MANUAL DA FAMÍLIA HOSPEDEIRA - CEFET-MG

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DA FAMÍLIA HOSPEDEIRA - CEFET-MG"

Transcrição

1 MANUAL DA FAMÍLIA HOSPEDEIRA - CEFET-MG Prezada Família Hospedeira, Dirijo-me a vocês para, em primeiro lugar, agradecer-lhes pela disponibilidade em receber um de nossos intercambistas internacionais. É por este sentimento colaborativo que a Secretaria de Relações Internacionais (SRI) do CEFET-MG pode cumprir seu objetivo de disseminar a cultura brasileira aos jovens estrangeiros. Sua recepção irá marcar a vida de ambos os parceiros dessa relação internacional e irá colaborar para a ampliação da competência intercultural de todos. Em segundo lugar, apresento-lhes esse Manual elaborado pelo Comitê de Recepção ao Intercambista Internacional da SRI. Procurou-se elencar uma série de informações que poderá auxiliá-los na tarefa de bem receber o aluno estrangeiro. De qualquer forma, a Secretaria de Relações Internacionais colocase à sua disposição para quaisquer informações complementares e sugestões que possam contribuir para aprimorar nossas relações internacionais. Para isto, registro aqui, o telefone da SRI (31) Posso asseverar-lhes que muito me honra tê-los como parceiros na tarefa de colocar o CEFET-MG na vanguarda das relações internacionais e de garantir o sucesso em suas parcerias. Por sua contribuição, expresso o meu agradecimento e o de todos que trabalham na SRI. Muito obrigada! Profa. Maria Inês Gariglio Secretária de Relações Internacionais do CEFET-MG

2 1. Os Intercâmbios O CEFET-MG possui inúmeros acordos de cooperação internacional assinados com numerosas instituições estrangeiras. Assim, os intercambistas que o CEFET-MG recebe estão vinculados a esses acordos internos ou ao Programa IAESTE (International Association for the Exchange of Students for Technical Experience). Dependendo do acordo de origem, eles podem vir com o objetivo de cumprir carga horária de estágio; de realizar pesquisas com o acompanhamento de professores da Instituição ou, ainda, de cursar matérias referentes ao curso em que estão matriculados na Instituição de origem. Em todos os casos, os objetivos do intercâmbio são a troca de conhecimento científico e a inserção cultural para todas as partes envolvidas. Assim, é esperado que todos os intercambistas anfitrionados se conscientizem destes objetivos e façam jus ao investimento feito pela Instituição. Todos os intercambistas recebidos pela Secretaria de Relações Internacionais, bem como os enviados para as Instituições parceiras passam por um rigoroso processo de seleção que considera não somente os aspectos acadêmicos, mas também os psicológicos. Portanto, pressupõe-se que ao chegarem ao Brasil, eles estarão preparados para vivenciar uma experiência de real inserção cultural. Além disso, em sua chegada, o Comitê de Recepção da Secretaria de Relações Internacionais lhes entrega o Manual de Sobrevivência do Aluno Intercambista em Belo Horizonte, que foi escrito por um de nossos alunos intercambistas, oriundo da Nova Zelândia. Um dos objetivos desse Manual é familiarizar o aluno com a estrutura de serviços brasileiros e com nossa cultura, facilitando sua adaptação: ele contém dicas sobre como usar os meios de transporte, telefones celulares, serviço de bancos, entre outros. Entretanto, apesar de toda a preparação prévia, a adaptação em um novo país pode ser difícil para o intercambista. Por isso, é importante que a família o receba e acolha, auxiliando-o sempre que possível e necessário. 2. A Chegada Antes de sua chegada, O Comitê de Recepção da SRI enviará todas as informações necessárias ao intercambista para que chegue ao endereço da família anfitriã por meio de transporte público ou táxi, o que desonera a família de buscá-lo no aeroporto. Apesar disso, e quando possível, é recomendado que pelo menos um membro da família hospedeira encontre o intercambista no aeroporto ou na conexão, pois isso lhe dará maior segurança, facilitando sua adaptação. Na maioria dos casos, ao chegar à cidade o intercambista passou muitas horas dentro do avião e nos aeroportos o que causa cansaço físico e mental. É

3 interessante, portanto, que nesse momento ele possa descansar. Um tour pela cidade e a apresentação da casa e vizinhança podem esperar até que ele tenha se recomposto e se ajustado ao novo fuso horário. O que a família pode fazer é perguntar se ele precisa comprar alguns itens emergenciais logo após a chegada, como escova de dente, travesseiro, entre outros. 3. A Convivência Os deveres da família para com o intercambista se restringem a oferecer: Café da manhã durante os dias úteis e pensão completa nos fins de semana e Um quarto individual em boas condições para que se instale. Porém, para que o intercâmbio cultural entre intercambista e família hospedeira se dê de forma positiva e enriquecedora, é recomendável que a família procure conhecer o aluno que está recebendo. Aprender o que ele gosta de comer, suas atividades preferidas, qual a sua religião, se tem alergias ou doenças que precisam de tratamento periódico, como sua família é composta e outros detalhes a respeito de sua vida ajuda a criar uma relação mais próxima, evita complicações, situações desagradáveis e faz com que o aluno se sinta acolhido e bem-vindo. Outro ponto importante a respeito da convivência é a importância de as regras e horários familiares sejam apresentados. Ao morar com sua família, o aluno deve seguir as regras da casa e é importante deixá-las claras assim que possível. 4. Língua A Secretaria de Relações Internacionais desenvolve o projeto de PLE (Português como Língua Estrangeira) por meio do qual são ministradas, para os alunos intercambistas, aulas de Português que têm como objetivo promover o aprendizado da língua portuguesa pelo viés da concepção da interculturalidade. A SRI estipulará as datas de início e fim dos cursos e, caso possível, encaixará o intercambista em um dos cursos. Independente da participação no curso ou não, logo que chegam ao Brasil, alguns intercambistas podem ter dificuldade com a língua, o que dificulta a comunicação com a família. Neste período inicial de adaptação é importante ter paciência e auxiliar o intercambista no aprendizado, incentivando-o. Alguns alunos preferem falar Português para acelerar o aprendizado. Portanto, pergunte a ele como prefere que se dê a comunicação entre vocês.

