CATEGORIA: ADESÃO DOS COLABORADORES

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CATEGORIA: ADESÃO DOS COLABORADORES"

Transcrição

1 EXPRESSO GUANABARA S/A - CNPJ: / END. ROD BR 116 KM 04 N 700 MESSEJANA FORTALEZA/CE CATEGORIA: ADESÃO DOS COLABORADORES 2011 BOAS PRÁTICAS: ADESÃO DOS COLABORADORES AOS SEUS VALORES E PROJETOS: SAÚDE: Atividade Laboral / Academia na Empresa / Acompanhamento médico e psicológico / Acompanhamento de colaboradores em grupo de risco (obesos, hipertensos e diabéticos) / Planos de Saúde e Odontológicos subsidiados pela empresa. OUTRAS ADESÕES DOS COLABORADORES: Treinamento Introdutório / Seleções Internas MELHORAR A CAPACITAÇÃO E A QUALIFICAÇÃO DOS COLABORADORES EDUCAÇÃO: Incentivo Educacional / Aprendizagem e Estágios / Treinamentos Anuais. MELHORIA DO CLIMA INTERNO DE TRABALHO ENTRETENIMENTO: Cine Guanabara / Datas Comemorativas / Cortesia de Férias para Funcionário SATISFAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS: Premio Melhores Empresas para Trabalhar / Pesquisa de Clima. OUTUBRO / 2011

2 CATEGORIA: ADESÃO DOS COLABORADORES NOME DA BOA PRÁTICA: SAÚDE A) PROGRAMA: ATIVIDADE LABORAL 1 Período: Início em 2007 e permanece 3 Objetivos e Metas: proporcionar a atividade laboral como prevenção para as doenças ocupacionais 6 Atividades Desenvolvidas: a atividade laboral no setor, possibilitando uma maior participação dos funcionários, massoterapia para os funcionários do setor de SAC 7 Recursos Tecnológicos: som 11 Resultados Obtidos: melhoria na postura do funcionário durante o horário de trabalho B) PROGRAMA: ACADEMIA NA EMPRESA 1 Período: Início: 2009 e permanece. 2 Responsável: Setor Médico 3 Objetivos e Metas: possibilitar um espaço para a prática da atividade física, estimulando hábitos saudáveis por parte dos funcionários. com necessidades da prática de educação física para a melhoria de algum aspecto da saúde (problemas de joelho, taxas elevadas) 6 Atividades Desenvolvidas: avaliação do funcionário pelo médico da Empresa, elaboração da série da atividade física pelo(a) educador(a), acompanhamento das atividades 7 Recursos Tecnológicos: equipamentos de ginástica, TV, Som.. 11 Resultados Obtidos: funcionários mais saudáveis e condicionados fisicamente, longe da obesidade.

3 C) PROGRAMA: ACOMPANHAMENTO MÉDICO E PSICOLÓGICO AOS MOTORISTAS E COBRADORES APÓS SITUAÇÕES DE ACIDENTES E ASSALTOS 1 Período: Início: 1992 e permanece. / Setor Médico 3 Objetivos e Metas: verificar a saúde física e mental do funcionário após uma situação de trauma para que este só retorne ao trabalho em condições positivas. 4 Público Alvo: motoristas e cobradores vítimas de situações de acidentes ou assaltos durante o trabalho. 6 Atividades Desenvolvidas: retirada do profissional da escala, encaminhamento aos setores médico e de RH, avaliação clínica com o médico e avaliação psicológica com as psicólogas, análise das informações e tomada de ação, sendo possíveis: o retorno a escala de trabalho, dias de atestados, alguma medicação e acompanhamento. 7 Recursos Tecnológicos: equipamentos médicos e laboratoriais 11 Resultados Obtidos: melhor saúde física e mental dos envolvidos. D) PROGRAMA: ACOMPANHAMENTO DE COLABORADORES EM GRUPO DE RISCO (obesos, hipertensos e diabéticos) 1 Período: Início em 2007 e permanece 2 Responsável: Setor Médico 3 Objetivos e Metas: acompanhar os funcionários em grupo de risco (obesos, hipertensos e diabético) através de consultas médicas e palestras em grupo de risco (obesos, hipertensos e diabético) 6 Atividades Desenvolvidas: caminhadas, testes ergométricos, acompanhamentos com medicamentos. 7 Recursos Tecnológicos: equipamentos médicos 11 Resultados Obtidos: funcionários mais saudáveis e prevenção de problemas como diabetes, pressão alta e obesidade.

4 E) PROGRAMA: PLANOS DE SAÚDE E ODONTOLÓGICOS SUBSIDIADOS PELA EMPRESA 1 Período: Início: 1995 e permanece 2 Responsável: Setor Pessoal 3 Objetivos e Metas: possibilitar uma ajuda de custo nos planos de saúde e odontológico, priorizando a saúde do funcionário. Seguindo alguns critérios, o subsidio do plano de saúde é também extensivo aos familiares. 6 Atividades Desenvolvidas: convênio com plano de saúde e odontológico, para atender aos funcionários. 7 Recursos Tecnológicos: equipamentos médicos 11 Resultados Obtidos: funcionários mais saudáveis e bem assistidos em situações de problemas de saúde. NOME DA BOA PRÁTICA: OUTRAS ADESÕES DOS COLABORADORES A) PROJETO: TREINAMENTO INTRODUTÓRIO 1 Período: desde 1992 e permanece / SETOR PESSOAL/ SETOR MÉDICO/ SEGURANÇA DO TRABALHO E RD (GESTÃO DA QUALIDADE). 3 Objetivos e Metas: facilitar a integração do novo funcionário; apresentar a Empresa e repassar as principais informações a cerca de normas, regras, direitos e deveres; esclarecer sobre salário e benefícios; repassar informações sobre higiene, saúde e segurança do trabalho. novatos 6 Atividades Desenvolvidas: palestras e visita aos setores da Empresa, apresentação de regulamento interno da empresa. 7 Recursos Tecnológicos: data-show, computadores. 8 Recursos de Mídia e Promoção: 9 Avaliação da Experiência: boa 10 Resultados Obtidos: regras obedecidas 11 Impactos sobre o posicionamento da empresa no mercado: empresa organizada; informação positiva da empresa através dos funcionários.

