Relatório sobre Webist 2011

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Relatório sobre Webist 2011"

Transcrição

1 Relatório sobre Webist 2011 Rodrigo Dias Arruda Senra Instituto de Computação - UNICAMP Noordwijk - Holanda - Maio 2011

2 1. Introdução Este relatório descreve minha participação no Webist International Conference on Web Information Systems and Technologies, no período de 6 a 9 de maio de 2011 em Noordwijk/Holanda. Meu objetivo foi apresentar o short paper: Organographs: Multi-faceted Hierarchical Categorization of Web Documents de minha autoria, em conjunto com minha orientadora Prof.Dra. Claudia Bazuer Medeiros. Adicionalmente tive a oportunidade de apresentar o pôster : AGMI - an Agent Mining Tool and its Application to Brazilian Government Auditing representando os autores Carlos Vinícius Sarmento Silva e sua orientadora a Prof.Célia Ghedini Ralha da Universidade de Brasília, que não puderam participar do evento e solicitaram que eu os representasse. Esta experiência só foi possível graças ao apoio do Brazilian Institute of Web Science Research ( 2. Contexto da Viagem A Conferência Webist 2011 foi sediada na cidade de Noordwijk na Holanda. Sua história data de 2000 a.c., mas ganhou destaque quando se tornou um centro de peregrinação após a morte do padre escocês beneditino Jeroen em 857 d.c, que chegara 10 anos antes para construir uma capela, mas pereceu em um ataque Normando 10 anos depois. Durante os séculos 18 e 19 a cidade se tornou o mais importante centro herbário da Holanda. Após o século 19 a cidade voltou sua economia para o cultivo de bulbos de flores, e hoje mais de 311 hectares de terra são dedicados à esta atividade. Após 1866 a cidade também tornou-se um resort turístico à beira mar, e atualmente hospeda a ESTEC: European Space Research and Technology Centre - o coração técnico da Agência Espacial Européia. A cidade possui aproximandamente habitantes, com 13 km de linha costeira, estando situada à 25 km de Amsterdam (centro comercial e turístico)e a 40 km de Rotterdam(centro industrial). Por todas estas razões é o segundo principal destino de Congressos organizados na Holanda, hospedando mais de 250 congressos internacionais anualmente. Rodrigo D. A. Senra 2

3 3. Evento O Webist 2011 foi a sétima instância da Conferência Internacional sobre Tecnologias e Sistemas de Informação para a Web, que é organizada e patrocinada pelo INSTICC - Institute for Systems and Technologies of Information, Control and Communication em cooperação com o ACM Special Interest Group on Management Information Systems (ACM SIGMIS). O Webist possui 5 áreas principais: Internet Technology, Web Interfaces and Applications, Society, Society, e-business, e-government, Web Intelligence and Web Security. Neste ano de 2011 o evento recebeu 156 submissões de artigos de 43 países diferentes. Deste conjunto, 14 artigos foram aceitos como full papers, 38 artigos foram aceitos como short papers, e 38 artigos foram aceitos como pôsters. O encontro foi complementado por 4 sessões especiais: WSPA Web Services Principles and Applications; SWAT SemanticWeb Applications and Tools; SSeB e-business; WTM Web and Text Mining. A qualidade do evento deste ano esteve refletida na seleção de suas keynote lectures: The Cloud Service Supply Chain. Donald Ferguson (CA Technologies, U.S.A) Challenges for Software Agents Supporting Decision-Makers in Trading Flowers Worldwide. Eric van Heck (Erasmus University Rotterdam, The Netherlands) Cloud Computing in Education: The Intersection of Challenges and Opportunities. Ivan Ivanov (SUNY Empire State College, U.S.A) Smart Cloud Engineering, Nomenclature, and Enablement. Tony Shan (Keane Inc. U.S.A.) Search with a Little Help from Your Friends: Making Web Search More Collaborative. Barry Smyth (CLARITY Centre for Sensor Web Technologies, University College Dublin/Ireland) O responsável pelo Conference Chair foi o Sr. Joaquim Filipe, o responsável pelo Program Chair foi o Sr. José Cordeiro, o secretário foi o incansável Sr. João Teixeira. Todos três membros do INSTICC-Portugal. Rodrigo D. A. Senra 3

4 Palestras Nesta seção comentarei sobre as apresentações que assisti durante o evento. Exceto pelas keynotes lectures, as apresentações de artigos foram realizadas em sessões paralelas, de forma que nem todas puderam ser vistas. Harnessing the wisdom of the cloud - Barry Smyth: Apresentação rápida durante o painel, onde Prof.Smyth introduz o tema de sua futura keynote, que abordará as áreas de information recovery, recommendation systems e collective intelligence. Uma das premissas deste trabalho é extrair informação de qualidade a partir da interação de amadores na Web. Como por exemplo, a iniciativa do Google de rastrear a propagação da influenza a partir de padrões de buscas no motor de buscas. Outro exemplo, foi o projeto re-captcha que auxilia na solução de erros de OCR, submetendo textos sintetizados misturados a textos digitalizados para identficação por um usuário. Outros exemplos foram citados como o precurssor jogo ESP para rotular imagens, ou o serviço mechanical turk da Amazon. Hybrid Cloudification - Tony Shan: Outra apresentação rápida durante o painel de apresentação dos palestrantes em destaque. Nesta introdução o Sr.Shan apresentou 4 abordagens através das quais uma empresa ou instituição pode usufruir de serviços na Nuvem. As abordagens são: top-down, middle-out, bottom-up e hybrid. O Sr.Shan conclui explicando os 3 níveis de serviços oferecidos, nominalmente: SaaS (software como serviço), IaaS (infra-estrutura como serviço) e PaaS (plataforma como serviço). Cloud Computing in Education: The Intersection of Challenges and Opportunities - Ivan Ivanov Fechando o painel, o Prof.Ivanov discorreu sobre desafios e oportunidades que surgem no cenário de computação em nuvem relacionadas a educação, tais como: redução de custos, serviços interativos e integração com plataformas móveis. Rodrigo D. A. Senra 4

5 LazyDOM. Transparent Partial DOM Loading and Unloading for Memory Restricted Environments - Daniel Peintner et al. Daniel apresentou uma estratégia baseada em DOM para ambientes com restrições de alocação de memória, que consiste em não carregar toda a árvore XML para memória de uma só vez. A técnica consiste em rastrear as porções do arquivo XML que estão sendo uilizado pela aplicação, e apenas realizar o parse destas seções. O footprint de consumo de memória pode corresponder a 4 vezes o tamanho do arquivo no formato XML, ou até 100 vezes se o arquivo XML estiver na representação binária. Diversity of the Mashup Ecosystem - Solange Sari et al. Solange apresentou como a diversidade do ecosistema de mashups pode ser estimada a partir da construção da árvole filogenética de relacionamentos entre mashups. O resultado principal deste trabalho é que a diversidade de mashups está crescendo, mas de forma não-monotônica. Entropy on Ontological and Indexing in Information Retrieval - Yevgeniy Guseynov Prof.Guseynov apresentou uma formalização de um processo de indexação de bancos de dados textuais, baseados na teoria da informação de Shannon e na medida de similaridade semântica de Resnik. O processo consiste em um algoritmo de clusterização que utiliza entropia para calcular a proximidade semântica entre termos do banco e termos de uma ontologia (thesauro). Este algoritmo obteve 70% de casamento com os resultados atingidos por humanos especialisatas sobre a base MEDLINE. Concept-based Clustering for Open-sourced Software (OSS) Development Forum Threads - Masanori Akiyoshi Neste trabalho, Masanori apresentou uma técnica para medir a similaridade entre documentos baseado no peso semântico de cada palavra na sentença, no texto e no corpus. Essa medida de similaridade é utilizada em uma técnica de clusterização que não precisa de valores limites (threshold) para encerrar a clusterização. Rodrigo D. A. Senra 5