4 5. Registro na Polícia Federal Dependendo do período que o intercambista ficará no Brasil e, ainda, de seu país de origem, ele pode precisar registrar-se na Polícia Federal em, no máximo, 30 dias após sua chegada. Caso ele precise se registrar, os documentos necessários são: - Passaporte original válido; - Cópia autenticada das páginas usadas do passaporte; - Pedido de visto (visa application); - Duas fotos ¾, recentes, coloridas com fundo branco e em posição frontal. O valor das taxas pagas pelo intercambista será de aproximadamente R$ 200,00. A SRI também orienta os alunos no Guia de Sobrevivência entregue a eles, mas é importante entrar em contato com a Polícia Federal para saber da situação específica do intercambista que você hospedará, e possível atualização no valor das taxas e/ou regulamentação. Para maiores informações, o número do telefone do Setor de Estrangeiros é (31) Lavagem de Roupa É importante lembrar que não é obrigação da família hospedeira lavar ou passar as roupas do aluno intercambista. No entanto, os meios para tal - lavadora ou tanque devem ser disponibilizados. Além disso, a indicação de uma lavanderia próxima pode ser outra opção. Nesse caso, caberá ao aluno intercambista arcar com quaisquer custos. 7. Alimentação Como dito anteriormente, é responsabilidade da família hospedeira oferecer café da manhã durante os dias úteis e pensão completa nos finais de semana. O café da manhã não precisa ser preparado pela família hospedeira, pode-se apenas indicar ao intercambista onde ficam os suprimentos para que ele mesmo possa se encarregar de preparar o próprio desjejum. 8. Pagamento A SRI oferece às famílias hospedeiras uma bolsa auxílio, cujo valor atualizado deverá ser consultado com representante da SRI. A bolsa é um auxílio para reduzir as despesas da família com o aluno. O valor será depositado mensalmente na conta informada pela família no Termo de Compromisso.

5 9. Buddy O Buddy é um programa da Secretaria de Relações Internacionais que é conduzido pelo Comitê de Recepção. A SRI mantém um banco de dados com informações de alunos do CEFET-MG que possuem fluência em alguma língua estrangeira para que estes sirvam de Buddies para alguns dos intercambistas. A pessoa que se voluntariar para ser "Buddy" de um dos alunos intercambistas tornar-se-á o "ponto de referência" para ele. Eles trocarão contatos e o buddy deverá auxiliar o aluno, juntamente com a SRI e com a família em assuntos como transporte, alimentação, apresentação dos lugares de que mais gosta na cidade e dar dicas sobre a cidade e sobre a região. Enfim, é como um amigo para, juntamente com a família e a SRI, amparar o aluno que muitas vezes chega sem qualquer informação.

EDITAL INTERNO N 06 /2012 EDITAL INTERNO DE SELEÇÃO DE ALUNOS DE CURSOS DE GRADUAÇÃO PARA PARTICIPAÇÃO EM PROGRAMA DE ESTÁGIO REMUNERADO NO EXTERIOR.

EDITAL INTERNO N 06 /2012 EDITAL INTERNO DE SELEÇÃO DE ALUNOS DE CURSOS DE GRADUAÇÃO PARA PARTICIPAÇÃO EM PROGRAMA DE ESTÁGIO REMUNERADO NO EXTERIOR. CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS EDITAL INTERNO N 06 /2012 EDITAL INTERNO DE SELEÇÃO DE ALUNOS DE CURSOS DE GRADUAÇÃO PARA PARTICIPAÇÃO EM PROGRAMA

Leia mais

QUEM SOMOS intercâmbio

QUEM SOMOS intercâmbio alemanha Programa HIGH SCHOOL QUEM SOMOS intercâmbio O Number One Intercâmbio possui mais de 15 anos de mercado oferecendo as melhores opções de viagem para você e sua família, seja a lazer, trabalho ou

Leia mais

A IAESTE (International Association for the Exchange of Students for. Technical Experience) é uma organização internacional, apolítica e não -

A IAESTE (International Association for the Exchange of Students for. Technical Experience) é uma organização internacional, apolítica e não - Prezados Senhores, Ref. Explicativo Processo Oferta Reservada A IAESTE (International Association for the Exchange of Students for Technical Experience) é uma organização internacional, apolítica e não

Leia mais

IAESTE Para você que está antenado com o que o. jovem profissional. Paula Semer Prado Gerente Executiva

IAESTE Para você que está antenado com o que o. jovem profissional. Paula Semer Prado Gerente Executiva IAESTE Para você que está antenado com o que o mercado espera de um jovem profissional Paula Semer Prado Gerente Executiva Sobre a ABIPE Associação Brasileira de Intercâmbio Profissional e Estudantil:

Leia mais

QUEM SOMOS intercâmbio

QUEM SOMOS intercâmbio winnipeg Programa HIGH SCHOOL QUEM SOMOS intercâmbio O Number One Intercâmbio possui mais de 15 anos de mercado oferecendo as melhores opções de viagem para você e sua família, seja lazer, trabalho ou

Leia mais

QUEM SOMOS intercâmbio

QUEM SOMOS intercâmbio Inglaterra Mini Programa HIGH SCHOOL QUEM SOMOS intercâmbio O Number One Intercâmbio possui mais de 15 anos de mercado oferecendo as melhores opções de viagem para você e sua família, seja a lazer, trabalho

Leia mais

SECRETARIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL SEPLAN ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS OFFICE OF INTERNATIONAL AFFAIRS

SECRETARIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL SEPLAN ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS OFFICE OF INTERNATIONAL AFFAIRS FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO ALUNOS ESTRANGEIROS (FAVOR UTILIZAR LETRA DE FORMA) Foto 3x4 ( ) Aluno Intercambista ( ) Aluno Transferência 1. DADOS PESSOAIS Nome Completo: Data de Nascimento (DD/MM/AAAA): /

Leia mais

QUEM SOMOS intercâmbio

QUEM SOMOS intercâmbio Nova Scotia Programa HIGH SCHOOL QUEM SOMOS intercâmbio O Number One Intercâmbio possui mais de 15 anos de mercado oferecendo as melhores opções de viagem para você e sua família, seja a lazer, trabalho

Leia mais

QUEM SOMOS intercâmbio

QUEM SOMOS intercâmbio St. paul Programa HIGH SCHOOL QUEM SOMOS intercâmbio O Number One Intercâmbio possui mais de 15 anos de mercado oferecendo as melhores opções de viagem para você e sua família, seja lazer, trabalho ou

Leia mais

EDITAL. Processo seletivo para o Intercâmbio Internacional da Rede Sagrado colégios Sagrado Coração de Maria 2014 / 2015

