Sementes. de Alta Pureza. Catálogo de Sementes Linha BRSEEDS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sementes. de Alta Pureza. Catálogo de Sementes Linha BRSEEDS"

Transcrição

1 Sementes de Alta Pureza Catálogo de Sementes Linha BRSEEDS 1

2 Índice A BRSEEDS 05 Gramas 08 Leguminosas 12 Óleo Vegetal 20 2 Pastagens 24

3 A BRSEEDS chegou para facilitar o seu jeito de fazer compras pela internet, oferecendo um dos melhores e-commerce do Brasil de forma simples e fácil. Estamos inovando a cada dia, com a maior e mais completa lista de sementes para pastagens e gramados, além de leguminosas, produzidas no Brasil e importadas de diversos países. Somos sem fronteiras. Alcançamos qualquer pessoa, em qualquer lugar do país. Garantimos compras com mais simplicidade, facilidade de pagamento e preços competitivos. Somos reconhecidos por nossa pontualidade e procuramos sempre ouvir o que os nossos clientes têm a dizer. Essas atitudes nos trazem crescimento e evolução. E queremos mais! Queremos ter intimidade com você para negociar, sugerir o melhor preço e oferecer os melhores produtos. Vamos revolucionar o e-commerce no Brasil, com um gerenciamento de ideias e prioridadades. Diariamente e online. Na nossa página da internet você vai encontrar centenas dos nossos produtos. Nela, você pode acompanhar as novidades com segurança, simplicidade e facilidade. Bem-vindo à BRSEEDS. 4 Catálogo de Produtos - BRSEEDS 5

4 6

5 AZEVÉM PERENE Lolium Perene (Azevém perene) Cultivar: Ph.D Ryegrass Utilização: Paisagistico - Grama de Inverno - Gramados, Sobressemeadura Plantio: 25 gramas/m² Forma de Crescimento: Perfilhamento GRAMA PENSACOLA Paspalum notatum CV Pensacola Cultivar: Pensacola Utilização: Equinos - Bovinos Plantio: 30 Kgs/hectare (pastagem) e 10 gramas p/m² (gramado) Altura: 40 a 50 cm Forma de Crescimento: Rizotomoza GRAMA BATATAIS Paspalum notatum CV Bahia Cultivar: Bahia Utilização: Gramados Plantio: 15 gramas por m² Altura: 20 cm Forma de Crescimento: Plantas Rizomatosas GRAMA SABRE III Poa Trivalis L. CV Sabre III Cultivar: SabreIII Utilização: Paisagistico - Grama de Inverno - Campo de golfe - Sobresemeadura Plantio: 25 gramas/m² Forma de Crescimento: Estolonífero GRAMA BERMUDA Cynodon dactylon CV Bermudagrass Unhulled Cultivar: Bermudagrass Unhulled Utilização: Grandes áreas como, industriais, estradas, Campos de Futebol, de Pólo, de Golfe, Jardins, Playgrounds e afins. Cobertura de Solos de Excelente acabamento. Plantio: 5 gramas/m² Folha - tipo: Lineares de textura médio-finas lisas e coloração verde escuro Forma de Crescimento: Estolonífero e Rizomatoso GRAMA SÃO CARLOS Axonopus affinis Chase CV Carpet Cultivar: Carpet Utilização: Gramados Plantio: 5 gramas/m² Folha - tipo: Larga Forma de Crescimento: Cespitoso 8 Catálogo de Produtos - BRSEEDS Catálogo de Produtos - BRSEEDS 9

6 10

7 ALFAFA Medicago sativa L. Cultivar: Alfafa Utilização: Pastejo - Forragem Verde - Feno - Ensilagem Plantio: 16 kg/hectare Altura: Até 1 metro Forma de Crescimento: Ereto CROTALÁRIA SPECTABILIS Crotalaria spectabilis Roth Cultivar: Crotalaria spectabilis Roth Utilização: Adubação verde Plantio: 15 kgs/hectare Altura: 1,2 a 1,5 metro Forma de Crescimento: Arbustiva ereto AMENDOIM FORRAGEIRO Arachis pintoi Cultivar: Amarillo MG-100 Utilização: Cobertura do solo - Proteção contra erosão - Pastoreio - Jardinagem Plantio: 12 kg/hectare Forma de Crescimento: Rasteiro e Estolofínero CROTALÁRIA OCHROLEUCA Crotalária Ochroleuca CV Comum Utilização: Equinos - Bovinos - Ovino - Fenação Plantio: 8 Kgs/hectare Altura: 1,5 a 2 metros Forma de Crescimento: Arbustivo ereto CALOPOGÔNIO Calopogonium mucunoides CV Comum Utilização: Bovinos Plantio: 12 kgs/hectare Altura: 35 a 70 cm Forma de Crescimento: Rasteiro e Trepador CROTALÁRIA JUNCEA Cotralária juncea L. Ciclo Vegetativo: Anual (210 a 240 dias) Utilização: Adubação Verde Plantio: 30 kg/hectare Altura: 2 a 3 metros Forma de Crescimento: Aburstivo ereto 12 Catálogo de Produtos - BRSEEDS Catálogo de Produtos - BRSEEDS 13

8 ESTILOSANTES CAMPO GRANDE Stylosantes Cultivar: BRS Campo Grande I e II Utilização: Bovinos Plantio: 3 kg/hectare (consórcio) Forma de Crescimento: Semi-Eretaa FEIJÃO DE PORCO Canavalia ensiformis CV Comum Ciclo até Florescimento: 90 a 100 dias Utilização: Adubação Verde Plantio: 100 kgs/hectare (em linha) Altura: 80 cm a 1 metro Forma de Crescimento: Herbácea, rasteira FEIJÃO GUANDU ANÃO Cajanus cajan CV IAPAR 43 Cultivar: IAPAR 43 Ciclo até Florescimento: 90 a 120 dias Utilização: Adubação verde - Pastoreio Plantio: 25 kgs/hectare(em linha) Altura: 1 a 1,20 metro Forma de Crescimento: Arbustivo ereto KUDZU TROPICAL (PUERÁRIA) Pueraria phaseoloides (Roxb.) Benth Utilização: Adubação Verde - Pastejo Plantio: 10 kg/hectare Forma de Crescimento: Trepadora FEIJÃO GUANDU Cajanus cajan CV Caqui/Fava Larga Cultivar: Caqui/Fava Larga Ciclo Vegetativo: Anual, Bianual ou semi-perene Utilização: Bovinos e Adubação Verde Plantio: 60 kgs/hectare Altura: 2 a 3 metros Forma de Crescimento: Arbustivo LABE-LABE Dolichos Lab-Lab CV Rongai Cultivar: Rongai Ciclo Vegetativo: - Utilização: Adubação verde - Pastejo Plantio: 40 kgs/hectare(em linha) Altura: 50 cm a 1 metro Forma de Crescimento: Trepadora 14 Catálogo de Produtos - BRSEEDS Catálogo de Produtos - BRSEEDS 15

9 LEUCENA Leucaena leucocephala CV Cunninghan Cultivar: Cunninghan Utilização: Pastejo - Silagem - Adubação Plantio: 09 Kgs/hectare(em linhas) Altura: 1,20 metro - Primeiro Pastoreio Forma de Crescimento: Arbustiva MUCUNA CINZA Mucuna pririens DC CV Mucuna Cinza Cultivar: Mucuna Cinza Ciclo de florescimento: 120 a 150 dias Utilização: Adubação verde Plantio: 80 Kgs/hectare(em linha) Altura: 2 a 3 cm Forma de Crescimento: Trepadora MUCUNA ANÃ Mucuna deeringiana CV Comum Ciclo de Florescimento: 90 a 120 dias Utilização: Adubação verde Plantio: 80 Kgs/hectare(em linha) Altura: 50 cm a 1 metro Forma de Crescimento: Herbáceo NABO FORRAGEIRO Raphanus sativus L. Ciclo Vegetativo: Anual (60 a 90 dias até o florescimento) Utilização: Adubação verde Plantio: 10 kg / hectare Altura: 0,5 a 1,5 metro Forma de Crescimento: Herbácea e Rasteira MUCUNA PRETA Mucuna aterrima CV Comum Ciclo de florescimento: 150 a 180 dias Utilização: Adubação verde - Fenação Plantio: 75 Kgs/hectare(em linha) Altura: 50 cm a 1 metro Forma de Crescimento: Trepador Volúvel SOJA PERENE Glycine wightti CV Comum Utilização: Bovinos - Equinos Plantio: 10 Kgs/hectare Altura: 20 cm Forma de Crescimento: Trepadora Volúvel 16 Catálogo de Produtos - BRSEEDS Catálogo de Produtos - BRSEEDS 17