6 VIZGR, Combining Data on a Visual Level - Daniel Hienert Daniel apresenta uma abordagem de re-utilizar visualizações, interconectando-as entre diferentes sites na Web de forma intuitiva e interativa através de recursos como: gráficos, nuvens de tags, mapas e linhas de tempo. Este artigo foi agraciado com o prêmio de melhor artigo estudantil no evento. Navigation Along Database Relationships - Andreas Schmidt et al Nesta apresentação Andreas introduziu uma ferramenta para visualizar o conteúdo de bancos de dados relacionais na forma de grafos de objetos disponíveis na Web, cujo foco é explorar os relacionamentos de chaves estrangeiras e tabelas de realcionamentos. An Event Distribution Platform for Recommending Cultural Activities - Toon de Pessemier Sr.Pessemier propôs a combinação de um sistema de recomendação personalizado com filtragem baseada em conteúdo para cosntrução de uma plataforma de distribuição de eventos que faz que faz uso do modelo Linked Data para enriquecer a informação associada aos eventos. Content-based Recommendation Algorithms on the Hadoop MapReduce Framework - Toon de Pessemier Em uma segunda apresentação consecutiva, o Sr.Pessemier complementou a apresentação anterior mostrando como a plataforma Hadoop poderia ser utilizada para resolver o problema de escalabilidade na construção de sistemas de recomendação na Nuvem. The Stone Age is Back:HCI Effects on Recommender Systems - Yuval Dan-Gur Prof.Dan-Gur discorreu sobre aspectos sociais na construção de sistemas de recomendação apresentando resultados da exposição do sistema QSIA de Q&A que foi exposto a usuários na Web cuja interação foi monitorada ao longo de 2 anos. O resultado principal foi observar que a recomendação ori- Rodrigo D. A. Senra 6

7 unda da interação social prevaleceu sobre a recomendação oriunda do sistema (baseada na similaridade computada). News Recommending Based on Text Similarity and User Behaviour - Dusan Zeleník Dusan apresenta uma técnica de similaridade baseada em árvore utilizada na construção de um sistema de recomendação utilizado em um portal de notícias na Eslováquia. O interesse dos usuários é descoberto em real-time durante a navegação do portal, através da interação dos usuários com uma árvore de conceitos que alimenta o algoritmo de recomendação. Apresentação Pôster Antes do início do Webist 2011 fui contactado pelo comitê de organização sobre a possibilidade de apresentar um pôster de um outro brasileiro que não poderia participar do evento. Me coloquei à disposição e fui contactado por Carlos Vinícius Sarmento Silva, orientado pela Profa. Célia Ghedini Ralha da Universidade de Brasília. Solicitei uma cópia do artigo, os comentários dos revisores e o arquivo-fonte do pôster. Dessa forma pude me preparar para representá-los na apresentação do pôster: AGMI - An Agent-Mining Tool and its Application to Brazilian Government Auditing. Este trabalho utiliza uma plataforma de agentes distribuídos para realizar mineiração de dados sobre licitações governamentais em busca de tentativas de fraude sobre dados reais. Rodrigo D. A. Senra 7

8 Apresentação do Meu Artigo Finalmente, tive a oportunidade de apresentar meu próprio artigo na última sessão paralela na área de Web Intelligence: Organographs - Multi-faceted Hierarchical Categorization of Web Documents. Minha apresentação focou em 3 problemas: conteúdo textual é naturalmente multi-facetado, as metáforas de organização hierárquica (ex.:sistemas de diretórios) não permitem uma recategorização dinâmica e o compartilhamento de estrutura organizacional não é realizado dissociado do conteúdo. Minha proposta é que uma organização de conteúdo traz implicitamente em sua estrutura uma tarefa de usuário, para a qual aquela organização de mostra útil. Todavia, a mudança de tarefa pode implicar em uma mudança de organização. Para tanto, os usuários deveriam ser capazes de tornar explícitos os critérios de organização e que tarefa uma dada organização resolve. Para tanto, devemos municiar os usuários de ferramentas para: avaliar se uma dada organização de fato atende as necessidades de uma tarefa, recategorizar (re-organizar) conteúdo dinâmicamente toda vez que o usuário chaveia de uma tarefa para outra, e sobretudo permitir que o usuário seja capaz de trocar a capacidade de organizar conteúdo e não apenas conteúdo organizado. A receptividade da audiência em relação à palestra foi muito boa, fomentando diversos comentários e sugestões. 4. Conclusão O Webist 2011 foi muito proveitoso sob diversos aspectos. Houve aprendizado e enriquecimento de conhecimentos nas áreas de mineiração de dados, sistemas de recomendação, técnicas de categorização e clusterização e computação em nuvem. Todos estes temas relevantes para o contexto da minha própria pesquisa de doutorado. Houve oportunidade de networking com pesquisadores brasileiros e sobretudo estrangeiros, com os quais pude exercitar o diálogo em Inglês, Francês e Espanhol; aprender sobre suas áreas de pesquisa e culturas e divulgar as minhas. Houve ainda oportunidade de enriquecimento cultural e até um pouco de entreterimento e turismo no último dia do evento. Por tudo isso sou grato por esta oportunidade, que aproveitei ao limite das possibilidades. Rodrigo D. A. Senra 8

9 5. Agradecimentos Gostaria de agradecer uma vez mais ao Brazilian Institute of Web Science Research, presentemente dirigido pelo Prof. Carlos José Pereira de Lucena do Departamento de Informática da PUC-Rio. Em especial, gostaria de agradecer o apoio logístico recebido da Uliana e do Prof. Raul Martins, ambos da PUC-Rio. Sobretudo, gostaria de agradecer à minha orientadora Claudia Bauzer Medeiros pela confiança, pela vigilância e por bancar os custos de inscrição no evento. Minha pesquisa, bem como outras teses e dissertações do Laboratório de Sistemas de Informação (LIS) do Instituto de Computação da Unicamp, tem recebido o apoio finaceiro da Fapesp, do CNPq, da CAPES e do INCT em Web Science (CNPq /2009-9). Rodrigo D. A. Senra 9

