DATA AÇÕES GERAIS SECRETARIAS ENVOLVIDAS. Seminário estadual da CUT/AL; Capacitação para Diretores da FETAG sobre habitação Rural; (Centro Social)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DATA AÇÕES GERAIS SECRETARIAS ENVOLVIDAS. Seminário estadual da CUT/AL; Capacitação para Diretores da FETAG sobre habitação Rural; (Centro Social)"

Transcrição

1 PLANO DE AÇÃO AÇÕES GERAIS JANEIRO FEVEREIRO DATA AÇÕES GERAIS SECRETARIAS ENVOLVIDAS 24 e 25 Seminário estadual da CUT/AL; Todas 25 a 27 Plenária para Grito dos Assalariados; (CONTAG); e 09 Capacitação para Diretores da FETAG sobre habitação Rural; (Centro Social) Coletivo de Mulheres; (Centro Social) 16 Reunião com Coordenadores dos Pólos; (Centro Social) Comunicação, Secretaria Geral,, Mulheres, Comunicação,, Jovens, Assalariados, Políticas Sociais, Terceira idade, Política Agrícola, e Meio Ambiente. Secretaria Geral, Comunicação, Mulheres, Jovens e Terceira Idade. Todas 17 Reunião da Equipe pedagógica da ENFOC; (Centro Social) 28 e 29 Reunião do Conselho Deliberativo; (Centro Social) Política Agrícola, Mulheres, Jovens, Comunicação,,, Todas MARÇO 06 e 07 Seminário com STTR s cadastro do segurado especial; (centro Social) Mulheres, Comunicação, Jovens,, Organização e Formação, Terceira Idade,

2 ABRIL 07 Capacitação sobre Habitação Rural para os Sindicatos. (Centro Social) a a a 20 Dia Internacional da Mulher; (rua) Oficina da ENFOC Estadual; (Centro Social) Reunião com os sindicatos da Zona Canavieira sobre Habitação Rural; (centro social) Encontro Estadual sobre Desenvolvimento Territorial; (Centro Social) Grito da Terra Brasil; (Brasília) Primeiro Modulo da ENFOC; (centro social) Mulheres, Comunicação,, Jovens, Assalariados, Políticas Sociais, Terceira idade. Secretaria Geral, Comunicação, Mulheres, Jovens e Terceira Idade. Política Agrícola, Mulheres, Jovens, Comunicação,,, Mulheres, Comunicação,, Jovens, Assalariados, Políticas Sociais, Terceira idade, Política Agrícola, e Meio Ambiente., Jovens, Mulheres, Terceira Idade, Comunicação, Política Agrícola, e Meio Ambiente. Secretaria Geral, Comunicação, Finanças, Presidência Política Agrícola, Mulheres, Jovens, Comunicação,,, MAIO 09 a 11 Segunda Oficina da ENFOC Estadual; (Centro Social) Política Agrícola, Mulheres, Jovens, Comunicação,,

3 JUNHO 18 a JULHO 18 a e 08 AGOSTO 15 Plenária Estadual de Mulheres; Centro Social) Segundo Modulo da ENFOC; (Centro Social) Seminário para discutir documento base para Plenária Nacional de Mulheres; (Pólos) Terceira Oficina da ENFOC; (Centro Social) Capacitação sobre legislação Previdenciária; (centro Social) 2º Seminário para discutir o documento base da plenária Nacional de Mulheres; (Pólos), Secretaria Geral, Comunicação, Mulheres, Jovens e Terceira Idade. Política Agrícola, Mulheres, Jovens, Comunicação,,, Secretaria Geral, Comunicação, Mulheres, Jovens e Terceira Idade. Política Agrícola, Mulheres, Jovens, Comunicação,,, Mulheres, Comunicação, Jovens,, Organização e Formação, Assalariados e Políticas Sociais. Secretaria Geral, Comunicação, Mulheres, Jovens e Terceira Idade SETEMBRO 20 a Terceiro modulo da ENFOC; (centro Social) Terceiro Seminário para discutir o documento base da Plenária Nacional de Mulheres; (Pólos) Seminário Estadual para debater sobre a Saúde do trabalhador. Política Agrícola, Mulheres, Jovens, Comunicação,,, Secretaria Geral, Comunicação, Mulheres, Jovens e Terceira Idade. Mulheres, Comunicação,,

4 OUTUBRO / SEM ATIVIDADE PROGRAMADA NOVEMBRO / SEM ATIVIDADE PROGRAMADA DEZEMBRO / SEM ATIVIDADE PROGRAMADA PLANO DE AÇÃO AÇÕES ESPECÍFICAS FEVEREIRO DATA AÇÕES GERAIS SECRETARIAS ENVOLVIDAS 23 Reunião ITERAL, sobre PNCF, (SEDE ITERAL) Sec. Jovens 24 Reunião com Gerente executivo do INSS/FETAG e STTR s do Pólo Litoral Norte (Sede do INSS) Pol. Sociais 25 a 27 Reunião preparatória para Assalariados. Assalariados 31 Capacitação de DAP s Pólo Litoral sul, (Laboratório informática) Política Agrícola 07 e 08 Encontro de avaliação da CCT 2011/2012. Assalariados Seminário estadual sobre controle social de DAP; (centro social) Política Agrícola

5 08 Criação do coletivo de política Agrária e meio Ambiente. (Centro Social) 08 e 09 Reunião do Coletivo Estadual de Mulheres (Centro Social) Secretaria de Mulheres DT a definir Criação dos Bancos Comunitários de Sementes. (nos assentamentos). MARÇO // Entrega de certificados 02 Pólo Bacia Leiteira 03 Pólo Alto Sertão 07 Pólo Vale do Paraíba 08 Pólo Litoral Norte 09 Pólo Médio Sertão 14 Pólo Litoral Sul 15 Pólo Vale do Mundaú 23 Pólo Agreste 24 Pólo Xucurus 06 - Promover audiências junto a PRT/AL sobre a categoria dos tiradores do côco. Sec. Jovens Assalariados 06 e 07 Reunião da Comissão Estadual de jovens. (Centro Social) Capacitação do Coletivo de Política Agrícola; (Centro Social) Política Agrícola 13 Capacitação dos diretores Sindicais em formas de obtenção de terras e legislação ambiental. (pólos) 14 Reunião do Coletivo Estadual da Terceira Idade, com a participação dos delegados eleitos na Plenária Estadual da Terceira Idade. Terceira Idade

6 21 e 22 Seminário de Organização Sindical (Pólo- Santana do Ipanema); 22 Reunião do Coletivo Estadual de Políticas Sociais; (Centro Social); Políticas Sociais 26 a 30 Oficina Projeto Jovem Cidadão Turma AGRA (Centro Social) 29 e 30 Seminário de (Pólo Xucurus) ABRIL e e 11 Reunião do Coletivo de ; (centro Social) Reunião do Coletivo de Mulheres; (centro Social) Realizar um Seminário com dirigentes sindicais do Agreste e Sertão para sensibilização Secretaria Mulheres. Assalariados Encontro de Mulheres e jovens Assentados. (Centro Social) Política Agrícola 11 e 12 Plenária Estadual de Jovens. (centro Social) 23 a 27 Segunda turma do Projeto Jovem Cidadão (Centro Social) 19 e 20 Oficina de capacitação sobre Grupos Produtivos de Mulheres. (Centro Social) Sec. de Mulheres // Implementação do Convenio SEAGRI, Sec. de saúde e FETAG, sobre uso de agrotóxico. Políticas Sociais Reunião do Coletivo de Política Agrícola; (centro social) Política Agrícola 08 a 10 Capacitação com Coletivo Estadual da Terceira Idade sobre o Estatuto do Idoso. Terceira Idade

