condições específicas de prestação do serviço DRIVE VIRTUAL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "condições específicas de prestação do serviço DRIVE VIRTUAL"

Transcrição

1 Mod.C/ condições específicas de prestação do serviço DRIVE VIRTUAL I. Objeto 1. As presentes Condições Específicas regulam, conjuntamente, com os Termos de Utilização do Portal SmartCloudPT da PT [PT Comunicações, S.A. e TMN Telecomunicações Móveis Nacionais, S.A.], o respetivo Pedido de Adesão ao Serviço Drive Virtual realizado através do mencionado Portal e a licença de utilização disponível em [http://drivevirtual.smartcloudpt.pt/eula], a prestação do Serviço de Drive Virtual ( Serviço ou Serviço de Drive Virtual ) ao Cliente. 2. A aceitação e/ou validação do Pedido de Adesão ao Serviço Drive Virtual, pelo Cliente, importa a aceitação expressa das presentes Condições Específicas. II. Definições Salvo indicação em sentido contrário, os seguintes termos e expressões terão os significados definidos abaixo: «Pedido de Adesão ao Serviço»: pedido realizado, pelo Cliente, na área privada do Portal SmartCloudPT (após login); «Serviço Drive Virtual» ou «Serviço»: serviço que permite ao Cliente armazenar dados da sua empresa numa infraestrutura remota gerida pela PT ( Data Center ); «Software»: Programa de computador que o Cliente instala no seu Personal Computer ou Servidor, para utilização do Serviço Drive Virtual; «Tráfego»: quantidade de dados eletrónicos transmitidos ou recebidos através da Internet; «Dados»: qualquer arquivo criado ou modificado pelo Cliente no seu Personal Computer ou Servidor. III. Âmbito O Cliente reconhece e aceita que não se encontram abrangidos pelo âmbito do presente Contrato: a) O acesso físico do Cliente ou de terceiros ao Data Center/Servidor da PT; b) A prestação de serviços de conectividade de suporte ao Serviço de Drive Virtual; c) Quaisquer serviços acessórios não expressamente incluídos no presente Contrato, ainda que se tenham tornado necessários na sequência de qualquer circunstância imprevista ou evento de força maior (situações de natureza extraordinária ou imprevisível, exteriores à PT e que pela mesma não possam ser controladas; d) Qualquer alteração ou adição de serviços essenciais, acessórios, autónomos ou complementares relativos designadamente a serviços de configurações e de manutenção não expressamente previstos no presente Contrato. IV. Caracterização do Serviço 1. O Serviço permite ao Cliente armazenar ficheiros e pastas na Internet (até à capacidade contratada), em tempo real, com a possibilidade de partilha de informação. 2. O Serviço baseia-se num Software que permite configurar uma pasta virtual no Sistema Operativo do Personal Computer do Cliente, idêntica a qualquer outra pasta, em que o espaço de armazenamento não provém do disco rígido local mas assenta numa infraestrutura remota gerida pela PT ( Data Center ). 3. O Cliente, através do serviço de Drive Virtual, poderá copiar, mover, apagar, abrir ou renomear os ficheiros armazenados na internet tal como se estivesse a trabalhar localmente no seu Personal Computer. 4. Os Dados armazenados ficarão permanentemente disponíveis para acesso em linha ( online ) sendo necessário para o efeito que o Cliente disponha de ligação ativa à internet. V. Software A subscrição do serviço importa a aceitação pelo Cliente dos Termos e Condições de Utilização da Licença do Software, disponíveis em e a sua utilização pressupõe o recurso a um endereço de fornecido pela PT ou por qualquer prestador de serviço de acesso à Internet. O endereço de do Cliente funcionará como o seu código de identificação pessoal (" do Cliente") bem como o respetivo código de entrada na conta de ("Código de Acesso" ou Password ), constituindo os elementos de identificação do Cliente. Os citados códigos têm carácter pessoal e intransmissível, não devendo o Cliente revelar os mesmos a terceiros nem utilizar o serviço em condições que permitam a sua descodificação e cópia. 2. A PT cede a utilização do Software ao Cliente, o qual se destina exclusivamente a ser utilizado para prestação, pela PT, do Serviço, não lhe podendo ser dado qualquer outro destino ou utilização. VI. Direitos de Autor e Propriedade Industrial 1. Todos os direitos de autor e de propriedade industrial, relativos às especificações técnicas, Software, manuais, ou qualquer outro material fornecido pela PT ao Cliente pertencem exclusivamente à PT, ou à entidade que para o efeito a tenha licenciado. 2. O Cliente obriga-se a não efetuar quaisquer utilizações não permitidas do Software, manuais e demais materiais acima referidos, nomeadamente, a não descompilar, reproduzir ou de qualquer forma alterar ou transmitir a terceiros os mesmos, bem como a não desenvolver outros produtos que incorporem o Software contratado, sendo o Cliente responsável perante a PT por quaisquer prejuízos sofridos por esta última, em virtude da violação dessas obrigações. 3. O Cliente compromete-se a seguir as instruções que lhe forem transmitidas pela PT no que respeita à utilização de marcas registadas ou outros direitos de que a PT seja, direta ou indiretamente, titular. VII. Condições de Utilização e Segurança do Serviço 1. Para utilização do serviço Drive Virtual, o Cliente deverá ter um acesso à Internet e dispor de um computador pessoal com instalação de um dos seguintes Sistemas Operativos: Windows XP (32 bits ou 64 bits, Intel ou AMD); Windows Vista (32 bits ou 64 bits, Intel ou AMD); Windows 7 (32 bits ou 64 bits, Intel ou AMD); Windows Server 2003 (32 bits ou 64 bits, Intel ou AMD). Windows Server 2008 (32 bits ou 64 bits, Intel ou AMD); Windows Server 2008 R2 (AMD64); 2. Sem prejuízo das demais obrigações emergentes do presente Contrato, o Cliente compromete-se a: a) Respeitar quaisquer instruções, solicitações e/ou indicações técnicas que lhe sejam dirigidas pela PT em matéria de utilização do Serviço Drive Virtual; b) Não utilizar o Serviço para fins contrários à lei, para proceder à divulgação de informações suscetíveis de lesar a integridade moral ou quaisquer outros direitos ou interesses de terceiros, ou ainda para veicular informações suscetíveis de serem qualificadas como prática e ou incitamento à prática de atos ilícitos ou ofensivos dos bons costumes, bem como quaisquer informações cuja divulgação possa ou deva, por qualquer motivo, ser considerada ilegal; c) Não efetuar cópias de apoio do Software, exceto nos casos em que tais cópias são permitidas por lei; d) Não descompilar, em parte ou em todo, o Software; e) Registar os Personal Computers ou Servidores nos quais pretenda instalar o Software, para efeitos de utilização do Serviço; f) Facultar à PT, para efeitos de prestação de serviços associados ao Serviço Drive Virtual, designadamente serviços de assistência técnica, autorização para acesso remoto ao hardware a partir do qual é utilizado o Serviço Drive Virtual. VIII. Responsabilidade 1. No âmbito do presente Contrato, a PT apenas poderá ser responsabilizada por danos ou prejuízos que lhe sejam diretamente imputáveis a título de dolo ou culpa grave, não se responsabilizando, nomeadamente, por danos causados por culpa do Cliente ou de terceiro, ou pela perda de receitas ou lucros ou quaisquer prejuízos extraordinários, indiretos ou