5 B) PROGRAMA: SELEÇÕES INTERNAS 1 Período: Início deste 2004 e permanece 3 Objetivos e Metas: buscar talentos dentro da empresa, a fim de aproveitar o funcionário em cargos superiores, priorizando-os antes de partir para seleções externas proporcionar o crescimento profissional do funcionário dentro da Empresa. 5 Grau de Satisfação do público alvo: muito satisfeitos 6 Atividades Desenvolvidas: divulgação das vagas, recrutamento e seleção dos funcionários interessados. 7 Recursos Tecnológicos: Computadores 8 Proposta de Divulgação divulgação de vagas nos flanelográfos, , Intranet, etc. 10 Avaliação da Experiência: muito bom 11 Resultados Obtidos: melhor satisfação do funcionário que busca sempre promoções. 12 Impactos sobre o posicionamento da empresa no mercado: é mais um diferencial que atrai e traz a permanência do funcionário dentro da empresa NOME DA BOA PRÁTICA: EDUCAÇÃO A) PROJETO: INCENTIVO EDUCACIONAL 1 Período: Início: 2003 e permanece 3 Objetivos e Metas: possibilitar o pagamento ou descontos para graduação ou pós graduação em cursos relacionados com as atividades da Empresa. 5 Grau de Satisfação do público alvo: muito satisfeitos 6 Atividades Desenvolvidas: preenchimento do formulário F2PG3 requerimento de qualificação, análise da solicitação por parte do RH e da Diretoria; acompanhamento semestral do histórico escolar dos funcionários participantes. 7 Recursos Tecnológicos: 8 Proposta de Divulgação: divulgação já consolidada no decorrer de sua existência 10 Avaliação da Experiência: muito bom 11 Resultados Obtidos: melhoria na qualificação do funcionário, trazendo com isso melhoria nas atividades da empresa. Redução do custo demissional e rotatividade de funcionários anual,. 12 Impactos sobre o posicionamento da empresa no mercado: atração e retenção de talentos e funcionários qualificados. B) PROGRAMA: APRENDIZAGEM E ESTÁGIOS 1 Período: Início em 2005 e permanece. / Setor Pessoal 3 Objetivos e Metas: proporcionar um espaço de aprendizagem, possibilitando a primeira experiência profissional. 4 Público Alvo: jovens aprendizes e universitários 6 Atividades Desenvolvidas: integração de jovens no mercado de trabalho, treinando-os para serem futuros funcionários. 7 Recursos Tecnológicos:

6 . 11 Resultados Obtidos: um grande número de jovens, participantes do projeto, são efetivados após o término do contrato. 12 Impactos sobre o posicionamento da empresa no mercado: empresa socialmente responsável. D) PROGRAMA: TREINAMENTOS ANUAIS 1 Período: Início em 2006 e permanece 3 Objetivos e Metas: possibilitar reflexões sobre os diversos assuntos, técnicos e comportamentais, da rotina organizacional, tendo como objetivo uma melhor qualificação do funcionário. de todos os setores 6 Atividades Desenvolvidas: palestras com informações teóricas e dinâmicas, facilitadas pelo RH da Empresa ou por profissionais parceiros. 7 Recursos Tecnológicos: data-show, computadores. 11 Resultados Obtidos: qualificação dos funcionários, desenvolvimento de talentos dentro da empresa. 12 Impactos sobre o posicionamento da empresa no mercado: funcionários qualificados, atração e NOME DA BOA PRÁTICA: ENTRETENIMENTO A) PROGRAMA: CINE GUANABARA 1 Período: Início em 2007 e permanece e colaboradores 3 Objetivos e Metas: proporcionar uma atividade extra para o horário do almoço, com a apresentação de filmes e documentários no auditório da Empresa.

7 6 Atividades Desenvolvidas: avaliação de filmes e documentários para a exibição 7 Recursos Tecnológicos: DVD, TV, Som 8 Proposta de Divulgação: Intranet, Murais 11 Resultados Obtidos: descontração e lazer em horários de intervalo, desenvolvimento de hábito de cultura cinematográfica. 12 Impactos sobre o posicionamento da empresa no mercado: empresa inovadora. B) PROGRAMA: DATAS COMEMORATIVAS (dia das mães (maio), dia do motorista (julho), dia dos pais (agosto), natal (dezembro)) 1 Período: Início em 1992 e permanece. 3 Objetivos e Metas: comemorar algumas datas festivas do ano, como dia das mães, dia dos pais, dia dos motoristas e natal, com os funcionários. 6 Atividades Desenvolvidas: festas de confraternização em Buffet, almoços especiais e temáticos no refeitório, com decoração e música ao vivo, sorteio e brindes. 7 Recursos Tecnológicos: DVD, TV, Som 8 Proposta de Divulgação: Intranet, Murais, Jornais internos 11 Resultados Obtidos: descontração, lazer, criação de liga e afeto com a empresa. 12 Impactos sobre o posicionamento da empresa no mercado: empresa com bom clima organizacional, proporcionando, conforto, lazer e descontração dos funcionários.

8 C) PROGRAMA: CORTESIA DE FÉRIAS PARA FUNCIONÁRIO E UM ACOMPANHANTE 1 Período: Início em 1993 e permanece 3 Objetivos e Metas: facilitar o deslocamento do funcionário e seu acompanhante em viagens de férias 6 Atividades Desenvolvidas: disponibilização de passagens para trechos atendidos pela empresa. 7 Recursos Tecnológicos: 8 Recursos de Mídia e Promoção: 9 Avaliação da Experiência: boa 10 Resultados Obtidos: funcionários satisfeitos com mais um benefício que é oferecido para ele. 11 Impactos sobre o posicionamento da empresa no mercado: conforto, lazer e descontração do funcionário e retenção de talentos NOME DA BOA PRÁTICA: SATISFAÇÃO DE NOSSO FUNCIONÁRIO A) PREMIO MELHORES EMPRESAS PARA TRABALHAR 1 Período: 2010 e Responsável: Comissão Organizadora Corpo Gerencial da Empresa. 3 Objetivos e Metas: Ser reconhecida pelas ações voltadas ao funcionário. 5 Grau de Satisfação do público alvo: muito satisfeitos 6 Atividades Desenvolvidas: pesquisa feita com cada funcionário através de questionário elaborado pela empresa responsável: Great Place to Work, de forma sigilosa, fornecendo a cada funcionário acesso a um programa on line com usuário e senha para acesso. 7 Recursos Tecnológicos: Computadores 8 Proposta de Divulgação: Após envio das respostas a empresa proporciona um evento e homenageia as empresas vencedoras 10 Avaliação da Experiência: É enviado a empresa, um relatório com as principais respostas para que a empresa avalie e melhore seus processos. 11 Resultados Obtidos: A certeza de estar fazendo certo, buscando cada vez melhorar. 12 Impactos sobre o posicionamento da empresa no mercado: o reconhecimento como uma das melhores empresas para trabalhar no Ceará

9 B) PROGRAMA: PESQUISA DE CLIMA 1 Período: Início desde 2006 e permanece. 3 Objetivos e Metas: mensurar o nível de satisfação dos funcionários com relação aos aspectos do ambiente organizacional e a maneira como as pessoas interagem uma com as outras, obtendo informações necessárias para a identificação de oportunidades de melhoria e a elaboração de um plano de ação. 6 Atividades Desenvolvidas: elaboração, validação, aplicação do questionário, tabulação dos resultados. 7 Recursos de Mídia e Promoção: 8 Avaliação da Experiência: boa 9 Resultados Obtidos: acompanhamento do índice de satisfação dos funcionários 10 Impactos sobre o posicionamento da empresa no mercado: diferencial no trato com o funcionário.