7 17 e 18 Seminário sobre Eleições sindicais ( Centro Social) 21 a 23 // 21 a a 31 Curso de formação sindical (pólo agreste) Formar Comissões Municipais de Jovens junto com a CEJTTR. Oficina do Projeto Jovem Cidadão (Centro Social) Oficina do Projeto Jovem Cidadão (Centro Social) MAIO 29 e 30 Seminário Estadual sobre educação do Campo Políticas Sociais 30 e 31 Seminário com Secretários Geral com pólos Litoral Norte, litoral sul e Vale do Mundaú e Vale do Paraíba; (centro Social) 01 Oficina do Projeto Jovem Cidadão (Continuação) Avaliação do plano safra 2011/2012; (centro social) Política Agrícola Oficina do Projeto Jovem Cidadão (Centro Social) JUNHO 11 a 15 Plenária Nacional da Juventude. Seminário Estadual da Juventude. 12 Reunião do coletivo de ( centro social) DT a definir Reunião do Coletivo Estadual de Políticas Sociais. Políticas Sociais

8 03 a e 05 Curso de Formação Sindical(pólo alto sertão) Reunião da Comissão Estadual de Jovens. 05 e 06 Reunião com dirigentes da área canavieira, Plenária e Seminário CCT. Assalariados 19 e 20 Reunião do Coletivo Estadual. (Centro Social) Sec. Mulheres 23 a 27 Oficina (IFAL Satuba/Centro Social) ]JULHO 26 e 27 Seminário sobre eleição partidárias (centro Social) AGOSTO 30 e a 03 Oficina do Projeto Jovem Cidadão (Centro Social) Oficina do Projeto Jovem Cidadão (Continuação) 01 e 02 Seminário com Secretários gerais dos Pólos: Agreste, Xucurus, Bacia Leiteira, Médio Sertão e Alto Sertão. (Centro Social) 09 Seminário de Jovens. (pólo Alto Sertão) 16 Reunião do coletivo Estadual (centro Social) Seminário Estadual de divulgação do Plano Safra. (Centro Social) Política Agrícola

9 22 Reunião do Coletivo. (Centro Social) Reunião do Coletivo Estadual de Terceira Idade Avaliação da Plenária Nacional do Idoso. Terceira Idade 27 a 31 Oficina do Projeto Jovem Cidadão (Centro Social) 29 e 30 Oficina de capacitação sobre Grupo Produtivos de Mulheres. (Centro Social) Sec. de Mulheres 04 e a a 13 Reunião da CEJTTR. Curso de Formação Sindical (Pólo Vale do Paraíba) Curso de Formação Sindical (Pólo Vale do Xucurus) SETEMBRO OUTUBRO // Encontro de avaliação das ações do Projeto Jovem Cidadão: 18 Alto Sertão; e a a 25 Bacia Leiteira; Reunião fechamento da CCT e agenda das assembléias. Reunião do Coletivo Estadual. (Centro Social) Curso de formação para jovens (Centro Social) Curso de formação (Pólo Médio Sertão) Assalariados Sec. de Mulheres // Encontro de avaliação das ações do Projeto Jovem Cidadão: 24 Médio Sertão;

10 NOVEMBRO DEZEMBRO 30 Agreste. 31 Encontro Estadual com assentados. (Centro Social) 29 a e a 08 Comemoração dia do Idoso Semana do Idoso (Pólos Sindicais) Comemoração dia do Idoso Semana do Idoso (Pólos Sindicais) Continuação Reunião do Coletivo de Política Agrícola. (centro social) Seminário Estadual sobre saúde da Mulher. (Centro Social) Reunião do Coletivo Estadual Curso de Formação Sindical (Centro Social) // Encontro de avaliação das ações do PJC: 22 Vale do Mundaú. 06 Xucurus; 07 Vale do Paraíba; 14 Litoral Norte; 20 Litoral Sul; 20 a 22 Curso de formação para terceira idade (Centro Social) a 06 Reunião do Coletivo (Centro Social) Avaliação do Planejamento. Curso de Formação para Mulheres (Centro Social) Terceira Idade Terceira Idade Política Agrícola Sec. de Mulheres Políticas Sociais Política Agrícola Sec. de Mulheres 06 Reunião da Comissão Estadual de Jovens.

11 AÇÕES PERMENENTES SECRETARIA Políticas Sociais Políticas Sociais Secretaria de Mulheres Secretaria de Mulheres Secretaria de Assalariados ATIVIDADE Reunião periódica nas APS s com STTR dos Pólos. Reunião dos Conselhos: Previdência, CIST/SEREST/PETI Criação das Comissões de Mulheres nos STTR s que ainda não têm. Seminário de Capacitação para as Mulheres (Agenda Jovem Cidadão) Analise de documentação e capacitação dos grupos de agricultores para os PA s. Visita a assentamentos. Reuniões do Coletivo de e Meio Ambiente Oficinas de estratégias para gerenciamento dos assentamentos. (pólos) Palestra sobre Previdência Social para Assentados. (pólos) Seminário para comercialização dos produtos agrícolas dos Assentamentos. (pólos) Participação nas reuniões do pólo, especialmente agreste e sertão.

12 Secretaria de Assalariados Política Agrícola Conscientizar os sindicatos do agreste e sertão da importância dos assalariados. 09 Reuniões nos Pólos, discussão sobre PENAE, PAA, PRONF/Renegociação das dividas e cooperativismo.

JORNADA DAS MARGARIDAS 2013

JORNADA DAS MARGARIDAS 2013 JORNADA DAS MARGARIDAS 2013 PAUTA INTERNA 1 - ORGANIZAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SINDICAL 1 Assegurar condições de igualdade para homens e mulheres exercerem com autonomia o trabalho sindical nas diversas secretarias

Leia mais

Juventude Rural. Não fique só. Fique sócio. Fique sócia do STTR. Participe do programa. Jovem Saber

Juventude Rural. Não fique só. Fique sócio. Fique sócia do STTR. Participe do programa. Jovem Saber Juventude Rural Não fique só. Fique sócio. Fique sócia do STTR. Participe do programa Jovem Saber PROGRAMA JOVEM SABER 1 O que é o programa Jovem Saber? É um programa de capacitação à distância para jovens

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL CEDAFRA 2011

RELATÓRIO ANUAL CEDAFRA 2011 CEDAFRA GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE AGRICULTURA E DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SEAGRI RELATÓRIO ANUAL CEDAFRA 2011 O Conselho Estadual de Desenvolvimento da Agricultura Familiar e Reforma Agrária

Leia mais

Secretaria de Desenvolvimento Territorial - Notícias Territoriais Nº 35

Secretaria de Desenvolvimento Territorial - Notícias Territoriais Nº 35 Notícias em Destaque >> No domingo (13) teve início, no Rio de Janeiro (RJ), o seminário Construção do Sistema Nacional de Comércio Justo e Solidário. O evento foi promovido pela Articulação Nacional de

Leia mais

SEMINÁRIO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DO CAMPO SANTA CATARINA CHAPECÓ, 28 A 30 DE AGOSTO DE 2013 CARTA ABERTA À SOCIEDADE CATARINENSE E BRASILEIRA

SEMINÁRIO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DO CAMPO SANTA CATARINA CHAPECÓ, 28 A 30 DE AGOSTO DE 2013 CARTA ABERTA À SOCIEDADE CATARINENSE E BRASILEIRA SEMINÁRIO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DO CAMPO SANTA CATARINA CHAPECÓ, 28 A 30 DE AGOSTO DE 2013 CARTA ABERTA À SOCIEDADE CATARINENSE E BRASILEIRA 1. Nós, 350 educadores e educadoras das escolas públicas do campo,

