CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2010

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2010"

Transcrição

1 CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2010 Divulgação dos principais resultados Censo da Educação Superior 2010 Outubro de 2011

2 Estatísticas Básicas de Graduação (presencial e a distância) e Pós-Graduação por Categoria Administrativa Brasil 2010 Estatísticas Básicas Total Geral Instituições Cursos Matrículas de Graduação Ingressos (todas as formas) Concluintes Funções Docentes em Exercício¹ Matrículas de Pós-Graduação Matrículas Total² Razão Matrículas Total 2 /Funções Docentes em Exercício Pós - Graduação Graduação e Pós-Graduação 18,97 Categoria Administrativa Pública Total Federal Estadual Municipal Graduação Privada ,67 13,15 14,42 14,68 22,21 Nota¹: Corresponde ao número de vínculos de docentes a instituições que oferecem cursos de graduação. A atuação docente não se restringe, necessariamente, aos cursos de graduação. Nota ²: Inclui matrículas de Graduação e de Pós-Graduação

3 Evolução do Número de Matrículas em Cursos de Graduação (presencial e a distância) Brasil

4 Evolução do Número de Ingressos (todas as formas de ingresso) em Cursos de Graduação (presencial e a distância) Brasil

5 Evolução do Número de Concluintes em Cursos de Graduação (presencial e a distância) Brasil

6 MATRÍCULA

7 Região Geográfica Matrícula - Cursos Presenciais 2001 % 2010 % Brasil Norte , ,5 Nordeste , ,3 Sudeste , ,7 Sul , ,4 Centro_Oeste , ,1

8 Evolução da Participação Percentual do Número de Matrículas (presencial e a distância) por Organização Acadêmica Brasil % 90% 80% 70% 60% 31,2% 14,5% 50% 40% 30% 20% 54,3% 10% 0% Universidades Centros Universitários* Faculdades * Inclui Institutos Federais e Centros Federais de Educação Tecnológica

9 Evolução do Número de Ingressos (presencial e a distância) por Categoria Administrativa Brasil Ingressos (todas as formas de ingresso) Ano Pública Privada Total Total % Federal % Estadual % Municipal % Privada % , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,2 Período / Variação Percentual 2009/2010 5,7 12,7 2001/ ,2 89,4 % 19,2 6,0 (8,9) 3,9 140,5 42,5 22,0 115,4

10 Evolução do Número de Matrículas por Modalidade de Ensino Brasil ,6% 14,6% 85,6% ,4% Presencial A distância

11 Evolução do Número de Concluintes por Modalidade de Ensino Brasil ,8% ,2% Presencial A distância

12 Número de Matrículas por Modalidade de Ensino e Grau Acadêmico Brasil 2010 Tecnológico 10,0% Licenciatura 17,0% Presencial Não aplicável* 0,3% Tecnológico 25,3% A distância Não aplicável* 0,0% Bacharelado 28,8% Bacharelado 72,6% Licenciatura 45,8% * Não aplicável: Corresponde a Área Básica de Curso na qual não está definido o grau acadêmico.

13 45 Dispersão da Idade dos Alunos Matriculados nos Cursos de Graduação por Modalidade de Ensino Brasil Idade Presencial A distância 3 quartil Mediana 1 quartil Média

14 Evolução do número de matrículas (presencial e a distância) por grau acadêmico - Brasil ,3% 12,3% ,2% 21,1% ,3% 66,3% Bacharelado Licenciatura Bacharelado e Licenciatura Tecnológico Não aplicável Não informado Não informado: corresponde aos cursos que não informaram grau acadêmico nos Censos da Educação Superior até o ano de Não aplicável: corresponde a Área Básica de Curso na qual não está definido o grau acadêmico.

15 Evolução do Número de Matrículas em Cursos de Matemática, Química, Física e Biologia* (Graduação presencial e a distância) Brasil Biologia Física Matemática Química * Inclui todos os graus acadêmicos

16 Evolução do Número de Concluintes em Cursos de Matemática, Química, Física e Biologia* (Graduação presencial e a distância) Brasil Biologia Física Matemática Química * Inclui todos os graus acadêmicos

17 CURSOS DE LICENCIATURAS

18 Evolução do Número de Matrículas em Cursos de Licenciatura* (presencial e a distância) Brasil Licenciatura Bacharelado e Licenciatura *Até 2009, inclui os cursos que oferecem grau acadêmico de Bacharelado e Licenciatura, além dos específicos de Licenciatura.

19 Evolução do Número de Ingressos (todas as formas de ingressos) em Cursos de Licenciatura* (presencial e a distância) Brasil Licenciatura Bacharelado e Licenciatura *Até 2009, inclui os cursos que oferecem grau acadêmico de Bacharelado e Licenciatura, além dos específicos de Licenciatura.

20 Evolução do Número de Concluintes em Cursos de Licenciatura* (presencial e a distância) Brasil Licenciatura Bacharelado e Licenciatura *Até 2009, inclui os cursos que oferecem grau acadêmico de Bacharelado e Licenciatura, além dos específicos de Licenciatura.

21 Evolução da Participação de Matrículas dos Cursos Presenciais por Turno e Categoria Administrativa Brasil % 90% 80% 70% 60% 50% Diurno 40% Noturno 30% 20% 10% 0% Federal Estadual Municipal Privada

22 Evolução da Participação Percentual de Matrículas em Cursos de Graduação (presencial e a distância) por Sexo Brasil ,7% 43,1% 43,1% 43,2% 43,6% 43,6% 43,9% 44,1% 42,9% 43,0% 56,3% 56,9% 56,9% 56,8% 56,4% 56,4% 56,1% 55,9% 57,1% 57,0% Feminino Masculino

23 Evolução da Participação Percentual de Concluintes em Cursos de Graduação (presencial e a distância) por Sexo Brasil ,6% 37,0% 37,4% 37,1% 37,3% 38,9% 39,9% 39,3% 38,8% 39,1% 62,4% 63,0% 62,6% 62,9% 62,7% 61,1% 60,1% 60,7% 61,2% 60,9% Feminino Masculino

24 FUNÇÕES DOCENTES

25 Evolução da Participação Percentual dos Docentes por Regime de Trabalho e Categoria Administrativa (pública e privada) Brasil % 90% 80% 70% 60% 50% 40% 30% 20% 10% 0% Pública Privada Tempo Integral Tempo Parcial Horista