Técnicas de pesquisa de clima organizacional. 1 Profª Carminha Lage

Técnicas de pesquisa de clima organizacional. 1 Profª Carminha Lage Técnicas de pesquisa de clima organizacional 1 Profª Carminha Lage Técnicas de pesquisa de clima organizacional Profª Carminha Lage 1 ª- Questionário - mais utilizado Permite aplicação maciça, mesmo para

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Matriz Curricular do Curso Superior de Tecnologia em

Leia mais

Cooperativa de Trabalho na Área da Saúde e Assistência Social.

Cooperativa de Trabalho na Área da Saúde e Assistência Social. Cooperativa de Trabalho na Área da Saúde e Assistência Social. 01 SOBRE Qualidade com parcerias de sucesso. A Mitra é uma cooperativa de trabalho que oferece serviços e soluções para sua área de Recursos

Leia mais

1 Acordo, 1 Acordo de prorrogação da jornada de trabalho: hora extra, 2

1 Acordo, 1 Acordo de prorrogação da jornada de trabalho: hora extra, 2 SUMÁRIO Prefácio, xi 1 Acordo, 1 Acordo de prorrogação da jornada de trabalho: hora extra, 2 2 Acordo coletivo, 3 Acordo coletivo de trabalho, 4 Acordo de compensação de dias úteis intercalados durante

Leia mais

Como o RH Favorece a Competitividade da Embrase. e Processos de Forma Ágil

Como o RH Favorece a Competitividade da Embrase. e Processos de Forma Ágil Como o RH Favorece a Competitividade da Embrase Explorando Uso de Tecnologia, Gestão de Informações e Processos de Forma Ágil ECM Meeting Carlos Gajardoni Diretor de Recursos Humanos ECM Meeting 01 Abertura

Leia mais

Guia Dicas do Marketing

Guia Dicas do Marketing 15a17 Agosto2017 13h às 20h Centro de Convenções SulAmérica Rio de Janeiro RJ Brasil Construção Naval Manutenção Operações Guia Dicas do Marketing Bem-vindo! Você faz parte da Marintec 2017 O que você

Leia mais

Case Capacitação e Desenvolvimento Melhores Práticas Gestão de Pessoas 2012

Case Capacitação e Desenvolvimento Melhores Práticas Gestão de Pessoas 2012 Case Capacitação e Desenvolvimento Melhores Práticas Gestão de Pessoas 2012 A UNIMED NOVA IGUAÇU Abrangência Nova Iguaçu Belford Roxo Japeri Mesquita Nilópolis São João de Meriti Queimados Paracambi Posição

Leia mais

Gestão de pessoas e desempenho organizacional

Gestão de pessoas e desempenho organizacional Aula 12 Gestão de pessoas e desempenho organizacional Agenda 1 Seminário 2 Medindo a performance do RH 1 Seminário 5 Competing on talent analytics. Davenport, Harris & Shapiro. Harvard Business Review,

Leia mais

PLANO DE ENSINO semestre. Apresentar conceitos modernos de Gestão de Pessoas. Apresentar conceitos modernos de Gestão de.

PLANO DE ENSINO semestre. Apresentar conceitos modernos de Gestão de Pessoas. Apresentar conceitos modernos de Gestão de. PLANO DE ENSINO - 2016.2 DISCIPLINA: SU-B0065 Gestão de PROFESSOR: ANDERSON LOPES CARGA HORÁRIA: 60 HORAS TURMA: DF05-N101 SALA: 07 DATA Nº. MÓDU CONTEÚDO OBJETIVO METODOLOGIA RECURSO AULA LO 08/08/2016

Leia mais

PROJETO DE EXTENSÃO COMANDO DE SAÚDE NAS RODOVIAS

PROJETO DE EXTENSÃO COMANDO DE SAÚDE NAS RODOVIAS FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DO ESPÍRITO SANTO CURSO DE GRADUAÇÃO EM BIOMEDICINA PROJETO DE EXTENSÃO COMANDO DE SAÚDE NAS RODOVIAS Cariacica - ES 2008 2 1 - ENTIDADE/ÓRGÃO PROPONENTE SEST/SENAT Serviço

Leia mais

Manual de Boas Práticas

Manual de Boas Práticas Manual de Boas Práticas Agenda O que é a Ebit? Metodologia Convênio Critérios de Medalha Regras de Aplicação de Medalhas Regras de Aplicação de Banner e Lightbox Boas Práticas O QUE É A? CERTIFICAÇÃO +

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 1º PERÍODO

MATRIZ CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 1º PERÍODO 1º Período MRIZ CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 1º PERÍODO Ciência e Tecnologia Sudeste de Minas Gerais DISCIPLIN OBRIGÓRI GRH100 Introdução à Gestão de Pessoas GRH101

Leia mais

QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL a ser aplicado em 2017/1º FUNCIONÁRIOS

QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL a ser aplicado em 2017/1º FUNCIONÁRIOS QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL a ser aplicado em 2017/1º FUNCIONÁRIOS MISSÃO E PDI 1. Avalie em que medida a atuação da PUC Minas tem correspondido aos fins listados a seguir. Considere 1 para

Leia mais

Programa FIC+Feliz. Maio/2016 Belo Horizonte - MG. Maria Lúcia Rezende Milhorato

Programa FIC+Feliz. Maio/2016 Belo Horizonte - MG. Maria Lúcia Rezende Milhorato Programa FIC+Feliz Maio/2016 Belo Horizonte - MG Maria Lúcia Rezende Milhorato CONTEXTO A Credicom foi piloto no projeto do Índice de Felicidade Interna do Cooperativismo FIC, promovido pelo SESCOOP Nacional

Leia mais

Processos Organizacionais, Operacionais e Motivacionais

Processos Organizacionais, Operacionais e Motivacionais Processos Organizacionais, Operacionais e Motivacionais CURSO: Gestão de Pessoas nas Organizações UNIDADE: Marte PROF.: Hélio Senna TÓPICOS: Retenção de Potenciais - Remuneração - Benefícios Auditoria

Leia mais

RECRUTAMENTO E SELEÇÃO

RECRUTAMENTO E SELEÇÃO 1. OBJETIVO A política de recrutamento e seleção tem como objetivo formalizar o processo de recrutamento e seleção da empresa Irapuru. Este processo desempenha papel fundamental na organização, pois através

Leia mais

GESTÃO DE PESSOAS. Determinar as competências necessárias para a atuação dos profissionais na empresa;

GESTÃO DE PESSOAS. Determinar as competências necessárias para a atuação dos profissionais na empresa; 1. OBJETIVO Estabelecer política para gestão de pessoas que busca atuar na captação de talentos, no desenvolvimento dos profissionais, na mediação das relações entre os níveis hierárquicos, bem como proporcionar

Leia mais

EDITAL PARA PARTICIPAÇÃO NO IV FESTIVAL DE MÚSICA UnP

EDITAL PARA PARTICIPAÇÃO NO IV FESTIVAL DE MÚSICA UnP EDITAL PARA PARTICIPAÇÃO NO IV FESTIVAL DE MÚSICA UnP A Universidade Potiguar, mantida pela APEC Sociedade Potiguar de Educação e Cultura Ltda., com sede em Natal, RN, tornam públicas as normas e os procedimentos

Leia mais

Curso Administração. Carga Horária Semestral Número de Créditos Teórica Prática Total Teórica Prática Total

Curso Administração. Carga Horária Semestral Número de Créditos Teórica Prática Total Teórica Prática Total . PLANO DE ENSINO - 2 o SEMESTRE/2011 Disciplina Administração de Recursos Humanos I Curso Administração Turno/Horário 4ª Feira 1 o e 2 o h 6ª Feira - 1º e 2ºh Professor(a) Nazaré da Silva Dias Ferrão

Leia mais

Gestão de Pessoas A contribuição dos modelos de Acreditação Hospitalar para os resultados da Organização.

