá bom? Que surpresa boa. Oh mano. Aguá! Bolha!

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA São José do Rio Preto MÚSICAS PARA A MISSA DO DIA DOS PAIS 07 DE AGOSTO DE 2008

COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA São José do Rio Preto MÚSICAS PARA A MISSA DO DIA DOS PAIS 07 DE AGOSTO DE 2008 COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA São José do Rio Preto MÚSICAS PARA A MISSA DO DIA DOS PAIS 07 DE AGOSTO DE 2008 1. ENTRADA (Deixa a luz do céu entrar) Tu anseias, eu bem sei, por salvação,

Leia mais

Portuguese Poetry / 14-30 lines HS 5-6

Portuguese Poetry / 14-30 lines HS 5-6 Ai quem me dera 1. Ai, quem me dera, terminasse a espera 2. Retornasse o canto simples e sem fim, 3. E ouvindo o canto se chorasse tanto 4. Que do mundo o pranto se estancasse enfim 5. Ai, quem me dera

Leia mais

MULHER SOLTEIRA. Marcos O BILAU

MULHER SOLTEIRA. Marcos O BILAU MULHER SOLTEIRA REFRÃO: Ei, quem tá aí Se tem mulher solteira dá um grito que eu quero ouvir Ei, quem tá aí Se tem mulher solteira dá um grito que eu quero ouvir (Essa música foi feita só prás mulheres

Leia mais

www.encartedigitalmk.com.br Conheça mais esta inovação da MK Music Uma empresa que pensa no futuro

www.encartedigitalmk.com.br Conheça mais esta inovação da MK Music Uma empresa que pensa no futuro Encarte e letras disponíveis em www.encartedigitalmk.com.br Conheça mais esta inovação da MK Music Uma empresa que pensa no futuro Produção executiva: MK Music / Masterização: Max Motta no MK Studio /

Leia mais

A TEMPESTADE É BRISA

A TEMPESTADE É BRISA Intro: / G / Am C / G C G / A TEMPESTADE É BRISA Am C G C G Am C G C G O, o, o, o, Jesus, O, o, o, o, Jesus Am C G As ondas bravas do mar, um barco quer virar Am C G O vento forte a soprar, onde Jesus

Leia mais

01 - Minha Luz. 02 - Sal e Pimenta

01 - Minha Luz. 02 - Sal e Pimenta 01 - Minha Luz Eu cheguei com minha luz Eu cheguei com minha luz Eu vou te encandear Minha luz é muito forte Tu não pode suportar E a minha energia Não tem como é comparar Eu vim pra fazer o bem E não

Leia mais

CANTOS PARA O NATAL CANTO DE ENTRADA:

CANTOS PARA O NATAL CANTO DE ENTRADA: CANTO DE ENTRADA: CANTOS PARA O NATAL 01. PEQUENINO SE FEZ (SL 95): J.Thomaz Filho e Fr.Fabretti Pequenino se fez nosso irmão, Deus-conosco! Brilhou nova luz! Quem chorou venha ver que o Menino tem razão

Leia mais

01- NA CACHOEIRA. Eu vi Mamãe Oxum na Cachoeira, Sentada na beira do rio! (bis)

01- NA CACHOEIRA. Eu vi Mamãe Oxum na Cachoeira, Sentada na beira do rio! (bis) 01- NA CACHOEIRA Eu vi Mamãe Oxum na Cachoeira, Sentada na beira do rio! (bis) Colhendo lírio, lírio ê... Colhendo lírio, lírio a... Colhendo lírios, P'ra enfeitar nosso congá. (bis) 02- BRADO DE MAMÃE

Leia mais

CANTOS - Novena de Natal

CANTOS - Novena de Natal 1 1 - Refrão Meditativo (Ritmo: Toada) D A7 D % G Em A7 % Onde reina o amor, frater---no amor. D A7 D % G A7 D Onde reina o amor, Deus aí está! 2 - Deus Trino (Ritmo: Balada) G % % C Em nome do Pai / Em

Leia mais

Mostra Cultural 2015

Mostra Cultural 2015 Mostra Cultural 2015 Colégio Marista João Paulo II Eu e as redes sociais #embuscadealgumascurtidas Uma reflexão sobre a legitimação do eu através das redes sociais. Iago Faria e Julio César V. Autores:

Leia mais

Apostila Básica de Violão

Apostila Básica de Violão Apostila Básica de Violão Resumos para aulas MARANATA O Senhor Jesus Vem! Sumário Introdução... 2 Estrutura musical... 3 Cifras... 4 Acordes e Escalas... 4 Conhecendo o violão... 5 Enfim a prática!...