26 Evolução do Número de Funções Docentes por Titulação Brasil Até Especialização Mestrado Doutorado

27 Evolução da Participação Percentual da Titulação Docente por Categoria Administrativa (pública e privada) Brasil Participação Percentual Até Especialização Mestrado Doutorado Até Especialização Mestrado Doutorado Pública Privada

28 INSTITUIÇÕES FEDERAIS DE EDUCAÇÃO SUPERIOR (IFES)

29 Evolução do Número de Matrículas em Cursos de Graduação (presencial e a distância) das IFES Brasil

30 Evolução do Número de Matrículas em Cursos de Graduação (presencial e a distância) das IFES por Modalidade de Ensino Brasil ,2% 88,8% Presencial A distância

31 Evolução do Número de Concluintes em Cursos de Graduação (presencial e a distância) das IFES Brasil

32 Evolução do Número de Concluintes em Cursos de Graduação (presencial e a distância) das IFES por Modalidade de Ensino Brasil ,5% ,5% Presencial A distância

33 Evolução do Número de Ingressos (todas as formas de ingresso) em Cursos de Graduação (presencial e a distância) das IFES Brasil

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Janeiro de 2011

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Janeiro de 2011 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2009 Janeiro de 2011 PRINCIPAIS RESULTADOS - CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR GRADUAÇÃO

Leia mais

MEC. Censo da Educação Superior 2014

MEC. Censo da Educação Superior 2014 MEC Censo da Educação Superior 2014 BRASÍLIA DF 04 DE DEZEMBRO DE 2015 Tabela Resumo Estatísticas Gerais da Educação Superior Brasil 2014 Categoria Administrativa Estatísticas Básicas Total Geral Pública

Leia mais

Ministério da Educação Censo da Educação Superior 2012

Ministério da Educação Censo da Educação Superior 2012 Ministério da Educação Censo da Educação Superior 2012 Aloizio Mercadante Ministro de Estado da Educação Quadro Resumo- Estatísticas Gerais da Educação Superior por Categoria Administrativa - - 2012 Categoria

Leia mais

Censo da Educação Superior 2010: análise crítica dos resultados para a tomada de decisões estratégicas

Censo da Educação Superior 2010: análise crítica dos resultados para a tomada de decisões estratégicas Censo da Educação Superior 2010: análise crítica dos resultados para a tomada de decisões estratégicas 6 de dezembro de 2011 Sumário Apresentação Coleta Principais conceitos CICQES Apresentação Disposição:

Leia mais

Tecnológicos Corpo docente Atendimento especial Licenciaturas Educação a distância Graduações mais procuradas -

Tecnológicos Corpo docente Atendimento especial Licenciaturas Educação a distância Graduações mais procuradas - Matrículas no ensino superior crescem 3,8% Texto-síntese do portal no INEP (http://portal.inep.gov.br/visualizar/-/asset_publisher/6ahj/content/matriculas-no-ensino-superior-crescem-3-8? redirect=http%3a%2f%2fportal.inep.gov.br%2f)

Leia mais

Censo da Educação Superior 2011

Censo da Educação Superior 2011 Censo da Educação Superior 2011 Quadro Resumo - Estatísticas Gerais da Educação Superior por Categoria Administrativa Categoria Administrativa Estatísticas Básicas Total Geral Pública Total Federal Estadual

Leia mais

Foz do Iguaçu PR Novembro de 2013. Willians Kaizer dos Santos Maciel Coordenador de Indicadores e Controle de Qualidade da Educação Superior Inep/MEC

Foz do Iguaçu PR Novembro de 2013. Willians Kaizer dos Santos Maciel Coordenador de Indicadores e Controle de Qualidade da Educação Superior Inep/MEC Foz do Iguaçu PR Novembro de 2013 Willians Kaizer dos Santos Maciel Coordenador de Indicadores e Controle de Qualidade da Educação Superior Inep/MEC Renan Carlos Dourado Técnico em Informações Educacionais

Leia mais

CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2010

CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2010 1 CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2010 O Censo da Educação Superior, realizado anualmente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), constitui se em importante instrumento

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Censo da Educação Superior 2013

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Censo da Educação Superior 2013 Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Censo da Educação Superior 2013 Quadro Resumo- Estatísticas gerais da Educação Superior, por Categoria Administrativa-

Leia mais

INSTITUIÇÕES. Total Pública Privada 2.165 2.013 1.859

INSTITUIÇÕES. Total Pública Privada 2.165 2.013 1.859 CENSO 2005 INSTITUIÇÕES 1.859 2.013 2.165 89% 89% 89% Total Pública Privada 2.165 Instituições 231 Públicas 1.934 Privadas 97 Federais 1.520 Particulares 75 Estaduais 414 Com/Conf./Fil 59 Municipais !"#$%&'

Leia mais

SINOPSE ESTATÍSTICA EDUCAÇÃO BÁSICA

SINOPSE ESTATÍSTICA EDUCAÇÃO BÁSICA SINOPSE ESTATÍSTICA EDUCAÇÃO BÁSICA CENSO ESCOLAR 2006 Presidente da República Federativa do Brasil Luís Inácio Lula da Silva Ministro da Educação Fernando Haddad Secretário Executivo José Henrique Paim

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira RESUMO TÉCNICO CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR DE 2009

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira RESUMO TÉCNICO CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR DE 2009 Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira RESUMO TÉCNICO CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR DE 2009 Brasília DF 2010 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 5 PROCESSO DE COLETA

Leia mais

O Plano nacional de Educação e a Expansão da Educação Superior

O Plano nacional de Educação e a Expansão da Educação Superior O Plano nacional de Educação e a Expansão da Educação Superior Luiz Cláudio Costa Brasília - novembro 2012 Contexto Indicadores de acompanhamento: taxa líquida: percentual da população de 18-24 anos na

Leia mais

O Ensino Superior e o Desenvolvimento do Brasil. Prof. Ivan Camargo Reitor da UnB

O Ensino Superior e o Desenvolvimento do Brasil. Prof. Ivan Camargo Reitor da UnB O Ensino Superior e o Desenvolvimento do Brasil Prof. Ivan Camargo Reitor da UnB Agenda Introdução O Desenvolvimento do Brasil O Ensino Superior A Universidade de Brasília Conclusões/Desafios Introdução

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira RESUMO TÉCNICO CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2008

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira RESUMO TÉCNICO CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2008 Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira RESUMO TÉCNICO CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2008 Brasília DF 2009 SUMÁRIO LISTA DE TABELAS... 3 APRESENTAÇÃO...

