DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR FORMULÁRIO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR FORMULÁRIO"

Transcrição

1 FORMULÁRIO 1. Estabelecimento de ensino: INSTITUTO POLITÉCNICO DE BEJA 2. Unidade orgânica (faculdade, escola, instituto, etc.): 3. Curso: SAÚDE AMBIENTAL 4. Grau ou diploma: Licenciado 5. Área científica predominante do curso: CNAEF 853 SAÚDE PÚBLICA 6. Número de créditos, segundo o sistema europeu de transferência de créditos, necessário à obtenção do grau ou diploma: Duração normal do curso: 3 anos = 6 semestres 8. Opções, ramos, ou outras formas de organização de percursos alternativos em que o curso se estruture (se aplicável): NÃO APLICÁVEL 1

2 9. Áreas científicas e créditos que devem ser reunidos para a obtenção do grau ou diploma: QUADRO N.º 1 SIGLA CRÉDITOS OBRIGATÓRIOS OPTATIVOS FILOSOFIA E ÉTICA PSICOLOGIA GESTÃO E ADMINISTRAÇÃO 345 4,5 3 DIREITO BIOLOGIA E BIOQUÍMICA 421 5,5 5 CIÊNCIAS DO AMBIENTE 422 4,5 FÍSICA 441 2,5 QUÍMICA CIÊNCIAS DA TERRA ESTATÍSTICA ARQUITECTURA E CONSTRUÇÃO MEDICINA 721 5,5 SAÚDE ,5 5 SAÚDE PÚBLICA ,5 PROTECÇÃO DO AMBIENTE ,5 SEGURANÇA E HIGIENE NO TRABALHO 862 6,5 TOTAL 165,5 14,5 (1) (1) Indicar o número de créditos das áreas científicas optativas, necessários para a obtenção do grau ou diploma. 10. Observações: AS S S E AS SIGLAS SÃO RELATIVAS À CLASSIFICAÇÃO NACIONAL DE S DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO (CNAEF), E RESPECTIVOS CÓDIGOS, APROVADA PELA PORTARIA Nº 256/2005, DE 16 DE MARÇO. 2

3 Plano de estudos DE SAÚDE PÚBLICA (CNAEF-853) 1º ANO 1º SEMESTRE QUADRO N.º 2 CRÉDITOS OBSERVAÇÕES 87 = TP: 44 + PL: 43 6 BIOESTATÍSTICA 462 Semestral 162 ECOSSISTEMAS E CICLOS BIOGEOQUÍMICOS 422 Semestral 121,5 TP: 75 4,5 FÍSICA APLICADA 441 Semestral 67,5 TP: 35 2,5 INTRODUÇÃO À SAÚDE AMBIENTAL 853 Semestral 135 TP: 68 5 INTRODUÇÃO À SAÚDE PÚBLICA 853 Semestral 202,5 101= T:33+TP:68 QUÍMICA APLICADA 442 Semestral 81 TP: 41 3 SEMINÁRIO DE INTEGRAÇÃO PROFISSIONAL I 853 Semestral 40,5 S: 20 1,5 7,5 3

4 DE SAÚDE PÚBLICA (CNAEF-853) 1º ANO 2º SEMESTRE QUADRO N.º 3 CRÉDITOS OBSERVAÇÕES 87= T:44+TP:43 5,5 FISIOPATOLOGIA APLICADA 721 Semestral 148,5 BIOFÍSICA E BIOQUÍMICA 421 Semestral 135 TP:83 5 OPÇÃO HIDROGEOLOGIA 443 Semestral 81 TP: 41 3 MICROBIOLOGIA 421 Semestral 148,5 91 = TP: 65+PL 26 SISTEMA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO 345 Semestral 121,5 PL: 61 4,5 EPIDEMIOLOGIA I 729 Semestral = T:53 + PL:26 SEMINÁRIO DE INTEGRAÇÃO PROFISSIONAL II 853 Semestral 40,5 S: 20 1,5 SAÚDE ESCOLAR 729 Semestral 135 TP:83 5 OPÇÃO 5,5 5 4

5 DE SAÚDE PÚBLICA (CNAEF-853) 2º ANO 1º SEMESTRE QUADRO N.º 4 CRÉDITOS OBSERVAÇÕES ÉTICA 226 Semestral 54 TP:28 2 PSICOSSOCIOLOGIA 311 Semestral 108 TP: 55 4 EPIDEMIOLOGIA II 729 Semestral 94,5 TP:54 3,5 SEGURANÇA ALIMENTAR 853 Semestral 202,5 GESTÃO DE SISTEMAS PARA A QUALIDADE DA ÁGUA I 853 Semestral 175,5 SAÚDE OCUPACIONAL 862 Semestral 175,5 101 = TP:69+PL:32 87 = TP:65 + PL: = TP:65 + PL: 22 7,5 6,5 6,5 5

6 DE SAÚDE PÚBLICA (CNAEF-853) 2º ANO 2º SEMESTRE QUADRO N.º 5 CRÉDITOS OBSERVAÇÕES 74= TP: 56+ PL:18 5,5 81= TP:60+ PL: = TP: 44+ PL: 43 5,5 GESTÃO DE RESÍDUOS 853 Semestral 148,5 GESTÃO SANITÁRIA DO HABITAT 853 Semestral 162 PROMOÇÃO E PROTECÇÃO DA SAÚDE 729 Semestral 148,5 GESTÃO DE SISTEMAS PARA A QUALIDADE DO AR 859 Semestral 94,5 TP: 47 3,5 OPÇÃO GESTÃO DE SISTEMAS PARA A QUALIDADE ACÚSTICA E POLUIÇÃO SONORA 859 Semestral 81 TP: 41 3 GESTÃO DE SISTEMAS PARA A QUALIDADE DA 853 Semestral 68= 135 ÁGUA II TP: 50 + PL:18 5 CATÁSTROFES AMBIENTAIS E SAÚDE PÚBLICA 853 Semestral 94,5 TP: 47 3,5 OPÇÃO SEMINÁRIO DE INTEGRAÇÃO PROFISSIONAL III 853 Semestral 40,5 S: 20 1,5 6