10 18

11 GIRASSOL Helianthus annuss L. Cultivar: Catissol 01 Ciclo Vegetativo: Anual (60 a 130 dias) Utilização: Adubação Verde - Silagem - Grãos Plantio: 8 kg/hectare Forma de Crescimento: Arbustivo Ereto MAMONA Ricinus communis L. Cultivar: Al Guarany 2002 Utilização: Extração de óleo - Biodiesel Plantio: 8 kg/hectare Forma de Crescimento: Arbustivo Ereto NABO FORRAGEIRO Raphanus Sativus L. Ciclo Vegetativo: Anual (60 a 90 dias até florescimento) Utilização: Adubação verde Plantio: 10 kg/hectare Forma de Crescimento: Herbacea - Rasteira PINHÃO MANSO Jatropha curcas L. Cultivar: Jatropha curcas L. Utilização: Extração de óleo - Biodiesel Plantio: Produção de mudas 20 Catálogo de Produtos - BRSEEDS 21

12 22

13 ARUANA Panicum maximum CV Aruana IZ-5 Cultivar: Aruana IZ-5 Utilização: Bovinos - Equinos - Ovinos Plantio: 6 kg/hectare (72%VC) Altura: 1 a 1,20 metro Forma de Crescimento: Cespitoso AZEVÉM ANUAL Lolium multiflorum Lam CV Azevém Anual Cultivar: Azevém Anual Ciclo Vegetativo: Anual Utilização: Pastoreio direto e Feno Plantio: 25 a 30 kg/hectare Forma de Crescimento: Cespitoso AVEIA PRETA Avena Strigosa Cultivar: Preta Comum Ciclo Vegetativo: Anual Forma de Crescimento: Ereta Altura do Corte: 10 cm Plantio: p/ha (em linha) Utilização: Pastagem de inverno - Bovinos - Equinos Tempo de Formação: 75 dias BRACHIARÃO (BRIZANTHA) Brachiária brizantha CV Marandú Cultivar: Marandú Utilização: Bovinos Plantio: 10 Kgs/hectare (48%VC) e 6 kg/hectare (72%VC) Altura: 1 a 1,50 metro Forma de Crescimento: Touceira AZEVÉM PERENE Azevém Perene (Tetraplóide) Lolium perene L. Utilização: Bovinos - Equinos - Feno - Silagem Plantio: 25 a 30 kg/hectare Forma de Crescimento: Perfilhamento BRACHIÁRIA DECUMBENS Brachiária decumbens CV Basilisk Cultivar: Basilisk Utilização: Bovinos Plantio: 6 kg/hectare (72%VC) Altura: 0,70 a 1,20 metro Forma de Crescimento: Touceira decumbente 24 Catálogo de Produtos - BRSEEDS Catálogo de Produtos - BRSEEDS 25

14 BRACHIÁRIA DICTYONEURA Brachiária humidícola CV Llanero Cultivar: Llanero Utilização: Bovinos Plantio: 6 kg/hectare (72%VC) Altura: 1 a 1,10 metro Forma de Crescimento: Estolonífera CAPIM ELEFANTE Pennisetum glaucum (L.) Br. x P. purpureum Schum. Cultivar: Paraíso Altura do Corte: 20 a 50 cm Utilização: Pastejo - Ensilagem Plantio: 16 kg/hectare Forma de Crescimento: Ereto, formando touceiras. BRACHIÁRIA HUMIDÍCOLA Brachiária humidícola CV B. humidícola Cultivar: B. humidícola Utilização: Bovinos Plantio: 8 kg/hectare (50%VC) Altura: 1 metro Forma de Crescimento: Estolonífera CAPIM GORDURA Melinis minutiflora CV Capim Gordura Cultivar: Capim Gordura Utilização: Bovinos Plantio: 20 kg/hectare Altura: 1,20 metro Forma de Crescimento: Ereto decumbente CAPIM ANDROPOGON Andropogon gayanys CV Planaltina Cultivar: Planaltina Utilização: Pastoreio, Fenação, Ensilagem Plantio: 240/340 gramas por m² Altura: 20 cm Forma de Crescimento: Touceira CAPIM TIERRA VERDE Cynodon dactylon Cultivar: TIERRA VERDE Utilização: Equinos - Bovinos - Ovino - Fenação Plantio: 10 Kgs/hectare Altura: 40 cm Forma de Crescimento: Estolonífero e Rizotomoza 26 Catálogo de Produtos - BRSEEDS Catálogo de Produtos - BRSEEDS 27

15 CAPIM VAQUERO Cynodon dactylon CV Vaquero Cultivar: Vaquero Utilização: Equinos - Bovinos - Ovino - Fenação Plantio: 10 Kgs/hectare Altura: 30 cm Forma de Crescimento: Rizotomoza MILHETO Pennisetum glaucum CV BRS 1501 Cultivar: BRS1501 Ciclo Vegetativo: Anual Utilização: Bovinos - Cobertura de Solo Plantio: 25 a 30 kg/hectare Altura: 1,50 a 1,80 metro Forma de Crescimento: Touceira ereta GRAMA PENSACOLA Paspalum notatum CV Pensacola Cultivar: Pensacola Utilização: Equinos - Bovinos Plantio: 30 Kgs/hectare (pastagem) e 10 gramas p/m² (gramado) Altura: 40 a 50 cm Forma de Crescimento: Rizotomoza MOMBAÇA Panicum maximum CV Mombaça Cultivar: Mombaça Utilização: Bovinos - Equinos - Silagem Plantio: 6 kg/hectare (72%VC) Altura: 1,50 a 2 metros Forma de Crescimento: Touceira MASSAI Panicum maximum CV Massai Cultivar: Massai Utilização: Bovinos - Equinos - Ovinos Plantio: 6 kg/hectare (72%VC) Altura: 60 a 80 cm Forma de Crescimento: Touceira POJUCA Paspalum atratum CV Pojuca Cultivar: Pojuca Utilização: Bovinos - Equinos Plantio: 6 kg/hectare (72%VC) Altura: 1,50 a 1,80 metro Forma de Crescimento: Touceira 28 Catálogo de Produtos - BRSEEDS Catálogo de Produtos - BRSEEDS 29

16 RUZIZIENSIS Brachiária ruziziensis CV B. ruziziensis Cultivar: B. ruziziensis Utilização: Bovinos - Cobertura de Solo Plantio: 6 kg/hectare (72%VC) Altura: 80 cm a 1,30 metro Forma de Crescimento: Touceira TANZÂNIA Panicum maximum CV Tanzânia 1 Cultivar: Tanzânia 1 Utilização: Bovinos - Equinos - Ovinos - Silagem Plantio: 6 kg/hectare (72%VC) Altura: 1,50 a 1,80 metro Forma de Crescimento: Touceira XARAÉS MG5 Brachiária brizantha CV Xaraés Cultivar: Xaraés/MG5 Utilização: Bovinos Plantio: 6 kg/hectare (72%VC) Altura: 1 a 1,60 metro Forma de Crescimento: Touceira 30 Catálogo de Produtos - BRSEEDS

17 A BRSEEDS está presente nas redes sociais. Siga-nos e fique por dentro das facebook.com/brseeds linkedin.com/company/brseeds