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA 5ª CONFERÊNCIA ESTADUAL DAS CIDADES CAPITULO I DOS OBJETIVOS E FINALIDADES

REGIMENTO INTERNO DA 5ª CONFERÊNCIA ESTADUAL DAS CIDADES CAPITULO I DOS OBJETIVOS E FINALIDADES REGIMENTO INTERNO DA 5ª CONFERÊNCIA ESTADUAL DAS CIDADES CAPITULO I DOS OBJETIVOS E FINALIDADES Art. 1º São objetivos da 5ª Conferência Estadual das Cidades: I - propor a interlocução entre autoridades

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE CRÉDITO FUNDIÁRIO

PROGRAMA NACIONAL DE CRÉDITO FUNDIÁRIO PROGRAMA NACIONAL DE CRÉDITO FUNDIÁRIO PROMOVENDO A SUCESSÃO E O COMBATE A POBREZA NO CAMPO PROGRAMA NACIONAL DE CRÉDITO FUNDIÁRIO 3 O QUE É CRÉDITO FUNDIÁRIO O Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF)

Leia mais

Mapa Mental Sobre a Metodologia no Curso da ENFOC REAPROPRIAÇÃO TEMÁTICA E METODOLÓGICA DO PRIMEIRO MÓDULO

Mapa Mental Sobre a Metodologia no Curso da ENFOC REAPROPRIAÇÃO TEMÁTICA E METODOLÓGICA DO PRIMEIRO MÓDULO Mapa Mental Mapa Mental Sobre a Metodologia no Curso da ENFOC REAPROPRIAÇÃO TEMÁTICA E METODOLÓGICA DO PRIMEIRO MÓDULO Dois Focos Temáticos Sistema Capitalista História Contradições Desafios para a classe

Leia mais

Regulamento do Conselho Municipal de Juventude. de S. João da Madeira. Artigo 1º. Definição. Artigo 2º. Objecto. Artigo 3º.

Regulamento do Conselho Municipal de Juventude. de S. João da Madeira. Artigo 1º. Definição. Artigo 2º. Objecto. Artigo 3º. Regulamento do Conselho Municipal de Juventude de S. João da Madeira Artigo 1º Definição O Conselho Municipal de Juventude é o órgão consultivo do município sobre matérias relacionadas com a política de

Leia mais

GASTRONOMIA SUSTENTÁVEL - PARATY. Oficina de Planejamento 2010-2012

GASTRONOMIA SUSTENTÁVEL - PARATY. Oficina de Planejamento 2010-2012 GASTRONOMIA SUSTENTÁVEL - PARATY Oficina de Planejamento 2010-2012 Paraty, agosto de 2010 Objetivo da oficina Elaborar o Direcionamento Estratégico da Gastronomia Sustentável de Paraty para os próximos

Leia mais

RELATÓRIO MENSAL DO CAR E CNARH

RELATÓRIO MENSAL DO CAR E CNARH RELATÓRIO MENSAL DO CAR E CNARH OBJETO DO PROJETO: CADASTRO AMBIENTAL RURAL (CAR) E CADASTRO NACIONAL DE USUÁRIOS DE RECURSOS HÍDRICOS (CNARH) DA REGIÃO HIDROGRÁFICA LAGOS SÃO JOÃO. RESPONSÁVEL TÉCNICA:BRUNA

Leia mais

Regimento Interno da Articulação de Esquerda

Regimento Interno da Articulação de Esquerda Regimento Interno da Articulação de Esquerda A Articulação de Esquerda (AE) é uma tendência interna do Partido dos Trabalhadores. Existe para a defesa de um PT de luta, de massa, democrático, socialista

Leia mais

Carta Proposta da Juventude do Movimento Sindical de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais

Carta Proposta da Juventude do Movimento Sindical de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais Carta Proposta da Juventude do Movimento Sindical de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais Nós, jovens lideranças representantes das Comissões Municipais, Estaduais e Nacional de Jovens Trabalhadores e

Leia mais

I FÓRUM SOCIAL DA UFSB-2015 Universidade e Sociedade em diálogo - Projeto Executivo -

I FÓRUM SOCIAL DA UFSB-2015 Universidade e Sociedade em diálogo - Projeto Executivo - I FÓRUM SOCIAL DA UFSB-2015 Universidade e Sociedade em diálogo - Projeto Executivo - Itabuna - julho de 2015. 1/3 I FÓRUM SOCIAL DA UFSB-2015 Universidade e Sociedade em diálogo Objetivo Geral: Fortalecer

Leia mais

Relatório Preliminar

Relatório Preliminar Relatório Preliminar O V Seminário Nacional do Crédito Fundiário, realizado no período de 11 a 14 de dezembro de 2012, em Pirenópolis-Go, teve por objetivos a avaliação de propostas e a construção de estratégias

Leia mais

REGULAMENTO DO PREÂMBULO

REGULAMENTO DO PREÂMBULO REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DA PÓVOA DE VARZIM PREÂMBULO Considerando que, no âmbito do desenvolvimento económico, social e cultural, as políticas a adotar devem ser adequadas às necessidades

Leia mais

RELATÓRIO DA 5ª CONFERÊNCIA ETAPA MUNICIPAL APARECIDA DE GOIÂNIA-GO 24 E 25 DE MAIO DE 2013

RELATÓRIO DA 5ª CONFERÊNCIA ETAPA MUNICIPAL APARECIDA DE GOIÂNIA-GO 24 E 25 DE MAIO DE 2013 RELATÓRIO DA 5ª CONFERÊNCIA ETAPA MUNICIPAL 1. Dados Iniciais Estado: Goiás Município: Aparecida de Goiânia APARECIDA DE GOIÂNIA-GO 24 E 25 DE MAIO DE 2013 2. Dados da pessoa responsável pelo preenchimento

Leia mais

Assembleia Legislativa do RS Comissão de Saúde e Meio Ambiente. Planejamento 2015-2016

Assembleia Legislativa do RS Comissão de Saúde e Meio Ambiente. Planejamento 2015-2016 Assembleia Legislativa do RS Comissão de Saúde e Meio Ambiente Planejamento 2015-2016 Um sonho sonhado sozinho é um sonho. Um sonho sonhado junto é realidade. Raul Seixas Assembleia Legislativa do RS Comissão

Leia mais

Regimento Interno do processo de construção do Plano de Educação da Cidade de São Paulo

Regimento Interno do processo de construção do Plano de Educação da Cidade de São Paulo Regimento Interno do processo de construção do Plano de Educação da Cidade de São Paulo CAPÍTULO I Artigo 1o. A construção do Plano de Educação da Cidade de São Paulo realizar-se-á entre fevereiro e junho

Leia mais

GABRIEL MOTTA DE OLIVEIRA LEITE Aprofruta, Sindicato dos Produtores Rurais de Barra do Rocha, Produtos Manjar dos Deuses e Faz.