7 DE SAÚDE PÚBLICA (CNAEF-853) 3º ANO 1º SEMESTRE QUADRO N.º 6 CRÉDITOS OBSERVAÇÕES SEMINÁRIO I 853 Semestral 40,5 S: 20 1,5 SEMINÁRIO II 853 Semestral 40,5 S: 20 1,5 DIREITO DA SAÚDE E DO AMBIENTE 380 Semestral 81 TP: 41 3 TÉCNICAS DE ANÁLISE EM SAÚDE Semestral 48 = ,5 AMBIENTAL TP: 24 + PL: 24 3,5 INVESTIGAÇÃO EM SAÚDE AMBIENTAL 853 Semestral 108 TP: 54 4 ANÁLISE E INTERPRETAÇÃO DE DESENHO TÉCNICO 589 Semestral 81 TP: 41 3 OPÇÃO SAÚDE PÚBLICA VETERINÁRIA 853 Semestral 94,5 TP: 41 3 OPÇÃO ESTÁGIO DE APRENDIZAGEM I 853 Semestral 364,5 E: ,5 7

8 DE SAÚDE PÚBLICA (CNAEF-853) 3º ANO 2º SEMESTRE QUADRO N.º 7 CRÉDITOS OBSERVAÇÕES ADMINISTRAÇÃO EM SAÚDE 345 Semestral 81 S: 41 3 OPÇÃO SEMINÁRIO DE INTEGRAÇÃO PROFISSIONAL Semestral S: 41 3 OPÇÃO IV ESTÁGIO DE APRENDIZAGEM II 853 Semestral 729 E:

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR B ESTRUTURA CURRICULAR E PLANO DE ESTUDOS 1. Estabelecimento de ensino: 2. Unidade orgânica (faculdade, escola, instituto, etc.):. Curso: Engenharia e Tecnologia de Materiais 4. Grau ou diploma: Licenciatura

Leia mais

30546 Diário da República, 2.ª série N.º 140 22 de Julho de 2011

30546 Diário da República, 2.ª série N.º 140 22 de Julho de 2011 30546 Diário da República, 2.ª série N.º 140 22 de Julho de 2011 INSTITUTO POLITÉCNICO DE BEJA Despacho n.º 9220/2011 Ao abrigo do disposto nos artigos 75.º a 80.º do Decreto -Lei n.º 74/2006, de 24 de

Leia mais

Mestrado em Ensino da Física e da Química

Mestrado em Ensino da Física e da Química Mestrado em Ensino da Física e da Química Mestrado em Ensino da Física e da Química - Faculdade de Ciências da Universidade do Porto 1 5. Estrutura curricular e plano de estudos FORMULÁRIO 1. Estabelecimento

Leia mais

21022 Diário da República, 2.ª série N.º 155 13 de agosto de 2014

21022 Diário da República, 2.ª série N.º 155 13 de agosto de 2014 21022 Diário da República, 2.ª série N.º 155 13 de agosto de 2014 Despacho n.º 10553/2014 Ao abrigo do disposto nos artigos 75.º e 76.º do Decreto -Lei pelo Decreto -Lei n.º 107/2008, de 25 de junho, pelo

Leia mais

ÁREA CIENTÍFICA CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CE 30 - METODOLOGIA E DIDÁTICA DO INSTRUMENTO MDEM 30 - SUPERVISÃO PEDAGÓGICA EM INSTRUMENTO SP 48 -

ÁREA CIENTÍFICA CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CE 30 - METODOLOGIA E DIDÁTICA DO INSTRUMENTO MDEM 30 - SUPERVISÃO PEDAGÓGICA EM INSTRUMENTO SP 48 - Mestrado em Ensino de Música Ramo Instrumento ÁREA CIENTÍFICA SIGLA OBRIGATÓRIOS OPTATIVOS CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CE 30 - METODOLOGIA E DIDÁTICA DO INSTRUMENTO MDEM 30 - SUPERVISÃO PEDAGÓGICA EM INSTRUMENTO

Leia mais

MESTRADO EM GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES

MESTRADO EM GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES PROCESSO REFERENTE À CRIAÇÃO E ENTRADA EM FUNCIONAMENTO DO MESTRADO EM GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES (De acordo com o Artigo 8.º do Decreto-Lei n.º 74/200, de 24 de Março) DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR

Leia mais

Universidade do Minho, 9 de Abril de 2008.

Universidade do Minho, 9 de Abril de 2008. Divisão Académica despacho RT/C-172/2008 Nos termos do disposto no artigo 4º da Resolução SU-63/07, de 5 de Novembro de 2007, do Senado Universitário da Universidade do Minho que, ao abrigo do disposto

Leia mais

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR B Estrutura curricular e plano de estudos ESTRUTURA CURRICULAR 1. Estabelecimento de ensino: 2. Unidade orgânica (faculdade, escola, instituto, etc.): 3. Curso: 4. Grau ou diploma: 5. Área científica predominante

Leia mais

Despacho/SP/116/2014 Publicação das alterações ao plano de estudos do ciclo de estudos conducente ao grau de Licenciado em Turismo

Despacho/SP/116/2014 Publicação das alterações ao plano de estudos do ciclo de estudos conducente ao grau de Licenciado em Turismo Página 1 de 5 Despacho/SP/116/2014 Publicação das alterações ao plano de estudos do ciclo de estudos conducente ao grau de Licenciado em Turismo De acordo com o disposto nos artigos 75.º e seguintes do

Leia mais

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR Estrutura curricular 1. Estabelecimento de ensino: 2. Unidade orgânica (faculdade, escola, instituto, etc.): Faculdade

Leia mais

6. Número de créditos, segundo o sistema europeu de transferência de créditos, necessário à obtenção do grau ou 240 diploma: 4 ANOS

6. Número de créditos, segundo o sistema europeu de transferência de créditos, necessário à obtenção do grau ou 240 diploma: 4 ANOS 1. Estabelecimento de ensino: UNIVERSIDADE DO PORTO 2. Unidade orgânica (faculdade, escola, instituto, etc.): FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DO PORTO 3. Curso: DIREITO 4. Grau ou diploma: LICENCIATURA

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM NUTRIÇÃO

MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM NUTRIÇÃO MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM PRIMEIRO PERÍODO / 1 O ANO CIÊNCIAS SOCIAIS, HUMANAS E CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Sociologia, Antropologia e Filosofia 2-40 Iniciação à Pesquisa em Nutrição 2-40 Leitura

Leia mais

16050 Diário da República, 2.ª série N.º 77 21 de Abril de 2009

16050 Diário da República, 2.ª série N.º 77 21 de Abril de 2009 16050 Diário da República, 2.ª série N.º 77 21 de Abril de 2009 Unidades curriculares Área Tipo científica Obs Diagnóstico Molecular.................. BT Semestral 140 T: 15 TP: 5 PL: 5 S: 5 OT: 5 O: 5

Leia mais

FACULDADES INTA CURSOS DE GRADUAÇÃO EQUIVALÊNCIAS INTERCURSOS

FACULDADES INTA CURSOS DE GRADUAÇÃO EQUIVALÊNCIAS INTERCURSOS 1 FACULDADES INTA CURSOS DE GRADUAÇÃO EQUIVALÊNCIAS INTERCURSOS 2 CURSO DISCIPLINA SEM. H/A EQUIVALÊNCIAS TODOS. Antropologia Teológica. - 30h Equivalência para todos os Cursos. TODOS. Português Instrumental.