Leia mais

Minha Missão (Am) João Nogueira e Paulo César Pinheiro 1 Am G7 C B Quando eu canto É para aliviar meu pranto E7 F7 F7/Eb E7 E o pranto de quem já Tanto sofreu Am G7 C B Quando eu canto Estou sentindo a

Leia mais

WWW.CANTOPRAVIVER.COM

WWW.CANTOPRAVIVER.COM COM QUE ROUPA (E) - Noel Rosa 1 E B7 E B7 Agora vou mudar minha conduta E C#7 F#m7 C#7 Eu vou pra luta, pois eu quero me aprumar F#m7 C#7 F#m7 Vou tratar você com força bruta B7 E B7 E Pra poder me reabilitar

Leia mais

09/09/2004. Discurso do Presidente da República

09/09/2004. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na solenidade de recepção da delegação brasileira que participou das Olimpíadas de Atenas Palácio do Planalto, 09 de setembro de 2004 Meu caro Grael, Meu querido René Simões,

Leia mais

CD - EU TE CHAMEI IGREJA BATISTA FONTE DE VIDA

CD - EU TE CHAMEI IGREJA BATISTA FONTE DE VIDA ifras Sacerdotes da Adoração - EU TE HAMEI IREJA BATISTA FONTE E VIA MINISTÉRIO E LOUVOR- IREJA BATISTA FONTE E VIA EIÇÃO E IFRAS ALTON BIANHI IFRAS Sacerdotes da Adoração EU TE HAMEI 1. Palavra de vitória

Leia mais

DIANA + 3. Roteiro de Henry Grazinoli

DIANA + 3. Roteiro de Henry Grazinoli DIANA + 3 Roteiro de Henry Grazinoli EXT. CALÇADA DO PORTINHO DIA Sombra de Pablo e Dino caminhando pela calçada do portinho de Cabo Frio. A calçada típica da cidade, com suas ondinhas e peixes desenhados.

Leia mais

UM CANTO NOVO EU CANTAREI UM CANTO NOVO EU CANTAREI UM CANTO NOVO MESMO QUE TUDO CONCORRA PRA NÃO MESMO QUE TUDO QUEIRA ME DESTRUIR

UM CANTO NOVO EU CANTAREI UM CANTO NOVO EU CANTAREI UM CANTO NOVO MESMO QUE TUDO CONCORRA PRA NÃO MESMO QUE TUDO QUEIRA ME DESTRUIR UM ANTO NOVO A9 A4 EU ANTAREI UM ANTO NOVO F#m7 9 EU ANTAREI UM ANTO NOVO Bm7 #m7 MESMO QUE TUDO ONORRA PRA NÃO D7M Esus MESMO QUE TUDO QUEIRA ME DESTRUIR A9 A4 DEUS VÊ E UIDA DE MIM F#m7 9 DEUS VÊ E UIDA

Leia mais

REPERTÓRIO 18/05/2012

REPERTÓRIO 18/05/2012 REPERTÓRO 18/05/2012 ZULEDE EU NÃO TENHO ONDE MORAR A DOGO MARACANGALHA G# EDNA ORAÇAO MAE MENNNHA B rita FLHOS DE GANDH B zuleide SAMBA PRAS MOCAS dora DEXA A FUMAÇA ENTRAR B bruno MANERAS MRAM A DEUSA

Leia mais

916º ENCONTRO FRATERNO AUTA DE SOUZA. Londrina PR. 14 e 15 de outubro de 2006

916º ENCONTRO FRATERNO AUTA DE SOUZA. Londrina PR. 14 e 15 de outubro de 2006 916º ENCONTRO RATERNO AUTA DE SOUZA Londrina PR 14 e 15 de outubro de 2006 01 - TRABALHADORES DA ÚLTIMA HORA C Am Pra semear nós somos livres, Dm Mas a colheita nunca tarda, E Am O tempo passa e não tem

Leia mais

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno.

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno. Meu lugar,minha história. Cena 01- Exterior- Na rua /Dia Eduardo desce do ônibus com sua mala. Vai em direção a Rose que está parada. Olá, meu nome é Rose sou a guia o ajudara no seu projeto de história.