Leia mais

Luiz Roberto Liza Curi Conselheiro Conselho Nacional de Educação - CNE incolarum@hotmail.com

Luiz Roberto Liza Curi Conselheiro Conselho Nacional de Educação - CNE incolarum@hotmail.com Luiz Roberto Liza Curi Conselheiro Conselho Nacional de Educação - CNE incolarum@hotmail.com 1 Instâncias de Avaliação MEC CNE CONAES SERES INEP CTAA 2 Desafios da educação superior brasileira 1. Como

Leia mais

Movimento Escolar. Ensino Médio Alunos Reprovados

Movimento Escolar. Ensino Médio Alunos Reprovados RENDIMENTO Rendimento e Ensino Médio Alunos Reprovados 5.1.31- Número de Alunos Reprovados no Ensino Médio, por Localização e Dependência Administrativa, segundo a Região Geográfica e a Unidade da Federação

Leia mais

Documento de Trabalho n 111. Relatório do Censo da Educação Superior, ano 2012.

Documento de Trabalho n 111. Relatório do Censo da Educação Superior, ano 2012. Documento de Trabalho n 111 Relatório do Censo da Educação Superior, ano 2012. Autores Gabriela dos Santos Mayall gmayall@candidomendes.edu.br Julia Vogel de Albrecht julia.vogel.albrecht@gmail.com Rio

Leia mais

Cenário mercadológico brasileiro da graduação privada - EaD APE 50-09OUT14 - SALA 11 14:00/14:25

Cenário mercadológico brasileiro da graduação privada - EaD APE 50-09OUT14 - SALA 11 14:00/14:25 Cenário mercadológico brasileiro da graduação privada - EaD APE 50-09OUT14 - SALA 11 14:00/14:25 Mercado EaD Brasil - Sumário 1. Descrição do atual cenário mercadológico da educação superior privada. 2.

Leia mais

Regulação, supervisão e avaliação do Ensino Superior: Perguntas Frequentes. 1

Regulação, supervisão e avaliação do Ensino Superior: Perguntas Frequentes. 1 Regulação, supervisão e avaliação do Ensino Superior: Perguntas Frequentes. 1 1. Quais são os tipos de instituições de ensino superior? De acordo com sua organização acadêmica, as instituições de ensino

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira RESUMO TÉCNICO CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2007

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira RESUMO TÉCNICO CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2007 Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira RESUMO TÉCNICO CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2007 Brasília DF 2009 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO.... 3 PROCESSO DE COLETA

Leia mais

BRASILEIROS VÃO INVESTIR 13,5% A MAIS COM EDUCAÇÃO EM 2012

BRASILEIROS VÃO INVESTIR 13,5% A MAIS COM EDUCAÇÃO EM 2012 1 BRASILEIROS VÃO INVESTIR 13,5% A MAIS COM EDUCAÇÃO EM 2012 Antônio Eugênio Cunha* O brasileiro vai investir 13,5% a mais com educação em 2012 relativo ao ano anterior. Este é o levantamento divulgado

Leia mais

3 Jornal da Federação - 2012 ENCONTRO REGIONAL SUDESTE 4 Jornal da Federação - 2012 ENCONTRO REGIONAL NORDESTE Jornal da Federação - 2012 ENCONTRO REGIONAL SUL 5 Jornal da Federação - 2012 ENCONTRO REGIONAL

Leia mais

INSTRUÇÕES. UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO VESTIBULAR DE INVERNO 2012 3 a etapa: QUÍMICA, MATEMÁTICA E FÍSICA

INSTRUÇÕES. UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO VESTIBULAR DE INVERNO 2012 3 a etapa: QUÍMICA, MATEMÁTICA E FÍSICA 3 a etapa: Química, Matemática e Física Química 16 a 30 Matemática 31 a 45 Física 3 a etapa: QUÍMICA, MATEMÁTICA E FÍSICA 31 23 03 30 15 31 11 22 27 29 06 15 21 31 10 23 05 27 31 06 13 06 21 31 15 03 26

Leia mais

BRASIL - RAIO X 2013 GEOMARKETING BRASIL CAPTAÇÃO DE ALUNOS MARKET SHARE POLOS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NÚMEROS DE IES

BRASIL - RAIO X 2013 GEOMARKETING BRASIL CAPTAÇÃO DE ALUNOS MARKET SHARE POLOS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NÚMEROS DE IES BRASIL - RAIO X 2013 MARKET SHARE Matriculados em IES privadas: 5.373.450 No ensino a distância (EAD): 999.019 No ensino presencial: 4.374.431 CAPTAÇÃO DE ALUNOS Ingressantes em IES privadas: 2.211.104

Leia mais

Pontos de corte do SiSU 2015 1ª edição Chamada Única

Pontos de corte do SiSU 2015 1ª edição Chamada Única COORDENADORIA DE ASSUNTOS E REGISTROS ACADÊMICOS - CDARA CAMPUS UNIVERSITÁRIO - MARTELOS - JUIZ DE FORA - MG CEP 36036-900 TEL. (32)2102-3733 FAX (32) 2102-3732 e-mail: cdara@ufjf.edu.br Pontos de corte

Leia mais

EXPERIENCIA INTERNACIONAL DE DIRECCIÓN ESTRATÉGICA EN LAS UNIVERSIDADES - BRASIL. UNICAMP Maio, 2010 José Roberto Rus Perez

EXPERIENCIA INTERNACIONAL DE DIRECCIÓN ESTRATÉGICA EN LAS UNIVERSIDADES - BRASIL. UNICAMP Maio, 2010 José Roberto Rus Perez EXPERIENCIA INTERNACIONAL DE DIRECCIÓN ESTRATÉGICA EN LAS UNIVERSIDADES - BRASIL UNICAMP Maio, 2010 José Roberto Rus Perez Experiencia Internacional de dirección estratégica Universitaria Parte 1 - Perfil

Leia mais

Diferenças Regionais de Gênero no Brasil: elas realmente existem? Uma experiência pessoal

Diferenças Regionais de Gênero no Brasil: elas realmente existem? Uma experiência pessoal XXVIII Congresso da Sociedade Brasileira de Computação WIT - Women in Information Technology Diferenças Regionais de Gênero no Brasil: elas realmente existem? Uma experiência pessoal Maria Emilia M. T.