EDITAL. Processo seletivo para o Intercâmbio Internacional da Rede Sagrado colégios Sagrado Coração de Maria 2014 / 2015 EDITAL Processo seletivo para o Intercâmbio Internacional da Rede Sagrado colégios Sagrado Coração de Maria 2014 / 2015 O Centro Administrativo e Educacional da Província (CAEP), órgão da Rede Sagrado

Leia mais

INFORME DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

INFORME DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS INFORME DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS FACULDADE INDEPENDENTE DO NORDESTE A Direção Geral da Faculdade Independente do Nordeste, com vistas à chamada para seleção de alunos para o Programa Ciência

Leia mais

EDITAL. Processo seletivo para o Intercâmbio Internacional da Rede Sagrado colégios Sagrado Coração de Maria 2014/2015

EDITAL. Processo seletivo para o Intercâmbio Internacional da Rede Sagrado colégios Sagrado Coração de Maria 2014/2015 EDITAL Processo seletivo para o Intercâmbio Internacional da Rede Sagrado colégios Sagrado Coração de Maria 2014/2015 O Centro Administrativo e Educacional da Província (CAEP), órgão da Rede Sagrado colégios

Leia mais

COMPROMISSO DE FAMÍLIAS

COMPROMISSO DE FAMÍLIAS COMPROMISSO DE FAMÍLIAS AO ROTARY INTERNACIONAL DISTRITO 4410 Nós, abaixo identificados e assinados, na condição de Pais e/ou Responsáveis por portador(a) da cédula de identidade nº. (RG) nosso(a) filho(a),

Leia mais

Informações Acadêmicas - Intercâmbio

Informações Acadêmicas - Intercâmbio Destino (Cidade/País): St. Gallen, Suíça Nome: Luciana Akemi Wada Kobayashi Informações Acadêmicas FEA Administração Graduação Diurno Economia Pós Noturno X Contabilidade Atuaria Informações Acadêmicas

Leia mais

Perguntas mais frequentes (FAQ) Alunos Internacionais 2015-2016

Perguntas mais frequentes (FAQ) Alunos Internacionais 2015-2016 Perguntas mais frequentes (FAQ) Alunos Internacionais 2015-2016 Nomeações Estudantes que desejarem fazer intercâmbio, durante a graduação ou a pósgraduação, na Escola de Ciências Sociais da Fundação Getulio

Leia mais

PROGRAMA DE MOBILIDADE INTERNACIONAL COMO PARTICIPAR

PROGRAMA DE MOBILIDADE INTERNACIONAL COMO PARTICIPAR COMO PARTICIPAR Um dos aspectos mais importantes da mobilidade internacional é o conhecimento e convivência com outras culturas, sendo uma oportunidade única para sua qualificação através de experiências

Leia mais

GUIde in ESCOLA PAULISTA DE ENFERMAGEM AO REDOR DO MUNDO

GUIde in ESCOLA PAULISTA DE ENFERMAGEM AO REDOR DO MUNDO GUIde in ESCOLA PAULISTA DE ENFERMAGEM AO REDOR DO MUNDO SEJA BEM-VINDO A ESCOLA PAULISTA DE ENFERMAGEM - EPE BEM-DEDDEFEDEDE BEM-VINDO A UNIVERSIDADE ECDEEFEMGEM FEDERAL DE SÃO PAULO ESCOLA PAULISTA DE

Leia mais

Recebendo um estrangeiro para atuar no Brasil através da ABIPE. Paula Semer Prado Gerente Executiva

Recebendo um estrangeiro para atuar no Brasil através da ABIPE. Paula Semer Prado Gerente Executiva Recebendo um estrangeiro para atuar no Brasil através da ABIPE Paula Semer Prado Gerente Executiva Quem é a ABIPE Associação Brasileira de Intercâmbio Profissional e Estudantil é uma entidade sem fins

Leia mais

Escritório de Carreiras PUCRS - Carreira Internacional

Escritório de Carreiras PUCRS - Carreira Internacional ESTUDO/ TRABALHO: 1. Qual critério que devo utilizar para escolher o meu local de estudo/trabalho? Quando chega o momento de escolher o local de estudo/ trabalho devemos considerar alguns pontos importantes.

Leia mais

2º O envio de alunos da Universidade do Estado do

2º O envio de alunos da Universidade do Estado do UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 026/2011-CONSUNIV DISPÕE sobre as normas gerais de intercâmbio acadêmico dos discentes regularmente matriculados na Universidade do

Leia mais

PARTICIPE DA COMUNIDADE FRANÇA ALUMNI! BEM-VINDOS! SUMÁRIO

PARTICIPE DA COMUNIDADE FRANÇA ALUMNI! BEM-VINDOS! SUMÁRIO BEM-VINDOS! PARTICIPE DA COMUNIDADE FRANÇA ALUMNI! Há mais de 50 anos, Campus France, a Agência francesa para a promoção do ensino superior, o acolhimento e a mobilidade internacional, dedica-se a acompanhar

Leia mais

Relatório de Intercâmbio

Relatório de Intercâmbio UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI ASSESSORIA PARA ASSUNTOS INTERNACIONAIS PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO INTERNACIONAL PARA GRADUAÇÃO Relatório de Intercâmbio Aluno(a): VINÍCIUS SANTOS AVELAR

Leia mais

QUEM SOMOS intercâmbio

QUEM SOMOS intercâmbio França Programa HIGH SCHOOL QUEM SOMOS intercâmbio O Number One Intercâmbio possui mais de 15 anos de mercado oferecendo as melhores opções de viagem para você e sua família, seja a lazer, trabalho ou

Leia mais

EDITAL. Processo seletivo para o Intercâmbio Internacional da Rede Sagrado colégios Sagrado Coração de Maria 2015 / 2016

EDITAL. Processo seletivo para o Intercâmbio Internacional da Rede Sagrado colégios Sagrado Coração de Maria 2015 / 2016 EDITAL Processo seletivo para o Intercâmbio Internacional da Rede Sagrado colégios Sagrado Coração de Maria 2015 / 2016 O Centro Administrativo e Educacional da Província (CAEP), órgão da Rede Sagrado

Leia mais

GUIA COMPLETO PARA ESTUDAR NA ITÁLIA COM BOLSA DE ESTUDOS DO GOVERNO ITALIANO. Manual Atualizado. Autor Giuseppe Buonagente

GUIA COMPLETO PARA ESTUDAR NA ITÁLIA COM BOLSA DE ESTUDOS DO GOVERNO ITALIANO. Manual Atualizado. Autor Giuseppe Buonagente Estudar na Itália GUIA COMPLETO PARA ESTUDAR NA ITÁLIA COM BOLSA DE ESTUDOS DO GOVERNO ITALIANO Manual Atualizado Autor Giuseppe Buonagente Todos os direitos reservados, esta cópia é de uso pessoal. É