CLOUD COMPUTING: COMPARANDO COMO O MUNDO ONLINE PODE SUBSTITUIR OS SERVIÇOS TRADICIONAIS

CLOUD COMPUTING: COMPARANDO COMO O MUNDO ONLINE PODE SUBSTITUIR OS SERVIÇOS TRADICIONAIS CLOUD COMPUTING: COMPARANDO COMO O MUNDO ONLINE PODE SUBSTITUIR OS SERVIÇOS TRADICIONAIS João Antônio Bezerra Rodrigues¹, Claudete Werner¹, Gabriel Costa Silva² ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí

Leia mais

Mediadores de Interação na Web: Acessibilidade Baseada em Gente

Mediadores de Interação na Web: Acessibilidade Baseada em Gente 1 Mediadores de Interação na Web: Acessibilidade Baseada em Gente Clarisse Sieckenius de Souza SERG - Semiotic Engineering Research Group Departamento de Informática, PUC-Rio clarisse@inf.puc-rio.br http://www.serg.inf.puc-rio.br

Leia mais

CoNaIISI 2014 2º Congresso Nacional de Engenharia Informática / Sistemas de Informação

CoNaIISI 2014 2º Congresso Nacional de Engenharia Informática / Sistemas de Informação CoNaIISI 2014 2º Congresso Nacional de Engenharia Informática / Sistemas de Informação San Luis, 13 y 14 de Novembro de 2014 CHAMADA PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS O CoNaIISI é organizado pela rede de

Leia mais

gerenciando o desempenho de serviços em uma empresa conectada na nuvem CA Business Service Insight Julho de 2011

gerenciando o desempenho de serviços em uma empresa conectada na nuvem CA Business Service Insight Julho de 2011 gerenciando o desempenho de serviços em uma empresa conectada na nuvem CA Business Service Insight Julho de 2011 a computação na nuvem está presente em todos os lugares e está crescendo 72% das empresas

Leia mais

Por Antonio Couto. Autor: Antonio Couto Enterprise Architect

Por Antonio Couto. Autor: Antonio Couto Enterprise Architect Cloud Computing e HP Converged Infrastructure Para fazer uso de uma private cloud, é necessário crescer em maturidade na direção de uma infraestrutura convergente. Por Antonio Couto O que é Cloud Computing?

Leia mais

Google Site Search Pesquisa de websites do Google para sua organização

Google Site Search Pesquisa de websites do Google para sua organização Google Site Search Folha de dados Google Site Search Pesquisa de websites do Google para sua organização Google Site Search Para mais informações, visite: http://www.google.com/enterprise/search/ Quais

Leia mais

Cloud Computing: Quando a nuvem pode ser um risco para o negócio. Marco Lima aka Mago Enterprise Technology Specialist

Cloud Computing: Quando a nuvem pode ser um risco para o negócio. Marco Lima aka Mago Enterprise Technology Specialist Cloud Computing: Quando a nuvem pode ser um risco para o negócio Marco Lima aka Mago Enterprise Technology Specialist 05 De onde vem o termo nuvem? Business Servidores SAN WAN SAN LANs Roteador NAS Switch

Leia mais

EQUIPE: ANA IZABEL DAYSE FRANÇA JENNIFER MARTINS MARIA VÂNIA RENATA FREIRE SAMARA ARAÚJO

EQUIPE: ANA IZABEL DAYSE FRANÇA JENNIFER MARTINS MARIA VÂNIA RENATA FREIRE SAMARA ARAÚJO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM BIBLIOTECONOMIA DISCIPLINA: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO II PROFESSORA: PATRÍCIA

Leia mais

Arquiteturas Paralelas e Distribuídas

Arquiteturas Paralelas e Distribuídas Arquiteturas Paralelas e Distribuídas TSI-6AN Apresentado por: Cleber Schroeder Fonseca 1 CLOUD COMPUTING 2 Cloud Computing A expressão cloud computing (computação nas nuvens) começou a ganhar força em

Leia mais

Categorização de Textos baseada em Conceitos

Categorização de Textos baseada em Conceitos Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Faculdade de Informática Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação Encontro de PLN Categorização de Textos baseada em Conceitos Silvia Maria

Leia mais

Cobit e ITIL. Cobit. Planejamento e organização; Aquisição e implementação; Entrega e suporte; Monitoração.

Cobit e ITIL. Cobit. Planejamento e organização; Aquisição e implementação; Entrega e suporte; Monitoração. Cobit e ITIL GOVERNANÇA, GP - RISCO, GP PROJETOS - PMP, SEGURANÇA DAIANA BUENO OUTUBRO 20, 2010 AT 8:00 3.496 visualizações Atualmente, as empresas estão com seus processos internos cada vez mais dependentes

Leia mais

Integrando pessoas ao negócio através de um portal colaborativo. ROGÉRIO INOMATA inomata@br.ibm.com Portal Sales Leader, IBM América Latina

Integrando pessoas ao negócio através de um portal colaborativo. ROGÉRIO INOMATA inomata@br.ibm.com Portal Sales Leader, IBM América Latina Integrando pessoas ao negócio através de um portal colaborativo ROGÉRIO INOMATA inomata@br.ibm.com Portal Sales Leader, IBM América Latina Por quê? INOVAÇÃO Então O que é um portal mesmo? Serviços de Apresentação

Leia mais

TWITKNOWLEDGE - OBTENDO CONHECIMENTO A PARTIR DOS TWITTES PESSOAIS

TWITKNOWLEDGE - OBTENDO CONHECIMENTO A PARTIR DOS TWITTES PESSOAIS TWITKNOWLEDGE - OBTENDO CONHECIMENTO A PARTIR DOS TWITTES PESSOAIS Miguel Airton Frantz 1 ; Angelo Augusto Frozza 2 RESUMO A proposta básica desse projeto consiste em criar uma base de conhecimento a partir

Leia mais

Relatório de Progresso

Relatório de Progresso Luís Filipe Félix Martins Relatório de Progresso Mestrado Integrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores Preparação para a Dissertação Índice Introdução... 2 Motivação... 2 Cloud Computing (Computação

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação INF 108 Segurança da Informação Computação em Nuvem Prof. João Henrique Kleinschmidt Introdução Centralização do processamento Surgimento da Teleinformática Década de 60 Execução de programas localmente

Leia mais

Gerenciamento de Incidentes - ITIL. Prof. Rafael Marciano

Gerenciamento de Incidentes - ITIL. Prof. Rafael Marciano Gerenciamento de Incidentes - ITIL Prof. Rafael Marciano Conteúdo Objetivos Conceitos e Definições Atividades Indicadores Chaves de Desempenho Papéis Desafios Um pouco sobre a certificação ITIL Foundations

Leia mais

Transformação da Indústria

Transformação da Indústria Conceitos Transformação da Indústria Hoje Cloud Anos 2000 Web Anos 1990 Cliente / Servidor Anos 1970 e 80 Mainframe Novas possibilidades O momento atual do país é favorável para que as empresas passem

Leia mais

Plataformas de BI Qual é a mais adequada para o meu negócio?