Leia mais

Universidade do Algarve. Faculdade de Ciências do Mar e do Ambiente

Universidade do Algarve. Faculdade de Ciências do Mar e do Ambiente Universidade do Algarve Faculdade de Ciências do Mar e do Ambiente Licenciatura (1º Ciclo) em Engenharia do Ambiente: Duração: 3 anos Grau: Licenciatura Directores de Curso: Prof.ª Doutora Maria João Bebianno

Leia mais

Programa dos cursos em Química

Programa dos cursos em Química Programa dos cursos em Química Primeiro ciclo Licenciatura em Química 1º ano /1º semestre QUADRO N.º 4 Química Geral I QUI S 162 T: 45; TP: 30 6 Matemática I MAT S 162 T: 45; TP: 30 6 Física Geral I FIS

Leia mais

1.2. Ramo de especialização: Automação Industrial Créditos (ECTS)

1.2. Ramo de especialização: Automação Industrial Créditos (ECTS) 1. Áreas científicas e créditos para a obtenção do grau: 1.1. Ramo de especialização: Eletrónica e Instrumentação Área Científica Sigla (ECTS) Obrigatórios Optativos (1) Matemática Mat 36 0 Física Fis

Leia mais

Matriz Curricular Atual

Matriz Curricular Atual Faculdades INTA Centro de Ciências da Saúde Curso de Nutrição Matriz Curricular Atual (Em vigor desde Janeiro de 2012) NIVELAMENTO Nº 0 Português Instrumental 45-45 03-1º SEMESTRE 1. Anatomia Humana I

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE SAÚDE DO ALTO AVE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA. 1º Ano /1º Semestre QUADRO N.º 1 ÁREA CIENTÍFIC TIPO UNIDADES CURRICULARES

INSTITUTO SUPERIOR DE SAÚDE DO ALTO AVE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA. 1º Ano /1º Semestre QUADRO N.º 1 ÁREA CIENTÍFIC TIPO UNIDADES CURRICULARES 1º Ano /1º Semestre QUADRO N.º 1 Anatomofisiologia I Psicologia I Introdução à Profissão I Antropologia Social Opçao1: Língua Gestual ou Língua Estrangeira ou Higiene e segurança no trabalho Estudos do

Leia mais

A Cardiopneumologia é a Ciência que estuda a função (fisiologia) e estrutura sistemas cardíaco, vascular e respiratório.

A Cardiopneumologia é a Ciência que estuda a função (fisiologia) e estrutura sistemas cardíaco, vascular e respiratório. Licenciatura Cardiopneumologia Descrição A Cardiopneumologia é a Ciência que estuda a função (fisiologia) e estrutura sistemas cardíaco, vascular e respiratório. O Cardiopneumologista é o profissional

Leia mais

Universidade Lusófona

Universidade Lusófona Universidade Lusófona Licenciatura (1º Ciclo) em Ciências da Engenharia - Engenharia do Ambiente: Duração: 3 anos Grau: Licenciatura Director: Prof. Doutor José d'assunção Teixeira Trigo Objectivos: Formação

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA 30-30 02

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA 30-30 02 MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA 1º SEMESTRE 1. Anatomia Humana 30 30 60 04-2. Bioestatística Geral 30-30 02-3. Bioética 30-30 02-4. Biofísica 60-60 04-5. Citologia, Histologia e Embriologia

Leia mais

CURSO: MEDICINA 1º PERÍODO Nº DE AULAS SEMANAIS AULAS. Anatomia Sistêmica e Aplicada I 04 06 200 166. Histologia 03 03 120 100

CURSO: MEDICINA 1º PERÍODO Nº DE AULAS SEMANAIS AULAS. Anatomia Sistêmica e Aplicada I 04 06 200 166. Histologia 03 03 120 100 CURSO: MEDICINA 1º PERÍODO Anatomia Sistêmica e Aplicada I 04 06 200 166 Histologia 03 03 120 100 Biologia Celular 03-60 50 Bioquímica Celular 04-80 66 Embriologia Aplicada 01 02 60 50 Iniciação á Prática

Leia mais

FLUXOGRAMA DO CURSO DE ENFERMAGEM DAS FACULDADES INTA

FLUXOGRAMA DO CURSO DE ENFERMAGEM DAS FACULDADES INTA FLUXOGRAMA DO CURSO DE ENFERMAGEM DAS FACULDADES INTA 1º SEMESTRE 1. Anatomia Humana 90 60 30 06 2. Biologia (Citologia/Genética) 60 45 15 04 3. Educação em Saúde 30 20 10 02 4. Introdução a Enfermagem

Leia mais

3784 Diário da República, 2.ª série N.º 17 26 de Janeiro de 2010

3784 Diário da República, 2.ª série N.º 17 26 de Janeiro de 2010 3784 Diário da República, 2.ª série N.º 17 26 de Janeiro de 2010 Regulamento n.º 59/2010 A Universidade Nova de Lisboa (UNL), através da Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT-UNL), ao abrigo dos artigos

Leia mais

DISCIPLINAS CHP CHS CHST CHSP

DISCIPLINAS CHP CHS CHST CHSP MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA (Bacharelado) Aplicada aos Ingressantes a partir de 2011/1 Turnos Integral Matutino/Vespertino e Integral Vespertino/Noturno 1 o Período BIOLOGIA CELULAR

Leia mais

Instituto Politécnico de Castelo Branco Escola Superior Agrária Licenciatura em Engenharia Biológica e Alimentar

Instituto Politécnico de Castelo Branco Escola Superior Agrária Licenciatura em Engenharia Biológica e Alimentar Instituto Politécnico de Castelo Branco Escola Superior Agrária Licenciatura em Engenharia Biológica e Alimentar http://www.ipcb.pt/esa/index.php/eng-biologica-e-alimentar Objectivos Os licenciados em

Leia mais

C.H. Sema nal. 01 Seminário de Introdução ao Curso 1h 15-15 - 02 Anatomia 6h 60 30 90 - 03 Biologia Celular e Molecular 3h 30 15 45 -