Gestão de Pessoas A contribuição dos modelos de Acreditação Hospitalar para os resultados da Organização. Gestão de Pessoas A contribuição dos modelos de Acreditação Hospitalar para os resultados da Organização. Rosangela Martha Gerente Recursos Humanos O RH estratégico é capaz de influenciar não apenas o

Leia mais

Case Hospital Alemão Oswaldo Cruz

Case Hospital Alemão Oswaldo Cruz Case Hospital Alemão Oswaldo Cruz Maio/2017 Quem Somos Quem somos Instituição filantrópica privada sem fins lucrativos com 119 anos de existência, fundado pelas comunidades alemã, austríaca e suíça. Hospital

Leia mais

MATUTINO VESPERTINO NOTURNO

MATUTINO VESPERTINO NOTURNO Série: 1ª Período: 1º Turma: 01 Turno: NOTURNO Horário Segunda-Feira Terça-Feira Quarta-Feira Quinta-Feira Sexta-Feira Sabado MATUTINO 08h00~08h50 08h50~09h40 (06859) INSERÇÃO DO ALUNO NA VIDA UNIVERSITÁRIA

Leia mais

PROGRAMA DE ATENÇÃO A PACIENTES CRÔNICOS UNIMED NATAL. Ass. Social ROSSANA CHACON Gerência de Prevenção e Saúde

PROGRAMA DE ATENÇÃO A PACIENTES CRÔNICOS UNIMED NATAL. Ass. Social ROSSANA CHACON Gerência de Prevenção e Saúde PROGRAMA DE ATENÇÃO A PACIENTES CRÔNICOS UNIMED NATAL Ass. Social ROSSANA CHACON Gerência de Prevenção e Saúde rossanachacon@unimednatal.com.br Programa de Atenção a Pacientes Crônicos Elaborado pela Gerência

Leia mais

Segurança e Medicina do Trabalho

Segurança e Medicina do Trabalho Segurança e Medicina do Trabalho Banco de CV s Recrutamento & Seleção Cargos e Salários Decidium Metrics Administração de Treinamento FOLHA DE PAGAMENTO Segurança do Trabalho Avaliação de Desempenho Saúde

Leia mais

Projeto Descrição de Cargos 2016

Projeto Descrição de Cargos 2016 Projeto Descrição de Cargos 2016 Sumário 1. Objetivos do Projeto; 2. Etapas do Projeto; 3. Conceitos para Descrição de Cargos; 4. Acesso ao Sistema; 5. O Formulário. OBJETIVOS DO PROJETO Principais objetivos

Leia mais

Profissional Técnico de Nível Médio. Profissional de Nível Médio. Curitiba PR Interior do Paraná

Profissional Técnico de Nível Médio. Profissional de Nível Médio. Curitiba PR Interior do Paraná Força de Trabalho Os 8.647 empregados do quadro próprio estão distribuídos em três carreiras: profissional de nível médio (5.105 empregados), profissional técnico de nível médio (2.049 empregados) e profissional

Leia mais

Controle de Refeições

Controle de Refeições Ponto Eletrônico Sumário 1. Introdução... 3 1.1. Objetivos do Treinamento... 3 2. Controle de Refeições - Conceito... 3 3. Fluxo do Ambiente... 3 4. Cadastro de Refeições... 4 4.1 Cadastro de Refeições

Leia mais

Pesquisa de Clima Organizacional

Pesquisa de Clima Organizacional Pesquisa de Clima Organizacional As pessoas representam alto investimento para as organizações. É evidente que o sucesso de um empreendimento não depende somente da competência dos gestores em reconhecer

Leia mais

Questionário Empresas

Questionário Empresas Prezado amigo! Questionário Empresas Este questionário não é obrigatório, mas sua opinião sobre o seu trabalho É MUITO IMPORTANTE. Solicito, então, que você preencha com sua idade, turno e função o quadro

Leia mais

Profa. Cláudia Palladino. Unidade II SUPRIMENTO DE MÃO DE OBRA

Profa. Cláudia Palladino. Unidade II SUPRIMENTO DE MÃO DE OBRA Profa. Cláudia Palladino Unidade II SUPRIMENTO DE MÃO DE OBRA Temática do recrutamento O recrutamento: É uma ação externa da empresa; Influência o mercado de recursos humanos; Absorve os candidatos de

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas e Resultados

MBA em Gestão de Pessoas e Resultados 1) OBJETIVO O curso objetiva promover a capacitação e a atualização profissional, integrando conhecimentos e práticas consagrados na área de gestão de pessoas, com novas perspectivas e abordagens. Também

Leia mais

1º SEMESTRE DE 2009.

1º SEMESTRE DE 2009. SISTEMA DE GESTÃO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL SIGMAPLASTH 2009 Apresentamos a seguir para os nossos parceiros, clientes e demais partes interessadas, o desempenho do Sistema de Gestão de Responsabilidade

Leia mais

PALESTRANTE

PALESTRANTE PALESTRANTE Conexão Animal & Sucesso Pessoal Contrate o Palestrante que trará melhor RESULTADO para seu próximo evento! SOBRE O PALESTRANTE: Adriano Simões é médico veterinário e palestrante comportamental

Leia mais

TERCEIRIZAÇÃO E TENDÊNCIAS LEGISLATIVAS

TERCEIRIZAÇÃO E TENDÊNCIAS LEGISLATIVAS VERITAE Capacitação, Junho/2017 PALESTRA TERCEIRIZAÇÃO E TENDÊNCIAS LEGISLATIVAS Inclui as Alterações na CLT Propostas sobre o Tema Data da Realização: 30 de junho 2017, no Rio de Janeiro Convênios e Descontos:

Leia mais

ANEXO 1 PPC NORMATIVA ATIVIDADES COMPLEMENTARES

ANEXO 1 PPC NORMATIVA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CONTROLE DE REVISÕES Revisão Data Descrição 00 20/03/2014 Emissão Inicial 01 24/11/2015 Mudança na formatação do texto 02 12/04/2016 03 07/03/2017 Não é obrigatório que o aluno cumpra carga nos três grupos