Leia mais

IAESTE: contribuindo com a internacionalização das Instituições de Ensino, dos alunos e dos professores. Paula Semer Prado Gerente Executiva

IAESTE: contribuindo com a internacionalização das Instituições de Ensino, dos alunos e dos professores. Paula Semer Prado Gerente Executiva IAESTE: contribuindo com a internacionalização das Instituições de Ensino, dos alunos e dos professores Paula Semer Prado Gerente Executiva Sobre a ABIPE Quem é ABIPE? Associação Brasileira de Intercâmbio

Leia mais

CHECK LIST dos documentos para os Estados Unidos Enologia

CHECK LIST dos documentos para os Estados Unidos Enologia CHECK LIST dos documentos para os Estados Unidos Enologia Prezado(a) Candidato(a), Seja bem vindo à CAEP Intercâmbio Agrícola. Esta é uma grande oportunidade para um estágio internacional remunerado e

Leia mais

AIESEC visa promover a paz e o preenchimento das potencialidades humanas.

AIESEC visa promover a paz e o preenchimento das potencialidades humanas. A ORGANIZAÇÃO A AIESEC surgiu após a Segunda Guerra Mundial, em 1948, fundada por estudantes de sete países europeus com o propósito de promover o intercâmbio de técnicas administrativas e de recursos

Leia mais

Programa de pontos da IAESTE Brasil

Programa de pontos da IAESTE Brasil Programa de pontos da IAESTE Brasil Conforme já mencionado anteriormente, o programa de intercâmbio da IAESTE funciona com base na reciprocidade. Ou seja, para cada brasileiro enviado para estagiar no

Leia mais

QUEM SOMOS intercâmbio

QUEM SOMOS intercâmbio Nova zelândia Programa HIGH SCHOOL QUEM SOMOS intercâmbio O Number One Intercâmbio possui mais de 15 anos de mercado oferecendo as melhores opções de viagem para você e sua família, seja lazer, trabalho

Leia mais

Reunião de Estágios: Período 2015/1

Reunião de Estágios: Período 2015/1 Reunião de Estágios: Período 2015/1 Contatos da Coordenação: Prof. Paulo Antônio P. Wendhausen - paulo.wendhausen@ufsc.br Eng. Pablo Eduardo Junges Abreu - pablo.junges@ufsc.br Luana de Souza Barbosa -

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DE MARÍLIA - FAMEMA FÓRMULA SANTANDER 2014 2015 PROGRAMA DE BOLSAS DE MOBILIDADE INTERNACIONAL

FACULDADE DE MEDICINA DE MARÍLIA - FAMEMA FÓRMULA SANTANDER 2014 2015 PROGRAMA DE BOLSAS DE MOBILIDADE INTERNACIONAL FÓRMULA SANTANDER 2014 2015 O Diretor Geral da Faculdade de Medicina de Marília (Famema), Professor Doutor Paulo Roberto Michelone, no uso de suas atribuições, torna público este Edital de seleção de estudantes

Leia mais

Informações Acadêmicas - Intercâmbio

Informações Acadêmicas - Intercâmbio Destino (Cidade/País): Madrid, Espanha Nome: Alessandro Pedreira Crestani Informações Acadêmicas FEA Administração Graduação Diurno Economia Pós Noturno Contabilidade Atuaria Informações Acadêmicas - Intercâmbio

Leia mais

Créateur d échanges. Dossiê de Patrocínio

Créateur d échanges. Dossiê de Patrocínio Créateur d échanges + Dossiê de Patrocínio Apresentação Rio Accueil: Integração Rio Accueil é uma associação sem fins lucrativos cujo principal objetivo é acolher os recém-chegados de língua francesa no

Leia mais

PROGRAMA MUNICIPAL DE VOLUNTARIADO INTERNACIONAL

PROGRAMA MUNICIPAL DE VOLUNTARIADO INTERNACIONAL PROGRAMA MUNICIPAL DE VOLUNTARIADO INTERNACIONAL SECRETARIA MUNICIPAL ADJUNTA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS SECRETARIA MUNICIPAL ADJUNTA DE RECURSOS HUMANOS O PROGRAMA O Programa Municipal de Voluntariado

Leia mais

Programa de Iniciação Científica da Faculdade de Tecnologia de São Vicente (PIC-FATEF)

Programa de Iniciação Científica da Faculdade de Tecnologia de São Vicente (PIC-FATEF) FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO VICENTE Programa de Iniciação Científica da Faculdade de Tecnologia de São Vicente (PIC-FATEF) Introdução O Programa de Iniciação Científica da Faculdade de Tecnologia de

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS COORDENADORIA DE ASSUNTOS INTERNACIONAIS EDITAL GERAL FLUXO CONTÍNUO CAI 016/2015

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS COORDENADORIA DE ASSUNTOS INTERNACIONAIS EDITAL GERAL FLUXO CONTÍNUO CAI 016/2015 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS COORDENADORIA DE ASSUNTOS INTERNACIONAIS EDITAL GERAL FLUXO CONTÍNUO CAI 016/2015 INTERCÂMBIO ACADÊMICO EM INSTITUIÇÕES ESTRANGEIRAS A Coordenadoria

Leia mais

DECRETO Nº 63.404, DE 10 DE OUTUBRO DE 1968.

DECRETO Nº 63.404, DE 10 DE OUTUBRO DE 1968. DECRETO Nº 63.404, DE 10 DE OUTUBRO DE 1968. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, Promulga o Acôrdo Básico de Cooperação Técnica e Cientifica, com a França havendo o Congresso Nacional aprovado pelo Decreto Legislativo

Leia mais

SELEÇÃO DE ALUNOS PARA INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DE GRADUAÇÃO REITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA EDITAL 01/2015

SELEÇÃO DE ALUNOS PARA INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DE GRADUAÇÃO REITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA EDITAL 01/2015 SELEÇÃO DE ALUNOS PARA INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DE GRADUAÇÃO REITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA EDITAL 01/2015 O Reitor do Centro Universitário UNA, Prof. Átila Simões da Cunha, no uso de suas atribuições,

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO. Programa de Bolsas Fórmula Santander 2015

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO. Programa de Bolsas Fórmula Santander 2015 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO Programa de Bolsas Fórmula Santander 2015 Dispõe sobre o programa de Mobilidade Internacional de alunos de graduação da Universidade Potiguar UnP, especificamente a concessão