Plataformas de BI Qual é a mais adequada para o meu negócio? Plataformas de BI Qual é a mais adequada para o meu negócio? Comparativo prático para escolher a ferramenta perfeita para a sua empresa Faça nosso Quiz e veja as opções que combinam com o seu perfil ÍNDICE

Leia mais

Arquitetura de Informação

Arquitetura de Informação Arquitetura de Informação Ferramentas para Web Design Prof. Ricardo Ferramentas para Web Design 1 Arquitetura de Informação? Ferramentas para Web Design 2 Arquitetura de Informação (AI): É a arte de expressar

Leia mais

DAS6607 - Inteligência Artificial Aplicada à Controle de Processos e Automação Industrial

DAS6607 - Inteligência Artificial Aplicada à Controle de Processos e Automação Industrial DAS6607 - Inteligência Artificial Aplicada à Controle de Processos e Automação Industrial Aluno: André Faria Ruaro Professores: Jomi F. Hubner e Ricardo J. Rabelo 29/11/2013 1. Introdução e Motivação 2.

Leia mais

Treinamento de Provas. Aula 1 Bloco 2 Novas tecnologias e Protocolos. Cespe/UnB Com fundamentação teórica

Treinamento de Provas. Aula 1 Bloco 2 Novas tecnologias e Protocolos. Cespe/UnB Com fundamentação teórica Treinamento de Provas Cespe/UnB Com fundamentação teórica Prof. Roberto Andrade Aula 1 Bloco 2 Novas tecnologias e Protocolos 1 (CESPE/MPE PI) Na rede social conhecida como Via6, o usuário poderá compartilhar

Leia mais

www.liberopinion.com Plataforma de participação on-line

www.liberopinion.com Plataforma de participação on-line www.liberopinion.com Plataforma de participação on-line RAP Lisboa 4 de Março 2015 Quem somos Inovação I&D Participação Pública Internet Social Media Dedicação exclusiva à investigação e desenvolvimento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA E ESTATÍSTICA DATA MINING EM VÍDEOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA E ESTATÍSTICA DATA MINING EM VÍDEOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA E ESTATÍSTICA DATA MINING EM VÍDEOS VINICIUS DA SILVEIRA SEGALIN FLORIANÓPOLIS OUTUBRO/2013 Sumário

Leia mais

Gestão de programas, projetos e portfólio

Gestão de programas, projetos e portfólio Gestão de programas, projetos e portfólio Programs & Portfolio Gestão de programas, projetos e portfólio O ITM Platform Programs & Portfolio é um software online para o gerenciamento de projetos, portfólio,

Leia mais

Benchmark Internacional Usabilidade Prefeituras e Boas Práticas de Planejamento e Gestão. Marcelo Barbosa, M.Sc. José Cláudio C.

Benchmark Internacional Usabilidade Prefeituras e Boas Práticas de Planejamento e Gestão. Marcelo Barbosa, M.Sc. José Cláudio C. Benchmark Internacional Usabilidade Prefeituras e Boas Práticas de Planejamento e Gestão Marcelo Barbosa, M.Sc. José Cláudio C. Terra, PhD Brasília, 13 de setembro de 2005 Portais trazem inúmeros benefícios

Leia mais

Análise do processo de avaliação contínua em um curso totalmente à distância

Análise do processo de avaliação contínua em um curso totalmente à distância Análise do processo de avaliação contínua em um curso totalmente à distância Joice Lee Otsuka Instituto de Computação Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) 1 Caixa Postal 6176 CEP: 13083-970 - Campinas,

Leia mais

Consulte a parte de trás para obter informações sobre instalação rápida.

Consulte a parte de trás para obter informações sobre instalação rápida. Guia do Usuário Consulte a parte de trás para obter informações sobre instalação rápida. Protegemos mais usuários contra ameaças on-line do que qualquer outra empresa no mundo. Cuidar de nosso meio ambiente,

Leia mais

COMBINANDO DADOS DE CLICKSTREAM E ANÁLISE DE REDES SOCIAIS PARA IDENTIFICAÇÃO DE COMPORTAMENTOELETRÔNICO DOS PETIANOS DA REGIÃO SUDESTE

COMBINANDO DADOS DE CLICKSTREAM E ANÁLISE DE REDES SOCIAIS PARA IDENTIFICAÇÃO DE COMPORTAMENTOELETRÔNICO DOS PETIANOS DA REGIÃO SUDESTE COMBINANDO DADOS DE CLICKSTREAM E ANÁLISE DE REDES SOCIAIS PARA IDENTIFICAÇÃO DE COMPORTAMENTOELETRÔNICO DOS PETIANOS DA REGIÃO SUDESTE Fiamma Quispe¹, Gustavo Sucupira Oliveira¹, Jeferson Leonardo¹, Luis

Leia mais

Web2Doctors: Saúde Fora da Caixa

Web2Doctors: Saúde Fora da Caixa Com uma interface intuitiva feita com recursos da Web 2.0, pela qual se acessa um Prontuário Eletrônico do Paciente configurável com um workflow para todos os departamentos de uma clínica ou hospital,

Leia mais

UMA PROPOSTA PARA COMPARAÇÃO DE PROVEDORES DE COMPUTAÇÃO EM NUVEM DESDE UMA PERSPECTIVA DE INTEGRAÇÃO DE APLICAÇÕES 1

UMA PROPOSTA PARA COMPARAÇÃO DE PROVEDORES DE COMPUTAÇÃO EM NUVEM DESDE UMA PERSPECTIVA DE INTEGRAÇÃO DE APLICAÇÕES 1 UMA PROPOSTA PARA COMPARAÇÃO DE PROVEDORES DE COMPUTAÇÃO EM NUVEM DESDE UMA PERSPECTIVA DE INTEGRAÇÃO DE APLICAÇÕES 1 Igor G. Haugg 2, Rafael Z. Frantz 3, Fabricia Roos-Frantz 4, Sandro Sawicki 5. 1 Pesquisa

Leia mais

CONCEITOS E APLICAÇÕES DA COMPUTAÇÃO EM NUVEM

CONCEITOS E APLICAÇÕES DA COMPUTAÇÃO EM NUVEM CONCEITOS E APLICAÇÕES DA COMPUTAÇÃO EM NUVEM Rogério Schueroff Vandresen¹, Willian Barbosa Magalhães¹ ¹Universidade Paranaense(UNIPAR) Paranavaí-PR-Brasil rogeriovandresen@gmail.com, wmagalhaes@unipar.br

Leia mais

Passo-a-Passo Curso do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas para Editor-Gerente

Passo-a-Passo Curso do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas para Editor-Gerente Passo-a-Passo Curso do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas para Editor-Gerente Versão do OJS/SEER 2.3.4 Universidade Federal de Goiás Sistema de Bibliotecas da UFG (SiBi) Gerência de Informação

Leia mais

Data Warehousing Visão Geral do Processo

Data Warehousing Visão Geral do Processo Data Warehousing Visão Geral do Processo Organizações continuamente coletam dados, informações e conhecimento em níveis cada vez maiores,, e os armazenam em sistemas informatizados O número de usuários