GABRIEL MOTTA DE OLIVEIRA LEITE Aprofruta, Sindicato dos Produtores Rurais de Barra do Rocha, Produtos Manjar dos Deuses e Faz. GABRIEL MOTTA DE OLIVEIRA LEITE Aprofruta, Sindicato dos Produtores Rurais de Barra do Rocha, Produtos Manjar dos Deuses e Faz. Nova Coroa ORGANIZAÇÃO DOS PRODUTORES E POLÍTICAS PÚBLICAS NA COMERCIALIZAÇÃO

Leia mais

FEM. Flávio Figueiredo Secretário Executivo SEPLAG/PE

FEM. Flávio Figueiredo Secretário Executivo SEPLAG/PE FEM Flávio Figueiredo Secretário Executivo SEPLAG/PE FEM Criado em 18 de março de 2013 através da Lei 14.921 Art. 1º Fica instituído o Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal - FEM, mecanismo

Leia mais

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE SOBRAL DE MONTE AGRAÇO

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE SOBRAL DE MONTE AGRAÇO REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE SOBRAL DE MONTE AGRAÇO Reunião de Câmara: Reunião da Assembleia: Entrada em vigor: CAPITULO I Disposições Gerais Artigo 1.º Lei Habilitante O presente

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 254/2014

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 254/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 254/2014 O Presidente do Instituto Pauline Reichstul-IPR, torna público que receberá inscrições para o processo seletivo de pessoal para atuação no projeto Ações Integradas

Leia mais

PLANO DE TRABALHO PARA EXECUÇÃO DO ACORDO DE COOPERAÇÃO nº 7 ENTRE MINISTÉRIO DA SAÚDE - CONTAG PRODUTO

PLANO DE TRABALHO PARA EXECUÇÃO DO ACORDO DE COOPERAÇÃO nº 7 ENTRE MINISTÉRIO DA SAÚDE - CONTAG PRODUTO 1.1. Realizar informes sobre o Acordo de Cooperação e o 1.1 Informes realizados (Dois 1.1. 2014/2015 1.1. Não 1.1 SES DSAST Plano de Trabalho do Acordo de Cooperação de nº 007 entre informes semestrais)

Leia mais

Agenda Regional de Desenvolvimento Sustentável Eixo 4: Gestão Regional Integrada

Agenda Regional de Desenvolvimento Sustentável Eixo 4: Gestão Regional Integrada Agenda Regional de Desenvolvimento Sustentável Eixo 4: Gestão Regional Integrada 1 O Projeto Litoral Sustentável 1ª Fase (2011/2012): Diagnósticos municipais (13 municípios) Diagnóstico regional (Já integralmente

Leia mais

PRÊMIO NACIONAL DA GESTÃO PÚBLICA - PQGF 2010 TROFÉU PRATA. SEMINÁRIO DAS BOAS PRÁTICAS DE GESTÃO -24/11/2010 Brasília DF

PRÊMIO NACIONAL DA GESTÃO PÚBLICA - PQGF 2010 TROFÉU PRATA. SEMINÁRIO DAS BOAS PRÁTICAS DE GESTÃO -24/11/2010 Brasília DF PRÊMIO NACIONAL DA GESTÃO PÚBLICA - PQGF 2010 TROFÉU PRATA SEMINÁRIO DAS BOAS PRÁTICAS DE GESTÃO -24/11/2010 Brasília DF PENÁPOLIS - SP 58.681 habitantes - IBGE- 2007 500 km da capital Criado há 32 anos

Leia mais

COMISSÃO ESTADUAL DA AGENDA TERRITORIAL DE DESENVOLVIMENTO INTEGRADO DE ALFABETIZAÇÃO E DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NO ESPÍRITO SANTO

COMISSÃO ESTADUAL DA AGENDA TERRITORIAL DE DESENVOLVIMENTO INTEGRADO DE ALFABETIZAÇÃO E DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NO ESPÍRITO SANTO COMISSÃO ESTADUAL DA AGENDA TERRITORIAL DE DESENVOLVIMENTO INTEGRADO DE ALFABETIZAÇÃO E DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NO ESPÍRITO SANTO REGIMENTO INTERNO SUMÁRIO CAPITULO I Do fundamento legal CAPITULO

Leia mais

DIVULGAR A LEI 11.947 e a Resolução n 38 que, orienta e regulamenta a operacionalização PNAE:

DIVULGAR A LEI 11.947 e a Resolução n 38 que, orienta e regulamenta a operacionalização PNAE: DIVULGAR A LEI 11.947 e a Resolução n 38 que, orienta e regulamenta a operacionalização CORESANs COMISSÕES REGIONAIS DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL CURITIBA, MAIO DE 2015 DIVULGAR A LEI 11.947 e

Leia mais

01. Câmara Municipal. 02. Secretaria Municipal de Governo. 03. Gabinete do Vice-Prefeito. 04. Procuradoria Geral do Município

01. Câmara Municipal. 02. Secretaria Municipal de Governo. 03. Gabinete do Vice-Prefeito. 04. Procuradoria Geral do Município Estrutura Administrativa e Principais 01. Câmara Municipal - Lei Orgânica do Município de Teresina, de 05 de abril de 1991. - Votar o Orçamento Anual e o Plano Plurianual, bem como autorizar abertura de

Leia mais

FORUM PERMANENTE DA AGENDA 21 LOCAL DE SAQUAREMA REGIMENTO INTERNO. CAPITULO 1-Da natureza, sede, finalidade, princípios e atribuições:

FORUM PERMANENTE DA AGENDA 21 LOCAL DE SAQUAREMA REGIMENTO INTERNO. CAPITULO 1-Da natureza, sede, finalidade, princípios e atribuições: FORUM PERMANENTE DA AGENDA 21 LOCAL DE SAQUAREMA REGIMENTO INTERNO CAPITULO 1-Da natureza, sede, finalidade, princípios e atribuições: Artigo I: O Fórum Permanente da Agenda 21 de Saquarema, criado pelo

Leia mais

LOCAL: UNOESC - VIDEIRA DATA: 26.02.2014

LOCAL: UNOESC - VIDEIRA DATA: 26.02.2014 LOCAL: UNOESC - VIDEIRA DATA: 26.02.2014 Pauta: - SBT na região da BH e Projeto Meio Ambiente; - Fechamento do Projeto FEHIDRO 2013; - Aprovação e criação de câmaras técnicas. LOCAL: SDR - CAÇADOR DATA:

Leia mais

Os Conselhos de Saúde na arena de debate e na formulação da política de saúde: desafios e novas exigências

Os Conselhos de Saúde na arena de debate e na formulação da política de saúde: desafios e novas exigências Os Conselhos de Saúde na arena de debate e na formulação da política de saúde: desafios e novas exigências Conselho Estadual de Saúde do Amazonas Rui Guilherme Neves de Souza 1º Secretário do Conselho

Leia mais

Ações de Educação Ambiental do INEA com foco em recursos hídricos. Gerência de Educação Ambiental (GEAM/DIGAT/INEA)

Ações de Educação Ambiental do INEA com foco em recursos hídricos. Gerência de Educação Ambiental (GEAM/DIGAT/INEA) Ações de Educação Ambiental do INEA com foco em recursos hídricos Gerência de Educação Ambiental (GEAM/DIGAT/INEA) Ações: Agenda Água na Escola (SEA); Cartilha de atividades de sensibilização, pesquisa

Leia mais

PROJETO TÉCNICO SAF/ATER 120/2010. PROJETO ATER - DESENVOLVIMENTO Rural Inclusivo e Sustentável Região da Grande Dourados, MS

PROJETO TÉCNICO SAF/ATER 120/2010. PROJETO ATER - DESENVOLVIMENTO Rural Inclusivo e Sustentável Região da Grande Dourados, MS PROJETO TÉCNICO SAF/ATER 120/2010 PROJETO ATER - DESENVOLVIMENTO Rural Inclusivo e Sustentável Região da Grande Dourados, MS Propósito da Coopaer Identificar problemas oriundos da Cadeia produtiva leite;

Leia mais

Regulamento do Conselho Municipal de Juventude de Vendas Novas. Preâmbulo

Regulamento do Conselho Municipal de Juventude de Vendas Novas. Preâmbulo Regulamento do Conselho Municipal de Juventude de Vendas Novas Preâmbulo Enquanto autarquia local, a Câmara Municipal deve promover a participação dos seus munícipes nas decisões relativas ao destino do