2 incidentais resultantes ou relacionados com o presente Contrato do Cliente ou de terceiros. 2. O Cliente expressamente reconhece e aceita que a PT não é responsável pelo conteúdo da informação ou quaisquer dados disponibilizados ou recebidos através da Internet. 3. A PT não será responsável por quaisquer danos ou prejuízos que o Cliente ou terceiros possam vir a sofrer, nomeadamente na segurança dos sistemas, redes e ou recursos informáticos que utilize, em virtude de informações ou quaisquer dados disponibilizados ou recebidos através da Internet, de ataques ilícitos de intrusão de Denial of Service ou congestão do sistema informático e ou rede, independentemente da tecnologia utilizada pelo Cliente, bem como em virtude de erros ( bugs ) nos sistemas informáticos do Cliente e ou da necessidade de instalação de desenvolvimentos ( upgrades ) nos sistemas informáticos que utiliza. 4. A PT não se responsabiliza pela perda, extravio ou danificação dos dados que não são enviados, via Serviço, para o Data Centre/Servidor da PT, bem como, pela não correspondência entre as funções previstas no Serviço e os resultados pretendidos pelo Cliente através da sua utilização ou pela existência de erros ou eventuais interrupções que possam ocorrer no decurso do uso do referido Serviço. 5. São da exclusiva responsabilidade do Cliente quaisquer danos sofridos ou causados a terceiros pelo uso inadequado ou não autorizado do Serviço, bem como dos serviços a ele associados. 6. A PT não poderá ser responsabilizada pelo não cumprimento ou cumprimento defeituoso das obrigações por si assumidas, quando e apenas na exata medida em que tal resulte da ocorrência de uma situação de natureza extraordinária ou imprevisível exterior à PT e que por ela não possa ser controlada, tal como guerra (declarada ou não), tumulto, insurreição civil, catástrofes naturais, greves gerais de âmbito nacional, incêndios, inundações, explosões, decisões governamentais ou outras situações não controláveis pela PT que impeçam ou prejudiquem o cumprimento das obrigações assumidas. IX. Faturação e Preços 1. Sem prejuízo do disposto no número seguinte a PT enviará de acordo com a periodicidade indicada pelo Cliente, no Pedido de Adesão ao Serviço Drive Virtual realizado no Portal SmartCloudPT e para o local identificado no processo de registo no Portal SmartCloudPT, as faturas correspondentes ao preço do Serviço Drive Virtual contratado ao abrigo das presentes Condições Específicas. 2. A todos os preços previstos no tarifário aplicável ao Serviço Drive Virtual acresce IVA à taxa legal em vigor. 3. Os preços previstos no número anterior encontram-se sujeitos a atualizações anuais calculadas com base no valor da taxa anual de inflação, devendo tais alterações ser divulgadas ao Cliente com uma antecedência mínima de 1 (um) mês relativamente à respetiva entrada em vigor. X. Pagamentos e Mora 1. O Cliente obriga-se a pagar à PT o valor total das faturas emitidas nos termos da Cláusula anterior, no prazo nelas indicado ou, na falta deste, até ao último dia útil do mês seguinte ao da emissão da fatura. 2. Sem prejuízo do disposto no número seguinte, todos os pagamentos deverão ser efetuados através de um dos meios indicados na respetiva fatura. 3. A PT poderá, sempre que considere conveniente, indicar por escrito outra forma de pagamento diferente da indicada no número anterior. 4. Em caso de mora no pagamento de quaisquer quantias devidas pelo Cliente à PT ao abrigo das presentes Condições Específicas, esta poderá cobrar sobre essas quantias, e pelo período de duração da mora, juros à taxa máxima legal. 5. Os juros de mora serão pagos pelo Cliente na forma e nos termos previstos na Cláusula IX. XI. Suspensão 1. A PT reserva-se o direito de suspender o acesso ao Serviço Drive Virtual, em caso de incumprimento pelo Cliente das obrigações emergentes destas Condições Específicas ou das Condições Gerais de Utilização do Portal SmartCloudPT, e de eliminar, permanentemente, os ficheiros do cliente alojados no serviço Drive Virtual. 2. Para efeitos do número anterior, a PT deverá notificar, por escrito, o Cliente da suspensão e respetivos fundamentos, com antecedência mínima de 8 (oito) dias. 3. Sempre que os equipamentos ou qualquer Software utilizados pelo Cliente possam de alguma forma afetar a segurança e o normal funcionamento da rede da PT, de qualquer outro operador de comunicações eletrónicas ou dos outros clientes da PT, esta reserva-se o direito de suspender, de imediato, a prestação do Serviço ao Cliente. XII. Resolução 1. Qualquer uma das Partes poderá, a qualquer momento, resolver as presentes Condições Específicas em caso de incumprimento ou cumprimento defeituoso de qualquer das obrigações assumidas pela outra Parte, através de comunicação escrita. 2. A Parte que pretende exercer o direito de resolução ao abrigo das presentes Condições Específicas deverá comunicar à Parte faltosa, por escrito, através de carta registada com aviso de receção, com invocação dos respetivos fundamentos, que pretende resolver as presentes Condições Específicas, conferindo-lhe um prazo não inferior a 8 (oito) dias para pôr termo à situação de incumprimento ou de cumprimento defeituoso. 3. Findo o prazo conferido no número anterior sem que a Parte faltosa tenha posto termo à situação de incumprimento ou de cumprimento defeituoso, a Parte que pretende exercer o direito de resolução deverá comunicar tal facto à Parte que permanece faltosa, por escrito, através de carta registada com aviso de receção, operando a resolução das presentes Condições Específicas automaticamente na data de receção desta comunicação e importando a extinção imediata de quaisquer direitos ou obrigações assumidas pelas Partes em data anterior à data de resolução, com exceção do direito de a PT receber quaisquer quantias que lhe sejam devidas pelo Cliente (eventualmente acrescidas de juros de acordo com o disposto na Cláusula X e de receber quaisquer indemnizações). XIII. Vigência 1. As presentes Condições Específicas produzem efeitos na data em que é realizado o Pedido de Adesão ao Serviço através do Portal SmartCloud PT, vigorando pelo período contratado pelo Cliente, aquando da realização do Pedido de Adesão ao Serviço, salvo denúncia, por escrito, do Cliente com uma antecedência mínima de 30 (trinta) dias relativamente à data de cancelamento pretendida. 2. As presentes Condições Específicas renovam-se automaticamente pelo período indicado, pelo Cliente, aquando do Pedido de Adesão ao Serviço efetuada no Portal SmartCloudPT. 3. Quaisquer alterações às presentes Condições específicas serão previamente comunicadas ao Cliente, com uma antecedência de 30 (dias) dias. 4. Caso o Cliente não aceite as alterações propostas pela PT, deverá solicitar o cancelamento imediato do serviço após receção das referidas alterações, contactando o Serviço de Apoio ao Cliente. 5. A cessação da prestação do serviço Drive Virtual implica a eliminação imediata, definitiva e irrecuperável dos ficheiros que o Cliente alojou no referido Serviço. XIV. Lei Aplicável Em tudo o que não estiver previsto nos presentes Condições Específicas, será aplicável a lei portuguesa

3 Termos e Condições de Utilização da Licença do software Drive Virtual O presente instrumento regula o acordo estabelecido entre a DEVSCOPE, SA (adiante apenas DEVSCOPE ), com sede na Rua Passos Manuel, 223, 4º Piso, 4385 Porto e o cliente final ( Utilizador ) do sistema integrado de licenciamento de software e de serviços denominado Drive Virtual, cujo início de vigência é determinado nos termos constantes da relação contratual estabelecida, para o efeito, entre o Utilizador e a Empresa do Grupo Portugal Telecom, o qual por este ato aceita todos os termos e condições estabelecidas neste acordo, pelo qual subscreve o serviço Drive Virtual. A DEVSCOPE mantém um acordo de comercialização com o Grupo Portugal Telecom, conferindo-lhe o direito de comercializar em Portugal o software Drive Virtual, para o que se encontra tecnicamente habilitada, mediante formação adequada do seu pessoal, a proceder ao arranque inicial e a prestar serviços de assistência técnica relativamente ao software Drive Virtual. 1. Definições As partes acordam em que os termos a seguir indicados terão, para efeitos do presente contrato, as seguintes definições: a) Serviço software Drive Virtual b) Prestador do Serviço DEVSCOPE c) Utilizador A pessoa singular ou coletiva que adquire o Serviço, constituída como o titular da licença de utilização do software Drive Virtual e beneficiário da prestação dos serviços que lhe estão associados, nos termos regulados pelo presente acordo; d) Site e) Empresa do Grupo Portugal Telecom: todas as sociedades nas quais a Portugal Telecom S.G.P.S., S.A., detenha, direta ou indiretamente, 40% ou mais do capital ou se encontre numa relação de domínio com estas, nos termos do previsto no artigo 486º do Código das Sociedades Comerciais, e incluindo a própria Portugal Telecom S.G.P.S., S.A.. Para efeitos da subscrição do software Drive Virtual as empresas poderão ser a PT Comunicações, S.A, a PT Prime - Soluções Empresarias de Telecomunicações e Sistemas, S.A, a TMN Telecomunicações Móveis Nacionais, S.A. e a PT Sistemas de Informação, S.A. 2. Objeto, Âmbito e Prazo do Licenciamento 1. O presente acordo tem como objeto a atribuição pela DEVSCOPE ao Utilizador do direito de uso, não exclusivo, do software Drive Virtual, cujas especificações funcionais e requisitos técnicos resultam do Anexo I ( Funcionalidades e Requisitos técnicos do software Drive Virtual ), incluindo: a) Licença de utilização do software Drive Virtual, que integra o conjunto de aplicações informáticas que permitem ao Utilizador aceder e manter os seus dados; b) Alojamento do software Drive Virtual: serviço que permite ao Utilizador, através da Internet, executar o software Drive Virtual no seu browser, incluindo o licenciamento do uso de aplicação; c) Alojamento dos dados: serviço de arquivo em base de dados dos dados produzidos pelo Utilizador ao usar o software Drive Virtual. 2. O serviço de alojamento de dados inclui: alojamento, firewall, segurança ssl, backup automático e proteção de dados. 3. Pelo presente acordo a DEVSCOPE licencia ao Utilizador o uso do software Drive Virtual e confere-lhe o direito a beneficiar dos serviços que lhe estão associados. 4. A utilização do software Drive Virtual é concedida pela DEVSCOPE ao Utilizador pelo prazo acordado entre o Utilizador e a Empresa do Grupo Portugal Telecom, após a comunicação desta ultima à DEVSCOPE para efeitos de formalização da subscrição. 5. Com a formalização da subscrição do software Drive Virtual o Utilizador aceita, de forma expressa, o teor dos presentes Termos e Condições de licenciamento ou das suas subsequentes alterações, pelo que o mesmo deve ser atentamente lido pelo Utilizador, considerando portanto ambas as partes que o licenciamento ou as suas subsequentes alterações se