Leia mais

POR DENTRO DO ENADE CURSO DE CAPACITAÇÃO 2014. Procuradoria Educacional Institucional Pró-Reitoria de Ensino IFG

POR DENTRO DO ENADE CURSO DE CAPACITAÇÃO 2014. Procuradoria Educacional Institucional Pró-Reitoria de Ensino IFG POR DENTRO DO ENADE CURSO DE CAPACITAÇÃO 2014 Procuradoria Educacional Institucional Pró-Reitoria de Ensino IFG Avaliação Institucional Processos de avaliação institucional Interna Relatórios da CPA Externa

Leia mais

AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL: PRESENCIAL X EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL: PRESENCIAL X EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL: PRESENCIAL X EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Ribeirão Preto SP Maio de 2013 Márcia Aparecida Figueiredo Centro Universitário Barão de Mauá - e-mail: marciaead@baraodemaua.br

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA DIRETORIA DE ESTATÍSTICAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2003 Resumo Técnico Instituto

Leia mais

(YROXomR GR(QVLQR *UDGXDomR

(YROXomR GR(QVLQR *UDGXDomR (YROXomR GR(QVLQR 6XSHULRU² *UDGXDomR,QVWLWXWRÃ1DFLRQDOÃGHÃ(VWXGRV (& HÃ3HVTXLVDVÃ(GXFDFLRQDLV Brasília, 2 1 DIRETORIA DE INFORMAÇÕES E ESTATÍSTICAS EDUCACIONAIS João Batista Ferreira Gomes Neto COORDENAÇÃO-GERAL

Leia mais

Pontos de corte do SiSU 2014 1ª chamada

Pontos de corte do SiSU 2014 1ª chamada COORDENADORIA DE ASSUNTOS E REGISTROS ACADÊMICOS - CDARA CAMPUS UNIVERSITÁRIO - MARTELOS - JUIZ DE FORA - MG CEP 36036-900 TEL. (32)2102-3733 FAX (32) 2102-3732 e-mail: cdara@ufjf.edu.br Pontos de corte

Leia mais

Universidade Federal de Alagoas - UFAL Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Processo Seletivo Seriado UFAL 2008

Universidade Federal de Alagoas - UFAL Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Processo Seletivo Seriado UFAL 2008 NÃO COTISTAS 001 - ADMINISTRAÇÃO - ARAPIRACA 554,182 625,493 013 - ADMINISTRAÇÃO DIURNO - MACEIÓ 539,781 659,113 063 - ADMINISTRAÇÃO NOTURNO - MACEIÓ 501,367 588,832 030 - AGRONOMIA - ARAPIRACA 529,170

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS INEP

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS INEP MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS INEP Alunos apontam melhorias na graduação Aumenta grau de formação dos professores e estudantes mostram que cursos possibilitam

Leia mais

Ciências Biológicas. Indicadores das Graduações em Saúde Estação de Trabalho IMS/UERJ do ObservaRH

Ciências Biológicas. Indicadores das Graduações em Saúde Estação de Trabalho IMS/UERJ do ObservaRH Indicadores das Graduações em Saúde Estação de Trabalho IMS/UERJ do ObservaRH Ciências Biológicas Os cursos de Ciências Biológicas remontam aos cursos de Ciências Naturais, História Natural, licenciatura

Leia mais

Cursos Sequenciais no Brasil: Uma nota técnica Nota Técnica nº. 83 David Morais (Versão preliminar) Maio de 2009

Cursos Sequenciais no Brasil: Uma nota técnica Nota Técnica nº. 83 David Morais (Versão preliminar) Maio de 2009 Cursos Sequenciais no Brasil: Uma nota técnica Nota Técnica nº. 83 David Morais (Versão preliminar) Maio de 2009 O Observatório Universitário dedica-se ao desenvolvimento de estudos e projetos sobre a

Leia mais

A TRAJETÓRIA DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO NA ÁREA DA SAÚDE

A TRAJETÓRIA DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO NA ÁREA DA SAÚDE A TRAJETÓRIA DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO NA ÁREA DA SAÚDE Ministro da Saúde José Saraiva Felipe Ministro da Educação Fernando Haddad Objetivo apresentar a Trajetória dos Cursos de Graduação na Área da Saúde;

Leia mais

Universidade Federal de Alagoas - UFAL Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD PROCESSO SELETIVO SERIADO UNIFICADO 2010

Universidade Federal de Alagoas - UFAL Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD PROCESSO SELETIVO SERIADO UNIFICADO 2010 NÃO COTISTAS 001 - ADMINISTRAÇÃO - ARAPIRACA 547,388 627,513 013 - ADMINISTRAÇÃO DIURNO - MACEIÓ 515,584 612,794 063 - ADMINISTRAÇÃO NOTURNO - MACEIÓ 490,187 593,592 030 - AGRONOMIA - ARAPIRACA 533,820

Leia mais

Enem 2014 Resultado individual

Enem 2014 Resultado individual Enem 2014 Resultado individual Cid Gomes Ministro de Estado da Educação Brasília, janeiro de 2015 Enem 2014 Perfil dos participantes Total de Inscritos: 8.721.946 Participantes com nota em pelo menos uma

Leia mais

Dados sobre EaD (matrículas cursos de Engenharia)

Dados sobre EaD (matrículas cursos de Engenharia) Dados sobre EaD (matrículas cursos de Engenharia) Matrículas EaD - Público e Privado - Brasil 2013 Região Curso Matrículas Centro-Oeste Engenharia Ambiental 33 Centro-Oeste Engenharia Civil 279 Centro-Oeste

Leia mais

GRUPO1 TOTAL DE CANDIDATOS POR VAGA (SEM TREINANTES) AGRONOMIA (JANAÚBA) - DIURNO 113 6 18,83 12 6 2,00 97 7 13,86

GRUPO1 TOTAL DE CANDIDATOS POR VAGA (SEM TREINANTES) AGRONOMIA (JANAÚBA) - DIURNO 113 6 18,83 12 6 2,00 97 7 13,86 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS PROCESSO SELETIVO 2/2008 TOTAL DE CANDIDATOS POR VAGA (SEM TREINANTES) 03 66 07 09 12 72 16 50 GRUPO1 AGRONOMIA (JANAÚBA) - DIURNO CIÊNCIAS BIOLÓGICAS (UNAÍ) - LICENCIATURA

Leia mais

Aluno Equivalente e Censo da Educação Superior

Aluno Equivalente e Censo da Educação Superior Aluno Equivalente e Censo da Educação Superior Facilitador:Charles Vieira (Estatístico) 2 Matriz OCC Atual Base Legal: Portaria nº 651, de 14 de julho de 2013 Decreto nº 7.233, de 19 de julho de 2010 Lei

Leia mais

ATUALMENTE, a UFSC oferta 13 cursos de graduação na modalidade a distância:

ATUALMENTE, a UFSC oferta 13 cursos de graduação na modalidade a distância: ATUALMENTE, a UFSC oferta 13 cursos de graduação na modalidade a distância: 7 do Programa UAB - Administração, Biológicas, Contábeis, Econômicas, Filosofia, Letras- Espanhol e Letras-Português 2 LIBRAS

Leia mais

Resumo da oferta e ocupação das vagas do SiSU 2015

Resumo da oferta e ocupação das vagas do SiSU 2015 Resumo da oferta e ocupação das vagas do SiSU 2015 Total de vagas % Total de cursos Total de vagas ofertadas: 1.319 60 Cursos ofertados 66 Total de vagas ocupadas: 709 53,7 Cursos com vagas disponíveis:

Leia mais

DADOS ESTATÍSTICOS DOS CURSOS DE BACHARELADO E DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIAS EM DETERMINADAS ÁREAS DA ADMINISTRAÇÃO

DADOS ESTATÍSTICOS DOS CURSOS DE BACHARELADO E DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIAS EM DETERMINADAS ÁREAS DA ADMINISTRAÇÃO Resultados do ENADE 2012 e do Censo da Educação Superior 2013 dos Cursos de Bacharelado em Administração e dos Cursos Superiores de Tecnologia em determinadas áreas da Administração Bahia Janeiro de 2015

Leia mais

Censo da Educação Superior. Bibliotecas Universitárias

Censo da Educação Superior. Bibliotecas Universitárias Censo da Educação Superior Bibliotecas Universitárias Bibliotecas Universitárias e o Censo da Educação Superior Em 2013, ocorreu uma reunião técnica entre representantes do CBBU e técnicos do Inep para

Leia mais

AM - Amazonas IFAM - INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS

AM - Amazonas IFAM - INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS AM - Amazonas IFAM - INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS IFAM - CAMPUS MANAUS ZONA LESTE (Manaus, AM) AGROECOLOGIA Tecnológico Integral (Mat/Vesp) 7 Não Curso com 7 vagas para

Leia mais

III. Centro Universitário Estadual da Zona Oeste / UEZO

III. Centro Universitário Estadual da Zona Oeste / UEZO anexo 2 Quadro de Cursos / Vagas I. Academia de Bombeiro Militar D. Pedro II / CBMERJ Oficial do Corpo de Bombeiros Militar (candidatos de sexo masculino e feminino) II. Academia de Polícia Militar D.

Leia mais

Página: 1 de 42 -------------------------------- Data: 29/10/2012

Página: 1 de 42 -------------------------------- Data: 29/10/2012 Página: 1 de 42 -------------------------------- Data: 29/10/2012 ESTATÍSTICA DE CANDIDATOS/VAGA POR CURSO E CAMPUS: 01-SÃO LUÍS - 1ª ETAPA 0101E1 0101U0 0102E1 0102U0 0103E1 0103U0 0104E1 0104U0 0105E1

Leia mais

Linhagem de Sim 46,6 Enfermagem Fonte: Pesquisa Perfil da Enfermagem no Brasil - 2013. FIOCRUZ/COFEN

Linhagem de Sim 46,6 Enfermagem Fonte: Pesquisa Perfil da Enfermagem no Brasil - 2013. FIOCRUZ/COFEN 1 QUADRO RESUMO PERFIL SÓCIO ECONOMICO DA EQUIPE DE ENFERMAGEM BRASIL BLOCO 1 Descrição (%) Distribuição por região Categoria profissional Sexo Faixa etária Fases de vida profissional Nacionalidade Município

Leia mais

Número de matrículas na educação básica por dependência administrativa. Brasil - 2008/2014. Matrícula na educação básica. Pública

Número de matrículas na educação básica por dependência administrativa. Brasil - 2008/2014. Matrícula na educação básica. Pública Número de matrículas na educação básica por dependência administrativa Matrícula na educação básica geral Pública % Federal Estadual Municipal Privada % 2008 53.232.868 46.131.825 86,7 197.532 21.433.441

Leia mais

Projeto de Reestruturação e Expansão REUNI - UFRN

Projeto de Reestruturação e Expansão REUNI - UFRN Projeto de Reestruturação e Expansão REUNI - UFRN Alguns indicadores I n d i c a d o r e s 2006 Acréscimo Número de Alunos Graduação (Regulares, Probásica e Educação a Distância) 23.924 Pós-Graduação (Mestrado

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PROCESSOS SELETIVOS. EDITAL Nº 203 - DIPS/UFLA, de 19 de maio de 2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PROCESSOS SELETIVOS. EDITAL Nº 203 - DIPS/UFLA, de 19 de maio de 2015 UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PROCESSOS SELETIVOS EDITAL Nº 203 - DIPS/UFLA, de 19 de maio de 2015 SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA - SISU VERSÃO 2015/2 A Pró-Reitoria

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA. EDITAL Nº 009/2014-PROPPG, de 22 de abril de 2014

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA. EDITAL Nº 009/2014-PROPPG, de 22 de abril de 2014 PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA EDITAL Nº 009/2014-PROPPG, de 22 de abril de 2014 A, por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPPG/IFG), torna público o processo

Leia mais

BANCO DE DADOS DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL EM SAÚDE BEPSAÚDE TECNÓLOGO

BANCO DE DADOS DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL EM SAÚDE BEPSAÚDE TECNÓLOGO Fundação Oswaldo Cruz Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio Laboratório do Trabalho e da Educação Profissional em Saúde Observatório dos Técnicos em Saúde BANCO DE DADOS DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA SOBRE A UTILIZAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM COMO APOIO AO ENSINO SUPERIOR EM IES DO ESTADO DE SÃO PAULO

PROJETO DE PESQUISA SOBRE A UTILIZAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM COMO APOIO AO ENSINO SUPERIOR EM IES DO ESTADO DE SÃO PAULO 552 PROJETO DE PESQUISA SOBRE A UTILIZAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM COMO APOIO AO ENSINO SUPERIOR EM IES DO ESTADO DE SÃO PAULO Silvio Carvalho Neto (USP) Hiro Takaoka (USP) PESQUISA EXPLORATÓRIA

Leia mais

Recorte de um estudo dos cursos de formação inicial de professores de Matemática do Estado de São Paulo Brasil

Recorte de um estudo dos cursos de formação inicial de professores de Matemática do Estado de São Paulo Brasil Recorte de um estudo dos cursos de formação inicial de professores de Matemática do Estado de São Paulo Brasil Marcelo Dias Pereira Universidade Municipal de São Caetano do Sul, Faculdades Integradas de