Leia mais

CME BOA VISTA ESTADO DE RORAIMA PREFEITURA MUNIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

CME BOA VISTA ESTADO DE RORAIMA PREFEITURA MUNIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CME BOA VISTA ESTADO DE RORAIMA PREFEITURA MUNIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO RELATO DE EXPERIÊNCIAS ENCONTRO DE CAPACITAÇÃO DE CONSELHEIROS

Leia mais

FORMAÇÃO PARA CONSELHEIROS DE DIREITOS. www.institutocultiva.com.br www.rudaricci.com.br

FORMAÇÃO PARA CONSELHEIROS DE DIREITOS. www.institutocultiva.com.br www.rudaricci.com.br FORMAÇÃO PARA CONSELHEIROS DE DIREITOS www.institutocultiva.com.br www.rudaricci.com.br CIDADANIA E PARTICIPAÇÃO Cidadania é o conjunto de DIREITOS: Civis (individuais, em que todos são indivíduos livres

Leia mais

Base de dados sobre Conferências Nacionais

Base de dados sobre Conferências Nacionais Base de dados sobre Conferências Nacionais Apresentação A base de dados aqui apresentada tem por objetivo sistematizar as distintas regras de funcionamento das conferências nacionais e as suas variações,

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE AMAMBAI GABINETE DO PREFEITO

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE AMAMBAI GABINETE DO PREFEITO Republica por incorreção, o DECRETO Nº 202/13, que circulou no DOM Assomasul nº 0812, no dia 08/04/13, passando a vigorar com a redação abaixo. Aprova o Regimento da 5ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DA CIDADE

Leia mais

Política Metropolitana Integrada de Formação e Qualificação Profissional

Política Metropolitana Integrada de Formação e Qualificação Profissional Política Metropolitana Integrada de Formação e Qualificação Profissional Objetivos Objetivo Geral: Ampliar capacidade da força de trabalho se inserir no processo de desenvolvimento econômico da RMBH, com

Leia mais

Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria da Educação Secretaria do Meio Ambiente Órgão Gestor da Política Estadual de Educação Ambiental

Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria da Educação Secretaria do Meio Ambiente Órgão Gestor da Política Estadual de Educação Ambiental Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria da Educação Secretaria do Meio Ambiente Órgão Gestor da Política Estadual de Educação Ambiental PROJETO PARA ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Leia mais

RESGATE DOS ENCONTROS ANTERIORES

RESGATE DOS ENCONTROS ANTERIORES RESGATE DOS ENCONTROS ANTERIORES I ENCONTRO NACIONAL DE FORMAÇÃO ENAFOR, 24 a 28 de outubro de 2005 160 participantes da CONTAG e de 26 Federações (incluindo FETADFE) Mote: Construindo uma Política Nacional

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DA PRÉ-CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DO SINDICATO DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL DE CURITIBA - SISMMAC

REGULAMENTO INTERNO DA PRÉ-CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DO SINDICATO DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL DE CURITIBA - SISMMAC REGULAMENTO INTERNO DA PRÉ-CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DO SINDICATO DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL DE CURITIBA - SISMMAC Define as normas que regulamentam a Pré-Conferência Municipal de Educação promovida

Leia mais

REUNIÕES DA DIRECÇÃO DO CDL

REUNIÕES DA DIRECÇÃO DO CDL 1. Reuniões realizadas Reuniões Plenárias 23 Reuniões da Comissão Executiva 8 2. Reuniões Plenárias Reuniões Plenárias 5.Janeiro 12.Janeiro 19.Janeiro 26.Janeiro 3. Definição dos objectivos programáticos

Leia mais

PROJETO FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORAS/ES EM GÊNERO, SAÚDE, DIREITOS SEXUAIS E REPRODUTIVOS

PROJETO FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORAS/ES EM GÊNERO, SAÚDE, DIREITOS SEXUAIS E REPRODUTIVOS PROJETO FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORAS/ES EM GÊNERO, SAÚDE, DIREITOS SEXUAIS E REPRODUTIVOS Síntese avaliativa e projetiva do projeto Outubro 2004- Outubro 2006 1. Antecedentes: CONTAG Compromisso com a defesa

Leia mais

NÚCLEOS DE EXTENSÃO EM DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL. PARCERIA MDA / CNPq. Brasília, 13 de maio de 2014

NÚCLEOS DE EXTENSÃO EM DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL. PARCERIA MDA / CNPq. Brasília, 13 de maio de 2014 NÚCLEOS DE EXTENSÃO EM DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL PARCERIA MDA / CNPq Brasília, 13 de maio de 2014 A política de desenvolvimento territorial Desde 2004 a SDT implementa a estratégia de desenvolvimento

Leia mais

Relatório de Particiçação da ADUFERPE no Seminário Nacional Sobre a Estrutura Organizativa do ANDES-SN

Relatório de Particiçação da ADUFERPE no Seminário Nacional Sobre a Estrutura Organizativa do ANDES-SN Relatório de Particiçação da ADUFERPE no Seminário Nacional Sobre a Estrutura Organizativa do ANDES-SN Representantes da ADUFERPE: Cícero Monteiro de Souza (Recife); Levy Paes Barreto (Diretoria-Recife);

Leia mais

Inserção da Agricultura Familiar na Alimentação Escolar. Estratégia e Políticas Públicas de Apoio da SAF/MDA

Inserção da Agricultura Familiar na Alimentação Escolar. Estratégia e Políticas Públicas de Apoio da SAF/MDA Inserção da Agricultura Familiar na Alimentação Escolar Estratégia e Políticas Públicas de Apoio da SAF/MDA Objetivo da Apresentação Possibilitar a compreensão das políticas públicas relacionadas e/ou

Leia mais

ATA DA 48ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL. DA GERÊNCIA EXECUTIVA DO INSS NO DISTRITO FEDERAL.

ATA DA 48ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL. DA GERÊNCIA EXECUTIVA DO INSS NO DISTRITO FEDERAL. ATA DA 48ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO DA GERÊNCIA EXECUTIVA DO INSS NO DISTRITO FEDERAL. Aos vinte e nove dias do mês de janeiro de dois mil e quatorze, as dez horas e trinta minutos deu-se a última chamada

Leia mais

PLANO OPERATIVO ANUAL ESTADUAL

PLANO OPERATIVO ANUAL ESTADUAL PLANO OPERATIVO ANUAL ESTADUAL Unidade Técnica Estadual INSTITUTO DE TERRAS E REFORMA AGRÁRIA DE ALAGOAS - ITERAL Endereço/cidade/UF/CEP /telefone/home Page /e-mail/ AVENIDA DA PAZ, 1.200 - CENTRO CEP.

Leia mais

Programas e Políticas Públicas de SAN na Bahia

Programas e Políticas Públicas de SAN na Bahia Programas e Políticas Públicas de SAN na Bahia Gestão Equipamentos de SAN Acesso a água Apoio a Agricultura Familiar Inclusão Produtiva Jainei Cardoso Coordenação Rede de San e Cidadania Conselheira CONSEA-BA

Leia mais

9º ENCONTRO NACIONAL DA CAMPANHA NACIONAL PELO DIREITO À EDUCAÇÃO. Desafios da participação local na CONAE Comitê CE

9º ENCONTRO NACIONAL DA CAMPANHA NACIONAL PELO DIREITO À EDUCAÇÃO. Desafios da participação local na CONAE Comitê CE 9º ENCONTRO NACIONAL DA CAMPANHA NACIONAL PELO DIREITO À EDUCAÇÃO Desafios da participação local na CONAE Comitê CE O PNE e a CONAE Movimento PNE pra valer no Ceará Em reunião realizada em Fortaleza, participantes

Leia mais

NÚCLEO NÓS PODEMOS BAHIA. Plano de Ação. Articular e integrar os segmentos da sociedade e recursos para desenvolver ações que contribuam