Leia mais

Músicas Para Casamento

Músicas Para Casamento Músicas Para Casamento 01. Você e Eu - Eliana Ribeiro 7M 7M C#m7 F#7/5+ F#7 Bm7 Quero estar com você, / Lembrar de cada momento bom; C#m7 m7 C#m7 #m7 Em7 7/9 Reviver a nossa história, nosso amor. 7M #m7/5-

Leia mais

E alegre se fez triste

E alegre se fez triste Manuel Alegre Manuel Alegre nasceu em 1936 e estudou na Faculdade de Direito de Coimbra, onde participou activamente nas lutas académicas. Cumpriu o serviço militar na guerra colonial em Angola. Nessa

Leia mais

F# F#m7M9 G#m7 F#/A# B9 G#/C C#sus4 %

F# F#m7M9 G#m7 F#/A# B9 G#/C C#sus4 % 01 - É Tempo de Festa F % % % % F Eb7M % Gm7 % Bb Gm7 F/A Bb7M Csus4 F F % Gm7 % Bb % Eb Bb/D Bb Csus4 F C/F Eb % F C/F Eb Bb Alegre estou em Tua casa ó Deus, o meu louvor entoarei. F C/F Eb % F C/F Eb

Leia mais

Belo reparo. capítulo um. No Japão, eles têm o kintsugi a arte de remendar porcelanas. Hoje Nova York Apartamento de Cassandra Taylor

Belo reparo. capítulo um. No Japão, eles têm o kintsugi a arte de remendar porcelanas. Hoje Nova York Apartamento de Cassandra Taylor capítulo um Belo reparo Hoje Nova York Apartamento de Cassandra Taylor No Japão, eles têm o kintsugi a arte de remendar porcelanas preciosas com ouro. O resultado é uma peça que nitidamente foi quebrada,

Leia mais

Assunto: Entrevista com a primeira dama de Porto Alegre Isabela Fogaça

Assunto: Entrevista com a primeira dama de Porto Alegre Isabela Fogaça Serviço de Rádio Escuta da Prefeitura de Porto Alegre Emissora: Rádio Guaíba Assunto: Entrevista com a primeira dama de Porto Alegre Isabela Fogaça Data: 07/03/2007 14:50 Programa: Guaíba Revista Apresentação:

Leia mais

Quais eram os seus brinquedos? Ah... quando eu era bem pequeninim, sempre gostava de jogá bola, carrinho. Né?

Quais eram os seus brinquedos? Ah... quando eu era bem pequeninim, sempre gostava de jogá bola, carrinho. Né? Você vive há muito tempo aqui? Eu vivo aqui há quinze anos. Desde que você nasceu. Né? Isso. Como foi a sua infância? Ah... minha infância foi boa, foi muito divertida. Eu fiz de tudo. Sempre tive liberdade

Leia mais

Album Capoeira Antiga Geração Africana volume 4 CD1. 2 Água doce

Album Capoeira Antiga Geração Africana volume 4 CD1. 2 Água doce Album Capoeira Antiga Geração Africana volume 4 CD1 1 - Guarda Prisional Iê Verdade faz o olho vermelho mas não fura Tu gosta de cão, tu gosta de pulga (Bis) Folha que cai não apodrece no mesmo dia O mau

Leia mais

Relato de parto: Nascimento do Thomas

Relato de parto: Nascimento do Thomas Relato de parto: Nascimento do Thomas Dia 15 de dezembro de 2008, eu já estava com 40 semanas de gestação, e ansiosa para ter meu bebê nos braços, acordei as 7h com uma cólica fraca, dormi e não senti

Leia mais

Nossa Senhora Chitãozinho & Xororó Cubra-me com seu manto de amor Guarda-me na paz desse olhar Cura-me as feridas e a dor me faz suportar

Nossa Senhora Chitãozinho & Xororó Cubra-me com seu manto de amor Guarda-me na paz desse olhar Cura-me as feridas e a dor me faz suportar Nossa Senhora Chitãozinho & Xororó Cubra-me com seu manto de amor Guarda-me na paz desse olhar Cura-me as feridas e a dor me faz suportar Que as pedras do meu caminho Meus pés suportem pisar Mesmo ferido

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

CD: Ao Sentir. Alencastro e Patrícia. 1- Ao Sentir Jairinho. Ao sentir o mundo ao meu redor. Nada vi que pudesse ser real