18 AS MELHORES SEMEADORAS DE PRECISÃO VOCÊ ENCONTRA AQUI NA BRSEEDS

19 Sementes BRSEEDS PLANTANDO QUALIDADE Rua Elias Baracat CEP Araçatuba/SP Fones: +55 (18) ou +55 (18)

CONSIDERAÇÕES SOBRE O PLANTIO E ESTABELECIMENTO DE PASTAGENS

CONSIDERAÇÕES SOBRE O PLANTIO E ESTABELECIMENTO DE PASTAGENS CONSIDERAÇÕES SOBRE O PLANTIO E ESTABELECIMENTO DE PASTAGENS Claudio Ramalho Townsend 1 Newton de Lucena Costa 2 Ricardo Gomes de Araujo Pereira 1 Na tomada de decisão sobre a formação e/ou reforma de

Leia mais

Semente de Brachiaria Ruziziensis (Pastejo, fenação e cobertura morta para plantio direto)

Semente de Brachiaria Ruziziensis (Pastejo, fenação e cobertura morta para plantio direto) Semente de Brachiaria Ruziziensis (Pastejo, fenação e cobertura morta para plantio direto) Descrição Família Gramíneas Ciclo vegetativo Forma de crescimento Ruziziensis Perene Touceira Adaptação Tipo de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA DEPARTAMENTO DE PRODUÇÃO ANIMAL ESPECIALIZAÇÃO EM PRODUÇÃO DE BOVINOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA DEPARTAMENTO DE PRODUÇÃO ANIMAL ESPECIALIZAÇÃO EM PRODUÇÃO DE BOVINOS UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA DEPARTAMENTO DE PRODUÇÃO ANIMAL ESPECIALIZAÇÃO EM PRODUÇÃO DE BOVINOS FORMAÇÃO E MANEJO DE PASGENS (PLANTAS FORRAGEIRAS) EDGAR FRAGA SANTOS FARIA 2007 Família Graminae MONOCOTILEDÔNEAS

Leia mais

Adubaçã. ção o potássica em sistemas intensivos de manejo de pastagens. (Potash Fertilization in Intensive Pastures Management Systems)

Adubaçã. ção o potássica em sistemas intensivos de manejo de pastagens. (Potash Fertilization in Intensive Pastures Management Systems) Adubaçã ção o potássica em sistemas intensivos de manejo de pastagens (Potash Fertilization in Intensive Pastures Management Systems) Alberto C. de Campos Bernardi Pecuária brasileira: 220 milhões de hectares

Leia mais

E S P É C I E S. Profª Msc. Sílvia Maria Marinho Storti F O R R A G E I R A S

E S P É C I E S. Profª Msc. Sílvia Maria Marinho Storti F O R R A G E I R A S E S P É C I E S Profª Msc. Sílvia Maria Marinho Storti F O R R A G E I R A S INTRODUÇÃO Adaptação a fertilidade do solo Tolerância a pragas Produção de forragem Bom vigor de rebrotação (recuperação rápida

Leia mais

Aloisio Rodrigues Pereira, Dr. Eng. Ambiental; Eng. Civil e Eng. Florestal CREA-MG 13.183/D

Aloisio Rodrigues Pereira, Dr. Eng. Ambiental; Eng. Civil e Eng. Florestal CREA-MG 13.183/D Aloisio Rodrigues Pereira, Dr. Eng. Ambiental; Eng. Civil e Eng. Florestal CREA-MG 13.183/D PREFÁCIO Este livro contém dois conceitos que tem relevância no revestimento vegetal de taludes, erosões e áreas

Leia mais

INFLUÊNCIA DE PLANTAS DE COBERTURA DO SOLO NA OCORRÊNCIA DE PLANTAS DANINHAS E NA PRODUTIVIDADE DE GRÃOS DE TRIGO

INFLUÊNCIA DE PLANTAS DE COBERTURA DO SOLO NA OCORRÊNCIA DE PLANTAS DANINHAS E NA PRODUTIVIDADE DE GRÃOS DE TRIGO INFLUÊNCIA DE PLANTAS DE COBERTURA DO SOLO NA OCORRÊNCIA DE PLANTAS DANINHAS E NA PRODUTIVIDADE DE GRÃOS DE TRIGO AMARAL, Kevin Bossoni do 1 ; CAMPOS, Ben-Hur Costa de 2 ; BIANCHI, Mario Antonio 3 Palavras-Chave:

Leia mais

1. Capim-tanzânia (Panicum maximum cv. Tanzânia)

1. Capim-tanzânia (Panicum maximum cv. Tanzânia) 1. Capim-tanzânia (Panicum maximum cv. Tanzânia) Características da planta: as plantas desse capim podem alcançar 2 m de altura. Crescem em touceiras nas quais podem ser encontrados, além de colmos verticais,

Leia mais

PRODUÇÃO INTEGRADA DE MORANGO

PRODUÇÃO INTEGRADA DE MORANGO PRODUÇÃO INTEGRADA DE MORANGO Manejo e Conservação do solo na cultura do Morangueiro Eng. Agr. Msc. MBA JOSÉ AUGUSTO MAIORANO- SAA-CATI Regional Campinas Preparo Inadequado do solo Monocultura Compactação

Leia mais

EXTRATÉGIAS DE MANEJO DE FERTILIDADE E ADUBAÇÃO

EXTRATÉGIAS DE MANEJO DE FERTILIDADE E ADUBAÇÃO EXTRATÉGIAS DE MANEJO DE FERTILIDADE E ADUBAÇÃO UNIOESTE MARECHAL CANDIDO RONDON 12 e 13 de Junho de 2015 Eng agr Daniel J. de S. Mol Qual realidade atual do manejo do solo e fertilidade? Qual o objetivo

Leia mais

USO DE COBERTURAS VEGETAIS E MANEJO ORGÂNICO DOS SOLOS EM MUSÁCEA

USO DE COBERTURAS VEGETAIS E MANEJO ORGÂNICO DOS SOLOS EM MUSÁCEA Mandioca e Fruticultura USO DE COBERTURAS VEGETAIS E MANEJO ORGÂNICO DOS SOLOS EM MUSÁCEA Ana Lúcia Borges Pesquisadora da Embrapa Erval Rafael Damatto Junior Pesquisador científico da APTA Manejo sustentável

Leia mais

Premissa básica para produção animal em pasto é a existência de pasto

Premissa básica para produção animal em pasto é a existência de pasto Estabelecimento de pastagens: escolha da planta forrageira, preparo do solo e semeadura/plantio Introdução Premissa básica para produção animal em pasto é a existência de pasto Necessidade d deassociação

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO nº 01

BOLETIM TÉCNICO nº 01 BOLETIM TÉCNICO nº 01 ADUBAÇÃO VERDE Esta obra é licenciada sob termos de direito autoral livre, licença "Creative Commons" Attribution-Noncommercial-Share Alike 2.5 Brazil. Isto significa que: Você pode

Leia mais

Integração Lavoura-Pecuária-Floresta Alternativa para o Desenvolvimento Sustentável da Amazônia. Paulo Campos Christo Fernandes Pesquisador

Integração Lavoura-Pecuária-Floresta Alternativa para o Desenvolvimento Sustentável da Amazônia. Paulo Campos Christo Fernandes Pesquisador Integração Lavoura-Pecuária-Floresta Alternativa para o Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Paulo Campos Christo Fernandes Pesquisador Rede Brasileira de Transferência de Tecnologia TO DF BA RR AM

Leia mais

Valor nutritivo das plantas forrageiras

Valor nutritivo das plantas forrageiras A base da dieta dos ruminantes na grande maioria dos sistemas de produção é constituída pelas pastagens. Valor nutritivo das plantas forrageiras Estas pastagens podem ser: Nativas; Cultivadas. Varias espécies

Leia mais

Aspectos de Forma em Plantas Forrageiras

Aspectos de Forma em Plantas Forrageiras LZT 520 Plantas Forrageiras e Pastagens Aspectos de Forma em Plantas Forrageiras MORFOLOGIA E DESENVOLVIMENTO ESTRUTURAL RELACIONADOS COM A PRODUÇÃO E O MANEJO DE PASTAGENS Duas famílias Poaceae (Gramineae)

Leia mais

Pastagens. Área de pastagem no Brasil. (ANUALPEC 2009 e IBGE 2010) 122 milhões de hectares. Espécies cultivadas

Pastagens. Área de pastagem no Brasil. (ANUALPEC 2009 e IBGE 2010) 122 milhões de hectares. Espécies cultivadas Pastagens Ana Cláudia Ruggieri Prof. Assistente Dr.UNESP/Jaboticabal E-mail: acruggieri@fcav.unesp.br UNESP - Jaboticabal/SP Brasil Distribuição das atividades no Território Brasileiro Pastagens 48% Matas

Leia mais

2 Alimentação Básica na Pecuária de Corte

2 Alimentação Básica na Pecuária de Corte ALIMENTOS ORGÂNICOS PARA A SUPLEMENTAÇÃO DE BOVINOS Cláudio Maluf Haddad 1 Fabiana Villa Alves 2 1 Professor Doutor do Departamento de Produção Animal Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" ESALQ/USP.