Leia mais

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT Desde já, agradecemos a sua participação nesta nova etapa do Projecto de Tutoria a Estudantes ERASMUS versão OUT. Com este inquérito, pretendemos

Leia mais

GUIA PARA ESTUDAR NO EXTERIOR

GUIA PARA ESTUDAR NO EXTERIOR GUIA PARA ESTUDAR NO EXTERIOR O QUE É INTERCÂMBIO ACADÊMICO? É a ida de estudantes de um país para o outro por um determinado período do ano letivo. O objetivo é estender os estudos da Graduação para outra

Leia mais

RELATÓRIO DE INTERCÂMBIO CRInt ECA. Dados do Intercâmbio

RELATÓRIO DE INTERCÂMBIO CRInt ECA. Dados do Intercâmbio RELATÓRIO DE INTERCÂMBIO CRInt ECA Nome: Juliana Malacarne de Pinho No. USP 7166759 Curso ECA: Jornalismo Dados do Intercâmbio Universidade: Universidade NOVA de Lisboa Curso: Comunicação Social Período:

Leia mais

Informações Acadêmicas - Intercâmbio

Informações Acadêmicas - Intercâmbio Destino (Cidade/País): Milão, Itália Nome: Rafael Silva Cruz Martins Informações Acadêmicas FEA Administração Graduação Diurno Economia Pós Noturno Contabilidade Atuaria Informações Acadêmicas - Intercâmbio

Leia mais

EDITAL BRANETEC UFES Nº 001/2015

EDITAL BRANETEC UFES Nº 001/2015 EDITAL BRANETEC UFES Nº 001/2015 PROCESSO SELETIVO PARA PARTICIPAÇÃO EM PROGRAMA DE INTERCÂMBIO RECÍPROCO DE GRADUAÇÃO PARA ESTUDO NA HOLANDA SEM COLAÇÃO DE GRAU O Diretor do Centro Tecnológico da Universidade

Leia mais

PROGRAMA 2016 «CÁTEDRAS FRANCO-BRASILEIRAS NO ESTADO DE SAO PAULO»

PROGRAMA 2016 «CÁTEDRAS FRANCO-BRASILEIRAS NO ESTADO DE SAO PAULO» PROGRAMA 2016 «CÁTEDRAS FRANCO-BRASILEIRAS NO ESTADO DE SAO PAULO» A Universidade de São Paulo (USP), a Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e a Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita

Leia mais

Faculdade de Ciências e Letras de Assis UNESP Edital nº 008/2015 DTA/STG Processo Seletivo de Transferência para o ano letivo de 2016.

Faculdade de Ciências e Letras de Assis UNESP Edital nº 008/2015 DTA/STG Processo Seletivo de Transferência para o ano letivo de 2016. Faculdade de Ciências e Letras de Assis UNESP Edital nº 008/2015 DTA/STG Processo Seletivo de Transferência para o ano letivo de 2016. Estarão abertas, nos dias 20, 21 e 22/01/2016, as inscrições para

Leia mais

Recebendo um estrangeiro para atuar no Brasil através da ABIPE. Paula Semer Prado Gerente Executiva

Recebendo um estrangeiro para atuar no Brasil através da ABIPE. Paula Semer Prado Gerente Executiva Recebendo um estrangeiro para atuar no Brasil através da ABIPE Paula Semer Prado Gerente Executiva Quem é a ABIPE Associação Brasileira de Intercâmbio Profissional e Estudantil é uma entidade sem fins

Leia mais

Relatório de Intercâmbio

Relatório de Intercâmbio UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI ASSESSORIA PARA ASSUNTOS INTERNACIONAIS PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO INTERNACIONAL PARA GRADUAÇÃO Relatório de Intercâmbio Aluno(a): THIAGO RIBEIRO FURTADO

Leia mais

RELATÓRIO DE INTERCÂMBIO CRInt ECA. Dados do Intercâmbio

RELATÓRIO DE INTERCÂMBIO CRInt ECA. Dados do Intercâmbio RELATÓRIO DE INTERCÂMBIO CRInt ECA Nome: Gustavo Araujo Costa No. USP 6806191 Curso ECA: Relações Públicas Dados do Intercâmbio Universidade:Universidad Carlos III de Madrid Curso: Doble grado Comunicación

Leia mais

EDITAL SRI/UNIFESP Nº 026/2013 EDITAL PARA INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DE GRADUAÇÃO COM INSTITUIÇÕES CONVENIADAS

EDITAL SRI/UNIFESP Nº 026/2013 EDITAL PARA INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DE GRADUAÇÃO COM INSTITUIÇÕES CONVENIADAS EDITAL SRI/UNIFESP Nº 026/2013 EDITAL PARA INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DE GRADUAÇÃO COM INSTITUIÇÕES CONVENIADAS A da UNIFESP, juntamente com a, no uso de suas atribuições, nos termos do art. 19, inciso

Leia mais

Regulamento Interno. de Estágios

Regulamento Interno. de Estágios Regulamento Interno de Estágios Índice Apresentação... 3 Capítulo 1 Caracterização e objetivo do estágio... 3 Capítulo 2 - Oferta de vagas de estágio... 4 Capítulo 3 - Duração do estágio... 5 Capítulo

Leia mais

Informações Acadêmicas - Intercâmbio

Informações Acadêmicas - Intercâmbio Destino (Cidade/País): Southampton, Inglaterra Nome: Elton Oliveira Silva Informações Acadêmicas FEA Administração Graduação Diurno Economia Pós Noturno Contabilidade Atuaria Informações Acadêmicas - Intercâmbio

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO REITORIA ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO REITORIA ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO REITORIA ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS EDITAL Nº 06, DE 18 DE AGOSTO DE 2014. PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

Leia mais

Interessados nos programas abaixo devem procurar a Assessoria de Assuntos Internacionais da Unijuí, fone 3332.0329

Interessados nos programas abaixo devem procurar a Assessoria de Assuntos Internacionais da Unijuí, fone 3332.0329 Interessados nos programas abaixo devem procurar a Assessoria de Assuntos Internacionais da Unijuí, fone 3332.0329 O que é Intercâmbio? A palavra INTERCÂMBIO significa TROCA. A partir dessa idéia, surgem

Leia mais

INCLUSÃO NO MERCADO DE TRABALHO DE JOVENS PROVINDOS DE PROJETO SOCIAL. Nelson Miguel Betzek 1 (Coordenador da Ação de Extensão)