C.H. Sema nal. 01 Seminário de Introdução ao Curso 1h 15-15 - 02 Anatomia 6h 60 30 90 - 03 Biologia Celular e Molecular 3h 30 15 45 - 1) MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM NUTRIÇÃO Nº 1º SEMESTRE DISCIPLINA(S) ( BLOCO I ) 01 Seminário de Introdução ao Curso 1h 15-15 - 02 Anatomia 6h 60 30 90-03 Biologia Celular e Molecular 3h 30 15 45-04

Leia mais

Universidade de Aveiro

Universidade de Aveiro Universidade de Aveiro Licenciatura (1º Ciclo) em Engenharia do Ambiente: Duração: 3 anos Grau: Licenciatura Director de Curso: Prof.ª Doutora Ana Isabel Couto Miranda Objectivos: A Licenciatura em Engenharia

Leia mais

PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação

PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação Versão de 31 de Agosto de 2011 APRESENTAÇÃO DO PEDIDO A1. Instituição de ensino

Leia mais

Mestrado em Aeronáutica Militar, na especialidade de Engenharia de Aeródromos

Mestrado em Aeronáutica Militar, na especialidade de Engenharia de Aeródromos Áreas científicas e créditos que devem ser reunidos para a obtenção do grau ou diploma: Obrigatórios Mestrado Optativos Área científica Sigla Ciências Militares Aeronáuticas Ciências Militares CMIL 30

Leia mais

PEDIDO ESPECIAL DE RENOVAÇÃO DA ACREDITAÇÃO DE CICLO DE ESTUDOS NÃO-ALINHADO (PERA) Guião de apresentação do pedido

PEDIDO ESPECIAL DE RENOVAÇÃO DA ACREDITAÇÃO DE CICLO DE ESTUDOS NÃO-ALINHADO (PERA) Guião de apresentação do pedido PEDIDO ESPECIAL DE RENOVAÇÃO DA ACREDITAÇÃO DE CICLO DE ESTUDOS NÃO-ALINHADO (PERA) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação do pedido Versão 1.0 março de 2015 0. Âmbito do guião e síntese

Leia mais

FORMULÁRIO. Mestrado Integrado em Engenharia Metalúrgica e de Materiais

FORMULÁRIO. Mestrado Integrado em Engenharia Metalúrgica e de Materiais FORMULÁRIO 1. Estabelecimento de ensino: 2. Unidade orgânica (faculdade, escola, instituto, etc.): 3. Curso: 4. Grau ou diploma: Mestre 5. Área científica predominante do curso: Engenharia de Materiais.

Leia mais

Estrutura Curricular do Curso de Medicina Habilitação: Bacharel em Medicina Carga Horária: 8220 horas Regime: Semestral Turno de Aplicação: Integral

Estrutura Curricular do Curso de Medicina Habilitação: Bacharel em Medicina Carga Horária: 8220 horas Regime: Semestral Turno de Aplicação: Integral FAHESA - Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína. ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. Av. Filadélfia, 568 Setor Oeste Araguaína TO CEP 77.816-540 Fone:

Leia mais

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR B - Estrutura Curricular e Plano de Estudos 1. Estabelecimento de ensino: Universidade de Coimbra 2. Unidade orgânica (faculdade, escola, instituto, etc.): Faculdade de Ciências e Tecnologia 3. Curso:

Leia mais

PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação

PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação Versão de Setembro de 2013 APRESENTAÇÃO DO PEDIDO A1. Instituição de ensino superior

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE VIANA DO CASTELO

INSTITUTO POLITÉCNICO DE VIANA DO CASTELO INSTITUTO POLITÉCNICO DE VIANA DO STELO Plano de estudos: «Ramo IDOSO» «1º semestre» QUADRO N.º 1 CIENTÍFI (1) (2) (3) () () (6) (7) Nutrição e Dietética 13 T:20;TP:2; O:10 Funcionam em Segurança Alimentar

Leia mais

B ESTRUTURA CURRICULAR E PLANO DE ESTUDOS, APRESENTADOS NOS TERMOS DAS NORMAS TÉCNICAS APROVADAS PELO DESPACHO Nº 10543/2005 (2ª SÉRIE), DE 11 DE MAIO

B ESTRUTURA CURRICULAR E PLANO DE ESTUDOS, APRESENTADOS NOS TERMOS DAS NORMAS TÉCNICAS APROVADAS PELO DESPACHO Nº 10543/2005 (2ª SÉRIE), DE 11 DE MAIO B ESTRUTURA CURRICULAR E PLANO DE ESTUDOS, APRESENTADOS NOS TERMOS DAS NORMAS TÉCNICAS APROVADAS PELO DESPACHO Nº 10543/2005 (2ª SÉRIE), DE 11 DE MAIO 1. Estabelecimento de ensino: 2. Unidade orgânica

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 02/2011 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO Aprova a estrutura curricular do Curso de Nutrição, na modalidade bacharelado,

Leia mais

1º SEMESTRE 30 30-02 2º SEMESTRE CARGA HORÁRIA TOTAL TEORIA PRÁTICA

1º SEMESTRE 30 30-02 2º SEMESTRE CARGA HORÁRIA TOTAL TEORIA PRÁTICA 1º SEMESTRE Introdução a 90 60 30 06 Anatomia Humana 90 60 30 06 Biologia Celular e Molecular Embriologia e Histologia Humana Antropologia da Saúde Educação em Saúde Relações Étnico-Raciais Metodologia

Leia mais

Regulamento do Curso de. Mestrado Integrado em Engenharia Informática

Regulamento do Curso de. Mestrado Integrado em Engenharia Informática Regulamento do Curso de Mestrado Integrado em Engenharia Informática (Ciclo integrado de estudos superiores) (Registado na DGES através do n.º R/A-Cr 21/2013) Artigo 1.º Regulamento geral aplicável O Curso

Leia mais

COORDENADOR Prof. Doutor Armando Vilas-Boas

COORDENADOR Prof. Doutor Armando Vilas-Boas COORDENADOR Prof. Doutor Armando Vilas-Boas CANDIDATURAS 1ª Fase: A partir de 1 de Abril a 1 de Agosto 2ª Fase: De 2 de Agosto a 31 de Outubro REQUISITOS/ ACESSOS Ser titular do grau de licenciado ou equivalente

Leia mais

IHMT-UNL INSTITUTO DE HIGIENE E MEDICINA TROPICAL UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA MESTRADO. Epidemiologia. www.ihmt.unl.pt