Leia mais

Clientes fidelizados e satisfeitos

Clientes fidelizados e satisfeitos GESTÃO DE PESSOAS NAS EMPRESAS CONTÁBEIS Uma abordagem prática O QUE TODO EMPRESÁRIO SONHA... Pessoas qualificadas, motivadas e produtivas Baixa rotatividade Clientes fidelizados e satisfeitos PLANEJAMENTO

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA 22 a 24 de maio Brasília, 22 a 24 de maio de 2017 Carga horária: 24 horas/atividade de Horário: 8h30 às 18h (com intervalo para almoço) 1 APRESENTAÇÃO Este treinamento

Leia mais

Formulário de Avaliação de Desempenho UNIMED CAMPINA GRANDE. Registro funcional: Diretoria / Gerencia: Data da Avaliação:

Formulário de Avaliação de Desempenho UNIMED CAMPINA GRANDE. Registro funcional: Diretoria / Gerencia: Data da Avaliação: Formulário de Avaliação de Desempenho UNIMED CAMPINA GRANDE Nota Final: Para uso do RH Nome do Avaliado: Cargo: Registro funcional: Diretoria / Gerencia: Data da Avaliação: Nome do Avaliador: Cargo: ASSIDUIDADE

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PÁGINA: Página 1 de 11 1 - OBJETIVO Definição da sistemática de remuneração e de benefícios dos colaboradores do Grupo Núcleos. 2 REFERÊNCIAS NBR ISO 9000/2005 Sistemas de Gestão da Qualidade Fundamentos

Leia mais

Gestão de Pessoas Natura

Gestão de Pessoas Natura Seminário Internacional Em Busca da Excelência 2004 Gestão de Pessoas Natura Flavio Pesiguelo Natura 24/03/2004 Natura Maior empresa brasileira de cosméticos Nascida em 1969 Países em que atua: Brasil,

Leia mais

Manual de Atendimento Farmácia e Ótica. Sumário

Manual de Atendimento Farmácia e Ótica. Sumário Sumário INTRODUÇÃO... 4 1. INFORMAÇÕES GERAIS... 5 1.1 Identificação do usuário AGEMED... 5 1.2 Como realizar uma venda... 5 1.3 Como visualizar suas vendas... 5 1.4 Como visualizar os extratos de pagamentos...

Leia mais

Processos Gerenciais Inovação e Criatividade. Curso de Comércio Exterior Professora: Elisangela Lima

Processos Gerenciais Inovação e Criatividade. Curso de Comércio Exterior Professora: Elisangela Lima Processos Gerenciais Inovação e Criatividade Curso de Comércio Exterior Professora: Elisangela Lima lislimas@hotmail.com Centro Universitário Padre Anchieta Processos Gerenciais 22.09.2010 Conceito...

Leia mais

PORQUE FAZER UMA PESQUISA DE CLIMA?

PORQUE FAZER UMA PESQUISA DE CLIMA? Introdução PORQUE FAZER UMA PESQUISA DE CLIMA? Algumas pessoas que comandam organizações, ainda são muito resistentes a Pesquisas De Clima Organizacional; acreditam que é perda de tempo, e que esta pesquisa

Leia mais

11/04/2017. Aula 9. Gestão de Recursos Humanos. Agenda. Seminário 7. Gestão de RH

11/04/2017. Aula 9. Gestão de Recursos Humanos. Agenda. Seminário 7. Gestão de RH Aula 9 Gestão de Recursos Humanos Agenda Seminário 7 Gestão de RH 2 1 Gestão de RH Gestão de Recursos Humanos O conjunto de políticas, práticas e programas que tem por objetivo atrair, selecionar, socializar,

Leia mais

A GESTÃO DE PESSOAS COMO INSTRUMENTO ESTRATÉGICO NA CAPTAÇÃO E INSERÇÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA (PCDs) NO MERCADO DE TRABALHO

A GESTÃO DE PESSOAS COMO INSTRUMENTO ESTRATÉGICO NA CAPTAÇÃO E INSERÇÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA (PCDs) NO MERCADO DE TRABALHO A GESTÃO DE PESSOAS COMO INSTRUMENTO ESTRATÉGICO NA CAPTAÇÃO E INSERÇÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA (PCDs) NO MERCADO DE TRABALHO Prof. Sérgio Silveira de Santana MINI-CURRÍCULO Prof. Sérgio Silveira Diretor

Leia mais

DEPOIS DO NASCIMENTO ANTES DO NASCIMENTO RETORNANDO AO TRABALHO

DEPOIS DO NASCIMENTO ANTES DO NASCIMENTO RETORNANDO AO TRABALHO LICENÇA-MATERNIDADE A gestação e o nascimento do bebê são fases muito significativas na vida da mulher, com muitas novidades a cada mês. Para garantir que o seu período de afastamento e retorno ao trabalho

Leia mais

Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista Vendas no 1º semestre e expectativa para o 2º

Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista Vendas no 1º semestre e expectativa para o 2º 76,1% das empresas de Belo Horizonte possuem até 9 pessoas em seu quadro de funcionários, o que caracteriza microempresas. Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista Observar e entender como foram às vendas

Leia mais

Organização da Disciplina. Auditoria em Recursos Humanos. Aula 1. Contextualização

Organização da Disciplina. Auditoria em Recursos Humanos. Aula 1. Contextualização Auditoria em Recursos Humanos Aula 1 Prof. Me. Elizabeth Franco Organização da Disciplina Aula 01 A administração de recursos humanos área em desenvolvimento Aula 02 A origem e a evolução da auditoria

Leia mais

Implantação e Gestão de Política de RH

Implantação e Gestão de Política de RH Implantação e Gestão de Política de RH Ribeirão Preto 2012 Abordagens Pessoas / Gente Política de Recursos Humanos Resultados Esclarecimentos Sugestões Bibliográficas Base do Nosso Encontro O ÓBVIO: Pessoas

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de TÉCNICO EM

Leia mais

O que torna uma empresa um lugar ruim para se trabalhar?