4 consumam com o conhecimento dos Termos e Condições de Licenciamento Drive Virtual e que o ato de subscrição inclui a dita aceitação integral e sem reservas dos referidos por parte do Utilizador. 6. O acordo entre o Utilizador e a Empresa do Grupo Portugal Telecom resulta perfeito e juridicamente válido, de forma plena e iniciando-se a sua vigência, com a aceitação integral e sem reservas destes Termos e Condições por parte do Utilizador, nos termos constantes da relação contratual estabelecida, para o efeito, com a Empresa do Grupo Portugal Telecom. 7. Os termos constantes da relação contratual estabelecida, para o efeito, entre o Utilizador e a Empresa do Grupo Portugal Telecom, incluirão a indicação precisa do software Drive Virtual subscrito, bem como os dados necessários para aceder ao sistema. 8. O disposto no presente acordo prevalece sobre qualquer outra documentação ou comunicações emitidas pela DEVSCOPE ou pelo Utilizador. 9. O presente acordo constitui parte integrante do contrato firmado entre o Utilizador e a Empresa do Grupo Portugal Telecom 3. Termos de Serviço Ao utilizar o software Drive Virtual e contratar a prestação deste Serviço o Utilizador concorda em ficar vinculado aos seguintes termos e condições ("Termos de Serviço"): 1. A DEVSCOPE reserva-se o direito de atualizar e alterar os Termos de Serviço periodicamente, após comunicação à Empresa do Grupo Portugal Telecom para que esta caso assim o entenda, no prazo de 5 (cinco) dias úteis, se pronuncie sobre o teor das referidas alterações. 2. Qualquer recurso novo que melhore ou aperfeiçoe o Serviço atual, incluindo o lançamento de novas ferramentas e recursos, é sujeito às condições estabelecidas nos Termos de Serviço. 3. O uso continuado do Serviço por parte do Utilizador após a ocorrência de quaisquer alterações operadas pela DEVSCOPE constitui consentimento expresso para tais mudanças. 4. A violação de qualquer das condições estabelecidas nos Termos de Serviço confere à DEVSCOPE o direito de encerrar a conta do Utilizador infrator. 5. O utilizador aceita expressamente e assume risco próprio na utilização do Serviço. 4. Termos de Utilização de Conta 1. O Serviço só pode ser usado por utilizadores com idade igual ou superior a 18 (dezoito) anos. 2. Para a subscrição do Serviço o proponente deve facultar os elementos identificativos tidos por necessários e solicitados no âmbito da relação contratual estabelecida entre o mesmo e a Empresa do Grupo Portugal Telecom. 3. O login na Conta só poderá ser usado por um Utilizador, não sendo permitida a partilha de um único login por várias pessoas. O utilizador pode criar logins separados por tantos utilizadores quanto o seu plano permita. 4. O Utilizador é inteiramente responsável por manter a segurança da sua conta e senha pessoal/individual/ privada. A DEVSCOPE não pode e não será responsabilizada por qualquer perda ou dano resultante do incumprimento por parte do Utilizador ou falha em cumprir com esta obrigação de segurança. 5. O Utilizador é responsável, por todo o conteúdo inserido e atividade que ocorra na sua conta (mesmo quando o conteúdo seja inserido por outros utilizadores que têm acesso à sua conta). Ao submeter ou divulgar esses conteúdos em áreas do Serviço acessíveis ao público, o Utilizador declara ser o proprietário desses conteúdos eximindo a DEVSCOPE de todas as responsabilidades fiscais ou parafiscais inerente à gestão ou emissão de qualquer documento. 6. O Utilizador assume todos os riscos e custos inerentes à utilização do Serviço mas confere à DEVSCOPE poderes para por sua conta proceder à emissão de documentos, quando solicitados pelo Utilizador decorrente do seu uso do software Drive Virtual; 7. O Utilizador não pode usar o Serviço para quaisquer fins ilegais/ilícitos, fraudulentos ou não autorizados. O Utilizador não pode, no uso do Serviço, violar qualquer lei de qualquer jurisdição (incluindo, mas não se limitando a direitos autorais).

5 5. Termos de Uso Os Utilizadores podem navegar/consultar os dados armazenados na pasta virtual criada para os efeitos, através do serviço Drive Virtual ("Utilização do serviço"). Qualquer uso do serviço está vinculado aos termos deste acordo e aos seguintes termos específicos: 1. O utilizador expressamente entende e concorda que a DEVSCOPE não pode ser responsabilizada, sequer por negligência, por quaisquer danos diretos, indiretos, acidentais, especiais, consequenciais ou danos exemplares, incluindo mas não limitados a: danos por lucros cessantes, boa-fé, uso indevido, dados ou outras perdas intangíveis (mesmo se a DEVSCOPE tenha sido avisada da possibilidade de tais danos), resultantes da sua utilização do site ou produtos de terceiros que acedam a dados através do Site. 2. A DEVSCOPE reserva-se o direito de modificar ou descontinuar, temporariamente, o seu acesso ao site (ou qualquer parte dele), dando um aviso prévio de 1 (um) dia útil, no qual constará informação sobre os motivos das referidas interrupções. Quaisquer avisos sobre interrupções programadas na prestação do serviço, alterações, suspensões e afins, serão informados ao Utilizador por meio de mensagem. 3. Na eventualidade do Serviço ser descontinuado permanentemente, a DEVSCOPE informará o Utilizador desse facto com 30 (trinta) dias seguidos de antecedência, da data de encerramento. 4. Encerramento da conta pela DEVSCOPE, para efeitos de armazenamento e consulta de documentos emitidos anteriormente, operará conforme suspensão do Serviço de acordo com o ponto 7 sob a epígrafe Suspensão, Anulação e Rescisão. 6. Termos de Pagamento, Upgrade e Downgrade 1. O preço a pagar pelo Utilizador é o constante da tabela de preços e condições de venda em vigor à data de cada faturação mensal, a qual será exclusivamente fornecida ao Utilizador pela Empresa do Grupo Portugal Telecom. 2. O pagamento do preço convencionado é realizado através da Empresa do Grupo Portugal Telecom, estando esta devidamente autorizada pela DEVSCOPE a comercializar o software Drive Virtual. 3. No mês em que se inicia a execução do presente acordo entre o Utilizador e Empresa do Grupo Portugal Telecom a faturação é realizada no final desse mês, pelo valor proporcional entre o fim do mês e a data efetiva, contado em dias. 4. Para efeitos de alteração das subscrições, seja entre diferentes pacotes/configurações disponíveis, seja por alteração dos volumes subscritos, ou ainda por subscrição na sequência de utilização de período experimental, aplicam-se as condições estipuladas entre o Utilizador e Empresa do Grupo Portugal Telecom no âmbito da relação contratual estabelecida, incluindo as relativas a pagamentos. 5. O Utilizador é responsável pelo pagamento de quaisquer taxas, impostos ou obrigações fiscais, tributárias e direitos pela utilização do Serviço. 7. Suspensão, Anulação e Rescisão 1. O cancelamento, a suspensão ou outras alterações, serão solicitados pelo Utilizador à Empresa do Grupo Portugal Telecom, que informará a DEVSCOPE, para que esta atue em conformidade. 2. Se o Utilizador optar pela suspensão do serviço será possível a manutenção do seu acesso à conta pelo prazo de 10 (dez) anos, sem direito ao uso do serviço sendo-lhe única e exclusivamente disponibilizado o armazenamento e consulta dos documentos emitidos enquanto o serviço esteve ativo. 3. Se o Utilizador optar pelo cancelamento do Serviço o conteúdo da conta será imediatamente apagado e a informação e conteúdo em memória/ guardado/ mantido não pode ser recuperado, pelo que a DEVSCOPE aconselha vivamente ao Utilizador a criação de um armazenamento de segurança ou backup. 4. Ocorrerá também suspensão automática do serviço com a formalização de pedido à DEVSCOPE por parte de Empresa do Grupo Portugal Telecom, com fundamento no facto do Utilizador se encontrar em mora para com esta relativamente ao pagamento do preço convencionado, gerando-se a mora nos termos da relação contratual existente entre o Utilizador e a referida Empresa do Grupo Portugal Telecom, produzindo os efeitos nos termos dos números anteriores.