INCLUSÃO NO MERCADO DE TRABALHO DE JOVENS PROVINDOS DE PROJETO SOCIAL. Nelson Miguel Betzek 1 (Coordenador da Ação de Extensão) INCLUSÃO NO MERCADO DE TRABALHO DE JOVENS PROVINDOS DE PROJETO SOCIAL Área Temática: Educação Nelson Miguel Betzek 1 (Coordenador da Ação de Extensão) Nelson Miguel Betzek, Vanderlei Roberto Marques 2,

Leia mais

EDITAL PARA BOLSAS PNPD/CAPES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA INDUSTRIAL

EDITAL PARA BOLSAS PNPD/CAPES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA INDUSTRIAL EDITAL PARA BOLSAS PNPD/CAPES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA INDUSTRIAL 1. FINALIDADE: 1.1. Abrir as inscrições e estabelecer as condições de seleção para ingresso de bolsistas PNPD/CAPES no

Leia mais

MANUAL NORMATIVO PARA PROGRAMAS DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL

MANUAL NORMATIVO PARA PROGRAMAS DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL MANUAL NORMATIVO PARA PROGRAMAS DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL APRESENTAÇÃO Em sintonia com a sua missão de promover o desenvolvimento das habilidades empreendedoras de nosso público-alvo, a ETFG-BH incentiva

Leia mais

Olá Estudante! A Unilins. É com muita satisfação que a UNILINS, Centro Universitário de Lins, da Fundação Paulista de Tecnologia e Educação, o recebe.

Olá Estudante! A Unilins. É com muita satisfação que a UNILINS, Centro Universitário de Lins, da Fundação Paulista de Tecnologia e Educação, o recebe. Olá Estudante! É com muita satisfação que a UNILINS, Centro Universitário de Lins, da Fundação Paulista de Tecnologia e Educação, o recebe. Este Manual tem o objetivo de acolher alunos estrangeiros para

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DAS LIGAS ACADÊMICAS CURSO DE MEDICINA UNIFENAS BH? ATIVIDADES COMPLEMENTARES

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DAS LIGAS ACADÊMICAS CURSO DE MEDICINA UNIFENAS BH? ATIVIDADES COMPLEMENTARES MANUAL DE ORIENTAÇÃO DAS LIGAS ACADÊMICAS CURSO DE MEDICINA UNIFENAS BH ATIVIDADES COMPLEMENTARES 1- O QUE É UMA LIGA ACADÊMICA? As Ligas Acadêmicas são entidades sem fins lucrativos. As Ligas Acadêmicas

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 03, de 14 de abril de 2014.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 03, de 14 de abril de 2014. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 03, de 14 de abril de 2014. Regulamenta o Programa de Concessão de Bolsas para a Participação dos Estudantes do Câmpus Restinga em Atividades Curriculares Externas. O Diretor Geral

Leia mais

Informações Acadêmicas - Intercâmbio

Informações Acadêmicas - Intercâmbio Destino (Cidade/País): Buenos Aires, Argentina Nome: André de Azevedo Amedomar Informações Acadêmicas FEA Administração Graduação Diurno Economia Pós Noturno Contabilidade Atuaria Informações Acadêmicas

Leia mais

RELATÓRIO DE INTERCÂMBIO CRInt ECA. Dados do Intercâmbio

RELATÓRIO DE INTERCÂMBIO CRInt ECA. Dados do Intercâmbio RELATÓRIO DE INTERCÂMBIO CRInt ECA Nome: Daniel Monteiro Santa Cruz No. USP 6440451 Curso ECA: Publicidade e Propaganda Dados do Intercâmbio Universidade: Universidad Carlos III de Madrid Curso: Comunicação

Leia mais

FAQ's - Preparação da mobilidade e questões logísticas do intercâmbio

FAQ's - Preparação da mobilidade e questões logísticas do intercâmbio FAQ's - Preparação da mobilidade e questões logísticas do intercâmbio 1. Devo matricular-me na UAc mesmo indo para o estrangeiro? 2. Tenho de pagar propinas na UAc? 3. Tenho que pagar propinas na Universidade

Leia mais

COMO SE ASSOCIAR 2014

COMO SE ASSOCIAR 2014 2014 QUEM SOMOS FUNDADO EM 2004, O CONSELHO EMPRESARIAL BRASIL CHINA CEBC É UMA INSTITUIÇÃO BILATERAL SEM FINS LUCRATIVOS FORMADA POR DUAS SEÇÕES INDEPENDENTES, NO BRASIL E NA CHINA, QUE SE DEDICA À PROMOÇÃO

Leia mais

CEF/0910/28031 Relatório preliminar da CAE (Poli) - Ciclo de estudos em funcionamento

CEF/0910/28031 Relatório preliminar da CAE (Poli) - Ciclo de estudos em funcionamento CEF/0910/28031 Relatório preliminar da CAE (Poli) - Ciclo de estudos em funcionamento Caracterização do ciclo de estudos Perguntas A.1 a A.9 A.1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora:

Leia mais

Resolução 060-2*/Reitoria/Univates Lajeado, 05 de agosto de 2015

Resolução 060-2*/Reitoria/Univates Lajeado, 05 de agosto de 2015 Resolução 060-2*/Reitoria/Univates Lajeado, 05 de agosto de 2015 Aprova o Edital Reitoria/AAII n o 05/2015 abertura de vagas para Intercâmbio em 2016/A destinadas aos estudantes matriculados no Projeto

Leia mais

Manual. Por: PET ADM UFMG. Um guia para conhecer melhor a faculdade

Manual. Por: PET ADM UFMG. Um guia para conhecer melhor a faculdade Manual Do Calouro Por: PET ADM UFMG Um guia para conhecer melhor a faculdade índice PET ADM UFMG Capítulo 1 O curso de Administração Capítulo 2 Oportunidades UFMG Capítulo 3 - Espaços mais importantes

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS CUBANOS

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS CUBANOS MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS CUBANOS PROGRAMA CAPES/MES - CUBA BRASIL-CUBA PROGRAMA CAPES/MES CUBA PROJETOS Todas as informações aqui descritas devem ser interpretadas em consonância com as normas

Leia mais

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ JOVEM APRENDIZ Eu não conhecia nada dessa parte administrativa de uma empresa. Descobri que é isso que eu quero fazer da minha vida! Douglas da Silva Serra, 19 anos - aprendiz Empresa: Sinal Quando Douglas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS - UFMG DIRETORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS DRI EDITAL DE SELEÇÃO DRI 2 2011 TOP CHINA SANTANDER UNIVERSIDADES