Leia mais

Curso de Pós-Graduação em Estratégias Integradas para Pecuária de Corte: Produção,

Curso de Pós-Graduação em Estratégias Integradas para Pecuária de Corte: Produção, Curso de Pós-Graduação em Estratégias Integradas para Pecuária de Corte: Produção, Eficiência e Gestão Módulo I ESTABELECIMENTO/FORMAÇÃO DE PASTAGENS Prof. Dr. Gelci Carlos Lupatini UNESP UNESP Campus

Leia mais

Gramíneas Perenes de Verão

Gramíneas Perenes de Verão Capítulo 11 Gramíneas Perenes de Verão Renato Serena Fontaneli, Roberto Serena Fontaneli, Franciele Mariani, Amauri César Pivotto e Letícia Ré Signori Gramas Bermuda [Cynodon dactylon (L.) Pers.], Estrela

Leia mais

Manejo nutricional dos ovinos Profa. Fernanda Bovino

Manejo nutricional dos ovinos Profa. Fernanda Bovino Manejo nutricional dos ovinos Profa. Fernanda Bovino Introdução Representa até 60% custos Mais importante para o sucesso Exigências nutricionais Mantença Produção Reprodução Alimentos Nutrientes Energia,

Leia mais

MARANDU. Brachiaria Brizantha cv. Marandu

MARANDU. Brachiaria Brizantha cv. Marandu MARANDU Brachiaria Brizantha cv. Marandu Indicada para pastoreio direto, para a produção de feno (rolão ou feno em pé), e utilizada para a produção de silagem, principalmente junto com Milho e Sorgo, essa

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE COBERTURAS NOS SISTEMAS DE PRODUÇÃO SEMEANDO O FUTURO

UTILIZAÇÃO DE COBERTURAS NOS SISTEMAS DE PRODUÇÃO SEMEANDO O FUTURO UTILIZAÇÃO DE COBERTURAS NOS SISTEMAS DE PRODUÇÃO SEMEANDO O FUTURO INTRODUÇÃO SEMEANDO O FUTURO Para entendermos a importância que a cobertura do solo tem no sistema plantio direto, é preciso saber os

Leia mais

FORMAÇÃO E MANEJO DE PASTAGENS TROPICAIS

FORMAÇÃO E MANEJO DE PASTAGENS TROPICAIS FORMAÇÃO E MANEJO DE PASTAGENS TROPICAIS Antônio Ricardo Evangelista 1 1 Formação de Pastagens A forma mais econômica de alimentar um ruminante é por meio do fornecimento de forragem de qualidade. Melhor

Leia mais

RECOMENDAÇÕES PARA O USO DE CORRETIVOS E FERTILIZANTES EM MINAS GERAIS

RECOMENDAÇÕES PARA O USO DE CORRETIVOS E FERTILIZANTES EM MINAS GERAIS RECOMENDAÇÕES PARA O USO DE CORRETIVOS E FERTILIZANTES EM MINAS GERAIS - 5 a Aproximação CFSEMG PASTAGENS A adubação de pastagens tem por objetivo atender à demanda nutricional das plantas para o estabelecimento

Leia mais

Principais famílias: 28/05/2015 MORFOLOGIA. Morfologia de Leguminosas e Gramíneas Forrageiras. Poaceae (gramíneas) grama, pastagem.

Principais famílias: 28/05/2015 MORFOLOGIA. Morfologia de Leguminosas e Gramíneas Forrageiras. Poaceae (gramíneas) grama, pastagem. Morfologia de Leguminosas e Gramíneas Forrageiras MORFOLOGIA Refere-se a estrutura e ao arranjo de partes das plantas. Prof. Leandro C. Araujo (DBZ) Zootecnista Essencial para a identificação das plantas

Leia mais

Espécies forrageiras exóticas. Forragicultura e pastagens Prof. Eduardo Bohrer de Azevedo

Espécies forrageiras exóticas. Forragicultura e pastagens Prof. Eduardo Bohrer de Azevedo Espécies forrageiras exóticas Forragicultura e pastagens Prof. Eduardo Bohrer de Azevedo Espécies Forrageiras Exóticas Classificação das espécies forrageiras exóticas de importância econômica no Brasil:

Leia mais

FORRAGEIRAS PARA EQÜINOS

FORRAGEIRAS PARA EQÜINOS FORRAGEIRAS PARA EQÜINOS Rodolfo Pedro Victor 1 Luiz Carlos Assef 2 Valdinei Tadeu Paulino 3 1 Estagiário do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Nutrição Animal e Pastagens (CPDNAP)/IZ-APTA, e-mail:

Leia mais

Produção sustentável de grãos e carne bovina na região do Bolsão-Sul-Mato-Grossense

Produção sustentável de grãos e carne bovina na região do Bolsão-Sul-Mato-Grossense Produção sustentável de grãos e carne bovina na região do Bolsão-Sul-Mato-Grossense Ademir H. Zimmer Júlio Salton Armindo N. Kichel Engº. Agrsº. Pesquisadores Embrapa Gado de Corte e Agropecuária Oeste

Leia mais

VOLUMOSOS PARA BOVINOS DE CORTE: OPÇÕES, AVANÇOS TECNOLÓGICOS E VIABILIDADE ECONÔMICA

VOLUMOSOS PARA BOVINOS DE CORTE: OPÇÕES, AVANÇOS TECNOLÓGICOS E VIABILIDADE ECONÔMICA VOLUMOSOS PARA BOVINOS DE CORTE: OPÇÕES, AVANÇOS TECNOLÓGICOS E VIABILIDADE ECONÔMICA Adilson de Paula Almeida Aguiar Professor de Pastagens e Plantas Forrageiras I (cursos de Agronomia e Zootecnia) e

Leia mais

QUALITAS QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL LIMITADA ME

QUALITAS QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL LIMITADA ME QUALITAS QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL LIMITADA ME Trabalho de conclusão de curso Produção e reprodução bovina Antônio Garcia de Almeida Orientador: Athos de Assumpção Pastore Sumário Lista de figura... Lista

Leia mais

Plantio do amendoim forrageiro

Plantio do amendoim forrageiro Plantio do amendoim forrageiro O amendoim forrageiro (Arachis pintoi Krapov. & W.C. Greg.) é uma leguminosa herbácea tropical perene nativa do Brasil. Tem importância na produção de forragem em pastos

Leia mais

José A. Donizeti Carlos Juliana Amorim da Costa Manoel Baptista da Costa

José A. Donizeti Carlos Juliana Amorim da Costa Manoel Baptista da Costa SSN 1414-4530 Universidade de São aulo - US Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz - ESALQ Divisão de Biblioteca e Documentação - DBD José A. Donizeti Carlos Juliana Amorim da Costa Manoel Baptista

Leia mais

ASPECTOS NORMATIVOS - LABORATÓRIO

ASPECTOS NORMATIVOS - LABORATÓRIO XIX CONGRESSO BRASILEIRO DE SEMENTES II SIMPÓSIO BRASILEIRO DE SEMENTES DE ESPÉCIES FORRAGEIRAS Padrões de identidade e qualidade para sementes de forrageiras: alguns aspectos relevantes. ASPECTOS NORMATIVOS

Leia mais

ADUBAÇÃO VERDE. Prof. Francisco Hevilásio F. Pereira (UAGRA/CCTA/UFCG) AGRICULTURA GERAL. Objetivos principais. Objetivos específicos