CD: Ao Sentir. Alencastro e Patrícia. 1- Ao Sentir Jairinho. Ao sentir o mundo ao meu redor. Nada vi que pudesse ser real Alencastro e Patrícia CD: Ao Sentir 1- Ao Sentir Jairinho Ao sentir o mundo ao meu redor Nada vi que pudesse ser real Percebi que todos buscam paz porém em vão Pois naquilo que procuram, não há solução,

Leia mais

Geração Graças Peça: Os Cofrinhos

Geração Graças Peça: Os Cofrinhos Geração Graças Peça: Os Cofrinhos Autora: Tell Aragão Personagens: Voz - não aparece mendigo/pessoa Nervosa/Ladrão faz os três personagens Menina 1 Menina 2 Voz: Era uma vez, duas irmãs que ganharam dois

Leia mais

HINÁRIO. Padrinho Nonato ACONTECEU. Tema 2012: Flora Brasileira Pau-Brasil (Caesalpinia echinata)

HINÁRIO. Padrinho Nonato ACONTECEU. Tema 2012: Flora Brasileira Pau-Brasil (Caesalpinia echinata) HINÁRIO ACONTECEU Tema 2012: Flora Brasileira Pau-Brasil (Caesalpinia echinata) Padrinho Nonato 1 www.hinarios.org 2 Prece Deus glorioso e supremo iluminai a escuridão do meu coração e dai a minha fé correta,

Leia mais

APÊNDICE A - Músicas

APÊNDICE A - Músicas APÊNDICE A - Músicas Músicas 1 GUT GUT SEM PARAR Adaptação ao meio líquido Bebeu a água da piscina toda Fui ver quem era, era o João Ele bebia a água da piscina Ele fazia gut gut gut gut gut sem parar

Leia mais

FICHA SOCIAL Nº 136 INFORMANTE

FICHA SOCIAL Nº 136 INFORMANTE FICHA SOCIAL Nº 136 INFORMANTE : P.C. SEXO: Masculino IDADE: 15 anos Faixa I ESCOLARIZAÇÃO: 5 a 8 anos (6ª série) LOCALIDADE: Alto da Penha (Zona Urbana) DOCUMENTADORA: Maria do Socorro Inácio TRANSCRITORA:

Leia mais

JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE

JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE A Novena de Natal deste ano está unida à Campanha da Fraternidade de 2013. O tema Fraternidade e Juventude e o lema Eis-me aqui, envia-me, nos leva para o caminho da JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE Faça a

Leia mais

ALEGRIA ALEGRIA:... TATY:...

ALEGRIA ALEGRIA:... TATY:... ALEGRIA PERSONAGENS: Duas amigas entre idades adolescentes. ALEGRIA:... TATY:... Peça infanto-juvenil, em um só ato com quatro personagens sendo as mesmas atrizes, mostrando a vida de duas meninas, no

Leia mais

Cantos para o Tempo Pascal Inicio da Missa O Senhor ressurgiu! Letra e Música: Pe. Ney Brasil

Cantos para o Tempo Pascal Inicio da Missa O Senhor ressurgiu! Letra e Música: Pe. Ney Brasil Inicio da Missa O Senhor ressurgiu! Letra e Música: Pe. Ney Brasil C Em F C... O Senhor ressurgiu,... Aleluia, aleluia! F Dm Dm7 G...É o Cordeiro Pascal,... Aleluia, aleluia! C Em F C Imolado por nós,...

Leia mais

JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13

JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13 JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13 INTRODUÇÃO O Evangelho de João registra 7 afirmações notáveis de Jesus Cristo. Todas começam com Eu sou. Jesus disse: Eu sou o pão vivo

Leia mais

Tenho Sede - Gilberto Gil

Tenho Sede - Gilberto Gil Tenho Sede - Gilberto Gil Traga-me um copo d'água, tenho sede E essa sede pode me matar Minha garganta pede um pouco d'água E os meus olhos pedem teu olhar A planta pede chuva quando quer brotar O céu

Leia mais

Não sou daqueles que dizem que o amor pode ter vários significados, até pode... E tem vários significados... Mas fica vulgarizado.