Leia mais

Soluções em Software para Medicina Diagnóstica. www.digitalmed.com.br

Soluções em Software para Medicina Diagnóstica. www.digitalmed.com.br Soluções em Software para Medicina Diagnóstica www.digitalmed.com.br NOTA DE AGRADECIMENTO Primeiramente, agradecemos pela sua receptividade em conhecer as nossas soluções, afinal, é sempre uma imensa

Leia mais

João Víctor Rocon Maia Engenharia de Computação - UFES

João Víctor Rocon Maia Engenharia de Computação - UFES João Víctor Rocon Maia Engenharia de Computação - UFES Agenda Quem usa? Conceito Ilustração Vantagens Tipologia Topologia Como fazer? O que é preciso? Infraestrutura Sistema Operacional Software Eucalyptus

Leia mais

Ontologias na Computação

Ontologias na Computação Ontologias na Computação Claudio Akio Namikata, Henrique Sarmento, Marcio Valença Ramos cjnamikata90@hotmail.com, rique-182@hotmail.com, maxtr3m3@hotmail.com Resumo: Este trabalho tem como objetivo apresentar

Leia mais

Sistema de Informação Integrado

Sistema de Informação Integrado Sistema de Informação Integrado Relatório de Atividades Centro de Referência em Informação Ambiental, CRIA Março, 2006 Trabalho Realizado O seguinte cronograma de execução foi aprovado quando da contratação

Leia mais

Tableau Online Segurança na nuvem

Tableau Online Segurança na nuvem Tableau Online Segurança na nuvem Autor(a): Ellie Fields Diretora Sênior de Marketing de Produtos, Tableau Software Junho de 2013 p2 A Tableau Software entende que os dados são um dos ativos mais estratégicos

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL

TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E ANALISTA (EXCETO PARA O CARGO 4 e 8) GABARITO 1. (CESPE/2013/MPU/Conhecimentos Básicos para os cargos 34 e 35) Com a cloud computing,

Leia mais

Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2

Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2 Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2 Aula 1 Conceitos da Computação em Nuvem A computação em nuvem ou cloud computing

Leia mais

Revista Brasileira de Farmacognosia Sociedade Brasileira de Farmacognosia www.sbfgnosia.org.br

Revista Brasileira de Farmacognosia Sociedade Brasileira de Farmacognosia www.sbfgnosia.org.br 1 Prezados Colegas, usuários da Revista Brasileira de Farmacognosia, Gostaria de tomar um minuto da atenção de vocês. Por favor leiam até o final do conteúdo desta mensagem de alta prioridade, trata-se

Leia mais

23/05/12. Computação em Nuvem. Computação em nuvem: gerenciamento de dados. Computação em Nuvem - Características principais

23/05/12. Computação em Nuvem. Computação em nuvem: gerenciamento de dados. Computação em Nuvem - Características principais Computação em Nuvem Computação em nuvem: gerenciamento de dados Computação em nuvem (Cloud Computing) é uma tendência recente de tecnologia cujo objetivo é proporcionar serviços de Tecnologia da Informação

Leia mais

CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com

CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com SUMÁRIO Introdução... 4 Nuvem pública: quando ela é ideal... 9 Nuvem privada: quando utilizá-la... 12 Alternativas de sistemas

Leia mais

Slide 1: Título do Slide Recursos Online Básicos para Genealogistas Iniciantes Lisa A. M. Alzo, Mestre em Belas Artes

Slide 1: Título do Slide Recursos Online Básicos para Genealogistas Iniciantes Lisa A. M. Alzo, Mestre em Belas Artes Slide 1: Título do Slide Recursos Online Básicos para Genealogistas Iniciantes Lisa A. M. Alzo, Mestre em Belas Artes Slide 2: Visão geral - nesta sessão conversaremos sobre o seguinte: Descobrir a emocionante

Leia mais

Introdução ao Aplicativo de Programação LEGO MINDSTORMS Education EV3

Introdução ao Aplicativo de Programação LEGO MINDSTORMS Education EV3 Introdução ao Aplicativo de Programação LEGO MINDSTORMS Education EV3 A LEGO Education tem o prazer de trazer até você a edição para tablet do Software LEGO MINDSTORMS Education EV3 - um jeito divertido

Leia mais

Boas Práticas em Sistemas Web muito além do HTML...

Boas Práticas em Sistemas Web muito além do HTML... Boas Práticas em Sistemas Web muito além do HTML... Adriano C. Machado Pereira (adrianoc@dcc.ufmg.br) De que Web estamos falando? De que Web estamos falando? A Web foi concebida para ser uma biblioteca

Leia mais

A Estrutura da Web. Redes Sociais e Econômicas. Prof. André Vignatti

A Estrutura da Web. Redes Sociais e Econômicas. Prof. André Vignatti A Estrutura da Web Redes Sociais e Econômicas Prof. André Vignatti A Estrutura da Web Até agora: redes onde unidades eram pessoas ou entidades sociais, como empresas e organizações Agora (Cap 13, 14 e

Leia mais

Análise Probabilística de Semântica Latente aplicada a sistemas de recomendação

Análise Probabilística de Semântica Latente aplicada a sistemas de recomendação Diogo Silveira Mendonça Análise Probabilística de Semântica Latente aplicada a sistemas de recomendação Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do título de

Leia mais

Grupo de Banco de Dados da UFSC

Grupo de Banco de Dados da UFSC Grupo de Banco de Dados da UFSC (GBD / UFSC) Oportunidades de Pesquisa e TCCs 2010 / 2 Objetivo GBD/UFSC Pesquisa e desenvolvimento de soluções para problemas de gerenciamento de dados LISA Laboratório

Leia mais

Como as marcações auxiliam na organização do conteúdo de um ambiente virtual

Como as marcações auxiliam na organização do conteúdo de um ambiente virtual 39 Como as marcações auxiliam na organização do conteúdo de um ambiente virtual Catarina Yuki Sato 1 Glauber José Vaz² Ivo Pierozzi Júnior² A Agropedia brasilis é um ambiente tecnológico voltado para o

Leia mais

L A C Laboratory for Advanced Collaboration

L A C Laboratory for Advanced Collaboration Publicação de Dados Governamentais no Padrão Linked Data 1.2 - Dados Governamentais Abertos Karin Breitman José Viterbo Edgard Marx Percy Salas L A C Laboratory for Advanced Collaboration Objetivo deste

Leia mais

O sistema está pedindo que eu faça meu login novamente e diz que minha sessão expirou. O que isso significa?

O sistema está pedindo que eu faça meu login novamente e diz que minha sessão expirou. O que isso significa? Que tipo de navegadores são suportados? Preciso permitir 'cookies' O que são 'cookies' da sessão? O sistema está pedindo que eu faça meu login novamente e diz que minha sessão expirou. O que isso significa?