NÚCLEO NÓS PODEMOS BAHIA. Plano de Ação. Articular e integrar os segmentos da sociedade e recursos para desenvolver ações que contribuam NÚCLEO NÓS PODEMOS BAHIA Plano de Ação A - MISSÃO Articular e integrar os segmentos da sociedade e recursos para desenvolver ações que contribuam diretamente para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento

Leia mais

Relatório Consolidado Indicadores Quantitativos. Programa de Fortalecimento Institucional, Participação e Controle Social Barro Alto - GO

Relatório Consolidado Indicadores Quantitativos. Programa de Fortalecimento Institucional, Participação e Controle Social Barro Alto - GO Relatório Consolidado Indicadores Quantitativos Programa de Fortalecimento Institucional, Participação e Controle Social Barro Alto - GO Relatório Consolidado Programa de Fortalecimento e Barro Alto -

Leia mais

PROJETO: REDUÇÃO DA INFORMALIDADE DE MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS POR MEIO DO DIÁLOGO SOCIAL

PROJETO: REDUÇÃO DA INFORMALIDADE DE MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS POR MEIO DO DIÁLOGO SOCIAL PROJETO: REDUÇÃO DA INFORMALIDADE DE MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS POR MEIO DO DIÁLOGO SOCIAL RELATÓRIO CIRCUNSTANCIADO CURSOS DE CAPACITAÇÃO DE LIDERANÇAS LOCAIS NO PILOTO DA CADEIA DA CAJUCULTURA

Leia mais

OFICINA DE REESTRUTURACÃO DA REABRI Data: 14 de Maio de 2010 UNIDAVI - Rio do Sul

OFICINA DE REESTRUTURACÃO DA REABRI Data: 14 de Maio de 2010 UNIDAVI - Rio do Sul OFICINA DE REESTRUTURACÃO DA REABRI Data: 14 de Maio de 2010 UNIDAVI - Rio do Sul Moderação: Graciane Regina Pereira e Katiuscia Wilhelm Kankerski 13h Apresentação dos objetivos e da metodologia de trabalho.

Leia mais

Revisão Participativa dos Instrumentos de Planejamento. Reunião com Entidades da Subprefeitura de Pinheiros

Revisão Participativa dos Instrumentos de Planejamento. Reunião com Entidades da Subprefeitura de Pinheiros Revisão Participativa dos Instrumentos de Planejamento Urbano da Cidade de São Paulo Reunião com Entidades da Subprefeitura de Pinheiros 1 Revisão Participativa dos Instrumentos de Planejamento Urbano

Leia mais

LEI N 1.892/2008 Dá nova redação a Lei nº 1.580/2004

LEI N 1.892/2008 Dá nova redação a Lei nº 1.580/2004 LEI N 1.892/2008 Dá nova redação a Lei nº 1.580/2004 Povo do Município de Viçosa, por seus representantes legais, aprovou e eu, em seu nome, sanciono e promulgo a seguinte Lei: Das disposições Gerais Art.

Leia mais

O papel da agricultura familiar no desenvolvimento rural sustentável nos próximos 10 anos. Carlos Mielitz PGDR-UFRGS

O papel da agricultura familiar no desenvolvimento rural sustentável nos próximos 10 anos. Carlos Mielitz PGDR-UFRGS O papel da agricultura familiar no desenvolvimento rural sustentável nos próximos 10 anos Carlos Mielitz PGDR-UFRGS ANTECEDENTES E TRAJETÓRIA RECENTE DA AGRICULTURA FAMILIAR - PÓS 1964, Projeto Nacional,

Leia mais

PROJETO ALTERNATIVO DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL E SOLIDÁRIO - PADRSS

PROJETO ALTERNATIVO DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL E SOLIDÁRIO - PADRSS SISTEMA CONTAG DE ORGANIZAÇÃO DA PRODUÇÃO SEC. DE POLÍTICA AGRÍCOLA - CONTAG - 1 PROJETO ALTERNATIVO DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL E SOLIDÁRIO - PADRSS SISTEMA CONTAG DE ORGANIZAÇÃO DA PRODUÇÃO

Leia mais

Orçamento Democrático Estadual (OD Estadual)

Orçamento Democrático Estadual (OD Estadual) Orçamento Democrático Estadual (OD Estadual) O que éo OD Estadual? Criado em 2011, o Orçamento Democrático Estadual (OD Estadual) se consolidou como um espaço onde os/as cidadãos/ãs paraibanos/as são convidados/as

Leia mais

O Sistema de Monitoramento e Avaliação dos Programas de Promoção e Proteção Social do Brasil

O Sistema de Monitoramento e Avaliação dos Programas de Promoção e Proteção Social do Brasil O Sistema de Monitoramento e Avaliação dos Programas de Promoção e Proteção Social do Brasil Brasília, 27 de Agosto de 2008 Programa Brasil África de Cooperação em Promoção e Proteção Social Missão de

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Projeto de Implantação da Rede de Proteção Social de Araucária

Mostra de Projetos 2011. Projeto de Implantação da Rede de Proteção Social de Araucária Mostra de Projetos 2011 Projeto de Implantação da Rede de Proteção Social de Araucária Mostra Local de: Araucária. Categoria do projeto: I - Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa:

Leia mais

Políticas de Desenvolvimento para as Mulheres Rurais a partir de uma perspectiva de Raça a e Gênero. Andrea Butto

Políticas de Desenvolvimento para as Mulheres Rurais a partir de uma perspectiva de Raça a e Gênero. Andrea Butto Políticas de Desenvolvimento para as Mulheres Rurais a partir de uma perspectiva de Raça a e Gênero Andrea Butto Ministério do Desenvolvimento Agrário Temas abordados Estados assumiram compromissos que

Leia mais

PLANO DE AÇÃO PARA EXECUÇÃO DO ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA MAPA x ABRAS

PLANO DE AÇÃO PARA EXECUÇÃO DO ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA MAPA x ABRAS PLANO DE AÇÃO PARA EXECUÇÃO DO ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA MAPA x ABRAS Rosilene Ferreira Souto Luzia Souza Setembro 2014 Parceria Institucional com foco na rastreabilidade Acordo de Cooperação entre

Leia mais

Informalidade. É um dos principais obstáculos ao desenvolvimento do país.

Informalidade. É um dos principais obstáculos ao desenvolvimento do país. Informalidade Fenômeno revelador da heterogeneidade estrutural do mercado de trabalho brasileiro e da assimetria de poder entre trabalho e capital. Estabelece clara diferenciação no acesso à proteção social,

Leia mais

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES Circ.: EE 05021099411/Coord. 12º CONCUT/2015 São Paulo, 29 de maio de 2015. Aos Ramos e Estaduais da CUT At.: Coordenadores/as Adjuntos/as dos CECUTs Assunto: Orientações práticas sobre aplicação da Paridade

Leia mais

PROJETO DE CIDADANIA

PROJETO DE CIDADANIA PROJETO DE CIDADANIA PROJETO DE CIDADANIA A Anamatra A Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho Anamatra congrega cerca de 3.500 magistrados do trabalho de todo o país em torno de interesses

Leia mais

ANEXO I CONDIÇÕES E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA CAPACITAÇÃO. Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente

ANEXO I CONDIÇÕES E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA CAPACITAÇÃO. Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente ANEXO I CONDIÇÕES E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA CAPACITAÇÃO I ÁREAS DE INTERESSE Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente a) Capacitação para implantação dos planos estaduais

Leia mais

Roraima Programa de Voluntariado da Classe Contábil Prestando Contas ANA CLAUDIA FREITAS GOMES LARISSA GÓES PALMIRA LEÃO DE SOUZA

Roraima Programa de Voluntariado da Classe Contábil Prestando Contas ANA CLAUDIA FREITAS GOMES LARISSA GÓES PALMIRA LEÃO DE SOUZA Roraima Programa de Voluntariado da Classe Contábil Prestando Contas ANA CLAUDIA FREITAS GOMES LARISSA GÓES PALMIRA LEÃO DE SOUZA Comissão PVCC - Roraima Na Página Inicial clique em: Projetos e Programas.