IHMT-UNL INSTITUTO DE HIGIENE E MEDICINA TROPICAL UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA MESTRADO. Epidemiologia. www.ihmt.unl.pt IHMT-UNL INSTITUTO DE HIGIENE E MEDICINA TROPICAL UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA MESTRADO Epidemiologia www.ihmt.unl.pt Prof. Doutora Inês Fronteira Coordenadora do Mestrado em Epidemiologia MENSAGEM DA COORDENADORA

Leia mais

PRÉ REQUISITOS* DA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM. 1º Semestre Pré requisito. Estar regularmente matriculado no curso de bacharelado em

PRÉ REQUISITOS* DA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM. 1º Semestre Pré requisito. Estar regularmente matriculado no curso de bacharelado em PRÉ REQUISITOS* DA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM 1º Semestre Pré requisito bacharelado em Metodologia da Pesquisa aplicada à Saúde Embriologia Humana Biologia Celular Psicologia Sociologia Produção

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO Edital Nº 7/205 ANEXO II QUADRO DE VAGAS (RETIFICADO) CAMPUS SIGLA ÁREA PERFIL TOTAL ARRAIAL DO CABO DUQUE DE CAXIAS CAC Geografia Análise Instrumental Biologia Geral/ Bioquímica / Processos Bioquímicos

Leia mais

PARTE I. Diário da República, 2.ª série N.º 214 6 de novembro de 2012 36465 FREGUESIA DE SOALHEIRA

PARTE I. Diário da República, 2.ª série N.º 214 6 de novembro de 2012 36465 FREGUESIA DE SOALHEIRA Diário da República, 2.ª série N.º 214 6 de novembro de 2012 36465 FREGUESIA DE SOALHEIRA Declaração de retificação n.º 1430/2012 Retifica o aviso n.º 13912/2012, publicado no Diário da República, 2.ª

Leia mais

Guião para a autoavaliação. Ciclo de estudos em funcionamento. (Ensino Universitário e Politécnico)

Guião para a autoavaliação. Ciclo de estudos em funcionamento. (Ensino Universitário e Politécnico) Guião para a autoavaliação Ciclo de estudos em funcionamento (Ensino Universitário e Politécnico) Guião ACEF 2014/2015 PT (Revisão aprovada em 26.03.2014) Caracterização do pedido A1. Instituição de ensino

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DO 51º CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA

PLANO DE ESTUDOS DO 51º CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA PLANO DE ESTUDOS DO 51º CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA Janeiro de 2012 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DESTINATÁRIOS... 4 3. FINALIDADE... 4 4. OBJECTIVOS GERAIS... 4 5. PLANO CURRICULAR... 5 6.

Leia mais

PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação

PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação Versão de Abril de 2014 APRESENTAÇÃO DO PEDIDO A1. Instituição de ensino superior

Leia mais

HORÁRIOS DE AULAS DO CURSO DE TECNOLOGIA DE GESTAÕ EM RECURSOS HUMANOS 1º PERÍODO. Rotinas Trabalhistas e. previdenciáris. Rotinas Trabalhistas e

HORÁRIOS DE AULAS DO CURSO DE TECNOLOGIA DE GESTAÕ EM RECURSOS HUMANOS 1º PERÍODO. Rotinas Trabalhistas e. previdenciáris. Rotinas Trabalhistas e REFERÊNCIA : SEMESTRE: 1º ANO LETIVO : 2014 HORÁRIOS DE AULAS DO CURSO DE TECNOLOGIA DE GESTAÕ EM RECURSOS HUMANOS 19:00 /19:50 Teoria da Administração Teoria da Liderança Administração 19:50 / 20:40 Liderança

Leia mais

ALGUNS CRITÉRIOS PARA DEPENDÊNCIA/ ADAPTAÇÃO 1º SEMESTRE DE 2013. Unidades de Ensino ofertadas em Dependência

ALGUNS CRITÉRIOS PARA DEPENDÊNCIA/ ADAPTAÇÃO 1º SEMESTRE DE 2013. Unidades de Ensino ofertadas em Dependência ALGUNS CRITÉRIOS PARA DEPENDÊNCIA/ ADAPTAÇÃO 1º SEMESTRE DE 2013 Pode progredir para o período seguinte o aluno aprovado em todas as unidades de ensino ou que possuir até 4 (quatro) dependências. Aluno

Leia mais

FACULDADE SANTA RITA

FACULDADE SANTA RITA FACULDADE SANTA RITA CURSO DE ENGENHARIA CIVIL BACHARELADO Matriz Curricular 1º SEMESTRE Introdução à Engenharia Geometria Analítica e Álgebra Linear 04 80 Cálculo I 04 80 Tópicos de Economia para Engenharia

Leia mais

LICENCIATURA EM ECOLOGIA E PAISAGISMO. Normas Regulamentares

LICENCIATURA EM ECOLOGIA E PAISAGISMO. Normas Regulamentares LICENCIATURA EM ECOLOGIA E PAISAGISMO Normas Regulamentares As presentes normas visam dar cumprimento ao artigo 14º do Decreto-Lei nº 74/2006, de 24 de Março. Diversa informação relativa a matérias aqui

Leia mais

Bacharelado em Medicina Veterinária

Bacharelado em Medicina Veterinária Bacharelado em Medicina Veterinária INFORMAÇÕES Duração do Curso: 05 anos (10 semestres) Horário: Manhã Número de Vagas: 100 anuais Coordenador: Profº Dr. Carlos Tadeu Bandeira de Lavor O CURSO O Curso

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE - UNICENTRO Setor de Ciências Agrárias e Ambientais Unidade Universitária de Irati CURRÍCULO PLENO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE - UNICENTRO Setor de Ciências Agrárias e Ambientais Unidade Universitária de Irati CURRÍCULO PLENO CURSO: ENGENHARIA AMBIENTAL (540/I Integral 02 e SEM_02) (Para alunos ingressos entre 2006 a 2008) CÓD. D. DEPTOS. DISCIPLINAS 1º 2º 3º 4º 1ª 2ª 3ª 4ª 5ª 6ª 7ª 8ª C/H 0872/I DEMAT/I Cálculo I 3 51 0873/I

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 81/2010 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Altera a Resolução nº. 46/2009 do CONSEPE, que aprova o Projeto Pedagógico do

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 012/2007 CONSUNIV

RESOLUÇÃO Nº 012/2007 CONSUNIV RESOLUÇÃO Nº 012/2007 CONSUNIV Fixa o currículo do Curso de Graduação em Medicina, na modalidade Bacharelado, da Universidade do Estado do Amazonas. A REITORA DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS e PRESIDENTE