Leia mais

ATIVIDADE WEBQUEST COMO ABORDAGEM DIDÁTICA

ATIVIDADE WEBQUEST COMO ABORDAGEM DIDÁTICA ATIVIDADE WEBQUEST COMO ABORDAGEM DIDÁTICA Renato dos Santos Diniz renatomatematica@hotmail.com Adelmo de Andrade Carneiro adelmomatematico@yahoo.com.br Wesklemyr Lacerda wesklemyr@hotmail.com Abigail

Leia mais

Teoria e Prática. Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009. Rosaldo de Jesus Nocêra, PMP, PMI-SP, MCTS. do PMBOK do PMI. Acompanha o livro:

Teoria e Prática. Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009. Rosaldo de Jesus Nocêra, PMP, PMI-SP, MCTS. do PMBOK do PMI. Acompanha o livro: Gerenciamento de Projetos Teoria e Prática Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009 do PMBOK do PMI Acompanha o livro: l CD com mais de 70 formulários exemplos indicados pelo PMI e outros desenvolvidos

Leia mais

Semântica para Sharepoint. Busca semântica utilizando ontologias

Semântica para Sharepoint. Busca semântica utilizando ontologias Semântica para Sharepoint Busca semântica utilizando ontologias Índice 1 Introdução... 2 2 Arquitetura... 3 3 Componentes do Produto... 4 3.1 OntoBroker... 4 3.2 OntoStudio... 4 3.3 SemanticCore para SharePoint...

Leia mais

Autoria Web Apresentação e Visão Geral sobre a Web

Autoria Web Apresentação e Visão Geral sobre a Web Apresentação e Visão Geral sobre a Web Apresentação Thiago Miranda Email: mirandathiago@gmail.com Site: www.thiagomiranda.net Objetivos da Disciplina Conhecer os limites de atuação profissional em Web

Leia mais

MBA Analytics em Big Data

MBA Analytics em Big Data MBA Analytics em Big Data Inscrições Abertas Início das Aulas: 04/06/2015 Dias e horários das aulas: Segunda-Feira 19h00 às 23h00 Semanal Sexta-Feira 19h00 às 23h00 Semanal Carga horária: 600 Horas Duração:

Leia mais

AVALIAÇÃO DE TÉCNICAS DE FILTRAGEM COLABORATIVA

AVALIAÇÃO DE TÉCNICAS DE FILTRAGEM COLABORATIVA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA AVALIAÇÃO DE TÉCNICAS DE FILTRAGEM COLABORATIVA PARA SISTEMAS DE RECOMENDAÇÃO PROPOSTA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO

Leia mais

ebook Aprenda como aumentar o poder de captação do seu site. por Rodrigo Pereira Publicitário e CEO da Agência Retina Comunicação

ebook Aprenda como aumentar o poder de captação do seu site. por Rodrigo Pereira Publicitário e CEO da Agência Retina Comunicação por Rodrigo Pereira Publicitário e CEO da Agência Retina Comunicação Sobre o Autor: Sempre fui comprometido com um objetivo de vida: TER MINHA PRÓPRIA EMPRESA. Mas assim como você, eu também ralei bastante

Leia mais

Computação em Grid e em Nuvem

Computação em Grid e em Nuvem Computação em Grid e em Nuvem Computação em Nuvem Molos 1 Definição Um grid computacional é uma coleção recursos computacionais e comunicação utilizados para execução aplicações Usuário vê o grid como

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO. webqda - SOFTWARE DE APOIO À ANÁLISE QUALITATIVA. Entidade de formação credenciada e homologada

CURSO DE FORMAÇÃO. webqda - SOFTWARE DE APOIO À ANÁLISE QUALITATIVA. Entidade de formação credenciada e homologada CURSO DE FORMAÇÃO webqda - SOFTWARE DE APOIO À ANÁLISE QUALITATIVA Entidade de formação credenciada e homologada 1. Fundamentação A investigação nas ciências humanas e sociais tem passado nas últimas décadas

Leia mais

UMA VISÃO GERAL DA COMPUTAÇÃO EM NUVEM

UMA VISÃO GERAL DA COMPUTAÇÃO EM NUVEM UMA VISÃO GERAL DA COMPUTAÇÃO EM NUVEM Ederson dos Santos Cordeiro de Oliveira 1, Tiago Piperno Bonetti 1, Ricardo Germano 1 ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil edersonlikers@gmail.com,

Leia mais

My Cisco Perguntas mais frequentes

My Cisco Perguntas mais frequentes 1. O que é o My Cisco? My Cisco oferece uma visão portátil e personalizável das suas informações favoritas no Cisco.com. 2. Como é possível acessar o My Cisco? Há duas formas de acessar o My Cisco: A lista

Leia mais

Nathalie Portugal Vargas

Nathalie Portugal Vargas Nathalie Portugal Vargas 1 Introdução Trabalhos Relacionados Recuperação da Informação com redes ART1 Mineração de Dados com Redes SOM RNA na extração da Informação Filtragem de Informação com Redes Hopfield

Leia mais

A computação na nuvem é um novo modelo de computação que permite ao usuário final acessar uma grande quantidade de aplicações e serviços em qualquer

A computação na nuvem é um novo modelo de computação que permite ao usuário final acessar uma grande quantidade de aplicações e serviços em qualquer A computação na nuvem é um novo modelo de computação que permite ao usuário final acessar uma grande quantidade de aplicações e serviços em qualquer lugar e independente da plataforma, bastando para isso

Leia mais

COMPUTAÇÃO EM NUVEM: UM FUTURO PRESENTE

COMPUTAÇÃO EM NUVEM: UM FUTURO PRESENTE COMPUTAÇÃO EM NUVEM: UM FUTURO PRESENTE Andressa T.R. Fenilli 1, Késsia R.C.Marchi 1 1 Universidade Paranaense (UNIPAR) Paranavaí PR Brasil andressa.trf@gmail.com, kessia@unipar.br Resumo. Computação em

Leia mais

USO DO LABORATÓRIO DE INFOMÁTICA NAS DE MATEMÁTICA

USO DO LABORATÓRIO DE INFOMÁTICA NAS DE MATEMÁTICA USO DO LABORATÓRIO DE INFOMÁTICA NAS DE MATEMÁTICA Resumo: Neste mini-curso os participantes terão a oportunidade de conhecer uma metodologia, bem como também construir e trabalhar com a mesma, na tentativa

Leia mais

Porquê na ITIL nas empresas? o Para termos uma resposta efetiva é preciso entender o porque da governança; o Entender gerenciamento de riscos.