Leia mais

RELAÇÃO DE ATIVIDADES

RELAÇÃO DE ATIVIDADES MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO PROCURADORIA REGIONAL DO DA 13ª REGIÃO PROJETO DE TODOS COORDENAÇÃO GERAL - ETAPA MAMANGUAPE (20 A 22/07/2015) RELAÇÃO DE ATIVIDADES (CURSOS, PALESTRAS,

Leia mais

RELATÓRIO DAS OFICINAS SOBRE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DOS PROJETOS DE ASSENTAMENTO DO PROGRAMA NACIONAL DE REFORMA AGRÁRIA

RELATÓRIO DAS OFICINAS SOBRE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DOS PROJETOS DE ASSENTAMENTO DO PROGRAMA NACIONAL DE REFORMA AGRÁRIA MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE MMA MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO MDA INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E REFORMA AGRÁRIA INCRA RELATÓRIO DAS OFICINAS SOBRE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DOS PROJETOS DE

Leia mais

SECRETARIA DE RELAÇÕES DO TRABALHO. Nova Portaria que estabelece os procedimentos para o Registro Sindical

SECRETARIA DE RELAÇÕES DO TRABALHO. Nova Portaria que estabelece os procedimentos para o Registro Sindical SECRETARIA DE RELAÇÕES DO TRABALHO Nova Portaria que estabelece os procedimentos para o Registro Sindical Brasília DF 18 e19.07.2012 Organização dos dispositivos na seguinte ordem: Dos Pedidos - Dos sindicatos

Leia mais

Estatutos da Associação de Pais e Encarregados de Educação Dos Alunos do Agrupamento de Escolas de Atouguia da Baleia CAPITULO I

Estatutos da Associação de Pais e Encarregados de Educação Dos Alunos do Agrupamento de Escolas de Atouguia da Baleia CAPITULO I Estatutos da Associação de Pais e Encarregados de Educação Dos Alunos do Agrupamento de Escolas de Atouguia da Baleia CAPITULO I DENOMINAÇÃO, NATUREZA E FINS ARTIGO I A Associação de Pais e Encarregados

Leia mais

DOCUMENTO FINAL. Propostas da juventude do RS!

DOCUMENTO FINAL. Propostas da juventude do RS! DOCUMENTO FINAL Propostas da juventude do RS! Com a finalidade de fortalecer a organização e mobilização da juventude rural no Rio Grande do Sul diante dos desafios e das perspectivas da questão da sucessão

Leia mais

CONSIDERANDO a realização da VI Plenária de Conselhos de Saúde do Estado do Amazonas, nos dias 06 e 07 de junho de 2013;

CONSIDERANDO a realização da VI Plenária de Conselhos de Saúde do Estado do Amazonas, nos dias 06 e 07 de junho de 2013; RESOLUÇÃO CES/AM Nº. 012 DE 28 DE MAIO DE 2013. Dispõe sobre o Regimento Interno da VI Plenária de Conselhos de Saúde do Estado do Amazonas. A Plenária do Conselho Estadual de Saúde do Amazonas, na sua

Leia mais

Secretaria de Turismo da Bahia Bahiatursa

Secretaria de Turismo da Bahia Bahiatursa Secretaria de Turismo da Bahia Bahiatursa Secretaria de Turismo da Bahia Bahiatursa Secretaria de Turismo da Bahia Bahiatursa 3 Secretaria de Turismo da Bahia Bahiatursa Secretaria de Turismo da Bahia

Leia mais

SEGUNDO RELATÓRIO DA ADUFERPE (Gestão 2013-2015)

SEGUNDO RELATÓRIO DA ADUFERPE (Gestão 2013-2015) SEGUNDO RELATÓRIO DA ADUFERPE (Gestão 2013-2015) Atividades de Representação 2013 20 DE FEVEREIRO DE 2013: POSSE DO COLETIVO 2012 NA ADUFERPE. 23 E 24 DE FEVEREIRO DE 2013: PARTICIPAÇÃO NA REUNIÃO DA COORDENAÇÃO

Leia mais

INSTITUIÇÃO EXECUTORA:

INSTITUIÇÃO EXECUTORA: FEDERAÇÃO DOS TRABALHADORES NA AGRICULTURA NO ESTADO DE MATO GROSSO 30 ANOS RELATÓRIO DO PROJETO DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DA CULTURA DO ALGODÃO PARA AGRICULTORES FAMILIARES DE MATO GROSSO Relatório

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DE ATUAÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA DA FUNDAÇÃO UNIPLAC DA NATUREZA, FINALIDADE E COMPOSIÇÃO

REGIMENTO INTERNO DE ATUAÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA DA FUNDAÇÃO UNIPLAC DA NATUREZA, FINALIDADE E COMPOSIÇÃO REGIMENTO INTERNO DE ATUAÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA DA FUNDAÇÃO UNIPLAC DA NATUREZA, FINALIDADE E COMPOSIÇÃO Art. 1º A Diretoria Executiva, subordinada ao Presidente da Fundação, é responsável pelas atividades

Leia mais

Visita para levantamento de dados para consolidação do marco zero. Oficina inicial de apresentação da entidade

Visita para levantamento de dados para consolidação do marco zero. Oficina inicial de apresentação da entidade SOCIO CULTURAL AMBIENTAL PRODUTIVO PLANEJAMENTO DETALHAMENTO DAS ATIVIDADES POR META - MATA NORTE EIXO Nº SERVIÇO CÓDIGO ATIVIDADE QUANTIDADE TEMPO GASTO % DAS HORAS SALDO A1 Visita indivual as famílias

Leia mais

PLANO DE AÇÕES SINDICAIS 2012 anexo ata de 03 de fevereiro de 2012 DEMANDA AÇÃO QUANDO FAZER COMO FAZER

PLANO DE AÇÕES SINDICAIS 2012 anexo ata de 03 de fevereiro de 2012 DEMANDA AÇÃO QUANDO FAZER COMO FAZER PLANO DE AÇÕES SINDICAIS 2012 anexo ata de 03 de fevereiro de 2012 DEMANDA AÇÃO QUANDO FAZER COMO FAZER 1.1-Reunião com a diretoria 1.1.1 03/02 ( sexta feira ) 17h 1.1.1.1 Convocar membros da diretoria

Leia mais

SACIS, PróSinos, SEMAE, EMATER, SECRETARIA DA SAÚDE, SEMOV, MULHER enfim todas as Secretarias junto com a comunidade em geral.

SACIS, PróSinos, SEMAE, EMATER, SECRETARIA DA SAÚDE, SEMOV, MULHER enfim todas as Secretarias junto com a comunidade em geral. EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA /PLANO DE AÇÃO - 2009 a 2012 O QUE? POR QUE? COMO FAZER QUEM? ACOMPANHAMENTO - (Órgão Gestor Promover ações integradas da Débora Machry através de Educação COM: SEMMAM, Horta Comunitária,

Leia mais

CAPITULO I DA POLÍTICA MUNICIPAL DO COOPERATIVISMO.