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS - UFMG DIRETORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS DRI EDITAL DE SELEÇÃO DRI 2 2011 TOP CHINA SANTANDER UNIVERSIDADES UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS - UFMG DIRETORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS DRI EDITAL DE SELEÇÃO DRI 2 2011 TOP CHINA SANTANDER UNIVERSIDADES PROGRAMA DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL O Diretor de Relações

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DE JOVENS DISTRITO 4600

ASSOCIAÇÃO DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DE JOVENS DISTRITO 4600 ASSOCIAÇÃO DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DE JOVENS DISTRITO 4600 ROTARY INTERNATIONAL MANUAL PARA AS FAMÍLIAS ANFITRIÃS MANUAL PARA AS FAMÍLIAS ANFITRIÃS Servir de anfitrião a um participante do Intercâmbio

Leia mais

RELATÓRIO DE INTERCÂMBIO CRInt ECA. Dados do Intercâmbio

RELATÓRIO DE INTERCÂMBIO CRInt ECA. Dados do Intercâmbio RELATÓRIO DE INTERCÂMBIO CRInt ECA Nome: Péricles Santos Matos No. USP 5200617 Curso ECA: Turismo Dados do Intercâmbio Universidade:_Universidade de Coimbra Curso: Turismo, Lazer e Patrimônio Período:

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Carga Horária Total exigida no curso: 200 horas

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Carga Horária Total exigida no curso: 200 horas REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Carga Horária Total exigida no curso: 200 LONDRINA/PR 2014 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO

Leia mais

EDITAL DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR PDSE 2015

EDITAL DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR PDSE 2015 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS FACULDADE DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO EDITAL DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR PDSE 2015 O Programa de

Leia mais

MANUAL ACADÊMICO E OPERACIONAL DO CURSO TÉCNICO E/OU QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

MANUAL ACADÊMICO E OPERACIONAL DO CURSO TÉCNICO E/OU QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL FUNDAÇÃO DE APOIO CEFET ESCOLA TÉCNICA MARACANÃ UCP UNIDADE DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL MANUAL ACADÊMICO E OPERACIONAL DO CURSO TÉCNICO E/OU QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL REDE DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DO RIO

Leia mais

Guia para a elaboração dos relatórios sobre o projeto (Relatório descritivo e Relatório financeiro)

Guia para a elaboração dos relatórios sobre o projeto (Relatório descritivo e Relatório financeiro) Guia para a elaboração dos relatórios sobre o projeto (Relatório descritivo e Relatório financeiro) A elaboração de relatórios deve servir, em primeiro lugar, ao próprio projeto: como retrospecção das

Leia mais

Perguntas Frequentes. Atração de Jovens Talentos BJT

Perguntas Frequentes. Atração de Jovens Talentos BJT Perguntas Frequentes Atração de Jovens Talentos BJT Diretoria de Relações Internacionais Coordenação-Geral de Bolsas e Projetos CGBP Coordenação de Acompanhamento de Bolsistas no Exterior CBE Brasília,

Leia mais

RETIFICAÇÃO - E D I T A L A R I I - 011/2013 PROGRAMA FÓRMULA SANTANDER DE BOLSAS DE MOBILIDADE INTERNACIONAL 2013

RETIFICAÇÃO - E D I T A L A R I I - 011/2013 PROGRAMA FÓRMULA SANTANDER DE BOLSAS DE MOBILIDADE INTERNACIONAL 2013 RETIFICAÇÃO - E D I T A L A R I I - 011/2013 PROGRAMA FÓRMULA SANTANDER DE BOLSAS DE MOBILIDADE INTERNACIONAL 2013 Estão abertas as inscrições para seleção de 3 (três) estudantes de graduação (licenciatura/bacharelado)

Leia mais

Manual de Orientações para bolsistas uruguaios

Manual de Orientações para bolsistas uruguaios Coordenação Geral de Programas- CGPR Manual de Orientações para bolsistas uruguaios Programa CAPES/UDELAR BRASIL-URUGUAI Todas as informações aqui descritas devem ser interpretadas em consonância com as

Leia mais

PROGRAMA DE MOBILIDADE ACADÊMICA

PROGRAMA DE MOBILIDADE ACADÊMICA OOBJETIVO PROGRAMA DE MOBILIDADE ACADÊMICA FACULDADE INTERNACIONAL SIGNORELLI E UNIVERSIDAD NACIONAL DE CUYO PROJETO DE INTEGRAÇÃO ACADÊMICA ENTRE BRASIL E ARGENTINA 1.1 O Programa de Mobilidade Acadêmica

Leia mais

PROGRAMA VISITANTE VOLUNTÁRIO DO IPPDH

PROGRAMA VISITANTE VOLUNTÁRIO DO IPPDH PROGRAMA VISITANTE VOLUNTÁRIO DO IPPDH CONSIDERANDO: Que o IPPDH tem como objetivo estratégico para o biênio 2015-2016 estimular o pensamento e a cultura de Direitos Humanos na sociedade. Que o Programa

Leia mais

Informações Acadêmicas - Intercâmbio

Informações Acadêmicas - Intercâmbio Destino (Cidade/País): Toulouse, França Nome: Gustavo Linari Rodrigues Informações Acadêmicas FEA Administração Graduação Diurno Economia Pós Noturno Contabilidade Atuaria Informações Acadêmicas - Intercâmbio

Leia mais

FUNCIONAMENTO DOS CURSOS

FUNCIONAMENTO DOS CURSOS 1 SUMÁRIO Funcionamento dos Cursos... 03 Guia de Percurso... 05 Manual Acadêmico... 07 Ambiente Virtual de Aprendizagem... 09 Edição do Perfil... 12 Acessando as Atividades... 14 Iniciando o Semestre...

Leia mais

ORIENTAÇÕES PRÉ-EMBARQUE

ORIENTAÇÕES PRÉ-EMBARQUE ORIENTAÇÕES PRÉ-EMBARQUE CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS PROACAD Pró-Reitoria Acadêmica ASSISTÊNCIA DE VIAGEM INTERNACIONAL O ideal é optar por um plano internacional, com cobertura médica, odontológica e jurídica.

Leia mais

EDITAL SECTI Nº 06/2015 PROGRAMA CIDADÃO DO MUNDO

EDITAL SECTI Nº 06/2015 PROGRAMA CIDADÃO DO MUNDO EDITAL SECTI Nº 06/2015 PROGRAMA CIDADÃO DO MUNDO O SECRETÁRIO DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura do processo seletivo para participação no

Leia mais

Inicialmente gostaríamos de parabenizá-lo pela aprovação de sua proposta de doutorado em nosso Programa.