6 5. Em caso de suspensão da vigência do presente acordo, o reinício da utilização do serviço Drive Virtual pelo Utilizador ocorrerá no prazo de 2 (dois) dias após a data em que a Empresa do Grupo Portugal Telecom o solicite à DEVSCOPE na sequência da integral regularização do pagamento do preço convencionado. 6. Cessará a vigência do presente acordo, sem prejuízo da aplicação das regras gerais de direito relativas à resolução, denúncia e caducidade dos acordos, caso o Utilizador viole as suas obrigações decorrentes, situação na qual lhe será vedado continuar a utilizar o serviço Drive Virtual. 7. Resultando o incumprimento por parte do Utilizador dos termos da relação contratual estabelecida entre este e Empresa do Grupo Portugal Telecom, e tendo a mesma formalizado o pedido de cessação da vigência do presente acordo junto da DEVSCOPE, será de imediato e sem qualquer outra formalidade, desligado o acesso do Utilizador ao serviço Drive Virtual. 8. Modificações ao Serviço 1. A DEVSCOPE poderá descontinuar o Serviço ou parte dele, isto é, programar paragens no uso do Serviço sempre que detete a necessidade de alterar ou corrigir o mesmo. O utilizador expressamente aceita que a DEVSCOPE lhe forneça automaticamente tais correções como parte do Serviço e eventuais quebras às mesmas inerentes. 2. Como parte do serviço, a DEVSCOPE poderá ainda proceder a descontinuidades temporárias e modificações no Serviço, decorrentes de correções de problemas de software, aperfeiçoamentos de funcionalidades, melhorias gerais, ou mesmo versões completamente novas do serviço, com o intuito de melhorar a prestação do mesmo, visando assim a máxima satisfação e benefício para o utilizador. A DEVSCOPE não será responsável para com o utilizador nem quaisquer terceiros por quaisquer danos que possam resultar ou advir de uma cessação ou suspensão da conta e/ou acesso do utilizador ao Serviço. Todas as alterações, atualizações e melhorias do serviço estarão imediatamente disponíveis no site 3. O utilizador ou terceiros não poderão responsabilizar contratual, extracontratual, criminal ou por qualquer outra forma a DEVSCOPE por qualquer suspensão ou encerramento do Serviço. 9. Direitos de autor e propriedade de conteúdo 1. Todos os Direitos do Serviço são reservados à DEVSCOPE. O utilizador aceita que o Serviço contém informações protegidas e confidenciais que são tuteladas pela legislação aplicável. 2. O Utilizador não pode duplicar, copiar, reproduzir, redistribuir, reutilizar qualquer parte do Site, Serviço ou Conta, ou elementos visuais de design ou conceitos sem expressa autorização por escrito da DEVSCOPE, sob pena de incorrer em responsabilidade civil e criminal. 3. A DEVSCOPE não reivindica direitos de propriedade intelectual sobre o material e conteúdo, e perfil que o utilizador inserir no Serviço. 10. Condições Gerais 1. O Utilizador assume risco próprio no uso do Serviço. O Serviço é prestado "tal como está" e "conforme disponível". 2. O apoio técnico é fornecido pelas formas e meios estabelecidos pela Empresa do Grupo Portugal Telecom, e conforme estipulado através da relação contratual estabelecida entre esta e o Utilizador e/ou divulgado no site 3. A DEVSCOPE utiliza parceiros para o alojamento e fornecedores para provisionar o hardware, software, redes, armazenamento e tecnologias relacionadas necessários para executar o site. 4. O Utilizador não pode modificar ou adaptar o Site do Serviço.

7 5. O Utilizador não pode usar a imagem, conteúdos e informações do site do Serviço, nem modificar um outro site, de modo a implicar falsamente que está associado com o Site da DEVSCOPE, ou qualquer outro serviço prestado pela DEVSCOPE. 6. O Utilizador não pode reproduzir, duplicar, copiar, vender, revender ou explorar qualquer parte do Site, uso do Site, ou o acesso ao Site sem a permissão expressa por escrito pela DEVSCOPE sob pena de incorrer em responsabilidade civil e criminal. 7. O utilizador não deve fazer upload, inserir, alojar, ou transmitir , SMS, ou mensagens "spam" não solicitadas. 8. O serviço é prestado em linha, pelo que a DEVSCOPE não se responsabiliza por qualquer falha de conectividade e inerente impossibilidade da sua utilização. 9. O Utilizador deve adotar medidas preventivas e dotar-se de garantias de segurança, de forma a evitar transmitir qualquer vírus ou worms ou qualquer código de natureza destrutiva. 10. A DEVSCOPE não garante que (i) o Serviço irá satisfazer suas necessidades específicas, (ii) o serviço será ininterrupto, atempado, seguro ou livre de erros, (iii) os resultados que podem ser obtidos com a utilização do Serviço serão exatos ou confiáveis, (iv) a qualidade dos produtos, serviços, informações ou outros materiais adquiridos ou obtidos pelo utilizador através do Serviço irá satisfazer suas expectativas, e (v) todos os erros no serviço serão corrigidos. 11. O Utilizador expressamente entende e concorda que DEVSCOPE não será responsável por quaisquer danos diretos, indiretos, acidentais, especiais, consequenciais ou exemplares, incluindo mas não limitados a: danos por lucros cessantes; boa-fé; uso; dados ou outras perdas intangíveis (mesmo que a DEVSCOPE tenha sido avisada da possibilidade de tais danos), resultantes de: (i) a utilização ou a incapacidade de utilizar o serviço, (ii) o custo de aquisição de bens e serviços de substituição resultante de quaisquer bens, dados, informações ou serviços adquiridos ou obtidos ou mensagens recebidas ou operações contratadas através do Serviço, (iii) acesso não autorizado ou alteração de suas transmissões ou dados, (iv) declarações ou condutas de terceiros sobre o Serviço. 11. Política de Privacidade 1. A DEVSCOPE enquanto prestadora do Serviço garante ao Utilizador total privacidade, confidencialidade e segurança dos dados introduzidos na sua conta, incluindo os seus dados pessoais, bem como os dados relativos aos seus parceiros comerciais. Não obstante, a DEVSCOPE não poderá ser responsabilizada por atos de terceiros. 2. A base de dados da conta do Utilizador garante a total confidencialidade dos dados. 3. No momento da celebração do contrato de prestação de serviços a Empresa do Grupo Portugal Telecom solicita ao Utilizador os seus dados pessoais para estrito uso comercial, nomeadamente para faturação, contacto ou efeitos estatísticos. 4. Em caso algum os dados pessoais do Utilizador são divulgados ou fornecidos a terceiros ou utilizados para efeitos de publicidade ou marketing, sem o consentimento expresso do Utilizador, exceto se o Utilizador violar os termos e condições de utilização do serviço. Neste caso os dados pessoais do Utilizador poderão ser utilizados para efeitos de responsabilidade civil, contraordenacional ou criminal. 5. O Utilizador autoriza a Empresa do Grupo Portugal Telecom a utilizar os seus dados para enviar informação quanto a novos serviços e atualização de serviços existentes. 6. Em qualquer momento o Utilizador poderá atualizar ou mudar os seus dados pessoais. 7. A DEVSCOPE reserva-se o direito de a qualquer momento alterar as presentes cláusulas referentes à política de privacidade do serviço, e notificará a Empresa do Grupo Portugal Telecom a qual, por sua vez, notificará o Utilizador, no prazo de 30 dias 8. As presentes condições visam garantir ao Utilizador um aproveitamento seguro e eficaz do serviço fornecido pela DEVSCOPE. 9. Quaisquer dúvidas e questões relativas à presente política de privacidade podem ser enviadas para o apoio em

REGRAS DE UTILIZAÇÃO DO SERVIÇO MEO PROMO SPOT

REGRAS DE UTILIZAÇÃO DO SERVIÇO MEO PROMO SPOT REGRAS DE UTILIZAÇÃO DO SERVIÇO MEO PROMO SPOT 1. OBJETO 1.1. As presentes regras de utilização (RU) regulam, conjuntamente com o registo do cliente ao serviço, efetuado via web, a prestação do serviço

Leia mais

Termos e Condições EventKey - EvtKey

Termos e Condições EventKey - EvtKey 1 Termos e Condições EventKey - EvtKey O presente instrumento regula o acordo estabelecido entre a EventKey, Lda, com sede social em Rua das Dálias, 36, Fânzeres - Porto, com o capital social de 5.000,00

Leia mais

5. TIPOS DE SERVIÇO PRESTADOS TARIFÁRIO E FATURAÇÃO

5. TIPOS DE SERVIÇO PRESTADOS TARIFÁRIO E FATURAÇÃO s oc i alde230. 000. 000, 00Eur os,s í t i onai nt er net 4.4. O CLIENTE compromete-se igualmente a observar todas as disposições legais aplicáveis, nomeadamente, a não praticar ou a fomentar a prática

Leia mais

PT Comunicações, S.A. SEDE: Rua Andrade Corvo,, 6 Lisboa N.º de Pessoa Coletiva 504615947.Matricula 09406 CRCL Capital Social de Eur.: 1.150.000.

PT Comunicações, S.A. SEDE: Rua Andrade Corvo,, 6 Lisboa N.º de Pessoa Coletiva 504615947.Matricula 09406 CRCL Capital Social de Eur.: 1.150.000. CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO VoIP da PT COMUNICAÇÕES S.A., inscrita na CRCL sob o número único de matricula e pessoa coletiva 504 615 947 com sede na Rua Andrade Corvo, n.º 6, Lisboa, com o

Leia mais

condições específicas de prestação de serviços invoicexpress

condições específicas de prestação de serviços invoicexpress condições específicas de prestação de serviços invoicexpress Mod.C/1001145 I. OBJETO 1. As presentes Condições Específicas regulam, conjuntamente com os Termos de Utilização do Portal de Soluções Cloud

Leia mais

Condições Específicas de Prestação de Serviços SAPO BIZ

Condições Específicas de Prestação de Serviços SAPO BIZ Condições Específicas de Prestação de Serviços SAPO BIZ I. OBJECTO 1. As presentes Condições Específicas regulam, conjuntamente com as condições gerais de prestação do SAPO BIZ disponibilizado pela MEO

Leia mais

CONDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO TOBEFLOW

CONDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO TOBEFLOW CONDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO ToBeFlow Versão/Julho 2015 CONDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO TOBEFLOW ANTES DE UTILIZAR O PROGRAMA, LEIA COM ATENÇÃO ESTE DOCUMENTO Utilizar esta aplicação, seja na versão demonstração ou

Leia mais

LAWRD Termos de Serviço

LAWRD Termos de Serviço LAWRD Termos de Serviço Data de Vigência: 15 de Outubro de 2008 Introdução Bem-vindo ao site da LAWRD ( Serviço ), um serviço de Internet da muchbeta, S.A. ( muchbeta, ou mb ). A muchbeta é a única detentora

Leia mais

2-DESCRIÇÃO DO SERVIÇO DE ALOJAMENTO PARTILHADO

2-DESCRIÇÃO DO SERVIÇO DE ALOJAMENTO PARTILHADO Termos do Serviço 1-OBJECTO 1.1 O presente pedido de subscrição e as condições contratuais gerais da prestação de serviços pela Cloud4You, estabelecem os termos e as condições para a prestação do Serviço