O que torna uma empresa um lugar ruim para se trabalhar? WORKSHOP DIAMOND O que torna uma empresa um lugar ruim para se trabalhar? DEMISSÃO SEM RESPEITO FALTA DE QUALIDADE DE VIDA FALTA DE RECONHECIMENTO METAS INATINGÍVEIS LÍDERES DESPREPARADOS IGNORAR AS DEMANDAS

Leia mais

Convenção de Vendas 2017 Resultados Pesquisa de Opinião

Convenção de Vendas 2017 Resultados Pesquisa de Opinião ASSA ABLOY is the global leader in door opening solutions, dedicated to satisfying end-user needs for security, safety and convenience Convenção de Vendas 2017 Resultados Pesquisa de Opinião Dados Gerais

Leia mais

CONCURSO DE IDEIAS INOVADORAS

CONCURSO DE IDEIAS INOVADORAS CONCURSO DE IDEIAS INOVADORAS A Direção Geral, a Diretoria de Pesquisa e Inovação e a Diretoria de Extensão do Campus Natal Central, tornam público o presente Edital e convidam os estudantes desta unidade

Leia mais

REGULAMENTO GERAL PRÊMIO MELHORES INDÚSTRIAS PARA TRABALHAR EM MATO GROSSO SISTEMA FIEMT E TV CENTRO AMÉRICA

REGULAMENTO GERAL PRÊMIO MELHORES INDÚSTRIAS PARA TRABALHAR EM MATO GROSSO SISTEMA FIEMT E TV CENTRO AMÉRICA REGULAMENTO GERAL PRÊMIO MELHORES INDÚSTRIAS PARA TRABALHAR EM MATO GROSSO SISTEMA FIEMT E TV CENTRO AMÉRICA 1. DA FINALIDADE 1.1. O presente regulamento tem por finalidade estabelecer as normas gerais

Leia mais

PROGRAMA ALUNO MONITOR 2º SEMESTRE DE 2017 FACULDADE DE SAÚDE PÚBLICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

PROGRAMA ALUNO MONITOR 2º SEMESTRE DE 2017 FACULDADE DE SAÚDE PÚBLICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO PROGRAMA ALUNO MONITOR 2º SEMESTRE DE 2017 FACULDADE DE SAÚDE PÚBLICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO EDITAL INTERNO CG 04/2017 Abertura de inscrições para preenchimento das vagas de monitoria em disciplinas

Leia mais

NA Pesquisa TAL 2014

NA Pesquisa TAL 2014 Pesquisa NATAL 2014 Centro 21,8% Ext. Norte Norte C. Leste Leste C. Sul Ext. Sul Sul 15% 14,8% 11,3% 10% 9,5% 9,5% 8,3% 0 5,5 11 16,5 22 #períododecoleta: de 16 a 20/10 #universo: moradores do município

Leia mais

Autoras: Enfermeiras Carla Silva, Manuela Dias e Susana Martins. Trabalho desenvolvido CSAH:

Autoras: Enfermeiras Carla Silva, Manuela Dias e Susana Martins. Trabalho desenvolvido CSAH: Autoras: Enfermeiras Carla Silva, Manuela Dias e Susana Martins Trabalho desenvolvido pela equipa do GSC do CSAH: Enfermeiras Carla Silva, Cecília Couto, Manuela Dias, Manuela Silva, Matilde de Aysa, Susana

Leia mais

PROPOSTA DE ADESÃO CAMPANHA UM SONHO DE NATAL 2016

PROPOSTA DE ADESÃO CAMPANHA UM SONHO DE NATAL 2016 PROPOSTA DE ADESÃO CAMPANHA UM SONHO DE NATAL 2016 (Show de prêmios Viçosa) A campanha de Natal 2016 em Viçosa tem tudo para ser um grande sucesso. A Casa do Empresário tem discutido o formato da campanha

Leia mais

Tendências na área de Recursos Humanos

Tendências na área de Recursos Humanos Tendências na área de Recursos Humanos Confira a 6ª edição do maior censo de Recursos Humanos, realizado pelo RH Portal em 2016. Veja o que os profissionais estão falando sobre a realidade do RH no mercado

Leia mais

Educação Musical com Ênfase em Música popular Objetivo do curso:

Educação Musical com Ênfase em Música popular Objetivo do curso: Com carga horária de 420 horas o curso Educação Musical com Ênfase em Música popular é desenvolvido em sistema modular, com 01 encontro por bimestre (total de encontros no curso: 04) para avaliação nos

Leia mais

Fundamentação Teórica: Código de Ética. Aula 8

Fundamentação Teórica: Código de Ética. Aula 8 Fundamentação Teórica: Código de Ética Aula 8 Ética Profissional! Normas e princípios que regulamentam a conduta do indivíduo no exercício de sua profissão. (consciência, comportamento, ação e conduta

Leia mais

Patrocínio Esportivo 2.6 revisão aula 1.6 Negócio Esporte

Patrocínio Esportivo 2.6 revisão aula 1.6 Negócio Esporte Patrocínio Esportivo 2.6 revisão aula 1.6 Negócio Esporte Patrocínio Esportivo 2.6 revisão aula 1.6 - visão sistêmica marketing esportivo - PRODUTO CANAIS comunicação alto rendimento educacional MERCADO

Leia mais

CONSIDERAÇÕES INICIAIS:

CONSIDERAÇÕES INICIAIS: REGULAMENTO DA AÇÃO CLUBE MICROGEO, PROMOVIDA PELA MICROBIOL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA., INSCRITA SOB O CNPJ: 03.655.006/0001-95, LOCALIZADA EM LIMEIRA/SP, CONDOMÍNIO INDUSTRIAL DUAS BARRAS, R. PASTOR

Leia mais

Proposta Orçamentária - Exercício EXECUÇÃO DA RECEITA RECEITA A REALIZAR RECEITA CORRENTE

Proposta Orçamentária - Exercício EXECUÇÃO DA RECEITA RECEITA A REALIZAR RECEITA CORRENTE Conselho Regional dos Representantes Comerciais no Estado de Pernambuco CNPJ: 09.852.690/0001-81 Proposta Orçamentária - Exercício 2016 6.2.1 - EXECUÇÃO DA RECEITA 6.2.1.1 - RECEITA A REALIZAR 6.2.1.1.1

Leia mais

Administração e Organização II

Administração e Organização II Administração e Organização II Agregar Pessoas Prof. Dr. Marco Antonio Pereira marcopereira@usp.br Agregar Pessoas Recrutamento / Seleção Imagem: http://blog.acelerato.com/gestao/recrutamento-e-selecao-otimizando-o-processo-nas-organizacoes/

Leia mais

TECNÓLOGO EM AGROINDÚSTRIA ITINERÁRIO FORMATIVO

TECNÓLOGO EM AGROINDÚSTRIA ITINERÁRIO FORMATIVO TECNÓLOGO EM AGROINDÚSTRIA Módulo Básico I 3 Módulo Específico II 365 h Beneficiamento e Industrialização de Grãos Toxicologia dos Alimentos Sistemas Agroindustriais Alimentares Sistemas de Armazenamento

Leia mais

MÓDULO. Central de Estágios

MÓDULO. Central de Estágios MÓDULO Central de Estágios Objetivos: Controle dos Estágios da Instituição Disponibilidade e confiabilidade das informações; Gerenciar: Convênios de Estágio; Ofertas de Estágio; Estágios dos alunos. Regulamentação

Leia mais

Que função representa o lucro desse vendedor em função da arrecadação x, em reais?