Porquê na ITIL nas empresas? o Para termos uma resposta efetiva é preciso entender o porque da governança; o Entender gerenciamento de riscos. ITIL V3 Porquê na ITIL nas empresas? o Para termos uma resposta efetiva é preciso entender o porque da governança; o Entender o gerenciamento de riscos. Porquê Governança? Porque suas ações e seus requisitos

Leia mais

Nuvem UFRGS: IaaS como ferramenta de apoio à pesquisa

Nuvem UFRGS: IaaS como ferramenta de apoio à pesquisa Nuvem UFRGS: IaaS como ferramenta de apoio à pesquisa Éverton Didoné Foscarini, Rui de Quadros Ribeiro Universidade Federal do Rio Grande do Sul Centro de Processamento de Dados Rua Ramiro Barcelos, 2574

Leia mais

Grupo Seres Adota CA Cloud Service Management para Automatizar e Gerenciar Chamados de Service Desk

Grupo Seres Adota CA Cloud Service Management para Automatizar e Gerenciar Chamados de Service Desk CUSTOMER SUCCESS STORY Abril 2014 Grupo Seres Adota CA Cloud Service Management para Automatizar e Gerenciar Chamados de Service Desk PERFIL DO CLIENTE Indústria: Consultoria Empresa: Grupo Seres Colaboradores:

Leia mais

Houston, we have a cloud! Um estudo das aplicações da Computação Forense em uma das tecnologias mais evidentes da atualidade.

Houston, we have a cloud! Um estudo das aplicações da Computação Forense em uma das tecnologias mais evidentes da atualidade. Houston, we have a cloud! Um estudo das aplicações da Computação Forense em uma das tecnologias mais evidentes da atualidade. André Guaraldo (101487) Giuliano R. Pinheiro (108759) Oscar Esgalha (108231)

Leia mais

Perguntas frequentes do Microsoft Cloud Partner Program

Perguntas frequentes do Microsoft Cloud Partner Program 1. O que é o Microsoft Cloud Essentials Pack? O Microsoft Cloud Essentials Pack permite que você conheça e experimente os softwares na nuvem mais recentes, o suporte técnico online, o treinamento e outros

Leia mais

ADAPTANDO UMA APLICAÇÃO PARA CLOUD: UMA ANÁLISE ENTRE OS ESFORÇOS UTILIZADOS

ADAPTANDO UMA APLICAÇÃO PARA CLOUD: UMA ANÁLISE ENTRE OS ESFORÇOS UTILIZADOS ADAPTANDO UMA APLICAÇÃO PARA CLOUD: UMA ANÁLISE ENTRE OS ESFORÇOS UTILIZADOS Cleverson Nascimento de Mello¹, Claudete Werner¹, Gabriel Costa Silva² ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil

Leia mais

Guia Básico de Utilização da Biblioteca Virtual da FAPESP. Thais Fernandes de Morais Fabiana Andrade Pereira

Guia Básico de Utilização da Biblioteca Virtual da FAPESP. Thais Fernandes de Morais Fabiana Andrade Pereira Guia Básico de Utilização da Biblioteca Virtual da FAPESP Thais Fernandes de Morais Fabiana Andrade Pereira Centro de Documentação e Informação da FAPESP São Paulo 2015 Sumário Introdução... 2 Objetivos...

Leia mais

Autor: Marcelo Maia http://infoempreendedorismo.com

Autor: Marcelo Maia http://infoempreendedorismo.com Nesse ebook você irá aprender como gerar uma renda mesmo que do zero rapidamente na internet, se você já tem um produto irá aprender como aumentar suas vendas agora mesmo de forma garantida. Crie um sistema

Leia mais

Infraestrutura de EaD para apoio a cursos presenciais. Prof. ª Dra. Christine da Silva Schröeder ICEAC/SEaD/FURG christine1004sch@gmail.

Infraestrutura de EaD para apoio a cursos presenciais. Prof. ª Dra. Christine da Silva Schröeder ICEAC/SEaD/FURG christine1004sch@gmail. Infraestrutura de EaD para apoio a cursos presenciais Prof. ª Dra. Christine da Silva Schröeder ICEAC/SEaD/FURG christine1004sch@gmail.com Perspectivas de análise: EAD e mudança Perspectivas de análise:

Leia mais

RECUPERANDO INFORMAÇÃO SOBRE TEXTOS PUBLICADOS NO TWITTER

RECUPERANDO INFORMAÇÃO SOBRE TEXTOS PUBLICADOS NO TWITTER RECUPERANDO INFORMAÇÃO SOBRE TEXTOS PUBLICADOS NO TWITTER Autores: Miguel Airton FRANTZ 1 ;; Angelo Augusto FROZZA 2, Reginaldo Rubens da SILVA 2. Identificação autores: 1 Bolsista de Iniciação Científica

Leia mais

Processos como elo entre a TI e estratégia

Processos como elo entre a TI e estratégia RIO DE JANEIRO SÃO PAULO BRASÍLIA BELO HORIZONTE Processos como elo entre a TI e estratégia Leandro Jesus Copyright ELO Group 2012 - Confidencial Quem é a ELO Group? Consultoria de Transformação 1. Desdobramento

Leia mais

Novos rumos para a recuperação de informação geográfica em português

Novos rumos para a recuperação de informação geográfica em português Novos rumos para a recuperação de informação geográfica em português Nuno Cardoso Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, Laboratório LaSIGE ncardoso@xldb.di.fc.ul.pt Encontro 10 anos da Linguateca

Leia mais

Contabilidade & MOBILIDADE. CICERO TORQUATO IX Encontro de Contabilidade do Agreste Alagoano Maceió/Maio/2016

Contabilidade & MOBILIDADE. CICERO TORQUATO IX Encontro de Contabilidade do Agreste Alagoano Maceió/Maio/2016 Contabilidade & MOBILIDADE CICERO TORQUATO IX Encontro de Contabilidade do Agreste Alagoano Maceió/Maio/2016 Quando os ventos de mudança sopram, umas pessoas levantam barreiras, outras constroem moinhos

Leia mais

INF 2125 PROJETO DE SISTEMAS DE SOFTWARE Prof. Carlos J. P. de Lucena

INF 2125 PROJETO DE SISTEMAS DE SOFTWARE Prof. Carlos J. P. de Lucena INF 2125 PROJETO DE SISTEMAS DE SOFTWARE Prof. Carlos J. P. de Lucena Trabalho Experimental Sistema de Biblioteca 1. Objetivo Este trabalho tem o objetivo de consolidar o conhecimento sobre UML e garantir

Leia mais

JOSANE BATALHA SOBREIRA DA SILVA APROXIMANDO CULTURAS POR MEIO DA TECNOLOGIA

JOSANE BATALHA SOBREIRA DA SILVA APROXIMANDO CULTURAS POR MEIO DA TECNOLOGIA JOSANE BATALHA SOBREIRA DA SILVA APROXIMANDO CULTURAS POR MEIO DA TECNOLOGIA Valinhos, setembro de 2014 1 JOSANE BATALHA SOBREIRA DA SILVA APROXIMANDO CULTURAS POR MEIO DA TECNOLOGIA Relato do Projeto

Leia mais

perspectivas e abordagens típicas de campos de investigação (Senra & Camargo, 2010).

perspectivas e abordagens típicas de campos de investigação (Senra & Camargo, 2010). 1 Introdução Os avanços na tecnologia da informação, bem como o crescimento da sociedade da informação através do uso da Internet, obrigaram os governos de inúmeros países, em seus mais variados níveis,

Leia mais

Regulamento do Programa RiSE/Porto Digital de Residência em Reuso de Software 2011

Regulamento do Programa RiSE/Porto Digital de Residência em Reuso de Software 2011 Regulamento do Programa RiSE/Porto Digital de Residência em Reuso de Software 2011 1. Apresentação A RiSE Reuse in Software Engineering e o Núcleo de Gestão do Porto Digital (NGPD), com o apoio do CNPq

Leia mais

Cursos Online. Universidade do Corretor Alta Performance em Vendas de Alto Valor. Guia de Boas Vindas Primeiros passos. www.andrevinicius.