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO Wi-Fi (Wireless Fidelity)

CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO Wi-Fi (Wireless Fidelity) CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO Wi-Fi (Wireless Fidelity) 1. OBJECTO As presentes Condições Gerais destinam-se a estabelecer os termos e as condições por que se regerá a prestação pela PT.Com

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE ACESSO À "INTERNET" Minuta

CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET Minuta I CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE ACESSO À "INTERNET" Minuta O PRESENTE CONTRATO FOI APROVADO PELO INSTITUTO DAS COMUNICAÇÕES DE PORTUGAL, NOS TERMOS E PARA OS EFEITOS DO ARTIGO 9/2 DO DECRETO

Leia mais

Condições gerais relativas à prestação do serviço de alojamento de sites na Internet

Condições gerais relativas à prestação do serviço de alojamento de sites na Internet 1. Objecto Condições gerais relativas à prestação do serviço de alojamento de sites na Internet As presentes condições gerais destinam-se a estabelecer os termos e as condições por que se regerá a STDesign4U.com

Leia mais

TERMOS DE UTILIZAÇÃO SERVIÇO MEO DRIVE

TERMOS DE UTILIZAÇÃO SERVIÇO MEO DRIVE TERMOS DE UTILIZAÇÃO SERVIÇO MEO DRIVE IMPORTANTE - Contrato Eletrónico. LEIA ATENTAMENTE ESTES TERMOS DE UTILIZAÇÃO ANTES DE CLICAR NO BOTÃO ACEITAR, NA PARTE INFERIOR DESTE ECRÃ! Este Contrato de Licença

Leia mais

Condições Gerais do Website. 1. Objeto

Condições Gerais do Website. 1. Objeto Condições Gerais do Website 1. Objeto 1.1 As presentes Condições Gerais destinam-se a regular os termos e condições de acesso e utilização do site www.phone-ix.pt (adiante designado por Site ), bem como

Leia mais

alteração ao contrato de adesão a serviços de comunicações eletrónicas e adesão a serviços adicionais

alteração ao contrato de adesão a serviços de comunicações eletrónicas e adesão a serviços adicionais alteração ao contrato de adesão a serviços de comunicações eletrónicas e adesão a serviços adicionais Mod.C/1001262 A preencher pela TMN ID pedido Cód. Loja / Agente Vendedor 1. IDENTIFICAÇÃO DO CLIENTE

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS E TERMOS DE UTILIZAÇÃO

CONDIÇÕES GERAIS E TERMOS DE UTILIZAÇÃO CONDIÇÕES GERAIS E TERMOS DE UTILIZAÇÃO Caro(a) Utilizador(a) As presentes condições de uso estabelecem as regras e obrigações para o acesso e utilização do sítio da internet www.rolos.pt, bem como de

Leia mais

Termos de Serviço do Porto Vias

Termos de Serviço do Porto Vias Termos de Serviço do Porto Vias Bem-vindo ao Porto Vias! O Porto Vias O Porto Vias é um serviço desenvolvido pela Porto Seguro para ajudar os usuários a escolherem o melhor trajeto entre os caminhos previamente

Leia mais

A MEO pode ainda suspender, total ou parcialmente, a prestação de qualquer serviço nos seguintes casos:

A MEO pode ainda suspender, total ou parcialmente, a prestação de qualquer serviço nos seguintes casos: CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES As presentes Condições Gerais e o Formulário de Adesão a Serviços de Comunicações Eletrónicas ( Formulário ) visam regular os termos e condições

Leia mais

Menu Experimente Grátis Termos e Condições de Subscrição PHC FX 1. Definições

Menu Experimente Grátis Termos e Condições de Subscrição PHC FX 1. Definições Menu Exper imente Gr átis Termos e Con dições de S ubscrição PH C FX O presente instrumento regula o acordo estabelecido entre a PHC 2 Service Lda. (PHC), com sede social em Porto Salvo, no Lagoas Park,

Leia mais

Termos e Condições 1. DISPOSIÇÕES INTRODUTÓRIAS

Termos e Condições 1. DISPOSIÇÕES INTRODUTÓRIAS Termos e Condições 1. DISPOSIÇÕES INTRODUTÓRIAS O Zelando é um serviço multiplataforma desenvolvido para substituir a agenda tradicional nas Instituições de Educação Infantil, como creches, escolas e colégios

Leia mais

Condições Específicas do Serviço de Acesso à Internet em Banda Larga Fixa

Condições Específicas do Serviço de Acesso à Internet em Banda Larga Fixa Condições Específicas do Serviço de Acesso à Internet em Banda Larga Fixa 1. Serviço Para os efeitos das Condições Gerais de Serviço (adiante designadas Condições) nomeadamente da cláusula 1.1., o Serviço

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO & PRIMEIROS PASSOS ANALOGON SOFTWARE

GUIA DE INSTALAÇÃO & PRIMEIROS PASSOS ANALOGON SOFTWARE GUIA DE INSTALAÇÃO & PRIMEIROS PASSOS ANALOGON SOFTWARE 1 Manual do utilizador Guia Analogon Analogon Software 2012 Intensidade Global, Lda 1 V3/2012 1 Intensidade Global, Lda Rua Dr. Eduardo Gonçalves,

Leia mais

Contrato de Assistência Técnica Informática - ATI

Contrato de Assistência Técnica Informática - ATI Contrato de Assistência Técnica Informática - ATI Ao subscrever o presente contrato o cliente expressamente reconhece e aceita vincular-se ás seguintes condições gerais. Cláusula primeira Definições 1.

Leia mais

ERMOS & CONDIÇÕES Ao aceder a este site

ERMOS & CONDIÇÕES Ao aceder a este site TERMOS & CONDIÇÕES Ao aceder a este site, ou a qualquer conteúdo do mesmo, o utilizador toma conhecimento e estabelece um acordo com a SDEA Sociedade para o Desenvolvimento Empresarial dos Açores, EPER

Leia mais

TERMOS DE UTILIZAÇÃO DO SERVIÇO WIFI FOR BUSINESS. I. Membro do WiFi for Business, Instalação e Ativação do Fon Spot

TERMOS DE UTILIZAÇÃO DO SERVIÇO WIFI FOR BUSINESS. I. Membro do WiFi for Business, Instalação e Ativação do Fon Spot TERMOS DE UTILIZAÇÃO DO SERVIÇO WIFI FOR BUSINESS Bem-vindo à Fon! Ao registar o seu router Fon, está a aderir à Rede e a aceitar vincular-se aos presentes Termos de utilização do Serviço WiFi for Business,

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS. 1. Âmbito e Objeto das Condições Gerais da Loja

CONDIÇÕES GERAIS. 1. Âmbito e Objeto das Condições Gerais da Loja CONDIÇÕES GERAIS 1. Âmbito e Objeto das Condições Gerais da Loja 1.1. As presentes Condições Gerais destinam-se, com o formulário de encomenda, e os demais elementos referidos nas mesmas, a regular os

Leia mais

TERMO DE USO. 1.1. Os termos em letra maiúscula utilizados no presente Termo terão os seguintes significados:

TERMO DE USO. 1.1. Os termos em letra maiúscula utilizados no presente Termo terão os seguintes significados: TERMO DE USO Este Termo de Uso ( Termo ) é celebrado entre a [TECVIDYA], sociedade empresária, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 14.469.128/0001-03, com sede na cidade e Estado do Rio de Janeiro, à rua intendente

Leia mais

IMPORTANTE - LEIA COM ATENÇÃO:

IMPORTANTE - LEIA COM ATENÇÃO: IMPORTANTE - LEIA COM ATENÇÃO: Este contrato de licença do utilizador final (EULA) é um contrato entre o Adquirente (pessoa singular ou coletiva) e o GRUPOPIE ( GRUPOPIE ) de software GRUPOPIE identificado(s)

Leia mais

AIR LIQUIDE SOLDADURA, LDA. CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA

AIR LIQUIDE SOLDADURA, LDA. CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA AIR LIQUIDE SOLDADURA, LDA. CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA Junho de 2015 Primeira.- Definições. Produtos significa todos os equipamentos, instalações, consumíveis, processos, sistemas, soluções e serviços relacionados

Leia mais

Regulamento do Passatempo 12 anos SLB

Regulamento do Passatempo 12 anos SLB Regulamento do Passatempo 12 anos SLB 1. Identificação 1.1. O presente passatempo denominado 12 anos SLB (adiante abreviadamente designado por Passatempo ) é promovido pela EDP Comercial - Comercialização

Leia mais

Termo de Uso. 1. Aceitação do Termo de Uso pelo Usuário

Termo de Uso. 1. Aceitação do Termo de Uso pelo Usuário Termo de Uso O respectivo Termo de Uso, objetiva determinar a utilização pelo Usuário do portal FUTMUNDI, localizado pelo endereço eletrônico http://www.futmundi.com, de titularidade FUTMUNDI Entretenimento

Leia mais

REGULAMENTO DO PASSATEMPO. "Duracell XMAS 2013"

REGULAMENTO DO PASSATEMPO. Duracell XMAS 2013 REGULAMENTO DO PASSATEMPO "Duracell XMAS 2013" I. IDENTIFICAÇÃO DO PASSATEMPO. O presente passatempo tem como objetivo premiar sessenta (60) vencedores, mediante um passatempo que se realizará em Portugal

Leia mais

Regulamento do PASSATEMPO DELTA QOOL

Regulamento do PASSATEMPO DELTA QOOL Regulamento do PASSATEMPO DELTA QOOL 1 Regulamento dos Passatempos Delta Q 1. OBJECTO DO PASSATEMPO 1.1. O Passatempo Delta Q, adiante designados por Passatempo, é promovido pela Total Tim Serviços de

Leia mais

2. O que é o serviço de pagamentos móveis de estacionamento. O prestador do Serviço será doravante designado por Prestador.