Não sou daqueles que dizem que o amor pode ter vários significados, até pode... E tem vários significados... Mas fica vulgarizado. O amor! A paixão! A indiferença e o ódio! Não sou daqueles que dizem que o amor pode ter vários significados, até pode... E tem vários significados... Mas fica vulgarizado. O amor é o sentimento mais nobre

Leia mais

DEUS INFINITO Autor: Marília Mello Intro: F C/E B/D Db C F C/E B/D Db C F

DEUS INFINITO Autor: Marília Mello Intro: F C/E B/D Db C F C/E B/D Db C F DUS INFINITO utor: Marília Mello Intro: F / /D Db F / /D Db F m b F Senhor eu te apresento o meu coração m b F u coloco toda minha vida em tuas mãos b /b m Dm Porque sei que tudo sabes de mim, Senhor b

Leia mais

O LAVA JATO MACABRO. Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA

O LAVA JATO MACABRO. Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA O LAVA JATO MACABRO Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA Rua alameda dom Pedro II n 718 Venda da cruz São Gonçalo. e-mail:jfigueiredo759@gmail.com TEL: (21)92303033 EXT.LAGE DA CASA.DIA Renam está sentado na

Leia mais

Consagração do Aposento. Hinos de DESPACHO Hinos de CONCENTRAÇÃO Hinário CRUZEIRINHO Mestre Irineu Hinos de ENCERRAMENTO

Consagração do Aposento. Hinos de DESPACHO Hinos de CONCENTRAÇÃO Hinário CRUZEIRINHO Mestre Irineu Hinos de ENCERRAMENTO Oração Pai Nosso Ave Maria Chave Harmonia Hinos da ORAÇÃO Consagração do Aposento Hinos de DESPACHO Hinos de CONCENTRAÇÃO Hinário CRUZEIRINHO Mestre Irineu Hinos de ENCERRAMENTO Pai Nosso - Ave Maria Prece

Leia mais

Hinário SEIS DE JANEIRO De João Pereira

Hinário SEIS DE JANEIRO De João Pereira Hinário SEIS DE JANEIRO De João Pereira Edição oficial do CICLUMIG Flor do Céu De acordo com revisão feita pelo sr. Francisco Grangeiro, zelador do hinário. www.mestreirineu.org 1 01 FÉ EM NOSSO PAI Fé

Leia mais

Geração Graças Peça: A Páscoa Continua

Geração Graças Peça: A Páscoa Continua Geração Graças Peça: A Páscoa Continua Autora: Tell Aragão Personagens: Cantor Apresentador Maluco Nino Nana Sapinho 1 Sapinho 2 Voz de locutor Cena 1 A cortina abre. As duas crianças estão na sala assistindo

Leia mais

História: Vocês querem que eu continue contando a história do Natal? Maria e José seguiam para Belém,

História: Vocês querem que eu continue contando a história do Natal? Maria e José seguiam para Belém, Data: 13/12/2015 Texto Bíblico: Lucas 2:7; 8-20 e Mateus 2:1-12 Versículo para memorizar: Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu único Filho, para que todo aquele que Nele crê não morra,

Leia mais

Baticum (C) MARURICIO CARRILHO E PAULO CESAR PINHEIRO 1 C Ebº B7(b9) Aquela cabocla Da boca rasgada E7M Eb7(b13) Abm Abm/Gb Da cara pintada Como grão do urucum Fm7(b5) Bb7 Eb6 A7(9) Aquela diaba Do beiço

Leia mais

A África no Brasil. Ventre Livre, de 28 de setembro de 1871.

A África no Brasil. Ventre Livre, de 28 de setembro de 1871. A África no Brasil A África aparece nas narrativas primeiramente como referência de ancestralidade. Neste sentido, nas narrativas selecionadas, a memória da África e do africano aparecem associadas à noção

Leia mais

Sapato Velho (acústico)

Sapato Velho (acústico) Page 1 of 8 Home ig Último Segundo Economia Esporte TV ig Gente Delas ASSINE E-mail Acesso Internet Suporte Antivírus SAC login cifras e tablaturas entrevistas notícias dicionário de acordes fórum Digite

Leia mais

HINÁRIO NOVA DIMENSÃO

HINÁRIO NOVA DIMENSÃO HINÁRIO NOVA DIMENSÃO Tema 2012: Flora Brasileira Rabo de Galo (Worsleya rayneri) Padrinho Alfredo Alfredo Gregório de Melo 1 www.hinarios.org 2 01 BRILHANTES PEDRAS FINAS Marcha - Valsa Ao pai eterno

Leia mais

O GALO QUE NUNCA MAIS CANTOU

O GALO QUE NUNCA MAIS CANTOU ANA SALDANHA O GALO QUE NUNCA MAIS CANTOU - E OUTRAS HISTORIAS Índice O galo que nunca mais cantou... 11 A formiga diligente e o salazar... 17 A vindima da Dona Raposa... 23 Contrato de arrendamento...