Leia mais

Censo Demográfico 2010. Características Gerais da População, Religião e Pessoas com Deficiência

Censo Demográfico 2010. Características Gerais da População, Religião e Pessoas com Deficiência Censo Demográfico 2010 Características Gerais da População, Religião e Pessoas com Deficiência Rio de Janeiro, 29 de junho de 2012 A presente publicação dá continuidade à divulgação dos resultados do Censo

Leia mais

Certeza de um. grande negócio

Certeza de um. grande negócio ESPECIAL EAD Certeza de um grande negócio A educação a distância no ensino superior segue uma tendência irreversível de crescimento, puxada pelas instituições particulares, que investem cada vez mais pesadamente

Leia mais

Cursos de Graduação a Distância

Cursos de Graduação a Distância de Graduação a Distância 427 428 7 - de Graduação a Distância 7.1 -,,, por Vestibular e Outros Processos Seletivos (*), e nos de Graduação a Distância, segundo as Instituições Brasil 2004 (continua) Instituições

Leia mais

Potencial de novas mídias na educação a distância no Sistema Universidade Aberta do Brasil - UAB

Potencial de novas mídias na educação a distância no Sistema Universidade Aberta do Brasil - UAB Fórum Novas Mídias e o Ensino Superior Mesa "Novas mídias e as políticas institucionais Unicamp - 28/Setembro/2012 Potencial de novas mídias na educação a distância no Sistema Universidade Aberta do Brasil

Leia mais

TÍTULO II DA ORGANIZAÇÃO DA UNIVERSIDADE CAPÍTULO II DOS CENTROS

TÍTULO II DA ORGANIZAÇÃO DA UNIVERSIDADE CAPÍTULO II DOS CENTROS TÍTULO II DA ORGANIZAÇÃO DA UNIVERSIDADE DOS CENTROS SEÇÃO II DOS DEPARTAMENTOS Art. 10. Os Departamentos que desenvolverão atividades de ensino, NAS MODALIDADES PRESENCIAL E A DISTÂNCIA, em nível de graduação

Leia mais

NOTAS MÍNIMAS NO ENEM 2012, ENTRE OS CANDIDATOS CONVOCADOS, CONSIDERANDO ATÉ A ÚLTIMA CHAMADA.

NOTAS MÍNIMAS NO ENEM 2012, ENTRE OS CANDIDATOS CONVOCADOS, CONSIDERANDO ATÉ A ÚLTIMA CHAMADA. Administração Matutino Administração Noturno Agronomia Biomedicina A. C. 656.01 A 1 582.98 A 2 623.08 A. C. 630.01 A 1 595.10 A 2 633.89 A 3 451.66 A. C. 582.74 A 1 591.39 A 2 577.87 A 3 506.48 A. C. 629.86

Leia mais

RELATÓRIO DOS CURSOS DE BACHARELADO E CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA EM ADMINISTRAÇÃO. Bahia

RELATÓRIO DOS CURSOS DE BACHARELADO E CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA EM ADMINISTRAÇÃO. Bahia RELATÓRIO DOS CURSOS DE BACHARELADO E CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA EM ADMINISTRAÇÃO Bahia Fevereiro de 2013 0 DADOS ESTATÍSTICOS DOS CURSOS DE BACHARELADO E DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIAS EM DETERMINADAS

Leia mais

CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO: EXPERIÊNCIAS NA EDUCAÇÃO SUPERIOR

CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO: EXPERIÊNCIAS NA EDUCAÇÃO SUPERIOR Reunião Regional do Fórum Nacional dos Conselhos Estaduais de Educação FNCEE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO: EXPERIÊNCIAS NA EDUCAÇÃO SUPERIOR Ciência, Tecnologia e Inovação Ciência (Conhecer) Tecnologia

Leia mais

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2014

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2014 Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2014 1 - Dados cadastrais da Instituição de Educação Superior - IES

Leia mais

Arquitetura e Urbanismo Diurno Salvador E 729.32

Arquitetura e Urbanismo Diurno Salvador E 729.32 UFBA - INGRESSO AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO PELO ENEM /SISU 2015.1 LEGENDA: Categoria / Cotas Am: Candidatos pretos/pardos/índios de escola pública e renda familiar igual ou inferior a 1,5 salário mínimo.

Leia mais

REFORMA UNIVERSITÁRIA

REFORMA UNIVERSITÁRIA Comentários da Profa. Dra. MARIA BEATRIZ LUCE (Coord. Núcleo Política Gestão Educação - UFRGS e membro CNE/ Brasil) Conferência DESAFIOS DA REFORMA DA EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL: ACESSO, EXPANSÃO E RELAÇÕES

Leia mais

Política de Cotas na UFJF Análise dos Resultados 2006-2008

Política de Cotas na UFJF Análise dos Resultados 2006-2008 Política de Cotas na UFJF Análise dos Resultados 26-28 Antonio Fernando Beraldo Lourival Batista de Oliveira Jr. Juliana Fernandes de Melo Carlos Costa Histórico Resolução Nº. 16 de 4/11/24 do Conselho

Leia mais

Universidade Estadual do Maranhão Pró-Reitoria de Graduação EDITAL Nº 033/2014 PROG/UEMA

Universidade Estadual do Maranhão Pró-Reitoria de Graduação EDITAL Nº 033/2014 PROG/UEMA Universidade Estadual do Maranhão Pró-Reitoria de Graduação EDITAL Nº 033/2014 PROG/UEMA A Universidade Estadual do Maranhão UEMA, por meio da Pró-Reitoria de Graduação PROG, torna público aos interessados

Leia mais

SISU/UFMG 2ª EDIÇÃO DE 2015 Máximos e Mínimos por Curso/Modalidade

SISU/UFMG 2ª EDIÇÃO DE 2015 Máximos e Mínimos por Curso/Modalidade UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Registro Discente Departamento de Registro e Controle Acadêmico SISU/UFMG 2ª EDIÇÃO DE 2015 Máximos e Mínimos por Curso/Modalidade 1ª Chamada Regular Informações geradas

Leia mais

Curso de Administração 4º período GABARITO

Curso de Administração 4º período GABARITO Administração 4º período 1 12 A 13 A 14 D 1 1 17 D 18 C 19 E 20 E 21 D 22 B 2 24 E 25 B 26 B 27 C 28 DISCURSIVA 2 30 DISCURSIVA Administração 6º período 1 12 A 13 A 14 D 1 1 17 D 18 C 19 E 20 E 21 D 22