ADUBAÇÃO VERDE. Prof. Francisco Hevilásio F. Pereira (UAGRA/CCTA/UFCG) AGRICULTURA GERAL. Objetivos principais. Objetivos específicos CONCEITOS: ADUBAÇÃO VERDE AGRICULTURA GERAL ADUBAÇÃO VERDE POMBAL PB 1) Consiste no aproveitamento de plantas cultivadas ou crescidas espontaneamente no próprio local ou importadas de outras áreas 2) É

Leia mais

RESUMO INTRODUÇÃO. 1 Graduando do Curso de Agronomia, UnU Ipameri - UEG. 2 Professor orientador, UnU- Ipameri - UEG

RESUMO INTRODUÇÃO. 1 Graduando do Curso de Agronomia, UnU Ipameri - UEG. 2 Professor orientador, UnU- Ipameri - UEG DENSIDADE DE SEMEADURA DE FEIJÃO-DE-PORCO Canavalia ensiformis. Mário Guilherme de Biagi Cava 1 ; Bruce James Santos 1 ; Vinícius André Pereira 1 ; Paulo César Timossi 2 1 Graduando do Curso de Agronomia,

Leia mais

Teste padrão de germinação

Teste padrão de germinação Teste padrão de germinação O objetivo é avaliar a percentagem de ocorrências germinativas das sementes para fins de semeadura. Mas, alguns conceitos devem ser conhecidos antes da montagem do teste padrão

Leia mais

Adubação Orgânica Adubação Orgânica e Adubação Verde. Informações sobre Adubação orgânica e Adubação Verde

Adubação Orgânica Adubação Orgânica e Adubação Verde. Informações sobre Adubação orgânica e Adubação Verde 1 de 5 10/16/aaaa 10:13 Adubação Orgânica Adubação Orgânica e Adubação Verde Nome Adubação Orgânica e Adubação Verde Produto Informação Tecnológica Data Abril - 2000 Preço - Linha Adubação Orgânica Resenha

Leia mais

Implantação de Um Sistema Agroflorestal Como Forma de Recuperação de Uma Área Degradada

Implantação de Um Sistema Agroflorestal Como Forma de Recuperação de Uma Área Degradada Implantação de Um Sistema Agroflorestal Como Forma de Recuperação de Uma Área Degradada MACIEL, Vítor Renck. Universidade Estadual Paulista, vitor_renck@hotmail.com; LEME, Marina Koketsu. marinakleme@yahoo.com.br

Leia mais

Conceitos básicos sobre pastagens e sementes para sua formação

Conceitos básicos sobre pastagens e sementes para sua formação Conceitos básicos sobre pastagens e sementes para sua formação Rodolfo Godoy e Francisco H. Dübbern de Souza Julho/2010 Conceitos técnicos : para que???? - possibilitam descrições corretas e precisas de

Leia mais

RENOVAÇÃO DE PASTAGENS COM PLANTIO DIRETO

RENOVAÇÃO DE PASTAGENS COM PLANTIO DIRETO RENOVAÇÃO DE PASTAGENS COM PLANTIO DIRETO EXPERIÊNCIAS DA MONSANTO DO BRASIL MARCIO SCALÉA ABRIL 2007 Manejo Genética Alimentação Sanidade GENÉTICA M A N E J O ALIMENTAÇÃO S A N I D A D E FASE PRODUTIVA

Leia mais

Semente Normal Atlas VC 35 15kg / ha. Atlas Série Gold Incrustrada 10 kg/ha. Semente Normal Atlas VC 35 15kg / ha. Plantio entre linhas (plantadeira)

Semente Normal Atlas VC 35 15kg / ha. Atlas Série Gold Incrustrada 10 kg/ha. Semente Normal Atlas VC 35 15kg / ha. Plantio entre linhas (plantadeira) Espécie Ciclo Tipo Cultivar Azevém Anual Diplóide / Italiano Concord Azevém Anual Tetraplóide Titan Azevém Anual Tetraplóide Winter Star Azevém Anual Tetraplóide KLM 138 Azevém Bianual Tetraplóide / Híbrido

Leia mais

por meio do uso sustentável de pastagens tropicais

por meio do uso sustentável de pastagens tropicais Intensificação da produção animal por meio do uso sustentável de pastagens tropicais Sila Carneiro da Silva Departamento de Zootecnia E.S.A. Luiz de Queiroz Universidade de São Paulo (USP) Introdução *

Leia mais

ANEXO AULA 12: CONSERVAÇÃO DO SOLO NA AGROECOLOGIA

ANEXO AULA 12: CONSERVAÇÃO DO SOLO NA AGROECOLOGIA ANEXO AULA 12: CONSERVAÇÃO DO SOLO NA AGROECOLOGIA NESTA AULA SERÁ ABORDADO Importância de conservar o solo e sua influência sobre as plantas As formas e métodos de conservação do terreno Como combater

Leia mais

DESCOMPACTAÇÃO DO SOLO NO PLANTIO DIRETO USANDO FORRAGEIRAS TROPICAIS REDUZ EFEITO DA SECA

DESCOMPACTAÇÃO DO SOLO NO PLANTIO DIRETO USANDO FORRAGEIRAS TROPICAIS REDUZ EFEITO DA SECA DESCOMPACTAÇÃO DO SOLO NO PLANTIO DIRETO USANDO FORRAGEIRAS TROPICAIS REDUZ EFEITO DA SECA Por: Julio Franchini Área: Manejo do Solo Julio Franchini possui graduação em Agronomia pela Universidade Estadual

Leia mais

Manejo e utilização de plantas forrageiras dos gêneros Panicum, Brachiaria e Cynodon Foto: César Antônio Cordeiro, 1999.

Manejo e utilização de plantas forrageiras dos gêneros Panicum, Brachiaria e Cynodon Foto: César Antônio Cordeiro, 1999. ISSN 1518-4757 Outubro, 2003 34 Manejo e utilização de plantas forrageiras dos gêneros Panicum, Brachiaria e Cynodon Foto: César Antônio Cordeiro, 1999. ISSN 1518-4757 Outubro, 2003 Empresa Brasileira

Leia mais

Forrageiras para corte e pastejo

Forrageiras para corte e pastejo Forrageiras para corte e pastejo Antonio Vander Pereira e Antonio Carlos Cóser * Introdução As pastagens e forragens cortadas representam formas mais econômicas de arraçoamento do gado leiteiro, podendo

Leia mais

Amendoim forrageiro - alternativas destinadas ao consumo eqüino

Amendoim forrageiro - alternativas destinadas ao consumo eqüino Amendoim forrageiro - alternativas destinadas ao consumo eqüino Objetivando-se uma criação rentável e tecnicamente planejada, nada mais correto que o produtor venha a preocupar-se com a disponibilidade

Leia mais

CONVERT* HD364. Acelere seus resultados com a pecuária de corte e de leite.

CONVERT* HD364. Acelere seus resultados com a pecuária de corte e de leite. CONVERT* HD364. Acelere seus resultados com a pecuária de corte e de leite. Origem O CONVERT* HD364 foi obtido pelo Projeto de Forragens Tropicais do CIAT (Centro Internacional de Agricultura Tropical),

Leia mais

Curso on-line de Aperfeiçoamento em Agricultura Orgânica Prof. Silvio Penteado Aula 11. Adubação Verde e Produção de Biomassa Vegetal

Curso on-line de Aperfeiçoamento em Agricultura Orgânica Prof. Silvio Penteado Aula 11. Adubação Verde e Produção de Biomassa Vegetal Curso on-line de Aperfeiçoamento em Agricultura Orgânica Prof. Silvio Penteado Aula 11 1. SAIBA O QUE É ADUBO VERDE Adubação Verde e Produção de Biomassa Vegetal A adubação verde é a forma de empregar

Leia mais

Principais espécies forrageiras na alimentação de ruminantes

Principais espécies forrageiras na alimentação de ruminantes Principais espécies forrageiras na alimentação de ruminantes DISCIPLINA: PRODUÇÃO ANIMAL 2 Dra. Fabiola Rego Grecco fabiola_rego@yahoo.com.br CLASSIFICAÇÃO Família C4 Família C3 Gramíneas tropicais e subtropicais