Leia mais

CANTOS DA MDJ CIFRADOS

CANTOS DA MDJ CIFRADOS CANTOS DA MDJ CIFRADOS HINO DA MDJ D Bm G A Juventude força do amor, faz da vida uma oração D Bm G A Ser discípulo do Senhor, enviado em missão F#m Bm 1- Quer a vida, vida de Deus F#m Bm Seus caminhos

Leia mais

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento.

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. museudapessoa.net P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. R Eu nasci em Piúma, em primeiro lugar meu nome é Ivo, nasci

Leia mais

Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo

Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo Autora: Tell Aragão Personagens: Carol (faz só uma participação rápida no começo e no final da peça) Mãe - (só uma voz ela não aparece) Gigi personagem

Leia mais

1 - NOITE FELIZ (Franz Gruber) não tem no CD

1 - NOITE FELIZ (Franz Gruber) não tem no CD 1 - NOIT LIZ (ranz Gruber) não tem no C (introdução) 7 m m/c# G 7 G G G Noite feliz, noite feliz 7 G Ó Senhor, eus de amor C G Pobrezinho nasceu em Belém C G is na lapa Jesus, nosso bem 7 m m/c# orme em

Leia mais

Partida. Mímica. Mímica. Mímica. Mímica. Mímica. Mímica. Palavras Proibidas. Palavras Proibidas. Palavras Proibidas. Desenho. Palavras Proibidas

Partida. Mímica. Mímica. Mímica. Mímica. Mímica. Mímica. Palavras Proibidas. Palavras Proibidas. Palavras Proibidas. Desenho. Palavras Proibidas (http://www.manualdacrianca.net) Partida Joga de novo Escolhe a cor Escrever Passear Dormir Conduzir um carro Jogar à bola Beber Lavar loiça Sentar-se Elogiar Remar Mudar uma lâmpada Pintar uma parede

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

Composições Líricas Lúdicas: Lengalengas

Composições Líricas Lúdicas: Lengalengas Composições Líricas Lúdicas: Lengalengas Ia eu pela serrinha acima, Veio a geada, prendeu-me a perninha. Oh neve, tu és tão forte que o meu pé prende? Eu sou tão forte que o sol me derrete. Oh sol, tu

Leia mais

CD UM NOVO DIA. Um Novo Dia Autor: Paulo Cezar

CD UM NOVO DIA. Um Novo Dia Autor: Paulo Cezar CD UM NOVO DIA Um Novo Dia Autor: Paulo Cezar Quantos momentos da vida. Me fazem ver. O que aqui dentro existe. Ouvi dizer. Luto pra conseguir, corro só pra fugir, faço o que posso, mas já não sou vencedor,

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADE

RELATÓRIO DE ATIVIDADE RELATÓRIO DE ATIVIDADE A IMPORTÂNCIA DE CADA ALIMENTO Coordenador da atividade: Thaís Canto Cury Integrantes da equipe: Manha: Bianca Domingues, Fernando Peixoto e Juliana Ravelli Tarde: Thaís Cury, Thalita

Leia mais

Aluno(a): Nº. Disciplina: Português Data da prova: 03/10/2014. P1-4 BIMESTRE. Análise de textos poéticos. Texto 1. Um homem também chora

Aluno(a): Nº. Disciplina: Português Data da prova: 03/10/2014. P1-4 BIMESTRE. Análise de textos poéticos. Texto 1. Um homem também chora Lista de Exercícios Aluno(a): Nº. Professor: Daniel Série: 9 ano Disciplina: Português Data da prova: 03/10/2014. P1-4 BIMESTRE Análise de textos poéticos Texto 1 Um homem também chora Um homem também

Leia mais

Subsídios para datas comemorativas

Subsídios para datas comemorativas Subsídios para datas comemorativas CLBRANDO A FAMÍLIA NO DIA DAS MÃS Hoje o conceito de família mudou bastante. O papel da mãe pode ser exercido pelo pai, avó, um parente ou outra pessoa. Há uma mudança

Leia mais