Leia mais

ENADE 2014 CRONOGRAMA UNEB (Com fulcro na LEI Nº 10.861/ 2004 / PORTARIA NORMATIVA Nº 40/2007 / PORTARIA NORMATIVA Nº 08/ 2014)

ENADE 2014 CRONOGRAMA UNEB (Com fulcro na LEI Nº 10.861/ 2004 / PORTARIA NORMATIVA Nº 40/2007 / PORTARIA NORMATIVA Nº 08/ 2014) Site para os acessos: http://enade.inep.gov.br 04 a 10/06/2014 ENADE 2014 CRONOGRAMA UNEB (Com fulcro na LEI Nº 10.861/ 2004 / PORTARIA NORMATIVA Nº 40/2007 / PORTARIA NORMATIVA Nº 08/ 2014) Data Assunto

Leia mais

ANEXO I - EDITAL Nº 15/2015 QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINA E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA

ANEXO I - EDITAL Nº 15/2015 QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINA E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA INSTITUTO FEDERAL DO AMAZONAS PRÓ-REITORIA DE ENSINO PROCESSO SELETIVO DO 2º SEMESTRE 205 ANEXO I - EDITAL Nº 5/205 QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINA E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA

Leia mais

Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES/INEP Coordenação-Geral de Avaliação de Cursos de Graduação e IES

Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES/INEP Coordenação-Geral de Avaliação de Cursos de Graduação e IES Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES/INEP Coordenação-Geral de Avaliação de Cursos de Graduação e IES EDUCAÇÃO SUPERIOR BRASILEIRA ALGUNS INDICADORES¹ 2.314 IES 245 públicas (10,6%) e 2.069

Leia mais

Eje temático: EXPERIENCIAS Y ACCIONES CONCRETAS RELACIONADAS CON LA EDUCACIÓN MEDIÁTICA EN EL ÁMBITO DE LA EDUCACIÓN FORMAL

Eje temático: EXPERIENCIAS Y ACCIONES CONCRETAS RELACIONADAS CON LA EDUCACIÓN MEDIÁTICA EN EL ÁMBITO DE LA EDUCACIÓN FORMAL Eje temático: EXPERIENCIAS Y ACCIONES CONCRETAS RELACIONADAS CON LA EDUCACIÓN MEDIÁTICA EN EL ÁMBITO DE LA EDUCACIÓN FORMAL Titulo: UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL (UAB) Autor: Wilson dos Santos Almeida

Leia mais

EDITAL COMPLEMENTAR N 05/2014 COVEST CONCURSO VESTIBULAR 2014/2

EDITAL COMPLEMENTAR N 05/2014 COVEST CONCURSO VESTIBULAR 2014/2 EDITAL COMPLEMENTAR N 05/2014 COVEST CONCURSO VESTIBULAR 2014/2 O REITOR da Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT, no uso de suas atribuições legais, torna pública as alterações no Edital n. 001/2014

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO Uberaba-MG RESOLUÇÃO Nº 32, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2015, DA REITORA DA UFTM

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO Uberaba-MG RESOLUÇÃO Nº 32, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2015, DA REITORA DA UFTM MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO Uberaba-MG RESOLUÇÃO Nº 32, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2015, DA REITORA DA UFTM Dispõe sobre os critérios de distribuição orçamentária aos Institutos

Leia mais

PROCESSOS REGULATÓRIOS DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

PROCESSOS REGULATÓRIOS DA EDUCAÇÃO SUPERIOR PROCESSOS REGULATÓRIOS DA EDUCAÇÃO SUPERIOR CURSO DE CAPACITAÇÃO 2014 Procuradoria Educacional Institucional Pró-Reitoria de Ensino IFG Procuradoria Educacional Institucional (PEI) Faz a interlocução entre

Leia mais

Sistema de Educación Superior en Brasil: Panorama, perspectivas y desafíos.

Sistema de Educación Superior en Brasil: Panorama, perspectivas y desafíos. Sistema de Educación Superior en Brasil: Panorama, perspectivas y desafíos. CLAUDIA MAFFINI GRIBOSKI Directora de Evaluación del INEP Instituto Nacional de Estudos e Pesquizas Educacionais Ainísio Teixeria

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO EDITAL DE REOPÇÃO Nº 034/2015 DRCA/UFAL Campus A.C. Simões (Maceió), Campus

Leia mais

Curso: ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA BACHARELADO

Curso: ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA BACHARELADO Curso: ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA BACHARELADO 11 B 12 B 15 D 16 A 17 D 18 E 19 B 20 E 21 E 23 D 25 B 26 C 27 A 28 C 29 A 30 E 31 B 32 C 33 D 34 E 36 C 37 D 38 D 39 B Curso: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO BACHARELADO

Leia mais

[anexo 2] Quadro de Cursos / Vagas

[anexo 2] Quadro de Cursos / Vagas [anexo 2] Quadro de Cursos / Vagas I. Academia de Bombeiro Militar D. Pedro II / CBMERJ Oficial do Corpo de Bombeiros Militar (candidatos de sexo masculino e feminino) 50 II. Centro Universitário Estadual

Leia mais

Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação nas Escolas Brasileiras TIC Educação

Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação nas Escolas Brasileiras TIC Educação Pesquisa TIC Educação 2010 Coletiva de Imprensa Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação nas Escolas Brasileiras TIC Educação São Paulo, 09 de Agosto de 2011 CGI.br Comitê Gestor

Leia mais

2014.1. % de Bolsa Convênio Padrão. Preço com Desconto Pontualidade. % de Desconto Pontualidade. Preço Bruto. Preço Convênio Padrão

2014.1. % de Bolsa Convênio Padrão. Preço com Desconto Pontualidade. % de Desconto Pontualidade. Preço Bruto. Preço Convênio Padrão 2014.1 Unidade Curso Turno Preço Bruto Preço com Desconto % de Desconto Preço Convênio Padrão Preço Convênio Padrão e Desconto Brasília - Faciteb Administração Matutino 793,63 714,27 10,00 433,32 389,99

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO REITORIA. EDITAL N.º 001/2015 de 07/01/2015 PROCESSO SELETIVO 2015

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO REITORIA. EDITAL N.º 001/2015 de 07/01/2015 PROCESSO SELETIVO 2015 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO REITORIA EDITAL N.º 001/2015 de 07/01/2015 PROCESSO SELETIVO 2015 O reitor em exercício da reitoria da Universidade Federal de Mato Grosso