Que função representa o lucro desse vendedor em função da arrecadação x, em reais? Atividade extra Exercício 1 Um vendedor possui um gasto mensal de R$ 550,00 e cada produto é vendido por R$ 5,00. Sua renda é variável dependendo de suas vendas no mês. Que função representa o lucro desse

Leia mais

AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA

AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA COORDENADORIA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL COAI COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA PARTE I O DOCENTE AVALIA AS AÇÕES DO CURSO Prezado(a)

Leia mais

AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO COM OS SERVIÇOS COLABORADORES

AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO COM OS SERVIÇOS COLABORADORES AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO COM OS SERVIÇOS COLABORADORES VERSÃO RESUMIDA NOTA INTRODUTÓRIA O Instituto Politécnico de Portalegre tem vindo a apostar estrategicamente num sistema de gestão de qualidade assente

Leia mais

1. DADOS DA EMPRESA. Nome do contato: do contato: Telefone do contato: Nome da Empresa: Endereço: Cidade: Estado: CEP:

1. DADOS DA EMPRESA. Nome do contato:  do contato: Telefone do contato: Nome da Empresa: Endereço: Cidade: Estado: CEP: PANORAMA DO TREINAMENTO NO BRASIL - 2016 Dados, informações, fatos, análises. Este questionário em PDF é para auxiliar na coleta de dados. As perguntas devem ser respondidas no link: www.cmpesquisa.com.br/t&d

Leia mais

Atualmente colabora com conteúdos customizados e consultoria para as principais marcas e sites do mercado de moda e

Atualmente colabora com conteúdos customizados e consultoria para as principais marcas e sites do mercado de moda e Os restaurantes mais charmosos, os lançamentos do mundo tecnológico, as estreias no cinema, as últimas tendências do mundo da moda e do universo gastronômico. A NOVA FM Campinas preparou um especial que

Leia mais

OBJETIVO PRINCIPAIS BENEFÍCIOS

OBJETIVO PRINCIPAIS BENEFÍCIOS OBJETIVO Proporcionar que os participantes desenvolvam a capacidade de usar a voz, a fala, a linguagem e o corpo a favor de uma atitude comunicativa eficiente expressiva para todas as situações de comunicação

Leia mais

Resultados Gerais: "Inquérito de Avaliação da Satisfação dos Colaboradores"

Resultados Gerais: Inquérito de Avaliação da Satisfação dos Colaboradores Resultados Gerais: "Inquérito de Avaliação da Satisfação dos Colaboradores" número de ações que realizou até ao presente Valid nada pouco 22 7,4 8,0 8,0 44 14,8 16,1 24,1 126 42,4 46,0 70,1 65 21,9 23,7

Leia mais

PORTFOLIO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL PARA O SEGMENTO SAÚDE

PORTFOLIO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL PARA O SEGMENTO SAÚDE PORTFOLIO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL PARA O SEGMENTO SAÚDE Senac Rondônia APRESENTAÇÃO A concepção educacional do Senac visa atender à missão de "Educar para o trabalho em atividades do Comércio de Bens,

Leia mais

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO FACULDADE DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO FACULDADE DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2011 2012 FACULDADE DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 1 1 Dimensão 2 - Acadêmico avaliando professor 1 - O professor comparece

Leia mais

SERVIÇOS DE DOCUMENTAÇÃO DO IPL

SERVIÇOS DE DOCUMENTAÇÃO DO IPL SERVIÇOS DE DOCUMENTAÇÃO DO IPL INQUÉRITO DE SATISFAÇÃO DOS UTILIZADORES DOS SERVIÇOS DE DOCUMENTAÇÃO DO IPL 2015 Índice Índice... 2 Introdução... 3 Inquérito... 3 1. Sexo... 3 2. A que grupo de utilizadores

Leia mais

OBJETIVO PRINCIPAIS BENEFÍCIOS

OBJETIVO PRINCIPAIS BENEFÍCIOS OBJETIVO Proporcionar aos participantes que desenvolvam a capacidade de usar a voz, a fala, a linguagem e o corpo, a favor de uma atitude comunicativa eficiente e expressiva para todas as situações de

Leia mais

Quais as Principais Oportunidades no Carnaval?

Quais as Principais Oportunidades no Carnaval? Este conteúdo faz parte da série: Carnaval Ver 6 posts dessa série Dizem que o ano do brasileiro só começa depois de Carnaval mas quem tem um negócio próprio ou trabalha numa pequena empresa sabe que isso

Leia mais

Laboratório do curso de Administração Atividades - Junho de 2016

Laboratório do curso de Administração Atividades - Junho de 2016 Laboratório do curso de Administração Atividades - Junho de 2016 DATA HORÁRIO LOCAL ATIVIDADE RESUMO DA ATIVIDADE/EVENTO De 01 até 05/06 Diversos horários Serraria Souza Pinto Minas Gerais Audiovisual

Leia mais

Normas de Estágio Curricular Não Obrigatório Remunerado. Instituto de Ciências Humanas, Letras e Artes - ICHLA

Normas de Estágio Curricular Não Obrigatório Remunerado. Instituto de Ciências Humanas, Letras e Artes - ICHLA Normas de Estágio Curricular Não Obrigatório Remunerado Instituto de Ciências Humanas, Letras e Artes - ICHLA - Curso de Psicologia Currículo 2011/01 e 2013/01 Descrição do Curso: O Curso de Psicologia

Leia mais

Regulamento - Promoção Final de Ano Premiado

Regulamento - Promoção Final de Ano Premiado Regulamento - Promoção Final de Ano Premiado 1. PROMOTORA. PADARIA LAROQUE LTDA., inscrita no CNPJ nº 13.491.609/0001-52, com sede na Rua Leandro Barreto, 512, Jardim São Paulo Recife/PE - CEP:50.790-000,

Leia mais

ANEXO 1 - BOLSAS E DESCONTOS NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO Tipo de Bolsa/ Desconto Conceito Percentual/Crédito/valor Semestral. Bolsa Aluno Ouvinte

ANEXO 1 - BOLSAS E DESCONTOS NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO Tipo de Bolsa/ Desconto Conceito Percentual/Crédito/valor Semestral. Bolsa Aluno Ouvinte ANEXO 1 - BOLSAS E DESCONTOS NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO - 2016 Tipo de Bolsa/ Desconto Conceito Percentual/Crédito/valor Bolsa Aluno Ouvinte Bolsa concedida a alunos que se matriculam em disciplinas isoladas,

Leia mais

BRADESCO Nicho Educação

BRADESCO Nicho Educação Apresentação Diretoria Executiva BRADESCO Nicho Educação 10 e 11/10/2016 17.set 73 anos de experiência no Setor Financeiro Segmentação Rede de Distribuição e Presença Regional Plataformas de Distribuição

Leia mais

SELECIONA Assistente RH - Chapecó/SC Tipo de contrato: Remuneração: Benefícios: Descrição: Turno: Requisitos:

SELECIONA Assistente RH - Chapecó/SC Tipo de contrato: Remuneração: Benefícios: Descrição: Turno: Requisitos: SELECIONA Assistente RH - Chapecó/SC Remuneração: R$ 1000,00 até 1500,00 Plano de Saúde Restaurante Próprio Seguro de vida em grupo Vale transporte: somente para o trabalho Descrição: Responsável por programas

Leia mais

Clima Organizacional

Clima Organizacional slide 1 Clima Organizacional Maria Cristina Bohnenberger cristin@feevale.br Conceitos de Clima organizacional É a qualidade ou propriedade do ambiente organizacional que é percebida ou experimentada pelos

Leia mais

19/09/2016. Recrutamento & Seleção

19/09/2016. Recrutamento & Seleção Recrutamento & Seleção Recrutamento & Seleção 1 Atividades da área de recrutamento & seleção Definir estratégia de recrutamento & seleção. Identificar e estabelecer parcerias com consultorias externas.