2. O que é o serviço de pagamentos móveis de estacionamento. O prestador do Serviço será doravante designado por Prestador. TERMOS DE UTILIZAÇÃO DO SERVIÇO DE PAGAMENTOS MÓVEIS DE ESTACIONAMENTO 1. Enquadramento Os presentes Termos de Utilização estabelecem as regras que os utilizadores devem seguir para poder utilizar o serviço

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS PARA CADASTRAMENTO NO SITE CONTRATADO.COM.BR

TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS PARA CADASTRAMENTO NO SITE CONTRATADO.COM.BR TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS PARA CADASTRAMENTO NO SITE CONTRATADO.COM.BR Os termos e condições abaixo se aplicam aos benefícios e serviços disponibilizados pelo CONTRATADO para inclusão em seu website, sob

Leia mais

CONCURSO INTERNACIONAL DE ANIMAÇÃO 2A. EDIÇÃO / 2012-2013 / POVOS CRUZADOS. www.bang-awards.com TERMOS DE PRIVACIDADE

CONCURSO INTERNACIONAL DE ANIMAÇÃO 2A. EDIÇÃO / 2012-2013 / POVOS CRUZADOS. www.bang-awards.com TERMOS DE PRIVACIDADE CONCURSO INTERNACIONAL DE ANIMAÇÃO 2A. EDIÇÃO / 2012-2013 / POVOS CRUZADOS www.bang-awards.com TERMOS DE PRIVACIDADE www.bang-awards.com 1. ACEITAÇÃO Ao usar, aceder e/ou visitar este Website (o qual inclui

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS 1. OBJETIVO O presente documento tem como objetivo a definição dos termos de prestação de serviços da Ilhéu da Baleia com cada um dos seus clientes. a) Com a confirmação

Leia mais

1) Termos e Condições

1) Termos e Condições 1) Termos e Condições Termos e Condições Plataforma Compras Públicas A informação contida nesta área regula o uso da presente página de Internet www.compraspublicas.com e de todo o seu conteúdo. Recomenda-se

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE Pelo presente Instrumento Particular de Contrato de Licença de Uso de Software ( Contrato ), de um lado, a VIRTUAL WORKS TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Leia mais

Acordo. A - Nota informativa

Acordo. A - Nota informativa Acordo A - Nota informativa ANTES DE UTILIZAR ESTE SOFTWARE E OS SEUS SERVIÇOS WEB, DEVE LER E ACEITAR OS TERMOS E CONDIÇÕES DESTE ACORDO, CASO CONTRÁRIO NÃO O PODERÁ UTILIZAR. B) Entidade licenciante

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE SPEB

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE SPEB INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE SPEB Pelo presente Instrumento Particular de Contrato de Licença de Uso de Software ( Contrato ), de um lado, a MAQUINAWEB SOLUÇÕES EM TI

Leia mais

De forma a esclarecer a definição dos termos utilizados, apresentaremos, de seguida, o significado dos mesmos:

De forma a esclarecer a definição dos termos utilizados, apresentaremos, de seguida, o significado dos mesmos: Termos e Condições Os Termos e Condições definem o serviço prestado pelo AgroArea.com, bem como as regras de funcionamento e participação dos utilizadores registados no site, bem como daqueles que utilizam

Leia mais

TERMO DE USO DO PORTAL SEU PET COM SOBRENOME

TERMO DE USO DO PORTAL SEU PET COM SOBRENOME TERMO DE USO DO PORTAL SEU PET COM SOBRENOME O respectivo Termo de Uso tem como objetivo regrar a utilização pelos usuários do Portal SEU PET COM SOBRENOME, localizado pelo endereço eletrônico http://www.seupetcomsobrenome.com.br,

Leia mais

SERVIDOR VIRTUAL Ordem de encomenda para os serviços de Servidores Virtual da Amen Portugal

SERVIDOR VIRTUAL Ordem de encomenda para os serviços de Servidores Virtual da Amen Portugal SERVIDOR VIRTUAL Ordem de encomenda para os serviços de Servidores Virtual da Amen Portugal Esta Ordem de Encomenda (OE) é parte integral e substantiva das Condições Gerais de Venda (CGV). As CGV e esta

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE AUTENTICAÇÃO DO SPEEDY GRÁTIS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE AUTENTICAÇÃO DO SPEEDY GRÁTIS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE AUTENTICAÇÃO DO SPEEDY GRÁTIS O presente instrumento disciplina os termos e condições mediante os quais o PROVEDOR BCMG Internet Ltda, regularmente inscrita no CNPJ/MF

Leia mais

Termos e Condições do Vodafone E mail Empresarial

Termos e Condições do Vodafone E mail Empresarial Termos e Condições do Vodafone E mail Empresarial Analise por favor atentamente os seguintes Termos e Condições ( T&C ) antes de utilizar o Vodafone E mail Empresarial (Serviço). Ao utilizar o Serviço

Leia mais

1 - TERMO DE UTILIZAÇÃO

1 - TERMO DE UTILIZAÇÃO 1 - TERMO DE UTILIZAÇÃO Este Termo de Utilização (doravante denominado "Termo de Utilização") regulamenta a utilização dos SERVIÇOS de envio de mensagens electrónicas - "e-mail" (doravante denominado "SERVIÇO")

Leia mais

Condições de Utilização do site da 1001jogos.pt

Condições de Utilização do site da 1001jogos.pt Condições de Utilização do site da 1001jogos.pt Introdução No site www.1001jogos.pt (a seguir Site ), o utilizador pode jogar os jogos, inscrever-se na newsletter e criar um perfil próprio onde poderá

Leia mais

Termos de Utilização

Termos de Utilização Termos de Utilização INTRODUÇÃO Os presentes Termos de Utilização, regulam as relações entre o cliente utilizador dos serviços e Nuno da Costa Ferro (doravante DotPTweb ). A utilização de serviços fornecidos

Leia mais

Para utilizar o MULTI, é indispensável a aceitação dos termos descritos a seguir.

Para utilizar o MULTI, é indispensável a aceitação dos termos descritos a seguir. Termos de Uso Para utilizar o MULTI, é indispensável a aceitação dos termos descritos a seguir. Este Contrato de Licença de Usuário Final ("EULA") é um acordo legal entre licenciado (pessoa Física ou Jurídica)

Leia mais

Para qualquer questão relacionada com o passatempo de EDP COOL JAZZ MELODY GARDOT: envie um e-mail para passatempos@sol.pt

Para qualquer questão relacionada com o passatempo de EDP COOL JAZZ MELODY GARDOT: envie um e-mail para passatempos@sol.pt ATENDIMENTO AO LEITOR SEMANÁRIO SOL Para qualquer questão relacionada com o passatempo de EDP COOL JAZZ MELODY GARDOT: envie um e-mail para passatempos@sol.pt ou ligue 210 434 000 Horário de Atendimento

Leia mais

ACEITAÇÃO DO TERMO APRESENTAÇÃO

ACEITAÇÃO DO TERMO APRESENTAÇÃO ACEITAÇÃO DO TERMO O CONTRATANTE que pretenda utilizar os serviços da TREVISAN TECNOLOGIA deverá aceitar os termos e condições gerais do contrato e todas as políticas e os princípios que o regem. Caso

Leia mais

Termos e Condições de uso do sistema PAGUEVELOZ

Termos e Condições de uso do sistema PAGUEVELOZ Termos e Condições de uso do sistema PAGUEVELOZ Este documento constitui um contrato de adesão ("Contrato") entre o proponente ("USUÁRIO"), qualificado na ficha de cadastro online e a PAGUEVELOZ Serviços

Leia mais

Condições de Utilização do Site MOCHE TRAZ AMIGOS

Condições de Utilização do Site MOCHE TRAZ AMIGOS Condições de Utilização do Site MOCHE TRAZ AMIGOS A utilização do Site MOCHE TRAZ AMIGOS por parte do Cliente, e a disponibilização de conteúdos a todos os utilizadores, pressupõe o conhecimento e aceitação

Leia mais

Condições gerais de utilização da área reservada A minha CML do Portal da Câmara Municipal de Lisboa

Condições gerais de utilização da área reservada A minha CML do Portal da Câmara Municipal de Lisboa Condições gerais de utilização da área reservada A minha CML do Portal da Câmara Municipal de Lisboa Maio 2013 Versão 1.2 Versão 2.0 maio de 2013 1. OBJETO O serviço de atendimento multicanal da Câmara

Leia mais

Condições do Serviço VRC Plataforma Oficinal 2020

Condições do Serviço VRC Plataforma Oficinal 2020 Condições do Serviço VRC Plataforma Oficinal 2020 1. DESCRIÇÂO DAS PARTES ENVOLVIDAS Fornecedor, aquele que fornece o Serviço, para os efeitos deste documento a TIPS 4Y - Sistemas de Informação, Lda. Subscritor,