Leia mais

Adubação em Agricultura Orgânica

Adubação em Agricultura Orgânica Adubação em Agricultura Orgânica Italo Lüdke Produção Orgânica de Hortaliças Manejo do solo Solo é um sistema vivo e complexo, que abriga uma grande diversidade de fauna e flora Visa manutenção de sua

Leia mais

Curso sobre Proteção e Registro de Cultivares SNPC/IAPAR/TECPAR - RNC

Curso sobre Proteção e Registro de Cultivares SNPC/IAPAR/TECPAR - RNC Curso sobre Proteção e Registro de Cultivares SNPC/IAPAR/TECPAR REGISTRO Izabela Mendes Carvalho NACIONAL DE CULTIVARES Fiscal Federal - RNC Londrina/PR - Maio/2010 Agropecuário ESTRUTURA SECRETARIA DE

Leia mais

manual técnico, 24 ISSN 1983-5671 SILAGEM ORGÂNICA Paulo Francisco Dias Sebastião Manhães Souto

manual técnico, 24 ISSN 1983-5671 SILAGEM ORGÂNICA Paulo Francisco Dias Sebastião Manhães Souto 24 manual técnico, 24 ISSN 1983-5671 SILAGEM ORGÂNICA Paulo Francisco Dias Sebastião Manhães Souto Niterói-RJ Julho de 2010 PROGRAMA RIO RURAL Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento

Leia mais

Vantagens da integração lavoura-pecuária na recuperação de pastagens degradadas

Vantagens da integração lavoura-pecuária na recuperação de pastagens degradadas Vantagens da integração lavoura-pecuária na recuperação de pastagens degradadas Armindo Neivo Kichel 1 ; José Alexandre Agiova da Costa 1 ; Roberto Giolo de Almeida 1 1 Pesquisador EMBRAPA Gado de Corte,

Leia mais

2 Conservação do solo

2 Conservação do solo 2 Conservação do solo 1 2.1 Agentes causadores de erosão A erosão é um processo que se traduz na desagregação, transporte e deposição do solo. Pode ser causada por: - Água: é a mais importante em nossas

Leia mais

Estado Atual e Tendências da Pesquisa com Pastagens da NZ. Dr Alan Stewart Grasslands Innovation Ltd

Estado Atual e Tendências da Pesquisa com Pastagens da NZ. Dr Alan Stewart Grasslands Innovation Ltd Estado Atual e Tendências da Pesquisa com Pastagens da NZ Dr Alan Stewart Grasslands Innovation Ltd Agricultura da Nova Zelândia Produção a base de pasto é responsável por 50% das exportações da NZ Setor

Leia mais

ANEXO I NORMAS E PADRÕES PARA PRODUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE SEMENTES FISCALIZADAS DE ESPÉCIES FORRAGEIRAS DE CLIMA TROPICAL

ANEXO I NORMAS E PADRÕES PARA PRODUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE SEMENTES FISCALIZADAS DE ESPÉCIES FORRAGEIRAS DE CLIMA TROPICAL ANEXO I NORMAS E PADRÕES PARA PRODUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE SEMENTES FISCALIZADAS DE ESPÉCIES FORRAGEIRAS DE CLIMA TROPICAL 1. DA PRODUÇÃO DE SEMENTES 1.1. DO PRODUTOR 1.1.1. O Produtor de sementes fiscalizadas

Leia mais

Comunicado101 Técnico

Comunicado101 Técnico Comunicado0 Técnico ISSN 57-469 Planaltina, DF Dezembro, 2003 Foto: Helvio dos Santos Abadia Área do Piquete e Taxa de Lotação no Pastejo Rotacionado Geraldo Bueno Martha Júnior Luis Gustavo Barioni 2

Leia mais

AITA, C. 1 ; GIACOMINI, S.J. 2 ; VENDRÚSCULO,E.R.O. 3 ; CHIAPINOTTO, I.C. 3 ; HÜBNER, A.P. 3 ; QUAINI, D. 3 ; CUBILLA, M.M. 3 ; FRIES, M.R.

AITA, C. 1 ; GIACOMINI, S.J. 2 ; VENDRÚSCULO,E.R.O. 3 ; CHIAPINOTTO, I.C. 3 ; HÜBNER, A.P. 3 ; QUAINI, D. 3 ; CUBILLA, M.M. 3 ; FRIES, M.R. leguminosas de verão como culturas intercalares ao milho e sua influência sobre a associação de aveia (Avena strigosa Schieb) + ervilhaca (Vicia sativa L.) AITA, C. 1 ; GIACOMINI, S.J. 2 ; VENDRÚSCULO,E.R.O.

Leia mais

MANEJO DE PLANTAS FORRAGEIRAS TROPICAIS PARA PRODUÇÃO DE FORRAGENS CONSERVADAS. CINIRO COSTA Prof.: Forragicultura e Pastagens FMVZ - UNESP Botucatu

MANEJO DE PLANTAS FORRAGEIRAS TROPICAIS PARA PRODUÇÃO DE FORRAGENS CONSERVADAS. CINIRO COSTA Prof.: Forragicultura e Pastagens FMVZ - UNESP Botucatu MANEJO DE PLANTAS FORRAGEIRAS TROPICAIS PARA PRODUÇÃO DE FORRAGENS CONSERVADAS CINIRO COSTA Prof.: Forragicultura e Pastagens FMVZ - UNESP Botucatu Áreas de pastagens nativas (N) e plantadas (P) nas diferentes

Leia mais

MANEJO DAS PASTAGENS E PRODUÇÃO DE LEITE A PASTO

MANEJO DAS PASTAGENS E PRODUÇÃO DE LEITE A PASTO MANEJO DAS PASTAGENS E PRODUÇÃO DE LEITE A PASTO Página 1 de 16 MANEJO DAS PASTAGENS E PRODUÇÃO DE LEITE A PASTO Aluno: Marco Aurélio Alves de Freitas Barbosa Prof.: Domicio do Nascimento Jr. INTRODUÇÃO

Leia mais

Pastagem para ovinos e caprinos

Pastagem para ovinos e caprinos Pastagem para ovinos e caprinos Hábitos alimentares Classes Ruminante Não ruminante Selecionadores de concentrado, frutos e folhas Brotos e folhas de árvores e arbustos (baixa fibra) Consumidores intermediários

Leia mais

Ajuste de Lotação no Manejo de Pastagens

Ajuste de Lotação no Manejo de Pastagens ISSN 1679-043X Dezembro, 2004 Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Centro de Pesquisa Agropecuária do Oeste Centro de Pesquisa de Gado de Corte Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Leia mais

Contexto e importância da diversificação de culturas em sistemas de produção de soja no Brasil

Contexto e importância da diversificação de culturas em sistemas de produção de soja no Brasil Contexto e importância da diversificação de culturas em sistemas de produção de soja no Brasil Eng. Agr. Dr. Henrique Debiasi Eng. Agr. Dr. Julio C. Franchini Eng. Agr. Dr. Alvadi A. Balbinot Jr. VII Congresso

Leia mais

POTENCIAL BIOENERGÉTICO DE CAPINS TROPICAIS

POTENCIAL BIOENERGÉTICO DE CAPINS TROPICAIS POTENCIAL BIOENERGÉTICO DE CAPINS TROPICAIS Valdinei Tadeu Paulino (1), Keila Maria Roncato Duarte (1), Marcia Atauri Cardelli de Lucena (1), RESUMO A biomassa vegetal figura entre as alternativas técnicas

Leia mais

Relatório Geral de Requerentes

Relatório Geral de Requerentes UF: BA Município: BARREIRAS Nome: LASSOL - LABORATÓRIO DE ANÁLISE DE SEMENTES SOL LTDA. CNPJ: 01173761000108 Logradouro: BR 020/242 KM 07 Bairro: Chacara Candeias Renasem: BA-00858/2009 Validade: 16/11/2017

Leia mais

Culturas anuais para produção de volumoso em áreas de sequeiro

Culturas anuais para produção de volumoso em áreas de sequeiro Culturas anuais para produção de volumoso em áreas de sequeiro Henrique Antunes de Souza Fernando Lisboa Guedes Equipe: Roberto Cláudio Fernandes Franco Pompeu Leandro Oliveira Silva Rafael Gonçalves Tonucci