Leia mais

a) ÁREA DE CONHECIMENTO BÁSICO: História do Pensamento Econômico/História Econômica.

a) ÁREA DE CONHECIMENTO BÁSICO: História do Pensamento Econômico/História Econômica. Campus Governador Valadares Concurso 106: Departamento de Economia Proc. nº 23071.009825/2013-25 Vaga(s): 01(uma) Classe A: Professor Assistente A a) ÁREA DE CONHECIMENTO BÁSICO: Econometria. DAS PROVAS:

Leia mais

ENGENHARIA AMBIENTAL. COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br

ENGENHARIA AMBIENTAL. COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br ENGENHARIA AMBIENTAL COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br 180 Currículos dos Cursos do CCE UFV Currículo do Curso de Engenharia Engenheiro ATUAÇÃO O curso de Engenharia da UFV habilita o futuro profissional

Leia mais

Currículos dos Cursos do CCB UFV CIÊNCIAS BIOLÓGICAS. COORDENADOR DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Marco Aurélio Pedron e Silva pedron@mail.ufv.

Currículos dos Cursos do CCB UFV CIÊNCIAS BIOLÓGICAS. COORDENADOR DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Marco Aurélio Pedron e Silva pedron@mail.ufv. 88 Currículos dos Cursos do CCB UFV CIÊNCIAS BIOLÓGICAS COORDENADOR DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Marco Aurélio Pedron e Silva pedron@mail.ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2002 89 Bacharelado e Licenciatura

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR. Patologia Clínica Veterinária

MATRIZ CURRICULAR. Patologia Clínica Veterinária MATRIZ CURRICULAR No Quadro II está apresentada a estrutura curricular do Curso de Medicina Veterinária da FATENE, distribuída de acordo com os conteúdos essenciais profissionais, definidos pelo Parecer

Leia mais

CURSO DE BACHARELADO EM NUTRIÇÃO-FORMAÇÃO NUTRICIONISTA

CURSO DE BACHARELADO EM NUTRIÇÃO-FORMAÇÃO NUTRICIONISTA CURSO DE BACHARELADO EM NUTRIÇÃO-FORMAÇÃO NUTRICIONISTA Coordenaçăo: Profª. MS. Mara Rosana dos Santos E-mail: nutricao@immes.com.br Telefone (96)3223-4244 ramal: 211 Ser Nutricionista É atuar em todas

Leia mais

FLUXOGRAMA DO CURSO DE BACHARELADO EM MEDICINA VETERINÁRIA 2011.2

FLUXOGRAMA DO CURSO DE BACHARELADO EM MEDICINA VETERINÁRIA 2011.2 FLUXOGRAMA DO CURSO DE BACHARELADO EM MEDICINA VETERINÁRIA 2011.2 1 SEMESTRE DISCIPLINA TEORICA PRÁTICA C/H CR 1. Ecologia e Manejo Ambiental 60-60 04 2. Informática Básica 30-30 02 3. Sociologia Rural

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : MEDICINA VETERINÁRIA. CRÉDITOS Obrigatórios: 249 Optativos: 12.

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : MEDICINA VETERINÁRIA. CRÉDITOS Obrigatórios: 249 Optativos: 12. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:10:25 Curso : MEDICINA

Leia mais

4928-(5) c) Os n. os 3.1 e 3.2 do anexo III.B (mestrados); d) O n.º 1 do anexo III.C (ciclo de estudos integrado conducente ao grau de mestre).

4928-(5) c) Os n. os 3.1 e 3.2 do anexo III.B (mestrados); d) O n.º 1 do anexo III.C (ciclo de estudos integrado conducente ao grau de mestre). N.º 65 31 de Março de 2006 DIÁRIO DA REPÚBLICA II SÉRIE 4928-(5) Despacho n. o 7287-B/2006 (2. a série). O regime jurídico dos graus académicos e diplomas do ensino superior prevê que os estabelecimentos

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO Edital Nº 7/205 ANEXO II QUADRO DE VAGAS CAMPUS SIGLA ÁREA PERFIL TOTAL ARRAIAL DO CABO CAC Geografia Licenciatura em Geografia. Análise Instrumental Química Industrial ou Engenharia Química ou Farmácia

Leia mais

47720 Diário da República, 2.ª série N.º 233 6 de Dezembro de 2011

47720 Diário da República, 2.ª série N.º 233 6 de Dezembro de 2011 47720 Diário da República, 2.ª série N.º 233 6 de Dezembro de 2011 UNIVERSIDADE DA MADEIRA Aviso (extracto) n.º 23548/2011 Nos termos do disposto no n.º 6 do artigo 12.º da Lei n.º 12 -A/2008, de 27 de

Leia mais

FABIO Faculdade de Biociências

FABIO Faculdade de Biociências FABIO Faculdade de Biociências Secretaria: Prédio 12 - Bloco A - sala 204 Fone: 33.20.35.45 E-mail: biociencias@pucrs.br www.pucrs.br/fabio Departamentos: Ciências Morfológicas n.º 311 Ciências Fisiológicas

Leia mais

Resenha Histórica: O início do ensino farmacêutico na Universidade de Coimbra remonta aos finais do séc. XVI. Finais do séc. XVI: Curso prático de

Resenha Histórica: O início do ensino farmacêutico na Universidade de Coimbra remonta aos finais do séc. XVI. Finais do séc. XVI: Curso prático de Resenha Histórica: O início do ensino farmacêutico na Universidade de Coimbra remonta aos finais do séc. XVI. Finais do séc. XVI: Curso prático de boticários na Universidade de Coimbra. 1772: Reforma da

Leia mais

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS. COORDENADORA Mara Garcia Tavares mtavares@ufv.br

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS. COORDENADORA Mara Garcia Tavares mtavares@ufv.br CIÊNCIAS BIOLÓGICAS COORDENADORA Mara Garcia Tavares mtavares@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2009 117 Bacharelado ATUAÇÃO O Bacharelado em Ciências Biológicas tem como objetivo principal formar e capacitar

Leia mais

MESTRADO EM MARKETING E COMUNICAÇÃO

MESTRADO EM MARKETING E COMUNICAÇÃO MESTRADO EM MARKETING E COMUNICAÇÃO 1. Estabelecimento de ensino: INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA 2. Unidade orgânica (faculdade, escola, instituto, etc.): ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO de COIMBRA e ESCOLA