Leia mais

Termos e Condições de Utilização da Plataforma ComprasPT

Termos e Condições de Utilização da Plataforma ComprasPT Termos e Condições de Utilização da Plataforma ComprasPT 1. Âmbito, objecto e legitimidade de acesso 1.1. A Infosistema, Sistemas de Informação S.A. é uma consultora de sistemas de informação que gere

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES DE USO CLARO WI-FI

TERMOS E CONDIÇÕES DE USO CLARO WI-FI TERMOS E CONDIÇÕES DE USO CLARO WI-FI O presente termo tem a finalidade de regular as relações entre a CLARO S.A., empresa autorizatária do Serviço Móvel Pessoal, inscrita no CNPJ/MF sob o nº. 40.432.544/0001-47,

Leia mais

Termos e condições de utilização da Loja Online

Termos e condições de utilização da Loja Online 1. Âmbito e Objeto das Condições Gerais da Loja As presentes Condições Gerais destinam-se, com o formulário de encomenda, e os demais elementos referidos nas mesmas, a regular os termos e as condições

Leia mais

Condições Gerais de Prestação do Serviço de Dados Banda Larga tmn

Condições Gerais de Prestação do Serviço de Dados Banda Larga tmn Condições Gerais de Prestação do Serviço de Dados Banda Larga tmn 1. As presentes Condições Gerais e o acordo de adesão a serviço de dados tmn ( Contrato ) visam regular os termos e condições por que se

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS DA OTNETVTEL CONDIÇÕES GERAIS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS DA OTNETVTEL CONDIÇÕES GERAIS 1.OBJECTO 1.1 O presente Contrato tem como objetivo a regulação das relações entre as partes, na sequência da subscrição pelo Cliente dos serviços de comunicações eletrónicas disponibilizados pela OTNETVTEL,

Leia mais

TE T R E MOS DE E US U O Carteira de Pedidos Atualizado em e 1 7 de d Ag A o g st s o o de d 2 01 0 3

TE T R E MOS DE E US U O Carteira de Pedidos Atualizado em e 1 7 de d Ag A o g st s o o de d 2 01 0 3 TERMOS DE USO Seja bem-vindo ao Carteira de Pedidos. Recomendamos que antes de utilizar os serviços oferecidos pelo Carteira de Pedidos, leia atentamente os Termos de Uso a seguir para ficar ciente de

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES DE USO DO WEBSITE. Leia estes Termos e Condições com atenção antes de utilizar o Site.

TERMOS E CONDIÇÕES DE USO DO WEBSITE. Leia estes Termos e Condições com atenção antes de utilizar o Site. TERMOS E CONDIÇÕES DE USO DO WEBSITE Leia estes Termos e Condições com atenção antes de utilizar o Site. Este website (o "Site") é fornecido pela C.M.E. Blasting and Mining Equipment Ltd. ("Empresa"),

Leia mais

CONTRATO DE ADESÃO DE WEBSITE DESENVOLVIDO PELA MEDICINA DIRETA

CONTRATO DE ADESÃO DE WEBSITE DESENVOLVIDO PELA MEDICINA DIRETA CONTRATO DE ADESÃO DE WEBSITE DESENVOLVIDO PELA MEDICINA DIRETA 1. DAS PARTES NEODEL TECNOLOGIA E SOFTWARE LTDA, com sede à Rua Alvorada, no. 64 Conjunto 42, Bairro Vila Olímpia, Cidade de São Paulo, SP,

Leia mais

A EVSolutions é uma entidade comercial sobre a colecta de Jorge Bruno registado na 1ª Rep. Finanças de Setúbal com o NIF PT205 100 198.

A EVSolutions é uma entidade comercial sobre a colecta de Jorge Bruno registado na 1ª Rep. Finanças de Setúbal com o NIF PT205 100 198. Termos de Utilização INTRODUÇÃO Os presentes Termos de Utilização, regulam as relações entre o cliente utilizador dos serviços e a entidade que fornece o serviço EVSolutions. A utilização de serviços fornecidos

Leia mais

REGULAMENTO DO PASSATEMPO "DURACELL MUNDIAL 2014

REGULAMENTO DO PASSATEMPO DURACELL MUNDIAL 2014 REGULAMENTO DO PASSATEMPO "DURACELL MUNDIAL 2014 I. IDENTIFICAÇÃO DO PASSATEMPO. O presente passatempo tem como objetivo promover os produtos da marca Duracell mediante um passatempo que se realizará em

Leia mais

REGULAMENTO DO CONSUMIDOR PARA O PROGRAMA HOTKEY CLUBE DE VANTAGENS

REGULAMENTO DO CONSUMIDOR PARA O PROGRAMA HOTKEY CLUBE DE VANTAGENS REGULAMENTO DO CONSUMIDOR PARA O PROGRAMA HOTKEY CLUBE DE VANTAGENS HOTKEY CLUB ASSESSORIA LTDA, empresa com sede na Cidade de Uberlândia, Estado de Minas Gerais, na Av. João Pinheiro, 1498, Lado B, Centro,

Leia mais

Condições específicas e termos contratuais do MyALERT (ALERT PHR - Prontuário Clínico Eletrônico do Cidadão

Condições específicas e termos contratuais do MyALERT (ALERT PHR - Prontuário Clínico Eletrônico do Cidadão Condições específicas e termos contratuais do MyALERT (ALERT PHR - Prontuário Clínico Eletrônico do Cidadão Este acordo é celebrado entre o usuário ("Usuário") e a ALERT Life Sciences Computing, S.A. ("ALERT").

Leia mais

Cloud RH. Termos e Condições de Serviço. Última atualização: 12 de Maio de 2014. Bem- vindo ao CloudRH!

Cloud RH. Termos e Condições de Serviço. Última atualização: 12 de Maio de 2014. Bem- vindo ao CloudRH! Cloud RH Última atualização: 12 de Maio de 2014 Bem- vindo ao! Este Serviço é disponibilizado pela entidade com a denominação comercial Spark Agency (www.sparkagency.pt). O nosso serviço, disponibilizado

Leia mais

CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE DIREITOS DE UTILIZAÇÃO DE CAPACIDADE DE INTERLIGAÇÃO VIP PORTUGAL-ESPANHA

CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE DIREITOS DE UTILIZAÇÃO DE CAPACIDADE DE INTERLIGAÇÃO VIP PORTUGAL-ESPANHA CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE DIREITOS DE UTILIZAÇÃO DE CAPACIDADE DE INTERLIGAÇÃO VIP PORTUGAL-ESPANHA ENTRE REN - GASODUTOS, S.A., na qualidade de concessionária da Rede Nacional de Transporte de Gás Natural

Leia mais

Contrato de Fornecimento de Energia Elétrica Para Cooperantes / Clientes em BTE ao abrigo do regime do mercado liberalizado

Contrato de Fornecimento de Energia Elétrica Para Cooperantes / Clientes em BTE ao abrigo do regime do mercado liberalizado Cooperativa Elétrica de Loureiro, C.R.L. Contrato de Fornecimento de Energia Elétrica Para Cooperantes / Clientes em BTE ao abrigo do regime do mercado liberalizado Condições Gerais: 1ª Objeto do contrato.

Leia mais

CONTRATO DE SERVIÇO GESTOR MPE

CONTRATO DE SERVIÇO GESTOR MPE CONTRATO DE SERVIÇO GESTOR MPE Este documento tem por finalidade tornar público e dar ciência a todos os CONTRATANTES do GESTOR MPE, ofertado pela empresa META TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO LTDA (CNPJ/MF nº05.703.562/0001-15)

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DA UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS ONLINE

CONDIÇÕES GERAIS DA UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS ONLINE CONDIÇÕES GERAIS DA UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS ONLINE Os serviços online que o Município de Aveiro disponibiliza através da Internet aos utilizadores estabelecem relações com a Câmara Municipal de Aveiro,

Leia mais

TERMOS DE USO. Gestão eficiente do seu negócio

TERMOS DE USO. Gestão eficiente do seu negócio TERMOS DE USO Gestão eficiente do seu negócio SEJA BEM-VINDO AO SUASVENDAS! Recomendamos que antes de utilizar os serviços oferecidos pelo SuasVendas, leia atentamente os Termos de Uso a seguir para ficar

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO e CONDIÇÕES GENÉRICAS DE VENDA

TERMOS E CONDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO e CONDIÇÕES GENÉRICAS DE VENDA pág. 1 / 5 TERMOS E CONDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO e CONDIÇÕES GENÉRICAS DE VENDA 1. INTRODUÇÃO O site de vendas online www.fitnesshut.pt (adiante designado por site ou loja online) é um site de vendas online

Leia mais

Contrato de Desenvolvimento de Site ou Sistema

Contrato de Desenvolvimento de Site ou Sistema Contrato de Desenvolvimento de Site ou Sistema Contratada - PRODUCT WEB EIRELI - ME, com sede à Rua, Adão, nº 48, jardim são pedro, cidade de Barueri, Estado São Paulo - SP, inscrita no CNPJ sob o nº 15.562.757/0001-46,

Leia mais

A utilização pelo utilizador dos serviços contidos na web da TRAVELPLAN S.A. implica a aceitação das seguintes condições gerais:

A utilização pelo utilizador dos serviços contidos na web da TRAVELPLAN S.A. implica a aceitação das seguintes condições gerais: TRAVELPLAN S.A. POLITICA DE PRIVACIDADE E CONDIÇÕES DE USO DA PAGINA WEB O presente documento estabelece as Condições Gerais de Uso dos serviços prestados por meio do web site da TRAVELPLAN S.A. (www.travelplan.pt),