Leia mais

ESTATÍSTICA DE CANDIDATOS/VAGA POR CURSO E CAMPUS: 01-SÃO LUÍS

ESTATÍSTICA DE CANDIDATOS/VAGA POR CURSO E CAMPUS: 01-SÃO LUÍS ESTATÍSTICA DE CANDIDATOS/VAGA POR CURSO E CAMPUS: 01-SÃO LUÍS 0101E1 0101E2 0101U0 0102E1 0102E2 0102U0 0103E1 0103U0 0104E1 0104E2 0104U0 0105E1 0105E2 ENGENHARIA CIVIL BACHARELADO ENGENHARIA CIVIL BACHARELADO

Leia mais

GRUPO1 AGRONOMIA (JANAÚBA) - DIURNO

GRUPO1 AGRONOMIA (JANAÚBA) - DIURNO UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS PROCESSO SELETIVO 2/2015 TOTAL DE CANDIDATOS POR VAGA (SEM TREINANTES) 03 04 66 07 09 12 72 16 50 GRUPO1 AGRONOMIA (JANAÚBA) - DIURNO CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - BACHARELADO

Leia mais

CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2011 RESUMO TÉCNICO

CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2011 RESUMO TÉCNICO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA DIRETORIA DE ESTATÍSTICAS EDUCACIONAIS CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2011 RESUMO TÉCNICO Abril/2013 Coordenação-Geral

Leia mais

ANEXO AO EDITAL DE SELEÇÃO Nº 008 /2007. Projeto I - Capacitação de Professores de Educação Pré-Secundária e Secundária (Procapes)

ANEXO AO EDITAL DE SELEÇÃO Nº 008 /2007. Projeto I - Capacitação de Professores de Educação Pré-Secundária e Secundária (Procapes) ANEXO AO EDITAL DE SELEÇÃO Nº 008 /2007 Projeto I - Capacitação de Professores de Educação Pré-Secundária e Secundária (Procapes) MODALIDADE /ÁREA VAGAS REQUISITOS PARA A CANDIDATURA ATIVIDADES A SEREM

Leia mais

Ofício circular MEC/INEP/DAES/CONAES 067 (09/07/2010) Magda Patrícia Caldeira Arantes

Ofício circular MEC/INEP/DAES/CONAES 067 (09/07/2010) Magda Patrícia Caldeira Arantes Ofício circular MEC/INEP/DAES/CONAES 067 (09/07/2010) Magda Patrícia Caldeira Arantes a) Avaliação Institucional Externa b) Avaliação de Cursos de Graduação - Licenciatura e Bacharelado, para fins de Reconhecimento;

Leia mais

Tecnólogos: Uma Nova Perspectiva de Formação

Tecnólogos: Uma Nova Perspectiva de Formação Tecnólogos: Uma Nova Perspectiva de Formação Feira das Profissões 2015 IFRS - Campus Restinga Prof. Dra. Eliana B. Pereira 1 Agenda Afinal, o que são os tecnólogos? Tecnólogos x Bacharelados Tecnólogos

Leia mais

GRUPO1 TOTAL DE CANDIDATOS POR VAGA (SEM TREINANTES) ADMINISTRAÇÃO - NOTURNO 28 7 4,00 45 7 6,43 331 9 36,78 AGRONOMIA (JANAÚBA) - DIURNO 12 6 2,00

GRUPO1 TOTAL DE CANDIDATOS POR VAGA (SEM TREINANTES) ADMINISTRAÇÃO - NOTURNO 28 7 4,00 45 7 6,43 331 9 36,78 AGRONOMIA (JANAÚBA) - DIURNO 12 6 2,00 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS PROCESSO SELETIVO 1/2014 TOTAL DE CANDIDATOS POR VAGA (SEM TREINANTES) 02 03 77 79 05 83 11 GRUPO1 ADMINISTRAÇÃO - NOTURNO AGRONOMIA (JANAÚBA) - DIURNO ARTES - HABILITAÇÃO

Leia mais

MEC e MCTI. Programa Quero ser professor Quero ser cientista

MEC e MCTI. Programa Quero ser professor Quero ser cientista MEC e MCTI Programa Quero ser professor Quero ser cientista Contexto: Censo da Educação Superior 2012 Posição Nome OCDE Total % Matrícula % Acumulado 1 Administração 833.042 11,9 11,9 2 Direito 737.271

Leia mais

PNE - ENSINO SUPERIOR - GRADUAÇÃO

PNE - ENSINO SUPERIOR - GRADUAÇÃO ESTUDO PNE - ENSINO SUPERIOR - GRADUAÇÃO George de Cerqueira Leite Zarur Consultor Legislativo da Área XV Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia ESTUDO DEZEMBRO/2004 Câmara dos Deputados Praça

Leia mais

A UAB ESTÁ INSTITUCIONALMENTE INTEGRADA COMO PROGRAMA PERMANENTE NA ESTRUTURA DA NOVA CAPES

A UAB ESTÁ INSTITUCIONALMENTE INTEGRADA COMO PROGRAMA PERMANENTE NA ESTRUTURA DA NOVA CAPES A UAB ESTÁ INSTITUCIONALMENTE INTEGRADA COMO PROGRAMA PERMANENTE NA ESTRUTURA DA NOVA CAPES UAB NA NOVA CAPES CAPES DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DED UAB COORDENAÇÃO GERAL DE INFRA-ESTRUTURA DE PÓLOS

Leia mais

CAMPUS A. C. SIMÕES ADMINISTRAÇÃO 13203 Matutino Bacharelado Ampla Concorrência 3

CAMPUS A. C. SIMÕES ADMINISTRAÇÃO 13203 Matutino Bacharelado Ampla Concorrência 3 CAMPUS CURSO CÓDIGO IES CURSO TURNO DESCRICAO FORMACAO ACAO AFIRMATIVA VAGAS RESTANTES ADMINISTRAÇÃO 13203 Matutino Bacharelado Ampla Concorrência 3 ADMINISTRAÇÃO 13203 Matutino Bacharelado ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2014 GLOSSÁRIO

CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2014 GLOSSÁRIO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA DIRETORIA DE ESTATÍSTICAS EDUCACIONAIS COORDENAÇÃO GERAL DO CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

Leia mais

EDITAL Nº 42/2012-PREG/UFPI, DE 16 DE OUTUBRO DE 2012.

EDITAL Nº 42/2012-PREG/UFPI, DE 16 DE OUTUBRO DE 2012. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO Campus Universitário Ministro Petrônio Portella Bairro Ininga CEP 64.049-550 Teresina Piauí Brasil EDITAL Nº 42/2012-PREG/UFPI,

Leia mais