Leia mais

Embrapa Gado de Corte

Embrapa Gado de Corte Embrapa Gado de Corte Recomendações de calagem e adubação para pastagens em solos arenosos Manuel Claudio Motta Macedo Pesquisador Embrapa Gado de Corte INTRODUÇÃO 1. Critérios de adubação para pastagens

Leia mais

CALENDÁRIO DE ATIVIDADES NA PRODUÇÃO DE LEITE

CALENDÁRIO DE ATIVIDADES NA PRODUÇÃO DE LEITE CALENDÁRIO DE NA PRODUÇÃO DE LEITE MÊS DE JANEIRO ALIMENTAÇÃO Pastagens perenes Diferir áreas para colher sementes ou deixar sementar as pastagens. Utilizar pastagens de verão (principalmente no sistema

Leia mais

Pastagens para produção leiteira

Pastagens para produção leiteira Pastagens para produção leiteira Matheus Souza Muniz 1, Bruno de Sousa Pereira 1, Moisés Sena Pessoa 2, Flávia Oliveira Abrão Pessoa 3 * 1 - Discentes do curso de Agronomia, IF Goiano Campus Ceres 2 Doutorando

Leia mais

PASTAGENS PARA OVINOS E CAPRINOS

PASTAGENS PARA OVINOS E CAPRINOS UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA NÚCLEO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM PRODUÇÃO ANIMAL PROGRAMA DE OVINO-CAPRINOCULTURA DA BAHIA www.neppa.uneb.br PASTAGENS PARA OVINOS E CAPRINOS Prof. Dr. Danilo Gusmão de

Leia mais

TITULO DO PROJETO: (Orientador DPPA/CCA). Para que se tenha sucesso em um sistema de plantio direto é imprescindível uma boa cobertura do solo.

TITULO DO PROJETO: (Orientador DPPA/CCA). Para que se tenha sucesso em um sistema de plantio direto é imprescindível uma boa cobertura do solo. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA MEC UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ UFPI PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PRPPG Coordenadoria Geral de Pesquisa CGP Campus Universitário Ministro Petrônio Portela,

Leia mais

FORRAGEIRAS PARA INTEGRAÇÃO LAVOURA-PECUÁRIA NA REGIÃO SUL-BRASILEIRA

FORRAGEIRAS PARA INTEGRAÇÃO LAVOURA-PECUÁRIA NA REGIÃO SUL-BRASILEIRA FORRAGEIRAS PARA INTEGRAÇÃO LAVOURA-PECUÁRIA NA REGIÃO SUL-BRASILEIRA Renato Serena Fontaneli (1,) ; Henrique Pereira dos Santos (1) ; Roberto Serena Fontaneli (2) ; Paulo Hentz (3) ; Rosilene Inês Lehmen

Leia mais

Projeto Agrisus 1084-13

Projeto Agrisus 1084-13 EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA EMBRAPA AGROPECUÁRIA OESTE RELATÓRIO FINAL DE PROJETO Projeto Agrisus 1084-13 TÍTULO: CARACTERIZAÇÃO DA ÁREA OCUPADA COM SISTEMAS DE INTEGRAÇÃO LAVOURA-PECUÁRIA

Leia mais

SISTEMAS DE ALIMENTAÇÃO DE CORDEIROS PARA PRODUÇÃO DE CARNE DE QUALIDADE NO OUTONO: REDUÇÃO DA SAZONALIDADE DE PRODUÇÃO ASSOCIADO À SUSTENTABILIDADE

SISTEMAS DE ALIMENTAÇÃO DE CORDEIROS PARA PRODUÇÃO DE CARNE DE QUALIDADE NO OUTONO: REDUÇÃO DA SAZONALIDADE DE PRODUÇÃO ASSOCIADO À SUSTENTABILIDADE SISTEMAS DE ALIMENTAÇÃO DE CORDEIROS PARA PRODUÇÃO DE CARNE DE QUALIDADE NO OUTONO: REDUÇÃO DA SAZONALIDADE DE PRODUÇÃO ASSOCIADO À SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL E ECONÔMICA A pequena escala de produção de

Leia mais

OPÇÕES DE FORRAGEIRAS DE ENTRESSAFRA E INVERNO EM SISTEMA DE INTEGRAÇÃO LAVOURA E PECUÁRIA

OPÇÕES DE FORRAGEIRAS DE ENTRESSAFRA E INVERNO EM SISTEMA DE INTEGRAÇÃO LAVOURA E PECUÁRIA OPÇÕES DE FORRAGEIRAS DE ENTRESSAFRA E INVERNO EM SISTEMA DE INTEGRAÇÃO LAVOURA E PECUÁRIA Elir de Oliveira 1 1. INTRODUÇÃO Os sistemas de produção de bovinos em todo mundo têm sido repensados não só em

Leia mais

Levantamento quantitativo do Aecin por seções 2º/2013

Levantamento quantitativo do Aecin por seções 2º/2013 C AM PUS I Campus I Campus II Acervo Educacional de Ciências Naturais - AECIN Tel. 3229 2077 / 2078 aecin@unoeste.br www.unoeste.br Rua José Bongiovani, 700 Cidade Universitária CEP 19050 920 Presidente

Leia mais

Caracterização das Principais Modalidades de Sistemas Integrados de Produção Agropecuária na Região Centro-Sul de Mato Grosso do Sul

Caracterização das Principais Modalidades de Sistemas Integrados de Produção Agropecuária na Região Centro-Sul de Mato Grosso do Sul ISSN 1679-043X Dezembro, 2014 125 Caracterização das Principais Modalidades de Sistemas Integrados de Produção Agropecuária na Região Centro-Sul de Mato Grosso do Sul ISSN 1679-043X Dezembro, 2014 Empresa

Leia mais

A FITORREMEDIAÇÃO COMO INSTRUMENTO ALTERNATIVO NO SANEAMENTO AMBIENTAL

A FITORREMEDIAÇÃO COMO INSTRUMENTO ALTERNATIVO NO SANEAMENTO AMBIENTAL A FITORREMEDIAÇÃO COMO INSTRUMENTO ALTERNATIVO NO SANEAMENTO AMBIENTAL Raquel Soares 1, Inês J. M. Takeda 2, Janaina C. Botari 3, Alexandre Botari 4 Abstract The pesticides are substances that perform

Leia mais

Manuel Cláudio Motta Macedo Ademir Hugo Zimmer

Manuel Cláudio Motta Macedo Ademir Hugo Zimmer 16 Potencial para Adoção da Estratégia de Integração Lavoura- -Pecuária e de Integração Lavoura-Pecuária- -Floresta para Recuperação de Pastagens Degradadas Manuel Cláudio Motta Macedo Ademir Hugo Zimmer

Leia mais

Artigo Número 7 SILAGEM DE MILHO, SORGO E GRAMÍNEAS TROPICAIS. Introdução

Artigo Número 7 SILAGEM DE MILHO, SORGO E GRAMÍNEAS TROPICAIS. Introdução Artigo Número 7 SILAGEM DE MILHO, SORGO E GRAMÍNEAS TROPICAIS Introdução Renius Mello reniusmello@hotmail.com A distribuição sazonal da produção forrageira é responsável por grande parte das dificuldades

Leia mais

XXIX CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO - Águas de Lindóia - 26 a 30 de Agosto de 2012

XXIX CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO - Águas de Lindóia - 26 a 30 de Agosto de 2012 XXIX CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO - Águas de Lindóia - 26 a 30 de Agosto de 2012 Absorção de Macronutrientes pela Cultura do Milho sobre Diferentes Wander Luis Barbosa Borges 1,7, Rogério Soares

Leia mais

Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ilpf)

Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ilpf) Foto: Gabriel Faria Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ilpf) ¹Maurel Behling ²Flavio Jesus Wruck ³Diego Barbosa Alves Antonio 4 João Luiz Palma Meneguci 5 Bruno Carneiro e Pedreira 6 Roberta Aparecida

Leia mais

PLANTIO DE MILHO COM BRAQUIÁRIA. INTEGRAÇÃO LAVOURA PECUÁRIA - ILP

PLANTIO DE MILHO COM BRAQUIÁRIA. INTEGRAÇÃO LAVOURA PECUÁRIA - ILP PLANTIO DE MILHO COM BRAQUIÁRIA. INTEGRAÇÃO LAVOURA PECUÁRIA - ILP Autores: Eng.º Agr.º José Alberto Ávila Pires Eng.º Agr.º Wilson José Rosa Departamento Técnico da EMATER-MG Trabalho baseado em: Técnicas

Leia mais

PROJETO DE INSTRUÇÃO NORMATIVA No, DE DE DE 2013.