CAPITULO I DA POLÍTICA MUNICIPAL DO COOPERATIVISMO. LEI Nº 1.827/2009. EMENTA: Institui a política de apoio e incentivo ao desenvolvimento do Cooperativismo no âmbito do município de Santa Cruz do Capibaribe/PE e dá outras providências. A MESA DIRETORA

Leia mais

Inclusão Socioeconômica

Inclusão Socioeconômica PPA 2004-2007 Bahia que Faz SECRETARIAS ENVOLVIDAS OBJETIVO RECURSOS SEAGRI, SEC, SEFAZ, SICM, SEPLAN, SETRAS, SCT, SEINFRA, SECOMP, EGERAIS Desenvolver políticas de incentivo à inserção econômica das

Leia mais

CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CRAS

CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CRAS CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CRAS Porta de entrada dos munícipes que necessitam das ações de assistência social que potencializam a família, a comunidade de referência, fortalecendo seus

Leia mais

CONSELHO DE GESTORES MUNICIPAIS DE CULTURA DE SANTA CATARINA CONGESC

CONSELHO DE GESTORES MUNICIPAIS DE CULTURA DE SANTA CATARINA CONGESC CONSELHO DE GESTORES MUNICIPAIS DE CULTURA DE SANTA CATARINA CONGESC Regimento Interno CAPÍTULO I - Da Denominação, Natureza, Sede e Duração Art. 1º. O CONSELHO DE GESTORES MUNICIPAIS DE CULTURA DE SANTA

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA SÉRIE FEDERAÇÃO DE ÓRGÃOS PARA ASSISTÊNCIA SOCIAL E EDUCACIONAL (FASE)

APRESENTAÇÃO DA SÉRIE FEDERAÇÃO DE ÓRGÃOS PARA ASSISTÊNCIA SOCIAL E EDUCACIONAL (FASE) APRESENTAÇÃO DA SÉRIE FEDERAÇÃO DE ÓRGÃOS PARA ASSISTÊNCIA SOCIAL E EDUCACIONAL (FASE) Esta série contempla documentos produzidos pela Fase Federação de Órgãos Para Assistência Social e Educacional. Trata-se

Leia mais

PROJETO: ESTRATÉGIAS DE REDUÇÃO DA INFORMALIDADE NA CADEIA DA CAJUCULTURA RELATÓRIO CIRCUNSTANCIADO I OFICINA DO PILOTO DA CADEIA DA CAJUCULTURA/CE

PROJETO: ESTRATÉGIAS DE REDUÇÃO DA INFORMALIDADE NA CADEIA DA CAJUCULTURA RELATÓRIO CIRCUNSTANCIADO I OFICINA DO PILOTO DA CADEIA DA CAJUCULTURA/CE PROJETO: ESTRATÉGIAS DE REDUÇÃO DA INFORMALIDADE NA CADEIA DA CAJUCULTURA RELATÓRIO CIRCUNSTANCIADO I OFICINA DO PILOTO DA CADEIA DA CAJUCULTURA/CE Outubro de 2011 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO 3 DESCRIÇÃO DAS

Leia mais

RESOLUÇÃO CONJUNTA CNAS/CONANDA Nº 001 DE 09 DE JUNHO DE 2010

RESOLUÇÃO CONJUNTA CNAS/CONANDA Nº 001 DE 09 DE JUNHO DE 2010 RESOLUÇÃO CONJUNTA CNAS/CONANDA Nº 001 DE 09 DE JUNHO DE 2010 Estabelece parâmetros para orientar a constituição, no âmbito dos Estados, Municípios e Distrito Federal, de Comissões Intersetoriais de Convivência

Leia mais

As opiniões expressas neste documento não representam. opiniões do IPEA ou da SRI

As opiniões expressas neste documento não representam. opiniões do IPEA ou da SRI Agenda Federativa OUTUBRO 2013 Antonio Lassance Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada IPEA Diretoria de Estudos e Políticas do Estado, das Instituições e da Democracia (Diest) antonio.lassance@ipea.gov.br

Leia mais

Obra Kolping Estadual de São Paulo

Obra Kolping Estadual de São Paulo Obra Kolping Estadual de São Paulo Fundação: 04 de março de 2012 Religião Recreação Família Trabalho Sociedade Obra Kolping Estadual de São Paulo Objetivo Geral Fortalecimento Institucional das Comunidades

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE VISEU

CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE VISEU CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE VISEU PROPOSTA DE REGULAMENTO 1 Preâmbulo Uma sociedade que quer preparar o futuro tem que criar condições para se proporcionar aos jovens o acesso a uma formação educativa,

Leia mais

Articulação da Participação Social e Processos Formativos Voltados ao Desenvolvimento Rural

Articulação da Participação Social e Processos Formativos Voltados ao Desenvolvimento Rural Universidade Federal da Paraíba - UFPB / Centro de Ciências Agrárias - CCA / Campus II Areia, Paraíba - 27 a 30 de outubro de 2014. Articulação da Participação Social e Processos Formativos Voltados ao

Leia mais

Atividades Conteúdo Objetivos Quantidade Público Alvo

Atividades Conteúdo Objetivos Quantidade Público Alvo ASSOCIAÇÃO DAS PRIMEIRAS-DAMAS DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO DO CEARÁ - APDMCE Avenida Oliveira Paiva, 2621 Seis Bocas. CEP: 60.822-131 Fortaleza-CE Fone: (85) 4006.4058 / 4006.4059 CNPJ: 12. 361. 168 / 0001-01

Leia mais

Projeto RI-VIDA Rede de Integração para a Vida Projeto de prevenção de DST s, HIV/AIDS e Hepatites

Projeto RI-VIDA Rede de Integração para a Vida Projeto de prevenção de DST s, HIV/AIDS e Hepatites Projeto RI-VIDA Rede de Integração para a Vida Projeto de prevenção de DST s, HIV/AIDS e Hepatites Apoio: Centro de Referência e Treinamento DST/AIDS Secretaria de Estado da Saúde VULNERABILIDADE DA POPULAÇÃO

Leia mais

Sucinta retrospectiva histórica do Comitê Estadual de Educação em Direitos Humanos de Goiás (CEEDH-GO)

Sucinta retrospectiva histórica do Comitê Estadual de Educação em Direitos Humanos de Goiás (CEEDH-GO) Goiânia, 23 de março de 2010. Sucinta retrospectiva histórica do Comitê Estadual de Educação em Direitos Humanos de Goiás (CEEDH-GO) Apesar da luta pela promoção e efetivação dos Direitos Humanos em nosso

Leia mais

DECRETO N 037/2014. O Prefeito Municipal de Santa Teresa Estado do Espírito Santo, no uso de suas atribuições legais,

DECRETO N 037/2014. O Prefeito Municipal de Santa Teresa Estado do Espírito Santo, no uso de suas atribuições legais, DECRETO N 037/2014 Regulamenta aplicação das Instruções Normativas SDE Nº 01/2014 a 02/2014, que dispõem sobre as Rotinas e Procedimentos do Sistema de Desenvolvimento Econômico a serem observados no âmbito

Leia mais

MECANISMOS DE COMERCIALIZAÇÃO DA CONAB MAPA. - PROP - Contrato de Opção - VEP - PEP - AGF

MECANISMOS DE COMERCIALIZAÇÃO DA CONAB MAPA. - PROP - Contrato de Opção - VEP - PEP - AGF MECANISMOS DE COMERCIALIZAÇÃO DA CONAB MAPA - PROP - Contrato de Opção - VEP - PEP - AGF PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS - PAA Comercialização e Abastecimento Grupo de Trabalho CONSEA MDS IPEA MDA MAPA

Leia mais

Bom Dia! Sejam Bem Vindos!!!

Bom Dia! Sejam Bem Vindos!!! Bom Dia! Sejam Bem Vindos!!! REUNIÃO DA DIRETORIA Pauta 1. SCBH-ATC (Programação da Cartilha, Seminário de Recursos Hídricos); 2. FAESP/SENAR (Programação 2008, Eleições Sindicais); 3. Visita do Coordenador

Leia mais