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE SELEÇÃO PÚBLICA S/C LTDA

SERVIÇO NACIONAL DE SELEÇÃO PÚBLICA S/C LTDA CURSO DIREITO PRIMEIRO SEMESTRE HISTÓRIA DO DIREITO B E A C E B A D C C LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO A E D E C A D D A B PSICOLOGIA GERAL B E D C C C A E D B PORTUGUÊS JURÍDICO A D A C B B C C D B SOCIOLOGIA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO UNIVERSITÁRIO NORTE DO ESPÍRITO SANTO Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO UNIVERSITÁRIO NORTE DO ESPÍRITO SANTO Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas ORGANIZAÇÃO DO CURSO O curso de Licenciatura em Ciências Biológicas será desenvolvido por meio do ensino presencial, com as seguintes características: Regime escolar: Tempo de Duração: Turno de Funcionamento:

Leia mais

Universidade Estadual da Paraíba UEPB Campus I Curso de Graduação em Serviço Social COMPOSIÇÃO CURRICULAR de Anual para Semestral

Universidade Estadual da Paraíba UEPB Campus I Curso de Graduação em Serviço Social COMPOSIÇÃO CURRICULAR de Anual para Semestral TURNO DIURNO I - SEMESTRE Psicologia Aplicada ao Servico Social I 60 Economia Politica I 60 Metodologia Cientifica 60 Filosofia I 60 Teoria Sociologica I 60 Fundam.Historico-teorico-metod.do Serv.Soc.I

Leia mais

Listagem de UC por curso. Escola Superior de Tecnologia e Gestão

Listagem de UC por curso. Escola Superior de Tecnologia e Gestão Listagem de UC por curso Semestre * 2013-14 Escola Superior de Tecnologia e Gestão Administração Pública Direito Administrativo Contabilidade Financeira Introdução aos Estudos das Organizações Fundamentos

Leia mais

Diário da República, 2.ª série N.º 62 30 de março de 2015 7769 INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA INSTITUTO POLITÉCNICO DO CÁVADO E DO AVE

Diário da República, 2.ª série N.º 62 30 de março de 2015 7769 INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA INSTITUTO POLITÉCNICO DO CÁVADO E DO AVE Diário da República, 2.ª série N.º 62 30 de março de 2015 7769 Doutor Bruno Filipe Rama Travassos, Professor Auxiliar da Universidade da Beira Interior; Doutor Victor Manuel de Oliveira Maças, Professor

Leia mais

C T A : T A B E L A D E E Q U I V A L Ê N C I A S

C T A : T A B E L A D E E Q U I V A L Ê N C I A S C T A : T A B E L A D E E Q U I V A L Ê N C I A S Ciência e Tecnologia Animal (3 anos) 1º ano/1º semestre Matemática Matemática I ou Matemática I ou Biologia celular Biologia celular ou Biologia I ou Histologia

Leia mais

FESURV-UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CONCURSO PÚBLICO PARA CARGOS DE PROFESSOR (NÍVEL ADJUNTO I) - EDITAL N. 001/2014

FESURV-UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CONCURSO PÚBLICO PARA CARGOS DE PROFESSOR (NÍVEL ADJUNTO I) - EDITAL N. 001/2014 FESURV-UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CONCURSO PÚBLICO PARA CARGOS DE PROFESSOR (NÍVEL ADJUNTO I) - EDITAL N. 0/24 ANEXO I QUADRO GERAL DE S E 1. Faculdade de Administração 1.1 Administração Administração ou

Leia mais

III Integralização Curricular do Curso de Engenharia de Produção

III Integralização Curricular do Curso de Engenharia de Produção III Integralização Curricular do Curso de Engenharia de Produção 1º SEMESTRE Carga Horária PRÉ-REQUISITO 1. Álgebra e Geometria Analítica 60-60 04-2. Antropologia Teológica 45-30 02-3. Cálculo Diferencial

Leia mais

Av. Francisco Samuel Lucchesi Filho, 770 Penha / Bragança Paulista - SP CEP: 12.929-600 Fone/Fax: (11) 4035 7800 / e-mail: faculdade@fesb.edu.

Av. Francisco Samuel Lucchesi Filho, 770 Penha / Bragança Paulista - SP CEP: 12.929-600 Fone/Fax: (11) 4035 7800 / e-mail: faculdade@fesb.edu. MATRIZ CURRICULAR SESTRAL DO CURSO DE NUTRIÇÃO 1º SESTRE CIÊNCIAS SOCIAIS, HUMANAS E ECONÔMICAS Biologia (Genética/Citologia/Evolução) 04 68 Microbiologia e Imunologia 02 34 Anatomia Humana 04 68 Histologia

Leia mais

Em seguida, prestam-se breves esclarecimentos sobre algumas questões frequentes sobre o acordo mencionado acima:

Em seguida, prestam-se breves esclarecimentos sobre algumas questões frequentes sobre o acordo mencionado acima: Acordo Ibérico entre Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (CESPU) e Universidade Alfonso X El Sabio de Madrid permite o ingresso de alunos licenciados em Ciências Biomédicas pela

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação 2011 197 ENGENHARIA AMBIENTAL. COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br

UFV Catálogo de Graduação 2011 197 ENGENHARIA AMBIENTAL. COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2011 197 ENGENHARIA AMBIENTAL COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br 198 Currículos dos Cursos do CCE UFV Engenheiro Ambiental ATUAÇÃO O curso de Engenharia Ambiental da UFV

Leia mais

DISCIPLINA. Anatomia Descritiva Animais Domésticos I 40 40 80 Citologia 30 10 40

DISCIPLINA. Anatomia Descritiva Animais Domésticos I 40 40 80 Citologia 30 10 40 1º ANO 1º SEMESTRE Anatomia Descritiva Animais Domésticos I Citologia Bioquímica I Conservação dos Recursos Naturais Genética Animal Básica Microbiologia Veterinária I Bioestatística aplicada a Medicina

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM PROCESSOS QUÍMICOS E BIOLÓGICOS. (edição 2010-2012)

EDITAL MESTRADO EM PROCESSOS QUÍMICOS E BIOLÓGICOS. (edição 2010-2012) EDITAL MESTRADO EM PROCESSOS QUÍMICOS E BIOLÓGICOS (edição 2010-2012) Nos termos do Decreto-Lei nº 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto-Lei nº 74/2006, de 24 de Março, com as alterações introduzidas

Leia mais

ANEXO 1 PERFIS DE PROFESSOR

ANEXO 1 PERFIS DE PROFESSOR ANEXO 1 PERFIS DE PROFESSOR EDITAL 162/2013 Curso Sem. Disciplina Perfil do Docente Administração 1º Teoria Geral da Administração Administração 1º Empreendedorismo Administração 1º Sociologia das Organizações