Cursos Online. Universidade do Corretor Alta Performance em Vendas de Alto Valor. Guia de Boas Vindas Primeiros passos. www.andrevinicius. Cursos Online Universidade do Corretor Alta Performance em Vendas de Alto Valor Guia de Boas Vindas Primeiros passos www.andrevinicius.com/ead Universidade do Corretor Olá! Tudo bem? É com imenso prazer

Leia mais

Proposta de Metodologia para a Avaliação dos websites do Governo Federal

Proposta de Metodologia para a Avaliação dos websites do Governo Federal Proposta de Metodologia para a Avaliação dos websites do Governo Federal Espartaco Madureira Coelho maio/2001 Introdução A partir da leitura do artigo Assessing E-Government: The Internet, Democracy and

Leia mais

PROJETO ARARIBÁ. Um projeto que trabalha a compreensão leitora, apresenta uma organização clara dos conteúdos e um programa de atividades específico.

PROJETO ARARIBÁ. Um projeto que trabalha a compreensão leitora, apresenta uma organização clara dos conteúdos e um programa de atividades específico. PROJETO ARARIBÁ Um projeto que trabalha a compreensão leitora, apresenta uma organização clara dos conteúdos e um programa de atividades específico. ARARIBÁ HISTÓRIA O livro tem oito unidades, divididas

Leia mais

Uso de Padrões Web. maio/2009

Uso de Padrões Web. maio/2009 Uso de Padrões Web maio/2009 Internet e Web, passado, presente e futuro 2 Internet e Web, passado, presente e futuro 3 A Evolução da Web Pré Web Passado web 1.0 Presente web 2.0 Futuro web 3.0 4 A Evolução

Leia mais

Alexandre Malveira, Wolflan Camilo

Alexandre Malveira, Wolflan Camilo Alexandre Malveira, Wolflan Camilo Introdução Cloud Computing Computação Móvel SaaS, PaaS e IaaS CloudBees Diariamente arquivos são acessados, informações dos mais variados tipos são armazenadas e ferramentas

Leia mais

Faculdade Integrada do Ceará FIC Graduação em Redes de Computadores

Faculdade Integrada do Ceará FIC Graduação em Redes de Computadores Faculdade Integrada do Ceará FIC Graduação em Redes de Computadores Disciplina - Sistemas Distribuídos Prof. Andrey Halysson Lima Barbosa Aula 12 Computação em Nuvem Sumário Introdução Arquitetura Provedores

Leia mais

Laboratório de Mídias Sociais

Laboratório de Mídias Sociais Laboratório de Mídias Sociais Aula 02 Análise Textual de Mídias Sociais parte I Prof. Dalton Martins dmartins@gmail.com Gestão da Informação Universidade Federal de Goiás O que é Análise Textual? Análise

Leia mais

www.under.com.br 4007.1432 / 0800.886.1432 / 51 3301.1432

www.under.com.br 4007.1432 / 0800.886.1432 / 51 3301.1432 www.under.com.br 4007.1432 / 0800.886.1432 / 51 3301.1432 Sua Infra na Nuvem Quem somos A Under é uma empresa de tecnologia e infraestrutura para internet, fundada em 2002. Figuramos entre as maiores empresas

Leia mais

SEGURANÇA E GERENCIAMENTO DE APIs. Uma empresa da CA Technologies

SEGURANÇA E GERENCIAMENTO DE APIs. Uma empresa da CA Technologies www.layer7.com SEGURANÇA E GERENCIAMENTO DE APIs Uma empresa da CA Technologies Uma empresa da CA Technologies COMPONENTES DE APIs PARA A EMPRESA ABERTA A Layer 7 oferece soluções de segurança e gerenciamento

Leia mais

Desafios da convergência em um mundo totalmente IP. Sidney Longo

Desafios da convergência em um mundo totalmente IP. Sidney Longo Desafios da convergência em um mundo totalmente IP Sidney Longo 13 de abril de 2011 Agenda O CPqD Cenário Roadmap Tecnológico Tendências Tecnológicas Computação em Nuvem Mobilidade e Redes Sociais Multiplos

Leia mais

RESUMO DA SOLUÇÃO CA ERwin Modeling. Como eu posso gerenciar a complexidade dos dados e aumentar a agilidade dos negócios?

RESUMO DA SOLUÇÃO CA ERwin Modeling. Como eu posso gerenciar a complexidade dos dados e aumentar a agilidade dos negócios? RESUMO DA SOLUÇÃO CA ERwin Modeling Como eu posso gerenciar a complexidade dos dados e aumentar a agilidade dos negócios? O CA ERwin Modeling fornece uma visão centralizada das principais definições de

Leia mais

Novidades do AVG 2013

Novidades do AVG 2013 Novidades do AVG 2013 Conteúdo Licenciamento Instalação Verificação Componentes Outras características Treinamento AVG 2 Licenciamento Instalação Verificação Componentes do AVG Outras características Treinamento

Leia mais

Novell Vibe 4.0. Março de 2015. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos

Novell Vibe 4.0. Março de 2015. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos Novell Vibe 4.0 Março de 2015 Inicialização Rápida Quando você começa a usar o Novell Vibe, a primeira coisa a se fazer é configurar sua área de trabalho pessoal e criar uma área de trabalho de equipe.

Leia mais

Série ArcGIS Online I. Aprenda em 20. Módulo 5. Crie um App. www.academiagis.com.br

Série ArcGIS Online I. Aprenda em 20. Módulo 5. Crie um App. www.academiagis.com.br Série ArcGIS Online I Aprenda em 20 Módulo 5 Crie um App Junho/2015 academiagis@img.com.br www.academiagis.com.br 1 Crie um App Você pode adicionar mais valor para o mapa que criou no módulo anterior,

Leia mais

COMUNICADO n o 001/2012 ÁREA DE ENSINO ORIENTAÇÕES PARA NOVOS APCNS 2012 Brasília, 22 de maio de 2012

COMUNICADO n o 001/2012 ÁREA DE ENSINO ORIENTAÇÕES PARA NOVOS APCNS 2012 Brasília, 22 de maio de 2012 COMUNICADO n o 001/2012 ÁREA DE ENSINO ORIENTAÇÕES PARA NOVOS APCNS 2012 Brasília, 22 de maio de 2012 IDENTIFICAÇÃO ÁREA DE AVALIAÇÃO: Ensino PERÍODO DE AVALIAÇÃO: 2012 ANO DE PUBLICAÇÃO DESTE DOCUMENTO:

Leia mais