Leia mais

PARCERIAS INSTITUCIONAIS COMO ESTRATÉGIA NA MELHORIA DA FORMAÇÃO DO RECURSO HUMANO NA ÁREA FARMACÊUTICA Prof. Carlos Couto de Castelo Branco

PARCERIAS INSTITUCIONAIS COMO ESTRATÉGIA NA MELHORIA DA FORMAÇÃO DO RECURSO HUMANO NA ÁREA FARMACÊUTICA Prof. Carlos Couto de Castelo Branco PARCERIAS INSTITUCIONAIS COMO ESTRATÉGIA NA MELHORIA DA FORMAÇÃO DO RECURSO HUMANO NA ÁREA FARMACÊUTICA Prof. Carlos Couto de Castelo Branco CNE Aprovou em 06.11.2001 Diretrizes curriculares para o ensino

Leia mais

17 e 18/06/2013 (Brasília DF) GESTÃO DE PATRIMÔNIO COM ÊNFASE NA REAVALIAÇÃO, REDUÇÃO AO VALOR RECUPERÁVEL, DEPRECIAÇÃO, AMORTIZAÇÃO E EXAUSTÃO.

17 e 18/06/2013 (Brasília DF) GESTÃO DE PATRIMÔNIO COM ÊNFASE NA REAVALIAÇÃO, REDUÇÃO AO VALOR RECUPERÁVEL, DEPRECIAÇÃO, AMORTIZAÇÃO E EXAUSTÃO. Apresentação Proporcionar a todos os participantes as ferramentas necessárias para uma gestão do patrimônio público eficiente, econômica e eficaz, obedecendo as normas legais que envolvem o setor público

Leia mais

AVALIAÇÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO

AVALIAÇÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO SOCIEDADE EDUCACIONAL DE ITAPIRANGA FAI - FACULDADE DE ITAPIRANGA SAE - SERVIÇO DE APOIO AO ESTUDANTE AVALIAÇÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO A avaliação de estágio curricular não obrigatório deve

Leia mais

Executar todos os passos envolvidos no processo de admissão dos funcionários admitidos a partir de 03/01/2011.

Executar todos os passos envolvidos no processo de admissão dos funcionários admitidos a partir de 03/01/2011. 1/5 A PARTIR DA DATA DE EMISSÃO DESTE (05/01/2011), NÃO SERÃO ACEITAS CONTRATAÇÕES QUE NÃO ESTEJAM DE ACORDO COM O PROCEDIMENTO. 1. OBJETIVO Executar todos os passos envolvidos no processo de admissão

Leia mais

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS POLÍTICAS CORPORATIVAS

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS POLÍTICAS CORPORATIVAS 6 Políticas de Convênios e Patrocínios 6.1 - Convênios 1. Tipos de Convênios A Cooperativa poderá firmar convênios com corretoras de seguro, escritórios de advocacia, lojas, indústrias, instituições de

Leia mais

FORMULÁRIO DE ADESÃO AO PAT- EMPRESA BENEFICIÁRIA

FORMULÁRIO DE ADESÃO AO PAT- EMPRESA BENEFICIÁRIA FORMULÁRIO DE ADESÃO AO PAT- EMPRESA BENEFICIÁRIA Conforme Portaria n 34, de 07 de dezembro de 2007, disponível no site para consulta, as empresas serão cadastradas somente pela internet. Basta acessar

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS Conselho Distrital de Évora - Delegação de Beja

ORDEM DOS ADVOGADOS Conselho Distrital de Évora - Delegação de Beja ORDEM DOS ADVOGADOS Conselho Distrital de Évora - Delegação de Beja PROPOSTA DE ORÇAMENTO PARA 2016 DESPESAS CORRENTES Serviços especializados 0,00 Trabalhos especializados Publicidade e propaganda (divulgação

Leia mais

Santa Casa Fundada. Inaugurada em 1826

Santa Casa Fundada. Inaugurada em 1826 Santa Casa Fundada em 1803 Inaugurada em 1826 PERFIL Organização Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre Instituição de direito privado, filantrópica, de ensino e assistência social, reconhecida

Leia mais

CENTRO DE PREVENÇÃO E TRATAMENTO AO TOXICÔMANOS. Coordenador: Renato Carlos Vieira. Endereço: Rua Álvaro Sarlo, 160. Bairro: Ilha de Santa Maria

CENTRO DE PREVENÇÃO E TRATAMENTO AO TOXICÔMANOS. Coordenador: Renato Carlos Vieira. Endereço: Rua Álvaro Sarlo, 160. Bairro: Ilha de Santa Maria CENTRO DE PREVENÇÃO E TRATAMENTO AO TOXICÔMANOS Coordenador: Renato Carlos Vieira Endereço: Rua Álvaro Sarlo, 160 Bairro: Ilha de Santa Maria CEP: 29051-100 Horários de atendimento: 7 às 19h (Atendimento

Leia mais

Especialização em Enfermagem em Emergência - NOVO

Especialização em Enfermagem em Emergência - NOVO Especialização em Enfermagem em Emergência - NOVO Apresentação Previsão de Início - Agosto Inscrições em Breve - Turma 01 - Campus Stiep A Pós-Graduação em Enfermagem em Emergência surge para atender a

Leia mais

Analista em ACREDITAÇÃO EM SAÚDE

Analista em ACREDITAÇÃO EM SAÚDE Analista em ACREDITAÇÃO EM SAÚDE Focada na formação intelectual e no desenvolvimento de pessoas para integrarem e inovarem a nova cultura de negócios do XXI, a FAN oferece cursos para graduação e especialização

Leia mais

FREMEC FORMULÁRIO SOLICITAÇÃO INICIAL

FREMEC FORMULÁRIO SOLICITAÇÃO INICIAL Caros passageiros, Para facilitar a viagem de passageiros regulares com condições médicas estáveis, após a análise de cada caso, nossa empresa passará a emitir o cartão FREMEC - Cartão Médico. O cartão

Leia mais

Enfoque JB. Ano: 5 Edição: 25 - Junho de 2013

Enfoque JB. Ano: 5 Edição: 25 - Junho de 2013 Grupo JB adere ao Programa FAT FAT - Fundo de Amparo ao Trabalhador é um Programa especial, de natureza contábil- financeira, vinculado ao Ministério do Trabalho e Emprego MTE As aulas tiveram início no

Leia mais