Leia mais

Matriz Curricular Bacharelado em Farmácia

Matriz Curricular Bacharelado em Farmácia Matriz Curricular Bacharelado em Farmácia Semestre 1 01 Introdução às Ciências Farmacêuticas 30 30-2 - 02 Anatomia 75 30 45 5-03 Biologia Celular e Molecular 60 30 30 4-04 Química Geral e Inorgânica 75

Leia mais

Suplemento ao Diploma

Suplemento ao Diploma Suplemento ao Diploma 1. INFORMAÇÃO SOBRE O TITULAR DA QUALIFICAÇÃO 1.1 Apelido(s): XXXXXXx 1.2 Nome(s) próprio(s): XXXXXXXXXXXXX O presente Suplemento ao Diploma segue o modelo elaborado pela Comissão

Leia mais

Currículos dos Cursos UFV ENFERMAGEM. COORDENADOR Pedro Paulo do Prado Júnior pedro.prado@ufv.br

Currículos dos Cursos UFV ENFERMAGEM. COORDENADOR Pedro Paulo do Prado Júnior pedro.prado@ufv.br 114 ENFERMAGEM COORDENADOR Pedro Paulo do Prado Júnior pedro.prado@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2013 115 Currículo do Curso de Bacharelado ATUAÇÃO O Curso de Graduação em da UFV apresenta como perfil

Leia mais

Currículos dos Cursos do CCB UFV NUTRIÇÃO. COORDENADOR DO CURSO DE NUTRIÇÃO Gilberto Paixão Rosado gilberto@ufv.br

Currículos dos Cursos do CCB UFV NUTRIÇÃO. COORDENADOR DO CURSO DE NUTRIÇÃO Gilberto Paixão Rosado gilberto@ufv.br 88 NUTRIÇÃO COORDENADOR DO CURSO DE NUTRIÇÃO Gilberto Paixão Rosado gilberto@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2002 89 Bacharelado ATUAÇÃO O Nutricionista é um profissional de saúde, legal e tecnicamente

Leia mais

EXAMES DA ÉPOCA DE RECURSO

EXAMES DA ÉPOCA DE RECURSO Engenharia Informática Último Dia para Álegebra Linear e Geometris Analítica Interacção com o Utilizador Engenharia de Software Arquitectura de Computadores Bases de Dados Introdução à Inteligência Artificial

Leia mais

LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 A D E C A A D C A B INFORMÁTICA 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 A C C C D A A E E D

LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 A D E C A A D C A B INFORMÁTICA 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 A C C C D A A E E D ADMINISTRAÇÃO/ CIÊNCIAS CONTÁBEIS 1º SEMESTRE - MATUTINO LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS A D E C A A D C A B INFORMÁTICA A C C C D A A E E D FILOSOFIA E ÉTICA E D A C A B D E B A MATEMÁTICA D B E E A C C

Leia mais

ACEF/1112/12687 Guião para a auto avaliação

ACEF/1112/12687 Guião para a auto avaliação ACEF/1112/12687 Guião para a auto avaliação Caracterização do ciclo de estudos. A1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: ISPA, Crl A1.a. Descrição da instituição de ensino superior /

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE TRABALHO E EMPREGO FUNDAÇÃO DE EDUCAÇÃO PARA O TRABALHO DE MINAS GERAIS UTRAMIG

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE TRABALHO E EMPREGO FUNDAÇÃO DE EDUCAÇÃO PARA O TRABALHO DE MINAS GERAIS UTRAMIG ANEXO I Com relação ao edital de credenciamento de nº 04/2012, que dispõe sobre o Processo de Credenciamento de Docentes Colaboradores para a Diretoria de Ensino e Pesquisa DEP da Fundação de Educação

Leia mais

Universidade Portucalense. Departamento de Ciências Económicas e Empresariais NORMAS REGULAMENTARES DO 2.º CICLO DE ESTUDOS EM MARKETING

Universidade Portucalense. Departamento de Ciências Económicas e Empresariais NORMAS REGULAMENTARES DO 2.º CICLO DE ESTUDOS EM MARKETING Universidade Portucalense Departamento de Ciências Económicas e Empresariais NORMAS REGULAMENTARES DO 2.º CICLO DE ESTUDOS EM MARKETING APROVADAS NO CONSELHO CIENTÍFICO 9 _2009 DE 23 DE SETEMBRO DE 2009

Leia mais

Missão. Objetivos Específicos

Missão. Objetivos Específicos CURSO: Engenharia Ambiental e Sanitária Missão O Curso de Engenharia Ambiental e Sanitária da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar profissionais com sólida formação técnico científica nas áreas

Leia mais

Proposta Universidade Nova

Proposta Universidade Nova Proposta Universidade Nova Implantar, na rede de universidades públicas brasileiras, um regime curricular de três ciclos, visando à diversificação e racionalização dos modelos de formação profissional

Leia mais

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO Administração de Produção I Administração de Produção II Administração de Recursos Humanos I Administração de Recursos Materiais Administração Financeira e Orçamentária I Administração

Leia mais

Curso de Licenciatura em Ciências Naturais e Matemática. Formação Geral 1º e 2º anos

Curso de Licenciatura em Ciências Naturais e Matemática. Formação Geral 1º e 2º anos Formação Geral 1º e 2º anos DISCIPLINA 1º Semestre Cultura Brasileira História da Educação Inglês I Leitura e Produção de Textos Letramento Digital Matemática Sociedade, Tecnologia e Inovação 2º Semestre

Leia mais

FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA Instituição Adventista Nordeste Brasileira de Educação e Assistência Social CURSO DE ODONTOLOGIA

FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA Instituição Adventista Nordeste Brasileira de Educação e Assistência Social CURSO DE ODONTOLOGIA MATRIZ CURRICULAR - FADBA Período Núcleos Componente curricular Créditos Anatomia geral 1º período Básica Bioquímica Citologia, Histologia e Embriologia Humanas 5 72 18 90 Políticas de Saúde Anatomia e

Leia mais

CURSO DE BIOMEDICINA TURMA 380116

CURSO DE BIOMEDICINA TURMA 380116 CURSO DE BIOMEDICINA TURMA 380116 MATEMÁTICA APLICADA 25/05 14h00 às 15h40 ANATOMIA HUMANA 26/05 14h00 às 15h40 QUÍMICA GERAL & FÍSICO-QUÍMICA 27/05 14h00 às 15h40 Até dia 10/06 BIOMEDICINA, ÉTICA &LEGISLAÇÃO

Leia mais