PROJETO DE INSTRUÇÃO NORMATIVA No, DE DE DE 2013. PROJETO DE INSTRUÇÃO NORMATIVA No, DE DE DE 2013. O MINISTRO DE ESTADO DA AGRICULTURA, PECUÁ- RIA E ABASTECIMENTO, no uso da atribuição que lhe confere o art. 87, parágrafo único, inciso II, da Constituição,

Leia mais

INTERAÇÕES DE CONTROLE BIOLÓGICO E CULTURAL NOS SISTEMAS DE PRODUÇÃO DO CERRADO DA BAHIA

INTERAÇÕES DE CONTROLE BIOLÓGICO E CULTURAL NOS SISTEMAS DE PRODUÇÃO DO CERRADO DA BAHIA INTERAÇÕES DE CONTROLE BIOLÓGICO E CULTURAL NOS SISTEMAS DE PRODUÇÃO DO CERRADO DA BAHIA INTERAÇÕES DE CONTROLE BIOLÓGICO E CULTURAL NOS SISTEMAS DE PRODUÇÃO DO CERRADO DA BAHIA RESULTADOS DE PESQUISA

Leia mais

EFEITO DA ADUBAÇÃO FOSFATADA SOBRE O RENDIMENTO DE FORRAGEM E COMPOSIÇÃO QUÍMICA DE PASPALUM ATRATUM BRA-009610

EFEITO DA ADUBAÇÃO FOSFATADA SOBRE O RENDIMENTO DE FORRAGEM E COMPOSIÇÃO QUÍMICA DE PASPALUM ATRATUM BRA-009610 REVISTA CIENTÍFICA ELETRÔNICA DE AGRONOMIA - ISSN 1677-0293 P UBLICAÇÃO C IENTÍFICA DA F ACULDADE DE A GRONOMIA E E NGENHARIA F LORESTAL DE G ARÇA/FAEF A NO IV, NÚMERO 08, DEZEMBRO DE 2005. PERIODICIDADE:

Leia mais

Utilização de pastagens em sistemas integrados agricultura/pecuária

Utilização de pastagens em sistemas integrados agricultura/pecuária Utilização de pastagens em sistemas integrados agricultura/pecuária Avaliação de sistemas de produção de leite a pasto que poderão prevalecer nas principais regiões produtoras de leite do País. Anibal

Leia mais

Estudo do efeito alelopático do feijão de porco [Canavalia ensiformes (L.)] em consórcio com feijão guandú (Cajanus cajan) cv Mandarin.

Estudo do efeito alelopático do feijão de porco [Canavalia ensiformes (L.)] em consórcio com feijão guandú (Cajanus cajan) cv Mandarin. PN 17 Workshop de Plantas Medicinais do Mato Grosso do Sul/7º Empório da Agricultura Familiar Estudo do efeito alelopático do feijão de porco [Canavalia ensiformes (L.)] em consórcio com feijão guandú

Leia mais

INTEGRAÇÃO LAVOURA/ PECUÁRIA. Wilson José Rosa Coordenador Técnico Estadual de Culturas DEPARTAMENTO TÉCNICO - EMATER-MG

INTEGRAÇÃO LAVOURA/ PECUÁRIA. Wilson José Rosa Coordenador Técnico Estadual de Culturas DEPARTAMENTO TÉCNICO - EMATER-MG INTEGRAÇÃO LAVOURA/ PECUÁRIA Wilson José Rosa Coordenador Técnico Estadual de Culturas DEPARTAMENTO TÉCNICO - EMATER-MG - No Brasil o Sistema de Integração Lavoura Pecuária, sempre foi bastante utilizado,

Leia mais

ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO DE EQUINOS

ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO DE EQUINOS ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO DE EQUINOS Prof. Dr. João Ricardo Dittrich Universidade Federal do Paraná Departamento de Zootecnia ROTEIRO Particularidades anatômicas e fisiológicas. Características ambientais.

Leia mais

Nematoides em Plantio Direto no Brasil

Nematoides em Plantio Direto no Brasil Nematoides em Plantio Direto no Brasil Andressa C. Z. Machado Pesquisadora IAPAR Nematologista Importância Perdas mundiais de 10-15% por ano 100 bilhões de dólares Grande número de espécies Extremamente

Leia mais

PRODUÇÃO DE LEITE COM FORRAGEIRAS. FRANCISCO ALBERTO TRAESEL ENG. AGRÔNOMO. EMATER-RS- São Pedro do Sul 2010

PRODUÇÃO DE LEITE COM FORRAGEIRAS. FRANCISCO ALBERTO TRAESEL ENG. AGRÔNOMO. EMATER-RS- São Pedro do Sul 2010 PRODUÇÃO DE LEITE COM FORRAGEIRAS FRANCISCO ALBERTO TRAESEL ENG. AGRÔNOMO. EMATER-RS- São Pedro do Sul 2010 PLANEJAR 1- PLANEJAR-METAS-PRIORIDADES 2- A.M.O.R 4-ASSOCIATIVISMO 5-S.I.N.O.P 7- CHUTAR A VACA

Leia mais

Catálogo de Produtos 1

Catálogo de Produtos 1 Catálogo de Produtos 1 A Marcos Sementes A história da empresa Marcos Sementes se mistura com a própria história de vida de seu idealizador, Marcos Vinícius Melo Silva. Nascido na cidade de Barreiras,

Leia mais

JUSTIFICATIVA DO EVENTO

JUSTIFICATIVA DO EVENTO JUSTIFICATIVA DO EVENTO Técnica e Técnica e Científica Dados da pesquisa para sistemas de produção de leite e dados de campo para sistemas de produção de carne Econômica Escala de produção, padrão de vida,

Leia mais

PASTAGENS PARA PRODUÇÃO DE LEITE

PASTAGENS PARA PRODUÇÃO DE LEITE 1 PASTAGENS PARA PRODUÇÃO DE LEITE Dr. Ulysses Cecato* Dr. Clóves Cabreira Jobim* M.Sc. Marcos W. do Canto* Fabíola C. Almeida Rego** *Professores do Departamento de Zootecnia da Universidade Estadual

Leia mais

Adubos verdes para Cultivo orgânico

Adubos verdes para Cultivo orgânico Adubos verdes para Cultivo orgânico Introdução A técnica conhecida como adubação verde é a utilização de plantas com finalidades específicas para melhorar o solo. A principal diferença da adubação verde

Leia mais

FAZENDA QUERÊNCIA: ESTUDO PARA IMPLANTAÇÃO DE PROJETO DE TERMINAÇÃO DE NOVILHOS NO SISTEMA DE PASTOREIO VOISIN

FAZENDA QUERÊNCIA: ESTUDO PARA IMPLANTAÇÃO DE PROJETO DE TERMINAÇÃO DE NOVILHOS NO SISTEMA DE PASTOREIO VOISIN UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS CURSO DE AGRONOMIA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO FAZENDA QUERÊNCIA: ESTUDO PARA IMPLANTAÇÃO DE PROJETO DE TERMINAÇÃO DE NOVILHOS NO SISTEMA

Leia mais

Recuperação de pastagens degradadas para sistemas intensivos de produção de bovinos

Recuperação de pastagens degradadas para sistemas intensivos de produção de bovinos ISSN 1516-4111X Recuperação de pastagens degradadas para sistemas intensivos de produção de bovinos 38 São Carlos, SP Março, 2005 Autor Patrícia Perondi Anchão Oliveira, Dra., Pesquisadora da Embrapa Pecuária

Leia mais