Leia mais

2.4 Ao cadastrar-se, a Instituição receberá uma senha de utilização do software.

2.4 Ao cadastrar-se, a Instituição receberá uma senha de utilização do software. CONTRATO DE CESSÃO DE USO DO SOFTWARE JOGO DA ECONOMIA BRASILEIRA ÀS INSTITUIÇÕES DE ENSINO E AFINS, RELACIONADAS A ATIVIDADE ECONÔMICA OU FINANCEIRA, PELO CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA DO PARANÁ Este

Leia mais

1.2 Os serviços oferecidos pelo CLUBE aos ASSOCIADOS (os SERVIÇOS ) compreendem:

1.2 Os serviços oferecidos pelo CLUBE aos ASSOCIADOS (os SERVIÇOS ) compreendem: TERMOS DE USO E ADESÃO Este Termo de Uso e Adesão, doravante simplesmente denominado TERMO, disciplina as regras e condições mediante as quais a LES GOURMANDS CLUB [x], pessoa jurídica de direito privado,

Leia mais

Condições Gerais de Utilização do site HomeAway.pt para Viajantes

Condições Gerais de Utilização do site HomeAway.pt para Viajantes Condições Gerais de Utilização do site HomeAway.pt para Viajantes 1. Conteúdo 1. Estas Condições Gerais de Utilização regem a relação entre a HomeAway Spain, S.L. (Fornecedor) e o utilizador do site (Viajante),

Leia mais

GERAIS DOS PRODUTOS E SERVIÇOS ZON 51, 9000-090 1. OBJECTO

GERAIS DOS PRODUTOS E SERVIÇOS ZON 51, 9000-090 1. OBJECTO CONDIÇÕES GERAIS DOS PRODUTOS E SERVIÇOS ZON Madeira 1. OBJECTO 1.1 As presentes Condições Gerais regulam, em conjunto com os seus Anexos e os demais elementos referidos nas mesmas (conjuntamente Condições

Leia mais

Condições contratuais gerais TVCABO?

Condições contratuais gerais TVCABO? Condições contratuais gerais TVCABO? 1. OBJECTO 1.1. As presentes Condições Gerais regulam, em conjunto com os seus Anexos e os demais elementos referidos nas mesmas (conjuntamente Condições dos Produtos

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA POR LEILÃO ON-LINE CONDIÇÕES GERAIS:

CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA POR LEILÃO ON-LINE CONDIÇÕES GERAIS: CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA POR LEILÃO ON-LINE Compete à LC Premium Leiloeiros, Lda. garantir o regular desenvolvimento do leilão on-line, que se regulam pelas seguintes CONDIÇÕES DE VENDA: CONDIÇÕES GERAIS:

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS PARA CRIAÇÃO DE CURRÍCULO NO SITE CURRICULOAGORA.COM.BR

TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS PARA CRIAÇÃO DE CURRÍCULO NO SITE CURRICULOAGORA.COM.BR TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS PARA CRIAÇÃO DE CURRÍCULO NO SITE CURRICULOAGORA.COM.BR Os termos e condições abaixo se aplicam aos benefícios e ferramentas disponibilizados pelo CURRÍCULO AGORA para inclusão

Leia mais

Contrato de prestação de serviço SetupSolutions

Contrato de prestação de serviço SetupSolutions Contrato de prestação de serviço SetupSolutions LEOWEB DESENVOLVIMENTO DE PROGRAMAS LTDA ME, pessoa jurídica de direito privado, inscrita sob o CNPJ 74.491.143/0001-80, com sede na Rua Abrão Boainain,

Leia mais

MOBICONDO TERMOS DO SERVIÇO

MOBICONDO TERMOS DO SERVIÇO MOBICONDO TERMOS DO SERVIÇO FBT Tecnologia LTDA - ME., inscrita no CNPJ sob no 20.167.162/0001-26, com sede na Av Ipiranga 7464, 9º Andar Sala 914, Porto Alegre - RS, única e exclusiva proprietária do

Leia mais

adesão aos serviços tmn

adesão aos serviços tmn Original (Preencher em triplicado e em maiúsculas) N.º Bilhete de Identidade / Passaporte Data de Nascimento Automático + Contratual Extracto Detalhado Extracto Detalhado Factura Electrónica (a confirmação

Leia mais

Condições Gerais de Utilização do Serviço

Condições Gerais de Utilização do Serviço Definição e Âmbito do Serviço PROTOCOLO DE ADESÃO AO SERVIÇO FACTORING ON LINE (EOL) RELATIVO AO CONTRATO DE FACTORING Nº Condições Gerais de Utilização do Serviço 1. O SERVIÇO FACTORING ON LINE, (EOL),

Leia mais

Termos e Condições de Utilização do Site ADAMA

Termos e Condições de Utilização do Site ADAMA Termos e Condições de Utilização do Site ADAMA Versão1 / última alteração 14.11.2014 Quem Somos Este site (incluindo sub-sites e incluindo textos, imagens, vídeos, software, produtos, serviços, ferramentas

Leia mais

Condições Específicas

Condições Específicas Condições Específicas 1. Serviço - Para os efeitos das Condições Gerais (adiante Condições ), nomeadamente, da cláusula 1.1. o Serviço corresponde ao serviço telefónico móvel e/ou ao serviço de acesso

Leia mais

REGULAMENTO PONTOS TELEMÓVEL

REGULAMENTO PONTOS TELEMÓVEL REGULAMENTO PONTOS TELEMÓVEL Para qualquer esclarecimento complementar, contacte a linha de Pontos (12096* ou 808 2 12096**), uma Loja MEO***, ou envie o seu pedido por escrito para o MEO Serviços de Comunicações

Leia mais

Procedimento n.º 09/2015/DGF-A. Caderno de Encargos para Aquisição de Serviços de Patrocínio Judiciário e Assessoria Jurídica na Modalidade de Avença

Procedimento n.º 09/2015/DGF-A. Caderno de Encargos para Aquisição de Serviços de Patrocínio Judiciário e Assessoria Jurídica na Modalidade de Avença Procedimento n.º 09/2015/DGF-A Caderno de Encargos para Aquisição de Serviços de Patrocínio Judiciário e Assessoria Jurídica na Modalidade de Avença Índice Cláusulas Jurídicas... 4 Capitulo I - Disposições

Leia mais

3.2. O USUÁRIO poderá alterar sua senha a qualquer momento, assim como criar uma nova chave em substituição a uma chave já existente;

3.2. O USUÁRIO poderá alterar sua senha a qualquer momento, assim como criar uma nova chave em substituição a uma chave já existente; 1. CONTRATO Os termos abaixo se aplicam aos serviços oferecidos pela Sistemas On Line Ltda., doravante designada S_LINE, e a maiores de 18 anos ou menores com permissão dos pais ou responsáveis, doravante

Leia mais

ANEXO I TERMO DE ADESÃO DE ACESSO GRATUITO À INTERNET MUNICIPAL DADOS PESSOAIS NOME CPF RG SSP ENDEREÇ Nº O

ANEXO I TERMO DE ADESÃO DE ACESSO GRATUITO À INTERNET MUNICIPAL DADOS PESSOAIS NOME CPF RG SSP ENDEREÇ Nº O ANEXO I TERMO DE ADESÃO DE ACESSO GRATUITO À INTERNET MUNICIPAL Em que são partes: O MUNICIPIO DE SÃO JOÃO DA BOA VISTA, inscrito no CNPJ/MF sob o nº:. 46.429.379/0001 50, doravante designado simplesmente

Leia mais

Contrato de Fornecimento de Energia Eléctrica Para Cooperantes / Clientes em BTN ao abrigo do regime do mercado liberalizado

Contrato de Fornecimento de Energia Eléctrica Para Cooperantes / Clientes em BTN ao abrigo do regime do mercado liberalizado Cooperativa Eléctrica de Loureiro, C.R.L. Contrato de Fornecimento de Energia Eléctrica Para Cooperantes / Clientes em BTN ao abrigo do regime do mercado liberalizado Condições Gerais: 1ª Objeto do contrato.

Leia mais

Uni Teldata - Telecomunicações, S.A.

Uni Teldata - Telecomunicações, S.A. Uni Teldata - Telecomunicações, S.A. Pessoa Coletiva nº 508 105 110 Capital Social: 1.000.000,00 CRC Chaves Matricula n.º 508 105 110 SEDE: Parque Tecnológico de Chaves Lote B4, Outeiro Seco 5400-673 Chaves

Leia mais

CONDITIÇOES PARTICULARES SERVIÇO CDN WEBSTORAGE

CONDITIÇOES PARTICULARES SERVIÇO CDN WEBSTORAGE CONDITIÇOES PARTICULARES SERVIÇO CDN WEBSTORAGE Versão em data de 14/11/2013 DEFINIÇÕES : Ficheiro de endereço direto: Endereço URL específico para o qual deve ser reencaminhada a hiperligação do Cliente

Leia mais

AVISO LEGAL CONDIÇÕES DE ACESSO AO PORTAL

AVISO LEGAL CONDIÇÕES DE ACESSO AO PORTAL AVISO LEGAL Tendo por objetivo cumprir o que está disposto na Lei 34/2002, de 11 de julho, sobre os serviços da sociedade de informação e de comércio eletrónico, a SAN PATRICK, S.L.U. coloca à sua disposição

Leia mais