Inicialmente gostaríamos de parabenizá-lo pela aprovação de sua proposta de doutorado em nosso Programa. Prezado Bolsista, Inicialmente gostaríamos de parabenizá-lo pela aprovação de sua proposta de doutorado em nosso Programa. Para ajudá-lo na implementação de sua concessão, preparamos um guia que poderá

Leia mais

REGULAMENTO DA DISCIPLINA ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DOS CURSOS SUPERIORESDE GRADUAÇÃO DO CEFET-PR. Capítulo I DO ESTÁGIO E SUAS FINALIDADES

REGULAMENTO DA DISCIPLINA ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DOS CURSOS SUPERIORESDE GRADUAÇÃO DO CEFET-PR. Capítulo I DO ESTÁGIO E SUAS FINALIDADES REGULAMENTO DA DISCIPLINA ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DOS CURSOS SUPERIORESDE GRADUAÇÃO DO CEFET-PR Capítulo I DO ESTÁGIO E SUAS FINALIDADES Art. 1º - O Estágio Curricular, baseado na lei nº 6.494,

Leia mais

Regulamento Atividades Complementares. Faculdade da Cidade de Santa Luzia - FACSAL

Regulamento Atividades Complementares. Faculdade da Cidade de Santa Luzia - FACSAL Regulamento Atividades Complementares Faculdade da Cidade de Santa Luzia - 2014 Regulamento das Atividades Complementares CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Artigo 1º - As Atividades

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE CAPÍTULO I DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Art. 1º - O programa de Iniciação Científica da

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO CIÊNCIAS CONTÁBEIS. Profa. LUCIANE ALVES FERNANDES. Coordenação de Estágio e Trabalho de Conclusão.

MANUAL DE ESTÁGIO CIÊNCIAS CONTÁBEIS. Profa. LUCIANE ALVES FERNANDES. Coordenação de Estágio e Trabalho de Conclusão. MANUAL DE ESTÁGIO CIÊNCIAS CONTÁBEIS Profa. LUCIANE ALVES FERNANDES Porto Alegre/RS 2014 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. O ESTÁGIO... 3 3. FUNDAMENTAÇÃO LEGAL DO ESTÁGIO... 3 4. OBJETIVOS DO ESTÁGIO... 3

Leia mais

Decreto n.º 17/2000 Acordo entre a República Portuguesa e a República de Cuba sobre Cooperação Cultural, assinado em Havana em 8 de Julho de 1998

Decreto n.º 17/2000 Acordo entre a República Portuguesa e a República de Cuba sobre Cooperação Cultural, assinado em Havana em 8 de Julho de 1998 Decreto n.º 17/2000 Acordo entre a República Portuguesa e a República de Cuba sobre Cooperação Cultural, assinado em Havana em 8 de Julho de 1998 Nos termos da alínea c) do n.º 1 do artigo 197.º da Constituição,

Leia mais

Regulamento das Atividades Complementares

Regulamento das Atividades Complementares Regulamento das Atividades Complementares Curso de Design de Moda FACULDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE - FAPEPE I. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES O presente regulamento tem por finalidade normatizar as Atividades

Leia mais

PROGRAMA INTEGRADO DE PÓS-GRADUAÇÃO PARA ESTRANGEIROS DA FIOCRUZ (PRINTE/PG)

PROGRAMA INTEGRADO DE PÓS-GRADUAÇÃO PARA ESTRANGEIROS DA FIOCRUZ (PRINTE/PG) 1 PROGRAMA INTEGRADO DE PÓS-GRADUAÇÃO PARA ESTRANGEIROS DA (PRINTE/PG) 1. Objetivo Geral Promover a cooperação para a qualificação de estrangeiros de nível superior nas áreas de conhecimento para as quais

Leia mais

E D I T A L A R I I - 010/2013 PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO IBERO-AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO

E D I T A L A R I I - 010/2013 PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO IBERO-AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO E D I T A L A R I I - 010/2013 PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO IBERO-AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO Estão abertas as inscrições para seleção de até 10 (dez) estudantes de graduação (licenciatura/bacharelado)

Leia mais

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DA FESPSP. Edital de Seleção 2014. Universidade Autônoma de Barcelona

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DA FESPSP. Edital de Seleção 2014. Universidade Autônoma de Barcelona PROGRAMA DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DA FESPSP Edital de Seleção 2014 Universidade Autônoma de Barcelona A área de Extensão Acadêmica e Cooperação Internacional da FESPSP em conjunto com as coordenações

Leia mais

G.C.P - GUIA DE CREDENCIAMENTO PROFISSIONAL

G.C.P - GUIA DE CREDENCIAMENTO PROFISSIONAL G.C.P - GUIA DE CREDENCIAMENTO PROFISSIONAL I - Adquira o Kit de Trabalho e Tenha sua Franquia Individual em sua Cidade. II Conheça nosso Marketing de Rede. Fácil de fazer, fácil de divulgar. III Na última

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO 5ª EDIÇÃO, 2015-16

REGULAMENTO DO CONCURSO 5ª EDIÇÃO, 2015-16 REGULAMENTO DO CONCURSO ESTÁGIOS DE CURTA DURAÇÃO EM PORTUGAL PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE PROVENIENTES DOS PAÍSES AFRICANOS DE LÍNGUA PORTUGUESA E TIMOR-LESTE 5ª EDIÇÃO, 2015-16 Artigo 1º Âmbito O presente

Leia mais

EDITAL N. 002/2015-ECI/CPINTER

EDITAL N. 002/2015-ECI/CPINTER UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ - UEM ESCRITÓRIO DE COOPERAÇÃO INTERNACIONAL - ECI COMISSÃO PERMANENTE DE INTERNACIONALIZAÇÃO - CPInter PROGRAMA DE MOBILIDADE ACADÊMICA INTERNACIONAL - GRADUAÇÃO EDITAL

Leia mais

4. Professor que já possui bolsa PIBIC pode concorrer a novas bolsas no PIBITI? Sim. São cotas independentes.

4. Professor que já possui bolsa PIBIC pode concorrer a novas bolsas no PIBITI? Sim. São cotas independentes. 1. Qual a diferença entre PIBITI e PIBIC? A dinâmica e procedimentos do PIBITI (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação) é exatamente igual ao PIBIC. A diferença

Leia mais